Page 196

Marx & Engels David Riazanov

internacional, mas somente conseguiram uma resolução que recomendava a todas as seções da Internacional o estudo da questão e a unificação de todas as sociedades operárias de crédito. Também se opuseram a limitação legal da jornada de trabalho. Foram combatidos pelos londrinos e pelos delegados alemães, que propuseram, como resolução sobre cada ponto da ordem do dia, uma passagem apropriada do informe de Marx, que colocava em destaque os assuntos que provinham das reivindicações da classe operária. O informe pedia que a Internacional dedicasse toda sua atividade à união e ao agrupamento de todos os esforços dispersos da classe operária que lutavam por seus interesses. Era necessário criar uma vinculação estreita, que não somente permitiria aos operários dos diferentes países compreender sua fraternidade na luta, mas até chegar a atuar como combatentes de um exército emancipador único; organizar a ajuda mútua internacional para as greves e impedir a substituição dos operários de um país por estrangeiros, que é um dos procedimentos favoritos dos patrões. Uma das principais tarefas que colocava Marx era o estudo metódico, científico, da situação da classe operária de todos os países, estudo que devia ser empreendido pelos próprios operários, e todos os materiais reunidos deveriam ser enviados ao Conselho Geral, que por sua vez os organizariam. Marx indicava, de forma geral, os principais assuntos aos quais os operários deveriam se ocupar. O problema dos sindicatos provocou vivos debates. Os franceses se declararam contra as greves e contra qualquer organização de resistência aos patrões; viam exclusivamente na cooperação a salvação dos operários. Os delegados londrinos propuseram, em forma de resolução, toda a parte do in-

Profile for União Reconstrução Comunista

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

Advertisement