__MAIN_TEXT__

Page 1

informa

INFORMATIVO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO • 05/mar a 18/mar de 2018 | nº 531

Começa o 1º semestre letivo de 2018. Seja bem-vindo!

A

Ufes é uma construção de todos os membros da comunidade acadêmica e juntos devemos trabalhar para atuar com excelência na formação profissional e na produção de conhecimento, com comprometimento social. É com essa proposta que as pró-reitorias de Graduação e de Assuntos Estudantis e Cidadania da Ufes elaboraram a programação de boas-vindas aos estudantes neste primeiro semestre letivo de 2018, que terá como tema Construir juntos: esse é o nosso jeito - Formação Profissional, Produção do Conhecimento e Comprometimento Social. A recepção tem início no campus de Maruípe, dia 6 de março, a partir das 8h30, no auditório Rosa Maria Paranhos, com a presença do reitor, Reinaldo Cen-

Informa - 531.indd 1

toducatte, e da vice-reitora, Ethel Maciel. “Os estudantes poderão participar de atividades culturais, de rodas de conversa sobre questões de seu interesse e conhecer os programas de assistência estudantil da Ufes”, afirma a pró-reitora de Graduação, Zenólia Figueiredo. No campus de Goiabeiras, a recepção acontece dia 8, às 14 horas, no Teatro Universitário. Já nos campi do interior, a cerimônia de boas-vindas será realizada no dia 12 de março, às 17 horas, em São Mateus (Auditório Central do campus); e no dia 20 de março, às 18 horas, em Alegre (quadra coberta). Centros – Além da recepção institucional, cada centro de ensino também preparou uma programação para seus alunos, com conversas com os coordenadores dos cursos, visitas a laboratórios e projetos de extensão, informações sobre iniciação científica e tour pelos campi. A programação completa dos centros será enviada aos estudantes por e-mail. Fique atento à programação do seu centro e participe!

05/03/2018 11:57:21


foto do leitor Este espaço está aberto para a publicação de fotos sobre a Ufes, produzidas por você, leitor. A imagem deve ter alta resolução e formato horizontal. O envio pode ser feito para o e-mail fotodoleitor@ufes.br. Na mensagem, é importante informar o local onde foi registrada a imagem, o nome do autor, sua relação com a Ufes (se estudante, técnico-administrativo, professor ou funcionário de empresa terceirizada) e telefone para contato. A cada edição, uma foto será selecionada para publicação. Visão da caixa d’água próxima ao Planetário, campus de Goiabeiras. Foto de Jefferson Paulo da Silva Mello, servidor da Biblioteca Setorial do Centro de Educação Física e Desportos (CEFD).

agenda acadêmica Lançamento do livro Drogas: E eu com isso? Na Perspectiva de um Centro Regional de Referência Data/horário: 08 de março, às 10h Local: Auditório Rosa Maria Paranhos, Centro de Ciências da Saúde – campus de Maruípe Informações: (27) 3335-7492 ou cepad.ccs. ufes@gmail.com

II Torneio Capixaba de Debates Data: 17 e 18 de março Local: Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas (CCJE) - ED 3 e ED 4, campus de Goiabeiras Realização: Sociedade de Debates de Vitória (SDV) e Liga Universitária de Direito da Ufes (Ludufes) Informações: www.sympla.com.br ou página do evento no Facebook 6º Encontro Internacional de Política Social e 13º Encontro Nacional de Política Social Data: 04 a 07 de junho – Inscrições abertas Local: Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas (CCJE), Teatro Universitário e Sede da Adufes, campus de Goiabeiras Realização: Programa de Pós-Graduação em Política Social (PPGPS) Informações: www.enps.com.br ou página do evento no Facebook

I Seminário de Pensamento Social Brasileiro – Intelectuais, cultura e democracia Data: 06 a 08 de junho – Inscrições abertas Local: Centro de Ciências Humanas e Naturais (CCHN), campus de Goiabeiras Realização: Núcleo de Teoria Social e Interpretação do Brasil Informações: www.netsib.ufes.br/seminario ou página do evento no Facebook VII Congresso Florestal Latino-Americano (Conflat) – Inscrições abertas Data: 12 a 15 de junho - Inscrições abertas Local: Golden Tulip Porto Vitória Hotel Realização: Programa de Pós-graduação em Ciências Florestais, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e Instituto de Florestas Informações: www.conflat.com.br/programacao/

Sugestões de pauta: 4009-2383, 4009-2203, 4009-2204 ou jornalismo.supecc@ufes.br / Edição digital disponível em: comunicacao.ufes.br/edições-2017 UFES - Universidade Federal do Espírito Santo Reitor: Reinaldo Centoducatte Vice-Reitora: Ethel Maciel Informa - Uma produção da Secretaria de Comunicação da Ufes. Superintendente de Cultura e Comunicação (interina) e jornalista responsável: Thereza Marinho Jornalistas: Ana Paula Vieira, Camila Fregona, Hélio Marchioni, Jorge Medina, Letícia Nassar, Luiz Vital e Nábila Corrêa Estagiários: Karla Silveira Revisão: Nábila Corrêa Programação Visual: Evandro Campos, Leonardo Paiva, Mariana Simões Apoio: Aurenice Cruz, Brunella Perez, Deborah Constancio, Eliza Gobira Endereço: Av. Fernando Ferrari nº 514, Goiabeiras-Vitória/ES - CEP: 29075-910 Tiragem: 3 mil exemplares Impressão: Scribo

2 Informa - 531.indd 2

05/mar a 18/mar de 2018

05/03/2018 11:57:29


Administração Central

A quadra vai beneficiar os 2.200 estudantes do campus, além da comunidade local

Ceunes inaugura quadra poliesportiva e laboratório Os dois espaços serão inaugurados no dia 16 de março

O

Centro Universitário Norte do Espírito Santo (Ceunes), localizado no campus de São Mateus, ganha dois novos espaços: a quadra poliesportiva e o Laboratório de Anatomia. Os dois serão inaugurados no dia 16 de março, a partir das 8 horas, em cerimônia que contará com a presença do reitor, Reinaldo Centoducatte, e do diretor do Centro, Roney Pignaton da Silva, além de autoridades e convidados. A quadra poliesportiva é um espaço que possibilitará a prática de atividades esportivas, como partidas de futebol, vôlei, basquete e handebol, além de realizações de eventos culturais e científicos. Com uma área de 980 m2, a quadra vai beneficiar os 2.200 alunos do campus e a comunidade local.

“Será um espaço de socialização, fundamental para o desenvolvimento físico, social e emocional dos estudantes, além de criar oportunidades de interação e ambientação entre eles e a comunidade”, destaca o diretor do Ceunes. O professor Roney ressaltou ainda a importância do Diretório Central dos Estudantes (DCE) na construção do novo espaço. A quadra conta com arquibancada com capacidade para aproximadamente 200 pessoas, iluminação com luz de led, banheiro e vestiário. Foram investidos R$ 948 mil, recursos provenientes de verbas parlamentares e da própria Ufes. Anatomia - O outro espaço a ser inaugurado é o Laboratório de Ana-

Ufes recebe 23 estudantes estrangeiros Os 23 estudantes estrangeiros que chegam nesse 1º semestre de 2018 para estudar na Ufes já começaram a ser recepcionados pela equipe da Secretaria de Relações Internacionais (SRI). A primeira reunião de boas-vindas foi realizada no dia 28 de fevereiro, na sala de reuniões da Reitoria, com a presença de 12 estudantes. Outra reunião, para receber os demais

alunos, está agendada para 6 de março. Durante a recepção, a SRI apresenta a estrutura e o funcionamento da Universidade e os serviços oferecidos nos campi. Os estudantes também recebem informações sobre os serviços de apoio que poderão orientá-los em questões como documentação, saúde e adaptação à cultura local, durante o período de permanência na Instituição.

tomia, que vai contar com manequins anatômicos, réplicas dos órgãos do corpo humano e partes reais, conservadas em formol. O espaço vai possibilitar a identificação e compreensão, pelos estudantes, do corpo humano, abrangendo suas diversas áreas: muscular, óssea, nervosa e anatômica. Será possível também dissecar partes dos corpos a fim de separar em camadas a região que está sendo estudada. “Além do conhecimento adquirido, as aulas práticas também preparam os alunos emocionalmente, pois eles terão contato com cadáveres e outras partes separadas dos corpos. Assim, os estudantes irão desenvolver valores éticos para lidar com o corpo do paciente durante o exercício da sua profissão”, ressalta a professora do Departamento de Ciência da Saúde do Ceunes Roberta Paresque, que há mais de 10 anos ministra aulas de anatomia. O laboratório tem 1.000 m2 e foi construído com recursos da Ufes. Já os equipamentos foram adquiridos por meio de verbas parlamentares.

Os estudantes são oriundos de Benin, Camarões, Guiné Bissau, Honduras, Venezuela, República do Congo, França, Colômbia, Peru, México e Argentina. Dos 23 alunos, 12 estão matriculados na graduação e os outros 11 estudarão nos programas de pós-graduação, tais como os mestrados ou doutorados em Psicologia, Direito, Engenharia Ambiental, Artes, Letras, Geografia, Arquitetura, Filosofia e Biotecnologia.

3 Informa - 531.indd 3

05/03/2018 11:57:32


Conheça e baixe o aplicativo Alerta Ufes A Ufes disponibiliza à comunidade acadêmica o aplicativo Alerta Ufes, que tem o objetivo de intensificar a segurança nos campi da Universidade. Ele aciona de forma mais rápida a Central de Segurança da Ufes, que funciona 24 horas. O aplicativo, desenvolvido pelo Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI), é gratuito e está disponível para Android. Para usá-lo, é preciso baixá -lo na Play Store, se cadastrar com o nome de usuário (igual ao do sistema da Ufes), senha única e número de celular. Para acionar a Central de Segurança, basta pressionar o botão de alerta que está na tela. Ao encerrar o chamado, não clicar na opção “sair”. Após dar o alerta, os dados do usuário e sua localização aparecerão diretamente na tela dos monitores da Central de Segurança da Ufes. É possível enviar alertas sobre diversos problemas, desde deficiência na iluminação de determinada área até a ocorrência de um acidente ou situação suspeita. “Todos os alertas são recebidos na nossa central de videomonitoramento, de onde os operadores direcionam as câmeras para o ponto de alerta, visualizam o que está acontecendo e acionam o vigilante mais próximo para ir até o local”, explica o prefeito universitário, Renato Schwab. Segundo ele, todos os chamados recebidos pelo aplicativo até o momento foram atendidos com sucesso. Em caso de alertas falsos, o nome do usuário ficará registrado, e ele poderá ser bloqueado do sistema se houver reincidência.

4 Informa - 531.indd 4

Arquivo Supecc

Acontece na Ufes

A despesa anual do Restaurante Universitário atinge R$ 11 milhões

Refeição do RU tem novo valor para estudantes da Ufes O valor anterior, de R$ 1,50 para estudantes não assistidos pelo Programa de Assistência Estudantil, vigorava desde 1993

J

á está em vigor o novo valor da refeição servida nos Restaurantes Universitários (RUs) da Ufes: R$ 5,00 para os estudantes da Universidade não cadastrados no Programa de Assistência Estudantil (Proaes). Estudantes cadastrados no Proaes com renda familiar de até 1,5 salário mínimo per capita têm isenção de 100% do valor. A decisão foi tomada no dia 28 de fevereiro, ad referendum  pelo reitor Reinaldo Centoducatte, depois que estudantes ocuparam a Sala das Sessões, onde o Conselho Universitário se reuniu para votar o aumento, inviabilizando o término da votação. Outras duas sessões já haviam sido realizadas na tentativa de definir a questão, que vem sendo debatida há dois anos em comissões do Conselho designadas para analisar propostas de reajuste. O valor de R$ 9,50 cobrado dos servidores docentes, servidores técnico-administrativos, pessoas não integrantes da comunidade universitária mas com vínculo temporário com a Ufes e visitantes não foi alterado. Anteriormente, o valor pago por estudantes da Ufes não cadastrados no Proaes era de R$ 1,50 por refeição. Esse valor vigorava desde 1993 e o reajuste tem o objetivo de reduzir o déficit entre o valor gasto para manter o funcionamento do restaurante e o valor arrecadado, considerando a defasagem e a redução no repasse de verbas por parte do Governo Federal para a Universidade.

Despesa - A despesa anual do Restaurante Universitário atinge R$ 11 milhões e, a sua receita, que é proveniente do valor pago pelo usuário, alcança R$ 1,6 milhão, resultando em um déficit de R$ 9,4 milhões. Para manter o RU em funcionamento, a Universidade cobre esse déficit utilizando parte da verba da Assistência Estudantil, transferindo para o RU a quantia de R$ 3,1 milhões. Como o valor não é suficiente, a Ufes transfere para RU mais R$ 4 milhões da verba de custeio, que seria destinada à compra de livros, de materiais para pesquisa, pagamento de energia, etc. Ou seja, a verba para custear o RU provém de três fontes: pagamento das refeições pelos usuários, verba da Assistência Estudantil e verba de custeio. Veja como fica a tabela de valores do RU:  Estudantes cadastrados no Programa de Assistência Estudantil com renda familiar de até 1,5 (um vírgula cinco) salário mínimo per capita: gratuidade total Estudantes não cadastrados no Programa de Assistência Estudantil: R$ 5,00 Servidores docentes, servidores técnico -administrativos, pessoas não integrantes da comunidade universitária mas com vínculo temporário com a Ufes e visitantes (pessoas que não mantêm qualquer tipo de vínculo com a Ufes): R$ 9,50 05/mar a 18/mar de 2018

05/03/2018 11:57:34


Acontece na Ufes

Mulheres são maioria na Ufes Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, o jornal Informa elaborou um levantamento sobre a presença feminina na Universidade

N

a Ufes, a presença feminina em sala de aula e na área administrativa é superior à masculina. Em 56% dos cursos, o número de estudantes mulheres é maior que o de homens. Ao todo, estão efetivamente matriculados 20.982 discentes, sendo que 11.344 são alunas e 9.638, alunos. No quadro de 4.040 servidores há, atualmente, 2.044 mulheres, sendo 889 servidoras docentes e 1.155 servidoras técnico-administrativas. Entre os 1.996 homens do quadro de pessoal, 1.033 são professores e 963 técnicos-administrativos. A presença de estudantes e docentes mulheres na Universidade está mais atrelada aos cursos das áreas de Humanas e Saúde. Dentre os 10 cursos com maior percentual feminino de estudantes, seis são da Saúde e quatro da Educação. No curso de licenciatura em Pedagogia (matutino) elas são 93% dos estudantes: 293 mulheres e 22 homens. No entanto, nas Ciências Exatas e da Terra e nas Engenharias os homens estão em maior número. Na graduação em Ciências da Computação, por exemplo, eles são 95%: 172 homens e 10 mulheres. Quanto à titulação dos técnicos -administrativos, elas também são maioria. Das 1.155 mulheres, 225 têm pós-graduação stricto sensu (mestrado e doutorado): 31 são doutoras e 194 mestras. Entre os 963 homens, 183 têm pós stricto sensu: 22 são doutores e 161, mestres. Na pós-graduação latosensu, o quantitativo também é maior para as técnicas-administrativas, entre as quais 529 têm especialização. Entre os homens, são 318. Já entre os 1.922 docentes da Ufes,

sendo 1.033 professores homens e 889 mulheres, os números favorecem os homens. Entre eles, 807 são doutores e 166, mestres. Dentre as mulheres, 676 têm doutorado e 149, mestrado. Chefia - Os dados obtidos junto à Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (Progep) apontam que entre homens e mulheres técnico-administrativos, elas ocupam 132 cargos de chefia, enquanto eles, 129. Já entre os docentes, os homens ocupam 146 funções de chefias, e as mulheres, 111. Nos 61 programas de pós-graduação da Ufes, por exemplo, apenas 22 mulheres docentes são coordenadoras. Para a vice-reitora e professora do Departamento de Enfermagem, Ethel Maciel, “há muitos obstáculos a serem enfrentados, mas a nossa determinação precisa ser muito maior para chegarmos a uma equidade em todos os espaços, dentre eles o universitário”. Iniciação Científica - No último levantamento realizado pela Divisão

de Iniciação Científica da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG), no ano base 2016/2017, as mulheres são 59% do total de graduandos que participam de projetos de iniciação científica. O centro de ensino onde elas são maioria na iniciação científica é o Centro de Ciências da Saúde (CCS), equivalem ao quádruplo da participação masculina. Essa participação feminina na pesquisa na área da saúde é uma realidade em várias instituições nacionais e internacionais, de acordo com relatório da maior editora de literatura médica e científica do mundo – Elsevier, divulgado em junho de 2017. Já o menor número está no Centro de Educação Física e Desportos. Para celebrar o Dia Internacional da Mulher, no dia 8 de março a Comissão de Direitos Humanos da Ufes vai promover o hasteamento de uma bandeira alusiva à data em frente ao Teatro Universitário. Além disso, durante o mês serão realizadas palestras e debates sobre temas como Mulheres na Política e Violência contra a Mulher. A programação será divulgada nos veículos de comunicação da Universidade.

5 Informa - 531.indd 5

05/03/2018 11:57:37


Andifes pesquisa perfil dos estudantes A Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) e o Fórum Nacional de Pró-Reitores de Assistência Estudantil (Fonaprace) estão realizando a quinta edição da Pesquisa do Perfil Socioeconômico dos Estudantes das Universidades Federais. Os dados são fundamentais por gerarem subsídios para políticas públicas e diagnóstico de como está constituído o corpo discente das universidades, com a finalidade de auxiliar, também, nas demandas de assistência estudantil. Os estudantes da Ufes poderão responder à pesquisa por meio do Portal do Aluno ou do endereço eletrônico www.perfil.ufu.br . Estudos anteriores, também realizados pela Andifes, mostram a evolução do perfil dos graduandos, considerando os processos seletivos massivos, como o Enem, a criação de mais de 300 campi no interior do País e a Lei de Cotas, criada em 2013. Os outros levantamentos feitos pela Associação mostram que dois terços dos universitários têm origem em famílias com renda média de 1,5 salário mínimo. Os dados desmistificam a ideia de que os alunos de universidades públicas pertencem às camadas sociais com rendas altas. Melhorias - De acordo com o coordenador do Fonaprace, professor João de Deus Mendes, “a pesquisa servirá de base para redefinição de políticas de assistência estudantil nas Ifes e, sobretudo, como base de dados relevante para estudos, bem como instrumentalização na defesa da universidade pública, gratuita, de qualidade e que preconize a assistência estudantil como política de garantia da permanência e êxito desses discentes”.

6 Informa - 531.indd 6

Arquivo Supecc

Acontece

A legislação de concursos públicos para docentes privilegia a formação doutoral

MEC aponta: federais possuem professores mais qualificados Na Ufes, dos 1.740 professores ativos, 1.460 possuem doutorado

L

evantamento feito pelo Sistema Integrado de Administração de Recursos Humanos (Siape), do Ministério da Educação (MEC), em dezembro de 2017, mostrou que 78% dos docentes das universidades federais brasileiras possuem, pelo menos, um curso de doutorado. “Ficamos felizes por, mais uma vez, os indicadores oficiais sobre a titulação dos nossos docentes, atestarem a qualidade das universidades federais”, comentou o presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), reitor Emmanuel Tourinho. Conforme explica o coordenador do Fórum Nacional de Pró-Reitores de Gestão de Pessoas das Universidades Federais (Forgepe), Maurício Viegas, o doutorado se concentra na formação de recursos humanos para o ensino em diferentes níveis e nas mais variadas áreas de conhecimento e expertises. “Também é nesse grau elevado acadêmico que a pesquisa chegará ao seu nível ótimo, nas suas peculiaridades de interação tecnológica e de inovação. Estes são os denotativos do papel fundamental que tem o doutorado

no aprimoramento do trabalho docente. E não é só: o doutorado qualifica a atividade docente e aprimora os seus resultados”, disse. Na Ufes, o levantamento mais recente aponta que, dos 1.740 docentes ativos, 1.460 possuem doutorado. Incentivo - A legislação que regula a realização de concursos públicos para docentes privilegia a formação doutoral. Maurício Viegas explica que as regras internas das universidades também contêm esse dispositivo, incentivando não apenas a formação integral (graduação, mestrado e doutorado) do docente, mas também a sua inteira disponibilidade de carga horária, a qual será empregada nas ações de ensino, pesquisa, pós-graduação, formação de recursos humanos, tecnologia e inovação. Ainda de acordo com o pró-reitor Maurício, as especializações contribuem para maximizar a capacidade intelectual dos integrantes da academia, capacitando-os e habilitando-os a contribuirem efetivamente para os avanços científicos, tecnológicos, sociais e culturais.

05/mar a 18/mar de 2018

05/03/2018 11:57:38


Cultura

Conheça os espaços geridos pela Secretaria de Cultura da Ufes

”Vou sendo como sou”, de Nelma Guimarães, mostra um mix de telas, pinturas e tecidos

Peça, show e exposições abrem a agenda cultural A programação começa a partir de 11 de março, no Teatro Universitário

A

agenda cultura de 2018 na Ufes começa pelo Teatro Universitário. No dia 11 de março chega ao Teatro a peça “Os saltimbancos”, montagem sustentada a partir de canções adaptadas por Chico Buarque. O musical, que é sucesso nacional adorado por crianças e adultos, conta a história de quatro animais que se encontram numa estrada, fugindo dos maus tratos de seus patrões. União, solidariedade, justiça e diversidade são alguns dos conceitos abordados. A classificação é livre. Além da peça, o Clube Big Beatles volta ao palco do Teatro Universitário no próximo dia 15, acompanhado pelos músicos Bruno Gouveia e Carlos Coelho, integrantes da banda de rock brasileiro Biquini Cavadão. O show será realizado em sessão única, às 21 horas, dentro do Projeto Sócio de Carteirinha do Clube Big Beatles. Exposições - A Galeria de Arte Espaço Universitário (Gaeu) começa o ano com duas novas exposições, no dia 15 de março, às 19 horas. Na sala 1, a exposição “Vou sendo como sou”, de Nelma Guimarães, mostra um mix de telas, pinturas -objetos (tridimensional), tecidos

bordados, vestidos, pequenos objetos. “É um conjunto de imagens afetivas, um relicário”, define a artista. Paralelamente, no mesmo período, o artista plástico Rick Rodrigues mostra seus trabalhos na sala 2 da Galeria, com a exposição “Casa 34”. Rick apresentará desenhos bordados sobre lenços de algodão, de padrões florais ou lisos, e outros suportes como fitas voil, fotografias, brinquedos e miniaturas. Na mostra, segundo o artista, os desenhos bordados, objetos miniaturas e brinquedos se mesclam e criam um ambiente onírico propenso às narrativas. O período de visitação vai até 11 de maio, de segunda a sexta-feira, das 7 às 19 horas As exposições também poderão receber visitas monitoradas por meio do Serviço Educativo da Gaeu, disponibilizado para estudantes das redes públicas e privadas, ONGs, associações e outros grupos, com visitação de segunda a sexta-feira, das 8 às 18 horas. Para agendar a visita, basta enviar e-mail com solicitação para educativogaleria.supecc@ufes.br, ou ligar para (27) 3335-7853.

Teatro Universitário - Inaugurado em 2002, possui 615 lugares e é o maior do Estado, com infraestrutura que o coloca entre os mais bem equipados do País. Recebe, em média, 110 mil visitantes por ano, com programação cultural e acadêmica. Contatos: (27) 4009-2953 – www. teatro.ufes.br Cine Metrópolis - Possui 240 lugares e oferece exibições regulares de filmes, sessões do Projeto Cine Escola e mostras temáticas, além de receber eventos científicos como palestras, congressos e seminários. Contatos: (27) 4009-2376 / 4009-2379 – Site: www.cinema.ufes.br Galeria de Arte Espaço Universitário - A galeria preserva o acervo de artes plásticas da Universidade e promove a popularização da arte, com média anual de 10 mil visitantes. Atua em três áreas: exposições rotativas e permanentes, produções de diferentes linguagens, e preservação, valorização, guarda e manutenção do acervo artístico da Ufes. Contatos: (27) 4009-2371 / 4009-7853 Editora da Ufes (Edufes) - Publica livros técnicos e científicos produzidos pela comunidade acadêmica, proporcionando a divulgação da produção acadêmica e a difusão do conhecimento. Estudantes, funcionários e professores da Ufes e de instituições de ensino particulares têm desconto de 20%. Contatos da Edufes: (27) 40097852 – Site: www.edufes.ufes.br / Contatos da Livraria: (27) 4009-7685. Além desses, há outros espaços de divulgação da produção cultural da Ufes, geridos por centros de ensino ou outros setores, como a Galeria de Arte e Pesquisa (GAP) e as bibliotecas. Acompanhe a programação de atividades e eventos artísticos por meio dos veículos de comunicação da Universidade.

7 Informa - 531.indd 7

05/03/2018 11:57:39


Fique por dentro das notícias da Ufes Conheça os canais institucionais de comunicação e saiba o que acontece nos quatro campi

N

o início de mais um ano letivo, novos estudantes estão chegando à Ufes e é normal estarem cheios de dúvidas e ansiedade com as novidades da vida universitária. Uma dica é acompanhar os canais institucionais de comunicação, geridos pela Superintendência de Cultura e Comunicação da Ufes, para ficar por dentro das notícias da Universidade, saber como ela funciona, conhecer as oportunidades oferecidas e aquilo que está sendo produzido pela instituição nas áreas do ensino, da pesquisa e da extensão. Atualizado diariamente, o Portal da Ufes (www.ufes.br) concentra as notícias sobre os fatos mais recentes relacionados à comunidade acadêmica e também traz informações institucionais, que explicam sobre a

8 Informa - 531.indd 8

administração universitária, as pró -reitorias, os cursos oferecidos, campi e serviços, indicando os sites e telefones de cada setor. Quinzenalmente, circula o jornal impresso Informa, com um resumo dos principais acontecimentos e a agenda de eventos científicos e culturais. O jornal é distribuído pelos quatro campi da instituição e pode ser encontrado em pontos estratégicos como Bibliotecas e Restaurantes Universitários. Tem ainda a Revista Universidade, que se dedica à divulgação científica das pesquisas produzidas pela Ufes. A periodicidade da revista é quadrimestral e ela pode ser acessada no endereço eletrônico www.comunicacao.ufes. br/revista-universidade.

As mídias sociais institucionais também trazem conteúdo diário sobre as principais notícias da Universidade. Basta curtir a página da Ufes no Facebook (facebook.com/ufesoficial) e seguir os perfis no Twitter (twitter.com/ufesonline) e no Instagram (instagram.com/ufesoficial). Além de acompanhar as novidades, a comunidade também pode interagir enviando fotos, sugestões de pautas e dúvidas. Rádio e TV - Pensa que acabou? A Ufes também está presente na televisão e no rádio. A TV Ufes é veiculada no Canal Universitário de Vitória (Canal 13 da operadora NET) e também distribui seus conteúdos pela página do Facebook (facebook.com/tvufes) e pelo canal do Youtube (youtube.com/TelevisaoUfes). A TV Universitária aborda assuntos de interesse da comunidade acadêmica e da sociedade em geral e também tem programas sobre música e literatura capixabas e pesquisas científicas. Em paralelo, a Rádio Universitária (104,7 FM) veicula programas produzidos por professores, técnico-administrativos e estudantes. Sintonize, acesse, curta, siga e compartilhe! Fique por dentro do que acontece na sua Universidade.

05/mar a 18/mar de 2018

05/03/2018 11:57:41

Profile for Universidade Federal do Espírito Santo

Jornal Informa | Ufes | n° 531 | 05/03/2018  

Jornal da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) destinado à divulgação das atividades desenvolvidas pelas áreas de ensino, pesquisa...

Jornal Informa | Ufes | n° 531 | 05/03/2018  

Jornal da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) destinado à divulgação das atividades desenvolvidas pelas áreas de ensino, pesquisa...

Profile for ufes
Advertisement