__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

1


Marcos Fernando Ziemer:

Foto: Luiz Munhoz/Ulbra

“Este documento sintetiza e dá um retorno à contribuição que a Universidade oferece, tanto para a comunidade local quanto para o país como um todo”

Missão Social O Relatório Social é o documento que retrata o papel fundamental que a Ulbra cumpre junto às comunidades onde está inserida, através dos seus projetos sociais. Instituição confessional, filantrópica e comunitária, a Ulbra presta contas e demonstra, nas páginas a seguir, todo o trabalho desenvolvido na área social sobre a questão da sustentabilidade e o tema ambiental. A missão social é o ‘DNA’ da Universidade, que tem em sua proposta pedagógica o olhar voltado para as comunidades que estão ao seu entorno em diferentes municípios, respeitando as regionalidades. É nessa união que os projetos sociais da Instituição ganham um impacto significativo para a sociedade, transformando a vida e criando oportunidades para as pessoas, tanto onde ela mantém suas unidades de ensino presencial quanto em seus polos de educação a distância.

2


Pedro Antonio González Hernández

Foto: Luiz Munhoz/Ulbra

A Ulbra, ao apresentar o Relatório Social 2015, transcende qualquer obrigação burocrática ou regulatória. Seu conteúdo contém informações relevantes ao processo interativo explicitando as razões das ações realizadas e, desta forma, se prepara para cumprir a sua Missão Institucional prevista para o quinquênio 2017-2022 “ser comunidade de aprendizagem eficaz e inovadora”.

Um Relatório Social não é um documento burocrático. Em absoluto! Representa a síntese a ser divulgada das ações desenvolvidas pela Universidade no seu papel transformador da sociedade. E, neste quesito, a Ulbra se destaca. A Universidade Luterana do Brasil é uma instituição ciente do seu papel social. Compreende que sua existência está intimamente ligada à transformação da sociedade, seja através da qualificação permanente de recursos humanos através de uma aprendizagem de excelência, quando através de ações diretas que realiza nas comunidades onde está inserida. O diálogo transparente, democrático e colaborativo que a Ulbra estabelece com a sociedade faz com que o processo pedagógico seja permanentemente enriquecido, dinamizado e atualizado. Ao compreender a realidade social, a Ulbra se compromete a formar recursos humanos que sejam capazes de transformar, para melhor, a sociedade brasileira, diminuindo as diferenças e contribuindo para o desenvolvimento do país. É por isso, também, que a Universidade Luterana do Brasil é uma universidade para todos!

3


1. DADOS DA ENTIDADE 1.1 Mantenedora Nome da Instituição: ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL LUTERANA DO BRASIL - Aelbra Endereço: Av. Farroupilha, 8.001 Bairro: São José Município: Canoas UF: RS CEP: 92425-900 Fones: (51) 3472.5613 E-mail: gabinete@aelbra.org.br Atividade Econômica Principal e Secundária: Principal: Educação Superior Graduação Secundárias: Educação Infantil, Educação Fundamental, Ensino Médio, Educação Profissional, Educação Superior Extensão e Pós-graduação, Educação Profissional Nível Tecnológico. Número do CNPJ: 88.332.580/0001-65 Data de Inscrição no CNPJ: 27/04/1970 1.2 Mantida Nome da Instituição: UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL - Ulbra Endereço: Av. Farroupilha, 8.001 Bairro: São José Município: Canoas UF: RS CEP: 92425-900 Fones: (51) 3477.4000 Atividade Econômica Principal e Secundária: Educação Superior Graduação Número do CNPJ: 88.332.580/0006-70 Data de Inscrição no CNPJ: 06/03/1972 2. DADOS DO REPRESENTANTE LEGAL Da Entidade Mantenedora Nome Completo: PAULO AUGUSTO SEIFERT RG: 1015886052 - SSP/RS CPF: 388.217.100-68 Data de Nascimento: 02/12/1963 Escolaridade: Mestre em Filosofia Período de Mandato: 28/08/2014 - 31/05/2018 Da Entidade Mantida Nome Completo: MARCOS FERNANDO ZIEMER RG: 9032195704 - SSP/PC RS CPF: 527.474.250-53 Data de Nascimento: 26/10/1966 Escolaridade: Doutor em Educação Período de Mandato: 1º/01/2012 a 31/12/2015

4


REITORIA DA ULBRA Reitor Marcos Fernando Ziemer Vice-reitor Ricardo Willy Rieth Pró-reitor de Planejamento e Administração José Paulinho Brand Pró-reitor Acadêmico Pedro Antonio González Hernández EXPEDIENTE: Equipe Responsável Pró-reitor Acadêmico: Pedro Antonio González Hernández Diretora de Assuntos Comunitários: Simone Loureiro Imperatore Brum CRC/RS 073305-0 E-mail: simone.brum@ulbra.br Jornalista: Rosa Maria Ignácio - Mtb 5785 Edição Comunicação e Marketing Aelbra Gerente: Daniela Stiebe Jornalistas: Adriana Marques - Mtb 8354 Colaboração: Laira de Souza Sampaio - Mtb 11772 Marcus de Freitas Perez - Mtb 17602 Planejamento Gráfico: Carine Mello Revisão: Gabriela Bastos Cipriano Fotos: Arquivo ACS/Ulbra Canoas, Setembro de 2016

5


A Ulbra

A Universidade Luterana do Brasil (Ulbra) é uma instituição de ensino superior privada multicampi, confessional e comunitária, cuja Mantenedora - Associação Educacional Luterana do Brasil (Aelbra) - congrega escolas de educação básica e estabelecimentos de ensino superior. Com o desenvolvimento do município de Canoas, que hoje é um dos mais importantes polos econômicos e industriais do Rio Grande do Sul, cresceu a necessidade de expansão da rede de ensino em todos os níveis. Em 1968, foi criado, no bairro Marechal Rondon, o Colégio Cristo Redentor, escola de ensino fundamental e médio que também oferecia educação profissionalizante. Com a demanda crescente por educação superior, em 1972 passou a funcionar, nas dependências desse colégio, a Faculdade Canoense de Ciências Administrativas, com o curso de Administração de Empresas. Novos cursos resultaram na criação das Faculdades Canoenses (1974) que, com o seu crescimento, transferiu-se, em 1981, para um espaço próprio, que hoje é o campus da Ulbra, no bairro São José, a qual atingiu, em janeiro de 1988, o status de universidade, conforme o Decreto nº 95.623 da Presidência da República. No ano seguinte, foi reconhecida pelo Ministério da Educação com a Portaria nº 681/89, de 7 de dezembro de 1989, com base no Parecer nº 1.031/89 do Conselho Federal de Educação. A Ulbra possui campi em nove municípios do Rio Grande do Sul: Cachoeira do Sul, Canoas, Carazinho, Gravataí, Guaíba, Porto Alegre, São Jerônimo, Santa Maria e Torres, oferecendo diversos cursos de graduação na modalidade presencial e onde estão instalados alguns dos seus Polos de Apoio Presencial aos estudantes da modalidade de educação a distância. Acrescentam-se, ainda, os cursos de pós-graduação - especializações, mestrados e doutorados. Para desenvolver seu programa de educação a distância, a Ulbra conta com a qualificação e comprometimento de dezenas de outros polos credenciados nas regiões Centro-Oeste, Nordeste, Norte, Sudeste e Sul onde equipes multiprofissionais de gestores, docentes e tutores virtuais interagem com alunos a partir da sede em Canoas, através do Ambiente Virtual de Aprendizagem, orientando metodologicamente a realização de atividades presenciais propostas pelos professores. As atividades de extensão compreendem atividades permanentes (projetos comunitários e prestação de serviço) e atividades eventuais que correspondem a cursos, eventos, entre outras. Também as atividades culturais são desenvolvidas em nível de extensão, incluindo ações nas áreas musical, cênica, museológica, de lazer e esportes. São disponibilizados, ainda, para a comunidade acadêmica, serviços de capelania, orientação profissional e psicopedagogia.

6


Missão A Ulbra tem como Missão Institucional desenvolver, difundir e preservar o conhecimento e a cultura pelo ensino, pesquisa e extensão, buscando permanentemente a excelência na formação pessoal e técnica de profissionais qualificados e empreendedores através da inovação, da inclusão social e do desenvolvimento comunitário.

Visão A Ulbra, no seu ciclo de planejamento 2012/2016, busca fortalecer-se como instituição de referência no ensino superior nas regiões em que atua através da consolidação de suas credenciais de: - Qualidade da oferta de ensino em suas diferentes modalidades e alcance e manutenção de índices elevados nos indicadores acadêmicos; - Competência de seu quadro docente; - Efetividade da pesquisa em suporte à qualidade do ensino, ao avanço do conhecimento e à inovação; - Compromisso social com a formação de profissionais qualificados nas diferentes áreas do conhecimento para atenderem com competência e ética as demandas do mercado de trabalho e as necessidades da comunidade; - Eficácia e eficiência de seu parque tecnológico em termos de produção, ocupação de mercados e celebração de parcerias estratégicas regionais; - Aderência das ações extensionistas ao conhecimento difundido na Universidade e efetividade da sua relação com a sociedade.

Princípios e Valores A Ulbra desenvolve sua Missão apoiada nos seguintes princípios norteadores: - A dedicação à educação como compromisso ético a partir do conceito central da Reforma Luterana, a justificação por graça e fé, fundamentado no lema A verdade vos libertará (João 8.32); - A pessoa humana como centro de sua ação, procurando sempre a justiça, a fraternidade e a igualdade no relacionamento entre as pessoas, no espírito de liberdade com responsabilidade com vistas ao bem comum; - A educação concebida como fator de desenvolvimento integral do homem, agente e sujeito de sua própria trajetória histórica; - A educação como instrumento de transformação social e progresso científico e tecnológico com vistas a corrigir desigualdades e promover o bem comum construindo uma sociedade mais justa e fraterna; - A busca pela excelência acadêmica a serviço do outro e da interação responsável com o meio ambiente.

7


A Aelbra no Brasil

8


A Ulbra na Educação Superior

A Ulbra mantém nove campi universitários nas cidades de Cachoeira do Sul, Canoas, Carazinho, Gravataí, Guaíba, Porto Alegre, Santa Maria, São Jerônimo e Torres. Ainda no Rio Grande do Sul, administra 17 Polos de Apoio Presencial à modalidade de educação a distância nos municípios de Cachoeira do Sul, Canela, Canoas, Carazinho, Erechim, Gravataí, Guaíba, Lajeado, Novo Hamburgo, Passo Fundo, Pelotas, Porto Alegre, Santa Maria, Santiago, São Jerônimo e Torres. A educação a distância ainda é ofertada em Polos situados nos estados do Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Maranhão, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, São Paulo e Sergipe. Também funcionam polos da Ulbra nas unidades de ensino superior mantidas pela Aelbra no Amazonas, Goiás, Pará, Rondônia e Tocantins. Confira, a seguir, uma descrição das cidades onde a Ulbra mantém suas Unidades no RS. 9


Rio Grande do Sul Cidades onde a Ulbra mantém Unidades de Ensino Superior: Cachoeira do Sul O município está localizado no centro do estado, entre a BR 290 e RS 287, fazendo parte da microrregião do Vale do Jacuí, distante 180 km de Porto Alegre. Possui um território de 3.735 km² com uma população estimada de 86.688 habitantes. É fortemente direcionado à atividade primária, apresentando referenciais de produtividade agrícola acima da média estadual. O fortalecimento do seu potencial industrial e de serviços leva em conta os processos de apoio às iniciativas locais. O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM 2010) é de 0,742. O PIB per capita é de R$ 21.095,80 (FEEE, 2013). A Ulbra Cachoeira do Sul iniciou suas atividades no ano de 1997. A oferta atual de cursos e serviços pode ser conferida no site www.ulbra.br/cachoeira-do-sul. Canoas A cidade está localizada entre Porto Alegre, a Região Serrana e o Polo Petroquímico, no centro geográfico do Mercosul, e é perpassada pelo entroncamento das principais rodovias que cruzam a região metropolitana: BR 116, BR 386 e BR 290. Dados do IBGE apresentaram uma estimativa de 323.827 habitantes, em 2010. Canoas possui uma área territorial de 131,096 km². O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM 2010) é de 0,750. O PIB per capita é de R$ 33.828,32 (FEEE 2013). Sua economia é muito desenvolvida, possuindo o segundo maior PIB do estado e o terceiro da região Sul do Brasil. A indústria é a que mais contribui para isso, seguida do comércio, dos serviços e da agricultura. A Ulbra Canoas iniciou suas atividades em 1981, através das Faculdades Canoenses, que se transformou em Universidade reconhecida pelo MEC em 1989. A partir daí, foi ampliado o número de Unidades para outras cidades gaúchas. A oferta atual de cursos e serviços pode ser conferida no site www.ulbra.br/canoas. Carazinho O município está localizado no noroeste do estado, conhecido como Região da Produção, que é atendida pelas principais rodovias que cruzam a região: BR 377, BR 386 e BR 285 e a RS 142. Está distante 245,50 km de Porto Alegre. Dados do IBGE apresentaram uma estimativa de 59.317 habitantes em 2010. Carazinho possui uma área territorial de 665,092 km². O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM 2010) é de 0,766. O PIB per capita, em 2013, era de R$ 29.458,55. Sua economia é desenvolvida principalmente na área do comércio e serviços do ramo agroindustrial, e está em crescimento no eixo logístico, industrial e de serviços em geral. A Ulbra Carazinho iniciou suas atividades em 2000. A oferta atual de cursos e serviços pode ser conferida no site www.ulbra.br/carazinho.

Gravataí Gravataí é uma das cidades da Região Metropolitana de Porto Alegre, distante 23 quilômetros da capital. O município é servido por três estradas estaduais e uma federal (RS 118; RS 030; RS 020 e BR 290). Gravataí é predominantemente urbana, com uma população de 255.660 habitantes, de acordo com o IBGE, em uma área territorial de 463,499 km². O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) é de 0,736 e o PIB per capita é de R$ 37.904,83 (2013). Conforme dados da Fundação de Economia e Estatística do RS de 2013, o município conta com o 4º maior Produto Interno Bruto do Estado do Rio Grande do Sul (R$ 7,313 bilhões), sendo que a indústria, atualmente, é o setor mais relevante para a economia do município. Além de forte vocação industrial com destaque ao polo automotivo, os setores do comércio e serviços vêm crescendo, oferecendo opções de geração de emprego e renda. A Ulbra Gravataí foi instalada em 1991. A oferta atual de cursos e serviços pode ser conferida no site www.ulbra.br/gravatai. 10


Porto Alegre A capital do estado do Rio Grande do Sul é uma cidade com uma das melhores qualidades de vida do Brasil com uma população de 1.409.351 habitantes em uma área territorial de 496,682 km². O Índice do Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) é considerado alto, com um índice geral de 0,805, valor global derivado de três categorias: IDHM Longevidade (0,857); IDHM Educação (0,702) e IDHM Renda (0,867). Porto Alegre possui um PIB per capita de R$ 39.091,64 (2013). Embora possua um parque industrial diversificado, em vista da sua economia dinâmica, da forte e moderna infraestrutura física e técnico-científica e da qualificação do mercado de trabalho, Porto Alegre vem mostrando uma tendência para a concentração em atividades do setor terciário, crescendo a indústria do conhecimento, o comércio e os serviços. A Ulbra Porto Alegre foi instalada em 2005. A oferta atual de cursos e serviços pode ser conferida no site www.ulbra.br/porto-alegre. Santa Maria Santa Maria é uma cidade que fica na Região Central do estado, no coração do Rio Grande do Sul, distante 293 km da capital. Atualmente, a cidade possui 261.031 habitantes em uma área territorial de 1.781,757 km². O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) é de 0,784 e o PIB per capita é de R$ 20.847,16 (2013). A economia do município tem como base o setor de serviços e a agropecuária. A atividade turística também vem crescendo nos últimos anos, principalmente por causa dos sítios paleontológicos existentes na região. A Ulbra Santa Maria foi instalada em 2002. A oferta atual de cursos e serviços pode ser conferida no site www.ulbra.br/santa-maria. São Jerônimo O município de São Jerônimo está localizado na Região Central do estado, a 68 km de Porto Alegre, utilizando-se a RS 401, BR 290 e BR 116. Atualmente, possui 22.134 habitantes em uma área de 936,375 km². O PIB per capita, em 2013, era de R$ 17.762,82 e o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) é de 0,696 (2010). Na região, existem organizações dos diversos setores de nossa economia, destacando um forte comércio e uma indústria de pequeno e médio porte somada a algumas indústrias de grande porte de destaque no cenário nacional e internacional, como cabe citar a Multilab/Takeda, a GKN do Brasil, a SYL, New Free, Grupo Lebes, COMAP e o grupo Gerdau, além de termoelétricas (Tractebel-Grupo Suez) a carvão e mineradoras. A Ulbra São Jerônimo foi instalada em 1990. A oferta atual de cursos e serviços pode ser conferida no site www.ulbra.br/sao-jeronimo. Torres O município de Torres situa-se no Litoral Norte do Rio Grande do Sul, a 197 km de Porto Alegre. Possui 34.656 habitantes em uma área de 160,565 km². As principais vias de acesso ao município são a BR 101 e a Estrada do Mar (RS 389). O PIB per capita é de R$ 19.966,52 (2013) e o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) é de 0,762 (2010). Torres apresenta uma das mais valiosas forças econômicas da área nordestina do Rio Grande do Sul, sendo próspera no comércio, na indústria, na construção civil, no artesanato e no turismo. Sua agricultura é rica e farta, produzindo arroz, feijão, milho, banana, fumo, cana-de-açúcar e mandioca. Tem crescido muito a produção de tomate, pimentão, repolho e cenoura. Na produção de animais de corte, destaca-se o bovino. A região, pelas suas belezas naturais, seu clima ameno, a vastidão de suas brancas praias, atrai milhares de pessoas de todas as partes do Brasil e também dos países vizinhos. A indústria é constituída de engenhos de cana-de-açúcar, destilarias de aguardente, serrarias, olarias, descascadores de arroz, estufas de fumo, fábricas de esquadrias, de móveis e de pequenas indústrias caseiras. A Ulbra Torres foi instalada em 1992. A oferta atual de cursos e serviços pode ser conferida no site www.ulbra.br/torres.

11


Ulbra em Números Dados Alunos Graduação

2015 35.537

Alunos Pós-graduação Lato Sensu

297

Alunos Pós-graduação Stricto Sensu

328

Convênios com Universidades Estrangeiras

46

Mobilidade internacional - aluno Ulbra

6

Mobilidade internacional - aluno Estrangeiro

5

Mobilidade interna

5

Estágio internacional aluno Ulbra

7

Ciência sem Fronteiras

6

Docentes na Graduação

1.139

Docentes na Pós-graduação Colaboradores Técnico-Administrativos

189 1.448

Cursos de Graduação

143

Cursos Lato Sensu

69

Bolsas PROUNI 100%

9.365

Convênios com Empresas

200

Empresas na Incubadora e no Parque Tecnológico Ulbratech

18

Projetos Comunitários - Extensão

67

Prestação de serviços

35

Projetos de Pesquisa

136

Políticas Institucionais Governança Corporativa De acordo com o Estatuto da Mantenedora, em seu Art. 33º, a Universidade Luterana do Brasil, na forma da legislação vigente, é dotada de autonomia administrativa, didático-científica, de gestão financeira, patrimonial e disciplinar. É dirigida por uma Reitoria, que é integrada pelo reitor, vice-reitor e pró-reitores, em consonância com o Art. 16º do seu Estatuto. Já de acordo com Art. 12º, a administração da Universidade processa-se por meio de órgãos da administração superior: I – Conselho Universitário – CONSUN A composição - Reitor; - Vice-reitor; - Pró-reitor de Planejamento de Administração; - Pró-reitor Acadêmico; - Diretores de campi; - Representantes dos coordenadores de cursos de graduação por áreas do conhecimento: Educação; Humanidades e Artes; Ciências Sociais, Negócios e Direito; Ciências, Matemática e Computação; Engenharia, Produção e Construção; Agricultura e Veterinária; Saúde e Bem-estar Social; - Representante dos coordenadores dos programas de pós-graduação stricto sensu; - Representantes do corpo docente, pela Associação dos Docentes; - Representantes do corpo técnico-administrativo, pela Associação dos Funcionários; - Representante da Pastoral; - Representante da Mantenedora. 12


II – Reitoria Os órgãos suplementares que integram a estrutura da Universidade têm suas atribuições e vinculações definidas no seu Regimento, aprovado na forma do Estatuto. O Conselho Universitário é o órgão deliberativo superior responsável pela definição e avaliação de políticas e diretrizes para o ensino, a pesquisa e a extensão. Ele é composto pelo reitor, como presidente, pelo vice-reitor, pelos pró-reitores, diretores de campi e por representantes de diferentes setores da comunidade acadêmica, sociedade civil organizada e Mantenedora. Atribuições, competências e critérios de decisões do Conselho Universitário estão contempladas e aprovadas na forma do Estatuto. A Reitoria é órgão executivo superior da Universidade. Atribuições, competências e critérios de decisões da Reitoria estão contemplados e aprovados na forma do Estatuto da Ulbra. Outros órgãos colegiados da administração superior da Ulbra são: - Colegiado de Reitoria: Órgão consultivo, presidido pelo reitor, que monitora o exercício das funções universitárias, supervisionando a gestão acadêmico-administrativa, coordenando e integrando as atividades de apoio técnicoadministrativo e cuidando para que sejam cumpridas a legislação e normas do ensino superior. - Colegiado da Pró-reitoria Acadêmica: Órgão consultivo, presidido pelo pró-reitor Acadêmico e constituído pelas Diretorias da Pró-reitoria Acadêmica, que monitora os processos pedagógicos e as diretrizes institucionais que visam à indissociabilidade entre o ensino, a pesquisa e a extensão. Participa na discussão, quando consultado, de definições estratégicas relacionadas às atribuições desta Pró-reitoria e do seu representante legal. - Colegiado da Pró-reitoria de Planejamento e Administração: Órgão consultivo, presidido pelo pró-reitor de Planejamento e Administração e constituído pelas Diretorias desta Pró-reitoria, que monitora e apoia o desenvolvimento dos indicadores estratégicos da Ulbra, orientando ações corretivas em relação aos objetivos estabelecidos. Participa na discussão, quando consultado, de definições estratégicas relacionadas às atribuições desta Pró-reitoria e do seu representante legal.

Política de Ensino A Política de Ensino da Ulbra para a graduação fundamenta-se na integração do ensino com a pesquisa e a extensão, objetivando formação de qualidade acadêmica e profissional. Cultiva e promove uma prática calcada em princípios éticos e cristãos que possibilite a construção do conhecimento técnico-científico, o aperfeiçoamento cultural e o desenvolvimento de um pensamento reflexivo, crítico e responsável, que impulsione a transformação sociopolíticoeconômica da sociedade. São princípios básicos dessa política: Garantir a coerência entre os cursos das unidades por meio de: - Unidade curricular e metodológica; - Perfil de identidade própria à Universidade e a cada curso; - Compromisso com a missão institucional; - Clareza a respeito de sua missão, do perfil do profissional que oferecerá a sociedade; - Garantia da inserção dos graduados no mercado de trabalho; - Desenvolvimento nos graduados da capacidade de continuar a aprender; - Desenvolver nos graduados a capacidade de se adaptar a novos desafios com postura inovadora e empreendedora; - Desenvolver no perfil dos egressos, além da competência técnica, elevado espírito público, demonstrado pelo engajamento e comprometimento com os problemas da comunidade e do meio ambiente; - Educar para egressos éticos como cidadãos e como profissionais. Núcleo de Apoio ao Discente (NADI) e do Núcleo de Apoio ao Docente (NAD) Os núcleos, instituídos a partir das recomendações da Resolução de Reitoria nº 2, de 2 de abril de 2014, têm o objetivo de alinhar-se às políticas de atendimento aos discentes e docentes, bem como qualificar as formas de assessoramento didático-pedagógico na Instituição. Tais apoios, articulados às necessidades dos cursos, fortalecem a Universidade como referência no ensino superior em suas diferentes modalidades. A presença dos núcleos em todas as unidades e sua ligação com os polos de EAD busca evidenciar o compromisso em desenvolver a missão e a identidade institucional, com vistas a aprimorar os processos de ensino e de aprendizagem, bem como continuar o trabalho com enfoque no conhecimento e na formação técnica e pessoal. Tendo por pressuposto 13


um cenário no qual a inovação e a busca de saberes interdisciplinares configuram novas condições para o conhecimento, almeja-se garantir uma formação acadêmica sustentada nas necessidades e motivações dos alunos, na utilização das tecnologias e na formação permanente do educador (PPI Ulbra 2013). O Núcleo de Apoio ao Discente e o Núcleo de Apoio ao Docente são constituídos por profissionais especializados no atendimento psicopedagógico, psicológico, pastoral e de acessibilidade. No ano de 2015, foram realizados 669 atendimentos a alunos, familiares e docentes. Cabe destacar a finalidade dos referidos núcleos: - Núcleo de Apoio ao Discente: tem por finalidade acompanhar os processos de ensino e de aprendizagem, realizando ações mais ágeis no diagnóstico das dificuldades encontradas pelos alunos de graduação e pós-graduação das modalidades de ensino presencial e a distância, bem como programas voltados à acolhida, adaptação, desenvolvimento de competências e permanência no ambiente universitário. - Núcleo de Apoio ao Docente: tem por finalidade atuar nos processos básicos da aprendizagem e do ensino das modalidades presencial e a distância, envolvendo as áreas de gestão acadêmica, formação docente continuada, práticas pedagógicas, apoio psicológico, de acessibilidade e pastoral. Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) Incentivar a formação de professores para a atuação na educação básica e elevar a qualidade da educação e da escola pública. Esses são os principais objetivos do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) do Ministério da Educação, gerenciado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Com o projeto Temas Transversais no Exercício da Docência, a Universidade Luterana do Brasil teve seu projeto para 2014-2017 aprovado junto à Capes, que contemplou o desenvolvimento do programa em seis municípios gaúchos: Cachoeira do Sul, Canoas, Guaíba, Gravataí, Santa Maria e São Jerônimo. O programa oferece bolsas de iniciação à docência aos alunos de 12 cursos de licenciatura nas modalidades presencial e a distância, que se dedicam à participação em práticas docentes nas escolas públicas dos municípios parceiros. Os participantes são inseridos no cotidiano das escolas da rede pública, planejam e participam de experiências metodológicas, tecnológicas e de práticas docentes de caráter inovador e interdisciplinar. Com essa iniciativa, o Pibid faz uma articulação entre a educação superior, a escola e os municípios, além de buscar a superação de problemas identificados no processo de ensino-aprendizagem. Números: - Campi: 6 - Licenciaturas: 12 - Subprojetos: 21 - Escolas públicas de educação básica: 26 - Bolsistas: 1 institucional, 1 gestão, 23 coordenação de área (professor das licenciaturas), 33 supervisão (professor da escola de educação básica) e 209 de iniciação à docência (alunos das licenciaturas)

Políticas de Pesquisa e Pós-graduação Reconhecendo o importante papel social que especialistas, mestres e doutores têm na promoção do desenvolvimento e bem-estar da sociedade e sendo este um componente importante na missão da Universidade, a Pró-reitoria Acadêmica propõe uma Política de Pós-graduação alicerçada nos seus grupos de pesquisa, que propicie um ensino de pós-graduação com padrões internacionais e de acordo com as normas estipuladas pela Fundação Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e do Conselho Nacional de Educação e sua Câmara de Ensino Superior. A pesquisa na Ulbra, portanto, busca fortalecer a sua vocação e alcançar a sua excelência estimulando e apoiando a atitude científica e tudo do que dela se origina, sustentada pela ética. Tem a Universidade, no desenvolvimento da investigação científica e tecnológica, um valioso instrumental pedagógico e social para a consecução de seus objetivos educacionais. O fazer ciência, participando de atividades de pesquisa básica ou aplicada, tem um importante papel na formação do estudante universitário, despertando e aprimorando qualidades que se refletem no preparo de profissionais capacitados a enfrentar os problemas do dia a dia. A Ulbra propõe Políticas de Pesquisa que priorizam o desenvolvimento da pesquisa em todas as áreas do conhecimento, com vistas ao avanço do conhecimento científico. A 14


realização de pesquisas promove a inovação tecnológica, o intercâmbio e a divulgação científica e tecnológica e contribui significativamente para a formação de recursos humanos.

Projetos de Pesquisa Unidade

Número de Projetos

Número de Pesquisadores

3

4

109

98

Carazinho

3

3

Gravataí

7

4

Guaíba

2

2

Santa Maria

2

2

Torres

10

8

Total

136

121

Cachoeira do Sul Canoas

Grupos de Pesquisa Área: Ciências da Vida Nome do Grupo

Eixo na Ulbra

Promoção de Saúde

Promoção e Vigilância em Saúde

Sistemática e Evolução de Mamíferos Neotropicais

Meio Ambiente

Proteínas e Peptídeos Bioativos

Bioquímica Farmacológica e Molecular de Compostos Bioativos

Ciclotídeos Vegetais

Bioquímica Farmacológica e Molecular de Compostos Bioativos

Sanidade Animal

Agricultura e Veterinária

Genética Molecular Humana

Bioquímica e Genética de Doenças Humanas

Vigilância da Saúde

Promoção e Vigilância em Saúde

Endodontia

Saúde e Bem-estar Social

Bioinformática Estrutural

Bioquímica Farmacológica e Molecular de Compostos Bioativos

Cariologia - estudo in vitro

Saúde e Bem-estar Social

Biologia dos Tumores de Cólon

Oncogênese e Mutagênese

Saúde do Adulto

Promoção e Vigilância em Saúde

Gestão do Cuidado Humano

Gestão em Saúde: Planejamento e Avaliação

Saúde Materno-infantil e do Adolescente

Promoção e Vigilância em Saúde

Segurança e Saúde no Trabalho em Enfermagem

Promoção e Vigilância em Saúde

Eficácia e Segurança de Fármacos e Substâncias Bioativas

Bioquímica Farmacológica e Molecular de Compostos Bioativos

15


Patologia Animal

Agricultura e Veterinária

Coração - Injúria, Inflamação e Adaptação

Promoção e Vigilância em Saúde

Biomoléculas na Identificação de Doenças

Diagnóstico Molecular

Medicina, Conservação e Manejo de Fauna Selvagem

Agricultura e Veterinária

Toxigen - Investigação da Toxicidade Genética

Oncogênese e Mutagênese

Centro de Pesquisas em Células-tronco e Engenharia de Tecidos

Células-tronco e Terapia Celular

Fisiologia Digestória - Estresse Oxidativo e Antioxidantes

Bioquímica Farmacológica e Molecular de Compostos Bioativos

Medicina do Esporte e Exercício Físico: Saúde e Performance

Promoção e Vigilância em Saúde

Minerais do Brasil - quem são, quais são, onde estão?

Meio Ambiente

Odontopediatria

Promoção e Vigilância em Saúde

Anatomia Humana

Saúde e Bem-estar Social

Cirurgia e Traumatologia Bucomaxilofacial

Saúde e Bem-estar Social

Fisioterapia nas Disfunções Musculoesqueléticas

Promoção e Vigilância em Saúde

Processo de Trabalho na Enfermagem

Gestão em Saúde: Planejamento e Avaliação

Palinologia

Meio Ambiente

Distúrbios da Comunicação e Disfunções do Sistema Estomatognático

Promoção e Vigilância em Saúde

Diagnóstico Bucal

Promoção e Vigilância em Saúde

Ecologia e Conservação da Biodiversidade de Elasmobrânquios do Sul do Brasil

Meio Ambiente

Área: Ciências Sociais e Direito

Nome do Grupo

Eixo na Ulbra

Criminologia e Transmutação

Direito e Cidadania

Arquitetura e Urbanismo no Litoral Norte do Rio Grande do Sul

Desenvolvimento Econômico e Social

Ciência Conjunta do Direito Penal

Direito e Cidadania

Gestão Participativa - Desenvolvimento Sustentável para a Região Carbopetroquímica

Desenvolvimento Econômico e Social

16


Área: Educação, Humanidades e Artes Nome do Grupo

Eixo na Ulbra

Teologia Bíblica

Pedagogias e Políticas da Diferença

Tecnologias de Informação e Comunicação em Ensino de Ciências e Matemática

Ciências, Tecnologias e Currículo

Literatura Infanto-juvenil e Leitura

Identidades e Práticas Culturais

Formação Docente e Intertextualidade Educativa FORINTER

Ciências, Tecnologias e Currículo

Educação Estatística

Ciências, Tecnologias e Currículo

Psicopedagogia, Ludicidade e Processos de Ensinar e Aprender

Ciências, Tecnologias e Currículo

Educação a Distância: mitos e desafios

Ciências, Tecnologias e Currículo

Estudos Curriculares em Educação Matemática

Ciências, Tecnologias e Currículo

Cultura e Educação

Identidades e Práticas Culturais

Intervenções em Psicologia Social Histórico-crítica

Humanidades

Saúde Mental: intervenção e avaliação psicológica

Humanidades

Formação Inicial e Continuada de Professores de Matemática e Ciências

Ciências, Tecnologias e Currículo

Educação Social e Transversalidade

Pedagogias e Políticas da Diferença

Patrimônio Cultural e Identidades

Patrimônio e Memória Cultural

Educação em Ciências e Matemática para o Desenvolvimento Sustentável

Ciências, Tecnologias e Currículo

Ensino de Ciências e Matemática na Perspectiva da Inclusão

Inclusão Social

Ambientes Matemáticos de Aprendizagem com a Inclusão Inclusão Social da Informática na Sociedade Formação de Conceitos e Mudança Ontológica no Ensino de Física

Ciências, Tecnologias e Currículo

Educação, Saúde, Tecnologia Assistiva e Cidadania das Pessoas com Surdocegueira

Inclusão Social

Tecnologias da Informação e Comunicação Aplicadas à Educação

Ciências, Tecnologias e Currículo

Área: Negócios e Gestão Nome do Grupo

Eixo na Ulbra

Gestão de Resíduos

Meio Ambiente

Gestão Empresarial e Social

Desenvolvimento Econômico e Social

GELOG - Grupo de Estudos em Logística

Desenvolvimento Econômico e Social

Gestão Participativa - Desenvolvimento Sustentável para a Região

Desenvolvimento Econômico e Social

17


Área: Tecnologia, Inovação e Produção

Nome do Grupo

Eixo na Ulbra

Síntese e Análise Orgânica

Tecnologia

Materiais Poliméricos

Engenharia de Materiais

Construção Civil

Engenharia de Materiais

Energia e Tecnologias para o Desenvolvimento Sustentável

Processos Sustentáveis

Materiais para Produção de Energia Elétrica

Engenharia de Materiais

Caracterização e Desenvolvimento de Materiais

Engenharia de Materiais

Química Computacional

Tecnologia

Tecnologia Automotiva

Processos Sustentáveis

Sistemas de Medição e Instrumentação

Engenharia de Materiais

Poluição Ambiental

Processos Sustentáveis

A Política de Pós-graduação da Ulbra está consubstanciada em ações que possibilitem o alcance das metas de qualidade na pesquisa, capacitação de corpo docente, em especial o atendimento à demanda de qualificação para os docentes do ensino da Língua Brasileira de Sinais (Libras), de acessibilidade, de educação especial, de educação ambiental, de história e cultura indígena e afro-brasileira e de violência e direitos humanos, recomendação e qualificação de cursos em áreas definidas como estratégicas para o desenvolvimento institucional, regional e nacional. Os seis programas de pós-graduação stricto sensu da Instituição efetivam a referida política, promovendo a formação de profissionais tecnológica e cientificamente competentes. Todos são recomendados pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), conforme apresentado a seguir:

Programas de Pós-graduação

Biologia Celular e Molecular Aplicada à Saúde (PPGBioSaúde) O Programa de Pós-graduação em Biologia Celular e Molecular Aplicada à Saúde objetiva formar profissionais, mestres e doutores, aptos a: - Gerar conhecimento científico inovador visando atender a uma demanda nacional por ciência e tecnologia que sustente o desenvolvimento social e econômico do país, em um patamar de igualdade com outros países emergentes; - Promover a conexão direta entre o desenvolvimento científico e o tecnológico e sua incorporação não só aos meios de produção como ao meio científico e acadêmico; - Manipular técnicas de laboratório, com competência técnica e flexibilidade na compreensão de bases teóricas. Áreas de Concentração: - Genética e Biologia Molecular de Patologias Humanas e Animais (BIOMOL) - Biologia Celular Aplicada à Saúde Humana e Animal (BIOCEL)

18


Educação (PPGEDU) O Programa de Pós-graduação em Educação é composto pelo curso de mestrado acadêmico. O enfoque teóricoconceitual do curso articula cultura e educação, tomando como campos de investigação tanto artefatos da cultura (filmes, jornais, revistas, fotografias, músicas, peças publicitárias, programas de rádio e televisão, livros, etc.) como dispositivos normativos (leis, retóricas, teorias, currículos, métodos, modas, programas de saúde pública, políticas ambientais, códigos religiosos, tradições, disciplinas escolares, etc.) e práticas culturais (alimentação, leitura, esporte, mercantilização, consumismo, cuidados corporais, etc.), entre tantas outras manifestações que vêm constituindo campos fecundos para a análise e a reflexão em educação. Área de Concentração: - Estudos culturais em educação Engenharia de Materiais e Processos Sustentáveis (PPGEMPS) O Programa de Pós-graduação em Engenharia de Materiais e Processos Sustentáveis é um mestrado profissional e objetiva formar profissionais capacitados para estudos tecnológicos e inovadores em desenvolvimento e uso sustentável de materiais e processos de fabricação que, de forma ampla, contemplem produção mais limpa, baixo impacto ambiental e menor consumo de energia, em temáticas tecnológicas aplicadas ao setor produtivo. Área de Concentração: - Materiais e Processos Ensino de Ciências e Matemática ( PPGECIM) O Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências e Matemática é composto pelos cursos de mestrado acadêmico e doutorado e tem por objetivo promover e realizar pesquisas, qualificando e aperfeiçoando o pesquisador docente no ensino fundamental, médio e superior, de modo a desenvolver e fomentar um ensino de ciências e matemática consonante e alinhado com as necessidades contemporâneas. O programa concentra atividades e iniciativas focalizando sempre o ensino de ciências e matemática, entendido como um conjunto de propostas e projetos ligados ao ensino de Física, Química, Biologia, Ciências e Matemática. Está estruturado em quatro linhas de pesquisa: Ensino e Aprendizagem em Ensino de Ciências e Matemática, Educação em Ciências e Matemática para o Desenvolvimento Sustentável, Tecnologias de Informação e Comunicação para o Ensino de Ciências e Matemática, e Formação de Professores para Ensino de Ciências e Matemática. Área de Concentração: - Ensino de Ciências e Matemática Genética e Toxicologia Aplicada ( PPGGTA) O Programa de Pós-graduação em Genética e Toxicologia Aplicada, mestrado profissional, tem como objetivo a formação de profissionais com domínio teórico-prático para avaliar as possíveis atividades farmacológicas e/ou toxicológicas de substâncias de origem natural ou sintéticas, dando suporte às indústrias regionais e nacionais que necessitam de recursos humanos qualificados para a farmacêutica resolutiva, assim como para a avaliação farmacológica e toxicológica pré-clínica de eficácia (conforme preconizado pela Resolução 17/2000 da ANVISA para o registro de medicamentos). Também capacita o profissional a atuar na área de desenvolvimento e validação de novas metodologias para diagnóstico clínico e análise molecular, e nas análises toxicológicas para avaliação de risco ocupacional e ambiental. Área de Concentração - Diagnóstico - Farmacologia e Toxicologia

19


Odontologia ( PPGODONTO) O Programa de Pós-graduação em Odontologia tem como objetivos formar profissionais críticos, reflexivos e inovadores; capacitar pesquisadores de ciências odontológicas para liderar grupos e realizar pesquisas multi, inter e transdisciplinares; e preparar o professor-pesquisador para mudar o perfil da odontologia, buscando formar o profissional que será um agente atuante nas mudanças futuras. Áreas de Concentração: - Clínica Odontológica - Odontologia Restauradora - Reabilitação Oral Formados em Programas de Pós-graduação Programa Stricto Sensu

Formados

Mestrado Acadêmico em Biologia Celular e Molecular Aplicada à Saúde

10

Mestrado em Educação

6

Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática

2

Mestrado Profissional em Genética e Toxicologia Aplicada

5

Doutorado em Biologia Celular e Molecular Aplicada à Saúde

5

Doutorado em Ensino de Ciências e Matemática

3

Doutorado em Odontologia

5

Total

36

Bolsas de Doutorado, Mestrado e Iniciação Científica e Tecnológica da Ulbra - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (PIBIC/CNPq) - 18 - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (PIBITI/CNPq) - 7 - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica para o Ensino Médio (PIBIC-EM/CNPq) - 8 - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (PROBIC/FAPERGS) - 30 - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PROBITI/FAPERGS) - 11 - Programa de Iniciação Científica e Tecnológica da Universidade Luterana do Brasil (PROICT/ULBRA) - 33 Comissão de Ética no Uso de Animais A Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUA), criada pela Portaria nº 926/10, de 8 de abril de 2010, é um órgão colegiado, interdisciplinar, de caráter consultivo, normativo, deliberativo, educativo e de supervisão, e tem por objetivo avaliar as pesquisas e as aulas desenvolvidas com animais, realizadas por docentes, discentes e técnicos na Instituição, sob o aspecto ético e legal, enquadrado na legislação vigente. A CEUA tem suas competências definidas pela Lei nº 11.794, de 11 de outubro de 2008, nas quais a ética se fará presente em todos os projetos de pesquisa e aulas práticas que necessitem usar animais, aplicando-lhes os conceitos de redução do número de exemplares utilizados e substituição por métodos alternativos, sempre que possível. Representantes da Ulbra (docentes) - 12 Representante de Sociedade Protetora de Animais - 2 Projetos avaliados em 2015 - 74

20


Comitê de Ética em Pesquisas em Seres Humanos O Comitê de Ética em Pesquisas em Seres Humanos (CEP) desempenha papel consultivo e educativo, fomentando a reflexão em torno da ética na ciência; avalia os aspectos éticos de todas as pesquisas envolvendo seres humanos; salvaguarda os direitos e a dignidade dos sujeitos da pesquisa; contribui para a qualidade das pesquisas e para a discussão do papel da pesquisa no desenvolvimento institucional e no desenvolvimento social da comunidade; acompanha o desenvolvimento dos projetos; recebe dos sujeitos da pesquisa ou de qualquer outra parte denúncias de abusos ou notificação sobre fatos adversos que possam alterar o curso normal do estudo e instaura sindicância à direção da Instituição em caso de denúncias de irregularidades de natureza ética nas pesquisas. Sua composição é multidisciplinar, atendendo ao que está disposto na Norma Operacional nº 001 de 2013. Dentre os membros, há profissionais das seguintes áreas: medicina, odontologia, enfermagem, psicologia, matemática, química, fisioterapia, educação, teologia, ciências biológicas, direito, educação física, administração e filosofia, mais um representante de usuários, perfazendo um total de 24 membros. Representantes da Ulbra (docentes) - 23 Representante da Comunidade - 1 Projetos avaliados em 2015 - 58

Política de Inovação A Política de Inovação da Ulbra tem por finalidade promover a utilização do conhecimento gerado pela pesquisa científica e tecnológica, com a finalidade de buscar o desenvolvimento de todas as regiões onde está inserida. Essa política identifica, apoia, promove e implementa parcerias com empresas, instituições e governos. Dentre as ações institucionais para promover a inovação e o empreendedorismo destaca-se a Rede Ulbra de Inovação (Ulbratech). Os Parques e Incubadoras Tecnológicas Ulbratech demonstram o propósito da Universidade em contribuir para o desenvolvimento regional através da inovação promovida junto a empresas de base tecnológica. Os Parques e Incubadoras Tecnológicas visam: - Oferecer ambiente favorável à inovação junto da Universidade e empresas; - Atrair investimentos em projetos de pesquisa e desenvolvimento para atuar em projetos de inovação com a Universidade; - Estimular a transferência de tecnologia entre a Ulbra e as empresas instaladas no Parque Tecnológico; - Incentivar a interação entre a Ulbra e as empresas; - Oferecer estrutura para assessoramento em todos os aspectos relacionados com produção e gestão da inovação; - Acompanhar os projetos e contratos realizados no âmbito da Ulbra que versem sobre inovação ou que possam resultar em criação intelectual ou em novo empreendimento; - Compor uma rede de cooperação entre os Parques Tecnológicos da Ulbra, integrando-se a outros parques nacionais e internacionais deste segmento. - O projeto da Rede Ulbra de Inovação - Ulbratech está em implantação e desenvolvimento em três unidades de ensino superior do Rio Grande do Sul: - Incubadora Tecnológica Ulbratech - Canoas - 6 empresas - Carazinho - 3 empresas - Torres - 1 empresa - Parque Tecnológico Ulbratech - Canoas - 8 empresas

Política de Extensão Partindo-se do conceito de que extensão universitária, “sob o princípio constitucional da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão, é um processo interdisciplinar, educativo, cultural, científico e político que promove a interação transformadora entre universidade e outros setores da sociedade” (Fórum de Pró-reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras - FORPROEX, 2012) e em consonância com as diretrizes estabelecidas pela Organização das Nações

21


Unidas (ONU), a Política de Extensão na Ulbra tem por objetivos: - Realizar a extensão universitária de forma institucional, interdisciplinar e multicampi, contribuindo para o equacionamento de problemas sociais, econômicos e políticos da sociedade, em especial os vivenciados nas comunidades em que está inserida; - Contribuir para o aprimoramento da formação ética, cidadã, política, científica e técnica dos discentes, docentes e colaboradores da Universidade; - Promover a troca entre os saberes sistematizado-acadêmico e o popular. Atualmente, a Pró-reitoria Acadêmica promove uma Política Institucional de Extensão associada ao compromisso social de promoção dos valores democráticos, de igualdade e de desenvolvimento social, visando atender às demandas da sociedade e ao fortalecimento das vocações das diversas unidades de ensino superior. Para isso, amplia seu escopo de trabalho, orientando-o em 11 programas institucionais, conforme segue: Acessibilidade: processos de atenção, de emancipação e inclusão de pessoas com deficiências, incapacidades físicas, sensoriais e mentais, síndromes, doenças crônicas, altas habilidades, dentre outras; estudos em ergonomia; promoção, defesa e garantia de direitos; desenvolvimento de metodologias de intervenção. Ações Culturais e Artísticas: desenvolvimento cultural; criação e performance de dança, teatro, música, folclore, artesanato, artes plásticas, gráficas e visuais; produção e divulgação de informações e material didático na área; ações multiculturais, envolvendo as diversas áreas da comunicação e difusão cultural e artística. Comunicação, Mídia e Marketing: metodologia de análise crítica acerca dos fenômenos comunicativos nas produções da mídia; de elaboração, implementação e avaliação de planos estratégicos de comunicação e marketing (publicidade, propaganda e de relações públicas); suporte de comunicação a programas e projetos de mobilização social, a organizações governamentais e da sociedade civil; mídias contemporâneas, multimídia, web-design, arte digital; veículos de difusão da informação, impressos e eletrônicos; promoção do uso didático dos meios de comunicação e de ações educativas sobre as mídias. Desenvolvimento Regional: planejamento regional urbano e rural visando tratamento de problemas da população local; estudos sobre desenvolvimento regional integrado; modos de vida urbana e rural e diversificação das formas sociais familiares; análise socioeconômica de cadeias agroindustriais; assistência técnica; dinâmicas socioambientais; agras biotecnologias; estratégias de produção de roteiros turísticos sustentáveis; agroindústria; avaliação de processos e metodologias de intervenção. Educação e Formação Profissional: educação e cidadania; incentivo à leitura e alfabetização; processos de ensino/ aprendizagem em leitura, escrita e línguas estrangeiras; desenvolvimento de metodologias de ensino da educação presencial e a distância; formação e valorização de professores; promoção e apoio a oportunidades de trabalho; cooperativas e empreendimentos solidários; formação técnica profissional. Gestão Pública e Institucional: estratégias administrativas e organizacionais em órgãos e instituições públicas, privadas e do terceiro setor; sistemas regionais e locais de políticas públicas; análise do impacto dos fatores sociais, econômicos e demográficos nas políticas públicas; formação, capacitação e qualificação de pessoas que atuam nos sistemas públicos. Meio Ambiente e Sustentabilidade: avaliações globais de impacto no meio ambiente, incluindo armazenamento, gerenciamento e reciclagem de água e gerenciamento de resíduos e controle de poluição; energia; biocombustíveis; bioprospecção; processos de educação ambiental e sustentabilidade; cidadania e meio ambiente; arquitetura sustentável; agronegócio e eco design. Memória Social e Patrimônio Cultural: preservação e difusão do patrimônio artístico, cultural, histórico, natural, material e imaterial; formação, organização e manutenção de centros de memória (museus, bibliotecas, centros culturais, arquivos e outras organizações culturais), coleções e acervos; restauração de bens móveis e imóveis de reconhecido valor cultural; educação patrimonial e educação ambiental; processos de construção das identidades culturais (etnias, relações de gênero, mulheres). Qualidade de Vida e Saúde: cuidados com a saúde do ser humano (criança, adolescente, jovem, adulto e idoso), incluindo as ações de educação e promoção da saúde, proteção e reabilitação de doenças; práticas esportivas e de lazer; processos 22


de atenção e de inclusão da terceira idade; processos visando à promoção e assistência à saúde animal. Tecnologia, Produção e Inovação: desenvolvimento de produtos ou processos; crescimento e produtividade; inovações e mercado de trabalho; instituições, ciência e tecnologia; áreas estratégicas; processos de desenvolvimento de tecnologia social; relações entre ciência, tecnologia e sociedade. Violência e Direitos Humanos: violência, questões de gênero, de etnia, de orientação sexual, de diversidade cultural, de credos religiosos; promoção, defesa e garantia de direitos; mediação de conflitos; atenção a vítimas de crimes violentos; proteção a testemunhas; projetos de defesa, proteção e promoção de direitos humanos; assistência jurídica e judiciária, individual e coletiva, ações educativas e preventivas ao uso de drogas e para garantia de direitos humanos; planejamento, implementação e avaliação de processos e metodologias de intervenção; policiamento comunitário. Nos documentos anexos, ao final desta publicação, a Ulbra apresenta os projetos de prestação de serviços, outras atividades extensionistas e projetos comunitários desenvolvidos em 2015, sua proposta, públicos atendidos e investimentos realizados (referente alocação de carga horária docente, não contemplando os custos de infraestrutura e materiais). Os referidos projetos são regidos por editais anuais, com foco no atendimento às demandas das comunidades e formação acadêmica. Foram 67 projetos, 59.136 beneficiários diretos, 932 acadêmicos e 128 docentes envolvidos e um montante de investimentos de R$ 1.728.393,04 em remuneração docente. Somam-se aos projetos comunitários, 35 projetos de prestação de serviços (vide anexos) que contabilizam 13.155 beneficiários englobando assistência à saúde humana, assistência à saúde animal, educação e formação profissional, laudos técnicos, assistência jurídica e judicial, atendimento ao público em espaços de cultura, ciência e tecnologia, atividades de propriedade intelectual, com investimento de R$ 1.033.178,40 Cabe destacar as parcerias com instituições públicas e privadas e o diálogo permanente com as comunidades como marca registrada dos projetos comunitários da Instituição que concretizam a concepção de extensão como ethos de diálogo de saberes e formação acadêmica, profissional e cidadã. O calendário de ações comunitárias integradas, por sua vez, promove a interlocução dos diferentes projetos em desenvolvimento com a comunidade acadêmica em geral sob a égide de temas específicos: Educação, Promoção e Defesa de Direitos Humanos; Educação Ambiental; Cultura – Diálogo Intercultural; Responsabilidade Social, Identidade Afro-brasileira e Indígena. Em 2015, foram 624 eventos promovidos nas unidades presenciais e polos EAD com ampla participação docente e discente. Fóruns de extensão, realizados nas diferentes unidades e protagonizados por docentes e discentes, promovem a troca de experiências e lições aprendidas nos projetos desenvolvidos. Outras Atividades Extensionistas Durante o período que compreende fevereiro e dezembro de 2015, foram realizadas 747 atividades de extensão em nove Unidades presenciais da Ulbra no Rio Grande do Sul e nos polos EAD da Universidade no Brasil. Ao todo, 100.409 inscritos participaram de oficinas, palestras e cursos sobre temas diversos, como mobilidade motora adaptada, medicina legal, Língua Brasileira de Sinais (Libras), toxicologia forense, fóruns de ensino, datas comemorativas, entre outras ações de interesse diretamente relacionadas às demandas da comunidade acadêmica da Instituição. Detalhes nos anexos. Instituto de Línguas da Ulbra (Ilulbra) O Instituto de Línguas da Ulbra (Ilulbra) capacita alunos, funcionários e a comunidade externa nas línguas inglesa e espanhola, além de oferecer qualificação em língua portuguesa para estrangeiros. Sua base institucional fica localizada na unidade de Canoas e, em 2015, iniciou o seu processo de expansão para as demais unidades do Rio Grande do Sul, tendo definido a Unidade de Gravataí para oferecer atividades formais do Instituto. Como incentivo ao estudo de línguas estrangeiras, o Ilulbra concede descontos promocionais de 50% sobre o valor das mensalidades para alunos, funcionários e egressos da Universidade. Em 2015, 265 alunos usufruíram desse benefício. Além de oferecer cursos regulares de idiomas, o Instituto desenvolve as seguintes atividades: Teste de Nivelamento: Quando os candidatos apresentam conhecimentos anteriores em língua inglesa ou espanhola, podem solicitar uma avaliação do seu nível linguístico, anteriormente à realização de sua matrícula. A atividade é realizada por um professor do Instituto, de forma gratuita. Em 2015, foram realizados 43 testes gratuitos de nivelamento.

23


Aplicação de Exames de Proficiência em Língua Inglesa e Espanhola: Tais exames destinam-se à avaliação de conhecimentos em língua estrangeira, com vistas à realização de estudos de mestrado e doutorado, em conformidade com a Resolução nº 11/69 do Conselho Federal de Educação (CFE). Nesta atividade, são atendidos candidatos vinculados aos Programas de Pós-graduação Stricto Sensu da própria Ulbra, bem como de outras universidades, tanto do Rio Grande do Sul como de outros estados brasileiros. Em 2015, foram aplicados 152 exames de proficiência em língua inglesa e 77 exames de proficiência em língua espanhola. Aplicação de Exame de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros, Língua Protuguesa para alunos Surdos e Língua Inglesa para Estudos no Exterior: Em 2015 foram aplicados 154 exames. Realização do Ilulbra Learning Festival: Com vistas a incentivar a prática do idioma estrangeiro, a interação com outras culturas, bem como a divulgação de suas atividades, o Ilulbra implementou, em 2014, o Ilulbra Learning Festival – evento gratuito e aberto a todos os interessados e com periodicidade semestral. A segunda edição aconteceu no mês de junho e a terceira, em outubro de 2015, oferecendo palestras e brincadeiras, tendo como foco o aprendizado da língua estrangeira, abrangendo 68 participantes nas duas edições. Interface com a Assessoria de Relações Internacionais: O Ilulbra intermedia o contato de seus alunos com a Assessoria de Relações Internacionais da Ulbra, setor que fomenta, articula e administra a cooperação entre a Universidade e instituições de ensino superior de diversos países, com as quais mantém convênios de cooperação. Destas ações, pode resultar a participação de alunos do Ilulbra em intercâmbios no exterior, bem como a sua participação no Programa de Mobilidade Acadêmica. Paralelamente, o Instituto participa, na condição de convidado, de ações promovidas pela Assessoria de Relações Internacionais da Universidade, incentivando a valorização da cultura de outros países, bem como promovendo a sua oferta de cursos e demais atividades. Educação Ambiental O Museu de Ciências Naturais da Ulbra (MCNU), localizado na Unidade Canoas, tem alcançado reconhecimento em distintas áreas da sociedade brasileira e internacional. As atividades propulsoras que permitem conquistar esse destaque seguem em três direções: atividades de ensino, extensão e de pesquisa. Um conjunto de rotinas aproxima o MCNU e a Universidade da comunidade estudantil, pois existe uma ampla interação no ambiente das escolas de ensino fundamental e médio, a qual resulta em um aporte de ensino via trabalhos comunitários, como palestras educativas de distintos temas, entre os quais saúde e meio ambiente, que atingem em torno mil estudantes por semestre. Como retorno dessa atividade, o Museu recebe visitas dessas escolas, das famílias das crianças e adolescentes atendidos, entre outros grupos, que também conhecem a Mostra Permanente do MCNU, localizada em outro espaço privilegiado do campus Canoas. O Museu e a Mostra Permanente ampliam sua ação extensionista a cada ano. Participam de eventos e ações culturais institucionais internas, como a Semana do Meio Ambiente da Ulbra Canoas e a Expoulbra 2015, que recebeu milhares de visitantes durante três dias. Externamente, o MCNU viajou com sua exposição itinerante e integrou as atividades da Ulbra em uma escola do município, no Dia Nacional da Responsabilidade Social no Ensino Superior, promovido pela Associação Brasileira das Mantenedoras do Ensino Superior (ABMES). Assim, é capitalizado um público anual de cerca de oito mil pessoas, o que se amplia expressivamente com a divulgação na mídia na região metropolitana de Porto Alegre e no interior do Rio Grande do Sul. O importante acervo científico do Museu serve como base para publicações dos pesquisadores que utilizam esse espaço, permitindo a inserção entre distintas instâncias da sociedade: a científica, a partir da produção de artigos científicos e livros; o poder público, quando da participação na formação de opinião ou a partir da formulação de laudos técnicos; e junto à academia, num escopo inter e intramuros, visto que essa produção contribui na sustentação de um ensino de qualidade aos alunos da Universidade. Paralelamente, ocorrem atividades de extensão e pesquisa de diferentes cursos de graduação e pós-graduação, palestras e estágios. Considerando a abrangência da atividade museológica, inventariar números de pessoas atingidas, torna-se um tanto subjetivo, visto que a divulgação na mídia nacional e internacional é incalculável. Em 2015, 17 escolas da região de

24


Canoas foram beneficiadas com o trabalho do Museu, atingindo 796 alunos. Como mercado de estágio universitário, foram beneficiados 12 acadêmicos. O espaço abrigou 120 eventos e atividades.

Política de Internacionalização O Programa de Mobilidade Acadêmica está subdividido em Mobilidade Internacional, através do convênio com 46 universidades estrangeiras, e o de Mobilidade Interna, realizado em qualquer uma das 15 unidades da Mantenedora Aelbra no país. Assim, os integrantes da comunidade acadêmica podem permanecer, de um a dois semestres, em universidade conveniada ou em outra unidade da Ulbra, a fim de realizar disciplinas, projetos de pesquisa e extensão, entre outras atividades. Já o Programa de Cooperação Técnico-Científica visa fomentar ações de cooperação científica internacional com universidades estrangeiras com caráter acadêmico, cultural, tecnológico e de serviço. Destina-se, especialmente, para os programas de pós-graduação da Ulbra, com a possibilidade de expandir a cooperação a outras organizações estrangeiras, como prefeituras, parques tecnológicos ou institutos de pesquisa. Além de gerenciar os fluxos dos programas mencionados, essa política organiza eventos para divulgação de oportunidades no exterior e disseminação de informações culturais de países, como o Sarau das Nações, na Ulbra Canoas, entre outros. Diversos estudantes já realizaram o Programa de Mobilidade Acadêmica, até 2015: - Alunos da Ulbra nas universidades conveniadas - 6 - Estágio internacionla aluno Ulbra - 7 - Estrangeiros recebidos na Ulbra - 5 - Programa de Mobilidade Interna - 5 - Ciência sem Fronteiras - 6 Em 2015, a Ulbra encerrou o ano com instituições conveniadas em 16 países: Argentina, Alemanha, Bélgica, Bolívia, Canadá, Chile, China, Colômbia, Espanha, Estados Unidos, França, Itália, México, Moçambique, Portugal e Uruguai. Nestas parcerias, destaca-se a inserção de seus pesquisadores em projetos de pesquisa de redes internacionais. O curso de Comunicação Social da Unidade Canoas, por exemplo, integrou, de 2013 a 2015, uma rede de 23 países que abordou a Liderança em Relações Públicas e Gestão da Comunicação, coordenada pela Universidade do Alabama, nos Estados Unidos, e o Latin American Communication Monitor, liderado pela Universidade da Flórida, Estados Unidos, e a Universidade Rey Juan Carlos, da Espanha. O principal evento da área internacional é o Sarau das Nações, destinado a apresentar os intercambistas na Ulbra e as experiências internacionais dos seus alunos, além de divulgar aspectos socioculturais e político-econômicos de diferentes países. Em 2015, o 6º Sarau das Nações foi dedicado a Polônia reunindo os intercambistas para apresentar características das suas respectivas nações, especialmente a dança e a culinária. Além do Sarau, foram organizados diferentes eventos com representantes de universidades estrangeiras, destinados a orientar a comunidade acadêmica sobre bolsas de estudos nos diferentes países, assim como programas de formação nos diferentes níveis de ensino. A Ulbra recebeu 3 delegações de professores e estudantes dos Estados Unidos, Chile e Colômbia, em 2015. Tais visitas promoveram a discussão e articulação de projetos de pesquisa em comum, assinatura de convênio marco ou cursos de extensão, preparados de acordo com a demanda das instituições de ensino superior estrangeiras conveniadas.

Política de Gestão de Pessoas A Ulbra adota como princípio fundamental que orienta sua Política de Recursos Humanos (docentes, tutores e técnicoadministrativos) a valorização e o respeito aos profissionais que atuam no desenvolvimento e implementação do seu projeto institucional de Universidade, com vistas ao bom desempenho de suas funções. Os princípios norteadores da Ulbra para o estabelecimento de uma Política de Recursos Humanos são: - Dignidade da pessoa humana - a base filosófica da política organizacional da Ulbra é a dignidade da pessoa humana feita à imagem e semelhança de Deus, digna de todo bem, toda justiça, toda verdade que liberta, toda promoção e aperfeiçoamento;

25


- Convivência humana - a promoção dos valores humanos da convivência democrática e produtiva num ambiente de mútua cooperação e respeito; - Unidade organizacional - unidade de concepção organizacional, de visão de futuro, de missão social e científica e de valores cristãos a serem vivenciados e difundidos; - Relação custo-benefício - cada ação e decisão deve ser encarada e analisada como algo que tem custos e benefícios para todas as partes interessadas. As diretrizes básicas da política de gestão de pessoas da Universidade são: - Fomento de condições de trabalho que favoreçam o desenvolvimento profissional dos funcionários; - Oferta de plano de benefícios aos colaboradores técnico-administrativos, docentes e a seus dependentes, objetivando a sua constante formação e aprimoramento profissional; - Promoção de medidas e ações preventivas focadas na segurança, saúde, integridade física e psíquica no ambiente de trabalho; - Diálogo permanente e mobilização dos funcionários na busca dos objetivos estratégicos institucionais; - Desenvolvimento de lideranças que inspiram pelo exemplo pessoal, apontando metas, caminhos e equilibrando a exigência e afetividade na busca dos resultados almejados; - Consolidação de um quadro docente titulado e altamente qualificado que responda em qualidade e quantidade o exercício das funções universitárias no ensino, pesquisa, extensão e cultura, procurando atender aos padrões e indicadores de qualidade fixados pelo MEC; - Recrutamento e seleção, interna e externa, de profissionais qualificados, mediante política específica para docentes, tutores e técnico-administrativos estabelecidas nos respectivos Planos de Carreira; - Qualificação institucional dos funcionários na sua área de atuação, através de cursos ofertados nos níveis de lato sensu e stricto sensu da Instituição ou através de cursos de atualização e aperfeiçoamento internos e externos; - Identificação e desenvolvimento de competências individuais e coletivas; - Capacitação e treinamento institucionalizado e permanente conforme a matriz de capacitação; - Estabelecimento dos critérios para a avaliação de desempenho dos funcionários de acordo com o seu plano de carreira e como subsídio para o sistema de treinamento e desenvolvimento.

Política de Responsabilidade Social A Ulbra entende responsabilidade social como um compromisso com o desenvolvimento das regiões em que está inserida, através do estabelecimento de uma rede de cooperação permanente com diversas organizações de caráter científico, tecnológico, ambiental, cultural e social. Essa interação inclui a realização de cursos, a promoção de eventos, a prestação de serviços e o desenvolvimento de projetos extensionistas em todas as unidades de ensino superior, presencial e EAD, conforme apresentado na política de extensão. Somando-se ao apresentado, através do Prouni e bolsas de ensino, pesquisa e extensão, a Ulbra inclui cerca de 12.858 alunos em suas unidades de ensino superior, cumprindo sua missão de difundir e preservar o conhecimento e a cultura pelo ensino, pesquisa e extensão, buscando permanentemente a excelência na formação pessoal e técnica de profissionais qualificados e empreendedores através da inovação, da inclusão social e do desenvolvimento comunitário. A Capelania Universitária realiza relevantes ações comunitárias, nas diferentes Unidades da Ulbra. Confira mais informações nos anexos. No que se refere a ações culturais e artísticas, destaca-se a Orquestra de Câmara da Ulbra, criada em julho de 1996, com o intuito de somar-se às iniciativas da Universidade nas áreas da cultura e dos programas comunitários. Desde então, a orquestra desenvolve vários projetos: Concertos de Temporada, com enfoque erudito; Concertos Didáticos, voltados às escolas da rede de ensino pública, atendendo crianças de 8 a 12 anos, visando à formação de plateia e o contato com a música de orquestra; e Concertos Populares, que oferecem outras vertentes de música orquestrada. O grupo é composto por músicos que utilizam instrumentos de cordas, composto por quatro primeiros violinos, quatro segundos violinos, duas violas, dois violoncelos e um contrabaixo, sob a regência de um maestro regente e também responsável pela direção artística. Em relação aos Concertos de Temporada, apresentam importantes obras do repertório erudito, abrangendo composições do período barroco ao contemporâneo, mesclando propostas de gêneros além dos eruditos, com ênfase à música

26


brasileira, tendo por objetivos: - Democratizar o acesso à música erudita; - Oportunizar o intercâmbio de culturas através da apresentação de repertório entre o erudito, o contemporâneo e clássicos de todos os gêneros; - Buscar a participação de solistas de renome nacional e internacional nos concertos da capital; - Levar ao público das cidades do interior a oportunidade de contato com a música de orquestra entre o erudito e os grandes clássicos de todos os gêneros. A média de público anual está em torno de 5.200 espectadores. A cada concerto são convidados músicos de expressão no cenário cultural do Brasil e de outros países para apresentarem-se com a Orquestra de Câmara da Ulbra. Nesta dinâmica de conteúdo e forma é possível difundir a cultura musical do erudito ao contemporâneo, permitindo acesso a outras culturas, levando a música erudita, executada com excelência, a milhares de pessoas. O projeto contribui para o desenvolvimento da música erudita no Rio Grande do Sul, proporcionando espetáculos inesquecíveis. Nos concertos é apresentado ao público um pouco da história da música do mundo, por meio de composições de estilos que transitam entre o barroco e o contemporâneo, passando pelas instrumentações de cada época. Considerando o intercâmbio de técnicas musicais e de fronteira cultural que se estabelecerá durante o andamento do projeto, a iniciativa proporcionará aos músicos um amadurecimento artístico e ao público em geral o acesso qualificado e crítico em relação à musica erudita. Na cidade de Porto Alegre, os concertos acontecem na Associação Leopoldina Juvenil, há 12 anos, cuja sala de concertos é considerada de excelência acústica, com capacidade para 700 espectadores. Haja vista a gratuidade e proposta de interiorização, os concertos visam atingir todas as classes sociais, de diferentes idades e níveis culturais. Os dados abaixo evidenciam o alcance deste programa institucional no ano de 2015.

Concertos Didáticos Número de concertos pela Lei Rouanet: 5 Valor total captado: R$60.000,00 Média de público por concerto: 400 crianças Público total: 2.000 crianças Cidades atendidas: Cachoeira do Sul, Canoas, Gravataí, Santa Maria e Torres Número de concertos pela LIC/RS: 7 Valor total captado: R$139.000,00 Média de público por concerto: 500 crianças Público total: 3.500 crianças Cidades atendidas: Alvorada, Canoas, Esteio, Gravataí, Novo Hamburgo e São Jerônimo Concertos de Temporada Número de concertos: 9, sendo 4 deles sem patrocínio e 5 com recursos da LIC/RS Recursos próprios investidos: R$60.000,00 Valor total captado: R$190.000,00 Cada concerto com patrocínio da LIC teve como convidado um projeto social voltado para música. Compareceram representantes dos projetos Tchelistas e Prelúdio Média de público por concerto: 650 espectadores Público total: 5.850 espectadores

27


Concertos Populares Número de concertos: 2 Projeto patrocinado pela LIC/RS Valor total captado: R$230.00,00 Valor total investido: R$150.000,00 Público por concerto: 1.100 Público total: 2.200 espectadores Concertos nos Campi Número de concertos: 7 Recursos próprios investidos: R$ 15.000,00 Média de público por concerto: 350 espectadores Público total: 2.450 Cidades atendidas: Cachoeira do Sul, Gravataí, Guaíba, Porto Alegre, Santa Maria, São Jerônimo e Torres

Política de Acessibilidade A Universidade tanto é produtora de ensino superior que prepara profissionais altamente qualificados, como uma instância de desenvolvimento de canais de convivência e formação de pessoas, onde todos (alunos, colaboradores, professores e comunidade em geral) devem estar incluídos, consideradas suas diferenças e necessidades individuais, de modo a vivenciarem o pertencimento à Instituição. A plena integração das pessoas somente será atendida na medida em que haja acesso a todos os espaços disponíveis na Universidade, quais sejam: biblioteca, laboratórios, salas de aula, ambientes laborais, espaços de práticas esportivas, de lazer, restaurantes, meios de transporte etc. Neste sentido, o Programa Permanente de Acessibilidade da ULBRA, em alinhamento com a legislação vigente, atua em articulação com os Núcleos de Apoio Docente/Discente, de apoio administrativo (Recursos Humanos, Engenharia/ Arquitetura) e a Pastoral. Suas ações estão alinhadas com as de extensão, pesquisa e ensino, tanto na modalidade presencial como EAD. Em 2015, a Universidade implementou a representação do PPA em todas as suas Unidades, atendendo 160 alunos com algum tipo de deficiência. Deste modo, garante a plena adequação dos princípios norteadores de suas ações na área, que estão baseados em três principais aspectos: estudos de ações (monitoramento da realidade), intervenções (adequações e ajustes) e formação (ações formativas e de capacitação), contemplando as oito áreas ou setores, apontados pelo Ministério da Educação, nos quais a acessibilidade pode ser dividida, a saber: acessibilidade atitudinal; arquitetônica; metodológica/pedagógica; programática; instrumental; nos transportes; nas comunicações e digital. Dentre as ações desenvolvidas pelo PPA, destacam-se: - Suporte aos processos pedagógicos, tanto no atendimento aos alunos quanto aos professores (disponibilização de intérpretes de Libras, ledores, materiais com preparo específico e capacitação de docentes, entre outros); - Promoção de eventos específicos, voltados ao debate sobre temas relacionados à acessibilidade; - Fomento ao desenvolvimento de estudos sobre a acessibilidade; - Fomento ao desenvolvimento de projetos específicos de interesse da área; - Fomento à produção acadêmica na área;

28


- Interface com o desenvolvimento de projetos comunitários relacionados à área; - Oferta de cursos de formação e qualificação de profissionais que atuam direta ou indiretamente com as pessoas com deficiência, tais como: Abordagem com cidadania a Pessoas com Deficiência, Libras, Audiodescrição e outros; - Execução e acompanhamento legal, administrativo, institucional, prático, e operacional de ações e projetos a serem implantados pela Ulbra no campo da acessibilidade; - Acompanhamento do aprimoramento de espaços físicos, com vistas à atenção das demandas apresentadas pelas pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida; - Suporte à área de Recursos Humanos, com vistas à seleção de pessoas com deficiência para os quadros funcionais, à melhor integração de funcionários com deficiência no ambiente laboral, bem como ao acolhimento e desenvolvimento destas pessoas; - Interface com segmentos da sociedade civil organizada, relacionados à área, bem como com órgãos como conselhos, secretarias e coordenadorias promotoras das políticas públicas voltadas às pessoas com deficiência. Nas tomadas de decisão, no âmbito do PPA, estão presentes as seguintes diretrizes: - cada pessoa deve ser considerada como primeira e única; - a atenção deve ser individual, contemplando-se as demandas de cada um; - o foco das ações deve estar na capacidade e não na limitação das pessoas. Assim agindo, a Universidade propõe a descontinuação das formas tradicionais “paternalista/assistencialista” com as quais as questões das pessoas com deficiência são historicamente tratadas, instituindo um novo paradigma centrado nos valores universais da cidadania e dos direitos humanos. Dos eventos realizados em 2015, destacam-se: - 2ª Semana Ulbra de Acessibilidade – realizada em maio, nas Unidades da Ulbra em: Cachoeira do Sul, Canoas, Carazinho, EAD, Gravataí, São Jerônimo e Torres. Total de atividades realizadas: 60 Pessoas beneficiadas: 3.988 - 2ª Semana Ulbra da Pessoa com Deficiência – realizada em agosto, nas Unidades da Ulbra em: Cachoeira do Sul, Canoas, Carazinho, EAD, Guaíba, Gravataí, Porto Alegre, São Jerônimo, Santa Maria e Torres. Total de atividades realizadas: 76 Pessoas beneficiadas: 1.920 Programa Saúde Vocal no Ensino Constituição de programa voltado aos professores vinculados à Ulbra conteplando:. - vídeos, manual de orientações, formulário de levantamento de dados sobre a saúde vocal e a r ealização de oficinas piloto com professores de cursos de graduação, com integrantes do Colegiado da Reitoria e participantes da Reunião de Planejamento Estratégico da mantenedora, Ulbra. - Participantes: 116 pessoas. - Preparo de oficinas virtuais, a serem oferecidos pela NetAula

29


Alunos PCD nas Unidades Ulbra/RS 2015 Tipo de deficiência

Quantidade

Cegueira

6

Baixa visão

19

Surdez

11

Deficiência auditiva

17

Deficiência Física

35

Deficiência intelectual

7

Deficiência Psicossocial

4

Total

99

Diversidade Cultural O Núcleo de Estudos Afro-brasileiros e Indígenas (NEABI) da Ulbra, fundado em 27 de maio de 2014, no campus Canoas, está em consonância com as Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação das Relações Étnico-raciais e Para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Indígena, preconizadas na Lei nº 11.645, de 10 de março de 2008, e na Resolução CNE/CP nº 01, de 17 de junho de 2004. As diretrizes aprovadas sustentam-se no contexto da política de ações afirmativas, pelo reconhecimento, valorização e afirmação de direitos livre de qualquer tipo de discriminação racial, social e cultural; do reconhecimento e valorização da história, cultura e identidade dos descendentes de africanos; da formação de cidadãos numa sociedade multicultural e pluriétnica; e da valorização das culturas indígenas e respeito aos seus direitos, bem como de afro-brasileiros e asiáticos. Neste contexto, a Universidade mantém no cotidiano da formação dos acadêmicos da graduação diferentes ações, de valorização da diversidade, visando à promoção de conhecimentos, atitudes, posturas e valores que os eduquem como cidadãos na construção de uma nação democrática. Dentre as várias ações implementadas através de atividades curriculares ou extracurriculares, perpassando pelos diferentes cursos, pode-se destacar: estudo de conteúdos relacionados às culturas indígenas e afro-brasileiras em disciplinas de formação universal (Cultura Religiosa e Sociedade e Contemporaneidade); e na disciplina Estudos das Relações Étnicas Afro-brasileira e Indígena; realização de palestras e eventos com estudiosos do assunto e personalidades ligadas aos movimentos sociais; aprofundamento de estudos através de pesquisas e atividades similares; promoção de ações culturais e artísticas, entre outras. Outro ponto a destacar é a inclusão do tema das relações étnico-raciais na formação pedagógica continuada dos docentes da Universidade, pois há o entendimento da complexidade que envolve o processo de construção da identidade negra no país e a crença de que o ambiente acadêmico tem plenas condições de colaborar com o combate ao racismo, discriminação, exclusão, injustiça e preconceito. De forma interdisciplinar, os diferentes cursos têm realizado palestras e eventos com estudiosos do assunto e outras personalidades ligadas aos movimentos sociais; aprofundamento de estudos através de pesquisas e outras atividades similares; promoção de atividades culturais e artísticas, entre outras. A Ulbra, em parceria com a Secretaria Municipal da Saúde de Canoas, desenvolve um projeto denominado de Quilombolas. O objetivo deste projeto é atender a comunidade descendente de africanos na sua origem, moradores do bairro Mathias Velho, para melhorar a saúde desta população, conhecer suas peculiaridades e vincular esta população ao sistema de saúde. Participam deste projeto os alunos do nono semestre do curso de Medicina, acompanhados de professor do curso. 30


Gestão Ambiental e Paisagismo A questão ambiental é o tema político mais importante na sociedade contemporânea globalizada. Considerando-se o modelo vigente de desenvolvimento econômico insustentável ecologicamente e responsável pela crescente sobreexploração e pelos esgotamentos regionais dos recursos naturais, a preservação ambiental tornou-se decisiva ao concerto pacífico entre as nações. A crise ambiental demanda uma abordagem transdisciplinar, posto que possui dimensões educacional, científica, éticomoral, legal, econômica, psicossocial, epistêmica, demográfica, entre outras, e, assim, envolve toda a sociedade humana. Nesse cenário urgente e complexo, consoante às orientações da Resolução CNE nº 2, de 15 de junho de 2012, que estabelece as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Ambiental, a Ulbra ciente de sua responsabilidade socioambiental enquanto instituição de ensino superior, assume papel de protagonista ao definir uma agenda estratégica de ações voltada à sustentabilidade ambiental denominada Agenda Ulbra Eco sapiens (Resolução CONSUN nº 31, de 30 de agosto de 2012). A Agenda Ulbra Eco sapiens é um projeto institucional, estratégico, integrado e multidisciplinar, fundamentado na compreensão sistêmica do meio ambiente. Considera a interdependência entre o meio natural, o socioeconômico e o cultural, sob o enfoque da sustentabilidade ambiental. Entende o exercício da cidadania intrinsecamente vinculado às múltiplas dimensões da questão ambiental, por exemplo: política, legal, ética, epistêmica, educacional, científica, etc. Baseia suas decisões e ações em um enfoque humanista, democrático, participativo e plural, na perspectiva da inter, multi e transdisciplinaridade. Citam-se, como exemplo, alguns dos projetos que integram a Agenda: Museu de Ciências Naturais, Centro de Educação Socioambiental, Unidade de Triagem e Reciclagem, Logística Reversa de Medicamentos e Implantação de Coleta Seletiva em algumas Unidades. Em 2015, o Setor de Gestão Ambiental e Paisagismo da Ulbra prestou as seguintes ações: - Entrada do processo de regularização de Licenciamento Ambiental junto à Fepam; - Manutenção paisagística nos jardins e áreas verdes; - Regularizações de alvarás da Vigilância Sanitária; - Planejamento e desenvolvimento do Plano de Gerenciamento de Resíduos Sólidos do Hospital Veterinário e Clínicas de Odontologia; - Acompanhamento contínuo de contratos e fornecedores relacionados à área, como por exemplo, de resíduos, potabilização da água e controle de pragas e emissão de relatório técnico de acompanhamento; - Participação e acompanhamento de vistorias dos órgãos de fiscalização; - Busca de fornecedores e orçamentos de serviços e equipamentos necessários relacionados às áreas de paisagismo, meio ambiente e vigilância sanitária; - Coleta e destinação de resíduos perigosos, como lâmpadas e resíduos químicos, oriundos de laboratórios de ensino e pesquisa (Classe I); - Coleta e destinação ambientalmente adequada de resíduos sólidos domésticos e recicláveis (Classe II); - Apoio técnico, vistorias e atendimento da área de Paisagismo em outras Unidades Ulbra; - Palestras sobre educação ambiental, no Mês do Meio Ambiente, na Rede de Escolas da Ulbra; - Participação em projetos acadêmicos, como a Expoulbra; - Estudo ambiental de vegetação para autorização de órgão ambiental para podas de manutenção operacional; - Viabilidade técnica de regularização de licenciamento ambiental; - Rondas diárias para efetivo gerenciamento de resíduos no campus; - Emissão de Relatórios Técnicos e apresentação de indicadores mensais a alta gerência; - Atividades de combate e prevenção ao Aedes aegypti.

31


Atividades da Ulbra Canoas no Dia Nacional de Responsabilidade Social no Ensino Superior.

PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

32


Serviços, Ações e Contribuições para a Sociedade Gratuitos ou com Subsídios Qualidade de Vida e Saúde Unidade / Curso

Objetivos do Serviço Prestado

Beneficiários

Investimento R$

Unidade: Canoas Atendimento Odontológico e Procedimentos Bucomaxilofaciais em Animais Domésticos / Medicina Veterinária

O projeto atende demandas da comunidade carente, relativas a animais portadores de doenças específicas da cavidade oral, visando à manutenção da saúde geral. Promove a Semana da Saúde Bucal em Cães e Gatos, orientando proprietários na necessidade de uma rotina de higienização oral destes animais, visando prevenir doenças.

232

16.527,52

Atenção Fisioterapêutica Comunitária na Infância / Fisioterapia

Atendimento a bebês e crianças com transtornos no desenvolvimento neuropsicomotor encaminhados dos hospitais, Unidades Básicas de Saúde, comunidade de Canoas e região. Estes são avaliados e recebem tratamento fisioterapêutico na Clínica-escola da Ulbra.

24

8.263,76

Avaliação Fisioterapêutica e Seguimento Ambulatorial de Bebês Prematuros de Risco / Fisioterapia

O projeto atende bebês prematuros de risco, que são avaliados através da Escala Motora de Alberta no ambulatório do hospital. O seu desenvolvimento psicomotor será acompanhado de recém-nascido até um ano e seis meses ou até a aquisição da marcha independente.

200

8.263,76

Internato da Cirurgia do Trauma /Medicina

A iniciativa visa integrar os acadêmicos da Liga do Trauma e da Liga de Cirurgia Geral às rotinas do Hospital de Pronto Socorro de Canoas, na cirurgia do trauma, e do SAMU.

400

4.131,88

P.A.R.T.Y./ Medicina

O projeto P.A.R.T.Y promove aulas de conscientização sobre os prejuízos do uso do álcool para os acadêmicos.

200

4.131,88

Escolas Esportivas/ Educação Física Bacharelado

Crianças e jovens participam de um programa de esportes em três níveis. Nível 1: formação de base, onde vivenciam diversas modalidades esportivas; Nível 2: formação específica, onde há o direcionamento às modalidades conforme a aptidão esportiva; e Nível 3: aqueles que apresentarem indicadores diferenciados de performance serão treinados em alto nível, podendo até mesmo serem encaminhados para equipes de alto rendimento.

400

4.131,88

1.456

45.450,68

Total

33


Unidade: Cachoeira do Sul Atendimento Fisioterapêutico na Central de Atendimento ao Cidadão (CAC) / Fisioterapia

Acadêmicos atendem a comunidade e aplicam o conhecimento teórico com a prática do tratamento fisioterapêutico nas disfunções músculo-esqueléticas e neurológicas. Ainda praticam em nível ambulatorial, quanto ao diagnóstico, tratamento e prognóstico.

1.020

56.464,00

Atendimento Fisioterapêutico no Asilo Nossa Senhora Medianeira /Fisioterapia

Acadêmicos vivenciam a prática de intervenção fisioterapêutica curativa e preventiva (nível secundário e terciário).

456

44.759,00

Atendimento Fisioterapêutico no Hospital de Caridade e Beneficência /Fisioterapia

Acadêmicos vivenciam a aplicação dos princípios das intervenções nas alterações pneumofuncionais nas sequelas de patologias neurofuncionais, metabólicas e oncológicas dos pacientes durante o tratamento fisioterapêutico hospitalar.

1.072

28.232,00

Atendimento Fisioterapêutico no ESF Bairro Carvalho / Fisioterapia

Os acadêmicos realizam uma criteriosa avaliação cinesiológica funcional para traçarem objetivos e condutas fisioterapêuticas. O tratamento domiciliar atende uma população que não tem condições físicas de deslocamento, nem financeiras para custear um tratamento particular.

419

28.232,00

Atendimento Fisioterapêutico na Disciplina de Fisioterapia Pneumofuncional / Fisioterapia

Os alunos prestam atendimento aos pacientes internados na Pediatria, na Unidade de Cuidados Intensivos – Neonatal, e no Pronto Atendimento do Hospital de Caridade e Beneficência. Aplicam fisioterapia respiratória, com avaliação, estabelecimento de objetivos e aplicação de condutas, desenvolvendo assim o raciocínio clínico.

84

14.116,00

Atendimento Fisioterapêutico na Disciplina de Fisioterapia Traumato-ortopédica e Reumatológica Funcional / Fisioterapia

Os estudantes praticam o conhecimento teórico do tratamento fisioterapêutico nas disfunções músculo-esqueléticas em nível ambulatorial, quanto ao diagnóstico, tratamento e prognóstico.

74

16.527,52

Atenção Fisioterapêutica no Pós-operatório de Mastectomia / Fisioterapia

Acadêmicos prestam atendimento a mulheres acometidas por CA de mama, submetidas à mastectomia

27

8.263,76

Atenção Integral ao Doente Renal Crônico e Núcleo Familiar: abordagem multidisciplinar / Fisioterapia e Odontologia

Acadêmicos realizam o atendimento fisioterapêutico e odontológico para os pacientes renais crônicos e seus familiares.

10

14.119,20

3.162

210.713,48

Total

34


Unidade Carazinho Caravana da Saúde Ulbra Carazinho/ Educação Física – Bacharelado, Biomedicina, Estética e Cosmética e Enfermagem.

Acadêmicos desenvolvem ações de saúde, beneficiando a comunidade em escolas, entidades, instituições, Unidades Básicas de Saúde e de assistência social. O projeto engloba oficinas, prestação de serviços clínicos, palestras, entre outras atividades.

410

4.131,88

Total

410

4.131,88

Esse atendimento em saúde mental existe há mais de 15 anos, prestando apoio psicoterápico para moradores da região. Acadêmicos realizam consultas individuais, psicodiagnósticos e sessões de psicoterapia em grupo para homens e mulheres de todas as idades. Com uma demanda média de 200 atendimentos por semestre, a CESAP é uma referência para encaminhamentos de escolas, órgãos públicos municipais e empresas da região.

70

28.923,16

Total

70

28.923,16

Atendimento ao Idoso Institucionalizado pelos Alunos do Curso de Odontologia / Odontologia

O projeto previne e trata lesões bucais e traumas ortodônticos em idosos institucionalizados na Associação de Velhinhos de Torres (SLAVE), por meio de exames, consultas e atendimentos semanais avaliativos, analisados estatisticamente por um software de computador que auxilia o acompanhamento dos pacientes. Aqueles que apresentam necessidades de tratamento ou diagnóstico de lesões cancerígenas bucais são encaminhados à Clínica-escola.

35

8.263,76

Fisioterapia na Hemodiálise no Hospital Nossa Senhora dos Navegantes / Fisioterapia

Com o objetivo de atenuar os sintomas provocados pela insuficiência renal crônica em pacientes do Hospital Nossa Senhora dos Navegantes, acadêmicos elaboram programas de exercícios específicos para o tratamento de adultos e idosos com complicações renais.

15

8.263,76

Fisioterapia em Geriatria / Fisioterapia

O projeto proporciona saúde e bem-estar para idosos do Lar dos Velhinhos. Desenvolvida por alunos, a iniciativa prevê a realização de exercícios de correção postural, fundamentais para prevenir e tratar o aparecimento de doenças degenerativas do sistema nervoso central.

29

16.527,52

Total

79

33.055,04

Unidade Guaíba Clínica-escola de Serviço de Atendimento Psicológico (CESAP)/ Psicologia

Unidade: Torres

35


Serviços, Ações e Contribuições para a Sociedade Gratuitos ou com Subsídios Educação e Formação Profissional

Objetivos do Serviço Prestado

Número de Beneficiários

Investimento R$

Unidade: Canoas Atendimento Clínico para Equinos de Proprietários de Baixa Renda / Medicina Veterinária

Desde 1999, alunos e professores do curso de Medicina Veterinária atendem, periodicamente, cavalos de todas as raças e portes. Na Clínica de Equinos do Hospital Veterinário do campus, proprietários com renda de até R$ 600,00 podem agendar consultas e exames médicos gratuitos para seus animais. No local também são realizados tratamentos preventivos contra lesões traumáticas e doenças infecciosas. Desde a criação do projeto, estima-se que mais de 1.500 cavalos tenham sido atendidos pelos acadêmicos e residentes da Universidade.

300

33.048,00

Castração de Cães e Gatos / Medicina Veterinária

Ações e programas para castração de cães e gatos propiciando saúde aos animais.

220

16.527,52

Curso Preparatório para o Enem / Pedagogia

Alunos de cursos de licenciatura ministram aulas de reforço para quem deseja preparar-se para o ENEM. Os encontros quinzenais ocorrem no campus e preveem a realização de exercícios comentados de Língua Portuguesa, Matemática, Ciências Biológicas e todos os outros conteúdos que caem no Exame. Através dessa iniciativa, os acadêmicos colocam em prática suas competências pedagógicas e didáticas ao mesmo tempo em que ajudam jovens e adultos da região metropolitana a ingressar no ensino superior.

700

198.288,00

Gestão de Carreiras, Educação e Orientação Profissional / Psicologia e Pedagogia

Para quem busca uma colocação ou recolocação no mercado de trabalho, a Ulbra oferece um completo Programa de Gestão de Carreiras. São sessões de aconselhamento, coaching e orientação profissional, além de uma oficina temática sobre aposentadoria. A iniciativa multidisciplinar conta com a cooperação de alunos e professores dos cursos de Psicologia, Pedagogia e Educação nas Organizações.

400

89.882,00

Total

1620

337.745,52

O projeto promove a formação continuada de professores que atuam nas redes municipal e estadual da educação básica, bem como pais e alunos, dos municípios vizinhos. A Ulbra desenvolve encontros de assessoria pedagógica, junto aos professores das referidas escolas visando uma proposta metodológica, de acordo com a pedagogia de projetos, sob os princípios da cidadania e cooperação, no período de fevereiro a dezembro, conforme estabelecido com as Secretarias Municipais de Educação e assessores de projetos sociais do Sicredi.

2.460

16.527,52

Total

2.460

16.527,52

Unidade: Carazinho Educação Cooperativa: a união faz a vida / Pedagogia

36


Unidade: Gravataí Brinquedoteca - Espaço Lúdico Científico / Pedagogia

Em um espaço lúdico, organizado com jogos, brinquedos e acessórios que possibilitam o brincar tranquilo, acadêmicos atendem crianças de 3 a 13 anos e adultos, para exercerem seu direito de brincar, durante o período de três horas. São oportunizados empréstimos de livros e brinquedos para as crianças que sejam associadas. O espaço estará dividido em ambientes: faz-deconta (casinha), biblioteca, sala de jogos com regras, artes, sucatoteca, e ambiente externo. São oferecidas oficinas pedagógicas com o intuito de oportunizar aos acadêmicos dos cursos de licenciaturas e Pedagogia agregando a sua formação como profissionais da educação, uma outra perspectiva de saber fazer aprender brincando.

230

12.393,00

Total

230

12.393,00

Serviço de Consultoria e Desenvolvimento Institucional - Escola (Secodi) / Psicologia

O Secodi é um dos serviços do curso disponibilizado para as escolas da região e como campo de estágio curricular aos acadêmicos, nos estágios de Psicologia - Ênfases IB. Tem como proposta o atendimento às instituições de ensino e empresas através do apoio e promoção de projetos de desenvolvimento institucional. A orientação profissional e a metodologia de abordagem clínica e informacional têm foco no ensino médio, ocorre através de encontros coletivos e individuais. São trabalhados temas como sexualidade, gravidez da adolescência, AIDS e DSTs, em palestras expositivas, dialogadas e workshops com base construtivista.

315

4.131,88

Serviço de Assistência Jurídica Gratuita (SAJULBRA) /Direito

O SAJULBRA configura-se como projeto comunitário à medida que proporciona à comunidade em geral atendimento jurídico gratuito por meio de acadêmicos do Direito, objetivando a efetividade do livre acesso à Justiça para a população carente das Comarcas de Guaíba e Camaquã.

130

57.846,32

Serviço e Pesquisa em Psicologia Social Institucional e Comunitária (SEPCOM)/ Psicologia

Através do (SEPCOMI), alunos do curso de Psicologia realizam estágios curriculares e colocam em prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula ao mesmo tempo em que desenvolvem um importante trabalho de assessoramento técnico junto de instituições de cunho social, órgãos do poder público e ONGs.As sessões de consultoria, intervenções psicossociais, institucionais e comunitárias são realizadas na Clínica-escola de Psicologia do campus, mediante agendamento, e visam promover a prevenção e manutenção da saúde mental dos inscritos no projeto.

600

12.395,64

1.045

74.373,84

Unidade: Guaíba

Total

37


Unidade: Torres Cinema, Papo e Profissão / Psicologia

Comunicação Mídia e Marketing

O objetivo deste projeto é sensibilizar os alunos e alunas do terceiro ano do ensino médio a pensar criativa e coletivamente sua escolha profissional. O projeto pretende ser mais um instrumento de intervenção com este público, a fim de que o processo de escolha profissional seja menos oneroso e mais maduro. Através de um processo de autoconhecimento, o adolescente tem a oportunidade de pensar com maturidade esta escolha tão importante para seu futuro profissional.

110

33.048,00

Total

110

33.048,00

Beneficiários

Investimento R$

Identifica, junto aos consumidores canoenses, quais as marcas e personalidades mais lembradas e qual a sua participação nas mentes destes consumidores.

2.000

33.048,00

Total

2.000

33.048,00

Beneficiários

Investimento R$

Esse projeto de Tecnologia de Informação tem por objetivo manter um cadastro de associados e os seus dependentes, gerar carteiras de associado e emissão de relatórios para gerenciar a associação. O projeto foi desenvolvido utilizando a metodologia SCRUM e as ferramentas ASP. NET MVC, HTML5, JAVASCRIPT, C# E MYSQL.

1

70.580,00

Total

1

70.580,00

Beneficiários

Investimento R$

41

42.348,00

Objetivos do Serviço Prestado

Unidade: Canoas Marcas & Líderes 2015 / Comunicação Social Publicidade e Propaganda.

Tecnologia, Produção e Inovação

Objetivos do Serviço Prestado

Unidade: Torres Onsaba - Aplicativo para a Associação do Bairro São Francisco de Torres / Análise de Sistemas

Violência e Direitos Humanos

Objetivos do Serviço Prestado

Unidade: Canoas SAJULBRA na Comunidade / Direito

O Serviço de Assistência Jurídica Gratuita, o SAJULBRA, é uma iniciativa do Núcleo de Prática Jurídica da Ulbra. Através dele, estudantes de Direito têm a oportunidade de unir a teoria da sala de aula com o tipo de prática exigida pelo mercado de trabalho. Os alunos inscritos nesse programa, ao mesmo tempo em que exercitam o conhecimento jurídico, prestam auxílio legal à população carente; tudo isso com supervisão e orientação de professores e funcionários da Instituição.

38


Unidade: Torres Perícias em Psicologia/ Psicologia

Desenvolvimento Regional

O presente projeto visa ao atendimento prioritário em Assessoria Psicológica para a população vulnerável de Torres. Ocorre dentro do Fórum, a convite do Juiz da Vara de Família, e prevê a realização de laudos, pareceres e perícias psicológicas para a comunidade.

10

49.572,00

Total

51

91.920,00

Beneficiários

Investimento R$

O Escritório Modelo propõe criar uma estrutura permanente de prestação de serviços de consultoria e assistência técnica em arquitetura e urbanismo. Objetiva fortalecer as relações com a comunidade, contribuir para a melhoria das condições ambientais e de uso dos espaços urbanos e residenciais. O público-alvo são comunidades tradicionalmente à margem da atuação profissional de arquitetos e urbanistas, especialmente moradores de assentamentos precários e comunidades indígenas.

1

24.791,28

Total

1

24.791,28

Beneficiários

Investimento R$

Acadêmicos proporcionam um importante serviço de atendimento clínico a pacientes com deficiências físicas, intelectuais e cognitivas internados em instituições de saúde do município de Canoas e região. Além dos procedimentos clínicos, realizados na Clínica de Odontologia da Universidade, a iniciativa ainda prevê a realização de visitas semestrais às entidades credenciadas junto ao projeto.

460

16.524,00

Total

460

16.524,00

Objetivos do Serviço Prestado

Unidade: Torres Escritório Modelo de Arquitetura e Urbanismo/ Arquitetura e Urbanismo

Acessibilidade

Objetivos do Serviço Prestado

Unidade: Canoas Conquistando Saúde Atendimento Odontológico de Pessoas com Deficiência /Odontologia

Total Geral

13.155

1.033.178,40

39


Outras Atividades Extensionistas Durante o período que compreende fevereiro e dezembro de 2015, foram realizadas 747 atividades de extensão em nove Unidades presenciais da Ulbra no Rio Grande do Sul e nos polos EAD da Universidade no Brasil. Ao todo, 100.409 inscritos participaram de oficinas, palestras e cursos sobre temas diversos, como mobilidade motora adaptada, medicina legal, Língua Brasileira de Sinais (Libras), toxicologia forense, fóruns de ensino, datas comemorativas, entre outras ações de interesse diretamente relacionadas às demandas da comunidade acadêmica da Instituição. Unidades Presenciais

Cursos

Participantes

Eventos

Participantes

Cachoeira do Sul

13

307

30

3.498

Canoas

35

1.522

60

24.158

Carazinho

24

1.074

141

18.065

Gravataí

10

417

23

3.372

Guaíba

2

87

41

9.687

Porto Alegre

3

27

1

25

São Jerônimo

7

231

42

7.533

Santa Maria

3

76

50

3.320

123

714

83

18.717

6

4.842

153

2.737

123

9.297

624

91.112

Torres Polos EAD Brasil Totais Gerais

40


Atividades da Ulbra Canoas no Dia Nacional de Responsabilidade Social no Ensino Superior

PROJETOS COMUNITĂ RIOS

41


Projetos Comunitários

Programa: Qualidade de Vida e Saúde Projeto/Curso

Resumo

Beneficiários

Investimento R$

Unidade: Canoas O Bebê e Seu Mundo Semana do Bebê de Canela / Medicina

O projeto idealizado por professores do curso de Medicina e acolhido pela Prefeitura e a comunidade de Canela-RS, tornando-se Lei Municipal nº 2.906, em 26 de dezembro de 2009. Acontece desde o ano 2000 e tem o apoio dos cursos de Enfermagem, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Odontologia, Pedagogia, Psicologia e Educação Física, que realizam oficinas. Ocorrem encontros comunitários, seminário internacional, fórum parlamentar e social, com ações integradas em prol do bom desenvolvimento biopsicossocial do bebê e de sua família. O público é a comunidade e os profissionais das áreas social, jurídica, da saúde e educação.

7.500

33.055,04

A Vivência de Conteúdos Culturais para Promoção e Prevenção da Saúde / Educação Física

O projeto estimula as pessoas com dependência química e/ou um transtorno psiquiátrico a participarem de atividades esportivas, intelectuais, sociais, manuais e turísticas, proporcionando-lhes uma nova relação com o meio em que estão inseridos, melhoria na qualidade de vida e a adesão ao tratamento e prevenção da recaída. As atividades ocorrem no Complexo Esportivo da Ulbra.

50

8.263,76

Atenção Fisioterapêutica Comunitária na Infância / Fisioterapia

O projeto atende bebês com transtornos no desenvolvimento neuropsicomotor, encaminhados pelo Hospital Universitário Canoas, Unidades Básicas de Saúde e /ou pela comunidade.

24

16.527,52

Programa de Educação Postural Através do Gesto Orientado / Fisioterapia

Trata-se de um programa teórico-prático de educação postural de caráter preventivo. O participante recebe orientação para a manutenção de uma postura saudável e sem dor, torna-se capaz de identificar hábitos inadequados para poder alterá-los e proteger sua saúde, assumindo, junto com os acadêmicos e docente do curso, a responsabilidade sobre seu bem-estar físico e qualidade de vida.

40

49.582,56

42


Atenção Integrada à Instituição de Longa Permanência para Idosos de Baixa Renda / Medicina

O projeto capacita os funcionários da instituição atendida para a adequação às normas RDC 283/2005. Realiza ações sociais e estudos científicos voltados aos idosos, familiares e funcionários, elabora e avalia prontuários e fluxogramas de atendimento para situações de urgência. Atua no campo do saber e de atuação social sobre o envelhecimento humano na sua plenitude.

400

8.263,76

Dança na Terceira Idade / Dança

O projeto proporciona aulas de dança a idosos do programa Ulbra para a Terceira Idade (Ulbrati). As atividades recreativas incluem exercícios de criação, improvisação e expressão corporal. Os exercícios são recreativos e terapêuticos, uma vez que auxiliam na prevenção e tratamento de síndromes geriátricas típicas, como o Mal de Alzheimer, Parkinson e doenças degenerativas do sistema nervoso.

160

12.397,64

Fisioterapia Aquática na Por meio deste projeto, alunos desenvolvem Terceira Idade / Fisioterapia exercícios hidroaeróbicos aos integrantes do programa Ulbra para a Terceira Idade (Ulbrati). A iniciativa tem como objetivo proporcionar saúde e qualidade de vida para homens e mulheres acima dos 60 anos de idade. Os encontros semanais também geram dados para pesquisas científicas e estudos relacionados ao envelhecimento humano.

72

33.055,04

Hospital Ursinho Ulbra / Medicina

Neste projeto, universitários ensinam às crianças, nas escolas, sobre a importância da vivência hospitalar e de uma vida saudável. Os acadêmicos simulam atendimentos clínicos em ursinhos de pelúcia. A proposta da brincadeira é a de criar laços de confiança com meninos e meninas entre 4 e 7 anos, estimulando-os a lidarem com seus medos de médicos e de hospitais.

300

24.791,28

Mantendo Sorrisos / Odontologia

O projeto presta atendimento odontológico gratuito para crianças de famílias carentes. Por meio de atividades lúdicas e brincadeiras, durante as consultas de triagem, ocorre a conscientização dos alunos da educação básica sobre a importância da higiene oral na prevenção de cáries, tártaros e outras doenças bucais.

1.600

66.110,08

43


Mediplicar: multiplicando saúde e educação / Medicina

Acadêmicos desenvolvem oficinas educativas sobre saúde física, mental e psicossocial junto de estudantes de ensino fundamental da Escola Municipal Rubem Carlos Ludwig, em Canoas A iniciativa permite o exercício dos conhecimentos adquiridos ao longo da graduação, ao mesmo tempo em que contribui para a formação de crianças e jovens carentes, no que diz respeito a temas como saúde alimentar, sexualidade e bom convívio social.

300

107.428,88

Prevenção do Câncer de Pele - Rastreamento, Tratamento e Orientação da População de Canoas / Medicina

O projeto busca conscientizar a população sobre a importância da prevenção e tratamento do câncer de pele. Universitários organizam palestras e seminários educativos, nas quais efetuam o diagnóstico de lesões malignas e pré-malignas em homens e mulheres de todas as idades. A iniciativa tem parceria com dermatologistas do Hospital Universitário Canoas.

120

49.572,00

Prevenção e Tratamento do Trauma Dentário / Odontologia

O projeto proporciona atendimento odontológico de urgência e acompanhamento clínico de pacientes vítimas de traumas dentários. A iniciativa é desenvolvida por universitários e contempla a comunidade carente da região de Canoas.

170

16.527,52

Programa de Educação pelo Trabalho - PET no Município de Canoas / Enfermagem

Com este projeto, estudantes dos cursos de Enfermagem, Medicina, Odontologia, Farmácia, Fisioterapia, Psicologia e Serviço Social colocam em prática seus conhecimentos enquanto instruem agentes comunitários de Canoas sobre cuidados prénatais para partos e purpúreos.

412

16.527,52

Prevenção ao Uso do Álcool, Tabaco e Outras Drogas / Psicologia / Enfermagem / Farmácia / Medicina e Educação Física

O projeto busca integrar e articular interdisciplinarmente vários cursos através do desenvolvimento de atividades em conjunto, contribuindo para uma melhor qualidade de vida. As atividades são desenvolvidas na rede escolar, envolvendo professores, alunos na faixa etária de 10 a 14 anos e seus pais, através de atividades de grupo. Este trabalho pretende vincular um projeto de pesquisa a fim de monitorar resultados da intervenção proposta, envolvendo acadêmicos da graduação e de programas de residência.

230

33.055,04

Reabilitação Cardiorrespiratória / Fisioterapia

O projeto é voltado para o atendimento ambulatorial de pacientes idosos portadores de problemas cardiorrespiratórios. As consultas são realizadas por alunos, no ambulatório do Hospital Universitário de Canoas. A iniciativa busca atenuar o descondicionamento cardiorrespiratório dos pacientes.

100

8.263,76

44


Projeto Cuidare / Serviço Social

O projeto oferece acompanhamento a famílias que vivenciam situações de vulnerabilidade e risco social, como casos de abuso de álcool e drogas, violência doméstica, dificuldades escolares e apoio de pacientes crônicos. Ocorrem entrevistas individuais, dinâmicas de grupo, visitas domiciliares e abordagens coletivas multidisciplinares, entre outras ações interventivas de caráter socioassistencial.

70

16.527,52

Recreação e o Esporte Escolar na Perspectiva da Inclusão / Educação Física

O projeto visa incentivar e qualificar a prática esportiva escolar por meio de atividades recreativas, como aulas de ginástica, danças e lutas. As ações contemplam alunos carentes de escolas públicas e associações comunitárias da região de Canoas.

240

16.527,52

Superação - Grupo de Fortalecimento de Vínculos e Segurança Alimentar / Serviço Social

Neste projeto, são trabalhados temas relacionados à educação alimentar junto de diversas famílias que integram a Associação de Moradores da Vila Getúlio Vargas (Amovig), instituição situada no Bairro Mathias Velho. Todas as ações são documentadas.

65

24.791,28

Suporte Odontológico ao Paciente Oncológico / Odontologia

Este projeto pioneiro proporciona cuidados odontológicos para homens e mulheres diagnosticados com câncer nas regiões da cabeça e/ou pescoço. Os pacientes contemplados são referendados pela Secretaria Municipal da Saúde de Canoas e encaminhados para a Clínica-Escola de Odontologia da Ulbra, onde recebem atendimentos semanais durante as fases pré, trans e pós-radioterapia/quimioterapia e/ou cirurgia.

565

33.005,04

Ulbra para a Terceira Idade / Educação Física

No projeto Ulbra para a Terceira Idade (Ulbrati), acadêmicos de Educação Física, Pedagogia, Psicologia, Administração, Direito e Sistemas de Informação realizam ações lúdicas de inclusão digital e de promoção da saúde física e mental junto de homens e mulheres idosas com mais de 60 anos. As atividades incluem aulas de dança, turmas de ginástica, passeios recreativos, viagens e lições de informática.

120

33.005,04

Voz e Audição: Manutenção Este projeto presta suporte aos pacientes Eficiente e Qualidade de do Hospital Universitário Canoas que Vida / Fonoaudiologia utilizam os serviços de saúde auditiva de alta complexidade. Ocorrem palestras e seminários sobre temas relacionados à fisiologia da audição, causas e sintomas da perda auditiva, técnicas de comunicação e orientações de uso e manuseio de Aparelhos de Amplificação Sonora Individuais (AASI).

300

28.923,16

45


Unidade: Gravataí Escolas Esportivas / Educação Física Licenciatura

Universitários estimulam a prática de esportes em equipe, como voleibol e futsal, para estudantes de escolas públicas de ensino médio e fundamental da região de Gravataí. Ocorrem exercícios de alongamento, aquecimento, treinos, partidas e campeonatos em categorias de futsal mirim infantil, infanto-juvenil e de voleibol misto.

140

8.263,76

Ulbra para a Terceira Idade (Ulbrati) / Educação Física

O projeto tem a finalidade de promover atividades recreativas e dinâmicas em turmas de homens e mulheres com mais de 50 anos de idade. Os encontros são realizados semanalmente.

360

8.263,76

Com o objetivo de prevenir acidentes por afogamento, acadêmicos exercitam seus conhecimentos ensinando natação para alunos da rede pública municipal de ensino. De acesso gratuito, a iniciativa visa promover a qualidade de vida e estimular adolescentes e crianças em idade escolar a adotarem hábitos saudáveis. Os encontros ocorrem na academia aquática do município.

80

16.527,52

Ulbra para a Terceira Idade Alunos de Administração, Direito, Educação (Ulbrati) / Educação Física - Física, Pedagogia e Psicologia desenvolvem Licenciatura ações recreativas para idosos de Guaíba, em aulas de dança, ginástica, passeios guiados e palestras. A comunidade acadêmica pratica os conhecimentos adquiridos em aula, trabalha a autoestima e o bem-estar de pessoas com mais de 60 anos de idade.

90

16.527,52

Unidade: Guaíba Bandeira Verde - Salvando Vidas

Unidade: Torres Atenção aos Pacientes Portadores de Desordens Neurofuncionais e seus Familiares / Fisioterapia

O projeto proporciona assistência fisioterapêutica e psicológica para pacientes e familiares de portadores de patologias neurológicas residentes na região de Torres. As consultas são realizadas mediante agendamentos.

24

16.527,52

Banco de Dentes Humanos / Odontologia

O projeto possibilita o aprendizado das características anatômicas, o uso de dentes em atividades laboratoriais pré-clínicas, para pesquisas realizadas em trabalhos de conclusão de curso (TCC), dissertações de mestrado e teses de doutorado. Dessa forma, alunos e pesquisadores de diferentes instituições de ensino superior são beneficiados pelo programa que, além de prevenir a prática ilegal do comércio de dentes, fomenta o desenvolvimento acadêmico.

600

16.527,52

46


Prevalência e Prevenção das Mordidas Cruzadas em Escolares do Município de Torres / Odontologia

Com esta iniciativa, alunos colocam em prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula enquanto realizam tratamentos preventivos de recuperação junto a pacientes portadores de alterações transversais nos arcos dentários (mordida cruzada). O projeto prevê o desenvolvimento de triagens e exames de diagnóstico,sob a supervisão de um professor.

700

24.791,28

Programa de Prevenção e Tratamento da Incontinência Urinária em Mulheres do Litoral Norte / Fisioterapia

Por meio deste projeto, acadêmicos desenvolvem exercícios terapêuticos com o objetivo de prevenir a proliferação de casos de incontinência urinária na população feminina do Litoral Norte gaúcho. Os atendimentos são realizados no campus da Ulbra, mediante agendamento prévio.

17

8.263,76

Programa de Atividade Motora Adaptada (AMA) / Educação Física

Acadêmicos de Educação Física, Fisioterapia e Enfermagem desenvolvem exercícios rítmicos, psicomotores e de expressão corporal junto a pessoas com deficiência, da comunidade local. Ocorrem aulas de ginástica aeróbica, caminhadas orientadas e treinos em modalidades esportivas adaptadas, como futebol e voleibol, além de eventos recreativos, visando à inclusão social dos integrantes do AMA.

200

18.300,00

Programa de Educação e Motivação em Saúde Bucal: de Boca Aberta para o Mundo / Odontologia

Acadêmicos e docentes dos cursos de Odontologia e Pedagogia desenvolvem ações visando à promoção da saúde bucal de alunos do ensino fundamental da rede pública da região de Torres. Os trabalhos lúdicos envolvendo aplicações de fluoreto têm como objetivo conscientizar as crianças sobre a importância da higiene oral.

1.300

12.196,00

Atendimento Odontológico para Núcleos Especiais e Sala de Espera / Odontologia / Psicologia

O projeto proporciona atendimento odontológico e psicológico para a população de baixa renda. As consultas são realizadas por universitários, mediante agendamento.

380

16.527,52

Saúde e Qualidade de Vida na Aldeia Nhuú Porã / Odontologia/ Enfermagem

Universitários atuam num projeto de promoção em saúde na aldeia guarani de Nhuù Porã, em Torres. Mediante visitas semanais, os estudantes realizam triagens, consultas avaliativas e exames junto aos habitantes da aldeia. Com esse trabalho comunitário, ajudam a prefeitura na construção de sólidas políticas públicas na área da saúde.

250

8.263,76

47


Saúde em Foco: Atendimento de Atenção Primária em Saúde para Adolescentes e Adultos / Enfermagem

Jovens, adolescentes e adultos aprendem sobre a importância da higiene para o combate a doenças e promoção da qualidade de vida. A iniciativa ministrada por universitários ainda contempla a realização de diagnósticos, campanhas de vacinação, de prevenção à verminose, educação sexual e de estímulo à alimentação saudável.

800

16.527,52

O projeto proporciona a prática do atletismo para escolares, tendo em vista conhecerem e vivenciarem o esporte, que era pouco praticado nos colégios da região. São praticadas as modalidades de corrida, arremesso, lançamentos, salto em altura e salto em distância, utilizando a estrutura e equipamentos da Ulbra. São atendidas cerca de 140 crianças, meninos e meninas, com idades entre 10 e 17 anos, das cidades de São Jerônimo, General Câmara, Triunfo, Charqueadas, Arroio dos Ratos, Butiá e Minas do Leão.

210

41.318,80

O projeto existe há mais de seis anos e já beneficiou centenas de pessoas entre crianças e adultos. Além da atenção em hipoterapia, o programa realiza jantares beneficentes, desfiles em datas comemorativas, viagens de aprimoramento, entre outras ações, que projetam a Instituição como mediadora de um trabalho que proporciona o desenvolvimento de valores, atitudes, habilidades e competências, como: respeito, ética, sensibilidade, empatia, compromisso e responsabilidade, que são necessárias para a formação integral de profissionais das áreas humanas e da saúde.

18

16.527,52

O projeto busca a responsabilidade social, inserindo o acadêmico na comunidade menos favorecida, de forma que ele interfira de maneira positiva na comunidade. O atendimento das famílias é feito pelo acadêmico nas escolas de ensino fundamental onde estão matriculadas as crianças das famílias adotadas. O objetivo é promover atividades de educação e prestação de serviços na área da saúde, visando melhor qualidade de vida das famílias dos bairros Esperança e Nova Ouro Preto. São realizadas palestras na área da saúde com temas como hábitos de higiene, sexualidade, contracepção.

495

16.527,52

Unidade: São Jerônimo Atletismo - Oportunizando o Esporte para Crianças e Adolescentes da Região Carbonífera / Educação Física

Unidade: Cachoeira do Sul Hipoterapia como Tratamento de Distúrbios Neuropsicológicos / Fisioterapia

Unidade: Carazinho Ulbra Adotando Famílias Ação Integrada em Saúde e Cidadania / Enfermagem

48


Programa: Meio Ambiente e Sustentabilidade Projeto/Curso

Resumo

Beneficiários

Investimento R$

Unidade: Canoas Análise da Vulnerabilidade Socioambiental de uma Cooperativa de Catadores em Porto Alegre / Engenharia Ambiental e Sanitária

Realizado com pessoas da Cooperativa de Catadores da Restinga (Coopertinga), em Porto Alegre, o projeto visa à reinserção social dos cooperados na atividade de reciclagem, trabalhando o vínculo entre o manejo adequado dos resíduos sólidos e a saúde ambiental, promovendo ações de saúde mental, empoderamento feminino e reconhecimento social perante a sociedade. Tais ações visam à reestruturação da Coopertinga de acordo com as normas ambientais vigentes de proteção e promoção do meio ambiente.

50

24.791,28

Geres Ulbra / Engenharia Ambiental Sanitária

Tem por finalidade promover uma sistematização de ações relacionadas à gestão de resíduos, envolvendo a comunidade acadêmica e externa. Foi realizado um diagnóstico das condições de segregação, acondicionamento e destinação de resíduos sólidos do campus da Ulbra Canoas, na Rede de Escolas da Ulbra e nos órgãos, instituições e empresas interessadas. A partir daí é desenvolvido um trabalho de educação e mobilização com o objetivo de reduzir sua geração e, quando possível, obter retorno financeiro por sua reutilização, reciclagem, acondicionamento e destinação.

1.700

37.186,92

Recuperação Osteológica da Baleia Franca da Ulbra / Ciências Biológicas

Recuperação de um esqueleto quase completo de Baleia Franca (Eubalena australis) com cerca de 13,5m de comprimento, que está exposta desde 2008, ao ar livre, no campus Canoas. A recuperação deve acontecer com a ajuda dos docentes e discentes de todos os cursos da Instituição que desejarem participar, bem como pessoas da comunidade. O processo de recuperação será conduzido com as principais técnicas que a Ulbra dispõe, pois se trata de um acervo raríssimo que a Universidade tem em seu acervo e serve de referência para o público em geral e a comunidade científica.

6.000

33.005,04

49


Aspectos de Saúde e Meio Ambiente na Unidade Básica de Saúde do Bairro Mathias Velho / Engenharia Ambiental e Sanitária

O projeto é desenvolvido na Área 26 da UBS com a promoção e vigilância da saúde ambiental, através da promoção e vigilância da saúde ambiental, através do trabalho junto aos agentes comunitários de saúde; na valorização do exercício da profissão do catador, quanto à qualidade ambiental, a integração social e à geração de renda, relacionada à coleta, triagem, reuso, reciclagem e destinação de resíduos sólidos. Os agentes são capacitados para atuar na sua percepção e no controle de riscos ambientais no local; na gestão de medicamentos em desuso; no gerenciamento de resíduos domésticos perigosos e no desenvolvimento de instrumentos para realização do diagnóstico ambiental da região. O projeto atende 744 famílias com diferentes ações em nível individual, familiar, social e laboral.

2.244

24.791,28

Centro de Educação Socioambiental / Química / Gestão Ambiental / Engenharia Química / Engenharia Ambiental e Sanitária

Devido ao avanço do aquecimento global, o meio ambiente vem sofrendo drásticas transformações que afetam todas as esferas da sociedade, da produção rural à manufatura industrial. Com o objetivo de disseminar noções de sustentabilidade e ecologia junto da comunidade acadêmica, moradores de Canoas e região, professores e acadêmicos criaram esse espaço de debates e troca de conhecimentos. Tendo parceria com a Prefeitura Municipal, promove ações de extensão, como palestras, seminários e oficinas sobre triagem de resíduos orgânicos e recicláveis, separação de lixo e reutilização de polímeros do Laboratório de Plásticos da Ulbra. Também é disponibilizado um sistema de coleta seletiva para os moradores da cidade. Através deste programa, estudantes, voluntários e professores ajudam a atender demandas internas do campus e bairros próximos, no segmento da educação ambiental. Cerca de 300 pessoas aprendem técnicas de reciclagem e estudam os efeitos da poluição urbana na degradação dos recursos naturais da região

1.000

41.318,80

50


Unidade: Gravataí Reciclo-óleo: educação ambiental e sustentabilidade / Ciências Biológicas

O programa de extensão e pesquisa em reciclagem de óleo de cozinha, Reciclo-óleo, visa conscientizar e mobilizar a comunidade quanto à necessidade de exercer a cidadania e cuidar do meio ambiente. O projeto promove palestras e ensina pessoas da comunidade a fabricarem sabão e detergentes, tendo como base o óleo de cozinha já utilizado e que seria descartado. Dessa forma, proporciona um destino adequado ao óleo residual, sem gerar degradação e prejuízo ao meio ambiente, resultando, assim, em uma alternativa social, econômica e ambientalmente correta, contribuindo, dessa forma, para o desenvolvimento sustentável.

100

49.582,56

O projeto Educação Ambiental e a Sustentabilidade do Meio Ambiente visa atender a comunidade, os acadêmicos e a escola a qual estamos inseridos. Serão realizadas reuniões com os integrantes visando à construção de ações para o mapeamento do projeto. O público-alvo será estudantes da quinta série do ensino fundamental, onde serão desenvolvidas aulas teóricas e práticas, palestras, gincanas e outras ações, as quais venham a multiplicar os conhecimentos sobre o tema proposto. Todas essas ações propostas serão desenvolvidas pelos acadêmicos voluntários cadastrados no projeto.

30

20.659,40

Unidade: São Jerônimo Educação Ambiental e a Sustentabilidade do Meio Ambiente / Ciências Biológicas

51


Programa: Comunicação, Mídia e Marketing Projeto/Curso

Resumo

Beneficiários

Investimento R$

45

16.527,52

40

24.791,28

Beneficiários

Investimento R$

2.000

45.450,68

Unidade Canoas Ver o Mundo - Oficina de Fotografia Digital em 3D / Fotografia

O projeto busca a inclusão e promove uma ação contra a estigmatização de populações carentes e a democratização dos meios de comunicação. Neste contexto, a aprendizagem e a prática da fotografia atuam como instrumentos de socialização e de recuperação da autoestima entre comunidades de baixa renda. São propostas oficinas não só preocupado com conteúdo técnico, mas também o desenvolvimento pessoal que acontece paralelamente à condução deste aprendizado.

Vídeo nas Escolas: Registro O projeto se propõe documentar as relações das Relações Étnico-raciais étnico-raciais nas escolas de Canoas a partir / Jornalismo da perspectiva dos estudantes. Estudantes previamente selecionados participam de formação em produção audiovisual e em relações étnico raciais. Em um segundo momento, produzem webdocs de curta duração sobre o tema em suas respectivas escolas. Os produtos audiovisuais serão utilizados para fomentar discussões ampliadas nas escolas e, igualmente, resultará em produção científica de professores e universitários envolvidos no projeto. A proposta vincula-se ao curso de Comunicação Social, ao Núcleo de Produção Audiovisual e ao Núcleo de Estudos Afrobrasileiro e Indígena da Universidade.

Programa: Tecnologia, Produção e Inovação Projeto/Curso

Resumo

Unidade Torres Mandando Bem no Enem / Análise e Desenvolvimento de Sistemas

É um aplicativo de jogo para auxiliar os alunos a estudarem para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O usuário poderá acessar o jogo em Smartphones, tablets e no seu computador pessoal. O usuário tem a opção de escolher o tema das perguntas (matemática, português, etc.), escolher o grau de dificuldade e a quantidade de questões para responder. Ao final do jogo, serão apresentadas a pontuação e as alternativas respondidas de forma correta e incorreta, juntamente com um ranking geral de melhores pontuações.

52


Programa: Memória Social e Patrimônio Cultural Projeto/Curso

Resumo

Beneficiários

Investimento R$

Unidade Canoas Museu de Ciências como Eixo Integrador do Desenvolvimento e Inclusão Social / Ciências Biológicas

Visa compartilhar e difundir o saber científico, que faz parte do cotidiano da humanidade. Assim, a divulgação pública dos achados da ciência, em uma sociedade que se sustenta no conhecimento científico, desempenha um papel central na sociedade contemporânea, tanto na formação do cidadão como na gestão da democracia. O objetivo é implantar um canal de troca de experiências entre a sociedade e a Universidade, atuando diretamente na relação ensino-aprendizagem, focados em fomentar o desenvolvimento socioambiental das comunidades através da divulgação de conhecimentos técnico-científicos. Utiliza o acervo interatividade, produzindo serviços ou gerando produtos que ressaltem o valor da natureza como um bem a ser preservado e que garantirá o futuro no planeta.

5.002

33.055,04

Programa de Leitura Fome de Ler / Letras

O programa é uma parceria com a Prefeitura Municipal de Canoas, a Rede de Escolas da Ulbra e secretarias municipais de Educação da região Centro-Sul do Estado. Beneficia comunidades urbanas e rurais de 31 municípios. Incentiva a formação de mediadores de leitura e articula ações de letramento, envolvendo escritores e ilustradores brasileiros, acadêmicos da Universidade, educadores, alunos e instituições das comunidades escolares. Promove a circulação e a leitura de obras literárias do escritor escolhido em cada município. Em Canoas, toda a rede municipal (43 escolas) aderiu ao programa de forma integral, com aquisição de 90 obras para cada escola, totalizando um acervo de 2.500 obras. Novo integrante do programa é o Centro de Capacitação em Educação Inclusiva e Acessibilidade da Prefeitura de Canoas, com seus educadores e alunos especiais .

14.900

33.055,04

53


Programa: Acessibilidade Projeto/Curso

Resumo

Beneficiários

Centro de Estudos da Atividade Motora Adaptada (CEAMA) / Educação Física

No CEAMA, são desenvolvidas atividades esportivas e recreativas junto de jovens e adultos com deficiências visuais, físicas, intelectuais e auditivas. São treinos de futsal, basquetebol adaptado para cadeirantes, aulas de dança e natação.

85

Centro Indisciplinar de Estudos em Psicomotricidade Relacional (CIEPRE) / Educação Física / Fisioterapia / Pedagogia / Psicologia / Serviço Social

O CIEPRE é um programa desenvolvido 100 pela comunidade acadêmica e que há 10 anos busca identificar e tratar crianças com deficiências motoras, de Canoas. A iniciativa prevê a realização de um cronograma de atividades desenvolvido conforme as necessidades dos inscritos no projeto. São baterias de exercícios físicos em ambientes fechados, locais públicos e piscinas, sessões de terapia assistida por animais (cães), encontros de apoio à família e muito mais. Os atendimentos são realizados no campus da Ulbra.

Investimento R$

Unidade: Canoas 24.791,28

41.318,80

Programa: Violência e Direitos Humanos Projeto/Curso

Resumo

Beneficiários

Com este projeto, alunos levam cidadania e consciência social para estudantes de ensino médio da Escola Estadual de Educação Doutor Carlos Chagas, situada no Bairro Niterói. Através de oficinas, debates, seminários e jogos interativos, os acadêmicos desenvolvem uma campanha de sensibilização contra a violência de gênero e os abusos domésticos comentidos contra mulheres e crianças. A iniciativa ajuda a disseminar noções de direitos humanos junto a crianças e adolescentes em idade escolar.

300

Investimento R$

Unidade: Canoas Promoção da Paz e Estratégias de Enfrentamento à Violência de Gênero na Escola / Serviço Social

33.005,04

54


Unidade: Carazinho Observatório da Violência e dos Direitos Humanos / Direito

Nesse projeto, professores, alunos e pesquisadores realizam atividades de monitoramento e discussão de temas relacionados à violência e aos direitos humanos, junto à população local. Buscam conscientizar homens, mulheres e crianças sobre os efeitos nocivos da violência urbana na vida em sociedade. Através de grupos de estudos, seminários, caravanas, simulações jurídicas e muitos outros instrumentos teóricos e práticos, o Observatório já ajudou a solucionar conflitos de mais de100 adolescentes e 40 adultos moradores de regiões de risco da cidade.

600

8.263,76

Programa de Enfrentamento Vinculado ao Observatório da Violência e às Questões de Gênero / dos Direitos Humanos, o programa atende Direito demandas da comunidade através de palestras e seminários. Os acadêmicos de Direito, Enfermagem e Serviço Social auxiliam mulheres e jovens vítimas de violência a conhecerem seus direitos e garantias jurídicas. Também são desenvolvidos trabalhos de prevenção à gravidez indesejada e doenças sexualmente transmissíveis. As atividades de conscientização e o serviço de atendimento comunitário que compõem o programa ajudam a melhorar as condições de vida de moradores locais, ao mesmo tempo em que viabilizam auxílio médico, psicossocial e jurídico de mais de 710 adultos e 300 crianças.

700

16.527,52

25

33.005,04

Unidade: Guaíba Núcleo de Estudo e Atendimento Psicojurídico às Vítimas de Violência Doméstica /Psicologia

Através deste projeto de extensão, alunos dos cursos de Psicologia e Direito colocam em prática os conhecimentos adquiridos em sala de aula ao mesmo tempo em que prestam atendimento jurídico e psicológico para crianças e adultos da região, vítimas abusos domésticos, violência de gênero e conjugal. As sessões de assistência jurídica e terapia individual e em grupo são realizadas dentro da Clínica-Escola de Psicologia do campus, sob a supervisão de professores-orientadores. Todos os casos tratados no local são encaminhados pelo Fórum Municipal de Guaíba e são acompanhados por professoresorientadores.

55


Observatório da Violência e dos Direitos Humanos / Direito

Nesse projeto, professores e alunos do curso de Direito desenvolvem atividades de monitoramento e discutem temas relacionados à violência e aos direitos humanos junto à comunidade de Guaíba. Através de grupos de estudos, seminários, caravanas, simulações jurídicas, entre outras ações pedagógicas, o Observatório ajuda a solucionar conflitos de centenas de adolescentes e adultos que residem em regiões de risco da cidade. Dessa forma, todos saem beneficiados. Os estudantes porque colocam em prática seus conhecimentos, e a comunidade porque aprende um pouco mais sobre os efeitos nocivos da violência urbana na vida em sociedade.

80

16.527,52

Unidade: Torres A Cinderela Mudou de Ideia / Psicologia

A proposta deste projeto é uma capacitação 200 à comunidade de Torres e arredores no que tange a promoção e prevenção à violência de gênero. A metodologia usada é a apresentação de uma peça de teatro seguida de discussão sobre a violência. O públicoalvo principal é a comunidade escolar do Litoral Norte. A peça A Cinderela Mudou de Ideia foi adaptada do livro de mesmo nome, escrito por Nunila López Salamero e ilustrado por Myriam Cameros Sierra, para este projeto.

24.791,28

Programa: Educação e Formação Profissional Projeto/Curso

Resumo

Beneficiários

Investimento R$

Unidade: Canoas Projeto Pequeno Soldador / Engenharia Mecânica

Através desta iniciativa, acadêmicos do curso 40 prestam um importante serviço comunitário junto de jovens carentes de Canoas. Nas oficinas do projeto Pequeno Soldador, os estudantes de graduação ensinam diversas técnicas de soldagem utilizadas em indústrias, como a solda branda, ponto e solda de eletrodos revestidos.

33.055,04

56


Unidade: Cachoeira do Sul Programa de Formação Continuada de Professores da Educação Básica / Pedagogia

O objetivo do projeto é capacitar 2.000 professores da educação básica da rede municipal de Cachoeira do Sul, com ações interdisciplinares de qualificação. Oficinas de comunicação, produção textual, tecnologia da informação, entre outras, promovem o enriquecimento didático-pedagógico do conteúdo curricular ensinado às crianças e jovens. Além de visitas periódicas às escolas inscritas no projeto, também são promovidos encontros no campus da Ulbra, onde, entre outras atividades, é realizado o Seminário Internacional de Educação (Sieduca), evento anual que reúne palestrantes de renome nacional e internacional e que já recebeu 14 mil participantes.

16.527,52

Conviver / Pedagogia

O projeto é resultado de uma parceria entre a Universidade e diversas ONGs e cooperativas de Guaíba e região. Acadêmicos de graduação de diversas áreas do conhecimento exercitam o que aprendem em sala de aula ao mesmo tempo em que realizam ações conjuntas, visando proporcionar o resgate social, humanista e político de moradores do município.

200

16.527,52

Escola de Pais / Pedagogia

O ritmo de vida agitado do mundo em que vivemos muitas vezes acaba distanciando pais e filhos e criando barreiras no relacionamento familiar, o que pode afetar o comportamento e o rendimento escolar de crianças e adolescentes. O objetivo do projeto é reverter esse quadro e aproximar familiares da realidade de alunos de escolas públicas e privadas do município de Guaíba. São promovidos encontros entre a comunidade acadêmica do campus e os pais e professores dessas escolas.

2.000

16.527,52

Nivelamento de Língua Portuguesa / Pedagogia

Com o objetivo de reduzir as dificuldades de leitura e escrita de acadêmicos de diferentes cursos de graduação, alunos de licenciatura em Pedagogia organizam aulas de nivelamento em Língua Portuguesa. Os encontros são realizados semanalmente no campus da Universidade e buscam qualificar a comunicação oral e escrita de calouros e veteranos, bem como de moradores do município interessados no projeto.

50

16.527,52

Unidade: Guaíba

57


Unidade: Gravataí Brinquedoteca - Espaço Lúdico Científico / Pedagogia

O espaço é totalmente lúdico, organizado 230 com jogos, brinquedos e acessórios que possibilitam o brincar tranquilo. O espaço está aberto para crianças de 3 a 13 anos e adultos para exercerem seu direito de brincar. São emprestados livros e brinquedos para as crianças que sejam associadas. O espaço estará dividido em ambientes: faz-de-conta (casinha), biblioteca, sala de jogos com regras, artes, sucatoteca e área externo. Ocorrem oficinas pedagógicas para que acadêmicos dos cursos de licenciatura e Pedagogia possam agregar conhecimento à sua formação como profissionais da educação, numa perspectiva de saber fazer - aprender brincando. O espaço também está aberto à comunidade do município para visitas monitoradas, oficinas pedagógicas e um lugar para a comunidade brincar com os seus filhos.

12.395,64

Liga Acadêmica de Enfermagem em Urgência e Emergência (LEURGE) / Enfermagem

A área de urgência e emergência consiste em um importante componente da assistência à saúde, que deve ocorrer em curtíssimo espaço de tempo, determinando muitas vezes a continuidade da vida. A Liga Acadêmica é formada por alunos de diferentes anos da graduação, que participam de atividades educativas para a comunidade com o objetivo de informá-la, conscientizá-la e assisti-la nos processos de suporte básico de vida, prevenção de acidentes e primeiros socorros. As oficinas teóricas e práticas ocorrem em escolas, empresas e eventos sociais.

800

12.395,64

Os acadêmicos auxiliam na capacitação teórica e prática de pequenos empreendedores do município de Santa Maria. A iniciativa tem apoio do Sebrae-RS e contribui para o desenvolvimento e estímulo às boas práticas de gestão empresarial. São promovidas oficinas e cursos, no campus da Ulbra, abertas ao público.

30

16.527,52

Unidade: Santa Maria Capacitação de Pequenos Empreendedores em Santa Maria / Administração

58


Unidade: Torres Banco Solidário para Alunos Carentes da Ulbra Torres / Odontologia

O projeto, criado em 2013, beneficia os 60 alunos carentes que não possuem condições de adquirir os materiais necessários para dar continuidade ao curso de Odontologia. Ocorre por meio de doações em dinheiro ou dos próprios materiais, feitas por qualquer cidadão que queria impactar a vida desses acadêmicos positivamente. Os acadêmicos carentes recebem os materiais por empréstimo, para utilizar no período letivo.

37.186,92

Educação e Formação Profissional no Desenvolvimento da Educação Ambiental em Escolas Públicas / Gestão Ambiental EAD / Pedagogia EAD e presencial / Negócios Imobiliários EAD / Geografia EAD / e Pós-graduação em Licenciamento e Diagnóstico Ambiental

O objetivo é capacitar professores das escolas públicas de Torres para trabalharem a educação ambiental de forma interdisciplinar, desenvolvendo a sua autonomia nessa prática de ensino. A metodologia utilizada é a pesquisa bibliográfica, oficinas e outras atividades que servirão de apoio para que ocorra a ambientalização da escola.

23

70.241,96

Total

59.136

1.728.393,04

59


Cantata Filho Pródigo

AÇÕES COMUNITÁRIAS DA CAPELANIA UNIVERSITÁRIA

60


Ações Comunitárias da Capelania Universitária A responsabilidade social da Ulbra está intrínseca ao seu papel de instituição educacional comprometida com a comunidade na qual está inserida. Esta responsabilidade, no entanto, não é vista como uma demanda externa, mas emana da identidade da Universidade e se reflete no seu projeto institucional, o qual está alinhado com o projeto de sua mantenedora, a Associação Educacional Luterana do Brasil (Aelbra). Viver o amor comprometido com o bem-estar do outro e com o cuidado com a criação faz parte de uma visão de mundo que se fundamenta no amor e cuidado de Deus. Inspirada nesta visão e fomentando a mesma, a Capelania Universitária se coloca diante de sua responsabilidade social com gratidão e alegria pela oportunidade de servir. Assim, lidera e contribui com diversos projetos e ações sociais, buscando ser sal e luz, conforme nos inspira a conhecida metáfora bíblica. Abaixo, partilhamos breve descrição destas ações.

Unidade

Ação

Público Beneficiado

Descrição

Canoas

Concerto nas Comunidades

ONGs, cooperativas, reciclagens de lixo e agremiações organizadas, na Grande Porto Alegre.

Cinco concertos realizados, com média de público de 300 pessoas. Carga horária: 50 horas.

Cantata Cênica O Filho Pródigo

Escolas públicas e privadas, Três eventos, com público de ONGs e sociedade em geral 1.500 pessoas no total. na Grande Porto Alegre. Carga horária: 100 horas.

Projeto Cantata Vivo Está

Escolas públicas e privadas, Cinco concertos realizados, ONGs e sociedade em geral com média de público de 350 na Grande Porto Alegre. pessoas. Carga horária: 70 horas.

Concertos Pedagógicos – Teclado, Laboratório Musical, Didático e Experimental

Escolas públicas e privadas, Sete concertos realizados, ONGs e sociedade em geral com média de público de 30 na Grande Porto Alegre. pessoas. Carga horária: 30 horas.

Concertos Sluberski de Natal

Comunidade em geral na Grande Porto Alegre.

Dois concertos realizados, com público de 1.000 pessoas no total. Carga horária: 50 horas.

Música e Saúde Mental

Pacientes da Clínica de Saúde Mental do Hospital Universitário Canoas.

Oito encontros realizados, com média de público de 25 pessoas. Carga horária: 14 horas.

Projeto Música nos Hospitais

Pacientes, funcionários e familiares do Hospital Universitário Canoas.

Quatro eventos realizados (dois corais e dois orquestrais), com média de público de 150 pessoas. Carga horária: 12 horas.

Projeto Compartilhar Ações Culturais - Reflexões para a Vida

Usina de Reciclagem de Lixo.

Realizados 20 devocionais, dois eventos especiais, um Música na Praça e dois Cultos Toque de Vida, com público total de 630 pessoas. Carga horária: 50 horas.

Momentos de Reflexões sobre Ética, Valores e Confessionalidade

Escolas Érico Veríssimo, João Cônego SORG e Marquês de Caravelas.

Cinco eventos realizados, com público de 155 pessoas. Carga horária: 10 horas.

Carazinho

61


Adotando Famílias

Famílias em vulnerabilidade Seis eventos realizados, com social do Bairro Ouro Preto. público de 40 pessoas. Carga horária: 24 horas.

Campanha do Agasalho

Lar de Idosos Santo Antônio.

Um evento realizado, com público de 110 pessoas. Carga horária: 6 horas.

Gravataí

Ações em Parceria com o Banco de Agasalhos

Beneficiados pelo Banco de Agasalhos.

Um evento realizado, envolvendo a comunidade acadêmica e beneficiando 108 famílias. Carga horária: 36 horas.

Guaíba

Campanha do Agasalho, Alimentos e Brinquedos

Comunidade Bom Fim Novo.

Dois eventos realizados, com público de 50 pessoas. Carga horária: 30 horas.

Cultura Religiosa em Ação na Ulbrasol – Atividades Lúdicas e Ações Solidárias

Escola Otero Paiva e Escola Gastão Leão.

Dois eventos realizados, com público de 160 pessoas. Carga horária: 30 horas.

Projeto Orchestrarium

Crianças e jovens da cidade.

Aulas de música, artes, reforço escolar, dança e de formação humana beneficiaram um público de 120 pessoas. Carga horária: 4 horas semanais.

Campanha do Agasalho

ONG Creche Estação dos Ventos.

Dois eventos realizados, com público de 40 crianças. Carga horária: 8 horas.

Natal Solidário

Escola Indígena Augusto Ope da Silva.

Um evento foi realizado, com público de 60 pessoas. Carga horária: 8 horas.

Porto Alegre

Alimentos não Perecíveis

Asilo Ebenézer, em Gravataí. Um evento foi realizado, com público de 10 pessoas. Carga horária: 12 horas.

Torres

Trote Solidário

Pacientes da Comunidade Terapêutica Renovar.

Dois eventos foram realizados, com público de 20 pessoas. Carga horária: 20 horas.

Natal Solidário

Alunos de escolas públicas da cidade.

Um evento foi realizado, com público de 200 pessoas. Carga horária: 40 horas.

Campanha do Agasalho

Moradores do Bairro Guarita e famílias da tribo indígena Nhu-Porã.

Um evento foi realizado, com público de 100 pessoas. Carga horária: 20 horas.

Santa Maria

Convênio com a Associação Orquestrando Arte, que abriga aulas e atividades musicais, educacionais e culturais no campus, além de aulas de formação humana e atendimentos

62


A ULBRA NA SOCIEDADE

63


A Ulbra participa ativamente em entidades, órgãos e instituições, nas quais a comunidade organizada atua em prol do desenvolvimento humano e regional. Confira: Cachoeira do Sul - Associação dos Psicólogos de Cachoeira do Sul - Câmara de Agronegócio, Comércio, Indústria e Serviços de Cachoeira do Sul (CACISC) - Comissão Intergestores Regional - 8 Região de Saúde (CIR Saúde) - Comitê Municipal de População em Situação de Rua - Conselho Escolar Escola Barão do Rio Branco - Conselho Municipal de Educação (CME) - Conselho Regional de Administração (CRA) - Cooperativa de Recicladores Solidários em Defesa do Meio Ambiente (COCARI) - Corede Jacuí Centro (COREDE) - Grupo Técnico Regional de Saúde (GT Saúde) - Programa de Desenvolvimento Industrial de Cachoeira do Sul (PRODIC) Canoas - 1ª Região Museológica - SEM RS - Agenda Positiva do Município de Canoas (Agenda Sebrae) - Arranjo Produtivo Local (APL) Eletroeletrônico de Automação e Controle - Eixo Porto Alegre – Caxias do Sul (APL Automação e Controle) - Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP) - Associação Brasileira de Enfermagem (ABEN) - Associação Brasileira de Estudos e Pesquisa em Moda (ABEPEM) - Associação Brasileira de Patologia das Construções (ALCONPAT BRASIL) - Associação Brasileira de Química (ABQ/RS) - Associação Latino-americana de Ciência Política (ALASA) - Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Letras e Linguística - GT Leitura e Literatura Infantil e Juvenil (ANPOLL) - Associacion Latinoamerica da Magistrados, Funcionarios e Operadores da Niñez, Adolescencia y Família - Câmara Rio-grandense do Livro - Comissão de Ensino do Conselho Regional de Medicina Veterinária do RS (CRMV - RS) - Comissão de Estudos de Responsabilidade Social - Conselho Regional de Contabilidade RS (CRC - RS) - Comissão Especial da Criança e do Adolescente da Ordem dos Advogados do Brasil (CECA - OABRS) - Comissão Mista do Prêmio de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa do RS (AL - RS) - Comissão Nacional de Residência em Medicina Veterinária do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) - Comitê Municipal do Meio Ambiente de Canoas (COMMA) - Comitê Rede Lilás RS - Enfrentamento à Violência contra a Mulher (Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do RS) - Conselho de Contribuintes do Município de Canoas (CCM - Canoas) - Conselho de Ex-presidentes e o Conselho Fiscal do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, ONG sediada na cidade de São Paulo - Conselho Deliberativo 2015-2016 da Associação Nacional dos Clínicos Veterinários de Pequenos Animais do RS (ANCLIVEPA-RS) - Conselho Deliberativo da Sociedade Brasileira de Estudos de Cinema e Audiovisual (SOCINE) - Conselho Estadual de Políticas Culturais do RS (CEPC - RS) - Conselho Municipal de Cultura de Canoas (CMCC) - Conselho Municipal de Desenvolvimento Urbano e Ambiental - Canoas (CMDUA) - Conselho Municipal de Direitos da Pessoa Idosa de Canoas (CMDPI) - Conselho Municipal de Saúde - Canoas - Conselho Regional de Contabilidade RS (CRC - RS) - Conselho Regional de Educação Física - Conselheiro (CREF2RS) - Conselho Regional de Enfermagem (COREN) - Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA/RS)

64


- Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 5ª Região (CREFITO - 5) - Conselho Regional de Fonoaudiologia da 7ª Região (CREFONO7) - Conselho Regional de Química (CRQRS) - Cooperativa Economia Solidária (Viva Móara) - Escola de Saúde Pública (ESP) - Fórum Estadual de Erradicação do Trabalho Infantil RS - Fórum Nacional de Extensão e Ação Comunitária das Universidades e IES Comunitárias (FOREXT) - Grupo de Trabalho da Saúde do Trabalhador (CREFONO7) (GT Saúde do Trabalhador) - Instituto Brasileiro do Concreto (IBRACON) - Núcleo de Educação Permanente de Saúde de São Leopoldo (NUMESC) - Núcleo de Logística do RS (INTELOG) - Red Universitaria de Latinoamérica y el Caribe para la Reducción de Riesgo de Desastres - REDULAC/RRD® (REDULAC) - Rede de Pesquisadores (RRD-BR) - Rede Direitos Humanos da Secretaria de Justiça e Segurança do RS (DHSJSRS) - Rede Lilás RS - Setorial de Confecção da Região Metropolitana (SEBRAE) - Sociedade Brasileira de Educação Matemática (SBEM-RS) - Sociedade Brasileira de Psicologia Jurídica (SBPJ) - Sociedade de Engenharia e Arquitetura de Canoas (SEACA) - VI Conferência Estadual de Saúde Carazinho - Associação Comercial e Industrial de Carazinho (ACIC) - Comissão de Acervo do Museu Regional Olívio Otto - Carazinho - Comitê da Bacia Hidrográfica do Alto Jacuí (COAJU) - Conselho Municipal da Infância e da Adolescência de Carazinho (CINDICACAR) - Conselho Municipal de Cultura - Carazinho (CMC) - Conselho Municipal do Idoso - Carazinho - Conselho Regional de Desenvolvimento - Região da Produção (CORED) - Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade - Carazinho (PGQP) EAD - Associação Brasileira de Ciência Política (ABCP) - Associação Latino-americana de Ciência Política (ALASA) - Comitê Municipal do Meio Ambiente de Canoas (COMMA) - Fórum Estadual de Erradicação do Trabalho Infantil - RS Guaíba - Academia Olímpica Brasileira (AOB) - Academia Olímpica Internacional (AOI) - Associação dos Professores de Educação Física (APEF) - Associação Latina de Filosofia do Desporto (ALFiD) - Conselho Estadual de Esportes do Rio Grande do Sul (CEEE-RS) - Conselho Regional de Administração do Rio Grande do Sul (CRA-RS) - Sindicato dos Administradores do Rio Grande do Sul (SINDAERGS) Santa Maria - Comitê de Empreendedorismo de Santa Maria - Conselho Municipal de Saúde de Santa Maria (CMS) - Conselho Superior da Agência de Desenvolvimento de Santa Maria (ADESM) - Conselho Superior do Santa Maria Tecnoparque (Tecnoparque) - Fórum Técnico do Município / IPLAN Santa Maria 65


São Jerônimo - Arranjo Produto Local do Polo Naval do Jacuí - São Jerônimo (APL Polo Naval Jacuí) - Associação Comercial e Industrial e Clube de Diretores Lojistas - São Jerônimo, General Câmara e Triunfo (CDL / ACI) - Câmara Técnica de Biodiversidade do Bioma Pampa pela Associação Nacional de Órgãos Ambientais Municipais (ANNAMA) - Comissão Municipal de Emprego - São Jerônimo (CME - SJ) - Comitê de Gerenciamento da Bacia Hidrográfica do Baixo Jacuí (CGBHBJ) - Conselho Diretor do Parque Delta do Jacuí (CDPDJ) - Conselho Municipal de Desenvolvimento - São Jerônimo (COMUDE - SJ) - Conselho Municipal de Meio Ambiente de Charqueadas (COMUMA) - Conselho Municipal de Meio Ambiente de São Jerônimo (CMMA) - Conselho Nacional de Meio Ambiente (CONAMA) - Conselho Regional de Desenvolvimento - Centro-sul (COREDE CS) - Federasul - Delegacial - Fórum de Observadores de Aves do Brasil (AVISTAR) - Polo de Modernização Tecnológica da Região Centro-Sul (PMTEC CS) Torres - Associação Brasileira de Fisioterapia Traumato-ortopédica (ABRAFITO) - Associação Brasileira de Terapia Intensiva (ASSOBRAFIR) - Associação Brasileira de Terapia Neurofuncional (ABRAFIN) - Associação de Medicina Intensiva Brasileira (AMIB) - Câmara Municipal de Compensação Ambiental - Torres (CMCA) - Comissão de Odontologia Hospitalar - Comitê Mampituba (CMAMP) - Conselho Consultivo/ Parque Estadual da Itapeva - Torres (CC/ PEVA) - Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAURS) - Conselho de Secretários do RS - Rede de Urgência e Emergência - Conselho do Parque Estadual de Itapeva - Secretaria do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável - SEMA (CPEI) - Conselho do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural - Torres (COMPHAC) - Conselho do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural (Representação do IABRS) (COMPHAC) - Conselho do Plano Diretor do Município de Torres - Conselho Gestor do Desenvolvimento Econômico de Torres (CGDE) - Conselho Municipal da Criança e do Adolescente - Torres (COMDICO) - Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico de Torres - Conselho Municipal de Educação de Torres (CME/Torres) - Conselho Municipal de Saúde - Três Cachoeiras (SMS) - Conselho Municipal do Meio Ambiente - Torres (COMMAM) - Conselho Municipal do Plano Diretor - Torres (OAB/RS) - Conselho Regional de Administração (CRA) - Fórum Livre das Mulheres de Torres (FLMT) - Marcha Mundial das Mulheres - Núcleo Torres (MMM) - Rede de Áreas Protegidas do Litoral Norte - Torres (RAPLN) - Rotary Club - Sociedade Brasileira de Cirurgiões Dentistas (SOBRACID) - Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG) - Sociedade Nacional de Fisioterapia Esportiva (SONAFE)

66

Profile for ULBRA

Relatório Social 2015 - Universidade Luterana do Brasil  

Relatório Social 2015 - Universidade Luterana do Brasil  

Profile for ulbra
Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded