Issuu on Google+

PIRACICABA | AMERICANA | NOVA ODESSA | STA. BÁRBARA | LIMEIRA | RIO CLARO

Ano 08 | Nº 42 FEVEREIRO | MARÇO 2014 R$ 12,90

MULHERES REais

que não abrem mão de seus desejos e ambições química da vida para cada mal, uma cura construção civil por quem entende do assunto

EXCLUSIVO

REI PELÉ

FALA SOBRE CARREIRA, VIDA E FAMA

FEVEREIRO | MARÇO 2014

1


2

FEVEREIRO | MARÇO 2014


FEVEREIRO | MARÇO 2014

3


4

FEVEREIRO | MARÇO 2014


FEVEREIRO | MARÇO 2014

5


TRI.editorial

“Hoje vou te fazer mulher”: isso é PROJOTA Quando penso em mulher, a figura que me vem à cabeça é de uma pessoa extremamente dedicada em fazer de cada dia um acontecimento. 40 anos depois do movimento feminista, as mulheres lideram e usam a feminilidade, o que faz meu pensamento ficar muito, mais muito mais colorido. Joias de tirar o fôlego, make perfeito e roupas escolhidas a partir da democracia da moda dão movimento aos sonhos de realizações, amor, família, viagens e muito trabalho dessa edição. Se não fosse a sensibilidade e o colorido da alma da mulher, o mundo não seria esse lugar confortável feito colo de mãe. Ter vocação: isso é ser mulher. “Vocação é atender a um chamado que vem de dentro da gente, o sentimento de que existe alguma coisa bela, bonita e verdadeira a qual a gente deseja entregar a vida”... Isso é ser Rubem Alves. Nos entregamos ao universo feminino coroando histórias de mulheres que conhecem o sucesso porque descobriram a receita do trabalho, tudo contado em verso de caracteres a Nayla Toretta, nossa mulher da redação! Já que a edição é coroada, escolhemos a dedo um rei que encanta gerações e eternizou-se por suas jogadas sensacionais. Pelé, o rei do futebol, bateu um papo com Marcelo Lapola em entrevista exclusiva para TRIFATTO. Economia vem com notícias boas para o mercado da construção civil, e os “bambambans” piracicabanos nos contaram as novidades. No recheio desse número, matérias de comportamento, saúde e esporte sugerem um “up” para a vida com as suas surpresas e limitações, afinal “cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é”. No mais, “amai, porque nada melhor para a saúde que um amor correspondido”. Isso é sentir Vinícius de Moraes. E porque a vida não espera, nos vemos na próxima estação... E isso é ter o Universo TRIFATTO pulsando. Beijo

LUCIANA ALMEIDA, CRISTIANE TEIXEIRA E MARA FERRAZ

6

FEVEREIRO | MARÇO 2014


ozonio

Você sabe o valor de tudo o que você conquistou até agora. Pode ter certeza, a Frias Neto também.

Frias Neto Cidade Jardim 3372.5000

Frias Neto Terras de Piracicaba 3372.5005

Frias Neto Vila Rezende 3372.5100

Frias Neto Shopping Piracicaba Estande

FEVEREIRO | MARÇO 2014

7


TRI.colaboradores

Alexandre Prates é especialista em liderança, desenvolvimento humano e performance organizacional. É também Master Coach, palestrante, sóciofundador do ICA (Instituto de Coaching Aplicado) e sócio do Grupo Alquimia, consultoria especializada em franquias. Escreveu o livro “A Reinvenção do Profissional - Tendências Comportamentais do Profissional do Futuro” e é autor da metodologia de coaching “Inteligência Potencial”.

Ilka Ramalho Vechiatti é médica psiquiatra e psicoterapeuta especializada em Transtornos Alimentares em São Paulo. Psicoterapia e Psiquiatria Clínica, EMDR (Eye Movement Desensitization and Reprocessing) e Psicoterapia. Especial interesse no tratamento de Transtornos Alimentares (Anorexia, Bulimia, Comer Compulsivo).

María Julia Costa é consultora de estilo e imagem e atua no segmento de consultoria de estilo e imagem pessoal desde 2009, área da qual é pioneira em Goiânia. Estudou imagem pessoal em São Paulo e imagem pública e política em Buenos Aires, Argentina. É formada em coaching pela Sociedade Latino-americana, e em cool hunter pela Universidade de Palermo, Argentina.

Sergio Watanabe Presidente do Sinduscon (Sindicato da Indústria da Construção Civil em São Paulo), Sérgio é empresário e engenheiro civil. Assumiu o comando da entidade em 5 de agosto, em meio a dois desafios: o aumento dos custos do setor e a alta dos juros.

Diretora Comercial Cristiane Teixeira comercial@trifatto.com.br Diretora Executiva Luciana Almeida luciana@trifatto.com.br Diretora Editorial Mara Ferraz (Mtb: 47998) mara@trifatto.com.br Colaboradores Alexandre Prates, Daniel Marcolino, Ilka Ramalho Vechiatti, Maria Julia Costa e Sergio Watanabe Editora Assistente Nayla Toretta (Mtb: 55.556) Jornalista Marcelo Lapola (Mtb: 35.570) Publicitária Maria Fernanda Alcarde Representante Comercial Maria Aparecida Gruner Revisão Beatriz Vicentini Design Editorial www.mg4brasil.com Fotografia Isa Silvano Modelos Daiane Durães e Monique Amoresano Agradecimento Ten Model e Ivan Hellmeister Os anúncios e informes publicitários são espaços adquiridos pelos anunciantes e seu conteúdo é de inteira responsabilidade de cada um deles, cabendo à Revista TRIFATTO apenas reproduzi-los nos espaços comercializados. A opinião de colaboradores não necessariamente é a opinião da revista. Matérias assinadas são de responsabilidade de seus autores. Rua Liberato Macedo, 568 São Dimas Piracicaba SP 13416-090 | Fone/Fax 19 3435.3468 | 3403.6210 Tiragem 12.000 exemplares www.burti.com.br | Críticas, dúvidas ou sugestões faleconosco@trifatto.com.br | www.trifatto.com.br AS3 Editora Ltda CNPJ 08674853/0001-10 Revista

8

Publicação bimestral da 2014 FEVEREIRO | MARÇO


FEVEREIRO | MARÇO 2014

9


TRI.online

Para ficar por dentro das novidades semanais do blog, não esqueça de acompanhar nossos vídeos, que também trazem informações sobre eventos da revista Trifatto, lançamentos e edições especiais com lojas incríveis de Piracicaba. Fique ligado!

INSTAGRAM!

Quer saber tudo que acontece nos bastidores de sua revista preferida e ainda ficar por dentro de todas as novidades e eventos? NãO deixe de nos acompanhar no instagram! Siga @trifattoinvoga.

DICAS TRI

As nossas diretoras Cristiane, Luciana e Mara trazem dicas incríveis sobre moda, beleza, viagens, gastronomia, fitness, comportamento e saúde para você! Fique sempre atento ao universo TRI online para não perder nenhuma novidade!

PREVIEW A estação mais fria do ano está batendo à porta, e as tendências já estão bombando fora do Brasil! Para ficar ligada em todas as novidades dessa estação, companhe nosso especial Outono/ Inverno 2014, com dicas de moda e maquiagem direto do New York Fashion Week para você!

BASTIDORES

Quer ver como foi o editorial de moda desta edição revista TRIFATTO? Descubra o que rolou por lá acompanhando as fotos e vídeos que estarão disponíveis em breve no nosso blog. Confira!

Verão 2014

A estação mais quente e mais querida do ano está aí, e para os adeptos a exercícios físicos poderem aproveitar com muita saúde, não deixem de acompanhar as dicas da Sabrina Esteves, direto da Casa do Fitness.

MODA

Em nossa seção moda, apresentamos para você as maiores tendências para o Outono/Inverno 2014, com dicas incríveis para arrasar. também dividimos com você alguns looks que compomos em grandes lojas de Piracicaba: Fantasy Boutique, brechó HI FI, Kdabra Sneakers. Confira!

FANPAGE

Quer acompanhar dicas, eventos e promoções também no facebook? Não deixe de nos acompanhar! www.facebook.com/revistatrifatto

TRIFATTO NAS REDES SOCIAIS

@revistatrifatto

NO BLOG

OS POSTS ESPECIAIS DA CASA DO FITNESS TRAZEM DICAS PARA OS ADEPTOS DE EXERCÍCIOS FÍSICOS! E PARA QUEM É ANTENADA EM MODA, TEMOS LOOKS DAS MAIORES LOJAS DE PIRACICABA. CONFIRAM!

10

FEVEREIRO | MARÇO 2014

Revista TRIFATTO Rua Liberato Macedo, 568 São Dimas Piracicaba - SP

/revistatrifatto

@trifattoinvoga


FEVEREIRO | MARÇO 2014

11


sumário 14

SUPER TRI

18

CULTURA

22

TURISMO

26

ECONOMIA

42

SAÚDE

46

ESPORTE

88

COMPORTAMENTO

Rei Pelé

Na onda da leitura Peregrinos e turistas O ano da construção civil Cansaço 24 horas Bicicleta: Sua saúde agradece A química da vida

101 ESPECIAL

Universo Feminino

SEMPRE AQUI

Vestido – Iódice Brinco – SR Joias Anel – SR Joias

12

FEVEREIRO | MARÇO 2014

Capa: Shutterstock

20 LÍDER EM DESTAQUE 30 CRÔNICA 32 DIREITO 34 TRI BUSINESS 36 TRI MODA 38 TRI FATOS 40 TRI DIGITAL 44 RESPONSABILIDADE SOCIAL 48 RADAR 60 PERFIL PIRACICABA 62 TRI ESSENCIAL 66 EDITORIAL DE MODA 84 TRI MIX 86 TRI SABORES 90 TRIFLASH 92 SER TRI 122 UNIVERSO TRI


FEVEREIRO | MARÇO 2014

13


14

FEVEREIRO | MARÇO 2014

Fotos: Divulgação

SuperTRI.


pelé

A PAIXÃO INCURÁVEL DO REI Existem jogadores de futebol. E existe Pelé. Falem o que quiser, Pelé é Pelé. É o que de melhor temos desde que o Brasil é Brasil. Já prevendo qualquer coisa de diferente no brilho dos olhos daquele bebezinho, seu pai, Dondinho, decidiu homenagear o inventor da lâmpada elétrica, e o batizou Edison. Aonde quer que se vá nesse globo terrestre, as pessoas sabem quem é o nosso Pelé. Sim, nosso porque encarna em seus dribles, seus dons, seus mil tons geniais, a malemolência encantadora do brasileiro: do menino mulato de pés descalços ao presidente da República, todos se rendem a sua majestade. Dentro das quatro linhas, o tempo parecia dar um soluço quando

TRIFATTO - O senhor acha que os protestos durante a Copa do Mundo prejudicam a imagem do Brasil?

Pelé - Nós lutamos na Fifa para ter os direitos da Copa do Mundo e conseguimos. Os protestos, se acontecerem, não serão contra o futebol, claro. São protestos contra os políticos, contra os governantes, mas com isso o futebol, nosso cartão de visitas, acaba sendo prejudicado. Na Copa das Confederações, jogadores estavam sendo vaiados. Pedi ao povo que poupasse os jogadores e não fui

ele estava com a bola. Ah! a bola, tão maltratada hoje em dia, quantas saudades sente do Pelé jogador, que a tratava com carinho numa relação simbiótica. Sozinho, era capaz de mover multidões. No final dos anos 60, quando ele e o Santos foram jogar alguns amistosos na Nigéria, a guerra civil que ensanguentava o país parou durante sua visita. Quando foi aos Estados Unidos jogar pelo New York Cosmos, ele, sozinho, trouxe milhares de pessoas aos estádios. Nessa entrevista à Trifatto, ele fala sobre a Copa e de como o Brasil pode se favorecer com ela. Também fala da vida, da dele, da minha, da sua. Afinal Pelé é um só, e todos nós.

bem entendido. Hoje, faltando menos de quatro meses para a Copa do Mundo, por exemplo, eu digo que nós temos a oportunidade de trazer turistas, de fazer uma boa apresentação do nosso Brasil, e os estádios, superfaturados ou não, com roubo ou não, já estão praticamente prontos. Então não podemos quebrar tudo de novo, não é? Vamos ver se deixamos para fazer os protestos depois da Copa do Mundo e não vamos atrapalhar este momento importante de promover o Brasil e ganhar dinheiro, porque isso gera turismo.

TRIFATTO – Ser Pelé é cansativo para o Edison Arantes do Nascimento? Pelé - Já sou Pelé há muito tempo. Tenho a maior alegria em atender a todos, conversar com as pessoas. Meu trabalho

me deu essa visibilidade e com ela posso fazer coisas muito boas, principalmente nas questões sociais pelo mundo afora, auxiliando a Unicef, a ONU e outras entidades. Procuro usar minha imagem com responsabilidade, no que for preciso para auxiliar o mundo a ser um lugar melhor para se viver.

TRIFATTO – O senhor se vê um pouco no Neymar?

Pelé - Sem dúvida, na ousadia, no jeito moleque de ser e de jogar e, principalmente, no profissionalismo desse rapaz. Sem contar que ele é cria nossa, do Santos (risos). Agora só precisa de um pouquinho mais de tempo para se adaptar ao futebol europeu, no Barcelona. Mas acredito que não terá problema nenhum.

Tenho a maior alegria em atender a todos e conversar com as pessoas. Meu trabalho me deu essa visibilidade e com ela posso fazer coisas muito boas.

FEVEREIRO | MARÇO 2014

15


TRIFATTO – Falta algum jogador na nossa Seleção atual?

Pelé - Não se trata de uma ausência ou outra, a questão é que o Brasil é o país mais rico em jogadores. Temos muitos, e isso na hora de uma convocação pode deixar um técnico maluco. Mas o Felipão e o Parreira sabem o que fazem. Imagine, o Parreira foi meu preparador físico na Copa de 70! Então temos de pensar em manter essa formação e treinar bastante.

TRIFATTO – Com seu patrimônio pessoal de mais de 30 milhões de dólares e investimentos que movimentam outros 50 milhões de dólares por ano, já não precisa mais madrugar e pode se dar ao luxo de escolher o que quer fazer?

Pelé - Não é bem assim. Esses número aí estão

meio exagerados (risos). Na verdade tenho muitos compromissos, algumas obrigações que não dá e nem quero escapar. Tem um trabalho que me enche de alegria, que é o de orientar os meninos das categorias de base do Santos. Não vejo nada do que eu faço como uma obrigação, tenho prazer em fazer.

TRIFATTO - Você é o atleta do século. Quem poderia ocupar o segundo lugar?

Pelé - Difícil dizer assim. Acho que o Michael Jordan ou o Ayrton Senna. No ano passado realizaram uma pesquisa nos Estados Unidos, e o resultado voltou a mostrar o Pelé como o maior atleta de todos os tempos. Bem, pelo menos o século 20 é meu, esse ninguém mais me tira (em tom de brincadeira).

TRIFATTO – O futebol é mais violento hoje?

Pelé - Pelo contrário! Antes era

Pelé, pelos outros "Se Pelé não tivesse nascido um homem, teria nascido bola." Armando Nogueira, jornalista brasileiro

"Marcar mil gols, como Pelé, não é tão difícil. Marcar um gol como Pelé é." Carlos Drummond de Andrade, poeta brasileiro

“Após o quinto gol, eu queria era aplaudi-lo."

Sigge Parling, zagueiro sueco encarregado de marcar Pelé durante a final da Copa do Mundo de 1958

"Eu pensei: ‘ele é feito de carne e osso, como eu.’ Eu me enganei." Tarciso Burnigch, zagueiro italiano encarregado de marcar Pelé durante a final da Copa do Mundo de 1970

16

FEVEREIRO | MARÇO 2014


muito mais violento. Naquela época, se os juízes inventassem de dar cartão vermelho os times iam acabar com cinco, seis em campo.

TRIFATTO – Com Pelé e Garrincha em campo, a Seleção nunca perdeu um jogo. Vocês tinham noção do quanto isso significava?

Pelé - Na verdade, na minha época era muito difícil a seleção perder (risos). Imagine então com Garrincha, Nilton Santos, Didi, era imbatível!

TRIFATTO – Quando viu uma bola pela primeira vez?

Pelé - Tinha uns 8 anos, morava em Bauru. Tinha um ponta-esquerda, o Souzinha, que jogava com o meu pai. Um dia ele veio em casa e me trouxe uma bola de couro de presente, novinha. Foi a primeira vez que vi uma bola de capotão. Mas tive de esperar um pouco para brincar com ela, porque estava com catapora.

Eu olhava a bola do lado da cama, chorava e rezava para Deus me deixar bom para poder chutá-la.

TRIFATTO – Foi paixão logo no primeiro encontro...

Pelé - Uma paixão incurável (risos), que dura até hoje. E acho também que ela é apaixonada por mim, pois sempre a tratei muito bem, né? (risos)

TRIFATTO – Vamos ganhar essa Copa, com ou sem protestos nas ruas?

Pelé - É o que eu quero, o que todos os brasileiros querem. Temos um excelente time, somos o suprassumo do futebol mundial e a Copa agora é na nossa casa. Temos tudo para conquistar o hexa. Espero que a gente tenha essa consciência: deixar passar a Copa do Mundo. Aí vamos reivindicar o que os políticos estão roubando ou desviando. Isso é outra coisa. O futebol só traz divisas e só traz benefício para o Brasil.

Tenho muitos compromissos, algumas obrigações que não dá e nem quero escapar. Tem um trabalho que me enche de alegria, que é o de orientar os meninos das categorias de base do Santos. Não vejo nada do que eu faço como uma obrigação, tenho prazer em fazer.

FEVEREIRO | MARÇO 2014

17


TRI.cultura

Fotos: Divulgação

Segundo Mark Twain, autor das aventuras de Tom Sawyer e Huckleberry Finn, o homem que não lê bons livros não tem nenhuma vantagem sobre o homem que não sabe ler. Separar alguns momentos da nossa rotina tão corrida para mergulhar em outro universo e esquecer um pouco a realidade é um hábito que faz uma diferença significativa no dia a dia. Não sabe por onde começar? Anote as dicas abaixo e corra pra livraria!

18

FEVEREIRO | MARÇO 2014


“Vivendo com Propósitos”

“Sonho grande”,

“O Poder da Iniciativa”,

“O Inocente”,

WASHINGTON J. P. MARCIANO

ROBERLEI CIDADE

ROBERTO SORIANO

EDUARDO GUIDOTTI

“O Devir”,

“Inferno”,

“Gurus da Gastronomia”,

“Década Perdida”,

BRAULIO BARROS

VANESSA PETTA

PATRÍCIA GUIMARÃES

PEDRO CRUZ

“Churchill”,

“A Cabana”,

“A Culpa é das Estrelas”,

“Civilização”,

WAGNER LOPES

SANDRA MARTINS

ANA LÚCIA PAVÃO

CELISA FRIAS

“Como Se Tornar Uma Pessoa Inesquecível”,

“Para Sempre Alice”,

“Palavra perdida”,

“Batendo à Porta do Céu”,

NAYLA TORETTA

BEATRIZ VICENTINI

Ed Rene Kivitz

de Roberto Adami Tranjan

de Lord Roy Jenkins

de Dale Carnegie

PATRÍCIA ESTEVES

de Cristiane Correa

de Dan Brown

de William P. Young

de Lisa Genova

de Edivan Silva

de Stephen Vines

de John Green

de Oya Baydar

de Harlan Coben

de Marco Antonio Villa

de Neil Ferguson

de Lisa Randall

MARCELO FEVEREIRO | MARÇO LAPOLA 2014

19


LÍDER em destaque por Renata DONEGÁ Passos

A vida

me ensinou.. SUELY AGOSTINHO

do que tenho que fazer, gosto de tudo aquilo que está em Quem sabe a posição que ela ocupa na Caterpillar, uma das minhas mãos!” maiores e melhores empresas para se trabalhar no Brasil, diretora de recursos humanos e assuntos corporativos, Sempre quis fazer muito, fazer mais, ir além e nunca não imagina o que ela pensa sobre dedicação exclusiva ao mediu esforços para alcançar seus objetivos. Suely foi a trabalho: primeira mulher a ocupar uma cadeira de diretoria na “Se a gente for cem por cento Caterpillar Brasil. profissional, vai falhar em outras Mas chegar ali, com dois filhos e áreas da vida”. marido morando em outra cidade, não foi nada fácil. Como os filhos Isso quebra totalmente uma das eram pequenos, durante cinco anos crenças mais comuns no ambiente viajou para São Paulo todos os dias. coorporativo, de que mulher tem Aprendeu ali que, se quisesse que fazer um esforço muito maior O líder tem que cuidar continuar e conciliar maternidade e se dedicar integralmente para e carreira, precisaria ser muito colher os mesmos resultados que até do olhar... um olhar humilde e pedir ajuda. Sua mãe foi os homens. Ela não sabe dizer se esta é uma desatento pode colocar tudo fundamental neste período, onde o único tempo que tinha para ver os realidade exclusiva da empresa a perder. filhos era à noite. que escolheu para desenvolver a A cobrança interna era grande e foi sua carreira há 37 anos, mas conta preciso muita terapia para superar a nunca ter tido dificuldade ou culpa que sentia. “Achava que tudo diferença por ser mulher. que acontecesse de diferente era por Pelo contrário, uma de suas muitas minha culpa”, conta aliviada de um promoções foi concedida durante peso que, percebeu, não era seu. sua segunda licença maternidade. Credita seu sucesso a sua paciência e vontade de aprender. O esforço no começo foi grande, mas diz ter aprendido a Sempre se preparou muito e quando as oportunidades ver e viver a vida sem cargas. “Se tenho que fazer eu faço, apareciam ela estava lá, não somente na hora e no local mesmo que não goste. Não levo nada como carga, peso!” certo, mas com a bagagem e formação necessárias para Esta sempre foi sua estratégia mental para enfrentar os ocupar a posição. pequenos e os grandes desafios que a vida lhe trouxe. Suely concluiu três graduações, uma delas depois de formar Desde organização da casa até grandes projetos, aprendeu a sua família! não sofrer, diante do que deveria ser feito. “Aprendi a gostar

20

FEVEREIRO | MARÇO 2014


Sempre quis fazer muito, fazer mais, ir além e nunca medi esforços para alcançar meus objetivos. Fui a primeira mulher a ocupar uma cadeira de diretoria na Caterpillar Brasil.

Diz-se extremamente atenta aos movimentos e sentimentos das pessoas de sua equipe: “O líder tem que cuidar até do olhar... um olhar desatento pode colocar tudo a perder”. Acredita que o líder tem que ser, na empresa, o que ele é: sem máscaras, sem desempenhar um papel. Gostando de gente e do que faz com naturalidade, humildade e paciência. Acredita firmemente que a equipe é o reflexo de quem a lidera: “Ninguém é mais feliz e empreendedor do que o seu líder”! O líder tem que saber para onde vai e alinhar os sentimentos das pessoas que estão o seu lado. Aliás, paciência é algo que ela credita que as pessoas têm cada vez em menos quantidade. “Até escutar está difícil para algumas pessoas”... Tem a grata sensação de estar em sua

missão e de deixar um legado. Orgulhase de ter implantado a contratação de mulheres na linha de produção; hoje a fábrica conta com quinhentas mulheres. “Elas irão abrir caminhos e ajudar outras mulheres também! As mulheres são cuidadosas e ajudam a melhorar os relacionamentos. Mas precisam se gostar mais e aprender a valorizar as pessoas que estão a seu lado.” Sua sucessão não será difícil, pois diz contar com muita gente talentosa trabalhando a seu lado. Seu maior sonho é o mesmo de

toda mulher que fez a opção de conciliar vida pessoal e profissional: ter mais tempo! Para quem quer ter sucesso na carreira ela concluiu: “Trabalhe em um local que você possa ser você mesmo!” Suely deixa um legado para a cidade, não só através de suas grandes e constantes ações sociais, mas pela maneira com que nos convida a viver: leves, de maneira transparente e sem cargas! Não é fácil, mas pode ser simples assim! FEVEREIRO | MARÇO 2014

21


TRI.turismo

PEREGRINOS E TURISTAS

Basicamente, há dois tipos de viajantes: o turista e o peregrino. Ambos deixam seus lugares de origem, e as semelhanças para por aí. O turista, em seu passeio mais fragmentado será sempre um estrangeiro em terras longínquas. Ele vai até um país para ver suas maravilhas e tudo o que tem de melhor. O peregrino se torna parte do lugar e carrega o lugar em seu coração aonde quer que vá, porque a cidade, o país que visita o transformam de maneira intensa. O peregrino vive o lugar, seus prazeres e seus problemas, seu dia a dia e seu final de semana. O turista vive os momentos mágicos, a alegria e o prazer interior de conhecer o que antes via nos livros, no cinema, na televisão.

22

FEVEREIRO | MARÇO 2014

O peregrino, pacientemente, vai aceitando o modo de vida das pessoas até o dia em que não é mais estrangeiro de si mesmo. Dentro dele habita o mundo, e o mundo é sua casa. Com o tempo o turista vai se tornando um peregrino, mas um peregrino nunca volta a ser turista. Um aprende, o outro ensina; ambos se completam numa mesma pessoa. “Podemos viajar por todo o mundo em busca do que é belo, mas se já não o trouxermos conosco, nunca o encontraremos”, nas doces palavras de Ralph Waldo Emerson. Por isso, tanto ao turista quanto ao peregrino há que se ter uma essência, a de encontrar aonde se vai aquilo que repousava belo dentro de si mesmo.

Foi o que moveu, por exemplo, o jovem Daniel Marcolino. Antes de decidir ir para a França, em meados de 2012, Daniel era jornalista em São Paulo. E um pouco antes disso, saiu de Rio Claro, sua cidade natal para trabalhar em um dos navios do grupo Costa, em um cruzeiro que durou meses. Ah, houve ainda um período em que, com a cara e a coragem, e algumas roupas, foi trabalhar na terra onde os sonhos se tornam realidade. Foi na Flórida, durante seu trabalho na Disney, que conheceu um amigo que, algum tempo depois, lhe deu um roteiro como opção: ir estudar na França. “Na realidade, eu estudava alemão com a expectativa de estudar na Alemanha, quando, um amigo brasileiro que mora em Nantes e que havia trabalho comigo

Foto: Shutterstock

A CORAJOSA AVENTURA DE VIVER INTENSAMENTE A VIDA EM OUTRO PAÍS E TORNAR-SE PARTE DELE


Estudei francês de forma compulsória, e fui aceito numa universidade em Toulouse, sul da França. na Disney da Florida, me ensinou o caminho das pedras para ser aceito em uma universidade francesa”, conta. Movido por uma inquietude própria dos peregrinos, Daniel fez todo o processo que durou cerca de 9 meses. “Estudei francês de forma compulsória, e fui aceito numa universidade em Toulouse, sul da França. Fui extremamente feliz na escolha da cidade e me mudei para lá em agosto de 2013. Devo ficar mais três anos até obter meu diploma de licença em Arts du Spectacle. É um curso que a cada dia amplia minha percepção das coisas, dentro e fora do meu cotidiano”, acrescenta radiante como a Cidade Luz. Assim como Daniel, mais e mais jovens, movidos por um espírito aventureiro e inquieto, partem para estudar e ou trabalhar em outros países. E essas partidas têm aumentado muito ao

longo dos anos. No mundo atual, estudar no exterior é mais uma forma de se destacar do que um privilégio. Há alguns anos, realizar o sonho de ser admitido por uma universidade estrangeira era uma tarefa árdua. Hoje, há muitas opções de instituições internacionais com programas específicos para a admissão de estrangeiros. Mas ainda se exige muita dedicação e responsabilidade. A decisão e a dedicação que o deixam onde queria estar não excluem, entretanto, as saudades de casa. “Enfim, estou mais feliz que quando em São Paulo, por isso não me arrependo dessa decisão que implica, também, um pouco de isolamento e solidão.” Misto de peregrino e turista por definição, Luiz Ricardo Prais também se aventura por Portugal e, de lá, já conheceu boa parte da Europa. Bolsista no Programa de

Licenciaturas Internacionais pela Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior), Luiz estuda Física na tradicional Universidade de Coimbra, após dois anos de graduação na Unesp (Universidade Estadual Paulista). Nos tempos de férias e descansos dos livros, Luiz aproveitou bem o tempo livre para viajar por alguns países europeus, um pouco longe dos mais visitados. No extremo norte, no rumo do Círculo Polar Ártico, Luiz esteve na Dinamarca, Noruega, Suécia e Finlândia e suas impressões foram compartilhadas em foto e texto com seus amigos pelo Facebook. “É maravilhoso poder conhecer todos esses lugares que, de um modo ou de outro, sempre admirei e sonhei conhecer. Já faziam parte de mim e agora ainda mais.” Uma das impressões mais magníficas e

FEVEREIRO | MARÇO 2014

23


Maravilhoso poder conhecer todos esses lugares que, de um modo ou de outro, sempre admirei e sonhei conhecer. Já faziam parte de mim e agora ainda mais.

24

FEVEREIRO | MARÇO 2014

inesquecíveis para Luiz é o espetáculo da aurora boreal. “Tive o privilégio de ver na Noruega. É indescritível. Nenhuma fotografia, por mais bem feita que seja, tem o poder de passar a magia desse fenômeno ao vivo. É maravilhoso”, relata. Para Luiz o único porém de estar, estudar e viver em outro país é a falta que sente

dos amigos do Brasil e da família. “Mas a internet ajuda muita a encurtar essas distâncias”, afirma. Outra grande impressão de Luiz foi a biblioteca Joanina em Portugal. “Quando entrei nessa biblioteca para visitar, não fazia ideia do conhecimento e experiência que iria adquirir lá dentro.O bilhete (que não pagamos por sermos estudantes da própria universidade) permite cerca de 15 ou 20 minutos de visitação. Acabamos por ficar uma hora lá dentro. Após os permitidos 20 minutos, o senhor que lá trabalha disse que ficou surpreendido com a nossa admiração pelo local. Quanta história, quanto glamour e simbolismo, com livros de quase 500 anos!”, conta, admirado. Como bem se diz, Daniel e quem segue na aventura peregrina de viver e ser de outro país tenta a nobre arte de fazer algo inédito a cada dia. “A cada nova palavra que pronuncio, ou a cada novo espetáculo que encenamos, me sinto feito para estar aqui nesse momento. E como diz o [Gilberto] Gil, o melhor lugar do mundo é aqui e agora.”


FEVEREIRO | MARÇO 2014

25


TRI.economia

2014: O ANO DA CONSTRUÇÃO CIVIL

O cenário otimista é compartilhado pelos principais construtores de Piracicaba e região, que prevêem grandes investimentos para este ano.

26

FEVEREIRO | MARÇO 2014

Fotos: Shutterstock

Construtores de Piracicaba e região falam sobre o que esperam de 2014 e projetam um ano de grandes investimentos no setor


Por onde olhamos, seja em Piracicaba, ou em cidades da região, vemos obras e mais obras. Nem é preciso consultar números e economistas para constatar que o setor de construção civil segue aquecido e puxando para esse crescimento inúmeros outros setores da nossa economia, como uma locomotiva com força total. Apesar do crescimento da indústria da construção civil ter ficado um pouco abaixo do esperado em 2013, o ano de 2014 parece ser promissor, no que depender dos estudos feitos. “O ano de 2013 foi ruim para o Brasil”, classificou o presidente do Sinduscon (Sindicato da Indústria da Construção Civil em São Paulo), Sergio Watanabe. Segundo ele, a falta de dinamismo na economia acabou criando um comportamento mais cauteloso por parte dos empresários.

Estudos feitos pelo Sinduscon estimam que o setor deve crescer 2,8% em 2014, diante de uma alta do PIB do país projetada em 2%. O emprego formal da indústria da construção, de acordo com as projeções da entidade, deve ter alta de 1,5%. Também devem crescer mais do que em 2013 a produção de materiais (com alta de 3,6%) e a taxa de investimento, que deverá corresponder a 19,8% do PIB. O cenário otimista é compartilhado pelos principais construtores de Piracicaba e região, que prevêem grandes investimentos para este ano. “Estou muito confiante no mercado local, apesar da alta competitividade. Vai ser um ano de gente grande!”, afirma Oswaldo Bongagna, da Supricel Construtora. Economistas ligados ao setor apontam que já há uma mudança na percepção

dos empresários quanto ao retorno dos investimentos, com tendência mais positiva para 2014. E é justamente no eixo Rio-São Paulo que o setor viverá o maior aquecimento, conforme mostra a pesquisa do Sinduscon. Executivo responsável pela Construtora Audax, Mateus Antonelli mantém a defesa de que não existe uma bolha no setor. “Não acredito e contesto fortemente que estejamos enfrentando uma bolha imobiliária. Ainda existe muito a se fazer em construção até que tenhamos representatividade e números que se equiparem ao que estourou a bolha internacional”, salienta Mateus. José Edgard Camolese, diretor comercial e administrativo da Construtora Reynold, também afirma que o cenário é favorável. “A construção civil no setor imobiliário é promissor. Este mercado tem espaço

O QUE ELES DIZEM

Adolpho Lindenberg Filho

Oswaldo Bongagna

“O mercado da construção civil no Brasil permanece aquecido, porém, 2014 é um momento para se ter cautela nos negócios. No nosso segmento, em especial, alguns processos já são naturalmente morosos, como a aprovação de projetos pelas prefeituras.”

“Será um ano de grandes desafios, mas também de mostrar competência. Creio que o foco para 2014 será para o mercado emergente. Será um ano de gente grande!”

Adolpho Lindenberg Construtora

Supricel

José Edgard Camolese - Reynold “A construção civil no setor imobiliário é promissora. O mesmo panorama não se aplica à construção civil no setor industrial, onde a inflação, o aumento das taxas de juros e o baixo crescimento inibem o mercado.” FEVEREIRO | MARÇO 2014

27


TRI.economia para crescer em função do déficit de moradias e também em função das linhas de financiamento existentes hoje no país”, comenta. Mesmo com a projeção positiva para este ano, após um 2013 não tão promissor, os investimentos, como sempre, devem ser feitos com cautela e embasados em pesquisas, como atesta Adolpho Lindenberg Filho. “O mercado da construção civil no Brasil permanece aquecido, porém, 2014 é um momento para se ter cautela nos negócios. No nosso segmento, em especial, alguns processos já são naturalmente morosos, como a aprovação de projetos pelas prefeituras etc. Num ano em que acontecerão uma Copa do Mundo e uma

eleição, a tendência é de que tudo fique mais lento”, acredita o empresário, CEO da Construtora Adolpho Lindenberg. Murilo de Araújo e Almeida Filho, diretor da Aguassanta Desenvolvimento Imobiliário, diz que a empresa acredita no forte potencial de crescimento de algumas regiões em Piracicaba. “A efervescência registrada nos últimos anos no cenário econômico de Piracicaba e região, com a vinda de grandes indústrias como a Hyundai e a Mercedes Benz, impacta de forma positiva o setor da construção civil. E nós, da Aguassanta DI, acreditamos em um desenvolvimento promissor na região nos próximos anos. Tanto que estamos desenvolvendo na cidade um modelo inovador de bairro com

novos projetos e lançamentos previstos para este ano”, explica Murilo. A 57ª Sondagem Nacional da Indústria da Construção, realizada pelo Sinduscon-SP e pela Fundação Getulio Vargas (FGV), em novembro do ano passado, aponta que as empresas esperam novos estímulos governamentais para 2014. Ainda obtiveram expectativas positivas itens como investimento em máquinas e equipamentos, investimento em novas tecnologias, facilidade no fornecimento de materiais de construção, aumento dos lançamentos para média e baixa renda e aumento do crédito imobiliário. O setor tem expectativas negativas, entretanto, no que se refere à facilidade de obtenção de mão de obra qualificada.

Este mercado tem espaço para crescer em função do déficit de moradias e também em função das linhas de financiamento existentes hoje no país.

Mateus Antonelli

Lourenço Thomasi

Murilo de Araújo

“Sou otimista, acredito que a análise de onde e o que se investir é a melhor pedida, sempre apostei em mercados com escassez de produtos naquela faixa.”

“Em 2014 haverá uma estabilização de preços com ligeira elevação de demanda devido à oferta abundante de crédito imobiliário pelo sistema financeiro.”

“A efervescência registrada nos últimos anos no cenário econômico de Piracicaba e região, com a vinda de grandes indústrias, como a Hyundai e a Mercedes Benz, impacta de forma positiva o setor da construção civil.”

Audax

28

FEVEREIRO | MARÇO 2014

THCM

Aguassanta DI


A Ç C Ã U O D E

PA RA A D I V T A O D A M o d a t er tegral ço

til

ço

Es

3 a 5 anos (das 13h às 17h30)

fan

a Esp

1 a 3 anos (das 13h às 17h30)

n

al

pa

In da E o ã d uc a ç

In

1 a 6 anos (das 7h às 17h30), 3, 4 ou 5 dias por semana

www.clq.com.br | (19) 3429.1100 educacaoinfantilclq.blogspot.com.br FEVEREIRO | MARÇO 2014

29


TRI.crônica

Histórias que parecem inventadas

por BEATRIZ VICENTINI

Não sei porque tantos andam à procura de heróis. Talvez porque estejamos perdendo a capacidade de entender o que realmente faz sentido e o que tem valor. Lúcia é daquelas pessoas que fui conhecendo ao longo da vida. Cerca de 40 anos, sempre trabalhando como empregada doméstica, feliz, sempre rindo, apesar do marido diabético grave, da cunhada com um câncer terminal há anos, do dinheiro que com certeza podia ser mais do que existe mas que ainda assim foi capaz de fazê-los ter sua casa própria, dos filhos estudarem, da vaidade que a traz sempre arrumada, do cachorrinho da família ter suas roupinhas para passear. Dia destes, chegou atrasada no trabalho. Antes da bronca da patroa, foi logo contando: - Desculpa. Na boa, tive que demorar um pouco. Uma senhorinha estava passando quando desci do ônibus, cheia de pacotes, coitada. Não dava prá ela carregar. Então peguei os pacotes, fui carregando até a casa dela. Uns dez quarteirões prá lá. Ela anda devagar, coitada. Não sei porque as pessoas não ajudam. A patroa, que parece ainda não ter descoberto o presente que a vida lhe deu ao garantir Lúcia ao seu lado, dia após dia, apenas ouviu. Diz que está acostumada a serem cumprimentadas por mendigos, catadores de lixo, caixas de supermercado, gente que vive ao redor do apartamento onde vive. Todos conhecem Lúcia, que sempre tem uma palavra de alegria, de ânimo, um jeito de perguntar como alguém vai indo, se a criança melhorou, se a tosse já passou, se está precisando de alguma ajuda. No último Natal, Lúcia, que detesta pensar que há gente sem comer algo especial e comida se estragando, juntou tudo o que sobrara da ceia – na casa dela cerca de 60 pessoas da imensa família havia se reunido, cada um trazendo alguma coisa, exatamente como fazemos os mais abastados – colocou as crianças do bairro em fila e distribuiu, em pratinhos de papelão, pedaços de bolo, pudim,

sorvete, pavê. Até a última migalha. Foi uma segunda festa! - Pra que guardar pro dia seguinte? Todo mundo já tinha comido. A criançada ia aproveitar muito mais. E tinha tanta gente que nem tinha comido algo especial. Mas o que me fez pensar que devíamos adotar mais heróis como ela, que trazem alegria a quem está a seu lado dia após dia, com imensa naturalidade – e haverá algo mais difícil do que isso na vida? – foi a última das histórias que a ouvi contar, como se fosse o fato mais comum que lhe pudesse ter acontecido. - Então. Troquei a bolsa hoje de manhã. Correndo, depois de deixar o almoço pronto, às 5h30 pro meu marido levar prá fábrica. E fui tomar o ônibus. Vixi. Quando cheguei descobri que não tinha posto a carteira. E não é que justo nessa hora o mendigo que sempre ajudo dando uma moedinha chegou? “Dá um dinheiro, dona. Tô com fome.” Ri e disse prá ele que hoje não tinha, ia acabar indo a pé trabalhar, não tinha nenhum centavo. Ele me fez sentar no banco do ponto de ônibus, pediu pra eu esperar um pouquinho, não ir embora de jeito nenhum. E daí um pouco chegou com um saquinho, foi contando as moedinhas dele até completar o valor do ônibus. “Não vai a pé, não. Que isso? Pode tomar seu ônibus.” Coitado, acho que me deu quase tudo o que tinha naquele dia. Aí disse que ia juntar mais prá gente tomar um sorvete junto qualquer dia desses. - E aí, Lúcia, o que é que você vai fazer, quando vai devolver o dinheiro do mendigo? - A senhora tá louca? Como devolver? Foi de presente, ele quis me ajudar como eu ajudo ele quando posso. E presente a gente não devolve. Ele é meu amigo. É, Lúcia está certa. Presente de amigo a gente não devolve. E, talvez, Lúcia nem seja mesmo alguém com jeito de herói. Seja apenas alguém que entende de fazer amigos. E dos bons.

Dá um dinheiro, dona. Tô com fome. 30

FEVEREIRO | MARÇO 2014


FEVEREIRO | MARÇO 2014

31


TRI.direito

por MAURO MERCI

O artigo 7º, inciso XXX, da Constituição Federal proíbe que o empregador pague salários diferentes a empregados que exerçam a mesma função, por motivos de sexo, idade, cor ou estado civil. Da mesma forma, a Consolidação das Leis do Trabalho, em seu artigo 461 determina que “sendo idêntica a função, a todo trabalho de igual valor, prestado ao mesmo empregador, na mesma localidade, corresponderá igual salário, sem distinção de sexo, nacionalidade ou idade”. Não obstante a farta previsão na legislação impedindo a discriminação salarial, tal prática ainda não foi abolida pelos empregadores brasileiros. Ainda não são raros os casos em que trabalhadores considerados como minorias (mulheres e idosos, por exemplo) recebam salários menores em relação a outros trabalhadores que exerçam trabalho de igual valor. Em recente decisão proferida pela Sétima Turma, o Tribunal Superior do Trabalho deu mais um passo para coibir essa prática discriminatória, ao manter a decisão do Tribunal Regional do Trabalho da Nona Região – Estado do Paraná, que entendeu como discriminatória a conduta de instituição de ensino ao pagar a uma professora salários inferiores aos dos colegas estrangeiros, embora realizassem idêntico trabalho. Após lecionar durante seis anos a disciplina de Português para alunos de 1ª a 5ª série e ser

dispensada, a professora ingressou com ação trabalhista na qual postulou, entre outras coisas, diferenças salariais sustentando ter sido vítima de discriminação, uma vez que realizava o mesmo trabalho dos professores estrangeiros contratados pela instituição, mas recebia salário inferior ao deles. Ao decidir o processo em questão, o Tribunal Regional analisou o caso à luz do princípio constitucional da isonomia. Ou seja, considerou que a empregadora não provou que as atribuições confiadas aos professores estrangeiros eram mais complexas ou exigissem maior especialidade, tais como curso de especialização ministrado apenas no exterior, aos quais os professores brasileiros empregados na escola não tivessem acesso, reconhecendo, assim, a igualdade de condições do trabalho e o exercício de funções ou atividades análogas para efeitos de equiparação salarial. “Além de injustificável, a diferenciação salarial é manifesta discriminação, prática que além de ofender a ordem jurídica pátria, contraria os princípios indicados no próprio estatuto social da ré”, concluíram os desembargadores que julgaram o processo. Ao analisar o caso, o Tribunal Superior do Trabalho manteve a decisão regional garantindo à autora o recebimento das diferenças salariais entre os salários recebidos por ela e os pagos aos docentes estrangeiros.

Sendo idêntica a função, a todo trabalho de igual valor, prestado ao mesmo empregador, na mesma localidade, corresponderá igual salário, sem distinção de sexo, nacionalidade ou idade.

32

FEVEREIRO | MARÇO 2014

Fonte: Site oficial do TST - Tribunal Superior do Trabalho, processo n.º RR-2743900-28.2007.5.09.0004. Órgão Judicante: 7ª Turma. Relator: Ministro Cláudio Mascarenhas Brandão Publicado em 13/12/2013.

Professora receberá diferenças salariais


2

e d a nid

Ag intensa e ALONGAMENTO ABDOMINAL

MODALIDADES

GINÁSTICA

U ito mais a t u e l m p ora com

GINÁSTICA LOCALIZADA ZUMBA

POWER BALL

DIFERENCIAL STEP POWER JUMP

BODY COMBAT BODY PUMP

UNIDADE 1 Av. Dr. Paulo de Moraes, 989 - Centro Piracicaba/SP 19 3371.9648 19 97827.4833 www.academiadiferencial.com.br

YOGA

NUTRIÇÃO

FISIOTERAPIA JIU JITSU

PILATES SOLO MUAY THAI PERSONAL SPINNING

MUSCULAÇÃO

AVALIAÇÃO FÍSICA

TREINAMENTO FUNCIONAL

UNIDADE 2 Av. Independência 2971 - Bairro Alemães Piracicaba/SP 19 3377.7503 FEVEREIRO | MARÇO 2014

33


TRI.business

Não existe conflito de gerações. O problema esTá na liderança!

por alexandre prates

Nos últimos cinco anos, convivi de perto com esse tão aclamado discurso sobre o conflito de gerações no mercado de trabalho. Confesso que durante algum tempo me convenci que esse fenômeno realmente existia e me dediquei a trabalhar esse conflito nas organizações. Mas a experiência e as inúmeras conversas com os profissionais das mais diferentes gerações me ajudaram a clarificar a percepção e concluo, sem qualquer receio: o conflito está na liderança. Um conflito ocorre quando temos opiniões divergentes, defendemos causas opostas ou queremos coisas diferentes. Analise um cenário comigo: A famosa Geração Y foi amplamente estudada e alguns conceitos se apresentaram sobre o perfil desses jovens. Chegou-se à conclusão que tal geração deseja trabalhar em uma empresa que lhes proporcione reconhecimento, oportunidade de crescimento, metas claras e desafiadoras. Além disso, querem sentir-se parte e, a partir do seu trabalho, conquistar um padrão de vida superior. Também fica claro que é uma geração que não aceita trabalhar subordinada a qualquer um, não aceita a maioria das regras, procedimentos e planos de carreiras fantasiosos que as empresas praticam e não pretendem ficar anos na mesma corporação só para um dia, talvez, subir de cargo. Face a isso, reflita comigo: a Geração X quer alguma coisa diferente disso? É claro que não! Todos, independentemente da geração, queremos uma empresa que nos valorize, que nos dê oportunidade de aprender,

crescer e contribuir e que, acima de tudo, reconheça a nossa atuação e os resultados conquistados. A nova geração de profissionais quer mais das organizações do que as gerações passadas. Uma pessoa com 50 anos hoje pensa, deseja e age diferente de uma pessoa que tinha esta mesma idade há 20 anos. Logo, a empresa que construir um ambiente saudável, que permita às pessoas serem elas mesmas e colocar o seu melhor em jogo, certamente não terá conflitos. As gerações são diferentes, mas não nos seus anseios e, sim, nas suas competências, no seu modo de ser e agir. Você, líder de uma geração mais jovem, deseja a mesma coisa que eles. A questão é que a vida lhe trouxe maturidade, experiência, conhecimento, virtudes que lhe permitem agir com maior ponderação e assertividade. E hoje, na liderança, você se depara com profissionais que desejam chegar ao seu patamar, mas que possuem, é claro, um tempo de vida que não lhes permitem enxergar o que você (hoje) enxerga. Portanto, uma pergunta se faz fundamental: onde está o conflito de gerações? O conflito está na liderança, na maneira como eu compreendo as inevitáveis diferenças e ajo diante delas. Esteja perto do seu time. A distância aumenta o conflito e afasta qualquer possibilidade de alinhamento de pensamento e valores. Faça valer a sua experiência e conquiste as pessoas. Você, líder, seja um coach para a sua equipe. Transmita experiências e extraia o melhor de cada um, permitindo a eles participar, contribuir e crescer.

A nova geração de profissionais quer mais das organizações do que as gerações passadas. 34

FEVEREIRO | MARÇO 2014


FEVEREIRO | MARÇO 2014

35


TRI.moda

por María Julia Costa

36

Fico pensando se, amanhã ao acordar, todos resolvermos sair de casa sem roupas. Já pensou nisso? Impossível, eu sei. E é justamente por ser impossível que não podemos olhar para a moda como fútil e sim como útil. Mas vamos começar a ver moda com um olhar diferente. Ao falarmos em moda, estamos falando de um movimento social, que se repete ou acontece de forma massiva em diferentes regiões, trazendo com ela características regionais e muito individuais. Portanto, moda não é roupa. Roupa é uma peça confeccionada com algum determinado material que serve para cobrir o corpo. Hoje, usamos mais para transmitir uma imagem de status e/ou por obrigação, afinal, como vimos anteriormente, é proibido sair sem ela na rua. Sendo assim, podemos dizer que existe moda nas áreas têxtil, design gráfico, interiores e em todas as áreas de consumo. Com isso, uma moda de roupas ou tendência de moda diz sobre o que as pessoas desejarão em um determinado momento, que satisfará seus desejos e anseios de consumo e atenderá suas necessidades. Por exemplo: no verão precisamos de roupas para nos refrescar; já no inverno, para nos aquecer. Isso é básico, parece até obvio, mas junto observamos um movimento tão interessante que é o da economia. Na atualidade, o segmento têxtil é uma área industrial que emprega milhares de pessoas, movimenta milhões no mundo e certamente garante o status de muitos outros. Será que é fútil? Resolvi escrever este artigo após perceber que, de fato, sabemos pouco sobre moda. E eu me incluo nesta lista, devido à forma com que tratamos o assunto. Já viu que quando dizemos moda, pensamos logo em “bobagem” ou, melhor dizendo, em “futilidade”? No Brasil e no mundo essa “bobagem” veste todos os seres humanos e animais, permitindo que todos possam se diferenciar e transmitir o que desejam. Com isso, pretendo apenas ilustrar que é tempo de abrir nossa mente e imaginação para começarmos a olhar para a área com olhos mais positivos. É por meio dela que vamos conseguir grandes conquistas. Usemos a moda a nosso favor, deixemos a futilidade da crítica com quem não se importa de fato com a sua imagem. Fútil, afinal, é aquilo que não tem função, mas a roupa possui infinitas possibilidades, assim como a moda.

FEVEREIRO | MARÇO 2014

Foto: Divulgação

Moda: utilidade ou futilidade?


FEVEREIRO | MARÇO 2014

37


TRI.fatos

HELP! Nunca se viajou tanto para o exterior como nos últimos anos. Segundo a OMT (Organização Mundial de Turismo), o Brasil foi um dos países onde o número de turistas que viajaram ao exterior mais cresceu no primeiro semestre de 2013: alta de 15%. Atenta a essa demanda, a Rosetta Stone, líder mundial em ensino de idiomas, acaba de lançar no Brasil o Rosetta Stone Viagem, aplicativo para smartphones para pronúncia e aprendizado voltado ao público que fala português e precisa se comunicar em inglês. O aplicativo inclui dispositivo de ativação de voz que registra a fala do turista, compara com a língua pronunciada por nativos e dá um feedback imediato. Novidade bacana!

ACABOU A INICIATIVA? O site de relacionamentos ParPerfeito realizou uma enquete com 1.500 solteiros para descobrir como eles se comportam na hora da paquera. A pesquisa revelou que 76% dos homens e 65% das mulheres preferem ser mais cautelosos, observar o comportamento do outro e esperar um sinal verde para demonstrar que está a fim da pessoa. Outro dado que chama a atenção é a pequena parcela de solteiros dispostos a serem diretos na hora da paquera. Ao compararmos o ranking masculino com o feminino é possível observar que 25% deles, contra somente 14% delas, responderam que se declaram abertamente quando estão a fim de uma pessoa. Seria o fim da iniciativa?

CAFEZINHO CRIATIVO Está precisando de um boost de criatividade? Leve seu trabalho para uma cafeteria. Segundo estudo publicado no Journal of Consumer Research (EUA), muitos de nós somos mais produtivos e criativos nesses ambientes porque estamos trabalhando em público. A pesquisa incluiu mais de 300 pessoas e concluiu que aquelas que trabalharam com um som ambiente de 70 decibéis (o nível que costumamos ouvir em cafeterias) tiveram resultados melhores em exercícios objetivos de associação de palavras e suas respostas foram consideradas mais criativas por outros participantes. Não há necessidade, porém, de sair de casa ou do escritório para buscar a criatividade servida em coffee shops. O site Coffitivity oferece o som ambiente diretamente no seu fone de ouvido, de forma bem realista. www.coffitivity.com

38

FEVEREIRO | MARÇO 2014

LASER CONTRA DORES NA COLUNA Uma técnica inovadora de cirurgia a laser destinada ao tratamento de dores crônicas na coluna vem surpreendendo pacientes que sofrem deste mal pelo método pouco invasivo e pelo rápido tempo de recuperação. O procedimento é minimamente invasivo se comparado com o método convencional, já que são necessários apenas pequenos furos de agulhas no paciente, procedimento que não danifica a pele ou músculos. O procedimento transmite o feixe de laser pela agulha até a área lesada, o que reduz em até 75% o tempo de cirurgia se comparado com os métodos convencionais. Enquanto na cirurgia convencional o tempo de recuperação fica em torno de 15 dias, quem opta pelo laser precisa de apenas dois dias para se recuperar.

Fotos: Divulgação

A COR DO ANO O ano mal começou e já tem a sua cor oficial. Como faz todos os anos, a Pantone, empresa que detém a paleta de cores mais famosa do mundo, revelou que a Radiant Orchid 18-3224 (Orquídea Radiante) será a cor de 2014. O tom cativante estará presente com força nos próximos meses, e deve ser visto das passarelas aos itens para casa e decoração. “Um convite para a inovação, a Radiant Orchid estimula a criatividade e a originalidade, o que é cada vez mais valorizado na sociedade de hoje”, disse Leatrice Eiseman, diretora executiva do Pantone Color Institute.


FEVEREIRO | MARÇO 2014

39


40

FEVEREIRO agosto | setembro | MARÇO 2014 2013


Melhor que sonhar, é realizar Com 34 anos de atuação, a Cemara Loteamentos tem uma trajetória expressiva. Realizações que se expressam em números, fazendo da empresa uma das maiores loteadoras do Estado de São Paulo, pronta para trazer para Piracicaba novos projetos que contribuam para o desenvolvimento socioeconômico da cidade, priorizando sempre a qualidade na execução dos serviços e o respeito ao meio ambiente.

33

24

LOTEAMENTOS IMPLANTADOS

EM LICENCIAMENTO

ÁREAS URBANIZADAS

ÁREAS A URBANIZAR

20 MIL 20,8 mil LOTES URBANIZADOS

LOTEAMENTOS

8,7 milhões de m

2

LOTES A URBANIZAR

10 milhões de m

+ de

2

Acesse cemara.com.br e acompanhe a nossa fanpage facebook.com/cemaraloteamento para conhecer nossos lançamentos e oportunidades em loteamentos. FEVEREIRO | MARÇO 2014

41


TRI.saúde

Você até tem vontade de ir correr logo no início da manhã, mas aproveitar mais meia hora de sono parece mais atraente. “Deixa pro final da tarde”, você diz ainda com a cabeça no travesseiro. Às 18h, bate aquela vontade de voltar pra casa, aquela preguicinha, que nem se o chamarem para um happy hour vão conseguir tirá-lo do conforto e aconchego do lar-docelar. Atualmente, é tão comum esse sentimento que corremos o risco de nos acostumarmos e fazer disso um estilo de vida. Fique atento: se o cansaço não for resultado de um longo dia de muito trabalho e pouco sono, é melhor investigar.

42

FEVEREIRO | MARÇO 2014


Empresas visando otimização de seu rendimento financeiro já incluem especial atenção ao trabalhador, pois da saúde do bom funcionário depende a saúde da empresa e vice e versa.

Com qual frequência você se sente cansado? Segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope), 98% da população brasileira apresentam algum grau de cansaço no dia a dia, e 60% disseram deixar de cumprir alguma obrigação por isso com frequência. As razões para tal desânimo não surpreendem: 70% dos 1500 entrevistados afirmam que estão cansados devido ao estresse e a correria do dia a dia. A causa de tanta exaustão, porém, pode ser mais complexa. De acordo com o cardiologista da Unimed Piracicaba, Dr. Carlos Augusto Ferreira Salles, o cansaço pode ser resultante de doenças como cardiopatia isquêmica, insuficiência cardíaca, doenças pulmonares, entre outras. “Mas nem sempre o cansaço físico é causado por doenças e pode ser resultante do desgaste ou sobrecarga provocada por um esforço físico de intensidade superior àquele a que a pessoa está habituada ou condicionada, uma situação comum em nosso meio e vivenciada por sedentários”, explica. Apesar da maioria dos entrevistados do Ibope que se queixou do cansaço assumir não se exercitar com regularidade, quem pratica exercícios com frequência não está isento do problema. Segundo Dr Carlos Augusto, o cansaço físico pode se manifestar em pessoas condicionadas e que praticam o exercício físico de forma irregular ou inadequada, e muitas vezes sem supervisão de um profissional. Mas e quando não é o corpo que se sente exausto? Segundo a psiquiatra da Unimed Piracicaba, Dra. Maria Cândida Alves Silva Chicanelli, sentirse cansado é resultado natural após trabalho intelectual ou físico árduos, e requer repouso adequado. “O cansaço é uma das queixas mais comuns ao se procurar consulta médica. Ele deixa de consistir em resposta natural quando não responde ao repouso em condições adequadas”, diz. De acordo com ela, os excessos mantidos por longo prazo, ou

cometidos de modo intenso, podem sim levar à exaustão e desencadear doenças. “Empresas visando otimização de seu rendimento financeiro já incluem especial atenção ao trabalhador, pois da saúde do bom funcionário depende a saúde da empresa e vice e versa”, conta a profissional. Para o Dr. Carlos Augusto, dificuldade na concentração, memória e instabilidade emocional podem ser referidas como cansaço ou fadiga mental. “A duração do cansaço pode ser recente (menos de um mês), prolongada (mais de um mês) ou crônica (acima de seis meses)”, esclarece. Dra. Maria Cândida explica que podemos influenciar positivamente nossa disposição adotando medidas profiláticas e focando na qualidade de vida. “Algumas medidas já conhecidas são a prática rotineira da boa alimentação, exercícios físicos regulares e orientados por profissionais, higiene mental, estudo e trabalho”, diz. Evitar práticas como uso de drogas e álcool também contribuem para manter a rotina produtiva e ativa. “Devemos lembrar que o cansaço físico pode ser resultado de um estado emocional adverso, como em situações de depressão e transtorno de pânico. Cabe sempre ao médico investigar os componentes do sintoma de tal cansaço, bem como o histórico médico da pessoa a fim de diferenciar as condições”, recomenda Dr. Carlos Augusto. Ficou na dúvida se a sua fadiga é normal, resultado de dias corridos no trabalho, ou algo mais complexo? Procure relaxar, tire férias, alongue-se, durma bem, livrese de excessos e mantenha uma dieta e rotina de exercícios regulares. Caso o cansaço continue reinando em sua rotina, o ideal é procurar um especialista para ajudá-lo a identificar as causas e indicar a melhor maneira de aproveitar as 24 horas do dia sem exaustão. “A saúde depende, dentre outros fatores preventivos, do equilíbrio e bom senso”, finaliza Dra. Maria Cândida. FEVEREIRO | MARÇO 2014

43


TRI.responsabilidade social

AVISTAR Associação de Assistência aos Portadores de Necessidades Especiais - Visão

A Avistar é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em 2005, que visa promover condições favoráveis ao pleno desenvolvimento das pessoas com deficiência visual, garantindo sua integração sócio-educativa-cultural, inserção profissional e melhora na qualidade de vida. Segundo a atual presidente da casa, Maria José Belloni Felipe, a finalidade da Avistar não é ser uma entidade assistencial. “Nós oferecemos oportunidades para que nossos usuários possam crescer enquanto pessoas e alcançar independência plena”, diz. Na Avistar, todas as conquistas, não importa o tamanho, são comemoradas. Desde os primeiros passos de uma criança com cegueira congênita até a condição de retomada de antigas atividades rotineiras de quem perdeu a visão recentemente, como por exemplo, fazer um café ou utilizar o telefone. A maior conquista na sociedade, de acordo com a presidente, é a credibilidade alcançada pela entidade: “Desde as doações que recebemos, aos nossos voluntários e nossa equipe fantástica e comprometida com a causa – tudo é acolhido com muita gratidão e alegria”, comenta Maria José.

PROJETOS

A Avistar trabalha com diversos projetos para seus 50 usuários. Dentre eles, os maiores são os de acompanhamento infantil e adulto. O “Caminhando Juntos” trabalha com crianças de 0 a 18 anos nas áreas pedagógica, psicológica, de educação física e mobilidade, informática (que utiliza software de voz), e tem apoio do Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Fumdeca). Além disso, a Escola de Música Harmonia oferece bolsas de estudo musical para as crianças de até oito anos. Os usuários adultos da Avistar, através do projeto Viver para Ver, também recebem de aulas de educação física e de orientação e mobilidade, aulas de artes manuais (mosaico, tear de prego e pente liço, e origami – todos oferecidos por voluntários), curso de jardinagem realizado em parceria com a Esalq, entre outros. O atendimento aos adultos e outras necessidades da entidade são atendidos parcialmente pelo Fundo Municipal da Assistência Social (FMAS).

DESAFIOS

O grande desafio da Avistar no último ano foi a mudança de endereço da sede. “Não tínhamos mais como atender a demanda no imóvel que estávamos. Estamos agora em um local maior,

porém o nosso foco principal é a construção da sede própria. Temos o terreno, o projeto feito e aprovado, e agora precisamos de recursos para a construção dessa casa”, diz. Segundo ela, a verba arrecadada com os eventos não é suficiente, e há a necessidade de um parceiro forte que dê a mão nessa empreitada.

COMO AJUDAR

“As pessoas podem nos ajudar através de doações espontâneas e esporádicas; podem se tornar sócias da Avistar e contribuir mensalmente ou semestralmente; podem realizar doações através do nosso site. Quem não puder ajudar com doação financeira, pode doar parte do seu tempo num trabalho que pode ser realizado na nossa sede ou nos nossos eventos”, conta Maria José. Os eventos, como a participação da Festa das Nações, bingos e jantares são de grande importância para a entidade, pois a arrecadação é muito significativa no dia a dia. “Precisamos de voluntários para a digitação de notas fiscais – um trabalho que pode ser feito a qualquer horário e do próprio computador da pessoa”, informa a presidente. Quem se interessar em ser voluntário do Avistar – ou de qualquer outra entidade – deve ter a consciência que é um trabalho para ser levado a sério e com muito compromisso e responsabilidade.

CONTATO 19 3433.4525 www.avistar.org.br avistar@avistar.org.br Rua São José nº 1407, Centro Piracicaba, SP

44

FEVEREIRO | MARÇO 2014


Créditos Foto: Home Theater Casa Cor Interior 2013, um dos ambientes premiados na Mostra. Projeto: Arqdesign. Cristiane Furlan

www.anandametais.com.br 19 21069050

Descubra o calor humano do aço. Steellayer®. O revestimento de aço exclusivo da Ananda Metais. Cores, texturas e estampas exclusivas. Steellayer® permite criar ambientes versáteis, com estilo e personalidade. Leve e resistente, pode ser instalado de forma fácil e rápida, sem interferir na estrutura de sua antiga parede ou fachada. Transforme espaços e crie sem limites para sua imaginação. Com Steellayer®, você tira suas ideias do papel e as coloca em sua vida.

FEVEREIRO | MARÇO 2014

45


TRI.esporte

POR ESPORTE OU POR PAIXÃO, MAIS E MAIS PESSOAS DE TODAS AS CLASSES SOCIAIS ADOTAM A BIKE COMO MEIO DE TRANSPORTE NAS CIDADES

46

FEVEREIRO | MARÇO 2014


Ok, tudo bem. Você já está careca de saber que pedalar é uma das melhores coisas do mundo! Não só para a saúde do corpo e da mente, mas para a saúde das cidades, já sufocadas com esse número gigantesco de carros nas ruas, a poluição, o aquecimento global, etc. Mas, se essas questões não o convencem a tirar a poeira da magrela que está lá no fundo da garagem e sair pedalando, aí vai outro argumento a favor: está na moda! Pelas ruas de Piracicaba ou qualquer outra cidade, é crescente o número de pessoas que tem escolhido a bicicleta como meio de transporte para o trabalho, para a prática de atividade física e até mesmo para os encontros entre amigos. Certo, vai, tudo bem que a cultura do carrão, mesmo que seja só para transportar você, como símbolo de status ainda é muito forte no Brasil. Mas isso já está mudando. O ciclismo, a cada dia que passa, vem crescendo em todo o mundo. São várias as cidades onde a população prefere sair de bicicleta a andar de carro. Ao longo dos anos, surgiram campeonatos e diversos tipos de bicicleta. Elas foram fabricadas de vários tamanhos, suportando pessoas de todas as formas e os diferentes impactos terrestres. O uso da bicicleta tem baixíssimo custo financeiro para os cofres públicos, traz melhoria ao estado físico e psíquico das pessoas, ajuda na economia doméstica das famílias, contribui significativamente na preservação da qualidade de vida das cidades, na diminuição de mortes e mutilações no trânsito, fornece autonomia e rapidez de deslocamento, é silenciosa e não emite poluentes para o ar.

Quem se locomove de bicicleta pela cidade fica mais disposto e menos estressado, pois não fica parado nos congestionamentos e no estresse do trânsito, além de ver a cidade de maneira diferente, com mais proximidade e interação.

“Quem se locomove de bicicleta pela cidade fica mais disposto e menos estressado, pois não fica parado nos congestionamentos e no estresse do trânsito, além de ver a cidade de maneira diferente, com mais proximidade e interação”, complementa Clayton Palomares, presidente da Federação Paulista de Moutain Bike (FPMTB). Com sede em Rio Claro, a FPMTB tornou tradicional o pedal noturno, onde quem gosta e quer pode participar, todas as terças-feiras. Tal evento existe desde 2006, mas foi em 2010 que a federação assumiu a organização da atividade e deu o formato que ela tem até hoje, com regras e monitoramento próprios, realizando interdição de ruas e acompanhando os ciclistas para garantir a segurança do grupo. Com mais de 150 mil bikes, Rio Claro é a segunda cidade do país com mais bicicletas, perdendo apenas para Joinville (SC).

CARRO X BIKE

O transporte individual motorizado há muito tempo vem sendo priorizado e, em virtude disso, enfrentamos os gigantes problemas de congestionamentos. Somente 20% do custo de um carro são pagos pelo seu proprietário. O restante, como os efeitos da poluição, perda de tempo no trânsito e acidentes são pagos por todos, inclusive por quem não possui carro. A bicicleta é o meio de transporte mais rápido e eficiente em distâncias curtas e médias. Por isso, se você não mora muito longe do trabalho e consegue vias que suportem a convivência dos carros com as bikes, vá de bicicleta! Em Piracicaba há o grupo Night Bikers, que também às terças se reúne para andar de bicicleta. O grupo realiza passeios noturnos que acontecem uma vez por semana, facilitando a pedalada daqueles que não podem fazer uma trilha à noite devido a distância e tempo disponível ou não gostam de fazer. Os agendamentos dos passeios e o ponto de saída são feitos via Facebook (Night Bikers Piracicaba). Tanto em Rio Claro quanto em Piracicaba as atividades são abertas ao público. “Em geral, os passeios são voltados para ciclistas iniciantes, ninguém é deixado para trás. Quem quiser participar é só vir com sua bicicleta e seguir as regras da atividade que são explicadas momentos antes da saída. Todos podem participar”, salienta Clayton.

Dicas para melhorar o seu desempenho, segurança, conforto e diversão

Fonte: www.sampabikers.com.br

1. É absolutamente indispensável o uso do capacete. Escolha um capacete de cor clara e tenha certeza que ele se ajusta adequadamente à sua cabeça. 2. Numa descida longa ou em dias chuvosos, não fique segurando os freios. Isto pode aquecer o aro da roda e estourar o pneu. É mais seguro aplicar uma pressão descontínua. 3. Ao pedalar à noite, use roupas claras e reluzentes. Lembre-se também de ter uma luz traseira conectada a sua bicicleta ou cinto, para que você seja visto à distância,

4. Não pedale em alta velocidade por longos períodos de tempo. Você pode sobrecarregar as articulações dos joelhos e sofrer lesões. Troque para a marcha lenta e realize pedaladas mais rápidas quando desejar fazer exercícios mais vigorosos, assim os seus joelhos serão menos sobrecarregados. 5. Mantenha sempre seus braços relaxados e não trave seus cotovelos. Esta técnica ajuda a absorver melhor o impacto contra as lombadas e buracos da rua.

FEVEREIRO | MARÇO 2014

47


48

FEVEREIRO | MARÇO 2014


O sorvete artesanal feito com matéria-prima importada da Itália sem gordura hidrogenada e sem gordura trans. Delicioso!

STECCO,

O

2

Escolha seu Stecco entre os 8 sabores disponíveis

3

Em seguida mergulhe o sorvete na calda de sua escolha. Temos 6 opções

EX

1

SORVETE ITALIANO NO PALITO ENTE! M I R E P

Por fim, adicione uma cobertura de castanhas e confeitos. Temos 12 opções

APRECIE TAMBÉM OS NOSSOS TRADICIONAIS:

FROZEN YOGURT Um sorvete à base de iogurte desnatado, portanto, 0% de gordura, baixa caloria e rico em cálcio.

GELATO ITALIANO Um sorvete artesanal feito com matéria-prima importada da Itália, não contém gordura hidrogenada nem gordura trans, o que o torna mais saudável e bem menos calórico em relação ao sorvete comum.

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO: Domingo a Quinta: 12h às 23h Sextas e Sábados: 12h às 1h Curta a nossa página no Facebook:

AÇAÍÍ PREMIUM Açaí de melhor qualidade, mais concentrado e adoçado com mel. Também acompanha toppings.

19 3433.7321

Av. Saldanha Marinho, 2015 Bairro dos Alemães | Piracicaba FEVEREIRO facebook.com/FrutaGurt FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014

49


PERFIL.americana

Uma viagem que me marcou foi para o Chile na região dos lagos. Fiquei hospedada numa cidadezinha chamada Puerto Varas, onde começa a Patagônia chilena. A beleza natural daquele lugar é simplesmente demais. Quem for visitar esse local, não deixe de fazer o passeio pelos lagos andinos! As reservas ecológicas, os lagos coloridos, os belíssimos vulcões (alguns ainda ativos) são imperdíveis.

SARAH BALDIN A designer de joias Sarah Baldin conta para a TRIFATTO o que faz para estar sempre bela. MAQUIAGEM Não fico sem meu corretivo para olheiras da MAC e do meu rímel da Lancôme. Ser chique é... ser simples. ROSTO Sou apaixonada pelo sabonete líquido Effaclar da La Roche Posay! Deixa a pele super macia e sequinha.

FILME A trilogia romântica de Richard Linklater: Antes do Amanhecer, Antes do Anoitecer e Antes da Meia-Noite.

CABELOS Para mim, que tenho pouco cabelo e fios muito finos e lisos, não dispenso a Máscara Volumactive da Kerastáse. Faz muita diferença para meu tipo de cabelo. Deixa mais volumoso e não pesa.

CORPO Não tenho preferências para cremes corporais. Atualmente estou usando um creme da Johnson & Johnson. Mas um que não abro mão é a manteiga emoliente da Granado. Amo passar nos pés, mãos, joelhos, enfim, nas partes mais secas. É uma delícia.

Minha última compra foi... uma joia.

BANDA Tenho várias bandas que gosto demais, mas uma que nunca canso de ouvir é Pink Floyd. E também tenho uma cantora que amo de paixão, que é a Lauryn Hill.

50

FEVEREIRO FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014

Não saio de casa sem... minha bolsa.

Fotos: Arquivo pessoal e Divulgação

HOBBY Passear com meus cachorros.


FEVEREIRO | MARÇO 2014

51


TRI.radar

PATRIMÔNIO CULTURAL

A Academia Limeirense de Letras (ALLe) colocou em foco o patrimônio da cidade em uma novo livro incrível: “Construindo o Patrimônio Limeirense: Arte, Literatura e Fotografia”, escrito em forma de poemas e prosa. O volume reúne também fotos e cartões postais dos lugares que sobrevivem a gerações e que estão na memória de cada cidadão limeirense!

MISS

A limeirense Amanda Artur começou bem o ano de 2014. A estudante foi selecionada como Miss Limeira, e já tem participação confirmada na seletiva Miss São Paulo. A miss garante que vai representar muito bem a beleza, o carisma e a simpatia da cidade. Boa sorte, Amanda!

limeira

NOVO ZOO

Quem está ansioso para conhecer o novo Zoológico de Limeira, pode se preparar. O espaço, localizado no Horto Florestal, já recebeu a aprovação dos especialistas da área, que o consideram um dos melhores do país, e em breve estará aberto à visitação.

52

FEVEREIRO | MARÇO 2014

Fotos: Divulgação e Shutterstock

MODA EM DESTAQUE

O design na confecção de jóias folheadas e bijuterias é o tema que preenche uma caixa de livros lançada pelo Senai em Limeira, no início do ano. O “Senai Mix Design” traz as diversas tendências que inspiram a moda em vestuário e acessórios para as coleções primavera-verão 2014/2015, e pretendem animar o mercado joalheiro da cidade. Estamos de olho!


FEVEREIRO | MARÇO 2014

53


PERFIL.limeira

Florianópolis! Praias maravilhosas com pontos turísticos incríveis para passear.

Caroline Gomes Reis Prestes a lançar sua nova grife para pets, Caroline Reis, de 20 anos, conta para TRIFATTO um pouco sobre seus itens favoritos e seu dia a dia. “Vista-se mal e notarão o vestido. Vista-se bem e notarão a mulher.” (Coco Chanel)

Ser chique é... estar ligada nas tendências, porém não é só a beleza das roupas que faz uma mulher ser chique e sim as atitudes do dia a dia , conversas e sua postura .

LIVRO Steve Jobs, de Walter Isaacson. Um programa imperdível na minha cidade... Hípica e os shoppings. CORPO Uso o hidratante Nivea Milk. Ele é ótimo, pois hidrata e tem óleo de amêndoas que ajuda nas peles ressecadas.

HOBBY Amo costurar e inventar novos modelos de roupas.

54

FEVEREIRO FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014

CABELOS L’Oreal Professionnel Silver. Deixa os cabelos loiros revigorados, brilhantes e muito mais loiros.

BANDA Iron Maiden , Nirvana , Guns N’ Roses... Nos fins de semana eu gosto de... assistir um bom filme e ficar com pessoas agradáveis. ROSTO Multi-Definition Fluido Hidratante Facial da Contêm 1g. Amo porque esse hidratante deixa a pele com uma aparência linda, e evita que as imperfeições apareçam.

Minha última compra foi... uma sandália da Carmen Steffens.

FILME O Diabo Veste Prada (2006).

Não saio de casa sem... celular.

Fotos: Arquivo pessoal e Divulgação

MAQUIAGEM Pó mineral Contém 1g e máscara para cílios ampliadora de volume 3D Contém 1g.


FEVEREIRO | MARÇO 2014

55


TRI.radar REVENDO O PASSADO

Comemorando os 30 anos da tão famosa mobilização pelas eleições diretas para presidente, uma exposição fotográfica no início do ano transportou seus visitantes para a década de 80, diretamente para o dia em que milhares de rio-clarenses se reuniram em frente ao Jardim Público em busca de seus direitos. A exposição foi realizada pelo Departamento Municipal de Comunicação da cidade, e mostrou vários jornais da época.

SUCESSO ESTRANGEIRO

A professora rio-clarense Katia Mello faz sucesso na Croácia dando aulas de Zumba com um “jeitinho brasileiro”. Em 2011, quando se mudou para lá, a atividade já era famosa, mas foi o ritmo e gingado brasileiro que chamaram a atenção dos croatas e fizeram suas aulas bombar. Hoje, além das aulas, a professora também realiza atividades de capacitação e classes de férias quando volta à sua cidade natal, uma vez por ano.

RIO CLARO CÉU COLORIDO

O céu de Rio Claro irá se alegrar durante o mês de junho com uma invasão de balões coloridos. Tudo isso porque a cidade foi escolhida para receber o Mundial de Balonismo, que acontece pela primeira vez no Brasil. De acordo com a Confederação Brasileira de Balonismo, 32 países já confirmaram sua presença por aqui. Não dá pra perder!

Para comemorar o aniversário de 19 anos do Coral Municipal de Rio Claro, o grupo preparou uma apresentação especial que encantou o público. Quem foi prestigiar o concerto se inspirou com algumas composições de Bach, Mozart, Bizet e Villa Lobos. Cativante!

56

FEVEREIRO | MARÇO 2014

Fotos: Divulgação e Shutterstock

PARA INSPIRAR


FEVEREIRO | MARÇO 2014

57


PERFIL.rio claro

Adoro praia e acho que temos no Brasil várias praias belíssimas! Amei a praia da Tartaruga em Búzios. Quem for pra lá, vale a pena conhecer!

GISELLE PFEIFER

MAQUIAGEM Acho que o segredo de estar com uma maquiagem impecável é a preparação da pele. Amo o Primer da Hourglass porque ele deixa a pele aveludada e mantém a maquiagem por horas; também gosto bastante do rímel DiorShow Black Out Volume, da Christian Dior.

A advogada Giselle Fernanda Pfeifer, de 33 anos, conta todos os pequenos detalhes da sua vida para a TRIFATTO. “Aos outros eu dou o direito de ser como são; a mim dou o dever de ser cada dia melhor”. Chico Xavier

FILME À Beira do Abismo (2011).

CABELOS Linha Farouk CHI Royal Treatment. Amo porque ele incorpora os fios e dá leveza ao mesmo tempo, além de ter um perfume que dura no cabelo. Meu cabeleireiro que trouxe pra mim.

BANDA Difícil escolher só uma! Gosto de várias; pra citar algumas, The Killers, The Strokes, Coldplay...

58

FEVEREIRO FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014

LIVRO Gosto dos livros do Sidney Sheldon. O que mais gostei foi “A Ira dos Anjos”. Minha última compra foi... uma máquina fotográfica semiprofissional.

Ser chique é... ser simples, humilde, ter bom-humor. Ser chique é uma questão de educação, e não de dinheiro: “porque o jogo da vida é como jogo de xadrez, no final Rei e Peão vão pra mesma caixa”. Não saio de casa sem... um caderno de anotações.

CORPO Biothem Baume Corps Oil Therapy. Ele deixa a pele aveludada e com um perfume suave. Além disso, a hidratação é prolongada.

Fotos: Arquivo pessoal e Divulgação

HOBBY Curtir meus animais de estimação e ler.

ROSTO Água termal da La Roche Posay. Amo porque acalma e refresca e pele. E kit 3 passos da Clinique. Como não tenho muita paciência para cremes, esse kit é prático e de rápida aplicação e tem tudo o que eu preciso para manter minha pele mais limpa e hidratada.


FEVEREIRO | MARÇO 2014

59


PERFIL.piracicaba

Acabei de voltar de Porto de Galinhas, e ainda estou maravilhada com o lugar. Gosto de viajar pelo Brasil e valorizar o que nosso país tem a oferecer. Recomendo fazer mergulhos nas piscinas naturais, tem uma no formato do mapa do Brasil que é incrível.

CASSANDRA DE ALMEIDA Empresária e proprietária da Farrawi, Cassandra de Almeida compartilha com a TRIFATTO alguns dos seus itens preferidos. “Não há felicidade em cima da infelicidade do próximo.”

MÚSICA Pitty.

FILME Vem dançar (2005).

HOBBY Dança do ventre, adoro!

Ser chique é... respeitar o próximo. A felicidade se encontra nas coisas mais simples da terra, às vezes a paz de um sorriso pode desamarrar uma guerra.

CABELOS Adoro a linha K PAK da Joico. Uso shampoo, condicionador e leave-in.

CORPO Gosto muito da loção hidratante Ureia 10% da Nutraplus.

Nos fins de semana eu gosto de... receber pessoas em casa. ROSTO Sou superalérgica a diversos produtos, então no rosto uso apenas protetor solar Anthelios FPS 45 da La Roche Posay. Não saio de casa sem... óculos de sol e perfume Eternity (Calvin Klein) ou Light Blue (Dolce & Gabanna).

60

FEVEREIRO FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014

TENDÊNCIA DE MODA QUE EU APOSTO: Muitas estampas, animal print continua com tudo!

TENDÊNCIA DE MODA QUE EU DISPENSO: Não consigo usar xadrez, não gosto mesmo!

Imperdível na minha cidade... Festa das Nações.

LIVRO A Cabana, de William P. Young.

Minha última compra foi... um óculos de sol Tiffany & Co. e um Roberto Cavalli.

Fotos: Arquivo pessoal e Divulgação

MAQUIAGEM Sou completamente fiel à base Studio Fix da M.A.C. e ao bronzer Brush on Bronze da The Body Shop.


FEVEREIRO | MARÇO 2014

61


TRI.essencial Executivo da Audax Empreendimentos, Mateus Antonelli nos dá a honra de saber um pouco de sua intimidade e do que é fundamental na sua vida. Quando o assunto é felicidade, diz ter aprendido que, na vida, ela só vem como consequência daquilo que cativamos.

MATEUS ANTONELLI Em casa: Essencial é meu amor, nossas famílias e nossos cachorros. Fora isso, acredito que a paz que sinto em minha casa, todos falam quando estão lá conosco: minha casa transmite uma paz que nos faz mais fortes ao sair dos portões e enfrentar o dia a dia. No trabalho: Gente comprometida. Acho que é até mais importante do que gente capacitada. Meus parceiros de trabalho precisam ter certeza daquilo que querem e daquilo que a empresa precisa. No dia a dia: Continuar andando adiante, mesmo que cansado, e manter a fé. Nos relacionamentos: Essencial nos relacionamentos é amor e todas as muitas coisas que advêm desse amor, as quais não saberia nem explicar. O que sei é que o meu mudou minha vida e me faz cada dia alguém melhor. Como entretenimento: Receber bem nossos amigos e família em casa é sempre a melhor pedida. Nas viagens: Viajar é essencial, um investimento que fazemos, que ninguém pode nos tirar. Podem nos tirar tudo, menos as experiências vividas, e nelas o conhecimento, a cultura adquirida sempre em boa companhia. Gente chata em viagem é péssimo. Na mala: Essa é fácil: tenho algumas alergias, mas não deixo de comer nada por elas. Portanto, meu antialérgico. Na cozinha: Gastronomia é uma das minhas paixões. Li certa vez que diante de uma boa mesa e um bom papo até os rostos mais endurecidos ganham riso, simpatia, ar de felicidade. O que não pode faltar na minha cozinha? O Wagner, nosso cozinheiro! (risos) Na sua cidade: Aprendi que o mundo é muito grande e que nossas referências devem ser baseadas naquilo de melhor que possamos conhecer sempre. Essencial é falar apenas daquilo ou daquele que conhecemos, essencial é fazer a vida mais leve.

62

FEVEREIRO | MARÇO 2014


FEVEREIRO | MARÇO 2014

63


especial

Insta PET @amandaangelelli

@anasebe

@angeljensen

@carolinacavassani

@estelapiza

@gdaibes

@luizajunq

@macamuzzo

@gracianacamattari

64

FEVEREIRO | MARÇO 2014


Fala sério, bichinho de estimação é tudo de bom! Não tem carinho que se compare ao amor incondicional que recebemos dos nossos pets, e falar que eles se tornam parte da família fica longe de ser exagero. TRIFATTO pediu e vocês publicaram no Instagram, com a hashtag #trifattopet, fotos que ilustram essa amizade animal. Nessas páginas, você confere algumas das imagens mais gostosas que recebemos. Para ver todas as fotos, acesse nosso site.

@mariliaboaretto

@aninhaefaamaro

@mimorais2013

@maxsaborito

@nalusunhiga

@gudinho_63

@robsbranco

@silviastorer

@tognirenata

FEVEREIRO | MARÇO 2014

65


HARD LOOKS PARA O DIA A DIA DE TRABALHO: DIFÍCIL É CONSEGUIR COMBINAÇÕES DIFERENTES E CONFORTÁVEIS QUE AGRADAM AS MULHERES BEM SUCEDIDAS. SEPARAMOS ALGUNS MODELOS QUE TRADUZEM ESSAS PERSONALIDADES FORTES PARA VOCÊ.

Vestido – Iódice Bracelete – acervo Óculos – Crislen Cristina Bathaus Carteira – acervo

66

FEVEREIRO FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014

Produção Executiva: Mara Ferraz Fotos: Isa Silvano Styling: Mara Ferraz


WORK

Blusa – Iódice Calça – Iódice Bandana – Louis Vuitton Bolsa – Louis Vuitton FEVEREIRO FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014

67


Vestido – Iódice Bracelete – acervo Colar – acervo Anel- acervo Óculos – Crislen Cristina Bathaus Carteira de mão – acervo

68

FEVEREIRO FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014


Vestido – Paruxa Bracelete – acervo Colar – acervo

Blusa – Paruxa Saia – Paruxa Bracelete – FEVEREIRO acervo FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014 Colar – acervo

69


Blusa – Paruxa Calça – Paruxa Lenço – Louis Vuitton Carteira – Louis Vuitton

70

FEVEREIRO FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014


ESPECIAL JOIAS

BRILHO EXTRA TODA MULHER TEM LUZ PRÓPRIA. ESCOLHER A JOIA CERTA INTENSIFICA ESSE PODER.

Lingerie – Farrawi by Recco Colares – Julio Joias Terço – Julio Joias Anéis – Julio Joias Brinco – Julio Joias FEVEREIRO FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014

71


72

FEVEREIRO | MARÇO 2014


Lingerie – Farrawi by Recco Pulseiras – Julio Joias Anéis – Julio Joias Terço – Julio Joias

FEVEREIRO FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014

73


74

FEVEREIRO | MARÇO 2014


Assistentes de Produção: Aline Soriani Max Saborito Direção de Imagem: Nathan Ferretto Make up: Lala de Jorge Leticia Trindade Hair: Luis Ramalho Modelos: Daiane Durães Monique Amoresano Agradecimento: Ivan Hellmeister Agência: Ten Model tenmodelmgt.com.br

Lingerie – Farrawi by Recco Brinco – Julio Joias Anéis – Julio Joias

FEVEREIRO FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014

75


CRISLEN CRISTINA BATHAUS

ESPELHO MEU Os óculos espelhados são a febre desta estação. Invista nas cores e novos modelos.

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

76

FEVEREIRO FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014

Alessandra Ambrosio

Foto: Divulgação

K


FEVEREIRO | MARÇO 2014

77


JULIO JOIAS

COMBINAÇÃO PERFEITA

Invista na delicadeza das peças para formar um combinação única que dá o toque de sutileza e sofisticação necessário ao seu look.

78

FEVEREIRO FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014


IÓDICE

VITAMINA C

Lucy Hale

FEVEREIRO FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014

79

Foto: Divulgação

Nos dias quentes, aposte nos tons vibrantes das frutas cítricas, como o laranja abóbora.


PARUXA

FORA DO ESCRITÓRIO

80

FEVEREIRO FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014

Blake Lively

Foto: Divulgação

As camisas têm ganhado cada vez mais espaço no guarda roupa das brasileiras, sejam de seda, algodão, tricoline ou cetim.


FARRAWI BY RECCO

SALADA DE FRUTA

Gisele Bundchen

FEVEREIRO FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014

81

Foto: Divulgação

As lingeries coloridas dão um charme especial às produções de verão.


SR joias

Ao pé do Ouvido O brinco perfeito – e poderoso – pode levantar qualquer look, até mesmo os mais básicos.

82

FEVEREIRO | MARÇO 2014


FEVEREIRO | MARÇO 2014

83


TRI.mix SPIN FIT POLE DANCE STUDIO Pole Dance é uma forma de dança e ginástica que trabalha todos os músculos do corpo. Faça uma aula experimental e apaixone-se por esse esporte que, além de prazeroso, elimina toda a gordura localizada e celulite tonificando os músculos. Rua José Ferraz de Camargo, 347 Centro | Piracicaba | SP 19 3042.2725

PRESENTERIA A Loja Presenteria é especializada para você, noiva, fazer a sua lista de casamento. Aqui você encontra utensílios de cozinha, decoração, porcelana, cristal e tudo para deixar o seu novo lar com a sua cara e seu gosto. A Presenteria espera por você. Entregamos seu presente. Rua Voluntários de Piracicaba, 563 | Centro 19 3432.5555 www.presenteriapresentes.com.br

Um show de comemoração para o dia mais especial da sua vida! EQUIPAMENTOS AUDIOVISUAIS PARA TODO TIPO DE EVENTO

84

FEVEREIRO FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014

(19) 3427-1413 / 3427-1521 / 3427-2858 (19) 9 9782-5999 / 9 9782-2085 Nextel: ID: 129*13462 / 135*8584 / 129 *13461 Tel. Nextel: 7803-0662 / 7851-3971 / 7803-0661 contato@popinmoving.com.br | rpopin@terra.com.br

www.popinmoving.com.br


FEVEREIRO FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014

85


TRI.SABORES

o top da gastronomia TOQUE BRASILEIRO Moqueca de Peixe com especiarias e vegetais brasileiros. O restaurante também oferece um buffet variado com pratos típicos do Brasil. Av. Independência, 3.574 | Piracicaba Tel: 3375.4426

BEM BAHIA Temos várias opções de tapiocas lights. Essa é de rúcula, tomate cereja e mussarela. Estamos com cardápio novo com mais de 50 tapiocas. Agora contamos com duas casas climatizadas e redecoradas. Rua Alfredo Guedes, 330 | Tel: 3375.7634 Rua Saldanha Marinho, 895 | Tel: 3371.3875 www.bembahiapiracicaba.com.br

GIARDINO Moqueca de Camarão com Palmito. Rua Marechal Deodoro, 2328 Tel: 3433.7066 www.grupocasaretto.com.br

86

FEVEREIRO FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014


GALILEO GRILL RESTAURANTE Ambiente climatizado, conforto para toda família, localizado no centro da cidade e com estacionamento conveniado. No sistema self service: por quilo, com espaço italiano, culinária japonesa e o nosso já tradicional churrasco. À disposição diariamente. Rua Prudente de Moraes, 821 | Piracicaba Tel: 3432.9896

FRUTAGURT Chegou o gelato italiano, um sorvete artesanal feito com matéria prima importada da Itália. Não contém gordura hidrogenada nem gordura trans, o que o torna mais saudável e bem menos calórico em relação ao sorvete comum. Av. Saldanha Marinho, 2015 | Tel: 3433.7321

GRUPO FASSINA Saboroso almoço no Fassina em Águas de São Pedro: Mais de 120 tipos de pratos quentes, saladas, sobremesas e muito mais. Acompanhe as divulgações no Facebook e no site: www.fassinalanches.net

ENGENHO PIZZA & SUSHI Salada do Chef tem folhas verdes, blanquet de peru, ricota, champignons, alcaparras, mussarela de búfala e tomate seco. Temos delivery de pizzas, sushi e grelhados. Rua Aquilino Pacheco, 120 | Tel: 3422.3838 wwwgrupocasaretto.com.br

FEVEREIRO FEVEREIRO || MARÇO MARÇO 2014 2014

87


TRI.comportamento

AVANÇOS DA MEDICINA OFERECEM PELO MENOS UM MEDICAMENTO PARA CADA TRANSTORNO PSICOLÓGICO. MAS A GRANDE QUESTÃO É: QUANDO DEVEMOS USAR A TERAPIA E QUANDO USAR OS REMÉDIOS?

Nosso novo mundo é assustador para quem se prende no medo de arriscar, pois ele nos cobra isso. E esse espírito de uma época nos coloca frente a nossos desejos como nunca. Estamos numa era sem limites. Sem limites de distância, com a internet; de perspectiva de cura, com os avanços da medicina; de estética, com o poder das cirurgias plásticas e tratamentos, entre outras coisas. Em desacordo, porém, a esse aparente alargamento dos limites de possibilidades no mundo, não há uma equivalência de felicidade. Mais e mais pessoas se sentem deprimidas, aumentam os números de dependentes químicos, problemas de relacionamento e os consultórios de psicólogos e psiquiatras estão cada vez mais lotados na busca por pílulas que

88

FEVEREIRO | MARÇO 2014

prometem amenizar os problemas. E as novas tecnologias surgidas a partir de pesquisas farmacêuticas parecem ter pelo menos um medicamento que, se não promete a cura, pode melhorar, e muito, a qualidade de vida dos que sofrem com os males psicológicos. Nesse universo surge um dilema que divide alguns especialistas: medicação ou terapia? Qual a participação de cada um? Todas as pessoas encontram-se sujeitas a desenvolver algum problema de ordem mental. Ansiedade, depressão, stress, ou mesmo os mais severos, como a esquizofrenia. Todas essas condições podem ser diagnosticadas e tratadas adequadamente por profissionais de saúde mental, e muitos pacientes apresentam uma melhor qualidade de vida após o tratamento.

A cada dia novos psicofármacos são testados e lançados como opções de tratamento, ampliando a variedade e exigindo do especialista uma atualização constante. Para a médica psiquiatra e psicoterapeuta Ilka Ramalho Vecchiatti (São Paulo), a combinação de terapia e medicamentos pode ser ideal no tratamento de muitos problemas psicológicos, mas há situações em que apenas a medicação é ideal. “Uma das maneiras de encontrar o melhor tratamento é conversando com o psiquiatra, que, da mesma forma que escolhe um remédio, também te ajuda a escolher um psicoterapeuta”, atesta. Remédios com finalidade de controle das emoções e comportamentos surgiram na década de 50. Já em 1986, a fluoxetina gera toda uma “Geração Prozac” à


Em muitos casos a combinação de medicação mais psicoterapia é mais eficaz do que medicação sozinha. Em algumas doenças ela é indispensável.

procura de felicidade. Depois disso, muitos novos medicamentos, alguns com promessas mais modestas, surgiram no mercado. Mas a eficácia das terapias também aumentou, e muito. “Em muitos casos a combinação de medicação e psicoterapia é mais eficaz do que medicação sozinha. Para algumas doenças, como fobia social ou transtorno de ansiedade social, ela é indispensável”, explica a médica. Entre as doenças mentais que tiveram suas alternativas de tratamento aprimoradas, pode-se destacar, nas últimas duas décadas, a ansiedade e a depressão. Essa mudança se deve principalmente ao desenvolvimento de técnicas psicoterapêuticas mais eficazes e efetivas, e do progresso científico da psicofarmacologia. Geralmente, as abordagens terapêuticas dos transtornos mentais encontram-se divididas em biológicas (medicação) e não-biológicas (psicoterapia). “A atuação dos medicamentos pode tornar a psicoterapia mais efetiva, pois podem reduzir a severidade dos sintomas e aumentar a adesão do paciente à intervenção psicoterápica. Por exemplo, se uma pessoa apresenta um quadro de depressão muito severo, pode ter dificuldades de comunicação com o terapeuta e até mesmo de se expor às habilidades sociais que são comprometidas nesses casos”, explica Ilka. Como qualquer outro medicamento, os psicofármacos não produzem o mesmo efeito para todas as pessoas. Um determinado tipo e dosagem de medicamento pode ser eficaz para uma pessoa, mas não ser o mais correto para outra. De qualquer modo, é preciso tratar o sintomas e a dor interior, daí o fato de que a terapia não exclui o tratamento medicamentoso e vice-versa.

PARA CADA MAL, um REMÉDIO Antidepressivos: Os antidepressivos são drogas que aumentam o tônus psíquico melhorando o humor e, consequentemente, melhorando a psicomotricidade de maneira global. Alguns desses medicamentos são: fluoxetina (Prozac®, Daforin®, Fluxene®, Psiquial®), sertralina (Tolrest®, Zoloft®), citalopram (Cipramil®), paroxetina (Pondera®, Aropax®), venlafaxina (Efexor®), fluvoxamina (Luvox®), entre outros. Ansiolíticos: são drogas capazes de atuar sobre a ansiedade e a tensão. Estas drogas foram chamadas de tranquilizantes, por terem a capacidade de acalmar as pessoas tensas e ansiosas. Eles incluem os benzodiazepínicos, que trazem o alívio dos sintomas. Alguns dos ansiolíticos são: alprazolam (Frontal®), citalopram (Cipramil®), diazepam (Valium®, Dienpax®, Calmociteno®, Compaz®, Kiatrium®, Noan®, Somaplus®), bromazepam (Bromazepam BASF®,Lexotan®, Neurilan®, Novazepam®) clobazam (Frisium®, Urbanil®), clonazepam (Rivotril®). Antipsicóticos: pessoas com transtornos psicóticos ficam “fora da realidade”; apresentam alucinações visuais e auditivas, ou acreditam que alguém pode escutar seus pensamentos. Medicamentos tradicionais como haloperidol (Haldol®, Haloperidof ®)e a clorpromazina (Amplictil®) são úteis. Estabilizadores do humor: compreendem as drogas utilizadas para a manutenção da estabilidade do humor. A principal indicação para estabilizadores do humor são o transtorno bipolar e os episódios de mania (euforia) ou de hipomania. O lítio (Carbolitium®, Carbolim®, Litiocar®), a carbamazepina (Carbamazepina®, Tegretard®, Tegretol®), o ácido valpróico (Depakene®, Valpakine®) e o divalproato de sódio (Depakote®) são as substâncias mais utilizadas com essa finalidade. IMPORTANTE: Apenas o médico pode prescrever medicamentos.

FEVEREIRO | MARÇO 2014

89


por Mara FERRAZ

1

2

3

4

5

6

7

8

1. Stela Weiser | 2. Carlos Olmos | 3. Gabriela Chaddad | 4. Eduardo Cançado 5. José Manuel Miguel | 6. Juliana Fávaro | 7. Luís Guilherme Schnor | 8. Camila Caitano

90

FEVEREIRO | MARÇO 2014


Inaugurou

TiM TiM

Há mais de 40 anos atuando com elegância no mercado automobilístico de Piracicaba, o Grupo Aversa celebrou em Janeiro uma nova conquista importante: a bandeira Mitsubishi. A nova loja Mitsubishi Avec abriu suas portas para o público em um encontro especial que reuniu muita gente bonita. Meus parabéns!

Seguiram implacáveis nas esteiras das redes sociais os comentários sobre as maravilhosas bebidas servidas no último Femivino. Então, anotem ai: os drinks refrescantes são do Empório Santa Clara, distribuidor exclusivo da Decanter. Destaque para o vinho Ercavio Tempranilo e o espumante Lírica Brut da Cave Hermann. De-li-ci-o-sos!

Afffff...

Liga da Justiça!

22 voluntários trabalham como verdadeiros heróis vestindose a caráter no Hospital dos Fornecedores de Cana (HFC). A Liga da Justiça mais astral da cidade tem a missão especial de conversar com as crianças durante as sessões de fisioterapia. Estão mandando bem!

1ª Star Night Run

Preparem seus tênis, porque a noite é nossa! A Gazeta de Piracicaba e Revista TRIFATTO provocam os corredores a turbinarem a noite de 22 de março, em um encontro marcado pelo astral e gente linda. Na Esalq, a partir das 18h. Te vejo lá!

Neste calor cruel que os piracicabanos estão enfrentando com muita garra, só mesmo bebidas geladas e ar-condicionado. E as vendas do setor dispararam! A procura por ar-condicionado cresceu 429%, e de ventiladores, 380% só neste ano. Haja energia. Tá bom pra você?

Dever Cumprido Com 28 anos, Gustavo Junqueira comemora a realização de um mega sonho: a medalha de ouro no European Open JiuJitsu Championship 2014, que aconteceu em Lisboa, Portugal. Meus parabéns!

Villa Feliz

O empresário Bene Avila e sua mulher, a psicanalista Luciana Avila, recebem em terras piracicabanas a filha Maira Avila, que chega de Toronto, onde reside. Na mala, saudades do Brasil e o desejo de curtir a família e amigos.

Prata da Casa

Certeza que quando você ler essa nota, já terá visto a bela atriz piracicabana Marilia Boaretto, sob o sol do Rio de Janeiro nos comerciais da sandália Ipanema. Ao lado das atrizes Fernanda Paes Leme e Giovana Ewbank, Marilia deixou tudo ainda mais bonito. Beleza piracicabana.

FEVEREIRO | MARÇO 2014

91


Malana Freitas

Aimée Madureira

SERTRI

ESPECIALMENTE PARA A TRIFATTO

Regiane Cesnique Villa Verde

92

FEVEREIRO | MARÇO 2014


FEVEREIRO | MARÇO 2014

93


Cassio Pacheco, Mashimasa Ishic e Gerente da Toshiba Medical, Luiz Felipe Pereira

Governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin; Luciana, Andrea e Luciano Almeida

Consul do Japão, Satoshi Endo

ESTARTRI • Prêmio Investe São Paulo O 2º Prêmio Investe São Paulo homenageou as empresas que se destacaram na geração de empregos. O evento aconteceu no Palácio dos Bandeirantes. Confira nossos cliques.

Ex-governador de São Paulo, Alberto Goldman

Ex-prefeito de Piracicaba, Adilson Maluf e Prefeito de Piracicaba, Gabriel Ferrato

Jay One Lyu; Presidente de Hyundai, Willim Lee e diretor executivo da Hyundai, Antonio Sergio Rodrigues

Diretor da AGC Vidros do Brasil, Arthur Andrade; Prefeito de Guaratinguetá, Francisco Carlo e Diretor Financeiro da AGC Vidros do Brasil, Fábio Oliveira

Vice-presidente de Operações e Logística da Natura, Josie Romero e Diretora jurídica da Natura, LucileneFEVEREIRO Prado | MARÇO 2014

94

Gerente da Honda South América, Roberto Moreno e Cesar Barros

Engenheiro da Embraer, Sergio Tomasella; Engenheiro do Centro de Serviços de Aviação Executiva da Embraer, Renato Rafael; diretor da embraer, edson carlos mallaco e secretário de desenvolvimento econômico, Geraldo almeida

Chefe do escritório da Agusta Westland Itália Brasil, Secondo Viglieno e Vice Presidente da Agusta Westland Itália Brasil, Celso Azzi

Presidente da CSMR, Andrea Park; Presidente da Caterpillar Brasil, Luiz Carlos Calil e Diretora de Recursos Humanos, Suely Agostinho


FEVEREIRO | MARÇO 2014

95


Silvia, Rafael, Tiago e Roni Clemente Marcia Ferrante

Patricia Esteves, Rodrigo Ranieri, Henrique Ferraz e Carlos Eduardo Fontes

ESTARTRI • Corpore

A Clínica Corpore abriu seu calendário de atividades 2014 com uma lição de motivação e aprendizagem. Na palestra do piracicabano Rodrigo Raineri, ele conta como foi sua aventura ao escalar o Monte Everest, a montanha mais alta do mundo. Veja quem foi acompanhar esse relato.

Luciane Manzatto e Renata Schnor

Domingos e Maria Luisa Abreu, Adriana e Gilberto Felippe

Matheus Souza

Equipe Corpore

Carolina Bega

Guilherme e Priscila Celso Daniel da Cunha e Ismael Rufino

Silvana, Alexandre e Vinicius Cesar

Maria Antonieta Cariola e Adriana Barros Daniel de Riggi e Fabio Malerba

96

Alaide e Tatiana Vitti, Jorge Vargas e Fabio Vitti FEVEREIRO | MARÇO 2014


Gilberto Morales e Ricardo Borin

Beto, Roseli e Roberto Mello com a equipe loja

ESTARTRI • Nho Quim Renata Munhoz, Fernanda Sepuveda, Carolina Morales e Sonia Patrícia Sepuveda

A Nho Quim Pneus inaugurou uma nova loja no Parque Conceição II. Confira quem passou por lá.

Reginaldo Mello, Gabriel Alegria e Rafael Penteado

Roberto, Stephany, Beto e Roseli Mello Suelen, Cristiane, Suzane, Stephany, Caroline, Giovana, Liliane, Viviane Mello, Luize, Laura Bezerra e Ana Rosilho

Renor Mello, João Vianey do Vale, Roberto Mello, Reginaldo Mello, Renato Mello e Fabio Bergwerk

Beto Mello, Roberto Santarcangelo, Ilicia Barreos, Roberto Mello, Elizangela Gomes e Marcelo Henrique de Paula

Ester Sanson, Roseli Mello e Regina Martim

José Victor Colletti Mazero, Fernando Mazero, Wilson Tietz, Roberto, Stephany, Beto e Roseli Mello

Suzane, Giovana, Liliane Mello e Ana Rosilho

Celso e Rose Melotto

Eduardo e Lucimeire Cetein, Rogério e Mariana Novoletti Stephany Mello e Paulo Graciano

FEVEREIRO | MARÇO 2014

97


Maira Pilon e Giovanna Mazzer

Cristiane Teixeira, Alessandra Montemor e Mara Ferraz

Ana Paula Nascimento

ESTARTRI Alessandra Montemor

A clínica Alessandra Montemor reuniu um seleto grupo para comemorar o lançamento do ILipo, o primeiro aparelho de lipoaspiração a laser da região. Acompanhe quem esteve lá.

Marina Zanetti

Sandra Martins

98

Pedro Miguel, Alessandra Montemor e Adriana Sutillo

FEVEREIRO | MARÇO 2014

Carina Astolff


ROTEIROS COMPLETOS É COM A TAM VIAGENS. Saia já de férias com estas ofertas. DISNEY COM PRINCIPAIS PARQUES!

PUNTA DEL ESTE - UR - 23/03

MONTEVIDEO - 23/03

9 NOITES – ROSE INN AT POINT - 18/09

3 NOITES – LA CAPILLA HOTEL - 23/03

3 NOITES – RADISSON VICTORIA PLAZA HOTEL

494

PREÇOS A PARTIR DE:

10x* R$

241

PREÇOS A PARTIR DE:

,59

10x* R$

à vista:USD2.052,25

136 PREÇOS A PARTIR DE:

,00

10x* R$

à vista:USD1007,00

,88

à vista:USD568,00

JOÃO PESSOA - PB - 13/10

NATAL - RN - 05/10

PRAIA DO FORTE - BA - 01/03

7 NOITES – IGATU PRAIA HOTEL

7 NOITES – DELPHIA MARSALLIS FLAT

4 NOITES – IBEROSTAR BAHIA ALL INCLUSIVE

198

213

343

PREÇOS A PARTIR DE:

10x* R$

à vista: R$1988,50

PREÇOS A PARTIR DE:

,85

10x* R$

à vista:R$2130,50

PREÇOS A PARTIR DE:

,50

10x* R$

,80

à vista:R$3438,00

INCLUÍDOS EM TODOS OS ROTEIROS: AÉREO IDA E VOLTA + HOSPEDAGEM + CAFÉ DA MANHÃ + TRASLADO IDA E VOLTA + BOLSA DE VIAGEM+ PONTOS MULTIPLUS - consulte o agente de viagens. Preços por pessoa, em apto duplo (exceto roteiros para Orlando – apto quádruplo), calculados em 27/01/2014, com saídas de São Paulo. Consulte nossa central para saídas de outras cidades. Os preços são baseados na rota da TAM Linhas Aéreas de menor tarifa entre as cidades, não válidos para períodos de feriados, congressos, feiras e eventos. Preços válidos para viagens de ida e volta. Reservas sujeitas à dis-ponibilidade do produto anunciado. *Consulte nossa política de parcelamento. Os preços em dólar norte-americano serão convertidos para real pelo câmbio do dia da compra. **Preços calculados ao câmbio de R$ 2,41 do dia 27/01/2014. A TAM VIAGENS RESERVA-SE O DIREITO DE ALTERAR, A QUALQUER MOMENTO, SEM PRÉVIO AVISO, OS PREÇOS ANUNCIADOS, CONFORME ACERTOS DE VALORES A SEREM FEITOS NO ATO DA CONFIRMAÇÃO DA RESERVA, ASSIM COMO AS DATAS DE VALIDAde. O licenciante/remetente é responsável exclusiva e integralmente pelo envio das imagens e dos conteúdos utilizados nesta campanha.

TAM Viagens Piracicaba 19 3302 7220 tamviagenspiracicaba@agentetamviagens.com.br

TAM Viagens Limeira 19 3444 6979 tamviagenslimeira@agentetamviagens.com.br FEVEREIRO | MARÇO 2014 99


LIMEIRA

Andrea Pessatte, Renata Zaccaria Simoni, Rebecca e Sophia Simoni

Renata Gullo

ESTARTRI • I.DEIA gifts

Para comemorar o lançamento da nova loja I.DEIA Gifts, Andréa Pessatte realizou um superevento que reuniu muita gente bonita. Confira os cliques da noite!

Cris e Branco Barbosa e Andrea Pessatte

Inez Miranda e Rosiane Tank Barbara Tank Siciliano e Jo Barbosa

Ana Grizzo, Clara Michelete, Andrea Pessatte e Isrelem Martins

Rosana Casalotti e Pablo Biazotto Amauri Honorato

100

Roberta Botion e Michele Campos da Silva FEVEREIRO | MARÇO 2014

Flavia Araujo


ESPECIAL universo feminino

Mulheres Reais, batalhadoras, e que não abrem mão de vocalizar seus desejos e ambições. Nas páginas a seguir, conheça um pouco mais sobre essas musas inspiradoras do dia a dia FEVEREIRO | MARÇO 2014

101


ESPECIAL.universo feminino

KRAV MAGA: AUTOCONFIANÇA E O FIM DAS AGRESSÕES ÀS MULHERES

INVESTIMENTOS FEMININOS: QUANDO COMEÇAR A POUPAR? Em cada fase da vida as mulheres têm uma prioridade - os namorados, o estudo, a profissão, as viagens, a família e a aposentadoria - mas, em nenhuma etapa, ela deve privar-se de construir um pé de meia. Segundo Aline Rabelo, coordenadora do Investmania, “não existe um percentual exato para se poupar, o importante é manter a rotina. O ideal é destinar um valor fixo para ser guardado todo mês. No futuro este empenho será responsável pela manutenção da qualidade de vida”. Dos 20 aos 30 anos, a mulher, geralmente, ainda mora com os pais e está mais preocupada em estudar e dar os primeiros passos em sua carreira. “Essa é uma boa idade para começar a guardar dinheiro, já que os custos da casa ficam por conta dos genitores ou a sua participação nas despesas domésticas ainda é parcial”, explica. Dos 30 aos 40 anos é a faixa etária em que a mulher começa a se consolidar profissionalmente e já pensa em constituir família. Para esta fase, Aline destaca a importância de adquirir um bom um plano de previdência privada ou priorizar investimentos com características de longo prazo, como as ações, o Tesouro Direto ou as Letras de Crédito. “Aqui é importante que cada uma conheça o seu apetite por riscos e defina um objetivo claro quanto ao destino final do dinheiro. Só ai é possível escolher um produto adequado ao seu perfil”, contemporiza. Dos 40 aos 50 anos a mulher já começa a pensar em um plano B, ou seja, se aposentar ou realizar aquela viagem dos sonhos. Para isso, no entanto, é preciso ter garantido uma boa reserva enquanto ainda estava plenamente ativa. “E, para quem se planejou, será a partir dos 60 que todo o esforço feito ao longo dos anos será recompensado”, conclui Aline.

102

FEVEREIRO | MARÇO 2014

Em tempos em que os estupros no Brasil superam número de homicídios, o treinamento de segurança pessoal dá à mulher a capacidade de mudar sua postura frente ao risco e ao medo. O 7º Anuário Brasileiro de Segurança Pública, do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), aponta que, em 2012, os casos de estupro superaram os de homicídios dolosos (com intenção de matar), com 50.617 ocorrências contra 47.136 assassinatos. O Krav Maga, a defesa pessoal israelense, tem sido utilizado como uma importante ferramenta para as mulheres que buscam autoconfiança, mudança de postura frente ao medo e às agressões. Com respostas simples, rápidas e objetivas para situações de violência do dia a dia, o Krav Maga é a única luta reconhecida como defesa pessoal e não como arte marcial. Não há competições e sim o desenvolvimento de técnicas que possibilitam ao cidadão comum se defender, independentemente de força física, idade ou sexo. Quando se fala em defesa pessoal, se fala em direito à vida. Quando as mulheres descobrem que, apesar de não terem a mesma força física do homem, elas são capazes de se defender de forma simples e eficiente, elas adquirem confiança. Quando essa mulher percebe que a sua vida e a vida de seus filhos está em perigo e que ela pode fazer parte da solução para esse tipo de ameaça, ela muda a sua postura frente ao risco e ao medo.


IÓDICE

Mariana e Amanda Angelelli

M

ariana e Amanda Angelelli não abrem mão de um desafio. Além de trabalharem na empresa da família, esse ano encaram um novo mercado: moda. “Sempre gostamos desse universo, e quando surgiu a necessidade de explorarmos mais nossa independência, não tivemos dúvidas do ramo que gostaríamos de seguir”, diz Mariana. Com 27 anos e formada em Hotelaria, ela e a irmã Amanda, de 25 anos e nutricionista de formação, estão à frente da loja Iódice, que faz parte do quadro de boutiques que estreia na expansão do Shopping Piracicaba. “Identificamo-nos com o estilo da marca desde o primeiro contato, e estamos ansiosas para oferecer para a cidade mais esse grande nome da moda nacional”, diz Amanda. Para as irmãs, ser mulher lhes dá uma grande vantagem nesse mercado, pois, além de empreendedoras, são consumidoras. “Sabemos o que as mulheres buscam e desejam, e na Iódice é possível encontrar peças

que agradam desde as mais básicas até aquelas que procuram um look mais sofisticado”, contam. A inauguração da loja, no final de abril, contará com coquetel exclusivo com a presença do próprio estilista da grife, Valdemar Iódice, e muitas surpresas para as consumidoras. “Teremos 10 embaixadoras da marca em Piracicaba, além de outras novidades que serão apresentadas no lançamento”, comenta Mariana. Segundo elas, conquistar o espaço e a independência no mercado de trabalho é o maior desafio para a mulher contemporânea, além de conciliar vida profissional e pessoal. As irmãs estão ansiosas por todo o trabalho que está por vir, e sabem que a dedicação será em tempo integral. “Estamos focando em nossa vida profissional e no sucesso do nosso negócio. A vida pessoal fica um pouco de lado, mas o apoio que nossos amigos e família estão dando prova que vale a pena investir nos nossos sonhos”, finaliza Amanda. IÓDICE Shopping Piracicaba | Loja 167 | Piso 1 Expansão 2014 | SP | 19 981.555.621 103 Av. Limeira, 722 | VilaFEVEREIRO Rezende ||MARÇO Piracicaba


104

FEVEREIRO | MARÇO 2014


ARQUITETA E URBANISTA

Joceli Ferraz Bortolai

T

rabalhando sempre com o desejo e sonho das famílias que buscam, através da moradia, melhorar a qualidade de vida. Uma das metas profissionais da Arquiteta e Urbanista Joceli Ferraz Bortolai, em 2014, é realizar esses projetos criando espaços que satisfaçam as necessidades particulares de cada família, transformando os espaços, onde forma e função sejam esteticamente bem resolvidas. Especialista em Arquitetura e Urbanismo Moderno e Contemporâneo, ela diz que seus focos neste ano estão em projetos residenciais familiares, espaços comerciais e empresariais e áreas de lazer e gourmet. “Isso é trabalhar com projetos de melhoria dos espaços residenciais, para evoluir e viver com qualidade, pesquisando sempre as tendências e novas tecnologias para criação de seus projetos. Espero para 2014 viabilizar esses sonhos para várias pessoas, e também focar em projetos de empreendimentos comerciais, já que me preparei com diversos cursos no último ano”, diz. Sempre dar uma visão feminina aos espaços, e viabilizar os ambientes onde a questão estética esteja alinhada com a função desejada pelo cliente são algumas das vantagens de ser uma mulher arquiteta, segundo Joceli.

“Administrar o tempo entre trabalho diário de criação, reuniões, cursos, eventos e todas as atividades que envolvem minha profissão é sempre um desafio. Temos que deixar um tempo reservado para nós mesmos e para a família, que são assuntos de grande importância”, conta sobre os desafios que supera diariamente. Para ela, sem esse momento exclusivo para a vida pessoal, não há como se fortalecer e crescer na vida profissional. “Além disso, temos que perceber e aceitar que algumas situações não sairão perfeitas, mas mesmo assim temos que seguir caminhando e acreditar que vale a pena a conquista de cada dia”, fala. Arquiteta há 30 anos, Joceli garante nunca ter sofrido preconceito no ambiente de trabalho por ser mulher. “Talvez porque gosto muito da profissão e trato com respeito os demais profissionais da área, sejam eles engenheiros, pedreiros, pintores, marceneiros, eletricistas... Sempre fui respeitada deixando que todos cumpram seus papéis”, conta. Para manter o equilíbrio em sua vida, a palavra chave de Joceli é organização. “Sem planejamento e agenda fico perdida. É importante sempre organizar os horários para que os compromissos sejam cumpridos da melhor forma” finaliza.

ESCRITÓRIO DE ARQUITETURA JOCELI FERRAZ Rua Marechal Deodoro, 1.544 | Bairro Alto | Piracicaba | SP | 19 3434.5850 | 19 996.073.221 FEVEREIRO | MARÇO joceliferraz@terra.com.br 2014 105


ESPECIAL.universo feminino

PROTEGER E CUIDAR DOS FIOS O verão é a época mais iluminada do ano. Durante os três meses que dura a estação, mulheres buscam o sol, mas sem deixar a preocupação com os cuidados de beleza de lado. Para curtir cada minuto durante o dia ou noite, uma nécessaire completa é a solução para estar sempre bonita e com os cabelos alinhados e protegidos. Para os dias mais quentes, as linhas Color Extend Sun, de Redken; Solar Sublime, de L’Oréal Professionnel; Soleil, de Kérastase, contam com produtos para proteger os fios das ações e agressões do mar, piscina, vento e sol. Os sprays têm na formulação proteção UVA e UVB, ideais para utilização durante a exposição solar, nas areias ou fora delas. Fora da praia, no fim de tarde ou à noite, um penteado especial, mais elaborado, ou com ar mais despojado, é uma boa pedida. A linha Couture Styling, de Kérastase, conta com diversos itens, de mousse a gel, para deixar a raiz com look molhado ou spray, que deixa o visual com ar praiano. Perfeito para todas as ocasiões. A linha Pro Keratin, de L’Oréal Professionnel, é a mais indicada para cuidar dos cabelos na volta das férias, pois devolve a queratina ao fio e ajuda na reestruturação dos fios.

BELEZA E PÍLULA Desde que ela surgiu, na década de 50, a finalidade da pílula anticoncepcional era apenas preventiva da gravidez indesejada. Rica em hormônios, elas até poderiam ser as responsáveis pelo aumento de peso das mulheres. Hoje, ela já é considerada um dos métodos mais populares e eficazes, com baixa dosagem hormonal, e o melhor, pode até ser considerada uma aliada nos tratamentos estéticos contra celulite, queda de cabelos e oleosidade da pele. Isso acontece porque os mesmos hormônios das pílulas, que previnem a gravidez, são quase iguais aos fabricados pelos ovários femininos. Esta semelhança química permite que estes tenham funções parecidas com os produzidos pelas mulheres, o que pode ajudar na beleza da pele, dos cabelos e até do corpo. Segundo Dr. Domingos Mantelli, ginecologista e obstetra, a combinação entre a mulher e sua pílula precisa ser perfeita para que ela possa contribuir com a beleza. “Existem hormônios que variam de uma pílula para outra, por isso é tão importante que a mulher use o método que favoreça seu organismo e que combine com os seus hormônios naturais”, explica. A queda capilar feminina, por exemplo, tem muito a ver com o ciclo menstrual, por isso o uso destes anticonceptivos pode ajudar na redução da queda dos fios e até estabilizar a queda durante todo o mês. Já as pílulas que contém drospirenona ou acetato de ciproterona na composição contribuem para a redução da oleosidade da pele, isso porque reduzem a produção das glândulas sebáceas, a grande responsável pela acne e pela oleosidade na raiz dos cabelos.

PRESERVAR A FERTILIDADE De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), anualmente, há quase 15 milhões de novos casos de câncer no mundo e esse número deve atingir 21 milhões em 2030. A infertilidade é considerada um dos mais angustiantes efeitos colaterais de longo prazo do tratamento de câncer entre adolescentes e jovens adultos. Sendo assim, deveria haver um aconselhamento mais frequente no sentido de apresentar ao paciente – seja homem ou mulher – alternativas de preservar a fertilidade. Essa é a opinião de Assumpto Iaconelli Junior, especialista em Fertilização Assistida e diretor do Grupo Fertility (SP). “É importante que o próprio centro oncológico identifique os pacientes com maior risco de perder a fertilidade, os informe apropriadamente, e os oriente a buscar aconselhamento com especialistas em Medicina Reprodutiva. Uma vez superado o câncer, isso evitaria grande parte dos problemas para seguir normalmente com a vida e ter filhos.” O especialista afirma, ainda, que essa preocupação vem ganhando cada vez mais força, já que as chances de cura do câncer aumentaram consideravelmente nas últimas décadas.

106

FEVEREIRO | MARÇO 2014


ALESSANDRA MATTOS COIFFEUR

Alessandra Mattos

A

lessandra nasceu para ser líder. Guerreira e protetora são alguns dos adjetivos que podem ser usados para descrever a força que é esta mulher. Além de fazer um trabalho extenso na área da educação, recentemente ela realizou o sonho de abrir seu próprio negócio. “Sempre quis investir em algum empreendimento meu, e senti a carência em Piracicaba de um salão de beleza que pensasse na mulher executiva, que está sempre correndo. Uni isso a minha constante busca pela excelência em atendimento, e decidi o que seria meu investimento”, conta. No espaço Alessandra Mattos Coiffeur, quem brilha é o cliente, que recebe atendimento personalizado em qualquer situação. Natural de Araraquara (SP), Alessandra conta suas metas para este ano. “Ser muito feliz, claro! Quero que minha marca se

torne referência em atendimento e estrutura na cidade. Ver meus funcionários e clientes satisfeitos é minha maior alegria”, diz. Ser mulher, segundo ela, garante um sexto sentido exclusivo para elas. E Alessandra se serve desse feeling para tirar o melhor proveito de tudo que faz. “Estou sempre buscando o novo. Sou viciada em novidades e o que há de mais moderno para meu negócio”, conta. A parte mais complicada fica em equilibrar trabalho e casa. “Mas, como toda mulher, consigo fazer mil coisas ao mesmo tempo. Concilio tudo da melhor maneira possível, sem negligenciar nenhuma área que necessite minha atenção. Esse é o encanto e o diferencial de ser mulher”, fala. Liderar, administrar conflitos e tornar o impossível em possível são suas maiores satisfações profissionais. “Não me intimido, vivo pra isso”, admite. ALESSANDRA MATTOS Rua Campos Salles, 429 | Centro | Piracicaba | SP | 19 3437.3400 FEVEREIRO | MARÇO 2014 107 www.alessandramattos.com.br


Um visual de arrasar pede uma fragrância à altura.

108

FEVEREIRO | MARÇO 2014

www.boticario.com.br/radarmakeb


JOGÊ LINGERIES

Luciana Stolf

L

uciana Stolf está preparada para encarar um ano de muito trabalho pela frente. “Em 2014, minha principal meta é implantar com sucesso uma loja da rede Jogê em Piracicaba, que será inaugurada junto com a expansão do Shopping Piracicaba, no final de abril”, conta. A Jogê é uma marca de moda íntima contemporânea e tem peças que primam pela qualidade e o conforto, com um conceito exclusivo. “Com o mercado cada vez mais competitivo, meu principal foco é proporcionar a melhor experiência de compra para as minhas consumidoras.” Segundo ela, as características femininas lhe dão vantagem nesse mercado e ajudam na busca dos objetivos. “A criatividade e a forte intuição feminina são pontos fortes que nos mantém no mercado e nos distinguem dos homens no mundo corporativo”, esclarece. Provar que sensibilidade não é sinônimo de fragilidade é, para ela, um dos maiores desafios da mulher contemporânea.

“Muitas pessoas acabam vendo essa característica de forma pejorativa, quando, na verdade, é ela que pode nos dar vantagens profissionalmente”, diz. No universo pessoal, acredita que a batalha a ser vencida é conciliar todas as atividades do dia a dia com o trabalho. “Eu adoro cozinhar, estudar para me manter sempre atualizada, cuidar de mim e manter uma rotina de exercícios e, também, deixar um tempinho para curtir com os amigos e família. Meu maior desafio será equilibrar tudo isso com o trabalho”, fala. A liderança também irá desafiar Luciana este ano. “Para me ajudar com isso, escolhi fazer uma pós-graduação em Gestão. Acredito que sempre temos que buscar melhorias, pois lidamos diretamente com pessoas, e não objetos”, explica. “Neste ano irei mesclar sonhos e objetivos, juntar trabalho com algo que gosto pessoalmente, lidar com pessoas e buscar o melhor para o universo feminino, incluindo o meu”, finaliza. JOGÊ LINGERIES Shopping Piracicaba | Loja 150/151 | Piso 1 Expansão FEVEREIRO 2014 Av. Limeira, 722| MARÇO | Vila Rezende | Piracicaba109 | SP


110

FEVEREIRO | MARÇO 2014


ARQDESIGN E VERDE TOTAL

Luciane Melotto e Marilney Saipp

A

arquiteta Luciane Melotto e a engenheira agrônoma e paisagista Marilney Saipp fazem, de forma independente, trabalhos únicos e superprofissionais. Juntas, já realizaram projetos que fizeram ainda mais sucesso. Para esse ano, os objetivos de Luciane envolvem investir mais tempo na execução, administração e gerenciamento de obras. “Criar, acompanhar e executar um projeto até o fim é um prazer”, diz. Marilney diz que, a cada ano que se inicia, procura fazer o máximo para ser uma ótima profissional, atendendo as expectativas dos clientes e procurando aprender mais e mais através da observação e criatividade. “Acredito que a mulher tem uma sensibilidade e intuição mais aguçadas. Isso facilita na hora de tomar decisões”, comenta Marilney sobre a intuição feminina. Para Luciane, o desafio da mulher no mercado atual é mostrar sua competência para superar os problemas.

ARQDESIGN LUCIANE MELOTTO Rua Santa Cruz, 192 | Bairro dos Alemães | Piracicaba | SP | 19 997.876.350 lumelotto@terra.com.br

“A humildade de se adaptar a cada situação é uma virtude”, diz. Nenhuma delas se intimida com a liderança, pelo contrário. Luciane encara ser líder como um desafio, enquanto Marilney diz que consegue delegar trabalhos a todos sem agredir e com respeito. A rotina corrida é administrada com cuidado por essas mulheres batalhadoras. “Vida pessoal e profissional vivem juntas”, diz Luciane. Marilney afirma que não perde tempo com o que não é essencial. Lidar com preconceito não é algo que as perturba. “No início pode até acontecer,” diz Marilney, “mas conforme converso com as pessoas, mostro o meu lado profissional e minha experiência, o preconceito se dilui e dá espaço para admiração e respeito”. Luciane assegura que, às vezes, é preciso conquistar a confiança de alguns funcionários para ser vista como aliada. “Essa conquista é imprescindível para que o resultado saia como planejado”, finaliza. VERDE TOTAL Av. Torquato da Silva Leitão, 656 | São Dimas FEVEREIRO | MARÇO 2014 | SP | 19 3422.8912 111 Piracicaba


112

FEVEREIRO | MARÇO 2014


LUCIANA SCAGION ODONTOLOGIA

Luciana Scagion

“D

urante toda a minha vida profissional, sempre centralizei meus esforços buscando aliar a melhor técnica ortodôntica com o melhor resultado estético possível para meus pacientes, para que eles obtivessem o sorriso perfeito, tanto em harmonia quanto em função”. É assim que a dentista Luciana Salgado Scagion, de 31 anos, abre sua entrevista. Natural de Cerquilho (SP), ela conta que hoje, seu principal foco é alcançar os resultados pretendidos pelos seus pacientes, pois a alegria deles é, sem dúvida, sua maior satisfação como profissional. Uma das pioneiras em Piracicaba a trabalhar com a técnica Invisalign, Luciana deixa claro seu interesse pelo aprendizado e modernidade na sua profissão. “Sou uma mulher determinada e focada em alcançar o sucesso profissional e pessoal, e são essas qualidades que me dão

vantagem para atingir meus objetivos”, conta. De acordo com a dentista, as mulheres estão cada vez mais independentes e competitivas. “Estamos ocupando cada vez mais o nosso lugar no mercado de trabalho e temos como desafio continuar em ascensão profissional para garantir, além da nossa realização pessoal, a nossa cidadania”, analisa a profissional sobre os desafios da mulher no mercado. Extremamente otimista, ela garante que procura encarar seus desafios de frente para alcançar seus objetivos. Quando o assunto é balancear casa e trabalho, ela garante sempre ter hora certa para cada um, sem misturar as coisas ou abrir mão de algum lado. “Sou muito dedicada a minha profissão e a minha família. Acho que esse equilíbrio entre minha vida pessoal e profissional vem naturalmente por eu realmente amar o que eu faço”, finaliza. LUCIANA SCAGION ODONTOLOGIA Rua Bom Jesus, 1.308 | Sala 5 | Piracicaba | SP | 19 99948.2200 FEVEREIRO | MARÇO 2014 113 contato@lucianascagion.com.br


ESPECIAL.universo feminino

MITOS E VERDADES SOBRE A GRAVIDEZ A gestação é um período em que a mulher passa por diversas emoções e é natural surgirem dúvidas, principalmente quando se trata do primeiro filho. Segundo o ginecologista e obstetra do Hospital e Maternidade São Cristóvão (SP), Dr. Fabio Muniz, nesta fase o corpo da mulher sofre diversas alterações. Para esclarecer as principais dúvidas das gestantes, o profissional respondeu algumas das mais frequentes em seu consultório:

Fazer exercícios grávida prejudica o bebê? Quais tipos de exercício são indicados?

Grávidas podem fumar ou ingerir bebidas alcoólicas? Qual o risco para o bebê?

A realização de exercícios físicos aumenta a sensação de bem-estar e consciência das transformações corporais durante a gravidez. É muito importante que o exercício seja acompanhado por um educador físico e tenha liberação de seu médico. O ideal é que a mulher aprimore seu desempenho antes da gravidez e mantenha o hábito de se exercitar três vezes por semana. Dentre as atividades recomendadas para gestante estão as caminhadas, natação, ginástica sem impacto, hidroginástica, RPG e alongamento.

Pelos malefícios à saúde, nenhuma pessoa deveria fumar. Grávidas então, jamais. Além de trazer sérios riscos para a saúde materna, o hábito de fumar poderá causar aborto espontâneo, parto prematuro, recém-nascidos de baixo peso e morte fetal. A gestante que vive em ambiente poluído pela fumaça do cigarro também pode apresentar problemas. As gestantes não devem ingerir bebida alcoólica em nenhuma quantidade. Estudos recentes nos EUA mostram que o álcool é umas das principais causas de retardo mental em recémnatos. O álcool passa para o feto através da barreira placentária e, como os órgãos fetais não tem plena capacidade de metabolizá-lo, pode gerar danos irreversíveis.

O formato da barriga indica o sexo do bebê? O formato do corpo da mãe determina como será a barriga, se mais arredondada ou pontuda e isto está relacionado à estrutura muscular do abdômen materno e à postura. Para quem possui a musculatura mais definida, a tendência é que a barriga fique mais alta, e nos casos de musculatura mais flácida, a barriga fica mais baixa.

Sexo durante a gravidez faz mal e pode antecipar o parto? O sexo em condições normais não faz mal nem desencadeia o trabalho de parto prematuro. Existe restrição em situações anormais, como na ameaça de aborto, risco de trabalho de parto prematuro ou quando ocorre a ruptura da membrana amniótica.

A grávida pode consumir carne crua como sashimi e carpaccio? A maior preocupação com relação à carne crua é a toxoplasmose, doença típica de animais domésticos que pode levar danos ao feto. Durante o pré-natal, se for constatada a ausência de anticorpos contra a toxoplasmose, a recomendação é de se evitar o contato com animais e a ingestão de carne crua ou mal passada.

114

FEVEREIRO | MARÇO 2014


NOSSO NINHO

Varuna Viotti Victoria

N

atural de Poços de Caldas (MG), Varuna Viotti Victoria é pedagoga especializada em Psicologia do Desenvolvimento Humano e proprietária da Escola de Educação Infantil Nosso Ninho. Aos 61 anos, ela conta que o foco do seu trabalho este ano é investir em projetos pedagógicos e trabalhar cada vez mais junto das famílias dentro da escola. “No trabalho com crianças, a mulher é mais sensível e perceptiva de detalhes importantes para estabelecer um bom relacionamento com os pequenos alunos”, diz. Segundo ela, nos contatos com os pais, professores e equipes da escola, ser mulher lhe dá vantagem, pois sua visão mais ampla permite que ela enxergue além dos aspectos logísticos e financeiros da empresa. Varuna não se intimida com a liderança. “Sempre tive um lado ‘líder’ forte em mim, e tento fazer o uso mais correto possível disso em casa e também no trabalho. Liderança só é uma qualidade quando ESCOLA INFANTIL NOSSO NINHO Rua Fernando Febeliano da Costa, 1905 | Piracicaba | SP | 19 3434.8406 www.escolainfantilnossoninho.com.br

usada para o bem de todos os envolvidos, seja em família ou no ambiente profissional”, comenta. Para atingir o equilíbrio, aposta na capacidade de reconhecer os próprios sentimentos e os dos outros e lidar com eles. “Por ser perfeccionista tento trabalhar muito esse lado, e também tive que aprender a delegar funções, principalmente no trabalho. Sou bastante interessada na teoria da Inteligência Emocional e tento aplicar seus princípios em meu dia a dia pessoal e profissional”. Para Varuna, os desafios do dia a dia não ficam só no ambiente de trabalho, mas também em casa. “Acredito que a melhora nesses desafios depende da mulher aceitar seus limites, suas falhas como profissional, como mãe e como companheira e, mesmo procurando ser melhor em ambos os mundos, ela sempre vai ter novos desafios e precisa aprender a enfrentá-los com sabedoria, humildade e sem querer ser uma supermulher”, aconselha.

FEVEREIRO | MARÇO 2014

115


116

FEVEREIRO | MARÇO 2014


FEVEREIRO | MARÇO 2014

117


118

FEVEREIRO | MARÇO 2014


FEVEREIRO | MARÇO 2014

119


PSICÓLOGA

Renata Schnor

A

psicóloga Clinica Renata Schnor sempre gostou muito de estudar. “Acredito que todos temos algo para ensinar e algo para aprender e seguimos assim por toda a vida, e esse é um dos meus objetivos para esse ano: continuar investindo em minha formação”, diz. Outras metas incluem retornar a ministrar cursos e palestras que ficaram em segundo plano nos últimos anos. Renata tem como paixão a literatura e a narrativa oral e as utiliza como ferramenta em seu consultório, ouvindo a história de vida de seus pacientes e contando-lhes outras, buscando junto com eles os significados de cada de suas historias. “Cada paciente é único, e eu trabalho com a ressignificação, ou seja, nós não podemos mudar nossa história, mas sim dar um novo significado a ela”, explica. Para ela, a mulher tem uma percepção de mundo diferente. Seu lado maternal lhe confere um instinto de loba, profundamente intuitiva, dedicada 19 3417.6779

120

FEVEREIRO | MARÇO 2014

a seus filhotes, seu parceiro e sua matilha. “Como eu trabalho com a escuta, esse lado intuitivo faz toda a diferença, tanto com adultos quanto com crianças”, fala. Dividir, com equilíbrio, vida pessoal e profissional, é o grande desafio da mulher, segundo Renata. “Pelo menos para mim, que gosto de estar sempre por perto do meu marido e dos meus três filhos. Em casa o que há é muito diálogo. Acho fundamental estar presente de alguma forma, mesmo que não fisicamente. Constantemente converso com a minha família por mensagens de texto no celular, recados... O importante é se fazer presente”, conta. Em assuntos de liderança, a psicóloga diz ser imprescindível a escuta e o diálogo. “O líder não é aquele que quer ser líder, mas sim quem foi reconhecido e escolhido como tal; e nunca se coloca numa posição superior nem inferior que sua equipe, ele vai junto”, garante.


HOSPITAL DOS FORNECEDORES DE CANA DE PIRACICABA

Ana Lucia Pavão

A

assistente social e gestora de clientes do Hospital dos Fornecedores de Cana de Piracicaba, Ana Lucia Pavão, acredita que ter metas é essencial na busca de realizações, principalmente na área profissional. “Como gestora de clientes de um complexo hospitalar, encontro diariamente várias dificuldades, o que me incentiva a buscar um aprimoramento profissional na área de atenção ao cliente, propiciando aos pacientes um acolhimento diferenciado e, principalmente, humanizado”, diz. Aos 35 anos, a piracicabana comenta que vê a mulher como um ser especial, dotada de delicadeza, força e amor. “Utilizo dessas qualidades para alcançar meus objetivos”, declara. Para Ana, o sumo desafio das mulheres hoje em dia tem sido cumprir com todas as responsabilidades e superar a competitividade que existe na mente do homem contemporâneo. A luta é ainda maior na vida pessoal, segundo ela. “Nossos princípios e valores estão perdendo as forças em meio a tantas novidades

apresentadas pela sociedade. Meu maior desafio é conseguir passar para os meus filhos, Filipe e João Pedro, o quanto é gratificante servir ao próximo”, diz. Quando o assunto é liderança, ela diz com convicção que liderar é um ato de amor, é estar à frente de um exército do qual ela também faz parte. “Trabalho próxima a minha equipe, direcionando e orientando sobre a melhor estratégia para servir. Os maiores líderes já diziam que liderar é servir, amar, lutar, respeitar e influenciar”, conta. No ambiente de trabalho, Ana diz que a presença feminina fortalece cada dia mais a área da saúde, e que as mulheres administram com tranquilidade devido à essência maternal. “Em 2013, a vida me surpreendeu com um câncer, e neste momento de dor e medo, fui bombardeada com as mais belas manifestações de carinho e afeto, algo inexplicável. Atinjo o equilíbrio entre vida pessoal e profissional conquistando, no ambiente de trabalho, amigos para todos os tempos”, finaliza. HOSPITAL DOS FORNECEDORES DE CANA DE PIRACICABA Av. Barão de Valença, 716 | Vila Rezende | Piracicaba | SP | 19 3403.2806 FEVEREIRO | MARÇO 2014 121 ana.pavao@hfcp.com.br


universoTRI. por MARA FERRAZ

Surpreenda-me Xô, zona de conforto, esconderijo terrível onde todos nós, em algum momento, nos abrigamos. Na zona de conforto, tudo parece tão certo, previsível... Mas na verdade é um lugar comum, sem evolução. Impressionante como é fácil aceitar o que não faz bem, pra não ter que mexer em nenhuma parede dessa construção que somos nós, em pele, osso, pensamentos e desejos. Acho que fazemos isso em vários momentos da vida e não nos damos conta de que as chacoalhadas não significam fim, rompimento nem tragédia grega. Chacoalhar, balançar a rotina, refazer escolhas são atitudes necessárias à felicidade. Um passo à frente diz muito sobre todos os outros que já demos. Aquilo que já sabemos só continua fazendo a diferença se damos um novo sentido, se somamos uma nova informação, um novo olhar. Tenho profunda admiração por quem rompe, recomeça, se entrega, faz diferente, se permite. Por quem muda de opinião, de cor de cabelo, de lugar. Mudar de lugar parece fácil, mas não é. Há pessoas que só conhecem o seu quadrado... Conheço gente que só se coloca no lugar do outro pra julgar e nunca pra sentir a dor. Até porque, do lado de cá da dor, as pessoas são tão fortes, são tão “certas” e também tão mornas. Quero ver viver o lado de lá, onde a dor já arranhou todas as cordas vocais num grito banhado de lágrimas, que sai do peito e sobe pela garganta explodindo de tristeza. Só conhece a dor da tristeza e a alegria do que vem depois quem saiu da zona de conforto. Mudar de lugar é abraçar a dor, inclusive a do outro. Outro sentido que pode provocar mudanças avassaladoras e profundamente

prazerosas é o ato de surpreender. Não, não, decididamente não, não há ser que pode ser humano ou não (porque até bicho gosta de surpresa) - que não ame ser surpreendido. Pode ser qualquer uma, a melhor mesmo, obviamente é a que não se espera. Benditos sejam os quentes de alma, que sabem provocar o que de melhor tem no outro. Benditas sejam as pessoas que pensam com amor, nas pessoas que dizem amar. Porque dizer é tão fácil, né? Mas fazer amor... Dá trabalho no sentido mais prático, afinal, fazer amor com o outro, também é provocar o amor do outro. Surpresas prologam a vida, deixam a pele mais bonita, aumentam os batimentos cardíacos e dão luz à existência... Sabe o que uma pessoa pode dar à outra de mais precioso? O TEMPO! Fazer uma surpresa requer dedicação, tempo, sensibilidade. As pessoas que surpreendem são tão abençoadas quanto as que são surpreendidas porque mexem com a camada mais profunda, mais íntima da felicidade... Mexem com as lembranças que ficarão registradas para o resto da vida. Não economize amor, não economize surpresa, não poupe energia pra deixar a outra pessoa feliz... Por mais que a gente se conheça, nos desconhecemos no momento seguinte de uma boa ou uma má provocação. Nas voltas que o munda dá, quando o desamor bater à porta, o pacto sugerido por Bob Marley poderia, num sopro de paz, nos lembrar de pensar assim: “quando eu achar que o amor está acabando, prometo lembrar de todos os motivos que me fizeram te amar”. A vida certamente irá te surpreender, mas quando é você que surpreende a vida de alguém... a vida passa a te desejar.

As pessoas que surpreendem são tão abençoadas quanto as que são surpreendidas porque mexem com a camada mais profunda, mais íntima da felicidade...

122

FEVEREIRO | MARÇO 2014


FEVEREIRO | MARÇO 2014

123


124

FEVEREIRO | MARÇO 2014


Trifatto 42