Page 1

AERONAVES AERODESPORTIVAS Informativo oficial da Associação Brasileira de Pilotos Aerodesportivos Presidente: Gustavo H. Albrecht Edição 83 - Julho/2019

EDITORIAL

A

o mudarmos o nome de nosso “jornal”, que agora se chama “Aeronaves Aerodesportivas em Revista”, estamos nos atualizando na nova terminologia que a ANAC nos obrigou a seguir… não temos mais “Aeronaves Ultraleves”, pois a ANAC resolveu cancelar o RBHA 103 A que foi a última versão da Legislação criada pelo DAC para regular nossa aviação. Lembro ainda quando, no DAC, em 1984, escrevi a primeira regra para as pequenas aeronaves que chegavam ao Brasil. Como não havia uma legislação para elas, quiseram aplicar o que já havia escrito no DAC, cumprindo tudo o que a ICAO determinava e isto inviabilizaria o crescimento dessa aviação. Os mínimos sugeridos na época eram: CEMAL e PP para os Pilotos, Adm Privados (registrados) para pousar e decolar e, para as aeronaves, a construção administrada pelo CTA e o registro no RAB. Felizmente, a Direção do DAC naquela época entendeu a argumentação e aprovou a IAC 3310 que tratava especificamente das aeronaves (construção, registro e manutenção), dos pilotos e dos aeródromos. Este fato permitiu o grande desenvolvimento da nossa aviação desportiva que, naquela época, estava

renascendo através do ultraleve. A única legislação existente na década de 80 era da FAA dos EUA. Analisando-a, achei que não era adequada para o Brasil e escrevi a IAC 3310. A ANAC hoje está adotando a filosofia americana ao criar o RBAC 103... Hoje, passados 35 anos, teremos novamente um renascimento da aviação desportiva… espero que façam o mesmo acompanhamento que o DAC fez, alterando os limites, à medida que as máquinas evoluíam… começamos com 160 quilos e terminamos em 750. A pressão da coletividade não será intensa como foi naquela época, pois ainda temos um C PA e a s A e r o n a v e s Aerodesportivas como segundo passo… talvez por isto a ANAC não mude o RBAC 103... A FAA mantem o FAR 103 inalterado… mas, embora seja bem mais fácil a obtenção de uma Licença de PP pela FAA, criaram o “Sport Pilot” alguns anos atrás… nós já tínhamos o CPD e o CPR naquela ocasião. Continuemos a nossa luta. Bons voos. Gustavo H. Albrecht Presidente


2

ESCOLA DE AVIAÇÃO

AERONAVES AERODESPORTIVAS

Aeroclube do Estado de Minas Gerais

O

Aeroclube foi fundado em 15 de novembro de 1936, com o objetivo de formar pilotos privados e comerciais. O general José Lopes Bragança, um dos fundadores do Aeroclube, pediu ao então Governador do Estado de Minas Gerais, Dr. Benedito Valadares Ribeiro seu apoio para aquisição do 1º avião de treinamento do Aeroclube. A solicitação foi atendida e a aeronave chegou em fevereiro de 1937, quando começaram as instruções de voo, na recém-criada Escola de Pilotagem do Aeroclube e a primeira turma conseguiu o brevê em julho do mesmo ano. No início, e com uma aeronave, o Aeroclube se servia da pista e instalações do 4º Regimento de Aviação na Pampulha, pista que naquela época era inferior a 1000 metros. O comandante era o 1º Tenente-Aviador Clóvis Travassos. Em 1988, através da fusão do A e r o c l u b e Mi n a s G e r a i s e d o Aeroclube de Lagoa Santa, constituiu-se o atual Aeroclube do Estado de Minas Gerais, hoje situado no Aeroporto Carlos Prates, tendo formado mais de 8000 pilotos em seus 82 anos de existência. CURSOS – CPA e ICPA O Aeroclube foi homologado para ministrar os cursos de CPA e ICPA, prático e teórico, respectivamente, conforme Portaria Nº 1513, de 20 de maio de 2019. a) CPA – Certificado de Piloto Aerodesportivo O Aeroclube oferece o curso teórico com carga horária de 104h, onde o aluno terá aula das disciplinas: regulamento de tráfego aéreo, CBA, meteorologia aeronáutica, conhecimentos técnicos, teoria de voo, navegação aérea, noções sobre a lei do aeronauta e direito aeronáutico.

O programa de instrução prático aprovado tem carga horária de 36h, no mínimo, dividido em 3 fases (Pré-solo, Aperfeiçoamento e Navegação), além do repasse para relembrar as manobras mais a parte referente ao conhecimento técnico da aeronave, a qual engloba o Ground School, a Prova e a Nacele. O aluno voará com instrutores experientes e compromissados com uma instrução de qualidade em uma área pré-determinada e, em seguida, executará o treinamento de TGLs, aproximações perdidas, simulações de panes, inicialmente, no aeródromo do Carlos Prates, SBPR, um dos mais desafiadores. Na fase de navegação, o aluno realizará seus voos por aeródromos controlados e não controlados, utilizando-se da fraseologia padrão e dos corredores visuais, REAs, existentes na TMA-BH. Além disso, o aluno aprenderá a preencher o diário de bordo, a preparar o cockpit da aeronave, a conferir todos os documentos obrigatórios, a lançar os voos em suas cadernetas de voo, CIVs, a planejar toda a sua navegação, fazendo uso das informações meteorológicas, cartas e de todo material pertinente ao seu tipo de voo, no caso, sob regras visuais. Após finalizar todo o processo de instrução, o aluno passará por um voo de cheque com intuito de verificar a sua proficiência. b) ICPA – Instrutor de Aeronave Aerodesportiva

A ANAC homologou o curso de ICPA teórico com carga horária de 65h. A estrutura curricular do curso é formada pelas áreas básica, técnica e complementar, as quais são compostas pelas disciplinas: o instrutor de voo – a aeronave leve, a aviação civil, instrução técnica da aeronave, segurança de voo, direito aeronáutico, o instrutor e a comunicação, relações interpessoais, recursos audiovisuais, processo ensino-aprendizagem, a avaliação e a crítica, teoria de voo e medicina aeroespacial. Quanto a parte prática, o Aeroclube oferece um programa de instrução com carga horária de 21h (vinte e uma horas), além de 5h (cinco horas) que englobam o Ground School, a Prova e a Nacele. AERONAVES PARA INSTRUÇÃO O Aeroclube do Estado de Minas Gerais conta com 2 aeronaves em operação, Bravo 700, ano 2007, e Patriot, ano 2009, e 1 que está aguardando a documentação de liberação, Quasar Lite II, ano 2012. As aeronaves encontram-se em ótimo estado de conservação e manutenção, essa última sendo executada pelo mecânico do Aeroclube autorizado pela ANAC. www.aeroclubeminas.com.br (31) 3324-6249 (Cursos Teóricos) (31) 3464-0073 (Cursos Práticos) cursoteorico@aeroclubeminas.com.br Facebook.com/aeroclubeminas Instagram.com/aeroclubeminasgerais


MONTAER MC-01 A primeira Aeronave asa alta certificada LSA no Brasil

A

aeronave Montaer MC-01 Lsa é uma aeronave asa alta, que pode ser equipada com motor ROTAX 912 ULS, ou 912 iS (injetado). Com o hélice warp drive tripá, faz o casamento harmônico do grupo propulsor com a célula da aeronave. Com curvas bem arredondadas, sua fuselagem tem uma excelente aerodinâmica, e fácil penetração no ar, em função do seu capô afilado, pára-brisa com inclinação suave. Toda essa preocupação em construir uma frente afilada é para dar um maior conforto interno, com espaço maior de cabine, proporcionando um voo mais prazeroso, sem maiores problemas com posição no assento, ou falta de espaço. O projeto conta com uma ampla porta traseira, do lado do co-piloto, para acesso direto ao bagageiro, que por sinal, é um dos mais amplos da categoria, em cubagem e capacidade de carga. A autonomia é de 7 h de voo, em função dos seus tanques de 140 litros, dando um alcance médio de 1400 km. As operações de pouso e decolagem são extremamente curtas, em função do perfil de asa e peso da aeronave.

Tels.: (75) 3015-1207 / (75) 99897-6000 Whatsapp: (75) 99814-1207 E-mail: contato@montaer.com.br Site: www.momntaer.com.br

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS: Envergadura da asa ............................. 8,30 m Área alar .......................................... 11,50 m² Comprimento máximo da aeronave .......... 6,40 m Altura máxima da aeronave ................... 2,35 m Peso vazio ........................................ 410,6 kg Peso máximo de decolagem ................... 600 kg Alcance para tanque cheio, reserva de 30 min, a 1000ft e motor a 4800rpm ............. 1440 km Velocidade para melhor ângulo de subida (VX) ....................................... 55 knots Velocidade para melhor razão de subida (VY) ....................................... 65 knots Velocidade de estol (flaps em Posição 2) em IAS ............................................. 39 knots Velocidade de estol (flaps em Posição 0) em IAS ............................................. 45 knots Velocidade máxima nivelada a nível do mar em IAS ................................... 119 knots Velocidade de cruzeiro a 1000 ft (atmosfera ISA) e rotação do motor de: 4500 rpm ......................................... 84 knots 4800 rpm ......................................... 90 knots 5200 rpm ......................................... 105 knots Potência máxima do motor a 5800 rpm ..... 73,5 kW Volume máximo de combustível ............. 140 l Combustível aprovado: AVGAS 100LL


4

AERONAVES AERODESPORTIVAS

Primeira piloto de avião leve sem braços, Jessica Cox dá aula de superação

Tucson (EUA), 4 mar (EFE).- Desde a infância, a americana Jessica Cox odiava a palavra "deficiente". Ter nascido sem braços para ela é mais uma "vantagem" do que uma "desvantagem", algo que a levou a se tornar na primeira piloto sem braços de aeronaves leves e o primeira licenciada em todo o mundo. "Quando eu voo, me sinto livre, independente e sob controle", disse à Agência Efe, Jessica, de 36 anos, nascida em Sierra Vista, no Arizona. Ela nasceu sem braços devido a uma condição congênita rara. No entanto, isso não tem sido um obstáculo para realizar atividades diárias com os pés, como se vestir, comer, escrever e se maquiar. Desde pequena, procura ser independente, apesar dos olhares curiosos das pessoas, às quais, ela diz, está acostumada. "Algumas pessoas ficam surpresas ao me ver, outras apenas querem olhar para dentro. Há até quem sinta rejeição, pois não está acostumada a ver os pés fazendo as funções das mãos", relatou a jovem piloto. "Alguns acreditam que os pés são sujos, pois

tocam o chão ou estão dentro dos sapatos. Há toda uma gama de reações", acrescentou. Jessica Cox não usa próteses desde os 14 anos de idade. Ela é capaz de dirigir seu carro, que não tem nenhum equipamento especial. Também possui uma licença de dirigir sem restrições e escreve 25 palavras por minuto no teclado. Seguindo o conselho de seu pai, a jovem decidiu aceitar o convite feito em 2005 para voar, apesar do medo de aviões. Desde aquela primeira vez que voou em um pequeno avião, ela diz ter sido "fisgada", então, de volta ao solo, sabia que a próxima coisa que faria seria aprender a pilotar. Depois de três anos de treinamento e vários instrutores, Jessica obteve sua licença de piloto em outubro de 2008, desde então ela está qualificada para pilotar aeronaves esportivas leves que alcançam uma altitude de até 10 mil pés. Licenciada em Psicologia pela Universidade do Arizona, Cox dedica-se a fazer turismo pelos Estados Unidos e o resto do mundo, compartilhando sua história de superação pessoal. Suas conversas lhe permitiram visitar 23


AERONAVES AERODESPORTIVAS

nações diferentes. "É importante para mim compartilhar minha história, acho que fui abençoada com a oportunidade de influenciar as pessoas em um nível mais profundo", diz. Enquanto toma café da manhã e põe manteiga com seus pés, assegura: "Ter nascido sem braços foi mais uma vantagem do que uma desvantagem". Em 2015, Jessica publicou o livro autobiográfico "Disarm Your Limits" ("Desarme seus Limites", em português), onde narra os problemas que enfrentou e como os superou. Um desses empecilhos foi a decisão de abandonar as próteses. Ela garante que "as odiava" porque eram muito pesadas e também causavam de brincadeiras de mau gosto na escola, onde a chamavam, entre outros apelidos, "menina robô" e "Capitão Gancho". Quando sua família se mudou para Tucson, ela estava prestes a começar a oitava série, e decidiu ser a "verdadeira Jessica". E a "Jessica real não usa prótese". Aos 10 anos, ela começou a treinar taekwondo. Aos 14 conseguiu a sua primeira faixa preta, tornando-se na primeira mulher sem braços com faixa desta cor na Associação Americana de Taekwondo. Com seu marido, Patrick Chamberlain, ela forma uma dupla de embaixadores da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência, aprovada em 2006 pelas Nações Unidas. "Infelizmente, os Estados Unidos não fazem parte deste acordo", lamentou Cox. Para ela, é muito importante não apenas que pessoas com deficiências físicas sejam respeitadas, mas também que tenham melhores oportunidades, especialmente no mercado de

5

trabalho. "Minha mensagem principal para pessoas que têm algum tipo de deficiência física é que não importa os obstáculos, há uma fórmula para 'administrá-los', que inclui desejo, coragem, inovação e acima de tudo perseverança", afirmou. Jessica Cox, que além de praticar ciclismo, agora aprende a caminhar sobre a corda bamba. Ela indica que sua fé católica a inspirou a melhorar a si mesma e tentar ajudar os outros a superar seus próprios obstáculos. E sua vida inspirou o documentário "Right Footed", dirigido por Nick Spark, em 2015. "Atualmente posso dizer que a única coisa que preciso de ajuda é fazer um rabo de cavalo no meu cabelo, mas estou trabalhando nisso", finalizou. Fonte: https://noticias.uol.com.br/ultimasnoticias/efe/2019/03/04/primeira-piloto-deaviao-leve-sem-bracos-jessica-cox-da-aula-desuperacao.htm


6

AERONAVES AERODESPORTIVAS

19º ENU

29/08 a 01/09

Encontro Nacional de Pilotos Aerodesportivos

Caros filiados, Não deixem para fazer na última hora suas inscrições para nosso 19º Encontro da Família ABUL. O 19º ENU, acontecerá no período de 29 de Agosto a 01 de Setembro de 2019, no Portobello Resort & Safári, localizado na Rodovia Rio Santos (Br101), Km 434 – Praia de São Brás CEP 23860-000 – Mangaratiba – RJ. As reservas do hotel deverão ser feitas diretamente pelos emails reservas@portobelloresort.com.br / eventos@portobelloresort.com.br. Telefones: 4020 8005 / (21)2789-8000 / (21)2175-1000 / 0800 282 0868

Mangaratiba/RJ 2019 e, portanto, as reservas de pessoas estranhas ao grupo serão imediatamente canceladas. Portanto, aqueles que desejarem levar convidados, deverão nos comunicar antecipadamente. Também, para este ENU, associados de entidades convidadas poderão desfrutar das tarifas promocionais do evento. Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

Vejam abaixo as condições apresentadas pelo Resort; Para solicitação da reserva é necessário informar através de e-mail: Ÿ Código promocional: (informado pela ABUL após o pagamento da TX ENU 2019. Ÿ Data de check in Ÿ Data de check ou Ÿ Nomes dos hóspedes Ÿ Idade e nomes das crianças

Ÿ Ÿ

Valores especiais (tab. Abaixo) para o ENU 2019.

Ÿ Ÿ Ÿ

Não será cobrada Taxa de Serviço. Duas crianças de até 10 anos cortesia no mesmo apto dos pais; Diárias dos Aptos: Iniciam às 16h, expiram às 12h. Para garantia de Early check-in é cobrado valor equivalente a ½ (meia) diária e só poderá ser confirmado mediante disponibilidade. Late Check Out poderá ser confirmado mediante disponibilidade e cobrança de ½ (meia) diária.

B) ITENS INCLUSOS NAS DIÁRIAS:

Ÿ

Hospedagem; Café da Manhã, Almoço e Jantar (quando servidos no restaurante); Água, chá gelado, sucos, refrigerante e cafezinho durante os almoços e jantares; Atividades programadas pela equipe de recreadores; Utilização de Fitness (Saunas e Academia de Ginástica); Uma hora de caiaque e bicicleta por dia e por pessoa;

1) HOSPEDAGEM 2) ALIMENTOS & BEBIDAS: A) VALOR DAS DIÁRIAS): Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ Ÿ

Apto. Single Standard ................ R$ 840,00 Apto. Duplo Standard ................. R$ 975,00 Apto. Single Superior ................. R$ 990,00 Apto. Duplo Superior ................. R$ 1.125,00 Apto. Single Beach Room ............. R$ 1.055,00 Apto. Duplo Beach Room ............. R$ 1.180,00 Apto. Suíte ............................. R$ 1.260,00 Apto. Suíte Beach ..................... R$ 1.335,00 Apto. Suíte Máster/Familiar ......... R$ 1.890,00 3ª pessoa ............................... R$ 390,00 Chd (04 a 12 anos) ..................... R$ 195,00

O acesso ao pacote ENU 2019 será possível através do “código promocional” obtido após o pagamento da taxa ENU 2019, no valor de R$150,00 (cento e cinquenta reais) por adultos e crianças (não obrigatório) acima de 12 anos, o que dará direito ao tradicional KIT ENU. É importante lembrar que, por força de contrato, somente os Associados da ABUL terão direito às tarifas especiais de apartamento “standard” oferecidas para o ENU

A) O almoço do dia da chegada está incluído na diária, o do dia da saída não está incluído. B) As refeições incluídas na diária – Jantar, Café da Manhã e Almoço – são servidas em buffet, em um dos restaurantes de escolha do Resort, das 7h às 10h30, das 13h00 às 15h30, e o jantar com reservas de mesas (1º turno – 19h30, 2º turno – 21h30) respectivamente. A composição dos buffets fica a critério do Cheff. C) As refeições incluem água mineral e refrigerante. Para demais bebidas consulte nossas opções e carta de vinhos. D) Possuímos cardápios especiais com seus respectivos preços adicionais já incluindo a utilização de restaurante privativo. Os preços adicionais serão cobrados de acordo com a quantidade dos participantes do evento/grupo. Havendo redução do número de participantes com menos de 48 horas de antecedência ao serviço contratado será cobrado valor integral.


AERONAVES AERODESPORTIVAS

19º ENU

E) Qualquer Buffet temático, não substitui a refeição inclusa, este terá seu custo adicional por pessoa de acordo com o cardápio escolhido. Consulte as opções de cardápios temáticos. Preços de refeições extras (Cardápio do Cheff): Ÿ Refeição Extra (ALMOÇO): R$ 95,00 por pessoa e por refeição Ÿ Refeição Extra (JANTAR): R$ 115,00 por pessoa e por refeição Ÿ Café da Manhã: R$ 46,00 por pessoa e por café Ÿ Refeição Privativa: R$ 55,00 por pessoa e por refeição F) Bebidas: O Portobello Resort oferece uma grande variedade de bebidas nacionais e importadas, bem como extensa carta de vinhos. Conheça as condições para grupos e a possibilidade de montar pacotes personalizados. Para serviço de bebidas trazidas pelo cliente é cobrada taxa de rolha equivalente a 30% do valor do produto em nosso cardápio ou de R$ 60,00 por garrafa quando o rotulo não constar nas opções oferecidas. SERVIÇOS ADICIONAIS: A) Dispomos de infra-estrutura para prestar os seguintes serviços adicionais: Passeio de lancha, safári fotográfico, Passeio ao palmital e piscinas naturais, cavalgadas, passeio de charrete, lazer náutico, transfers, monitores de lazer exclusivos, entretenimento musical e outras atividades. B) Para sua comodidade possuímos sistema wireless nos aptos, salões e bares. Cortesia. 3) CONFIRMAÇÃO A) Ressaltamos que o envio deste documento/proposta não assegura o pré-bloqueio da data e da reserva de apartamentos, sem que haja o envio do “De Acordo”, obedecendo as cláusulas de bloqueio e garantias. Até então a data permanecerá aberta para outras negociações. B) Para a confirmação é necessária a prévia consulta ao Depto. De Grupos & Eventos da disponibilidade no período. Somente após a confirmação da disponibilidade é que a proposta nos deverá ser enviada com a assinatura dos responsáveis munidos de poderes ou seus representantes legais considerando todos os itens mencionados e as cláusulas de no show e cancelamento. C) Rooming-list com CPF dos participantes e agenda com a programação; deverão ser enviadas ao Portobello Resort com o mínimo de sete dias de antecedência a data prevista para o início do evento. Caso contrário, não poderemos assegurar o cumprimento de eventuais necessidades. Toda e qualquer alteração solicitada após o envio da agenda/programação do evento, e com menos de sete dias de antecedência ao check-in, estará sujeita à confirmação. D) As condições de preços acordadas são exclusivas para este evento (período e quantidade de aptos) e o pagamento das despesas decorrentes é de responsabilidade da empresa, não sendo possível a utilização destes preços e condições para outras datas. O Portobello Resort & Safari fica desobrigado do pagamento de taxas ou comissões a terceiros que venham a se envolver no evento.

7

4) CONDIÇÕES DE CANCELAMENTO PARA RESERVAS DE APARTAMENTOS: A) Em caso de cancelamento da reserva de apartamento nos prazos abaixo, haverá as seguintes multas: Ÿ

Ÿ

Ÿ

Ÿ

Até 60 dias antes do check-in, deverá ser garantido 50% do total de apartamentos. Após esta data será cobrada a multa de 50% dos apartamentos de forma integral. Esta proposta é por adesão, ou seja, a ABUL não se responsabilizará pelos aptos não reservados. Sugerimos que o número de aptos bloqueados seja reduzido paulatinamente com a proximidade do evento. Até 45 dias antes do check-in, deverá ser garantido o NoShow de todos os apartamentos. Após esta data será cobrada a multa de todos os apartamentos de forma integral (“No Show”). Idem observação anterior.

5) PAGAMENTO E CONDIÇÕES PARA RESERVAS DE APARTAMENTOS: A) O pagamento das diárias do evento deverá ser feito conforme abaixo: 1) O pagamento poderá ser feito via cartão de crédito, através de um link enviado diretamente para o cliente final, onde este fará seu próprio pagamento através do link / site. Este pagamento será feito no valor total das diárias e poderá ser parcelado em até 03 vezes sem juros, ou 2) O pagamento poderá ser feito via boleto bancário, sendo necessário o envio dos dados completos do cliente. Este pagamento deverá ser feito no total antecipado. A data de vencimento do boleto deverá ser respeitada, pois em caso de não pagamento, serão cobrados juros, não sendo possível refazer ou alterar a data de vencimento do boleto. Veja abaixo os emails e telefones para as reservas dos aptos. A senha que permitirá reservas com os valores negociados pela ABUL, será informada aos Associados após o pagamento da Taxa ENU 2019, no valor de R$150,00 por adulto. reservas@portobelloresort.com.br  eventos@portobelloresort.com.br Telefones: 4020 8005 / (21) 2789 8000 / (21) 2175 1000 / 0800 282 0868 **** É obrigatória a informação dos dados do cartão de credito no momento da chegada como garantia do pagamento de extras e saldo de diárias. 6) CORREÇÃO / REAJUSTES E ATUALIZAÇÃO DAS TARIFAS DESTA PROPOSTA: O Portobello Resort reserva-se no direito de revisar os preços e o local do evento em caso de alterações de quaisquer itens relativos à presente proposta, exemplificada mente: o número de participantes / convidados, alteração de cardápios escolhidos, entre outros. Tal alteração faz-se necessária por questões de re-equilíbrio econômico financeiro do contrato, por segurança do evento e/ou apartamentos.


AERONAVES AERODESPORTIVAS

REPORTAGEM

8

Aeronaves Leves Esportivas Especiais

A

eronaves Leves Esportivas Especiais (ALE Especial) são aviões entregues ao operador já prontos e configurados, e que poderão ser utilizados para reboque de planadores, para a realização de voos de instrução em escolas de aviação, como meio de transporte particular e para a prática de atividades aerodesportivas, entre outras funções. Sua manutenção deve ser executada sempre por empresas certificadas ou por mecânicos habilitados. Além disso, a aeronave não pode ser modificada sem aprovação do fabricante ou da autoridade de aviação civil. O espectro de possibilidades de aplicação dessas aeronaves é bastante amplo e se aproxima da utilização de pequenas aeronaves certificadas.

Cabe ressaltar, no entanto, que o reconhecimento de uma aeronave como ALE Especial não se trata de um processo de certificação. Para que um modelo receba esse reconhecimento, o fabricante da aeronave deve apresentar declaração de que seu sistema de qualidade e de que a própria aeronave atendem às normas consensuais da American Society for Testing and Materials (ASTM), conforme determina o Regulamento Brasileiro da Aviação Civil (RBAC) nº 21. Além da vistoria da aeronave, a ANAC promove a verificação documental amostral e visita técnica aos fabricantes para avaliar se as empresas realizaram as análises e os ensaios exigidos pelas normas consensuais.

Relação de modelos de aeronaves novas elegíveis a um certificado de aeronavegabilidade no Brasil: MODELO A-22 LS ADVENTURE ALTO TG 912 ASTORE CC11-160 CTLS HARMONY Mc01 P92 Eaglet / Eaglet NG P92 Echo Light P2002 Sierra P2008 REMOS GX SEAMAX M-22 SINUS SPORTSTAR MAX SUPER PETREL LS

FABRICANTE AEROPRAKT TRIKE ÍCAROS DIRECT FLY TECNAM Aircraft Cub Crafters Inc. FLIGH DESIGN Evektor-Aerotechnik a.s. MONTAER Aeronaves TECNAM Aircraft TECNAM Aircraft TECNAM Aircraft TECNAM Aircraft Remos Aircraft SEAMAX Aircraft Pipistrel d.o.o. Ajdovscina Evektor-Aerotechnik a.s. SCODA Aeronáutica

TIPO ASA FIXA PENDULAR ASA FIXA ASA FIXA ASA FIXA ASA FIXA ASA FIXA ASA FIXA ASA FIXA ASA FIXA ASA FIXA ASA FIXA ASA FIXA ASA FIXA/Anfíbio ASA FIXA/Motoplanador ASA FIXA ASA FIXA/Anfíbio

PAÍS DE ORIGEM Ucrânia Brasil República Checa Itália Estados Unidos da América Alemanha República Checa Brasil Itália Itália Itália Itália Alemanha Brasil Eslovênia República Checa Brasil

RESGATE DE ASSOCIADOS Prezados Associados Por uma questão de justiça aos que cumprem com suas obrigações de Associados pagando suas anuidades regularmente, temos adotado o critério de cobrar, daqueles que retornam à ABUL após um período de inadimplência, os anos em atraso do período em que suas habilitações estiveram em vigor. Sabemos, entretanto, que parte dessas inadimplências têm sido motivadas pela crise financeira que estamos passando no momento. Assim, na tentativa de resgatar antigos

Associados, estamos liberando, EM CARÁTER EXCEPCIONAL, NOS MESES DE JULHO, AGOSTO E SETEMBRO/19, a cobrança de anuidades em atraso daqueles que, no passado, demonstrando dedicação a nossa entidade, permaneceram como Associados ativos por, pelo menos, 3 (três)anos. Caso atenda ao critério descrito, você será muito bem vindo. Pague sua anuidade de 2019 e volte a fazer parte da Família ABUL. Ademar M Galvão F Secretário Executivo da ABUL


AERONAVES AERODESPORTIVAS

REPORTAGEM

9

Viajante britânico tenta primeira volta ao mundo em girocóptero

U

m aventureiro britânico tenta realizar a primeira circum-navegação global em girocópetro de cabine aberta. James Ketchell, 37 anos, iniciou em março passado um desafio único – dar a volta ao mundo em girocóptero de cabine aberta. O viajante quer entrar na história da aviação como a primeira pessoa a realizar uma viagem de circumnavegação numa aeronave deste gênero. O histórico voo tem como intuito estabelecer o recorde mundial ao longo das cerca de 23 mil milhas náuticas (42596 quilômetros). A viagem de Ketchel, que começou em Inglaterra, pode durar cerca de um ano até regressar novamente a casa. Nas várias paragens pelo planeta, estão previstos diversos eventos e atividades em escolas, apoiados pela transportadora internacional DHL Express. Caso seja bem-sucedido, o girocóptero será o último tipo de aeronave existente a completar uma circum-navegação global. Ao longo da expedição, o viajante voará a temperaturas que variam entre os 40ºC e os 20ºC e irá atravessar água de seis em seis horas. James

[Imagem: Instagram de James Ketchell (@ketchelljames)]

começou o percurso em Inglaterra e continuará pela Europa, Ásia e América do Norte, antes de retomar a Inglaterra. Ao longo do trajeto, vai visitar escolas e inspirar alunos, enquanto recolhe fundos para instituições de caridade que trabalham com crianças. James Ketchell explicou: "eu quero inspirar as crianças, ajudando-as a entender que há sempre um caminho para alcançarem os seus objetivos.» Acrescenta ainda: «eu sou um homem normal que era um adolescente solitário. Sair de casa foi uma luta e estava deprimido. Agora sei que tudo pode ser alcançado e quero ajudar outros jovens a entender que existem poucas barreiras para cumprirem os seus sonhos." Esta viagem histórica é realizada num girocóptero MAGNI M16C de cabine aberta, que voa apenas a 70 nós (cerca de 129 km/h) e tem um alcance

de 700 milhas náuticas (cerca de 1 296 quilômetros). Ketchell é um verdadeiro aventureiro e a única pessoa que conseguiu proezas triplas como remar o Atlântico, escalar o Everest e dar a volta ao mundo numa bicicleta. Pode também acompanhar a aventura de James na sua página de Youtube ou de Instagram. O itinerário completo do viajante marca destinos como: Inglaterra, França, Alemanha, Polónia, Lituânia, Estónia, Rússia, Alasca, Canadá, EUA, Gronelândia, Islândia, Ilhas Faroé, Órcades, Escócia, Irlanda do Norte, regressando novamente a Inglaterra. Esta aventura parte de um conjunto de eventos que marcam o 50º aniversário da fundação da DHL em São Francisco, em 1969. Fonte: https://www.voltaaomundo.pt/2019/ 04/30/viajante-britanico-tentaprimeira-volta-ao-mundo-emgirocoptero/


10

AERONAVES AERODESPORTIVAS

Você sabe o que a ABUL faz por você? Atribuições da ABUL: 1 - Objetivo maior: ter uma Associação forte e representativa para defender a liberdade de voar dos praticantes do aerodesporto. 2 - Buscar o entendimento dos Órgãos de Aviação Civil a fim de temos uma categoria reconhecida e com habilitação diferenciada, respeitando-se as peculiaridades do perfil de um piloto aerodesportivo. 3 - Disponibilizar colaboradores isentos de qualquer ligação com as entidades de ensino, para avaliar o conhecimento teórico e prático de seus alunos, visando maior credibilidade na instrução. 4 - Coordenar, através dos seus RRABUL Representantes Regionais - a aplicação de provas teóricas, indicação dos checadores para os exames de proficiência e o direcionamento para a ABUL dos processos dos pilotos, para revisão e posterior encaminhamento à ANAC. 5 - Realizar, através dos seus CCABUL, os exames de perícia (voo de cheque); 6 - Coordenar, através dos seus MCABUL- Médicos Cadastrados da ABUL na ANAC, os exames de saúde de 4ª classe; 7 - Cadastrar Representantes Técnicos junto à ANAC afim de que o piloto aerodesportivo não precise recorrer às poucas oficinas homologadas pela ANAC para obtenção de RIAM; 8 - Elaborar material didático com base no conteúdo programático para as provas teóricas;

9 - Agilizar o processo administrativo dos filiados para que a ANAC possa emitir seus certificados; 10 - Acompanhar o processo de habilitação dos filiados junto à ANAC; 11 - Prestar assessoria para os filiados em virtude de complicações advindas desse processo; 12 - Disponibilizar um canal direto com os filiados através de site, mala direta e, trimestralmente, em boletim impresso (Revista); 13 - Manter convênio com uma corretora de seguros, a fim de obter a menor cotação para seguro aeronáutico; 14 - Manter convênio com uma Consultoria / Despachante Aeronáutico, a fim de possibilitar descontos para os filiados nos serviços de registro de aeronaves, transferência de propriedade, licença de estação, regularização da documentação das aeronaves; homologação de ESCOLAS/CURSOS, homologação de aeródromo; 15 - Realizar, anualmente, o ENU-Encontro Nacional de Pilotos Aerodesportivos, visando a interação e confraternização dos pilotos através da organização de palestras interativas; 16 - Participar de reuniões junto aos órgãos aeronáuticos, a fim de apresentar as reivindicações dos filiados;

"PRESTIGIE SUA ASSOCIAÇÃO. NOSSA UNIÃO É CONDIÇÃO FUNDAMENTAL PARA PRESERVARMOS NOSSO DIREITO DE VOAR".


Participe do Fórum da ABUL através de seu login e senha. Quaisquer dúvidas, entreem contato através do e-mail

abul@abul.com.br Livro "Os melhores testes de Fernando de Almeida" O livro "Os Melhores Testes de Fernando Almeida" é uma leitura extremamente agradável e enriquecedora, indispensável a biblioteca de qualquer aviador. Com o texto de leveza ímpar e com uma profunda carga de cultura aeronáutica, Fernado Almeida primeiro nos ensina os critério e o método das avaliações dos aviões, e em seguida nos faz voar em aviões escolhidos entre os mais prazerosos de nossos céus. É um belíssimo livro que além da grande carga de conhecimento passada pelo Fernando, ainda tem incríveis fotos dos fotógrafos Koi e Laert Gouvêa. O livro está sendo vendido exclusivamente pela ABUL pelo valor de R$ 70,00. Caso deseje seu exemplar, entrar em contato através do e-mail abul@abul.com.br, com o assunto "Livro Fernando de Almeida".


AERONAVES AERODESPORTIVAS

Único Curso (EAD) reconhecido pela ANAC - CMA Classes 1ª, 2ª e 4ª O CURSO BÁSICO DE PERÍCIA MÉDICA (CBPM) da ABUL é um curso feito a distância (EAD), reconhecido pela ANAC e que substitui o Curso presencial dado pela ANAC, uma vez ao ano, no Rio de Janeiro. Os Médicos aprovados neste curso, depois de credenciados pela ANAC, poderão emitir os Certificados Médicos Aeronáuticos (CMA) das Classes 2 e 4, que são exigidos dos Aeronautas conforme o RBAC 61 (Pilotos Privados , Aerodesportivos e outros), além de poderem fazer parte das Clínicas Autorizadas pela ANAC para a emissão do CMA de 1ª Classe, exigido pelo RBAC 61 para os Pilotos profissionais (PC e PLA).

Obs.: A inspeção de saúde para 1ª Classe só pode ser realizada em clínicas médicas credenciadas pela ANAC.

Póxima Turma

2ª quinzena de agosto

Maiores informações: (21) 2262-0487 / abul@abul.com.br

AERONAVES AERODESPORTIVAS Associação Brasileira de Pilotos Aerodesportivos

Avenida Presidente Vargas, 962 / Sala 1004 Centro - Rio de Janeiro/RJ - CEP 20071-002 Tel.: (21) 2262-0487 / Fax.: (21) 2532-0384 Site: www.abul.com.br E-mail: abul@abul.com.br Facebook: ABUL - Associação Brasileira de Pilotos Aerodesportivos

Profile for Alexandre Gomes

AERONAVES AERODESPORTIVAS - EDIÇÃO 83  

AERONAVES AERODESPORTIVAS - EDIÇÃO 83  

Advertisement