Issuu on Google+

STP comemora


editorial


Construindo histórias Reconheci nesse mercado um forte potencial de trabalho e entrei de cabeça. Dediquei boa parte das minhas energias para fazer esse projeto crescer e se profissionalizar cada vez mais. Hoje vejo minhas expectativas realizadas. Trabalhar nessa empresa é construir uma história de muito, muito sucesso. Depois desses dez anos, posso dizer com convicção que ainda temos muito fôlego para ir adiante. Todos os nossos projetos, metas e expectativas podem ser alcançadas e superadas se espalharmos por toda

a companhia esse mesmo sentimento. Temos a oportunidade de trabalhar em uma empresa e fazer parte da construção da sua história. Quando penso no meu trabalho, vejo que não há nada mais compensador do que ouvir um cliente comentar o quanto nossos serviços fazem parte da sua vida e colaboram na sua mobilidade. Estamos em uma atividade extremamente relevante no mercado nacional, oferecendo um serviço único e fazendo isso com excelência. Nossa busca, agora, é agregar cada vez mais valor aos nossos produtos, de forma que consigamos reunir mais peças a essa trajetória de sucesso.

Pedro Donda Presidente

3

Sem Parar comemora 10 anos

• • • editorial • • •

divulgação

Minha relação com a STP começou em 2006. Assumi a presidência da companhia porque consegui identificar nessa empresa a possibilidade de escrever parte de uma história.


agradecimento

Sem Parar comemora 10 anos

4


a vocês o book especial em comemoração aos seus 10 anos. Às vésperas de completar uma década de existência, começaram a surgir as perguntas de como essa data poderia ser marcada. Foi em um café da manhã com os colaboradores que também completam 10 anos de trabalho como a STP que se percebeu quantas histórias e quantas memórias a empresa possui. E, em meio a essas conversas, concluiu-se que seria importante um trabalho de recolhimento de informações e documentos para que, compilados, formassem um conteúdo de memória empresarial. Desta forma, surgiu a ideia de editar um book para que a STP pudesse ter o seu primeiro registro

de história e memória. Foram reunidos depoimentos e dados sobre os diversos departamentos da empresa que pudessem dar forma a esse conteúdo. O processo desenvolveu-se entre apuração, coleta de dados e finalização do material. O resultado desse trabalho conjunto é este material que você tem em mãos. Também pelo seus 10 anos, a STP promoveu a campanha “Nossa história contada por você”, que teve como objetivo criar um espaço para que os colaboradores pudessem compartilhar suas fotos, histórias e lembranças da sua vida na empresa. Com esse material foi produzida uma exposição, que você pode conferir nas páginas finais.

5

A STP gostaria de agradecer a todas as pessoas que doaram seu tempo e sua atenção, e que contribuíram para a produção desse book. Sem a ajuda e dedicação de todos certamente não seria possível a construção dessa história. Através destas palavras, a STP também quer homenagear todos aqueles que nela atuam e que, direta ou indiretamente, ofereceram alguma contribuição na viabilização desse trabalho.

Todos vocês são responsáveis por cada pedaço dessa história!

Sem Parar comemora 10 anos

• • • agradecimento • • •

É com muito orgulho que a STP apresenta


10 anos de histórias

• • • 10 anos de histórias • • •

Com dez anos de história, a STP acumula crescimento e credibilidade aliados à evolução da tecnologia e eficiência na prestação de serviços, equação que não seria possível sem a participação dos funcionários. Em meio ao processo de consolidação da companhia, os colaboradores são fundamentais para a evolução da empresa. Presentes em todas as descobertas e soluções, cinco colaboradores estão na STP desde o início das operações e hoje acumulam histórias para contar. “No primeiro dia em que a empresa abriu a porta, eu entrei”, lembra Amanda Silva, de análise de transações. “Não tínhamos os tags, não tínhamos contratos. Se tivesse dez pessoas trabalhando era muito”, lembra. “Todas as áreas faziam de tudo.” Amanda lembra as várias dificuldades enfrentadas no começo do funcionamento da empresa e, segundo ela, o grande desafio era explicar para o público como funcionaria o tag na prática. “Eu mesma, quando começamos a vender o produto, achava que tinha uma pista específica na rodovia inteira só para quem tinha o Sem Parar”, lembra em tom de brincadeira. “E a dificuldade para explicar para o cliente que o preço variava conforme o número de eixos? Era uma luta.” Os desafios técnicos do passado hoje são motivos de muitas risadas para esse time. Amanda lembra quando uma pane no sistema tirou o sono de toda a equipe. Sem Parar comemora 10 anos

6


O ambiente de trabalho agradável é um dos pontos positivos, segundo a funcionária. “Até pouco tempo atrás eu pegava um ônibus, metrô e trem para vir até aqui. As pessoas me perguntavam por que eu vinha de tão longe trabalhar aqui. Claro que não é todo dia que estamos felizes, mas, mesmo depois de dez anos, eu ainda tenho prazer de levantar e vir para cá”, avalia Amanda. “O convívio aqui é muito bom e isso nunca mudou. É fora de série.” “A gente não consegue arrumar uma desculpa para faltar no trabalho”, brinca Adriana Aguiar, assistente da gerência. Para ela, a entrada de Pedro Donda na presidência da empresa foi fundamental para a manutenção do clima positivo. “Ele unificou a empresa. Hoje nós temos um sentimento de equipe muito forte. Ele foi dando o exemplo de como deveríamos tratar uns aos outros”, lembra. “Antes, quando acontecia um problema, nós procurávamos os culpados. Hoje, quando temos uma dificuldade, pensamos na sua resolução.” Outro fator que Adriana destaca é o investimento no desenvolvimento da equipe. “Desde os jovens aprendizes, a empresa investe bastante em todo

mundo.” A seriedade no trato com os colaboradores também é lembrada. “Eu nunca vi essa empresa atrasar um salário”, ressalta Adriana. “Já teve dia em que eu saí de casa só com o vale-transporte na mão, na certeza de que o salário estaria na minha conta até o final do dia.” Gislaine Bispo dos Santos, de logística, lembra: “Cheguei aqui ainda menina, e com outras garotas formávamos a equipe do Call Center. Hoje vejo o quanto cresci com as oportunidades que a STP ofereceu e como a minha história de vida se confunde com a história da empresa”. Gislaine completa: “É uma empresa que impõe o seu crescimento profissional de uma forma interessante. Você sente necessidade de se desenvolver e crescer. Todo mundo tem uma evolução constante”. Rosilene de Miranda, que trabalha no back office no Rodoanel, lembra o quanto evoluiu desde que entrou na empresa. “Só de ver tudo que eu já conquistei depois que entrei aqui me dá muito orgulho”, comenta. Para ela, o crescimento pessoal de cada colaborador também contribuiu para o avanço da empresa. “Nós todos assistimos a um crescimento absurdo nesses dez anos.”

participou ativamente de sua fundação e se tornou a memória viva do que aconteceu nesta década. “Estou na CGMP/SemParar/STP desde antes dela existir. Participei da equipe que fez a proposta para a concorrência das concessionárias e da sua construção”, diz Pereira. Durante esse período de implantação da empresa, também participou do CPD quando o nome era Inicialização e do estoque de tags. Com tanta experiência e vivência na STP, Antônio Pereira pode dizer com propriedade como viu essa empresa mudar: “Conheci muita gente e vejo muitos que cresceram bastante aqui. Vivi várias fases, então digo que tenho a CGMP/SemParar/STP no sangue”. Hoje, Pereira é Gerente de Atendimento a Conveniados e se sente orgulhoso de, recentemente, ter participado da equipe que elaborou o texto final da Visão e Valores. Ele percebe nitidamente como a empresa está se tornando sólida e acrescenta com seu jeito único de ser: “Orgulho-me destes 10 anos, aqui tive muito mais realizações e satisfações do que decepções. Ah, SemParar/CGMP, quem te viu e quem te vê, STP!”.

Falar em dez anos de empresa e não mencionar Antônio Pereira, o Pereira, é contar a história pela metade. Citado em unanimidade pelas colaboradoras que completam 10 anos como o “paizão”, Pereira é parte fundamental da história da STP porque 7

Sem Parar comemora 10 anos

• • • 10 anos de histórias • • •

“Tivemos um problema no sistema e, de repente, uma semana de trabalho desapareceu do nosso arquivo. Viramos noites aqui para recuperar todas as informações”, recorda.


Uma nova onda de evolução. É assim que o presidente da STP, Pedro Donda, define o momento no qual a empresa se encontra neste e no próximo ano. A busca por um negócio ainda mais independente e sustentável continua no centro das atenções. A direção da empresa buscou fora do país referências que nortearam o desenvolvimento de um planejamento estratégico, que hoje está no centro da pauta da gestão da companhia. Confira os próximos passos da STP nesta entrevista exclusiva com o presidente Pedro Donda.

divulgação

• • • entrevista com Pedro Donda • • •

O plano de negócios e um mundo de novidades para a STP

Pedro Donda Presidente

Sem Parar comemora 10 anos

8


Internamente, encerraremos o ano com 2,6 mil usuários. Nossa meta é agressiva. Até o final desse ano venderemos mais de 1 milhão de tags e estamos trabalhando para conseguir aumentar o volume de novas vendas no próximo ano. Nosso planejamento prevê atingirmos 5 milhões de usuários até 2014. Quais foram os principais elementos identificados nesse novo planejamento? Pedro Donda: No planejamento que fizemos em 2009, conseguimos identificar novas oportunidades. Desenvolvemos uma capacidade especial de entender o mercado. Estudamos o dia a dia das pessoas e identificamos uma série de atividades ligadas a meios de pagamentos e mobilidade. A partir desse trabalho, teremos uma cesta de produtos que funcione em harmonia. Nosso objetivo é desenvolver o máximo de ferramentas possíveis que sejam utilizadas quando o consumidor precisar efetuar pagamentos associados a sua mobilidade. Para 2011, teremos quatro novos produtos, tanto de uso pessoal como comercial.

Há um projeto de capacitação do colaborador visando as novas oportunidades? Pedro Donda: O colaborador está no centro das atenções nesse nosso projeto. Dependemos fundamentalmente das pessoas que trabalham aqui. Nossa equipe tem características muito peculiares e uma delas é o alto desempenho. Assisto a profissionais trabalhando com muito envolvimento e comprometimento.

Isso não será um trabalho difícil, uma vez que nosso negócio, por si só, já é sustentável. O fato de eliminarmos paradas nos pedágios reduz a emissão de monóxido de carbono, assim como todo o nosso lixo é encaminhado corretamente. Buscamos reaproveitar tudo que é possível, ganhando em eficiência e, principalmente, reduzindo nossa produção de lixo, a exemplo do que fazemos com os tags que são revitalizados.

Para continuarmos no desenvolvimento desses talentos, buscamos uma consultoria internacional de gestão de pessoas para nos dar o melhor direcionamento em termos de administração desse capital humano. Queremos nossos profissionais ainda mais preparados, preocupados com o próprio desenvolvimento e evolução.

Do ponto de vista social, vamos transformar nossas ações, que até então eram bastante pontuais, em algo institucional. A ideia é atuar na área de educação, de forma que a orientação profissional dos jovens atendidos seja voltada ao nosso negócio. Não fazemos doações. Faz parte dos nossos princípios construir ferramentas sociais autossustentáveis e perenes.

Temos pessoas que estão aqui desde o começo da empresa e novos profissionais chegando, todos muito importantes para a conquista dos nossos objetivos. Como a STP pretende atuar do ponto de vista da sustentabilidade? Pedro Donda: Estamos em busca de uma nova visão nesse sentido, tanto no que tange o meio ambiente como os aspectos sociais. Vamos estruturar uma atividade uniforme, de forma que essa preocupação entre no DNA da empresa.

9

Sem Parar comemora 10 anos

• • • entrevista com Pedro Donda • • •

Quais as metas da STP nessa nova jornada? Pedro Donda: Nosso principal objetivo é surpreender o cliente, enriquecendo os produtos e atividades a partir de nossas próprias competências.


Disposição e espírito de equipe são características marcantes do colaborador STP • • • disposição e espírito de equipe • • •

Uma empresa moderna, jovem e dinâmica. Para construir esse perfil, não há melhor alternativa que contar com uma equipe com essas qualidades. Atualmente com 1.360 funcionários, sendo 67% mulheres e 33% homens, a STP tem orgulho de seus colaboradores. “São pessoas que gostam do que fazem e têm muita vontade de fazer acontecer”, afirma Roseli Pereira, de Recursos Humanos. O fato da empresa ser jovem oferece mais oportunidades e desafios para a equipe. “Os colaboradores sentemse também inspirados por isso e constroem de fato a história da STP num ambiente muito aberto a iniciativas e inovações”, comenta Roseli. O relacionamento interpessoal também é considerado peça fundamental para um clima organizacional saudável. “Aqui, as pessoas gostam de fazer amizades e cultivam isso. São amizades que nascem e crescem aqui dentro e acabam por ajudar no andamento dos trabalhos e na manutenção de um bom ambiente na empresa”, explica. A STP está se preparando para crescer ainda mais e de forma sustentável, e gestão de pessoas é fator fundamental. “Não podemos perder a oportunidade que

Sem Parar comemora 10 anos

10

temos tanto para o desenvolvimento do negócio como de seus profissionais.” Para capacitar a equipe, a STP identifica as necessidades de treinamento e desenvolvimento em todos os níveis hierárquicos e realiza cursos abertos e in company. Este processo será acelerado nos próximos anos visando capacitar a empresa para atingir metas e objetivos alinhados à estratégia. A STP, valorizando seus talentos, busca preferencialmente preencher as vagas internamente, possibilitando o crescimento de seus profissionais. A empresa também está aberta para o mercado e oferece vagas bastante atrativas para os candidatos. “A maioria deles procura uma empresa de sucesso, um ambiente de trabalho agradável e que proporcione crescimento. Todas estas características a STP possui. É uma empresa jovem, flexível e que valoriza seu capital humano.”


Em 10 anos de história, a STP vem expandindo seu negócio. Em comparação a outras empresas, somos bastante jovens. Mas como poucas empresas, conseguimos, nesta década, conquistas importantes e que impactaram na vida das pessoas. Em 2010, a STP marca a conquista de 1.645.469 clientes, sendo 1.568.626 pessoas físicas e 76.843 jurídicas. Toda essa base de clientes proporcionou ultrapassar a marca de 2.000.000 de usuários completos também neste ano. A taxa média mensal de crescimento de clientes em 2,8% é comprovadamente marca do sucesso da empresa. Este progresso é ainda mais significativo quando pensamos que a taxa de crescimento anual previsto para 2010 é de 39%! Atualmente, nosso serviço tem maior penetração na região sudeste, onde se encontra a maior malha rodoviária pedagiada do Brasil. Isso significa que 90,5% do total de clientes são desta região. Para as áreas com menor penetração, a empresa prevê ações para alavancar os negócios, conforme explica o diretor comercial

Bartolomeu Corrêa: “Estamos investindo em visibilidade. Para isso, aceitamos nas regiões de menor penetração um custo de venda do produto um pouco maior. Assim, aumentamos o número de clientes. Isso ajuda no boca a boca, que é uma grande fonte de divulgação e comprova a eficiência do serviço, fazendo com que mais pessoas conheçam e se interessem”. O volume de vendas é tão impressionante quanto a evolução da empresa. “Fazemos mais de 90 mil vendas por mês, ou seja, mais de 3 mil por dia. Quando falo destes números para outras empresas, ficam impressionados!”, explica Bartolomeu. Segundo o diretor, os colaboradores da STP estão mais acostumados com estes números e pensam que é normal, mas ele ressalta: “Sabemos que isso exige um grande esforço de nossas equipes. São quase mil profissionais atuando somente em vendas e este número pode chegar a 3 mil se considerarmos os parceiros e funcionários de concessionárias. O trabalho acontece de segunda a sexta, em horário comercial, mas também aos sábados, domingos e feriados nos

11

150 pontos de vendas e em mais de 100 praças de pedágio espalhados pelo Brasil. Nossos coordenadores e supervisores rodam mais de 4 mil quilômetros por mês para garantir nosso sucesso. Nossos vendedores de Venda Expressa ficam nas praças de pedágio, faça chuva ou faça sol, no frio ou no calor intenso”. Bartolomeu enfatiza: “Eu tenho um grande orgulho e um sentimento de gratidão pelos resultados obtidos”. Durante essa história de ascensão, o ano de 2008 foi marcante. “Neste ano, conseguimos implantar um modo de atuação mais estruturado na Venda Expressa. Negociamos com novas concessionárias e obtivemos a permissão para vendermos os tags nas praças. Detonamos a meta em mais de 50%. Realmente, um momento único para nós”, explica Bartolomeu. Ainda em 2010, a STP expandiu sua área de atuação e chegou ao estado da Bahia. A entrada de nossos serviços neste novo mercado faz parte do plano de expansão da empresa que pretende, até 2014, estar presente em todos os pedágios brasileiros.

Sem Parar comemora 10 anos

• • • Crescimento da STP no Brasil • • •

Crescimento da STP no Brasil continua acelerado


Nossa hist贸ria contada por voc锚

Sem Parar comemora 10 anos

12


13

Sem Parar comemora 10 anos


2007 em foco

Alegria Sem Parar – Ações no Centro de Referência de Osasco

Alegria Sem Parar – Ações no Centro de Referência de Osasco


Alegria Sem Parar – Ações no Centro de Referência de Osasco

Alegria Sem Parar – Ações no Centro de Referência de Osasco

Certificação ISO 9001:2008 – Vale Pedágio

Festa de Alcance de Metas – 1 milhão de usuários – 2008


Festa de Alcance de Metas – 2 milhões de usuários – 2010

Festa de Confraternização – 2007

Festa de Confraternização 2009


Festa de Confraternização 2008

Festas de Confraternização – 2006/2007

Festas de Confraternização – 2006/2007

Festa Junina

Festa Junina


Halloween no Call Center

Festa Junina

Halloween no Call Center

CPD – 2009


Equipe STP

Equipe STP

Equipe STP



Revista 10 anos STP