Issuu on Google+

TSX N E W S

Publicação da TRANSAEX TSX NEWS | Venda Proibida ANO 3 - Edição 36 • MAI-JUN/2011 Visite nosso site: www.tsxnews.com.br

Impresso - Envelopamento autorizado. Pode ser aberto pelo ECT

Stakeholders Delson de Miranda Tolentino Conselheiro da Broadspan Capital e consultor de empresas

O

que é credibilidade? É quando se diz e faz; prometeu, cumpriu. Palavra é compromisso. No mundo empresarial é um princípio fundamental. Na visão de Delson de Miranda Tolentino, conselheiro da Broadspan Capital, instituição f inanceira que presta serviços de Investment Banking e Asset Management, e consultor de empresas, a credibilidade é o resultado de atitudes, do comportamento na vida pessoal e prof issional. Isso em qualquer área de negócio.

• Em sua opinião, qual a importância da credibilidade nas organizações?

• E como é possível ter a credibilidade dos stakeholders?

Considero a credibilidade de todos os stakeholders imprescindível para o sucesso de qualquer organização. Hoje, os novos diferenciais do mercado para as empresas são questões como sustentabilidade, responsabilidade social, tecnologia, inovação, compromisso com a transparência junto a todos os públicos, além da capacidade de manter com os seus colaboradores uma relação leal e sincera. Para cumprir a missão e atingir objetivos, é preciso ter desafios e acreditar nos resultados almejados: nas empresas - o lucro com responsabilidade social - e nas associações sem fins lucrativos, como clubes sociais, por exemplo, atingir a plena satisfação e alegria de viver, por meio do lazer, do esporte, da cultura e da educação.

Expondo a verdade, sempre, ainda que não agrade a todos. Para isso, a comunicação corporativa bem feita e acessível a todos é fundamental. Os bons resultados obtidos e a contribuição de cada um devem ser amplamente divulgados. Isso aumenta a motivação e o desejo de contribuir ainda mais. Por outro lado, os resultados negativos, o desempenho insuficiente e até mesmo os acidentes devem ser divulgados para serem corrigidos. Dentro da empresa, a comunicação direta do chefe, apoiada pelos diversos instrumentos disponíveis (jornais, boletins de circulação interna, TV, intranet e outros), expondo a verdade, são fatores de aumento de credibilidade.


Entrevista DDelson

função da capacidade de seus colaboradores. Empregados capacitados significam uma empresa melhor e mais preparada. Se eles são reconhecidos pelos seus valores morais, intelectuais e profissionalismo, a tendência é atribuir estas finalidades à instituição a que estiveram ligados. A empresa é boa quando seus colaboradores são bons, competentes, sérios e verdadeiros. Afinal, transferem credibilidade à empresa, que é feita de pessoas.

• O senhor foi dirigente de grandes empresas que passaram por processos de reestruturação financeira. Como é possível convencer credores de que existe solução para uma grave crise? Simplesmente mostrando a verdade. Estou plenamente convencido de que todos - governo, instituições financeiras, fornecedores e credores em geral - são parceiros no processo de reestruturação financeira das empresas. É preciso mostrar a realidade, ainda que difícil, apresentar propostas e soluções com a maior transparência e clareza, principalmente no que diz respeito à disposição para atingir os objetivos. Dou como exemplo a Açominas, de 1985, que estava paralisada e com enorme passivo. Era preciso reorganizar todo o endividamento e captar novos recursos para colocá-la em operação. Sem saber que era impossível, mas acreditando, em pouco mais de um ano a colocamos em marcha, graças ao esforço de seus colaboradores e à confiança de todos os stakeholdres.

• O senhor também tem vasta atuação na área esportiva. Como é possível trabalhar com credibilidade nesse meio? No esporte é mais difícil porque prevalecem as emoções e, às vezes, faltam equilíbrio emocional e bom senso. Nas derrotas, perde-se a credibilidade e no dia seguinte às vitórias recupera-se. Há de se ter equilíbrio. O dirigente esportivo somente pode ter emoções durante as disputas esportivas, colocando-se como exemplo para atletas e torcedores. Para ter credibilidade em esporte, não bastam as conquistas esportivas, mas a contribuição espontânea que leve ao crescimento do clube e ao au-

de Miranda Tolentino

• Quem seria o maior exemplo de credibilidade que você teve contato em sua trajetória profissional?

mento da felicidade na vida de muitos. • Quais as estratégias mais eficientes para ter a credibilidade interna e externa? Tão importante quanto construir é manter o que se construiu. Uma imagem de credibilidade pode ser destruída de uma hora para outra se não nos empenharmos em sua constante manutenção e se não estivermos atentos e vigilantes. Para adquirir e manter a credibilidade é importante ter em mente que existe um conjunto de atributos que conferem a uma ideia, uma instituição, um indivíduo e até a um produto a condição de serem respeitados e mesmo admirados pela sociedade. A credibilidade também não pode ser confundida com unanimidade. • De que maneira os colaboradores podem contribuir para a credibilidade das empresas? Estou convencido de que a credibilidade das organizações é adquirida em

Rinaldo Campos Soares, com quem trabalhei muitos anos na Usiminas. Ele foi um homem de inegáveis qualidades morais, intelectuais e profissionais, além de grande líder, com grande credibilidade interna e externa. Rinaldo foi um grande exemplo de dirigente empresarial e grande figura humana. Desfrutava de imenso prestígio e admiração. Ele defendia os valores e a cultura da Usiminas. Rinaldo foi de fato um exemplo de líder com grande credibilidade. Dizia que não se muda a cultura, tampouco se mudam os valores de uma organização. Importante, segundo ele, era avançar na direção de mudanças que modernizam as empresas, ampliam sua competência e aumentam os seus resultados, com responsabilidade social. Para ele, paralelamente à produção e ao lucro, a empresa tem um compromisso com o social e deve buscar a plena realização da pessoa humana do trabalhador, nos planos material e espiritual. Importam também a felicidade da vida, a estrutura familiar, a educação, a saúde, a habitação e o meio ambiente. Este é o perfil de líder com credibilidade que todos desejamos.

TSX

PUBLICAÇÃO TRANSAEX • TSX NEWS ANO 3 - EDIÇÃO 36 • MAI-JUN/2011 | Venda Proibida

N E W S

Matriz: Rua Alagoas , 1000 - Conj 1001 Funcionários - Belo Horizonte / MG - 30130-160 Tel: (31) 3232.4252 - www.transaex.com.br


STAKEHOLDERS - Delson de Miranda Tolentino (Maio/Junho - 2011)