Issuu on Google+

SAFRAS E MERCADO DE CAFÉ (VI SEMINÁRIO INTERNACIONAL DO CAFÉ)


REDUÇÃO DE ÁREA x AUMENTO DA PRODUÇÃO -  MAIOR ADENSAMENTO; -  TRATOS CULTURAIS ADEQUADOS; e -  VARIEDADES MAIS PRODUTIVAS.


O PROCESSO DE REAQUECIMENTO DA ECONOMIA AMERICANA DEVERÁ SER LENTO, PARECIDO COM O QUE OCORREU NO JAPÃO NOS ÚLTIMOS ANOS; NÃO SE SABE, AINDA, SE HAVERÁ RECESSÃO OU DEPRESSÃO, NOS PRÓXIMOS ANOS NOS ESTADOS UNIDOS; O REBAIXAMENTO DA NOTA AMERICANA PODERÁ LEVAR OS EUA A AUMENTAR A SUA TAXA DE JUROS (PARA CAPTAR MAIS INVESTIMENTOS ESTRANGEIROS);


DEPOIS DO REBAIXAMENTO DO RATING DOS EUA – E AINDA, LEVANDO-SE EM CONSIDERAÇÃO A INSTABILIDADE DO EURO -, MUITOS INVESTIDORES DEVERÃO DESLOCAR PARTE DE SUAS APLICAÇÕES PARA PAÍSES EMERGENTES. CHINA E BRASIL DEVERÃO SER OS DESTAQUES; RISCO DE CALOTE NA UNIÃO EUROPÉIA; CONTRAÇÃO DAS ATIVIDADES ECONÔMICAS NOS PAÍSES RICOS; A SITUAÇÃO DOS “PIIGS” DEVE SE DETERIORAR (AINDA EXISTEM MUITAS INCERTEZAS COM RELAÇÃO À GESTÃO DESSE IMBRÓGLIO – DEFINIÇÕES POLÍTICAS); POSSIBILIDADE DE DESAQUECIMENTO – AINDA QUE PARCIAL – DA ECONOMIA CHINESA, PARA CONTER A INFLAÇÃO, QUE EM JULHO/2011 CRESCEU 6,5% (ANUALIZADA). A MAIOR NOS ÚLTIMOS 3 ANOS;


CONSUMO DE ALIMENTOS NÃO DEVERÁ CAIR. NOS PAÍSES EMERGENTES O INCREMENTO DEVERÁ SER MAIS SIGNIFICATIVO; O PREÇO DAS COMMODITIES, NO CURTO PRAZO, DEVERÃO SOFRER UMA LIGEIRA CONTRAÇÃO, MAS NO MÉDIO E NO LONGO PRAZOS DEVERÃO TRABALHAR NO MESMO PATAMAR PRÉ CRISE (NUM PATAMAR ELEVADO); SEGUNDO A ONU NO MÊS DE OUTUBRO DE 2011 O MUNDO ATINGIRÁ 7,0 BILHÕES DE HABITANTES. NOS ÚLTIMOS 50 ANOS A POPULAÇÃO PASSOU DE 3,0 BI, PARA 7 BI; O BRASIL É PRATICAMENTE O ÚNICO PAÍS COM POSSIBILIDADE DE INCREMENTAR A SUA ÁREA PLANTADA PARA DAR UMA RESPOSTA A ESSE AUMENTO POPULACIONAL; A LIQUIDEZ GLOBAL CERTAMENTE VAI SE REDUZIR;


O R E A L D E V E R Á S E M A N T E R VA L O R I Z A D O , P O S S I V E L M E N T E OSCILANDO ENTRE R$ 1,55 E R$ 1,65; TAXA SELIC DEVERÁ SOFRER UM DECRÉSCIMO, O QUE DEVERÁ FAVORECER AO CONSUMO INTERNO; A TAXA DE DESEMPREGO DEVERÁ SE MANTER REDUZIDA; A INFLAÇÃO PARA 2011 NÃO DEVERÁ ULTRAPASSAR O LIMITE SUPERIOR AO CENTRO DA META, QUE É DE 6,5%; A I N F L A Ç Ã O PA R A 2 0 1 2 D E V E R Á T E R C O M P O R TA M E N T O SEMELHANTE A DE 2011 (APESAR DE TENDÊNCIA DECLINANTE, NÃO DEVERÁ ATINGIR O CENTRO DA META QUE É DE 4,5%); A BALANÇA COMERCIAL BRASILEIRA DEVERÁ FICAR SUPERAVITÁRIA, NO ANO DE 2.011, EM 26,1 BILHÕES DE DÓLARES (PROJEÇÃO DO BC);


- AS RESERVAS INTERNACIONAIS BRASILEIRAS ATINGIRAM NO MÊS DE JULHO DE 2011 A SOMA DE US$ 350,0 BILHÕES (SENDO QUE 70% EM TÍTULOS AMERICANOS), O QUE DE UMA CERTA FORMA ACABA BLINDANDO O PAÍS; - A BASE DA PIRÂMIDE SOCIAL DEVERÁ SE ESTREITAR CADA VEZ MAIS; - DEVERÁ HAVER MUITA PROCURA POR ATIVOS REAIS NO BRASIL (TERRA, EMPRESAS, IMÓVEIS, ETC), POR PARTE DO INVESTIDOR ESTRANGEIRO; - A INDÚSTRIA DO PETRÓLEO ATRAIRÁ MUITOS INVESTIMENTOS EXTERNOS. SÓ A PETROBRÁS TEM UM ORÇAMENTO DE US$ 224,0 BILHÕES PARA SER GASTO COM O PRÉ-SAL ATÉ O ANO DE 2.014; - A COPA DO MUNDO E AS OLIMPÍADAS DEVERÃO ATRAIR MUITOS INVESTIMENTOS



9Jorge Queiroz