Page 1

1


CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA Instituto de Comunicação e Artes Geusiane Bissaro

Anarco-cult: Uma história do anarquismo

Belo Horizonte 2015


CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA Instituto de Comunicação e Artes Geusiane Bissaro

Anarco-cult: Uma história do anarquismo Portfólio de Conclusão de Curso apresentado como requisito de avaliação do curso de Moda do Centro Universitário UNA para obtenção do título de bacharel em moda.

Belo Horizonte 2015

Pofessora orientadora: Flávia Virgínia Área: Criação


“Se em ti sentes a força da mocidade, se queres gozar a vida plena, exuberante - isto é, sentir o maior gozo que um ser vivo pode desejar - sê forte, sê enérgico, sê grande em tudo que fizerdes. Semeia a vida em volta de ti” KROPOTKIN. 4


Colaboradores Criação e Diagramação: Geusiane Bissaro

Produção das peças: Geusiane Bissaro e Renildi dos Santos Bissaro Fotógrafo: Mauro Figa

Vídeo: Mariana Borges

Maquiagem: Kárin Lasmar Modelos:

Rayan Leite e Júlia Nunes

Site: Daniel Passini

Patrocinadores

Reciclagem Montreal Serralheria do Jaci 5


Resumo/Abstract Esta pesquisa apresenta o desenvolvimento de uma coleção de moda, um memorial descritivo contendo a pesquisa teórica e a descrição da parte prática que foi simultaneamente desenvolvida. O resultado é uma coleção que tem como tema: o Anarco-punk´,que conta com 45 looks dispostos entre 25 masculinos e 20 femininos construídos sob o pensamento da contra-cultura e a relevância desta para a sociedade. Esta coleção, ainda apresenta os subtemas da Dinastia, Acracia, Anarco-cult, Resistência e Revolução que contam uma história através dos tecidos e materiais diferenciados, como as peças de moto, que adornam os looks como se fossem aviamentos, a lavanderia pesada dos jeanswear e a estamparia de aerógrafo, que comunica com o espaço da rua, palco do movimento anarquista

Palavras chaves: anarquismo, rock e motociclismo.

This research presents the development of a fashion collection, a descriptive memorial containing the theoretical research and the description of the practical part which was simultaneously developed. The result is a collection that has as its theme: the Anarchist punk’, which has 45 looks disposed between 25 male and 20 female built on the thought of the counter-culture and the relevance of this for society. This collection also features the subthemes Dynasty, Anarchy, Anarchist cult, Resistance and Revolution that tell a story through different fabrics and materials, such as motorcycle parts, that adorn the looks as if they were trims, heavy laundry of jeanswear and airbrush stamping, which communicates with the street space, the anarchist movement stage.

Key words: anarchism, rock and motorcicling.

6


Sumário Currículo................................................................................................................................................................................................................10 Briefing de negócio..............................................................................................................................................................................................11 Descrição geral da marca.......................................................................................................................................................................12 Estilo...........................................................................................................................................................................................................13 Elementos de estilo..................................................................................................................................................................................13 Estilo de Criação Dominante.................................................................................................................................................................14 Nicho..........................................................................................................................................................................................................15 Seg�ento...................................................................................................................................................................................................15 Gênero........................................................................................................................................................................................................15 Concorrentes............................................................................................................................................................................................16 Canais de distribuição ....................................................................................................................................................................19 Margem de preço.....................................................................................................................................................................................19 Diferenciais da marca no produto......................................................................................................................................................20 Painel de Identidade da Marca.............................................................................................................................................................21 Público-Alvo.................................................................................................................................................................................................................22 Painel de público-alvo............................................................................................................................................................................23 Identidade da marca................................................................................................................................................................................................25 Logotipo...........................................................................................................................................................................................................26 Justificativa do nome....................................................................................................................................................................................28 Justificativa da cor e fonte...........................................................................................................................................................................29 Monocromia (P&B)......................................................................................................................................................................................30 Tipografia.......................................................................................................................................................................................................31 7


Escala de cores.........................................................................................................................................................................................................32 Área de Proteção e redução mínima..................................................................................................................................................................33 Malha de ampliação..............................................................................................................................................................................................34 Usos Indevidos.......................................................................................................................................................................................................35

Aplicação em papelaria........................................................................................................................................................................................36 Brindes....................................................................................................................................................................................................................41 Briefing de coleção........................................................................................................................................................................................................42 Memorial descritivo.............................................................................................................................................................................................45 Descritivo de desenvolvimento da coleção......................................................................................................................................................47 Coleção...............................................................................................................................................................................................54 Painel Dinastia..............................................................................................................................................................................56 Painel Revolução..........................................................................................................................................................................57 Painel Anarco-cult........................................................................................................................................................................58 Painel Resistência...........................................................................................................................................................................59 Painel Acracia................................................................................................................................................................................60 Macrotendência.....................................................................................................................................................................61 Texto e painel de tendências da estação...............................................................................................................................................64 Cartela de cor..............................................................................................................................................................................................66 Texto e cartelas de tecidos........................................................................................................................................................................67 Texto e cartelas de Aviamentos............................................................................................................................................................74 Texto descritivo das matérias...................................................................................................................................................................78 8


Superfície.................................................................................................................................................................................................79 Remodelagem..........................................................................................................................................................................................80 Beneficiamento........................................................................................................................................................................................81 Descritivo de processo criativo das famílias..............................................................................................................................................................82 Mapa de Coleção Masculino e Feminino.............................................................................................................................................................83 Texto e painel de For�as e Silhuetas..............................................................................................................................................................92 Apresentação final...............................................................................................................................................................................................94 Coleção Anarcopunk........................................................................................................................................................................................95 Croquis ampliados............................................................................................................................................................................................96 Painel de seg�entação.....................................................................................................................................................................................142 Painel artístico....................................................................................................................................................................................................143 Peças conceituais confeccionadas.............................................................................................................................................................................. 144 Fichas técnicas................................................................................................................................................................................................................145 Referências......................................................................................................................................................................................................................161 Apêndice..........................................................................................................................................................................................................................163 Fotos da coleção (peças executadas).........................................................................................................................................................................164

9


Currículo Geusiane Bissaro 24 anos / natural de São Mateus-ES Curso Bacharel em Moda • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • • 10

Em 2002: Comecei a costurar minhas roupas; Em 2008: Completei o ensino médio; For�ei no curso de Confecção do vestuário no SENAI-MODATEC; Participei do 6° e do 7° Fórum Fashion Exclusivo para estudantes de Moda (Projeto Amanhã). Em 2009: Ganhei medalha de prata pela Olimpíada do Conhecimento do SENAI na modalidade de Confecção do Vestuário. Comecei a trabalhar como pilotista na Patogê Indústria do Vestuário. Em 2010: entrei na faculdade de Letas-UEMG. Iniciei curso de inglês; Em 2012: Mudei para o curso de Moda - UNA; Participei do Projeto Café das Artes, sobre: “Sinestesia - quebrando as fronteiras entre os campos artísticos.” Em 2013: Completei Workshop em Adobe Photoshop e Autodesk Maya na Saga School of art; Iniciei minha empresa de prestação de ser�iços em moda; Em 2014: Completei curso de Desenho Artístico Livre em grafite na Escola de arte Morgana; Lecionei durante 4 meses curso de Modelagem, corte e costura para pessoas com deficiências na UNIPABE; Curso de Design Gráfico (Photoshop, Ilustrator e InDesign) pela Seven (Atual RedZero); Mini curso em estamparia; Em 2015: Completei curso de CAD: Audaces modelagem e encaixe no SENAI-MODATEC; Cursando Computação Gráfica pela RedZero; Em 2016: Pretendo lançar a marca Anarchy no mercado do vestuário; Começar pós graduação em Marketing e depois especialização em Gestão de empresas; Em 2018: Começar graduação em Artes Plásticas, e futuramente voltar a lecionar na área de moda.


Briefing de Negรณcio 11


Descrição Geral da marca

A Anarchy tem como objetivo desenvolver peças elaboradas, que mostrem a personalidade e especificidade do seu público. Com design diferenciado sempre inserindo às coleções técnicas artesanais, confeccionadas sempre com qualidade.

12


Estilo Dominante: Criativo e dramático Complementar: Sexy Métodos Criativos: Retrô e Sociô

Elementos de Estilo Atributos espirituais: Liberdade, despojamento e revolução. Atributos objetivos: Peças amplas, com infor�alidade, uso de materiais mais pesados como jeans, couro e metal e peças com fases polêmicas. 13


Estilo de criação dominante

A marca terá como estilo dominante a criatividade e dramaticidade por tratar-se de um público especificamente diferente, e pelo fato da marca ter como objetivo destacar-se no mercado da moda rocker.

14


Nicho Pret-à-porter de difusão.

Seg�ento/ Gênero Casual Masculino e Feminino

15


Concorrentes Cavalera

Criada em 1995 por Alberto Hiar e pelo músico Iggor Cavalera ex-bateirista da banda Sepultura. É ícone da cultura de vanguarda e de uma geração, a marca destaca no cenário nacional por traduzir o universo da música e da arte, misturando moda, comportamento e lifestyle. A força da marca está na malharia e no jeans. As camisetas irreverentes, que traduzem um humor bem brasileiro, assim como o indigo e suas lavagens inovadoras e aspectos diferenciados, além da excelente modelagem. Concorrente da Anarchy por ser uma marca ligada à música e arte e também por ter mercado em Minas Gerais e todo território brasileiro. No entanto a Anarchy se diferencia pelo fato de não ser tão humorada e trabralhar mais com denim e couro de for�as variadas.

16


Caráter

Desde 2012 a Caráter é uma marca mineira que tem uma proposta bem lifestyle é uma marca de artigos do vestuário e esportes, inteiramente ligada ao mundo das tatuagens e skull. Por ser uma marca mineira e com público parecido se torna assim uma concorrente com a Anarchy. Porém a Anarchy se diferencia pelo estilo das peças que serão mais elaboradas, jeans, é mais rock’n roll e para motociclistas.

17


Ann Demeulemester

Nasceu em Waregen, uma província da Bélgica. Inicialmente não demonstrou interesse com a moda, frequentou a escola de arte por três anos, onde descobriu a fascinação com pessoas e retratos, o que mais tarde fez com surgisse o interesse pela moda. Ela é referida muitas vezes como “Antwer� six”, os designers belgas radicais e distintivos da década. Estes designers são conhecidos por seus estilos desconstruitivistas de criação não tradicional. Sendo Assim Ann Demeulemeester se torna concorrente com Anarchy pelo estilo das peças que produz, pelo ideal desconstrutivista e não tradicional que a marca deseja alcançar. A Anarchy se diferencia da mesma por não ser uma marca com foco masculino, e estar ligada ao mundo rocker e ser brasileira.

18


Canal de distribuição A Anarchy terá a disposição um site com loja virtual onde os clientes poderão conhecer a marca e os produtos oferecidos, e também fará participações em eventos rockers e motociclísticos, ou eventos que tenham o estilo da marca onde os clientes poderão também comprar e conhecer sobre a marca.

Margem de preço A margem de preço das peças será numa média entre 70,00 (t-shirt) e 800,00 reais (macacão).

19


Diferenciais da marca no produto

A Anarchy irá trabalhar com peças que tenham qualidade na modelagem e acabamentos, mantendo sempre um diferencial. Recortes e modelos bem trabalhados. Nas coleções serão incuídos sempre trabalhos com aerografia que será um dos designs de superfície utilizados pela marca, não deixando é claro de utilizar outras técnicas.

20


21


Público Alvo

22


Estilo de vida:

Público Alvo

São homens entre 25 e 35 anos, da classe B e C, e profissionais de todas as áreas, mas principalmente tatuadores, artistas visuais e músicos.

Hábitos de consumo:

Filmes diversos principalmente de aventura. Ídolos: Ozzy Osborn, James Hetfield e Arlen Ness. Artes: pintura, tatuagem, música e aerografia. Esportes: futebol, manobras em motos, trilha, esportes radicais em geral e principalmente ao ar livre. Revistas: Mundo Estranho, Duas Rodas, Quatro Rodas, Inked e assuntos gerais da sociedade. Música: Rock, clássicos do MPB. Gastronomia: Comida de buteco.

Sonhos e aspirações:

Viver viajando junto ao moto clube e família, participar de projetos sociais ajudando sempre às pessoas que precisarem.

Hábitos de lazer:

Viagens de moto para cidades históricas ou qualquer lugar que dê vontade, cachoeiras, eventos de moto, e shows de rock., momentos com a família, programas culturais e eventos. 23


24


Identidade da Marca 25


Logotipo

26


SĂ­mbolo

27


Justificativa do nome

O nome surgiu em um momento bem específico da minha vida, onde eu estava for�ando uma opnião melhor sobre política e sobre eu mesma. Com intenção de polemizar. Trazer um sentimento de catarse aos problemas políticos que insistem em per�anecer na sociedade, e de certa for�a o sentimento de liberdade de ex�ressão.

28


Cor Segundo a Teoria das Cores o preto usado no logotipo e no símbolo, significa ausência de cor ou luz. Transmite uma sensação de seriedade, reverência e poder. A cor ver�elha usada no símbolo, significa paixão, neste caso pela vida e aventura, energia, excitação, é relacionada também na política como a cor da revolução, que reflete bem o ideal da Anarchy e do seu público.

Tipografia A tipografia da marca é uma fonte personalizada, em negrito para dar uma ideia de peso e destaque, com detalhes pontiagudos e irregulares. Definindo assim a infor�alidade e caracterização da marca.

29


Monocromia

30


Tipografia

A tipografia da marca é uma fonte personalizada, em negrito para dar uma ideia de peso e destaque, com detalhes pontiagudos e irregulares. Definindo assim a infor�alidade e caracterização da marca. E deve sempre ser usada em sua legitimidade respeitando o manual da marca.

31


Escala de Cores

R:0 G:0 B:0 C:100% M:100% Y:100% K:100% HEX:000000

R:175 G:31 B:35 C:21% M:100% Y:100% K:14% HEX:AF1F23

32


Área de proteção e redução mínima

3,5 cm 2 cm 4 cm

33


Malha de ampliação 1,5 cm 1,5 cm

Área equivalente a área de proteção mínima

A letra N deverá ser usada como referência na ampliação e redução do logotipo. E do símbolo.

34


Usos indevidos Não retire, distorça, aumente objetos e ou use cores que não destacam o padraão visual da marca.

35


Aplicações da marca Cartão de visita

Frente

Verso

9cm X 5 cm Papel couchê fosco 250g com envernizado localizado 36


Tags

3,5cm X 10,5cm / 4cm X 4cm Papel couchĂŞ fosco 250g com envernizado localizado 37


Papel Timbrado

21cm X 29,7cm Papel sulfite 75g 38


Envelope

Frente

Verso

23cm X 32 cm Papel couchĂŞ fosco 250g com envernizado localizado 39


Embalagens

sacola plĂĄsticapara entregas do site 40

Sacola para eventos Papel kha preto fosco com evernizado localizado


Brindes

41


Briefing de Coleção

42


RESUMO Este trabalho terá como tema o anarquismo, que será trabalhado a partir do pensamento da contra-cultura. Podemos observar ao longo de inúmeros movimentos sociais, uma certa intolerância ao autoritarismo de um modo geral. Como exemplo, podemos citar uma série de movimentos de resistência como os beatniks, hippies, punks dentre outros, cujo comportamento pode ser verificado, dentre outros elementos, por meio do vestuário. Neste ponto, a diferenciação e individualização pessoal ou do grupo passa a tangenciar os desejos sociais ou uma insatisfação frente aos acontecimentos da sociedade na qual estiveram inseridos. Deste modo podemos verificar uma espécie de função comunicativa associada à indumentária, de modo a enunciar, em especial, a necessidade de uma contra tendência, frente ao pensamento vigente. Palavras chave: anarquismo, rock e motociclismo.

ABSTRACT This work will focus anarchism, which will be working from the thought of the counterculture. We can observe during many social movements, a certain intolerance to authoritarianism in general. As an example, we can mention a number of resistance movements like the beatniks, hippies, punks and others, whose behavior can be found, among other things, through clothing. At this point, differentiation and individualization personal or group becomes tangent social desires or front dissatisfaction with society events in which they were entered. Thus we can see a kind of clothing associated with the communication function, so as to articulate in particular the need for a counter trend, against the prevailing thinking.

Key words: anarchism, rock and motorcicling.

43


Sumário

MemorialDescritivo................................................................................................................................................................................................................44 1.Introdução...........................................................................................................................................................................44 2.Objetivo geral.......................................................................................................................................................................................................45

2.1 Objetivos específicos............................................................................................................................................................................45

3. Metodologia.........................................................................................................................................................................................................46 4. Justificativa..........................................................................................................................................................................................................47 5. Anarquismo...........................................................................................................................................................................................................47 6. Do movimento político à expressão da moda.....................................................................................................................................................48 7. Anarcopunk: uma coleção...............................................................................................................................................................................49

7.1 Elementos da coleção........................................................................................................................................................................49

7.2 Os grupos e suas histórias...................................................................................................................................................................50

8. Considerações finais..........................................................................................................................................................................................51 9. Referências Bibliográficas................................................................................................................................................................................52 10. Anexo: Coleção...............................................................................................................................................................................................53

44


Memorial Descritivo 1. Introdução Esse memorial descritivo apresenta a pesquisa do tema Anarco-cult: uma história do anarquismo, tema este que dá as bases para o desenvolvimento de uma coleção de moda para o Inverno 2016. Este estudo é o resultado da pesquisa e observação dos possíveis ideais presentes no movimento anarquista, para além das ideias simplistas que confundem este importante movimento com um simples caos ou desorganização. O movimento anarquista teve seu início a partir da mobilização de seus idealizadores que desejavam negar toda e qualquer imposição relativa às formas de poder, tais como as do Estado. Segundo Ana Paula de Araújo (2014),o anarquismo “é considerado uma doutrina sócio-política que surgiu entre os séculos XVII e XVIII na Europa, tendo chegado ao Brasil em 1850 através dos imigrantes europeus.” Nossos estudos serão conduzidos conforme o pensamento de alguns dos principais ativistas do movimento anarquista, dentre eles Piotr Kropotkin (1842-1912), nascido em Moscou. O principal ideal anarquista, que será abordado neste trabalho, está relacionado a liberdade de expressão, mediada pela necessidade de argumentação e crítica por parte de todos os cidadãos, sem qualquer tipo de exclusão. Outro aspecto importante ao movimento propõe que as decisões coletivas não sejam tomadas e analisadas por um superior ou por grupos superiores, como o estado ou o parlamento, mas sim por meio da participação de todos. Como descrito por Martins e Aranha em seu livro Filosofando – introdução à filosofia: “A responsabilidade começa a partir dos núcleos vitais da vida social, onde também são tomadas as decisões: o local de trabalho, os bairros.” (MARTINS; ARANHA, 1993, p.247) Esse trabalho tem como resultado uma coleção de moda para a marca intitulada Anarchy. Esta marca tem como objetivo o desenvolvimento de peças de roupas elaboradas, com design diferenciado, inserido no contexto de uma moda artesanal, confeccionada sempre com qualidade. As peças devem mostrar personalidade e especificidade do seu público-alvo, que são pessoas que apreciam o motociclismo e o rock. A coleção desenvolvida para esta marca tem como tema principal o Anarco-punk, que conta com 45 looks sendo 25 masculinos e 20 femininos, divididos em cinco sub-temas: Dinastia, Anarco-cult, Resistência, Revolução e Acracia,. Estes temas, em conjunto, contam parte da história do anarquismo através dos tecidos utilizados, como jeans, couro, jacquard, flanelas, entre outros, além de uma cartela de materiais diferenciados, como por exemplo, as peças mecânica de motocicleta, que aproxima o tema abordado do conceito da marca, mediante o pensamento da contra-cultura e a relevância deste para o pensamento contemporâneo. Sendo assim este trabalho visa pretende mostrar em que momento da história o movimento anarquista passou a denotar ou agregar um caráter pejorativo de caos e baderna social.

45


2. Objetivo geral: Apresentar a relevância do movimento anarquista na sociedade atual e como este afetou no comportamento da mesma. 2.1 Objetivos específicos: a- Apresentar ao leitor os principais objetivos anarquistas; b- Entender os ideais anarquistas como comportamento na moda; c- Verificar em que momento o movimento anarquista passou a denotar ou agregar um caráter pejorativo, relacionado ao caos e à baderna social.

46


3. Descritivo de processo

Para fins de desenvolvimento do projeto irei fazer uma coleção que aborda uma pesquisa teórica que relaciona ativistas do movimento anarquistas e estuda suas ideologias. Onde afunila-se para o tema principal, Anarcopunk, da coleção que será desenvolvida sob o pensamento da contra cultura. Para isto foi desenvolvido uma marca, que posteriormente será lançada no mercado da moda; Foram desenvolvidos para esta o logotipo, mini manual de identidade, que será apresentado juntamente com a definição do público alvo, do produto e dos concorrentes. Para a coleção de Inverno 2016 serão apresentados tecidos, aviamentos, tendências, macro tendência e mapa da coleção. No desenvolvimento do trabalho foram criados 45 croquis no qual foram divididos entre 25 masculinos e 20 femininos. Escolheu-se então 12 looks para serem confeccionados seis destes foram looks conceituais que melhor representariam as peças no desfile que será apresentado dia 9 de julho de 2015 para os jurados convidados pela coordenação do curso, e que também representarão a coleção no editorial que foi desenvolvido para divulgação no site que foi criado para a marca Anarchy. Os outros seis looks confeccionados, estes comerciais, foram utilizados para desenvolvimento do look book que também será divulgado no site www.anarchyclothing.com.br que conta também um pouco sobre a marca, os eventos que esta irá participar, por enquanto um evento ilustrativo, e ainda um vídeo que foi gravado para ilustrar um pouco sobre a coleção Anarcopunk. Todo este material desenvolvido para o trabalho: a marca, os croquis, estudo de público, estudo de tendência, os 12 looks, o editorial, o look book, o vídeo e a cartela de materiais serão entregues juntamente com o portfólio e duas cópias do trabalho em CD no dia 29 de junho de 2015.

47


4. Justificativa Considerando a importância deste tema podemos apontar uma nova visão de pesquisa para área de moda, de forma que esta estuda também o comportamento do indivíduo na sociedade, trazendo aos leitores uma observação de épocas passadas, comparando com a atualidade. Importante para a comunidade acadêmica por ser um trabalho de pesquisa que refere-se à moda e sociedade, um estudo que visa acrescentar mais informações nesta linha de pesquisa. De extrema importância para a pesquisadora, pois trata-se de um trabalho que visa o desenvolvimento profissional, esta que por sua vez pretende continuar seus estudos na escola de moda para aprimorar seus conhecimentos e pesquisas. 5. Anarquismo No contexto de uma proposta anarquista, que idealiza a construção de uma sociedade cooperativista, o objetivo refere-se à possibilidade do ser humano viver harmoniosamente entre si. No entanto, segundo Kropotkin (2009), “ É certo que, em sua origem, o caráter essencial do movimento cooperativista era de ajuda mútua. Mesmo hoje, seus mais ardentes defensores estão persuadidos de que a cooperação leva a humanidade a um estágio mais elevado de harmonia nas relações econômicas” (KROPOTKIN, 2009, p.212).

Estas afirmações corroboram com as ideias expressadas pelas autoras Maria Lúcia de Arruda Aranha e Maria Helena Pires Martins, no livro Filosofando – introdução à filosofia, quando as mesmas afirmam que: A responsabilidade começa a partir dos núcleos vitais da vida social, onde também são tomadas as decisões: o local de trabalho, os bairros.” (ARANHA E MARTINS, 1993, p.247) Explicando assim que: a sociedade é capaz de entrar em consenso entre si sem a necessidade de um partido político ou grupos que tomem as decisões em nome da sociedade. Vivendo harmoniosamente, resolvendo problemas mais complexos como a saúde do país, como ainda mais simples dentro de um setor de trabalho ou problemas da via pública de um bairro. Outro ideal anarquista é a não centralização de poder. O anarquismo é contra qualquer forma de representação política, e defende a tomada de decisão em grupo. “Kropotkin defende a ação não-violenta e luta pelo respeito à vida humana, condenando a pena de morte, a tortura e qualquer forma de castigo imposta ao homem pelo homem.” (ARANHA,1993, p. 248) Que mais uma vez reforça a teoria de ajuda mútua de KROPOTKIN(2009). Outra proposta do anarquismo, que podemos verificar, é a luta direta pelos direitos de todos, por direitos igualitários na sociedade, não podendo ser este apenas passivo com os abusos causados pelo Estado, pela Igreja, ou empresários ligados à iniciativa privada. Disto depende o estado de miséria em que se encontram geralmente os trabalhadores, e todos os males decorrentes: ignorância, crime, prostituição, definhamento físico, abjeção moral, morte prematura. Daí a constituição de uma classe especial (o governo) que, provida dos 48


meios materiais de repressão, tem por missão legalizar e defender os proprietários contra as reivindicações do proletariado. Ele se serve, em seguida, da força que possui para arrogar-se privilégios e submeter, se ela pode fazê-lo, à sua própria supremacia, a classe dos proprietários. Disso decorre a formação de outra classe especial (o clero), que por uma série de fábulas relativas à vontade de Deus, à vida futura, etc, procura conduzir os oprimidos a suportarem docilmente o opressor, o governo, os interesses dos proprietários e os seus próprios. (CORRÊA, 2012, p.10) Woodcock (2007) descreve que, ao contrário do que se pensa, o anarquismo não faz alusão ao caos, bagunça ou violência, mas sim a mudança. De forma que esta seja igualitária em termos de acesso, diferente do capitalismo liberal, que exalta a meritocracia e a propriedade privada. No contexto anarquista, dois expoentes do pensamento anarco-passifista e anarcossindicalista se destacam. Tolstói e Gandhi ficaram conhecidos por pregar a revolução não violenta e se uniram em defesa da greve geral, pois acreditavam nesta, como forma de transformação social, sem danificar os valores individuais, sem imposição à sociedade de seus ideais. (WOODCOCK, 2007,p.21) Deste ideal anarquista, fica a seguinte questão: quem teria o poder, ou traria ordem à sociedade, já que não haveria um governante? Segundo Corrêa (2012), os anarquistas não sugerem, como Marx, “o poder popular, nem o poder para uma classe”, mas afirma que quando existe respeito e harmonia nos interesses da sociedade em geral, não há necessidade de imposições, contudo ao que tudo indica, a maioria dos agentes da sociedade continuam a observar os resultados de suas omissões diante ao Estado. Sendo assim, o anarquismo perde forças, pois se na sua ideologia toda forma de poder não é de fato aceita, os próprios anarquistas não podem coagir a sociedade às suas propostas e nem mesmo fazer uma campanha de seus ideais, pois estas pareceriam uma maneira indireta de persuadir às pessoas. O resultado destas contestações é a diminuição do número de pessoas militantes às ideologias anarquistas na sociedade, propiciando assim força ao regime capitalista atual.(CORRÊA,2012, p.6 e 8)

6. Do movimento político à expressão da moda No decorrer do movimento, o anarquismo adquiriu novas vertentes, já que seus principais ideais anarcopassifistas haviam enfraquecidos. Segundo Antonio Gasparetto Junior (2014): “Em meio à Guerra Fria, houve um crescimento de interesse na ideologia anarquista, fazendo contraponto à disputa ideológica travada entre capitalismo e comunismo.” O resultado foi o movimento anarcopunk que seria a junção de anarquistas com punks, que se destacavam pelos seus ideais, por exemplo, o princípio de autonomia “Do it your self!”, o interesse pela aparência agressiva, o sarcasmo niilista e a subversão da cultura. Assemelhando-se entre si anarquistas e punks em diversos aspectos, o movimento ganhou um novo rumo com redirecionamento com discursos e ações mais ativas, opondo-se à mídia tradicional, ao Estado, às instituições religiosas e grandes corporaçõescapitalistas. Segundo a Organização Anarco Punk de São Paulo:

49


“O Movimento Anarcopunk no Brasil é fruto de uma crescente politização dentro de parte da cena punk que se dá em meados dos anos 80 e início dos 90. Uma de suas principais bandeiras de luta, desde os primórdios, foi o combate ao nazi-fascismo, o racismo e o preconceito. Em muitas das localidades onde se formou o Movimento Anarcopunk, desenvolveuse também um trabalho dentro da luta anti-fascista e anti-racista.” (www.punks.com.br)

Diante desta abordagem que aproxima um movimento político a outro movimento ligado à música, ao comportamento e à moda, esta pesquisa resulta em uma coleção de roupas e alguns acessórios, cuja finalidade é mostrar a partir do vestuário e da moda a ideologia de ambos os movimentos.

7. Anarcopunk: uma coleção A coleção será inspirada no movimento anarquista, principalmente nos anos de 1850 onde começaram a surgir anarquistas no Brasil. Que será representado de forma que una a nobreza do século XIX com a casualidade da marca. Na coleção será trabalhada a ideia de anarcocult, traduzindo a cultura anarquista que atualmente uniu-se com o movimento punk resultando em mais uma vertente dos movimentos sociais anarcopunk. A revolução industrial que foi umas das causas de insatisfação e opressão da sociedade que será representada com materiais de metal e engrenagens, e a visão anarquista diante à opressão do estado trabalhando assim com o conceito das manifestações principalmente as mais agressivas. Esta coleção mostrará também algumas formas que as pessoas encontram para viverem melhor em uma sociedade tão conturbada, através do conceito da utopia.

7.1. Elementos da coleção Elabora-se para a marca Anarchy uma coleção para o Inverno 2016 roupas e acessórios que traduzissem o universo anarcopunk, pensando no público-alvo da marca, pessoas que desfrutam do motociclismo e do rock. Pensando na tendência da estação escolheu-se trabalhar com brilho, cores escuras, macacão e decotes diferenciados; sendo utilizados couro, vinil, sintéticos, tecidos e metais que trazem à coleção uma estética harmoniosa com o life-style da marca. Ao todo, desenvolveu-se 45 looks divididos em 25 looks masculinos, e 20 looks femininos. O tema principal da coleção é Anarcopunk e está repartida em cinco famílias com os sub-temas: • Dinastia: que foi inspirada no século XIX e a Revolução Industrial; • Revolução: violência anarcopunk. • Anarco-cult: contra cultura; • Resistência: inspirada na luta e no black; • Acracia: inspirada na liberdade, utopia e motociclismo.

50


O resultado são peças elaboradas, esteticamente pesadas, com metais e lavanderia com Destroyed e sobreposições. Telas e correntes que remetem ao poder do Estado, as correntes e peças de motos que foram utilizadas aludem à Revolução Industrial. Peças com frases e símbolos dos movimentos mostrando as ideologias dos mesmos.

7.2. Os Grupos e suas histórias O primeiro grupo desta coleção chama-se Dinastia e foi inspirado no século XIX, por se tratar do século quando foi iniciado as primeiras atividades anarquistas no Brasil e a Revolução Industrial que foi segundo a semântica anarquista uma forma de coerção do Estado, onde as pessoas eram obrigadas a trabalharem durante longos períodos diários sem descanso devido, por remunerações mínimas; Que serão representados na coleção principalmente por detalhes que lembram a minoria nobreza da época e por engrenagens que foram usadas na família seguinte para fazer ligação de uma época com outra. O segundo grupo, chamado Acracia inspira-se na liberdade, na utopia e no motociclismo. A identidade desse conjunto fica a cargo dos detalhes como o aro da roda da moto para dispor um design diferenciado nas peças, usando tiras sintéticas metalizadas para essa representação, e ainda tecidos como angra cromo (sarja resinada) para compor detalhes que remetem às peças cromadas da moto, ou ainda tiras de couro trançado que lembram os sulcos dos pneus, e reutilizando correntes de moto para adornar os looks, utilizando peças do vestuário para representar a forma que esse público se beneficia da moto para se tranquilizarem e refugiarem-se das opressões do capitalismo, mesmo sabendo que estão presos à ele. Já o terceiro grupo, Anarco-cult: contra cultura, faz alusão à cultura de rua, ou às sub-culturas, por exemplo e especialmente, grafiteiros que tem uma participação notável no universo punk, por tratar de um movimento que luta pela liberdade de expressão. Tal conceito é trabalhado na coleção a partir de peças soltas no corpo que trazem conforto, sendo utilizado também a técnica de aerografia que representa a arte do grafite e ainda frases que remetem às ideologias anarquistas. Além disso, nesta família são jogados borras de tinta de cores que são usadas ao decorrer da coleção para aludir à liberdade de expressão, ou mesmo como um modo de afirmar que não é necessário impor uma forma, ou desenho, mas que as opiniões podem ser expostas de forma livre respeitando apenas o indivíduo como cidadão. O último grupo é o da Resistência, sendo este inspirado na luta e no total black, sendo um conjunto figurado por armaduras que remetem aos ativistas anarquistas, de forma mais dramática, remetendo as armaduras de guerra, ao corpo que resiste tal qual uma máquina de guerra. Este grupo ainda incorpora as engrenagens das máquinas das fábricas, como uma referência ao momento a revolução industrial, que foi o início da produção em série e do poder das grandes corporações, amplamente contestadas pelo movimento anarquista. Por último, a coleção contará com o grupo da Revolução, cuja referência estará voltada para a manifestação da violência, instigada pelo movimento anarcopunk. Este grupo inspira-se nas manifestações agressivas, nos ativistas que promovem a guerrilha na prática, para além do conceito ou ideal de resistência. As peças deste grupo são amplas, mais soltas no corpo, protegem e escondem mais o rosto e apelam para o fato de os ativistas não poderem ser mostrados na mídia e também para se protegerem das agressões entre eles mesmo e com policiais.

51


8. Considerações Finais

A importância desse trabalho está em mostrar como a moda pode ser vista de outras formas. Que o brilho utilizado em peças não precisa ser o strass, que uma coleção ou uma marca inspirada em rock’in roll não precisa ser apenas de t-shirts com estampas de bandas de rock. Que pode-se ir além de metais dourados, que neste caso foi um desafio para o desenvolvimento deste trabalho, pois no mercado de aviamentos de Belo Horizonte, onde foi realizada a maior parte das compras para produção das peças, é muito difícil encontrar zíperes, peças de detalhes de metal entre outros aviamentos que não seja dourado ou que não tenha strass. A coleção busca também incentivar a busca de um olhar diferente na hora da criação quando, por exemplo, utiliza peças de motos, entre correntes, pastilhas de freios entre outros, para aviamentar e ornar as peças e os looks de uma maneira diferenciada. Para a estudante foi uma experiência incrível, pois a mesma desenvolveu este trabalho desde a criação da marca até a finalização das peças, o que lhe rendeu um experimento motivacional para que esta marca se torne real e seja lançada no mercado da moda. Porém quando pensa-se em vendas e toda a parte de mercado, a venda de peças diferenciadas, com uma pesquisa de moda através de um desenvolvimento intelectual das coleções, percebe-se a dificuldade em lançar uma marca que vem com uma proposta diferente e não se tem um capital que seja plausível para cobrir orçamento em uma publicidade e propaganda que abranja uma quantidade necessária de pessoas que realmente queiram e valorizam este tipo de trabalho.

52


9. Referências Bibliográficas KROPOTKIN - Piotr - Ajuda Mútua- um fator de evolução – Disponível em: www.estantede vidro.com.br Piotr-Kropotkin-Ajuda-mutua-Um-fator-de-evolucaoTradução Waldir Azevedo Jr. / A Senhora Editora-São Sebastião 2009 – (Acesso dia 14 de setembro de 2014) CAPELLETTI - Ángel J. - LA IDEOLOGÍA ANARQUISTA -Disponível em www.estantedevidro.com.br (Acesso dia 30 de setembro de 2014) CORRÊA-Felipe Pedro, Anarquismo, poder, classe e transformação social. (2012) Disponível em www.estantede vidro.com.br (Acesso dia 30 de setembro de 2014) BAKUNIN - Mikhail - Fonte: Maximoff, G. P. The Political Philosophy of Bakunin.NY: The Free Press, 1953.Grupo de Estudos do Pensamento Proudhoniano - Edição: 2007 ARANHA - Maria Lúcia de Arruda ; MARTINS - Maria Helena Pires - Filosofando - introdução à filosofia – Editora Moderna Ltda. 2º Ed. rev. atual – São Paulo: 1993. WOODCOCK, George, 1912-1995. História das idéias e movimentos anarquistas-v.l :A idéia/ George Woodcock; tradução de Júlia Tettamanzy. - Porto Alegre : L&PM, 2007. Ana Paula de Araújo Disponível em http://www.infoescola.com (Acesso dia 15 de setembro de 2014) Antonio Gasparetto Junior Disponível em http://www.infoescola.com (Acesso dia 14 de setembro de 2014) www.punks.com.br (Acesso dia 20 de março de 2015)

53


Coleção

54


Anarcopunk

A coleção será inspirada no movimento anarquista, principalmente nos anos de 1850 onde começaram a surgir anarquistas no Brasil. Que será representado de for�a que una a nobreza do século XIX com a casualidade da marca. Na coleção será trabalhada a ideia de anarcocult, traduzindo a cultura anarquista que atualmente uniu-se com o movimento punk resultando em mais uma vertente dos movimentos sociais anarcopunk. A revolução industrial que foi umas das causas de insatisfação e opressão da sociedade que será representada com materiais de metal e engrenagens, e a visão anarquista diante à opressão do estado trabalhando assim com o conceito das manifestações principalmente as mais agressivas. A coleção mostrará também algumas for�as que as pessoas encontram para viverem melhor em uma sociedade tão conturbada, através do conceito da utopia.

55


56


Anarco-cult

57


58

ResistĂŞncia


Revolução

59


60

Acracia


MacrotendĂŞncia

61


Macrotendência Utopias cotidianas Busca de pequenos paraísos no dia a dia, retirando o excesso e deixando apenas o que é essencial. Valorização dos elementos fundamentais da vida: o tempo, a simplicidade e o prazer. Completando o sentido das ideologias anarquista e do público alvo da marca, que vivem buscando uma for�a de viverem melhor uns com os outros favorecendo o coletivismo. Dividido em três tendências: Viceless – Vida sem excesso, sem vícios; Micro adventures – Espaços para pequenas fugas, como o encontro de motoqueiros em Brasília - Moto Capital. ReLOVution – O amor como combustível da contemporaneidade. Os antigos amores líquidos são substituídos pelo novos amores modernos. (fonte:www.revistadonna.clicrbs.com.br/) 62


63


Tendências Inverno 2016

As tendências foram escolhidas de acordo com o que melhor seria adaptável ao público alvo e à marca.

Cores As cores escolhidas para a coleção foram retiradas do painel de inspiração e que estivesse de acordo com o público alvo.

64


65


Cores Dominante

Tonalizantes

Preto Pantone: 19-0303TPX

CINZA ROXO BEGE Patone:16-0000TPX Patone:13-1006TPX Patone:18-3415TPX CMYC:52,44,43,08 CMYC:66,61,70,67 CMYC:88,89,48,66

Inter�ediária

BRANCO VERDE JEANS Patone:19-4026TPX Patone:19-5411TPX Pantone:11-4800TPX CMYC:98,93,44,56 CMYC:73,61,71,83 CMYC:0,0,0,0

66

Vermelho Pantone: 19-1557TPX

CINZA ESCURO Patone:18-0201 CMYC:72,67,65,79


Tecidos Os tecidos escolhidos para a coleção Anarcopunk foram pensados de acordo com os modelos de peças que serão desenvolvidos, com o estilo da marca visando qualidade e vestibilidade. E ainda confor�idando com o tema das famílias que foram desenvolvidas. Na família Dinastia foram utilizados tecidos mais nobres como o Jacquard, alfaiataria que remetem ao século XIX. na família Acracia foram utilizados diversos jeans por ser um tecido casual e que propicia uma certa liberdade de escolha na hora de se vestir sem ter que preocupar-se com combinações, e o couro que remete ao mundo motociclistico; Ambos foram escolhidos também por oferecer segurança ao piloto por serem tecidos mais resistentes; Na família Anarco-cult foram utilizados principalmente o jeans detonado em lavanderia que trazem à coleção um conceito de revolução, gasto, usado. Na Resistência foram utilizados vários tipos de couro e couro sintético e ainda sarja preta, pois são tecidos resistentes e oferecem à coleção uma ideia de dureza e força, e a tela que representa a opressão do Estado que o anarquismo contrapõem-se. Na Revolução foram utilizados tecidos que oferecessem mais conforto e que representassem o vestuário das ruas, das manifestações agressivas, por exemplo o moletom e o jeans destroyed.

67


68


69


70


71


72


73


Aviamentos

Os aviamentos escolhidos para a coleção além da qualidade e no melhor acabamento das peças foram pensados também na melhor representação do conceito da coleção. As peças de moto que foram reaproveitadas são para representar as motos e ainda a revolução industrial que foi um marco na história e inspiração para parte da coleção.

74


Aviamentos

Linha fio 36 e 50 100% poliéster 9,90 a 16,00 reais o cone.

Linhas de overloque 100% poliéster 5,00 reais o cone pq.

Rebites e spikes de metal 35,00 pacote com 100 un.

Zíper de metal Varia de 3,50 a 7,00 reais cada. botão de pressão de metal 35,00 caixa com 100 un.

75


Corrente, coroa e pinhão de moto

Trança sintética 1,50 reais o M

76

Colchete onix 17,32 reais 4 un. Altero

Corda de algodão 1,00 real o M

Corrente onix 35,96 reais 2 M Altero

Tira sintética 0,50 centavos o M


Paralama cromado de moto FivelĂŁo de metal 14,39 reais un. Altero

Pastilha de freio de moto

Puxador de zĂ­per de metal 0,45 centavos a un.

77


Matérias

As técnicas escolhidas para o desenvolvimento da coleção foram o amaciamento do jeans e couro, tanto quanto o desgaste dos mesmos; lixado, destroyed, todos realizados em lavanderia. Que trazem à coleção a ideia de roupas usadas e gastas no cotidiano. Aerografia e stencil será utilizado remetendo ao graffite e cartazes que ser�iram de inspiração na coleção. Matelassê, ner�uras e alto relevo com cordão serão utilizados de for�a que lembrem detalhes do vestuário e acessórios de motocilclistas. Marcação com laser será utilizado com intuito de trazer à coleção e à marca técnicas diversificadas, diferenciando-se de outras marcas que focam apenas em estamparia. O encor�amento com manta será utilizado para deixar as peças mais fir�es lembrando assim ar�aduras que ser�iram de inspiração para a coleção, fazendo lembrar das guerras e revoluções.

78


Superfície

Aerografia

Estencil

Marcação a laser

79


Remodelagem Alto Relevo

80

Ner�ura

Matelassê

Encor�amento com manta


Beneficiamento Destroyed

Puídos

Amaciamento

Aplicação de produtos (RO)

81


Dinastia: é inspirada no século XIX, por se tratar do século quando foi iniciado as

primeiras atividades anarquistas no Brasil e a Revolução Industrial que foi segundo a semântica anarquista uma for�a de coerção do Estado, onde as pessoas eram obrigadas a trabalharem durante longos períodos diários sem descanso devido, por remunerações mínimas; Que serão representados na coleção principalmente por detalhes que lembram a minoria nobreza da época e por engrenagens que foram usadas na família seguinte para fazer ligação de uma época com outra;

82


Mapa de coleção Masculino Família

Descrição das peças

Cores

sobretudo com peças de moto epreto, cinza, Dinastia calça cinza escuro e casaco com pregas e ombreira, ebege calça casacão com correntes casaco arredondado e calça slim casacão com patte dobrado

For�as

retangulo, triangulo invertido e trapézio

Tecidos

Matéria

Unificador

jacquard, ner�ura, Black manta, sarja, amaciamento alfaiataria, jeans, couro

Mapa de coleção Feminino Família

Descrição das peças

Cores

sobretudo com peças de moto epreto, cinza, Dinastia calça cinza escuro e casaco com pregas e ombreira,bege e calça casacão com correntes casaco arredondado e calça slim casacão com patte dobrado

For�as

triângulo, retângulo e ampulheta

Tecidos

jacquard, manta, sarja, alfaiataria, jeans, couro

Matéria

Unificador

ner�ura, Black amaciamento e encor�amento com manta

83


Anarco-cult: contra cultura, esta família é inspirada na cultura de rua, ou sub-culturas, por exemplo

e especialmente, grafiteiros que tem uma participação notável no universo punk, por tratar de uma cultura que luta pela liberdade de ex�ressão; Esse conceito é trabalhado na coleção dispondo de peças soltas no cor�o que trazem conforto, sendo utilizado também a técnica de aerografia para representar o grafite e ainda frases que remetem às ideologias anarquistas. Além disso, nesta família são jogados borras de tinta de cores que são usadas ao decorrer da coleção para aludir à liberdade de ex�ressão, que não é necessário impor uma for�a, ou desenho, mas que as opniões possam ser ex�ostas de for�a livre respeitando apenas o indivíduo como cidadão;

84


Mapa de coleção Masculino Família

Descrição das peças

macacão pintado e t-shirt Anarco- burca macacão com capuz e spikes cult blusa manga longa e calça larga sobretudo e calça

Cores

preto, ver�elho, bege, azul, verde, cinza e cinza escuro

For�as

retangulo, triangulo invertido e trapézio

Tecidos

Matéria

Unificador

jeans, moletom aerografia e Black e couro pintura e amaciamento

Mapa de coleção Feminino Família

Descrição das peças

Cores

macacão com spikes e zíperes preto, cinza Anarco- jaqueta e calça pantalona extremoescuro, cinza, vestido long� puxado nas lateraisbege, cult vestido curto com capuz

ver�elho, verde e azul

For�as

triângulo, retângulo e ampulheta

Tecidos

Matéria

destroyed, jeans e couro aerografia, pintura

Unificador

Black

85


Resistência: inspirada na luta e no black, esta é figurada por ar�aduras que remetem aos

ativistas anarquistas, mas de for�a mais dramática, lembrando ar�aduras de guerras com cor�o mais protegido, e com engrenagens que lembram neste momento a revolução industrial que teve seu início bem anterior�ente e que ainda hoje trata de metamorfosear o nosso cotidiano, e ainda telas que remetem à opressão dissimulada do Estado que o anarquismo discorda;

86


Mapa de coleção Masculino Família

Descrição das peças

Cores

sobretudo com recortes, cinto, preto peitoral e calça Resistência jaqueta com gola bem alta e sobreposição + calça gancho bem baixo casaco trespassado com capuz e calça skinny casaco com recortes e capuz + calça larga

For�as

Tecidos

Matéria

Unificador

retangulo, triangulo invertido e trapézio

manta, vinil, tela sombrite tecido de leggin, moletom, couro e jeans

encor�amento Black com manta, matelassê e puídos

Mapa de coleção Feminino Família

Descrição das peças

Cores

vestido longo sobreposto com preto corset Resistência jaqueta com sobreposição e capa + calça vestido com recortes cinto de couro + calça dobrada jaqueta + calça

For�as

triângulo, retângulo e ampulheta

Tecidos

Matéria

Unificador

alto relevo, Black sintético encor�amento texturizado, com manta, plissado, tela amaciamento sombrite

87


Revolução: violência anarcopunk, esta é inspirada nas manifestações agressivas, nos ativistas

assim como a família Resistência, mas de uma for�a mais real/casual que são representados com peças mais soltas no cor�o, protegem, e escondem mais o rosto, pelo fato de não poderem ser mostrados na mídia e também para se protegerem das agressões entre eles mesmo e com policiais;

88


Família

Descrição das peças

Cores

blusa manga curta com recortes eVer�elho preto, corrente, blusa manga longa e kiltverde e azul Revolução blusa manga longa e gola bem alta, trespassada, cinto com bolsa, calça larga jardineira e blusa com manga longa colete com capuz, blusa manga longa e ber�uda jaqueta com recortes e calça skinny

For�as

retangulo, triangulo invertido e trapézio

Mapa de coleção Masculino

Tecidos

manta, moleton, cedroflex, tela dupla, e tweed

Matéria

Unificador

encor�amento Black com manta,amacia mento e puídos, alto relevo e detroyed,

Mapa de coleção Feminino Família

Descrição das peças

Cores

For�as

macacão largo preto, ver�elho, triângulo, casaco com capuz e calça azul e verde retângulo e Revolução blusa manga longa e calça alladin ampulheta vestido curto com capuz e calça com punho

Tecidos

Matéria

tela crochê, alto relevo, balance destroyed moletom, alfaiataria brilhoso,tecido leggin, sintético texturizado

Unificador

Black

89


Acracia: inspirada na liberdade, utopia e motociclismo, trabalhando com detalhes como o aro da

roda da moto para dispor um designer diferenciado nas peças, usando tiras sintéticas metalizadas para essa representação, e ainda tecidos como angra cromo (sarja resinada) para compor detalhes que remetem às peças cromadas da moto, ou ainda tiras de couro trançado que lembram os sulcos dos pneus, e reutilizando correntes de moto para adornar os looks, utilizando peças do vestuário para representar a for�a que esse público se beneficia da moto para se tranquilizarem e refugiarem-se das opressões do capitalismo, mesmo sabendo que estão presos à ele.

90


Mapa de coleção Masculino Família Acracia

Descrição das peças

Cores

capa com couro e corrente de preto, bege, moto, azul e verde blusa manga longa e calça skinny casacão com recortes, t-shirt e calça skinny macacão com couro e correntes colete e calça larga jaqueta e calça super skinny

For�as

Tecidos

Matéria

Unificador

retangulo, triangulo invertido e trapézio

tela dupla, jeans, sarja listrada, vinil metalizado

destroyed, Black encor�amento com manta, amaciamento e marcação a laser

Mapa de coleção Feminino Família

Acracia

Descrição das peças

Cores

For�as

macacão de tiras sintética azul, ver�elho, triângulo, jaqueta e calça com correntes preto e verde retângulo e jardineira e blusa de manga longa ampulheta blusa de manga longa +saia cura e meia-calça

Tecidos

Matéria

tela dupla, amaciamento zagreb, twid, vinil texturizado, organza, couro

Unificador

Black

91


For�as

As for�as foram escolhidas de acordo com os modelos que serão desenvolvidos, com as tendências da estação e com estilo do público.

92


Masculino

Feminino

93


Apresentação final

O trabalho terá como produto para apresentação final um site onde será apresentada a marca e parte da coleção desenvolvida, contendo Home (com vídeo e Editorial da coleção)/ Marca / Coleção / Lookbook (com os looks comerciais que foram confeccionados) / Contato e trilha sonora. E apresentará um desfile no dia 09 de julho de 2015 que serão desfilados alguns looks conceituais da coleção.

94


Anarcopunk Coleção inverno 2016

95


96

Dinastia -conceito


97

Dinastia - fashion


98

Dinastia - fashion


99

Dinastia - comercial


100

Dinastia - comercial


101

Dinastia - conceito


102

Dinastia - fashion


103

Dinastia - fashion


104

Dinastia - comercial


105

Anarco-cult-conceito


106

Anarco-cult-fasion


107

Anarco-cult- fashion


108

Anarco-cult- comercial


109

Anarco-cult- comercial


110

Anarco-cult-conceito


111

Anarco-cult- fashion


112

Anarco-cult - fashion


113

Anarco-cult-comercial


114

ResistĂŞncia - conceito


115

ResistĂŞncia - fashion


116

ResistĂŞncia - fashion


117

ResistĂŞncia - comercial


118

ResistĂŞncia - comercial


119

ResistĂŞncia - conceito


120

ResistĂŞncia - fashion


121

ResistĂŞncia - fashion


122

ResistĂŞncia - comercial


123

Revolução - conceito


124

Revolução - fashion


125

Revolução - fashion


126

Revolução - comercial


127

Revolução - comercial


128

Revolução - conceito


129

Revolução - fashion


130

Revolução - fashion


131

Revolução - comercial


132

Acracia - conceito


133

Acracia - fashion


134

Acracia - fashion


135

Acracia -comercial


136

Acracia -comercial


137

Acracia -comercial


138

Acracia -conceito


139

Acracia - fashion


140

Acracia - fashion


141

Acracia -comercial


Seg�entação Masculino Peça Colete Blusa de frio Ber�uda Calça Jaqueta Kilt T-shirt Casacão Macacão Burca

Acessórios Bolsa - cinto Cinto Suspensório Peitoral Capa

142

Conceitual Fashion Comercial 2 0 4 0 1 0 2 1 0

0 1 0 1 1

2 1 6 2 0 1 3 2 1

0 0 1 0 0

3 4 1 10 5 0 3 1 0 0

1 1 0 0 0

Feminino Peças Conceitual Fashion Comercial Blusa de frio Calça Vestido curto Macacão Jaqueta Jardineira Saia curta Vestido longo

Acessórios Xale Chapéu Bolsa - cinto Cinto Meia-calça

1 1 2 3 0 0 0 0

2 4 3 0 4 1 1 1

3 3 1 0 2 0 1 0

1 0 0 1 0

0 1 1 1 1

0 0 0 1 2


Painel ArtĂ­stico

143


Peรงas conceituais confeccionadas

144


CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA - Faculdade de Comunicação e Artes FICHA TÉCNICA - DESENHO DE MODA Disciplina: Projeto experimental

Nome: Geusiane Bissaro Coleção: Anarcopunk - Inverno 2016 Ref.: XL001 = Grade: PP P M G

GG

Descrição

Cor

U

Artigo: Xale Descrição: Xale Dinastia X

Tecidos e Consumo Código

Couro sintético texturizado Jacquard Manta sintética Jeans cedro

CS1478 JQ1548 MS1448 JC4489

preto preto preto azul

3,0 M 2,5 M 5,5 M 5,5 M

Mix Coleção: Conceitual Cod. Molde: XL001

Piloto tam.: 36

Aviamentos / Posição / Consumo

Descrição

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total:

3,0 M 2,5 M 5,5 M 5,5 M

9,90 49,90 64,90 9,90

Data: 29/06/2015______

29,70 124,75 356,95 54,45

Código

Linha reta Linha overloque Zíper destacável metal Botão de pressão

LR2349 LO2596 ZP0014 BP1148

DESENHO TÉCNICO DA PEÇA

PEÇAS

Cor

preto preto preto níquel

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total:

2 cones 2 cones 1 un 1 cx

2 cones 2 cones 1 un 1 cx

9,90 3,50 9,90 43,90

19,80 7,00 9,90 43,90

ESPECIFICAÇÕES -Encorpar todas as parte com manta sintética. -Fazer pregas depois da peça montada e antes de forrar -Peça forrada com jeans. -Aletas de couro, pregadas depois de finalizar a gola. -Zíper com 44,5 cm. -Corrente presa com costura à mão na barra do xale.

A B I H C

G

F

E D

Medidas (cm) A- 26 B- 8 C- 43,5 D- 150 E- 13,5 F- 20 G- 22 H- 9 I- 3,5 Etapas de processo: modelar o xale, cortar,costurar, pregar botões.

J

K

L

M

N

O

P

Q

R

S

T

U

V

X

145


CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA - Faculdade de Comunicação e Artes FICHA TÉCNICA - DESENHO DE MODA Disciplina: Projeto experimental

Nome: Geusiane Bissaro Coleção: Anarcopunk - Inverno 2016 Ref.: VE001 = Grade: PP P M G

GG

Descrição

Cor

U

Artigo: Vestido curto Descrição: Vestido Dinastia X

Piloto tam.: 36

Tecidos e Consumo Código

Couro sintético texturizado Linho composto

CS1478 LC4478

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total:

preto xadrez

2,0 M 2,0 M

2,0 M 2,0 M

9,90 15,90

19,80 31,80

Data: 29/06/2015______

Mix Coleção: Conceitual Cod. Molde: VE001

Aviamentos / Posição / Consumo

Descrição

Código

Linha reta Linha overloque Zíper destacável metal Botão de pressão

LR2349 LO2596 ZP0014 BP1148

DESENHO TÉCNICO DA PEÇA

PEÇAS

Cor

preto preto preto níquel

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total:

2 cones 2 cones 1 un 1 cx

2 cones 2 cones 1 un 1 cx

9,90 3,50 9,90 43,90

19,80 7,00 9,90 43,90

ESPECIFICAÇÕES -Encorpar todas as parte com manta sintética. -Peça forrada com Linho composto.

M

B C A

D

L

K

E J F I

H G

Medidas (cm) A- 20,5 B- 6 C- 6 D- 78,5 E- 15 F- 6,5 G- 51 H- 11 I-15 J- 6,5 Etapas de processo: modelar o vestido, cortar,costurar, pregar botões.

146

K- 55,5 L- 58,5 M- 12 N

O

P

Q

R

S

T

U

V

X


147


CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA - Faculdade de Comunicação e Artes FICHA TÉCNICA - DESENHO DE MODA Disciplina: Projeto experimental

Nome: Geusiane Bissaro Coleção: Anarcopunk - Inverno 2016 Ref.: MC001 Grade: PP P M G

GG

Descrição

Cor

U

Artigo: Macacão marculino Descrição: Macacão Anarcocult X

Tecidos e Consumo Código

Couro sintético texturizado Jeans cedro Linho Composto

CO2349 JC0045 LI2045

Piloto tam.: 42

1,0 M 3,0 M 2,5 M

1,0 M 3,0 M 2,5 M

9,90 12,50 15,90

Mix Coleção: Conceitual Cod. Molde: MC001

Aviamentos / Posição / Consumo

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total:

preto azul xadrez

Data: 29/06/2015______

9,90 37,50 39,75

Linha reta Tinta de tecido Linha overloque Zíper Pingente de zíper Spikes Botão de pressão

Descrição

Código

LR2349 000000 LO2596 2345 PG2563 SP2564 BP2562

DESENHO TÉCNICO DA PEÇA

PEÇAS

A

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total: 2 cones 7 potes 2 cones 1,39M 3 un 2 pct 1 cx

9,90 3,00 3,50 6,00 0,50 36,50 43,00

19,80 21,00 7,00 8,30 1,50 73,00 43,00

ESPECIFICAÇÕES -Os spikes são colocados manualmente com alicate depois da peça pronta. Deixar forro aberto para fixar os spikes. - A lateral esquesda do macacão e do capuz é no couro sintético texturizado - Gancho bem baixo. - A letra F se trata de uma bertura na perna para facilitar o vestimento. - A caneleira acompanha a abertura da perna e é fechado com botão de pressão. - Fazer pregas na barra do macacão para encaixar na caneleira. - Peça forrada com linho xadrez. -Bolso lateral tem uma prega macho no meio de couro, e as laterais são de jeans.

B Q

Cor

preto/ci 2 cones variadas 7 potes cinza 2 cones vemelho 1,39 M níquel 3 un onix 2 pct niquel 1 cx

C R

D P S

E

F G

O N M

H L

K

J I

Medidas (cm) A- 49 B- 153 C- 28 D- 28 E- 16 F- 5,5 G- 12,5 H- 14 I- 28,5 J- 137 K- 116 L- 29 M- 3 N- 16 O- 34,5 P- 13 Q- 20 Etapas de processo: modelar o macacão, cortar,costurar, lavanderia industrial, pintar, fixar os spikes, fechar o forro.

148

R- 6

S- 8,5 T

U

V

X


149


CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA - Faculdade de Comunicação e Artes FICHA TÉCNICA - DESENHO DE MODA Disciplina: Projeto experimental

Nome: Geusiane Bissaro Coleção: Anarcopunk - Inverno 2016 Ref.: CA001 Grade: PP P M G

GG

Descrição

Cor

Couro sintético Linho composto Jacquard Manta sintética

U

Artigo: Casacão masculino Descrição: Casacão Resistência X

Tecidos e Consumo Código

CO2349 LI2045 JQ2356 MS2548

preto xadrez preto preto

3,0 M 2,5 M 0,5 M 3,0 M

Mix Coleção: Conceito

Cod. Molde: CA001

Piloto tam.: 42

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total:

3,0 M 2,5 M 0,5 M 3,0 M

Data: 29/06/2015______

9,90 15,90 49,90 64,90

29,70 39,75 24,95 194,70

Aviamentos / Posição / Consumo

Descrição

Código

Linha reta coroa, pinhão, paralama e pastilhas de moto Linha overloque Zíper de metal

LR2349 000000 LO2596 ZM2563

DESENHO TÉCNICO DA PEÇA

PEÇAS

Cor

preto preto preto preto

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total:

2 cones 13 peças 2 cones 2

2 cones 13 peças 2 cones 2

9,90 reaproveitadas 3,50 7,00

19,80 reaproveitadas 7,00 14,00

ESPECIFICAÇÕES -Deixar forro aberto na lateral para facilitar a colocação das peças -As coroas serão presas na altura da cintura, depois da peça pronta

A B

C

D

E

F

-Pinhão será preso na aleta do lado esquerdo e na ponta dos paralamas que serão fixados somente na hora de vestir.

G

-Encorpar cada recote de couro com manta sintética antes de unir.

H N

-fazer costuras abertas. -Encorpar o detalhe da manga de jacquard com manta sintética.

I

-As pastilhas de freio são fixadas com costura com agulha de mão, após a peça pronta. -Bolso fole. -Peça forrada com linho xadrez.

M

J

K

L

Medidas (cm) A- 67 B- 11 C- 28 D- 18 E- 39 F- 11 G- 23 H- 19 I- 9,5 J- 6 K- 19 L- 119 M- 20 N- 17,5 O P Q R S T U V X Etapas de processo: cortar o paralama e furar, pintar as partes de metal, modelar o casaco, cortar,costurar, fixar os aviamentos de metal e fechar o forro na lateral.

150


CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA - Faculdade de Comunicação e Artes FICHA TÉCNICA - DESENHO DE MODA Disciplina: Projeto experimental

Nome: Geusiane Bissaro Coleção: Anarcopunk - Inverno 2016 Ref.: PT001 Grade: PP P M G

GG

Descrição

Cor

Tecido de leggin Tela sombrite Manta sintética

U

Artigo: peitoral masculino Descrição: Peitoral Resistência X

Tecidos e Consumo Código

TL2044 TS2547 MS2596

1,0 M 1,0 M 1,0 M

1,0 M 1,0 M 1,0 M

49,90 7,80 64,90

Mix Coleção: Conceito

Cod. Molde: PT001

Piloto tam.: 42

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total:

preto preto preto

Data: 29/06/2015______

49,90 7,80 64,90

Aviamentos / Posição / Consumo

Linha reta Linha overloque

Descrição

Código LR2349 LO2596

DESENHO TÉCNICO DA PEÇA

PEÇAS

2 cones 2 cones

9,90 3,50

19,80 7,00

- Encorpar tecido de leggin com manta sintética. -Peça forrada com tecido de leggin. -Pregar a tela sombrite depois de montar o peitral. - Gola embutida no peitoral, também encorpada com manta sintética. -Fazer dois furos no ombro para fixar os paralamas.

B

E

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total:

2 cones 2 cones

ESPECIFICAÇÕES

A

F

Cor

preto preto

C

D

Medidas (cm) A- 15 B- 11 C- 42 D- 39,5 E- 38 F- 14 G H I J K L M N O Etapas de processo: modelar o peitoral, cortar,costurar, fazer os furos para fixar os paralamas no ombro.

P

Q

R

S

T

U

V

X

151


CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA - Faculdade de Comunicação e Artes FICHA TÉCNICA - DESENHO DE MODA Disciplina: Projeto experimental

Nome: Geusiane Bissaro Coleção: Anarcopunk - Inverno 2016 Ref.: CT001 Grade: PP P M G

GG

Descrição

Cor

Couro sintético Manta sintética Sarja

U

Artigo: Cinto masculino Descrição: CintoResistência X

Tecidos e Consumo Código

CS2044 MS2596 SJ0012

preto preto preto

0,5 M 0,5 M 0,5 M

9,90 64,90 15,90

Mix Coleção: Conceito

Cod. Molde: CT001

Piloto tam.: 42

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total: 0,5 M 0,5 M 0,5 M

Data: 29/06/2015______

4,95 32,45 7,95

Aviamentos / Posição / Consumo

Descrição

Linha reta Fivela

Código LR2349 FV0014

DESENHO TÉCNICO DA PEÇA

PEÇAS

Cor

preto preta

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total:

2 cones 1 un

2 cones 1 un

9,90 3,50

19,80 3,50

ESPECIFICAÇÕES - Encorpar couro sintético com manta sintética. -Peça forrada com sarja.

A

C

B

Medidas (cm) A- 46 B- 111 C- 3 D E FG H I J K L Etapas de processo: modelar o cinto, cortar,costurar, prender fivela e fazer os furos.

152

M

N

O

P

Q

R

S

T

U

V

X


CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA - Faculdade de Comunicação e Artes FICHA TÉCNICA - DESENHO DE MODA Disciplina: Projeto experimental

Nome: Geusiane Bissaro Coleção: Anarcopunk - Inverno 2016 Ref.: CL001 Grade: PP P M G

GG

Descrição

Cor

Linho

U

Artigo: calça masculina Descrição: Calça Resistência X

Tecidos e Consumo Código LI2044

preto

2,0 M

29,90

Mix Coleção: Conceito

Cod. Molde: CL001

Piloto tam.: 42

Aviamentos / Posição / Consumo

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total: 2,0 M

Data: 29/06/2015______

59,80

Linha reta Linha overloque Zíper de metal Botão de metal

Descrição

Código

DESENHO TÉCNICO DA PEÇA

PEÇAS

Cor

LR2349 preto LO2596 preto ZM2563 preto BM2563 onix

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total:

2 cones 2 cones 1 un 1 un

2 cones 2 cones 1 un 1 un

9,90 3,50 4,50 1,00

19,80 7,00 4,50 1,00

ESPECIFICAÇÕES

A B C

F

D

G E

Medidas (cm) A- 117 B- 12 C- 9 D- 46 E- 22 F- 21,3 G- 5 H I Etapas de processo: modelar a calça, cortar,costurar, pregar botão.

J

K

L

M

N

O

P

Q

R

S

T

U

V

X

153


154


CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA - Faculdade de Comunicação e Artes FICHA TÉCNICA - DESENHO DE MODA Disciplina: Projeto experimental

Nome: Geusiane Bissaro Coleção: Anarcopunk - Inverno 2016 Ref.: BC001 Grade: PP P M G

GG

Descrição

Cor

U

Artigo: Burca masculina Descrição: Burca protesto X

Tecidos e Consumo Código

Couro sintético texturizado Jeans cedro

CO2349 JC0045

preto azul

Piloto tam.: 42

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total:

0,5 M 3,0 M

0,5 M 3,0 M

9,90 15,00

29,70 45,00

Data: 29/06/2015______

Mix Coleção: Fashion Cod. Molde: BC001

Aviamentos / Posição / Consumo

Linha reta Tinta de tecido Linha overloque

Descrição

Código

LR2349 000000 LO2596

DESENHO TÉCNICO DA PEÇA

PEÇAS

Cor

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total:

preto/ci 2 cones 2 cones preto/verm 2 potes 2 potes cinza 2 cones 2 cones

9,90 3,00 3,50

19,80 6,00 7,00

ESPECIFICAÇÕES -As palas são aplicadas sobre o jeans. -Capuz embutido no decote. - Fenda lateral com 57 cm -Patte falso.

B C A D

J E

H

G

I F

K

Medidas (cm) A- 40 B- 32 C- 22 D- 52,5 E- 8 F- 23,5 G- 13,5 H- 15 I- 74 J- 44,5 K- 166 L Etapas de processo: modelar a burca, cortar,costurar, lavanderia industrial e pintar.

M

N

O

P

Q

R

S

T

U

V

X

155


156


CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA - Faculdade de Comunicação e Artes FICHA TÉCNICA - DESENHO DE MODA Disciplina: Projeto experimental

Nome: Geusiane Bissaro Coleção: Anarcopunk - Inverno 2016 Ref.: BL001 = Grade: PP P M G

GG

Descrição

Cor

Jeans cedro

U

X

Tecidos e Consumo Código JC5349

azul

Artigo: blusa manga longa feminino Descrição: Blusa Revolução Mix Coleção: Conceitual Piloto tam.: 36 Cod. Molde: BL001

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total:

2,0 M

2,0 M

16,30

32,60

Aviamentos / Posição / Consumo

Linha reta Linha overloque Botão de pressão Viés de algodão Tira Sintética Zíper de metal Spikes

Descrição

Código

LR2349 LO2596 BP1456 VS2563 TS4562 ZP4569 SP4589

DESENHO TÉCNICO DA PEÇA

PEÇAS

Data: 29/06/2015______

Cor

preto cinza níquel preto pret/prat preto vermelho

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total:

2 cones 2 cones 1 cx 1 rolo 5,0 M 3 un 1 pc

2 cones 2 cones 1 cx 1 rolo 5,0 M 3 un 1 pc

9,90 3,50 43,90 20,00 0,50 5,00 37,00

19,80 7,00 43,90 20,00 2,50 15,00 37,00

ESPECIFICAÇÕES -Fechar a lateral da calça do macacão e em seguida colocar as tiras sintéticas. -Colocar tiras sintéticas na manga antes de fechar o recorte. -Colocar tiras sintéticas na gola antes de fechar a gola. -Macacão com acabamento em viés de algodão

A B S

D

C

R

I O

N

E F G H

Q P

J M

K L

Medidas (cm) A- 145 B- 57,5 C- 4 D- 18 E- 9 F- 6 G- 5 H- 4,5 I- 27,5 J- 93 K- 9 L- 6,5 M- 10 Etapas de processo: modelar o macacão, cortar,costurar, lavanderia industrial e aviamentar.

N- 11

O- 21

P- 5,5 Q- 5,5 R- 10

S- 47

T

U

V

X

157


158


CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA - Faculdade de Comunicação e Artes FICHA TÉCNICA - DESENHO DE MODA Disciplina: Projeto experimental

Nome: Geusiane Bissaro Coleção: Anarcopunk - Inverno 2016 Ref.: BL001 = Grade: PP P M G

GG

Descrição

Cor

Tule

U

X

Tecidos e Consumo Código TL2349

vermelho

Artigo: blusa manga longa feminino Descrição: Blusa Revolução Mix Coleção: Conceitual Piloto tam.: 36 Cod. Molde: BL001

Aviamentos / Posição / Consumo

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total:

1,5 M

Data: 29/06/2015______

1,5 M

29,90

44,85

Linha reta Linha overloque

Descrição

Código

LR2349 LO2596

DESENHO TÉCNICO DA PEÇA

PEÇAS

Cor

vermelho vermelho

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total:

2 cones 2 cones

2 cones 2 cones

9,90 3,50

19,80 7,00

ESPECIFICAÇÕES -O acabamento da barra da blusa e da manga será feito na galoneira - Não fazer bainha no revel da gola, deixar a fio. - Colocar etiqueta presa somente no revel.

A

G

B C

F

D

E

Medidas (cm) AB- 130 C- 32 D- 17,5 E- 52 F- 4 G- 38 Etapas de processo: modelar a blusa, cortar,costurar.

H- 18,5 I- 10

J- 2,5

K- 11

L- 4,5

M- 14,5 N- 4

O- 185 P- 4

Q- 11,5 R

S

T

U

V

X

159


CENTRO UNIVERSITÁRIO UNA - Faculdade de Comunicação e Artes FICHA TÉCNICA - DESENHO DE MODA Disciplina: Projeto experimental

Nome: Geusiane Bissaro Coleção: Anarcopunk - Inverno 2016 Ref.: MC001 = Grade: PP P M G

GG

Descrição

Cor

Jeans cedro resinado Tela crochê Linho composto

U

Artigo: macacão feminino Descrição: Macacão Revolução X

Tecidos e Consumo Código

JC2349 TC4785 LC4587

azul preto xadrez

Piloto tam.: 36

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total:

2,0 M 1,0 M 2,0 M

2,0 M 1,0 M 2,0 M

16,30 29,80 15,90

32,60 29,80 31,80

Mix Coleção: Conceitual Cod. Molde: MC001

Aviamentos / Posição / Consumo

Linha reta Linha overloque Botão de pressão Corrente Ilhós Zíper de metal Spikes

Descrição

Código

LR2349 LO2596 BP1456 CR4589 IL4785 ZP4569 SP4589

DESENHO TÉCNICO DA PEÇA

PEÇAS

2 cones 2 cones 1 cx 1,0 M 1 pc 2 un 1 pc

9,90 3,50 43,90 3,50 36,00 5,00 37,00

19,80 7,00 43,90 3,50 36,00 10,00 37,00

E

Q N

Qtde Unidade Preço Unitário Preço Total:

-Colocar blusa de tela depois da lavanderia industrial. -Blusa com acabamento em viés. - Macacão forrado com linho composto. -Pregar ilhos no recorte lado direito e colocar corrente entrelaçada.

C

P

Cor

vermelho 2 cones vermelho 2 cones níquel 1 cx onix 1,0 M preto 1 pc preto 2 un vermelho 1 pc

ESPECIFICAÇÕES

B

A

O

Data: 29/06/2015______

D

M K L

J H

G F

I

Medidas (cm) A- 48 B- 130 C- 16,5 D- 4 E- 31 F- 4,5 G- 14,5 H- 4,5 I- 185 J- 11 K- 2, L- 18 M- 10 Etapas de processo: modelar o macacão, cortar,costurar, lavanderia industrial e aviamentar.

160

N- 12

O- 38

P- 4

Q- 51

R

S

T

U

V

X


Referências KROPOTKIN - Piotr - Ajuda Mútua- um fator de evolução – Edição Disponível em: www.estantedevidro.com.br) Tradução Waldir Azevedo Jr. / A Senhora Editora-São Sebastião 2009 – Acesso dia 14 de setembro de 2014 CAPELLETTI - Ángel J. - LA IDEOLOGÍA ANARQUISTA Edição Disponível em: www.estantedevidro.com.br) Acesso dia 30 de setembro de 2014. CORRÊA-Felipe Pedro, Anarquismo, poder, classe e transfor�ação social. (2012) Edição Disponível em: www.estantedevidro.com.br) Acesso dia 30 de setembro de 2014 BAKUNIN - Mikhail - Fonte: Maximoff, G. P. The Political Philosophy of Bakunin.NY: The Free Press, 1953.Grupo de Estudos do Pensamento Proudhoniano Edição: 2007 ARANHA - Maria Lúcia de Arruda ; MARTINS - Maria Helena Pires - Filosofando - introdução à filosofia – Editora Moderna Ltda. 2º Ed. rev. atual – São Paulo: 1993. WOODCOCK, George, 1912-1995. História das idéias e movimentos anarquistas-v.l : A idéia/ GeorgeWoodcock; tradução de Júlia Tettamanzy. - Porto Alegre : L&PM, 2007. Ana Paula de Araújo Disponível em htt�://www.infoescola.com(Acesso dia 15 de setembro de 2014) Antonio Gasparetto Junior Disponível em htt�://www.infoescola.com (Acesso dia 14 de setembro de 2014) www.punks.com.br (Acesso dia 20 de março de 2015) 161


www.ffw.com.br (Acesso dia 22 de marรงo de 2015)

:www.revistadonna.clicrbs.com.br ( Acesso dia 22 de marรงo de 2015)

162


ApĂŞndice

163


Anarcopunk Coleção inverno 2016

164


165


166


167


168


169


170


171


172


173


174


175


176


Look book

Coleção inverno 2016

177


178


179


180


181


182


183


Making-off

184


Lavagem das peรงas de moto Corte de peรงas

Modelagem de peรงas Modelando Costura de peรงas Bolsa de brinde

185


186

Estampa da bolsa

Teste pintura do macacĂŁo

Capa do portfĂłlio

Estencil

Amostra de estencil

Amostra de aerografia


Making-off do editorial

Modelagem do Xale Dinastia Making-off do vĂ­deo

187


188

ANARCHY - Geusiane Bissaro  
ANARCHY - Geusiane Bissaro  
Advertisement