Page 1

informa

INFORMATIVO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO • 12/ago a 25/ago de 2019 | nº 546

Seja bem-vindo! Você está em uma universidade pública e gratuita

E

stá começando o segundo semestre letivo de 2019 e é com muita determinação que a Ufes inicia esse novo período. São 2.456 novos estudantes ingressando em diversos cursos dos campi de Alegre, Goiabeiras, Maruípe e São Mateus, e que passam a fazer parte da comunidade acadêmica. Para recebê-los, além das recepções institucionais realizadas nos quatro campi, os departamentos também prepararam eventos para que os alunos conheçam a estrutura e os projetos de cada curso. A programação completa foi enviada por e-mail e também está disponível no portal ufes.br. Com o objetivo de promover a integração entre estudantes veteranos e calouros, professores e servidores técnico-administrativos, a Universidade também realiza no domingo, 18 de agosto, o Torneio Integração, com partidas de vôlei, futsal e handebol. Os jogos serão realizados a partir das

Informa546-FINAL.indd 1

9 horas na área do Centro de Educação Física e Desportos (CEFD), no campus de Goiabeiras, como parte da programação do Domingo de Lazer na Ufes. Para participar, basta chegar! As equipes serão formadas no local. “Nossa intenção é fazer uma grande festa de integração”, afirma o professor e diretor do Departamento de Projetos da Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis e Cidadania (Proaeci), Luiz Alexandre Oxley. Além do torneio, outras atividades serão realizadas, como círculo de literatura, frescobol, beach tênis, aula de yoga e oficinas de forró, de skate para iniciantes e de pipa. No Cine Metrópolis, haverá exibição de filme infantil a partir das 10 horas. Todas as atividades são gratuitas e abertas ao público (veja a programação completa no portal da Ufes). Valorize! – A partir de agora, você passa a fazer parte de uma comunidade formada por mais de 20 mil estu-

dantes, 1.768 professores efetivos e cerca de 2 mil técnicos-administrativos que trabalham para o desenvolvimento do ensino, da pesquisa e da extensão, devolvendo à sociedade tudo o que é investido na instituição. Em seus 65 anos de existência, a Ufes já formou mais de 50 mil profissionais. Atualmente, a instituição oferece vagas em 103 cursos presenciais de graduação e nove a distância, além de 93 cursos de pós-graduação, entre mestrados e doutorados. Os mais de 1.500 projetos de pesquisas desenvolvidos levam tecnologia e inovação a áreas como agricultura, saúde e engenharia, só para citar alguns exemplos. Na extensão, cerca de dois milhões de pessoas são beneficiadas anualmente por mais de 800 projetos. Por tudo isso e muito mais, seja você calouro ou veterano, técnico-administrativo ou professor, seja bem-vindo! Você tem muitas razões para se orgulhar de estar aqui.

09/08/2019 11:22:20


foto do leitor Este espaço está aberto para a publicação de fotos sobre a Ufes, produzidas por você, leitor. A imagem deve ter alta resolução e formato horizontal. O envio pode ser feito para o e-mail fotodoleitor@ufes.br. Na mensagem, é importante informar o local onde foi registrada a imagem, o nome do autor, sua relação com a Ufes (se estudante, técnico-administrativo, professor ou funcionário de empresa terceirizada) e telefone para contato. A cada edição, uma foto será selecionada para publicação. O servidor Marcio Malacarne registrou as cores do inverno no IC 2, campus de Goiabeiras

agenda acadêmica Workshop de Sensibilização sobre Mudanças Climáticas Datas: 13 e 14 de agosto Local: Auditório do CT I, campus de Goiabeiras Realização: Laboratório de Gestão do Saneamento Ambiental (Lagesa) Informações: lagesa.ufes.br XII Semana de Letras da Ufes – Violência e Linguagem: a linguagem da violência Datas: 14 a 16 de agosto Local: Centro de Ciências Humanas e Naturais (CCHN) Realização: Diretório Acadêmico de Letras e Departamento de Línguas e Letras Informações: instagram @semanadeletrasufes ou semanadeletras.ufes@ gmail.com

Dia pedagógico do curso de Odontologia Data: 14 de agosto Local: Auditório da Biblioteca Central da Ufes, campus de Goiabeiras Realização: Pró-Reitoria de Graduação Informações: odontologia.ufes.br Encontro Formativo de Professores Datas: 19, 20, 22 e 26 de agosto Local: campi de Goiabeiras, Alegre e São Mateus Realização: Pró-Reitoria de Graduação Informações: prograd.ufes.br Curso Jueces y juicios em transición (Siglos XVIII-XIX) Datas: 19 a 23 de agosto Local: ED V, Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas (CCJE)

Realização: Programa de Pós-Graduação em Direito Informações: direito.ufes.br Oficina com celular Data: 20 de agosto Local: Sala 6 do IC IV, campus de Goiabeiras Realização: Núcleo de Artes Visuais e Educação do Espírito Santo (Navees) Informações: página do Navees Ufes no Facebook VII Colartes 2019 Datas: 20 a 22 de agosto Local: Centro de Artes Realização: Programa de Pós-Graduação em Artes Informações: artes.ufes.br

Sugestões de pauta: 4009-2383, 4009-2203, 4009-2204 ou jornalismo.supecc@ufes.br / Edição digital disponível em: comunicacao.ufes.br/edições-2019 UFES - Universidade Federal do Espírito Santo Reitor: Reinaldo Centoducatte Vice-Reitora: Ethel Maciel Informa - Uma produção da Superintendência de Comunicação da Ufes. Superintendente de Comunicação e jornalista responsável: Thereza Marinho Jornalistas: Adriana Damasceno, Ana Paula Vieira, Camila Fregona, Hélio Marchioni, Jorge Medina, Lidia Neves, Luiz Vital e Nábila Corrêa Estagiárias: Danielle Gonçalves e Laís Santana Revisão: Monick Barbosa Programação visual: Evandro Campos, Leonardo Paiva e Mariana Simões Apoio: Aurenice Cruz, Deborah Constancio, Eliza Gobira e Tatiana Candeia. Endereço: Av. Fernando Ferrari, nº 514, Goiabeiras, Vitória/ES - CEP: 29075-910 Tiragem: 3 mil exemplares Impressão: CSS Editora

2 Informa546-FINAL.indd 2

12/ago a 25/ago de 2019

09/08/2019 11:22:45


Administração Central

Plano de Desenvolvimento Institucional 2020|2029 UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO

Ufes inicia processo de revisão do PDI Evento de lançamento é aberto a toda a comunidade acadêmica

N

o dia 27 de agosto, em evento no Cine Metrópolis, a Ufes dará início ao processo de revisão de seu Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), para o período 2020-2029. O evento, que será realizado às 9 horas, é aberto a toda a comunidade universitária e à sociedade capixaba e contará com a presença do reitor Reinaldo Centoducatte, da vice-reitora Ethel Maciel e dos gestores da Ufes. Para falar sobre a importância do PDI e da participação da comunidade no processo de revisão do documento, foram convidados o pró-reitor de Planejamento Frank Casado e o coordenador de Planejamento e Avaliação Fernando Barbosa, ambos da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). O PDI é um documento oficial e formal exigido pelo Ministério da Educação (MEC), que reúne um conjunto de propósitos a serem cumpridos para que a instituição evolua do estado atual para um estado desejado, promovendo melhorias em todos os setores. Além de trazer informações gerais sobre a Universidade, o documento apresenta objetivos estratégicos, metas a serem realizadas e indicadores para sua mensuração. “O PDI é o principal instrumento de gestão da instituição e dá transpa-

rência às ações institucionais, mostrando para a sociedade como a Ufes atuará nos próximos dez anos”, explica o presidente da Comissão Executiva para Revisão do PDI da Ufes, Pedro Paulo Cunha. Participação – O PDI deve ser elaborado não só pelos gestores, mas também pelos membros da comunidade universitária e da sociedade em geral. Para isso, serão disponibilizados canais de comunicação para que todas as pessoas possam ser ouvidas. “É fundamental que haja uma ampla participação. Quando isso acontece, conseguimos incluir no documento os diversos olhares sobre a Universidade, as propostas concretas de quem enxerga a instituição e muitas vezes vivencia os problemas por outro ângulo”, destaca o presidente da Comissão. O processo de revisão do PDI envolve as seguintes etapas: organização, preparação, elaboração e finalização. Logo após o evento, terá início a etapa de discussão dos eixos temáticos pelas comissões específicas; de reuniões presenciais com as unidades acadêmicas e com a sociedade organizada; e de consulta pública à comunidade universitária, aos egressos e à sociedade, por meio do sistema de enquetes da Ufes.

Conselho Universitário aprova nova estrutura organizacional O Conselho Universitário da Ufes (CUn) aprovou, em julho, a Resolução nº 22/2019, que altera a estrutura organizacional e o quadro demonstrativo dos Cargos de Direção (CDs), Funções Gratificadas (FGs) e Funções de Coordenação de Curso (FCCs) da Universidade. A alteração foi motivada pela necessidade de adaptações administrativas, padronizando os nomes dos setores conforme suas funções, e pela extinção das FGs nos níveis de 4 a 9, realizada pelo Governo Federal por meio do Decreto nº 9.725, publicado em março. Também foi aprovada pelo Conselho a padronização das denominações dos cargos em comissão e das funções de confiança, agrupando-os em Administração Superior e Administração dos Centros. O texto completo do documento, com os nomes atualizados de todos os setores da Universidade, está publicado em daocs.ufes.br. Processo de trabalho – Com o objetivo de melhor organizar os processos de trabalho dentro de cada unidade, o dirigente poderá solicitar a criação de núcleos, câmaras, comissões, laboratórios e setores que não estão previstos na estrutura organizacional, porém sem a alocação de CD, FG e FCC, cujo remanejamento passa a ser realizado por ato do reitor, com a aprovação do CUn ou do Conselho Departamental. Conforme previsto na Resolução, as competências e as atribuições estabelecidas para unidades que foram extintas ou transformadas ficam transferidas para as unidades que receberem essas atribuições (em caso de transformação) ou para a unidade hierarquicamente superior (extinção).

3 Informa546-FINAL.indd 3

09/08/2019 11:22:46


Acontece na Ufes

16ª Semana da Engenharia traz programação variada A Arte que Transforma é o tema da 16ª Semana da Engenharia (Seng), congresso anual da área no Espírito Santo que será realizado de 26 a 30 de agosto, no campus de Goiabeiras. “A ideia é mostrar que a Engenharia vai muito além de teoria e cálculos, sendo uma arte que muda, melhora e transforma o mundo”, explica Luiz Carlos Zucolotto Junior, um dos organizadores da Seng 2019. Resultado do trabalho de cerca de 90 estudantes voluntários, da Ufes e de várias faculdades do estado, o congresso terá palestras, minicursos, workshops, mesas-redondas, estandes, visitas técnicas e outras atividades. A programação ocorrerá em um espaço montado no estacionamento do Teatro da Ufes e em outros locais dentro e fora da Universidade. Estão confirmadas visitas técnicas à Petrobras, ao Aeroporto de Vitória e à Terceira Ponte. Convidados de todo o país também estarão presentes na 16ª Semana de Engenharia para apresentar histórias de sucesso, grandes projetos e inovações. O arquiteto Márcio Sequeira apresentará o projeto Mola Model, que, por meio de financiamento coletivo, desenvolveu kits didáticos para estudantes de Engenharia. Já o analista de sistemas Jacson Fressato, criador do robô Laura, que ajuda a prevenir mortes em hospitais decorrentes de infecções, ministrará uma palestra sobre inteligência artificial. Outro convidado é o empresário Saulo Filho, fundador da Molegolar, startup desenvolvedora de plantas arquitetônicas que podem aumentar ou diminuir, de acordo com as necessidades e a fase da vida do cliente. Temas como Empreendedorismo, startups, Indústria 4.0, Big Data, inovação em aço, Recursos Humanos, e Saúde Mental também serão abordados. Como atração cultural, a Seng 2019 promoverá um festival de música. Mais informações no site semanadaengenharia.com e no Instagram @semanadaeng.

4 Informa546-FINAL.indd 4

Campus de São Mateus realiza 8º Simpósio de Produtor de Café Conilon Evento é uma oportunidade para apresentar a Ufes ao produtor rural

O

Simpósio do Produtor de Café Conilon chega à oitava edição, cumprindo a missão de levar as pesquisas sobre esse ramo do setor cafeeiro, tanto as desenvolvidas na Ufes quanto em outras instituições, para aqueles que podem colocá-las em prática: produtores, técnicos-agrícolas, engenheiros agrônomos, consultores e demais interessados. O evento será realizado no dia 15 de agosto, das 7h30 às 16h30, no auditório do campus de São Mateus. As inscrições podem ser feitas por meio de formulário on-line disponível em bit.ly/Inscrição8ºsimposio e deverão ser confirmadas no dia do Simpósio. Será cobrado o valor simbólico de 1 quilo de alimento. Com o tema Conhecimento para Superar Desafios, o evento terá entre os convidados o especialista em gestão de vendas e marketing em agronegócio José Luiz Tejon, que ministrará a palestra Superação na vida e na arte do cafeicultor. Outros temas abordados são adubação, qualidade do café, doenças e pragas que podem afetar os cafezais, gestão da propriedade agrícola e outros conhecimentos aplicáveis no dia a dia do cafeicultor.

Segundo o professor do Departamento de Agronomia do Centro Universitário Norte do Espírito Santo (Ceunes) e coordenador do Simpósio, Fábio Partelli, o objetivo é possibilitar mudanças nas práticas de manejo da produção, tornando-a sustentável e aumentando sua produtividade e rentabilidade, por meio da otimização de recursos. Conhecimento acadêmico – O professor avalia que o evento também é um momento para apresentar a Universidade ao produtor rural e incentivá-lo a se apropriar do meio acadêmico: “Muitas pessoas conhecem a Ufes pela primeira vez no Simpósio e é importante que elas saibam que aquele espaço é público e que o conhecimento de qualidade ali produzido também pertence a elas”, declara. Segundo Partelli, o Simpósio também vai homenagear produtores de café conilon, além de convidá-los a apresentar experiências bem-sucedidas. Os assuntos apresentados no evento, além de outros relevantes à cafeicultura, serão disponibilizados aos participantes por meio de um livro nos formatos impresso e digital. Mais informações podem ser obtidas em cafeconilon.com. 12/ago a 25/ago de 2019

09/08/2019 11:22:47


Foto: Agência Brasília is licensed under CC BY 2.0

Acontece na Ufes

Inscrições abertas para Programa de Mobilidade Acadêmica Internacional

A ação será realizada nos dias 14, 15 e 16 de agosto, para toda a comunidade universitária

Vacinação contra sarampo na Biblioteca Central Diante do aumento de casos no país, a imunização é a melhor forma de prevenção

A

Ufes, por meio da comissão Universidade Promotora de Saúde (UPS) e em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), realiza vacinação contra sarampo, caxumba e rubéola (tríplice viral) nos dias 14, 15 e 16 de agosto. A ação de imunização será realizada na Biblioteca Central, no campus de Goiabeiras, das 9 às 17 horas nos dias 14 e 15, e das 9 às 12 horas no dia 16. Todos os membros da comunidade universitária poderão ser vacinados, bastando apresentar o cartão de vacinação e um documento de identificação pessoal com foto. “A vacina é a melhor forma de prevenção contra várias doenças, e nós estamos assistindo a um aumento muito significativo dos casos de sarampo no país. A ação é uma forma de integrarmos esse esforço de imunização da população que tem sido feito pelos governos e ampliarmos o acesso ao público universitário”, afirma a professora aposentada do Departamento de Enfermagem e membro da comissão da UPS na Ufes Leila Massaroni. Novos casos – Segundo informações da Sesa, o Espírito Santo é território livre de sarampo há 19 anos. No entanto, com

as confirmações de casos nos outros estados da região Sudeste neste ano – até julho, foram 66 casos confirmados em São Paulo, 11 no Rio de Janeiro e quatro em Minas Gerais –, a Secretaria intensificou, junto com as prefeituras, as medidas para evitar a reintrodução do vírus no estado capixaba. Entre essas medidas, estão o aumento da cobertura vacinal, a identificação precoce de casos suspeitos, a capacitação de profissionais e a emissão de alertas epidemiológicos aos profissionais de saúde e demais grupos de risco. A proteção contra o sarampo deve ser feita por meio da vacina tríplice viral em crianças aos 12 meses de idade e a vacina tetra viral (contra sarampo, caxumba, rubéola e varicela), aos 15 meses de idade. Pessoas com idade entre 1 a 29 anos que não tenham comprovação de que foram vacinadas na infância devem tomar duas doses da vacina tríplice viral; já pessoas de 30 a 49 anos devem tomar uma dose. A vacinação está disponível para toda a população nas unidades de saúde dos 78 municípios do estado.

A Secretaria de Relações Internacionais abriu pré-seleção de estudantes para o Programa de Mobilidade Acadêmica Internacional (PMAI) nas instituições de ensino superior estrangeiras conveniadas. O intercâmbio não tem previsão de bolsa e ocorrerá no período letivo de 2020/1. Os interessados devem selecionar “PMAI 2020/1” no site inscricao.ufes. br para iniciar o processo seletivo. As inscrições da primeira chamada vão até 25 de agosto e incluem instituições nos Estados Unidos, na Itália, nos Países Baixos e na Rússia. A inscrição para a segunda chamada vai até 22 de setembro e abrange países como Alemanha, Áustria, Colômbia, Espanha, Finlândia, França, Irlanda, México, Portugal, Países Baixos e República Dominicana. A terceira chamada estará aberta até 20 de outubro, com mais opções na Alemanha, na Argentina, no Chile, na Colômbia, na Espanha, na França, na Itália, na Polônia e em Portugal. O candidato deve ser brasileiro nato ou naturalizado maior de 18 anos; estar regularmente matriculado em um curso de graduação da Ufes; ter concluído no mínimo 40% da carga horária do curso; ter disciplina(s) a cursar no retorno ao Brasil; apresentar coeficiente de rendimento normalizado (CRN) igual ou superior a 5,0 para vagas com concorrência ou coeficiente de rendimento (CRA) superior a 7,0 para vagas sem concorrência; atender os requisitos específicos da instituição estrangeira e apresentar comprovante de proficiência de acordo com o exigido pela instituição desejada. O edital está disponível em internacional.ufes.br.

5 Informa546-FINAL.indd 5

09/08/2019 11:22:50


Editais de pós-graduação

Laís Santana

Acontece na Ufes

Quatro editais abertos em programas de pós-graduação da Universidade oferecem 99 vagas para ingresso no 1º semestre de 2020. Confira as oportunidades: História Seguem, até 30 de agosto, as inscrições para o processo seletivo do Programa de Pós-Graduação em História, com oferta de 20 vagas para o mestrado e 16 para o doutorado. Será cobrada taxa de R$ 130 para mestrado e de R$ 180 para doutorado. Filosofia O curso do Programa de Mestrado Profissional em Filosofia, organizado em rede, está oferecendo dez vagas em seu polo na Ufes para professores de Filosofia com exercício na Educação Básica. Os candidatos podem se inscrever até 31 de agosto no endereço www. humanas.ufpr.br/portal/prof-filo/. Será cobrada taxa de R$60. Economia O Programa de Pós-Graduação em Economia divulgou seleção para cinco vagas em seu curso de doutorado. As inscrições podem ser feitas até 13 de setembro na Secretaria Unificada dos Programas de Pós-Graduação, prédio ED II, campus de Goiabeiras, ou via Sedex, com comprovante de envio encaminhado para o e-mail pos. economia@ufes.br. Educação O Programa de Pós-Graduação em Educação oferece 19 vagas de mestrado e 29 de doutorado, com inscrições entre os dias 19 de agosto e 13 de setembro, na Secretaria do Programa, no campus de Goiabeiras, ou pelos Correios. Será cobrada taxa de R$ 120, e a isenção pode ser solicitada de 19 a 30 de agosto. Mais informações em prppg.ufes. br e nos sites dos Programas.

6 Informa546-FINAL.indd 6

Prêmios evidenciam a relevância das pesquisas e dos projetos desenvolvidos na Universidade

Iniciativas da Ufes são premiadas nacionalmente Projetos são nas áreas de reutilização da água e de empreendedorismo social

T

rabalhos de estudantes da Ufes premiados no primeiro semestre de 2019 são alguns exemplos do retorno à sociedade do conhecimento produzido na instituição. A mestranda do Programa de Pós-Graduação em Química da Ufes Rayane Corona foi premiada na 42ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Química (SBQ) pelo trabalho sobre um sistema de filtração para limpar e reutilizar a água da máquina de lavar roupa. Intitulada Tratamento de água residuária de lavanderia: avaliação da adsorção de surfactante aniônico em óxido de grafite, a pesquisa foi submetida ao painel de Química Ambiental e reconhecida pelo estudo físico-químico sobre a aplicação do óxido de grafite para remover o poluente surfactante aniônico das águas pós-lavagem. A descoberta dessa propriedade do óxido de grafite representa uma alternativa ao uso do carvão ativado, que é comumente aplicado no tratamento de efluentes, mas pode ser maléfico para a natureza se utilizado em escalas industriais. Trabalho social – Outro reflexo social das atividades acadêmicas da

Universidade veio com o time Enactus Ufes Vitória, formado por estudantes de nove cursos de graduação da Ufes, que venceu a Liga Rookie no evento nacional Enactus Brasil (Eneb) 2019. Trata-se de uma competição em que times formados por graduandos de mais de 120 universidades brasileiras divulgam os projetos de empreendedorismo social que desenvolveram ao longo do ano. A equipe da Ufes apresentou o programa “Pequenos Negócios, Grandes Mulheres”, desenvolvido na comunidade de São Pedro com o objetivo de capacitar mulheres vítimas de violência doméstica e em situação de grande vulnerabilidade socioeconômica para torná-las empreendedoras, conquistando sua autonomia financeira. A estudante Letícia Missias, membro do time, destacou que o programa é realizado em parceria com outra iniciativa da Universidade, o projeto de extensão Formação em Dança (Fordan), ligado ao Centro de Educação Física e Desportos (CEFD) e que também atua na região de São Pedro com foco no enfrentamento da violência. “São dois projetos da Ufes unidos pelo propósito de impactar vidas”, afirma Letícia. 12/ago a 25/ago de 2019

09/08/2019 11:22:51


Danielle Gonçalves

Acontece na Ufes conceito, sem discriminação e com respeito”, destacou. Além de José, um ex-apenado que também trabalhava na Ufes foi contratado como funcionário de uma empresa terceirizada que presta serviços na Universidade. Para a chefia, ele é um exemplo de bom funcionário.

Atualmente, 51 trabalhadores apenados atuam nos campi de Maruípe e Goiabeiras

Ex-apenado ingressa em curso na Ufes Convênio entre a Universidade e a Sejus viabilizou o processo de ressocialização

J

osé (nome fictício), 46 anos, concluiu o segundo grau no sistema prisional, fez o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) em 2018, acaba de ser aprovado no Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e ingressará em um curso superior da Ufes. O personagem desta matéria (seu nome foi omitido para preservar a sua identidade) é um exemplo bem-sucedido de ressocialização de um ex-apenado que prestou serviços na Universidade por meio do convênio da instituição com a Secretaria de Estado de Justiça (Sejus), firmado em 2017. Na oca-

sião, a Ufes recebeu 20 trabalhadores apenados que prestaram serviços no campus de Goiabeiras. José passou oito anos preso, seis no regime fechado e dois no semiaberto, e agora finaliza o cumprimento de sua pena em regime aberto. Ele reconhece a importância do trabalho de ressocialização realizado durante um ano na Ufes: “Receber um tratamento digno e respeitoso pela comunidade universitária foi uma das melhores formas de socialização que já recebi. Saí de um lugar problemático para um lugar onde sou tratado sem pre-

Integração – A ressocialização objetiva a integração ao convívio social de pessoas que foram condenadas a cumprir algum tipo de sanção penal. Mas os ex-apenados costumam enfrentar problemas para a recolocação no mercado de trabalho, devido à discriminação. José explica que os desafios são diários, mas, no seu caso, foram superados. Ele retornou à sua atividade profissional anterior, no ramo de confecções. “Nem sempre a sociedade aceita uma pessoa que deseja uma segunda chance para recomeçar a vida. Quero ter a minha vida de volta. Quero estudar, trabalhar e ter acesso à cultura”, enfatizou. José ressalta ainda o apoio que recebeu do Núcleo de Práticas Jurídicas (NPJ) da Universidade, que prestou assistência jurídica em seu processo de mudança do regime semiaberto para o regime aberto. “O NPJ presta uma contrapartida para o cidadão e para a sociedade por meio da Ufes e ajuda na diminuição da pena, bem como na socialização e na integração à sociedade das pessoas que estão cumprindo algum tipo de pena. É dever da sociedade e do Estado promover essa reintegração dos apenados à sociedade”, ressalta Glênio Giuberti, advogado e professor voluntário do Departamento de Direito da Ufes, que está cuidando do processo do novo estudante.

Por meio do convênio, 51 apenados trabalham nos campi Atualmente, a Ufes conta com os serviços de 51 trabalhadores apenados. Eles atuam nas áreas externas dos campi de Maruípe e Goiabeiras, realizando serviços como manutenção da área verde, pintura e paisagismo. A ressocialização é coordenada pela Superintendência de Infraestrutura (SI) da Ufes. Os trabalhadores chegam pela manhã e, ao final da tarde, retornam ao presídio de Xuri, em Vila Velha.

Pelo convênio firmado com a Sejus, o trabalhador apenado recebe um salário mínimo (R$ 998) pelo serviço prestado, tendo acesso a 1/3 desse valor. Do restante, 1/3 vai para a assistência à família e 1/3 é destinado a uma conta poupança à qual ele poderá ter acesso após sair da prisão. A Universidade também fornece vale-transporte, uniforme e equipamentos de proteção individual. A seleção dos prestadores de ser-

viço é feita na unidade prisional e, depois, a SI identifica os perfis para direcioná-los às atividades. “A Ufes está cumprindo seu papel social, auxiliando o Poder Judiciário e o Governo do Estado com ações de ressocialização, preparando os apenados para o retorno à sociedade. Essa ação é importante para a construção de uma sociedade melhor para todos”, declarou o superintendente de Infraestrutura, Renato Schwab.

7 Informa546-FINAL.indd 7

09/08/2019 11:22:54


Marcelo Siqueira

Cultura

agenda cultural Teatro Universitário Apostando na inclusão de deficientes visuais, auditivos e físicos na produção artística, na cultura e na sociedade, o Cena Diversa lança o espetáculo Quando Acordar a Cidade. A apresentação será na terça-feira, 13, às 19h30. Entrada gratuita. No dia 21, às 19h, o educador social Alex Duarte ministra a palestra Como empoderar pessoas com deficiência, sobre a autonomia das pessoas com Síndrome de Down. Organização da Associação Vitória Down, com o apoio da Ufes. Entrada gratuita. Dando continuidade ao projeto Sócio de Carteirinha do Clube Big Beatles, o músico Dinho (Capital Inicial) é o convidado especial do mês de agosto. A apresentação será na quinta-feira, 15, às 21h. Escrito e dirigido por Rodrigo Sant’Anna, Tô de Graça conta a história de Graça, pedinte que tem a missão de administrar as confusões do marido e dos 13 filhos, e sustentá-los. Sessões no sábado, 17, às 20h, e no domingo, 18, às 18h. Os ingressos podem ser adquiridos em tudus.com.br ou na bilheteria do Teatro, de terça a sexta-feira, das 15 às 20h. Criarte No dia 14, as crianças do Grupo 5 do Centro de Educação Infantil Criarte lançam o livro Dom Quixote Criarteiro, às 19h30, na Associação dos Docentes da Ufes (Adufes), resultado do trabalho da equipe da professora Luciana Soares. Já no dia 22, a professora Elis Falcão lança o livro Sobre Lagartas e Borboletas e sobre não ter medo de voar, do qual é a organizadora. O evento será às 18h, também na Adufes. Biblioteca Central Vozes do Aquário, do artista plástico Flávio Garcia, e uma mostra de esculturas do artista Luiz Rafael estão em cartaz até 6 de setembro. Visitação de segunda a sexta, das 7 às 21h, e aos sábados, das 7 às 13h.

8 Informa546-FINAL.indd 8

Orquestra Sinfônica do ES traz três concertos para a Ufes no segundo semestre Programação inclui músicos brasileiros e internacionais entre os convidados

E

special Videogames. Grandes Nomes: Antônio Meneses. Brahms Três Tempos. Esses são os três concertos que a Orquestra Sinfônica do Espírito Santo (Oses) traz para o Teatro Universitário, localizado no campus de Goiabeiras. As apresentações acontecem entre setembro e outubro e fazem parte do calendário da Oses para o segundo semestre, cuja programação estende-se até o dia 20 de dezembro. Os ingressos estarão disponíveis na bilheteria do Teatro e custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). O pagamento deve ser feito somente em dinheiro. No mês de setembro, a tradicional série Quarta e Quinta Clássicas apresenta, nos dias 11 e 12, às 20 horas, o inédito Especial Videogame, com trilhas sonoras de videogames clássicos como Mário Bros, Castlevanis e Sonic, sob a regência do maestro Leonardo David.

No dia 24, na série Concertos Especiais: Grandes Nomes, Antônio Meneses, um dos maiores violoncelistas do Brasil, apresenta repertório com obras do compositor tcheco Antonín Dvořák, sob a regência do maestro inglês Neil Thompson. Brahms – Em outubro, o compositor Johannes Brahms será homenageado nos dias 9 e 10 (Quarta e Quinta Clássicas), no concerto Brahms em Três Tempos, que terá a participação dos solistas Ricardo Amado (violonista) e Hugo Pilger (violoncelista), sob a regência do maestro titular da cadeira número 5 da Academia Brasileira de Música, Roberto Tibiriçá. “São grandes concertos a preços populares, facilitando o acesso do público à música de qualidade”, destaca o secretário de Cultura da Ufes, Rogério Borges.

12/ago a 25/ago de 2019

09/08/2019 11:22:59

Profile for Universidade Federal do Espírito Santo

Jornal Informa | Ufes | n° 546 | 12/08/2019  

Jornal da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) destinado à divulgação das atividades desenvolvidas pelas áreas de ensino, pesquisa...

Jornal Informa | Ufes | n° 546 | 12/08/2019  

Jornal da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) destinado à divulgação das atividades desenvolvidas pelas áreas de ensino, pesquisa...

Profile for ufes
Advertisement