Page 15

Marx & Engels David Riazanov

desta em um período histórico revolucionário que se inicia com a Revolução de Outubro. A partir desta visão purista, toda a riqueza da experiência concreta da luta do proletariado e dos povos coloniais são ignoradas (quando não atacadas virulentamente) por ter se distanciado de uma pureza perdida do dever ser abstrato que não se realizou como se imaginava. A fórmula de retorno a Marx é religiosa, como aponta o filósofo Domenico Losurdo, em seu livro Fuga da História. Análogo ao papel que a utopia cumpriu após o desenvolvimento do movimento revolucionário do proletariado na segunda metade do século XIX, o mantra “volta a Marx” é fruto de capitulação política diante da realidade concreta, demonstração da incapacidade de compreensão dos acontecimentos históricos e, sobretudo, assimilação do discurso anticomunista imposto pela ideologia burguesa acerca da heroica construção do socialismo no último século. Evidentemente, não é necessário se estender demasiadamente para demonstrar que tal posição capitulacionista, em nada contribui para que o movimento revolucionário brasileiro se fortaleça, para assimilar a contribuição que as experiências socialistas, soviética, chinesa, coreana, cubana entre outras, têm as nos oferecer para a compreensão da tarefa histórica dos comunistas. Mas se a consigna “volta a Marx” não se sustenta por si mesma, em outro sentido, isso também não nos exime da responsabilidade de estudar de forma científica a vida e obra dos fundadores do socialismo científico. Há disponível em língua portuguesa algumas dezenas de edições publicadas de diversos autores que reivindicam o marxismo de alguma maneira que apresentam de forma geral um resumo biográfico de Marx e Engels, elencando os principais acontecimentos de suas vidas e sua produção teórica. Há ainda algumas obras biográficas escritas por jornalistas que

Profile for União Reconstrução Comunista

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

Advertisement