Page 184

Marx & Engels David Riazanov

Associação, mas também para todos os que cumpram seus deveres. Não mais deveres sem direitos, não mais direitos sem deveres”. Em que consistem as concessões feitas por Marx? Sobre isso, ele mesmo escreveu ao seu camarada Engels: “todas as proposições foram aceitas pela subcomissão. Somente fui obrigado a inserir na introdução do estatuto duas ou três frases, como “obrigação”, “direito”, “verdade, moral e justiça”, mas tudo isso está disposto de modo tal que não prejudique em nada o sentido geral”. Dessa forma, não há ali nada particularmente prejudicial. Pode-se falar de verdade, de justiça, de moral, com a condição de não se esquecer que nem a verdade, nem a justiça e tampouco a moral são algo eterno e imutável, algo absoluto, independente das condições sociais. Marx não negava a verdade, a justiça e a moral; mas demonstrava que o desenvolvimento destes conceitos está condicionado pelo processo histórico concreto e que cada classe lhes atribui um sentido próprio. Perigoso teria sido se Marx fosse obrigado a repetir a declaração dos socialistas ingleses e franceses, a provar que é necessário realizar o socialismo porque a verdade, a justiça e a moral o exigem, e não porque, como expôs no Manifesto Inaugural, é inevitável e surge logicamente das próprias condições criadas pelo capitalismo, da situação que a classe operária ocupa. Tal como foram colocadas por Marx, estas palavras não são mais do que a comprovação do fato de que os membros da Associação Internacional dos Trabalhadores assumiram a obrigação de ater-se em suas relações mútuas a verdade, a justiça e a moral, isto é, não trair a si mesmo, não trair sua classe, não enganar uns aos outros, trabalhar como

Profile for União Reconstrução Comunista

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

Advertisement