Page 1

Pós-Graduação em Cafeicultura Guaxupé, MG Início: 14 de dezembro de 2012 A Pós Graduação em Cafeicultura traz, através de profissionais que vivenciam na prática os assuntos abordados, técnicas que permitem elevar a produtividade, reduzir custos de produção, aumentar os lucros, melhorar a eficiência e qualidade dos processos produtivos e gerar maior sustentabilidade da atividade cafeeira. Formato do curso: Especialização lato sensu com 19 encontros de 2 dias por mês. Sextas de 13:00 às 21:00 e sábados de 08:00 às 18:00. Carga horária: 360 horas Assuntos abordados: 1º Módulo – 14 e 15 de dezembro de 2012 Daniel Veiga (Consultor Cafeicultura, Rehagro) Fabrício Andrade (Mestre e Coordenador CIM, Rehagro) Alysson Paolineli (Ex-Ministro do MAPA) Antônio Nazareno Guimarães Mendes (Professor, Doutor/UFLA) Rubens José Guimarães (Professor e Doutor, UFLA) Ednaldo José Abrahão (Gerente e Mestre, Polo de Excelência do Café)

     

Combinar o desenvolvimento dos módulos e o processo de avaliação; Entender a situação atual e perspectiva do agronegócio no Brasil e no mundo; Aprender sobre a evolução da cafeicultura no Brasil em seus aspectos tecnológicos; Entender a importância do cerrado e o processo de abertura da fronteira agrícola; Conhecer os aspectos políticos, econômicos e técnicos da cafeicultura do futuro; Compreender os distintos sistemas produtivos e seus impactos na sustentabilidade da cafeicultura.

2º Módulo – 18 e 19 de janeiro 2013 Fisiologia do cafeeiro José Donizeti Alves (Professor, UFLA/PhD)

  

Depoimento

Entender a morfologia da planta e sua relação com o metabolismo e a produção; Conhecer os processos metabólicos responsáveis pela manutenção e produção dos cafeeiros; Compreender a importância da água, como solvente e suas implicações no metabolismo do cafeeiro; Adquirir uma visão crítica sobre a fisiologia do cafeeiro em relação ao desenvolvimento e à produção.

"O trabalho desenvolvido pela equipe Rehagro revolucionou a forma de planejar e executar as atividades operacionais na fazenda. Através de indicadores técnicos consistentes e um acompanhamento de caixa rigoroso, temos conseguido obter melhores resultados na propriedade. A Equipe Cafeicultura do Rehagro está de parabéns!" Dr. Eduardo Campos - Proprietário das Fazendas São João Grande e Dona Neném em Patos de Minas - MG


3º Módulo – 22 e 23 de fevereiro de 2013 Clima e solo para o cafeeiro André Luis Garcia (Mestre, Pesquisador Procafé)

   

Conhecer as características adequadas ao bom desenvolvimento da lavoura de café ; Aprender a selecionar áreas propícias ao cultivo de café; Entender os impactos dos distintos sistemas produtivos e conseguir adequá-los a situações específicas; Conhecer os tipos de solo e sua origem.

4º Módulo – 22 e 23 de março de 2013 Fertilidade do solo - parte 1 Alysson Fagundes (Mestre, Pesquisador Procafé)

  

Conhecer os nutrientes e as interações entre solo e cafeeiro por meio das leis que regem um bom equilíbrio nutricional; Entender como os elementos físicos, químicos e biológicos do solo condicionam a disponibilidade de nutrientes para o cafeeiro; Compreender os diferentes comportamentos dos nutrientes distribuídos no solo e suas relações com o cafeeiro.

5º Módulo – 19 e 20 de abril de 2013 Fertilidade do solo - parte 2 Alysson Fagundes (Mestre, Pesquisador Procafé)

 

Aprender a realizar um correto processo de amostragem de solo e interpretar os resultados obtidos nas análises; Aprender a melhorar e a manter as condições ideais para o desenvolvimento da lavoura de café.

6º Módulo – 24 e 25 de maio de 2013 Colheita / Manejo de Plantas Daninhas Fábio Moreira (Professor, Doutor/Ufla) Daniel Veiga (Coordenador cafeicultura Rehagro)

   

Conhecer os tipos e os processos de colheita e compreender seus impactos nos resultados econômicos do negócio; Aprender detectar os pontos chave e os gargalos dos processos de colheita e a elaborar a estratégia de colheita visando à redução de custo, melhoria de qualidade e melhor preparação das lavouras para a próxima safra; Entender a relação entre as plantas daninhas e a lavoura de café e os seus impactos na produtividade; Conhecer os métodos existentes e aprender a elaborar a estratégia de controle e monitoramento das plantas daninhas.

7º Módulo – 14 e 15 de junho de 2013 Gestão econômica e financeira Régis Ferreira (Especialista, consultor Rehagro)

 

Depoimento

Compreender o conceito, a dinâmica e os objetivos da gestão Aprender a realizar um orçamento de caixa do ano agrícola e como agir a partir das informações geradas Aprender a medir a eficiência de processos produtivos chave e a adequá-los de acordo com as necessidades e possibilidades do negócio “A assistência técnica do Rehagro aqui na Samambaia é tão importante que confunde com a própria história da fazenda. Acredito que o trabalho conjunto desenvolvido pelo proprietário, a gerência e a assistência técnica são os grandes responsáveis pelos ótimos resultados que temos obtido. Agradeço ao Rehagro pela evolução constante que tem proporcionado à Fazenda Samambaia.” Éder Cleofas de Souza - Gerente da Fazenda Samambaia em Santo Antônio do Amparo - MG


8º Módulo – 12 e 13 de julho de 2013 Café com Qualidade / Pós-Colheita Flávio Borém (Professor, PhD/UFLA)

  

Entender a qualidade do café em uma perspectiva sistêmica; Entender a importância da pós-colheita na determinação da qualidade do café e aprender a elaborar o planejamento das atividades; Conhecer os processos de pós-colheita e compreender suas implicações sobre os resultados do negócio.

9º Módulo – 09 e 10 de agosto de 2013 Implantação de lavouras Vinícius Andrade (Mestre, Consultor Rehagro)

   

Conhecer os métodos de melhoramento genético de café Conhecer as cultivares e suas características produtivas e sanitárias Aprender a selecionar as áreas para a implantação de lavouras e a realizar as atividades de preparo do solo de maneira eficaz Aprender a construir viveiros de mudas de café, desde a seleção de sementes até a transferência das mudas para o campo.

10º Módulo – 13 e 14 de setembro de 2013 Adubação do cafeeiro Antônio Wander Garcia (Pesquisador Procafé, MAPA)

   

Entender a importância de uma correta adubação para o desenvolvimento da lavoura de café Conhecer as exigências do cafeeiro em suas diferentes fases fenológicas Aprender a selecionar os tipos de fertilizantes, as épocas, as formas e as quantidades a serem aplicadas Aprender a identificar e a avaliar as deficiências nutricionais do cafeeiro

11º Módulo – 18 e 19 de outubro de 2013 Gestão de riscos Fabrício Andrade (Mestre e Coordenador CIM, Rehagro)

   

Conhecer o mercado de commodities, especialmente as agrícolas e especificamente o mercado de café; Compreender o processo de formação de preços de café e os fatores condicionantes dos movimentos dos preços e aprender a realizar análises de mercado; Entender as fontes de risco da atividade e como minimizar seus efeitos; Aprender a desenvolver estratégias de comercialização visando a sustentabilidade do negócio.

12º Módulo – 08 e 09 de novembro de 2013 Pragas do cafeeiro Júlio César de Souza (Douto, Pesquisador Epamig)

  

Depoimento

Entender a fisiologia e o comportamento das pragas na lavoura de café; Aprender a identificar e a realizar a amostragem das pragas; Aprender a avaliar os danos causados pelas pragas e a determinar seus impactos na produtividade das lavouras de café; Conhecer os métodos existentes e aprender a elaborar a estratégia de controle e monitoramento das pragas.

"Acredito que a cafeicultura do Rehagro realiza um modelo diferente de assistência técnica. O trabalho vai desde a recomendação técnica até a checagem de indicadores e acompanhamento dos resultados econômicos. Acredito que o grande diferencial do trabalho é que a preocupação da equipe do Rehagro vai além do técnico. Vejo eles muito comprometidos com o nosso resultado. Parabéns!" Vander de Sousa Andrade - Proprietário da Fazenda Três Barras em Nazareno - MG


13º Módulo – 06 e 07 de dezembro de 2013 Doenças do cafeeiro Gladyston Carvalho (Doutro, Pesquisador EPAMIG)

   

Conhecer os tipos de doenças e os agentes etiológicos; entender a fisiologia e a evolução das doenças nas lavouras de café; Aprender a identificar e a realizar a amostragem das doenças; Aprender a avaliar os danos causados pelas doenças e a determinar seus impactos na produtividade das lavouras de café; Conhecer os métodos existentes e aprender a elaborar a estratégia de controle e monitoramento das doenças.

14º Módulo – 18 e 19 de janeiro de 2014 Gestão por indicadores Daniel Veiga (Coodernador Cafeicultura, Rehagro)

   

Conhecer os indicadores utilizados na gestão de propriedades produtoras de café; Aprender a elaborar os indicadores; Entender os indicadores de forma contextualizada ao dia a dia na gestão; Aprender a utilizar os indicadores e a decidir por meio deles.

15º Módulo – 14 e 15 de fevereiro de 2014 Tecnologia de aplicação Alexandre Mudrik (Diretor, Hidroferti)

   

Conhecer os tipos de defensivos utilizados na cafeicultura, suas características e a relação existente entre eles e o meio ambiente; Aprender a planejar as aplicações de acordo com os seus objetivos e com os resultados econômicos do negócio; Conhecer os princípios básicos da agricultura de precisão e compreender sua importância e seus impactos na produção de café; Aprender a planejar e a implantar a agricultura de precisão com foco no aumento de eficiência na utilização de insumos e aumento de produtividade das lavouras de café.

16º Módulo – 14 e 15 de março de 2014 Podas André Luis Garcia (Mestre, Pesquisador Procafé) José Edgard Paiva (Pesquisdor Procafé, MAPA)

   

Conhecer os tipos de poda e seus objetivos e entender seus efeitos técnicos e econômicos; Aprender a planejar as podas e a realizá-las de maneira correta; Aprender a manejar as lavouras podadas; Conhecer o caminho percorrido por um técnico com grande sucesso na cafeicultura.

17º Módulo – 11 e 12 de abril de 2014 Irrigação André Luis Fernandes (Professor, Doutor UNIUBE)

   

Compreender os impactos e os benefícios da irrigação frente às lavouras de sequeiro; Entender a relação entre a irrigação e o sistema produtivo de uma lavoura de café; Conhecer os métodos de irrigação e seus pontos fortes e fracos; Aprender a planejar, implementar e a manejar um projeto de irrigação de sucesso.

18º Módulo – 09 e 10 de maio de 2014 Gestão de Pessoas Eduardo Diniz (Especialista e Consultor Núcleo de Gestão, Rehagro)

   

Conhecer esses conceitos e suas implicações na gestão de pessoas; Aprender a desenvolver pessoas competentes, motivadas e comprometidas com os resultados do negócio; Aprender adequar as diferentes pessoas às suas atribuições de forma alinhada ao negócio; Conhecer os impactos da gestão de pessoas nos resultados do negócio.


19º Módulo – 06 e 07 de junho de 2014 PROJETO APLICATIVO Daniel Veiga (Coordenador Cafeicultura, Rehagro) Fabrício Andrade (Mestre e Coordenador CIM, Rehagro) Talita Silva (Gestora de Qualidade e Consultora, Rehagro)

 

Gerar conhecimento aplicado; Compartilhar experiências diversas vividas pelos participantes na elaboração dos projetos.

O Rehagro se reserva o direito de alterar o programa do curso caso julgue necessário para o bom andamento do curso, sem prejuízo ao conteúdo ministrado.

PARCERIA:

MATRICULE-SE! Entre em contato conosco: www.rehagro.com.br cafe@rehagro.com.br (31) 3343-3800

Pós-graduação Cafeicultura  

Rehagro Pós-graduação Cafeicultura

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you