Page 155

Marx & Engels David Riazanov

correspondências mais extensas do que às vezes se publicavam nos diários russos sobre determinadas greves da Europa ocidental. Tal greve deu origem a uma série de assembleias e reuniões. Entre os oradores, aparecia com frequência o nome de Crerner, quem na reunião de Hyde Park declarou que a greve dos operários da construção civil era a primeira escaramuça entre a economia do trabalho e a economia do capital. Outros operários, como Odger, fizeram igualmente uma agitação intensa. Foram editadas várias proclamações. Destacamos, de passagem, que a famosa conversa entre o operário e o capitalista, umas das páginas mais brilhantes de O Capital, está em parte baseada, quase textualmente, na proclamação lançada pelos operários na greve de 1859-1860. Essa greve que, após algum tempo, terminou por um compromisso, que em Londres seria organizado o primeiro conselho das uniões. Os três principais dirigentes deste conselho foram Odger, Crerner e Howell, operários e membros posteriormente do primeiro conselho geral da Primeira Internacional. Já em 1861, este conselho era uma das organizações mais influentes. Como ocorreu com nossos primeiros “soviets”, se converteram da mesma forma em uma organização política que se esforçou para atuar em todos os acontecimentos que interessavam aos operários. À imagem deste conselho, foram criados outros em muitos lugares da Inglaterra e da Escócia, e assim, em 1862, houve novamente na Inglaterra organizações operárias de classe. Os centros políticos e econômicos dessas organizações eram os conselhos das uniões (trade unions). Vejamos agora a França, país onde os estragos da crise não foram menos fortes do que na Inglaterra. Repercutiu profundamente sobre a indústria têxtil, assim como sobre toda a indústria de objetos de luxo. Como já nos referimos, a guerra

Profile for União Reconstrução Comunista

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

Advertisement