Page 142

Marx & Engels David Riazanov

universal. Quanto ao programa econômico, Lassalle, apoiando-se na “lei de ferro”, demonstrava que é impossível elevar o salário sobre um mínimo determinado. Daí se origina a recomendação para organização de sociedades de produção com a ajuda de crédito aberto pelo Estado. Evidentemente, Marx não podia aprovar semelhante plano. Em vão Lassalle se esforçou para ganhá-lo para esta causa. Houve entre ambos outros motivos de desacordo, que não se manifestaram claramente até alguns meses anteriores, quando Lassalle, na ânsia de alcançar de imediato um êxito prático importante, se entusiasmou com a “política real” e em sua luta contra o partido progressista foi demasiadamente longe, chegando até a flertar com o governo. De qualquer modo, é indubitável – o próprio Marx reconhece – que foi Lassalle quem, depois do longo período de reação que vai de 1849 a 1862, levantou o ensino operário na Alemanha, tornando-se o primeiro organizador do partido operário alemão. Esse é seu mérito inegável. Mas nesse trabalho intensivo, ainda que de curta duração (menos de dois anos), realizado por Lassalle em matéria de organização e de política, se apresentou defeitos essenciais de tal natureza ainda mais prejudicial do que seu programa insuficiente, o que o afastou de Marx e Engels. Era evidente que Lassalle, longe de destacar a ligação da “União Operária Geral Alemã”, por ele fundada, com o antigo movimento comunista, a negava de forma enérgica. Não obstante tomasse empréstimos das ideias fundamentais do Manifesto Comunista e outras obras de Marx, evitava cuidadosamente fazer referência à fonte original. Somente em uma de suas últimas obras citou Marx, e não como revolucionário comunista, mas como economista.

Profile for União Reconstrução Comunista

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

Advertisement