Page 1

CIDADES Dois menores confessam que mataram as duas crianças em União dos Palmares 11 EXEMPLAR DO ASSINANTE

QUINTA-FEIRA

MACEIÓ - ALAGOAS - 8 DE MARÇO DE 2012 - Nº 1388 - R$ 1,50

tribunahoje.com

Presa quadrilha que assaltou casa de prefeita e atacou delegacia

%DQGLGRVWDPEpPID]HPSDUWHGRJUXSRTXHDWLURXFRQWUDÂżOKRGRGHSXWDGR$QWRQLR$OEXTXHUTXHHHVWDYDPVHQGR SURFXUDGRVSHODSROtFLDQDWHUoDHOHVDWDFDUDPGHOHJDFLDHP3mRGH$o~FDUHÂż]HUDPWUrVSROLFLDLVUHIpQVPĂĄg. 9 DIA DA MULHER

Portal Tribuna Hoje ganha site voltado para o mundo feminino Neste 8 de março, Dia Internacional da Mulher, nasce mais um produto de comunicação da Cooperativa de -RUQDOLVWDVH*Ui¿FRV Jorgraf): o tribelas.com.br, um site integtrado ao portal tribunahoje.com e dedicado ao universo feminino e aos homens sensíveis de Alagoas, do Brasil e do mundo. São notícias, informaçþes, dicas e serviços sobre temas de comportamento, estilo, beleza, saúde, noivas, casa e sabor. O Tribelas quer mulheres e homens mais conscientes e felizes, por meio de um instrumento fundamental: a informação. Påg. 13

JUSTIÇA

STJ nega a Heloísa indenização por matÊria de jornal

COMPETĂŠNCIA

Elas estĂŁo cada vez mais no Poder

O STJ negou ontem o pedido de indenização por danos morais feito pela vereadora Heloísa Helena (PSOL) contra o jornal Folha da Manhã, do Grupo Folha. Heloísa entrou com ação quando ainda era senadora, contestando informaçþes das colunistas Mônica BÊrgamo e Bårbara Gancia, de que mantinha uma relação amorosa com o então senador Luiz Estevão. Påg. 3

As mulheres ocupam cada vez mais espaços no Poder PĂşblico. A presidente Dilma Rousseff ĂŠ o maior exemplo disso. Mas com um detalhe: elas estĂŁo ascendendo por competĂŞncia. “Toga nĂŁo tem sexoâ€?, disse Nelma Padilha, primeira desembargadora alagoana. A deputada federal Rosinha da Adefal (PTdoB) quer um maior nĂşmero de mulheres no parlamento PĂĄg. 2 ADAILSON CALHEIROS

DANOS MORAIS

Abril ĂŠ condenada pagar R$ 500 mil a Fernando Collor A Editora Abril foi condenada a pagar ao senador e ex-presidente Fernando Collor (PTB) indenização de R$ 500 mil por danos morais por tĂŞ-lo tachado, em matĂŠria na revista Veja, de “corrupto desvairadoâ€?. O texto fazia um paralelo entre as atitudes dos governos Collor e Lula diante das denĂşncias do motorista Eriberto França e do caseiro Francenildo Costa. PĂĄg. 5 TEMPO

PROTEĂ‡ĂƒO cedeu e o risco de parte da pista desmoronar levou a SMTT Ă interdição parcial SANDRO LIMA

20Âş

MĂĄxima

30Âş

MarĂŠs

03:36 09:43 15:53 22:06

2.3 0.1 2.4 -0.1

FINANÇAS DÓLAR COMERCIAL R$ 1,76 R$ 1,76 DOLAR PARALELO R$ 1,79 R$ 1,92 OURO: R$ 95,50 POUPANÇA: 0,5012%

PARADA CARDĂ?ACA

Parte da Ladeira Geraldo Melo estĂĄ interditada

Mulher morre apĂłs lipo numa clĂ­nica de olhos

Parte da Ladeira Geraldo Melo (antiga Ladeira da RodoviåULD ¿FDUiLQWHUGLWDGDSRUSHOR menos duas semanas. É que mais de dez metros do muro GHSURWHomRODWHUDOUXLXQR¿QDO da tarde em consequência das chuvas. TÊcnicos da SMTT constataram que boa parte da pista estå oca e Ê grande o risco de o asfalto ceder. O trânsito foi direcionado para meia-pista, o que provocou um grande congestionamento, agravado após o choque entre o ônibus e um carro. Påg. 15

A funcionåria pública Raquel Martins Damasceno, 42, morreu ontem logo após ter feito uma lipoaspiração no Instituto de Olhos de Maceió (IOM). Ela teria sofrido uma parada cardíaca ao tÊrmino do procedimento e em seguida reanimada e levada à UTI da Santa Casa de Maceió, onde voltou a ter o problema e não resistiu. O Conselho Regional de Medicina disse que o IOM não estå tecnicamente preparado para realizar lipoaspiração. Påg. 13

MEGAOPERAĂ‡ĂƒO

2Âş TURNO

PolĂ­cia prende 20 Times de MaceiĂł homens liderados perdem; ASA e por adolescente CSE goleiam

Bom a parcialmente nublado com possiblidades de chuvas em ĂĄreas isoladas

MĂ­nima

PISTA OCA

GRUPO de criminosos foi apresentado pela polĂ­cia e vai responder por diversos tipos de crime

Vinte pessoas foram presas na cidade de São Miguel dos Campos, entre elas dez adolescentes, acusados por DVVDVVLQDWRVWUi¿FRGHGURgas, assaltos e outros crimes na região. A operação foi executada pelas polícias Civil e Militar. Na captura do chefe do grupo, que tem apenas 17 anos de idade, houve intensa troca de tiros . Påg. 12

O segundo turno do Campeonato Alagoano começou mal para os times de Maceió. Na noite de ontem, CSA e CRB perderam pelo mesmo placar: 2x1 para o CEO e o Murici. Em casa, o ASA derrotou o Sport de Atalaia com três gols de Lúcio Maranhão. Jå o CSE goleou o Penedense por 4x0 jogando na casa do adversårio. Påg. 17


TribunaIndependente

2 POL�TICA MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2012

PolĂ­tica

Coincidência ou não, uma mulher vai presidir o TSE em ano eleitoral A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF) Cårmen Lúcia Antunes da Rocha foi eleita na terça-feira (6), por 6 votos a 1, a nova presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ela serå a primeira mulher a comandar a Justiça Eleitoral e, com um mandato de dois anos, terå como principal GHVD¿RFRRUGHQDUDVHOHLo}HVPXQLFLSDLVGHRXWXEUR³$OJXpPDFKDTXH uma ministra deste tribunal não sofre preconceito? Mentira, sofre. Não sofre LJXDORXWUDVVRIUHPPDLVTXHHXPDVVRIUHP´GHVDEDIRXDPLQLVWUD

Os Poderes precisam das mulheres

7UrVDODJRDQDVGHJUDQGHGHVWDTXHHPVXDViUHDVVmRDSUHVHQWDGDVFRPRH[HPSORGHVXFHVVRSDUDRÂľVH[RIRUWHÂś

ESPLANADA LEANDRO MAZZINI - contato@colunaesplanada.com.br

Tiririca: Se Valdemar me tirar, vai levar

C

ampeĂŁo nacional de votos, o deputado federal Tiririca (PR-SP) diz que ĂŠ candidato para valer Ă Prefeitura de SĂŁo Paulo, e vai encomendar pesquisa de intenção de voto semana que vem. “Estou empolgado, e quando empolgo, embaloâ€?. Negou que sua indicação ao cargo seja estratĂŠgia do partido para forçar o PT a ceder o MinistĂŠrio dos Transportes de novo ao PR, e revelou que vai peitar o dono da legenda, Valdemar da Costa Neto, se for usado. “Se Valdemar me tirar, vai levar..â€?, ameaçou, sobre a manutenção de sua candidatura. O resultado da pesquisa vai nortear os prĂłximos passos.

Meu povo.. O humorista deputado só teve um encontro com Valdemar para debater a FDQGLGDWXUD-XUDTXHQDGDIRLIDODGRVREUH37³9DPRVID]HUXPEDUXOKR QDUXDVRXGRSRYR´

..Nossa pasta (QTXDQWRLVVRFRQWLQXDQR&RQJUHVVRDSUHVVmRGDEDQFDGDGR35QD Câmara para a presidente Dilma indicar o deputado Luciano Castro (RR) DRPLQLVWpULR

Vitória de Requião Como a coluna adiantou, o PMDB ajudou a barrar a recondução do diretorJHUDOGD$177%HUQDUGR)LJXHLUHGRLPSULPLQGRDSULPHLUDHYH[DWyULDGHUURWDDRJRYHUQR'LOPDQR&RQJUHVVR)RLUHWDOLDomRGR30'%DR3ODQDOWR 9LWyULDGRVHQDGRU5HTXLmR 35 TXHGHQXQFLRX)LJXHLUHGRHGHUURWDGR líder do Governo, Romero Jucå (RR).

O alvo 2OtGHUGR30'%+HQULTXH$OYHV 51 LGHQWL¿FRXDLQWHQomRGRJUXSRGRV LQVDWLVIHLWRVTXHDVVLQDUDPPDQLIHVWR2OtGHUGRPRYLPHQWR'DQLOR )RUWH &( TXHUVHPRVWUDUDWLYRHFRQWHVWDGRUSDUDWHQWDUVXFHGHU$OYHV na liderança.

Moqueca tucana 2GHSXWDGRIHGHUDO&pVDU&ROQDJR 36'%(6 VDLUiGDGLVSXWDSHOD3UHfeitura de VitĂłria. Hoje, vai Ă capital e anuncia apoio ao nome mais forte da OHJHQGDRH[GHSXWDGR/XL]3DXOR9HORVR/XFDVDOLDGRGRH[JRYHUQDGRU -RVp6HUUD 63 

CĂłdigo secreto A turma revoltada do PMDB, em troco contra o PalĂĄcio do Planalto, planeja LQFOXLUGHQRYRDHPHQGDTXHDQLVWLDGHVPDWDGRUHVQDYRWDomRGR&yGLJR Florestal.

CĂłdigo Micheletto 2GHSXWDGR$OH[&DQ]LDQL 37%35 SURS{VTXHR&yGLJR)ORUHVWDOOHYHR nome do saudoso deputado Moacir Micheletto, ativista do setor, morto em acidente de carro.

Triste... Em entrevista à TV na terça, a deputada Rose de Freitas (PMDB-ES) UHYHORXTXHQD&RQVWLWXLQWHHPFRQVHJXLXDVDVVLQDWXUDVSDUDD instalação da CPI da Bomba no Riocentro, mas a papelada sumiu numa QRLWH'HQWURGD&kPDUDHRWHPDIRLHVTXHFLGR

... memória Hoje vice-presidente da Câmara, embora Rose de Freitas não fale, ela foi SHUVHJXLGDIRLSDUDRH[tOLRHWRUWXUDGDPHQRUGHLGDGHQRUHJLPHPLOLWDU )D]FRURFRPDSUHVLGHQWH'LOPDHRXWUDVPLQLVWUDVSHOD&RPLVVmRGD Verdade, e não a considera revanchista.

PB candidato $OLDGRVOHYDQWDPDWHVHGHTXHpRPLQLVWURGDV&RPXQLFDo}HV3DXOR%HUQDUGRHQmRDPXOKHU*OHLVL+RIIPDQQRFDQGLGDWRDRJRYHUQRGR3DUDQi HP(OHVHPRYLPHQWDQRVÂżQVGHVHPDQDQRLQWHULRUGR3DUDQiHP DUWLFXODo}HV

Na pista 2PLQLVWURGD-XVWLoD-RVp(GXDUGR&DUGR]RFRQ¿UPRXSDUWLFLSDomRQD 11ª edição do Fórum de Comandatuba (BA), de 28 de abril a 1º de maio. No bojo dos debates, a possibilidade de reforço de punição da Lei Seca FRQWUDPRWRULVWDVHPEULDJDGRV

Na pista 2 &DXVDUHYROWDDTXHPYr(P%UDVtOLDGXUDQWHRGLDRH[VHQDGRUFDVVDGR /XL](VWrYmRHQYROWRHPGHQ~QFLDVDSDUHFHQDDFDGHPLDWRGRVRVGLDV em sua Ferrari.

ParĂĄ dividido 2GHSXWDGR*LRYDQH4XHLUR] 3'735 QmRGHVLVWLXGDGLYLVmRGR3DUiHP WUrVHVWDGRV$QXQFLDDDOLDGRVTXHYDLOHYDURFDVRDJRUDj-XVWLoD

Ponto Final 9HUJRQKDQDFLRQDO3ROtFLDQmRLQGLFLDQLQJXpPQRDFLGHQWHGR-HWVNLTXH PDWRXJDURWLQKDHP%HUWLRJD 63 

Com Gilmar Correa e Hosa Freitas www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br Twitter @leandromazzini

REPRODUĂ‡ĂƒO

CADU EPIFĂ‚NIO EDITOR DE POLĂ?TICA

B

uscar adjetivos para sinonimar as mulheres ĂŠ uma aventura tortuosa e ingrata. Isso por que elas se encaixam em palavras que nem o maior neologista da litaratura brasileira, GuimarĂŁes Rosa, pode assim imaginar. Desde a ternura e singeleza inatas a sua natureza, elas sĂŁo exemplos de luta, coragem e sucesso. Sexo frĂĄgil coisa nenhuma a cada obstĂĄculo produzido pela vida, elas descobrem uma maneira de burlar as adversidades. E para representar tais adjetivos, podemos citar duas mulheres que honram as saias que vestem e sĂŁo referĂŞncias a serem seguidas em VXDVFDUUHLUDVSURĂ€VVLRQDLV A vice-presidente do Tribunal de Justiça do Estado, desembargadora Nelma Padilha - a primeira mu- Nelma Padilha e Rosinha da Adefal sĂŁo referĂŞncias em suas respectivas ĂĄreas de atuação lher a ser desembargadora em Alagoas; e a deputada versidades que terĂŁo pela ção Ă­mpar da competĂŞncia e presença de discriminação federal Rosinha da Adefal frente. Por exemplo, a mu- dedicação com que o mundo dentro do JudiciĂĄrio. Para (PTdoB) - respeitada em lher no jJudiciĂĄrio. Nelma jurĂ­dico vem enfrentando os ela, “a verdade ĂŠ uma sĂł: a todo o paĂ­s por sua luta pela Padilha destaca os avanços GHVDĂ€RV LPSRVWRV VHPSUH toga nĂŁo tem sexoâ€?. Ela conacessibilidade -, fazem de femininos no segmento. em busca de uma sociedade Ă€UPDTXHMDPDLVIRLDOYRGH VXD WUDMHWyULD SURĂ€VVLRQDO “Temos que reconhecer melhorâ€?, esclarece a desem- qualquer tipo de discrimium esplendor que qualquer a extraordinĂĄria ascensĂŁo bargadora. nação nas Comarcas onde mulher pode alcançar, mas das mulheres na carreira 'LVPLWLĂ€FDQGR WDEXV atuou. “Sempre me senti ciente, obviamente das ad- jurĂ­dica, numa demonstra- Nelma Padilha afasta a respeitada e queridaâ€?. CORTESIA

VANTAGENS

Tribunais e Câmara com mais mulheres Do JudiciĂĄrio para o Legislativo, a situação ĂŠ um pouco diferente, que o diga a deputada federal Rosinha da Adefal. Mesmo com o direito do voto feminino conquistado hĂĄ 80 anos, a representação polĂ­tica ainda ĂŠ pequena. A atual bancada feminina na Câmara representa apenas 8,77% do total da Casa, com 45 deputadas. No Senado, hĂĄ 12 senadoras, de 81 lugares. Embora esteja inserida nessa realidade, a parlamentar vĂŞ uma mudança. “Ainda temos muito que conquistar. As mulheres estĂŁo cada dia mais participando da vida polĂ­tica o que vai credenciĂĄ-las a exercer esses cargos, pois o fato de ser mulher nĂŁo pode ser o Ăşnico requisito para se estar na vida polĂ­tica. É preciso dedicação, vocação e muito trabalho. Ainda nĂŁo hĂĄ uma maior participação tambĂŠm porque nĂŁo hĂĄ paridade no investimento para homens e mulheres. Precisamos da reforma polĂ­tica partidĂĄria para que isso aconteçaâ€?, deĂ€QH5RVLQKD Lamento semelhante ĂŠ compartilhado por Nelma Padilha nos Tribunais, pelo nĂşmero de togadas, perguntamos se hĂĄ desvantagem e muito sacrifĂ­cio. “HĂĄ vantagens e desvantagens na carreira jurĂ­dica visto como um WRGR 0DV HVSHFLĂ€FDPHQWH sob uma visĂŁo feminina, ouso dizer que a Ăşnica desvantagem por mim enxergada ĂŠ, ainda, nĂŁo termos um nĂşmero mais expressivo de mulheres com assento nos Tribunais Superioresâ€?, sentenciou a magistrada. (C.E)

Pollyanna ĂŠ exemplo de alagoana que deu certo; atua como nutricionista na PresidĂŞncia da RepĂşblica

SUCESSO

Sensibilidade e humanidade dão vantagem à mulher no dia a dia O debate Ê eterno e nós homens temos que reconhecer realmente que elas têm vantagem em certos aspectos da vida contemporânea. E ainda bem que sim, pois sem esse jeito de levar a vida, o que seria da sociedade em que vivemos. AlÊm dos exemplos que jå destacamos hoje, cito outro, quase desconhecido. Quem cuida da nutrição da presidentae Dilma Rousseff (PT) Ê uma nutricionista alagoana, Pollyanna Patriota. A humildade e a competência a credenciaram para exercer função tão discreta no centro do Poder. Pollyanna gostaria de deixar o

exemplo de uma “alagoana de origem humilde, que obWHYH UHFRQKHFLPHQWR SURĂ€Vsional. “Que minha histĂłria possa servir de motivação para muitos jovens pobres que pensam em desistir de seus sonhos ou buscar caminhos ditos ‘mais faceis’â€?, diz Pollyanna. A desembargadora Nelma Padilha traduz as diĂ€FXOGDGHV IHPLQLQDV GD seguinte forma: “A mulher por ter a sublime missĂŁo da maternidade ĂŠ mais cobrada nas suas atividades proĂ€VVLRQDLV H GRPpVWLFDV ( D exercente do cargo de juiz de Direito, tem demonstrado uma perfeita integração com

a comunidade a que serve, aliando os seus conhecimentos jurĂ­dicos a uma atuação humanizada. Ela aplica, aos seus julgamentos, as normas legais, volvendo os olhos para a ‘alma’ daqueles que buscam no JudiciĂĄrio a resposta justa para os reclames e injustiças de que se dizem vĂ­timasâ€?. JĂĄ para a deputada Rosinha da Adefal, “a mulher tem peculiaridades que a faz indispensĂĄvel nas discussĂľes polĂ­ticas de uma sociedade como a perseverança, garra e coragem. A sensibilidade dĂĄ Ă mulher o diferencial em qualquer cargo que exerçaâ€?, salientou. (C.E)


TribunaIndependente

A opção de Lessa

H

å muitos nomes sendo postos como candidatos à Prefeitura de Maceió, porÊm Ronaldo Lessa, presidente regional do PDT, Ê o único deles que serå candidato, em qualquer situação. João Lyra, Rui Palmeira, Jeferson Morais, Rosinha da Adefal e Givaldo Carimbão, só para citar alguns, dependem, principalmente, de articulaçþes. Lessa, não. Respaldado pela excelente votação no 2º turno da eleição de governador, quando superou TÊo Vilela em Maceió, depende apenas de si próprio. E ele jå decidiu que Ê candidato e pronto. O ideal, para Lessa, Ê uma ampla aliança que tenha os respaldos do prefeito Cícero Almeida e dos senadores Fernando Collor de Mello e Renan Calheiros. Mas, se não der, deve unir os partidos de esquerda em torno do seu nome. Lessa sabe que seu futuro político depende, fundamentalmente, dessa eleição. Após derrotas seguidas (2006, para o Senado, e 2010, para o governo), se for eleito prefeito estarå reabilitado e de YROWDjULEDOWDSROtWLFDVHSHUGHUDWHQGrQFLDpQRIXWXURVHFRQtentar com um mandato de deputado ou vereador. Sua única opção Ê ser candidato agora.

Majestosa Hoje, Dia Internacional da Mulher, esta Conjuntura homenageia Perolina Andrade, que deixou sua Ibateguara para fazer o bem, Brasil afora. Se não bastasse ser excelente ¿JXUDKXPDQDVHXWUDEDOKRpUHIHUrQFLD quando se fala em açþes em favor dos menos favorecidos. Exemplo maior Ê o projeto Sua Majestade, o Circo, que hå 14 anos faz de crianças e adolescentes carentes cidadãos dedicados à atividade cultural.

Articulando O ex-deputado estadual Marcos Ferreira (PSB) estå fechando os apoios que considera fundamentais para consolidar sua candidatura a prefeito de Santana do Ipanema. Ele entende que se houver muitos candidatos Ê melhor para a situação. Daí estar convencendo alguns interessados a desistir para apoiå-lo.

Última chance Termina amanhã o recadastramento eleitoral nas cidades do interior que não concluíram o processo em 2011, como estava previsto. Os eleitores que não comparecerem terão os títulos cancelados, como no caso de Maceió. Para regularizar a situação junto à Justiça Eleitoral, a partir da próxima semana terão de solicitar outro documento.

Na medida O deputado Ronaldo Medeiros (PT) acertou em cheio ao apresentar SURMHWRREULJDQGRFDVDVORWpULFDVDJrQFLDVGRV&RUUHLRVHEDQFRVSRSXODUHVDFRQWUDWDUHPVHUYLoRGHYLJLODQWHVSURÂżVVLRQDLV(PWHPSRVGH YLROrQFLDpXPDIRUPDGHRIHUHFHUXPPtQLPRGHVHJXUDQoDQmRDSHQDV aos clientes, mas tambĂŠm aos funcionĂĄrios.

Cenårio Começam a surgir alternativas na disputa pela Prefeitura de Arapiraca, alÊm da deputada federal CÊlia Rocha (PTB) e do vice-prefeito RogÊrio 7Hy¿OR 36'% 7rPVLGRFLWDGRVRH[GHSXWDGR$OYHV&RUUHLD 37GR%  e o empresårio Ricardo da Coagro (PP). Hå quem acredite que, na reta ¿QDOKDYHUiXP³IUHLRGHDUUXPDomR´

Deboche O fato que mais despertou suspeita, nas investigaçþes que culminaram com a Operação Espectro, foi uma empresa preferir pagar multa de R$ 30 milhþes a ter de apresentar documentos contåbeis ao Fisco. É muito dinheiro, aqui e em qualquer lugar do mundo. Daí a se conseguir as provas das fraudes foi só questão de tempo.

Calo Nos últimos anos Maceió tem recuperado seu espaço no mercado turísWLFRDSDUWLUGR¿PGHLQJHUrQFLDSROtWLFDQRVyUJmRVR¿FLDLVRVHWRUQR Estado e no município, mas não consegue erradicar uma chaga denominada Salgadinho. Mal comparando, Ê como uma linda mulher não poder sorrir, por ter os dentes estragados.

“

Quem não Ê farsante nem costuma trair seus ideais políticos sabe que a presidente vem dando continuidade aos passos de Fernando Henrique, desde a adoção da política econômica DWpDSROtWLFDGDSULYDWDULD¾ HELO��SA HELENA Vereadora do PSOL/Maceió, em declaração prestada em 5HFLIHDQWHVGHGDUSDOHVWUDQRHYHQWR³2686QR%UDVLO HDVSROtWLFDVS~EOLFDVSDUDDVD~GHQR1RUGHVWH´

* Foi sepultada ontem, no Parque das Flores, LĂşcia Wanderley Gomes GH%DUURVDRVDQRVGHLGDGH([FHOHQWHÂżJXUDKXPDQDHUDYL~YDGH Oswaldo Gomes de Barros, mĂŠdico que foi deputado estadual, prefeito de Novo Lino e presidente do CRB. * Hoje, Dia Internacional da Mulher, o projeto “Fora de Pautaâ€?, comandado por MĂĄrio Agra, entrevista Valdice Gomes, presidente do Sindicato dos Jornalistas de Alagoas. Ă€s 20h30, no Barroco Comedoria, Rua SĂĄ e Albuquerque, JaraguĂĄ. * O advogado Carlos Humberto Cavalcanti de Lima JĂşnior, que vinha exercendo a função de secretĂĄrio municipal de Governo, foi nomeado pelo prefeito CĂ­cero Almeida para assumir a Secretaria Executiva da Unidade Executora Municipal Fiscal (UEMF). * A Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia SolidĂĄria iniciou nesta semana um curso de inclusĂŁo digital e eletrĂ´nica bĂĄsica, para os comerciantes que trabalham nas proximidades dos mercados pĂşblicos da capital e prestadores de serviço. * O CSA continua com boas iniciativas na ĂĄrea administrativa. Por exemplo, implantar a Central de Relacionamento (3032.0088), que permite ao torcedor fazer contato com o clube e, inclusive, contribuir com a aquisição de equipamentos para o Mutange.

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2012

POLĂ?TICA

3

Filho de Sânia Tereza perde recurso no TJ Bens de Raymi Palmeira, ex-secretĂĄrio de Finanças de Anadia, estĂŁo bloqueados DIVULGAĂ‡ĂƒO

VICTOR AVNER REPĂ“RTER

O

Ă€OKRGDH[SUHIHLWDGH Anadia, Sânia Tereza (PT), teve uma liminar de recurso negada pelo Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas (TJ/AL). Raymi Palmeira tentava suspender o bloqueio de seus bens, decretado em outubro do ano passado pela Vara CĂ­vel e Criminal de Anadia. A decisĂŁo ĂŠ do desembargador EstĂĄcio Gama. Para o magistrado, nĂŁo seria preciso emitir uma liminar porTXHQmRKiXUJrQFLDQRSHGLGRGRĂ€OKRGH6kQLD´5HVWD demonstrada a possibilidade de bloqueio e sequestro de bens ante os indĂ­cios de conduta Ă­mproba por parte do DJHQWHSROtWLFRÂľH[SOLFD A defesa de Raymi nĂŁo deve recorrer da decisĂŁo. “Isso era apenas uma tentativa de antecipar o desbloqueio dos bens. Agora vamos aguardar a decisĂŁo do mĂŠriWRÂľ SRQWXD R DGYRJDGR 5Rdrigo da Costa. ainda nĂŁo hĂĄ previsĂŁo para julgamento do mĂŠrito. Ex-secretĂĄrio municipal de Finanças, Raymi teve seus bens bloqueados apĂłs ser acusado — junto com sua mĂŁe — de desviar mais de R$ 7 milhĂľes da Prefeitura

Rayme Palmeira responde pelo mesmo desvio que sua mãe - Sânia Tereza - estå sendo acusada

de Anadia. Na mesma decisão, o juiz Helestron Costa, responsåvel pela Comarca do município, determinou o afastamento da então prefeita e seu secretårio. INDIFERENTE Para o advogado Rodrigo da Costa, a manutenção do

bloqueio dos bens nĂŁo proYRFD JUDQGHV GLĂ€FXOGDGHV a Raymi. “A Sânia nĂŁo tem bens nesses valores, entĂŁo nĂŁo tem nem como bloquear isso. Ele [Raymi] nĂŁo tem DEVROXWDPHQWH QDGDÂľ FRmenta o advogado. Rodrigo ressalta que a

acusação de desvio superior a R$ 7 milhĂľes foi apenas uma denĂşncia infundada. “NĂŁo havia esse dinheiro, era apenas uma informação contĂĄbil incorreta. A prĂłpria Câmara Municipal declarou que houve um erro de forPDOLGDGHÂľUHODWD

“SEM INFLUĂŠNCIAâ€?

Defesa prefere julgamento de HC em BrasĂ­lia Os advogados de Sânia Tereza (PT) preferem que o Superior Tribunal de Justiça (STJ) julgue o habeas corpus da ex-prefeita. Cassada da prefeitura pela Câmara Municipal, ela deixou de possuir foro privilegiado e, agora, seus recursos podem ser enviados para o JudiciĂĄrio alagoano. â€œĂ‰ melhor que o habeas corpus seja julgado em BrasĂ­lia, porque lĂĄ estĂĄ longe da repercussĂŁo. O STJ vai julgar mais tecnicamente,

VHPDLQĂ XrQFLDHPRFLRQDOÂľ pontua Raimundo Palmeira, um dos componentes da defesa de Sânia. O advogado, FRQWXGRUHVVDOWDTXHFRQĂ€D na imparcialidade da Justiça em Alagoas. Como Sânia nĂŁo ĂŠ mais prefeita, o STJ tem a opção de suspender o julgamento do habeas corpus H UHPHWr-lo ao TJ/AL. Na prĂłxima semana, Palmeira deve ir a BrasĂ­lia pedir que a ação seja julgada na Corte superior. “Quando a prisĂŁo ĂŠ

muito absurda, eles podem MXOJDUGHRItFLRÂľH[SOLFD Um dos argumentos que serĂĄ utilizado pelo advogado para que o STJ julgue o habeas corpus ĂŠ o fato de que nĂŁo houve um novo decreto de prisĂŁo contra Sânia apĂłs sua cassação da prefeitura. SEM PROVAS Na avaliação de Palmeira, o pedido de liberdade deve ser acatado pelo STJ. “Acredito que ela [Sânia] serĂĄ solta porque, desde que foi presa, nĂŁo houve preju-

Ă­zo para as provas. AliĂĄs, QHPH[LVWHSURYDÂľJDUDQWH A principal tese para o homicĂ­dio de Luiz Ferreira ĂŠ a de que o vereador foi morto porque seria peça-chave na abertura de um processo na Câmara Municipal para apurar desvio de recursos na prefeitura. “A prĂłpria Câmara jĂĄ mostrou que nĂŁo houve esse desvio, mas uma falha na dotação orçamenWiULDÂľ GL] 3DOPHLUD GHVWDcando que nĂŁo hĂĄ motivação para o homicĂ­dio. (V.A.)

NO STJ

Heloísa Helena perde ação contra jornal

A vereadora Heloísa Helena (PSOL) sofreu uma derrota no Judiciårio. A terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) julgou improcedente um pedido de indenização por danos morais movido pela ex-senadora contra o jornal Folha de S. Paulo. Então candidata aà presidente da República, Heloísa entrou com uma ação contra o jornal paulista e as colunistas Mônica BÊrgamo e Bårbara Garcia. Na avaliação da vereadora, o veículo e as jornalistas teriam

publicados informaçþes inverídicas e ofensivas à sua reputação. O problema teria sido a publicação de notas referentes à cassação do então senador Luiz Estevão. As colunistas teriam insinuado que um relacionamento extraconjugal entre os parlamenWDUHV WHULD LQà XHQFLDGR R voto da senadora alagoana. A vereadora jå havia tido seu pedido negado no primeiro grau e no Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDF). Ao recorrer ao STJ, a ex-senadora argumentou

que os artigos eram ofensivos Ă sua honra, imagem e intimidade. Para o ministro Sidnei Beneti, relator do processo, nĂŁo houve ilegalidade nas matĂŠrias publicadas pelo jornal Folha de S. Paulo. ´1mR VH YHULĂ€FD DEXVLYR R exercĂ­cio do direito de inforPDomRÂľFRQVLGHURX OUTRO LADO Em contato por telefone com a Tribuna Independente, HeloĂ­sa Helena DĂ€UPRX TXH YDL UHFRUUHU da decisĂŁo. “Continuo com o processo, pois agiram de

FORA DE MACEIĂ“

APOSENTADORIA

O ex-tenente-coronel Manoel Cavalcante quer cumprir sua prisão em regime semiaberto em Santana do Ipanema. Fora da cadeia desde o começo de fevereiro, o ex-líder da gangue fardada não pode deixar a cidade de Maceió, sob a pena de voltar ao presídio. De acordo com seus advogados, Cavalcante quer ir para o Sertão do HVWDGRSDUD¿FDUPDLVSUy[LPR da família — e distante do ex-deputado Chico Tenório. A solicitação deve ser antendida pela Vara da Execuçþes Penais.

A desembargadora Catarina Ramalho foi aposentada compulsoriamente pelo pleno do Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas (TJ/AL). Irmã do desembargador aposentado Mårio Ramalho, Catarina havia assumido o cargo em janeiro de 2010. A magistrada, no entanto, pouco tempo atuou na Corte alagoana. Diagnosticada com doença degenerativa no mesmo ano, Catarina pediu afastamento de suas funçþes por diversas YH]HVFKHJDQGRD¿FDUPDLVGH um ano em licença mÊdica.

Ex-coronel Cavalcante pede transferĂŞncia

Desembargadora deixa TJ por invalidez

forma mentirosa, injuriosa, caluniosa, difamatĂłria! Fui Ă Justiça como era minha obrigação como mulher honUDGDTXHVRXÂľH[FODPRX A vereadora foi incisiva ao lamentar a decisĂŁo do STJ. “Talvez da prĂłxima vez que alguĂŠm disser que eu ando transando com polĂ­tico vagabundo, como Luiz EstevĂŁo, ou qualquer outro, eu deva simplesmente chamar de prostituta ou prostituto quem estĂĄ me caluniando. Assim seria uma resposta Ă  altura de tanta mentira e FDQDOKLFHÂľGHFODURX 9$


TribunaIndependente

4 POL�TICA MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2012

BARTOLOMEU DRESCH bartolomeu_dresch@hotmail.com.br

Obesidade na escola

A

Semana de Mobilização Saúde na Escola, que termina amanhã em todo o país, vai passar a ser realizada todos os anos, e serå ampliada em 2013. A decisão foi tomada pelos MinistÊrios da Saúde e da Educação, diante da aceitação do proFHGLPHQWRSRUSURIHVVRUHVDOXQRVFRPXQLGDGHVHSURÀVVLRQDLVGD årea de Saúde na Família. Nesta primeira edição estão sendo avaliadas as condiçþes de saúde de cinco milhþes de estudantes de 5 a 19 anos, de 22 mil escolas públicas do país. A atenção principal das equipes Ê em relação à avaliação nutricional dos alunos, uma vez que a obesidade tem preocupado o MinistÊrio da Saúde. Ao mesmo tempo estão sendo realizadas palestras e outras atividades com estudantes e familiares. A adesão ao programa Ê voluntåria e faz parte das açþes previstas no Programa Saúde na Escola, criado em 2007 e que foi integrado ao programa Brasil Sem MisÊria. Segundo a Pesquisa de Orçamento Familiar, realizada pelo IBGE em 2008/2009, uma em cada três crianças entre 5 a 9 anos estão com peso acima do recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo MinistÊrio da Saúde. Entre os jovens de 10 a 19 anos, um em cada cinco apresentam excesso de peso.

Analisador de DNA O Laboratório DNA Forense da Universidade Federal de Alagoas vive uma expectativa otimista em obter recursos do programa CT-Infra para adquirir um importante equipamento SDUDDPSOLDUDSURGXomRFLHQWt¿FD da Ufal. O projeto para aquisição do equipamento (um analisador de DNA) foi elaborado pelo próprio laboratório em parceria com o Instituto de Ciências Biológicas e do Centro de Tecnologia, segundo explicou o coordenador do laboratório, professor Luiz Antonio Ferreira da Silva. O CT-Infra destina recursos para pesquisa e infraestrutura das universidades e faz parte da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep) do MinistÊrio da Ciência e Tecnologia.

Turismo e política Começou ontem e vai atÊ domingo (11) a Feira Internacional de Turismo de Berlim (ITB) que reúne 10.644 expositores de 187 países e Ê considerada a maior do mundo no segmento. Os organizadores direcionaram esta edição da Feira (a 46ª) para a discussão de assuntos relacionados à crise europeia, o turismo sustentåvel, a primavera årabe e as emissþes de CO2. Este ano, o país homenageado Ê o Egito que ocupa 20 espaços diferentes na Feira. O país teve o turismo duramente afetado pela instabilidade política do ano passado e inicia uma fase de recuperação. Outra discussão do momento Ê como voltar a levar turistas à GrÊcia, que tem na atividade uma das principais receitas. Os turistas alemães estão relutantes em visitar o país Mediterrâneo, pela crise econômica que estå enfrentando.

Leitura a todo vapor 1 SerĂĄ lançado no prĂłximo SĂĄbado (10) o Projeto “Trem das 10 – leitura a todo vaporâ€?, que vai distribuir nas escolas pĂşblicas de Marechal Deodoro e de MaceiĂł 3.500 tĂ­tulos infanto-juvenis de autores alagoanos. A ideia ĂŠ da ONG Teteia, de Marechal, e foi o projeto vencedor do edital BNB GH&XOWXUDVHQGRÂżQDQFLDGRSHOR%1'(6%DQFRGR1RUGHVWHH Governo Federal, contando com apoio das Secretarias municipais de MaceiĂł e de Marechal Deodoro. SĂŁo 350 caixas de livros em formato de trem que serĂŁo encaminhados Ă s bibliotecas das escolas, com o objetivo de incentivar ĂĄ leitura entre adolescentes de uma forma geral.

Leitura a todo vapor 2 A distribuição gratuita dos livros Ê apenas uma parte do projeto desenYROYLGRSHOD21*GHRGRUHQVH7DPEpPVmRGHVHQYROYLGDVR¿FLQDV literårias com crianças e adolescentes e tambÊm com professores e mães de alunos. AlÊm disso, os autores selecionados farão visitas às unidades escolares para conversar com os alunos sobre a realidade literåria de Alagoas e para contar histórias. Os autores escolhidos são Tiago Amaral, Ruth Quintela, Marijôse Albuquerque, Claudia Lins, Socorro Cunha, Leonardo Pimentel, Luciana Fonseca, Simone Cavalcante, Fåtima Maia e Ricardo Cabús.

Uma CEI da ViolĂŞncia mais ampla, quer Galba ApĂłs coleta de dados no MinistĂŠrio da Justiça, vereador se assusta com nĂşmeros lher os dados comparativos com outras capitais, o que pode ajudar muito no trapresidente da Câ- balho da CEI da ViolĂŞncia mara Municipal de e podemos ver que ĂŠ um abMaceiĂł e idealizador surdoâ€?, frisou. da ComissĂŁo Especial de Novaes ainda destacou Investigação das causas da os dados relativos ao asviolĂŞncia e homicĂ­dios (CEI sassinato de mulheres no da ViolĂŞncia), Galba Novaes Estado de Alagoas. “Foram (PRB), regressou de BrasĂ­l- 161 mulheres assassinadas ia, onde esteve no MinistĂŠ- em Alagoas em 2011. Foi rio da Justiça coletando da- uma falha nossa nĂŁo termos dos sobre a criminalidade no atentado para este dado paĂ­s. O vereador pretende anteriormente. A preocupaampliar o raio de atuação da ção nossa com os jovens e CEI, que conforme o prĂłp- a questĂŁo do crack fez com rio Novaes, pode discutir que nos preocupĂĄssemos temas que vĂŁo para alĂŠm tanto com isto, que esquecedas mortes entre jovens. mos outros pontos de igual Apesar de nĂŁo fazer par- importância. Estes dados WHGD&(,RĂ€FLDOPHQWH*DO- serĂŁo encaminhados para a ED 1RYDHV UHDĂ€UPRX TXH CEI da ViolĂŞnciaâ€?, destacou. pretende acompanhar todas NĂšMEROS as reuniĂľes, ao lado do preDe acordo com Novaes, sidente da ComissĂŁo, Ricar- as estatĂ­sticas mostram que do Barbosa (PT). “a cada 100 mil habitantes, O presidente da Câmara hĂĄ 140 crimes em MaceiĂłâ€?. MXVWLĂ€FD D QHFHVVLGDGH GD “A segunda colocada regisampliação dos temas abor- tra 60 crimes a cada 100 dados pela CEI diante dos mil. Ou seja, somos quase dados estatĂ­sticos da crimi- trĂŞs vezes mais que a segunnalidade em Alagoas. da colocada. É uma situação “Pude, em BrasĂ­lia, co- absurdaâ€?, salientou.

LUIS VILAR REPĂ“RTER

O

Vereadores não se entende sobre legalização Uma divergência de opinião entre a maioria dos vereadores por Maceió (incluindo os da bancada governista) e o Executivo municipal marca a questão polêmica da regulamentação GD SURÀVVmR GH PRWRWD[LVWD em Maceió. Eles seguem atuando de maneira irregular em vårios bairros da cidade. PorÊm, os mototaxistas lutam - e pedem ajuda à Casa de Mårio Guimarães

 SDUD TXH D SURÀVVmR VHMD reconhecida e estipulada regras para a atuação do setor. Na Câmara Municipal de Maceió, ainda no ano passado, a vereadora Fåtima Santiago (PP) chegou a apresentar um projeto de lei regulamentando os mototaxistas, mas - conforme o presidente Galba Novaes - a questão só pode ser decidida pelo Executivo municipal. Novaes destaca que a Casa

‡2SURJUDPDGHYHUiGHL[DUGHVHUDSUHVHQWDGRQRSHUtRGRGDWDUGHH possivelmente serå considerado inapropriado para menores de 12 anos. ‡6HUiODQoDGRHPDEULOXPOLYURVREUHRMRUQDOLVWD0LOWRQ1HYHVHVFULWR SRU&ODXGLR7RJQROOL UHVSRQViYHOSHODELRJUD¿DGRFDQWRU/REmR H DLQGDVHPWLWXORGH¿QLGR ‡2OLYURWUDUiKLVWyULDVGHVFRQKHFLGDVGRVEDVWLGRUHVGRIXWHEROHGRV veículos onde Neves trabalhou, alÊm de detalhes das encrencas que teve com Roberto Justus, Juca Kfouri, JosÊ Trajano e Roberto Avallone, para citar apenas alguns. ‡$REUDWDPEpPWHUiLQIRUPDo}HVVREUHDJUDQGHDPL]DGHFRPRORFXWRU2VPDU6DQWRVRPDUNHWLQJHVSRUWLYRHVHUiLOXVWUDGRFRPPXLWDV IRWRVGRDFHUYRSHVVRDOGRMRUQDOLVWD

transporte. Vamos cobrar o projetoâ€?, completa. 1RYDHV WDPEpP DĂ€UPD interceder pela categoria. De acordo com ele, a proposta de reivindicação foi encaminhada ao prefeito CĂ­cero Almeida (PP). “A proposta de regulamentação tem que partir do Executivo. A Câmara nĂŁo tem prerrogativa legal de regulamentar, mas sim de requererâ€?, disse. (L.V)

R$ 2 milhþes para eliminar línguas negras CÉLIO AEVEDO/ CORTESIA

Crivela$ODJRDVIRLXPGRVSULPHLURVEHQHÂżFLDGRVFRPUHFXUVRV

Como resultado da incursão do presidente da Câmara Municipal de Maceió, Galba Novaes, à capital federal, a orla marítima de Maceió pode contar com um reforço importante para a despoluição local. Acompanhado do senador Fernando Collor (PTB), Galba Novaes viabilizou junto ao ministro da Pesca, Marcelo Crivela (PRB), recursos para dinamizar e otimizar as açþes do Projeto Mar Aberto, da Secretaria Municipal de Proteção Ambiental (Sempma). Ao todo, a Casa conseguiu trazer o investimento de R$ 2 milhþes. Conforme explicou e comemorou Galba Novaes, o ministro Crivela enfatizou que o Legislativo municipal conseguiu incluir Alagoas como o primeiro estado a ser

PARTES

ERRATA

O vereador Paulo Corintho (PDT) defende uma via de diĂĄlogo entre os mototaxistas e o Executivo municipal. “Regulamentar ĂŠ a melhor opção para todos. Nas grandes cidades do Brasil jĂĄ existe e gera contribuição para o municĂ­pio e todos vivem em harmonia. Os interesses pessoais dos empresĂĄrios do transporte coletivo nĂŁo devem ser colocados como a primeira preocupação em MaceiĂł. A cidade ĂŠ bem PDLRUTXHWXGRLVWR´ÂżQDOL]RX

Em matÊria publicada no último domindo, dia 12 de fevereiro de 2012, o cargo de Narciso Fernandes era secretårio nacional de Direitos Humanos, quando na verdade seria coordenador de Direitos Humanos e Segurança Pública da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República. Narciso Fernandes foi ouvido na matÊria sobre o uso dos direitos humanos na segurança pública em Alagoas, utilizando como exemplo as experiências aplicadas no Estado do Rio de Janeiro.

Mulheres no Comando

‡0DVDVGLVFXVV}HVVREUHFRPSRUWDPHQWRVH[XDOHRSLQL}HVPDQLIHVWDGDVSHODDSUHVHQWDGRUDHVHXVFRQYLGDGRV¿]HUDPFRPTXHR0LQLVWpULR UHSHQVDVVHDFODVVL¿FDomRHRKRUiULR

de MĂĄrio GuimarĂŁes estarĂĄ ao lado dos mototaxistas dentro da legalidade. FĂĄtima Santiago continua sendo uma das ferrenhas defensoras da regulamentação dos mototaxistas e lembra da apresentação do seu projeto. Santiago pede que o Executivo encaminhe projeto para a Câmara para que a questĂŁo seja decidida. “A população jĂĄ demonstrou que deseja esse tipo de

DESPOLUIR

Uma das obras mais marcantes do inĂ­cio da carreira do pintor Pablo Picasso foi colocada Ă venda por seus proprietĂĄrios aristocratas galeses por 50 milhĂľes de libras (US$ 80 milhĂľes). O quadro “A Menina com Pombaâ€? data de 1901 e marcou a chamada “fase azulâ€? de Picasso. A pintura mostra uma menina segurando uma pomba perto de uma bola colorida, e pertence Ă  famĂ­lia Aberconway, que a emprestou a uma galeria de arte pela primeira vez no ano passado. A galeria calculou seu preço em 50 milhĂľes de liras, apenas para dar uma vaga ideia de preço. Outra pintura de Picasso “Nu, Folhas e Bustoâ€? foi vendida por US$ 106,5 milhĂľes de dĂłlares em 2010, um recorde de leilĂŁo para qualquer obra de arte.

‡20LQLVWpULRGD-XVWLoDSUHWHQGHUHFODVVL¿FDURSURJUDPD³0XLWR´ da Band, apresentado por Adriane Galisteu, que entrou no ar hå pouco WHPSRFRPFODVVL¿FDomROLYUHSDUDWRGDVDVLGDGHV

Novaes citou o nĂşmero de mulheres mortas em MaceiĂł: 161, em 2011

MOTOTAXISTAS

“Menina com Pomba�

O Corpo de Bombeiros Militar resolveu homenagear as mulheres da corporação na passagem do seu dia, hoje, 8 de março, de uma maneira especial. Durante esta quinta-feira elas estarão no comando das viaturas operacionais do quartel do Comando Geral, no Trapiche da Barra, HYmRDVVXPLURVVHUYLoRVLQWHUQRVFRPRRGHR¿FLDOGHGLDHRGH responsåvel pela disciplina. A partir das nove da manhã, as bombeiras vão assumiras funçþes exercidas nas viaturas de resgate, combate a incêndios, busca e salvamento. TambÊm participarão de um treinamento operacional no påtio do quartel com a simulação de ocorrências nas vårias åreas de atendimento e ganharão um cafÊ da manhã especial.

ADAILSON CALHEIROS

Paulo Corintho defende diĂĄlogo

Narciso Fernandes ĂŠ coordenador

EHQHĂ€FLDGR FRP XP SURMHWR que visa recuperar a atividade pesqueira no paĂ­s. “Dentro de alguns dias iremos trazer o ministro da Pesca para dar a notĂ­cia pessoalmente. Mas, de antemĂŁo, informo que Alagoas serĂĄ o primeiro estado a ser EHQHĂ€FLDGR FRP XP SURMHto ao qual serĂŁo investidos mais de um R$ 1 bilhĂŁo na recuperação desta atividade tĂŁo tradicional em nosso estadoâ€?, ressaltou. PROJETO O projeto Mar Aberto teve inĂ­cio em março de 2005 com o objetivo de coibir as chamadas “lĂ­nguas negrasâ€? na orla marĂ­tima de MaceiĂł, especialmente no trecho entre os tanques da Atlantic (Pajuçara) e o Hotel JatiĂşca. O Ă­ndice de balneabilidade melhorou apĂłs o projeto.


TribunaIndependente

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2012

POLĂ?TICA

5

Mulheres têm destaque em Arapiraca Secretariado do prefeito Luciano Barbosa Ê recheado de representantes do sexo feminino, motivando a inserção na vida pública

Cotidiano

DAVI SALSA

DAVI SALSA REPĂ“RTER

A

Apesar de reduzida, a bancada feminina na Assembleia Legislativa homenageou as servidoras do poder. De autoria da deputada estadual Flavia Cavalcante (PMDB) as homenagens se estendem atĂŠ amanhĂŁ, dia 9, quando a parlamentar presidirĂĄ uma sessĂŁo pĂşblica para discutir os problemas vivenciados pelas mulheres na nossa sociedade. Para tanto, escolheu mulheres “anĂ´nimasâ€?, que lutam no dia a dia para conquistar seus espaços, a exemplo de professoras, cozinheiras, motoristas de Ă´nibus, taxistas, enfermeiras e mĂŠdicas.

rapiraca (Sucursal) - A eleição de Dilma Rousseff (PT) como a primeira presidente do Brasil mostra que as mulheres estĂŁo cada vez mais ocupando seus espaços na sociedade. Em Arapiraca, essa tendĂŞncia jĂĄ ĂŠ bastante comum hĂĄ vĂĄrios anos. As mulheres conquistam postos de destaque e comandam cargos estratĂŠgicos na administração municipal e em outras esferas sociais, como tambĂŠm na polĂ­tica. Das 17 secretarias municipais no governo de Luciano Barbosa (PMDB), 11 mulheres comandam importantes pastas no serviço pĂşblico. Desde o seu primeiro mandato, em 2005, o prefeito tem reservado posiçþes de destaque para as mulheres exercerem cargos de comando em secretarias antes ocupadas por homens. Exemplo disso pode ser Presença femininaQRSULPHLURHVFDOmRGD3UHIHLWXUDGH$UDSLUDFDPRVWUDFRQÂżDQoDQDVPXOKHUHV comprovado nas pastas da Educação, com a professora Ana ValĂŠria Peixoto; na SaĂşde, com a assistente soDANOS MORAIS cial AurĂŠlia Fernandes; na Secretaria de Planejamento, comandada pela arquiteta Helena VirgĂ­nia Moreira; na Secretaria de AssistĂŞncia Social, com AdĂŠlia LĂşcia; na pasta da Iluminação, que tem como gestora Rita VICTOR AVNER Lula diante de denĂşncias de Os dois recursos foram Nunes; Na Secretaria de InREPĂ“RTER corrupção. relatados pelo ministro Sid- dĂşstria e ComĂŠrcio, Dayane O problema ĂŠ que, no de- nei Beneti. O magistrado Alves; bem como as secreA Editora Abril foi con- correr do texto opinativo, o considerou que a expressĂŁo tarias de Administração e denada a pagar R$ 500 mil autor chamou Collor de “cor- “corrupto desvairadoâ€? era Recursos Humanos, Ariluce em indenização por danos rupto desvairadoâ€? e usou a ofensiva Ă integridade mo- Cerqueira, e na Controladomorais ao senador Fernan- H[SUHVVmR ´WUDĂ€FkQFLDVÂľ HP ral do ex-presidente e ina- ria Geral, Maynara Rocha. do Collor de Mello (PTB). A relação ao ex-presidente. O grau de valorização das dequada ao jornalismo. O ação ĂŠ referente a um artigo A Editora Abril havia voto foi acompanhado pelos mulheres na administração da revista Veja em que o ex- sido inocentada no primei- demais ministros. arapiraquense tambĂŠm pode -presidente foi chamado de ro grau, mas foi condenada O valor do dano, contu- VHU FRQĂ€UPDGR FRP D SUH“corrupto desvairadoâ€?. pelo Tribunal de Justiça do do, nĂŁo foi unânime. Beneti sença da arquiteta Caroline O texto foi publicado em Estado do Rio de Janeiro e o ministro Paulo de Tar- Albuquerque na Secretaria março de 2006 na mĂ­dia im- (TJRJ) a pagar indenização so Sanseverino defendiam de Desenvolvimento Urbano pressa e na internet. Com o de R$ 60 mil. Tanto Collor punição no valor de R$ 150 e Habitação, e LĂşcia de FĂĄtĂ­tulo “O Estado Policialâ€?, o quanto a empresa recorre- mil. Mas a maioria da Ter- tima Queiroz Cavalcante no artigo de AndrĂŠ Petry com- ram da decisĂŁo no Superior FHLUD 7XUPD GHFLGLX Ă€[DU D comando da Secretaria de parava os governos Collor e Tribunal de Justiça (STJ). indenização em R$ 500 mil. PolĂ­ticas para as Mulheres, alĂŠm de outras trĂŞs mulheres ocuparem cargos de subsecretĂĄrias nas pastas da Comunicação, com a jornaASSEMBLEIA lista MĂ´nica Nunes; Governo, Giane Silva, e Marciete Barros, como subsecretĂĄria de Finanças. INCENTIVO “Isso mostra a nossa força e a capacidade da mulher no exercĂ­cio de funçþes imO deputado Ronaldo Me- ção de todos os deputados in- goano concordem com a mo- portantes em nossa sociedeiros (PT), protocolou projeto teressadosâ€?, explica. GLĂ€FDomRGRDUWLJRžHPIDYRU GDGHÂľ DĂ€UPD D VHFUHWiULD de resolução que visa discipliAlĂŠm disso, ele observa da democracia e em respeito municipal de PolĂ­ticas Para nar o processo de eleição para que a referida antecipação ao constitucional princĂ­pio da as Mulheres, LĂşcia de FĂĄtia composição da Mesa Direto- tem sido utilizada para com- isonomiaâ€?, destacou Medeiros. ma Queiroz Cavalcante. Tal representação, segundo ela, ra da Assembleia Legislativa. posiçþes que sempre excluem ALTERAĂ‡ĂƒO Segundo ele, o texto do ar- alguns membros do parlamenSegundo a proposta do em cargos estratĂŠgicos sertigo 8Âş da Resolução nÂş 369, de to, “o que fere frontalmente a deputado, a alteração, ainda, ve de estĂ­mulo para que as 11 de janeiro de 1993 do Re- Constituição Federalâ€?, argu- respeita outro princĂ­pio cons- mulheres possam participar gimento Interno da Casa “per- menta. titucional que ĂŠ o da razoabili- cada vez da vida social e pomite que a Mesa antecipe a “A manutenção de tal dade, por meio do qual se sabe lĂ­tica de Arapiraca. Na Câmara Municipal, eleição em um ano, o que vio- dispositivo fere frontalmente que uma antecipação de eleila princĂ­pios constitucionais, a democracia que ĂŠ tĂŁo preza- ção em um ano antes da pos- as mulheres tĂŞm se destacatais como o da isonomia, uma da no parlamento, razĂŁo pela se, desrespeita as alteraçþes do nas atuaçþes das vereavez que nĂŁo permite condiçþes qual espero que os demais conjunturais sofridas pela so- doras Graça Lisboa (PSD) e Gilvânia Barros (PMDB). de igualdade para a participa- membros do Legislativo ala- ciedade.

OAB

SEGUNDA-FEIRA

A vice-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil em Alagoas, Rachel CabĂşs, proferirĂĄ palestra nesta quarta-feira (7), na Faculdade Integrada Tiradentes (Fits), em Cruz das Almas, a partir das 8h. Rachel Cabus abordarĂĄ “A evolução da mulher na sociedadeâ€?.

O deputado federal Givaldo CarimbĂŁo (PSB) utilizou as redes sociais para marcar seu passo mais uma vez neste ano eleitoral. Desta vez, por meio do Twitter, CarimbĂŁo avisou sobre uma reuniĂŁo DJHQGDGDFRPRSUHIHLWR&tFHUR$OPHLGD 33 SDUDGHÂżQLUVHJXQGR o parlamentar socialista - o destino de recursos federais para a capital alagoana. “EstĂĄ marcada para segunda-feira [12] uma reuniĂŁo em MaceiĂł com o prefeito CĂ­cero Almeida onde [vamos] discutir os recursos de BrasĂ­lia para MaceiĂł em 2012â€?, tuitou. CarimbĂŁo ĂŠ um dos pretensos prĂŠ-candidatos Ă sucessĂŁo de Almeida, pelo bloco palaciano.

LININHO NOVAIS - contato@lininho.com

Sempre Elas

N

a terra onde ‘hĂĄ lagoas’ e onde ‘hĂĄ marechais’ tambĂŠm ĂŠ a terra de bravas guerreiras e lutadoras que jamais perderam a ternura ao se engajar nas lutas e enfrentamentos em busca da dignidade, do sonho, e da certeza por dias melhores. Nesse estado marcado por tantos escândalos, violĂŞncias, descasos, jamais poderemos deixar de sonhar com dias melhores seguindo os exemplos de Nise da Silveira, Jarede Viana, Selma Bandeira e tantas outras Marias, Das Dores, Das Graças, Da Conceição; MĂŁes, esposas, trabalhadoras, exemplos de vida, e acima de tudo Mulher. *** A todas as mulheres a nossa homenagem pelo dia 8 de março. ***

Mais uma Um dia após grande manifestação popular que clamou por paz na terra da liberdade, outra criança foi brutalmente assassinada. Seria este mais um crime sem solução a cair no esquecimento das autoridades?

Ficou como vice Muitas foram as cogitaçþes, e para lå e para cå, mas o deputado federal 5XL3DOPHLUD 36'% ³SUHIHLWDYHO´HP0DFHLy¿FRXPHVPRFRPDYLFH liderança do tucanato na Câmara Federal. Dizem, à boca miúda, que Palmeira seria o líder do partido, no entanto como o projeto dos tucanos Ê ampliar as bases principalmente nas capitais o parlamentar tem outra missão.

Coordenando Depois de muitas tentativas, o deputado federal CarimbĂŁo (PSB) conseguiu ser o coordenador da bancada federal alagoana. E num momento de descontração ele brincou: “Vai que eu me torne prefeito de MaceiĂł e depois me aposente da politicaâ€?.

Narrador Durante sessĂŁo ordinĂĄria da Câmara de vereadores de MaceiĂł o vereador Silvio Camelo (PV) lia o expediente do dia numa rapidez que um de seus pares disse: “Eita, daria um grande narrador de futebolâ€?. Fica a dica!

Proteção Ao homenagear as mulheres o vereador por Maceió, ThÊo Fortes (PTdoB), entregou à vereadora Heloisa Helena (PSOL) uma eståtua e avisou que em nome dela homenageava que dava proteção a casa legislativa.

Encontro Nos dias 16 e 17 de março, Arapiraca sediarå o 2º Fórum Estadual de Secretarias Municipais de Administração de Alagoas (Fesmad-AL), que reunirå vårios municípios do Estado, para discutir os assuntos relacionados à gestão pública. O evento acontecerå no Hotel Sol Nascente, em Arapiraca.

Aqui a história Ê outra Em se falando de composição eleitoral o PT em Maceió poderå se unir com o PSD de João Lyra na disputa pelo comando da capital. Seria impossível? – Não. Respondeu um petista, que ainda alertou sobre uma possível intervenção do presidente estadual da sigla, Joaquim Brito, caso isso venha acontecer.

Alagoas no CNJ O juiz auxiliar da presidência do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/ AL), Diógenes Tenório de Albuquerque, integra equipe convocada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que auxilia, desde segunda, na organização do setor de Precatórios do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ/SP).

Homenagem

Cabús fala sobre evolução da mulher

Editora Abril ĂŠ condenada a pagar R$ 500 mil para Collor

Deputado protocola projeto contra reeleição da Mesa Diretora

CarimbĂŁo e Almeida discutem recursos federais

ELEIÇÕES 2010

Novo recurso contra Teotonio no TSE Mais um recurso contra o governador Teotonio Vilela Filho (PSDB) serå apreciado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nos próximos dias. É um recurso extraordinårio movido pelo ex-governador Ronaldo Lessa (PDT), sobre abuso de poder político. Lessa acusa Vilela de uso indevido de meio de comunicação para suposta campanha, nas eleiçþes de 2010. O recurso Ê uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE), que pode tirar o mandato do governador. O caso serå decidido pelo ministro Arnaldo Versiane. O recurso estå na pauta do TSE da próxima semana.


6

OPINIAO

TribunaIndependente

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2012

Opinião

Queda de produção

E

m janeiro de 2012, a produção LQGXVWULDO UHJLVWURX TXHGD GH  HP UHODomR D GH]HPEUR GH  QD VpULH OLYUH GH LQÁXrQFLDV VD]RQDLV DSyV DSRQWDU WD[DV OLJHLUDPHQWH SRVLWLYDV HP QRYHPEUR   H HP GH]HPEUR   $ TXHGD DWLQJLX  GRVUDPRVLQYHVWLJDGRV$TXHGDIRL H[SOLFDGD HP JUDQGH SDUWH SHOR UHFXR QDSURGXomRGHGRVUDPRVLQYHVWLJDGRV FRP GHVWDTXH SDUD R LPSDFWR QHJDWLYRYLQGRGHYHtFXORVDXWRPRWRUHV   SUHVVLRQDGR SULQFLSDOPHQWH SHOD FRQFHVVmR GH IpULDV FROHWLYDV TXH DWLQJLX YiULDV HPSUHVDV GR VHWRU (VVD DWLYLGDGH DSyV UHFXDU  HP VHWHPEURGHWDPEpPLQÁXHQFLDGD SHODVSDUDOLVDo}HVSRUFRQWDGHIpULDVFROHWLYDVHPYiULDVHPSUHVDVDSRQWRXH[SDQVmRSRUWUrVPHVHVFRQVHFXWLYRVDFXPXODQGRQHVVHSHUtRGRDYDQoRGH 1D FRPSDUDomR FRP LJXDO PrV GR DQR DQWHULRU D SURGXomR LQGXVWULDO PRVWURXTXHGDGHHPMDQHLURGH TXLQWDWD[DQHJDWLYDFRQVHFXWLYD

QHVVHWLSRGHFRQIURQWRHDPDLVLQWHQVD GHVGH VHWHPEUR GH    2 tQGLFHGHVVHPrVWHYHSHUÀOGLVVHPLQDGRGHUHVXOWDGRVQHJDWLYRVMiTXHWUrV GDVTXDWURFDWHJRULDVGHXVRHDPDLRU SDUWH   GDV  DWLYLGDGHV SHVTXLVDGDV DSRQWDUDP UHGXomR QD SURGXomR (PVtQWHVHRVHWRULQGXVWULDOQRLQtFLRGHYROWDDPRVWUDUXPTXDGUR GH PHQRU ULWPR SURGXWLYR H[SUHVVR VREUHWXGR QD TXHGD GH  QD FRPSDUDomR MDQHLUR GH GH]HPEUR GH  DSyV UHJLVWUDU GXDV WD[DV OLJHLUDPHQWH SRVLWLYDV HP QRYHPEUR H GH]HPEUR 9DOH UHVVDOWDU TXH R UHVXOWDGRGHVVHPrVIRLHVSHFLDOPHQWHLQÁXHQFLDGRSHORUHFXRPDLVLQWHQVRYHULÀFDGRQRUDPRGHYHtFXORVDXWRPRWRUHV FODUDPHQWH SUHVVLRQDGR SHODV IpULDV FROHWLYDVRFRUULGDVHPYiULDVHPSUHVDV GR VHWRU DWLQJLQGR SULQFLSDOPHQWH D SURGXomRGHFDPLQK}HV&RPRUHVXOWDGRGHMDQHLURGHRWRWDOGDLQG~VWULDÀFRXDEDL[RGRQtYHOUHFRUGH DOFDQoDGR HP PDUoR GR DQR SDVVDGR

FÁTIMA OLIVEIRA médica

6yÁRUHVQmREDVWDP

2 'LD ,QWHUQDFLRQDO GD 0XOKHU R  GH PDUoR IRL SURSRVWR HP  QD  &RQIHUrQFLD ,QWHUQDFLRQDO GH 0XOKHUHV 6RFLDOLVWDV HP &RSHQKDJXH RUJDQL]DGD SRU &ODUD =pWNLQ   H 5RVD GH /X[HPEXUJR   FRPSDUHFHUDP GHOHJDGDV GH  SDtVHV UHSUHVHQWDQGRFHUFDGHPLOK}HVGHPXOKHUHVVRFLDOLVWDV (ODV GHÀQLUDP D GDWD FRPR 'LD ,QWHUQDFLRQDO GD 0XOKHU H UHDÀUPDUDPDVUHVROXo}HVGD &RQIHUrQFLDUHDOL]DGDHP6WXWWJDUW QD $OHPDQKD HP  LJXDOGDGH GH RSRUWXQLGDGHV SDUDDVPXOKHUHVQRWUDEDOKRH QDYLGDVRFLDOHSROtWLFDVDOiULR LJXDOSDUDWUDEDOKRLJXDODMXGD VRFLDO SDUD RSHUiULDV H FULDQoDVHLQWHQVLÀFDomRGDOXWDSHOR YRWRIHPLQLQR $ SUHWHQVmR GDV VRFLDOLVWDV SURYRFRXGXURVHPEDWHVQRPRYLPHQWRGHPXOKHUHVGD(XURSD HQWUHH6REUHDGDWD HPQD5~VVLD$OH[DQGUD .ROORQWDL  HVFUHYHX ´2GLDGDVRSHUiULDVGHPDUoRIRLXPDGDWDPHPRUiYHOQD KLVWyULD Nesse dia, as mulheres rusVDV OHYDQWDUDP D WRFKD GD UHYROXomRµ 1D GDWD HVWRXURX D JUHYHGDVWHFHOmVGH6mR3HWHUVEXUJR PDQLIHVWDomR YLJRURVD TXH GHWRQRX DV PRELOL]Do}HV TXH FXOPLQDUDP QD 5HYROXomR GH2XWXEURGH

2  GH PDUoR VH ÀUPRX QR mundo como um marco da miOHQDU OXWD FRQWUD D RSUHVVmR IHPLQLQD2PDLRUSUREOHPDQD DWXDOLGDGHpQmRSHUPLWLUDVXD EDQDOL]DomR FRPR XP GLD HP TXHDVPXOKHUHVGHYHPDSHQDV UHFHEHUÁRUHV (YLGHQWH TXH ÁRUHV HP UHFRQKHFLPHQWR D XPD MRUQDGD GH OXWDV VmR EHPYLQGDV GHVGH TXHQmRHVTXHoDPRVTXHSUDWLFDPHQWH  GDV UHLYLQGLFDo}HVUHJLVWUDGDVQDFRQIHUrQFLD GH6WXWWJDUWFRQWLQXDPDWXDLV SRLV DLQGD QmR VH PDWHULDOL]DUDPQDYLGDGDVPXOKHUHV(LV SRUTXHDOXWDFRQWLQXDHSRUTXH VyÁRUHVQmREDVWDP 0LFKHOOH %DFKHOHW H[SUHVLGHQWDGR&KLOHHGLUHWRUDH[HFXWLYDGD2180XOKHUHVYHUEDOL]RXFRPDEVROXWDSURSULHGDGH TXH D VXD FULDomR UHVSRQGH DR GHVFRQWHQWDPHQWR JHUDO FRP R ULWPROHQWRGDVXSHUDomRGDGHVLJXDOGDGH GH JrQHUR ´+LVWRULFDPHQWHYLYHPRVXPPRPHQWR GHJUDQGHVSRWHQFLDLVHPXGDQoDVSDUDDVPXOKHUHV Chegou a hora de agarrar HVVD RSRUWXQLGDGH $ PLQKD SUySULDH[SHULrQFLDPHHQVLQRX TXHQmRH[LVWHPOLPLWHVSDUDDV FRQTXLVWDVGDVPXOKHUHVµ +RMHDH[SHFWDWLYDpHPWRUQR GR TXH DQXQFLDUi D SUHVLGHQWH 'LOPD 5RXVVHII (X ÀFDULD LPHQVDPHQWH IHOL] VH VXDV SURSRVWDV FRQWHPSODVVHP HP

JHVWRV XPD FDULQKRVD ´PXOKHUDJHPµ D $OH[DQGUD .ROORQWDL ~QLFD PXOKHU TXH RFXSRX XP cargo no primeiro escalão do JRYHUQR DSyV D 5HYROXomR GH 2XWXEUR FRPLVViULD GR SRYR &RPLVVDULDGR GD $VVLVWrQFLD 6RFLDO HTXLYDOHQWH D PLQLVWUD GH(VWDGRGR%HP(VWDU6RFLDO  6RERFRPDQGRGH$OH[DQGUD .ROORQWDL R UHIHULGR &RPLVVDULDGRHODERURXDVQRYDVOHLVGR (VWDGR VRYLpWLFR VREUH RV GLUHLWRVGDPXOKHU²DOHJLVODomR PDLVDYDQoDGDGHXPSDtVHP WRGRVRVWHPSRVLQFOXVLYHOHJDOL]DQGRRDERUWR $VYLWyULDVGDVVRYLpWLFDVLPSXOVLRQDUDPDOXWDSHORVGLUHLWRVGDPXOKHUHPWRGRRPXQGR HDWpKRMHVmRIRQWHGHLQVSLUDomRGHPRQVWUDQGRTXHWRGRVRV GLUHLWRV KXPDQRV VmR SRVVtYHLV TXDQGRKiGHFLVmRSROtWLFD 2VSDtVHVFDSLWDOLVWDVYLVDQGR GHWHU D VLPSDWLD FUHVFHQWH pelo socialismo, cederam na FRQFHVVmR GH DOJXQV GLUHLWRV 1mR Ki G~YLGDV GH TXH R JRYHUQR VRYLpWLFR IRL R SULPHLUR GR PXQGR D DEROLU DV OHLV TXH FRQIHULDP FLGDGDQLD GH VHJXQGDFDWHJRULDjVPXOKHUHV6HULD SHGLU PXLWR TXH DV EUDVLOHLUDV DOFDQoDVVHP TXDVH XP VpFXOR GHSRLVRPHVPRTXHDVVRYLpWLFDVFRQVHJXLUDPHP" 2X YDPRV FRQWLQXDU ´FDPLQKDQGR H FDQWDQGR H VHJXLQGR DFDQomRµ"

RODOLPHO MOTTA LIMA Advogado e professor de Língua Portuguesa, com atividade em diversas instituições do Rio de Janeiro. Com militância política nos anos da ditadura, particularmente no movimento estudantil. Funcionário aposentado do Banco do Brasil

CBF: mudar para permanecer?

JORGE VIEIRA Jornalista

Indagações de uma realidade 1R ~OWLPR DUWLJR SXEOLFDGRSHUJXQWDYDVHVREUHRTXH DFRQWHFHXFRPDVLJUHMDVFULVWmV QR &RQWLQHQWH HXURSHX 2 UHIHULGR WH[WR GLDJQRVWLFRX R IHQ{PHQR UHOLJLRVR GD KLVWyULFD KHJHP{QLFD H DWXDOPHQWH R HQYHOKHFLPHQWR H HVYD]LDPHQWRGRVWHPSORV )UHQWH j HVVD UHÁH[mR YiULRVFRPHQWiULRVGHOHLWRUHVIRUDPHQYLDGRVDRDXWRU'HQWUH HOHV GHVWDFDUDPVH DOJXQV HVFROKLGRVSHORFULWpULRGHXPD DQiOLVH WHyULFD GHL[DQGR WH[WRV SUDWLFDPHQWH VH H[SUHVVDUHPSRUVLSUySULRV ,QLFLDOPHQWH D )UDQFH 0HQpWUH\UHVLGHQWHQDFLGDGHGH &DURXJH 6XtoD  PHPEUR GD GHQRPLQDomR FDOYLQLVWD H PLOLWDQWH GRV GLUHLWRV KXPDQRV DÀUPRX ´VREUH D LJUHMD HXURSHLDGDULDSDUDID]HUXPWUDEDOKRGHGRXWRUDGRµ 8PDLQWHUSUHWDomRSRVVtYHO R VHX FRPHQWiULR UHSUHVHQWD XPDGHPRQVWUDomRGDSURIXQdidade da crise e da necessidaGH GH XP FRQKHFLPHQWR PDLV VLVWHPiWLFR VREUH HVVD UHDOLGDGH YLYHQFLDGD SHOR FULVWLD-

QLVPR Na mesma direção, o padre :DOWHU 7RUUHV DODJRDQR UHVLGHQWH QD FLGDGH GH %UDJD 3RUWXJDO SRVLFLRQRXVH´YHUGDGHLUDPHQWHXPDUHÁH[mRGH TXHP HVWi DWHQWR j YLGD H j KLVWyULDGD,JUHMDQHVWDYHOKD (XURSDµ 7HQGRFRPREDVHRXWUDYHUWHQWH&DUORV9LHLUDSRUWXJXrV FDWyOLFRHHPSUHViULRDQDOLVD ´RWH[WRGHVFUHYHLQFLVLYDPHQWH D FULVH GH YDORUHV FRP TXH DV VRFLHGDGHV LQGXVWULDOL]DGDVHD(XURSDHPSDUWLFXODU SDGHFHP QR TXH UHVSHLWD DRV valores de Humanidade e resSHLWRSHODSHVVRDKXPDQD e SRU QmR WHU DSRVWDGR QD educação dos valores humanos TXHDVVRFLHGDGHVPRGHUQDVVH WRUQDUDPIULDVHVHPURVWR$ FRQYLYrQFLD HP VRFLHGDGH IRL VXEVWLWXtGDSRUXPLQGLYLGXDOLVPRPHGtRFUHHFHJRµ 1XPD SHUSHVFWLYD HPLQHQWHPHQWH DFDGrPLFD 3DWULFLD 1DVFLPHQWR 'HORUPH PHVWUDQGD GD 8QLYHUVLWp 6WKHQGDO *UHQREOH  )UDQoD  EUDVLOHULD PRUDGRUD GH

/DQVHQ9HUFRUV )UDQoD FRPHQWRX´3HQVRTXHDFULVHGD PRGHUQLGDGH p PDLV IDFLO GH LGHQWLÀFDU QD (XURSD SRUTXH HOD p R EHUoR GRV  SLODUHV FLWDGRVSRU%HWWRQDSDOHVWUD2 GHVDÀRpLGHQWLÀFDUFRPRHVVD FULVH TXH p PXQGLDO RX SHOR PHQRV QRV SDLVHV QRUWHDGRV SHORVWDLVµ $ OHLWRUD UHIHUHVH D SDOHVWUD SURIHULGD SHOR GRPLQLFDQR )UHL %HWR WHQGR FRPR EDVH R SHQVDPHQWR GH 6WXDUW +DOO QR OLYUR ,GHQWLGDGH &XOWXUDO QD 3yVPRGHUQLGDGH HP TXH RDXWRUDQDOLVDDFULVHGDPRGHUQLGDGH $PDWUL]JUHFRURPDQDFRP VXDH[SUHVVmRQD5D]mR&DUWHVLDQDVXVWHQWRXRGHVHQYROYLPHQWRWpFQLFRFLHQWtÀFRLJQRrando as diversas dimensões GRVHUKXPDQRHDVXDLQWUtQVHFDUHODomRFRPDQDWXUH]D 1DTXHEUDGDGLPHQVmRKROtVWLFD SRGH VH HQFRQWUDU RV IXQGDPHQWRV GD DWXDO FULVH RQWROyJLFD GD VRFLHGDGH FRPR H[SUHVVRX*HRUJ/XNiFV 8PD FULVH TXH QmR p Vy UHOLJLRVD

FILIADO AO

Jorgraf UM PRODUTO:

Rua da Praia, 134 - sala 303 - centro - Maceió Alagoas Endereço Comercial: Av. Menino Marcelo - 10.440 - Serraria Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410 CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

Cooperativa dos Jornalistas H*Ui¿FRVGRHVWDGRGHDODJRDV

9ROWDPRV D XP DVVXQWR TXH QmRVHGHYHGHL[DUVDLUGHIRFR 2IDWRGHYLUPRVDVHGLDUD&RSD GR0XQGRHPFRQWLQXDSURYRFDQGRPXLWDVGLVFXVV}HVVREUH DVXDRSRUWXQLGDGHHQWUHRXWUDV UD]}HV SHORV JDVWRV WLGRV FRPR H[RUELWDQWHV  FRP RV HVWiGLRV H RQGH R GLQKHLUR S~EOLFR HVWi HQWUDQGR GLUHWD RX LQGLUHWDPHQWH VRE D IRUPD GH LVHQo}HV  HVWUDQKDPHQWH VHP TXH D WXUPD GRV ´SULYDWLYLVWDVµGHSODQWmRSHUPDQHQWH   IRUPXOH TXDOTXHU FUtWLFD VpULDDUHVSHLWR +i DOJXPDV UD]}HV SDUD WDO ´RPLVVmRµ(PSULPHLUROXJDURV ´HPSUHHQGLPHQWRVµ VmR REYLDPHQWH HP VXD PDLRULD FRQGHQDGRV j IXWXUD FRQGLomR GH HOHIDQWHVEUDQFRVSHORUHWRUQRStÀR TXHSRGHUmRSURYRFDUHPFLGDGHV ² FRPR %UDVtOLD SRU H[HPSOR   RQGHRIXWHEROpXPDSLDGD6HP DSHUVSHFWLYDGROXFURIiFLODSULYDWL]DomR QmR PRVWUD VXDV JDUUDV QmR GHPRQVWUD DSHWLWH (P VHJXQGR OXJDU SRUTXH QR ÀQDO GH WXGR LVVR  QRV HVWiGLRV TXH YLHUHPDVHUUHQWiYHLVpPHVPR DLQLFLDWLYDSULYDGDTXHPYDLVH EHQHÀFLDU GHSRLV GD &RSD GDV maciças inversões de dinheiro S~EOLFR $TXL QR 5LR Mi VH IDOD DEHUWDPHQWH GD HQWUHJD GR 0DUDFDQm D HPSUHVDV SDUWLFXODUHV $TXLDLGHLDpDGHVHPSUHPDPDUQDVWHWDVJRYHUQDPHQWDLV 2 IXWHERO ² GH TXH JRVWR PXLWR  UHJLVWUHVH ² p HP QRVVR SDtV JHULGR SRU RSRUWXQLVWDV TXH VH DSURYHLWDP GD OHJtWLPD LGHQWLÀFDomR TXH HVVH HVSRUWH possui com o povo, sendo para XPD JUDQGH PDLRULD D YiOYXOD GH HVFDSH D IXJD GRPLQLFDO GRV SUREOHPDVGHWRGRVRVGLDV1HVVH VHQWLGR FRPR IRQWH GH OD]HU RXWURUD EDUDWD PDV FRP IRUWHV WHQGrQFLDVjHOLWL]DomRHPIXQomR GRV LQWHUHVVHV PHVTXLQKRV TXH R YHP FHUFDQGR XOWLPDPHQWH  FXPSUH PLVV}HV LQWHQFLRQDLV RX QmRGHDPRUWHFLPHQWRGHFRQÁLWRVTXHDVSHVVRDVH[SHULPHQWDP HPXPDVRFLHGDGHDLQGDSURIXQGDPHQWHGHVLJXDO

PRESIDENTE Antonio Pereira Filho DIRETOR ADMINISTRATIVO FINANCEIRO: José Paulo Gabriel dos Santos Editor geral: Ricardo Castro

1RV JUDQGHV FOXEHV GH PDVVD ² FRP UDUtVVLPDV H[FHo}HV  R TXH VH Yr p D FDSLWDOL]DomR GD HPRomRGRVWRUFHGRUHVFRPGLULJHQWHV FXMR ~QLFR REMHWLYR SDUHFH VHU R HQULTXHFLPHQWR SHVVRDO PDQFRPXQDGRVFRPHPSUHViULRV GD SLRU HVSpFLH TXH DFDEDP LQRFXODQGR QRV SUySULRV DWOHWDV R YtUXVGRDEVROXWRPHUFDQWLOLVPR ,PSRVVtYHO DGPLWLUVH HP XP SDtVFRPRQRVVRQtYHOGHGLÀFXOGDGHV D VXSHUDU HVVH GHVÀOH GH UHPXQHUDo}HV QDEDEHVFDV DXIHULGDVSRUSUHWHQVRV´tGRORVµTXH DOpP GR PDLV YLYHP SRU Dt VHUYLQGR GH SpVVLPR H[HPSOR SDUD RVMRYHQVFRPDWLWXGHVGHLUUHVSRQVDELOLGDGHHIDOWDGHFRPSURPHWLPHQWRSURÀVVLRQDOTXHDPtGLD HVSRUWLYD QR JHUDO  TXDQGR FRQYpPDRVVHXVLQWHUHVVHVDFLQWRVDPHQWHGHL[DSDVVDUHPEUDQFRRXWUDWDGHPRGRIROFOyULFR 7RGRVHVVHVHOHPHQWRVUHVSRQGHP D PHX YHU SHOD VLWXDomR GH ´EDL[Dµ  GR QRVVR IXWHERO VH FRQIURQWDGR FRP RXWURV FHQWURV RX FRP RXWUDV pSRFDV ( p FODUD D UHVSRQVDELOLGDGH Dt GD F~SXODHQFDVWHODGDFRPRGLQDVWLDQD &%) IUHTXHQWHPHQWH DFXVDGD SRU XPD SDUWH UHVSRQViYHO GD PtGLDHVSRUWLYDGHYiULDVRSHUDo}HVQHEXORVDVVHPFRQYLQFHQWHV H[SOLFDo}HVDRSRYRTXHDOLPHQWDRVQHJyFLRV 4XHP TXLVHU FRQKHFHU XPD GHVVDV HVWUDQKDV KLVWyULDV GH SUHVXPLGR EHQHÀFLDPHQWR SHVVRDO TXH DQGD SRU Dt SHVTXLVH RVGHWDOKHVTXHFHUFDUDPR-RJR %UDVLO [ 3RUWXJDO UHDOL]DGR HP  HP %UDVtOLD ² DLQGD VRE D JHVWmR$UUXGDXPH[HPSORHP PHLRDWDQWRVRXWURVDPHUHFHU QRPtQLPRXPDSURIXQGDPHQWR QDLQYHVWLJDomR$UHYLVWD&DUWD&DSLWDOGD~OWLPDVHPDQDWUDWD DOLiV  GHVVH H GH RXWURV  DVVXQWRVQDUHSRUWDJHP´2H[GRQRGD ERODµHID]GRSUHVLGHQWHGD&%) DVXDFDSDFRPRWtWXOR´2EROD PXUFKDµ 9HPVH IDODQGR QRV ~OWLPRV WHPSRV GD VDtGD GR 6U 5LFDUGR 7HL[HLUDGD&%)HDSHVDUGHHOH

WHUQHJDGRWDOSRVVLELOLGDGHRQGH KiIXPDoDKiIRJR$ÀQDOHOHQmR JR]DGHWUkQVLWRFRPD3UHVLGHQWD 'LOPD TXH QmR HVWi GLVSRVWD D DPSDUiOR GLDQWH GDV PXLWDV GHQ~QFLDV TXH HOH HQIUHQWD 6H DFRQWHFHU D VDtGD DWUDYpV GH XPDHVWUDWpJLFDUHQ~QFLDFKHJDUtDPRVDRÀPGR´FKiGHFDGHLUDµ TXHRMRUQDOLVWD-XFD.IRXULPHQFLRQD Ki WDQWRV DQRV HVSHUDQGR DTXHGDGRWRGRSRGHURVR ( SRGHULD VHU XPD RSRUWXQLGDGH ~QLFD SDUD XPD PXGDQoD FRPSOHWD  XPD RSRUWXQLGDGH SDUD D R[LJHQDomR GD HQWLGDGH FRP QRPHV GH UHVSHLWR QR HVSRUWH EUDVLOHLUR ² TXH DLQGD RV Ki ² TXH DOpP GD WUDQVSDUHQWH SURELGDGHQDDGPLQLVWUDomRSRGHUmR WHQWDU UHVROYHU SUREOHPDV FU{QLFRV TXH HVWmR HPSREUHFHQGR R QRVVR IXWHERO HQWUH HOHV D VXEVWLWXLomR GH  XP FDOHQGiULR DEVXUGRTXHSDUHFHDWHQGHUPXLWRPDLVjVUHGHVGH79GRTXHjV FRQYHQLrQFLDV GR HVSRUWH H XPD UHJXODPHQWDomR TXH LPSULPD SURÀVVLRQDOLVPR DRV GLULJHQWHV H pWLFD H PRUDOLGDGH DRV HPSUHViULRV FRPR GH UHVWR D WRGRV RV DWRUHVQRkPELWRIXWHEROtVWLFR 3RGH VHU XPD XWRSLD p FHUWR PDV DOJXPDV XWRSLDV Mi SUHSDUDUDP UHDOLGDGHV 2 SHULJR HVWi QD VXSHUÀFLDOLGDGH GH FHUWDV PXGDQoDV2YLFHGH5LFDUGR7HL[HLUD p R 6U -RVp 0DULD 0DULQ SROtWLFR SDXOLVWD TXH WHYH FDUJRV LPSRUWDQWHVHPpSRFDVQmRPXLWR VDXGiYHLV GD QRVVD KLVWyULD UHFHQWH H KRMH  HP PHUHFLGR RVWUDFLVPRPDVTXHVHQRWDELOL]RX UHFHQWHPHQWH SHOD  IROFOyULFD ´DSURSULDomR LQGpELWDµ GH XPD PHGDOKDGHVWLQDGDDDWOHWDFDPSHmR SHOR &RUtQWLDQV QD ´FRSLQKDµSDXOLVWD *LXVHSSH7RPDVLGL/DPSHGXVD DXWRU GR URPDQFH ´,O *DWWRSDUGRµ DGDSWDGR SDUD R FLQHPD SRU /XFKLQR 9LVFRQWL FRORFD QD ERFDGHXPSUtQFLSHDIUDVH´6H TXHUHPRV TXH WXGR SHUPDQHoD QDPHVPDpQHFHVViULRTXHWXGR PXGHµ 3RLVp$tpTXHPRUDRSHULJR

Nosso noticiário nacional é fornecido pelas agências: Agência Folha e AGência Nordeste PABX: 82.3311.1338 COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3311. 1331 REDAÇÃO: 82.3311.1328 - 3311.1329 CENTRAL DE ASSINANTE: 82.3311.1308 - 3311.1309 comercial.tribunaindependente@gmail.com redação.tribunaindependente@gmail.com

ricardocastro@tribuna-al.com.br

DIRETORA COMERCIAL: Marilene Canuto

OS ARTIGOS ASSINADOS SÃO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES. NÃO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPÍNIÃO DESTE JORNAL.


TribunaIndependente

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2012

PUBLICIDADE

7


8

PUBLICIDADE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2012

TribunaIndependente


TribunaIndependente

0$&(,Ă?48,17$)(,5$'(0$5d2'(

Cidades

CIDADES

9

Edufal realiza feira de livros a partir da próxima semana na Ufal em Maceió A Editora da Universidade Federal de Alagoas (Edufal) realiza, no período de 12 a 16 de março, das oito horas às 20 horas, o 4º Feirão de Livros. O HVWDQGH¿FDUiPRQWDGRQD3UDoDGH&RQYHQLrQFLDGD8IDOQRFDPSXV0DFHLyHOiHVWDUmRGLVSRQtYHLVSDUDYHQGDPDLVGHWUrVPLOWtWXORV(VWHDQR DQRYLGDGHpR)HVWLYDOGH/LYURV,PSRUWDGRV&RPXPDFHUYRGLYHUVL¿FDGR R)HVWLYDOGRV,PSRUWDGRVpXPDyWLPDRSRUWXQLGDGHSDUDTXHPGHVHMD DGTXLULUOLYURVGHRXWURVSDtVHVDEDL[RFXVWR2VGHVFRQWRVYDULDPGH 50% nos títulos da Edufal a 30% nos importados e nas demais editoras. Os H[HPSODUHVVmRUHVXOWDGRGDQHJRFLDomRIHLWDQD~OWLPD%LHQDO

Presa quadrilha que invadiu delegacia %DQGRWDPEpPpDFXVDGRGHSDUWLFLSDUGHDWHQWDGRDRÂżOKRGH$QW{QLR$OEXTXHUTXHHGHLQYDVmRjFDVDGHSUHIHLWD DAVI SALSA 5(3Ă?57(5

N

uma operação conjunta das polĂ­cias dos estados de Alagoas e Sergipe, foram presos, na tarde de ontem, na cidade de CanindĂŠ do SĂŁo Francisco, em Sergipe, trĂŞs homens e duas mulheres acusados de fazerem parte da quadrilha que vinha aterrorizando cidades do Agreste e SertĂŁo alagoanos. De acordo com informaçþes de policiais, passadas Ă Tribuna Independente, Anderson Tavares, conhecido como “Anderson Galegoâ€?, que seria o chefe da quadrilha, estava escondido em uma casa alugada na periferia da cidade sergipana. AlĂŠm de Galego, a polĂ­cia prendeu outros dois homens: JosĂŠ Francisco Silva, conhecido como ‘Olho de Burraâ€? e um adolescente, alĂŠm de duas mulheres que estavam na residĂŞncia. Os cinco foram encontrados em Sergipe e, em seguida, transferidos para a delegacia de Delmiro Gouveia, em Alagoas. Segundo o delegado Kelman Vieira, o

bando liderado por Galego Ê acusado de participação no atentado ao filho do deputado estadual Antônio Albuquerque - Nivaldo Ferreira Neto -, alÊm da invasão à residência da prefeita de Santana do Ipanema, Renilde Bulhþes. Ainda de acordo com Kelman Vieira, a quadrilha seria responsåvel pela invasão, na noite de terça-feira (6), à delegacia da cidade de Pão de Açúcar, de onde foram levadas armas, muniçþes e coletes à prova de balas. Dois agentes civis e um oficial da PM foram feitos refÊns durante a ação criminosa. Na fuga, o bando assaltou um posto de combustíveis na cidade de Olho d’à gua das Flores e roubou um veículo na cidade de São JosÊ da Tapera. Os batalhþes militares de Santana do Ipanema, Palmeira dos �ndios e Delmiro Gouveia foram acionados e atÊ um helicóptero da Secretaria de Defesa Social ajudou nas buscas. Na cidade de Piranhas, o bando chegou a trocar tiros com a polícia e conseguiu escapar do cerco dos militares.

Mas a polĂ­cia continuou as buscas e localizou os chefes da quadrilha na casa alugada. A polĂ­cia ainda conseguiu recuperar armas e coletes Ă prova de bala que foram levados da delegacia de PĂŁo de Açúcar. OFICIAL Conforme nota divulgada ontem pela PolĂ­cia Civil, por medida de segurança, “dada a periculosidade do grupo criminosoâ€?, nĂŁo serĂŁo divulgados detalhes da transferĂŞncia dos presos. A nota afirma que “Galegoâ€? e “Olho de Burraâ€?, presos ontem, jĂĄ haviam sido apontados como autores dos tiros deflagrados contra o estudante Nivaldo Albuquerque Neto. Ele foi baleado numa fazenda pertencente ao pai dele, no municĂ­pio de Limoeiro de Anadia. As prisĂľes, segundo a PolĂ­cia Civil, foram resultado do trabalho de investigação da comissĂŁo formada pelos delegados Kelman Vieira, MaurĂ­cio Henrique e Ana LuĂ­za Nogueira, designada para apurar o assalto Ă  casa da prefeita. (Com assessoria)

$66(6625,$

ComissĂŁo de delegadosIRLIRUPDGDSDUDDSXUDULQYDVmRjFDVDGH5HQLOGH%XOK}HVHFKHJRXDRJUXSR


10

PUBLICIDADE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2012

TribunaIndependente


TribunaIndependente

AĂ?LTON VILLANOVA ailton.villanova@gmail.com

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2012

CIDADES

11

Em UniĂŁo, jĂşris absolvem criminosos por medo Promotor conta que o conselho de sentença teme represĂĄlias apĂłs veredicto TRIBUNA UNIĂƒO

DANIEL MAIA REPĂ“RTER

O Tortura atroz

A

negrada da tortura voltou a procurar o seviciador emĂŠrito Agripino SuplĂ­cio, que nĂŁo ĂŠ outro senĂŁo o notĂłrio Inspetor Ling-Ling, que voltou Ă s Alagoas mais terrĂ­vel que nunca, a pedido – com o adendo de “urgĂŞncia-urgentĂ­ssimaâ€? – daquele grupo sĂłrdido, cavernoso, intitulado “Tortura Sempre Maisâ€?. Encontrava-se, o indigitado Ling-Ling, repousando nos braços de sua amada Lili, quando o telefone tocou na sua milionĂĄria mansĂŁo. A contragosto, ele atendeu: - AlĂ´! Do outro lado da linha uma voz invocada apelou: - Inspetor Ling-Ling estamos precisando de sua ajuda. É caso de urgĂŞncia urgentĂ­ssima. Pode ser? - Mas serĂĄ que eu nĂŁo posso mais viver sossegado no recesso do meu lar? Eu jĂĄ estou aposentado, rapaz! Mas que caso da gota serena ĂŠ esse para requerer tanta urgĂŞncia? - O caso ĂŠ o seguinte, inspetor... Prendemos um tal de Zezinho MorcegĂŁo, bandido atĂŠ umas horas...! - Sim, e daĂ­? - E daĂ­ que a gente sabe que ela jĂĄ matou pra mais de duzentas pessoas, inclusive um vereador do interior do estado, e ele... - Ele quem? O vereador? - NĂŁo, inspetor. O bandido. - Ah, bom. Prossiga! - Pois bem, o bandido nĂŁo quer abrir o jogo de jeito nenhum. JĂĄ tentamos tudo: “pau-de-araraâ€?, “corrida-de-jĂŠgueâ€?, “corredor polonĂŞsâ€?... - VocĂŞs jĂĄ tentaram a torturazinha do Datena? Essa ĂŠ quente! - Pois pro MorcegĂŁo essa ĂŠ fria! Botamos ele pra ficar escutando o Datena durante mais de duas horas... - E ele? - Ficou sĂł se abrindo! - Danou-se! Precisamos arrumar uma tortura mais pesada! Algo muito atroz! XovĂŞ... Hummmm... Dito isto, Ling-Ling apertou os olhos, coçou o cavanhaque, alisou o cucuruto, soltou uma risadinha satânica, respirou fundo e mandou: - Encontrei a solução! - Encontrou mesmo, inspetor? Graças a Deus! - Calma lĂĄ! Se com essa ele nĂŁo abrir a boca e confessar tudo, o remĂŠdio serĂĄ matĂĄ-lo. Tragam o infeliz pra cĂĄ! Ao cabo de meia hora o bandidĂŁo estava frente-a-frente com o torturador-mor, que tinha em cima de uma mesinha, ao lado, um aparelho de videocassete acoplado a um televisor, com a narração e imagens de um dos jogos do Brasil na Ăşltima Copa do Mundo. A fita estava pronta para rodar. - Sabe o que tem aqui nesta fita, seu cabra? – perguntou Ling-Ling ao MorcegĂŁo. E o bandido, cheio de ousadia: - NĂŁo sei e nem quero saber. Se ĂŠ alguma armação pra cima de mim, nĂŁo vai colar, tĂĄ sabendo? - É mesmo? - É, coroa. TĂ´ nem aĂ­... Ling-Ling sĂł fez empurrar o dedo no botĂŁo de “ligarâ€? do videocassete aĂ­ e a imagem e o som invadiram a sala. A narração era do locutor GalvĂŁo Bueno. Pra quĂŞ suplĂ­cio maior? O bandido deu um pinote no meio da sala e, de olhos arregalados, gritou, desesperado: - Parem! Parem, por favor! Eu confesso! Eu confesso tudo!

Ideia solucionåtica 2GHFHQWH&RUS~FLRGH%DUURVIXQFLRQiULRS~EOLFRVDFUL¿FDGRMXQWRXXPDJUDQLQKD e comprou uma casa de praia, seu maior sonho de consumo. Ah, pra quê! Perdeu o sossego. Invocado com essa situação, ele se abriu com o colega Midinaldo Freitas: - Minha vida virou um inferno, meu irmão. Comprei uma casinha de praia e foi só a parentada saber que começou a aparecer todo mundo. É lasca, meu! AlÊm do incômodo, tem a despesa! - Tô por dentro desse lance! 1HQKXPGRVSDUHQWHVFRPSDUHFHFRPXPFHQWDYRSDUDDMXGDU1mRVHLRTXHID]HU cara. - Eu tenho a solução. - Tem mesmo? &ODUR9RFrID]RVHJXLQWHFRPHoDDSHGLUGLQKHLURHPSUHVWDGRDWRGRVHOHV0DV peça grana alta. Tiro e queda. Nenhum dos parentes voltou mais lå.

Um país que Ê um cocô Ele era um mulato dos seus mais de 2 metros de tamanho, conforme GL]LDVXDFDUWHLUDGHUHVHUYLVWDFDOoDYD sapatos do número 47 e pesava 102 quilos. Seu nome: Ciclotímio, tambÊm conhecido como Nêgo do Galo. O apelido resultou de um enorme calombo que ele tinha na quina direita da testa. Nêgo do Galo era brabo feito o cão. Residia na divisa do Bom Parto com o Farol, pedaço de chão intitulado Alto da Conceição. 1DUHJLmRRQGHSRQWL¿FDYD1rJRGR Galo, existia um amarelinho chamado Coriolano, mais conhecido como Pirrita, que trabalhava como apontador na Prefeitura de Maceió. Era um baixinho pacato, que se transformava num galo fogoso quando tomava umas biritas. Belo dia, mais embriagado que nos demais dias, lå estava ele na calçada da bodega do velho JosÊ Marinho (Seu =H]p GLVFXUVDQGRDSOHQRVSXOP}HV - O Brasil Ê um cocô de louro! O Brasil Ê o maior cocô de louro! Passou um transeunte e aconsel-

hou: - Cala essa boca, Pirrita! Tu vai SUHVRUDSD] Veio outro e completou: ePHOKRUWXLUSUDFDVDUDSD] E ele, nem aí! - Nosso governo num tå com nada! TambÊm Ê um cocô de louro! Nisso, vai passando o Nêgo do Galo, que rebateu, cheio de patriotismo: - Epa! Epa, baixinho! Que esculhambação Ê essa aí? Por que tå IDODQGRGHVVHMHLWRGRQRVVRJRYHUQR" 'LDQWHGRQHJUmRR3LUULWDD¿QRX - E eu tô falando mal do nosso governo, tô? Acho que você entendeu mal, amigão. Eu num tava esculhambando com o Brasil. Eu tava era esculhambando com a Argentina, que Ê um cocô de louro! E o negão: - Peraí! A Argentina não Ê cocô de louro coisa nenhuma! Cocô de louro Ê o Brasil, que Ê verde, amarelo e branco, igual à bosta do papagaio!

No antigo imóvel da operadora Oi, mais um crime bårbaro contra menor deixou população amedrontada

promotor da 3ÂŞ Vara Criminal de UniĂŁo dos Palmares, AntĂ´nio Luiz Vilas Boas, revelou um fenĂ´meno que pode ter contribuĂ­do com a bola de neve de criminalidade no municĂ­pio. Em entrevista ontem Ă Tribuna Independente, ele disse que, nos julgamentos de bandidos de alta periculosidade, os componentes do jĂşri popular, moradores da cidade, temem represĂĄlias posteriores de integrantes de gangues locais e, por isso, absolvem os rĂŠus, mesmo com a existĂŞncia de provas concretas. “A sociedade estĂĄ com medo de ir ao conselho de sentença. JĂĄ fizemos dois jĂşris este ano, e com provas concretas, mas eles [rĂŠus] sempre sĂŁo absolvidos. Isso aconteceu no julgamento nos dias 8 e 9 do mĂŞs passado e hĂĄ 15 diasâ€?, disse. AlĂŠm das gangues jĂĄ existentes no territĂłrio, o promotor destaca que os jurados se intimidam com a possibilidade de soltura dos rĂŠus, ainda que seja remota. “Eles pensam que os rĂŠus vĂŁo retornar da cadeia e atormentar suas famĂ­liasâ€?, comentou. De acordo com o promotor, o comportamento de medo contribui diretamente para a impunidade, o que favorece o aumento da criminalidade no municĂ­pio. “Tem que mudar essa cultura. NĂŁo ĂŠ sĂł ir para as ruas e fazer passeatas. Enquanto as pessoas tiverem medo, a criminalidade vai tomar conta da cidadeâ€?, disse o promotor ao se referir Ă  manifestação organizada no municĂ­pio pelo Movimento UniĂŁo pela Paz, na Ăşltima terça-feira.

DOIS MENORES

Assassinos de crianças sĂŁo capturados Menos de 24 horas depois que um ato pĂşblico pediu paz em UniĂŁo dos Palmares, um garoto de 12 anos foi encontrado morto com vĂĄrios ferimentos na cabeça. Os autores do crime, tambĂŠm menores de idade, foram capturados pela PolĂ­cia Civil na tarde de ontem, mas a população da “terra da liberdadeâ€? continua amedrontada. A Ăşltima vĂ­tima foi Edson Vitorino da Silva, conhecido como ‘Nem’, residente na Rua Manoel Felix dos Santos. Ele foi encontrado morto na manhĂŁ de ontem, com lesĂľes no crânio oriundas de cacetadas, num banheiro abandonado da operadora Oi, na Rua Marechal Deodoro, no Centro da cidade. Em operação realizada pelos policiais da 11ÂŞ Delegacia Regional de PolĂ­cia, foram um menor de 16 anos e outro de 17. Ambos foram localizados na Rua das Piranhas e confessaram tambĂŠm ter matado Elivaldo Rocha de Mendonça, de dez anos, encontrado morto e sem a orelha, na Ăşltima sexta-feira. O delegado AntĂ´nio Nunes disse que as crianças foram mortas por estarem denunciando a venda de entorpecentes no Conjunto conhecido como Morro das Cobras. (D.M.)


12

CIDADES

TribunaIndependente

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2012

AgresteemFoco

JOĂƒO MOUSINHO – joao_mousinho@hotmail.com (Interino)

Novos Juizados em Arapiraca

A

assessoria de comunicação do Tribunal de Justiça de Alagoas informou que no dia 2 de abril deste ano a Corte de Justiça iniciarĂĄ o processo licitatĂłrio para definição da empresa que construirĂĄ as novas estruturas dos Juizados CĂ­vel e Criminal, da Infância e da Juventude, e da Mulher, alĂŠm da estrutura da Turma Recursal da Comarca de Arapiraca. “As novas estruturas que serĂŁo materializadas em MaceiĂł e Arapiraca contribuirĂŁo para melhor prestação de serviço Ă população que recorre ao JudiciĂĄrio nestes dois municĂ­piosâ€?, explicou o juiz Nelson TenĂłrio de Oliveira Neto, atual presidente do Fundo Especial de Modernização do JudiciĂĄrio (Funjuris).

Preso grupo de 20 homens liderado por adolescente 4XDGULOKDpHQYROYLGDHPKRPLFtGLRVURXERVHWUiÂżFRQDUHJLmRGH6mR0LJXHO ANA PAULA OMENA NIGEL SANTANA 5(3Ă?57(5(6

A

PolĂ­cia Civil deflagrou, ontem de manhĂŁ, a operação denominada “SĂŁo Miguel em Pazâ€?, no municĂ­pio de SĂŁo Miguel dos Campos, para cumprir mandados de prisĂŁo e de busca e apreensĂŁo contra acusados de envolvimento em assassinatos, trĂĄfico de drogas, tentativa de roubo de carga e outros crimes praticados na regiĂŁo. Foram presas 20 pessoas, entre elas dez menores de idade. Um dos adolescentes, de apenas 17 anos, era o

lĂ­der do bando. Em um dos pontos da operação, a quadrilha reagiu Ă ação dos policiais civis e houve uma intensa troca de tiros. De acordo com informaçþes do chefe de operaçþes da Delegacia Regional de SĂŁo Miguel, JoĂŁo Alves, o menor que comandaria o grupo e o trĂĄfico de drogas na cidade foi um dos que reagiram. Depois de presos, todos foram transferidos para MaceiĂł. Foram capturados Wesley DiĂłgenes da Silva Melo, 19; Aldair AraĂşjo de Oliveira, 35, vulgo “Gordoâ€?; Adriano dos Santos, 33, vulgo “MĂŁo de Onçaâ€?; Fernando

dos Santos Oliveira, 22; JosĂŠ CĂ­cero Ferreira de Souza, 20; Cristiano dos Santos, 20; Marcelo Marques de Moura Junior, 19; Jazon de Oliveira Barbosa, 18; Silvano dos Santos, 18; CĂŠlio dos Santos, 35; Eduardo GuimarĂŁes dos Santos, 19, e Tiago Augusto dos Santos, 24. AlĂŠm deles, oito menores foram apreendidos. Os presos sĂŁo acusados de trĂĄfico de entorpecentes na Rua da Bica, ParaĂ­so e Terreno, em SĂŁo Miguel dos Campos. O “Nego da Barraâ€?, que ĂŠ foragido de Arapiraca e nĂŁo foi recapturado nesta operação, teria uma rixa com o menor lĂ­der do bando,

por disputa de bocas-de-fumo em São Miguel dos Campos. A polícia continua à procura do traficante. AlÊm das prisþes, foram realizadas as apreensþes de quatro armas, oito celulares, três facþes, vasta munição, uma espingarda caseira, dois veículos - um Uno de cor preta, de placa NXU-7158, de Jaqueira/Pernambuco - e uma Saveiro, de cor verde clara, de placa NLM-3480, de Goiânia/ Goiås. O delegado JosÊ Ailton Cavalcante ouviu os acusados ainda de manhã, na Delegacia da cidade. Cerca de 50 policiais civis e militares participaram da operação. 6$1'52/,0$

Destaque 2WUDEDOKRGHVHQYROYLGRSHOD3UHIHLWXUDGH$UDSLUDFDSRUPHLRGD 6HFUHWDULD0XQLFLSDOGH6D~GHHVWiFRQVHJXLQGRUHGX]LUDFDGDDQR DWD[DGHPRUWDOLGDGHLQIDQWLO'HDFRUGRFRPOHYDQWDPHQWRUHDOL]DGR SHOR&RPLWrGH3UHYHQomRH5HGXomRGD0RUWDOLGDGH0DWHUQR,QIDQWLO de Arapiraca, no ano de 2007 o Ă­ndice era de 21,1 mortes para 1.000 FULDQoDVQDVFLGDVYLYDV&RPRUHVXOWDGRGDVDo}HVHGXFDWLYDVH SUHYHQWLYDVQRÂżQDOGRDQRSDVVDGRDWD[DFDLXSDUDyELWRVSDUD EHErVQDVFLGRVYLYRV $LQIRUPDomRIRLUHSDVVDGDGXUDQWHUHXQLmRGRVPHPEURVGRFRPLWr 2HQFRQWURRFRUUHXQR0HPRULDOGD0XOKHU&HFL&XQKDHIH]SDUWH GDFHOHEUDomRGHTXDWURDQRVGHDWLYLGDGHVGRyUJmR1DRFDVLmRD SUHVLGHQWHGR&RPLWrGH3UHYHQomRH5HGXomRGD0RUWDOLGDGH0DWHUQR,QIDQWLOGH$UDSLUDFDVHFUHWiULDGH6D~GH$XUpOLD)HUQDQGHVUHIRUoRXD LPSRUWkQFLDGDFRQWLQXDomRGRWUDEDOKRQDiUHDXUEDQDHQD]RQDUXUDO do municĂ­pio.

Contas rejeitadas 1

Contas rejeitadas 2

276(GHFLGLXHVWDVHPDQDTXH SROtWLFRVTXHWLYHUHPSUHVWDo}HVGH FRQWDVUHMHLWDGDVHPHOHLomRDQWHULRUHVWmRIRUDGDGLVSXWDQRSOHLWR deste ano. Em todo o Brasil, mais GHPLOSROtWLFRVQmRFRQVHJXLUDPDTXLWDomRHSRULVVRHVWmRQD OLVWDQHJUDGD-XVWLoD(OHLWRUDO(P $ODJRDVPXLWRVHVWmRFRPDEDUED GHPROKRHMiFRUUHPSRUIRUDSDUD QmRSHUGHUDERTXLQKD

$OJXQVSROtWLFRVDODJRDQRV FRPS}HPDOLVWDGHSROtWLFRVTXH tiveram as contas rejeitadas pela -XVWLoD(OHLWRUDO0DVGHYLGR DDOJXPDV³QXDQoDV´VHJXQGR DVVHVVRULDGRyUJmRQR(VWDGR os nomes dos políticos impediGRVGHGLVSXWDUXPFDUJRHVWH DQRQmRSRGHPVHUGLYXOJDGRV Cabe ao eleitor, antes de votar, escolher bem seu representante.

Ficha Limpa $QRYDUHVWULomRSDUDFDQGLGDWXUDVDSURYDGDHVWDVHPDQDSHOD-XVWLoD (OHLWRUDOVHVRPDj/HLGD)LFKD/LPSDTXHLPSHGHDFDQGLGDWXUDGH FRQGHQDGRVSRUyUJmRVFROHJLDGRVHGHSROtWLFRVTXHUHQXQFLDPSDUD HYLWDUSURFHVVRVGHFDVVDomRFKDQFHODGDHPIHYHUHLURSHOR67)3HOR MHLWRFDGDYH]PDLVRFHUFRVHIHFKDSDUDSROtWLFRVFRUUXSWRV

Desabrigados 1

Desabrigados 2

6HGHSHQGHUGDVDXWRULGDGHV DTXHPFRPSHWHRFDVRDV vĂ­timas da enchente de 2010, HP3DXOR-DFLQWRYmRFRQWLQXDU SRUPXLWRWHPSRVHPTXDOTXHU DVVLVWrQFLD+iTXDVHGRLVDQRV GDWUDJpGLDTXHGHVWUXLXPHWDGH da cidade, os ribeirinhos do Rio 3DUDtEDHVWmROLWHUDOPHQWHDYHU QDYLRV(PERUDPXLWDVUHVLGrQcias estejam condenadas pela 'HIHVD&LYLOPXLWRVPRUDGRUHV YROWDUDPSDUDVXDVDQWLJDV FDVDVHRXWURVYLYHPDEULJDGRV HPFDVDVGHSDUHQWHVHDPLJRV HDOJXQVDEDQGRQDUDPDFLGDGH

4XHPYLVLWD3DXOR-DFLQWRDLQGD SRGHREVHUYDUDVPDUFDVGDWUDJpGLDTXHDVVRORXRPXQLFtSLRGXUDQWH a enchente do Rio ParaĂ­ba em 2~QLFRKRVSLWDOGDFLGDGH IXQFLRQDGHIRUPDSUHFiULDMiTXH IRLDWLQJLGRSHODVFKXYDVDSRQWH TXHOLJDRVGRLVODGRVGDFLGDGH HQFRQWUDVHHPIDVHGHFRQFOXVmR e as ruas esburacadas. O pior ĂŠ TXHQHQKXPDFDVDIRLHQWUHJXHjV YtWLPDVHQmRKiSUHYLVmRGHTXDQdo a obra serĂĄ concluĂ­da. Parece TXHSHODVEDQGDVGHOiSUHYDOHFH jPi[LPDGHTXDQWR PDLV SLRU melhor.

Pela segurança 1 2GHSXWDGR5RQDOGR0HGHLURV 37 SURWRFRORXQD$VVHPEOHLD/HJLVODWLYDXPSURMHWRGHOHLTXHREULJDWRGDVDVFDVDVORWpULFDVDJrQFLDVGRV &RUUHLRVEDQFRVSRSXODUHVHPXOWLEDQNVHPIXQFLRQDPHQWRQR(VWDGRD GLVSRQLELOL]DUHPVHUYLoRGHVHJXUDQoDSUHVWDGRSRUYLJLODQWHVSUR¿VVLRQDLVREMHWLYDQGRDVHJXUDQoDGRVXVXiULRVIXQFLRQiULRVHSURSULHWiULRV

Pela segurança 2

6HJXQGRDSURSRVWDGRGHSXWDGRR3RGHU([HFXWLYRSRULQWHUPpGLR GD6HFUHWDULDGR(VWDGRGD6HJXUDQoD3~EOLFDH'HIHVD6RFLDOVHUi UHVSRQViYHOSHOD¿VFDOL]DomRHFXPSULPHQWRGDOHL³23RGHU([HFXWLYR SRGHUiHGLWDUQRUPDVSDUDUHJXODPHQWDUD¿VFDOL]DomRHRFXPSULPHQWR GD/HL´GLVVHRGHSXWDGRDFUHVFHQWDQGRTXHDMXVWL¿FDWLYDGDDSUHVHQWDomRGRSURMHWRpGHYLGRjFUHVFHQWHHVWDWtVWLFDGDYLROrQFLDHP $ODJRDV

HH falou

Abutre

$YHUHDGRUD+HORtVD+HOHQD 362/ XWLOL]RXDWULEXQDGD &kPDUDGH0DFHLySDUDSDUDEHQL]DUD³FRUDJHPGHSURPRWRUHV MXt]HVHSROLFLDVHPGHVHQFDGHDU D2SHUDomR(VSHFWUR´³*UDoDV a pessoas corajosas como estas SRGHPRVDFUHGLWDUTXHRODUDQMDO FRQWiELOTXHHQYROYHQRPHVGH políticos conhecidos do nosso Estado pode ser desvendado e FRPEDWLGR(VSHURYHUDJUDQGH RSHUDomRGHOLPSH]DVHUIHLWD DWUDYpVGRYRWRSRSXODU´GHVDEDIRXDYHUHDGRUD

O acusado de desviar R$ GD6HFUHWDULDGH )LQDQoDVGH/LPRHLURGH$QDGLD Raymi Palmeira Barros Barreto Teixeira, permanece com seus bens EORTXHDGRVFRPRIRUPDGHJDUDQWLU RUHVVDUFLPHQWRGRUHIHULGRYDORU$ GHFLVmRGHSULPHLURJUDXIRLPDQWLGDSHORGHVHPEDUJDGRU(VWiFLR /XL]*DPDGH/LPDSUHVLGHQWHGD 6HJXQGD&kPDUD&tYHOGR7-$/ $OpPGREORTXHLRGRVEHQV5D\PL 3DOPHLUDWDPEpPIRLLPSHGLGRGH DVVXPLUTXDOTXHUFDUJRDGPLQLVWUDtivo no municĂ­pio.

Maioria no grupo pPXLWRMRYHPRLWRGRVSUHVRVVmRPHQRUHVGHLGDGHHRXWURVVHWHWrPLGDGHHQWUHHDQRV

ALAGOAS

SEXTA-FEIRA

Caracterizada pela abertura na região dos låbios ou palato, a fissura låbio-palatal – tambÊm conhecida como låbio leporino –, acomete uma a cada 650 crianças nascidas no Brasil, totalizando 5.800 novos casos por ano. O problema, que ocorre ainda na fase embrionåria e não possui causas totalmente conhecidas, gera severas dificuldades na alimentação, na fala e na socialização. Buscando reverter esse quadro, o programa humanitårio Operação Sorriso estarå em Maceió no período de 16 a 19 de março para realizar cirurgias de correção em cerca de 60 crianças alagoanas. Os procedimentos serão gratuitos e a triagem acontece no dia 14, a partir das oito horas, no Ambulatório Rodrigo Ramalho (Avenida Assis Chateaubriand, 2.932, Prado). Na ocasião, os pais ou responsåveis devem estar com os documentos pessoais e a certidão de nascimento da criança, alÊm de um comprovante de residência. Não Ê necessårio nenhum encaminhamento mÊdico, e tanto o alojamento quanto à alimentação dos pacientes que não forem da capital serão custeados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). Para participar Ê necessårio que o paciente se enquadre nos seguintes critÊrios: tenha låbio leporino nunca operado, seguido de palato de crianças de 1 a 6 anos, palato de qualquer idade, palato nunca operado e outras deformidades faciais. Um fonoaudiólogo, um ortodôntico e um geneticista avaliarão os casos e as operaçþes são realizadas por cirurgião plåstico ou cirurgião bucomaxilofacial.

A Câmara Municipal de MaceiĂł irĂĄ realizar amanhĂŁ, Ă s 9 horas, uma audiĂŞncia pĂşblica sobre a lei que regulamenta a inspeção em edificaçþes pĂşblicas e privadas no municĂ­pio de MaceiĂł. Na ocasiĂŁo, especialistas da ĂĄrea de construção civil irĂŁo fazer uma explanação sobre a adaptação da lei Ă  atual realidade de MaceiĂł, a fim de evitar tragĂŠdias como a que ocorreu no Centro HistĂłrico do Rio de Janeiro. A audiĂŞncia deverĂĄ contar com a presença do secretĂĄrio de Planejamento do MunicĂ­pio, MĂĄrzio Delmoni; do superintendente Municipal de Controle do ConvĂ­vio Urbano, JosĂŠ Galvaci de Assis; dos presidentes da Associação das Empresas do Mercado ImobiliĂĄrio de Alagoas (Ademi-AL), do Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura de Alagoas (Crea-AL) e do Clube de Engenharia de Alagoas (CEA), entre outros. A ideia de realizar a audiĂŞncia pĂşblica surgiu apĂłs engenheiros e arquitetos solicitarem do presidente da Casa, Galba Novaes (PRB), que a Câmara aprofunde o discurso em torno da segurança das edificaçþes em MaceiĂł. Eles apresentaram uma minuta, com sugestĂľes para uma lei municipal, adaptada a uma legislação que jĂĄ existe em Salvador sobre a inspeção predial. â€œĂ‰ preciso que se crie uma lei que obrigue os condomĂ­nios a realizarem, periodicamente, a inspe-

Ação irå operar crianças com låbio leporino

Audiência pública debate lei que obriga inspeção em prÊdios DDDDD

CID128B

ImĂłveis WHUmRTXHVHUYLVWRULDGRVSHULRGLFDPHQWHVHOHLIRUDSURYDGD

ção predial, com tÊcnicos devidamente capacitados e qualificados. O que acontece hoje Ê que quando aparece algum problema estrutural, fissuras e infiltraçþes os condomínios contratam um pedreiro para fazer um arranjo, um reboco, que encobre os verdadeiros riscos�, frisou Aloísio Ferreira, representante do CEA. O presidente da Câmara afirmou que a Casa estå

aberta para a discussĂŁo e elaboração da lei municipal, que garanta a segurança daqueles que residem e trabalham em prĂŠdios da capital. “O primeiro passo ĂŠ a realização dessa sessĂŁo pĂşblica, com representantes do setor e tĂŠcnicos da Prefeitura de MaceiĂł. O prĂłximo passo ĂŠ por em prĂĄtica todas as proposiçþes que ficarem definidas nesta reuniĂŁoâ€?, declarou o vereador.


TribunaIndependente

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2012

CIDADES

13

Site feminino é lançado em Alagoas Tribelas.com.br é o mais novo sítio de notícias do Estado que vai deixar o universo feminino muito bem informado SANDRO LIMA

ANA PAULA OMENA REPÓRTER

N

o Dia Internacional da Mulher, comemorado hoje, a Cooperativa dos Jornalistas e Gráficos de Alagoas (Jorgraf) lança mais um site de notícias, dessa vez direcionado para o universo feminino: o Tribelas.com.br, que irá trazer notícias sobre comportamento, estilo, beleza, saúde delas, noivas, casa, sabor e muito mais. Este é o presente da Cooperativa para todas as mulheres de Alagoas, do Brasil e do mundo no dia 8 de março. Mas nada impede que o conteúdo do site Tribelas seja acessado pelos homens, pois eles também sempre querem saber do que as mulheres gostam, o que elas pensam, comem ou usam. A equipe de reportagem do novo site vai explorar temas diversificados na intenção de deixar o internauta do Tribelas bem informado. Hoje, o site estará fazendo panfletagem e distribuição de brindes para as

mulheres no calçadão do comércio, no Centro de Maceió, e no GBarbosa da Serraria. SUPERAÇÃO Neste dia da Mulher, a Tribuna Independente não poderia deixar de antecipar um pouco do que vai poder ser lido no Tribelas e contar histórias de superação, luta e também tristeza de mulheres que vivenciam situações diversas em decorrência de alguma doença ou em busca da beleza. E nada melhor do que começar pela história de vida de dona Maria Madalena Melo Matos, de 52 anos, que há cinco anos descobriu um câncer na mama, foi mastectomizada um mês depois e na última segunda-feira passou por uma cirurgia de reconstrução mamária, após lutar na Justiça pelo direito de ter a mama recuperada. Dona Madalena Matos é um exemplo de vida e de superação. Ela, que participa da ONG Renascer, desde que ficou sabendo do câncer diz que a Organização foi uma grande casa de acolhimento para ela. “Lá

conheci histórias de vida piores que a minha, não que eu tenha me confortado com isto mas me ajuda a percorrer este caminho difícil”, disse. “A mutilação, mesmo que parcial, baixa demais a autoestima da mulher. A mama representa sexualidade e sem ela fica complicado. Para se ter uma ideia, quando alguém me abraçava, eu recuava, tinha receio, medo. Minha ficha só caiu quando comecei a quimioterapia. Entrei em depressão, tive que entrar no medicamento antidepressivo, fiz tratamento com psicólogo, psiquiatra, engordei 13 quilos, meu corpo inchou e meu cabelo caiu. Pronto, para mim aquilo que vivi era o fim”, contou. Ela, que era gerente de uma loja infantil em Maceió, viu o mundo desabar, pois sua mãe e sua irmã também morreram de câncer de mama. “Por isso eu me preocupava bastante e vivia fazendo exame de mamografia e ultra-sonografia”, conta Madalena Matos.

Madalena superou o câncer de mama descoberto há cinco anos e hoje comemora reconstrução da mama

MACEIÓ

Mulher morre após fazer lipoaspiração A funcionária pública Raquel Martins Damasceno, de 46 anos de idade, se submeteu a uma cirurgia plástica na última terça-feira mas não resistiu após sofrer uma parada cardíaca. O procedimento cirúrgico foi realizado no Instituto de Olhos de Maceió (IOM), local este que intrigou a família por não oferecer suporte suficiente para a operação. O Conselho Regional de Medicina de Alagoas (Cremal) orientou ontem, por meio de sua assessoria de comunicação, que a família da vítima deve procurar o Conselho para que, com base na queixa, possa ser aberto um procedimento investigativo sobre o caso. Antecipadamente, o Cremal disse ainda que o IOM não está preparado tecnicamente para procedimentos complexos como uma cirurgia de lipoaspiração, que pode gerar reação inesperada do paciente. A clínica não tem UTI. Após a parada cardíaca, Raquel Martins Damasceno foi encaminhada para o Hospital da Santa Casa de Misericórdia, mas teve outra parada, entrando em óbito na terça-feira. O diretor do IOM Carlos Paes foi procurado pela reportagem para falar sobre o procedimento, mas a secretária dele, identificada como Vera, prometeu retornar a ligação após contactar o diretor, mas até o fechamento desta edição não houve retorno. CASO GISELA Há 11 meses, a professora de inglês Gisela Patrícia Campos de Oliveira, 34 anos, também se submeteu a uma cirurgia, só que de varizes, e nunca mais foi a mesma. De acordo com a mãe dela, Silêda Campos, a filha está em estado vegetativo e os médicos dizem que seu estado é irreversível. Ela sofreu um choque anafilático durante o procedimento. Hoje, dona Silêda diz que sua vida também mudou. Ela vive tentando resolver os problemas da filha que não são resolvidos. “Tenho fé em Deus e se ele permitiu que ela ficasse viva é porque tem um propósito. Embora os médicos digam que não, eu digo que sim, que é possível Deus operar um milagre e é nisso que nos sustentamos”, afirmou. “Para a gente que convive, ela está se recuperando; às vezes responde a algum estímulo, outras vezes não, mas não perdemos a esperança”, declarou dona Silêda.


14

CIDADES

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2012

TribunaIndependente

Grupos de Bumba Meu Boi são premiados Três primeiros colocados do concurso realizado após o Carnaval receberam prêmios ontem em solenidade na Fmac

C

om entrega de troféus e medalhas, a Fundação Municipal de Ação Cultural (Fmac) realizou ontem a premiação dos três primeiros colocados de cada categoria do Festival de Bumba Meu Boi, realizado no final de fevereiro, na Praça Multieventos. Para a presidente da Fmac, Paula Sarmento, o reconhecimento aos vitoriosos, assim como o próprio festival, é a maneira de estimular e apresentar ao público o autêntico folclore nordestino. “O Bumba Meu Boi é um movimento de periferia, e o concurso representa uma maneira de manter viva essa bonita expressão cultural e apresentá-la à sociedade”, ressaltou Paula Sarmento, acrescentando que a escolha dos premiados se deu por meio de jurados escolhidos pela Liga do Bumba Meu Boi. Este ano, o Boi Dragão, da Ponta da Terra, conquistou o primeiro lugar da modalidade Especial. Em segundo e terceiro lu-

MILTON RODRIGUES

gares, respectivamente, ficaram o Safary e o Cobra Negra. “Nossa vitória significa o reconhecimento de um trabalho de meses, realizado com dedicação e afinco”, declarou o condutor do Dragão, Jeferson André. Já no grupo de Acesso, o campeão foi o Boi Fênix, do Vergel do Lago. Em segundo e terceiro lugares ficaram, respectivamente, o Demolidor, da Jatiúca, e o Rei Bumbá, do Jacintinho. O condutor do boi vitorioso no grupo de Acesso, Davi Ferreira Santos, também comemorou sua vitória como o reconhecimento do esforço empenhado. “Foram três meses de dedicação intensa”, frisou. A presidente da Fmac foi homenageada pela Liga do Bumba Meu Boi com um certificado que ressalta seu trabalho. Outro homenageado foi o radialista Luiz de Barros, que há aproximadamente 20 anos iniciou a realização dos concursos Bumba Meu Boi Vencedores do Bumba Meu Boi foram: Boi Dragão, da Ponta da Terra, pela modalidade especial, e Boi Fênix, do Vergel do Lago, pelo grupo de Acesso em Maceió.


TribunaIndependente

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2012

CIDADES

15

PrĂŠdio da prefeitura de Marechal pega fogo ,QIRUPDo}HVGRUHFDGDVWUDPHQWRGHVHUYLGRUHVIRLRSULQFLSDOSUHMXt]RGRLQFrQGLRUHJLVWUDGRQRÂżQDOGDWDUGHGHRQWHP BRENO AIRAN

BEATRIZ NUNES BRENO AIRAN REPĂ“RTERES

Crânio humano Ê deixado em calçada de casa

U

m incĂŞndio tomou conta do primeiro andar do prĂŠdio onde funciona o Departamento Pessoal da prefeitura de Marechal Deodoro, localizado na Avenida Santa Maria Madalena, na orla da cidade, QR Ă€QDO GD WDUGH GH RQWHP pouco depois do expediente ter sido encerrado. O local ultimamente tem sido muito frequentado pelos servidores municipais para a realizaçao do recadastramento anual. Com o fogo, computadores, mĂĄquinas de fotocĂłpia, mesas e o teto de 39& GR VHWRU Ă€FDUDP WRWDOmente destruĂ­dos. De acordo com o prefeito de Marechal, Cristiano Matheus (PMDB), o prejuĂ­zo maior foi a perda do trabalho que jĂĄ vinha sendo desenvolvido por sua equipe. “Ainda EHPTXHQLQJXpPĂ€FRXIHULdo, mas metade dos nossos servidores da educação jĂĄ tinha sido recadastrada e com o incĂŞndio vai ser preciso reID]HUWXGRÂľDĂ€UPRX

MILTON RODRIGUES REPĂ“RTER

Fogo pode ter sido causado por curto-circuito segundo suspeita do prefeito da cidade, Cristiano Matheus

As primeiras chamas foram percebidas pela comunidade. Eles utilizaram baldes para tentar conter o fogo antes da chegada das equipes do Corpo de Bombeiros. Apenas com a chegada das

viaturas, as labaredas foram controladas. Conforme informaçþes da população, uma CPU do departamento estaria em chamas quando eles chegaram ao local. O prefeito informou,

ainda, que a cidade de Marechal Deodoro tem sofrido com quedas constantes de energia e que a Eletrobras Distribuição Alagoas jĂĄ teria sido informada sobre o problema. “NĂŁo sei o que acon-

EROSĂƒO

Um crânio humano foi encontrado nas primeiras horas da manhĂŁ de ontem, no bairro do Feitosa, em MaceiĂł. O chefe de operaçþes do 9° Distrito de PolĂ­cia Civil, Themildo Duarte das Trevas, acompanhou a ocorrĂŞncia e credita a barbĂĄrie a traĂ€FDQWHVGDUHJLmR A cabeça teria sido deixada durante a madrugada na calçada de uma mercearia, onde mora um casal, que nĂŁo IRLLGHQWLĂ€FDGR Os bandidos teriam ainda manchado a casa de sangue teceu aqui, mas a energia cai antes de deixar a cabeça. “O direto. Estamos aguardan- proprietĂĄrio acordou e viu GR TXH D SHUtFLD LGHQWLĂ€TXH muito sangue na casa. Encomo tudo começou, bem quanto ele lavava, acabou como a causa do incĂŞndio. descobrindo que os bandidos Pode ter sido um curto-cir- deixaram a cabeça de um hoFXLWRÂľDĂ€UPRXRSUHIHLWR memâ€?, conta o chefe. A polĂ­cia acredita que a cabeça possa pertencer ao jovem Jartison Batista de Melo Leite, de 23 anos, assassinado recentemente e que teve o corpo encontrado na regiĂŁo do Benedito Bentes.

Muro de proteção da Ladeira Geraldo Melo cede ALANA BERTO REPÓRTER

Por volta das 17 horas de ontem, cerca de 10 metros do muro de proteção da ladeira Geraldo Melo, localizada no bairro do Farol, cedeu. O

FEITOSA

PXURÀFDGRODGRGLUHLWRGD via, no sentido Poço-Farol. O desabamento ocorreu em consequência da forte chuva que caiu no começo desta semana. De acordo com a Superintendência Municipal de

Transporte e Trânsito de MaceiĂł (SMTT), o asfalto estĂĄ oco e corre o risco de afundar. “Existe o risco de o trecho afundar entre um metro ou um metro e meio, por isso isolamos a ĂĄrea trĂŞs PHWURVÂľ DĂ€UPRX R JXDUGD

de trânsito JosÊ Wilames. Engenheiros da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminfra) estiveram QR ORFDO H DÀUPDUDP TXH D obra para a reconstrução do muro começa hoje. De acordo com o agente Wilames,

GHYHVHUÀQDOL]DGDHPDSURximadamente 15 dias. Após a interdição, o trânVLWRGRORFDOÀFRXFRQJHVWLRnado. Para completar a situação, no local houve uma colisão entre um ônibus de turismo e um veículo.


16

ECONOMIA

TribunaIndependente

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2012

etjornalista@gmail.com

Santana do MundaĂş, agora ĂŠ pra prefeito

A

pós acumular vårios mandatos no Legislativo, o vereador Ivan Ferreira (irmão do saudoso radialista Ferreira Júnior), resolveu agora lançar seu nome numa chapa majoriWiULDDÀPGHGLVSXWDUD Prefeitura de Santana do Mundaú, este ano. Vai enfrentar o atual prefeito Marcelo Souza e o ex-prefeito ZÊ Lino. Disse que seu município estå carente de um administrador determinado e com coragem para enfrentar os problemas. Sua candidatura, segundo ele, tem o aval do vice-governador Tomåz Nôno, alÊm do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Fernando Toledo e do ex-federal Chico Tenório.

Santana do MundaĂş - 104 anos E durante esta quinta-feira, o vereador Ivan Ferreira estarĂĄ junto com uma patota de amigos celebrando o extraordinĂĄrio 104 anos de idade do comendador JoĂŁo Ramos. “Aposentado como Fiscal de Renda, seu JoĂŁo Ramos, que ainda hoje lida na plantação de laranja lima e que ĂŠ presidente de honra do partido Democrata (DEM), estĂĄ totalmente lĂşcido com suas palavras e hoje cariosamente recebe os parabĂŠns de todos os santanenses, e por nĂŁo dizer, de Alagoas inteiraâ€?, comenta o vereador Ivan, que tem o aniversariante como grande parceiro para chegar ao trono da prefeitura a partir de 2013.

Santa Luzia

Barra de Santo Antonio 1

Como parte das comemoraçþes do Dia Internacional da Mulher, Ê que nesta quinta-feira pela manhã a prefeitura promove um cafÊ regional para todas as mulheres, sobretudo as que participam dos programas sociais do município. E na outra sexta-feira, segundo o secretårio Deraldo Lima, haverå assinatura de convênio junto à Caixa EconômiFDD¿PGHJDUDQWLUD construção de 143 casas, como parte do programa Minha Casa, Minha Vida. No mesmo dia, a prefeita Fåtima Barros inaugura as obras de reforma e ampliação de uma escola municipal.

A prefeita Ciçou jå estå articulando um convite que serå direcionado para os três senadores alagoanos Renan Calheiros, Benedito de Lira e Fernando Collor. Ela quer a presença de todos eles lå na Barra, para agradecer as emendas que prometem transformar o futuro da região. A prefeita cita obras para este ano, como a construção das 200 casas, de uma moderna escola e uma creche, alÊm da construção de um muro de arrimo que vai proteger a orla da Ilha da Crôa.

Barra de Santo Antonio 2 O secretĂĄrio de Infraestrutura Miguel Mota tem sido um abnegado colaborador da prefeita Ciçou. Mota estĂĄ executando um projeto para garantir a construção de 120 casas populares. Todas para abrigar as famĂ­lias dos “sem-terraâ€? que estĂŁo acampadas hĂĄ um longo tempo, em terrenos pĂşblicos, sobretudo no trecho de estrada que dĂĄ acesso Ă encantadora Praia de Carro Quebrado.

São Sebastião Um grande mutirão contra a Dengue foi realizado, semana passada, na cidade. O alvo, desta vez, foi o bairro Peroba, localidade onde jå foram detectados quatro casos da doença, sendo que dois deles do tipo hemorrågica, considerado o mais grave. Os trabalhos foram feitos em parceria com tÊcnicos da Sesau.

Paripueira

Palmeira

O prefeito Abrahão Moura, por mais que limpe as galerias, tem HQIUHQWDGRGL¿FXOGDGHVFRP relação às fortes chuvas que caíram recentemente na cidade. As åguas descem com uma grande velocidade e seu volume acaba prejudicando os trabalhos que foram realizados pela equipe da prefeitura. O ex-presidente da AMA atesta que precisa de muito dinheiro para melhorar de vez com essa situação.

Uma oportunidade para quem deseja ingressar num emprego público. Em Palmeira dos �ndios a prefeitura abriu concurso, com 210 vagas disponíveis, para diversos cargos envolvendo todos os níveis esolares. As inscriçþes vão atÊ o dia 6 do próximo mês, exclusivamente pela Internet, atravÊs do site da Comissão Permanente do Vestibular - Copeve - www.copeve.ufal.br. O valor da taxa varia de R$ 40,00, R$ 50,00 e 60,00.

Barra - Eleição Os vereadores da Barra de Santo AntĂ´nio estĂŁo com suas imagens abaladas. As constantes brigas pelo poder ao longo desses Ăşltimos trĂŞs anos prejudicaram a imagem de praticamente todos eles, onde muitos atĂŠ jĂĄ tĂŞm dĂşvidas se vĂŁo se reeleger ou atĂŠ mesmo disputar o pleito. Enquanto isso, cerca de nove secretĂĄrios da atual composição do Executivo sairĂŁo como prĂŠ-candidatos a vereador. “Essa situação ĂŠ fruto da falta de apoio popular que os atuais vereadores tĂŞm junto com o eleitorado localâ€?, disse um leitor da coluna.

Estrela de Alagoas O Programa à gua para Todos, executado pela Codevasf, continua avançando na missão de universalizar o acesso à ågua para consumo KXPDQRHSURGXomRGHDOLPHQWRV1D~OWLPDVH[WDIHLUDIRL¿QDOL]DGDD FDSDFLWDomRGHWRGDVDVIDPtOLDVEHQH¿FLDGDVSHORSURJUDPDQR povoado Serra do Bernardino, município de Estrela de Alagoas. A meta DWXDO¿[DGDSHOD&RGHYDVIpFDSDFLWDUGLDULDPHQWHIDPtOLDVHP gestão da ågua, prÊ-requisito fundamental para o sucesso do programa, segundo a coordenação regional do à gua para Todos. Sete municípios jå dispþem dlesse programa.

Cooperativas fortalecidas GLYHUVLĂ€FDPDHFRQRPLD

Em Coruripe, artesanato, suco e derivados do leite incrementam o mercado

I

nvestir em nichos diferentes de mercado, para explorar ao måximo o potencial produtivo do Estado, Ê uma aposta que vem dando certo hå mais de cinco dÊcadas em Coruripe, na Cooperativa Pindorama. Aliada ao sistema colaborativo de trabalho, atravÊs do qual os cooperados têm participação ativa e direta no funcionamento da empresa, essa iniciativa vem transformando o cenårio econômico local, criando, tambÊm, possibilidades de desenvolvimento para toda Alagoas. Depois do açúcar e do ålco-

ol, considerados o carro-chefe da cooperativa, a Pindorama comemora bons resultados com a produção de sucos de frutas e derivados do coco e do leite. Este último tem sido motivo constante de anålises e discussþes para estabelecer parcerias de incentivo à sua produção em cooperativas fora de Coruripe. Graças à experiência da Pindorama, que em dois anos conseguiu aumentar a produção diåria de 2 mil para 11 mil litros de leite, o Estado provou que tambÊm tem condiçþes de crescer dentro deste nicho.

“NĂłs pensamos a Pindorama como um espaço para o desenvolvimento de cooperativas, e o trabalho de incentivo ao leite sĂł vem para consolidar essa ideologia. Em Coruripe, ele jĂĄ deu resultados maravilhosos. Agora, nĂłs queremos levĂĄ-lo para outras regiĂľes que tambĂŠm possuem potencial para recebĂŞ-lo, como o Vale do SĂŁo Franciscoâ€?, destaca o presidente da cooperativa, KlĂŠcio Santos. Para isso, ele conta com o apoio do Governo, atravĂŠs das Secretarias de Estado do Planejamento e do Desenvol-

vimento Econômico (Seplande), e da Ciência, Tecnologia e Inovação, nas negociaçþes com a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), que, se bem sucedidas, poderão resultar na conquista de equipamentos mais modernos para a fabricação de laticínios. Em negociaçþes com o Governo, contando com o apoio do senador Benedito de Lira, a Pindorama pleiteia, junto à Codevasf, R$ 30 milhþes de investimentos para uma unidade produtora de leite UHT e leite em pó.


TribunaIndependente

Esportes

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2012

ESPORTES 17

Mesmo com ‘estrangeiros’, arbitragem alagoana estĂĄ prestigiada no Campeonato Estadual 0HVPRFRPHVFDODomRGHiUELWURVGHIRUDQDVÂżQDLVGRSULPHLURWXUQRR SUHVLGHQWHGD&RPLVVmRGH$UELWUDJHP+pUFXOHV0DUWLQVYRORWXDDÂżUPDU TXHRVSURÂżVVLRQDLVGRTXDGURGH$ODJRDVHVWmRSUHVWLJLDGRVHÂż]HUDPXP yWLPRLQtFLRGHWHPSRUDGD3DUDRGXHORGHKRMHQR3LODUjVKHQWUH &RULQWKLDQV$ODJRDQRH&RUXULSHHVWmRHVFDODGRVRiUELWUR&OiXGLR5REHUWR 9LOHODRVDVVLVWHQWHV(VGUDV0DULDQRGH/LPDH:DJQHUGRV6DQWRV Âł7HPRVFRQÂżDQoDHPQRVVRViUELWURVHRWUDEDOKRpVHPSUHIHLWRSDUDXP DSURYHLWDPHQWRSRVLWLYRVGHOHV9DPRVDXPHQWDUDDWHQomRQHVWHVHJXQGR WXUQRSDUDQmRFULDUQRYDVSROrPLFDV´GHVWDFRXRSUHVLGHQWH

CSA espera grande pĂşblico no domingo

$]XOmRHQFDUDR3HQHGHQVHQR7UDSLFKmRHGLUHomRHVWXGDXPDVpULHGHSURPRo}HVSDUDDWUDLURWRUFHGRUPDUXMR

C

om o objetivo Ăşnico de ser campeĂŁo do segundo turno e provocar uma final contra o CRB, o time do CSA terĂĄ no prĂłximo domingo o primeiro jogo em casa no segundo turno. O elenco atuou ontem Ă noite em Palmeira dos Ă?ndios contra o CEO e volta aos trabalhos hoje Ă  tarde pensando no duelo contra o Penedense no TrapichĂŁo. A movimentação terĂĄ o comando do preparador Rodrigo Albuquerque e serĂĄ em carĂĄter regenerativo. “Precisamos muito do apoio do nosso torcedor. Eu serei um deles torcendo e incentivando meus companheiros nessa difĂ­cil missĂŁo. NĂŁo podemos mais errar. Este turno significa a vida do CSA para o resto da temporadaâ€?, explicou o goleiro e capitĂŁo FlĂĄvio, que se recupera de uma lesĂŁo e ainda cumpre suspensĂŁo. A expectativa ĂŠ que ele volta na quarta rodada no clĂĄssico contra o ASA em MaceiĂł. A direção do CSA jĂĄ estuda uma sĂŠrie de promoçþes para atrair o torcedor azulino para o campo no domingo. As provocaçþes feitas pela torcida do CRB nas

Ăşltimas semanas, colocando o pĂşblico da final contra o ASA (16 mil pessoas) como parâmetro para definir qual a maior torcida do Estado, estĂŁo servindo de motivação aos azulinos. “Sempre digo isso que a hora do torcedor ajudar o time ĂŠ essa. Indo para o estĂĄdio e comprando seu ingresso. Temos uma imensa massa azulina apaixonada que sabe da responsabilidade do time em ganhar esse turno. Vamos com tudo e o departamento de marketing estĂĄ estudando essas promoçþes. Os valores dos ingressos tambĂŠm serĂŁo com preços popularesâ€?, confirmou o presidente Jorge VI. REFORÇOS Como prometido, a direção do CSA confirmou e apresentou mais um reforço. Depois da chegada de Leumir para a lateral-direita. Para a mesma posição foi confirmado Jackson JosĂŠ Lucas, que veio do Santo AndrĂŠ, time da primeira divisĂŁo do Campeonato Paulista. Outras contrataçþes estĂŁo sendo mantidas em sigilo pelo assessor especial da presidĂŞncia, SĂŠrgio Vertello.

$'$,/621&$/+(,526

Torcida do CSA promete lotar o TrapichĂŁo neste domingo quando o time faz sua estreia em casa no segundo turno do Estadual 2012

FECHANDO A RODADA

2Âş TURNO

Corinthians e Coruripe se enfrentam hoje no Pilar Fechando a primeira rodada do segundo turno do Alagoano 2012, Corinthians e Coruripe jogam Ă s 15h15 no EstĂĄdio Rubens Canuto, no Pilar. O time da casa faz a estreia do tĂŠcnico Gilmar Batista e tambĂŠm de vĂĄrios reforços. No primeiro duelo, o Ăşltimo da fase de pontos no turno inicial disputado em Coruripe, o Hulk bateu o TimĂŁo por 3x0, tirando o time do Pilar da primeira colocação. “Precisamos ter outra consciencia neste turno pois o time começou a temporada muito bem e depois deu uma relaxada. Para quem almeja coisas grandes isso nĂŁo pode acontecerâ€?, disse Gilmar. REFORÇOS Eliminado nas semifinais do primeiro turno do Alagoano, o TimĂŁo segue se fortalecendo. O time do Pilar anunciou mais dois reforços. O primeiro ĂŠ o volante CearĂĄ, de 21 anos, ex-Portuguesa-SP. AlĂŠm dele, o meia Danilo ĂŠ outro nome. O jogador tem 19 anos e estava no River Plate do Uruguai. Outros jogadores recĂŠmcontratados foram o goleiro Anderson ParaĂ­ba, ex-CRB

e MarcĂ­lio Dias-SC, e o atacante JĂşnio Marques, ex-Nacional de Patos-PB. Gilmar Batista estĂĄ motivado e acredita em uma boa campanha do Corinthians nesta reta final do Estadual. O objetivo do treinador ĂŠ claro, ser campeĂŁo do segundo turno, conquistando vaga na Copa do Brasil, Copa do Nordeste e final do Alagoano contra o CRB. A diretoria do Corinthians-AL tambĂŠm dispensou o meia Washington, que participou do Ăşltimo confronto contra o ASA HULK O tĂŠcnico ElenĂ­lson Santos teve muito tempo para trabalhar o time do Coruripe. Foram mais de vinte dias e o grupo estĂĄ bem diferente. Alguns atletas chegaram outros saĂ­ram e a postura agora ĂŠ de virar o jogo e brigar por vaga nas semifinais, afinal o time estĂĄ entre os Ăşltimos na zona geral de classificação e pode correr risco de rebaixamento. “O pensamento aqui ĂŠ de classificação e nĂŁo rebaixamentoâ€?, disse Elenilson.

CSE goleia Penedense no jogo de estreia

CapitĂŁo do Corinthians Alagoano, Selmo Lima espera que o time ganhe na estreia do 2Âş turno

Sem Túlio Maravilha, o CSE de Palmeira dos �ndios goleou o Penedense por 4x0 no Estådio Alfredo Leahy. Túlio avisou no twitter logo depois do jogo que as condiçþes do campo de Penedo não faziam seu estilo e por isso ficou de fora. O tricolor ainda desperdiçou quatro oportunidades para ampliar o marcador. Na goleada tricolor destaque para o estreante Peixinho, autor de dois gols. Luiz Paulo e Joaninha completaram a goleada. Na próxima rodada, o CSE receberå o CRB, såbado à tarde, no Estådio Juca Sampaio, em Palmeira dos Indios. Jå o Penedense estarå em Maceió no domingo para encarar o CSA. O Penedense perdeu com Valdinei, Ricardinho, Aldemir, Alex e Jorge Guerra; Marco Antonio (Roger), Paulistinha, Jackson e Da Silva (Marcos Bala); Kanu (Branquinho) e João Paulo. Jå o CSE venceu com Ibson; Joaninha, Valença, João Lima e Marquinhos; Diogo, LÊo, Paulo Vitor e Marilúcio; Luís Paulo (Ibson Melo) e Peixinho.


18 ESPORTES

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2012

TribunaIndependente

Desfalcado, Flamengo pega o Emelec TÊcnico Joel Santana quebra a cabeça para escalar os titulares para o segundo duelo do rubro-negro na Libertadores

O

tĂŠcnico Joel Santana tem muito o que pensar hoje: nĂŁo sĂŁo poucos os problemas dele para escalar a equipe do Flamengo para a partida contra o Emelec (Equador), Ă s 19h30, no EngenhĂŁo, pela segunda rodada do Grupo 2 da Taça Libertadores. Um desfalque confirmado ĂŠ o do goleiro Felipe, jĂĄ vetado pelo departamento mĂŠdico. Depois de sofrer uma forte pancada na cabeça o jogador foi levado para a emergĂŞncia onde se submeteu a exames de tomografia computadorizada, que constataram uma concussĂŁo cerebral. Os mĂŠdicos recomendaram, por motivo de precaução, que Felipe ficasse uma semana sem fazer exercĂ­cios fĂ­sicos. “Foi um trauma, sem lesĂŁo permanente. Ele sofreu a pancada, ficou desacordado e depois retomou a consciĂŞncia. Poderia ter sido algo mais sĂŠrio, mas felizmente nĂŁo foi.

Vai ficar em observação por sete dias�, explicou o mÊdico do clube, Mårcio Tannure. O arqueiro, que tambÊm sofreu um corte e precisou levar pontos na cabeça, não vai participar dos treinos desta semana. Com isso, estå fora do jogo diante do Emelec (Equador), pela segunda rodada da fase de grupos da Libertadores, e do clåssico com o Fluminense, domingo, pela terceira rodada da Taça Rio. Paulo Vítor, que o substituiu durante a partida em MacaÊ, continua no gol. Serå um confronto inÊdito na Libertadores. O Flamengo vai enfrentar um clube do Equador pela primera vez na competição. As equipes fizeram três jogos ao longo da história, todos na dÊcada de 60 e em Guayaquil. Foram duas vitórias dos brasileiros, ambas em amistosos, e um empate pelo Torneio Internacional de Guayaquil.

VIPCOMM

Mano Menezes praticamente descarta KakĂĄ

TĂŠcnico Joel Santana terĂĄ problemas para escalar time do Flamengo, hoje, no duelo contra o Emelec TERRA

MARKETEIRO

Ronaldo deve ajudar clubes a fecharem patrocínios Flamengo e Corinthians estão muito próximos de fechar um patrocinador master para a sua camisa. Com ajuda da empresa de marketing esportivo de Ronaldo, a 9ine, e em fase final de negociação, os clubes esperam anunciar o acerto com a Hyundai atÊ o fim desta semana. O rubro-negro receberå cerca de R$ 21 milhþes da montadora coreana por um ano de contrato e o clube paulista deve ter mais de R$ 30 milhþes. Esta serå a segunda vez que o Fenômeno ajudarå o Flamengo. Em 2011, a empresa do jogador acertou o patrocínio da Procter & Gamble no espaço mais valioso da camisa.

Ainda que evite falar sobre valores, o vice-presidente de marketing do clube, Henrique BrandĂŁo, confirmou a participação de Ronaldo nas conversas e o bom andamento nas negociaçþes. “O Ronaldo estĂĄ, sim, nos ajudando nessa busca pelo acerto com um patrocinador master. Em uma escala, posso dizer que estamos com 70% das negociaçþes encaminhadas. Pela necessidade das receitas e com as boas conversas, queremos anunciar isso atĂŠ o fim desta semanaâ€?, disse um dos dirigentes do Flamengo. O contato com o TimĂŁo ĂŠ mais complicado pelo acordo ainda vigente com a Hypermarcas. Agora marketeiro, Ronaldo procura ajudar os clubes e ganhar comissĂŁo para sua empresa

Ingressos para GP Brasil começaram a ser vendidos mento em atÊ oito vezes no cartão de crÊdito. O número de parcelas diminui gradualmente a cada mês. PROBLEMAS A duas semanas da corrida de abertura da temporada 2012 da Fórmula 1, o diretor tÊcnico da Ferrari, Pat Fry, admitiu que não acredita que a equipe esteja competitiva o suficiente para terminar o GP da Austrålia no pódio. Durante os testes Fernando Alonso e Felipe Massa lutaram bastante para conseguir um ritmo consistente com o modelo F2012, que representa uma mudança radical em relação aos projetos mais recentes do time italiano.

RANKING

Felipe Massa Ê uma das esperanças do torcedor brasileiro na temporada da Fómula 1 em 2012

O tĂŠcnico Mano Menezes deixou a entender que alguns jogadores com histĂłria na seleção brasileira ficarĂŁo de fora da Copa de 2014, que serĂĄ disputada no Brasil. ApĂłs a declaração o treinador foi questionado sobre KakĂĄ, do Real Madrid, e deu sinais de que o apoiador nĂŁo estaria nos planos para os Jogos OlĂ­mpicos e para o Mundial. “Grandes jogadores vĂŁo lamentar. O nosso futebol ĂŠ muito rico. Tenho que deixar uma janela aberta, tanto para os jogadores com histĂłria pela seleção, cuja experiĂŞncia pode ser Ăştil, como para os jovens, aquelas promessas que podem surgir em seis meses, como ocorre conoscoâ€?. O treinador afirmou ainda que nĂŁo tem uma explicação para nĂŁo ter chamado KakĂĄ para o amistoso contra a BĂłsnia, no mĂŞs passado, na Suíça. “NĂŁo tenho uma explicação para todos os jogadores que nĂŁo foram convocados. É uma questĂŁo de opiniĂŁo, de avaliaçãoâ€?, disse o comandante, que chegou a convocar o meia do Real Madrid para os dois Ăşltimos amistosos de 2011, contra o GabĂŁo, em Libreville, e diante do Egito, no Qatar. A Ăşltima vez que KakĂĄ vestiu a camisa da seleção foi Copa 2010, na derrota por 2x1 para a Holanda.

COPA DO BRASIL

CuiabĂĄ recebe a Portuguesa no Presidente Dutra REUTERS

FĂ“RMULA 1

Começou ontem a venda dos ingressos para o GP Brasil de Fórmula 1, última etapa da temporada 2012, marcada para acontecer entre os dias 23 e 25 de novembro, no Autódromo de Interlagos (SP). Serão disponibilizados ingressos para 13 setores e os valores variam de R$ 510,00 no setor G, localizado na reta oposta e R$ 10.850,00 na årea chamada Premium Paddock Club, este e os outros três setores VIPs, incluem visita programada aos boxes. A organização do GP Brasil divulgou que quem comprar os ingressos atravÊs do site oficial da prova poderå parcelar o paga-

COPA 2014

A Copa do Brasil tem sequĂŞncia hoje com trĂŞs jogos. Destaque para CuiabĂĄ e Portuguesa de Desportos. A partida serĂĄ realizada Ă s 20h50 no gramado do Presidente Dutra, com transmissĂŁo ao vivo da Sportv. Diferente da campanha do ano passado, quando era chamada de “BarceLusaâ€? e sobrou na SĂŠrie B conquistando o tĂ­tulo com trĂŞs rodadas de antecedĂŞncia, a portuguesa de 2012 nĂŁo vem convencendo no Campeonato Paulista e ocupa a modesta 13ÂŞ colocação com 14 pontos conquistados em 36 disputados. Mesmo assim, o CuiabĂĄ, apesar de estar muito bem no Mato-grossense, nĂŁo deve ter vida fĂĄcil jogando com um time que este ano irĂĄ disputar a SĂŠrie A do Campeonato Brasileiro. VitĂłria por dois gols de diferença elimina o segundo jogo em SĂŁo Paulo. OUTROS JOGOS Paulista x GoiĂĄs SĂŁo Domingos x VitĂłria

BLATTER GARANTE:

Brasil ganha duas posiçþes e Ê o quinto

“ O Brasil farĂĄ um Mundial extraordinĂĄrioâ€?

O OUTRO LADO

$$UJHQWLQDYROWRXD¿FDU entre as dez melhores seleçþes do ranking da Fifa divulgado nesta quarta-feira e o Brasil ganhou duas posiçþes, alcançando o quinto lugar, mas o grande destaque foi o pequeno São TomÊ e Príncipe, que saltou 53 colocaçþes. A Argentina, que havia saído da elite dos dez mais no mês passado, voltou ao oitavo lugar depois do amistoso da semana passada contra a Suíça [WUrVJROVGH0HVVL 2%UDVLOSHQWDFDPSHmRPXQGLDOEHQH¿FLRXVH da vitória de 2x1 sobre a Bósnia.

A polêmica entre Brasil e Fifa estå cada vez mais fria, e o presidente da entidade, Joseph Blatter, buscou dar mais um passo para apaziguar o clima entre as duas partes. Em entrevista ao site da Conmebol, o dirigente elogiou as preparaçþes para a Copa do Mundo de 2014, mas citou que faltam questþes a serem asseguradas pela presidente Dilma Rousseff. Hå pessoas que ainda pþem dúvida, mas se esquecem de que o Brasil hoje Ê a sexta potência do mundo, e em 2014 serå a quinta�, exaltou Blatter.

&RQÂżUPDGRFRPRQRYR reforço do Vasco, o zagueiro FabrĂ­cio, de 22 anos, veio do AtlĂŠtico-PR. PorĂŠm sua passagem pelo rival Flamengo foi o centro das atençþes em sua apresentação, em SĂŁo JanuĂĄrio, ontem. “Todos sabem que VRXSURÂżVVLRQDODFLPDGHWXGR e procuro fazer o melhor por onde passar. No Vasco nĂŁo vai ser diferente. Vou fazer o mĂĄximo para que os torcedoUHVJRVWHPGHPLP´DÂżUPRX â€?Estou muito feliz em estar aqui vestindo essa camisa que me caiu muito bem e pode cair melhor ainda, com conquistas de tĂ­tulos, disse.

Novo reforço do Vasco foi criado no Flamengo


TribunaIndependente

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2012

ESPORTES 19

Lionel Messi comanda chuva de gols Barcelona aplica goleada de 7x1 sobre o Bayer Leverkusen e garante vaga na próxima fase da Liga dos Campeões

L

ionel Messi em dia de Lionel Messi. O que se poderia esperar do argentino no Camp Nou? Gols. Muitos gols. Assim foi a atuação do astro na vitória do Barcelona por 7 a 1 sobre o Bayer Leverkusen, na tarde de ontem, em partida válida pelas oitavas-de-final da Liga dos Campeões. O camisa 10 marcou cinco gols no massacre catalão, dois deles em belíssimas cavadinhas. Tello fez os outros dois. Bell Arabi descontou no fim da partida. O resultado garantiu o time espanhol na próxima fase do torneio. No jogo de ida, na Alemanha, triunfo da equipe de Guardiola por 3 a 1. Esta foi a primeira vez que um jogador marcou cinco

gols em uma edição da Liga dos Campeões - a competição começou a ser disputada com esse nome em 1992. O Barcelona se juntou a Milan e Benfica nas quartas-de-final. A equipe catalã vai esperar o desfecho dos outros confrontos das oitavas-de-final para conhecer, em sorteio, o seu próximo adversário na Champions. Com os cinco gols, Messi chegou a 54 em competições internacionais: 49 na Liga dos Campeões, um na Supercopa e quatro no Mundial de Clubes da Fifa. Além disso, o argentino, com apenas 24 anos, está a oito de superar César Rodriguez, que atuou no Barcelona de 1939 a 1945, como o maior goleador

do clube catalão, com 235. Ele também é o artilheiro da Liga dos Campeões, com 12 gols em sete partidas. Se o Bayer Leverkusen tinha alguma esperança de sair vitorioso no Camp Nou, ela acabou na primeira etapa. O time alemão bem que tentou igualar a posse de bola do Barcelona, mas em vão. As dificuldades dos donos da casa duraram apenas dez minutos. Fábregas lançou para Lionel Messi dentro da área. O argentino dominou no peito e soltou a bomba para defesa do goleiro alemão Leno. Na sobra, Pedro chutou da risca da pequena área, e Toprak travou a finalização. Foi o cartão de visitas do

REUTERS

argentino. Messi seguiu desfilando o seu repertório de dribles, passes e finalizações. Foi travado em uma delas na entrada da grande área. Mas não perdeu a oportunidade de colocar o Barça na frente, aos 23. Xavi fez um lançamento primoroso do campo de defesa para o camisa 10. O atacante dominou na corrida, entrou na área e tocou por cobertura para abrir o marcador. A partir daí, o Barcelona não tomou mais conhecimento do Bayer. Nem a marcação que o time alemão tentou impor nos dez primeiros minutos conseguiu segurar a força da equipe catalã. E aos 42, o golpe de misericórdia. Iniesta lançou para Messi na direita.

Messi comemora um dos seus cinco gols no triunfo do Barcelona

PALMEIRAS

Site de infidelidade quer trazer Wesley para o Verdão Enquanto a “vaquinha” da torcida fracassa, o Palmeiras deve ter uma nova opção monetária, no mínimo polêmica, para obter os recursos para contratar o meio-campista Wesley, do Werder Bremen. Isso porque o site de infidelidade Ashley Madison. com quer ajudar o clube alviverde a obter os aproximadamente R$ 21 milhões, através da divulgação de seus “polêmicos” serviços. A marca já tentou outros tipos de parcerias, como oferecer ajuda ao São Paulo para contratar Vágner Love a se dispor a pagar os salários atrasados de Ronaldinho, todos negados. “O São Paulo falou que jamais iria associar seu nome à marca. E o Flamengo nem deu uma resposta oficial. Por ser um site de traição, não quiseram”, falou Eduardo Borges, representante do site no Brasil. “O Wesley é bem interessante; é a jogada da vez. Vimos que a vaquinha não está indo pra frente. Estamos estudando como fazer uma pro-

posta pra eles. Mas uma ação só com o Wesley não seria suficiente. Precisaríamos de um espaço na camisa. Estamos pensando em contribuir com cerca de R$ 4 milhões. Vamos nessa. Estamos vendo como fazer e vamos entrar em contato com eles essa semana”, falou Borges. O Palmeiras arrecadou até agora R$ 461.900,00 dos R$ 21 milhões. Isso significa 2,2% do total. Os maiores doadores são conselheiros e dirigentes: Piraci de Oliveira, diretor jurídico; Walter Munhoz, vice-presidente financeiro; Roberto Frizzo, vice-presidente de futebol; Arnaldo Tirone, presidente; Antônio Henrique, diretor-tesoureiro, e César Sampaio, gerente de futebol. O Palmeiras, por meio de seu presidente, Arnaldo Tirone, não descartou aceitar a ajuda do site. Mas espera ainda receber oficialmente a oferta. “Eu vou conversar com meu departamento de marketing, mas ainda não recebemos nenhuma proposta oficial.

PROJETO OUSADO

Figueirense apresenta nova Arena de R$ 300 milhões O Figueirense apresentou o projeto de sua nova arena, com capacidade para 25 mil torcedores. O novo estádio, que será erguido no local do Orlando Scarpelli, deve custar cerca de R$ 300 milhões. A proposta conceitual da Figueirense Arena foi apresentada na sede da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina, após quase dois anos de estudos. O clube catarinense busca, a partir de agora, investidores para viabilizar o projeto. A direção do time de Florianópolis não apresentou maquetes do novo estádio e fez questão de comparar o clube com outros que vem construindo novos estádios, como Atlético Paranaense, Coritiba, Grêmio e Internacional. O presidente Nestor Lodetti fez um “balanço” dos investimentos realizados no Figueirense nos últimos anos e por vários vezes citou o planejamento como o principal aliado do clube. “Estamos lançando esse projeto pois queremos que

os catarinenses torçam para equipes de Santa Catarina”, disse. A apresentação da Arena coube ao diretor Leonardo Moura. Ele explicou que o novo estádio, além de abrigar 25 mil pessoas, comportará vagas para dois mil automóveis e contará com um shopping center e praças de alimentação. “Temos um ativo, uma grande propriedade que é o Estádio Orlando Scarpelli, mas que não gera lucros ao clube”, disse. “Com a Arena, o patrimônio do Figueirense será valorizado e a cidade ganhará um novo complexo de lazer, abrigando shows e eventos diversos do futebol”. O clube ainda estuda parcerias com investidores para dar início a construção. Durante o evento, que contou com a participação do ex-técnico da seleção, Carlos Alberto Parreira, também foi apresentado o projeto Jovem Furacão, que consiste em um amplo acompanhamento dos jogadores das categorias de base.


20

PUBLICIDADE

MACEIÓ - QUINTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2012

TribunaIndependente


TribunaIndependente

MACEIĂ“ - QUINTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2012 DIVERSĂƒO&ARTE

1

Daniella Cicarelli negocia seu retorno Ă MTV

Caetano Veloso lança disco de show com David Byrne

Diretor de programação da MTV, Zico GĂłes estĂĄ em negociaçþes com Daniella Cicarelli para trazer a apresentadora de volta ao canal, onde ela jĂĄ comandou atraçþes como o extinto “Beija sapoâ€?. Por enquanto, ainda nĂŁo hĂĄ um novo programa pensado para ela, que poderia estar Ă frente de um projeto com outro VJ veterano da emissora, Thunderbird.

O cantor Caetano Veloso lançarĂĄ no prĂłximo dia 13/3 o disco “Live At Carnegie Hallâ€?, registro de um show que realizou em 2004 na mĂ­tica casa de shows de Nova York, acompanhado do fundador do Talking Heads, David Byrne. A gravadora Warner Music informou nesta segunda-feira o lançamento do disco que terĂĄ 18 cançþes extraĂ­das do show acĂşstico dos dois artistas, que tiveram a companhia do violoncelista Jacques Morelenbaum e do percussionista Mauro Refosco.

U E Q R I D O I V N O H N O !! ! O Agradando como Tim Maia no musical Vale Tudo, o neto de Silvio Santos, Tiago Abravanel, começa a crescer na carreira de ator e vai fazer atÊ novela na Globo. Novo preferido dos produtores ele agora se prepara para lançar seu primeiro CD

N

a temporada teatral carioca do ano passado, muito se falou em Tiago Abravanel, 24, o neto de Silvio Santos que protagoniza “Tim Maia - Vale Tudo, o MusiFDOÂľ%DVHDGRQDELRJUDĂ€DHVFULWD por Nelson Motta, o espetĂĄculo atraiu mais de 100 mil espectadores desde a estreia por lĂĄ, em agosto. E Tiago, de quebra, foi alçado ao topo das listas de promessas da mĂşsica brasileira. Com nome importante e jeito de bom moço ele agora ĂŠ o queridinho dos produtores e deseja gravar um CD. Tiago tem currĂ­culo considerĂĄvel em teatro. Começou aos 16 anos, no infantil “Avoarâ€?. Depois, participou de montagens de maior repercussĂŁo, como “Miss Saigonâ€?, “PinĂłquioâ€? e “Hairsprayâ€?. Integrava o elenco da novela “Amor e Revoluçãoâ€?, da emissora do avĂ´, quando veio o convite para viver Tim Maia. /RQJHGDIDPtOLDĂ€FRXSRS2

“

Um show do Tiago Abravanel não vai ser Tim Maia ou Hamlet cantando. Serei eu. E isso envolve uma sÊrie de questþes artísticas e pessoais sobre as quais nunca parei para pensar�

ca um discurso, “o que tenho a dizer Ă s pessoasâ€?. “Sempre fui ator que canta, mas nunca tinha me visto como cantorâ€?, diz. “Um show do Tiago Abravanel nĂŁo vai ser Tim Maia ou Hamlet cantando. Serei eu. E isso envolve uma sĂŠrie de quesTIAGO ABRAVANEL tĂľes artĂ­sticas e pessoais sobre as CANTOR E ATOR quais nunca parei para pensarâ€?. Nunca parou, mas estĂĄ paranshows para poucos, mas ĂŠ a maspersonagem do teatro vem rensa que me fascina. Sou comunica- do. Ele, que começou a se intedendo a ele convites para partiressar por mĂşsica quando viu cipar de inĂşmeros programas de dor.â€? “Fui convidado pela Ivete para um espetĂĄculo de sapateado aos TV, em que se dedica a ser Tim nove anos (“Sempre fui ligado ir a Salvador, cantei com ela no Maia, mostrando suas versĂľes trio e com a Preta Gil no camaro- ao universo mĂĄgico da Disneyâ€?), para os clĂĄssicos do cantor. vem conversando com suas amite 2222â€?, diz. “Com Preta, canSua voz vai estar na abertura gas conectadas ao mercado do WHLVy7LP0DLD&RP,YHWHĂ€] de “Louco por Elasâ€?, nova sĂŠrie de JoĂŁo FalcĂŁo, na Globo --a mĂş- mĂşsicas dela. Pela primeira vez, disco. “Quero explorar a sensibilidasica ĂŠ “MamĂŁe Passou Açúcar em cantei como eu mesmo: Tiagoâ€?. de e a sensualidadeâ€?, diz. “En',6&8562 Mimâ€?, sucesso de Wilson Simonal É muito natural que, apĂłs tan- tĂŁo, jantei com Ana Carolina e nos anos 1960. Como ator, vai esMaria GadĂş e perguntei como ĂŠ tar em “Salve Jorgeâ€?, novela das ta repercussĂŁo em torno de sua esse caminho para a mĂşsica. SĂŁo voz, Tiago começasse a pensar 21h de Gloria Perez, na mesma SHVVRDVFRPTXHPPHLGHQWLĂ€FR em uma carreira de cantor para emissora. referĂŞncias para entender como alĂŠm do teatro. Gravação de um Nesse Carnaval, chegou onde essas coisas funcionamâ€?. disco jĂĄ consta de seus planos. queria: no grande pĂşblico. “AdÉ esperar para ver. Mas, segundo ele diz, ainda busmiro cantores cults, que fazem


2

TribunaIndependente

DIVERSÃO&ARTE 0$&(,Ï48,17$)(,5$'(0$5d2'(

Aula grátis de teatro Neste sábado, haverá uma aula grátis no Teatro Marista, a partir das 14h. O Grupo Cena Livre inscreve pessoas a partir de 15 anos. 0DXUR%UDJDH$QD6R¿DYmRGHPRQVWUDURPpWRGRGRWUDEDOKRSDUDSHVVRDVLQLFLDQWHVRXLQLFLDGDV0XLWRVTXHMiID]HPWHDWURDLQGD QmRSDVVDUDPSRUXPD2¿FLQD$SyVHVWDDXODJUiWLVRVHQFRQWURVRFRUUHUmRVHPSUHDRVViEDGRVGHKjVKFRPSUHYLVmRGH TXDWURPHVHVFXOPLQDQGRFRPDPRQWDJHPGHXPDSHoD0DLRUHVLQIRUPDo}HVH

Fokus Borkus O premiado espetáculo internacional do Teatro Negro da Bulgária – Circo Fokus Borkus – estará no Brasil pela primeira vez, depois de encantar plateias de 15 países. O grupo Kukla, dirigido por Antoaneta Madjarova, vai estar aqui em Maceió somente no dia 31 de março (sábado) e fará uma única apresentação, às 16h, no Teatro Gustavo Leite. O espetáculo chega a Maceió depois de realizar turnê com apresentações em Hong Kong, Cingapura e Vietnam. Os ingressos vão ser vendidos no Stand Sue Chamusca – Maceio Shopping – Térreo. Informações 3235-5301/9928-8675/info@ chamusca.com.br e WWW. chamusca.com.br.

Saudade de Elis

Festa da Mulher

Sifrão toca Los Hermanos

Interrompidos

2VKRZ³6DXGDGHVGH(OLV±DQRV´FDSL taneado por nossa grande dama da música DODJRDQD/HXUHQ\HPDLVFRQYLGDGRV :LOPD$UD~MR,JERQDQ5RFKD:LOPD Miranda, Dida Lyra, Cris Braun, Fernanda *XLPDUmHV1DUD&RUGHLUR-~QLRU$OPHLGD (ODLQH.XQGHUDH,ULQD&RVWDYROWDDVHU DSUHVHQWDGRQRSUy[LPRGLDGHPDUoR TXLQWDIHLUD QD3UDoD0XOWLHYHQWRVQD 3DMXoDUDDSDUWLUGDVKFRPDEHUWXUDGD &DQWRUD3DWUtFLD3RODLQH

(PFRPHPRUDomRDR'LD ,QWHUQDFLRQDOGD0XOKHU R6DQWyUHJDQRSUHSDURX XPDSURJUDPDomRHVSHFLDO $PDQKmDEDQGD/D0DGUH LUiFRPDQGDUDIHVWDTXH FRQWDUiFRPSURPRo}HVVRU teios e vários brindes. Mesas com mais de três mulheres JDQKDUmRGHGHVFRQWR QDVSL]]DVHPDVVDV

3DUDID]HUXPDTXHFLPHQWRGD WXUQrGRV/RV+HUPDQRVTXHLQL cia no mês de abril, a banda ala JRDQD6LIUmRFRPHPRUDRVVHXV 15 anos tocando os sucessos de banda. O show acontece no SUy[LPRViEDGRQD%RDWH/RRS ,QJUHVVRVDQWHFLSDGRVHVWmRj YHQGDSRU5QR6WDQG)ROLD %UDVLOORFDOL]DGRQR*%DUERVD Stella Maris.

Os integrantes da antiga banda &RLWR,QWHUURPSLGRDJRUDFRPPDLV PDWXULGDGHPXVLFDOHQRYDIRUPD omRODQoDPRVHXSULPHLURFOLSH XP5RDG0RYLHJUDYDGRQR6HUWmR GH$ODJRDVHR(3,QWHUURPSLGRV QRSUy[LPRViEDGRjVKQR 0XVHX7KpR%UDQGmR2VLQJUHVVRV FXVWDUmR5PDLVNJGHDOLPHQ WRRX50DLVLQIRUPDo}HV 

Reggae no Titio 2%DUGR7LWLRHP5LDFKR'RFH receberá neste sábado, a partir GDVKRUHJJDHGDVEDQGDV 5HVLVWrQFLD5HJJDH(VVrQFLDHR '-1HQr5RRWV2EDU¿FDQD$/ 1RUWHDSyVR0LUDQWHGD3UDLD GD6HUHLD2VLQJUHVVRVHVWDUmRj YHQGDSRU50DLVLQIRUPDo}HV 

Edital Infantil Coco de Roda 2VDXWRUHVDODJRDQRVGHYHP¿FDUDWHQWRVSRLVDVLQVFULo}HVSDUDRHGLWDOIRUDPDEHUWDVQDVHJXQGDIHLUD GHIHYHUHLURHVHJXHPDWpRGLDGHDEULO2VLQWHUHVVDGRVSRGHPFRQFRUUHUFRPKLVWyULDVLQIDQWLVTXH DERUGHPWHPDVFXOWXUDLVHKLVWyULFRVGH$ODJRDV$V¿FKDVGHLQVFULomRHVWmRGLVSRQtYHLVQRVLWHGD,PSUHQ VD2¿FLDO ZZZLPSUHQVDR¿FLDODO HRVFDQGLGDWRVGHYHPOHYDURWUDEDOKRHPWUrVYLDVLPSUHVVDVDVVLP FRPRXPDFySLDGRDUTXLYRHP&'RX'9'2VFLQFRWH[WRVVHOHFLRQDGRVTXHGHYHPWHUQRPi[LPR SDODYUDVVHUmRHGLWDGRVLPSUHVVRVSXEOLFDGRVHFRPHUFLDOL]DGRVSHORyUJmR0DLVLQIRUPDo}HV RXDWUDYpVGRHPDLODWHQGLPHQWR#LPSUHQVDR¿FLDODO

FALE CONOSCO$$JHQGDpXPVHUYLoRJUDWXLWRGHRULHQWDomRDROHLWRU2VLQWHUHVVDGRVHPGLYXOJDUHYHQWRVVKRZVHH[SRVLo}HVSRGHPHQYLDUPDWHULDODWUDYpVGRHQGHUHoRWLDJHQGD#KRWPDLOFRP

RESUMO DE NOVELAS GLOBO 18h AMOR ETERNO AMOR

*DEULHOWHQWDSURYDUSDUD%HDWUL]TXH&ODUDQmR WHPXPGRPHVSHFLDO9HUEHQDFRQ¿UPDQD IUHQWHGHWRGRVTXH&ODUDUHDOPHQWHLQWXLXRVHX DFLGHQWH7RELDVYrRUHWUDWRIDODGRGH5RGULJR QRMRUQDOHRDFKDPXLWRSDUHFLGRFRPRLUPmR 7RELDVPRVWUDRMRUQDOSDUD&DUORVPDVHOHVH UHFXVDDDFUHGLWDUTXHVHMDRUDSD]GRUHWUDWR Verbena pede para Miriam guardar o anel da IDPtOLDGH$XJXVWR

GLOBO 19h

GLOBO 21h

AQUELE BEIJO

FINA ESTAMPA

9LFHQWHFRQWDSDUDDPmHTXHGHFLGLXID]HUR WUDWDPHQWR)HOL]DUGRÀDJUDXPDUHXQLmRGD QRYDFRQIHFomRGH$JHQRUH5DtVVDHH[SXOVD RV¿OKRVGHFDVD,DUDH$QD*LUDIDSHGHPDMXGD a Vicente para impedir a derrubada do Covil do %DJUH0LUWDVHLUULWDFRPDVKXPLOKDo}HVGH 0DUXVFKNDHGHFLGHVHDIDVWDUGHFDVD'LYD pergunta por Deusa e Grace Kelly despista. Damiana se desespera ao encontrar o escon GHULMRGH)HOL]DUGRYD]LR+HQULTXHHQWUHJDD 9HUDXPDRUGHPGHGHVSHMRHUHPRomRGR&RYLO do Bagre.

*ULVHOGDGL]D4XLQ]pTXHHOHVHDUUHSHQGHUi por destratar Teodora. Íris e Alice tentam roubar 7HUH]D&ULVWLQDPDVVmRÀDJUDGDVSRU&U{ 3DXORWHQWDFRQYHQFHU(VWKHUDGHL[DU3HGUR -RUJHFRQKHFHU9LWyULD(Q]RpFKDPDGRSDUD ID]HUXPDFDPSDQKDFRPRPRGHOR4XLQ]p UHFRQKHFHDPXOKHUORXUDTXHRGRSRX3HUHLU LQKDUHYHODTXHD~QLFDPXOKHUGHTXHPJRVWRX IRL*ULVHOGD2GHOHJDGR3DUHGHVFRORFD4XLQ]p IUHQWHDIUHQWHFRPDPXOKHUTXHSDUWLFLSRXGR atentado contra sua vida.

RECORDE 21h VIDAS EM JOGO

:HOOLJWRQGHFLGHIXJLU&DUORVDSDUHFHQDVDOD HFRUUHSDUDDOFDQoDUR¿OKR1DSRUWDULDGR SUpGLR-RVp0DUL]HWH0DUWDH)DELQKRVH preparam para iniciar as buscas por pistas sobre RSDUDGHLURGH5HJLQD/XFDVFRQYHUVDFRPVXD DOXFLQDomRSDUDGHFLGLUVHPDWDUiVHXVUHIpQV :HOOLJWRQWURFDDEROVDGH0DUL]HWHSRUGURJDV 3URFXUDQGRSHOR¿OKRDGRWLYR&DUORVpDWDFDGR SRUDOJXQVGURJDGRV/XFDVH-XOLDQDGLVFXWHP PDLVXPDYH](ODGHFLGHVDLUGHFDVD3UHV VLRQDGDSRU9DOGLVQHL0DUJDULGDFRQIHVVDTXH VDELDGHWRGDVDVDUPDo}HVGH(OWRQ


TribunaIndependente

0$&(,Ă?48,17$)(,5$'(0$5d2'( DIVERSĂƒO&ARTE ,48((67(9(679*/2%2

FLĂ VIO RICCOFRODERUDomR-RVp&DUDORV1HU\ZZZWZHWWHUFRPĂ€DYLRULFFR

Diretor da Globo encerra a polĂŞmica sobre Juliana Paes

O

Bola cantada 0iULR4XDUDQWDGLUHWRUDWXDOPHQWH QRHQWUHWHQLPHQWRGD5HFRUGHVWi GHPXGDQoDSDUDD%DQGHLUDQWHV 1DYHUGDGHVHUiXPDYROWDHVSHFXODGDGHVGHR¿PGRDQRSDVVDGR 4XDUDQWDYDLDVVXPLUDGLUHomRJHUDOGR³-RJR$EHUWR´GD5HQDWD )DQQDKRUDGRDOPRoR

Cada um na sua $SDUWLUGHDJRUDQRHVSRUWHGD %DQG¿FRXFRPELQDGRDVVLPTXHP HVWiQR³-RJR$EHUWR´GD5HQDWD )DQQmRYDLSDUWLFLSDUGRSURJUDPD GR1HWR(DUHFtSURFDWDPEpPVHUi YHUGDGHLUD2VFRPHQWDULVWDVGHXP HGHRXWURQmRVHUmRRVPHVPRV &DVRVGHH[FHomRVyHPH[WUHPD QHFHVVLGDGH

Reprise $SDUWLUGRGLDQDIDL[DGDV KRUDVD5HFRUGYDLUHSULVDUD QRYHODÂł9LGDV2SRVWDV´GR0DUFtOLR 0RUDHVH[LELGDHP 1RHOHQFR0D\Wr3LUDJLEH0DUFHOR 6HUUDGR+HLWRU0DUWLQH]ÆQJHOR 3DHV/HPH*DEULHOD'XUOR1LFROD 6LULH/XFLQKD/LQVHQWUHRXWURV$ VpULHÂł&6,´VDLUiGRDU

HORĂ“SCOPO

www.coquetel.com.br Carnívoros Equipamento dos que vivem Obser- bombeiros vação Estar próna à sia (abrev.) ximo de

Š Revistas COQUETEL 2012

Parque Organismo das (?): formado situa-se por fungos em GoiĂĄs e algas

Ferramentas do carFerro-(?), pinteiro produto do Acomodaalto-forno do de novo

Erva de flores amarelas Empregar; praticar Inalação de fumaça

Molusco do Atlântico Acompanhado por meio de radar Uma das Ilhas Baleares Cotangente (símbolo)

Produto da indĂşstria bĂŠlica

A maior cidade saudita

VitĂłriarĂŠgia (bras. AM)

Levado da (?): muito travesso

LaticĂ­nio mais nutritivo que o leite

Ricardo (?), piloto de F1 Raiva Enguiços no motor do automóvel Utilidade da balança 103, em romanos

Museu carioca Soltar zurros

Concedida Substâncias minerais

&UX]D$

PrisĂŁo (gĂ­r.) Mendigo; esmoleiro Seguidores de uma religiĂŁo

Sufixo de "rubor" Na frente de Deus do antigo Egito

Em + a

(?) das Rocas, reserva natural Certificado de qualidade

3/apÊ. 4/riad — siba. 5/ibiza — zonta. 6/beirar — líquen — ornear.

91

Solução C I F I I IR

P A N E S

L O B B E S I R R I A B R I Z O A

B O M B A D E I N C E N D I O

L E T I M E Q A U S T E R N C A O G U T A D O S A R A N I G E S A P R

S G R E U E R S A R A D O A T A P E R T E M A M A D A O R A T N T E T O L E T O

BANCO

A cor do luto, no Brasil

Final do Pereirinha 3HUHLULQKDYDLVHHQ¿DUQREDUFR HVXPLUQRPDUGXUDQWHXPD WHPSHVWDGH¹HVWHpR¿QDOSODQHMDGRSDUDRSHUVRQDJHPGR-RVp 0D\HUHP³)LQD(VWDPSD´ 7XGRFRPRQRLQtFLRGHWXGR (OHYDLGHVDSDUHFHUGDPHVPD PDQHLUDTXHDSDUHFHX

Ainda o Talma

diretor Roberto Talma, durante a IHVWDGHODQoDPHQWRGDQRYDSURJUDPDomRGD*ORERVHJXQGDIHLUD HP6mR3DXORFRQĂ€UPRXTXHHVWmREHP DYDQoDGDVDVQHJRFLDo}HVYLVDQGRDSDUWLFLSDomRGH,YHWH6DQJDORQDSUy[LPD Chegou a conta novela das onze, “Gabrielaâ€?. Toda a $WHQGHQGRDXPDGHFLVmRGD-XVWLoD TXHVWmRDJRUDVHFRQFHQWUDQDSDUWHĂ€D5HFRUGHVWiFREUDQGR5 nanceira, nos valores do contrato. Isso ĂŠ PLOK}HVGH-RVp/XL]'DWHQDSHOD UHVFLVmRGRVHXFRQWUDWRHP um ponto. 2RXWURpTXH5REHUWR7DOPD 3URFXUDGRRDGYRJDGRGRDSUHVHQIH]TXHVWmRGHFRORFDUXPDSHGUDHPFLPD WDGRU-RVp'LRJR%DVWRVLQIRUPRX de toda a polĂŞmica sobre a escolha de Ju- TXHDFREUDQoDGHVWDPXOWDHVWi OLDQD3DHVSDUDRSDSHOGHSURWDJRQLVWD$ YLQFXODGDDXPDDIHULomRGHFXOSD $LQGDUHVWDDSXUDUVHJXQGR'LRJR GHFLVmRIRLGHOHHSRQWRĂ€QDO1XQFDKRXYH %DVWRVVHR'DWHQDVDLXSRUTXHTXLV RXVHROHYDUDPDLVWR XPDVHJXQGDDOWHUQDWLYD$VJUDYDo}HV WHUmRLQtFLRQRGLDGHPDUoRHDHVWUHLD Problema na escola serĂĄ ainda neste semestre. O elenco estĂĄ 'HSRLVGHGXDVIDOWDVLQMXVWLÂżFDGDV IHFKDGRH7DOPDSDUWLFXODUPHQWHFRPHQDVJUDYDo}HV0DUL$OH[DQGUH mora outras participaçþes importantes, FRUUHRULVFRGHVHUDIDVWDGDGD Âł(VFROLQKDGR*XJX´$5HFRUGHR como as de MaitĂŞ Proença, Antonio FaGLUHWRU+RPHUR6DOOHVGHYHPDQDOLJXQGHV-RVp:LONHUH0DXUR0HQGRQoD VDURFDVRQHVWHVSUy[LPRVGLDV

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

Ivete Sangalo ĂŠ a protagonista de “A Desastrada de Salvadorâ€?, episĂłdio de “As Brasileirasâ€?, que a Globo H[LEHQHVWDTXLQWDIHLUD1DIRWR de cena, o ator Lucci Ferreira

TV TUDO /RJRGHSRLVGH³*DEULHOD´RGLUHWRU 5REHUWR7DOPDLUiLPHGLDWDPHQWH VHGHGLFDUDXPRXWURSURMHWRQD *ORERTXHHOHFKDPDGH³$7HLD´ 2VGHWDOKHVSDUDHYLWDUVXUSUHVDV DLQGDVmRHYLWDGRV0DVHVWHVHUiR VHXSUy[LPRWUDEDOKR

Ă RIES - (21/3 a 19/4) – Com as HPRo}HVGRPDGDVYRFrFRQVHJXLUi FRQFHQWUDUPHOKRUVHXVHVIRUoRVQD FDUUHLUD(VWHVHUiXPGLDH[FHOHQWH SDUDFRQFOXLUWDUHIDVHREWHUUHVXOWDGRVSURÂżVVLRQDLVYDOLRVRV &RU$]XO0DULQKR 'LFDGR'LD&RQWHQKDVHQRVJDVWRVHVWiFRPYRQWDGHGHVDWLVID]HU FDSULFKRVVHPWHUGHPRPHQWRSRVVLELOLGDGHVSDUDLVVR TOURO Âą D Âą6XDV SUHRFXSDo}HVÂżFDUmRSDUDWUiVSHUPLWLQGRTXHUHDOL]HWDUHIDVSURÂżVVLRQDLVFRPDWHQomR7HQWHFRQFOXtODV RTXDQWRDQWHV &RU%UDQFR1HYH 'LFDGR'LD'~YLGDVHLQVHJXUDQoDVWrPIRUWHSRVVLELOLGDGHGHVHU XOWUDSDVVDGDVSHQVHVyQRIXWXUR GĂŠMEOS Âą D Âą'HL[H RXWUDVSUHRFXSDo}HVGHODGRH FXLGHPDLVGHVL%RPSHUtRGRSDUD ID]HUH[DPHVGHURWLQD &RU$]XO5R\DO 'LFDGR'LD7RPHLQLFLDWLYDVIDUi EHPHPDFHLWDURXID]HUFRQYLWHV CĂ‚NCER Âą D Âą$SURYHLWH DVQRYLGDGHVQRVHXHPSUHJR SDUDGHVHQYROYHUDVDWLYLGDGHVHP HTXLSH9RFrQRWDUiTXHDVWDUHIDV UHDOL]DGDVHPFRQMXQWRWUDUmRERQV UHVXOWDGRVQRVHUYLoR &RU&KRFRODWH 'LFDGR'LD3RQKDGHODGR TXDOTXHUWLSRGHSHVVLPLVPRHG~YLGDVSDUDQmRFRPSOLFDUDVUHODo}HV RXDOWHUDUWHQGrQFLDVIDYRUiYHLV LEĂƒO Âą D Âą9RFrWHUi VHXWDOHQWRUHFRQKHFLGRHYDORUL]DGR QRFDPSRSURÂżVVLRQDO6HWUDEDOKD FRPS~EOLFRSRGHUiJDQKDUXP GLQKHLURH[WUD(VSDQWHDWLPLGH] &RU9HUPHOKR5XEL 'LFDGR'LD1mRFRORTXHOLPLWHVj VXDFULDWLYLGDGH VIRGEM Âą D Âą+RMHp XPGLDIDYRUiYHOSDUDRUJDQL]DUVXD YLGDÂżQDQFHLUDHSDJDUGtYLGDV1mR VHVXUSUHHQGDFDVRYHQKDUHFXSHUDUGLQKHLURTXHMXOJDYDSHUGLGR 1RWUDEDOKRWHUiIDFLOLGDGHSDUD DSUHQGHUQRYDVWDUHIDV &RU$]XO3LVFLQD 'LFDGR'LD&RQWUROHRVHXJrQLR YLUJLQLDQR LIBRA Âą D Âą1mRYDFLOH HPUHODomRjVVXDVFRQWDV6HUi SUXGHQWHPDQWHUQDSRQWDGROiSLV RRUoDPHQWRGRPpVWLFRSDUDWHU

3

Final da Tereza Cristina

Hello

2GHVWLQRGH7HUH]D&ULVWLQDSHUVRQDJHPGD&KULVWLDQH7RUORQLHP ³)LQD(VWDPSD´DLQGDVHUiGHFLGLGR 0DVXPDFRLVDpFHUWDHODQmRYDLPRUUHUHQHPYDLDFDEDUQDSULVmR

+RMHRSULQFLSDOH[HFXWLYRGD SURJUDPDomRGD%DQGHLUDQWHVR DUJHQWLQR'LHJR*XHEHODLQGDQmR WHPGHFLGLGRVHKDYHUiVHJXQGD WHPSRUDGDGR³0XOKHUHV5LFDV´ 0DVWXGRFDPLQKDSDUDLVVR(QmR VHUiQHFHVVDULDPHQWHQDVIpULDVGR ³&4&´ Com toda certeza tambÊm, se H[LVWLUHPPXGDQoDVQRHOHQFR9DO 0DUFKLRULVHUiSUHVHUYDGDSRUTXH YLURXSHUVRQDJHPSULQFLSDOGR SURJUDPD

0,&+(/$1*(/25(&25'

Reality do UFC

$SDUWLUGRHSLVyGLRGDSUy[LPDWHUoDIHLUDGLDFRPHoDR envolvimento dos personagens de Renata Dominguez e Leonardo BrĂ­cio, Bate-Seba e Davi, na minissĂŠrie “Rei Daviâ€?, da Record

$*ORERWUDEDOKDFRPRWtWXOR³/XWD ¿QDO´SDUDRUHDOLW\GR8)&TXH VHUiDSUHVHQWDGRVHPSUHDRV GRPLQJRVGHGHPDUoRDGH MXQKR6HUmRVHPDQDV ³/XWD¿QDO´TXHHQWUDUiGHSRLVGR ³)DQWiVWLFR´IRLFODVVL¿FDGRSHOR 0LQLVWpULRGD-XVWLoDFRPR³QmR UHFRPHQGDGRSDUDPHQRUHVGH DQRV¹KRUDV

Bate-rebate ¡ Adriane Galisteu vai mudar de estĂşdio na Band com o “Muito Maisâ€?. Ă‚2DWXDOSDVVDUiDVHUYLURÂł4XHPÂżFDHPSp"´QRYRSURJUDPDGR-RVp/XL]'DWHQD ¡ Ontem, ainda sobre a perigosa questĂŁo de querer gravar “Carrosselâ€? tambĂŠm aos domingos, os pais das crianças participaram de uma reuniĂŁo no SBT. Ă‚6SRU79HVWHYHSHUWRGHXPUHFRUGHQDQRLWHGHWHUoDIHLUD ¡ Na transmissĂŁo do vĂ´lei, masculino e feminino, direto de Araçatuba, foram mais de cinco horas. A equipe escaODGDPRVWURXHVWDUEHPSUHSDUDGDÂżVLFDPHQWH Ă‚5HQDWD)DQHVWiIUHTXHQWDQGRFXUVRGHLQJOrVSDUDIDFLOLWDURVHXWUDEDOKRQDFREHUWXUDGRSUy[LPRPXQGLDO Ă‚5HFRUGDLQGDQmRFRQÂżUPDRÂżFLDOPHQWHRKRUiULRGDVGDQRLWHSDUDH[LELomRGDÂł)D]HQGD´PDVLVWRMipDQXQciado no mercado comercial. Ă‚Âł2VKRPHQVVHPVREUHQRPH´pRWHPDGRÂł&RQH[mR5HSyUWHU´GR5REHUWR&DEULQLQHVWDTXLQWDQR6%72SURJUDPDWUDWDGRVXUWRGHYLROrQFLDFRQWUDPRUDGRUHVGHUXD Ă‚$QRYDDEHUWXUDGRÂł3kQLFR´TXHHVWUHLDHPDEULOQD%DQGMiHVWiSURQWD2WUDEDOKRFRQWDFRPDSDUWLFLSDomRGR produtor musical Rick Bonadio. Ă‚6LOYLR6DQWRVUHWRPDDPDQKmDVJUDYDo}HVGRVHXSURJUDPDQR6%7 Ă‚+RMHjQRLWHQR7HDWUR7RP-RELPQR-DUGLP%RWkQLFRD%DQGDSUHVHQWDVXDQRYDJUDGHSDUDDLPSUHQVDGR5LR

&¡HVWÀQL 3UHVHQWHDRHYHQWRGDQRYDSURJUDPDomRGD%DQGHLUDQWHV$QW{QLR$XJXVWR$PDUDOGH&DUYDOKR)LOKRR7XWLQKD GRQRGR³3kQLFR´QmRIXJLXGRDVVXQWRVDtGDGD5HGH796REUHSUHVLGHQWHHYLFH$PLOFDUH'DOOHYRH0DUFHORGH &DUYDOKRHPQHQKXPPRPHQWRIRLJURVVHLURFRPHOHV$RFRQWUiULRQmRSRXSRXDJUDGHFLPHQWRV (GHL[RXEHPFODURTXHVDLXGDHPLVVRUDSRUFDXVDGDIDOWDGHSDJDPHQWRVGHOHHGDVXDHTXLSH (PWRPHPRFLRQDGROHPEURXTXHR&DULRFDFKHJRXDOKHSHGLUGLQKHLURHPSUHVWDGRSDUDSDJDUHVFRODGR¿OKR 'HL[RXFODURTXHWRGDDQHJRFLDomRHQYROYHQGRDLGDGR³3kQLFR´SDUDD%DQGIRLWUDWDGDHQWUHHOHH-RKQQ\6DDG 1LQJXpPPDLV (QWmRpLVVR0DVDPDQKmWHPPDLV7FKDX

ROBERTO MEDINA PDLVFRQWUROHVREUHRVYDORUHVTXH HQWUDPHTXHVDHP &RU5RVD 'LFDGR'LD6HMDUDFLRQDODUHDOLGDGHQmRpDTXHSDUHFH ESCORPIĂƒO – (23/10 a 21/11) – &RUUDDWUiVGRVVHXVVRQKRVWDQWR RVSHVVRDLVFRPRRVSURÂżVVLRQDLV 'rPDLVYDORUDRVVHXVSUySULRV WDOHQWRVHPRVWUHQRVHXHPSUHJR TXHWHPFRQGLo}HVGHDVVXPLU QRYDVUHVSRQVDELOLGDGHV &RU/LOiV 'LFDGR'LD7HQWHFXPSULUKRUiULRV SDUDHYLWDUVWUHVVIDoDWXGRFRP tempo. SAGITĂ RIO – (22/11 a 21/12) – 'HL[HRVSUREOHPDVGHURWLQDGH ODGRHVHFRQFHQWUHQDVXDFDUUHLUD %RPGLDSDUDFRQFOXLUWDUHIDVTXHMi VHHQFRQWUDPHPDQGDPHQWR&XLGH GDVSHVVRDVTXHULGDVFRPPDLV GHGLFDomR &RU$PDUHOR2XUR 'LFDGR'LD1mRGrLPSRUWkQFLDD FRPHQWiULRVPDOGRVRV CAPRICĂ“RNIO – (22/12 a 19/1) Âą-XQWHVHDRVFROHJDVPDLV H[SHULHQWHVSDUDGDUDQGDPHQWRjV VXDVDWLYLGDGHVSURÂżVVLRQDLV7HQWH FRQFOXLURTXHFRPHoRXHUHSDUDU TXDOTXHUSUREOHPDDQWHVGHPHUJXOKDUHPSURMHWRVQRYRV &RU%HJH 'LFDGR'LD(YLWHLQWURPLVV}HVQD VXDYLGDpYDQWDMRVRTXHQmRIDoD FRQÂżGrQFLDV AQUĂ RIO – (20/1 a 18/2) – Se o VHXREMHWLYRpFUHVFHUSURÂżVVLRQDOPHQWHDSURYHLWHRGLDSDUDYHVWLUD FDPLVDGDHPSUHVDHPTXHWUDEDOKD HFRQFHQWUDUVHQDVWDUHIDV &RU/DUDQMD 'LFDGR'LD$SURYHLWHSDUDWLUDU XPDFRPTXHPSUHWHQGHOHYDUYRFr QRELFRVHMDPDLVHVSHUWDTXHRV RXWURV PEIXES Âą D 9RFr TXHGiGXURSDUDDOFDQoDURVVHXV VRQKRVSRGHUiWHUVHXVHVIRUoRV UHFRPSHQVDGRVQRVHXHPSUHJR 3URFXUHVHUHFLFODUHDGTXLULUQRYRV FRQKHFLPHQWRV1RDPRUGLDGH ID]HUORXFXUDVSDUDVHGX]LURVHX DPDGRHOHSRGHDFDEDUDFKDQGR TXHYRFrHVWiH[DJHUDQGR &RU9LROHWD 'LFDGR'LD1mRVHSHUFDQRPXQGRLPDJLQiULRHOHpERPSDUDFRORULU DYLGDPDVQmRSDUDPXGiOD

Rock in Rio terå edição em Buenos Aires em 2013

D

epois de Lisboa e Madri, o Rock in Rio vai aportar em outra cidade, tambÊm latinoamericana como sua terra natal. Após um acordo ÀUPDGRFRPRJRYHUQRGH Buenos Aires, o empresårio Roberto Medina anunciou a SULPHLUDHGLomRDUJHQWLQD GHVHXPHJDIHVWLYDOTXH serå realizado em setembro de 2013 - poucos dias depois GDTXLQWDHGLomREUDVLOHLUD 6HJXQGR0HGLQDD

cooperação institucional, a proximidade com o Rio de Janeiro e a íntima relação GRS~EOLFRDUJHQWLQRFRPD P~VLFDIRUDPDVSULQFLSDLV razþes para escolher Buenos Aires como o novo destino de um dos maiores eventos de música e entretenimento GRPXQGR´$$UJHQWLQD tem uma relação muito DQWLJDFRPR5RFNLQ5LR por sua proximidade com o %UDVLO¾GLVVH0HGLQDTXH DFUHGLWDTXHQRVVRSDtVYL]Lnho poderia absorver parte GRS~EOLFRTXHQmRFDEHQD Cidade do Rock. Em setembro do ano passado, o Rock in Rio

voltou ao Brasil depois de dez anos. Em sete noites, o IHVWLYDOUHXQLXPLOSHVsoas para assistir a shows de artistas como Coldplay, MotĂśrhead, Metallica, Sharika e Elton John. Ao todo, RIHVWLYDOJHURX86 milhĂľes para a cidade. Em seu pronunciamento, MediQDGHVWDFRXDLQGDTXHWDQWR RJRYHUQDGRUGH%XHQRV Aires, Mauricio Macri, como o ministro da Cultura, HernĂĄn Lombardi, mostraram “rĂĄpida compreensĂŁoâ€? sobre o impulso econĂ´mico e o impacto mundial HPWHUPRVGHLPDJHP TXHR5RFNLQ5LRJHUD ´$$UJHQWLQDpR SDtVPDLVURTXHLURGH toda a AmĂŠrica Latina, FRPJUXSRVPXLWRIRUWHV TXHID]HPVKRZVSDUD PLOPLOSHVVRasâ€?, apontou Medina. Em Buenos Aires, o Rock in Rio VHUiUHDOL]DGRQR3DUTXH de la Ciudade, um espaço GHPLOPHWURVTXDGUDdos, com capacidade para PLOSHVVRDVTXHHVWi IHFKDGRKiTXDVHDQRVH Ă€FDDPLQXWRVGH%XHQRV Aires. Ainda este ano, o Rock in Rio passarĂĄ novamente por Lisboa e Madri entre os meses de maio e julho, com VKRZVGH%UXFH6SULQJVWHen, Red Hot Chili Peppers, 0DURRQ/HQQ\.UDYLW]H David Guetta, entre outros. $VLQIRUPDo}HVVmRGRMRUQDODUJHQWLQR´/D1DFLRQÂľ


4

TribunaIndependente

DIVERSĂƒO&ARTE MACEIĂ“ - QUINTA-FEIRA, 8 DE MARÇO DE 2012

felipe1camelo@gmail.com

felipecamelo@saladaonline.com.br

camelofelipecamelo.blogspot.com

0LQKDVKRPHQDJHQVDWRGDVDVPXOKHUHVQDÂżJXUDGHGLĂşcia Wanderley Gomes de Barros, viĂşva do mĂŠdico, ex-deputado e ex-prefeito de Novo Lino, Oswaldo Gomes de Barros, e mĂŁe de Oswaldo Filho, Teresa Cristina, Suzana, Jaqueline e Luciana. Aos 75 anos de idade, faleceu ontem, deixando exemplo de dignidade e honradez

Maceió em 1º O IBGE divulgou o resultado de 1 pesquisa sobre os serviços de hospedagem das 27 capitais brasileiras. Em 2011, o Brasil concentrava em suas capitais + de 250 mil unidades habitacionais e capacidade total de + de 370 mil leitos. Desses, apenas 1,3% das unidades eram adaptadas pra pessoas com necessidades especiais. A pesquisa foi UHYHODGDQR¿QDOGHIHYHUHLUR (PWHUPRVSHUFHQWXDLV0DFHLy¿FRXHPžOXJDUFRPGDVXQLdades adaptadas. Jå em termos absolutos, Maceió tambÊm contínua QRUDQNLQJ¿FDQGRHPžOXJDUFRPXQLGDGHVKDELWDFLRQDLV perdendo apenas pra São Paulo (511), Rio de Janeiro (272), Natal (237) e Brasília (com 220). Informando e comemorando, Pollyana dos Anjos, as Ascom/Setur. +, no http://www.turismoalagoas.al.gov.br.

1ÂŞ mulher a se meter e se destacar numa ĂĄrea tipicamente masculina, a editoria de polĂ­tica, jornalista Eliane Aquino, mantĂŠm a humildade e a simplicidade das grandes pessoas. Sou fĂŁ

Fora do FogĂŁo E pra quem quer levar quem cozinha o ano todo pra comer fora, outras mulheres, assessoras de Comunicação, dĂŁo dicas pra hoje. “Para celebrar o Dia Internacional da Mulher, o Divina Gula estĂĄ preparando uma noite pra lĂĄ de especial. AlĂŠm de poder degustar do cardĂĄpio jĂĄ apreciado pelos frequentadores do restaurante, o Chef AndrĂŠ Generoso garante que a adega do Divina estarĂĄ recheada com os mais diversos vinhos nacionais e importados. Ou seja, nada melhor para celebrar essa grande data. E para presentear as damas da noite, o restaurante preparou “mudinhas de ervasâ€?, bem ao estilo Divina Gula de viverâ€?; Da Salah Comunicação Inteligente, MaĂ­ra Malta e Rafaella Romariz. JĂĄ o pessoal da SantorĂŠgano anunciando sorteios, prĂŞmios Blueberry, Ferni, Flulook, Andarella, Santa Paz e Carol Paz AcessĂłrios. E pra animar a festa, superbanda La Madretoca pop e rock, e as meninas do grupo El Nahr apresentam dança do ventre. Ah! Mesas com + de 3 mulheres ganha desconto de 20% nas massas e pizzas. Mas as opçþes nĂŁo param ai. Chef Silvana Chamusca FRQYLGDQGRPXOKHUHVVLPSDWL]DQWHVHDÂżQVSUDFRQIHULUDOXDFKHLDGR Vila Chamusca, no alto de Ipioca, ao som de Elaine Kundera + 1 convidado, o repertĂłrio homenageando grandes intĂŠrpretes femininas e compositoras, a luz serĂĄ de velas, e ainda brindes e sorteios de produtos da Mary Kay. Sem falar nas delĂ­cias do cardĂĄpio. E na noite do sĂĄbado, e encerUDQGRD6HPDQDGD0XOKHUGR9LOD&KDPXVFD3DXOLQHGDVÂżQDOLVWDV do Avon Voices, representando o Brasil em Hollywood e Nova York, traz um repertĂłrio de muito samba de raiz e bossa nova. E a tradicional feijoada carioca volta Ă cena no Vila Chamusca e, de entrada, o famoso “bolinho de feijoadaâ€? e caldinho pra lĂĄ de especial. A Feijoada ĂŠ opcional, mas o “Samba ĂŠ de Fatoâ€?.

Dia Delas

Tuitando

Em 8 de março de 1857 as operĂĄrias tĂŞxteis de 1 fĂĄbrica de Nova Iorque entraram em greve, ocupando a fĂĄbrica, reivindicando redução de horĂĄrio de + de 16 horas por dia pra 10 horas. Estas operĂĄrias que, nas suas 16 horas, recebiam menos de 1/3 do salĂĄrio dos homens, foram fechadas na fĂĄbrica onde, entretanto, se declarara um incĂŞndio, e cerca de 130 mulheres morreram queimaGDV(PQXPDFRQIHUrQFLDLQWHUQDFLRQDOGHPXOKHUHVUHDOL]DGDQD'LQDPDUFDIRLGHFLGLGR em homenagem Ă quelas mulheres, comemorar o 8 de Março como “Dia Internacional da Mulherâ€?. A idĂŠia ĂŠ chamar a atenção pro papel e a dignidade da mulher e levar a 1 tomada de consciĂŞncia do valor da pessoa, perceber o seu papel na sociedade, contestar e rever preconceitos e limitaçþes que vĂŞm sendo impostos Ă  mulher. Claro que ainda hĂĄ muito a conquistar. Muitas mulheres ainda recebem salĂĄrios inferiores a homens que exercem a mesma função. Mas acredito que HODVGLDVHUmRUHFRQKHFLGDVFRPRRVH[RIRUWH3RUTXHVyHPJHUDUYLGDDJXHQWDUPHVHV grĂĄvida, sentir as dores do parto, e depois ter que conciliar as tarefas de mĂŁe, esposa, dona de FDVDHHQIUHQWDUDVEDUUDVGRPHUFDGRSURÂżVVLRQDOWHPTXHVHUIRUWHPHVPR(SHORYLVWRD Coluna hoje serĂĄ praticamente de 1 tema sĂł. Mulher, Mulher, Mulher...

E por falar em mulheres, Preta Gil repercutindo no Twitter: “Amei os vestidos bjRT @BERTHOLINIDUDU: @PretaGil@@Tuliocampello @@PretaGil QUE LINDAAAAAA DE NEON COM SEU PAI, PRETA !!!!!!! EMOCIONEI !!!!�. Estrelado estilista Dudu Bertholini, todo poderoso Neon, reagindo, claro. Aqui, Neon, na Mammoth.

2XWUDPXOKHUTXHWDPEpPDGPLURPXLWR e que tem colocado Alagoas na vitrine do mundo ĂŠ Danielle Novis. Em cima desses saltos pra lĂĄ de altos, roda vendendo o Estado como pĂłlo de turismo. Vai longe

Mulher Top “O Dia Internacional da Mulher promete ser um dos mais concorridos na Top Fitness e Wellness. É que desde o inĂ­cio da semana todas as alunas e o staff feminino da academia estĂŁo participando de atividades em comemoração Ă data. E para deixar esta quinta-feira ainda mais especial, as alunas vĂŁo poder conferir uma palestra, Ă s 7 da noite, da sexĂłloga Zoelma Lima. AlĂŠm disso, elas vĂŁo dispor de muitos mimos como tratamentos de depilação e bambuterapia (Fios de Cabelo), serviços de manicure e esmaltação (Studio MĂ´nica Lyra Arruda e Boudoir Esmalteria), tratamentos com hair designer (Jr. Gavazzi), produção de make-up (cosmĂŠticos Mary Kay), entre outras açþes. JĂĄ a mulherada que adora moda terĂĄ Ă  disposição a loja da alagoana Carol Paz (designer de acessĂłrios) que irĂĄ comercializar suas criaçþes com preços especiais. A multimarcas Horus tambĂŠm vai montar uma unidade do seu QG na Top Fitness. Outra loja que participa da data festiva ĂŠ a Mia AcessĂłrios - com as peças mais cobiçadas para o outono-inverno 2012â€?. Quem dĂĄ a dica e convida ĂŠ Lis Nunes, assessora da academia + badalada da Pajuçara.

(QmRVHSRGHIDODUHPPXOKHUVHPOLJDUDVH[RFODUR$ÂżQDOGRGHODVDYLGD(KRMHD'UD6DEH7XGRTXDQGRVHIDODQRDVVXQWRZoelma Lima, GLYLGHLQIRUPDo}HVGHVFREHUWDVHFRQKHFLPHQWRVHPSDOHVWUDDEHUWDDRS~EOLFRjVGDQRLWHQD7RS,PSHUGtYHOLQFOXVLYHSURVKRPHQV$K(VWD IRWRGD7RSVH[yORJDID]SDUWHGDH[SRVLomRÂľ$QGDL0HÂśTXHDSUHVHQWRQR0DFHLy6KRSSLQJQRGLDSUy[LPR WDPEpPDEHUWDDRS~EOLFRFODUR

Woody Allen e Sharon Stone

ASSESSORIA& Comunicação

CENAS

Dia Internacional da Mulher

PrĂŞmio EstĂĄcio de Jornalismo

m homenagem ao Dia Internacional da Mulher, o projeto “Fora de Pautaâ€? entrevista Valdice Gomes no Barroco Comedoria, localizado no JaraguĂĄ, a partir das 20h30. Valdice ĂŠ a segunda mulher e a primeira negra a assumir a presidĂŞncia do 6LQGLFDWRGH-RUQDOLVWDV3URĂ€VVLRQDLVGH Alagoas. Atualmente estĂĄ em seu segundo mandato. TambĂŠm representa a ComissĂŁo Nacional de Jornalistas pela Igualdade Racial (Cojira) no Conselho Nacional de PolĂ­ticas para Igualdade Racial e ĂŠ integrante da ComissĂŁo de Mulheres Jornalistas de Alagoas. Na ocasiĂŁo, haverĂĄ uma atração musical para homenagear as mulheres.

Veículos de imprensa de todo o Brasil podem concorrer ao Prêmio Eståcio de Jornalismo edição 2012, nas mídias TV, Rådio, Internet e Impresso, tanto na categoria Nacional, quanto na Regional. As inscriçþes seguem atÊ 30 de junho. São elegíveis matÊrias jornalísticas que tratem sobre o Ensino Superior e tenham sido produzidas entre 10 de julho de 2011 e 10 de junho de 2012. O objetivo Ê fomentar a cobertura jornalística do tema, ampliando o debate e aumentando sua importância para o desenvolvimento do país. Serão distribuídos R$ 68 mil brutos aos vencedores. Na categoria Veículo Nacional são R$ 10 mil brutos para o melhor trabalho jornalístico impresso (jornal e revista), R$ 10 mil para TV, R$ 10 mil para rådio e R$ 10 mil para internet. E na categoria Veículo Regional são R$ 7 mil brutos para o melhor trabalho jornalístico impresso (jornal e revista), R$ 7 mil para TV, R$ 7 mil para rådio e R$ 7 mil para internet. Outras informaçþes no site: www. estacio.br/premiodejornalismo.

E

Comitê do FNDC em Alagoas Entidades representativas da sociedade civil que lutam pela democratização da comunicação em $ODJRDVUHDOL]DPQRGLDGHVWH mês, a partir das 18h, no Teatro do Sindicato dos Bancårios, o Seminårio de Fundação do Comitê Local do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDCAL). O evento terå a participação da coordenadora geral do FNDC,

Rosane Bertotti, e do integrante do Coletivo Intervozes, Paulo Vitor. O FNDC visa estabelecer novas relaçþes entre o Estado, o setor privado e a sociedade civil, no que se refere à estruturação dos sistemas GHFRPXQLFDo}HVHQDGH¿QLomR dos conteúdos veiculados e do papel cultural, político e econômico desempenhado pelos meios de comunicação.

GestĂŁo estratĂŠgica de clipping Apresentar tĂŠcnicas e estratĂŠgias de utilização de monitoramento de informaçþes (clipping informativo – factual e segmentado) para direcionamento de açþes e atividades na Assessoria de Imprensa. Essas sĂŁo as bases do curso sobre “GestĂŁo EstratĂŠgica de Clippingâ€?, ofertado pela Escola de Comunicação Comunique-se. A aula acontece em formato on-line, no prĂłximo GLDGDVKjVKKRUiULRGH%UDVtOLD2FRQWH~GRWUD]DVVXQWRV como: Assessoria de Imprensa: a evolução da atividade; como mostrar os resultados; clipping de notĂ­cias: transformação da ferramenta, entre outros. Outras informaçþes, acesse www.escoladecomunicacao.com.br ou telefone SDUD  

Evolução da Medicina 0DFHLyYDLVHGLDUGHDGH abril de 2012, no Hotel Hitz Lagoa da Anta, o “Congresso Internacional da Evolução da Medicina – Enigmas da Vida – da medicina milenar Ă s nanotecnologiasâ€?. Durante os quatro dias, serĂŁo debatidos temas como “as conquistas da Medicina no sĂŠculo XX e perspectivas para o sĂŠculo XXIâ€?; “Evolução dos transplantes de ĂłrgĂŁosâ€?; “Pesquisa genĂŠtica: genoma, cĂŠlulas-troncoâ€?; “Nanotecnologias na saĂşdeâ€?; “RobĂłticaâ€?, entre outros assuntos ligados Ă s ciĂŞncias biolĂłgicas e da saĂşde em discussĂŁo e destaque na Medicina mundial. A programação completa vocĂŞ encontra no site do evento e no www.cesmac.com.br.

MXQWRVHPĂ€OPHGH-RKQ7XUWXUUR

O

cineasta nova-iorquino Woody Allen estarĂĄ presente QRSUy[LPRĂ€OPH a ser dirigido pelo ator John Turturro, uma comĂŠdia independente intitulada “Fading Gigoloâ€?, que contarĂĄ ainda com Sharon Stone, informou nesta terça-feira a edição digital da revista “Varietyâ€?. A atriz colombiana SofĂ­a Vergara se encontra em negociaçþes para tambĂŠm SDUWLFLSDUGRĂ€OPH que serĂĄ o primeiro em 12 anos no qual Allen se colocarĂĄ a serviço de outro diretor.

A Ăşltima vez em que isto ocorreu foi na comĂŠdia de Alfonso Arau “Juntando os Pedaçosâ€?, de 2000. “Fading Gigoloâ€? tem roteiro do prĂłprio Turturro, que junto com Allen protagonizarĂĄ esse longa-metragem sobre dois amigos que decidem se tornar gigolĂ´s e terminam despertando suspeitas na comunidade judaica Ă qual pertencem. JĂĄ Sharon Stone viverĂĄ a dermatologista do personagem de Allen que decide contratar os serviços sexuais de Turturro.

O papel de SofĂ­a Vergara, caso sua participação seja FRQĂ€UPDGDVHULDR de uma mulher rica e entediada com seu casamento que pretende fazer um trio com Turturro e Sharon Stone. A produção correrĂĄ a cargo do estĂşdio francĂŞs MK2 junto com Jeffrey Kusama-Hinte e começarĂĄ em abril. Turturro, que escreveu e dirigiu o musical “Romance e Cigarrosâ€? e o documentĂĄrio “Passioneâ€?, trabalhou para Woody Allen em “Hannah e Suas IrmĂŁsâ€? (1986).

Edição número 1388 8 de março de 2012  

Edição Digital Jornal Tribuna Independente TribunaHoje.com

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you