Page 25

TRÊS PERGUNTAS ANDRÉ JESUS RESPONSÁVEL DA OFICINA UNICAUTEX Em cima os pellets usados para o aquecimento, num sistema que pode ser adaptado às principais estufas de pintura

PERGUNTAS FREQUENTES Utilizo o mesmo quadro de controlo elétrico? Sim, utiliza o mesmo quadro de controlo da estufa como utiliza hoje. Não é necessária instalação de sondas ou alterações elétricas ao equipamento do controlador existente. Para que serve o quadro fornecido com o queimador? Para programação de instalação e operações específicas do queimador. A queima de biomassa produz cinzas. Quais as consequências da existência de cinzas? Está é a verdadeira diferença e inconveniente do queimador a biomassa. Os queimadores a gasóleo ou gás não produzem cinzas e os queimadores a biomassa sim. Cerca de 1% do combustível queimado fica sobre a forma de cinzas na câmara de combustão da estufa. Por este motivo, a câmara de combustão deve ser limpa uma vez por semana. Como se limpa a câmara de combustão? É uma operação simples e que não demora mais de 20 minutos. Desapertam-se os quatro parafusos que fixam o queimador e com um aspirador aspiram-se as cinzas. Em alguns modelos de estufas existe uma porta própria para o efeito. A cinza cai na pintura? Não. O ar de combustão não se mistura com o ar que vai para o interior da estufa, saíndo pela chaminé. Depois de fazer a conversão, o que acontece ao queimador a gasóleo existente? O queimador fica desativado, embora possa ser colocado quando o pretender de forma muito simples. Ele pode ser utilizado, por exemplo, se tiver uma rutura de stock de pellets. Basta trocar os queimadores e chapa de suporte. Onde posso comprar pellets? Pode comprar à SolarWaters ou localmente. Os pellets são um combustível bastante comum e existem hoje em superfícies como o AKI, Leroy Merlin ou Agriloja. A oficina (ou rede de oficinas) podem negociar diretamente com um fornecedor para conseguir melhores preços.

muitas vezes nas oficinas não têm noção que a estufa tem esse problema”, explica Fernando Basto. Agora a estratégia da SolarWaters, que tem muita experiência em questões de eficiência energética e biomassa, passa por divulgar este sistema e, para isso, conta com um protocolo com a ANECRA e também com o apoio e certificação (com testes que indicam bom funcionamento com o queimador a biomassa) por parte das duas principais empresas que trabalham o mercado das estufas em Portugal: Equiassiste e Cetrus. “Um dos problemas

é a resistência à mudança das oficinas, normal quando surge um produto novo no mercado, mas estamos cá para mostrar as reais poupanças que o nosso produto permite”, explica Fernando Basto. O processo de conversão da estufa de pintura passa sempre pelo processo de uma análise da SolarWaters em relação ao consumo médio mensal de combustível e também por uma visita técnica para retirar medidas, verificar o local de instalação e retirar dúvidas. Fernando Basto estima que existam cerca de 3000 estufas de pintura em Portugal e, para todas elas, a

Porque decidiu optar por este sistema e ser uma das duas primeiras oficinas a instalá-lo? Foi uma junção de fatores que me levou a não hesitar. Estou sempre à procura de soluções inovadoras e soluções alternativas que sejam mais eficientes. Neste caso, a poupança de dinheiro por mês é significativa. Já consegue fazer um cálculo de quanto poupa face ao anterior sistema a gasóleo que usava? No primeiro mês de utilização, com algumas adaptações que fizemos por ser a primeira unidade instalada, conseguimos sempre uma poupança acima dos 50% face ao gasóleo que gastávamos anteriormente. Num mês gastei cerca de 180 euros em pellets. Para fazer esse mesmo serviço teria que gastar entre 350 e 400 euros de gasóleo. Quais as grandes diferenças no funcionamento? Em termos de funcionamento há duas diferenças mais visíveis: uma é o facto de produzir cinza que é preciso limpar. Outra é o arranque que é mais lento, porque este sistema demora mais a aquecer. É como se fosse uma lareira em que é preciso queimar primeiro alguns pellets para que a temperatura comece a subir. É uma diferença de 7 a 10 minutos mas basta que quem está a trabalhar tenha essa informação e ligue o sistema uns minutos antes.

SolarWaters tem uma solução de poupança. Além da possibilidade de compra deste sistema, a SolarWaters aposta na solução renting, que não implica investimento inicial. Assim, por exemplo, para o renting de um queimador de 150 kW o preço mensal é de 190€+IVA, enquanto para um queimador de 250 kW é de 250€+IVA. Mesmo com o valor do renting, o valor mensal gasto é mais barato. Uma estufa que gaste 600 euros mensais de gasóleo, passa a gastar apenas 430 euros mensais (com os 240 euros equivalentes do consumo de pellets e os 190 euros do renting). MAIO 2014

|

TURBO OFICINA

25

Turbo Oficina 24  
Turbo Oficina 24  

A TURBO OFICINA deste mês dá destaque aos filtros, um dos componentes mais importantes e com mais rotação nos automóveis. Ouvimos os princip...

Advertisement