Issuu on Google+

17 anos

Acesse A Folha Online em

www.tv-alvorada-rs.com

Fotos: CCS

Vai Começar o Maior Evento Cultural da Cidade: 13ª Feira do Livro

Fotos: CCS

ALVORADA, 03 A 09/10/2013 - ANO XVIII - Nº 389 - R$ 1,00

Escritores de Torres (cidade que vai ser homenageada) estiveram no município

Uma obra relevante na área da saúde foi inaugurada pelo Prefeito Professor Serginho, o Centro Integrado da Criança e Adolescente (Cica) que terá atendimento para quem apresente deficiências, trantornos mentais e problemas de drogadição. Página 06

Câmara de Vereadores de Alvorada aprova a Semana Municipal da Capoeira

Patrono da Feira do Livro foi recebido pelo Prefeito

Alvorada começa a respirar mais arte e literatura a partir desta quinta-feira dia 03, quando ocorre o lançamento oficial da 13ª Feira do Livro do município. A Feira começa no dia 09 e se estende até 13 de outubro e será realizada na Praça Central, na parada 48. O patrono da Feira é o escritor Dilan Camargo e Torres a cidade homenageada. O lema é Ler é Compartilhar Sonhos. A Feira do Livro contará com sessões de autógrafos de autores como Caio Riter, Sérgio Vaz, Beto Herrmann, Dilan Camargo, shows de O Guri de Uruguaiana, Charles Busker, Jackie Fischer e banda, Atrasamba Sul, apresentações de teatro, dança flamenca, Hora do Conto, entre muitas outras atrações envolta da atração principal: o livro. Confira Programação completa na contracapa

Projeto de autoria do Vereador Schumacher obteve votação unânime, ponto para a recém criada Liga Alvoradense de Capoeira. Grupos de capoeiristas lotaram a sede do Legislativo. Página 02


ALVORADA, 03 A 09/10/2013

2

GERAL

APAE recebe apoio na Semana Farroupilha

Frente a Frente

O Vereador LEANDRO TUR através de seu mandato articulou uma parceria entre a representante da Erva Mate Barão Cristina Gmintzel e a APAE representada por Marlene Dietrich Fotos: Divulgação

COM A

PALAVRA

DANIEL DA LUZ MACHADO

Olá queridos amigos! Compartilhar, em minha opinião, transcende ao ato de repartir, de comungar, de dividir. Compartilhar para mim também é acrescentar um pouco da nossa essência na essência de quem nos ouve, de quem nos lê. E por falar em compartilhar...

Conforme LEANDRO TUR ficou acertado que toda a troca de Erva Mate no Stand da empresa foi cobrada uma pequena quantia e a mesma foi revertida para APAE. Segundo o Vereador o que mais importa é o sentido voluntario e fraterno desta parceria e acha que outros empresários poderiam de alguma for-

ma participar. O Vereador tem conhecimento da situação financeira que assola a APAE e confia nesta nova diretoria para sanar a sua vida financeira. O Vereador finaliza dizendo que o serviço aprestado pela APAE é de suma importância para as famílias com necessidades especiais e que toda a sociedade deve auxiliar.

Projeto do Vereador Schumacher cria a Semana Municipal da Capoeira Fotos: Divulgação

Foi aprovado no dia 01 de outubro o projeto de lei de autoria do Vereador Schumacher, que cria e inclui no calendário oficial de eventos do município, a SEMANA MUNICIPAL DA CAPOEIRA. O projeto foi construído em parceria com a LIGA ALVORADENSE DA CAPOEIRA e subscrito por todos os vereadores do legislativo. De acordo com a lei a semana da capoeira será realizada na primeira quinzena de agosto de cada ano, em alusão ao dia do capoeirista comemorado em 03 de Agosto e será organizada pela Liga Alvoradense e pela Secretaria de Esporte e Juventude de Alvorada, que está autorizada pelo legislativo a captar recursos e investir orçamento próprio neste grande evento. “Esta lei tem como objetivo valorizar e difundir esta importa manifestação cultural e esportiva, que é a capoeira. São mais de 1300 crianças, jovens e adultos que praticam o esporte em Alvorada, através de grupos voluntariamente constituídos nos mais diversos bairros e escolas. Precisamos reservar recursos no orçamento de 2014 e investir fortemente neste que é o maior instrumento de combate às drogas e a violência que temos em nossa cidade”, afirmou Schumacher.

Carlos Brum Escritório Contábil CRC 34234

3442-1711 / 3483-2225 RUA OSCAR SCHICK, 351 - BAIRRO FORMOSA

EXPEDIENTE

Há 34 anos registrando e organizando empresas em Alvorada Rua Salgado Filho, 2 - Salas 201 a 205 Fones: 3483-1090 / 3483-3453 E-mail: brumcontabilidade@terra.com.br

VIP EMPRESA JORNALÍSTICA LTDA. CNPJ: 01.329.315/0001-40

Jornal A FOLHA - FUNDADO EM 14 DE JUNHO DE 1996

Redação e Oficina: RUA VEREADOR ARY MÜLLER, 34 PDA. 47 B. MARINGÁ CEP 94810-470 - ALVORADA

CIRCULAÇÃO: SEMANAL - Alvorada/RS - (51) 3483-5334 / Fax: 3442-0449 E-mail: afolha@gmail.com

Diretor/Editor PAULO ROBERTO SANTOS

Diretores NELSON SILVA SANTOS ROBERTO SILVA SANTOS

Jornalista - REG. PROF. 11159 UBIRATAN BANDEIRA Diagramação JOEL PORTO

Impressão: TOTALGRAF - NOVO HAMBURGO Repr. Comercial em POA: JPD NAIBERT Fone: (51) 3266-5016 - Fax: 3266-5191

TEXTOS ASSINADOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DO AUTOR, NÃO REFLETINDO A OPINIÃO DO JORNAL

Hoje compartilho com os amigos as impressões que tive ao assistir uma aula de Teoria Sociológica na semana passada. Estávamos em sala de aula discutindo sobre diferenças básicas sobre três dos maiores pensadores sociais que com seus estudos e teses serviram e servem de referência a Sociologia moderna que são Karl Marx, Durkheim e Max Weber. Sai da discussão com a percepção de que apesar de formas diferentes que estes cientistas sociais apresentavam ao analisar o seu objeto de estudo, na atualidade para mim como estudante e provavelmente para muitos dos cientistas sociais em determinados momentos as contribuições dos três grandes pensadores acabaram convergindo e completando-se como subsídio de outra forma de análise. Na vida, fora do ambiente acadêmico, as coisas seguem um rumo similar ao do processo de análise social. E abordando de uma forma mais convencional, por exemplo, eu cito que apesar de curtir o bom e velho Iron Maiden, de ter em meus arquivos musicais uma boa quantidade de ACDC, Scorpions, eu não deixo de me esbaldar escutando a poesia xucra e campeira de um Luis Marenco, dançar um bom vanerão ao som dos Monarcas, curtir um samba de raiz de primeira com Bete Carvalho, Martinho da Vila e tantos outros sambistas e viajar no romantismo pop de Nila Branco, Isabella Taviani, Ana Carolina, ou seja, eu escuto praticamente todas as vertentes sem a preocupação de definir qual é a superior. A arte é uma forma multifacetada de vermos o mundo e as inúmeras leituras oriundas dessa visualização e que contribuem para o nosso crescimento. Gosto de cinema de qualidade fora do padrão da grande indústria cinematográfica, mas também me divirto assistindo as grandes produções e tudo isso por que o conhecimento e a vida em si não se sobrepõe, pelo contrário há espaço para o múltiplo, para o diferente. Voltando aos cientistas e a complementaridade que as suas influências podem nos causar, friso que o objetivo dessa coluna não é o de atuar como elemento de auto-ajuda, mas sim o de compartilhar que podemos ser múltiplos e nos livrar-nos da eterna competitividade de ter sempre a melhor religião, a melhor explicação, a melhor doutrina, o gênero musical mais importante, o gênero cinematográfico mais relevante e podemos nos sentar ao lado da janela e esperar a brisa tocar nossa face e que nos demos conta de pensamos, logo existimos como já dizia o filósofo. Usando a letra da canção Bossa do grande músico e compositor gaúcho Duka Leindecker “Atenção as pessoas não precisam ser iguais as outras, aceite ou não, mas você é a única no mundo assim.” Fica a dica compartilhada então de menos neura, menos a minha verdade como absoluta, e mais propensão a ouvir, ver e analisar o mundo de outros ângulos.


ALVORADA, 03 A 09/10/2013 PAULO ROBERTO SANTOS - EDITOR - FONE: 3483-5334

lv é Si ar

Gi

a

vid

aa

Ed uc a

rp

Na segunda-feira dia 30 de outubro a Lei das Eleições (Lei nº 9.504/1997) completou 16 anos. A Lei estabelece as normas para as eleições gerais – para presidente e vicepresidente da República, governador e vice-governador de Estado e do Distrito Federal, senador, deputado federal, deputado estadual e deputado distrital – e para as eleições municipais, quando se elegem prefeitos, vice-prefeitos e vereadores no país. As eleições no país são realizadas pela Justiça Eleitoral a cada dois anos.

ar

Pingou e Respingou...

lm

Que os governantes tenham em mente que o bem-estar da sociedade deve vir em primeiro lugar, nunca traindo as suas esperanças. O bem-estar da população deve vir na forma de mais trabalho, educação, saúde, segurança e cidade limpa de corrupção e corruptos, limpa de aproveitadores com objetivos que visam somente o seu bem-estar e de seus parentes e amigos. O bem-estar da população é ver a sua cidade sendo preparada para o futuro de seus filhos e para as próximas gerações. Nada tão difícil se houver boa vontade política por parte de nossos governantes, afinal foi para isto que eles foram eleitos, ou não? E a propósito que tal seguir a sugestão de um famoso apresentador que pede para nós espiarmos a casa mais famosa do Brasil e aproveitar para espiarmos as duas casas mais famosas da nossa cidade: a do Executivo e do Legislativo, para sabermos se seus ocupantes estão cuidando delas realmente como devem ser cuidadas. Se não estiverem é só não renovar os seus contratos quando eles solicitarem novamente. Que Alvorada reencontre seu caminho, sua hora e sua vez de grandeza e prosperidade que vem almejando ao longo de seus 48 anos. Este é o sonho de toda a sua comunidade.

rio

... Torcendo para que a Administração Municipal, próxima de completar um ano no comando da cidade, comece agora a realmente cumprir as promessas da campanha eleitoral de 2012, que acabou mesmo que apertada, dando-lhes a vitoria nas urnas. Afinal isto é uma obrigação de quem trabalha com o aval da população que os colocou nos cargos.

3

Ainda estamos em 2013... e n ex oduz sso lem s. P a j o, u o e a sore tre e um e m u p a e s i de eri do a m nto ra nç , vár p e s co me s p an s c iss ão nsin ocie pais ios roce nv nta ela ip om o, de o da , a ato ss ívi çã h ula o é p es de de lun re o o e o um ç os s a re fo q , de e a ani ão d soc ciso rços uali d lin exp dad e c iab a c d o d e gu re e on ilid tod e s es ndiç O ag ss , a he ad t as ó õ a en ão co cim e, d ire imul es é mbie s. de mp en co tor ar tod ree tos o , p nt mun es e con or e e ad as nsã ida de v xc eq aq as o, í for a e j uele A b de lo mai vio e elên uado c s o ma s o en ve q a ca pro ntre ia, a par s fis es e a p fren ns p ue p esc l. sio tu sc ro tar ar re ola va a s pa e na dan ola pic o l o s . r is F i pa re e t am o b a d da tes, Ela ar e z, s l ze es or o , m se iga r is afi na rea áre pro de ssa mp do so os rem lm ed a, fes ve s re s à sig do en uca alé so c res so ni m ida te, do en m res pe lid fica und dã no r sã tre da , d o s ita ari e o o s d s m . e e a nd d efe oc as p ca s o a ad spe p c ac ria ind tiva ráti ess s d e, à rtar ita nç de ire de ca e oas ife fra no do as ren te s a sa cu dica tame tod de .O fa ça rnid lun ma mpr ção nte os o qua to é s e a os i l e s d p xis e or neira men dos nvo que idad que ten e à um qu a to pro lvi n e s nã tes pro mu em inda de s fiss dos. ela e em o h mo ndo acr árd ua ion Da stã a p á es tor de edit ua tare ais í q o d arti co la , as a d ue ir c f da pess que deve a, m e en o e eta ipaç jus oa ou se uita sin mp ou ão tiç s c tro r lo s v o n en a s rít m u ez o ho oc icas un vad es ea d ial . , co o é a e e de ns po lo cie ss gi nte íve ada Po s e l: r:

Foto: Arquivo/AF

PANORAMA

OP IN ed IÃ hu uca To O iss ma ção dos en o, e no e pa sa co car la em ra o bem mo ada não an de os um , em po cip sen a i a m h de açã vo mp pe er ipó ser o d lvim ortâ l a m tes tr as e nc co a Co Esse mo ns d er e a atad pe nto ia d de u tit ire ca lg a ss a do um ne oa ca ma uiç ito, s r da co ão as ia. a, m .P um nq Fe se or qu de uist dera gura e E nó a, u l, d do so env sta s a m ev in o c iai lve mos o l a e e s clu g s e v on o er siv sto imp o re fala s l e go uç vi e o n o l r es rá p rgan es d rtan acio do, do ão sto n s o p a t i en as ss za sa e es am or no o a volv pes ível da. duc : pro ent tant s. pr ce er soa com Log açã fes o e o, d

Em 107 artigos, a norma trata das coligações partidárias, das convenções para a escolha de candidatos, registro de candidatos, arrecadação e aplicação de recursos nas campanhas eleitorais, prestação de contas, pesquisas e testes préeleitorais, da propaganda eleitoral em geral, do direito de resposta, do sistema eletrônico de votação e da totalização dos votos, das mesas receptoras, da fiscalização das eleições e das condutas vedadas aos agentes públicos em campanhas eleitorais.

Tanto na situação quanto na oposição, há figuras públicas em débito com a ética e o respeito, que precisam urgentemente ser varridos para todo o sempre da vida pública. O que o país não pode e não deve é incorporar a ideia de que política e políticos são sinônimos de corrupção onde todos roubam ou praticam atos ilícitos. A sociedade tem todo o direito de se indignar com os desmandos e os desvios praticados. A sociedade tem todo o direito de querer mais seriedade, respeito e ética na vida pública.

Um maior empenho na aprovação das reformas administrativas e políticas, com partidos políticos e governantes mais preocupados com mudanças daria as campanhas eleitorais um maior sentido, onde o comprometimento prioritário seria o de debater projetos para todo o pais e não somente para alguns poucos privilegiados. Esta é a forma correta de levar políticos e setor público a reconquistarem a confiança da nação brasileira.

CHARGE

CRÉDITO PARA ELAS -

Mulheres assumem cargos cada vez mais importantes dentro das empresas, não é de hoje que as mulheres estão assumindo cargos de liderança, elas já estão a frente em cargos de supervisão, coordenação e presidência em diversos segmentos.

DEPOIS DO MENSALÃO -

No Brasil o crime compensa! Mas, com um detalhe... Não pode roubar pouco. Vide Exemplos!


ALVORADA, 03 A 09/10/2013

4

GERAL

TCE-RS impõe débito de R$ 1 milhão ao ex-prefeito de Alvorada Foto: Arquivo/AF

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) impôs débito de R$ 1.371.563,12 ao ex-prefeito de Alvorada, João Carlos Brum, na sessão de Pleno do dia 25 de setembro. O valor é referente a despesas sem a efetiva comprovação da prestação dos serviços, custeio de despesas de eventos com recursos do salário-educação, duplicidade de despesas para o mesmo objeto e extravio de documentos comprobatórios de despesas. O ex-prefeito também foi multado em R$ 1,5 mil, valor máximo previsto por lei estadual, pelas irregularidades verificadas e inconformidades como a ausência do devido

processo licitatório para a contratação de serviços gráficos e de produção e execução de eventos, além da ausência de motivação para a realização de despesas em diversos processos, a inexistência de orçamentos de empresas terceirizadas para realização de serviços de publicidade e a

especificação insuficiente do objeto contratado. De acordo com o voto do relator do processo, conselheiro Marco Peixoto, em boa parte dos casos analisados, os serviços contratados não foram suficientemente detalhados, apresentando descrições vagas e genéricas, ausência de

discriminação do custo por serviço contratado e desobediência às fases legais da execução da despesa pública. As falhas foram verificadas na inspeção extraordinária realizada na Prefeitura para verificar as ações dos exercícios de 2006 a 2008. Os demais gestores do período, Geovani Garcia dos Santos (vice-prefeito) e Arlindo Luiz Slayfer (prefeito em exercício em ocasião determinada), não receberam sanções por não terem responsabilidade nas execuções contratuais. Da decisão cabe recurso no prazo de 30 dias a partir da publicação no Diário Eletrônico do tribunal.

Equipes da CEEE Distribuição de Alvorada realizaram nesta semana uma operação que resultou no desligamento de 37 clientes com ligações irregulares de energia na rede da companhia. A ação, na Rua dos Gaúchos, bairro Umbu, começou há um mês, com um trabalho de conscientização da população, explicando a necessidade de regularização para evitar o corte. Essa medida resultou de imediato em cinco ligações regulares realizadas antes mesmo do desligamento desta semana.

Havia naquele circuito apenas 12 clientes regulares e, após a retirada das redes clandestinas, 19 novas ligações foram solicitadas por consumidores que foram até a agência pedir o serviço para se adequarem às exigências técnicas e de segurança. Do total de pedidos, 13 ligações foram executadas pela companhia no mesmo dia. O objetivo da CEEE com esse trabalho de fiscalização e regularização do fornecimento, que vem sendo realizado de forma rotineira nas cidades atendidas pela concessionária na Região Metropolitana, é melhorar a qualidade e a segurança do fornecimento da energia elétrica, especialmente para quem paga pelo serviço e o recebe sem qualidade devido aos desvios. A ação é considerada crime e pode resultar na prisão de quem se utiliza dessa prática ilegal.

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

CEEE corta ligações clandestinas e regulariza novos clientes em Alvorada

Metroplan vai apreender veículos infratores do transporte metropolitano A partir deste mês, a Fundação Estadual de Planejamento Metropolitano e Regional, responsável pela fiscalização no transporte de fretamento e de concessão (ônibus) na região metropolitana e aglomerados urbanos, tem poder legal de remover veículos que cometerem infrações administrativas e de trânsito. Um convênio firmado entre a Metroplan e o Detran, já publicado no Diário Oficial, determina que durante uma fiscalização, os fiscais vão poder apreender os veículos que circularem de forma ilegal no transporte de passageiros. De acordo com o Diretor de Departamento de Transporte Metropolitano, Marcus

Damiani, antes a Fundação precisava acionar o Detran e a Brigada Militar para a remoção, por causa do Código Nacional de Trânsito, agora o procedimento será imediato. A operação será realizada por empresas devidamente credenciadas pelo Detran Para o superintendente da Metroplan, Oscar Escher, o procedimento, junto com outras ferramentas implantadas como a inspeção veicular e as novas regras para o fretamento, vai qualificar a gestão de fiscalização do sistema de transporte. O convênio da Metroplan com o Detran, tem a duração de 60 meses, podendo ser prorrogado.

Olá caro editor, venho por meio deste veículo trazer a público o dilema ao que venho me submetendo já quase três anos, tenho um grave problema de desgaste nos ossos, que se agravou com o passar dos anos chegando ao ponto de necessitar com urgência de uma cirurgia a qual será preciso uma prótese da “cabeça do fêmur” para que eu possa ao menos tentar ter uma vida normal novamente. Como esta cirurgia tem um custo muito alto e não disponho, nem de longe deste valor, como a maioria dos brasileiros que pertencem a classe menos favorecida, recorri ao SUS para a cirurgia em questão, fui colocada em uma longa fila de espera apesar de encaminhamentos de médicos especialistas relatando a urgência de meu caso. Como não fui encaminhada para a cirurgia, recorri a defensoria pública aqui da cidade de Alvorada e por direito adquirido como cidadã brasileira ganhei tal causa, o que não adiantou muito pois lá se vão mais de um ano e continuo aguardando a “bendita cirurgia” que não chega, apesar de ser bem atendida pelos funcionários da defensoria que tem me orientado a melhor forma de encaminhar minha situação. Recentemente fui até a Santa Casa de Misericórdia para, pensava eu, realizar a consulta final que me encaminharia para a cirurgia, chegando ao médico, ele me pediu um exame de ressonância magnética para poder ver como estava meu caso, fui até a sala de exames e qual foi a minha surpresa ao me falarem que o exame só poderia ser realizado daqui a um ano e meio no mínimo. Voltei então a defensoria pública para saber o que fazer, chegando lá me disseram para levar três orçamentos do “tal” exame, isso foi no inicio de julho deste ano, portanto lá se vão praticamente mais três meses e continuo a me locomover através de muletas e dormir praticamente em uma única posição, isso sem falar nas terríveis dores e o coquetel de remédios que preciso tomar para amenizar tais dores. Fica aqui meu apelo seja a quem for que possa me auxiliar ou orientar neste momento, pois estou perdendo minhas forças diante de tal descaso por parte da mesma justiça que me deu ganho de causa, que causa? Pois continuo “correndo atrás” de um direito que me foi concedido e que em momento algum foi cumprido. Ione Teresinha Teixeira da Silva Bairro Primavera - Alvorada

Maurício

30 anos

ÓTICA

ANUNCIE NA FOLHA!!! 3442-2211 3442-0449

RELOJOARIA - JOALHERIA

A ÓTICA PIONEIRA DE ALVORADA

30 ANOS servindo a comunidade de Alvorada com qualidade, preços e condições especiais de pagamento Atendimento personalizado Av. Pres. Getúlio Vargas, 1759 - Centro - Pda. 46

3483.4077 / 3044.7877 / 8132.1058 E-mail: oticamauricio@uol.com.br


ALVORADA, 03 A 09/10/2013

5

GERAL

ESPECIAL

Em Sete Anos, Lei Maria da Penha Acumula 700 mil Ações Contra Agressores

Números expressivos mostram acerto da lei, mas não escondem os entraves que ainda impedem sua aplicação mais efetiva e universal

Até março deste ano, data do último mapeamento, eram 677.987 ações. O CNJ não tem dados atualizados sobre quantas dessas viraram efetivamente processos criminais. A informação mais recente a esse respeito é de 2009, quando, de 400 mil casos, 80% (ou 330 mil) tinham seguido adiante na Justiça, com quase 80 mil sentenças definitivas e nove mil prisões provisórias ou em flagrante. Expressivos, os números mostram o acerto da lei, mas não escondem que ainda há muito por fazer. As 80 mil sentenças definitivas correspondem a apenas 20% casos registrados até 2009. E as prisões equivalem a pouco mais de 2% Em os entraves que impedem a aplicação mais efetiva e universal da lei, segundo quem lida diretamente com o tema, é a carência de varas e juizados especializados no atendimento a mulheres vítimas de violência. São 66 hoje em todo o país. Para o CNJ, deveriam ser pelo menos 120. Já as Delegacias da Mulher, embora presentes em vários municípios, geralmente não têm estrutura adequada de atendimento, como equipes multidisciplinares (psicólogos, médicos, assistentes sociais) e funcionamento 24 horas. “Temos delegacias especializadas em todo o país, mas muitas ficam fechadas nos finais de semana e à noite, horários em que as mulheres mais precisam ter referências sobre aonde ir”, relatou a secretária de Segurança Pública do Ministério da Justiça, Regina Miki, para quem ainda há muito a fortalecer no sistema de proteção à mulher.

Foto: Divulgação

Exatos sete anos após entrar em vigor, em 22 de setembro de 2006, a Lei Maria da Penha acumula perto de 700 mil procedimentos judiciais contra agressores de mulheres no Brasil, entre atendimentos, medidas de proteção e prisões, segundo levantamento do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

“Maria da Penha é símbolo tanto da luta contra a violência de gênero quanto da impunidade aos agressores. Em 1983, seu então marido tentou matá-la duas vezes, primeiro a tiros, depois por eletrocução. Devido à sequência de agressões, ela ficou paraplégica. Ele acabaria condenado a oito anos de cadeia, mas ficou preso só dois e está livre até hoje.” Além disso, as instituições diretamente ligadas ao tema detectam falta de agilidade na decretação das medidas de proteção – como obrigação de que determinado homem se mantenha a certa distância da vítima. Políticas públicas “As coisas têm mudado, mas não com a rapidez que a mulher deseja. Essa mudança, infelizmente, tem acontecido mais nas grandes cidades. As pequenas ainda não contam com políticas públicas que atendam de maneira satisfatória. A maioria dos estados ainda necessita trabalhar mais essa questão, oferecer equipamentos, principalmente os Centros de Referência da Mulher e as Delegacias da Mulher. Quando existe um destes locais numa determinada cidade, com equipe multidisciplinar preparada para atender uma vítima de violência, a mulher, que chega muito fragilizada, se sente encorajada a denunciar”, atesta a farmacêutica Maria da Penha Maia Fernandes, cujo caso deu nome à lei. No final de agosto, com o encerramento da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) sobre a violência contra a mulher – solenidade que contou com a presença da presidenta Dilma Rousseff – foram anunciadas novas políticas públicas com o objetivo de ampliar o trabalho de proteção – entre elas a instalação de

casas de apoio em todos os estados. O relatório final da comissão sugeriu 13 projetos de lei, que já estão tramitando na Câmara ou no Senado. Vários foram aprovados em ao menos uma das duas casas. O mais emblemático é o que altera o Código Penal e a Lei dos Crimes de Tortura para incluir a tipificação de um novo crime, intitulado “feminicídio”. Efetividade Entre 2002 e 2012, 43,7 mil mulheres foram assassinadas em circunstâncias associadas à violência doméstica. Os estados com maior incidência são Espírito Santo, Alagoas e Paraná – mais de seis mortes para cada 100 mil habitantes. “Poucas leis foram tão disseminadas quanto essa, mas precisamos evoluir também no campo do comportamento. Lamentavelmente, ainda estamos vivendo um clima de aplicação da mesma. A lei precisa ser aplicada sim, mas ela precisa ter a efetividade que deveria”, afirmou o desembargador Ney Freitas, ex-conselheiro do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e quem coordenou as últimas pesquisas do órgão sobre o tema. A pesquisa concluída em março, que cruza dados do Mapa da Violência, da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da

República, mostra que a região brasileira com mais unidades judiciais específicas é o Sudeste, com 20. O Centro-Oeste conta com 16 unidades, mas dez delas estão concentradas no Distrito Federal. Nos demais estados da região, o atendimento é precário e superlotado, com uma única vara ou juizado. No Nordeste, são 15 unidades. No Sul, apenas três, uma em cada estado. Agressões físicas Dados da Secretaria de Política para Mulheres mostram que a agressão física ainda é o mais comum dos crimes, presente em 44,2% dos casos registrados na polícia ou diretamente no Judiciário. Depois vêm a agressão psicológica (20,8%) e a agressão sexual (12,2%). Com mulheres entre 20 e 50 anos, o parceiro é o principal agente agressor. Até os nove anos e depois dos 60, a violência na maior parte das vezes vem de pais e filhos, respectivamente. Os estados com mais inquérito policiais registrados nestes sete anos são o Rio de Janeiro (43 mil), o Rio Grande do Sul (39 mil) e Minas Gerais (21 mil). O Rio também tem o maior número de ações penais encaminhadas (16 mil), seguido de Mato Grosso (15 mil) e Pará (11 mil).

Missionária Lúcia Heibutcke

* Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto. *Deixe o ímpio o seu caminho, e o homem maligno os seus pensamentos, e se converta ao SENHOR, que se compadecerá dele; torne para o nosso Deus, porque grandioso é em perdoar. Isaias55 6 a 7 Devemos dar ouvidos a voz de DEUS e buscar a sua presença, porque somos pecadores e necessitamos da sua misericórdia, hoje é tempo de salvação, mas este tempo tem limites, chegará o dia em que o SENHOR não será achado. Portanto dê credito a palavra de DEUS, hoje abra o seu coração para JESUS CRISTO nosso SENHOR e SALVADOR.

Que a PAZ do SENHOR JESUS esteja contigo. AMÉM!

Isso não significa, necessariamente, que estes sejam os lugares campeões de violência de gênero, mas aqueles em que as mulheres têm mais disposição, meios ou garantias para fazer a denúncia. O medo de acusar o agressor ainda é grande, seja pela perspectiva de impunidade, seja por questões culturais, conforme ressalta a ministra Eleonora Menicucci, da Secretaria de Políticas para Mulheres. “Se as mulheres não denunciarem, não existe crime. Como podemos acabar com a impunidade sem a denúncia? Assim a lei não pode ser aplicada”, enfatizou.

Ver. Zézo PLANTÃO PERMANENTE

RUA OSCAR SCHIK, 1192


ALVORADA, 03 A 09/10/2013

6

GERAL

SAÚDE

Inaugurado Centro Integrado da Criança e Adolescente em Alvorada CICA -Centro Integrado da Criança e Adolescente- terá atendimento para quem apresente deficiências, trantornos mentais e problemas de drogadição

O espaço de saúde, localizado na rua Wenceslau Fontoura, 131, no bairro Nova Americana, tratará crianças e adolescentes que apresentem deficiências, transtornos mentais ou problemas de drogadição. O Prefeito Serginho destacou o serviço qualificado e a estrutura adequada que foi organizada no local para os atendimentos. Lembrou das conquistas no setor como a construção de três novas unidades básicas de saúde, a reforma e ampliação de outras

Foto: CCS

A inauguração aconteceu no dia primeiro de outubro com a presença de lideranças e da comunidade. Esta é mais uma obra da administração do Prefeito Professor Serginho na área de saúde.

UBSs, a futura instalação de uma Unidade de Pronto Atendimento 24 horas em área próxima ao Cica e ao Ginásio Municipal, a mobilização para a consolidação do Hospital Regional em Alvorada. A equipe multidisciplinar que atuará no Cica conta com cinco psicólogos, três fonoaudiólogos, dois psiquiatras, dois pediatras, um fisioterapeuta, um neuropediatra, serviço de enfermagem

com um enfermeiro e um técnico de enfermagem. Equipe do Programa Infância Melhor (PIM) com três monitores também auxiliará nos trabalhos com crianças de rua e vulnerabilidade social realizando monitoramento, acolhimento, atendimento, oficinas recreativas, artesanato, entre outras ações. Devem ser atendidas cerca de 500 crianças e adolescentes ao mês no centro

PUBLICAÇÕES LEGAIS

integrado. Estiveram presentes ao ato de inauguração secretários municipais, vereadores, a coordenadora da segunda Coordenadoria Regional de Saúde, Rosângela Dorneles, representando o governo do Estado, o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), Tiano Caduri, o presidente do Rotary Club, Elias Valdez, o gerente-administrativo do Hospital de Alvorada, Carlos Grossini, o padre Libanor Picetti, da paróquia Santo Antônio, a promotora do Ministério Público de Alvorada, Luciana Cano, entre outras autoridades e representantes da comunidade que saudaram o novo espaço que a partir desta data beneficiará centenas de alvoradenses.

Cel. (51) 8559-6018

vladbrasil@ig.com.br NAS ENTRELINHAS

PROF. VLADIMIR BRASIL GRANDE CAMPEÃO Parabéns para o CTG Sentinelas do Pago, campeão do desfile Farroupilha 2013, de Alvorada. GRANDE CAMPEÃO II Gostaria de parabenizar todos integrantes do CTG Sentinelas do Pago, em especial a Fabiana Thomaz e seu esposo Alexsandro Santana (PIT) pelo grande esforço e empenho em prol da entidade Sentinelas do Pago. MAIS DO MESMO A nossa cidade está um caos, buracos para todos os lados e retas. A população é um descontentamento inacreditável, nada visto antes. E mesmo assim nada de real significância acontece. ELA ESTÁ VINDO AI! Primeiro as Pessoas. Depois a companherada. CALOTE, E DOS GRANDES O grande empresário Eike Batista não está conseguindo manter o sua empresa OGX nos trilhos. A crise é muito grande no Brasil e está mascarada. Se ricos estão perdendo milhões e o que sobra para a população mais humilde do país? Álias, o Eike Batista colocou seu helicóptero à venda R$ 60 milhões, alguém se habilita? ELEIÇÕES 2014 As últimas noticias de todos os principais jornais do país, estão dando conta que o Senador Aécio Neves é o candidato natural do PSDB para à presidência da Republica. O ABRAÇO DA COLUNA VAI PARA... Todos os amigos que ajudaram no carreteiro da escola Campos Verdes. E para Fernando (fininho). “A dúvida é o principio da sabedoria” Aristóteles


ALVORADA, 03 A 09/10/2013

7

VARIEDADES

HORÓSCOPO Áries (21/3 a 20/4)

Por: Daniel da Luz Machado Obra literária – O Livreiro de Cabul O Livreiro de Cabul é uma daquelas obras envolventes que quando você se dá por conta acabou a leitura. Trata-se de um relato de uma jornalista norueguesa “Asne Seierstad que conviveu na família de um livreiro em Cabul e que conheceu a sua árdua luta para prover livros aos moradores daquela cidade. A narrativa é envolvente e seus diversos personagens comoventes ajudar a fomentar uma reflexão sobre as desigualdades do Afeganistão. Obra literária – Pablo Neruda Cem sonetos de amor Uma leitura imperdível para quem gosta de poesia e também ótima para quem não faz desse gênero a sua preferência literária, pois os versos desse inesquecível poeta chileno que sempre teve a sua voz literária ligada as causas da liberdade são profundos, belos e de uma simplicidade que facilita a percepção de quem está aventurando-se pela arte de desfrutar poesia. Leia em conta a gotas, ou devore em uma sombra tudo de uma vez, mas você pode ter certeza de que não esquecerá o conteúdo.

Momento Poético:

Encontrar o equilíbrio, é chegar o mais perto da sua plenitude É se tornar indiferente ao caos antropofágico que tenta te levar por diante

Geógrafo da Alma!

Nesta data tão especial, te desejamos tudo me melhor que a vida pode oferecer: Saúde, amor e felicidade. Feliz aniversário Enedina! São os votos dos teus filhos, amigos e familiares!

Os interesses de trabalho, emprego e profissão estão em alta e muitas coisas podem ser resolvidas. Faça uma pausa para reconquistar um amor.

Touro (21/4 a 20/5)

CONTEXTOS & CONCEITOS R u b e n s L i m a R o n d o n (Rubinho) OBRIGADO! CINCO DIAS!

Os caminhos estão abertos e você está vivendo uma fase de oportunidades e de acontecimentos inesperados que vão privilegiar você. Boa sorte no amor.

Gêmeos (21/5 a 20/6) Conte com as proteções divinas, muitas das suas dificuldades, principalmente as de casa ou moradia são resolvidas.

Câncer (21/6 a 21/7)

Você está cercado de pessoas que lhe querem bem, que têm boa vontade e que tudo fazem por você. Ajuda da pessoa amada.

Leão (22/7 a 22/8)

É preciso zelar e conservar tudo de bom que conquistou ao longo dos anos. Confiança em si e a certeza de que vai dar conta.

Virgem (23/8 a 22/9) Os caminhos estão abertos e é hora de ir em frente e ousar. Oportunidade de emprego. Setor amoroso vai ficar bom.

Libra (23/9 a 22/10)

Estude, analise, leia, trabalhe e se esforce mais do que o comum, para conseguir dar conta de tantas responsabilidades e obrigações.

Escorpião (23/10 a 21/11)

A vida social está movimentada e você terá muitos convites para aniversário, casamento ou eventos públicos.

Sagitário (22/11 a 21/12)

Sua saúde é um ponto que precisa de apoio e de providências concretas, não descuide da boa alimentação.

Capricórnio(22/12 a 20/1)

Os caminhos estarão abertos e coisas muito desejadas podem acontecer. No amor, tudo de bom está vindo por aí.

Aquário (21/1 a 19/2) Os caminhos estarão abertos e coisas muito desejadas podem acontecer. No amor, tudo de bom está vindo por aí.

Peixes (20/2 a 20/3)

Novos rumos aos seus planos, que caminham devagar. No setor amoroso, o ciúme pode acabar estragando uma boa relação. Controle-se.

Durante a ida e a volta, o céu brasileiro foi o meu limite! Durante cinco dias; as montanhas e o mar verde que te quero verde foram a minha visão! Durante cinco dias; peguei peso pelas lasanhas, pizzas, churrasco e mais algumas coisinhas maravilhosas! Durante cinco dias; eu fiquei feliz por ver a felicidade dos meus afetos. Durante cinco dias; eu estive de férias: joguei bola, subi e desci das dunas, nadei e vi na Barra da Lagoa, uma Sereia!

CINCO DIAS... Para viver momentos divinos de alegria para mim, cinco dias está pra lá de bom, porque graças a Deus eu tenho a capacidade cerebral de armazenar as coisas boas da vida e revive-las sempre, para nunca ficar triste, pois assim sendo a vida é bonita! E é bonita!

CINCO DIAS... De carinho! De afeto! De atenção! E de barriga cheia! De Rubinho, Vinicius, Tiago e Nilda... Para: Anderson, Sabrina, Vitor, Isabele, Jorge e Solange. MUITO OBRIGADO! Em tempo! Durante cinco dias me senti um Lorde Inglês na Praia dos Ingleses!


ALVORADA, 03 A 09/10/2013

ESPECIAL

CDC: Ainda é Pequeno o Número de Brasileiros que Recorre à Legislação A constatação vem de um estudo realizado pelo Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) em parceria com a Market Analysis, empresa especializada em pesquisas de mercado. A boa notícia é que, em comparação com levantamento semelhante realizado em 2011 pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) cresceu o número de consumidores conscientes de seus direitos. O uso da internet e das redes sociais pode estar relacionado a esse movimento, segundo especialistas. De cada 20 entrevistados durante o levantamento, 19 disseram saber da existência de um código (95%) que protege seus direitos como consumidor e que regula relações e conflitos com as empresas. Mas são poucos (63%) os que afirmam consultar o código. Segundo os coordenadores da pesquisa, do grupo que disse já ter ouvido falar do CDC apenas metade admitiu

“conhecer bem” do que tratam os seus direitos. “Uma proporção parecida à que, na prática, acaba exercendo sua cidadania diante de marcas e produtos, reclamando quando se vê prejudicada”, diz um trecho da conclusão do estudo. Quanto ao nível de conhecimento sobre direitos do consumidor, 55% dos entrevistados declararam “conhecer ao menos razoavelmente”. Os que afirmaram “não ter conhecimentos suficientes” representaram 45% dos entrevistados. Apesar de mais da metade afirmar que possui bons conhecimentos, apenas um em cada oito entrevistados (13%) declarou “conhecer muito bem”. Para os coordenadores do estudo, os números mostram que o cenário de consciência sobre os direitos do consumidor no Brasil ainda é incipiente, porém, avançou em relação a 2011. Ainda não há exercício efetivo dos direitos Na pesquisa conduzida pela FGV, 18% declaravam não conhecer

Foto:Reprodução

A maioria dos brasileiros já ouviu falar do Código Brasileiro do Consumidor (CDC), mas poucos são os que recorrem à legislação quando precisam solucionar problemas com as empresas

nada sobre o CDC contra 8% no estudo deste ano do Idec/Market Analysis. Em 2011, 50% disseram conhecer pouco o Código frente aos atuais 37%. Ainda na comparação com o levantamento do ano passado: 26% declararam aos pesquisadores da FGV conhecer razoavelmente bem o CDC, enquanto na pesquisa atual o percentual aumentou para 42%. Outros 6% disseram na pesquisa anterior que conheciam muito bem seus direitos, bem menos que os atuais 13% identificados no estudo. O resultado revela uma fotografia desse momento. Feitas

as devidas ressalvas em relação à pesquisa da FGV. No entanto, ainda não há um exercício efetivo (dos direitos) por parte da maioria. Para alcançar isso, precisa-se avançar, especialmente, na questão da escolaridade. O acesso de um número cada vez maior de consumidores à internet e a crescente participação em redes sociais pode ter contribuído para que o CDC e os direitos do consumidor tenham mais visibilidade. As ferramentas que a sociedade tem hoje a sua disposição, com a tecnologia, garantem acesso à informação

mais qualificada e mais conhecimento. Isso se reflete no melhor exercício do direito. Nisso, o site da Defesa do Consumidor, por exemplo, tem um papel importante, pois não só dá conhecimento do direito, como mostra problemas, formas de se prevenir e de reparar danos quando acontecem. Esse é o caminho para um processo de construção de cidadania. Conhecimento ainda é privilégio das classes altas Entretanto, os resultados gerais da pesquisa, segundo seus coordenadores, podem indicar que, apesar do fenômeno recente do acesso ao consumo de bens e serviços, ainda há atraso quanto à consciência social. A ascensão econômica alcançada por muitos brasileiros não se reflete, imediatamente, em progresso social. A pesquisa identificou que os mais ricos são os que mais conhecem e usam o CDC. Ricardo Martins Limongi, advogado especialista em Di-

reito Público, Civil e do Consumidor, enfatiza a necessidade do investimento em educação para que, a médio e longo prazo, o consumidor brasileiro possa não apenas conhecer bem, mas fazer valer mais os seus direitos: — Toda ação depende de um conhecimento prévio. Saber seus direitos e exercê-los é quase um privilégio das classes mais altas. É questão mesmo de educação, de escolaridade. A pesquisa deixou claro também que ainda há um enorme potencial para discutirmos os direitos do consumidor, e para as empresas investirem no relacionamento com seus clientes, por meio da informação — avalia Ricardo Limongi. O estudo quantitativo realizado pela Market Analysis em parceria com o Idec realizou 414 entrevistas com consumidores de 18 a 69 anos em nove capitais — São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife, Salvador, Porto Alegre, Curitiba, Goiânia e Brasília.

Programação Oficial da 13ª Feira do Livro de Alvorada - De 09 a 13 de outubro


Jornal Afolha Edição 389