Page 1

1 1


SÃO + de 45 PAÍSES NO MUNDO NOS ACOMPANHANDO!!! A UNAECC agradece a todos os nossos amigos faces que acompanham e curtem os nossos trabalhos! A todos obrigada por nos ajudar construir nossos trabalhos! _________________________________ UNAECC Thanks all our friends faces who accompany and enjoy our work! Thank you all for helping us build our jobs! _________________________________ LA UNAECC Agradece todos nuestros amigos que acompañan y disfrutar de nuestro trabajo! Gracias a todos por ayudarnos a hacer la construción de nuestros trabajos!

______________________________________________________________________ PÁGINA OFICIAL - UNAECC- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação - CEO - Márcia Rosa Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

2


3


4


5


6


7


1


III SIMPÓSIO DE VIDEOLAPAROSCOPIA – CMI

SEGURANÇA DO PACIENTE

Participantes de Florianópolis e GO

Participantes AM – SC - GO

Participantes d dos estaos brasileiros MG, PR, SC, PB, RJ

Participantes CEPON - Florianópolis

Participantes Córdova Argentina *QUALIDADE *INOVAÇÃO *TECNOLOGIA *SEGURANÇA A UNAECC - Com o objetivo de assegurar os procedimentos para a atuação dos profissionais de Instrumentação Cirúrgica (IC) realizou no dia 30 de outubro de 2016 o III SIMPÓSIO DE videolaparoscopia - Cirurgia Minimente Invasiva (CMI) O que teve a participação de profissionais de 13 estados brasileiros e profissionais da Argentina prestigiando as nossas apresentações.

___________________________________ III SIMPÓSIO DE VIDEOLAPAROSCOPIA – CMI – FLORIANÓPOLIS – SC Realização - UNAECC- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação - Márcia Rosa Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

2


III SIMPÓSIO DE VIDEOLAPAROSCOPIA - CMI Hem-o-lok – Clipadoras – Pinças Bipolares

III SIMPÓSIO DE VIDEOLAPAROSCOPIA - CMI

* SEGURANÇA DO PACIENTE

TEMA DE ABORDAGEM *QUALIDADE *INOVAÇÃO *TECNOLOGIA *SEGURANÇA

A UNAECC realizou no dia 30 de outubro o III SIMPÓSIO DE VIDEOLAPAROSCOPIA E CMI com o tema SEGURANÇA DO PACIENTE na cidade de Florianópolis – SC. Na ocasião tivemos a apresentação de técnicas científicas sobre a utilização de acessórios de hemostasia definitiva de aplicação no paciente. Tivemos a presença e acessória da empresa TC Cirúrgica fornecedora dos produtos e instrumental necessários para efetivação do treinamento correto para os participantes presentes no evento.

___________________________________ III SIMPÓSIO DE VIDEOLAPAROSCOPIA -CMI - FLORIANÓPOLIS – SC Realização - UNAECC- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação - Márcia Rosa Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

3


III SIMPÓSIO DE VIDEOLAPAROSCOPIA - CMI

*QUALIDADE *INOVAÇÃO *TECNOLOGIA *SEGURANÇA A UNAECC realizou no dia 30 de Outubro o III SIMPÓSIO DE VIDEOLAPAROSCOPIA - Cirurgia Minimamente Invasiva (CMI) a autora e palestrante Márcia Rosa (IC) ressalta a importância do conhecimento das técnicas de reprocessamento do instrumental de videocirurgia e CMI segundo peaquisa realizada 2009/ ² (Instrumental Edlo - Divulgada FM - HC – Serv. Uro - UFG / SOBRACIL/RJ 2011).

___________________________________ III SIMPÓSIO DE VIDEOLAPAROSCOPIA – CMI – FLORIANÓPOLIS – SC Realização - UNAECC- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação - Márcia Rosa Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

4


*Pesquisa virtual com relato de experiência

Palestrante Carla Trentin - SC

TEMA DESTAQUE

TEMA DESTAQUE l

Autora Palestrante - Márcia Rosa - Go

Palestrante e autora - Bacharel em Enfermagem e Instrumentadora Cirúrgica Márcia Rosa fala sobre a Independência da profissão e a carreira dos futuros Profissionais e as especialidades da categoria de Instrumentação Cirúrgica

Palestrante Ederlúcio Blumenau - s

A UNAECC realizou nos dias 28 a 30 de outubro o I ENCONTRO NACIONAL DE EQUIPES RPA – BC – CME – IC FLORIANÓPOLIS – SC Entre palestras técnicas e científicas tivemos a exposição de temas relevantes para a categoria como a especializações. O grande destaque foi para o projeto que tramita no senado *Projeto de Lei de Jean Wyllys e Erika Kokay autoriza cirurgia de mudança de sexo ATÉ PARA CRIANÇAS e pelo SUS. Onde a autora participou da parte prática 2008 na modalidade de instrumentação cirúrgica com a equipe de plástica - HC- UFG. (Cirurgia p/ adultos ).

__________________________________

I ENCONTRO NACIONAL DE EQUIPES RPA – BC – CME – IC FLORIANÓPOLIS C- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação - Márcia Rosa Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

5


1º ENCONTRO BC –RPA – CME - IC

Florianópolis

Mesa de abertura com Vitória - PB Genoveva - Ar Miriân - SC José Rocha - SC Abertura oficial do evento 28 de Outubro as 10h00 - A baixo participantes do evento.

Apresentação Trabalho acadêmico das autoras Gisele Andrade eVirginia Penido

Apresentação Trabalho Vitoria Pontes

TEMA DE ABORDAGEM *QUALIDADE *INOVAÇÃO *TECNOLOGIA *SEGURANÇA

A UNAECC realizou nos dias 28 a 30 de outubro o I ENCONTRO NACIONAL DE EQUIPES RPA – BC – CME – IC FLORIANÓPOLIS – SC que teve o objetivo de informar sobre as a importância do trabalho em equipe e a função desenvolvida em cada uma delas. Na ocasião tivemos a apresentação de trabalhos desenvolvidos pelos participantes inscritos no evento. ________________________________ I ENCONTRO NACIONAL DE EQUIPES RPA – BC – CME – IC FLORIANÓPOLIS – SC Realização - UNAECC- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação - Márcia Rosa Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

6


Presidente Coren Go – Ivete Barreto Palestrante - Maria Julia - USP Evento Coren - PUC- GO

A UNAECC participou Encontro dos Enfermeiros Responsáveis Técnicos – Em Goiânia com a palestra "A arte do cuidado: a ética e o equilíbrio no exercício da enfermagem", promovido pelo Conselho profissional CorenGO o qual autora Márcia Rosa faz parte como profissional Aux. Técnica e Bacharel em enfermagem.

___________________________________ Realização - CorenGO – Pontifícia Universidade Católica - PUC - GO Cidade de Goiânia – 21 de Setembro de 2016 Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

7


Evento no Anhembi - São Paulo

A UNAECC esteve com as empresas em 2016 encontrando e reencontro os amigos expositores – SP.

___________________________________ Evento na cidade de São Paulo – SP De 31 a 2 de setembro de 2016 Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

8


Com o CEO Fabrício Avini

Acreditação / segurança para as empresas A UNAECC esteve presente com os mais renomados CEO’s da categoria empresas de TI .

Por Márcia Rosa: “Enfim conseguimos alcançar o mundo dos negócios” F.MBA Adm. Hospitalar e MKT Saúde.

Tecnologias da Informação dedicadas a saúde, para gestão do fluxo de dtrabalho dos processos de diagnóstico nas instituições de saúde.

___________________________________ Evento na cidade de São Paulo – SP Em 14 de setembro de 2016 Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

9


Mesa composta por profissionais de saúde Setor Centro Cirúrgico (SCC) Enfermagem - Medicina - Anestesia - Instrumentação Cirúrgica Márcia Rosa - Bacharel Enfermagem Instrumentação Cirúrgica - GO Dr. Marcelo Gerundi - Medico Cirurgião - MG - SBCBM Drª. Marina F. Guimarães - Anestesista - BH - MG Gisele Andrade – AC Enfermagem – Inst. Cirúrgica - BH - MG

Auditório – Faculdade de Ciências Médicas – Belo Horizonte - MG

A UNAECC realizou no dia 9 de julho de 2016 o III PAINEL DE ESPECIALIDADES DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA. Esteve presente no evento profissionais renomados da saúde que ouviu opinou sobre a regulamentação da categoria de Instrumentação Cirúrgica. Na ocasião destacamos que tais profissionais atua junto a equipe de medicina em procedimentos cirúrgicos e a mudança no projeto de lei PLC 75/2014 que trata desse assunto não seria possível por entender que o mesmo é inviável e ainda que não se regulamenta uma profissão ou tampouco submetem-se ao código de ética de outra. Entendemos ainda ser uma tentativa de burlar a lei existente da categoria a qual foi a público propor tamanho absurdo. O evento teve objetivo principal de informar a categoria sobre as atuais mudanças na futura profissão. __________________________________________ III PAINEL DE ESPECIALIDADES DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA - BH - MG Realização - UNAECC- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação - Márcia Rosa Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

10


* EXPOSIÇÃO

II PAINEL DE ESPECIALIDADES DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA

Auditório da Faculdade de Ciências Medicas - Belo Horizonte MG

A UNAECC realizou treinamento prático com a presença da representação Edlo Produtos Médicos fabricante de produtos voltados à Cirurgia Minimamente Invasiva, treinamento prático.

* TREINAMENTOS

II ENCONTRO NACIONAL DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA

Palestrante - Autora - Márcia Rosa - GO Instrumentadora Cirúrgica - Bacharel em Enfermagem

Apresentação do tema: Montagem de Instrumentos Desenvolvimento do Instrumental Cirúrgico, manuseio e cuidados para conservação dos Instrumentos utilizados em Cirurgias Minimamente Invasivas (CMI) nas instituições de saúde. Pesquisa realizada 2009/² com a utilização do instrumental Edlo Produtos Médicos S/A. Segundo os protocolos da Anvisa e a lei Lei nº 12.813, de 16 de maio de 2013.

___________________________________ Realização - UNAECC- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação - Márcia Rosa Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

11


A UNAECC realizou nos dias 7 Maio do ano de 2016 a entrega de placa troféu do PRÊMIO EXCELÊNCIA a palestrante Tânia Mara – PR participante da 1ª edição 2014/ ² foi entregue no II ENCONTRO NACIONAL DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA. O PRÊMIO EXCELÊNCIA foi criado e idealizado com o objetivo de incentivar a produção técnica e científica dos participantes dos nossos trabalhos e é uma forma de homenagear os participantes dos nossos eventos.

___________________________________ PRÊMIO EXCELÊNCIA – I Edição Realização - UNAECC- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação - Márcia Rosa Cidade: Entrega - Balneário Camboriu – SC - Brasil Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

12


PALESTRANTE – Carla Trentin

UNICAMP – Campinas - SP

Sorteio - FAMI

Kethlen Archer - CEPON - SC

A UNAECC realizou nos dias 5 a 7 de Maio do ano de 2016 a 1ª FEIRA DE EXPOSIÇÃO E NEGÓCIOS DE PRODUTOS MÉDICOS – MÉDICOS CIRÚRGICOS E MÉDICOS HOSPITALARES no evento contamos com renomadas empresas do mercado da indústria e comércio e valiosas palestras informativas que aconteceu paralela ao II ENCONTRO NACIONAL DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA no Brasil. ___________________________________ I FEIRA DE EXPOSIÇÃO E NEGÓCIOS DE PRODUTOS MÉDICOS – CIRÚRGICOS E HOSPITALARES

Realização - UNAECC- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação - Márcia Rosa Cidade: Balneário Camboriu – SC - Brasil Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

13


Participantes dos estados brasileiros dos Argentina e Bolívia

A UNAECC realizou nos dias 5 a 7 de Maio do ano de 2016 o II ENCONTRO NACIONAL DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA com o tema: Sindicatos, Associações e Concelhos Profissionais na ocasião a autora ressaltou a importância do conhecimento pelos profissionais sobre o funcionamento dos órgãos da categoria. O evento contou também com a presença de representações de vários estados, palestrantes renomados e de outros países. ___________________________________ II ENCONTRO NACIONAL DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA – II Edição Realização - UNAECC- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação - Márcia Rosa Cidade: Balneário Camboriu – SC - Brasil Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

14


APRESENTAÇÃO - IV SIMPÓSIO DE VIDEOLAPROSCOPIA CMI - Edição ´- Manaus - AM

Manaus – AM - Brasil LOCAL DO EVENTO AUDITÓRIO: Hospital Pronto Socorro 28 de Agosto

A UNAECC realizou no dia 12 de Março do ano de 2016 o IV SIMPÓSIO DE VIDEOLAPAROSCOPIA. Na ocasião a autora e Coordenadora Márcia Rosa convidou e informou aos participantes e aos ministrantes de cursos presentes no evento sobre a atual formação da categoria profissional, os tramites no Senado Federal que se encontrava a Regulamentação Profissional no país (PLC 75/2014), as especialidades que a categoria poderia ser inserida e ressaltou a importância do conhecimento técnico científico e ainda a necessidade da presença das escolas nos eventos informativos os quais a categoria está sendo submetida a transformação profissional. _______________________________________ IV SIMPÓSIO DE VIDEOLAPASCOPIA - CMI – IV Edição Realização - UNAECC- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação - Márcia Rosa Cidade: Manaus – AM - Brasil Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

15


Entrega dos certificados aos participantes

Demonstratração prática de montagem do instrumental da especialidade de Videolaparoscopia CMI

APRESENTAÇÃO PRÁTICA II PAINEL DE ESPECIALIDADES DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA - II Edição

A UNAECC realizou no dia 30 de Abril de 2016 o II PAINEL DE ESPECIALIDADES DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA. Na ocasião a autora e Coordenadora Márcia Rosa ressalta a importância do conhecimento técnico e científico para a atuação profissional (IC) junto as equipes médicas cirúrgicas e Odontológicas. O destaque do evento foi para a ODONTOLOGIA E BUCO -MÁXILO uma das especialidades onde o profissional de Instrumentação Cirúrgica pode construir uma carreira sólida da especialidade.

___________________________________

II PAINEL DE ESPECIALIDADES DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA Realização - UNAECC- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação - Márcia Rosa Cidade: Goiânia - Go – Brasil - Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

16


PROJETO APROVADO (Unanimidade). Informamos que o PROJETO PLC 75/2014 continuará com andamento normal do senado. *Lembramos ainda que teremos 2 pareceres a serem votados: 1 - Marta Suplicy - Regulamenta a profissão com texto original - PROFISSÃO. 2 - Benedito de Lira que sugeri mudança de texto e submissão ao código de ética de enfermagem (Julgamos ser inconstitucional e identificamos como tentativa de burlagem do exercício da profissão de enfermagem Lei Nº 7.498/86 DECRETO N 94.406/87).

Senado Federal – Marta Suplicy Relatora PLC 75/2014 - CE

Acessória Senado Amazônia

Senado Federal – Votação CAE

Senadora Gleisi Hoffmann

Senado Federal – Votação CAE

Senador José Pimentel

Senador Raimundo Lira

A UNAECC - Representada pela autora e profissional de Instrumentação Cirúrgica (IC) Márcia Rosa esteve presente em todas as etapas da regulamentação da profissão. Conseguimos comprovar a capacidade profissional em todos meios técnicos e científicos ao qual fomos submetidos em todas as etapas da profissão de Instrumentação Cirúrgica PLC 75/2014. E conseguimos 3 pareces aprovados: Na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) Senado Federal. Na Comissão de Educação (CE) Senado Federal. Na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) Voto favorável a Profissão! E a categoria só não fora engolida por que estávamos lá durante todos os tramites de votação que sugeriu a mudança e arquivamento do projeto de lei PROJETO PLC 75/2014.

_________________________________ Realização - UNAECC- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação Márcia Rosa Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

19


Posicionamento profissional – Autora Profissão Carreira - Especialidades Inst. Cirúrgica – Márcia Rosa – Go Relatora – Senadora Marta Suplicy Senado Federal - Brasília - DF

________________________________ VOTAÇÃO – Comissões Senado Federal Foto – Participação – Publicação Mkt – www.unaecc.com.br

20


Senador Benedito de Lira Relator da proposta sugerida pelo Cofen

Posicionamento profissional – Autora - Profissão Carreira Especialidades Instrumentação Cirúrgica – Márcia Rosa – Go Relator – Presidiu a sessão Senador Raimundo de Lira o qual informamos que houve uma tentativa de burlagem do projeto durante a votação que regulamenta a Profissão de instrumentação Cirúrgica no Brasil advinda pela sugestão do Conselho Federal de Enfermagem COFEN ao solicitar que fosse modificado texto original do projeto de lei ora apresentado.

SUBSTITUTIVO

Benedito de Lira que sugeri mudança de texto e submissão ao código de ética de enfermagem (Julgamos ser inconstitucional e identificamos como tentativa de burlagem do exercício da profissão de enfermagem Lei Nº 7.498/86 DECRETO N 94.406/87).

Art. 2° Poderão exercer a profissão de Instrumentador Cirúrgico no País: I - Técnicos de Enfermagem, que tenham concluído curso de Instrumentação Cirúrgica no Brasil ou exterior, neste caso, com o mesmo conteúdo programático e reconhecido em seu país e que revalidem o diploma no Brasil;

Parágrafo único. O Instrumentador Cirúrgico só poderá exercer sua profissão se devidamente inscrito no Conselho Regional de Enfermagem da base territorial onde atue. SF/16843.71952-41 Art. 5º Constitui infração disciplinar no exercício profissional da Instrumentação Cirúrgica: I – transgredir preceito do Código de Ética Profissional da Enfermagem, onde constará capítulo específico versando sobre a instrumentação cirúrgica;

LEMBRAMOS aos nobres senadores presentes que não estávamos criando curso de extensão: Para estes existe regulamentação pelo MEC mais de 50% de carga Horária da disciplina (o que a ENFERMAGEM NÃO POSSUI). E no mais estaríamos criando um desvio de função dentro das instituições (MT – Ministério do Trabalho) pois a enfermagem assim como outras categorias profissionais possui lei própria do exercício profissional. E LEMBRAMOS MAIS AINDA que profissionais dessa categoria sugerida não poderia atuar devido A Resolução Cofen 280/2003 em seu art 1º diz que “É vedado a qualquer Profissional de Enfermagem a função de Auxiliar de Cirurgia”, e ainda assim confirmada PROÍBIÇÃO pelo CFM na resolução Resolução CFM nº 1.490/98 Conselho Federal de Medicina. Por fim sugerimos ainda que fosse revisto a ação dessa votação por órgãos superiores sobre a conduta apresentada pelo relator Benedito de Lira. *A Senadora Marta Suplicy manteve voto e relatório favorável A PROFISSÃO – TEXTO ORIGINAL Sem mudança.

_______________________________

VOTAÇÃO – Comissões Senado Federal - Brasília - DF TEXTO: Márcia Rosa Aux. Técnica e Bacharel em Enfermagem Instrumentadora Cirúrgica Foto – Participação – Publicação Mkt – www.unaecc.com.br

21


A UNAECC em 2016 emitiu notas de repúdio sobre as mudanças propostas para modificação do projeto que regulamenta a profissão de Instrumentação Cirúrgica no Brasil e LEMBROU que estamos REGULAMENTANDO UMA PROFISSÃO E NÃO CRIANDO CURSO DE EXTENSÃO pois para esse último existe regulamentação pelo MEC – Ministério da Educação e ainda fizemos observâncias das legislações vigentes do Ministério do Trabalho: “ Desvio de função” dentro das instituições com implicações de multas e demais penalidades legais.

___________________________________ Realização - UNAECC- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação - Márcia Rosa Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

22


AUDIÊNCIA PÚBLICA PLC 75/2014 Por Márcia Rosa – Prof. Aux. Tec. Bacharel em Enfermagem Instrumentadora Cirúrgica - Convencional - CMI

Médicos e enfermeiros querem alterar projeto que regulamenta profissão de instrumentador cirúrgico Da Redação Senado Federal| 02/12/2014, 13h28 ATUALIZADO EM 02/12/2014, 16h58.

POSICIONAMENTO PROFISSIONAL INFORMAMOS A Senadora Marta Suplicy que assume a relatoria em 2015 QUE: Sobre o pleito da Enfermagem não seria possível que não estávamos criando curso de extensão: Para estes existe regulamentação pelo MEC mais de 50% de carga horária da disciplina (o que a ENFERMAGEM NÃO POSSUI).E no mais estaríamos criando um desvio de função dentro das instituições (MT – Ministério do Trabalho) pois a enfermagem assim como outras categorias profissionais possui lei própria do exercício profissional. E LEMBRAMOS MAIS AINDA que profissionais dessa categoria sugerida não poderia atuar devido A Resolução Cofen 280/2003 em seu art 1º diz que “É vedado a qualquer Profissional de Enfermagem a função de Auxiliar de Cirurgia”, e ainda assim confirmada PROÍBIÇÃO pelo CFM na resolução Resolução CFM nº 1.490/98 Conselho Federal de Medicina. QUANTO ao pleito da medicina NÃO SERIA POSSIVEL sermos subordinados NÃO fazemos parte da equipe de medicina. PEDIDOS negados ao CFM E COFEN Comprovamos capacidade técnica e científica da categoria de INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA SUGERIMOS trabalho em equipe.

Ana Rita ressaltou a importância do trabalho desenvolvido pelo instrumentador e lembrou que esse profissional tem importantes atribuições durante o ato da cirurgia, como a ordenação e o controle de todo o instrumental necessário para a intervenção, a seleção e a apresentação dos instrumentos ao médico e seus auxiliares.— O papel do instrumentador cirúrgico ele é específico. É algo que começa e termina no ato da cirurgia. Embora ele seja um dos primeiros a chegar porque tem o papel de cuidar de todos os instrumentos, é o último a sair porque precisa também cuidar dos instrumentos pós-cirúrgicos — comentou a senadora. A representante do Cofen, Irene Alves Ferreira, afirmou que sua categoria é contra a aprovação do projeto da forma como se encontra, pois entende que diversas das atribuições previstas na nova regulamentação já são de competência dos enfermeiros.— O projeto ainda não está maduro. A gente entende que poderia ser uma especialização da própria enfermagem. Vamos reavaliar e extrair uma posição do Conselho — disse. A sugestão do Conselho Federal de Medicina, de acordo com o vice-presidente da instituição, Mauro Luiz Ribeiro, diz respeito ao artigo que, no entender dos médicos, pode dar uma autonomia excessiva aos instrumentadores durante o ato cirúrgico.— Nos parece uma autonomia até certo ponto indevida. É mais uma questão de redação realmente. Porque o cirurgião é o líder da equipe, o responsável por toda a assistência. Então, no exercício da profissão, o instrumentador está subordinado ao cirurgião. A redação do artigo conflita um pouco com essa premissa — observou. A representante da Associação Nacional dos Instrumentadores Cirúrgicos (ANIC), Maria Laura Savieto Alves, chamou atenção para as características específicas da profissão. Ela lembrou que o instrumentador, como o médico, não tem carga horária de trabalho, pois é o primeiro a entrar na sala de cirurgia e o último a sair, independente do tempo que durar o ato. Também destacou a importância da qualificação e reciclagem do profissional.— Nós lutamos sempre pela reciclagem do profissional instrumentador cirúrgico. Que ele esteja sempre se reciclando, fazendo cursos. Nós temos cursos de especialização de em videocirugia, que é a última palavra nessa área — exemplificou Maria Laura. O PLC 75/2014 já foi aprovado na Câmara dos Deputados. Embora tenha sido objeto de audiência pública na Comissão de Direitos Humanos, a proposta está em análise na Comissão de Assuntos Sociais. Depois terá que passar pelo Plenário do Senado. Se for aprovada com mudanças terá que voltar à Câmara. Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado) *A

Senadora Marta Suplicy assume em 2015 e manteve voto e relatório favorável A PROFISSÃO – TEXTO ORIGINAL Sem mudança.

_______________________________

VOTAÇÃO – Comissões Senado Federal - Brasília - DF TEXTO: Márcia Rosa Aux. Técnica e Bacharel em Enfermagem Instrumentadora Cirúrgica Foto – Participação – Publicação Mkt – www.unaecc.com.br

23


TRABALHO E PREVIDÊNCIA 01/07/2010 - 13h06

Conferência SOBRACIL – rj

Câmara aprova regulamentação de instrumentador cirúrgico. Arquivo - Edson Santos Edmar Moreira apresentou parecer favorável ao projeto. A Câmara aprovou na quarta-feira (30) o Projeto de Lei 642/07, do deputado George Hilton (PRB-MG), que regulamenta a profissão de instrumentador cirúrgico. A proposta foi aprovada em caráter conclusivo na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) e será encaminhada para análise do Senado, se não houver recurso para que seja votada pelo Plenário da Câmara. O projeto estabelece que o exercício da profissão é privativo daqueles que tenham concluído curso de Instrumentação Cirúrgica, ministrado no Brasil, por escola oficial ou reconhecida pelo governo federal; ou no exterior, desde que o diploma seja revalidado no Brasil. Também podem exercer a atividade aqueles que já atuam na profissão há pelo menos dois anos, contados da data em que a lei entrar em vigor. Entre as atividades do instrumentador estão: ordenar e controlar o instrumental cirúrgico; preparar o instrumental a ser utilizado nas cirurgias; selecionar e apresentar os instrumentos ao médico cirurgião e auxiliares; efetuar assepsia dos materiais cirúrgicos; preparar e desmontar as mesas para as cirurgias; e guardar o material cirúrgico. O parlamentar lembrou que a Constituição determina a liberdade do exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações que a lei estabelecer. “A Constituição também dispõe que é competência privativa da União legislar sobre organização do sistema nacional de emprego e condições para o exercício da profissão”, afirmou.

* PLC 75/ 2014 – Senado Federal

A UNAECC – Representada pela autora Márcia Rosa – Prof. Aux. Tec. Bacharel em Enfermagem Instrumentadora Cirúrgica Convencional – CMI. Promovemos conferências e congressos informativos sobre a mudança na legislação. VESTIMOS A CAMISA Fomos incansáveis

Comprovamos as habilidades e as competências técnicas e científicas da categoria da nova profissão de INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA nas várias esferas do ensino e na realização de palestras e pesquisas científicas, no desenvolvimento do Instrumental Cirúrgico e de Videolaparoscopia e a utilização nos serviços de saúde e o processamento e o reprocessamento dos instrumentos e equipamentos utilizados nos procedimentos de videolaparoscopia e CMI. E ainda a contribuição dessa categoria para o trabalho multidisciplinar, a melhoria do relacionamento entre as empresas fabricantes e indústrias para a qualidade no atendimento do serviço prestado ao paciente submetido ao tratamento cirúrgico e videocirurgico.

___________________________________ VOTAÇÃO – Câmara Fededral - Brasília - DF TEXTO: Márcia Rosa Aux. Técnica e Bacharel em Enfermagem Instrumentadora Cirúrgica Foto – Participação – Publicação Mkt – www.unaecc.com.br

24


Participantes dos estados RJ- MG – SP – GO e demais estados brasileiros

A UNAECC realizou entre os dias 5 a 7 de maio de 2015 o 1º ENCONTRO NACIONAL DEINSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA NO BRASIL com a presença de profissionais de vários estados brasileiros.

_________________________________ 1º ENCONTRO NACIONAL DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA - Br 2º CONGRESSO EM INTELIGÊNCIAS ARTIFICIAIS NAS NOVAS TENDÊNCIAS E FACES CIRÚRGICAS

2st Congress In Artificial Intelligences in the New Trends and Surgical Faces Tema : Profissão e Carreira do profissional de instrumentação Cirúrgica no Brasil Coordenação Técnica e Cientifica : Márcia Rosa – GO – Búzios - RJ Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

25


Sessão de Pôster teve a participação das autoras Rosemary Cassalta - RJ - As dificuldades do enfermeiro na assistência humanizada no Centro Cirúrgico Renata Oliveira – RJ - Ministrando o tema: Instrumentação Cirúrgica na Cirurgia de Buco-Maxilo-Facial

_________________________________ 1º ENCONTRO NACIONAL DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA - Br 2º CONGRESSO EM INTELIGÊNCIAS ARTIFICIAIS NAS NOVAS TENDÊNCIAS E FACES CIRÚRGICAS

2st Congress In Artificial Intelligences in the New Trends and Surgical Faces Tema : Profissão e Carreira do profissional de instrumentação Cirúrgica no Brasil Coordenação Técnica e Cientifica : Márcia Rosa – GO – Búzios - RJ Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

26


A UNAECC realizou entre os dias 5 a 7 de maio de 2015 o 1º ENCONTRO NACIONAL DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA NO BRASIL com a presença de profissionais de vários estados brasileiros.

Palestrante Márcia Rosa –Go Instrumentadora Cirúrgica Bacharel em Enfermagem

Participação da equipe especialização da odontologia Buco – Máxilo da cidade do Rio de Janeiro - Rj. O tema Buco Maxilo-Facial apresentado foi uma abordagem da Instrumentação na Cirurgia Ortognática e a atução no tratamento em tempos cirúrgicos, instrumentais utilizados para a assistência aos procedimentos cirúrgicos da Odontologia.

Apresentação projeto PLC 75 / 2014 que trata da profissão da categoria de Instrumentação Cirúrgica no Brasil. Na ocasião fora apontada pela autora as especialidades da referida profissão as quais os Instrumentadores da modalidade Convencional poderia vir a construir uma carreira sólida e legítima os que frequentaram o curso de formação profissional em escolas regulamentadas pelas diretrizes de base do ensino no Brasil. Uma vez que esses profissionais exercem as sua funções com as equipes de cirurgias.

_________________________________

1º ENCONTRO NACIONAL DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA - Br 2º CONGRESSO EM INTELIGÊNCIAS ARTIFICIAIS NAS NOVAS TENDÊNCIAS E FACES CIRÚRGICAS

2st Congress In Artificial Intelligences in the New Trends and Surgical Faces Tema : Profissão e Carreira do profissional de instrumentação Cirúrgica no Brasil Coordenação Técnica e Cientifica : Márcia Rosa – GO – Búzios - RJ Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

27


1º SIMPÓSIO DE VIDEOLAPAROSCOPIA - (CMI)

Participantes das cidades de Goiânia, Anápolis, Aparecida de Goiânia, Brasília e Recife.

Palestrante: Márcia Rosa - GO Instrumentadora Cirúrgica Bacharel em Enfermagem

A UNAECC realizou no dia 20 de junho de 2015 na cidade de Goiânia o 1º SIMPÓSIO DE VIDEOLAPAROSCOPIA – CMI. Entre outros temas tivemos a abordagem do processamento reprocessamento do instrumental videocirúrgico. Na apresentação destacamos a importância do conhecimento previamente das técnicas para a prevenção das infecções relacionadas a assistência a saúde os pacientes submetidos aos procedimentos dessa modalidade. __________________________________ 1º SIMPÓSIO DE VIDEOLAPAROSCOPIA - CMI - Cidade de Goiânia – Goiás - Brasil

Coordenação Técnica e Cientifica : Márcia Rosa – Goiânia – Go Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

28


Equipe de Instrumentação Cirúrgica - (EIC)

A UNAECC realizou no dia 5 de setembro de 2015 a 2ª edição do SIMPÓSIO DE VIDEOLAPROSCOPIA – CMI- RJ Na cidade do Rio de Janeiro com a presença de Profissionais Rio, Niterói, Rio das Ostras, Belo Horizonte e demais localidades do estado RJ.

O evento teve como foco a informação do uso do instrumental videocirúrgico processamento e reprocessamento dos artigos de CMI.

__________________________________ II SIMPÓSIO DE VIDEOLAPAROSCOPIA - CMI

Coordenação Técnica e Cientifica : Márcia Rosa – GO – Bahia - RJ Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

29


Autora - Instrumentadora Cirúrgica Márcia Rosa - Goiânia – GO - Brasil Em 2015 a UNAECC realizou o 1º ENCONTRO INTERNACIONAL DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA co a presença de participantes internacionais, da Bolívia, Argentina e Paraguai e de todos os estados brasileiros.

__________________________________ 1º ENCONTRO INTERNACIONAL DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA - CMI

Coordenação Técnica e Cientifica - Autora - Márcia Rosa – GO – Salvador - BA Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

30


Abertura - Oficial Presente Gisele Reixach SP, Geneci Moura AL, André Magalhães - MG

Em 2015 a UNAECC realizou o 1º ENCONTRO INTERNACIONAL DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA com a presença de palestrantes internacionais, da Bolívia, Argentina e Paraguai e de todos os estados brasileiros. Na abertura tivemos tema debate sobre a formação dos profissionais de Instrumentação Cirúrgica e a apresentação das formas de ensino no país. Palestrante: Paola Palácio - Buenos Aires - Argentina

Palestrante: Érica Napoli - Buenos Aires - Argentina

Palestrante: Vanina Martin - Buenos Aires - Argentina

Palestrante: Mirian Flores – Sucre - Bolívia

Palestrante: Luisa Juillerat Buenos Aires - Argentina

Renomados Palestrantes estiveram no evento realizando palestras técnicas, científicas e ainda partilhando informações sobre a atuação profissional da Instrumentação Cirúrgica em seus países de origem.

__________________________________ 1º ENCONTRO INTERNACIONAL DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA - CMI

Coordenação Técnica e Cientifica Autora - Márcia Rosa – GO – Salvador - BA Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

31


1º ENCONTRO INTERNACIONAL DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA – A autora Márcia Rosa fala aos participantes convidados sobre o PRÊMIO EXCELÊNCIA do projeto científico do evento. AUTORAS: Roane Ramalho de França; Larissa Narriê Franco Ferreira; Maria de Fàtima Gonzaga Gomes; Edineide Nunes da Silva; Eliane de Sousa Leite; Maria de Fátima Gonzaga Gomes.

Esteve presente em nosso evento membros da UFPB que fez parte da nossa banca examinadora do nosso PRÊMIO EXCELÊNCIA no 1º ENCONTRO INTERNACIONAL DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA NO BRASIL. *Vim para esse evento esperando ver INSTRUMENTADORES fazendo demonstração de mesas cirúrgicas e me deparei com TRABALHOS E PESQUISAS CIENTÍFICAS realizadas por INSTRUMENTADORES CIRÚRGICOS". por Jeane S. Gomes - UFPB UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAÍBA.

__________________________________ 1º ENCONTRO INTERNACIONAL DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA - CMI

Coordenação Técnica e Cientifica Autora - Márcia Rosa – GO – Salvador - BA Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

32


Autora – Márcia Rosa - Participante: Edneuza - PB

Em 2015 a UNAECC realizou o 1º ENCONTRO INTERNACIONAL DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA com a presença de palestrantes internacionais, da Bolívia, Argentina e Paraguai e de todos os estados brasileiros.

Participantes Alagoas, Bolívia , Aracajú , Salvador e Rio Grande do Norte

Participantes Alagoas, Bolívia , Aracajú , BA

Participantes Alagoas, Bolívia e Aracajú , Argentina - SP

1º ENCONTRO INTERNACIONAL. DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA NO BRASIL teve a presença no evento de renomados nomes de profissionais de Instrumentação Cirúrgica que vieram de vários estados brasileiros para nos prestigiar e contribuir com a formação científica dos nossos participantes.

__________________________________ 1º ENCONTRO INTERNACIONAL DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA - CMI

Coordenação Técnica e Cientifica : Márcia Rosa – GO – Salvador - BA Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

33


I PAINEL DE ESPECIALIDADES DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA

Tema: Cuidado no preparo de mesa de prótese peniana - Especialidade - Urologia :

Luciana Aquilino Palestrante- SP

Com a interatividade dos serviços da medicina e o profissionalismo das equipes que atua no Setor de Centro Cirúrgico (SCC) e ainda objetivando a demonstração técnica e científica dos profissionais dessa categoria A UNAECC realizou na cidade de São Paulo – SP o evento que demonstrou 26 especialidades que os novos e futuros profissionais de INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA podem vir exercer, de acordo com a formação oferecida por escolas regulamentadas pelas diretrizes e bases de ensino no Brasil O I PAINEL DAS ESPECIALIDES DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA é um projeto criado e idealizado pela autora Márcia Rosa (Inst. Cirúrgica – IC) que visa valorizar a informação e o desenvolvimento da carreira do profissional. Uma vez que a especialização é legítima a quem possui uma formação na área da Instrumentação Cirúrgica.

__________________________________ 1º PAINEL DE ESPECILIDADES DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA Cidade de São Paulo – SP – - Brasil

Coordenação Técnica e Cientifica : Márcia Rosa – GO Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

34


Palestrante: Nicolle Rhode _SP Especialidade Cirurgia Cardíaca

Palestrante: Mirian Flores Especialidade Cirurgia Geral

Autora Márcia Rosa - GO com participantes do evento

Profissionais da cidade de São Paulo participaram do I PAINEL DE ESPECIALIDADES DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA que agregou conhecimento para a valorização do__________________________________ profissional nas áreas de formação e atuação dessa categoria. 1º PAINEL DE ESPECILIDADES DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA Cidade de São Paulo – SP – - Brasil

Coordenação Técnica e Cientifica : Márcia Rosa – GO . Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

35


CONFERÊNCIA: Ministro da Saúde Dr. Alexandre Padilha

A UNAECC participou do Congresso Internacional de Serviços de Saúde Data: 23/05 Horário:15h30 Local: 20ª Feira Hospitalar A conferência tem como tema: “Copa do Mundo 2014 e Olimpíadas 2016, grandes eventos, grandes catástrofes. O Sistema de Saúde e os serviços estão preparados”?

__________________________________ EVENTO –SÃO PAULO – SP - hospitalar Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

36


INFORMATIVO UNAECC - 2014

Quinelato

A UNAECC esteve com as empresas

Presidente da Hospitalar Drª Waleska

Similar

CNPH

Confiance

Bhiosupplay

Covidien __________________________________ EVENTO –SÃO PAULO – SP - hospitalar Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

37


INFORMATIVO

UNAECC - 2014

A UNAECC esteve com as empresas

Edlo

H. Strattner

Deltronix

Perimed

Astus

_________________________________ EVENTO –SÃO PAULO – SP - hospitalar Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

37


INFORMATIVO UNAECC - 2014

A UNAECC participou do fórum de debates, trocas de experiências e difusão de novas técnicas e equipamentos para os profissionais que atuam nesta área. Evento que reúne bombeiros de todo o Brasil e de outros países com o intuito de compartilhar conhecimentos e novas tecnologias na área de bombeiros.

Informações de segurança, resgate, salvamento e combate a incêndios.

Equipe de Bombeiros SENABOM – Enfermeira Márcia Rosa

__________________________________ XIV - SEMINÁRIO NACIONAL DE BOMBEIROS Data 3 a 5 de setembro de 2014 Local Centro de Cultura e Convenções de Goiânia (Goiânia, GO) Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

38


Cerimônia de abertura do PROJETO UNAECC em 26 de abril de 2014/1 - UFG

A UNAECC realizou no dia 26 de abril do ano de 2014 no Campus Samambaia da UFG a apresentação do projeto criado e idealizado pela autora Instrumentadora Cirúrgica e Bacharel em enfermagem Márcia Rosa que contém 18 ações entre eventos técnicos, científicos. culturais e sociais Profissionais de vários setores da saúde prestigiaram do evento de lançamento .

__________________________________ ABERTURA E APRESENTAÇÃO DO PROJETO UNAECC – 2014/1 Realização - UNAECC- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação - Márcia Rosa Cidade: Goiânia - Go – Brasil Campus Samambaia – Universidade Federal de Goiás - UFG Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

39


Da legitimidade da autoria de nossos projetos e trabalhos realizados Pela profissional – Aux. Técnica – Bacharel em Enfermagem Instrumentadora Cirúrgica

__________________________________ ABERTURA E APRESENTAÇÃO DO PROJETO UNAECC – 2014/1 Realização - UNAECC- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação - Márcia Rosa Cidade: Goiânia - Go – Brasil Campus Samambaia – Universidade Federal de Goiás - UFG Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

40


Recepção de abertura

Apresentação da autora Márcia Rosa

Centro de Cultura e Eventos Professor Ricardo Freua Bufáiçal - CCE - UFG

1º CONGRESSO DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA (CMI) 1º CONGRESSO EM INTELIGÊNCIAS ARTIFICIAIS NAS NOVAS TENDÊNCIAS E FACES CIRÚRGICAS 1st Congress In Artificial Intelligences In The New Trends And Surgical Faces Contou com a participantes da cidade de Goiânia, cidades vizinhas , e os estados , RJ E SP.

Na abertura o Secretário de Saúde e estado Dr. Salim Antônio Girade registrou a convite da coordenadora e autora do projeto e devido a impossibilidade do governador do estado Marconi Perillo comparecer ao evento o outorgou para que o mesmo o representasse.

_______________________________________ 1º CONGRESSO DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA (CMI) 1º CONGRESSO EM INTELIGÊNCIAS ARTIFICIAIS NAS NOVAS TENDÊNCIAS E FACES CIRÚRGICAS 1st Congress In Artificial Intelligences In The New Trends And Surgical Faces Realização - UNAECC- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação - Márcia Rosa Cidade: Goiânia - Go – Brasil Campus Samambaia – Universidade Federal de Goiás - UFG Foto - Mkt – www.unaecc.com.br 41


TRABALHOS CIENTÍFICOS

Palestrante – Enfermeira Tãnia Mara - PR

Apresentação de trabalho: Congressista : Raquel Nascimento Rio de Janeiro -RJ

Com temas relevantes como a restabilidade e o monitoramento e o tema Do bisturi elétrico a pinça ultrassônica. A evolução do material de suporte a cirurgia a UNAECC realizou palestras e a efetivação do programa de apresentação científica coordenados pela autora e coordenadora Instrumentadora Cirúrgica e Bacharel em Enfermagem Márcia Rosa – GO.

_______________________________________ 1º CONGRESSO DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA (CMI) 1º CONGRESSO EM INTELIGÊNCIAS ARTIFICIAIS NAS NOVAS TENDÊNCIAS E FACES CIRÚRGICAS 1st Congress In Artificial Intelligences In The New Trends And Surgical Faces Realização - UNAECC- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação - Márcia Rosa Cidade: Goiânia - Go – Brasil Campus Samambaia – Universidade Federal de Goiás - UFG Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

42


PALESTRA CONSCIENTIZAÇÃO Segurança no ato transfusional

PALESTRANTE – Enfermeira Jaciane Soares de Sá Mestre em Saúde Coletiva Enfermeira do Serviço de Controle de Infecção Relacionada à assistência a Saúde do Hemocentro - GO.

Palestra Médica: Robótica Palestrante; Dr. Rafael Coelho - SP A Palestra das técnicas com a utilização da robótica que teve o objetivo demonstrar utilização da robótica na urologia e nas Cirurgias Minimamente Invasiva (CMI) a frisamos que mesmo com toda a tecnologia o profissional de Instrumentação Cirúrgica deve estar presente por medida de segurança do paciente .

Palestrantes Vânia Glória /Regina Celi – RJ Agradecemos a participação colaborativa do tema Regulamentação da Profissão de Instrumentação Cirúrgica no Brasil.

______________________________________ 1º CONGRESSO DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA (CMI) 1º CONGRESSO EM INTELIGÊNCIAS ARTIFICIAIS NAS NOVAS TENDÊNCIAS E FACES CIRÚRGICAS 1st Congress In Artificial Intelligences In The New Trends And Surgical Faces Realização - UNAECC- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação - Márcia Rosa Cidade: Goiânia - Go – Brasil Campus Samambaia – Universidade Federal de Goiás - UFG Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

43


Centro de Cultura e Eventos - CCE - Campus Samambaia - UFG

Congressistas participantes PR - RJ - GO

A UNAEC realizou orientação prática e treinamento de reprocessamento do Instrumental de Videolaparoscopia e de Cirurgia Minimamente Invasiva (CMI) para os participantes da categoria de Instrumentação Cirúrgica presente no evento no dia 26 de novembro de 2014.

_____________________________________ 1º CONGRESSO DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA (CMI) 1º CONGRESSO EM INTELIGÊNCIAS ARTIFICIAIS NAS NOVAS TENDÊNCIAS E FACES CIRÚRGICAS 1st Congress In Artificial Intelligences In The New Trends And Surgical Faces Realização - UNAECC- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação - Márcia Rosa Cidade: Goiânia - Go – Brasil Campus Samambaia – Universidade Federal de Goiás - UFG Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

43


Em 2014 a UNAECC partilhou com nossos congressistas informações Importantes de conhecimento multifuncional para funcionalidade do Setor de Centro Cirúrgico (SCC). TEMA 1: O papel dos profissionais da saúde no sucesso dos projetos de Certificação ISSO9001 e Acreditação ONA TEMA 2: O Impacto da metrologia Científica (calibração de Equipamentos e Qualificação de sistemas) na confiabilidade dos processos hospitalares

_____________________________________

1º CONGRESSO DE INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA (CMI) 1º CONGRESSO EM INTELIGÊNCIAS ARTIFICIAIS NAS NOVAS TENDÊNCIAS E FACES CIRÚRGICAS 1st Congress In Artificial Intelligences In The New Trends And Surgical Faces Realização - UNAECC- União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos Coordenação e apresentação - Márcia Rosa Cidade: Goiânia - Go – Brasil Campus Samambaia – Universidade Federal de Goiás - UFG Foto - Mkt – www.unaecc.com.br 44


Sobecc – SP – Enfermeira - Márcia Rosa

* Presentes Profilática

Quinelato

Equipe -HC - UFG

A UNAECC esteve com a equipe B. Braun / Aesculap Tuttlingen Alemanhã – SP - G0 - UFG

Com a presidente Janete Akamine Que Tivemos o prazer de apresentar Os nossos trabalhos em 2010.

__________________________________ Evento na cidade de São Paulo – SP De 31 a 2 de setembro de 2016 Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

45


Reformulação OVG - 2012

Por: Márcia Rosa - Fiz parte do Programa OVG - Bolsa Universitária no início da implantação do programa em Goiás (Nº 50214 1º etapa de 2001 e 2010) na primeira gestão do governador Marconi Perillo. Estive presente no evento somente para prestigiar os contemplados da reformulação do programa . Agradeço a oportunidade do benefício recebido para a minha formação acadêmica e hoje faço parte de incentivo a eventos científicos e turísticos como retorno ao estado em investimento na minha formação elaboro projetos para contribuir com a lei GOYAZES para fazer parte de mais um programa de incentivo a cultura e crescimento do estado.

__________________________________ PROGRAMA REFORMULAÇÃO BOLSA UNIVERSITÁRIA - OVG Bolsista – Márcia Rosa – 502014 - Goânia – GO. Divulgação - Mkt – www.unaecc.com.br -Texto – Márcia Rosa.

46


Foto: TO - FM – Dep. Cirurgia Serv. Urologia - UFG

Coordenação - Técnica e Científica Instrumentadora Cirúrgica - Márcia Rosa Atuação no cenário de simulação das Técnicas operatórias e CMI

Com Dr. Mirandolino e Equipe de Instrumentação Cirúrgica (EIC) aprendizado da técnica para posterior coordenação 2006/¹. Coordenador Médico: Professor Dr. Gilvan Neiva - GO Coordenadora Instrumentação Cirúrgica Márcia Rosa - GO

Seleção de instrumentais para os procedimentos de cirurgias dos Módulos básicos e avançados.

A presença fundamental do profissional de Instrumentação Cirúrgica (IC) consolida a especialidade necessária ao procedimentos das técnicas Videolaparoscopicas e Minimente Invasivas cada vez mais presentes no cotidiano. Seguindo assim as tendências e as novas faces operatórias afirma a profissional autora e coordenadora do projeto Márcia Rosa.

Instrumentadores finalizando preparo aguardando a entrada da Equipe Médica de Cirurgia (EMC) técnica Minimamente Invasiva.

__________________________________

ATUAÇÃO UNAECC CURSO INTERNACIONAL DE CIRURGIAS UROLÓGICAS POR VIDEOLAPAROSCOPIA

Coordenação Instrumentação Cirúrgica – Simulação - Márcia Rosa Serviço de Urologia Dep. Cirurgia - HC- Faculdade de Medicina - Técnica Operatória - UFG - Curso Internacional de Cirurgias Urológicas por Campus Samambaia – Universidade Federal de Goiás - UFG Divulgação - Mkt – www.unaecc.com.br

47


Coordenação - Técnica e Científica Instrumentadora Cirúrgica - Márcia Rosa Atuação no cenário de simulação das Técnicas Operatórias (TO) e CMI

Foto: TO - FM – Dep. Cirurgia Serv. Urologia - UFG

Atuação da Equipe de Instrumentação Cirúrgica (EIC) junto a equipe médica de Cirurgia Minimamente Invasivas (CMI) nas técnicas de treinamento de simulação em laboratório experimental com acompanhamento do e auxílio aos cirurgiões e ainda as técnicas de montagem e desmontagem do instrumental videocirurgico e o posterior processamento e reprocessamento dos instrumentos utilizados.

Foto: TO - FM – Dep. Cirurgia Serv. Urologia - UFG

A aplicação da técnica operatória pela equipe médica de cirurgia com a utilização do frango preparado pela equipe de Instrumentação Cirúrgica para treinamento de anastomose.

__________________________________ ATUAÇÃO UNAECC CURSO INTERNACIONAL DE CIRURGIAS UROLÓGICAS POR VIDEOLAPAROSCOPIA

Coordenação Instrumentação Cirúrgica – Simulação - Márcia Rosa Serviço de Urologia Dep. Cirurgia - HC- Faculdade de Medicina - Técnica Operatória - UFG - Curso Internacional de Cirurgias Urológicas por Campus Samambaia – Universidade Federal de Goiás - UFG Divulgação - Mkt – www.unaecc.com.br

48


Coordenação - Técnica e científica Instrumentadora Cirúrgica - Márcia Rosa

Foto: TO - FM – Dep. Cirurgia Serv. Urologia - UFG A INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA É UMA PROFISSÃO CONSOLIDADA E LEGITIMA AOS PROFISSIONAIS INSTRUMENTADORES CIRÚRGICOS Demonstração do trabalho realizado pela Equipe de Instrumentação Cirúrgica (EIC) e sua competência dentro dessa modalidade de trabalho.

__________________________________ ATUAÇÃO UNAECC CURSO INTERNACIONAL DE CIRURGIAS UROLÓGICAS POR VIDEOLAPAROSCOPIA

Coordenação Instrumentação Cirúrgica – Simulação - Márcia Rosa Serviço de Urologia Dep. Cirurgia - HC- Faculdade de Medicina - Técnica Operatória - UFG - Curso Internacional de Cirurgias Urológicas por Campus Samambaia – Universidade Federal de Goiás - UFG Divulgação - Mkt – www.unaecc.com.br

49


Equipe de Instrumentação Cirúrgica – (IC)

Coordenação - Técnica e Científica Instrumentadora Cirúrgica - Márcia Rosa

Foto: TO - FM – Dep. Cirurgia Serv. Urologia - UFG

Com os adventos das novas tecnologias e ainda as mudanças das técnicas operatórias para suprir as necessidades de atendimento aos procedimentos cirúrgicos e as Equipes Médicas de Cirúrgicas (EMC) cada vez a mais da equipe de Instrumentação Cirúrgica (IC) demonstra o potencial da profissão dentro do espaço voltado ao aprendizado técnico e científico das novas tendências e faces operatórias.

O conhecimento para a atuação da categoria e a inserção ao aprendizado contínuo/permanente com o foco do trabalho para o desenvolvimento profissional nessa especialidade das técnicas Videolaparoscopicas e de Cirurgia Minimamente Invasivas (CMI) no cenário cirúrgico é a nossa visão para atender o mercado cada vez mais exigente dessa nova categoria profissional.

__________________________________ ATUAÇÃO UNAECC - CURSO INTERNACIONAL DE CIRURGIAS UROLÓGICAS POR VIDEOLAPAROSCOPIA

Coordenação Instrumentação Cirúrgica – Simulação - Márcia Rosa Serviço de Urologia Dep. Cirurgia - HC- Faculdade de Medicina - Técnica Operatória - UFG - Curso Internacional de Cirurgias Urológicas por Campus Samambaia – Universidade Federal de Goiás - UFG Divulgação - Mkt – www.unaecc.com.br -Texto – Márcia Rosa.

50


Coordenação - Técnica e Científica Instrumentadora Cirúrgica - Márcia Rosa

Foto: TO - FM – Dep. Cirurgia Serv. Urologia - UFG

SIMULAÇÃO PRÁTICA CIRÚRGICA * Prática da Equipe Medica Cirúrgica (real - estéril) * Prática da Equipe Instrumentação Cirúrgica (real - estéril) * Prática da Equipe de Enfermagem (real - NÃO estéril) Foto: Dep. Cirurgia Serv. Urologia - UFG

__________________________________ ATUAÇÃO UNAECC - CURSO INTERNACIONAL DE CIRURGIAS UROLÓGICAS POR VIDEOLAPAROSCOPIA

Coordenação Instrumentação Cirúrgica – Simulação - Márcia Rosa Serviço de Urologia Dep. Cirurgia - HC- Faculdade de Medicina - Técnica Operatória - UFG - Curso Internacional de Cirurgias Urológicas por Campus Samambaia – Universidade Federal de Goiás - UFG Divulgação - Mkt – www.unaecc.com.br -Texto – Márcia Rosa.

51


Coordenação - Técnica e Científica Instrumentadora Cirúrgica - Márcia Rosa Espaço expositores - FM – URO - UFG

A UNAECC participou do maior programa científico da categoria médica de urologia. A profissional de Instrumentação Cirúrgica – IC Márcia Rosa que coordenou o Serviço de Instrumentos e Instrumentais teve o objetivo de inserir os profissionais de INSTRUMENTAÇÃO CIRÚRGICA na parte técnica e científica da profissão e na organização do trabalho junto as empresas fabricantes de produtos médicos, Médicos Cirúrgicos e Médicos hospitalares.

Apresentação das empresas do programa Expositores. Demonstração da marca e produto para o consumo e aplicação do produto.

Foto: Dep. Cirurgia Serv. Urologia - UFG

__________________________________ ATUAÇÃO UNAECC - CURSO INTERNACIONAL DE CIRURGIAS UROLÓGICAS POR VIDEOLAPAROSCOPIA

Coordenação Instrumentação Cirúrgica – Simulação - Márcia Rosa Serviço de Urologia Dep. Cirurgia - HC- Faculdade de Medicina - Técnica Operatória - UFG - Curso Internacional de Cirurgias Urológicas por Campus Samambaia – Universidade Federal de Goiás - UFG Divulgação - Mkt – www.unaecc.com.br -Texto – Márcia Rosa.

52


PARTICIPAÇÃO /MEDICINA Participação Congresso Brasileiro 2007 - RS

Participação Congresso Brasileiro 2009 - BH - MG

Palestrante discorreu o tema: Pesquisa 2009/² - Videolaparoscopia CMI Desenvolvimento do Instrumental Cirúrgico, Manuseio e Cuidados para a Conservação dos Instrumentos Utilizados em Cirurgia Minimamente Invasiva (CMI) Nas Instituições de Saúde. Na abordagem a autora ressaltou sobre a participação da Equipe de Instrumentação Cirúrgica (EIC) no Processamento e Reprocessamento do Instrumental de Videolaparoscopia e os riscos de Infecção de Sítio Cirúrgico (ISC) e a forma inadequada que os artigos e instrumentos de Videolaparoscopia estava sendo reprocessado. A relevância foi as Microbactérias de Crescimento Rápido. Na oportunidade fora mencionada a responsabilidade das equipes na proteção da saúde e da vida dos pacientes submetidos ao tratamento com as técnicas das Cirurgias Minimente Invasivas (CMI). Regional de Búzios – RJ – Brasil - 2011

______________________________ CONGRESSOS - Sociedade Brasileira de Videolaparoscopia Realização - SOBRACIL – SOBRACIL - RJ Palestrante - Participante - Márcia Rosa Cidade: Búzios – RJ - Brasil Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

53


PARTICIPAÇÃO / MEDICINA CONFERÊNCIA: Desenvolvimento do instrumental Cirúrgico, Manuseio e cuidados para conservação dos instrumentos Utilizados em Cirurgias Minimamente Invasivas (CMI) Nas instituições de saúde.

Apresentação: Dia 20 de maio 2011 Hora 11h20min. 12º Congresso Regional de Videocirurgia Sobracil - Búzios – RJ Autora / palestrante: Santos, Marcia Rosa Profissional - Instrumentadora Cirúrgica – (IC)

1ª Pesquisa apresentada pela categoria de Instrumentação Cirúrgica com as técnicas da Cirurgia Minimamente Invasiva (CMI).

Com a chegada das novas técnicas operatórias, a mudança do cenário cirúrgico, a miniaturização do instrumentos para execução dos procedimentos videocirurgicos houve a necessidade da complementação das grades disciplinares dos profissionais que atuam no Setor de Centro Cirúrgico (SCC). Na ocasião a autora traz apontamentos sobre a realidade, a ética dos profissionais, a legislação vigente e a forma do processamento e o reprocessamento dos instrumentos e artigos de vídeo cirurgia utilizados nas Cirurgias Minimamente Invasivas (CMI). *** ”Não poderíamos deixar de agradecer a sociedade médica brasileira por essa oportunidade “. Destacou a autora.

*Pesquisa de campo da formação Instrumental de Videolaparoscopia Cirurgia Minimamente Invasiva (CMI) Órgãos de competências e relato de experiência nos procedimentos cirúrgicos com a aplicação dos produtos desenvolvidos pelas indústrias para posterior uso com a segurança ao paciente submetido a técnica operatória. Utilização dos instrumentos reprocessáveis da indústria Edlo Produtos Médicos - RS como fonte fomentadora de pesquisa. Em fato histórico de participação técnica científica a autora ressalta a importância sobre o conhecimento multidisciplinar das equipes atuantes nos procedimentos operatórios para o bom desempenho e o sucesso nas aplicações das técnicas para os pacientes submetidos a essa modalidade de tendência operatória.

______________________________ CONGRESSOS - Sociedade Brasileira de Videolaparoscopia - SOBRACIL Realização - SOBRACIL – SOBRACIL - RJ Palestrante - Participante - Conferencista - Márcia Rosa Cidade: Armação dos Búzios – RJ - Brasil Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

54


PARTICIPAÇÃO /MEDICINA Búzios - RJ

Márcia Rosa – IC Presidente SOBRACIL Dr. Claúdio Crispi

Com a equipe da Astus Medical

Dr. Mirandolino B. Mariano

B. Braun / Aescullap

______________________________ CONGRESSOS - Sociedade Brasileira de Videolaparoscopia - SOBRACIL Realização - SOBRACIL – SOBRACIL - RJ Palestrante - Participante - Márcia Rosa Cidade: Bento Gonçalves – RS – Belo Horizonte – MG – Búzios - RJ Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

55


EMPRESA EDLO /RS Autora – Márcia Rosa Trecho da pesquisa 2009/² Desenvolvimento do Instrumental Cirúrgico Manuseio e cuidados para conservação dos Instrumentos utilizados em Cirurgias Minimamente Invasivas (CMI) nas instituições de saúde

Em 2009 a convite da indústria brasileira Edlo Produtos Médicos S/A – Canoas – RS. Participamos do PROJETO MANUAL DE SUGESTÕES DE CAIXAS CIRÚRGIGAS das modalidades convencionais e Videocirurgia (de acordo com a Lei nº 12.813, de 16 de maio de 2013). Atendendo a necessidade das informações para a utilização do instrumental em procedimentos de cirurgias. Em 2010 estivemos na UNIMED de Ji- Paraná realizando treinamento sobre o reprocessamento do instrumental de Videolaparoscopia conforme pesquisa presencial com a utilização do instrumental da empresa e realizada 2009/².

_________________________________ PROJETO – Manual de Caixas Cirúrgicas - EDLO Realização - SOBRACIL – SOBRACIL - RJ Palestrante - Participante - Márcia Rosa Cidade: Bento Gonçalves – RS – Belo Horizonte – MG – Búzios - RJ Foto - Mkt – www.unaecc.com.br

56


Coordenação - Técnica e Científica Instrumentadora Cirúrgica - Márcia Rosa

A UNAECC de participou do Processamento e o Reprocessamento do Instrumental de Videolaparoscopia – CMI realizando palestras e treinamentos de acordo com a pesquisa 20 realizada pela autora Instrumentadora Cirúrgica - (IC ) Márcia Rosa

__________________________________

ATUAÇÃO UNAECC - CURSO INTERNACIONAL DE CIRURGIAS UROLÓGICAS POR VIDEOLAPAROSCOPIA

Coordenação Instrumentação Cirúrgica – Simulação - Márcia Rosa Serviço de Urologia Dep. Cirurgia - HC- Faculdade de Medicina - Técnica Operatória - UFG - Curso Internacional de Cirurgias Urológicas por Campus Samambaia – Universidade Federal de Goiás - UFG Divulgação - Mkt – www.unaecc.com.br -Texto – Márcia Rosa.

57


Em 2016 a UNAECC realizou vários projetos, anteriormente impossível aos olhos de muitos desacreditados. Mas não estivemos sozinhos nessa trajetória. Buscamos muito. Mas em todos os momentos tivemos o mais importante: A credibilidade dos nossos trabalhos e vocês os nossos colegas e amigos do nosso lado. Obrigada a todos vocês que nos ajudam a solidificar a cada dia mais os nossos trabalhos. Bem vindos a todos novos amigos das nossas próximas e futuras investidas. Grata a todos. E vamos todos juntos consolidar cada vez mais as nossas conquistas em 2017. Forte abraço a todos; Márcia Rosa Autora Coordenadora UNAECC – União Nacional das Equipes de Centros Cirúrgicos

INFORMATIVO UNAECC 2006 / 2016  

INSCRIÇÕES ABERTAS! SITE: WWW.UNAECC.COM.BR 62 9 9963 7236

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you