Page 104

Marx & Engels David Riazanov

preparar a organização do congresso, que era um dos principais membros da União Operária e, evidentemente, unido estreitamente a Marx e Engels. A esta mesma união também pertencia Schapper, que atuava do movimento operário desde 1830. De tal sorte, não tardou o surgimento de frações na União Operária, frente a qual funcionava a sociedade democrática. Isso foi resultado do plano que Engels expôs posteriormente em um artigo publicado na Nova Gazeta Renana. Marx e Engels esperavam tornar seu jornal, que começou a ser publicado em Köln em 19 de julho de 1848, o centro que aglutinaria, no curso da luta revolucionária, todas as futuras organizações comunistas. Seria errôneo acreditar que Marx e Engels entraram no “órgão da democracia” na qualidade de democratas. Ingressaram ali como comunistas, considerando-se a extrema esquerda da democracia. Nunca deixaram de criticar do modo mais violento, não apenas os erros do partido liberal alemão, mas também os da democracia, tanto que nos primeiros meses perderam todos os acionistas. Em seu primeiro artigo publicado na Nova Gazeta Renana, Marx criticou duramente a democracia. Quando se soube que o proletariado parisiense havia sido esmagado durante as jornadas de julho, que Cavaignac, apoiado por todos os partidos burgueses, havia massacrado milhares de proletariados, a Nova Gazeta Renana, órgão da democracia, publicou um apaixonado artigo, no qual atacava os verdugos burgueses e os satélites da democracia. Eis aqui uma curta passagem do dito artigo: “Os operários parisienses foram esmagados por um inimigo superior em força, mas não aniquilados. Foram derrotados, porém seus inimigos estão vencidos. O triunfo efêmero da força brutal desvaneceu todas as ilusões da Revolução de Fevereiro, demonstrou a desintegração do antigo

Profile for União Reconstrução Comunista

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

[RIAZANOV] Marx & Engels  

www.novacultura.info

Advertisement