Page 1

1ªEDIÇÃO 01/03/2019

tripas bertmarços


orient -te DROP THE MIC

A Arte e A Vida - João Garcia Miguel

ATRÁS DAS CORTINAS o outro lado de Rita Costa

A-GEN(TE)-DA

(Cia JGM e TEATRO IBÉRICO)

CENAS

com as tripas ao sol, vamos falar de nada em especial Oração da Carne

BADAJOZ À VISTA

Casa da Bernarda Alba no Festival Mitem, em Budapeste Jacco Gadner ao vivo no Teatro

Imagem | Comunicação Direção Artística | Edição e Redação _Joana Júdice versão digital


a, stic í t r a que al e ltur de diz , no u c on ão é aso e te c Torga ivilizaç s ond s e o l n r c s. e , u vida e Migu quanto de m s eleito a d a d en uíd se gun ios itár na fra truído tá pol ara al ento n or u s s p im esso on bal e enas am ados p t s c s a r s a r f glo exp stem emo e ap um a empur Por e si á bem que t ssa era todos o . fe e d s a m r o o co m do atástro çã os est es”. O ta no para o a a a l s i n a r , ec ec os tic ass des red ncio ão a ado de d os artís ou pa iversal ez men ia e fu r um l ção av gens d ios est ez a d i a un liz ad ros av ima unitár cada v ess . Po cíci nec e exer em mu sto. O ão cad a cad ilacera niversa olado m o a o r c s o as i erand e um s alt nos d ma u traz cia rdens ocal s u op m e o s r e i p s t a d a l u u s e ma As as o é o pelo s os lug anta m de que mpõe ão que ssos si so rec riação de for esta l a m i s s e ç a c v r a o co iver oluído síveis e le plicid ização integra . Os n e fraca ição a spalha tentad e nós n s u e s p l u s o s u e a a d “o nto, se e vezes a um d rocura opo uez letiv inac ma e de ão q glob enta gares a pris mos u nde a ento d l ao co de fraq os. Por em não uitas ad ep e u a r m c . A art idades m m o l t m v s a e u i u i u o o t á o d V t m e i é ã o h r . tei sen ndiv os raçã cal e xist abil ciaç ado men dor O lo ntegra e integ os um m do i os mo s uns d ada um a asso que e um cri e prob rio, qu e i á m i h c d e r t l a m d e a s i , a i t d a t m io de c n de É u ência ngen volve- imun iativa ra forç fren rien r vez te. este uma o, expe ue se e de en s cada ar próp uamen frequ is abra u. E de istema rma cr tica pa q a m t s r e fo de é out ruição acidad abemo é o lug se mu -se co rma m ão e cé e um os d ualida nos e ime p S u t a h o s a a l . g s f c r s c r m a e e r f a l t e e e q ia d a c ve n d te ma quotid do sub ção der icilme que a da ser século ta, ou serve d que se eos fra u r e c p f r de a vi tân rtis em ntém a de lhe imo dire s di da uga mai imento arte e No últ derar a o que eríodo instan arte co sificad í, no l ar em co a vi eis. v i . a e t i s A p s m s a i t í A n . a s r ó u sv a n d . se ativa a vi se co nto cri a é um aqueza tempo ente m lime. S ens a r ar em impos r m e a c d r e r b s m op rte co vi ar as f er no a cor colo irmo cada o su s ho op .A atam da a impuls arreb rescer atendo estend gem d ncias d leva o l está a e exig os a o em os mar xperiê o que aciona ento d olocarm e estã s que um a esse er e flo i comb rvar e à u e id c d a e m o se çã iz iva na v e esten iativa v e pres locar- ura de e exce o civil m mo e nos tivos q s criat que sã ente. u s d e s c o r j a s s s c c É e e alm b ic e o ro so de rma jetivo d pele a uma p exces o proc e nós. rrente ca de o e prát xercíci ndividu o f d o m n ss de de bus ábitos ndo e iste i o ob e o i da c cia ncia a um o no com ista qu existê exigên ente d e cad r parte ente em otar h realiza que ex d t d e , a o ar a a su ntar a se pres ncia a ita faz teriorm urar a ntínua criativo a c ê d a o v n o m f i o u n c r e r l q e a A fu ode e os nte p ança par os p ons vel. irm se p possí por c que n divid aname a mud esafio i s e d m a ao i laneta a étic . De no quotid mo um m um r o u p e c a m do epens arge ão e d vida o com a r De nte à m mutaç Viver rnando . a e r t o t t a s n e in a, nç man m alca ada di r e p c cure em pro entes r dife

JOÃO GARCIA MIGUEL DROP THE MIC


RITA COSTA ATRÁS DAS CORTINAS Do departamento das coisas extraordinariamente inadequadas eis que, numa insistência quase doentia, e sob a sombra de uma quase ameaça, surge a proposta de escrever sobre “o outro lado da Rita Costa”, e depressa. Ai. Com tanta coisa interessante para se falar... Penso logo em qual lado. Não tenho nenhum lado que me favoreça, mas gosto mais do lado esquerdo, onde não tenho uma borbulha que partilha casa com uma amiga. Bom, tenho de ser séria não é?! É isto que me caracteriza. Ou pelo menos uma das coisas que me caracteriza. (Pausa longa) Não sei mesmo... Ser séria, claro, porque escrever sobre mim é facílimo. Gosto de Whisky, faz-me lembrar o Bukowski quando escreveu Blue Bird - Gosto de imaginar que foi num café nojento e mal cheiroso que ele, bêbado, conseguiu cuspir tal poema. De resto prefiro Sagres a Super Bock!


A-GEN(

AGENDA DA COMPANHIA JOĂƒO GARCIA MIGUEL_ 03 | 19 Casa da Bernarda Alba Teatro Circo Braga_ dia 8 Ă s 21h30 Oração da Carne Teatro IbĂŠrico_ 20 a 24, 27, 28, 30 e 31 Ă s 21h30 Teatro Cine Torres Vedras_ 29 Ă s 21h30

“Sinto a poesia, a vida, o olhar e a missĂŁo artĂ­stica de Federico GarcĂ­a Lorca como uma conexĂŁo profunda com a terra e o corpo. Esses sĂŁo como parceiros e cĂşmplices de sempre, antigos. A ligação com a escrita e o universo de Lorca ĂŠ um entendimento do cosmos, uma herança perdida e reencontrada, que se funda na lama em que se mergulha, procurando as sementes de flores. E mĂşsica.â€?

JoĂŁo Garcia Miguel

A CASA DE BERNARDA ALBA NO THEATRO CIRCO, EM BRAGA BUDAPESTE HUNGRIA

8 DE MARÇO

A CASA DE BERNARDA ALBA, da Companhia João Garcia Miguel (Cia JGM), ESGOTOU o Teatro IbÊrico, em outubro de 2018. Depois esteve em São Paulo, no Brasil, no Festival Yesu Luso - teatro em língua portuguesa, e desde então tem andado em digressão por Portugal. No dia 8 de março a peça vai estar no Teatro Circo, em Braga, às 21h30 e em Abril voarå atÊ Budapeste, na República Checa. A peça parte do texto de Federico García Lorca e a adaptação e encenação são de João Garcia Miguel. 0DLVLQIRUPDo}HVFRQWDFWHFRQVXOWRULD#DOFLQDPRQWHLURSW_

Fundada hå 16 anos, em 2002, a Companhia João Garcia Miguel Ê uma companhia de criação artística contemporânea que pesquisa o desenvolvimento artístico e criativo em artes performativas, exploradas no teatro. No percurso da companhia, a busca de uma diferença, uma singularidade, acompanham cada nova criação. As suas criaçþes foram por vårias vezes distinguidas e premiadas, sendo a mais recente em 2014 com o PrÊmio SPA para o Melhor Espetåculo de Teatro, com a peça Yerma. A Cia JGM Ê uma estrutura financiada pelo Governo De Portugal; Secretårio de Estado da Cultura; Direção Geral Das Artes.

Na interpretação temos atores de vårios contextos e culturas, que dão corpo às personagens. O conceituado ator irlandês 6HDQ2¡&DOODJKDQp%HUQDUGD$OEDDDWUL]6DUDGH&DVWUR DSDUHFHFRPRDVLUPmV$QJ~VWLDVH0DUWtULR$MRYHPDWUL] SRUWXJXHVD%HDWUL]*RGLQKRp$GHODRXWUDILOKDGH%HUQDUGD $OEDHRMRYHPHJUDQGHDWRUSRUWXJXrV'XDUWH0HORVXUJH QRSDSHOGD*RYHUQDQWD%HUQDUGD$OEDSHUVRQDJHPFHQWUDO GRWH[WRpXPDPDWULDUFDGRPLQDGRUDTXHPDQWpPDVFLQFR ILOKDV$QJ~VWLDV0DGDOHQD0DUWtULR$PpOLDH$GHODVRE YLJLOkQFLDLPSODFiYHOWUDQVIRUPDQGRDFDVDRQGHYLYHP VLWXDGDQXPSHTXHQRSRYRDGRGH(VSDQKDQXPFDOGHLUmR GHWHQV}HVSUHVWHVDH[SORGLU&RPDPRUWHGRVHJXQGR PDULGR%HUQDUGDGHFUHWDXPOXWRGHRLWRDQRVHVXEPHWHDV ILOKDVjUHFOXVmRGHQWURGDVIULDVSDUHGHVGDFDVDFRPDV MDQHODVIHFKDGDV'XDVGDVILOKDVSRUpPDSDL[RQDGDVSHOR PHVPRJDODQWHDGRUGDVUHGRQGH]DVXPUDSD]GHYLQWHH FLQFRDQRVFKDPDGR3HSH5RPDQRGHVHQFDGHLDPXPD disputa cruel e perigosa para conquistarem o amor desse KRPHPFRPFRQVHTXrQFLDVWUiJLFDV

FOTOGRAFIA DE MARIANA SILVA

“A escolha de A CASA DE BERNARDA ALBA ĂŠ um apelo contra o isolamento que aumenta no mundo. É por isso um libelo, um resistir. Regressam as Bernardas Albas crescendo Ă luz cruel dos nossos dias, como monstros que despedaçam vidas. As Bernardas Albas fecham as casas, que ĂŠ como quem diz as nossas instituiçþes e sĂŁo cada dia mais coercivas. As oportunidades nĂŁo sĂŁo iguais para todos.â€?


(te)-DA AGENDA TEATRO IBÉRICO_ 03 | 19 Roda Bota Fora dia 8 às 21h30 Oração da Carne 20 a 24, 27, 28, 30 e 31 às 21h30


JOANA JÚDICE

COM AS TRIPAS SOL


desc

onfio

de m

im...

Música | Vítor Rua ESPECIAL NADA | ORAÇÃO DA CARNE | COM AS TRIPAS AO SOL Figurinos e Apoio à Cenografia | Rute Osório de Castro texto, direção e espaço cénico Desenho de Luz | Roger Madureira e JGM Direcção de Produção | Georgina Pires Produção Internacional | Vesela Molovska Assistência de Encenação | Rita Costa “Lá vamos nós outra vez. Falar de nós e do mundo. Falar de vocês e do que não sabemos ainda. A escrita Comunicação e Imagem | Joana Júdice para teatro é um meio de expressão que me fascina e Assessoria Dramatúrgica ao Movimento | Luca Aprea abala, pois é sempre tão visível o que sou e sinto através das palavras que tenho evitado essa expressão. Assessoria de Imprensa | Alcina Monteiro A chegada aqui é então um caminho longo que tem Assistente de Produção | Telma Grova sido feito de recuos, muitos, e poucos avanços. Apoio Técnico | AUDEX Sinto a escrita como um gesto interior que ao passar

João Garcia Miguel

AO uma co-produção

para fora — para o mundo partilhado — semelhante a colocar as tripas ao sol, ou talvez melhor seja dizer, quando escrevo faço das tripas coração. Ou, neste caso, construo uma oração da carne. Ou talvez seja apenas um gesto especial que é nada, afinal. Um engano maravilhoso do coração levado pela cabeça. O que há de doloroso e temível nesse ponto estranho e intraduzível que se chama coração? Ou pulmão, espinha dorsal ou luzes instantâneas por detrás dos olhos? São todos pontos espalhados naquilo que inegavelmente chamamos de forma obscura: o corpo. (...) Ou como quem diz, as palavras, as ideias, as imagens, os sentidos.” (ver crónica de João Garcia Miguel sobre Teatro e Sociedade)

com o apoio


oh elvas oh elvas


BADAJOZ À VISTA A CASA DE BERNARDA ALBA NO FESTIVAL MITEM, EM BUDAPESTE

27 a 30 DE ABRIL

A CASA DE BERNARDA ALBA, da Companhia João Garcia Miguel (Cia JGM), ESGOTOU o Teatro Ibérico, em outubro de 2018. Depois esteve em São Paulo, no Brasil, no Festival Yesu Luso - teatro em língua portuguesa, e desde então tem andado em digressão por Portugal. No dia 8 de março a peça vai estar no Theatro Circo, em Braga, às 21h30, e em Abril voará até Budapeste, na Hungria, apresentando o espetáculo no Festival MITEM, dia 30, às 5 da tarde. A peça, parte do texto de Federico García Lorca, adaptada e encenada por João Garcia Miguel será apresentada, lado a lado, numa programação com alguns dos melhores encenadores do cenário europeu.

BROCHURA DO FESTIVAL MITEM PROGRAMAÇÃO https://nemzetiszinhaz.hu/uploads/files/ pdf/MITEM_sajtoanyag_2019_en.pdf Fotografia: Mariana Silva


NEWSLETTER MENSAL COMPANHIA JGM E TEATRO IBÉRICO 1ªEDIÇÃO - MARÇO19 info@teatroiberico.org facebook.com/teatroiberico | instagram.com/teatro_iberico facebook.com/companhiajgm | instagram.com/companhia_jgm www.joaogarciamiguel.com

Teatro Ibérico - Centro de Cultura e Pesquisa de Arte Teatral Rua de Xabregas, nº 54, 1900-440 Lisboa

Profile for TripasAbertas_Newsletter_TeatroIbérico&CiaJGM

TRIPAS ABERTAS 1ªEDIÇÃO - 03 | 19  

New
Advertisement