Page 1

02 de Junho de 2011

Boletim Informativo

N°75 Ano 3

www.uffs.edu.br

7 5

UFFS empossa cinco autoridades universitárias

A

Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) fez um ato para marcar a posse do novo pró-reitor de Administração e Infraestrutura, Péricles Luiz Brustolin, do secretário Especial de Tecnologia e Informação, Braulio Adriano de Mello e de três diretores. O evento foi na segunda-feira (30), no auditório da Unidade Seminário, em Chapecó. Na pró-reitoria também assumiu a diretoria de Gestão, Programação e Acompanhamento, Fernanda Mara Peretti. Já na secretaria, Luciano Lores Caimi foi empossado como diretor de Infraestrutura de Tecnologia da Informação, e Giancarlo Dondoni Salton, como diretor de Sistemas. O reitor da UFFS, Jaime Giolo, afirmou que a cerimônia misturava sentimentos de tristeza e felicidade. Por um lado havia a despedida do então pró-reitor de Administração e Infraestrutura, Rogério Cid Bastos, que vinha trabalhando desde 2009 com a Comissão de Implantação da UFFS. Bastos, originário da tutora da UFFS, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), abraçou a implantação da nova universidade com o primeiro reitor da instituição, Dilvo Ristoff. Por outro lado, lembrou Giolo, estava o sentimento de alegria pelo ingresso dos jovens na estrutura administrativa da instituição. “A UFFS vem provando, interna e externamente, que vem seguindo sua rota de consolidação. Essa universidade deve muito às células iniciais, que eram uma pequena

Leia também: Dirigentes da UFFS participam de discussões sobre PNE

Seminário em Realeza discute juventude e êxodo rural

p. 3

p. 4

Abertas inscrições para remoções de docentes e técnico-administrativos

Projeto discutirá estrutura urbana e políticas públicas

p. 5

p. 5

equipe vinda da tutora”. O reitor da UFFS também agradeceu por todo esforço da equipe, pelas contribuições “modernas e aperfeiçoadas” e ressaltou que a UFFS ainda conta com o apoio desse grupo e da UFSC.

O discurso de despedida de Bastos foi emocionado. Ele relembrou passagens do tempo em que ficou na UFFS, em especial os primeiros dias em Chapecó, quando todos fizeram esforços para o início das


Rogério Cid Bastos deixa a pró-reitoria de Administração e Infraestrutura

aulas em 29 de março de 2010. “Esta foi, é e será uma história muito bonita. Saio daqui com uma alegria enorme pela confiança e pela oportunidade que vocês da UFFS nos deram. Essa oportunidade é indelével”. Depois da despedida, Giolo falou sobre os jovens que assumiram os cinco cargos. Ressaltou que as substituições seguem um caminho natural e que considera as escolhas “absolutamente adequadas”. Após a assinatura da posse, os novos

Reitor Jaime Giolo

Vice-reitor Antônio Inácio Andrioli

Diretor de Comunicação Valdir Prigol

Secretaria Rachel Comachio Zago

Redação Adriano Sisnandes (RS 08919 JP) Lilian Carla Simioni (SC 02120 JP)

Chefe de programação visual Yusanã Cauê Mignoni

Chefes do serviço de apoio à comunicação Kelly Cristina Reis (Erechim) Mariângela Brum Frota (Cerro Largo) Kelen Zitkievicz (Laranjeiras do Sul) Christiano Castellano (Realeza) Bruna Francieli de Oliveira (Chapecó Unidade Bom Pastor) Boletim Informativo da Universidade Federal da Fronteira Sul. Diretoria de Comunicação (comunicacao@uffs.edu.br) www.uffs.edu.br Fone: (49) 2049-1400

pró-reitor, secretário e diretores fizeram uso da palavra. O novo pró-reitor agradeceu o convite da reitoria e a confiança nele depositada. Falou que acredita que o desenvolvimento de uma região passa pela universidade. “Sou da região e tenho orgulho de participar do desenvolvimento regional pela universidade”. O novo secretário especial de Tecnologia e Informação ressaltou que o setor permeia todos os setores da instituição, e por isso é um fator importante. Destacou o trabalho coletivo para a “continuidade da estruturação da TI”. Fernanda falou sobre a admiração que tem pelo trabalho desenvolvido por Bastos. Afirmou que apesar de não estar diretamente ligada ao ensino na UFFS, tem plena consciência de seu papel para uma das grandes missões da instituição, que é “oportunizar a jovens da região o ensino público, gratuito e de qualidade”. Caimi enfatizou, dentro de sua área de atuação, a prestação de serviço da TI. “Queremos dar continuidade ao

O professor Péricles Brustolin assume o cargo a partir de agora

Braulio de Mello tomou posse como secretário de Tecnologia e Informação

trabalho e cada vez mais atender às necessidades da instituição”. Salton também agradeceu a oportunidade e afirmou que os desafios quase diários colocados por Bastos foram muito importantes profissional e pessoalmente.


Eventos

Dirigentes da UFFS participam de discussões sobre Plano Nacional de Educação

N

esta terça-feira (31) foi a vez de Chapecó receber o Seminário Plano Nacional de Educação (PNE), promovido pela Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Alesc). As discussões giraram em torno de aperfeiçoamentos e qualificações ao projeto de Lei Nº 8035/2010, que tramita no Congresso Nacional. Dirigentes e docentes da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) participaram como palestrantes e debatedores. O principal propósito destes seminários que acontecem em todas as regiões de Santa Catarina é o de proporcionar uma aproximação maior entre a sociedade civil e o governo. Durante toda a terçafeira (31) ocorreram diversas mesas temáticas e palestras sobre o tema. O reitor da UFFS, Jaime Giolo, e o coordenador da Unidade Bom Pastor do Campus Chapecó, Antonio Valmor de Campos, participaram como debatedores da temática “A formação e a valorização profissional no PNE e sua interface com a CONAE 2010”. Estavam presentes no auditório da Unidade Bom Pastor profissionais de educação da rede municipal e estadual de municípios da região, como Xanxerê, Concórdia, Nova Erechim, Irani, Seara, Sul Brasil e outros.

Inicialmente, o professor Antonio de Campos apresentou as metas definidas durante a Conferência Nacional de Educação (CONAE), ocorrida durante o ano de 2010 envolvendo diversos segmentos da educação brasileira. Depois da exposição, comentou que existem alguns pontos divergentes ainda entre o que foi definido na CONAE 2010 e o Plano Nacional de Educação (PNE). “Alguns espaços importantes para discusão foram abertos, mas as diferenças entre as propostas continuam acontecendo”, observou Campos. Jaime Giolo começou falando das boas perspectivas econômicas e educacionais para o Brasil nos próximos anos. Segundo o reitor da UFFS, com o progresso econômico aumentam também os desafios para o sistema educacional. “É preciso organizar as escolas de Unidade Bom Pastor recebeu uma das mesas temáticas forma satisfatória para

Ex-reitor da UFFS, Dilvo Ristoff, discutiu o tema Ensino Superior durante o evento

responderem a esses desafios econômicos”, comentou, referindo-se ao PNE como um importante sinal de que o país começa a criar uma ideia de prioridade para a educação com a definição das 20 metas a serem implementadas nos próximos anos. “A luta agora é para aperfeiçoar o PNE”, salientou Giolo, para o qual também é importante não desfigurá-lo neste momento. “A classe tem de estar atenta e unida para garantir os avanços do PNE”. Docentes da UFFS participaram de mais duas mesas temáticas. A diretora de Pesquisa, Maria Helena Cordeiro, debateu o tema “Educação Infantil” no auditório do Centro de Educação de Jovens e Adultos (seja). Já a professora Solange Maria Alves foi mediadora do debate sobre “Ensino Superior” que aconteceu no Salão Nobre do Centro de Cultura e Eventos de Chapecó. A mesa temática contou com as presenças do professor da UFSC e ex-reitor da UFFS, Dilvo Ristoff, e do reitor da Unochapecó, Odilon Luiz Poli.


Debates

Seminário discute ”Juventude Rural no Século XXI – Êxodo ou Permanência?” em Realeza

I

nicia na quarta-feira (1), na Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) - Campus Realeza, o Seminário “Juventude Rural no Século XXI – Êxodo ou Permanência?”. O evento, que é coordenado pelo professor Aparecido Francisco Bertochi dos Santos, surgiu de uma discussão na câmara temática de Educação no Campo promovida pelo Grupo Gestor do Território Sudoeste do Paraná (GGETESPA). Contando com a participação de várias instituições, que estão realizando atividades voltadas ao interesse do território Sudoeste (como, por exemplo, o estudo do impacto do êxodo rural na região) o campus da UFFS estará oferecendo o seminário com o objetivo de saber, pensar e conscientizar sobre a importância de se valorizar o papel da agricultura familiar e o motivo pelo qual está acontecendo o êxodo rural do jovem.

Confira a primeira edição do Boletim Econômico A Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) disponibiliza o Boletim de Análise e Informações Econômicas, projeto de extensão desenvolvido pelo Grupo de Análise de Conjuntura Econômica (GACE), sob a coordenação do professor Péricles Luiz Brustolin. Com periodicidade mensal, o boletim reúne informações macroeconômicas do mês anterior. No primeiro número, com informações relativas a abril, trata de assuntos como balança comercial, emprego e mercado de preços agrícolas. Acesse o link Boletim de Análise e Informações Econômicas no site da UFFS. Boa leitura!

Desse modo, para Bertochi, será possível desenvolver políticas públicas que possam colaborar para que os jovens permaneçam no campo com suas famílias. Ele ainda comenta que uma outra forma de mudar esse quadro é a busca, por parte das universidades, de metodologias e tecnologias inovadoras que possam facilitar o trabalho dessas pessoas no meio rural no que diz respeito a árdua atividade a qual estão sujeitas. Outro objetivo desses encontros é discutir com os adolescentes as oportunidades no campo e na cidade. No seminário também serão abordados assuntos relativos às consequências que o êxodo rural

poderá trazer se não existir uma geração futura para assumir a agricultura familiar. O seminário, que segue até a sexta-feira (3), é aberto a toda a comunidade e ainda está com as inscrições abertas no site da UFFS (www.uffs.edu.br), no link “Agenda” ou diretamente no campus da universidade por meio da secretaria da coordenação de cursos. Os participantes que preencherem o formulário e tiverem uma participação de 75% receberão certificado de 24 horas expedido pela UFFS. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (46) 3543-8304.


Comunidade

Projeto de extensão discutirá estrutura urbana e políticas públicas

S

erá lançado nesta terça-feira (31), às 19h30min, no auditório da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS) – Campus Erechim o projeto de extensão “A cidade em debate: a UFFS dialogando com Erechim”. O projeto tem por objetivo debater com representantes de Organizações Sociais e do Poder Público de Erechim temáticas voltadas à estrutura urbana e a políticas públicas. Para tanto, serão realizadas cinco reuniões temáticas, envolvendo educação, cultura e lazer, estrutura urbana, saúde e desenvolvimento local. Segundo um dos coordenadores do projeto, professor Clovis Schmitt Souza, as reuniões serão mediadas por dois professores da UFFS e terão a participação de representantes

de Organizações Sociais e Poder Público, os quais dialogarão apresentando suas percepções e perspectivas em relação a cada uma das temáticas. “O produto desta série de reuniões fundamentará um conjunto de textos elaborados pelos professores mediadores, os quais serão publicados em um livro e, posteriormente, disponibilizados para as instituições participantes, escolas e demais entidades do município”, destacou o coordenador.

@uffsonline facebook.com/ uffsonline

Servidores

Abertas inscrições para remoções de docentes e técnico-administrativos na UFFS

E

stão abertas até a próxima sexta-feira (3) as inscrições para o processo de remoção a pedido de docentes e técnico-administrativos no âmbito da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS). O requerimento deve ser entregue aos representantes da Diretoria de Gestão de Pessoas (DGP) no campus de lotação do interessado, das 8h às 17h. Os requerimentos para remoção de docentes e técnico-administrativos estão disponíveis no endereço www.uffs.edu.br, link Reitoria, Gabinete do Reitor, Diretoria de Gestão de Pessoas,

Remoção. Outras informações nos editais nº 082/UFFS/2011 e 083/ UFFS/2011. O processo seletivo de remoção será conduzido por comissão formada pelo vice-reitor, pró-reitor de Graduação, pró-reitor de Administração e Infraestrutura, pró-reitor de Planejamento, diretor de Gestão de Pessoas e pelos diretores dos campi e coordenadores de unidade. A análise da comissão levará em conta, principalmente, a convergência entre interesse da Administração e a exposição de motivos do servidor.

Informativo 75  

Boletim Informativo da Universidade Federal da Fronteira Sul

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you