Page 134

Marx & Engels David Riazanov

e incompreensível” – segundo as palavras de Dobrolyubov – incompreensível para quem crê que a sorte do povo se decide na mesa dos diplomatas. A decepção e a indignação provocadas pela política de Napoleão na Itália suscitaram um forte movimento revolucionário, dirigido por Garibaldi, lutador generoso, mas mal político, e em 1861 toda a Itália, com exceção de Veneza, estava reunida sob o cetro do rei da Sardenha. A realização definitiva da unidade italiana foi assumida logo por aventureiros burgueses e renegados do garibaldismo. A guerra franco-austríaca obrigou a Marx a travar outra polêmica. Toda a democracia alemã – como já disse – havia tomado posição na disputa entre Napoleão e Áustria. Naquele tempo, o mais eminente e influente dos democratas alemães era Karl Vogt, velho revolucionário forçado a emigrar a Suíça em 1849 e famoso na Europa por seus conhecimentos. Era um dos principais representantes do materialismo naturalista, posição filosófica que os intelectuais burgueses confundem tão frequentemente com o materialismo de Marx e Engels. Muito popular na Rússia até 1860, teve notável influência na formação filosófica de vários pensadores russos. Amigo íntimo de Herzen, que o considerava o mais honesto, sincero e sério dos homens. Gozava de imensa autoridade moral não só entre os democratas alemães, mas também entre a emigração revolucionária internacional e, particularmente, entre as colônias polonesa, italiana e húngara. Sua casa em Genebra era um verdadeiro centro político. Para Napoleão importava muito conquistar Vogt para sua causa, o que conseguiu facilmente graças a vaidade do velho professor. Vogt estava muito vinculado ao irmão de Napoleão, conhecido com o nome de príncipe Plon-Plon, que flertava com o liberalismo e aparecia como protetor da ciência. Dele, Vogt

Profile for União Reconstrução Comunista

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

Advertisement