__MAIN_TEXT__

Page 1

informa INFORMATIVO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO • 06/jun a 19/jun de 2016 | nº 510

Foto: Samira Bolonha

Campus de Goiabeiras abriga grande diversidade de fauna A diversidade biológica e de ecossistemas favorece a presença dos animais na Ufes ais de 60 tipos de aves, além de roedores, macacos, cobras, lagartos, entre outros animais, fazem parte da rotina das mais de 20 mil pessoas que transitam diariamente pelo campus de Goiabeiras, em Vitória. Os ecossistemas de mangue, mata e restinga favorecem o desenvolvimento de uma enorme diversidade de fauna e flora, mas alguns cuidados precisam ser observados. Para o professor do Departamento de Ciências Biológicas Sérgio Lucena, é um privilégio poder estudar e trabalhar em um local com tanta diversidade biológica e de

Foto: Marcos de Alarcão

M

ecossistemas. “Estamos dentro de uma área urbana, mas temos as condições ideais de arborização, abrigo e alimentação para essas espécies. Entretanto, o maior problema dessa interação é o fornecimento de alimentos do homem para os animais. O que nós comemos não é adequado para os bichos”. Animais muito presentes no cotidiano do campus são o macaco sagui, a coruja, o pássaro quero-quero, a maritaca, os canários e o gambá. Além deles, também já foram identificadas três espécies de caranguejos: o Uçá, o Chama-maré e o Aratu. É muito comum vê-los andando pelas vias da Ufes. A riqueza dessa biodiversidade é tão importante que muitos animais que não são próprios de áreas urbanas já começam a ser encontrados na Universidade. É o caso dos pássaros Urutau e Pica-pau-de-cabeça-amarela, além do Guaxinim, também conhecido como Mão-pelada, e do Teiú, o maior lagarto encontrado no Espírito Santo. “Orientei pesquisas de graduação que mostram um aumento significativo da área verde do campus de Goiabeiras nos últimos 40 anos. Também temos uma diversidade de aves muito maior que a encontrada nos parques de Barreiros, Pedra da Cebola e Horto de Ma-

Foto: Alexandre Ramos

Foto: Paulo Souza

ruípe, em Vitória”, enfatiza o professor Sérgio Lucena. Toda essa riqueza tem sido registrada por muitos fotógrafos, amadores e profissionais. É o caso das imagens que ilustram essa reportagem, produzidas pelos servidores da Ufes Alexandre Ramos, Marcos de Alarcão, Paulo Souza e Samira Bolonha.


foto do leitor Este espaço está aberto para a publicação de fotos sobre a Ufes produzidas por você, leitor. A imagem deve ter alta resolução e formato horizontal. O envio pode ser feito para o e-mail fotodoleitor@ufes.br. Na mensagem, é importante informar o local onde foi registrada a imagem, o nome do autor, sua relação com a Ufes (se estudante, técnico-administrativo, professor ou funcionário de empresa terceirizada) e telefone para contato. A cada edição, uma foto será selecionada para publicação.

Grupo Universitários em Cristo reunidos no prédio do Diretório Central dos Estudantes (DCE), no campus de Goiabeiras. Foto enviada pelo aluno do curso de Física Sérgio Ricardo.

agenda acadêmica Mesa-Redonda Igreja e Ciência: Um olhar para o Rio Doce Data/hora: 8 de junho, às 15h Local: Auditório do IC-II, campus de Goiabeiras Realização: Ministério Universidades Renovadas Informações: ddsoprani@inf.ufes.br Ciclo de palestra Base Nacional Curricular Comum: Ciências da Natureza e Matemática Data/hora: 13 de junho, às 19h Local: Auditório do IC-IV, campus de Goiabeiras Realização: Centro de Educação Informações: 4009-7760 Seminário de Engenharia Química Data/hora: 20, 21 e 28 de junho, às 8h

Local: Auditório do Prédio Central, campus de Alegre Realização: Curso de Engenharia Química Informações: (28) 3552-8603 Seminário Vale do Rio Doce – Passados, presentes e futuros Data/hora: 20 de junho, às 9h Local: Auditório do Centro de Artes – Cemuni IV, campus de Goiabeiras Realização: Departamento de Arquitetura e Urbanismo da Ufes Informações: rioagridoce.wordpress.com DebatePapo sobre música e cultura Data/hora: 20 de junho, às 18h30 Local: Auditório do IC-II, campus de Goiabeiras Realização: Programa de Pós-Graduação em Letras

Informações: 4009-2524 Criarte 40 anos: O sentido da criação/ educação consequente: como desenvolver filhos/alunos para a superação de dificuldades e limites de forma saudável Data/hora: 21 de junho, às 18h Local: Auditório do IC-IV, campus de Goiabeiras Realização: Centro de Educação Infantil Criarte Ufes Informações: 4009-2350 V Colóquio de Pesquisa em Andamento Data/hora: 23 e 24 de junho, às 8h Local: Prédio Bárbara Weinberg, campus de Goiabeiras Realização: Programa de Pós-Graduação em Letras Informações: 4009-2524

Sugestões de pauta: 4009-2383, 4009-2203, 4009-2204 ou jornalismo.supecc@ufes.br / Edição digital disponível em: comunicacao.ufes.br/edições-2016 UFES - Universidade Federal do Espírito Santo Reitor: Reinaldo Centoducatte Vice-Reitora: Ethel Maciel Informa - Superintendente de Cultura e Comunicação: Edgard Rebouças Secretária de Comunicação e jornalista responsável: Thereza Marinho Jornalistas: Ana Paula Vieira, Camila Fregona, Hélio Marchioni, Jorge Medina, Letícia Nassar e Luiz Vital Bolsistas: Betina Hatum, Betina Rezende, Daniella Camilo, Juliana do Amaral, Lívia Castro, Rodrigo Schereder, Stefhani Paiva Revisão: Márcia Rocha Programação Visual: Juliana Braga e Leonardo Paiva Apoio: Aurenice Cruz, Eliza Gobira, Marcos de Alarcão Endereço: Av. Fernando Ferrari - nº 514 - Goiabeiras - Vitória - ES - CEP: 29075-910 Tiragem: 4 mil exemplares Impressão: Scribo

2

06/jun a 19/jun de 2016


Administração Central Foto: Paulo Souza

Novo preço para refeição do RU Atendendo a uma recomendação do Ministério Público Federal (MPF) em ofício encaminhado à Ufes em março deste ano, o Conselho Universitário estabeleceu em R$ 9,50 o valor da refeição servida nos Restaurantes Universitários para usuários regulares (servidores docentes e servidores técnico-administrativos em Educação) e usuários especiais (pessoas não integrantes da comunidade universitária, mas com vínculo temporário com a Universidade, incluindo prestadores de serviços terceirizados). A decisão, adotada em sessão extraordinária realizada em 20 de maio, também atende a outra recomendação do MPF: igualar o valor cobrado de servidores e de usuários especiais ao valor cobrado dos usuários visitantes (pessoas sem qualquer vínculo com a Universidade). Neste caso, o valor cobrado do público externo foi reduzido de R$ 11,00 para R$ 9,50. O reajuste entrou em vigor a partir do dia 1º de junho. O valor cobrado dos estudantes não foi alterado. “O Ministério Público considera que devemos incluir na planilha de custos do RU os gastos com mão de obra terceirizada e com a depreciação dos equipamentos, o que não incluímos na planilha anterior”, explica o presidente da Comissão de Orçamento e Finanças do Conselho Universitário, Armando Biondo.

O reitor Reinaldo Centoducatte (centro) deu posse a Simone Anastácio e Neuza Costa, vicediretora e diretora do CCENS, e Dirceu Pratissoli e Henrique Dias, diretor e vice-diretor do CCAE, no campus de Alegre

Empossados diretores dos novos centros no sul do ES A solenidade de posse foi realizada no dia 2 de junho, no município de Alegre

O

pontuou. “A criação dos dois centros objetiva a otimização administrativa e o desenvolvimento acadêmico focalizado em áreas afins, o que certamente não impedirá as ações compartilhadas”, ponderou Centoducatte. Propostas – O diretor do CCAE, Dirceu Pratissoli, salientou que planeja desenvolver a proposta de criação de uma estrutura de captação de recursos externos, para o planejamento de projetos e identificação de editais visando atender às áreas de pesquisa e a extensão, estimulando parcerias com outras instituições. A diretora do CCENS, Neuza Costa, por sua vez, destacou que pretende acelerar e qualificar a pós-graduação no centro. “A cultura da pós-graduação já está semeada em nosso campus, e é inevitável que cresça cada vez mais”, declarou. A diretora ressaltou que a meta é a excelência acadêmica. O CCAE e o CCENS, instalados em unidades nos municípios em Alegre, Jerônimo Monteiro e São José do Calçado, foram criados pelo Conselho Universitário em dezembro de 2015.

Foto: Arquivo Supecc

s novos diretores do Centro de Ciências Agrárias e Engenharias (CCAE) e do Centro de Ciências Exatas, Naturais e da Saúde (CCENS) do campus de Alegre da Ufes tomaram posse em solenidade presidida pelo reitor Reinaldo Centoducatte. Assumiram as novas funções os professores Dirceu Pratissoli (CCAE) e Neuza Maria Brunoro Costa (CCENS) como diretores, e os professores Henrique Machado Dias e Simone Aparecida Fernandes Anastácio como vice-diretores, respectivamente. A solenidade de posse foi realizada no último dia 2, no Teatro Municipal Virgínia Santos, em Alegre. Na ocasião, o reitor Reinaldo Centoducatte destacou as qualificações acadêmicas e administrativas dos novos gestores, e salientou que a criação dos dois centros de ensino, desmembrados do extinto Centro de Ciências Agrárias (CCA), representa um avanço para o ensino superior no sul do Estado. “O CCA cresceu consideravelmente, passou a agregar diferentes áreas do conhecimento e atuar em diferentes municípios, o que foi determinante para o desmembramento do centro”,

3


Acontece na Ufes

História organiza mesa sobre judicialização no oitocentos O Laboratório de História, Poder e Linguagens (LHPL), do Programa de Pós-Graduação em História, realiza no dia 21 de junho o evento Mesa Redonda: Juízes e justiça no Oitocentos. A mesa é aberta ao público e ocorre às 19 horas no Auditório do Centro de Ciências Humanas e Naturais (CCHN), localizado no campus de Goiabeiras. O evento se propõe a discutir a investigação sobre o “oitocentos” (termo que se refere aos anos 1800), época de extrema judicialização da política no Brasil e de implementação do Estado brasileiro. A pesquisa foi realizada por um grupo de investigadores da História do Direito, com base no acervo dos manuais de Direito publicados entre os anos de 1780 e 1916 no País, assim como em periódicos especializados, como o Espelho da Justiça, a Gazetta dos Tribunaes e a Revista da Ordem dos Advogados. A mesa de debates tem a participação dos professores da Ufes Adriana Campos, Valesca Raizer e Hermes Zaneti; e também dos professores da Universidad Politènica de València (UPV) Calos Garriga, e da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) Andréa Slemian. A inscrição é gratuita e pode ser feita no local. Todos os presentes têm direito a certificado de 2 horas. Mais informações estão disponíveis no site lhpl.ufes.br. A mesa abre o Seminário Opinio Doctorum, que ocorre entre os dias 21 e 23 de junho. Os demais encontros da programação do seminário são restritos aos pesquisadores e colaboradores da pós-graduação de História e da iniciação científica.

4

Instituto Histórico e Geográfico celebra 100 anos Um seminário acadêmico vai abordar temas que fazem parte da memória do Estado m comemoração aos 100 anos do Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo (IHGES), a Ufes sedia entre os dias 14 e 16 de junho um seminário acadêmico sobre temas relacionados à história desse centenário, com a proposta de reunir diversos associados vinculados a instituições do ensino superior e estudantes de graduação de História. O evento ocorre no auditório do prédio do IC-II, no Centro de Ciências Humanas e Naturais (CCHN), campus de Goiabeiras. A programação conta com mesas de discussão e debates. O seminário é uma iniciativa do Laboratório de História, Poder e Linguagens (LHPL) e do Laboratório de Teoria da História e História da Historiografia (Lethis), vinculados ao Pro-

E

grama de Pós-Graduação em História (PPGHIS), em parceria com o IHGES. O encontro é aberto ao público, e os interessados deverão preencher uma ficha de inscrição no site do Laboratório de História, Poder e Linguagens (Lhpl): www.lhpl.ufes.br. “O Instituto é a casa de memória do Espírito Santo. Nesse encontro iremos abordar vários assuntos que fizeram parte dessa história”, afirma a professora de História da Ufes e organizadora do evento, Adriana Campos. O IHGES foi fundado em 1916 por estudiosos capixabas que criaram a Casa de Memória do Espírito Santo. A instituição reúne intelectuais de diversas formações com produção sobre História, Geografia, Patrimônio e Memória, entre outros assuntos.

Assédio moral é tema de seminário no CCS O Centro de Ciências da Saúde (CCS) sedia no dia 15 de junho, no auditório Rosa Maria Paranhos (campus de Maruípe), o I Seminário sobre Assédio Moral nas Relações de Trabalho. O evento, dirigido a servidores e estudantes da Ufes, ocorre das 8 às 12 horas. Entre os palestrantes está a desembargadora do Tribunal Regional do Trabalho (TRT-ES) e a professora da Faculdade de Direito de Vitória (FDV) Ana

Paula Branco, a professora da Universidade de Vila Velha (UVV) Luciana Borges e a professora da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) Terezinha Souza. Assédio moral é a exposição do trabalhador a situações humilhantes e constrangedoras, repetitivas e prolongadas no exercício de suas funções, desestabilizando a relação da vítima com o ambiente de trabalho e a organização. 06/jun a 19/jun de 2016


Foto: Arquivo Supecc / Thaiana Gomes

Acontece na Ufes

Conselho Universitário suspende festas nos campi A decisão foi aprovada por maioria em sessão extraordinária O Conselho Universitário da Ufes suspendeu a realização de festas nos campi  da Universidade até que seja estabelecida uma nova regulamentação para eventos. A decisão está publicada na Resolução nº 26/2016, aprovada por maioria em sessão extraordinária realizada no dia 20 de maio. A resolução define ainda que, em

caso de ocorrência de festas, o reitor deverá tomar as providências cabíveis para paralisação imediata do evento, acionando as polícias Civil, Militar e Federal, caso necessário; e promover a abertura de processo disciplinar a fim de punir os organizadores dos eventos e infratores. Leia abaixo a íntegra do texto da resolução:

RESOLUCÃO Nº 26/2016 O CONSELHO UNIVERSITÁRIO DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESPÍRITO SANTO, no uso de suas atribuições legais e estatutárias, CONSIDERANDO o que consta do Processo nº 11.083/2012-25 – GABINETE DO REITOR; CONSIDERANDO o Parecer Conjunto das Comissões de Orçamento e Finanças, de Assuntos Didáticos, Científicos e Culturais e de Legislação e Normas; CONSIDERANDO, ainda, a aprovação da Plenária por maioria, na Sessão Extraordinária do dia 20 de maio de 2016, R E S O L V E: Art. 1.º Suspender a realização de festas nos campi da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) até que o Conselho Universitário (CUn) estabeleça nova regulamentação para eventos nesta Universidade.

Ufes sedia I Colóquio de Pedagogia da Alternância O Curso de Licenciatura em Educação do Campo da Ufes realiza no dia 8 de junho o I Colóquio de Pedagogia da Alternância e as Políticas de Educação do Campo. O evento ocorre no auditório do IC-IV, campus de Goiabeiras, das 7h30 às 12h.  O objetivo do colóquio é divulgar e problematizar a proposta de Pedagogia da Alternância nas Escolas do Campo e ampliar o conhecimento, a continuidade e a expansão da Pedagogia da Alternância no Espírito Santo e no Brasil. Além de professores do Centro de Educação, o evento conta com a presença do professor da Universidade Nove de Julho (Uninove) Paolo Nosella e do representante da Secretaria Municipal de Educação de Colatina, professor Roberto Telau. A Pedagogia da Alternância é histórica entre os camponeses e vem sendo adotada pelas Escolas Famílias desde 1969 e nas escolas de assentamento desde 1981. É reconhecida pelos sistemas de ensino, pela comunidade do campo, pelos movimentos sociais, sindicais e estudiosos da educação como metodologia importante ao trabalho nas/das Escolas do Campo. Foto: David Protti

Art. 2.º Em caso de ocorrência de festas sem expressa autorização, o Magnífico Reitor deverá: I. Juntamente com a Gerência de Segurança e Logística da Prefeitura Universitária (GSL/PU), tomar as providências cabíveis para paralisação imediata do evento, acionando as Polícias Civil, Militar e Federal, caso necessário. II. Promover a abertura de processo disciplinar a fim de punir os organizadores dos eventos e infratores. Art. 3.º A nova regulamentação de que trata o Art. 1.º desta Resolução será apresentada a este Conselho no prazo de até 60 (sessenta) dias pelas Comissões Permanentes do CUn. Art. 4.º Revogam-se a Resolução nº 26/2008 deste Conselho e demais disposições em contrário. Sala das Sessões, 20 de maio de 2016. REINALDO CENTODUCATTE PRESIDENTE

5


Foto: David Protti

Acontece na Ufes

Editais de pós-graduação A Ufes está lançando novos editais de pós-graduação nas áreas de Biologia Animal, Ciências Fisiológicas, Economia, História e Informática. Confira as oportunidades: Ciências Fisiológicas – doutorado (19 vagas): inscrições para doutorado é feita em fluxo contínuo, ou seja, no decorrer do ano, na Secretaria de Pós-Graduação em Ciências Fisiológicas, localizada no Centro de Ciências da Saúde (CCS), no campus de Maruípe. Informática – mestrado (19 vagas): inscrições até 20 de junho, na Secretaria do Programa de Pós-Graduação em Informática, no Centro Tecnológico, localizado no campus de Goiabeiras. Biologia Animal – doutorado (1 vaga): inscrições até 30 de junho por meio do site www.systaxon.ufes.br/pos. Economia – mestrado (18 vagas): inscrições até 28 de julho, na Secretaria Unificada dos Programas de Pós-Graduação do Centro de Ciências Jurídicas e Econômicas, localizado no campus de Goiabeiras. História – mestrado (31 vagas) e doutorado (23 vagas): inscrições para mestrado até 25 de outubro e para doutorado até 11 de outubro, na Secretaria de Pós-Graduação em História, localizada no campus de Goiabeiras. Os editais com informações específicas de cada curso e orientações sobre inscrição pelos Correios estão disponíveis no site da Pró-Reitoria de Pesquisa e PósGraduação www.prppg.ufes.br. Mais informações também podem ser obtidas pelo telefone (27) 40092434.

6

O Instituto promove transferência de tecnologia com outras instituições do Brasil e do exterior

Init recebe pedidos de patente e registro de marcas O órgão depositou 40 pedidos de patentes no INPI entre os anos de 2008 e 2014 pós anos de pesquisas em laboratórios, de processos de criação e de elaboração, o grito de “Eureka!” só pode acontecer depois que tudo estiver patenteado. Essa é uma das etapas finais que leva o produto proveniente dos laboratórios das universidades até sua utilização pela sociedade. A Ufes possui um órgão que é responsável pela gestão da propriedade intelectual gerada pela Instituição: o Instituto de Inovação Tecnológica (Init), vinculado à Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Entre as suas atribuições está a de regular a proteção dos bens intelectuais da comunidade acadêmica, assim como a participação dos autores nos ganhos financeiros provenientes da exploração econômica da propriedade intelectual registrada. O diretor do Init, professor Antônio Alberto Fernandes, explica que “a propriedade intelectual confere aos seus titulares direitos econômicos, a exclusividade e também a proteção contra a usurpação e aproveitamento econômico indevido por parte de terceiros. Nesse contexto, quando um pesquisador requer o pedido de patente, ele está garantindo o direito da Ufes sobre esse patrimônio e, por conseguinte, o recebimento de parte dos ganhos advindos da transferência dessa tecnologia”.

A

Para que haja a proteção, é preciso saber em qual área o produto está enquadrado, pois há especificidades nas solicitações. Assim há pedidos de patente de invenções, de novos processos, e o registro de programas de computador, de novas marcas e de desenhos industriais. No período de 2008 a 2014, o Init depositou 40 pedidos de patentes no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI) de produtos e processos. Também foram protocolados quatro pedidos de registro de programas de computador e oito pedidos de registro de marcas. Parcerias – O Init é ainda promotor da cultura da inovação, integrando sociedade, empresas e a Ufes por meio de mecanismos de cooperação, como convênios, licenciamento e transferência de tecnologia com outras universidades, centros de pesquisa e instituições públicas e privadas, do Brasil e do exterior. O Instituto conta com uma equipe à disposição para palestras e esclarecimentos sobre Propriedade Intelectual e Inovação Tecnológica. As palestras podem ser agendadas por professores ou coordenadores de cursos pelo telefone 4009-7885. 06/jun a 19/jun de 2016


Cultura

Preservação ambiental é tema do novo programa da Rádio Universitária

III Prêmio Ufes de Literatura lança sete novos livros A premiação está agendada para 9 de junho, no Teatro Universitário m sua terceira edição, o Prêmio Ufes de Literatura lança sete livros e contempla 26 escritores de 11 estados brasileiros, selecionados entre 515 inscritos. A cerimônia de premiação se realiza no Teatro Universitário no dia 9 de junho, às 19 horas, e é aberta ao público. Entre as obras há literaturas, infantil e juvenil, poemas, contos, romances e crônicas. O prêmio se divide em duas modalidades: a autoral, escrita apenas por um único autor e que lança cinco livros; e a de antologia, que é uma obra composta por textos de diferentes autores na qual são publicadas duas coletâneas, uma de poemas e ou-

E

tra de contos e crônicas. “Por meio das obras literárias lançadas durante o Prêmio Ufes podemos promover a cultura e ampliar o leque de abrangência da editora, que tem a oportunidade de lançar além de produções acadêmicas, obras literárias”, afirma o coordenador da Editora da Ufes (Edufes), Washington Romão. As obras inscritas foram analisadas por um júri composto por 11 especialistas divididos em cinco comissões. O Prêmio Ufes de Literatura é realizado desde 2010 a cada dois anos e é promovido pela Secretaria de Cultura por meio da Edufes.

Preservação ambiental é o tema a ser discutido pelo novo programa experimental da Rádio Universitária, Caixa de Pandora, que estreia no dia 10 de junho , às 10 horas. O projeto faz parte do Grupo de Trabalho (GT) Ruschi 100, criado em 2015, ano do centenário de nascimento do ambientalista Augusto Ruschi. O GT atua na elaboração de ações institucionais que homenageiem Ruschi e que abordem a temática do Meio Ambiente. O programa terá a coordenação do professor do Departamento de Biologia do campus de Alegre, Áureo Banhos, que integra o grupo de trabalho, e será apresentado por Sandro Firmino e Thiago Ferrari, do Instituto O Canal, e por Leonardo Merçon, do Instituto Últimos Refúgios. O Caixa de Pandora será transmitido na 104,7 toda sexta-feira, às 10 horas, e contará com músicas, entrevistas e quadros que abordarão questões referentes à consciência ambiental. A estreia do programa será na Semana do Meio Ambiente, na qual também é lembrada a morte do ambientalista, ocorrida em junho de 1986.

7


Foto: Acervo Galeria de Arte Espaço Universitário

Cultura

agenda cultural Cine Metrópolis O Cine Metrópolis recebe no dia 8 de junho, às 20 horas, mais uma sessão do cineclube Feministas de Quinta. A edição desta vez é realizada em parceria com o cineclube Quase Catálogo - Mulheres Diretoras (RJ), e vai exibir o filme Os Homens que Eu Tive, de Tereza Trautman, censurado durante a ditadura militar. Após a sessão haverá um debate. A classificação indicativa do filme é de 18 anos e a entrada é gratuita. Teatro Universitário Nos dias, 10, 11 e 12 de junho, às 19 horas, o Teatro Universitário recebe o espetáculo Improvável, um show de improviso teatral realizado pela Cia. Barbixas de Humor. Já no dia 16 de junho o Teatro recebe mais uma edição do Projeto Sócio de Carteirinha, do Clube Big Beatles, que desta vez contará com a presença do cantor Ritchie. O encontro está marcado para 21 horas. Nos dias 18 e 19 de junho é a vez da peça De perto ela não é normal, uma comédia com direção de Flavio Garcia da Rocha e atuação de Suzana Pires. No dia 18, sábado, a apresentação será às 21 horas; já no domingo, dia 19, a peça é às 18 horas. Todos os ingressos para qualquer um dos espetáculos podem ser comprados na bilheteria do Teatro, que funciona das 15 às 20 horas, ou pelo site www.ingresso.com. I Mostra de Cinema Italiano Nos dias 14 e 16 de junho, o Café Lituraterra, do Departamento de Línguas e Letras da Ufes, realiza no auditório do IC-II (campus de Goiabeiras), às 18h30, mais duas sessões da I Mostra de Filmes Italianos. Nessa edição os filmes exibidos são O Último Tango em Paris, de Bernardo Bertolucci, no dia 14; e A Grande Beleza, de Paolo Sorrentino, no dia 16. Após os filmes haverá debate. A entrada é gratuita.

8

Exposições recebem cerca de 4 mil visitantes A Galeria Espaço Universitário poderá receber até oito exposições por ano erca de 4 mil pessoas visitam cada uma das exposições recebidas pela Galeria de Arte Espaço Universitário. Esse público é formado pela comunidade acadêmica e pelo público externo que vêm ao espaço por conta própria ou por meio de agendamento de visitas de grupo, como é o caso de estudantes das redes pública e privada de diversos municípios do Espírito Santo. Esse trabalho voltado para a comunidade externa evidencia o caráter de extensão que os espaços culturais da Ufes têm e que estabelecem um diálogo entre a Universidade e os públicos interno e externo. Para a coordenadora da Galeria de Arte Espaço Universitário, Neusa Mendes, a galeria é um espaço de formação e de produção de conteúdo. “A exposição é produção de conteúdo. O tempo inteiro nossa preocupação é com o Ensino, a Pesquisa e a Extensão. O conteúdo não

C

é ilustrativo, ele é o que move a exposição”, explica. Em 2015, a Galeria recebeu quatro exposições. A expectativa é que esse número suba para oito exposições por ano, já que agora o espaço conta com duas salas. Agenda – Atualmente, a Galeria exibe duas mostras: Chiado, Carmo, Metropolis e utopia, Artes na Esfera Pública; e Aproximadamente 800 cm³ de PLA. Elas podem ser visitadas até o dia 10 de junho. No fim do mês, chegam à Galeria duas novas exposições: Marcus Vinicius, no dia 23 de junho; e Polliana Dalla, no dia 30 de junho. As visitas à Galeria, no campus de Goiabeiras, são gratuitas e podem ser feitas de segunda a sextafeira, sempre das 8 às 18 horas. Para agendar visitas de grupos é necessário entrar em contato pelo telefone (27) 4009-7853 ou pelo e-mail educativogaleria.supecc@ufes.br.

06/jun a 19/jun de 2016

Profile for Universidade Federal do Espírito Santo

Jornal Informa | Ufes | n° 510 | 06/06/2016  

Jornal da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) destinado à divulgação das atividades desenvolvidas pelas áreas de ensino, pesquisa...

Jornal Informa | Ufes | n° 510 | 06/06/2016  

Jornal da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) destinado à divulgação das atividades desenvolvidas pelas áreas de ensino, pesquisa...

Profile for ufes
Advertisement