__MAIN_TEXT__

Page 1

informa INFORMATIVO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

Aprovado o credenciamento da Ufes ao Concea

Estudantes poderão usar nome social em registros Pág. 2

Carro autônomo realiza a "Volta da Ufes" Pág. 3

Conselho Universitário cria Fundo de Apoio à Extensão Os recursos vão incentivar a prática extensionista na Universidade Foto: David Protti

O Diário Oficial da União publicou no dia 30 de junho a aprovação do credenciamento da Ufes ao Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (Concea). Segundo o parecer técnico expedido pelo Conselho, “a instituição apresentou todos os documentos (...), além de comprovar constituição de Ceua”. A Ceua é uma Comissão de Ética no Uso de Animais. O Concea é um órgão integrante do Ministério da Ciência e Tecnologia, responsável por formular normas relativas à utilização humanitária de animais com finalidade de ensino e pesquisa científica, bem como estabelecer procedimentos para instalação e funcionamento de centros de criação, de biotérios e de laboratórios de experimentação animal. O Conselho é responsável também pelo credenciamento das instituições que desenvolvem atividades nesta área, além de administrar o cadastro de protocolos experimentais ou pedagógicos aplicáveis aos procedimentos de ensino e projetos de pesquisa científica realizados ou em andamento no País. O credenciamento foi resultado de uma ação conjunta da Administração Central da Ufes com os centros de Ciências da Saúde e de Ciências Agrárias.

07 a 13 de julho de 2014 | nº 473

A Ufes conta atualmente com 750 projetos de extensão em desenvolvimento

Os projetos, programas e serviços de extensão contam agora com mais um incentivo. É o Fundo de Apoio à Extensão (FAE), cuja criação foi aprovada no dia 26 de junho pelo Conselho Universitário da Ufes. Os recursos do Fundo serão provenientes de convênios com instituições privadas ou órgãos públicos e fundações de apoio, e depositados na Conta Única da Universidade. A verba é destinada aos projetos de extensão ou aos que são desenvolvidos pelas empresas juniores, além dos que já têm dotação orçamentária própria. A pró-reitora de Extensão, Angélica Espinosa Barbosa Miranda, disse que o FAE “vai aumentar o apoio financeiro aos projetos e incentivar a prática extensionista na Universidade, que hoje conta com 750 ações em desenvolvimento”.

O Fundo será coordenado por um Conselho de Orientação que será formado pelo pró-reitor de Extensão, pelos membros da Câmara de Extensão e por dois membros técnico-administrativos em Educação, sendo um titular e um suplente, indicados pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe). Outra boa notícia é que foi encaminhada ao Cepe a proposta de revisão da resolução que dispõe sobre as normas que regulamentam a extensão na Universidade. As normas em vigor datam de 1997. “O processo de revisão começou na gestão do professor Aparecido José Cirillo (anteriormente à frente da Pró-Reitoria de Extensão) e foi encaminhado ao Cepe na última semana de junho, depois de passar pelos Centros e pela Câmara de Extensão”, explicou Angélica.


Foto: Jéssyka Saquetto

Estudantes poderão usar nome social em registros acadêmicos A decisão foi aprovada no dia 26 de junho Os estudantes da Ufes podem requerer o direito de uso e de inclusão de seu nome social nos registros acadêmicos sempre que o nome civil não refletir sua identidade de gênero ou implicar em algum tipo de constrangimento. O nome social é o modo como a pessoa quer ser reconhecida ou identificada em seu cotidiano. A decisão foi aprovada no dia 26 de junho, em sessão do Conselho Universitário da Ufes. De acordo com a Resolução 23/2014, os alunos podem solicitar a inclusão ou a retirada do seu nome social a qualquer tempo e devem fazer isso nas pró-reitorias de Graduação (Prograd) ou de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG), de acordo com o seu vín-

Novo benefício para alunos contemplados pelo Proaes

Documentos serão emitidos com nome civil seguido do nome social

culo na Universidade. O objetivo da resolução é conceder aos estudantes travestis, transexuais, entre outros, o direito de utilizar o nome social, sem mencionar o nome civil, durante a frequência de classe, em solenidades, colação de grau, defesa de monografias e em outras situações da vida acadêmica. O histórico escolar, certificados, certidões, diplomas, atas e demais documentos relativos à conclusão do curso e colação de grau serão emitidos com o nome civil acompanhado do nome social. “Reconhecer o uso do nome social na Universidade reafirma o

Foto: Thaiana Gomes

Os estudantes cadastrados no Programa de Assistência Estudantil da Ufes (Proaes) acabam de ganhar mais um benefício. A Resolução 30/2014, aprovada pelo Conselho Universitário no dia 26 de junho, determina que os filhos dos beneficiários do Proaes poderão realizar refeições no Restaurante Universitário pelo mesmo valor pago pelo seu responsável. As tarifas variam da gratuidade total até R$ 1,50. O direito está garantido para crianças com até seis anos e 11 meses de idade, que devem estar acompanhadas pelos pais. O acompanhamento social das famílias será feito pelo Departamento de Assistência Estudantil. A pró-reitora para Assuntos Estudantis e Cidadania da Ufes, Jacqueline Silva, destaca a importância destas conquistas para a comunidade universitária. “A resolução aprovada mostra o investimento da Ufes na garantia da dignidade das pessoas. Vamos seguir firme em nosso propósito de construir uma Ufes mais inclusiva, plural e de qualidade”, afirma.

2 | Informa

direito de identidade das pessoas. Contribui para evitar o constrangimento de serem chamadas pelo nome de registro, quando o nome oficial não reflete a identidade de gênero”, destacou a pró-reitora para Assuntos Estudantis e Cidadania da Ufes, Jacqueline Silva. Para os servidores técnico-administrativos em Educação e docentes da Universidade, o direito de uso do nome social será exercido nos termos da Portaria nº 233 do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, devendo ser requerida a sua adoção diretamente à Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progep).

Mais de 40 bolsas de línguas estrangeiras para servidores O Departamento de Desenvolvimento de Pessoas (DDP) vai oferecer 41 bolsas de línguas estrangeiras para os servidores ativos docentes e técnico-administrativos da Ufes. Os interessados devem comparecer exclusivamente no dia 15 de julho, das 8 às 17 horas, no DDP, localizado no antigo Núcleo de Treinamento de Servidores (NTS), munidos de documento de identificação e do Requerimento de Bolsas de Estudos de Língua Estrangeira, disponível no edital publicado na página da Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas: www.progep.ufes.br . As vagas serão preenchidas de acordo com a ordem de chegada. As bolsas são para iniciantes e serão distribuídas para os cursos de inglês, francês, espanhol, alemão e italiano. A quantidade de bolsas para a modalidade não iniciante estará disponível a partir do dia 9 de julho.


Fotos: Divulgação

Hermínia Passamai assume Secretaria de Avaliação Institucional

O carro percorreu 3,8 km em cerca de 11 minutos

Carro autônomo realiza "Volta da Ufes" em Goiabeiras A volta significa a conclusão da primeira etapa do projeto O projeto do carro autônomo da Ufes alcançou no dia 30 de junho um dos seus principais objetivos: dar uma volta completa no campus de Goiabeiras, batizada de “Volta da Ufes”. Por volta da meia-noite, o carro percorreu os 3,8 Km do anel viário que circunda o campus sem nenhuma interferência humana. Foi o maior trajeto já percorrido. O próximo passo é chegar até Guarapari. Segundo o coordenador do projeto, professor Alberto Ferreira, várias tentativas já haviam sido feitas, mas em todas elas foi necessária alguma intervenção humana. “O carro demorou cerca de 11 minutos para fazer o trajeto a uma velocidade de 20 km/h, sendo que a velocidade máxima que podemos alcançar é de 36 km/h. A velocidade está relacionada ao tempo necessário para atualizar os dados coletados pelos sensores”, explica. Etapas - O carro autônomo foi batizado pelos pesquisadores de Iara (Intelligent Autonomous Robotic Automobile). A primeira etapa do projeEquipe do LCAD

to teve início em dezembro de 2009, termina esse mês e contou com um financiamento de R$ 800 mil da Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo (Fapes). A segunda fase conta com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), no valor de R$ 200 mil, e vai até dezembro de 2015. “Nesta segunda etapa está prevista a ida a Guarapari. Temos até o ano que vem para isso, mas pretendemos alcançar esse objetivo já em setembro deste ano. Para isso, primeiro o carro precisa alcançar 60 km/h e reconhecer outras entidades móveis e autônomas, como carros e pessoas. Também precisamos registrar e regularizar o carro junto ao Detran”, argumenta Ferreira. O projeto do carro autônomo é desenvolvido pelo Laboratório de Computação de Alto Desempenho (LCAD) e tem como principal objetivo desenvolver modelos matemáticos e computacionais que simulem a visão humana. Em abril de 2013 foi instituída uma comissão que estabeleceu normas rígidas de segurança para a utilização do carro como, por exemplo, a presença de um motorista de segurança em qualquer situação de utilização do veículo. A “Volta da Ufes” foi filmada pelos pesquisadores e pode ser vista no endereço eletrônico http://youtu.be/ zE7np6tgCHc. 3 | Informa

A professora do Centro de Educação, Maria Hermínia Baião Passamai, assumiu o cargo de secretária da recém-criada Secretaria de Avaliação Institucional da Ufes. A nomeação foi publicada no dia 30 de junho, no Diário Oficial da União. A nova secretaria foi criada pela Resolução 08/2014, aprovada em abril, que reformulou a estrutura organizacional da Universidade. O objetivo do setor é desenvolver um Plano de Avaliação Institucional para a Ufes, visando à busca permanente pela melhoria da qualidade dos cursos ofertados. A Secretaria de Avaliação Institucional está ligada diretamente ao Gabinete do Reitor e funcionará na Pró-Reitoria de Planejamento (Proplan). Ela será responsável pela condução e execução dos processos de avaliação interna da Universidade, em parceria com a Comissão Própria de Avaliação (CPA), que atuará como um conselho. O trabalho seguirá as diretrizes do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da Ufes. Segundo Passamai, a prioridade imediata é acompanhar a avaliação dos cursos de graduação feita pelo Ministério da Educação (MEC).

Mestrado profissional em Engenharia O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Sustentável (PPGES) abriu 25 vagas para o mestrado profissional em Engenharia e Desenvolvimento Sustentável. Os interessados devem se inscrever até o dia 18 de julho na secretaria do PPGES, localizada no Centro Tecnológico, das 8 às 12 horas e das 14 às 17 horas. O edital completo, com todas as informações sobre a seleção, está disponível no endereço eletrônico www.engenhariaedesenvolvimentosustentavel.ufes.br .


Foto: Rafaela Laiola

Livro discute a compreensão das estruturas do universo

Interessados podem agendar visitas guiadas pelo telefone

Exposição “Cúando tú for mi leva” atrai a visita de escolas

Divulgação

O Grupo de Pesquisa em Cosmologia e Gravitação do curso de Física da Ufes criou a Escola Plinio Barbosa de Cosmologia (JPBCosmo), destinada a pós-graduandos e pesquisadores. Desde 2012, a Escola realiza encontros bianuais com minicursos teóricos e seminários avançados, além de painéis com apresentação de pesquisas. No mesmo ano, a partir dos estudos desenvolvidos na JPBCosmo, foi produzido o livro “Structure Formation in an Expanding Universe”, lançado pela Editora da Ufes (Edufes) em inglês. O livro contempla a temática de formação de estruturas (galáxias e aglomerados) no universo em expansão, admitindo a ocorrência de perturbações que influenciam na homogeneidade observada em grande escala no universo. Esses estudos possuem base teórica e observacional que analisam a atual distribuição de galáxias. A obra foi organizada pelos professores de pós-graduação em Física da Ufes Júlio Fabris, Oliver Piattella e Davi Rodrigues, e pelo pesquisador visitante Winfried Zimdahl. A partir das próximas edições da JPBCosmo, os autores pretendem lançar uma série de livros. Essa edição está disponível na livraria da Edufes, no campus de Goiabeiras, por R$ 30,00.

A mostra “Cúando tú for mi leva”, em exposição na Galeria de Arte Espaço Universitário (Gaeu), está atraindo a atenção de escolas da rede municipal e estadual da Grande Vitória. Desde sua abertura, em 9 de maio, além dos mais de 2 mil visitantes em geral, cinco escolas já trouxeram seus alunos para conhecer as obras, totalizando mais de 200 estudantes. As visitas fazem parte do Programa de Ação Educativa desenvolvido pela galeria desde 1978. A cada nova exposição a equipe da Gaeu envia um convite digital para as escolas, que inscrevem as turmas e marcam o dia da visita. Mas o programa não é exclusividade dos alunos e professores; a Galeria também recebe grupos diversos. “Para os grupos, o agendamento da visita é essencial, pois assim conseguimos dar maior atenção ao visitante, podendo fazer a visita guiada, detalhando e explicando melhor cada obra”, explica Neusa Mendes, coordenadora da Galeria. Além de receber as visitas, a Gaeu também capacita estudantes e professores, ministrando workshops para ajudar a desenvolver um olhar crítico e promover um melhor entendimento das obras pelos visitantes. Obras - A exposição “Cúando tú for mi leva“ é composta por obras de 30 artistas inspiradas no campo semântico da obra de Elpídio Malaquias, com curadoria do historiador de arte Júlio Martins. A exposição é aberta ao público e pode ser visitada até o dia 18 de agosto, de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas, na Gaeu, localizada no campus de Goiabeiras. Os interessados em fazer a visita guiada de grupos podem ligar e agendar a data. Mais informações sobre o Programa e agendamentos pelo número (27) 3335-7853.

Notícias para o Informa: Telefones: 4009-2203 ou 4009-2383 | E-mail: secom@reitoria.ufes.br UFES - Universidade Federal do Espírito Santo Reitor: Reinaldo Centoducatte Vice-Reitora: Ethel Leonor Noia Maciel Pró-Reitor de Administração: Eustáquio Vinicius Ribeiro de Castro Pró-Reitora de Assuntos Estudantis e Cidadania: Jacqueline Oliveira Silva Pró-Reitora de Extensão: Angélica Espinosa Barbosa Miranda Pró-Reitora de Graduação: Maria Auxiliadora de Carvalho Corassa Pró-Reitora de Gestão de Pessoas: Maria Lucia Casate Pró-Reitor de Planejamento e Desenvolvimento Institucional: Maximilian Serguei Mesquita Pró-Reitor de Pesquisa e Pós-Graduação: Neyval Costa Reis Junior Secretária de Relações Internacionais: Jane Méri Santos Superintendente de Cultura e Comunicação: Ruth Reis Chefia de Gabinete do Reitor: Edebrande Cavalieri Ouvidor-Geral: Ricardo Roberto Behr Prefeito Universitário: Renato Carlos Schwab Alves INFORMA-Jornalistaresponsável:TherezaMarinhoJornalistas:AnaPaulaVieira,EmíliaManente,HélioMarchioni,JorgeLellis,LetíciaNassar e LuizVital Colaboração: Maurício Lima e Souza Bolsistas: Inglydy Rodrigues, Jéssyka Saquetto, Kayo Marcell, Lais Rocio, Maria Luiza Silva, Marina Amorim, Nayara Santana, Pedro Feijó, Rafaela Laiola e Rodrigo Stein Revisão: Márcia Rocha Projeto gráfico: Denise Pimenta e Ruth Reis Diagramação: Juliana Braga Apoio: Aurenice Cruz Endereço: Av. Fernando Ferrari - nº 514 Campus Universitário Alaor de Queiroz Araújo - Goiabeiras - Vitória - ES - CEP: 29075-910 Telefone: 4009-2203 Tiragem: 4 mil exemplares Impressão: Jacaré Gráfica

4 | Informa

Profile for Universidade Federal do Espírito Santo

Jornal Informa | Ufes | n° 473 | 07/07/2014  

Jornal da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) destinado à divulgação das atividades desenvolvidas pelas áreas de ensino, pesquisa...

Jornal Informa | Ufes | n° 473 | 07/07/2014  

Jornal da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) destinado à divulgação das atividades desenvolvidas pelas áreas de ensino, pesquisa...

Profile for ufes
Advertisement