Issuu on Google+

N° 77 JUNHO 2013 INFORMATIVO OFICIAL DA UNIÃO NACIONAL DE ANALISTAS TRANSACIONAIS - BRASIL

OPÇÕES N° 78 DEZEMBRO 2013

VIII FÓRUM BRASILEIRO DE ANÁLISE TRANSACIONAL EM FOZ DO IGUAÇU [PÁG. 19 à 22]

Eixos Temáticos [PÁG. 19] Estrutura Inicial [PÁGS. 20 e 21] Inscrições de Trabalhos [PÁG. 22]

Editorial, Fala do Presidente e Expediente [PÁG. 02]

XXIV CONBRAT Galeria de fotos [PÁGS. 16 à 18]

ENTREVISTAS

COMUNICADOS INSTITUCIONAIS [PÁGS. 23 à 27]

Ivana Zanini [PÁG. 03] Aniângelis Guimarães [PÁG. 04]

MÓDULO AT303 EM SALVADOR-BA [PÁGS. 05 à 15] DEPOIMENTOS [PÁGS. 06 à 09] TEXTOS [PÁGS. 10 à 13] ARTIGO TRADUZIDO [PÁGS. 14 e 15]

ACONTECEU: [PÁGS. 23 à 25] VAI ACONTECER [PÁG. 26] MENSAGEM DE ANO NOVO [PÁG. 29]


2

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

EDITORIAL Prezados Associados da UNAT-BRASIL, Ufa! Conseguimos fazer mais uma edição do OPÇÕES e desta vez, com algumas novidades. Nosso desejo é que o conteúdo do OPÇÕES seja compartilhado nas redes sociais e em todos os canais deste admirável mundo virtual que nos aproxima. Vocês vão notar os links no final de cada matéria para poderem fazer isso, além dos links na capa (perceberam?). Iniciamos esta edição com a tradicional Fala do Presidente José Silveira Passos. Vocês poderão reviver momentos do CONBRAT - Congresso Brasileiro de Análise Transacional realizado em Uberlândia-MG em agosto de 2013 e poderão desfrutar das primeiras notícias enviadas pela Comissão Organizadora do VIII FÓRUM BRASILEIRO DE ANÁLISE TRANSACIONAL que será em Foz do Iguaçu, em 2014. Surgiram produções do Módulo AT303 de Membros Didatas em Formação em Salvador-BA e depoimentos sobre este Módulo que foi coordenado pelo Didata e atual Diretor de Ética da UNAT-BRASIL, Antonio Pedreira. Mas as novidades não param por aí: temos entrevistas com duas Analistas DIRETORIA TRIÊNIO 2011-2014 PRESIDENTE JOSÉ SILVEIRA PASSOS (RJ) MD presidente@unat.org.br VICE-PRESIDÊNCIA REGINA BERARD (SP) MDF vicepresidente@unat.org.br DIRETORIA DE DOCÊNCIA E CERTIFICAÇÃO LUIZ PAIVA FERRARI (RJ) MD docencia@unat.org.br DIRETORIA CIENTÍFICA ADRIANA MONTHEIRO (RJ) MDF cientifica@unat.org.br DIRETORIA DE ÉTICA ANTÔNIO PEDREIRA DE OLIVEIRA (BA) MD etica@unat.org.br DIRETORIA DE COMUNICAÇÃO KÁTIA RICARDI DE ABREU (SP) MDF comunicacao@unat.org.br SECRETÁRIA MARIA CLARA RAMOS GROCHOT (RS) Certificado Clínico unat@unat.org.br TESOUREIRA FERNANDA NOGUEIRA RODRIGUES (MG) MDF tesouraria@unat.org.br CONSELHEIROS TRIÊNIO 2010-2013 PRESIDENTE DO CONSELHO VITOR MERHY (RJ) MDFC Conselho@unat.org.br

Transacionais certificadas recentemente: Ivana Zanini, Membro Certificado Organizacional e Aniângelis R. C. Guimarães, Membro Certificado Clínico.

N° 78 N° DEZEMBRO 77 JUNHO 2013 2013

FALA DO PRESIDENTE Destaco ainda o Módulo do Curso AT-303 realizado em Salvador-BA sob a orientação do Membro Didata Antônio Pedreira. Parabéns ao grupo e ao Antônio por mais esta etapa e a continuidade na formação de nossos futuros Didatas.

Muitos Analistas Transacionais enviaram notícias, fotos e a divulgação destes grupos é uma forma de dizer para o mundo: vejam, estamos aprendendo e praticando Análise Transacional. É muito importante também a participação de vocês na página oficial da UNAT-BRASIL no facebook: www.facebook.com.br/analisetransacional. Lá vocês podem postar notícias, curtir, compartilhar e assim, a Análise Transacional se tornará cada vez mais conhecida. O lançamento dos DVDs é outra novidade: adquira já o seu pacote! Presenteie-se, coloque na sua árvore de Natal. Para encerrar esta farta edição, a Diretoria de Comunicação escolheu Drummond e sua “RECEITA DE ANO NOVO”. Feliz 2014 para todos! Kátia Vianna Ricardi Camargo de Abreu Diretora de Comunicação da UNAT-BRASIL MEMBROS Vanessa Mara De Carlis (MG) MDFC Miriam Cibreiros de Souza (DF) MDFC Ercília Silva (PR) MDFO Maila Flesch (SP) MCC Andréa Lindner (PR) MDFO Andreia Cechin (PR) MCE Maria Inês Corso Silveira (PR) MCO Jeffersonn Moraes (PR) MCO OPÇÕES Informativo da União Nacional dos Analistas Transacionais UNAT - BRASIL Av. Getúlio Vargas, 489 sala 204 Porto Alegre - RS CEP 90160-003 Fone/Fax: (51) 3233-6355 email: unat@unat.com.br www.unat.org.br EDIÇÃO E PRODUÇÃO Market! Av. Carlos Gomes, 141/1202 Porto Alegre - RS - Brasil CEP 90480-003 55 XX 51 2102 0320 market@marketcomunicacao. com.br www.marketcomunicacao.com. br Os artigos aqui publicados não refletem necessariamente a opinião da UNAT-BRASIL. Os artigos assinados são de responsabilidade dos autores.

COMO SE ASSOCIAR NA UNAT-BRASIL

Final de ano chegando é um bom momento para fazer balanço. O nosso 24º CONBRAT – Congresso Brasileiro de Análise Transacional, realizado em agosto na cidade de Uberlândia-MG, sob o comando da Ede e sua equipe, foi um sucesso total, tanto de público como de conteúdo dos trabalhos apresentados. Deixo aqui registrado o nosso agradecimento ao povo de Uberlândia que nos recebeu com muito carinho e dedicação. Parabéns a Ede e a sua equipe! Atrelado ao 24º CONBRAT aconteceu os exames de certificação que também foram um sucesso. Foram os exames mais tranquilos que já presenciei, não só pelo número de candidatos aprovados, mas também pela tranquilidade com que aconteceram as bancas. A maioria dos Membros Didatas e Membros Didatas em Formação compareceram para a formação de bancas, e isto, facilitou em muito todo o trabalho da Diretoria de Docência e Certificação comandada pelo nosso competente Membro Didata Luiz Ferrari. Obrigado Ferrari por sua dedicação e presteza na condução de todo o trabalho! Ainda durante o 24º CONBRAT, tivemos eleições para presidente da UNAT-BRASIL 2014-2017 e posse do Conselho Deliberativo 2013-2016.

Ainda neste mês de Dezembro realizaremos mais um SED - Seminário de Endosso de Didatas em Porto Alegre-RS com a orientação de Jane Costa, Membro Didata, com quatro participantes. Desde já agradecemos as facilitadoras Jane Costa, Ede Lanir Paiva e Márcia Bertuol que se disponibilizaram para a realização deste importante evento para o futuro da UNAT. Lembrando ainda, a organização do VIII Fórum Brasileiro de Análise Transacional, que será realizado em Foz do Iguaçu-PR, no período de 16 a 18 de outubro de 2014 sob a batuta de nossa Andréa Lindner, Membro Didata em Formação e sua equipe. Desde já convido todos os membros a participarem deste Fórum, pois teremos ainda a oportunidade de fazer um tour pela região conhecendo as cataratas e muitos outros atrativos da região. Estamos dando continuidade ao processo de implantação da plataforma de EaD (Ensino à Distância) sob a coordenação da nossa diretora de comunicação Kátia V. Ricardi C de Abreu. Com o EaD temos a intenção de atender o maior número de associados e interessados em estudar Análise Transacional em todo o território nacional. Feliz Natal e próspero Ano Novo para todos os associados da UNAT-BRASIL! José Silveira Passos Presidente da UNAT-BRASIL

Entre no site www.unat.org.br e clique em inscrição, preencha a ficha, faça o pagamento e envie uma cópia do depósito com uma foto para a secretaria no endereço – unat@unat.com.br.


3

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

N° 78 N° DEZEMBRO 77 JUNHO 2013 2013

ENTREVISTA COM IVANA ZANINI

Para compartilhar sua experiência recente ocorrida em Uberlândia-MG, no XXI CONBRAT, ocasião em que se certificou como Membro Organizacional pela UNAT-BRASIL, convidamos Ivana Zanini para uma prosa Quando foi seu interesse pela AT? Como hoje vejo fazer a diferença na vida de outros profissionais. A certificação me permichegou ao AT101 e AT202?

te usar cada vez mais este suporte teórico, Meu interesse pela AT surgiu em 2006, atra- com segurança e sem pudor. vés de uma pessoa conhecida que foi dar um treinamento na empresa que eu ge- Quanto tempo você levou desde o renciava. Ela me indicou o AT101 e já me AT101 até a Certificação? inscrevi para o AT202., Foi amor a primeira Eu fiz o AT101 em 2006 e vista. me certifiquei em 2013. São 7 anos, um ciclo. Por que decidiu ser

Membro Certificado?

Em algum momento você pensou em desistir?

Era meu desejo desde o início e veio se fortalecendo por conta da minha profissão.

Quando estava respondendo a prova escrita algumas dezenas de vezes e quando estava me preparando para o exame oral outras tantas. Mas o amor pela a AT falou mais alto.

Em qual área você se certificou e qual é sua formação acadêmica. Minha formação é na área organizacional, experimentei a AT enquanto gestora, confirmei sua eficácia. Hoje, quero divulga-la cada vez mais dentro das empresas e mostrar a sua aplicabilidade. Sou graduada em Economia.

Ivana Zanini (esq.) com sua orientadora Rosa Krausz

‘‘...CONSIDERO A TEORIA POTENTE, POSSÍVEL, APLICÁVEL, FÁCIL DE SER COMPREENDIDA E PORQUE FEZ A DIFERENÇA NA MINHA VIDA.”

Durante o exame de banca, como você se sentiu? Eu me senti muito bem. Naquele momento tudo passou e minha banca foi muito OK.

Você recomenda esta formação para outras Quais as vantagens pessoas? Por que? que esta formação e certificação trouxeram para sua carreira profissional?

Eu recomendo, porque considero a Teoria A Análise Transacional trouxe o conheci- potente, possível, aplicável, fácil de ser mento de uma teoria que fez a diferença compreendida e porque fez a diferença na na minha vida pessoal e profissional e que minha vida.


4

N°N° 78 77 DEZEMBRO 2013 JUNHO 2013

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

ENTREVISTA COM ANIÂNGELIS C. R GUIMARÃES Qual a sua classificação na sua formação em AT? Quando e onde foi realizado seu exame de certificação?

O que mudou na sua vida com ele? Eu senti que me ajudou muito nos atendimentos em consultório e comecei a oferecer Curso Introdutório de Análise Transacional ( AT 101) com o programa oficial da UNAT-BRASIL. Realizei quatro cursos teóricos e vivenciais, com carga horária de 16 horas ,nos meses de Maio, Julho, Setembro e Novembro de 2013. Os cursos foram realizados em meu consultório de Psicologia na cidade de Uberlândia-MG. Experiência gratificante em minha vida!

Sou Psicóloga Clínica em Uberlândia-MG com Especialização em Análise Transacional pela FATEP- Brasília e UNAT-BRASIL e Membro Certificado Clínico pela UNAT-BRASIL. O meu exame de Certificação ocorreu no dia 02 de Agosto de 2012 no VII Fórum Brasileiro de Análise Transacional, na cidade de São José do Rio Preto, SP.

Quem foi na época, sua supervisora? Foi a Psicóloga Ede Lanir Paiva, Membro Didata Clínico pela UNAT-BRASIL.

Descreva como foi sua experiência em seu exame oral.

‘‘DECIDA UM CAMINHO A SEGUIR E FAÇA COM AMOR. ”

A minha experiência no exame oral foi gratificante porque pude mostrar meus conhecimentos em AT e minha prática enquanto profissional de Psicologia. Senti ansiedade diante do exame, mas com coragem segui o caminho escolhido e fiz o meu melhor. Aprendi com esta vivência que é importante saber o que eu quero, valorizar os conhecimentos adquiridos e prosseguir nos estudos com dedicação e determinação.

Qual a melhor lembrança que você tem sobre este dia (exame oral)? No exame oral tive dois momentos marcantes. Primeiro quando ouvi dos membros da banca que tinha sido aprovada. Neste momento ergui meu troféu simbolizando minha aprovação e vitória no final do exame oral. E segundo, ao receber o certificado como Membro Certificado Clínico pela UNAT-BRASIL com muita alegria e tendo o troféu em mãos.

O que este título representa para você? Reconhecimento e vitória depois de muito estudo, preparo e investimento.

Qual a recomendação que você dá para quem está em dúvida sobre fazer ou não o exame de certificação?

Decida um caminho a seguir e faça com amor. Recomendo para os que gostam da AT e quer aprofundar sobre a teoria que participe do exame de Certificação, estude, prepare e invista em você para obter sucesso no exame. Vale a pena!

Deixe uma mensagem para quem vai passar pelo exame de certificação no VIII FÓRUM BRASILEIRO DE AT, em 2014, Foz do Iguaçu-PR. Sinta-se uma pessoa vitoriosa antes mesmo de você chegar no VIII Fórum Brasileiro de AT, na cidade do Foz do Iguaçu-PR, em 2014. Confie em você! Coragem e valorize o que você já tem de conhecimento em AT e utilize todo o seu potencial para sua realização. Ótimo exame a todos. Quero aproveitar esta oportunidade para agradecer a Ede Lanir Paiva, Membro Didata Clínico, Fernanda Nogueira Rodrigues, Membro Didata em Formação, Vanessa Mara de Carlis, Membro Didata Clínico em Formação e Regina Berard, Membro Didata Clínico em Formação, pelo aprendizado. Meus agradecimentos ao OPÇÕES, por esta entrevista.


5

N°N° 7877DEZEMBRO 2013 JUNHO 2013

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

MÓDULO AT303 EM SALVADOR-BA Kátia Ricardi de Abreu, MDF Clínico e Vitor Merhy, MDF Clínico, se comprometeram em transformar em texto o assunto ministrado nas aulas apresentadas no Módulo. Assim, vocês podem conferir as considerações de Kátia e Vitor em “Experimentos de Harlow, Spitz e Levine” e “Leis de Abundância de Carícias e Extorsão de Carícias”, respectivamente.

Grupo de Membros Didatas em Formação na entrada da Clínica de Psicologia em Salvador, BA na qual trabalham Antonio Pedreira, Tatiana Pedreira e Sonia Nogueira

O grupo de Membros Didatas em Formação reunido em Salvador-BA, nos dias 25, 26 e 27 de outubro de 2013, coordenado pelo Membro Didata Clínico Antonio Pedreira, no domingo pediu um tempo para organizar algumas ideias e dar algumas sugestões. Fernanda Nogueira foi designada pelo grupo para anotar o conteúdo da reunião. Dentre as sugestões ali colocadas, uma delas foi registrar de várias formas o nosso encontro, para poder compartilhar com quem lá não esteve, nesta edição do OPÇÕES.

Outra sugestão do grupo foi publicar nesta edição do OPÇÕES alguns depoimentos dos participantes sobre o Módulo. Confiram nas próximas páginas o depoimento de Roy Abrahamian, MDF Clínico, Kátia Ricardi de Abreu, MDF Clínico, Celso Eduardo Lago Costa, MDF Clínico além do depoimento de Antonio Pedreira, MD Clínico. O grupo encontrou assim, uma forma de registrar um pouco do muito que recebeu e trocou nesta experiência fantástica que é o 303 presencial. A seguir os 4 depoimentos. Desfrutem!

Cada um foi espontaneamente se disponibilizando a fazer algo de concreto neste sentido. Marília Pereira, MDF Clínico, se comprometeu em nos brindar com a tradução de dois artigos, sendo um deles publicado nesta edição e o outro na próxima. Tal tradução foi feita por Luciana Pereira sua filha e revisada por Marília e Marien Rizk, como vocês podem conferir no final do artigo.

Grupo de Membros Didatas em Formação em momento de descontração no restaurante KI-MUKEKA, Salvador, BA


6

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

N° 78 2013 N° DEZEMBRO 77 JUNHO 2013

CELSO EDUARDO Uma sala apertada, cadeiras de plástico e um dia inteiro de trabalho pela frente. Pode parecer um ambiente desagradável, principalmente porque não tem janelas e todos ali dentro tem consciência de que o mar e o sol estão lá fora. Mas não é. Ali naquela sala está reunida a elite da Análise Transacional. Um grupo de Didatas em formação com a orientação de um Didata para uma revisão aprofundada dos conceitos de Carícias e Desqualificação, com letra inicial maiúscula, pois são termos da Análise Transacional. A gestante tem um cantinho especial. São almofadas colocadas carinhosamente em forma de poltrona para seu conforto, e para nosso conforto de vê-la atendida. Fernanda, querida e dedicada síndica, cuidou da organização e comunicação que antecederam nosso encontro. Provavelmente preencheremos com saudades o espaço criado pela chegada do bebe na vida da nossa querida Fernanda e, por consequência, sua ausência dos próximos módulos. As exposições, os slides, as pessoas, os almoços e jantares. As conversas e as descobertas. Jantar, comida típica, com direito a fotos, lindas baianas vestidas a caráter, pimenta e farinha na mesa, cheirinho de maresia, uma cervejinha também que ninguém é de ferro. No almoço também de comidas típicas, histórias compartilhadas. Na informalidade do encontro, polvo cozido, novas pessoas, histórias de vidas interessantes, moqueca com dendê, riquezas pessoais, troca de ex-

periências de vida. Fiquei encantado com a Ercília, sua história de entregas, de se lançar no mundo, viagens pela Guatemala, viagens pelo mundo, descobrindo e aprofundando sua vida profissional e pessoal. Uma nova amiga que gostei de conhecer. O sol nasce mais cedo na Bahia. E ainda dizem que tudo ali é preguiça. Levantar cedo e aproveitar a oportunidade de estar em cidade de praia é minha rotina. Em Brasília não tem mar e Salvador é minha terra natal. Cinco horas e o sol já começa a mostrar a cara. A praia está cheia de atletas treinando, se alongando para corridas e nados naquela água salgada e quente. A água do mar no Porto da Barra é maravilhosamente temperada para uma confortável e boa nadada de um amador na modalidade, e o espelho d’água facilita o nado, perfeito. Agora sim, após uma caminhada de volta ao hotel, um banho de água doce, um café da manhã baiano. Tapioca com queijo coalho, suco de mangaba, mingau de aveia, bolo de tapioca, manga cortada, e outras iguarias. Para mim é voltar às origens, banho de mar e tapioca no café. Novo dia na presença de amigos no interesse do desenvolvimento da linguagem Análise Transacional. Saudade de Salvador, dos amigos presentes e dos amigos ausentes. Espero revê-los em breve, mais disposto e mais sereno. Grande abraço a todos.


7

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

N° 78 2013 N° DEZEMBRO 77 JUNHO 2013

KÁTIA RICARDI DE ABREU

Participar deste módulo em Salvador foi muito agradável. Foi três dias de convivência intensa, troca rica de conhecimento e relacionamento muito prazeroso. Desde o início da nossa comunicação por e-mail, quando combinamos nos hospedar no mesmo hotel, empenhamo-nos em intensificar nossas relações e fortalecer nossos vínculos. No final da tarde de domingo, quando passeávamos descontraídos pelo Pelourinho e saboreávamos o acarajé da Dinha , senti que estávamos fechando com chave de ouro nosso encontro. Na longa volta para casa, pensei: “Valeu a pena”! Tudo. A reciclagem teórica, a troca de conhecimento que não está em livros, a energia incomum do Pedreira, a anfitrionagem impecável de Soninha, a simpatia das funcionárias da clínica, a invejável disposição da nossa síndica Fer-

nanda que mesmo gerando seu rebento, participou de tudo, inclusive dos passeios. Peguei-me rindo sozinha várias vezes no saguão do aeroporto ao me lembrar das “tiradas” cheias de humor do Roy. Como se esquecer de Marília e seus alongamentos olímpicos para relaxar enquanto o Pedreira exercitava o nosso cérebro! Gostei muito de conhecer Celso e suas ideias arrojadas, de me sentar ao lado de Vitor e receber seu olhar sempre carinhoso, de trocar figurinhas com Ercília e receber seu acolhimento intenso. E o meu presente de despedida foi o jantar com Ana Paula à beira-mar com um super papo, como se nós nos víssemos todos os dias a vários anos enquanto saboreávamos um espetacular camarão ao leite de coco, servido dentro do coco. Obrigada a todos por estes inesquecíveis dias em Salvador. Não tem preço!


8

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

N° 78 2013 N° DEZEMBRO 77 JUNHO 2013

ROY ABRAHAMIAN O módulo 303 em Salvador, com o Didata Antônio Pedreira, foi uma rica oportunidade para rever os colegas Didatas em formação, trocar ideias e experiências sobre como cada um lida com seus clientes em particular utilizando os conceitos da Análise Transacional e, principalmente, desfrutar da excelente exposição didática do Antônio Pedreira sobre temas importantes e de grande aplicação clínica, como Simbiose, Passividade, Desqualificação e Carícias, entre outros assuntos abordados. Além disso, tivemos a oportunidade de fazer exercícios práticos de supervisão, em que pudemos aprimorar técnicas objetivando tornar nossa atuação nesta área mais objetiva e eficaz. Outro aspecto digno de nota foi a transmissão de conceitos úteis de didática, como a elaboração de slides e a discussão de casos de ética. Particularmente, pude contribuir trazendo uma aula de 30 minutos sobre a Matriz da Desqualificação, da autoria de Ken Mellor e Eric Sigmund,

com exemplos tirados da minha prática na área da saúde pública, dentro da Estratégia Saúde da Família. Usei exemplos comuns como obesidade, tabagismo e etilismo, para demonstrar como se pode fazer uma intervenção e identificar o nível de desqualificação do paciente e, desta maneira, propor uma formulação de solução de problemas que seja eficaz.

módulos 303 tem sido de grande benefício profissional e pessoal para mim e desejo muito estar presente nos próximos módulos para desfrutar dos deliciosos momentos de companhia com os colegas e amigos, em que rimos e nos divertimos bastante, e, principalmente, aprendemos e crescemos como pessoas e profissionais. Grande abraço.

Enfim, a participação nos


9

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

N° 78 DEZEMBRO 2013 N° 77 JUNHO 2013

ANTÔNIO PEDREIRA Cumprimos todos os conteúdos previstos: supervisão, ética, técnicas, momento do grupo e correlação da teoria com a prática. Considero outro ponto alto, a intensa e extensa troca de informações de todos os temas abordados da AT. De parabéns a UNAT-Brasil com esta nova turma de Didatas em Formação, de ótimos valores para a continuação do bom nome da AT no Brasil.

Apreciei sobremodo o entrosamento do grupo e o bom nível de oqueidade mantido pelos participantes durante todo o 303. Destaco a importante participação de Kátia - na apresentação das experiências clássicas que dão substrato as Carícias; de Marília - que fez excelente apresentação sobre o texto de Erskine da Extorsão de Carícias; e ainda a magnifica aula de Roy - sobre a Matriz das Desqualificações.

Fernanda, Ana Paula, Ercília, Victor e Celso também participaram com muito destaque. Ressalto também, como um ponto alto deste módulo, o cumprimento com pontualidade de todos os horários combinados. Em razão disso, como condutor, me senti gratificado por todo o tempo que despendi na preparação do conteúdo teórico prático e cujo conteúdo em PP pude disponibilizar a todos os participantes.

Especial agradecimento a Sonia Nogueira que além de facilitar sobremodo toda a parte logística e social, inclusive no deslocamento, se entrosou muito bem com este grupo de seus futuros colegas que a acolheram admiravelmente bem. Um exemplo de atuação cooperativa digno de louvo e de ser imitado. Como resultado sinto-me entusiasmado para dar um outro módulo, talvez quem sabe, sobre Miniscript. Um abraço cordial a todos.


10

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

N° 78 DEZEMBRO 2013

LEIS DE ABUNDÂNCIA DE CARÍCIAS E EXTORSÃO DE CARÍCIAS Algumas considerações de Vitor Merhy, MDF Clínico UNAT-BRASIL separadamente evitando a troca de Carícias. O objetivo desta atuação é evitar a “extorsão” de Carícias que ocorre muitas vezes quando a pessoa dá Caricias para receber, sutilmente enveredando pelo caminho da extorsão, o que coloca a pessoa que recebeu a Carícia positiva na situação de ter que dar sem ser este o seu momento. No último Encontro, em Salvador (outubro/2013), da Turma de 303 com o Didata Antonio Pedreira um dos temas abordados, de suma importância, foi Carícias. Ficou decidido pelos MDF participantes que a cada encontro todos dariam suas contribuições para o aprofundamento dos temas a partir de suas experiências e entendimento do que foi exposto. Desta forma coloco nesta exposição algumas considerações da minha observação clínica e do meu modo de conduzir terapeuticamente meus pacientes no trato e modificação dos seus Sistemas de Carícias. As Leis de Abundância de Carícias colocam de forma clara que Carícias positivas se pede, se dá ou se recebe. Não falam em troca de Carícias positivas. Dar, pedir e receber Carícias ocorrem em momentos diferenciados de atuação e não devem estar atrelados entre si. Trabalho com meus pacientes o dar, o pedir e o receber

Outro cuidado ao trabalhar com as Leis de Abundância de Carícias é ficar atento à sutileza dos mecanismos de extorsão usados por pessoas que procuram obter reconhecimentos e Carícias positivas por fazer coisas para o outro ou pelo outro. Estão muitas vezes utilizando-se desse comportamento para a extorsão de Carícias e extinguir esses comportamentos de forma abrupta pode levar ao vazio existencial pela não obtenção do reconhecimento vital. Mais uma consideração é o trabalho com as pessoas que se rotulam ou são rotuladas de “carentes”. Levando em consideração que o “carente” tem muita dificuldade de identificar se são amados pelo outro e muitas vezes vivem se perguntando se amam ou não amam o outro, precisamos ter o viés de olhá-los através da dificuldade que têm de perceber o seu próprio afeto. Como dar e receber Carícias, está intimamente ligado a emoção e sentimentos de amor e afeto, o “carente” na maior parte das vezes

por não perceber essa emoção ou esse sentimento em si também não reconhece no outro, além de não reter a demonstração de afeto ou amor. Têm necessidade de demonstrações constantes para reafirmar seu reconhecimento e obter sua cota de Carícias. O “carente” pode muitas vezes ser conseqüência da dificuldade que teve, de quando criança, ser recebido nas suas demonstrações de amor e afeto pela figura materna ou de quem cuidou dela na infância. Dessa forma meu trabalho com o “carente” consiste principalmente em fazê-lo dar Carícias ou expressar seu afeto e não pedir, pois dessa forma começará a identificar em si a matriz do afeto/amor tendo certeza dele e, portanto identificar no outro, esta mesma emoção ou sentimento. O “carente”, muitas vezes por causa desta dificuldade, se torna um “vampiro” extorquidor de Carícias e afeto sem reter, tornando-se um “saco sem fundo”. Precisa, a todo momento ouvir “eu te amo” ou receber demonstrações de afeto e de Carícias positivas que se escoam em pouco tempo surgindo novamente a necessidade não satisfeita. Esse relato não tem a pretensão de ser um artigo científico, até porque não está formatado dessa forma, mas tão somente uma contribuição da minha prática profissional para despertar discussões, procurando um aprofundamento teórico sobre o tema.


11

N° 78 DEZEMBRO 2013

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

HARLOW, SPITZ, LEVINE E OS EXPERIMENTOS QUE INFLUENCIARAM BERNE Compilação do assunto por Kátia Ricardi de Abreu, MDF Clínico UNAT-BRASIL

Durante o Módulo AT303 em Salvador-BA, o facilitador MD Antonio Pedreira, disponibilizou três temas para os participantes transformarem em apresentação para o grupo. Escolhi o tema sobre os experimentos de Harlow, Spitz e Levine. Compartilho algumas observações e citações de autores da literatura da Análise Transacional nas quais me baseei para esta apresentação. O experimento de privação sensorial descrito por Berne (1977) afirma que: “a capacidade da psique humana de manter estados de ego coerentes parece depender de um fluxo mutável de estímulos sensoriais, necessários para assegurar integridade da neopsiquê e da arqueopsiquê.” Os experimentos no campo da privação sensorial comprovavam a deterioração das pessoas expostas à privação de estímulos e, portanto, comprovavam haver no indivíduo uma fome de estímulos. Caracushansky (p.103) observou: “Berne descobriu que o contato físico entre duas pessoas tem efeito similar ao dos raios infravermelhos e produz um aquecimento no corpo humano, que é reconstituinte da energia biológica”

O seguinte experimento de Harlow, influenciou Berne na sua teoria: Harlow (1962) colocou filhotes de macacos num laboratório experimental onde havia um macaco de arame com mamadeiras e um outro macaco aveludado sem mamadeiras. Observou que os filhotes preferiam aconchegar-se no macaco aveludado, mesmo sem receber a alimentação que receberiam se aconchegassem no macaco de arame. Podemos ver este experimento no link: http://www.youtube.com/ watch?v=qjiioOmWnqg A descoberta de Harlow, da importância do toque físico como necessidade animal ou biológico levou Berne a concluir que “havia outras fomes tão primitivas ou mais que as de comida, e que a fome de contato físico era uma delas” (CARACUSHANSKY, p. 103). Além da fome de contato físico, de estimulação e de reconhecimento, Berne descreve outras fomes na literatura transacional, como a fome de estruturação, incidentes, liderança, posição e outras. As fomes são instrumentos utilizados para satisfazer as necessidades de carícias. Berne não fala em fome de carícias, mas em carícias como necessidade geradora das fomes. Como seqüência de suas conclusões, Berne relata o trabalho de Spitz: A comparação do comportamento de dois grupos de estudo de crianças mui-


12

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

to pequenas, criadas em condições anormais: o Grupo “A” era formado por crianças confinadas numa instituição, abandonadas pelas mães que não dispunham de recursos para mantê-las, após três meses de idade, quando desmamadas. A instituição oferecia o trabalho de enfermeiras que trocavam as fraldas e amamentavam com horários, não havendo substituição da figura materna. O Grupo “B” era formado por crianças que habitavam uma creche ao lado de uma prisão feminina, onde as mães tinham o direito de fornecer carinho e de ter contato com os filhos. (SPITZ) Os resultados foram os seguintes: apesar de os sujeitos do Grupo “A” terem mães normais, as crianças do Grupo “B” apresentaram em média um quociente de desenvolvimento superior que as do Grupo “A”, com diferenças estatísticas relevantes. Podemos ver imagens do experimento de Spitz em: http://www.youtube.com/ watch?v=VvdOe10vrs4 Spitz concluiu que os estímulos são indispensáveis ao desenvolvimento normal da criança. Demonstrou ainda: • Que as crianças nascem com uma barreira biológica a estímulos que as protege de estímulos inadequados e excessivos. • Que por volta dos três meses, a criança é capaz de manifestar prazer ao perceber ao seu lado a pessoa que lhe dedica os cuidados e de manifestar desprazer quando esta pessoa se afasta. • Que a criança, por volta de cinco meses, pode manifestar reações de choro ao ver um rosto de adulto, o que diz respeito à relação entre a criança e a mãe ou pessoa substituta. Através daí, Spitz observou que a criança necessita de algo mais que estímulo, podendo ser reconhecimento. Uma criança que sofre

N° 78 DEZEMBRO 2013

de depressão e permanece sem a mãe ou substituto aceitável por um período superior a cinco meses, aumenta sua deterioração. • Que a excessiva falta de estímulos, principalmente os provedores de reconhecimento, resulta na regressão da criança a uma fase anterior à formação da barreira, sendo a conseqüência disto o marasmo e a apatia. Então, baseado no experimento de Spitz que fala de “privação emocional” em lugar de “privação sensorial”, Berne fala em fome de reconhecimento (1985). “Entendida como um derivado da fome de contato físico, quando a criança cresce, a fome de reconhecimento refere-se ao anseio que possui cada indivíduo de obter dos outros um sinal verbal ou psicológico do que foi percebido”. (CARACUSHANSKY, p. 105) Levine (1960), por sua vez, realizou uma série de experimentos com ratos. Este pesquisador separou os ratos em três grupos. O primeiro grupo foi colocado numa gaiola e submetido a choques elétricos todos os dias, na mesma hora por um certo período de tempo. O segundo grupo, também foi colocado numa gaiola de choques, mas não os recebeu. O terceiro grupo, foi deixado na gaiola permanentemente, sem ser manuseado. No final da experiência, Levine constatou que não houve muita diferença no comportamento dos dois primeiros grupos. Porém, o terceiro grupo, que não recebeu estímulos, comportou-se de forma muito diferente: quando colocados em ambientes estranhos, os ratos agachavam-se no canto da caixa, amedrontados, sem curiosidade em explorar o ambiente. Os ratos que receberam choque elétrico, habituados à tensão, e os ratos que não receberam choques (primeiro e segundo grupo) exploravam o ambiente.


13

N° 78 DEZEMBRO 2013

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

A conclusão de Levine: qualquer estímulo, mesmo que negativo, é melhor do que o abandono. A falta de estímulos pode levar o indivíduo a quadros psicopatológicos extremamente intensos e em casos extremos até à morte Berne, (1977, p. 18) afirma: “É provável que a privação emocional e sensorial possa produzir modificações orgânicas; se uma parte do sistema nervoso chamado “sistema reticular” que alimenta o cérebro não for suficientemente estimulado, as células nervosas podem sofrer alterações degenerativas. Uma ligação biológica pode ser, portanto estabelecida, partindo-se da privação afetiva e sensorial e chegando até as alterações degenerativas e morte. Neste sentido, a fome de estímulos ou de relacionamento pode ser comparada, em termos de sobrevivência do organismo, à fome de comida.” Então, qualquer relacionamento social é mais significativo do que a ausência de relacionamento. Por isso, o ser humano estrutura seu tempo com Jogos, que são trocas de carícias negativas. Tanto os estímulos positivos quanto os negativos, baseado no experimento de Levine com animais – ratos – são eficientes para manter a saúde psíquica. O que prejudica é a ausência de estimulação. Apesar de inquestionavelmente ricos e valiosos pela contribuição que deram a Berne, podemos ir mais além, como sugerem Allen e Allen (1989,1, p.26-30) “Duas décadas atrás Berne atraiu nossa atenção para as ideias sobre Carícias que tem se provado clinicamente útil” (...) “Acreditamos que mesmo um reexame superficial da ideia de Carícias mostrará que se quisermos manter a AT viva e bem, é importante que comecemos a usá-la como um quadro de referência no desenvolvimento e estudos longitudinais

de crianças reais, e que comecemos a integrar os desenvolvimentos vigentes na pesquisa biológica ao entendimento da AT.” Os Allen (1989, p.30) convidam os Analistas Transacionais contemporâneos, portanto, a irem mais além, e sugerem: “Esta, nós gostaríamos de sugerir, é uma mudança maior para a Análise Transacional na próxima década.” Está aí o nosso desafio.

BIBLIOGRAFIA: ALLEN, J. R. & ALLEN, B. A., “Dar Carícias: Bases Biológicas e Observações Diretas”, Transactional Analysis Journal, Vol. 19, nº1, January 1989, 26-30 BERNE, E. Os Jogos da Vida, Rio de Janeiro: Artenova, 1977 BERNE, E. Análise Transacional em Psicoterapia, São Paulo: summus editorial, 1985 CARACUSHANSKY, S. Curso Avançado de Análise Transacional de base psicanalítica, São Paulo: Assertiva. HARLOW, H.F. & HARLOW, M.K., Social deprivation in monkeys, Scientific American, nova 1962, 207: 136-146. LEVINE, Stimulation in Infancy, Scientific American, maio, 1960, 202: 80-86. SPITZ, R., Hospitalism: Gênesis of a Psychiatric Conditions is Early Childhood. SPITZ, R., Psychoanalytic study of the Child 1:53-74, 1945.

Agradecimentos a Márcia Bertuol MD Clínico pela UNAT-BRASIL e a Ede Lanir Paiva MD Clínico pela UNAT-BRASIL, pela supervisão deste texto.


14

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

N° 78 DEZEMBRO 2013 N° 77 JUNHO 2013

UMA CLASSIFICAÇÃO DE OITO PARTES PARA CARÍCIAS E DESQUALIFICAÇÕES Terry Cooper, PhD. E Taibi Kahler, PhD. Texto original: TAJ. 4:3, July 1974. Tradicionalmente na Análise Transacional, Carícia é conceituada como uma unidade relevante de reconhecimento. Schiff sugeriu quatro tipos de Desqualificação, estímulos irrelevantes ou respotas1: do self, do significado, do problema e da solução. Carícias são divididas em positivas, condicionais, incondicionais e negativas. Alguma confusão, contudo, trouxe à tona a questão se Desqualificações são também Carícias negativas. Esse artigo propõe uma taxonomia para resolver o problema. Um sistema tridimensional de classificação é sugerido para enfatizar as diferenças entre Carícias e Desqualificações e projetar as possibilidades resultantes em uma escala de não–OK a OK. A primeira dimensão, Carícias versus Desqualificações, diferencia aquilo que é relevante (Carícias) daquilo que não o é (Desqualificações). Por exemplo, “Gosto de você” é uma Carícia. “Claro que gosto de você, eu gosto de homens altos” é uma Desqualificação, porque é irrelevante sugerir que uma pessoa pudesse gostar de alguém só porque ele é alto. “gosto de homens altos” é, contudo, uma Carícia, se a pessoa endereçada é, de fato, alta. Outro exemplo que distingue Desqualificações de Carícias é: “Eu te amo” (Carícia); “Claro que te amo, eu amo todo mundo” (Desqualificação).

positivo. “Não gosto de você” é negativo. A terceira dimensão, incondicional versus condicional, diferencia aquelas que são resultado do que a pessoa que recebe a Carícia é (incondicional) daquelas que são resultado do que a pessoa que recebe a Carícia faz (condicional). Por exemplo, “Gosto de você quando lava a louça” é condicional. “Gosto de você por você” é incondicional. Considerando que problemas e soluções não podem ser acariciados, mantêm-se um paralelo ao colocar em foco o self ou a significação de outros. Para ambos, Carícias e Desqualificação do self – ou significação de outros – oito combinações são possíveis (veja figura 1): • Desqualificações incondicionais negativas (DIN); • Desqualificações condicionais negativas (DCN); • Desqualificações incondicionais positivas (DIP); • Desqualificações condicionais positivas (DCP); • Carícias incondicionais negativas (CIN); • Carícias condicionais negativas (CCN);

A segunda dimensão, positiva versus negativa, diferencia aquelas que são agradáveis (positivas) daquelas que são dolorosas (negativas). Por exemplo, “Gosto de você” é

• Carícias condicionais positivas (CCP); • Carícias incondicionais positivas (CIP).


15

N° 78 DEZEMBRO 2013 N° 77 JUNHO 2013

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

Figura 1. Escala de Carícias e Desqualificações Exemplos: Significação dos Outros (self) (CIP): “Gosto de você [eu] por você [eu]”. (CCP): “Você [eu] fez um bom serviço no trabalho”.

e incondicionais constroem vidas, pois são relevantes. Todo e qualquer Desqualificação destrói vidas. Carícias negativas são melhores que absolutamente nenhuma Carícia (Desqualificações).

(CIN): “Não gosto de você [eu] por você [eu]”.

Terry Cooper, Membro Regular da ITAA, é filiado à Universidade Purdue. Taibi Kahler, Membro Educacional Provisório, está na faculdade do Instituto Halcyon e é atualmente diretor do Instituto de São Diego para Análise Transacional

(DIP): “Claro que gosto de você [eu], eu gosto de todos [eu]”.

Referências:

(CCN): “Você [eu] fez um serviço ruim no trabalho”.

(DCP): “Você [eu] fez um bom serviço no trabalho, afinal, todos disseram isso”. (DCN): “Você [eu] fez um serviço ruim no trabalho, afinal, todos disseram isso”. (DIN): “Basicamente, você [eu] não é tão bom quanto os outros”. Até mesmo Carícias negativas condicionais

1. Schiff, J. Comunicações Pessoais Texto original publicado no TAJ. 4:3, July 1974, traduzido por Luciana Santos Pereira. Revisado por Marília Márcia Santos Pereira – Membro Didata Clínico em Formação – UNAT BRASIL e Marien Cristina Gadelha Rizk – aluna do Curso de Pós Graduação em Análise Transacional.


16

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

N° 78 DEZEMBRO 2013 N° 77 JUNHO 2013

XXIV CONBRAT - GALERIA DE FOTOS Com a Coordenação de Ede Lanir Paiva, Membro Didata Clínico UNAT-BRASIL, realizou-se em UBERLÂNDIA-MG o 24º CONGRESSO BRASILEIRO DE ANÁLISE TRANSACIONAL, nos dias 22, 23 e 24 de agosto de 2013. Registramos alguns momentos deste evento. O álbum completo pode ser conferido na página oficial da UNAT-BRASIL em www.facebook.com.br/analisetransacional

Andréa Lindner (Presidente do VIII FÓRUM, José Silveira Passos, Presidente da UNAT e Luiz Ferrari, Diretor de Docência e Certificação

Atual Presidente da UNAT José Silveira Passos e Presidente eleita Kátia Ricardi de Abreu

Apresentação de coral infantil no XXIV CONBRAT

Comissão organizadora do XXIV CONBRAT

Convidada internacional, Helena Hargaden com tradutor

Coquetel de abertura do XXIV CONBRAT


17

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

N° 78 2013 N° DEZEMBRO 77 JUNHO 2013

XXIV CONBRAT - GALERIA DE FOTOS

Da esquerda para a direita - Francisco DiBiasi, Jorge Close, Adriana Montheiro, Diretora Científica da UNAT

Da esquerda para a direita - Márcia Bertuol, Maria Clara e Tãnia Alves

Da esquerda para a direita - Antonio Pedreira, José Silveira Passos e Francisco DiBiasi

Diretor de Docência e Certificação Luiz Ferrari no momento da entrega dos Certificados aos novos Membros

Jantar de confraternização

Membros Certificados no XXIV CONBRAT


18

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

N° 78 DEZEMBRO 2013 N° 77 JUNHO 2013

XXIV CONBRAT - GALERIA DE FOTOS

Mesa de autoridades na abertura do XXIV CONBRAT

Presidente do XXIV CONBRAT Ede Lanir Paiva e sua equipe

Presidente José Silveira Passos na abertura do XXIV CONBRAT

Presidente do XXIV CONBRAT na cerimônia de abertura do evento

Parabéns À Ede Lanir Ferreira Paiva e Comissão Organizadora,

É com grande satisfação que parabenizamos Ede Lanir Ferreira Paiva, pelo ótimo trabalho na elaboração do XXIV CONBRAT. A dedicação e o carinho com que tudo foi preparado encantou a todos os participantes. Mais um CONBRAT que ficará em nossa memória e que faz parte da construção do futuro da UNAT. Em nome de toda a Diretoria da UNAT-BRASIL, o nosso muito obrigado pelo profissionalismo e dedicação que o pessoal de Uberlândia - MG nos acolheu. José Silveira Presidente UNAT-BRASIL

Reunião de membros didatas e didatas em formação

Placa de agradecimento enviada à Presidente do XXIV CONBRAT e sua equipe


19

N° 78 N°DEZEMBRO 77 JUNHO 2013 2013

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

VIII FÓRUM BRASILEIRO DE ANÁLISE TRANSACIONAL Conectando e Inspirando Pessoas

O VIII FÓRUM BRASILEIRO DE AT será em Foz do Iguaçu

privilegiada permite excursões durante e pós- evento, inclusive aos países vizinhos.

Reserve sua agenda de 16 a 19 de outubro de 2014! Foz do Iguaçu, destino do mundo, destino dos Analistas Transacionais.

Para conhecer mais sobre Foz, acesse http://www.iguassu.com.br

Por que Foz do Iguaçu ? Foz do Iguaçu é excelente local para o Fórum de AT em 2014, considerando que é um dos principais destinos de turistas brasileiros e estrangeiros no Brasil. Berço de uma das sete novas maravilhas da natureza, as Cataratas do Iguaçu, que atraem 2,5 milhões de visitantes por ano. A região encanta com atrativos naturais e construídos pelo homem, possui excelente variedade de hotéis e infraestrutura ideal para a realização de eventos. Foz do Iguaçu recebe anualmente cerca de 600 eventos, incluindo exposições, conferências, congressos e seminários, eventos técnicos e científicos, eventos desportivos e culturais. A principal atração local - Cataratas do Iguaçu - é um forte exemplo de serviços de ecossistemas para a preservação de paisagens e recursos hídricos. Dois parques nacionais no Brasil e Argentina preservam 280.000 hectares de Floresta Tropical Atlântica e sua vasta biodiversidade. Além disto, esta localização

O Fórum termina no sábado às 13 horas, para que os participantes possam desfrutar a região através de passeios (Cataratas, Parque das Aves, Itaipu, entre outros) e compras (Paraguai, Argentina, FreeShop).

EIXOS TEMÁTICOS E PROGRAMA Sob o tema Conectando e Inspirando Pessoas: a Construção de um Legado, os eixos temáticos são: • A diversidade de talentos como caminho para ampliar fronteiras e padrões pessoais e relacionais em ambiente multicultural. • O impacto do poder pessoal na fluidez nas relações e na saúde integrada. • Redes neurais, redes sociais, comunicação e tecnologia - Como lidar com as transformações nas interações humanas?


20

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

N° 78 DEZEMBRO 2013 N° 77 JUNHO 2013

A ESTRUTURA INICIAL DO PROGRAMA

PRÉ- FÓRUM 16.10.2014

Quinta-feira

08h30 - 09h00

12h00 - 13h30

Credenciamento e entrega de materiais Curso: Conceitos Básicos da Análise Transacional Aberto a todos os participantes Reunião de Membros Didatas e Membros Didatas em Formação Atividade interna. Almoço

13h30 – 18h30

Cursos Pré-Fórum simultâneos: Clínico, Educacional e Organizacional

09h00 - 12h00 09h00 – 12h00

FÓRUM 16.10.2014

Quinta-feira

19h00 - 19h30

Abertura do Fórum

19h30 - 20h30

Palestra Magna

20h30 - 21h30

Coquetel e apresentação cultural

17.10.2014

Sexta-feira

8h00 – 8h30

Credenciamento e entrega de materiais

8h30 – 9h00

Recepção “Bom dia”

9h00 – 10h30

Mesa Interativa

10h30 – 11h00

Intervalo

11h00 – 12h30 12h30 – 14h00

Artigos Científicos - Atividades simultâneas Serão apresentados trabalhos científicos publicados, que abordam as áreas clínica/saúde, educação e trabalho. Almoço


21

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

N° 78 DEZEMBRO 2013 N° 77 JUNHO 2013

14h00 – 16h00

Oficinas - Atividades simultâneas Atividades vivenciais baseadas na Análise Transacional

16h00 – 16h30

Intervalo

16h30 – 18h30

Seminários - Atividades simultâneas Serão debatidos temas vinculados aos Eixos Temáticos, nas áreas: clínica/saúde, educação e trabalho. Modalidade: expositivoparticipativa.

19h30

Jantar por adesão

18.10.2014

Sábado

08h00 - 09h30

Assembléia da UNAT-Brasil

08h00 - 09h30

Palestra

9h30 – 10h00

Intervalo

10h00 – 11h30

Mesa Interativa

11h30 – 13h00

Atividade de Encerramento

19.10.2014

Sabado à tarde e domingo

LIVRE

Para passeios (Cataratas, Parque das Aves, Itaipu, entre outros) e compras (Paraguai, Argentina, FreeShop)

* Esta programação poderá ser ajustada até o evento.


22

N° 78 DEZEMBRO 2013 N° 77 JUNHO 2013

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

INSCRIÇÕES DE TRABALHOS Serão analisados os trabalhos inscritos para as seguintes categorias: A) Seminário: apresentação de um tema específico relacionado à Análise Transacional, com envolvimento, discussão e debate com os participantes. Sua apresentação se dará na modalidade Expositivo/Participativa.

A apresentação de trabalhos tem por finalidade divulgar os conceitos da Análise Transacional e demonstrar a sua aplicação à prática profissional nas áreas Organizacional, Clínica e de Educação. O objetivo do Fórum é conectar e inspirar pessoas interessadas em dialogar, com o suporte da teoria da Análise Transacional, sobre aspectos que podem contribuir para a saúde integral do indivíduo e seus relacionamentos, construindo um legado social que estimule interações construtivas baseadas na okeidade.

B) Artigo Científico: pode ser elaborado com base em ensaio teórico, revisão bibliográfica, pesquisa de campo, relato de experiência ou estudo de caso, desde que tenha sido publicado na forma de Artigo Científico. Sua apresentação se dará na modalidade Comunicação Oral. C) Oficina: discussão teórica que envolva a Análise Transacional ou a sua aplicação na prática profissional. Sua apresentação se dará na modalidade expositivo/participativa ou vivencial. Prazo para envio de trabalhos: 10/03/2014 Para receber a carta de orientações completa, escreva para forum2014@unat.org.br Esperamos você em FOZ!

Inscrições em breve. Acompanhe as novidades na página da UNAT-BRASIL no Facebook: www.facebook.com/analisetransacional


23

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

N° 78 DEZEMBRO 2013 N° 77 JUNHO 2013

COMUNICADOS INSTITUCIONAIS ACONTECEU DIVULGAÇÃO OFICIAL DO FÓRUM PELA COMISSÃO ORGANIZADORA Palestra em Foz do Iguaçu dá início à divulgação do VIII Fórum de Análise Transacional na cidade.

O encontro ocorreu na Faculdade Uniamérica e contou com 51 pessoas, que doaram seu ingresso na forma de latas de leite, para o Centro de Nutrição Infantil da cidade. Além de ampliar os conhecimentos sobre AT, a palestra, realizada pela Comissão Organizadora do Fórum, inaugurou as atividades que antecedem o VIII Fórum Brasileiro de Análise Transacional, a ser realizado no período de 16 a 18 de outubro de 2014 em Foz do Iguaçu-PR Esperamos você também neste evento, que será um marco para a Análise Transacional e para a região trinacional. Comissão Organizadora do VIII Fórum Brasileiro de AT

No último dia 21 de novembro, Adriana Montheiro (Analista Transacional MDF Clínico) ministrou em Foz do Iguaçu-PR, a palestra Relacionamentos inteligentes: como anda sua comunicação interpessoal?

PREZADOS ASSOCIADOS A Secretaria da UNAT-BRASIL informa que todos os e-mails disparados pela Secretaria aos associados, são enviados com a confirmação de entrega e leitura. Solicitamos a gentileza de confirmarem o recebimento dos e-mails recebidos e manterem a atualização constante do endereço eletrônico junto à Secretaria da UNAT-BRASIL. Um Feliz Natal e um Próspero Ano Novo.

Parte da Comissão Organizadora

Maria Clara Grochot Secretária Unat-Brasil


24

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

N° 78 DEZEMBRO 2013 N° 77 JUNHO 2013

COMUNICADOS INSTITUCIONAIS CURITIBA-PR

XXXI CONGLAT

integrantes do Grupo de Estudos de Análise Transacional participou de Workshop sobre Script, em 02 e 03 de dezembro. Conduzido pela Didata Clínica Márcia Bertuol, o evento fez parte da programação anual deste Grupo de Curitiba.

Antonio Pedreira, Membro Didata Clínico pela UNAT-BRASIL e sua esposa Sonia Nogueira, Membro Certificado Clínico pela UNAT-BRASIL participaram ativamente do XXXI CONGLAT – Congresso da Associação Latino-Americana de Análise Transacional, realizado na Guatemala em dezembro de 2013. Pedreira fez um resumo para o OPÇÕES, das atividades ocorridas no XXXI CONGLAT

UBERLÂNDIA-MG Cursos AT 101 foram ministrados por Aniângelis C.R. Guimarães, no consultório de Psicologia Clínica na Rua Coronel Antônio Alves Pereira , 400, sala 620. Centro, Uberlândia-MG.

Na foto, Aniângelis (dir.) entrega certificado para aluna.

Na jornada que antecedeu ao Pré-congresso foram realizados muitos exames, cuja banca foi presidida por Antonio Pedreira, tendo Octávio Rivas Sólis (México) e Edgar Ramirez (Guatemala) como co-examinadores. Foram aprovados 13 novos Membros Certificados, a maioria da área clínica, dos mais diversos países latinos o que representou sangue novo para a ALAT. Esta jornada foi às margens do Lago Vulcânico Atitlan – local aprazível e belíssimo de se mirar. Comida ótima e ótima oportunidade de convívio social. No Pré-congresso tivemos o concorridíssimo curso sobre Redecisão – “El Manejo de los el Argumento”conduzido pela Didata peruana Ângela Melgar. Concomitantemente houve o curso do argentino “abrasileirado” Jorge Close sobre “Ajustando la Cultura y Clima Organizacional” e representando a UNAT-Brasil, Antonio Pedreira ministrou em 8 horas o curso “Aportes resolución de los Trastornos de Ansiedad a Través Del Analisis Transaccional” que foi muito bem avaliado. Merece destaque a palestra de abertura do CONGLAT que coube ao Didata Antonio Pedreira em uma plenária sobre “Celos, La Trampa Del Amor”. Em seguida, o Presidente do Congresso, Rolando Paredes, fez a sua conferencia sobre “Raíces y Manejo de La Frustración”.


25

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

N° N° 78 77 DEZEMBRO 2013 JUNHO 2013

COMUNICADOS INSTITUCIONAIS Houve Também mini cursos interessantes entre os quais: 1 – “El AT y El Coaching en Las Organizaciones”: Martha Beato (Republica Dominicana) 2 – “El Manejo de La Redefinición, Descalificación y Conductas de Pasividad”: Angela Melgar (Peru). 3 – “Los Mitos Del Matrimonio”? Rolando Paredes (Guatemala) 4 – “La Salud Mental en el Medico Joven en el Peru”: Flavio Vega (Peru). Os “talleres” ou Laboratórios foram sobre vários temas: 1 –Antonio Pedreira y Sonia Nogueira (Brasil) “ Proceso de Autoparentalización Breve com Impacto Hacia La Auto Estima”. 2 –Angela Melgar (Peru) “ La Escultura de La Vida” 3 – Martha Beato (República Dominicana) “El Autoconocimiento y el Enagrama”, 4 –Auxiliadora Marenko (Nicarágua), “ Parejas Disparejas”, 5 –Octavio Rivas Solis (Mexico) “ La Brujula Emocional”, 6 –Rolando Paredes (Guatemala) “ El Arte de Renacer en Cada Amanecer”, 7- Annie Tholenar (Rep. Dominicana): Vivos, Renovados y Felices”.

Grupo de Analistas Transacionais no CONGLAT

1 - Painel Clínico: Tema Central – “El Abordaje Transaccional en Clinica” (15 minutos cada), seguidos de perguntas e comentários do público. Edgar Ramires (Peru). Participantes: Angela Melgar ( Peru), Antonio Pedreira (Brasil), Rolando Paredes (Guatemala) y Annie Tholenar (República Dominicana). 2 - Painel Organizacional: “Los Retos Del Coaching Transaccional en Las Organizaciones”. Participantes: Marta Beato (República Dominicana), Rolando Paredes (Guatemala), Virgilio Cordón (Guatemala) e Octávio Rivas (México).

Todos os dias, a terapeuta corporal e rolfista da Bahia, Joedil Brasil (Brasil) iniciou o dia com atividade de corpo, sob o título “ Preparando La Energía Positiva Para El Dia”, com excelente receptividade. Nos demais dias assistimos a importantes Conferências: 1 - Edgar Ramirez “El AT y la Comunidad Terapeutica”. 2 - Angela Melgar (Peru) “ La Importancia de La Redecisión”. 3 - Octávio Rivas (México) “El AT y Otras Escuelas Psicológicas”, 4 - Annie Tholenar: “Vivendo en Plenitud”.

Além da assembléia geral e eleição em que duas mulheres assumiram a presidência da ALAT pelo biênio 2013/2015: Telma Paredes, Presidente (Guatemala) e Sonia Nogueira, Vice Presidência (Brasil). Aconteceu a festa de encerramento bem animada e sortida de atrações, inclusive entrega dos certificados aos novos membros e examinadores. Foi anunciado que em 2014 o CONGLAT será virtual e em 2015 será presencial no Peru. Esperamos que nos próximos eventos a nossa UNAT-BRASIL esteja quantitativamente mais representada.

Culminando com 2 painéis bem concorridos:

Antônio Pedreira


26

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

N° N° 78 77 DEZEMBRO 2013 JUNHO 2013

COMUNICADOS INSTITUCIONAIS COMUNICADO DA DIRETORIA DE DOCÊNCIA E CERTIFICAÇÃO A Diretoria de Docência e Certificação informa: 1 - O SED – Seminário de Endosso de Didatas - acontecerá em Porto Alegre-RS nos dias 13, 14 e 15 de dezembro próximos. Está confirmada a participação dos Membros Certificados: Maria Imaculada Mollmann, Maria Ventura da Silva, Renato Morandi e Sonia Nogueira. A facilitação será dos Membros Didatas Jane Costa, Ede Lanir Paiva e Marcia Bertuol. 2- O próximo Módulo do Curso AT 303 será em São Paulo-SP de 21 a 23 de fevereiro de 2014, sendo coordenado pela Didata Rosa Krausz, e tendo como programa o estudo de Análise Funcional, Diagnóstico de Estados de Ego, Patologias de Estados de Ego e Transações. 3- Para as bancas de exame que ocorrerão antecedendo o VIII Fórum Brasileiro de Análise Transacional, em Foz do Iguaçu-PR, em outubro de 2014, as provas escritas para Certificação devem ser enviadas para a Diretoria de Docência e Certificação até o dia 15 de junho de 2014. As inscrições para exame oral de Membros Didatas devem ser formalizadas até o dia 15 de julho de 2014.

A Diretoria de Docência e Certificação parabeniza os novos Membros Certificados aprovados nos exames realizados durante o 24º CONBRAT – CONGRESSO BRASILEIRO DE ANÁLISE TRANSACIONAL, realizado em Uberlândia-MG: Angélica M R. Mello (área organizacional) Adriano Testa Bernardi (área clínica) Allison Machado Borges (área clínica) Ana Karina L Pinheiro (área clínica) Andreia Luisa B Cechin (área organizacional) Daniela Carvalho P Linhares (área organizacional) Fabiana do Carmo G Vasconcelos (área clínica) Ivana Ângela Zanine (área organizacional) Jefferson Moraes (área organizacional) Josiane Ida Pelles (área clínica) Maria Imaculada G A Mollmann (área organizacional) Luiz Antonio Tiradentes (área organizacional) Sabrina S. Coimbra (área clínica) Sonia F. Peixoto Nogueira (área clínica) Luiz Ferrari Diretor de Docência e Certificação da UNAT-BRASIL 2011-2014

CURSO 101 EM PALMAS TOCANTINS

Ministrado na Escola de Gestão Fazendária do Estado pela Analista Transacional Membro Certificado Clínico Elaine Galon em agosto de 2013.

VAI ACONTECER Cursos AT 101 em Teresópolis-RJ Data: 25 e 26 de Janeiro 2014 Horário: 9h às 17h Local: “Casa de Retiro” - Bairro Alto – Teresópolis-RJ Facilitadores: Vitor Mehy - Médico Psiquiatra - Membro Didata Clínico em Formação pela UNAT-BRASIL Erika Neves Chermont Professora, Psicóloga & Psicopedagoga, Membro Regular pela UNAT-BRASIL Inscrições: erikaexitopsi@gmail.com www.facebook.com/erikaneves.exitopsi


27

Informativo OPÇÕES UNAT-BRASIL

N° N° 78 77 DEZEMBRO 2013 JUNHO 2013

COMUNICADOS INSTITUCIONAIS ELEIÇÃO DO CONSELHO DELIBERATIVO E PRESIDENTE No 24 CONBRAT, ocorreu a posse dos membros eleitos para o Conselho Deliberativo da UNAT-BRASIL 2013-2016 e eleições para presidente 2014-2017. Na foto membros do conselho entrante e que terminou a gestão, presidente atual da UNAT-BRASIL e presidente eleita.

Posse conselho diretor e eleição presidente 2014-2017

Relação completa dos Membros do Conselho Deliberativo 2013-2016: Presidente: Vitor Merhy. Membros: Vanessa Mara De Carlis Miriam Cibreiros de Souza Ercília Silva Maila Flesch Andréa Lindner Andreia Cechin Maria Inês Corso Silveira Jeffersonn Moraes. Presidente eleita 2014-2017: Kátia Ricardi de Abreu

GRUPO AT202 ORGANIZACIONAL DE LONDRINA-PR Ministrado por Meg De Boni e Jorge Close. Concluem em março de 2014.

REAJUSTE DE ANUIDADES E TAXAS DA UNAT-BRASIL EM 2014 A tesouraria informa que a proposta da Diretoria para reajuste de taxas e anuidades da UNAT-BRASIL foi aprovada pelo Conselho Deliberativo da UNAT-BRASIL, após dois anos sem reajuste. Posteriormente os associados receberão correspondência para optarem pelo pagamento parcelado ou não. Fiquem atentos aos e-mails enviados pela UNAT-BRASIL. Atualizem junto à Secretaria os endereços eletrônicos. ANUIDADES UNAT-BRASIL Valores reajustados a partir de janeiro de 2014 CATEGORIA Membro Associado

À vista R$ 260.00

Membro Regular R$ 260.00 Membro Certificado Membro Didata em Formação Membro Didata

R$ 305,00 R$ 305,00 R$ 305,00

Parcelado R$ 300.00 (3X R$ 100.00) R$ 300.00 (3X R$ 100.00) R$ 345,00 (3X R$ 115,00) R$ 345,00 (3X R$ 115,00) R$ 345,00 (3X R$ 115,00)

TAXAS UNAT-BRASIL Inscrição Registro de Contrato Troca de Orientador

R$ 225.00 R$ 200.00 R$ 110.00

Extensão de Contrato

R$110.00

Exame Escrito

R$ 265,00

Exame Oral

R$ 265.00

Seminário de Endoso de Didatas

R$ 540,00

3X (R$ 180.00)


N째 77 JUNHO 2013


N° 77 JUNHO 2013

MENSAGEM DE ANO NOVO RECEITA DE ANO NOVO Para você ganhar belíssimo Ano Novo cor do arco-íris, ou da cor da sua paz, Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido (mal vivido talvez ou sem sentido) para você ganhar um ano não apenas pintado de novo, remendado às carreiras, mas novo nas sementinhas do vir-a-ser; novo até no coração das coisas menos percebidas (a começar pelo seu interior) novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota, mas com ele se come, se passeia, se ama, se compreende, se trabalha, você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita, não precisa expedir nem receber mensagens (planta recebe mensagens? passa telegramas?) Não precisa fazer lista de boas intenções para arquivá-las na gaveta. Não precisa chorar arrependido pelas besteiras consumadas nem parvamente acreditar que por decreto de esperança a partir de janeiro as coisas mudem e seja tudo claridade, recompensa, justiça entre os homens e as nações, liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, direitos respeitados, começando pelo direito augusto de viver. Para ganhar um Ano Novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre. Carlos Drummond de Andrade ANDRADE, C. D. Receita de Ano Novo. Editora Record. 2008.


Opções UNAT-BRASIL nº78 Dez/2013