Issuu on Google+

Mecanizaçao de tratos culturais e colheita para Café Arábica de montanha Eduardo Sampaio Eng. Agrônomo Produtor e consultor esampaio.cafe@gmail.com eduardo.sampaio@utzcertified.org


Introdução Considerando o cenário atual: • Salário Mínimo de R$ 680,00 • Pelo menos 60 diárias para efetuar colheita manual em um hectare. Resulta em custo entre R$ 6000 e R$ 7000/ha somente para a colheita em ambiente não mecanizado. • Isto contribui para o custo total de montanha, em regime manual, na faixa de um COE de R$ 12000 a R$ 13000/ha, fazendo com que a saca do Arábica produzido na montanha tenha custo


Introdução Algumas experiências de mecanização de montanha ocorreram nos últimos 20 anos, entre elas: • Confecção de terraços ou patamares • Aumenta a eficiência da mão de obra tanto nos tratos culturais como na colheita. • Possibilita a colheita semi-mecanizada como demonstraremos a seguir. • Possibilita a colheita mecanizada até patamares


Introdução • Tendência crescente de uso de Robustas • Foco na Ásia • Foco no Espírito Santo

• Oportunidade de substituir parte dos Arábicas suaves da América Central, devido: • Ferrugem na América Central • Custo crescente de colheita seletiva


O Ambiente para produção na montanha • Alta produtividade • Alta qualidade • Sem necessidade de irrigação

Como mecanizar?


Objetivo dessa palestra • Apresentar alguns resultados parciais de sistematização da montanha para sua viabilidade econômica, via dois modelos principais. • Terraços • Plantio em desnível


Definições • COE: Custo operacional efetivo • Desembolso

• COT: Custo operacional total • Desembolso + depreciações

• CT: Custo total • Desembolso + depreciações + custos financeiros


Exemplo do que é o COE. Nome da Fazenda Modelo Hectares X Previsão de Colheita 3000

R$

Sal. Mínimo 678,00 Valor do US$

R$

2,10

Valor de Venda R$ 250,00

1 2 3 4 5

% Total

Folha Mão de Obra Eventual Insumos Colheita e Preparo Outras Despesas Despesa em US$

R$ / Sacas R$ R$ R$ R$ R$ R$

-

Total Anual R$ R$ R$ R$ R$ R$ -

$

-

$

-

Total / ha R$ R$ R$ R$ R$ R$

-

$

-


Custos apurados no Cerrado Custo

>50

50-100

100-300

>300

Média

COE

218

194

199

178

195

COT

90

77

71

67

73

CT

308

271

270

245

268

• Produtividade base: 37 sacas / hectare • 25% mais eficientes de cada arquétipo com R$ 200,00 de CT por saca.


Colheita econômica Máxima (CEM). Ex. Cerrado/Sul de Minas Mecanizado Custo médio entre COE, COT e CT para todas as fazendas: Base 37 sacos/ha. = R$ 268,00 por saco; R$ 9916,00/ha. Os 25% melhores de cada arquétipo com R$ 250,00/ saco; R$ 7500,00/ha. R$ 9916,00 – R$ 7500,00 = R$ 2416,00.

Fazendo com que dentro da mesma produtividade, tenhamos diferentes rentabilidades. R$ 9916,00 / 37 = R$ 268,00 R$ 7500,00 / 37 – R$ 200,00

Preço médio de venda R$ 350,00


Comparação de eficiência de mão de obra em sistemas terraceados e nãoterraceados para os tratos culturais Atividade

Terraceado

Não-terraceado

Economia

Roçada (3)

0,6

1,66

3,18

Pulverização (3)

0,77

1

0,69

Herbicida (3)

0,83

1

0,51

Adubação (4)

0,9

1

0,4

Palha (1)

0,5

1

0,5

Valores em serviços/hectare

Economia de 5,28 serviços/hectare ao ano somente nos tratos culturais. Cerca de R$ 600,00/há. No caso do terraceado um tratorista tem a capacidade para manter 25 há para as operações descritas, fazendo um custo de R$ 900,00/há por ano, viabilizando o sistema


Comparação de eficiência de mão de obra em diversos sistemas de colheita terraceados e não-terraceados para o custo da colheita Terraceado (c/ derriçadeira)

Não-terraceado (c/ derriçadeira)

Derriçadora

8 diárias/ha

30 diárias/ha

Abanadeira

6 diárias/ha

Já incluso

Panos

4 diárias/ha

Já incluso

18 diárias/ha

30 diárias/ha

Atividade

Valores em serviços/hectare

Economia

R$ 1344,00/ha

Para colheita totalmente manual estima-se a necessidade de 60 diárias/ha. Esse sistema possibilita alta produtividade com redução significativa de tratos culturais e serviços durante a colheita. Custo estimado de um DH, com sendo, de R$ 80,00/dia + 40% de encargos.


Sistemas possiveis para áreas inclinadas 1. Totalmente Mecanizado a) Tratos culturais mecanizados b) Colheita de arvore e chão mecanizada.

2. Terraceado a) Terraceado faisqueira i.

Tratos culturais mecanizados

ii. Colheita semi mecanizada

b) Terraceado sem mecanização de tratos culturais


Centros de custos de diversos sistemas Totalmente Mecanizado

Terraceado (TCM CSM)

Terraรงo com Montanha C/ plantio central Derriรงadeira

Manual

MOI

R$ 1.200,00

R$ 1.800,00

R$ 2,000,00

R$

MOE

R$ 300,00

R$

R$

300,00

R$

Insumos

R$ 3.000,00

R$ 3.000,00

R$ 3.000,00

R$

3.000,00 R$ 3.000,00

Colheita

R$ 1.456,00

R$ 2.016,00

R$ 2.016,00

R$

3.360,00 R$ 6.720,00

Preparo

R$ 740,00

R$

R$

740,00

R$

Outros

R$ 1.800,00

R$ 2.000,00

R$ 2.000,00

R$

2.000,00 R$ 2.000,00

Custo/ha Custo/sc*

R$ 8.496,00 R$ 229,62

R$ 9.856,00 R$ 266,37

R$ 10.056,00 R$ R$ 271,78 R$

11.800,00 R$ 15.160,00 318,91 R$ 409,72

* Baseado numa produtividade de 37 sacas.

300,00

740,00

2.300,00 R$ 2.300,00 400,00 R$

740,00 R$

400,00

740,00


Esquema com terraรงo: Corte no tronco Permite a entrada de trator para tratos culturais e para colheita semi mecanizada com abanadeira e panos.

0,5 a 1,5 m

3 a 3,5 m


Esquema terraço com a linha de plantio central Não permite a entrada de trator para tratos culturais nem colheita semi mecanizada.

0,5 a 1,5 m

3,5 m


Esquema de plantio em desnível para mecanização total ●

Clique para editar o formato do texto da estrutura de tópicos –

2.º Nível da estrutura de tópicos ●

3.º Nível da estrutura de tópicos – 4.º Nível da

estrutura de tópicos


OBRIGADO!


Manejo mecanizado da lavoura de montanha