Page 8

girodanotícia Maceió ganha novo voo regular e direto para Congonhas (SP) A partir do dia 2 de abril, Maceió passa a ter dois novos trechos diretos e semanais operados pela Companhia Aérea Azul, aos sábados, que ligarão a capital ao Aeroporto de Congonhas. Apesar de ainda aguardar a aprovação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), a Azul já divulga os novos trechos como regulares, ou seja, serão operados durante todo o ano. As viagens serão feitas com jatos Embraer 195, equipados com 118 assentos e Tv ao vivo. De acordo com a Azul, a decisão de oferecer os novos voos visa interligar o Sudeste a alguns dos destinos turísticos mais procurados pelos brasileiros - além de Maceió, capitais como Salvador, Fortaleza, Natal e Recife também contarão com ligação à Congonhas e Guarulhos aos sábados. Se tudo for confirmado, um dos trechos sai do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo, com destino à capital alagoana - que não contava com o trajeto aos sábados. A previsão é que o voo saia de Congonhas às 6h30, chegando a Maceió às 9h30. A opção de volta sai às 10h00 de Maceió, aterrissando às 13h00 em São Paulo. Esses horários podem ser modificados, de acordo com a aprovação da Anac. As passagens, assim como os roteiros da Azul Viagens, serão colocadas à venda assim que os voos receberem aprovação da Anac.

Agenda A

8

turismo & negócios

Fábrica da Portobello foi uma dos mais recentes empreendimentos inaugurado

Alagoas ganhará quatro novas indústrias no primeiro semestre deste ano a contramão da crise e com o foco no desenvolvimento do Estado, o Governo de Alagoas busca alternativas para movimentar a economia local e gerar emprego e renda para os alagoanos. Através da política de prospecção adotada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), novas empresas chegam a Alagoas para impulsionar e fortalecer as cadeias produtivas existentes no Estado. Atualmente, 21 empresas estão em processo de instalação em Alagoas. Ainda no primeiro semestre deste ano, serão inauguradas as fábricas dos grupos Cimento Zumbi, Alaplásticos, Lemix e Atacadista de Paletes de Madeira. As regiões onde estão sendo instaladas as indústrias foram escolhidas de acordo com as necessidades de cada empresa.

N

Durante o ano, os municípios de Maceió, Marechal Deodoro, Rio Largo, Murici e Teotonio Vilela vão receber novos empreendimentos. Para o superintendente de Indústria e Comercio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo (Sedetur), André Luiz Gomes, a expectativa para o ano de 2016 é positiva e deverá alavancar a economia, beneficiando diretamente a população local. “As empresas que estão em instalação serão responsáveis por um investimento de R$ 1,3 bilhão e deverão gerar mais de 2.500 empregos. Esse impacto positivo é resultado de um intenso trabalho de prospecção e viabilidade dos projetos. Com isso, vamos fortalecer as cadeias produtivas e gerar emprego e renda, através da diversificação na economia”, explicou o superintendente.

A CRISE, OS JOVENS E AS OPORTUNIDADES Na percepção dos estudantes, a crise econômica impactou diretamente sua colocação no mercado de trabalho. Pesquisa do CIEE revela que 78% dos jovens tiveram dificul­dades para encontrar oportunidades de estágio ou de trabalho. Outro levantamento mostra que 84% almejam conquistar um estágio ou um emprego efetivo em 2016. As duas pesquisas foram feitas pela internet e contaram com a participação de, respectivamente, 5,6 mil e 7 mil respondentes. O início do ano é um bom momento para que as metas dos jovens sejam atin­gidas: grande parte das empresas está renovando os quadros de estagiários e aprendizes. Mais informações: www.ciee.org.br.

Profile for andreamcz@bol.com.br

Revista T&N nº 149  

A T&N é uma publicação bimestral, toda em policromia e em papel couché, especializada em turismo e negócios em geral com 5.000 exemplares de...

Revista T&N nº 149  

A T&N é uma publicação bimestral, toda em policromia e em papel couché, especializada em turismo e negócios em geral com 5.000 exemplares de...

Advertisement