Page 1

Boletim da Liga dos Antigos Seminaristas de Évora - Suplemento ao N.º 4592 de “a defesa” – N.º 28 – 2.ª Série – Évora, Novembro - Dezembro 2012

ENCERRAMENTO DO ANO Mais um ano lasista está a terminar, ao longo do qual aconteceram tantas actividades, todas elas programadas no Calendário lasista. É a altura de fazermos um balanço, o qual terá que ser, indubitavelmente, positivo, após tanto empenho e tanta generosidade. De todos os intervenientes quero salientar os Delegados Regionais e os Responsáveis pelas reuniões dos Cursos. Houve muito trabalho, mas houve, sobretudo, muito “amor” à LASE, pois não foram os telefonemas, as circulares, o tempo gasto, que impediram a sua realização, com o pleno agrado de todos os participantes. Fica sempre um “amargo de boca” e um certo “desconsolo” pela não correspondência de alguns, mas que são largamente compensados pela genuína e espontânea generosidade de tantos, que quiseram comparecer. Continuamos a fazer um apelo muito sincero e amigo aos ausentes para que venham “ver”, como Jesus dizia aos dois discípulos de João Baptista (André e João) que o interpelaram! (Jo 1,38-39). As últimas actividades do ano foram os “Almoços do Natal” das Zonas Norte (Porto) e Sul (Évora) conforme iremos relatar, a seguir. Foi em ambiente natalício que nos reunimos em Évora e no Porto para convivermos nesta “Quadra” tão cristã e tão festiva, evocativa do NATAL de Cristo, ignorando as críticas de tantos “pseudo-jornalistas” que, errada e maldosamente, atribuíram ao Papa Bento XVI no seu último livro “A

INFÂNCIA DE JESUS”, afirmações que ele não fez, a propósito da “vaca e do burro” no presépio, dos Magos, etc. O Papa limitou-se a citar o que dizem os evangelistas S. Lucas 2, 1-20 e S. Mateus 2, 1-12. Se Nossa Senhora recostou o Deus Menino numa manjedoura, é porque ali havia animais.

(Continua na pág. 2)

Celebrações Natalícias ÉVORA No dia 15 de Dezembro, conforme estava programado no Calendário das Actividades da LASE para o ano de 2012, decorreu, no Seminário de Évora, o ALMOÇO DO NATAL da Zona Sul, tendo comparecido um bom grupo de lasistas e

familiares, não só da cidade como de outras localidades mais longínquas. Se os amigos se encontram em ocasiões especiais, a quadra natalícia é uma dessas ocasiões. Às 11,30 horas foram chegando os mais pontuais e, por sinal, os de mais longe, alguns dos quais trouxeram “guloseimas” natalícias, conforme o delegado regional proponha. Pelas 12 horas, começou a eucaristia, na capela de Nossa Senhora da Purificação, presidida pelo arcebispo de Évora, D. José Alves e concelebrada pelo Presidente da Direcção, pelo Reitor do Seminário e por vários sacerdotes. A assembleia participou activamente na liturgia do 3.º domingo do Advento, cantando, rezando, meditando…Três seminaristas da Arquidiocese de Évora ajudaram nos cânticos e no serviço do altar. À homilia, D. José salientou a importância de João Baptista, como Precursor do Messias prometido, preparando as pessoas do seu tempo (publicanos, soldados, população em geral…) com pregações apropriadas, que respondiam às suas inquietações do dia-a-dia. Também apresentou a alegria como uma virtude própria do cristão e que rejubila com a chegada do Natal. Como os alunos do Seminário ainda não tinham ido de férias, participaram também connosco no almoço festivo de Natal, que decorreu no refeitório quinhentista, com muita alegria, proporcionando um fraterno convívio entre actuais e antigos alunos. Informo que frequentam o Seminário de Évora alunos da Arquidiocese de Évora (7) e das dioceses do Algarve (7), de Beja (3), Mindelo e Praia (4) - Cabo Verde e Guiné (1). (Continua na pág. 2)


Celebrações Natalícias Évora (Continuação da primeira página)

Quase no final do repasto o Presidente da Direcção, P. Fer nando Marques, agradeceu em nome da LASE, a presença de todos, especialmente, de D. José Alves que, sempre que pode, está presente e dos que vieram de mais longe. Agradeceu também ao Seminário, na pessoa do seu Reitor, P. Vicente Nieto, o carinhoso acolhimento de todos os antigos alunos do Seminário. O Presidente da Direcção apelou para a presença de todos na Festa Anual da LASE, no dia 23 de Fevereiro de 2013, no Seminário de Évora e na qual faremos uma justa homenagem ao Cónego Dr. Sebastião Martins dos Reis, que “marcou” positivamente todos os que foram seus alunos até 1984, data do seu falecimento. Terminou desejando BOAS FESTAS DE NATAL a todos com muitas bênçãos do Deus Menino. Como já vai sendo tradição, foram servidos os licores caseiros e, desta vez, com roupagens alentejanas!!! A terminar o nosso ALMOÇO NATALÍCIO e, antes da fotografia de grupo, cantámos todos ao Menino, liderados pelos seminaristas acompanhados a acordeão por um deles. Estiveram presentes: Dom José Francisco Sanches Alves – Évora; Padre Agostinho Crespo Leal – Évora; António Dionísio Carvalho Pinheiro, esposa e cunhada – Queluz; Padre António Fernando Marques – Évora; António Joaquim Costa Braga, esposa e neta – Évora; António José de Mira Geraldo e esposa – Belas; António Madeira Campino e esposa - Évora; Padre António Soares Antão – Évora; Domingos Luís Borrego lopes - évora; Diác. Domingos Miguel da Fonseca Coelho - Évora; Eduardo Manuel de Gomes Pina e esposa – Vila Viçosa; Joaqim António Ramalho Amaral e esposa - Barreiro; Joaquim Merca da Silva Maia e esposa – Évora; José Ramalho Ilhéu – Évora; Libório Casimiro Gonçalves – Setúbal; Manuel Cipriano Nabais – Évora; Padre Manuel da Silva Ferreira – Évora; Padre Manuel Lopes Botelho e amigo – Vila Viçosa; Manuel Luís de Carvalho Mendes, esposa, irmão e cunhada – Évora; Roberto Lopes Ratinho e esposa – Évora; Padre Vicente Hernandez Alonso – Évora; Padre Vicente Nieto Moreno – Évora; Seminaristas de Évora.

REUNIÃO DA DIRECÇÃO DA LASE No dia 30 de Novembro reuniram-se os Corpos Sociais da LASE, para reflectir sobre as actividades da LASE, tendo comparecido a maior parte dos seus membros. Foram apresentados vários assuntos de interesse da Liga, como o Calendário das Actividades para o ano de 2013, que inclui a homenagem ao Cónego Dr. Sebastião Martins dos Reis, nomes de futuros homenageados, um dos quais foi JOAQUIM CARRAGETA que, não tendo sido aluno dos Seminários de Évora, está na memória de todos os que passaram pelo Seminário de Évora e o tiveram como “Ensaiador” dos teatros da Festa da Casa; o passeio cultural da UASP, que será organizado pela LASE e para o qual todos os lasistas são convidados, assim como os membros das outras Associações de Antigos Seminaristas e cujo Programa vai a seguir.

ENCERRAMENTO DO ANO (Continuação da primeira página)

Bento XVI diz, expressamente na página 62 do seu livro: “Nenhuma representação do presépio prescindirá do boi e do jumento”. Também não é importante se os Magos eram os Reis ou se eram três ou mais. S. Mateus diz-nos que vieram do Oriente e que ofereceram ao menino: Ouro, Incenso e Mirra e a tradição cristã encarregou-se do resto... Eram de certeza sábios, astrologos que conheciam o segredo dos astros e a profecia messiânica. Todos queremos celebrar este NATAL com muita fé e alegria, abrindo o nosso coração à mensagem de paz e de solidariedade entre todos os povos. Desejamos para nós e para todos os outros, as maiores felicidades deste mundo e, que o DEUS MENINO nos conceda as bênçãos que mais desejarmos. É com muita alegria que enviamos o calendário das actividades da LASE para 2013, graciosamente oferecido pelo director de “a defesa”. Não o percas! O Presidente da Direcção 2 “a defesa” - “Ecos da LASE”

1.º dia - 20 Abril: 10H00 - Chegada ao Seminário de Évora (distribuição de quartos); 11H00 - Sessão de acolhimento; 12H00 - Missa vespertina; 13H00 - Almoço; 15H00 - Visita à Sé e Museu de Arte Sacra; 17H00 - Visita a um Sítio arqueológico; 20H00 - Jantar; 21H30 - Sarau com Cante alentejano. 2.º dia - 21 Abril: 08H30 - Pequeno almoço; 09H00 - Partida para Monsaraz; 12H00 - Passeio de barco na albufeira do Alqueva; 13H00 - Almoço; 15H00 - Visita a adega; 17H00 - Regresso.


Publicações Franklim Costa Braga: “Para que não se perca a Memória de 400 anos de vida em Quadrazais”, 2012, Gráfica Eborense. Num dia de Outubro, já não me recordo quando, deparei-me com o Franklim Costa Braga nas instalações das Oficinas da Gráfica Eborense, onde vinha levantar o segundo volume desta monumental publicação (não tanto pelo volume em si mesmo, mas pelo muito trabalho de pesquisa em vários Arquivos). Imediatamente o interpelei sobre a preciosa publicação onde o amigo lasista apresenta a genealogia de 400 famílias da sua terra natal: QUADRAZAIS.

FRANKLIM COSTA BRAGA frequentou os Seminários de Vila Viçosa e de Évora, integrado no Curso de 1954-55. Licenciado em Filologia Românica e em Finanças foi Revisor Oficial de Contas e Professor na Universidade Nova de Lisboa. Parabéns ao amigo lasista que ofereceu o seu livro com a dedicatória: “À LASE com gratidão pela educação dada pelo Seminário”.

Pagamento de quotas Abel Gonçalves dos Santos Brás, Portalegre - 50 euros; Abilio Dias, Póvoa de S. Adrião - 40 euros; Adelino Dias Alves, Ermesinde - 30 euros; Pe. Afonso Artur de Almeida Ribeiro, Vizela - 82,5 euros; Alberto Cardoso Soares de Melo, Porto - 25 euros; Alberto Luís Casaca, Estremoz - 40 euros; Albino Joaquim Pereira, Fornelos (Cinfães) - 30 euros; Amaro da Silva, Lisboa - 20 euros; Amílcar Gomes Gonçalves, Caneças - 20 euros; António Augusto Ramos Calhau, Folgosa (Maia) - 20 euros; António Dionísio Carvalho Pinheiro, Queluz - 20 euros; António Fidalgo Marques, Estremoz - 20 euros; António Joaquim Costa Braga, Évora - 20 euros; António José de Mira Geraldo, Belas - 50 euros, António José Santos Monteiro Mouriz - 20 euros; António Madeira Campino, Évora 20 euros; António Ribeiro Cristovão, Vale de Milhaços - 20 euros; Pe. António Salvador dos Santos, Évora - 50 euros; António Teles Correia, Carcavelos - 50 euros; Augusto Alves Chelo, Vila Fernando (Elvas) - 25 euros; Augusto da Silva Jacinto, Proença-a-Nova - 50 euros; Bernardino Fernandes dos Santos, Póvoa do Varzim - 30 euros; Brito José Fernandes Rendeiro, USA - 60 euros; Carlos Manuel Franzina Lentilhas, Linda-a-Velha - 40 euros; Domingos Barbosa Lopes, Barcelos - 30 euros; Domingos Luís Borrego Lopes, Évora - 20 euros; Edmundo dos Santos Pinto Tibério, Feijó - 20 euros; Elias Maria Mira, Évora - 20 euros; Francisco Eduardo Grancho Ricardo, Lisboa - 40 euros; Francisco Ramalho Alexandre, Alenquer - 25 euros; Franklim Costa Braga, Lisboa - 20 euros; Gil Vicente Lopes Caeiro, Vila Viçosa - 20 euros; João da Silva Rego, Guimarães - 80 euros; Joaquim António Ramalho Amaral, Barreiro - 40 euros; Joaquim Gonçalves Paula, Lameiras de Baixo (SBG) - 20 euros; Joaquim Inácio Cordeiro Coelho, Embra - 40 euros; Joaquim Inácio Dias Duarte, Vila Viçosa - 20 euros; Joaquim Marques Ferreira, Estarreja - 50 euros; José Cerqueira Fernandes, Porto - 40 euros; José Joaquim Caleço Rosa, Vila Viçosa - 50 euros; José Joaquim Correia, Vendas Novas - 20 euros; José Ramalho Ilhéu, Évora - 30 euros; Leonel Fernandes Matias, Isna de São Carlos - 20 euros; Luís Rodrigo Boino Bento, Masamá - 30 euros; Manuel Bernardino Basílio Mendes, Tercena - 150 euros; Manuel Fernando Pontes Carrasqueira, Mem Matins - 40 euros; Manuel Ferreira Patrício, Montargil - 20 euros; Manuel Gomes Monteiro, Arrifana do Côa - 30 euros; Manuel Luís de Carvalho Mendes, Évora - 40 euros; Manuel Nunes da Fonseca, Tarouquela (CNF) - 40 euros; Mário de Ascensão Louro, Turquel - 20 euros; Mário Simões Dias, Coimbra - 20 euros; Amélia Alves Velho Gonçalves Ambrósio, Vila Nova de Gaia - 20 euros; Maria Augusta Martins Pinto Correia, Valongo - 20 euros; Maria da Conceição Morais Rei, Rebolosa (SBG) - 20 euros; Encontros Regionais - 60 euros.

FALECIMENTOS Virgolino Lino da Silva - Faleceu no dia 15 de Agosto, em Lisboa, onde residia, sendo o funeral no dia 17, na sua terra natal, Cano (Sousel), com a Eucaristia, na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Graça, presidida pelo P.e Heliodoro Nuno e na qual participaram os Padres Manuel Botelho e António Nabais e o lasista conterrâneo Alberto Casaca. Virgolino Lino da Silva frequentou os Seminários de Vila Viçosa e de Évora integrado no Curso de 1949-50. Era licenciado em Direito e tinha consultório de advogado, em Lisboa. Teve sempre um grande interesse pela sua terra natal, colaborou activamente com o renascido Rancho Folcrórico da Casa do Povo de Cano e legou, em testamento, à Paróquia, a sua residência, devidamente mobilada. Endereçamos sentidas condolências a todos os familiares: esposa, Dra. D. Zulmira Neto da Silva, ao seu irmão Lasista Comandante Florentino Lino da Silva (51/52), João e Columbino da Silva, aos seus sobrinhos e restantes familiares. P. Salvador do Nascimento - faleceu no dia 17 de Agosto de 2012, aos 89 anos de idade, no Crato onde, nos últimos anos foi capelão do Carmelo. Ainda no dia 17 o arcebispo de Évora, D. José Alves presidiu a uma eucaristia concelebrada por muitos sacerdotes da Arquidioceses de Évora. O funeral realizou-se no dia seguinte, na sua terra natal, Penhascoso, Mação. O Padre Salvador frequentou os Seminários de Vila Viçosa e de Évora integrado no Curso de 1935-36, que foi o 1.º Curso a frequentar o Seminário das Chagas. Ordenado sacerdote em 1948, foi sucessivamente pároco de Monte do Trigo (Portel); Santiago do Escoural, São Brissos e Casa Branca; coadjutor de Viana do Alentejo; pároco de S. Bartolomeu do Outeiro; coadjutor de Campo Maior e pároco de Santa Eulália, Barbacena, São Vicente e Boa Fé (Elvas). Padre Alberto Dias Barbosa - Faleceu no dia 28 de Setembro de 2012, no Lar da Santa Casa da Misericórdia, de Montemor-o-Novo, com 91 anos de idade. O Senhor D. José Alves, arcebispo de Évora presidiu ao funeral no dia seguinte, na igreja do Calvário, onde o P. Alberto foi Pároco durante meio século. Foi também um dos grandes apóstolos da comunicação social na Arquidiocese de Évora, recuperando o título “O Montemorense”, tendo sido seu director durante cinco décadas. O Padre Alberto Dias Barbosa natural de Carvalhosa (Paços de Ferreira), frequentou o Seminário de Évora, integrado no curso de 1934/35, sendo ordenado presbítero a 29 de Junho de 1944, na Sé de Évora. Em Outubro de 1944 foi nomeado prefeito e professor do Seminário de Vila Viçosa. A 5 de Janeiro de 1950 foi nomeado Pároco da Freguesia de Nossa Senhora da Vila, de Montemor-o-Novo, onde permaneceu até 1999, continuando, contudo, a viver em Montemor-o-Novo e ajudando na Paróquia. António Manuel da Costa Saldida (Curso 195758) - Natural de Lisboa, faleceu no dia 3 de Novembro, na Amadora, sendo celebrada a eucaristia na Igreja Paroquial, com a participação de vários lasistas. Rui Metelo Pina (Curso 1944-45) - natural da Nave (Sabugal), faleceu no dia 31 de Maio, em Lisboa. de luto Encontram-se de luto os Lasistas Pe. Carlos Manuel Terras da Fonte, José Domingos Terras da Fonte e António Terras da Fonte, pelo falecimento de sua mãe, Prazeres da Silva Terras, de 83 anos de idade, no dia 20 de Dezembro em Vila Mendo.

A LASE envia sentidas condolências a todos os familiares.

A Lase na internet Conforme já foi noticiado a LASE tem duas páginas e dois emails, que estão disponíveis a todos os Lasistas: Sites: www.ipernity.com/lase www.lasevora.tripod.com emails: lase@live.com.pt - lase1956@hotmail.com 3 “a defesa” - “Ecos da LASE”


Celebrações Natalícias PORTO Decorreu num ambiente de fraterno convívio, no pretérito dia 15 de Dezembro o almoço de Natal de 2012, num restaurante da cidade do Porto, organizado pela LASE NORTE, cuja esmerada organização esteve a cargo do Subdelegado Cerqueira Fernandes, tendo marcado presença os seguintes lasistas: Alberto Cardoso Soares de Melo (41/42) e esposa (Porto), Albino Pereira (53/54) e esposa (Fornelos-CNF), Alexandre Joaquim da Costa Duarte (69/70) esposa e filho (Fonte Arcada-PVL), António Augusto Ramos Calhau (50/51) (FolgosaMaia), Bernardino Fernandes dos Santos (58/59) e esposa (Póvoa do Varzim), Domingos Barbosa Lopes (68/69) e esposa (Barcelos), José Cerqueira Fernandes (50/51) (Porto), Manuel Nunes Fonseca (52/53) (Tarouquela-CNF), D. Amélia Ambrósio e filha (V. N. Gaia), António Carlos Martins (Porto), José Emiliano Martins (Ermesinde), D. Maria Augusta Martins Pinto Correia, seu marido e um neto (Valongo). Por fim o Delegado da LASE, Albino Pereira, agradeceu a presença de todos os lasistas, a quem desejou um Feliz Natal, aproveitando para agradecer ao Cerqueira Fernandes a maneira e o trabalho que teve na organização do Convívio, o qual também serviu para homenagear o antigo delegado, Desembargador Ambrósio, que foi o primeiro a tomar iniciativa destes convívios. A LASE somos todos nós e é aquilo que os lasistas quiserem. Não é pela falta de comunicação que as pessoas não aparecem, pois todos tomam conhecimento do evento, quer pelo calendário de actividadades, ECOS DA LASE, pela página da LASE na Internet, pelo jornal “a defesa”, pelos “emails” e telefonemas efetuados. Foi realçado que são enviados cerca de 1.200 ECOS DA LASE, e que só cerca de 60 pagam as quotas, tendo a LASE uma receita de cerca de 2 mil euros, a qual é entregue ao Seminário, deduzidas as despesas, pelo que não há dinheiro para prestar qualquer assistência social. Por fim foi endereçado o convite ao Calhau para organizar o convívio de Natal de 2013, o qual aceitou. Albino Pereira

FESTA ANUAL DA LASE Confor me está marcada no Calendário das Actividades da LASE para 2013, a Festa Anual da LASE será no dia 23 de Fevereiro, no Seminário Maior de Évora. O Programa será o habitual dos outros anos, constando: reunião da Assembleia Geral, na Sala dos Actos, por volta das 10,30 horas, com homenagem ao Cónego Dr. Sebastião Martins dos Reis, professor do Seminário de Évora; Eucaristia - 12,30 horas; Almoço - 13,30 horas; Visita de estudo à igreja do Espírito Santo e romagem ao túmulo de D. David de Sousa, arcebispo de Évora - 15,00 horas. A Direcção da Lase faz um apelo especial a todos os Lasistas para que participem na Festa. Comparece e passa a palavra a algum antigo colega que conheças e que, por desconhecimento de morada, não seja habitualmente contactado. Agradecemos que as inscrições para o almoço sejam feitas junto dos Delegados Regionais, cujos contactos constam do “Calendário de Actividades da LASE”. 4 “a defesa” - “Ecos da LASE”

BODAS DE PRATA SACERDOTAIS Padre Moisés Janela Antunes: No dia 16 de Dezembro de 2012, celebrou na paróquia de Barbacena (Elvas) as Bodas de Prata Sacerdotais. A celebração foi presidida pelo arcebispo de Évora, D. José Alves e teve a participação de D. Manuel Madureira Dias, Bispo Emérito do Algarve, vários sacerdotes (António Gata Simões, Manuel Lopes Botelho, Fernando Marques, Agostinho Leal e Ricardo Cardoso), do diácono Vírgilio Ferreira Gameiro, de um grupo de seminaristas e muitos paroquianos, familiares, de entre os quais salientamos o irmão Lasista Mário e amigos do Padre Moisés. O Padre Moisés nasceu a 9 de Fevereiro de 1961, em Rapoula do Côa (Sabugal), sendo filho de Manuel Monteiro Antunes e de Judite d’Ascensão Janela.

Frequentou os Seminários da Guarda e de Évora. Foi ordenado presbítero pelo arcebispo de Évora, D. Maurílio de Gouveia, em 13 de Dezembro de 1987, em Vila Viçosa. Em 1 de Setembro de 1988 foi nomeado pároco de Vendinha, S. Pedro do Corval e Valongo, “in solidum” de Monsaraz, sendo moderador o Padre Inácio Branco; em 30 de Agosto de 1990, Vigário Paroquial de Santa Eulália e S. Vicente; em 1 de Setembro de 1994, Pároco de Barbacena e Vila Fernando e em 30 de Julho de 2008, Pároco de Terrugem. pertence também ao Caminho Neo-Catecumenal. Após a solene eucaristia foi servido o almoço-convívio no salão polivalente de Barbacena. Parabéns ao Pe. Moisés, com votos de muitas felicidades pastorais.

Os "Ecos da Lase" desejam a todos os Lasistas e suas Famílias Boas Festas de Natal e um próspero Ano Novo

Boletim LASE  

Boletim Informativo