Page 1

Ano XXXIII | Nº 376

Belo Horizonte, MG | Brasil | 01 a 30 de agosto de 2018

O MAIS TRADICIONAL JORNAL ESPECIALIZADO EM TURISMO DE MINAS GERAIS www.mgturismo.com.br | Editor: Antônio Claret Guerra

NA IMENSIDÃO DO PACÍFICO (CHILE)

Brasileiros descobrem Ilha da Páscoa e se hospedam no Explora Rapa Nui FOTOS EXPLORA/DIVULGAÇÃO

ANTÔNIO CLARET GUERRA

Localizado a 8 km de Hanga Roa, em um lugar privilegiado para explorar a Ilha de Páscoa, o explora Rapa Nui é cercado por florestas e prados com vistas para o oceano Pacífico. Todos os programas incluem hospedagem, traslados de ida e volta para o aeroporto, alimentos e bebidas e uma seleção de mais de 30 rotas de exploração projetadas pela equipe outdoor. As caminhadas, explorações de bicicleta e atividades de snorkeling e mergulho nos permitem conhecer a história de Rapa Nui, a sua cultura e as suas paisagens, percorrendo os locais mais emblemáticos da ilha, bem como os mais desconhecidos. Incluem caminhadas e explorações de bicicleta entre vestígios arqueológicos, vulcões, praias, prados e falésias, e atividades de snorkeling e mergulho em algumas das águas com a melhor visibilidade do mundo. A arquitetura do hotel mistura a geografia única da ilha com a cultura local. Sua construção em 2007 foi reconhecida com certificação LEED por respeitar o meio ambiente e otimizar o uso de energia. Além dos quartos e espaços comuns, possui piscina, jacuzzi ao ar livre e casa de massagens.

Localização Localizado a 8 km de Hanga Roa, em um lugar privilegiado para explorar a Ilha de Páscoa, o explora Rapa Nui é cercado por florestas e prados com vistas para o Oceano Pacífico.

Beleza natural na Ilha da Páscoa

Explorações As explorações incluem caminhadas e explorações de bicicleta entre vestígios arqueológicos, vulcões, praias, prados e falésias, e atividades de snorkeling e mergulho em algumas das águas com a melhor visibilidade do mundo.

Cultura Local Uma grande parte do pessoal do hotel é local, o que oferece aos viajantes conhecimentos da cultura de Rapa Nui de quem melhor conhecem a história da ilha. As explorações, por seu lado, têm nuances culturais e arqueológicas.

Arquitetura A arquitetura não deixa nenhum detalhe ao acaso. O hotel foi construído principalmente com madeira e pedra vulcânica da ilha a sua ventilação natural evita o uso de ar condicionado, a iluminação exterior garante um baixo impacto sobre o ecossistema noturno e a pavimentação absorve a água para evitar

a estagnação. Durante a construção, ele obteve a certificação LEED.

Traveler’s Reviews “explora oferece uma experiência completa em Rapa Nui. Enquanto os guias especializados nos levavam de um lugar para outro, aprendíamos sobre a história e o significado dos famosos moai. Vários guias eram originários de Rapa Nui e nos ofereceram uma perspectiva genuína de suas terras. Percorrer a ilha andando foi um excelente jeito de conhecer os lugares mais remotos, onde você só pode chegar a pé. O design do lodge é de muito bom gosto e integra a paisagem na acolhedora sala, onde você pode relaxar e pensar sobre as atividades do dia seguinte. Embora eu teria gostado de ver mais produtos locais no cardápio, nós desfrutamos as refeições e especialmente os aperitivos que são servidos durante

Caminhadas na Ilha da Páscoa

uma demonstração de dança tradicional e um churrasco de estilo Rapa Nui.” bbirdgeneau. “Destino que você deve visitar!” “explora Rapa Nui está localizado longe da agitação de Hanga Roa, em um lindo cenário com vistas claras para o mar. Quando você olha através das janelas é quase como se você estivesse apreciando uma pintura. A arquitetura do hotel combina com a natureza e seus quartos e áreas comuns são impressionantes, com grandes janelas que permitem a passagem da máxima quantidade de luz natural. Os quartos estão muito bem decorados com todos os confortos possíveis e são perfeitamente adequados para descansar bem a noite toda depois de um dia atarefado. A equipe é atenciosa e amigável e os guias são especialistas e divertidos. As caminhadas e as explorações diárias são incríveis e mantêm você ocupado e ativo, permitindo que você descubra os tesouros escondidos da Ilha de Páscoa. As refeições são variadas e de excelente qualidade – menção especial para as sobremesas!” Elham23.


2

Belo Horizonte, MG - Brasil • 01 a 30 de agosto de 2018

I N T E R N A C I O N A L

TAP faz testes com moderno avião A330neo nas rotas para o Brasil TAP/DIVULGAÇÃO

O A330neo, a mais nova aeronave widebody da Airbus, concluiu com sucesso sua passagem pelo Brasil, na primeira das três viagens programadas ao redor do mundo, em sua campanha de testes de funcionalidade e confiabilidade. Voando com as cores da TAP Air Portugal, a operadora de lançamento da aeronave, o A330-900 passou pelos aeroportos internacionais de São Paulo/ Guarulhos (GRU), Rio de Janeiro (GIG) e Recife (REC) como parte de sua turnê por cinco continentes para demonstrar que está pronto para operar. A viagem marcou a primeira visita do A330neo ao Brasil. Atualmente, duas aeronaves A330-900 de teste e uma aeronave da TAP para passageiros estão envolvidas no intenso programa que, após sua conclusão, a aeronave do cliente será oficialmente entregue à TAP Air Portugal ainda este ano. Os testes de comprovação de rota são os últimos exigidos para o Certificado de Tipo de Aeronave, programado para o segundo semestre de 2018, e incluem missões ETOPS, aterrissagem em aeroportos al-

A330neo da TAP

ternativos e prova dos serviços de manuseio dos aeroportos. A Azul, importante cliente da Airbus no Brasil, vai ser a primeira companhia aérea das Américas a operar o novo modelo, ainda no final deste ano. A Azul encomendou cinco unidades do A330-900 e já opera 14 unidades do A320neo e sete unidades do A330-200. Lançada em julho de 2014, a Família A330neo é a nova geração do A330 e está disponível em duas versões: A330-800 e A330-900, que compartilham 99% de suas características. Ela conta com a economia, versatilidade e confiabilidade comprovadas da Família A330, reduzindo o consumo de combustível em cerca de 25% em comparação às concorrentes da geração anterior e aumentando o alcance em até 1.500 milhas náuticas em comparação à maioria dos A330 em operação. O A330neo é equipado com os motores Roll-Royce Trent 7000 de última geração e conta com uma nova asa de maior alcance e sharklets novos, inspirados no A350 XWB. A cabine oferece o exclusivo conforto das comodidades “Airspace”.

Encontro de amigos no Restaurante do Porto JOÃO CARLOS AMARAL

Foi o jornalista Antonio Claret Guerra, diretor do JORNAL MG TURISMO, quem teve a idéia de reunir o diretor presidente da SP Inovações Institucionais, empresário Saulo Serrinha e o advogado e empresário Claudio Motta, diretor Jurídico e de Relações Internacionais da Câmara Portuguesa. Eu participei como Assessor de Comunicação e Marketing e Relações com o Mercado da diretoria do dr. Claudio Motta na Câmara Portuguesa.

Bela idéia business: Serrinha e Motta deram os primeiros passos para um Projeto Educacional com salas de aula informatizadas - cada aluno tem um tablet para acompanhar e interagir com as disciplinas. Projeto já é vitorioso da SP Inovaçoes em mais de 120 Escolas Públicas em Minas.

FOTOS JOÃO CARLOS AMARAL

Consulados e Turismo Silvania Capanema silcapanema@gmail.com

Festa da Itália A Festa Tradicional Italiana de Belo Horizonte festeja a cada ano, desde 2002, o Dia da República Italiana, comemorado em 2 de julho. A 12a. edição reuniu, na Savassi, no centro-sul de Belo Horizonte, milhares de apreciadores da gastronomia da Itália e descendentes das famílias italianas. Durante todo o domingo, de céu azul e clima agradável, houve apresentações artísticas no palco principal. Animaram a festa as bandas da Polícia Militar e da Guarda Municipal, os corais Árvore da Vida e da Unimed-BH, o grupo de dança Tarantolato e, na parte da tarde, apresentaram-se os tenores italianos Claudio Mattioli e Massimiliano Brabolini, além das cantoras Paola Giannini e Sônia Gargiulo, fechando a noite com o cantor italiano Donato Riccio. A gastronomia foi, como sempre, o ponto alto da festa. Entre as mais de quarenta barracas, restaurantes, confeitarias e sorveterias de famílias e chefs italianos como o Anella, Osteria Mattiazi, Osteria Degli Angeli, Salumeria Central, 68 La Pizzeria, Pecatore, Maurizio Gallo, Nonna Carmela, Mole Antonelliana, Lullo Gelato e Goccia di Latte. A novidade foi a cerveja da Backer criada exclusivamente para a festa pelos mestres cervejeiros Sandro Duarte e o italiano Alessio Selvaggio, da Cervejaria Croce di Malto, no Piemonte. Dario Savarese, o novo cônsul italiano, fez sua estreia popular. Em seu discurso, fez menção à extraordinária gestão da cônsul Aurora Russi que tão bem organizou o consulado e ainda lhe deu uma nova sede. O cônsul vai se empenhar na agilização do processo de cidadania italiana para os mineiros descendentes de italianos. O evento foi realizado pela ACIBRA MG – Associação Cultural Ítalo-Brasileira de Minas Gerais, com o patrocínio da Cervejaria Backer, Grupo Aethra, Jornal O Tempo, Cemig, FIAT, Grupo Rima, Fundação Torino, Denso, Seris, Vilma Alimentos, O Sentido do Gosto, BH Airport, Amplo Brasil, Conecte e outras. No apoio institucional, destaque para o consulado D’Italia e a Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio. VÍCTOR SCHWANER

Os jornalistas João Carlos Amaral e Antônio Claret Guerra, em primeiro plano, com Cláudio Motta e Saulo Serrina

A ideia é levar o projeto para o Alentejo em Portugal. A idéia do dr. Claudio Motta é que o empresário Saulo Serrinha procure montar um projeto piloto em Reguengos região onde ele, Claudio, tem propriedade e relacionamento direto com o dirigente de Reguengos (o correspondente ao cargo de prefeito no Brasil). Durante o almoço o jornalista Antonio Claret presenteou o dr. Claudio com 4 livros de autoria do professor e escritor Jacinto Guerra (irmão de Claret).

Livros do escritor Jacinto Guerra e JORNAL MG TURISMO divulgados na ocasião

Aluizer Malab, presidente da Belotur , Dario Savarese, cônsul da Itália, e o o novo conselheiro do TCE e ex-deputado estadual Durval Ângelo SILVANIA CAPANEMA

Os livros registram as percepções do escritor mineiro, nascido em Bom Despacho, sobre Portugal. Como o que destaca Villa Verde, no Minho, cidade irmã de Bom Despacho. Outro sobre quando o presidente JK visitou Portugal.

Vista geral da Feira Italiana


3

Belo Horizonte, MG - Brasil • 01 a 30 de agosto de 2018

CÉU DE BRIGADEIRO A N TÔ NI O CLARET G U ERRA | claret.mgturismo@uol.com.br

Posse do presidente do Tribunal de Justiça FOTOS ANNA CASTELO BRANCO

Tomou posse o novo presidente do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), o desembargador Nelson Missias de Morais, juntamente com os demais membros da nova direção da corte, eleitos para o biênio 2018/2020. O Grande Teatro do Palácio das Artes, tradicional complexo cultural em Belo Horizonte, foi o palco de uma das cerimônias mais prestigiadas da história de Minas. Em seu emocionante discurso inicial como líder do Judiciário, ele revelou que nem mesmo “no mais audacioso sonho”, quando ainda era um adolescente de 15 anos, “ao iniciar seu trabalho como office boy de dona Leosina Pacheco, no Fórum Olímpio Borges, de Patos de Minas, poderia imaginar que estava dando o primeiro passo para estar, hoje, assumindo a Presidência do Tribunal de Justiça da nossa querida Minas Gerais, o segundo maior tribunal do Brasil”. Afirmou ainda que “construir a paz social, para o Judiciário, significa garantir a cidadania com equilíbrio”.

Presidente do TJMG, Desembargador Nelson Missias, com a assessora do Cerimonial Beth Curi, uma das responsáveis pelo sucesso do evento

Mesa Principal de autoridades

Vitor Penido (prefeito de Nova Lima), Des. Nelson Missias de Morais, Heloísa Silveira Fernandes Morais (esposa dele), Alberto Ramos e Maria Inês Vasconcelo

Henrique Campos e a engenheira Júnia Neves com este Repórter

V I N I B R AE X P O 2 0 1 8

No Rio de Janeiro, grande Festival de Vinho FOTOS: FLAVIO NARCISO JARDIM

A maior região produtora de café do mundo, Minas Gerais, agora se estabelece como o mais novo local de produção de vinhos nobres, principalmente com uvas syrah, sauvignon blanc, cabernet sauvignon e cabernet franc. Nos dias 04 e 05 de agosto, o Rio de Janeiro será palco mais uma vez da ViniBraExpo, o “Grande Festival do Vinho Brasileiro”, que chega à sua segunda edição com a participação de mais de 50 vinícolas de todas as regiões do país, nos Jardins do Office - Shopping Città, Barra da Tijuca, RJ. Na ocasião, os visitantes terão a oportunidade de conhecer centenas de rótulos e descobrir verdadeiras pérolas. Os destaques da produção de Minas Gerais no evento são para as grandes vinícolas que estão se desenvolvendo muito bem na região, dentre elas: Villa Mosconi, Luiz Porto, Primeira Estrada, Casa Geraldo e Maria Maria, localizada no Sul de Minas, para colheitas de inverno e na Diamantina, representado pela Quinta da Matriculada.

Pacheco e Marcelo Ideses. O evento foi concebido com um propósito muito claro: fazer um festival de referência pelos vinhos brasileiros nos mesmos moldes dos melhores festivais internacionais do mundo, como o Grand Tasting (França) e o Essência do Vinho (Portugal).

O evento no Rio foi idealizado por uma dupla de empresários apaixonados pelo vinho, Gustavo Guagliardi

A expectativa é receber mais de 4 mil pessoas entre profis-

trando sucessivos recordes em sua produção. Em uma área de 20 mil metros quadrados, em meio a jardins paisagísticos e com as atividades em área coberta do shopping Città, o evento está dividido em 4 setores: Área de Degustação, Área de Masterclasses, área de Convívio Gourmet e Espaço Cultural.

sionais e público geral nos dois dias de evento, o dobro do ano passado, e gerar mais visibilidade e negócios para um setor que vem regis-

Bem ao estilo das mais tradicionais feiras de vinho do mundo, a ViniBraExpo promove um grande concurso. Assim, todos os vinhos degustados pelo público serão degustados às cegas por uma banca internacional, composta por 40 profissionais renomados de seis países diferentes, que elegerão os 10 melhores vinhos do evento, em 15 categorias. Ao final, serão eleitos os Top10 ViniBraExpo, com os diversos tipos de espumantes, brancos, rosés, tintos, doces, e também por cada variedade de uva.


4

Belo Horizonte, MG - Brasil • 01 a 30 de agosto de 2018

N A C I O N A L Na bagagem do Nordeste

Painel do Leitor Juiz de Fora (MG) Que prestígio! Agradeço imensamente o espaço dado a nossa festa. Desde já você e Suely (ao lado de Cida e João Carlos) estão convidados para a Feijoada 2019. César Romero Jornalista Juiz de Fora (MG) Florianópolis (SC) Parabéns pela nova edição do JORNAL MG TURISMO. Sempre com muito bom conteúdo. Alberto Gonçalves Jornalista em Florianópolis (SC) ex-presidente da Abrajet-SC Belo Horizonte (MG) Não sei como conseguem manter vivo o JORNAL MG TURISMO com todas as mudanças que o jornalismo atravessa. A revolução da Internet, que mudou o perfil da informação no mundo inteiro, parece não afetar vocês, não é?

Rogério Almeida Juiz de Fora (MG) Salam, amigos, em especial os do trade turístico, o turismo ficou mais pobre com o falecimento do Lázaro Resende, gerente geral da Belvitur, uma das mais tradicionais empresas de turismo de MG, quiçá do Brasil. O executivo, ao longo de sua trajetória profissional, era de extremada gentileza no trato com todos os fornecedores, clientes, colaboradores e, num mercado altamente competitivo, até com seus concorrentes. Lázaro se notabilizava pela fala serena, pela educação e cordialidade acima da média. Um gentleman no sentido amplo da palavra. Como gestor, além da competência inconteste comprovada por mais de 20 anos no comando de uma Agência líder, era adorado pelos subordinados e um dos mais fieis colaboradores que a família Cohen (Sócios da Belvitur) tiveram na história da Cia. Na ambiência familiar, um pai super amoroso com as filhas e sempre que podia era vista na companhia delas. Falava das filhas direto, eram suas razões de viver. Pela grande figura humana que era angariou centenas de amigos. Hoje, todos enlutados diante desta imensurável perda. À família, rogo a Allah que os conforte, pois sei o quanto este momento é difícil. Gio Ahmad Gerente-Geral do Grenn Hill Hotel Juiz de Fora (MG)

rogerioalmeidaturismo@yahoo.com.br

Semana da Indústria 2018 O presidente da Federação das Indústrias da Paraíba (FIEP), Buega Gadelha realizou em Campina Grande (PB), a abertura oficial da Semana da Indústria 2018. Na ocasião houve um talk show sobre “O futuro das profissões na indústria 4.0”, mediado pelos repórteres da Rede Globo Nordeste, Francisco José e Beatriz Castro. DIVULGAÇÃO

Buega Gadelha (Pres.FIEP), reporteres Francisco Jose e Beatriz Castro, Felipe Morgado (ger.executivo de Educacao e Tecnologia do SENAI Nacional e Allyson Macedo (diretor da Assoc. Bras. de Recursos Humanos (ABRH)

João Pessoa - São Paulo As cidades de João Pessoa e São Paulo podem se tornar parceiras no turismo, aumentando o fluxo de turistas para estes dois destinos. O vereador Thiago Lucena e o secretário adjunto do Turismo de João Pessoa, Graco Parente, estiveram reunidos em São Paulo, com o prefeito Bruno Covas e o presidente da SPTuris, David Barioni Neto, para alinhar um projeto de cooperação. Presença ainda de Bruno Sintônio, coordenador da Redesim. DIVULGAÇÃO

Continuem firmes e fortes no propósito de divulgar a força do turismo brasileiro. Parabéns. É de admirar. Vilma Fazito Jornalista (ex-Rede Globo), Belo Horizonte (MG)

Bruno Sintonio, RedeSim, secretario adjunto do Turismo de Joao Pessoa, Graco Parente, prefeito Bruno Covas e o vereador Thiago Lucena

Cabedelo TRADIÇÃO, QUALIDADE E SEGURANÇA Atendimento: 31 3287-4422 | 3282-7663 comercial@buffetsausalito.com.br • restauranteminas2@yahoo.com.br www.buffetsausalito.com.br

Vera Simões é a nova secretária de turismo de Cabedelo e já anunciou um planejamento estruturante e estratégico para o desenvolvimento turístico da cidade portuária. Ela pretende reativar o Conselho Municipal de Turismo (Comtur) e o Comitê Gestor do Parque do Jacaré, legitimando, assim, o desenvolvimento turístico de Cabedelo. DIVULGAÇÃO

O melhor da Culinária Mineira

à sua porta!

Peça pelo

Informações: 3261-5930 www.donalucinha.com.br facebook.com/donalucinhabh @donalucinhabh

Restaurante Dona Lucinha Rua Sergipe, 811 – Funcionários

Vera Simões, Regina Amorim e secretario de Cultura de Cabedelo, Igobergh Bernardo


5

Belo Horizonte, MG - Brasil • 01 a 30 de agosto de 2018

VOO PANORÂMICO SUE LY CALAI S | suely.mgturismo@uol.com.br

Hotéis Explora apresentados em BH FOTOS: RANDY VIEIRA

Uma degustação de vinhos com o Hectro Vergara, o unico master sommelier da America Latina no AH BOM! que fica na Rua Fernandes Tourinho 801 em Lourde. Nesse evento, foi apresentado o Hotel de Luxo Explora no Peru e Chile e falado da cultura e gastronomia desses dois paises fantasticos. O JORNAL MG TURISMO foi um dos convidados especiais. Veja fotos de Randy Vieira, batidas na ocasião. Acompanhe, na página 1 (capa), matéria especial sobre o Hotel Explora na Ilha da Páscoa, no Chile. Lorena Barbosa Borges (diretora iViagens), Carol Rache (blogueira/blusa listrada) e Maria Alice Cavalcanti (blusa branca)

André Bergo e Lorena Barbosa Borges

Karen Piroli, Rodolfo Vega e Barbara Paz

Patricia Borges, Rodolfo Vega, Lorena Barbosa Borges e Barbara Paz

Rodolfo Vega, Marina Bastos, Samuel, Francisco Vieira, Lorena Barbosa Borges


6

Belo Horizonte, MG - Brasil • 01 a 30 de agosto de 2018

N A C I O N A L

Médico dá cinco dicas para transportar remédios no avião

Os passageiros que fazem uso de medicação contínua ou controlada podem viajar tranquilamente, desde que tomem algumas medidas preventivas. Apesar de não ser obrigatório, em viagens dentro do Brasil, é indicado levar uma prescrição médica, registrada no nome do viajante, constando os medicamentos desse tipo que estão sendo transportados. Já no exterior, com diferentes normas sanitárias, é recomendado que o passageiro leve consigo também uma versão em inglês da receita e, se possível, a nota fiscal dos medicamentos.

Leve medicamentos a mais Para calcular a quantidade de medicamentos ideal, leve em consideração o tempo que você irá passar fora. Entretanto, uma boa dica é levar uma quantidade extra, para uma semana a mais, por exemplo, caso a sua viagem de retorno tenha que ser adiada.

capricho no preparo dos alimentos. Para todos os visitantes do Shopping Cidade, para quem trabalha no Centro e para os turistas que visitam BH, o Panelas e Canelas é o melhor lugar para almoçar, jantar e curtir uma happy hour com os amigos.

previna-se e leve a quantidade correta dos seus medicamentos.

Transporte de medicamentos durante a viagem Durante os passeios, leve os remédios sempre na sua bagagem de mão e dentro dos blísteres, a embalagem original do medicamento. Caso um imprevisto como extravio da mala aconteça, você terá os seus remédios consigo, o que no caso de medicamentos de uso contínuo são de extrema importância.

Regras locais. Atente-se! Saiba que alguns medicamentos de uso irrestrito aqui no Brasil, como a Dipirona Sódica, são proibidos em certos países, como nos Estados Unidos. Outro ponto de atenção é o uso de anti-inflamatórios. Em muitos países do exterior a sua compra só é possível com uma prescrição médica local. Por isso, vale a pena levar em sua bagagem esse remédio, mesmo que seja apenas por precaução.

Shopping Cidade – Praça de Alimentação – Piso Tupis

Niver Fátima Damanceno A fotógrafa Fátima Damaceno recebeu família, clientes, jornalistas e amigos na data de 7 de julho para comemorar seu aniversário, como vem fazendo desde que residia e trabalhava em Belo Horizonte. Noite divertida, com jantar e música ao vivo, que se realizou no Salão Cristal do Lira Tênis Clube, em Florianópolis, com presença de seu vice-presidente, Sr. Antônio José Baumgarten Baião, e sua esposa, Sra. Ana Deyse Baião. Fátima é fotógrafa do Clube há 12 anos. O lindo bolo foi presente da nora Vânia Sulzbach, da Sonho de Mel Bolos Artísticos.

Fatima Damaceno, Cristian Damaceno e Vânia Sulzbach

Como adquirir medicamentos de uso contínuo e controlado no exterior A prescrição médica brasileira não tem validade no exterior. Para isso, o viajante teria que passar numa consulta em um hospital local e solicitar uma receita do país em questão. Vale ressaltar que consultas clínicas não emergenciais, como essa, não estão cobertas pelo seguro viagem. Por isso,

rafaellobato@mgturismo.com.br

Há mais de 20 anos com sua clientela fiel, o Restaurante Panelas e Canelas faz o maior sucesso no Shopping Cidade. Oferece ambiente exclusivo e a típica comida mineira. O cliente consegue relaxar na hora do almoço e jantar degustando uma deliciosa refeição. É avaliado como o melhor restaurante do Shopping Cidade, prova é que os exigentes clientes são assíduos, fazem questão de ingredientes de boa procedência e

Para garantir a segurança e tranquilidade aos turistas, o doutor José Sallovitz, cardiologista e coordenador médico da Allianz Global Assistance, empresa líder na oferta de seguro viagem, separou dicas importantes sobre o tema. No Brasil, a Allianz Global Assistance atua como representante de seguro da Allianz Seguros no segmento viagem.

Medicação de uso contínuo

Rafael Lobato

Restaurante Panelas e Canelas

Com as férias de julho se aproximando, é chegada a hora de arrumar as malas para partir ao destino escolhido. Antes do embarque, é importante ficar atento a certas regras de viagem, como por exemplo, o transporte de medicamentos, em especial, os de uso contínuo.

Atente-se às dicas, prepare sua farmacinha e boa viagem!

Direto de BH

31 2516 0505 UNID. OURO PRETO 31 3243 9351 UNID. FUNCIONÁRIOS

Fatima Damaceno e Ézio Oliveira

Fatima Damaceno e o Comandante Dorival Parrela Pereira


7

Belo Horizonte, MG - Brasil • 01 a 30 de agosto de 2018

NO CLICK E DY FE RNAND ES | edyfernandesbh@terra.com.br

Christiane Torloni

Rosamaria Murtinho, Leticia Spiller Claudia Raia, Paolla Oliveira, Aghata Moreira Mel Lisboa, Malvino Salvador

Iran Malfitano, Claudio Andrade, Carlos Bonow

Ze Neto & Cristiano

Marco Tulio, Angela Lara

Camila Bastiani, Arrascaeta

Leila Barros, Pele do Volei, Carol Gattaz

Euler, Lucas Silva

Marcos & Belutti

Ittalo Fernandes

Uma vez no San Carlos, sempre no San Carlos Hotel San Carlos Hotel é um hotel de 4 estrelas localizado no coração de Midtown East Manhattan. Dispomos de quartos e suites de grandes dimensões que incluem uma despensa ou kitchenette com microondas, cafeteira e geladeira. Também estão incluídos cofres no quarto, ferro / tábua, secador de cabelo, TV de tela plana LED HD de 42 polegadas com filmes On Demand. São fornecidas roupas de peluaria com produtos de banho Aveda. As tarifas incluem Wifi gratuito e uso de nossos centros de negócios e fitness 24/7. Excelente escolha de restaurantes e lojas a poucos passos de distância. Minutos fora das Nações Unidas, Grand Central Station, Rockefeller Center e 5th Ave. compras. Nossa conhecida equipe profissional e amigável fala várias línguas e está disposta a ajudar em todos os sentidos - porque nos importamos! O Hotel San Carlos é o destinatário do Prêmio de Excelência do TripAdvisor ano após ano. Quarto Deluxe com 2 camas queen-size 350 Sq. pés Número máximo de convidados: 4 Elite One Bedroom Suite com uma ou duas camas queen, além de um sofá-cama no espaço separado da sala de estar. 600 pés quadrados Pés Número máximo de convidados: 6

EXPERIÊNCIA DE NYC DURANTE A MELHOR TEMPORADA:

EVENTOS DE PRIMAVERA Paradas: Desfile da Páscoa: Pegue seu capô de Páscoa e passeie pela Quinta Avenida, um dos desfiles mais antigos! Começando por volta das 10h e continuando até as 16h, o desfile marcha para o norte na Quinta Avenida, da Rua 49 para a Rua 57. O melhor lugar para assistir é da área em torno da Catedral de São Patrício! Desfile do dia de São Patrício: as festas que cercam esta data especificamente comemoram São Patrício e a posterior chegada do cristianismo na Irlanda. A Parada começa às 11h na 44th Street, marchando para a Fifth Avenue - após a Catedral de São Patrício na 50th Street - até a 79th Street. Geralmente é descrito no fechamento oficial da rua como "Missa do Domingo de Páscoa" das 10 da manhã às 5 da.m. Livre. Mostra da Broadway:

Aladdin, Anjos na América, Harry Potter e a Maldita Criança, Peças 1 e 2, O Livro de Mórmon, Bronx Tale, Frozen, Hamilton Entretenimento: Exibição do automóvel: 30 de março a 8 de abril O New York International Auto Show é considerado o primeiro e mais frequentado no Jacob Javits Center.

Dia das Mães: 13 de maio de 2018

Faça uma refeição no dia da mãe ou no jantar com vistas. Bateaux New York (brunch e jantar) Hornblower (brunch) Spirit Cruises (brunch e jantar)

Semana da frota: 23 a 28 de maio de 2018

A frota está dentro! A Semana anual da frota no Intrepid Air and Space Museum começando com o desfile de navios. É tradicionalmente realizada durante a semana que antecede o Memorial Day. Os navios da Semana da Frota Participantes podem ser vistos no Pier 86, Pier 88 e Pier 92 em Manhattan, e no Pier de Sullivan, em Staten Island, das 8h às 17h diariamente.

Dept Stores: Macys: Orchid Show, Flower Show Spring Sale em todos os grandes lojas de departamento: Bloomingdales, Saks Fifth Ave, Macy's

Reservas: ECC@schnyc.com Mencione o JORNAL MG TURISMO e receba uma bolsa comodidade de cortesiat


8

Belo Horizonte, MG - Brasil • 01 a 30 de agosto de 2018

O P I N I Ã O

Para que servem os Avós? JOÃO BAPTISTA HERKENHOFF

O título de Avô é sumamente democrático. Podem ser avô o ministro, o embaixador, o industrial, o funcionário público, o comerciário, o gari. Quando o netinho ou a netinha sorri, o avô, seja rei ou súdito, rico ou pobre, brasileiro ou portador de outra nacionalidade, se desmancha de alegria. Quando o pequenino faz uma arte criativa, o avô e a avó batem palmas incondicionais. Dizem que avós deseducam, mas não concordo com esta tese. Por que uma criança não tem direito de dar mel ao gatinho, jogar pela janela os selos que o avô ciosamente colecionava, tirar do armário a grinalda que lembra à avó o dia do casamento para desfilar garbosamente pela casa com aquela coroa na cabeça? Os adultos comuns, adultos ordinários, estabelecem regras autoritárias que os avós, adultos especiais, adultos extraordinários, com muita sabedoria, revogam. Como será o mundo que a netinha que me fez avô encontrará, quando se tornar adulta? Será um mundo civilizado, um mundo de Paz? Ou será um mundo que governantes imbecis, financiados por fabricantes de armas, transformarão em cenário de guerra? Como será o Brasil do amanhã? Um Brasil regido por padrões de Justiça Social, onde Mães deem filhos à luz com segurança, em hospitais públicos de excelente qualidade, confiantes do futuro, ou um país onde a Mãe, para livrar a criança da fome, aborta a vida nascente?

Os avós não são importantes apenas no círculo da família. Exercem também um papel relevante na sociedade. Transmitem às gerações seguintes a experiência que a vida proporcionou. A experiência não é para ser guardada como bem individual. É patrimônio coletivo, como muito bem colocou o filósofo inglês Alfred Whitehead A aposentadoria é um direito assegurado por anos de trabalho, mas não tem de implicar, necessariamente, em encerramento de atividades. Pode apenas sinalizar redução de compromissos exigentes. São múltiplas as novas experiências possíveis. Que cada um encontre seu caminho. Que a sociedade não cometa o desatino de desprezar a sabedoria dos mais velhos. Quando me aposentei, por tempo de serviço, na magistratura e no magistério, fui tomado por uma crise de identidade. O vazio manifestou-se forte quando tive de preencher a ficha de entrada num hotel. Se estava aposentado como juiz e como professor, qual profissão me identificaria? “Ser ou não ser”, eis a questão. Shakespeare, pela boca de Hamlet, percebeu a tragédia humana antes de Freud. Ah, sim. Já sei. E escrevi na ficha do hotel, resolutamente: Professor itinerante, autodefinição que me fixou um itinerário de vida pós-aposentadoria.

João Baptista Herkenhoff é juiz ce Direito aposentado (ES), palestrante e escritor. | E-mail – jbpherkenhoff@gmail.com | Homepage – www.palestrantededireito.com.br

Diocese de Luz: 100 anos OZÓRIO COUTO

No início do século XX, a Santa Sé cogitou criar no Alto São Francisco uma nova diocese. Foi uma peregrinação para que alguma cidade aceitasse, pois não desejavam essa responsabilidade. Dom Silvério Gomes Pimenta, de Mariana, por determinação do Vaticano, visitou as cidades. Viajava a cavalo pelo sertão das alterosas. No distrito de Aterrado, com padre Joaquim das Neves Parreiras, visitou Dores do Indaiá, a cidade sede. Padre Luís Gonzaga da Silva e Souza, presidente da Câmara, bom político e religioso, recusou, pois isso poderia atrapalhá-lo e, ainda, tinha filhos. Diante das recusas, Dom Silvério não avistava solução. Que fazer? Na volta, Parreiras perguntou se um arraial poderia ser diocese. O arcebispo respondeu que sim, mas iria consultar a Santa Sé, e advertiu: desde que tenha catedral e palácio. Parreiras

consultou o povo aterradense que aceitou com alegria o desafio. Caso único, no dia 8 de julho de 1918 foi criada, pela bula Romanis Pontificibus, de Bento XV, no Aterrado de Nossa Senhora da Luz, oeste mineiro, banda esquerda do rio São Francisco, a Diocese de Aterrado. Determinação do pároco, que ergueu a “catedral velha”, hoje Santuário de Nossa Senhora de Fátima, o segundo no mundo em homenagem à Virgem. No dia 10 de abril de 1921chega o primeiro bispo: Dom Manoel Nunes Coelho. Em 1923, não tendo êxito com o governo estadual, conseguiu em audiência com o presidente Artur Bernardes elevar Luz a município, em 7 de setembro. Construiu a belíssima catedral neogótica de Nossa Senhora da Luz (todos carregando pedra por pedra), o Paço da Assumpção, o colégio, 90 casas, a Vila Vicenti-

na, e o responsável pela criação da comarca, entre outras importantes obras. Em 1960, o bispo coadjutor Dom Belchior Joaquim da Silva Neto fundou o seminário e mudou o nome de Diocese de Aterrado para Diocese de Luz. Segundo bispo em 1968, no cinquentenário, Dom Belchior foi o idealizador do Ministério da Eucaristia, implantado por Paulo VI, e trouxe para Luz a Universidade Católica, depois Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras (FASF), e hoje FASF/UNISA. Dom Eurico dos Santos Veloso (1994/2001) foi bom administrador, prestativo e do bem, saneou a diocese, novos cursos, mas pensou em transformar Luz em sede histórica e transferir a diocese para a vizinha Lagoa da Prata. Hoje é arcebispo emérito de Juiz de Fora. Dom Antônio Carlos Félix (2003/2014) investiu em patrimônio, mas vendeu a facul-

dade para a Unisa e o imenso prédio; este retornou para o povo, e é o Centro Administrativo. Hoje é bispo de Governador Valadares. Domingo, 8, a Diocese, com 450 mil habitantes, 33 cidades, sete foranias e 52 paróquias em 24.990 km2, e uma das mais bem estruturadas do país, comemora com júbilo o seu centenário com missa celebrada pelo núncio apostólico, Dom Giovanni d’Aniello, com dezenas de festividades, pelo Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais e pela Assembleia Legislativa. Dom José Aristeu Vieira, o 5º bispo, o Pastor do Centenário, criador do Centro de Memória, desde 2015 está fazendo uma transformação da mais alta importância na Mitra e em toda a diocese, com louvor e destemida dedicação. Salve Nossa Senhora da Luz! Salve a Diocese de Luz, que está preparada para os próximos 100 anos.

Membro do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais (IHGMG)

TOUR PRESS JORNALISMO LTDA FILIADO A

ESCRITÓRIOS COMERCIAIS BRASÍLIA

Bridge Propaganda Fernando Braga (61) 98112 2227 fernando@bridgepropaganda.com.br

CNPJ 21.612.775.0001-98 Insc. Estadual 062.131218.00-55 Insc. Municipal 339813/001-3

Marca Registrada no I.N.P.I. sob o n° 816392529 de 25/05/93

Sonia Brandão (61) 99973 4304 sonia@bridgepropaganda.com.br

SÃO PAULO, RIO DE JANEIRO, PORTO ALEGRE, SALVADOR, RECIFE E FORTALEZA Hub Comunicação (11) 4552 1062 hubcomunica@gmail.com Antônio Motta (11) 93011 0543 motta@hubcom.vc Andressa Abranches (11) 98747 2685 andressa@hubcom.vc

*O jornal não se responsabiliza pelos conceitos emitidos pelos artigos e assinados, que são da responsabilidade de seus autores, não refletindo, necessariamente, a opinião do jornal.


9

Belo Horizonte, MG - Brasil • 01 a 30 de agosto de 2018

O P I N I Ã O

Festuris reedita o “Gralha Azul”, de Hélio Lima Duarte CARLOS CASAES

Hélio Lima Duarte é um dos profissionais do turismo brasileiro que mais serviços tem prestado à nação. Há remotos trinta anos , idealizou uma ação que impactava as intenções de sustentabilidade que já medravam no bôjo de alguns projetos. O objetivo era o de integrar o turista numa iniciativa que estivesse voltada para tema que, a partir de então, viria a se constituir num dos mais sérios objetivos, no que respeita à sustentabilidade.

prática, simultaneamente, a ideia de Hélio.

O turista seria estimulado a plantar uma muda de araucária, com o que estaria contribuindo para enriquecer o meio ambiente. Por consequên cia, seria atraído automaticamente para, um ano depois, visitar aquele mesmo local onde flagraria a árvore que plantara, já desenvolvida em um belíssimo pinheiro.

Sensível, Marta “comprou a ideia” e, por dois anos, pôs em prática, durante o seu Festival, o projeto arquitetado pela mente criativa de Hélio Lima Duarte. Escusado mencionar que o êxito foi absoluto.

Com a ideia e a intenção na mente, encontrou terreno fértil para desenvolver na pessoa de uma jovem, tão idealista e tão criativa quanto ele, que estava estruturando outra iniciativa que viria, ao passar dos anos, a se constituir no mais importante evento de comercialização do turismo no Brasil. Marta Rossi que, ao lado da saudosa Silvia Zorzanello, percebeu que a cidade de Gramado reclamava por uma ação tão ousada quanto impetuosa, destinada a o desenvolvimento de uma atividade econômica que, na origem, lhe era naturalmente identificada: o Turismo, não vacilou em por em

Estava, em verdade, surgindo naquele mesmo momento o FESTURIS – Festival de Turismo de Gramado, há exatamente trinta anos. As duas intenções se encontraram e medraram em ambas as mentes como um dos mais interessantes atrativos, porquanto provocaria que fosse selado um pacto entre o estímulo à sustentabilidade e à inspiração da atividade econômica do turismo.

Por um lado, enriquecendo o evento que dava os seus primeiros passos em demanda ao sucesso absoluto; por outro, estimulando a preservação do meio ambiente com a defesa da sua sustentabilidade. Decorridos trinta anos, tempo suficiente para se valorizar as fantásticas ideias, o “Gralha Azul” voltou a figurar nos objetivos, já agora, de quem gerencia, repito, a maior iniciativa no campo da comercialização do turismo, no país, que é o Festival de Turismo de Gramado – FESTURIS, porque já na sua 30ª versão. O querido amigo, “irmão”, Hélio Lima Duarte impôs-se na comunidade turística com uma fôrça e um prestígio que lhe acompa-

nharam por tantas dezenas de anos. A partir da sua própria agência cujo desenvolvimento levou-o a ser convidado para se inserir como um dos dirigentes da SOLETUR, a partir do que a operadora se afirmou por tanto tempo como a maior e mais importante do cenário turístico nacional. Durante também dezenas de anos foi responsável por um sem número de projetos, através daquela operadora, na condição de seu Diretor de Marketing que o fez figurar como um dos mais expressivos empresários nacionais. Junto a Marta Rossi, naquele projeto da “Gralha Azul” a marca de ambos os empreendedores estaria selada. A ponto de agora, decorridos trinta anos, a idéia voltar a florescer. Tendo em conta que reside na sustentabilidade um dos pilares do Festuris, até por ser um dos temas do momento em Gramado – que, por sinal, se torna cada vez mais um destino propriamente sustentável – estará destinando como fóco na sua 30ª versão precisamente esse mesmo tema: sustentabilidade, tanto no direcionamento do meio ambiente, quanto na consideração ao social e, sobretudo, tendo por objetivo o resultado econômico. O projeto “Gralha Azul” será, então, reativado, tendo numa das suas direções o plantio da Árvore da Inegração, o que se repetirá todos os anos

Carlos Casaes, jornalista em Salvador (BA), é presidente da Confraria de Turismo

O mais tradicional jornal especializado em turismo de Minas Gerais

Fundado em 22/10/1986 Endereço: Av. Cristóvão Colombo, 519 - sl. 102 Telefones: 3282 - 2666 Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil | CEP: 30140-140 www.mgturismo.com.br

FUNDADORES

DIRETOR-GERAL E EDITOR

CONSELHO EDITORIAL

DIRETORA DE EXPANSÃO

Cristiane Nobre (MG) João Carlos Amaral - (MG) Nilton Guedes (PA) Rafael Lobato (MG) Rogério Almeida (PB) Rogério Zola Santiago (MG) Rosilene Campolina (MG) Sérgio Neves (MG)

Antônio Claret Guerra Jornalista MG 02142/JP claret.mgturismo@uol.com.br Suely Calais Guerra Jornalista MG 08713/JP suely.mgturismo@uol.com.br

Ênio Fonseca (in memorian)

DIRETOR DE RELAÇÕES PÚBLICAS Henrique Campos

Elber Monteiro de Castro Araújo (in memorian)

GERENTE-GERAL

Antônio Claret Guerra

Rafael Lobato

EDITORA DE CONTEÚDO ON-LINE Luana Gabriely Rodrigues Jardim

IMPRESSÃO

DIAGRAMAÇÃO / PAGINAÇÃO Fatine Oliveira PROJETO GRÁFICO Fatine Oliveira

DEPARTAMENTO COMERCIAL 31-99336-1235


10

Belo Horizonte, MG - Brasil • 01 a 30 de agosto de 2018

M I N A S

G E R A I S

Casarão do século XIX onde viveu Dona Beja está salvo DINORAH CARMO EX-PRESIDENTE DO SINDICATO DOS JORNALISTAS PROFISSIONAIS DE MINAS GERAIS MINISTÉRIO PÚBLICO/DIVULGAÇÃO

O Ministério Público, a imprensa mineira (jornal, rádio e TV em Belo Horizonte e Araxá), a Secretaria de Estado da Cultura, Iepha, historiadores, museólogos, restauradores e a cidade mineira de Araxá, estão todos de parabéns! Depois de seis, sete anos de luta praticamente sozinho, já que a comunidade araxaense e Prefeitura Municipal daquela cidade estiveram quase sempre omissas e silenciosas, o promotor de Defesa do Patrimônio Histórico, Dr. Márcio de Oliveira Pereira, que demandava na Justiça, solicitando tutela provisória em favor do casarão de valor histórico e cultural (séc.XIX, mas apenas inventariado e não tombado) teve no dia último 18 de julho, finalmente, a vitória na Justiça! Esta acatou os argumentos do Promotor, impedindo a sua demolição,com despacho do Juiz de Direito aguardando pronunciamento, em até 60 dias, daquela Prefeitura. O histórico casarão existente na principal praça de

Antiga residência de Dona Beja

Araxá, seria derrubado para fins de construção de anexos e estacionamento de um hospital já existente, cujos donos o compararam há seis anos. Já no último dia 12 de julho, o jornal oficial MINAS GERAIS publicou despacho do secretário estadual da Cultura, Ângelo Osvaldo de Araújo Santos, estabelecendo o tombamento do referido. Neste vetusto imóvel, cuja fachada lateral está fragilizada, quase desmoronando,viveu no século XIX a bela e sedutora Dona Beja (Anna Jacintha de São José), nascida em Formiga/MG, indo pequenina para Araxá,onde viveu a maioria de sua vida, exercendo liderança política e econômica na região do e Alto Paranaíba e Triângulo Mineiro. Já no século XX existiu por muitas décadas naquele mesmo casarão de dois andares a bem frequentada Pensão Tormin, cujo auge foi nos anos de 1950 e 1960.

Notícias da Amazônia Nilton Guedes agencianoticiasgerais@gmail.com

Monumento Natural Atalaia em Salinópolis Fruto de um trabalho iniciado em 2011, o Estado do Pará (mais precisamente, o município de Salinópolis) ganhou uma nova Unidade de Conservação (UC) da Natureza Estadual. O “Monumento Natural Atalaia” possui uma área de 256,58 hectares, aproximadamente 256 campos de futebol, e é formado pelo lago da Coca-Cola e lagos de recarga no entorno, dunas fixas e móveis, a vegetação de restingas, o manguezal e pequenos igarapés. O monumento começa no limite do segundo acesso ao distrito de Atalaia, segue ao fundo dos bares e restaurantes da praia, até próximo aos cocais, circunda pelos manguezais e termina no limite das ruas dos conjuntos habitacionais nas cercanias do Atalaia. A nova unidade de conservação pertence ao grupo de Proteção Integral, destinado ao desenvolvimento de estudos e pesquisas científicas, ecoturismo, recreação e lazer, educação ambiental e a conservação da natureza. O espaço não poderá ser usado para moradia e nem para exploração dos recursos naturais. Segundo Crisomar Lobato, diretor de Gestão da Biodiversidade (DGBio) do Ideflor-Bio e coordenador do projeto de criação da UC, o monumento trará benefícios para o município de Salinópolis e, também, para os turistas que utilizam o espaço para férias e veraneio. Segundo ainda o diretor, “o objetivo básico do “Monumento Natural” é preservar sítios naturais raros e singulares, como os lagos e as dunas, que são únicos na área. Além disso, com a Gestão da UC, o espaço será organizado e ordenado, terá infraestrutura e equipamentos que melhorarão o uso público e a educação ambiental dos frequentadores da praia, além de garantir a conservação desse monumento de riquíssima beleza cênica”. RODOLFO OLIVEIRA/AGÊNCIA PARÁ


11

Belo Horizonte, MG - Brasil • 01 a 30 de agosto de 2018

M I N A S

G E R A I S

O que fazer na histórica cidade de Tiradentes (MG) FOTOS WWW.FERIASBRASIL.COM.BR

Os programas feitos em Tiradentes evidenciam as principais características da região: as riquezas históricas e o clima de cidadezinha do interior de Minas. Para saber mais sobre esse lugar incrível, o site Carro Aluguel separou os programas que você não pode deixar de fazer quando estiver por lá.

Se tem uma coisa que você não vai poder voltar de Tiradentes sem são os artesanatos locais. A cidade é banhada de artistas, e conforme você for passeando pelas esquinas dessa cidade você vai esbarrar com as mais belas peças artesanais. Os ateliês e os antiquários das ruas Direita e Resende Costa são essenciais se você gosta desse tipo de programa na sua viagem.

Andar pelo centro histórico da cidade O Centro Histórico de Tiradentes é onde se encontra a maior parte da cidade, que inclui a maior parte dos pontos turísticos, das igrejas, dos restaurantes, lojas e pousadas. Você pode passar o dia explorando tudo que esse centro tem a oferecer! Inclua no seu roteiro lugares como o Chafariz de São José, as igrejas de Nossa Senhora do Rosário dos Pretos e o Museu Padre Toledo.

Compre artesanato

Aproveite a comida mineira A comida mineira é famosa Brasil a fora! E Tiradentes vai te proporcionar

Bela Vista de Tiradentes

o melhor da gastronomia e da comida regional. Delicie-se com feijão tropeiro, o torresmo, o angu com ora-pro-nóbis e de sobremesa, se jogue nos cajuzinhos sem medo de ser feliz!

Ande de Maria-Fumaça

Maria Fumaça

Você sabia que é possível fazer uma viagem de maria-fumaça saindo de Tiradentes até São João del Rei? São 13 quilômetros à beira do rio das Mortes e da serra de São José. Mas não se esqueça: o passeio só acontece aos finais de semana.

TURISMO E NEGÓCIOS SEMPRE VIAJAM JUNTOS.

CREDENCIE-SE www.festurisgramado.com 8 A 11 DE NOVEMBRO | SERRA PARK | GRAMADO


12

Belo Horizonte, MG - Brasil • 01 a 30 de agosto de 2018

M I N A S

G E R A I S

AUTOMÓVEL CLUBE, 01/09 Sucesso garantido da Feijoada do Maranhão EDY FERNANDES

Um dos mais tradicionais eventos do calendário gastronômico e cultural de Minas Gerais, a festa já tem data para acontecer: dia 1º de setembro, das 13h às 18h, no badalado Automovel Clube de BH.

A Feijoada do Maranhão conta com o apoio dos Supermercados BH, Cachaça Dignissima, Consorcio Multimarcas, Mercado Central, o apoio dos hotéis Mercure, Cheverny, Dairell Hotel Normandy e Rede Bristol de BH.Compra de convites no Buteco do Maranhão e na Central dos Eventos. 31 9235 3540

Poliana Oliveira poliana.oliveira2010@hotmail.com

Barbearia Seu Elias O empresário e barbeiro Seu Elias acaba de inaugurar no Belvedere, zona Sul de Belo Horizonte, as portas da quarta unidade da barbearia que leva o seu nome. Com investimento de aproximadamente R$ 500 mil, o espaço mescla tradição e modernidade e vai oferecer serviços de corte de cabelo e barba. Para atender a nova estrutura, 20 novos profissionais foram contratados.

Entre as atrações musicais, já estão confirmadas as presenças da banda de samba Faixa Nobre-B e Marcelo Silva & Ryan sertanejo. O cardápio é um show à parte. Além da deliciosa feijoada, iguarias e guloseimas mineiras serão servidas para deleite dos presentes, sem falar na cerveja Gelada e caipifrutas de cachaça mineira (extra). O encontro reúne convidados de todo país, que se encantam com a hospitalidade mineira, o bom papo, e o ambiente propício à alegria e ao divertimento.

In Foco

Valdez Maranhão promotor do evento

Há cinco anos no mercado, a barbearia começou com pouco recursos, mas não fez da falta de verbas uma barreira para crescer e se tornar referência em estética masculina e conquistar celebridades dos gramados como Neymar Jr, Lionel Messi, Ronaldinho Gaúcho e diversos jogadores do Atlético Mineiro e do Cruzeiro. “A Barbearia Seu Elias é fruto de muito trabalho, dedicação e persistência. Comecei a trabalhar aos 13 anos. Hoje, aos 31 anos, vejo que toda dificuldade e aprendizado valeram a pena. O importante é nunca desistir dos seus objetivos, manter a humildade e sempre investir em aprendizado”, enfatiza Elias.

Com a Musa da Feijoa- Marcelo e Ryan da do Maranhão a modelo Lais Cruz

Atento ao que é tendência no mercado, o empresário vai realizar em agosto a 4ª edição do Barber Day Conference, considerado o maior Congresso do mundo para barbeiros. Durante o encontro são ministradas palestras e workshops com profissionais referências no Brasil e no Exterior, além de estratégias e noções de empreendedorismo para quem quer começar um negócio. FOTOS EUDES DE JESUS


13

Belo Horizonte, MG - Brasil • 01 a 30 de agosto de 2018

Às Árvores: dedicado ao Invisível ROGÉRIO ZOLA SANTIAGO MESTRE EM CRÍTICA PELA INDIANA UNIVERSITY, USA FOTO DIVULGAÇÃO

Leida Reis lançou “As Árvores Invisíveis”, por intermédio de sua “Páginas Editora”. Encontro matinal, meio vegetação da Praça Rosinha Cadar (nome de flor), local onde ficava o Sanatório Belo Horizonte. Verde espaço que acolheu, nos anos 1930/40, o libertário de Noel Rosa. Leida Reis localizou sua obra mágica em local também assim, histórico, meio a bambus usados pelas crianças de 1950 e 60, que, com seus pais e tios, faziam papagaios, arraias de seda e pipas. Leida resulta escrita intrigante que abrange público infantil, passa pelo infanto-juvenil e se aproxima do adulto. Reflete a contemporaneidade conturbada e a transmite, de maneira poética, questionadora, ao olhar do jovem, seus pais e educadores. A questão da “invisibilidade” é titular foco que inclui a natureza (hoje, depredada); os índios (relegados a “quintais” do homem branco, mas, desejosos de recuperar a sua história); a espiritualidade (independentemente de quais sejam as religiões e crenças, faz falta a quem, rico ou pobre, peleja neste Planeta). E temos o menino negro Sebastião, personagem principal que reflete apreensão

Leida Reis e Mariana Tavares

com menos favorecidos e pede bom senso a este mundo solidificado. Personagens corajosas transitam cenários de sangues entrecruzados, na vertente do politicamente importante, não apenas correto. Leida-autora leva-nos leitores pela mão e pelas páginas ilustradas por Mariana Tavares de maneira a encantar (e surpreender). Caminha-se rumo ao encontro deste menino entristecido que entra no mundo da miragem, saltando para dentro do buraco de um livro, cujas mentoras-folhas impressas tornam-se personagens. No sonho, o

povo Ticuna e seu pajé recebem Sebastião para incutir-lhe Esperança. O que era diferente se torna apreciação de si mesmo, a despeito das perseguições e iniquidades do mundo. Talvez esta seja a maior tarefa a ser executada por docentes das Américas. “Na volta para casa, o garoto carrega nova percepção”, conta a autora. Ocorrera a transposição de etapas vitais: o contato com a fé autóctone retoca a vida da criança afrodescendente e latina, a enriquecê-la na certeza de que os espíritos que o rondavam no panorama urbano, agora, estão incorporando a mesma cor das árvores. Leiam o livro da inteligente escritora, vertente feminina em pergaminho recém-saído de fábrica (Artes Gráficas Formato). Esta criação pode preencher algum vazio interior, colocando-nos em contato com o valioso próprio-amor que se estende à boa relação humana invejada pelos incapacitados de a praticar: “Ele agora olha as

Personagem Sebastião, em escultura de Valéria Delfim

criaturas e enxerga a solidão. ” E, por certo, Sebastião conseguirá ir além.

CA RRO U S EL D U L O U V RE ( P ARI S )

Sucesso do mineiro Bráulio Bittencourt O Carrousel du Louvre recebeu a arte de Braulio Bittencourt que participou do Salon d’Art Contemporain, representando o Brasil em conjunto com seleto grupo de artistas, sob a curadoria de Deca Torres e Angela Oliveira. O belo-horizontino Braulio Bittencourt já percorreu o mundo, morou em três continentes, aprendeu sete idiomas, fez mestrado no Japão e estudou arte em Florença. Amante da luz e das cores, agora são suas vibrantes pinturas que atravessam oceanos. Ainda este ano vai expor em Genebra, Londres, Amsterdã e Brasília, tendo vencido edital para expor na Câmara Federal. Participará também da prestigiada Feira Parte em São Paulo a convite da Galeria Abi-Acl. Confiram mais em www. brauliobittencourt.com


14

Belo Horizonte, MG - Brasil • 01 a 30 de agosto de 2018

M I N A S

G E R A I S

MUSEU DA CACHAÇA

Em Salinas (MG), conheça passado e presente do famoso aguardente Maior produtor brasileiro de cachaça artesanal, Minas Gerais é referência quando o assunto é a aguardente. A produção alcança aproximadamente 230 milhões de litros por ano, segundo dados do Centro Brasileiro de Referência da Cachaça (CBRC). Muito além de apenas uma bebida, a cachaça representa toda uma cultura, é repleta de tradição e se confunde com a formação social do estado. A dimensão da importância, do tamanho e da diversidade do destilado podem ser conhecidos de perto no Museu da Cachaça, localizado na cidade de Salinas, no território Norte. Inaugurado em dezembro 2012, o museu passou por uma série de reformas de janeiro a julho de 2017 para a readequação de toda sua estrutura, que incluiu melhoria nos espaços das salas, da parte hidráulica e dos acervos multimídias. As melhorias contaram com apoio da Secretaria de Estado de Cultura. O museu é composto por nove salas, que retratam desde a importân-

FOTOS WELLINGTON PEDRO

cia da bebida para a economia e formação cultural das regiões de Minas Gerais até os mais variados rótulos e sabores da cachaça artesanal. Interativo, o Museu da Cachaça conta com um acervo diversificado. A Sala das Garrafas, por exemplo, possui nove metros de altura e mais de 2.200 garrafas, totalizando 54 diferentes rótulos. O espaço, que é todo revestido por garrafas, é uma das atrações do museu, que de julho de 2017 a maio deste ano recebeu 5.076 visitantes. “Nós queremos ampliar cada vez mais o número de visitantes. Para isso, trabalhamos em diversas frentes. Uma delas é fazer com que as pessoas se sintam cada vez mais acolhidas nos quase 13 mil metros quadrados do museu. Temos até uma brinquedoteca para a criançada”, explica a diretora do Museu da Cachaça, Cecilia Sarmento Pereira.

Sala dos Aromas

SERVIÇO MUSEU DA CACHAÇA Local: Avenida Antônio Carlos, 1250 Casa Blanca, Salinas/MG

Horários de visitação: Quartas, quintas e sextas-feiras: 14h às 20h | Sábado: 12h às 18h | Domingo: 7h às 13h Contato: (38) 3841-4800 MELOHUNTERDRONE

Venha conhecer o novo Topo do Mundo!

Edital de convocação para Assembleia Geral Extraordinária Senhores (as) associados (as) As seccionais associadas da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo – ABRAJET abaixo relacionadas, representando 1/5 do quadro associativo da entidade, conforme rege o seu Estatuto em conformidade com o art.36, vem através deste Edital, convocar todos os seus associados para Assembleia Geral Extraordinária a realizar-se no próximo dia 24 de agosto de 2018, no Wish Bahia Hotel, situado à Avenida Sete de Setembro, 1537, na capital do Estado da Bahia, iniciando-se os trabalhos às 08;30 horas em primeira convocação ou, na falta do quórum necessário, às 09;00 horas em segunda convocação, com qualquer número de presentes, para deliberarem sobre a seguinte ordem do dia: 1) Apreciação das Contas da Diretoria Executiva, 2016/2018; 2) Analise da situação da ABRAJET Nacional e de suas Seccionais; 3) Eleição da nova diretoria da ABRAJET nacional para o biênio 2018/2020; 4) Posse da diretoria Eleita; 5) O que ocorrer. Seccionais 1. Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo da Bahia- ABRAJET/BA Gorgônio B. Loureiro de Souza e Silva – CPF.531.342.908-63; 2.Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo da Paraíba- ABRAJET/PB Messina Palmeira Sobral de Vasconcelos Dias – CPF. 738.249.414-49; 3.Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo do MaranhãoABRAJET/MA - Gutemberg Marques Bogéa – 331.221.723-72; 4.Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo de Sergipe - ABRAJET/SE Nairson Barreto Socorro – CPF. 200.040.105-82; 5.Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo de Goiás- ABRAJET/GO José Adeu de Abreu Torres – CPF. 293.391.110-87; 6. Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo do Amazonas ABRAJET/AM - Paulo Roberto Pereira da Silva - CPF 308388608-10; 7. Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo de Minas GeraisABRAJET/MG - Antônio Claret Guerra - Presidente ad-hoc – CPF. 163347796-72; 8. Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo do Pará – ABRAJET/PA Nilton Guedes – 038.771.672-68. 9. Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo de Pernambuco ABRAJET/PE - Luiz Felipe Moura - CPF 092.792.104-91 Salvador, Bahia, 8 de agosto de 2018.

Av. Senador Milton Campos, 145 2º andar - Torre Alta Vila - 31 3575 5545 - 31 98771.2884 www.topodomundo.com


15

Belo Horizonte, MG - Brasil • 01 a 30 de agosto de 2018

M I N A S

G E R A I S

Minas Gerais lança Plano Estadual de Desenvolvimento da Gastronomia O governador Fernando Pimentel participou nesta quinta-feira (5/7), na Casa da Gastronomia Mineira – Espaço Mineiraria, em Belo Horizonte, do lançamento do Plano Estadual de Desenvolvimento da Gastronomia. Na ocasião, também foi inaugurada, de forma oficial, a Mineiraria, novo equipamento cultural da capital que é parte do Centro Cultural Presidente Itamar Franco e que receberá diversas atividades em comemoração ao Dia da Gastronomia Mineira, celebrado em 5 de julho. A presidente do Servas, Carolina Pimentel, também participou da cerimônia.

isso precisa ser usado a favor da economia e da cultura do Estado. “Nós trouxemos a gastronomia para o centro de decisões do governo. Não é só uma questão folclórica, é trazer isso para dentro do governo e fazer disso uma alavanca para o desenvolvimento. Porque a gastronomia, hoje o mundo inteiro sabe disso, puxa uma enorme cadeia produtiva. Começa lá na agricultura familiar, no processamento dos alimentos, no fornecimento dos insumos que aquela cadeia vai consumir e depois, ao entregar o produto, toda a cadeia turística que vem junto”, afirmou.

Em seu discurso, Fernando Pimentel ressaltou que Minas Gerais é identificada por sua gastronomia e que

Segundo o governador, iniciativas como o lançamento do Plano Estadual de Desenvolvimento da

MARCELO SANT’ANNA/IMPRENSA MG

Discurso do governador Fernando Pimentel (PT) EDY FERNANDES

Diretor-Geral do JORNAL MG TURISMO, jornalista Antônio Claret Guerra, com os presidentes da Belotur, Aluisio Malab, e da Abrasel Nacional, Paulo Nonaka

Praça da Liberdade é revitalizada em BH A Praça da Liberdade vai passar por uma ampla revitalização e as obras começam no mês de julho. A requalificação é resultado da parceria entre o Governo do Estado, por meio do Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (Iepha-MG), a Prefeitura de Belo Horizonte (PBH) e a Vale. O valor total das obras é de R$ 5,2 milhões e a previsão de entrega do novo espaço para a população é novembro. As intervenções incluem a reformulação do sistema de iluminação, pela Prefeitura de Belo Horizonte. Já o Iepha-MG e a Vale farão a restauração do Coreto, da estátua Ninfa e do piso da pista de caminhada, e a reinstalação das placas de monumentos e a reformulação do mobiliário que será substituído por equipamentos com padrões arrojados de design com a renovação de bancos e lixeiras. Tombada pelo Iepha-MG

Gastronomia e o lançamento da Casa da Gastronomia Mineira – Espaço Mineiraria, que buscam o incentivo à gastronomia, ao turismo e à cultura, estão sendo recuperadas pela atual gestão. “Essas iniciativas estão fazendo Minas Gerais respirar neste ambiente de crise que o Brasil está vivendo. O segredo é juntar o que nós sabemos fazer, os valores mais tradicionais, com a modernidade, com as melhores tecnologias para produzir alimentos de qualidade. Exemplos são os processos de certificação que estamos fazendo para o queijo, para o café, para a cachaça e que estão gerando premiações até internacionais para os nossos produtos, além de visibilidade”, completou.

Ramada Minascasa e Empório Toscanini recebem jornalistas em Press Trip LÚCIA SEBE/IMPRENSA MG

Bela vista da Praça da Liberdade

e pela PBH, a Praça da Liberdade é um dos locais mais emblemáticos da capital mineira e está presente na memória afetiva da população.

Cartão postal da capital mineira A Praça da Liberdade emerge como ponto emblemático da cidade de Belo Horizonte desde o período da sua construção, de 1895 a 1897, época também da inauguração da capital mineira, projetada pelo engenheiro Aarão Reis. Construída inicialmente sob a influência do paisagismo inglês naturalista, a praça passa por sua primeira grande reforma no ano de 1920, quando adota o estilo francês, inspirado nos jardins de Versailles, por ocasião da importante visita dos reis da Bélgica à Belo Horizonte.

DIVULGAÇÃO BELOTUR

Divulgar a capital mineira e o seu entorno enquanto um destino turístico no cenário nacional, a partir das programações culturais fixas, do roteiro gastronômico e de uma hotelaria renovada e com excelência no prazer em servir. Com este objetivo, a Belotur e parceiros como o Ramada Encore Minascasa e o Empório Toscanini receberam, no último final de semana, jornalistas dos veículos Brasilturis, Catraca Livre, Correio Braziliense, o Globo, Panrotas e Prazeres da Mesa, para um press trip. Na programação, visita ao Mercado Central, ao Inhotim, ao Museu de Artes e Ofícios, as atividades do Arraiá de Belô, do Circuito Sapucaí, da Festa Italiana, entre outros. Segundo o gerente geral do Ramada Encore Minascasa, Moisés Correia, hotel anfitrião dos jornalistas, este tipo de iniciativa tende a potencializar ainda

Jornalistas nacionais em frente ao Hotel Encore Minascasa

mais a divulgação da capital mineira como um destino para ser visitado durante todo o ano, pois além de ser uma cidade onde o turismo de negócios já é consolidado, ainda é preciso investir na divulgação de Belo Horizonte e do seu entorno como um destino de lazer. “Poder mostrar o que temos de melhor e destacar os diferenciais da cultura mineira para os formadores de opinião é uma das ações que precisam ser feitas para atrairmos um maior número de turistas para nossos finais de semana, além de levar informação de qualidade para as pessoas”, disse Moisés.


16

Belo Horizonte, MG - Brasil • 01 a 30 de agosto de 2018

I N T E R N A C I O N A L

Uma bebida para cada país: conheça as que você não pode perder Tudo bem, sabemos que quando você viaja, uma das coisas mais procuradas é a bebida típica do local. Vinhos na Itália, Cerveja na Alemanha… e por aí vai. É possível saber os costumes de um povo pelo que ele come… e bebe. Por isso, preparamos um artigo sobre as bebidas que você não pode deixar de provar mundo afora. Claro que no Brasil tem todas elas… mas parece que fica mais gostoso bebendo lá fora, né?

Brandy de Jerez

Raki Tradicional passagem entre a Europa e a Ásia, a Turquia incorporou duas culturas tão diferentes em seu dia a dia. Ocidente e Oriente mistura-se no dia a dia das cidades turcas, que recebem quase 40 milhões de visitantes anualmente. Quem passa pelo país quer conhecer um pouco do Raki, licor de uva e figos com aroma de anis, cujo teor alcoólico chega próximo dos 45%. É uma bebida muito popular no mundo árabe, consumida por mais de 60 milhões de pessoas na região.

Cerveja Um dos países mais ricos do mundo, e palco de grandes transformações da história nos últimos séculos, a Alemanha recebe mais de 35 milhões de turistas, principalmente nas cidades de Berlim, Frankfurt e Munique. As cervejarias alemãs são responsáveis pela fabricação de um terço das mais de 15 mil variedades de cerveja. Além disso, o país celebra há mais de 500 anos o Preceito da Pureza, receita que ajudou a moldar a qualidade da bebida fermentada no país europeu. Além disso, há escolas de cerveja espalhadas pelo país. Beber cerveja é tradição, é sabor e é um momento que os alemães adoram.

Whisky O império reúne Escócia, Inglaterra, Irlanda do Norte e País de Gales e recebe uma média de 32,6 milhões de turistas todos os anos. A maior parte está interessada nas grandes cidades inglesas, como Londres, mas preferem desfrutar é o bom e velho whisky escocês. O país, localizado ao norte da ilha de Grã-Bretanha, é o berço e principal produtor da bebida destilada de grãos e envelhecida em barris. É um dos principais itens de exportação da região, com mais de 100 destilarias espalhadas em toda a Escócia.

Um dos principais países a explorar as grandes navegações na Idade Média, a Espanha viu a rota se inverter, sendo ponto de chegada de mais de 68 milhões de turistas de todos os cantos do mundo dispostos a conhecer um pouco mais sobre o país europeu. Lá, é possível apreciar um bom conhaque, mas não qualquer um. A bebida típica é o Brandy de Jerez, destilado de uva feito na região de Jerez e protegido por leis federais que garantem a qualidade de fabricação e armazenamento da bebida.

Espumante

Vodka Mais de 30 milhões de pessoas costumam visitar a Rússia anualmente e estão interessadas na arquitetura clássica oriental, a efervescência cultural, sua importância política no último século e, claro, apreciar uma boa Vodka. A bebida, destilada de grãos e legumes, possui alto teor alcoólico e se transformou em um dos principais símbolos russos no Ocidente. Na Rússia, a Vodka é consumida junto com pães e afins. Delícia, não?

Tequila Único representante latino-americano da lista, o México recebe 32 milhões de turistas, interessados especialmente na sua história indígena, na sua gastronomia peculiar e também na tequila que embala festas e celebrações. A bebida típica mexicana é um destilado produzido a partir da planta agave-azul e batizada em homenagem a sua cidade de origem. Para proteger seu produto, o governo mexicano limitou a produção da iguaria apenas na região do estado de Jalisco, berço da receita.

Vinho Berço de um dos maiores impérios da antiguidade, a Itália preservou grandes patrimônios arqueológicos do período, um dos motivos para os mais de 50 milhões de turistas que visitam o país – além, é claro, da riquíssima gastronomia e da ampla oferta de vinhos. É impossível separar a bebida da formação histórica do país. A bebida fermentada da uva acompanha a sociedade italiana antes mesmo do início do Império Romano e faz dela um dos maiores, e melhores, produtos internacionais da iguaria.

Mais de 85 milhões de pessoas escolhem a França como principal destino turístico e isso tem explicação lógica: o país abriga cidades belíssimas, paisagens naturais indescritíveis e é lar de grandes obras culturais da humanidade. Os franceses também têm outra coisa do que se orgulhar: os espumantes. Ou melhor, “o espumante original”, conhecido como Champagne e originário da região de mesmo nome. É um vinho com maior teor de gás carbônico, resultando nas borbulhas características da bebida.

Huang Jiu Único país asiático entre os mais visitados, a China é o país mais populoso do planeta, centro de grande desenvolvimento tecnológico e um dos berços da humanidade, atraindo mais de 57 milhões de turistas em suas cidades. A bebida típica por lá é o Huang Jiu, fermentado a partir de cereais, principalmente arroz, e que é conhecido como “vinho amarelo”. Mesmo assim, o teor alcoólico chega a 20% e o frasco costuma ser um show à parte, feito de argila terracota.

Bourbon Principal economia do mundo e lugar de cidades que fantasiam a imaginação dos turistas, como Nova York, Miami e Los Angeles, os Estados Unidos recebem anualmente mais de 77 milhões de viajantes de todos os lugares do mundo. Apesar da sua identidade cosmopolita, os norte-americanos também têm uma bebida nacional: o Bourbon. Uma variação do whisky, ele nasceu no estado de Kentucky, é produzido com 51% de milho e envelhecido por dois anos, no mínimo, em tonéis de carvalho.

Jornal MG Turismo — Ano XXXIII — Número 376 — 1º a 31 de Agosto de 2018  
Jornal MG Turismo — Ano XXXIII — Número 376 — 1º a 31 de Agosto de 2018  
Advertisement