__MAIN_TEXT__

Page 1

informa Ufes se prepara para a Semana do Conhecimento

Arquivo Supec

INFORMATIVO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO • 30/set a 13/out de 2019 | nº 548

Aberto ao público, evento mostra ações de ensino, pesquisa e extensão

A

Ufes já está se organizando para receber milhares de pessoas que visitam seus campi a fim de conhecer as pesquisas, os projetos de extensão e os cursos de graduação da Universidade na Semana do Conhecimento, que será realizada de 21 a 25 de outubro. O evento acontece paralelamente à 16ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que neste ano tem como tema Bioeconomia: diversidade e riqueza para o desenvolvimento sustentável. Na Ufes, a Semana reúne a Mostra de Profissões, a Mostra de Ciências, a Jornada de Iniciação Científica e a Jornada de Extensão e Cultura. A participação é aberta ao público e gratuita. Na Mostra de Profissões, será possível conhecer os cursos de graduação ofertados pela Universidade, com visitas aos laboratórios e às salas de aula. Faz parte da programação a tradicional Mostra de Ciências (com demonstrações de Física, Química, Matemática e Estatística, inclusive com observação dos astros), rodas de conversa, exposições artísticas e científicas, oficinas e exibições de vídeos, entre outras atividades. Em Alegre, as atividades ocorrerão em 18 de outubro; em Vitória, de 24 a 25 de outubro (nos campi de Goiabeiras e Maruípe); e, em São Mateus, nos dias 6 e 7 de novembro. Interesse - A Mostra de Profissões desperta amplo interesse de escolas e estudantes, especialmente os de ensino médio: no ano passado, cerca de 13 mil crianças e adolescentes de 300 escolas públicas e particulares do estado visitaram a Ufes. Para melhor recebê-los, a Pró-Reitoria de Gradu-

Informa548-revisado.indd 1

ação (Prograd) orienta que as escolas se inscrevam por meio do link bit.ly/ InscriçãoMP2019 (a inscrição é obrigatória para quem pretende fazer refeições nos restaurantes universitários no dia da visita). Também é possível fazer agendamentos prévios para a Mostra de Ciências, que terá início no dia 22, por meio do site mostradeciencias.ufes.br. Outro grande evento da Semana, a XXIX Jornada de Iniciação Científica da Ufes apresentará cerca de mil trabalhos de todas as áreas do conhecimento expostos em forma de pôster. As atividades serão realizadas no campus de Goiabeiras (com trabalhos dos campi de Goiabeiras e de Maruípe), entre os dias 23 e 25; no campus de Alegre, nos dias 24 e 25; e no campus de São Mateus, em 6 de novembro. A programação da jornada se encerra com as exposições orais, que serão realizadas em novembro. Ainda poderão ser vistas, durante a Semana, as ações da Universidade junto à sociedade na VII Jornada Integrada de Extensão e Cultura. As atividades terão início no dia 21, com as apresentações orais de trabalhos selecionados para o Prêmio de Extensão Maria Filina. Nos dias 24 e 25, vários projetos da Ufes serão exibidos no campus de Goiabeiras, onde o visitante poderá seguir pelas Trilhas da Extensão, conhecer diversos trabalhos, como os de engenharia mecânica, elétrica e robótica, visitar museus e espaços culturais da Ufes e participar de manifestações culturais. Mais informações sobre a programação poderão ser consultadas nos sites das pró-reitorias de Graduação, de Pesquisa e Pós-Graduação e de Extensão.

Milhares de pessoas visitam a Ufes para conhecer os cursos, as pesquisas e os projetos

27/09/2019 18:01:41


foto do leitor Este espaço está aberto para a publicação de fotos sobre a Ufes, produzidas por você, leitor. A imagem deve ter alta resolução e formato horizontal. O envio pode ser feito para o e-mail fotodoleitor@ufes.br. Na mensagem, é importante informar o local onde foi registrada a imagem, o nome do autor, sua relação com a Ufes (se estudante, técnico-administrativo, professor ou funcionário de empresa terceirizada) e telefone para contato. A cada edição, uma foto será selecionada para publicação. O servidor Victor Ortega Quaresma retratou o cardeal-do-nordeste no retrovisor de um carro estacionado no Centro de Artes

agenda acadêmica Seminário Perspectivas e desafios em saúde mental: um olhar sob os diferentes setores Data: 8 de outubro Local: Auditório do Centro de Ciências Exatas (CCE) Realização: Centro de Política Comparada/Ufes, Associação Brasileira de Recursos Humanos do Espírito Santo (ABRH-ES) e Federação das Fundações e Associações do Espírito Santo (Fundaes) Informações: Evento no facebook 10 Anos do Curso de Terapia Ocupacional da Ufes - palestras, mesa redonda e minicursos Data: 10 e 11 de outubro

Local: Auditório Rosa Maria Paranhos Realização: Departamento de Terapia Ocupacional Informação: terapiaocupacional.ufes.br Palestra: Caçadores de bons exemplos Data: 16 de outubro, às 9h Local: Auditório do Centro de Educação Física e Desportos Informações: semanadoservidor@ufes.br III Colóquio Nacional de Filosofia Contemporânea do PPGFIL - Inscrições abertas Data: 22 a 24 de outubro Realização: Programa de Pós-Graduação em Filosofia Informações: filosofia.ufes.br

VII Colóquio de História das Doenças – Inscrições abertas Data: 22 a 24 de outubro, às 14h Local: Auditório do IC-II, Centro de Ciências Humanas e Naturais (CCHN) Realização: Laboratório de História, Poder e Linguagens do Departamento de História Informações: http://lhpl.ufes.br/ III Feira Literária Brasil- África de Vitória- Flibav Data: 23 e 25 de outubro Local: Centro de Educação da Ufes- ICIV Realização: Pró-Reitoria de Extensão Informações: proex.ufes.br

Sugestões de pauta: 4009-2383, 4009-2203, 4009-2204 ou jornalismo.supecc@ufes.br / Edição digital disponível em: comunicacao.ufes.br/edições-2019 UFES - Universidade Federal do Espírito Santo Reitor: Reinaldo Centoducatte Vice-Reitora: Ethel Maciel Informa - Uma produção da Superintendência de Comunicação da Ufes. Superintendente de Comunicação e jornalista responsável: Thereza Marinho Jornalistas: Adriana Damasceno, Ana Paula Vieira, Camila Fregona, Hélio Marchioni, Jorge Medina, Lidia Neves, Luiz Vital e Nábila Corrêa Estagiárias: Danielle Gonçalves e Laís Santana Revisão: Monick Barbosa Programação visual: Evandro Campos, Leonardo Paiva e Mariana Simões Apoio: Aurenice Cruz, Deborah Constancio e Eliza Gobira. Endereço: Av. Fernando Ferrari, nº 514, Goiabeiras, Vitória/ES - CEP: 29075-910 Tiragem: 3 mil exemplares Impressão: CSS Editora

2 Informa548-revisado.indd 2

30/set a 13/out de 2019

27/09/2019 18:01:56


Administração Central Freepik / jcomp

PDI: enquete teve mais de dez mil participantes

O curso forma professores para atuarem em escolas do campo

Licenciatura em Educação do Campo tira nota máxima em avaliação do MEC A nota geral foi o maior conceito contínuo (nota sem arredondamento) da história da Ufes

O

curso de licenciatura em Educação do Campo obteve nota 5 após avaliação presencial do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), vinculado ao Ministério da Educação (MEC). Essa foi a primeira avaliação in loco do curso, criado em 2014, com o apoio dos movimentos sociais. Na visita ao campus de São Mateus, nos dias 9 e 10 de setembro, três dimensões foram analisadas: corpo docente e tutorial; didático e pedagógico; e estrutura física. Nos dois primeiros quesitos, a nota foi 4,89 e, na estrutura, o curso obteve nota máxima. A nota geral de 4,92 foi o maior conceito contínuo (nota sem arredondamento) em toda a história da Ufes. “A nota 5 representa o esforço de toda a

comunidade acadêmica para melhorar a formação dos estudantes, de maneira que eles possam ser úteis à nossa sociedade”, afirma a secretária de Avaliação Institucional, Leila Massaroni. A coordenadora do curso, Vivian Megna, destaca que a conquista reflete um trabalho realizado desde a criação dessa licenciatura e os desafios superados desde então: “O resultado mostra que estamos no caminho certo, buscando sempre o melhor para o curso, por uma educação pública, inclusiva, democrática e de qualidade”, enfatiza. Tendo como público-alvo os sujeitos do campo, entre eles quilombolas, ribeirinhos, assentados e pequenos agricultores, o curso forma professores para atuarem em escolas do campo, nos ensinos fundamental e médio.

Começa o processo de escolha de reitor O colégio eleitoral da Ufes, formado pelos Conselhos Superiores – Universitário; de Ensino, Pesquisa e Extensão; e de Curadores –, reuniu-se no dia 25 de setembro e aprovou o período de inscrição oficial para os cargos de reitor e vice-reitor entre os dias 27 e 29 de novembro.

Os Conselhos Superiores também decidiram que, em outra reunião, agendada para 5 de dezembro, será elaborada a lista tríplice a ser enviada para o Ministério da Educação. As definições sobre a consulta à comunidade acadêmica ainda estão em discussão.

Mais de dez mil pessoas responderam à enquete que captou as percepções da comunidade acadêmica sobre os conceitos de missão, visão e valores da Ufes visando à construção do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) para o período 2020-2029. A pesquisa foi enviada por e-mail para professores, técnicos-administrativos, estudantes e alunos egressos e, entre os que responderam, cerca de 45% são docentes ativos e pós-graduandos. Após a finalização da pesquisa, durante os meses de outubro e novembro, haverá reuniões com o Comitê Central, formado por pró-reitores, diretores de centro e representantes dos servidores técnico-administrativos no Conselho Universitário. O Comitê analisará as contribuições da comunidade e, a partir delas, definirá a missão, a visão, os valores da Ufes e os desafios institucionais para os próximos dez anos. Segundo a Comissão Executiva para Revisão do PDI da Universidade, ainda neste ano será realizada uma nova enquete para ouvir as pessoas quanto aos objetivos estratégicos, que deverão estar pautados nos desafios institucionais. O PDI é um documento oficial e formal exigido pelo Ministério da Educação (MEC), que reúne um conjunto de propósitos a serem cumpridos para que a instituição evolua do estado atual para um estado desejado, promovendo melhorias em todos os setores. Além de trazer informações gerais sobre a Universidade, o plano apresenta objetivos estratégicos, metas a serem realizadas e indicadores para sua mensuração. O processo de revisão do PDI vigente teve início no dia 27 de agosto, com uma solenidade realizada no Cine Metrópolis, campus de Goiabeiras. As informações sobre o plano e o processo de revisão do documento estão disponíveis no site pdi.ufes.br e no blog blog.ufes.br/pdi2020-2029.

3 Informa548-revisado.indd 3

27/09/2019 18:02:00


Arquivo Supec

Acontece na Ufes

Ufes terá 30 cursos avaliados no Enade 2019 Questionário deve ser preenchido até 21 de novembro. Prova será em 24 de novembro

A

edição 2019 do Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade) avaliará 30 cursos distribuídos entre os quatro campi da Ufes (confira a lista no quadro abaixo). Ao todo, 1.476 estudantes concluintes estão inscritos para a realização da prova, que tem como objetivo avaliar o desempenho estudantil, bem como a impressão que os alunos têm de sua própria instituição de ensino. Os estudantes podem consultar se estão inscritos para o exame no site enade.ufes.br, utilizando o número do CPF. O Enade será realizado no dia 24 de novembro. Os portões dos locais de prova serão abertos às 12h e fechados às 13h, com início da aplicação do exame às 13h30. Porém, o coordenador de Avaliação Institucional da Secretaria de Avaliação Institucional da Ufes, Fernando Monteiro, ressalta que, antes da prova, há outra etapa obrigatória: o preenchimento do Questionário do Estudante, o qual deve ser realizado no site oficial do exame (enade.inep. gov.br), até o dia 21 de novembro. Segundo a secretária de Avaliação Institucional da Ufes, Leila Massaroni,

Seminários sobre o Enade a participação do aluno nessa etapa é de extrema importância: “Os estudantes respondem sobre questões ligadas à instituição, incluindo fatores como a pedagogia, os docentes, os processos de ensino”, destaca. O exame é componente curricular obrigatório para a conclusão de curso; se o estudante estiver inscrito e não realizar a prova, por determinação legal, não pode colar grau. Leila comenta ainda a relevância do Enade como ferramenta de avaliação: “Esse é um dos instrumentos que temos para qualificar a formação que os cursos desenvolvem”. Capacitação - A Seavin realiza uma série de ações para informar sobre o Enade. Uma delas é o curso para estudantes inscritos como concluintes, na modalidade a distância. Os interessados podem acessá-lo pelo site enade.ufes.br. Ao final, o participante recebe certificado de 20 horas. Além do curso, a Secretaria promoverá seminários sobre o exame em todos os campi da Ufes. Confira a programação na tabela ao lado.

Campus de Alegre 23/10 - Palestra das 18h30 às 20h30 24/10 - Palestra das 10 às 12h Local: auditório do Prédio Central Campus de São Mateus 31/10 - Palestra das 8 às 10h e das 13h30 às 15h30 Local: auditório do Ceunes Campus de Goiabeiras 4/11 - Palestra das 19 às 21h para estudantes de Educação Física - Bacharelado Local: auditório do CEFD 6/11 - Palestra das 9 às 11h para estudantes de Arquitetura e Urbanismo Local: auditório do Cemuni 4 7/11 - Palestra das 9 às 11h e das 13h30 às 15h30 para estudantes do CT Local: auditório do CT-1 Campus de Maruípe 13/11 - Palestra das 9 às 11h e das 13h30 às 15h30 Local: Auditório do Elefante Branco

Cursos avaliados no Enade 2019 Agronomia (CCAE) Engenharia de Alimentos (CCAE) Engenharia Florestal (CCAE) Engenharia Química (CCAE) Medicina Veterinária (CCAE) Zootecnia (CCAE) Farmácia (CCENS) Nutrição (CCENS) Agronomia (Ceunes) Enfermagem (Ceunes)

4 Informa548-revisado.indd 4

Engenharia da Computação (Ceunes) Engenharia de Produção (Ceunes) Engenharia Química (Ceunes) Farmácia (Ceunes) Arquitetura e Urbanismo (CAr) Educação Física (CEFD) Engenharia Ambiental e Sanitária (CT) Engenharia Civil (CT) Engenharia da Computação (CT) Engenharia de Produção (CT)

Engenharia de Produção Noturno (CT) Engenharia Elétrica (CT) Engenharia Mecânica (CT) Enfermagem e Obstetrícia (CCS) Farmácia (CCS) Fisioterapia (CCS) Fonoaudiologia (CCS) Medicina (CCS) Nutrição (CCS) Odontologia (CCS) 30/set a 13/out de 2019

27/09/2019 18:02:04


Valdir Santos - ICMBio

Acontece na Ufes

Divulgação científica é novidade na programação da Universitária FM

Laboratório também tem parceria para mapear locais com maior risco de incêndio florestal

Pesquisas buscam quantificar prejuízos de incêndios florestais Estudo estima valor gasto em combate a incêndios e cria metodologia de cálculo

Q

ual o tamanho do prejuízo causado pelos incêndios florestais? Quais as suas consequências? Como evitá-los? Uma pesquisa realizada na Ufes é pioneira em contabilizar os prejuízos econômicos decorrentes dos combates às queimadas e prova que os possíveis ganhos não compensam as perdas. “O setor ambiental não sabe de forma efetiva e conjunta os prejuízos econômicos causados por um incêndio”, afirma o professor do Departamento de Engenharia Florestal da Ufes Nilton Cesar Fiedler, que coordena grupos de pesquisas nessa área, entre eles o Núcleo de Pesquisa em Mecanização, Ergonomia e Incêndios Florestais (Nupeme). Um estudo orientado pelo professor estima o valor gasto em cada combate de incêndio e cria, pela primeira vez, uma metodologia para esse cálculo. Desenvolvida na tese de doutorado da professora do Departamento de Zootecnia de Alegre Elaine Cristina Gomes da Silva, a pesquisa se baseou em um grande incêndio na Reserva Biológica de Sooretama e em outro no Parque Estadual de Itaúnas, ambos localiza-

dos no norte do Espírito Santo. Apenas nessas ocorrências, o gasto público foi superior a R$ 1 milhão. Segundo Fiedler, os valores variam em função do tamanho do incêndio; dos danos ocorridos; das máquinas, aeronaves, equipamentos e do pessoal de combate. O professor destaca ainda a perda “incalculável” da biodiversidade nas unidades de conservação. Para prevenir outros incidentes, o Nupeme também desenvolve, em conjunto com a Universidade de Córdoba (Espanha) e a empresa Suzano, um sistema de mapeamento dos locais com maior risco de incêndio florestal. “A nossa pesquisa tem o objetivo de reduzir o tempo de resposta no combate do fogo. Isso facilita o deslocamento do pessoal e dos equipamentos de combate”, esclarece o professor, que atua no Programa de Pós-Graduação em Ciências Florestais da Ufes, sediado no município de Jerônimo Monteiro, no sul do Espírito Santo. Saiba mais sobre essa pesquisa no site da Revista Universidade: revistauniversidade.ufes.br.

Você sabe o quanto a ciência está presente na sua vida? Para responder a essa pergunta, a rádio Universitária FM 104,7 colocou no ar o seu mais novo programa: Ciência Ufes. A proposta é divulgar a ciência capixaba a partir da apresentação de pesquisas da Ufes com impacto direto na vida das pessoas. Sob o comando do jornalista da Superintendência de Comunicação da Universidade Hélio Marchioni, o Ciência Ufes realiza entrevistas com coordenadores de programas de pós-graduação e com pesquisadores da instituição que estão propondo soluções para os mais diversos problemas da sociedade. As transmissões vão ao ar às terças-feiras, às 8 horas, com reprise às quintas-feiras, às 20 horas. Já foram entrevistados o médico Adão Célia, o professor do Departamento de Química Eustáquio de Castro, o coordenador do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Territorialidades, Edgard Rebouças, a coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação, Eliza Bartolozzi, e os professores do Programa de Pós-Graduação em Informática Alberto Ferreira e Celso Saibel. A criação de um selo de qualidade para cachaças baseado em pesquisas feitas na Universidade, a possibilidade de abertura do doutorado em Comunicação em 2021, o momento atual da educação brasileira e o funcionamento de laboratórios da Ufes na área de informática são alguns dos assuntos já explorados no Programa. Os podcasts do Ciência Ufes podem ser acessados em universitariafm.ufes.br/programas/ciencia -ufes e na plataforma Soundcloud.

5 Informa548-revisado.indd 5

27/09/2019 18:02:06


Arquivo Supec

Acontece na Ufes

Entre as mudanças estão novos critérios para a concessão de licença capacitação

Decreto altera ações de desenvolvimento de pessoal Publicada no dia 29 de agosto, a nova legislação já está em vigor

P

ublicado no dia 29 de agosto, o Decreto nº 9.991 instituiu uma nova Política Nacional de Desenvolvimento de Pessoas (PNPD) para os servidores da administração pública federal direta, autárquica e fundacional, abrangendo, portanto, os técnicos-administrativos em educação e os docentes das universidades federais. A nova legislação já está em vigor, e entre as primeiras mudanças está a elaboração, para o exercício de 2020, do Plano de Desenvolvimento de Pessoas (PDP), documento que substituirá o antigo Plano Anual de Capacitação (PAC). O pró-reitor de Gestão de Pessoas da Ufes, Cleison Faé, explica que esse Plano será submetido à aprovação do Ministério da Economia. Ele ressalta que a Ufes tem até o próximo dia 15 de outubro para informar os dados do PDP no Portal Sipec, que gerará um relatório final a ser aprovado pela autoridade máxima da instituição e encaminhado ao órgão central do Sistema de Pessoal Civil da Administração Federal (Sipec). Levantamento - Para elaborar o PDP, órgãos e entidades devem realizar o levantamento das necessidades de desenvolvimento de seus servidores para o próximo ano, informando o público-alvo, o enfoque e os custos estimados das ações que pretendem executar, e ainda realizar a gestão dos riscos associados. Faé destaca que,

6 Informa548-revisado.indd 6

de acordo com a nova legislação, não poderão ser concedidas licenças para capacitação cujas ações de desenvolvimento não estiverem previstas no PDP. Para 2020, no caso dos técnicos -administrativos, essas ações serão trazidas dos Planejamentos Internos de Capacitação das unidades estratégicas e do Plano Anual de Capacitação. O levantamento de demandas dos docentes será realizado junto às pró-reitorias de Graduação (Prograd) e de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG). No PDP, deverão estar previstas as necessidade de desenvolvimento relacionadas às demandas de afastamento para mestrado e doutorado, licença capacitação, afastamento para estudo no exterior e participações em congressos. “O PDP poderá ser atualizado, mas aí terá que ser submetido novamente ao Ministério da Economia, e ainda não há uma frequência prevista de atualização”, informa Faé. Licença capacitação - Além das mudanças na forma como o planejamento das ações de desenvolvimento de pessoas é elaborado, o novo decreto também traz outras exigências quanto aos critérios para solicitação de licença capacitação. A partir de agora, a Ufes só poderá ter, ao mesmo tempo, 2% do total de servidores licenciados para capacitação. Atualmente, esse percentual equivale a 76 servidores da Universida-

de, entre docentes e técnicos-administrativos. “Hoje, temos 150 pessoas em licença capacitação, portanto as licenças estão suspensas nesse momento. Só vamos poder conceder novamente a partir do dia 30 de novembro, quando o quantitativo de servidores licenciados será de 72 pessoas”, informou o pró -reitor. Ele explica que, para cumprir essa nova regra, a Ufes passará a fazer edital de seleção para a concessão de licença capacitação. “Serão obedecidos dois critérios: a prioridade para servidores cujas licenças vençam primeiro e a ordem de inscrição. A publicação do edital está prevista para a primeira quinzena de outubro”, adiantou. De acordo com o pró-reitor, esse período de transição considera as ações de desenvolvimento previstas no PAC de 2019, mas as licenças serão concedidas dentro dos critérios da nova legislação. Alguns deles são a carga-horária de mais de 30 horas semanais para cursos realizados em licença capacitação; a dispensa da função de chefia para o servidor que a exerça e a licença passar de 30 dias; a possibilidade de dividir a licença em seis períodos, mas com intervalo de 60 dias entre eles. O pró-reitor ressalta que, durante a licença capacitação ou os afastamentos, os servidores continuarão recebendo a retribuição por titulação e o incentivo à qualificação. Pontos positivos - Para Cleison Faé, a legislação traz como pontos positivos a institucionalização das ações de desenvolvimento que, segundo ele, estarão vinculadas às metas do Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI) da Ufes, ficando clara a vinculação entre os cursos realizados em licenças para capacitação e a contribuição dessas ações para o desempenho do cargo do servidor. Além disso, o pró-reitor também vislumbra a possibilidade de a Universidade poder atuar como centro de desenvolvimento de servidores: “Com a estrutura que temos e nossa experiência, temos grandes chances de nos tornarmos esse centro para a Ufes e para os servidores federais do Espírito Santo”. A data prevista para a devolução do PDP por parte do Ministério da Economia, com a manifestação técnica, é 28 de fevereiro de 2020. O novo decreto e mais informações estão disponíveis no site progep.ufes.br. 30/set a 13/out de 2019

27/09/2019 18:02:07


Arquivo Supec

Acontece na Ufes

sional do estado e isso qualifica a nossa assistência”, destaca.

Além do atendimento aos pacientes do SUS, o Hospital também é espaço de formação

Hucam-Ufes vence Prêmio Excelência em Saúde na categoria hospitais públicos Referência em diversas áreas, a instituição recebe o Prêmio pela segunda vez

C

om 40,9% da preferência popular, o Hospital Universitário Cassiano Antonio Moraes (Hucam-Ufes) foi o vencedor da edição 2019 do Prêmio Excelência em Saúde, na categoria hospitais públicos. Entre os hospitais da rede pública do estado, foi o que recebeu melhor avaliação na pesquisa de satisfação do usuário. Essa é a segunda vez em que o Hucam-Ufes recebe o Prêmio, promovido pela TV Vitória/Rede Record com o objetivo de reconhecer e revelar as melhores instituições médicas capixabas, avaliando a satisfação dos usuários com os serviços de saúde oferecidos.

De acordo com os organizadores, o prêmio pretende criar um meio de consulta para que as pessoas tenham mais segurança ao procurar serviços de saúde de qualidade no Espírito Santo. Em sua quarta edição, o prêmio também visa estimular o aperfeiçoamento de profissionais que atuam na área de saúde, buscando a excelência do atendimento. Para a superintendente do Hucam, Rita Checon, o resultado reafirma o reconhecimento do trabalho desenvolvido pela equipe da instituição. “Somos o maior hospital multiprofis-

Formação - Hospital-escola da Ufes, o Hucam é gerido pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), vinculada ao Ministério da Educação, e é fundamental na formação dos profissionais da área de saúde. A instituição funciona com 300 leitos, atendendo, gratuitamente e 24 horas por dia, aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Também é campo de prática para os cursos de graduação e de pós-graduação do Centro de Ciências da Saúde (CCS), de Residência Médica e de Residência Multiprofissional. O Hucam-Ufes recebe pacientes dos 78 municípios do Espírito Santo e de outros estados, principalmente da Bahia, do Rio de Janeiro, de Minas Gerais e de Rondônia. O Hospital realiza 1.200 procedimentos cirúrgicos e 16 mil consultas por mês. Por ano, são realizadas, nos seus 129 consultórios, mais de 200 mil consultas médicas em quase 150 áreas de saúde, 15 mil atendimentos de urgência, 500 mil exames laboratoriais de análises clínicas, 14 mil cirurgias, dez mil internações, 1.200 procedimentos cirúrgicos, 1.500 partos e 25 mil exames por imagem, além de outros procedimentos. Fundado em dezembro de 1967, é referência em diversas áreas, como infectologia, tuberculose, dermatologia, hanseníase, oftalmologia, otorrinolaringologia, neurologia, reumatologia, pediatria, gestação de alto risco, mastologia, nefrologia, transplante, cirurgia cardíaca, cirurgia do aparelho digestivo, mudança de sexo, urologia, cirurgia oncológica, Unidade de Terapia Intensiva neonatal, entre outras.

Inscrições abertas para os Programas de Residência Multiprofissional e Uniprofissional Estão abertas as inscrições para os Programas de Residência Multiprofissional e Uniprofissional, em nível de especialização, para ingresso em 2020. Serão oferecidas 21 vagas com oportunidades, na Residência Multiprofissional, para graduados em Enfermagem, Farmácia, Fisioterapia, Fonoaudiologia, Nutrição, Odontologia, Psicologia, Serviço Social e Terapia Ocupacional, com duas vagas

para cada formação profissional. Os selecionados atuarão na área de Atenção à Saúde da Criança e do Adolescente. Já para profissionais com graduação em Medicina Veterinária, há três vagas no Programa de Residência Uniprofissional, uma para cada área de concentração: clínica cirúrgica, clínica médica e patologia clínica. Os interessados podem se inscrever

até 20 de novembro pelo site residenciamultiprofissional.ufes.br. A taxa de inscrição é R$ 300, sendo possível solicitar isenção do pagamento até 18 de outubro. O treinamento oferecido pelo Programa de Residência Multiprofissional será em regime de horário integral, com carga horária de 60 horas semanais, e até 24 horas de plantão. O valor da bolsa é R$ 3.330,43, e a duração do programa é de dois anos.

7 Informa548-revisado.indd 7

27/09/2019 18:02:09


Acervo André Arçari

Cultura

agenda cultural Teatro Universitário Orquestra Sinfônica do Espírito Santo homenageia o alemão Brahms. Como solistas, o violonista Ricardo Amado e o violoncelista Hugo Pilger, sob a regência do maestro titular da cadeira de nº 5 da Academia Brasileira de Música, Roberto Tibiriçá. Dias 9 e 10, às 20h. O espetáculo infantil Uma viagem no tempo conta a história de dois viajantes no tempo que estão em busca de um misterioso tesouro. Entrada gratuita, com dois ingressos disponíveis por CPF. Retirada dos ingressos na Bilheteria do Teatro no dia 8, entre 17 e 20 horas. Dia 13, às 14h e às 17h. A 15ª edição do Festival Nacional de Teatro da Cidade de Vitória promove o encontro da diversidade artística e humana da cidade. Interessados em participar devem se informar pelos telefones (27) 3222-0869 e 99944-3210 (whatsapp) ou pelo email festivalvitoria@terra.com.br. Limite de dois ingressos por pessoa, que devem ser retirados, gratuitamente, uma hora antes do evento, na bilheteria do Teatro. Dias 15, 16 e 17, às 20h. Biblioteca Central A exposição da artista Rossana Cordeiro traz técnicas variadas, prevalecendo o óleo sobre tela. São dez obras inspiradas em um tema específico para construir relações inesperadas, despertando no observador reflexões sobre o lugar que ele habita. A mostra será inaugurada no dia 7, às 19 horas, e fica na Biblioteca até o dia 1º de novembro. Como fruto de atividades da disciplina Psicologia do Desenvolvimento I, estudantes da Ufes realizarão a mostra de livros infantis Histórias em Desenvolvimento. Dias 9, das 8 às 12 horas, e 10, das 13 às 17h.

8 Informa548-revisado.indd 8

Vídeos e fotos investigam desdobramentos de período de seca recente no Espírito Santo

Exposição Trabalhar Cansa traz atividades educativas Mostra tem ações para estudantes e professores das redes pública e privada

E

stá aberta, na Galeria de Arte Espaço Universitário (Gaeu), a mostra Trabalhar Cansa, do artista capixaba André Arçari. A mostra apresenta vídeos e fotos com o objetivo de investigar os desdobramentos da seca ocorrida no Espírito Santo, cujo auge foi entre 2014 e 2015. Trabalhar Cansa fica aberta à visitação de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, até 8 de novembro, e inclui diversas atividades gratuitas. Os eventos têm o apoio da Secretaria de Cultura da Ufes e são organizados pelo Programa Educativo da Gaeu em parceria com o Grupo de Estudos e Pesquisas em Arte na Educação Infantil da Ufes, coordenado pela professora Margarete Sacht Goes. Nos dias 8 e 9 de outubro, um workshop para professores tem como objetivo fomentar diálogos e vivências que ampliem o repertório artístico e cultural dos educadores: “A discussão contribui para que eles

façam uma transposição didática acessível às turmas com as quais trabalham a partir do que viram e experienciaram, ampliando seu campo de reflexão”, analisa Margarete. Dentre as atividades para os estudantes, estão Terra-Solo: Oficinas land art para crianças, cuja ideia é trabalhar o terreno natural como uma ação para aproximar natureza, vida e arte; Terra-território: oficina de vídeos (para o Ensino Fundamental), que visa explorar a linguagem audiovisual a partir da relação com elementos da natureza; e Terra-gaia: oficina de fotografias com celular (para o Ensino Médio), que propõe aguçar o olhar dos estudantes para outras formas de contato com a natureza. O cronograma das oficinas está disponível no site galeriadearte. ufes.br/oficinas. Para participar, as escolas devem se informar sobre a disponibilidade de vagas pelo e-mail educativogaleria.secult@ufes.br ou pelo telefone (27) 4009-2371.

30/set a 13/out de 2019

27/09/2019 18:02:12

Profile for Universidade Federal do Espírito Santo

Jornal Informa | Ufes | n° 548 | 30/09/2019  

Jornal da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) destinado à divulgação das atividades desenvolvidas pelas áreas de ensino, pesquisa...

Jornal Informa | Ufes | n° 548 | 30/09/2019  

Jornal da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) destinado à divulgação das atividades desenvolvidas pelas áreas de ensino, pesquisa...

Profile for ufes
Advertisement