Page 175

Marx & Engels David Riazanov

dever da classe operária consistia em conquistar o poder político: segundo isto, para ele é necessário organizar em todas as regiões, partidos operários. Os operários têm em si mesmos um ator de êxito: sua massa, seu número. Mas esta massa somente adquire sua força quando é compacta, unida, quando está dirigida pela ciência. Sem uma profunda coesão, sem solidariedade fraternal, sem a ajuda recíproca na luta pela emancipação, sem uma organização de caráter nacional e internacional, os operários estariam condenados ao completo fracasso. Guiando-se por estas considerações, acrescentou Marx, os operários de diferentes países resolveram fundar a Associação Internacional dos Trabalhadores. Como se pode ver, com uma arte surpreendente, ainda que sob uma forma moderada, Marx extraiu da situação efetiva da classe operária todas as deduções fundamentais do Manifesto Comunista: organização de classe do proletariado, derrubada da dominação da burguesia, conquista do poder político pelo proletariado, supressão do trabalho assalariado, nacionalização de todos os meios de produção. Mas Marx – e com ela terminou o Manifesto Inaugural – colocou ainda outra tarefa política extremamente importante. A classe operária não deve encerrar-se na esfera estreita da política nacional. Devem seguir com atenção todos os problemas da política externa. Se o êxito da obra de libertação da classe operária depende da solidariedade fraternal dos operários de todos os países, não poderia cumprir sua missão se as classes que dirigem a política exterior aproveitassem seus prejuízos nacionais para pôr os operários de diferentes países uns contra os outros, derramar nas guerras de rapina o sangue do povo e desperdiçar seu dinheiro. Por isso, chegou o tempo em que os operários deveriam aprender a conhecer todos os segredos da política internacional; deveriam

Profile for União Reconstrução Comunista

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

Advertisement