Issuu on Google+

1

PROLOGO GALEATO Da festa de N. Snrª. de Nazareth no Dia do Seu Círio Em 9 de outubro de 1850. Na cidade de Belém capital do Grão-Pará Pelo Dr. Patroni

A Voz Paraense 1/11/1850 n° 31

EXODIUM

Gloria in excelsis Deo et in terra Pax hominibus bonae voluntatis. Jesum,quem Moises scripsit et prophetae. Filium Joseph. Filium Joseph Nazareth invencimus, Lutetioe natum, Moschou, et Londinii, Denuo fulgore com ingenti natum Olisipone. Et tu nequaquam Bethlelem es mínima. Potentioe namque paraenses genua Nomine flectunt Jesu, dum repellunt Vim, necem, crimina. PRIMEIRA LOA

Gloria á Deos nas alturas e na terra Paz sempre aos homens de benevolência. Nazateth quer dizer: Templo da guerra. Abre-o o cavalheirismo da sciencia. He daí que Felippe desencerra Segredos da Divina Providencia. — Pois couza boa vem de Nazareth?..” — Vem e vê. He o filho de Jozé. “ Nathanael Queria crer; Mas sem saber O que queria. A latitude


2 De Athenas conta, E sò aponta Local bem rude. Achaia não tem báculo nem sceptro. Tagos, Tejo. O grão-padre da Thesalia. Seus olhos forão sempre toda a Gállia, Quando o Céu não passava de hum espectro. O despotismo, E o fanatismo Irmãos germanos São dos Romanos Lisboa he a pedra santa e real Sé da Sociedade Universal. Pois he Lisboa O sacro oráculo Do templo bíblico De Salomão; Faz equação Do salmo lírico, Pastor e báculo, Em Roma e Goa. Não há terra em que o Homem Deos se faça Mais temer de quem vive de trapaça. SEGUNDA LOA

Honra e gloria portanto aos diretores Do grande círio Nazareth-Belém; Pois lerdos charlatães ahi não tem Que borrar c’o pincel de furta-cores. GAMA e SILVA he JOZÉ, huma potencia, Eixo maior da curva já quadrada, O tipo da harmonia regulada Pelos dogmas da Acústica Sciencia. Seu preço, seu valor he infinito, Pois seu nome IO’ SE’ FUSIS já bemdito Foi pela Ellipse Do Conselheiro, Que he o primeiro No Apocaypse. Viva LERAISTRE e o Pavilhão de Flora!!!...


3 Libertos, sabeis? Chegou a hora, A hora de morrer charlatanismo Calcado aos pés da mãi do Christianismo. Sabedoria, Mãi de Jezus! Exprime a cruz Que val MARIA. MOTA MARQUES he a terra da raiz Que o francez no plural dous marcos diz; Em quanto que seu tio o grão CARDOZO O quinto império, INDUSTRIA, ao Havre envia Por prova de que na peripheria Caza co’a França o Pará mimoso. Pariz, Pará. CHANTON engaste Mais quando baste SEYDOUX fará. O Labarum do Quinto Império ostenta O ser Napoleão que o mundo alenta. E bô-ar-né, em grego, tanto val, Que he do santo David o integral. beau-har-nais.

Continua. A Voz Paraense 5/11/1850 n° 32 Continuando do numero antecedente bô — ar —né b——— 2 o — — — 70 a——— 1 r — — — 100 n — — — 50 é——— 8 ——— 231 Fluente 21 valor de David. TERCEIRA LOA


4 Hia precipitar-se um cavalleiro Em abismo que apenas de fundura Cinco mile mais duas legoas tinha. E que milagre A virgem santa De Nazatrth Lhe faz então?!... Coração, já bate artéria A mizeria, o faz sentir. Quer fugir; não tem abrigo. Já consigo pense e diz: “Valha-me a virgem só de Nazareth!!!” E o cavallo ficou, no ar, em pé!...... Allegoria, A mais brilhante, Que tem havido No mundo inteiro!.. O cavalleiro He renascido: E passa avante peripécia. O cavallo se curva para traz. Com elle o cavalleiro forma cruz. Vê-se então o OCTAEDRO que é JESUS. E por pontos a descripção se faz. Apocalypse he tangente, E o ponto de contacto esse cometa Que no ano quarenta e tres no Rio Se fez ver com asssombro, pasmo e brio, Mostrando que o Evangelho não he peta, E trasendo asssustada toda gente. Pará, Pariz. As Amazonas. Largatos, monas. E a lua Cris.


5 EPILOGO

Os quatro pés do cavallo de Tróia. E o precipício do cavalleiro de Nazareth no justo meio dos dez mil gregos conduzidos Poe Xenophonte em sua Anabaze de Cunaxa até Athenas 1155 legoas em 215 dias, isto he, poetizando erradamente a formação do Octaedro Social com três quintos da parábola do pastoradouro 3 multiplicado por 385 = 1155, sendo aliás que a unidade está em 3 lbs e porisso o Octaedro Social forma-se da quinta parte da parábola menos hum, 1/5 – 1 da parábola = 384 o mesmo que 3 mult. 128 = 6 mult. 64 = 384 anagrama das 69 semanas de Dan. = 483. 48 49 50 51 __ 22 x 9=198

1176 1225 1275 1326 _____

Fluente da latitude gradual de Paris Fluente do Evangelho de S. João no Cânon Fluente de Pentencostes na liturgia romana. Fluente da latitude gradual de Londres.

5002

Fundura do abismo a cahir o cavalleiro.

Continua. A Voz Paraense 8/11/1850 n° 33 Continuando do numero antecedente

ANAGRAMA DO NUMERO

176

ANAGRAMA DO NUMERO

671

Valor da palavra paradeisos que significa paraizo 671

176 Valor da palavra nazareth, que significa templo da guerra, em contraposição ao da paz de Jano em Roma.

Tangente da parábola, ou numero dos capítulos do Apoc., e lat. grad. do Rio de Janeiro 22

67 Ponto de contacto da tangente, ou numero dos milhões de legoas de cauda do cometa do anno de 1843 do Chistianismo.

27 Complexo dos livros do Novo Testamento. 67 Ponto de contacto da tangente 22 na parábola do pastoradouro __ 189 162 Repudio de Beauharnais em França ao passo que na Sicília cazava-se Luiz Felippe de 1809 Orleans [aure-lianus]


6

Revolução constitucional da cidade de Belém do Pará no 1º dia de janeiro do anno vinte e hum do século dezanove [1821]: Ou, morte de Napoleão na ilha de Santa Helena no dia 5 de maio do mesmo annno 24 Apocalypse, tangente, latitude do Rio de Janeiro

22

Ou distancia da morte de Napoleão ao ponto de contacto 67 milhões de legoas de cauda do cometa, que fez o napoleonismo ou o neopalismo do calculo comentário no Correio do Imperador u.32 do anno 1843 22 __ 43 41 Extenção da Europa em latitudes graduaes de 35º a 75º N. formando hum circulo de 41 graos com o meio 67 cometa 1843 á servir de ponto de contacto da tangente em logarithimo. o08 Princípio e fim da republica das Amazonas, 1u progressão arithmética do capitulo sexto [6º] de Isaias, que a Igreja Catholica Romana no símbolo apostólico denomina espírito divino, celeste ou santo: Credo in Spirituum Sanctum. Porque , as outras progressões, que a seguem, vão estabelecendo formalmente os outros pontos ou artigos do Credo (3. . .3) ecclesiam catholicam. (2 . . . .2) sanctorum communionem. Et reliqua.. 4671 4,671

671 4000 4671

Continua. A Voz Paraense 12/11/1850 n° 34

Continuando do numero antecedente 671 O homem do paraíso. Parà — deiso, clamando Nazareth 4000 O quadrúpede, cavallo, porco de Thebas, javali de Calidonia ____ 4671 Valor dos senos e cosenos do Apocalypse em 22 capitulos. Senos versos do Apocalypso 4671 | 1764 Luiz 16 ao throno de França, quadrando a três quatorze gerações de Jesus Chisto: 42 mulp. 42 = 1764 Expressão de Jesus

8 | 4671 Senos versos do Apocalypse.


7 O homem no ar voltando Ou anagrama de 385 Quinta parte de 1925 Valor da parábola do pastoradouro no Evangelho e Bíblia toda.

583

67 31 7

O repto sete 7 em complemanto arithimético , unido á expressão oito[8] de Jesus a formar huma quantidade que seja o producto de dous fatores ou princípios, Principium qui loquor: a saber: Hum, do circulo annual dos tempos , Áries, 13, Planeta ou Calculo do Quinto Império 13 — 8 — 5 do Correio do Imperador n 32 publicado no Rio de Janeiro em1843 sob os auspícios e benigna influencia do grande ministro do Altíssimo to pan dos gregos, tupan dos topinambas, e seu anjo enviado á terra, o cometa de 67 milhões de legoas só cauda: Outro, da progressão arithimetica do capitulo sexto de Isaias [6] que a Igreja Catholica Romana invoca por graça do espírito divino ou suprema intelligencia do Creador dos ceos e da terra e absoluto senhor da vida e morte de tudo quanto existe: 13

13 Planeta Aries

6

6 mult. 13 = 78 Posição Napoleão Labarum

__ 78

78 Jesus [Oitava Social em unidade] formando a essência da cidade nova do

Apocalypse ou Nova Jeruzalem, construída em sete cazas arithimeticas, donde sahio a alfândega das Sete Cazas em Lisboa, dando-se por findo o tempo do cativeiro de Babylonia, aquele numero sete[7] em dezena. 70 annos dos livros de Jeremias, 7 graos de latitude norte-sul em África e América Meridional até se abbreviarem por conseguinte as Setenta Semanas de Daniel reduzidas em quebrados á expressão mais simples no grande milagre dos cinco pães e dous peixes. 77

Dous peixes

5

Cinco pães

___ 385

Quinta parte de 1925 valor da parábola quadrada com

35 numeros contados precisamente de 38 latitude de Lisboa paralítico do cap. 5 do evang. De S. João, até 72 inclusive, que he o numero certo dos discípulos de Chisto no cap.10 do


8 evang. De S. Lucas, e precizo numero de anjos, apóstolos , enviados (deputados sinomos) na quinta e ultima parte da Balança Legislativa, assim como foi o numero preciso dos interpretes da Bíblia que vulgarmente se diz Setenta, ao paso que foi também da revolução de Belém do Pará no annno de Vinte e Hum que aliais é o princípios commum da regeneração social das nações todas, como se vê na seguinte operação arithimetica, ou Calculo da Revolução Belém Pará Dia primeiro

1

Mez, primeiro

1

Anno, vigesssimo primeiro

21

Século do Chistianismo, décimo nono

19

Cidade de Belém capital do Pará, na latitude grao

minutos

27’

segundos

2” ___ 72

Continua. A Voz Paraense 20/11/1850 n° 36

Continuando do numero 34

E porquanto a Bíblia, a Escritura Sagrada, toda inteira, he composta por 72 livros precizamente, nem mais hum nem menos hum, conforme o Cânon decretado pelo Concilio de Trento muito expressa e formalmente, dos quaes pertencem quarenta e cinco (45) ao Velho Testamento ou Escritura e Lei de Moises; vinte e sete [27] ao Novo Testamento que he a lei da graça, lei nova, lei de Jezuz Chisto ou christianismo, verdade, verbo de Deos: Como evidencia se-conclue que Lisboa-Belém he o princípios físico da quadratura da parábola, por isso mesmo e só porque a Cidade de Belém do Pará absorveu em sua revolução constitucional a essência da Bíblia, a escritura toda inteira, não porque eu asssim o-quizesse ( eu não entrei na revolução armada nem della tive noticia; quando já estava


9 commsumada, então foi que me-apoderei della para a-dirigir ao bem publico somente, desde então até hoje). Altos juízos de Deos. A Providencia servia-se da minha nullidade política para poder hoje revelar ao mundo os mistérios da Bíblia, a gloria inefável do habitantes do Pará e honra e muito louvor dos que se-tem dedicado á celebrar a festa de Nazareth de Jozé Do cap. 1. de evangelho de S. João Ou Parábola do pastoradouro já quadrada n 4. caza arithmetica da Cidade Nova e Jerusalém Celeste do Apocalypse.

38

39

40

41

42

43

44

45

46

47

48

49

50

51

52

53

54

55

56

57

58

59

60

61

62

63

64

65

66

67

68

69

70

71

72

Observe-se que, á partir do centro ou foco, o número [55] latitude de Moschou na Europa e Terra do Fogo na América Meridional, tomando dous números de ângulos oppostos; a somma desse dous números em todo caso há de sempre ser cento e dez (110). Por exemplo

38

53

64

40

72

57

46

70

110

110

110

110

E assim os mais.


10 Ora, no Genessis cap.50 v. 22 he expresso que José assistio no Egito com toda a casa de seu pai, vixitque centum decem annis, e viveu cento e dez annos. Logo muito bem se-diz ser Nazateth a cidade de José, porque a vida, existência, virtude, e acção moral delle existe sempre infiltrada na união das pessoas toda vez que dous caracteres se ajuntao por pacto ou ajuste á formar sociefdade, pois emfim, segundo mesmo a phase dos Consultos Romanos do paganismo, o contracto, ajuste, pacto, sociedade est duorum vel plurium in idem placitum. E Moises e Jesus Chisto, cada hum na sua lei, ambos elles o disserao: Ubi duo vel três in mine meo, ibi sumin médio corum. Eis a gloria, a muita gloria que cabe sem duvida aos três nobres e honrados Diretores da Festa de Nazareth de Belém do Para em 9 de outubro do anno de 1850. Hum delles he o principio da parábola representando Lisboa, que he alias a terra do seu nascimento, o Sr. Antonio da Motta Marques e com a circustancia ainda mais notável do nome do planeta Decimo Terceiro figurado por Santo Antonio de Lisboa morto no annno 31 do século 13. Outro o Sr. Marcellino Perdigão natural do Pará, absorve em seu caráter o fim da mesma curva com que calculo da revolução constitucional da cidade de Belém, no anno 21 do século 19. O sr. Gama e Silva finalmente a Providencia elevou-lhe o caráter á tão subido ponto, vai ser o eixo maior da parábola, figurando completamente a pessoa de José do Egito que é o governo inglês no eixo da pyramide cônica Octaedro Social como ponto polar no bello instrumento astronômico á que se dá o nome de Circulo Mural, e que aprezenta Martinica ou família Beauharnais na latitude quatorze (14) figurando não só o ponto horizontal, mas também a posição do poder da força natural das phalangs que sempre são 14 nos cinco dedos da mão de cada hum homem em todos os paizes e tempos.

Continuar-se-há

A Voz Paraense 29/11/1850 n° 38

Continuando do numero 36


11

Nem eu poderia pronunciar uma puerilidade, quando na Segunda Loa disse, que o nome do Sr. José Joaquim da Gama e Silva fora bemdito pela elipse do Conselheiro, o Exmº Snr. Jerônimo Francisco Coelho, restaurador dos muros arruinados de Jeruzalem e novo arraial de Nazarth, hum outro Nehemias , e elle mesmo o construtor, engenheiro, ou arquitecto do magnífico Pavilhão de Flora, feito à rogos, dinheiro e piedade do nobre cidadão francez, muito benemérito de Belém do Pará Snr. Leraistre, cujo nome he composto de duas palavras gregas e uma latina:

Lea Rhoe istros Quer dizer em latim: Lápis Rhoe Ister. Em portuguez: “A pedra ou calculo do Wolga he o Danúbio”

Assim que, he o próprio dedo de Deos que escreveu as palavras e doutrinas agora por mim reveladas; para ensinar aos homens governantes das nações que fora da Bíblia não há sciencia , nenhuma, nenhuma. Nas escolas mesmas se-ensina que a parábola passa a ser uma elipse , cujo eixo maior é infinito. Ora, as duas primeiras letras do nome do Snr. Leraistre valem trinta e cinco (35) no alphabeto da língua grega, que he a língua materna, vernácula e original do Chistianismo. Mas essa quantidade indica a superfície da parábola que he realmente composta de trinta e cinco números ou caracteres contados de 38 á 72. E o valor das letras iniciaes de um nome ou sistema não há tanta ninharia ou bagatella, que não esteja ahi a essência toda do Chistianismo, pois quando os phariseus e mais charlatães querião saber quem era Jezús, respondia elle: Principium ejus et loquor vobis. Joan. 8. 25. O nome he palavra que falla, e a letra inicial hum principio. E porn isso as três primeiras letras dos nomes de cidades na Bíblia valem sempre dezanove, porque o século dezanove he que tinha de organizar as nações em reino de Deos constituindo o sacerdócio real do Apocalypse na cidade nova ou nova Jerusalém. Por exemplo, Bethel, Bethelem, Bethânia, Bethaida.


12 b

2

é

8

th

9 19

Por isso os nomes dos apóstolos ou verbos e agentes do Christianismo tiveram sempre nas iniciais ou o numero cinqüenta e hum que he a latitude gradual de Londres, ou pelo menos o seu fator múltiplo dezasete que forma a Ellispe, principio das três curvas Secções Cônicas. Assim por exemplo:

Andréas

Petros

Nathanael

Nazareth

1.59

80.5

50.1

50.1

A letra ene val cincoenta. A letra a val hum. E todas aquellas palavras indicão ser a Inglaterra o principio da posição da força natural do Evangelho na formação da Ellipse da pescaria, cujo calculo se-acha em expressão no capitulo vinte e hum [21] e ultimo do Evangelho de S. João, onde está escrito que S. Pedro puchou a rede, cheia de cento e cincoenta e três grandes peixes, plenum centura et quiquaginta tribus magnis piscubus. Tal é o grande mistério do Pavilhão de Flora, a Ellipse do arrial de Nazareth em Belém do Pará, que fez construir a sua conta o ilustre francez Mr. Leraistre. O numero trinta e cinco (35) das letras iniciais do seu nome indica a superfície da parábola, chamada Nazaretth de Joze. Essa curva estatue o estado social das nações, que os mestres de eloqüência por alegoria , o navis, referent in maris te novi fluctus: denominão sempre Nao do Estado, porque os navios tem câmaras e camarotes, e o estado social das nações bem regidas pela lei e palavra de Deos tem câmaras de deputados senadores e camarotes de conselheiros e ministros d’Estado.

Continuar-se-há.

A Voz Paraense 07/12/1850 n° 40

Continuando do numero 38


13

Quando pois Jezus no cap. 21 do Evangelho de S. João, ordena aos apóstolos que deitem a rede para a parte direita do navio, nada mais fez do que indicar a formulação da ellipse. E com efeito, olhe bem o leitor para esse quadro aritmético chamado Nazareth de José: ahi, á direita, há de achar a seguinte pequenina parábola:

45

46

47

50

51

52

55

56

57

Vejão bem, meus Snrs. (oh! Lá do Club Negreiro da Corte do Brazil estacionada no Rio de Janeiro! He com vossas mercês, senhorias, e excellencias que eu fallo e não com alguns outros habitantes do Brasil). Vejão bem, que o centro ou foco dessa curva he cinqüenta e hum [51] latitude gradual de Londres. Sommen-se agora os números todos da curva, trez a trez cada vez, tendo sempre no meio Londres por sua posição no globo terráqueo á frente occidental da Europa em meio do antigo e novo mundo:

45

47

46

51

50

55

51

57

52

56

Duas cruzes bem formadas, huma de Santo André; outra de Christo. Quatro braços de cruz portanto e cada um delles tendo sempre o valor de cento e cincoenta e trez, os taes peixes pescados por S. Pedro á conselho, sabença e ordem de Jezus.

45

47

46

50

51

51

51

51

57

55

56

52

153

153

153

153


14 E esta quantidade 153 he a razão triple de 51 latitude de Londres! E mais he de notar, que as três secções cônicas estabelecem os trez poderes da ordem social, força, riqueza, sabedoria, com as trez unidades dramáticas, lugar, tempo, acção. Logo a expressão natural e divina da ellipse de Nazareth de Belém do Pará o magnífico Pavilhão da Flora de Mr. LERAISTRE,

indica sem duvida alguma o lugar da Sé apostólica da Sociedade Universal em

Lisboa-Belém e Belém do Pará. O que se confirma pela seguinte proporção;

38

39

76

Estes trez termos sommão cento e cincoenta e trez, valor da Ellipse.

38 39 76 ____ 153

Mas, primeiro que S. Pedro puchasse a rede com os 153 peixes, os outros apóstolos chegavam a terra na barca e vião hum peixe posto em cima de brazas. Pergunto: Não será este hum peixe a latitude gradual da cidade de Belém do Pará? Vejamos: 1.

38

:

39

76

Meios

Extremos

Total

38

1

77

38

76

77

77

77

154

A razão de duvidar estaria em ver esse hum peixe acompanhado de brazas e pão percebendo-se que a quantidade he formada por trez letras. Com effeito he o numero 171 fluente de 18 e somma do calculo da Revolução de Setembro de Lisboa, elevação de pio 9º,


15 e o valor do primeiro Apostolo Santo André, Andréia. Mas em se considerando como hum quebrado ou frcção este numero 1/171 já ficam sanadas todas as difficuldades. E na verdade, basta procurar as incógnitas da equação,

22

14

7

11

154

14

11 mult 14 = 154 o mesmo que

14

7 mult 22 = 154

154

Continuar-se-há.

A Voz Paraense 18/12/1850 n° 43

Continuando do numero 40

Para se-ella considerar transformada no principio e fim da constituição da Sociedade Universal pelos sagrados livros da Bíblia com a descripção das curvas todas e seus pontos resppectivos bem assignalados. A Bíblia inteira tem 72 livros; mas 45 do Velho Testamento, e 27 do Novo que se chama Christianismo, lei nova, lei da graça. Ora, já tenho dito o Apocalypse he a tangente em 22 capitulos; e o Apocalypse está no fim da Bíblia, em ultimo lugar, comprehendendo por tanto em sua posição ou latitude canônica dous números, a saber hum do seu próprio caráter , que he ser 27º dos livros do novo testamento, e outro do catalogo geral do cânon, que he 72º. Estabeleça-se agora huma proporção com esses dous números: 27

.

72

:

99

.

144

O primeiro termo 27 he o complexo dos livros do Christianismo. O segundo 72 he o calculo da Revolução constutucional de Belém do Pará em 1821. O terceiro 99 he o valor da palavra Belém na língua graga, Bethlem, que significa “ o livro, o pergaminho, a escritura,


16 a sciencia, o estudo, quer-me a mim”. Finalmente o quarto e ultimo termo 144 he o numero da cidade nova e anjo arquiteto como esta expresso no Apocalypse cap. 21 v. 17.: Et mensus est muam ejus centum quadraginia quatuor cubiturum, mensura huminis quae est angeli. Médio também seu muo que era de cento e quarenta e quatro côvados da medida do homem, que era a do anjo.” Pelo que he visto ser Londres, como foco e centro da Ellipse da pescaria, o eixo da pequenina pirâmide ou triangulo que forma o muro da cidade nova e o carater sublime, celeste, edivinal do Anjo Arquitecto, apontanto em seu ser desde então a hora do Golgotha com a virtude e força do numero seis [6] característica de David e Revolução Constitucional de Belém com a morte de Napoleão em Santa Helena, para ser depois o eixo do octaedro como ponto imóvel da esphera e polar no circulo mural.

Lisboa

38º

Londres

51º

Moschou

55º 144

Logo, o anglo-saxonico, o povo inglez, Londres, he o cometa leque de seis caudas apparecido no anno de 1744 do Christianismo, e que deu principio físico ao calculo cometario completo em 1843 com o grande cometa de 67 milhoes de legoas na cauda E tanto assim que desse cometa de seis caudas em 1744 ao cometa de duas caudas em 1811, vão exatamente sessenta e sete annos que he o numero a caracterizar o ponto de contacto da tangente na extensão da calda do ultimo cometa do século cometario. Esta esserção não he arbitraria. Existe em Inglaterra huma terrinha chamada Leek no condado de Stafford, que friza bem a escritura do Lequi de Sansão, a queixada de jumento comque elle matou mil philisteus, e que não tem paridade alguma, nem a menor sombra de analogia com o licus de Baviera e aletium de Nápoles e Terra d’Otranto, para que lhes fosse dado figurar com a denominado Lecco Lecce o cometa leque impregnado pela mão de Deos na fluente de Londres , 1326; quantidade esta que dividida por seis [6] descobre os mistérios da preparação do calculo da ellipse no cap. Do Evang. De S. João, pois S. Pedro está nú , isto he, o calculo em seu ser natural e principio físico, a letra seis [6] na origem da


17 progressãp arithmetica da Republica das Amazonas capitulo sexto (6) de Isaias. Ora, seis he a característica da fluente 21, túnica do calculo com que se-cinge Pedro então; mas seus collegas estavão na barca distante da terra duzentos passos. Continuar-se-há.

A Voz Paraense 11/01/1851 n° 47

Continuando do numero 43

Eis pois as trez quantidades que entrão na preparação do calculo, descendo das quantidades para seus elementos á fim de topar com a fluente do numero 17, que he o valor da ellipse da pescaria 153, onde so encerra trez vezes o numero 51 latitude gradual de Londres, e nove vezes 17 que he a razão subtripla da mesma latitude. 6 Cometa leque S. Pedro nú. 221 Pedro no mar cingido 21 Tunica com que se cinge. 6 com a túnica 21. ---200 Distancia da barca á terra.

1326 Fluente de 51 lat. Gr. De Londres

221 mais 6 Fluente água, S. Pedro no mar. Proporção arithmetica da fluente de Londres. 13

.

26

:

39

Meios

Extremos

Total

26

13

65

39

52

65

65

65

130

.

52

Londres

51º 30’ 49 130= 10 13

Áries, Planeta 13 | 5002 Abismo do Cavaleiro Octaedro Social ou Jesús em alma.

384

110 Eixo mair da parábola. 62 Ponto de Daniel ao Christo material 10 Resto de S. Diniz, bispo de Paris em


18 9 de outubro, dia do Círio de Nazareth.

Dionizio, Diniz, Denis em francez, Dionysios em grego, he palavra composta de trez vocábulos puramente hellenicos ,á saber: Dios genitivo de Zeus que significa Jupter, o maior dos planetas e também dos deuses do paganismo. Nuse o mesmo que metà, signal limite ou marco da carreira dos cavallos nos jogos públicos de Grécia e Roma, Jos, ious, a lança, a setta, a pyramide cônica em numero hum, Belém do Para no primeiro grao de latitude Sul da América Meridional, cuja forma he a de uma grande lança ou pyramide cônica assim como o Pão de Assucar no principio da serra dos Órgãos á entrada logo do Rio de Janeiro. Pelo que o nome do santo no dia do Círio de Nazareth em Belém do Para no ano de 1750, quando he nove [9] de outubro, dia de S. Diniz ou Dionizio, areopagita, bispo de Paris, significa em latim: JOVIS SIGNUM TELUM

Quer dizer na língua portugueza: “A meta do planeta jupter he a lança do Rio de Janeiro na latitude 22º Sul.” A razão desse mistério he porque, na republica literária das Amazonas, isto he, na progressão arithmetica do capitulo sexto(6) de Isaias, apparece na posição de numero nove [9] a quantidade vinte e dous [22] Apocalipse, tangente, e latitude gradual do Rio de Janeiro; tendo ahi mesmo Poe seu logarithimo, integral, ou fluente a somma o numero cento e vinte e seis. ( 126 = 6 mult. 21) que he justamente a Sociedade Universal, toda inteira, composta de trez câmeras: 1ª. Conselheiros d’Estado

18

2ª. Pares, Lords, ou Senadores Universaes

36

3ª. Deputaos, Communs, ou Procuradores Universaes

72 -------126

E tanto he isto huma verdade saliente e provada por si mesma, que o valor de S. Dionísio dividido pela expressão de Jesus [ou filho oitavo de Jessé, David, 8, oitavo, oitava social, octaedro social] da no quociente a soma exata da Sociedade Universal, deixando em complemento o resto seis, na derimação do verso trezs do capitulo sexto de Isaias, com que


19 vai depois resolver todos os triângulos, na quadratura da parábola do pastoradouro, á caracterizar-lhe o foco 55 na latitude gradual de Moschou e Terra do Fogo; pois a fluente ou somma de dez, contados os números por sua ordem natural he cincoenta e cinco [55].

Contunúa A Voz Paraense 15/01/1851 n° 48

Cont. do n. 47

4 10 70 50 400 200 10

9 | 1014 Valor do nome de S. Diniz. ______ 112 11 Principio do calculo cometária 24 hora do dia astronômico. Lat. De Paris 6 Hora do Golgota. Napoleão No Labarum. Cometa leque de 1744. Eixo do octaedro Social em Londres. Com-

0,7014”

s

.200

_______

______

9

1014

112

Plemento á resolver a oitava triangulada por vinte e hum [21 David] na trindade celeste do anjo Arquitecto e construção do muro da cidade nova do Apoc. Cap.21. v.17. 6 mult. 24 = 144

Expressão de Jesús 8 | 1014 Valor do nome de S. Diniz. Sociedade Universal 126 21 Valor de David sinonomo de 54 . . Razão dupla do Christianismo.

Eclesia Catholica em grego e latim

6 Fracção de Heitor, e ektor, ekte òra. Ou, estabelecimento

em

forma

prática

e


20 constituição real e verdadeira do Octaedro Social com o quadrado no numero oito multiplicado pela hora sexta do Golgota.

á saber: 64 Quadrado de oito 6 Hora do Golgota. _____ 384 Octaedro Social; ou Ministério das nações todas e governo da terra inteira.

PROBLEMA DO PAVILHÃO DE FLORA

Ou A questão biblio — theologico — política De Nossa Senhora de Nazareth de Belém do Pará Na diplomacia evangélica de S. Christovão

§ 1. A rotação dos planetas em forma elliptica he hoje hum axixioma de Astronomia. § 2. A circumcizão dos hebreus, árabes egípcios, huma equação do circulo , circumcaedere. § 3. Ismael aos treze annos de idade, Abrahão aos noventa e nove, e ambos em um só dia circumcidados, são dous segmentos de circulo. Fazem elles por ventura unidade em Paris? Noventa e nove e mais treze lá vão ter á cento e doze com effeito: 99

Abrahão circumcidado

48º

13

Ismael circumcidado

50’

112

14” 112 latitude de Paris

§ 4. Mas, não será antes a secção da matéria e trevas do circulo cortado em 13 Matternyck (a noite mãi, matriz da noite, em grego) pela conversação que teve com Jesus o nobre cavalheiro senador constitucional Nicodemus [nicolau Victoria popularis] de noite, e sempre de noite, como refere muito minunciosamente o evangelista; e isto, para aparecer no circulo mural o numero Quatorze (14) como ponto horizontal, a servir de exppressão


21 natural, exacta, verdadeira, celeste, divina, de huma quantidade algébrica, a luz, dia, primeiro dia da creação no Gênesis, posto em calculo posto em calculo pela mão de Deos em

BEAUHARNAIS,

gente oriunda de Matinica aos 14º de latitude norte no principio

(Principium qui loquor) da Amarica Meridional, que he luz do meio dia, Leuchtenberes, monte da luz em allemão? § 5. e que exprime algebricamente o primeiro poder da ordenação social que he a força inherente ao corpo humano para trabalhar, exercendo portanto seus direitos e funções pela só lei do Código Remuneratória, que produz immediatamente a paz e a virtude e a moral evangélica de todoz os homens no amor do trabalho, como principio único religioso das virtudes sociais derivadas da lei de Deos e a forma do corpo humano, que tem o quinto imperioa nas curvas multiplicadas de milhares de acções, produzidas na Industria e Commercio pelas phalanges que são sempre quatorze (14) nos cinco dedos

da mão

humana, em todos os indivíduos desta espécie, e em todos os paizes, em todos os tempos?..

Continuar-se-há

A Voz Paraense 18/01/1851 n° 49

PROBLEMA DO PAVILHÃO DE FLORA

Ou A questão biblio — theologico — política De Nossa Senhora de Nazareth de Belém do Pará Na diplomacia evangélica de S. Christovão

§ 6. O segmento Abrahamico foi o consulado de Napoleão em 99, valor da palavra Belém bethlem, onde nasce Jesus Christo. E isso, o confirmou o cometa de 67 milhões de legoas apparecido aos 99 annos do século cometario, que começou em 1744 pelo cometa Leque de seis caudas, o qual por conseguinte apresentou Napoleão no justo meio do Labarum do Quinto Império ( publicado na Minerva Braziliense do Rio de Janeiro


22 n. 11 de 1845) em sexto [6º] lugar, para ser a raiz quadrada da Oitava social em todas e cada huma das nações, (16 mult. 16 = 256) e deixando o resto trez [3] ao Anjo Aarquitecto para ser o divisor do arco ou ângulo dado quatro mil trezentos e trinta e dous [4332] da conversação de Jezús com os seus trez discípulos ou apóstolos, Thomé, Fillipe, Judas (não o Iscariotes) no capitulo Quatorze (14) do Evangelho de S. João, á respeito do lugar e mansões que lhes elle tinha de preparar, hindo e tornando, á fim de ficar certo ser o lugar da equqação da Sociedade Universal Lisboa em 38º 1050 Valor de Thomé

thòmaz

980

Valor de Fillipe

philippos

685

Valor de Judas

ioudas

888

Valor de Jesus

iérour

729

Quadro de 27 livros do Chistianismo

4332 Circulo mural e Anjo Arquitecto Do apoc. em unidade trimitaria

3| 4332 Arco do cap. 14 do Ev. De S Joao

Quadrado de 38, lat. De Lisboa 1444

13 Circumcição de Ismael 13 Aires, Planeta (13 Asar de Éster 12 Fragmento dos (cinco pães O Circulo, cifra (zero, serpente, satan.

7. Por conseguinte, sacrificado o carneiro Áries 13, em lugar de Isaac; a circumcizão deste, ao dia oitavo á ser tipo da circumcizão geral dos homens todos e nações e seus governos, he o transumpto fiel das secções cônicas na conversão da parábola em ellipse de eixo maior infinito , cortada a hyperbole do jantar em 29º pelo dia, luz, 14 Martinica Beauharnais ( bôar-n, em grego), á fim de ficar o direito de propriedade nas cazas, couzas, e famílias e só


23 nas couzas das cazas ou famílias, pois que os cidaãos não são couzas nem ovelhas e animaes brutos, que devão ser objecto de domínio das pessoas governantes. §.8. E por isso, ahi em 29º antes de 30º em meio d’ambos esses números

JESUS CHRISTO

na

idade de começar sua alta missão, aos quase trinta annos; he lá que o assymptola 38 Lisboa marca os limites á tangente 22 Rio de Janeiro com a força do cometa 67 milhões de legoas de cauda, que he o ponto de contacto procurado por Xenophonte em um circulo dos dusentos e quinze dias (215 = 5 mult. 43) que troucerao de Cunaxa a Athenas os dez mil gregos e achado pelos apóstolos em Galileia (val. 86 = 2 mult. 43 exprimindo o quadrado 43 mult. 43 = 1849), porque. §. 9. Os trinta e oito caracteres, contados de 67 para trás até 30 inclusive pela ordem natural dos números, dão exatamente o anno 1843 em que apareceu no Rio de Janeiro o cometa de 67 milhoes de legoas, no 13 Adar de Aman e Mardoquen, que he o mês de fevereiro exatamente no m delle, ao meio dia, em 28 de fevereiro de 1843, continuando á ser visto quatorze noites succivas, para mostrar ao mundo inteiro ate que ponto chegva a justeza das idéias e exactidão dos cálculos da Sagrada Escritura no livro de Esther cap. 9 v. 21, ut quartam decimam et quintam decimam diem mensis Adar pro festis susciperent a fim de que o dia quatorze e o dia quinze do mez de Adar fossem para elles dias de festa. §. 10. Sendopois elliptica a rotação dos planetas; e havendo a Astronomia tomado uma nova face com a descoberta dos satellites de Jupter por Galileu, ao ponto de ficar melhor entendida a terceira lei de Kepler que liga os quadrados dos tempos com os cubos das distancias; de maneira que a observação dos eclipses dos mesmos satellites, fixando com precizão absoluta o sistema de Copérnico, sevio também para determinar a aberração da luz e sua extrema velocidade e prodigioza rapidez; pergunta-se: §. 11. O facto providencial de ser no dia de S. Dinz, bispo de Paris, o Círio de Nossa Senhora de Nazereth na cidade de Belém, capital do Grão Pará, que he o paiz das Amazonas, á huma das quaes se deve a fundação de Epheso, primeiro caracter civil do Apocalyse: Esse facto não será por ventura a expressão naturral, exacta, verdadeira, scientifica, e theologica da vontade de Deos e huma calligrafhia de sua palavra celeste, que manda transferir e mudar, quanto antes, da cidade de S. Sebastião do Rio de Janeiro para Nazareth de Belém do Pará, a Corte do Brazil sob pena de vir, hum pouco mais tarde, duplicada catastrophe sobre a terra da Santa Cruz, produzida pela enorme influencia do


24 club nigromantico nos Gabinetes de S. Christovão/ ... Ou, a cidade de Belém não he com effeito a Sé Apostólica da Sociedade Universal juntamente com Lisboa-Belem pelas regras da Álgebra da Escritura Sagrada ???... FIM

Do Epílogo e Prólogo Do Círio de Snrª de Nazareth Da cidade de Belém do Grão-Pará Sua caza, na rua, na rua S. Boaventura, n.11. junto ao Cano do Arcenal da Marinha na cidade de Belém do Pará, aos 21 de agosto de 1850 — PATRONI

Isto é a prova mais ............ , a mais .......................... da alienação mental do Dr. Patroni. Na opinião do Barão de Guajará ......José Veríssimo elle não .....mais do que um doido. Este .......................o comprova.

Nota caligráfica no rodapé do nº 34


Prologo galeato