Issuu on Google+

CIDADES Suspeito em sumiço de meninas em Coruripe tem denúncia de tentativa de estupro 11 EXEMPLAR DO ASSINANTE

SEXTA-FEIRA

MACEIĂ“ - ALAGOAS - 25 DE MAIO DE 2012 - NÂş 1453 - R$ 1,50 CREDITO

MAIS UMA SEMANA

Saúde adia campanha de vacinação contra a gripe O MinistÊrio da Saúde prorrogou por mais uma semana - atÊ o dia 1º de junho - a vacinação em idosos, crianças e gestantes contra a gripe, que acabaria hoje. Em Alagoas, a campanha estå ainda longe de atingir sua meta: imunizou apenas 67% do público alvo. Påg. 11

JUSTIÇA

BRASIL

O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu ontem a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) proposta pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil contra a lei estadual que criou a 17ª Vara Criminal da Capital, especializada em combater o crime organizado. Mas a constitucionalidade da Vara foi mantida. Antes do adiamento, os ministros

O ex-presidente Lula recebeu ontem a visita de PelÊ, que lhe presenteou com um livro sobre o centenårio do Santos, que pode ser adversårio do Corinthians time de coração de Lula - na sequência da Taça Libertadores. O encontro aconteceu no Instituto Lula, em São Paulo. Na última terça-feira, o ex-presidente recebeu, na Câmara Municipal de São Paulo, o título de Cidadão Paulistano, a Medalha Anchieta e o Diploma de Gratidão de São Paulo. Påg. 7

Supremo Tribunal Federal decide que 17ÂŞ Vara Criminal da Capital ĂŠ constitucional definiram apenas a aplicação de interpretação constitucional ao artigo 1Âş da lei. Nesse ponto, retiraram o termo “crime organizadoâ€? do artigo, pois a lei alagoana definiu um conceito de crime organizado que sĂł poderia ter sido feito por meio de lei federal. O relator, ministro Luiz Fux, destacou que a extinção da 17ÂŞ vara criminal favoreceria o crime organizado. 7 SANDRO LIMA

COOPERATIVISMO

Suplemento TEMPO Bom a parcialmente nublado com possiblidades de chuvas em ĂĄreas isoladas

20Âş

MĂĄxima

30Âş

MarĂŠs

06:06 1.9 12:30 0.4 18:43 1.8

FINANÇAS DÓLAR COMERCIAL R$ 2,03 R$ 2,03 DOLAR PARALELO R$ 2,04 R$ 2,20 OURO: R$ 102,50 POUPANÇA: 0,5346%

MistÊrio ronda morte de taxista que só estava com R$ 20 em assalto Bandidos levaram Handerson Thiago a um canavial, mandaram tirar a roupa e o executaram com quatro tiros na cabeça na frente da namorada, que agora estå sendo investigada pela polícia. Påg. 9

INSTITUTO LULA / RICARDO STUCKERT

PelĂŠ presenteia Lula com livro sobre o Santos

LIVRO que PelĂŠ deu a Lula tem fotos de quando jogava e foi eleito o melhor de todos os tempos

MANAGEMENT

Professora diz que ĂŠ possĂ­vel ‘investir pesado em projetos’

Produtores de ostras estudam criação de uma cooperativa

MĂ­nima

tribunahoje.com

PARA EclĂŠa, investimentos devem ser compartilhados

A professora de HistĂłria, EclĂŠa Hauber, da Fundação Dom Cabral, que estĂĄ entre as cinco melhores escolas de gestĂŁo do mundo, foi um dos destaques de ontem do Pajuçara Management. Ela falou sobre ‘Sustentabilidade das Organizaçþes em um Mundo Global, Multipolar’. Para a professora, ĂŠ possĂ­vel investir pesado no desenvolvimento de projetos, mas de forma compartilhada. O Pajuçara Management reĂşne centenas de participantes e serĂĄ encerrado hoje. PĂĄg. 13

COMPROMISSO

TÊo assina termo para erradicação do trabalho infantil O governador Teotonio Vilela assinou ontem um termo de compromisso para a erradicação do trabalho infantil em Alagoas, em solenidade no Palåcio República dos Palmares, TXHFRQWRXFRPOLGHUDQoDVHQJDMDGDVQHVVDOXWD9LOHODSRVRXDR¿PGDVROHQLGDGH para fotos com crianças do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (Peti). Påg. 3


TribunaIndependente

2 POLĂ?TICA MACEIĂ“ - SEXTA-FEIRA, 25 DE MAIO DE 2012

PolĂ­tica

Acusados de crime excluíram culpa de ex-prefeita e apontaram outra pessoa Jå que os acusados de terem envolvimento direto no assassinato do vereador Luiz Ferreira, PM Claudio Magalhães - jå em liberdade -, Tiago dos Santos Campos, e Ewerton Santos Almeida excluíram Sânia Tereza de qualquer culpa no crime, a defesa da ex-prefeita aguarda pela soltura dela HPEUHYH7LDJRH(ZHUWRQD¿UPDUDPTXHRFULPHIRLHQFRPHQGDGRSRU uma terceira pessoa, que não Ê Sânia Tereza. Defesa jå solicitou novas investigaçþes sobre quem seria essa outra pessoa.

Sânia Tereza pode reaver mandato hoje

Titular da Comarca de Anadia, HelÊstron Costa då parecer hoje a respeito da anulação da sessão que a afastou

ESPLANADA LEANDRO MAZZINI - contato@colunaesplanada.com.br

Por Haddad, PT ‘derruba’ prefeito do Recife

A

executiva nacional do PT anulou a prÊvia do partido ocorrida no Recife, para facilitar a vida de Fernando Haddad, candidato em São Paulo. O elo Ê o PSB. Maurício Rands Ê o apadrinhado do ex-presidente Lula e do governador Eduardo Campos, presidente do PSB, mas foi derrotado na prÊvia contra o prefeito do Recife, João da Costa. Sem Rands na eleição, o PSB não fecha com Haddad na capital paulista, e pode lançar candidatos nas duas capitais, atrapalhando o PT. A nova prÊvia serå dia 3 de junho.

Na mira João da Costa, que usou liminar para que 13 mil militantes votassem ilegalmente na prÊvia, agora pode perder a candidatura e virar alvo do Conselho de Ética do PT.

Mediador Quem entrou no jogo para tentar segurar a situação foi o secretårio nacional do PT, Elói Pietå. Ele garante que a briga dos petistas não interferirå na chapa paulistana.

Nas ruas HĂĄ notĂ­cias de que militantes petistas dos dois lados brigaram nas ruas do Recife no inĂ­cio da noite, apĂłs a decisĂŁo.

‘10 estrelas’ O valor mais baixo do apartamento em hotel 4 estrelas no Rio, durante a Rio +20, foi reduzido, mas ainda estĂĄ nos estratosfĂŠricos R$ 1.113 para um quarto simples. A suĂ­te chega a R$ 2.513. AtĂŠ a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, abriu mĂŁo. FicarĂĄ em casa de parentes.

Lado de lĂĄ Enquanto isso as diĂĄrias dos parlamentares que viajam ao exterior sĂŁo de US$ 428, perto de R$ 900. Com esse dinheiro, dĂĄ para pagar qualquer hotel mĂŠdio nos Estados Unidos ou na Europa.

A lista A quebra de sigilo bancårio de Carlinhos Cachoeira revelou que a sua empresa fantasma Alberto & Pantoja recebeu R$ 26,2 milhþes da sede nacional da Delta Construçþes. Por sua vez, Cachoeira repassou esse dinheiro a 29 nomes, entre pessoas físicas e empresas.

PresentĂŁo Entre 2010 e 2011, trĂŞs pessoas receberam entre R$ 300 mil e R$ 400 mil em depĂłsito. O contador foragido, Geovani Pereira da Silva, recebeu R$ 7,48 milhĂľes.

Saldo baixo O ex-presidente Lula deixou de faturar pelo menos US$ 2 milhþes com palestras durante o período em que combateu o câncer na laringe.

Vitória A decisão do Poder Legislativo, via Lei do Acesso à Informação, de divulgar na internet os salårios dos servidores Ê principalmente uma vitória do portal de jornalismo Congresso em Foco, pioneiro na denúncia dos altos salårios.

8% ou 10% São remotas as chances de votação, neste ano, do Plano Nacional da (GXFDomR2JRYHUQRDGPLWH¿QDQFLDURVHWRUHPGR3,%2UHODWyULR do PNE que vale para os próximos quatro anos recebeu mais de 100 destaques.

Guardião A Dígitro, que fabrica e vende o sistema de rede de grampos Guardião, D¿UPDTXHRDSDUHOKRVypYHQGLGR¾SDUDEHQHItFLRGHRUJDQLVPRVGH Estado constitucionalmente aptos a utilizå-lo’. E que não hå empresas privadas como clientes.

PrÊ-Supremo O campeonato pela indicação ao Supremo Tribunal Federal pega fogo. Luís Adams sofre rejeição interna no STF. O ministro da Justiça, JosÊ Eduardo Cardozo, idem. Natural para uma disputa.

Apostas O advogado-geral da União Luís Adams jå då como favas contadas a sua indicação e nomeação como ministro do STF, em setembro.

Cristo mineiro MuriaÊ (MG) ergueu um Cristo Redentor, idêntico ao carioca, com 28 metros – 10 a menos que o original. A eståtua serå concluída em Outubro, obra de uma empresåria.

Ponto Final Cachoeira ĂŠ cascata. Homem bomba mesmo ĂŠ o contador desaparecido.

Com Gilmar Correa e Hosa Freitas www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br Twitter @leandromazzini

SANDRO LIMA

CADU EPIFĂ‚NIO EDITOR DE POLĂ?TICA

A

PDUpGHĂ€QLWLYDPHQWH estĂĄ virando a favor da hoje ex-prefeita de Anadia, Sânia Tereza. É que segundo foi noticiado ontem pelo semanĂĄrio Extra, o juiz HelĂŠstron Costa deve decidir hoje a anulação da sessĂŁo da Câmara Municipal de Anadia que cassou o mandato eletivo da principal acusada de ter mandado matar o vereador Luiz Ferreira, em outubro de 2011, numa estrada no municĂ­pio de Maribondo. Ou melhor, Sânia Tereza pode voltar a ser prefeita da cidade. De acordo com o advogado Rodrigo da Costa, que compĂľe a defesa de Sânia Tereza, o processo que busca a anulação da sessĂŁo parlamentar estĂĄ de fato em tramitação hĂĄ algum tempo na Comarca de Anadia, apenas no aguardo da decisĂŁo do magistrado HelĂŠstron Costa. “NĂłs jĂĄ apresentamos as provas, a prĂłpria Câmara tambĂŠm apresentou sua contrarrazĂľes. Resta apenas R SDUHFHU GR MXL]Âľ FRQĂ€Umou. Segundo a informação passada pelo semanĂĄrio, HelĂŠstron deve ter concluĂ­do seu parecer ontem, dia 24, para emitĂ­-lo hoje. ACUSAĂ‡ĂƒO A Câmara Municipal de Anadia tirou Sânia Tereza do cargo no qual foi eleita em 2008 em virtude de uma acusação de desvios de recursos pĂşblicos da Prefeitura Municipal. O processo administrativo aberto pelos vereadores indicava um desvio de R$ 7 milhĂľes. $OpP GHOD VHX Ă€OKR 5D\PL Palmeira, tambĂŠm ĂŠ um dos acusados, visto que ele era secretĂĄrio de Administração do municĂ­pio na ĂŠpoca - veja mais detalhes da ação contra Raymi apreciada ontem pelo Pleno do Tribunal de Justiça do Estado, na pĂĄgina 4. A ilegalidade apontada pela defesa de Sânia Tereza ĂŠ que os vereadores membros da comissĂŁo processante da casa, alĂŠm de serem opositores Ă  entĂŁo prefeita, faziam parte da ação criminal que corre em paralelo, onde ela ĂŠ acusada de participação no assassinato do vereador Luiz Ferreira. O relator da comissĂŁo processante, por exemplo, vereador Mariano Denisson de Melo (PDT), depĂ´s contra Sânia em juĂ­zo. Assim como o vereador JosĂŠ Wilame Ferreira de Castro (PPS), outro membro da comissĂŁo parlamentar que estĂĄ na ação criminal contra a ex-prefeita. Costa recordou que solicitou a retirada da comissĂŁo da Câmara tanto de Mariano, quanto de Wilame. Em vĂŁo, pois o presidente da Câmara Municipal de Anadia, JosĂŠ Adauto (PSC), primo de Luiz Ferreira, ignorou a solicitação feita pela defesa de Sânia Tereza. Na ĂŠpoca, inclusive, ter acesso a prĂłpria documentação foi um martĂ­rio vivido pelos advogados da ex-prefeita. Para os advogados dela, D VLWXDomR FRQĂ€JXUD FHUFHamento de defesa, e aponta interesses extras no afastamento de Sânia.

Rodrigo da Costa apontou irregularidades na sessĂŁo parlamentar que a tirou do cargo de prefeita

OMAR X GUEDES

Ação penal por injĂşria e calĂşnia na OAB vai ao pleno do TJ/AL O processo eleitoral para eleger o presidente da seccional alagoana da Ordem dos Advogados do Brasil sempre rendeu ‘pano pra manga’, a disputa ĂŠ acirrada e como em toda eleição, as partes em disputa vez por outra prolongam o embate por anos e anos. É o que aconteceu com a eleição de 2009, onde o atual presidente, entĂŁo concorrendo Ă  reeleição, Omar CoĂŞlho de Mello, enfrentou Everaldo Patriota e Marcio Guedes. PorĂŠm, no calor dos debates, Guedes ..... gerando entĂŁo uma ação penal de injĂşria e calĂşnia contra ele, que estĂĄ na pauta do Pleno do Tribunal de Justiça do Estado, na terça-feira, dia 29. A respeito do caso, o parecer do procurador geral de

Justiça, Eduardo Tavares, foi favorĂĄvel a denĂşncia contra Marcio Guedes. “Ante o exposto e a unicidade das provas colhidas, uma vez ultrapassadas todas as fases preliminares e recebida a presente denĂşncia, vem o MinistĂŠrio PĂşblico pugnar pela condenação do Denunciado, nos termos do artigo 139, caput e do artigo 140, II, todos do CĂłdigo Penal Brasileiroâ€?. De acordo com o despacho do desembargador JosĂŠ Carlos Malta Marques, ao todo sĂŁo trĂŞs processos movidos pelo presidente da Ordem contra o advogado Marcio Guedes, publicadas, ainda segundo o despacho de Malta Marques, em site noticioso. O advogado Welton Ro-

berto, que representa Omar Coêlho na ação, explicou que foi feita uma coletânea de provas dos ataques feitos por Guedes ao presidente da Ordem. Welton ressaltou tambÊm que Ê esperado que o desembargador relator aceite a denúncia e que de fato Marcio Guedes seja enquadrado como rÊu na ação. EMBATE A disputada eleição em questão mostrou o quanto a categoria estå dividida em Alagoas. A diferença de votos entre Omar e Everaldo Patriota, o segundo colocado, foi de apenas 183 votos, num universo de aproximadamente três mil advogados votantes na Êpoca - em 2009. Marcio Guedes por sua vez sempre fez oposição ao grupo de Omar.

EM NOVO LINO, HOJE

PSD promove última reunião partidåria antes das convençþes O Partido Social Democråtico (PSD) de Alagoas realiza nesta sexta-feira (25), em Novo Lino, o último encontro regional da sigla antes das convençþes partidårias – que devem acontecer entre os dias 10 e 30 de junho. Esse serå o sÊtimo evento do partido no EstaGRGHSRLVGHUHXQLUÀOLDGRV e prÊ-candidatos às eleiçþes de outubro próximo em Arapiraca, Cajueiro, Olho d’à gua das Flores, Porto Calvo, Piaçabuçu e Santana do Ipanema. O evento acontece às 10h, na Câmara de Vereadores de Novo Lino, e deve contar com a representação de 20 municípios da Grande Maceió e da Zona da Mata alagoana. São eles: Barra de São Miguel, Marechal Deo-

doro, Coqueiro Seco, Santa Luzia do Norte, Paripueira, Satuba, Rio Largo, Messias, Murici, Branquinha, União dos Palmares, Santana do Mundaú, São JosÊ da Laje, Ibateguara, Campestre, Jundiå, Jacuípe, Novo Lino, Joaquim Gomes e Flexeiras. O encontro vai tratar de assuntos de ordem administrativa, alÊm de fazer um balanço das prÊ-candidaturas majoritårias e proporcionais do partido no Estado. Na oportunidade, a contadora Roseane Nogueira faz uma palestra de orientação aos diretórios municipais sobre arrecadação de campanha, gastos e prestação de contas. O sÊtimo e último encontro regional do PSD alagoano vai contar com as pre-

senças do vice-presidente do diretório estadual, deputado Dudu Hollanda; do coordenador político, Nilton Lins; do secretårio-geral, Messias Lino; do coordenador dos encontros regionais, Fernando Lyra - prÊ-candidato a vice-prefeito no município de Atalaia. A solenidade terå FRPR DQÀWULm D YHUHDGRUD Marcela Gomes de Barros, vereadora e prÊ-candidata a Prefeitura de Novo Lino pelo partido. ABRANGÊNCIA Com diretórios constituídos em 94 dos 102 municípios de alagoanos, o PSD tem hoje quatro prefeitos, WUrV YLFHSUHIHLWRV H Mi GHÀniu 40 prÊ-candidatos que vão concorrer à prefeitura, alÊm dos mais de 400 prÊ-candidatos a vereador.


TribunaIndependente

8PDYR]Ă€QDOPHQWH 2JRYHUQRIHGHUDODGPLWHTXHDRPDLVXPDYH]PHOKRUDUDV

FRQGLo}HVGHDTXLVLomRGHYHtFXORVHVWiDWHQGHQGRDRVLQWHUHVVHVGDVPRQWDGRUDVTXHSUHFLVDPGHVHQFDOKDUVHXVHVWRTXHV HDRVWUDEDOKDGRUHVGHVVHVHWRUDPHDoDGRVGHGHPLVVmR1RYDPHQWHPHGLGDGHXUJrQFLDUHVROYHSUREOHPDVGHLQWHUHVVHGH SDWU}HVHHPSUHJDGRVGR6XGHVWH4XDQWRDR1RUGHVWHDVFULVHVQRVHWRUVXFURDOFRROHLURTXHHPSUHJDPXLWRPDLVSHVVRDV QXPDUHJLmRPXLWRPDLVSREUHWrPVROXomRSURWHODGDVHPSUH TXHVXUJHP&RXEHDRVHQDGRU%HQHGLWRGH/LUD 33$/ WHQWDU DFDEDUWDOGLVWRUomRDRWHUDSURYDGRQR6HQDGRXPSHGLGR VHXSDUDXPDDXGLrQFLDS~EOLFDYLVDQGRGLVFXWLUDVLWXDomRGH HPSUHJDGRVHHPSUHVDVGRVHWRUVXFURDOFRROHLURQRUGHVWLQR 6HJXQGRHOH´RJRYHUQRVHTXHL[DGDTXHGDGHSURGXomRGH HWDQROTXDQGRRSUHoRGRDo~FDUDXPHQWDQRPHUFDGRLQWHUQDFLRQDOHRVSURGXWRUHVUHGX]HPDTXDQWLGDGHGHiOFRROQRPHUFDGRLQWHUQR,VVRWHPFULDGRDOJXQVHPEDUDoRVHQWUHRVHWRU SURGXWLYRHRJRYHUQR3RULVVRSURSXVDDXGLrQFLD¾%HQHGLWR GHIHQGHDYROWDGRVVXEVtGLRVDOÀQHWDQGR´2JRYHUQRWHP GDGRLQFHQWLYRjVLQG~VWULDVGDOLQKDEUDQFDSDUDSUHVHUYDUR HPSUHJR3RUTXHRVHJPHQWRFDQDYLHLURTXHPDLVHPSUHJDQR SDtVQmRWHPDo}HVHVSHFtÀFDV"¾6XUJHSRLVDOJXpPTXHFREUD GHS~EOLFRSURYLGrQFLDVFRQWUDHVVDKLVWyULFDGLVFULPLQDomR

Reverência Nice Vilela, diretora da Fundação Teotônio Vilela, Ê quem organiza a programação dos 95 anos de nascimento do seu pai. Às 18 horas de hoje, ao lado do monumento ao Menestrel das Alagoas, na Pajuçara, homenagem aos Mestres Bia e Osório e, em memória, ZÊ do Cavaquinho, Sinfrônio e JosÊ Aprígio Vilela. Após, cantam Fernanda Guimarães, João do Cavaquinho, Zailton Sarmento, Wellington Pinheiro e Ivo Bulhþes.

Caso perdido Deputados estaduais cobram do governo a liberação de emendas parlamentares para os municípios. Alegam que em sua gestão, TÊo Vilela não soltou um só tostão. Joãozinho Pereira, líder do governo, ouviu de TÊo que o dinheiro só sai depois de o Estado receber dinheiro do PrÊ-sal. Ou seja: Ê mais fåcil o Sargento Garcia prender o Zorro.

A anotar A Câmara dos Deputados aprovou uma anistia para candidatos que tiveram contas de campanhas eleitorais rejeitadas pela Justiça Eleitoral. De Alagoas, votaram a favor Joaquim Beltrão, Maurício Quintella, Givaldo Carimbão, Rui Palmeira, Renan Filho e Rosinha da Adefal. Não participaram da votação CÊlia Rocha, Arthur Lira e João Lyra.

Desagravo O jornalista Marcelo Firmino, que pediu exoneração esta semana do cargo de secretårio de Comunicação da Prefeitura de Maceió, ganha, hoje, a solidariedade dos amigos que, como ele, frequentam o Bar do Lula, especialmente nas feijoadas das sextas-feiras. Boa parte desse grupo vai compartilhar com ele sua postura, a partir do meio-dia.

Ringue Quem tambÊm vive hoje um momento de solidariedade Ê o vereador Eduardo Canuto (PV/Maceió). Após 15 anos do título mundial, ele resolveu aceitar a sugestão de uma luta de despedida, emagreceu 36 quilos e Ê a atração desta noite, a partir das 20 horas, no ginåsio do Sesi, no Trapiche da Barra. Todos torcemos por uma despedida honrosa.

Causa afro Às 9 horas de hoje, no plenårio da Câmara Municipal de Maceió, haverå entrega das comendas Dandara e Zumbi dos Palmares, por proposta das vereadoras Fåtima Santiago (PP), Silvânia Barbosa (PPS) e Tereza Nelma (PSDB). Exatamente hoje Ê celebrado o Dia de Libertação da à frica, instituída pela Organização das Naçþes Unidas em 1972.

Nada muda “Os governadores do Nordeste participaram da Ăşltima reuniĂŁo da Sudene e demonstraram preocupação com a seca e as consequĂŞncias dela na regiĂŁo.â€? Ao contrĂĄrio do que se possa supor, esse tĂ­tulo da matĂŠria do Jornal do Commercio nĂŁo ĂŠ do encontro da semana passada, mas de reuniĂŁo em 1962, segundo apurou a jornalista TĂŠta Barbosa.

“

Eu me dei conta esses dias de que fui crĂ­tico de todos os governos de *HLVHOSDUDFi(KRMHFRVWXPR bater boca com sumidades que apoiaram todos os governos – de *HLVHOSDUDFiÂľ REINALDO AZEVEDO Jornalista, em artigo no site da revista “Vejaâ€?

* O projeto “Mercado CidadĂŁoâ€?, da Secretaria Municipal do Trabalho, Abastecimento e Economia SolidĂĄria, serĂĄ realizado hoje no Mercado do Artesanato, na Levada, com diversas açþes de cidadania. Abertura Ă s 8 da manhĂŁ e tĂŠrmino Ă s 13 horas. * Ă€s 18h30 de hoje, no Centro de Convençþes de MaceiĂł, serĂĄ instalada a Feira do ComĂŠrcio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas. Na abertura, palestra de William Caldas, sobre “Motivação a partir da ExcelĂŞncia, da Inovação e da Atitudeâ€?. * Hoje, Ă s 17h30, pelo projeto “Sextas Popularesâ€?, realizado pela Diretoria de Teatros de Alagoas, no pĂĄtio externo do Teatro Deodoro, com entrada gratuita, apresentação de JoĂŁo Albrecht, instrumentista, cantor e compositor. * A campanha de vacinação contra a gripe em MaceiĂł serĂĄ encerrada dia 2, nas unidades de saĂşde ou nos postos instalados nos shoppings MaceiĂł e PĂĄtio MaceiĂł e nos supermercados GBarbosa (Praia e Serraria) e Hiper Bompreço da Gruta. * O espetĂĄculo “O Breu da Caçupembaâ€? volta a ser apresentado, hoje, Ă s 20 horas, no Centro Cultural Sesi, na Pajuçara. A montagem questiona o papel do artista e o valor da arte como base da identidade do povo. Ingressos a R$ 20,00. Informaçþes: 8838-4601. * “Eri Pinta e Johnson Bordaâ€? ĂŠ a peça escrita e estrelada pelo ator Eri Johnson que volta ser apresentada em MaceiĂł, hoje e amanhĂŁ, no Teatro Deodoro. O ator aborda, como comĂŠdia, temas como educação, amizade e famĂ­lia. Informaçþes: 9601-2828.

MACEIĂ“ - SEXTA-FEIRA, 25 DE MAIO DE 2012

POLĂ?TICA

3

Campos consolida nome de CarimbĂŁo em MaceiĂł Presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, acredita em chapa forte NIGEL SANTANA REPĂ“RTER

O

3DUWLGR 6RFLDOLVWD %UDVLOHLUR 36%  RÀFLDOL]RX QR LQtFLR GD QRLWH GH RQWHP D SUp candidatura do deputado federal Givaldo Carimbão j 3UHIHLWXUD GH 0DFHLy 2 DQ~QFLR DFRQWHFHX GXUDQWH R 6HPLQiULR GH 0RELOLGDGH 8UEDQDQD$VVRFLDomR&RPHUFLDOQREDLUURGH-DUDJXi Um dos entusiastas para TXH&DULPEmRVHMDRSUy[LPR prefeito da capital alagoana p R SUHVLGHQWH GR 36% QDFLRQDOHJRYHUQDGRUGH3HUQDPEXFR(GXDUGR&DPSRV ´e XPD TXHVWmR QDFLRQDO $ SUpFDQGLGDWXUD GR deputado federal Givaldo Carimbão tem respaldo em WRGDV DV EDVHV GR SDUWLGR e XP SROtWLFR H[SHULHQWH com mandatos de vereador e Mi IRL DWp PHX YLFHOtGHU QD &kPDUD )HGHUDO (VWi QD hora de consolidarmos a sua SUpFDQGLGDWXUDHP0DFHLy 6HXKLVWyULFRpGHDMXGDUDV administraçþes municipais e JRYHUQDPHQWDLV¾GHFODURX 6HJXQGR R SUHVLGHQWH QDFLRQDO GR SDUWLGR D )XQdação João Mangabeiras Ê TXHPHVWiSUHSDUDQGRRFURnograma político de Givaldo Carimbão para o pleito GHVWHDQR4XHVWLRQDGRSHOD

CORTESIA/THAY-

ANNE MAGALHĂƒES reportagem da Tribuna IndependenteVHR36%Mi havia elaborado pesquisas para saber da aceitação do SDUODPHQWDU HP $ODJRDV Eduardo Campos respondeu TXH HVVD p XPD SUiWLFD GR SDUWLGR ´)L]HPRV SHVTXLVDV TXDOLWDWLYDV (P WRGDV HODV SHUFHEHPRV TXH R 36% WHP boa aceitação nos Estados RQGH WHUHPRV FDQGLGDWRV (P0DFHLyWHPRVDFHUWH]D de que estaremos fechanGR XPD FKDSD FRQVLVWHQWH e que o deputado Givaldo CarimbĂŁo ĂŠ franco favorito para vencer e ser o prefeito GH 0DFHLy &DULPEmR SRGH contribuir bastante para o desenvolvimento da sociedaGHFRPRXPWRGRSULQFLSDOmente podendo livrar quem HVWiQRYtFLRGDVGURJDV(OH WHP HVWXGRV H HVWi PXLWR bem preparado para a funomRÂľ DUJXPHQWD R JRYHUQDGRUGH3HUQDPEXFR Como a prĂŠ-candidatura começa a tomar corpo a SDUWLU GH VHX ODQoDPHQWR R YLFH QD FKDSD GR 36% QmR VHUi XPD HVFROKD QDFLRQDO 4XHP GHYH DUWLFXODU H FRlocar os nomes em questĂŁo VmRRVFRPSRQHQWHVGDVLJOD $ DWXDO FRQMXQWXUD SHUPLWH que o partido ainda tenha reuniĂľes com outras legenGDV Eduardo Campos aposta no histĂłrico de Givaldo CarimbĂŁo

ALIADOS

9LOHODFRPSDUHFHHFRQĂ€UPDDSRLRD36%

Um carro-chefe para a disputa eleitoral deste ano p WHU R 3DOiFLR 5HS~EOLFD GRV 3DOPDUHV FRPR DOLDGR Givaldo Carimbão apoiou o governador Teotonio Vilela )LOKR 36'%  SRUpP D VLWXDomR ÀFD XP SRXFR PDLV FRPSOH[D Vilela compareceu ao lançamento da prÊ-candidaWXUD GH &DULPEmR H UHIRUçou que este ano o Executivo tem três postulantes ao FDUJR H XP GHOHV YDL SDUD DGLVSXWDQRVHJXQGRWXUQR

“Os deputados federais 5XL 3DOPHLUD >36'%@ *LYDOGR &DULPEDmR >36%@ H R deputado estadual JefĂŠrson 0RUDHV >'(0@ VmR SUpFDQGLGDWRV1RGLDGDHOHLomRHX Vy SRVVR YRWDU HP 5XL 3DOPHLUDTXHpGRPHXSDUWLGR PDVWHQKRDFHUWH]DGHTXH estaremos unidos no segunGRWXUQR3LRUVHULDVHFRPR governador eu olhasse para os lados e nĂŁo encontrasse QLQJXpP H KRMH QyV WHPRV WUrV SUpFDQGLGDWXUDV (VVD pDQRVVDDYDOLDomRÂľHQWHQ-

GHRJRYHUQDGRU2QRPHGH Carimbão Ê visto pelo governador Teotonio Vilela Filho FRPR IRUWH QDV XUQDV SULQcipalmente pela questão de que como deputado federal ele tem se destacado tanto na Câmara quanto nas açþes do governo e do muniFtSLR ´'HYHPRV PXLWR DR &DULPEmR 6H KRMH WHPRV DV comunidades terapêuticas funcionando em Alagoas Ê JUDoDVDR*LYDOGReXPHVtudioso do tema e sabe como

FRQWULEXLU¾ UHIRUoD 9LOHOD 1RPRPHQWRHPTXHHVWHYH SUHVHQWHFRPRVMRUQDOLVWDV &DULPEmR IDORX SRXFR QR HQWDQWR OHPEURX TXH HVWi preparado para a disputa e YrQRDWXDOFHQiULRXPHTXLOtEULR ´6RX SUpFDQGLGDWR 6LQto-me preparado para assumir mais essa responsabiliGDGHHFRPRDSRLRGR36%H demais amigos que estamos entrando em contato iremos montar uma coligação forte QDVHOHLo}HV¾(N.S)

TERMO

Alagoas empenhada contra trabalho infantil O governador Teotonio 9LOHOD )LOKR 36'%  DVVLQRXRQWHP  XPWHUPR de compromisso para a erradicação do trabalho inIDQWLOQR(VWDGR O compromisso preYr D HODERUDomR GR 3ODQR (VWDGXDO GH 3UHYHQomR H Erradicação do Trabalho ,QIDQWLO H GH 3URWHomR DR $GROHVFHQWH 7UDEDOKDGRU com oferta de educação em tempo integral e não emisVmRGHDOYDUiVSHUPLWLQGRR trabalho de menores de 18 DQRV

“Estamos compromeWLGRV FRP HVVD FDXVD TXH ĂŠ uma causa nacional e KXPDQLWiULD (VWDPRV GHsenvolvendo polĂ­ticas que possam erradicar esse proEOHPD GH $ODJRDV $LQGD WHPRV PXLWR D ID]HU H SUHFLVDPRV HVWDU YLJLODQWHVÂľ VDOLHQWRXRJRYHUQDGRU A representante do FĂłUXP1DFLRQDOGH3UHYHQomR e Erradicação do Trabalho ,QIDQWLO,VD2OLYHLUDSDUDEHQL]RX $ODJRDV SHOR FRPprometimento com a cauVD´(VWHpRVpWLPR(VWDGR

pelo qual passamos e estaPRVVHQVLELOL]DGRVSHORJRYHUQDGRU WHU QRV UHFHELGR $ODJRDV HVWi GH SDUDEpQV pela iniciativa e espero que possa ser criado aqui um FDQDO GH FRPEDWH $ODJRDV pode mudar sua histĂłria no WUDEDOKRLQIDQWLOÂľDĂ€UPRX 6HJXQGR D GLUHWRUD GH 9LJLOkQFLDj6D~GHGR7UDEDOKDGRU GD 6HFUHWDULD GD 6D~GH 6HVDX  *DUGrQLD 6DQWDQD HVWH DQR IRUDP UHJLVWUDGRVQR6LVWHPD1DFLRQDO GH $JUDYRV H 1RWLĂ€FDo}HV 6LQDQ  RLWR DFLGHQ-

ARAPIRACA

TONINHO

O prÊ-candidato a prefeito de Arapiraca, Ricardo Barreto (PP), Ê homenageado logo mais a noite, a partir das 19h30, na Câmara Municipal de Arapiraca. O empresårio tem o apoio do senador Benedito de Lira e tenta se estabelecer como a terceira força com reais chances de ganhar a eleição na capital do Agreste alagoano. Barreto tem se aproximado bastante do vereador Tarcizio Freire (PSD), autor do projeto que o condecora como cidadão honorårio do município.

Um dos assuntos comentados nos bastidores do encontro do PSB era a prisão do prefeito Toninho Lins, atualmente afastado da sigla. Para a presidente municipal do partido, Kåtia Born, Ê preciso aguardar como a Justiça vai proceder no caso que tem o prefeito de Rio Largo como um dos envolvidos no esquema de compra e venda de um terreno de forma irregular. Para Kåtia, o PSB fez a sua parte que foi afastar o prefeito das funçþes, visando cumprir o estatuto interno do partido.

Ricardo Barreto ĂŠ homenageado hoje

Mesmo afastando, PSB prefere aguardar

tes envolvendo crianças e adolescentes em situaçþes GHWUDEDOKR$PDLRUSDUWH dos casos foi relativo a inFLGHQWHV FRP DJURWy[LFRV com material biolĂłgico proveniente de unidades hospitalares e na colheita do IXPR “Ainda temos um sub-registro muito grande em WRGRR%UDVLOPDVVDEHPRV que esse ĂŠ um problema WDPEpP GH VD~GH S~EOLFD 3UHFLVDPRV GD SDUFHULD GH todas as esferas do GoverQRÂľGLVVH


TribunaIndependente

4 POLĂ?TICA MACEIĂ“ - SEXTA-FEIRA, 25 DE MAIO DE 

BARTOLOMEU DRESCH bartolomeu_dresch@hotmail.com.br

Etanol de palha e bagaço

D

urante sÊculos o setor sucroalcooleiro do Brasil considerou a palha e o bagaço da cana-de-açúcar como subprodutos inutilizåveis. Hå poucos anos atrås, o bagaço começou a ser utilizado como gerador de energia por algumas usinas e atÊ substituindo a madeira em algumas circunstâncias. No mês passado, RV(VWDGRV8QLGRVDQXQFLDUDPDFRQVWUXomRGDSULPHLUD%LRUUHÀnaria do mundo, após sete anos de estudos e pesquisas. Na última quarta feira, Alagoas anunciou um dos maiores investimentos do país para o desenvolvimento do etanol a partir da palha e do bagaço da cana. A GraalBio serå construída em São Miguel dos Campos, com um investimento de R$ 300 milhþes por meio de ÀQDQFLDPHQWRGR%1'(6HFRPFDSDFLGDGHGHSURGXomRQRPLQDO de 82 milhþes de litros de etanol. A empresa pretende programar no Brasil uma ampla plataforma de pesquisa para industrialização de biotecnologias fundamentais para converter biomassas em combustíveis bioquímicos. A GraalBio Ê uma empresa do Grupo Graal Investimentos S.A., holding da Família Gradin fundada ano passado, e que trabalha para utilizar a biomassa brasileira (como a palha e o bagaço de cana) em riqueza energÊtica.

ComissĂŁo da Justiça Ex-preso polĂ­tico e autor de trĂŞs livros sobre a ditadura brasileira, o frade dominicano Carlos Alberto Libânio Christo, o Frei Betto, disse ontem que gostaria que a recĂŠm-criada ComissĂŁo da Verdade fosse chamada de ComissĂŁo da Justiça. Mesmo assim o religioso considerou que este pode ser o primeiro passo para a responsabilização dos torturadores, e que possa encontrar o destino de centenas de desaparecidos, assim como abrir os arquivos das Forças Armadas, que permanecem inviolĂĄveis. Segundo Frei Betto, todos os paĂ­ses que passaram por ditaduras militares ou civis na AmĂŠrica Latina investigaram e puniram. “O Brasil estĂĄ amordaçado por uma lei injusta, que ĂŠ a Lei da Anistia, que nivela assassinos e assassinados, torturaGRUHVHWRUWXUDGRV,VVRpXPDDEHUUDomR´DÂżUPRX

Tava na cara O MinistĂŠrio da SaĂşde anunciou ontem o que todo mundo jĂĄ sabia: a prorrogação atĂŠ o dia 1Âş de junho, da Campanha Nacional de Vacinação FRQWUDD*ULSH,QĂ€XHQ]D2REMHWLYRpDWLQJLUDPHWDGHGRS~EOLFR alvo. AtĂŠ ontem, segundo o MinistĂŠrio, haviam sido imunizadas 15,8 milhĂľes de pessoas, quando a meta ĂŠ de 24,2 milhĂľes. Em Alagoas, atĂŠ ontem, haviam sido vacinados 64,49% do total, sendo 62,36% de LGRVRVGHFULDQoDVHQWUHVHLVPHVHVDGRLVDQRVGDV JHVWDQWHVGRVWUDEDOKDGRUHVGDVD~GHHGRVLQGtJHQDV DODJRDQRV1R(VWDGRPXQLFtSLRVKDYLDPYDFLQDGRHQWUHD GRS~EOLFRDOYR(DSHQDVXPPXQLFtSLR7UDLSXDLQGDQmRKDYLD DOFDQoDGR

NĂŁo foi racismo O clipe “Kongâ€? do cantor Alexandre Pires nĂŁo foi considerado como uma “discriminação racialâ€? e “sexistaâ€? pela Procuradoria da RepĂşblica de Uberlândia (MG). O procedimento, instaurado apĂłs denĂşncia formulada pela Ouvidoria Nacional da Igualdade Racial, vinculada Ă  PresidĂŞncia da RepĂşblica foi arquivado. No clipe, que teve a participação do jogador Neymar e do funkeiro Mr. Catra, gorilas saem da selva e invadem uma festa Ă  beira da piscina repleta de mulheres de biquĂ­ni. Os prĂłprios protagonistas tambĂŠm vestem a fantasia dos gorilas. O clipe nĂŁo tinha nada de racista, mas devia ser denunciado por mau gosto e por ser um atentado Ă  boa musica.

Sem compromisso A aprovação pela Câmara dos Deputados da anistia dos candidatos que tiveram suas contas de campanhas eleitorais rejeitadas pela Justiça Eleitoral tem sido criticada nos mais diversos níveis da população brasileira. Do Supremo Tribunal Federal a entidades como o Movimento Contra a Corrupção Eleitoral, a atitude dos deputados Ê considerada como absoluta falta de compromisso com os eleitores brasileiros. Entre a bancada alagoana, três deputados estavam ausentes à votação (João Lyra, CÊlia Rocha e Arthur Lira) mas os demais representantes do povo (seis parlamentares) de Alagoas votaram favoravelmente pela anistia.

A pólio, de volta A Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a poliomielite uma emergência global, depois de serem reportadas epidemias em países antes considerados livres da doença. O órgão internacional planeja reforçar os programas de combate à pólio nestes locais e aponta que o momento Ê crítico. A NigÊria, o Paquistão e o Afeganistão são os únicos países onde a doença ainda Ê considerada endêmica, mas agora surgiram casos na China e em regiþes da à frica, os primeiros em dÊcadas e que preocuparam a OMS. O órgão estima que caso a doença VHHVSDOKHSRGHOHYDUDXPDXPHQWRGHPDLVGHPLOFULDQoDVFRP paralisia em uma dÊcada.

A pólio, de volta 2 Ainda segundo a OMS, nos últimos 24 meses, houve registro de epidemias na à frica, na à sia e na Europa, que afetaram muitos adultos e causaram muitas mortes. Isso demonstra que, se a erradicação falhar, teremos uma terrível volta da doença com consequências imprevisíveis. $2UJDQL]DomRHVWLPDQHFHVVLWDUGHPDLV86PLOK}HVHPGRDo}HV para reforçar as açþes de vacinação. Conhecida como paralisia infantil, a pólio Ê uma doença altamente infecciosa causada por um vírus que invade o sistema nervoso e pode paralisar o corpo em poucas horas. 8PDHPFDGDLQIHFo}HVOHYDjSDUDOLVLDLUUHYHUVtYHOVHQGRTXH morrem porque os músculos da respiração param de funcionar. ‡6HUiDEHUWDORJRPDLVQR&HQWUR&XOWXUDOHGH([SRVLo}HVHP Jaraguå, mais uma edição da Feira do ComÊrcio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecom). ‡6HUmRHVWDQGHVH[SRQGRSURGXWRVGLYHUVRVSDUDRFRPpUFLR WXULVPRWHFQRORJLDHJDVWURQRPLD8PGHOHVFRRUGHQDGRSHOR$UUDQMR 3URGXWLYR/RFDO7HFQRORJLDGD,QIRUPDomR $3/7, UHXQLUiTXDWURHPSUHVDVGDiUHD ‡6mRHODVD3+'¹6\VWHP6ROXWLRQV1RUGHVWH7HFQRORJLD,QIRUP6LVtemas e ZUQ que vão disponibilizar sistemas de informåtica e produtos diversos ligados à årea. ‡2REMHWLYRGD)HFRPpIRUWDOHFHUDHFRQRPLDORFDOPRELOL]DQGRjV PLFURHSHTXHQDVHPSUHVDVDOpPGHDXPHQWDUDFRPSHWLWLYLGDGHGR VHWRU ‡$)HLUDVHUiDEHUWDjVKGHKRMH VH[WDIHLUD HVHHVWHQGHUiDWpR próximo domingo, e conta com o apoio do Sebrae de Alagoas, Petrobras, Algås, Sistema Fiea e Governo de Alagoas.

TC quer gastar R$ 1 mi em cargos comissinados Para Sindicato dos FuncionĂĄrios Efetivos da Corte projeto ĂŠ uma “afrontaâ€? DIVULGAĂ‡ĂƒO

VICTOR AVNER REPĂ“RTER

O escândalo da Operação Rodoleiro parece nĂŁo ter VLGR VXĂ€FLHQWH SDUD R 7ULbunal de Contas do Estado (TCE). Os conselheiros elaboraram um projeto de lei que vai criar mais de 150 cargos comissionados para o ĂłrgĂŁo. Se aprovada, a lei vai gerar gastos de quase R$ 1 milhĂŁo por mĂŞs. A medida foi discutida e aprovada por unanimidade na sessĂŁo do dia 24 de abril. SerĂŁo criados os 156 cargos comissionados, gerando R$ 882,8 mil em despesas todo mĂŞs. Os salĂĄrios variam entre R$ 3,5 mil — para assessoria simples — e R$ 8 mil — para chefes de gabinete, diretores e procurador-chefe do Tribunal. AlĂŠm disso, um artigo garante o repasse mensal de R$ 6 mil aos conselheiros a tĂ­tulo de indenização, mas Tribunal de ContasGHYHFULDUQRYRVFDUJRVFRPLVVLRQDGRVVLQGLFDWRTXHUFRQFXUVRS~EOLFR sem necessidade de comprovar gastos. O custo mensal aos cofres da instituição serĂĄ de R$ 42 mil. AnteriormenIMPROBIDADE te, o valor era pago somente ao presidente da Corte de Contas — para cobrir gastos de viagens e eventos. Somadas as despesas com os comissionados e com a verba indenizatĂłria dos conselheiros, o TCE vai gasPARECER 5D\PL3DOPHLUDĂ€OKRGH sembargador EstĂĄcio Gama. tar R$ 924,8 mil somente A manutenção da liSânia Tereza, vai permane- O magistrado considerou com a aprovação do Projeto cer com os bens bloqueados que a decisĂŁo de 1Âş grau nĂŁo minar de Helestron Costa GH /HL  $R Ă€P GH e impedido de assumir qual- possui falhas. Para Gama, ĂŠ tambĂŠm foi defendida pela um ano, serĂŁo despendidos quer função pĂşblica. A deci- necessĂĄrio manter os bens Procuradoria-Geral de Jus- mais de R$ 11 milhĂľes. O vasĂŁo ĂŠ da 2ÂŞ Câmara CĂ­vel do de Raymi bloqueados atĂŠ o tiça (PGJ). Em seu parecer, lor equivale a 18,8% de todo Tribunal de Justiça do Esta- Ă€PGRSURFHVVRSRULPSUREL- o ĂłrgĂŁo determinou o blo- o duodĂŠcimo da instituição. queio de R$ 7.19 milhĂľes, dade adminsitrativa. do de Alagoas (TJ/AL). “AFRONTAâ€? O voto do relator foi valor que supostamente foi A defesa de Raymi tentaPara Francisco ElpĂ­dio, va derrubar liminar do juiz acompanhado pelos desem- desviado da prefeitura. presidente do Sindicato dos NEGADO Helestron Costa, da Comar- bargadores Pedro Augusto Trabalhadores do Tribunal Gama jĂĄ havia negado de Contas (Sindicontas), o ca de Anadia. O magistrado Mendonça e Elisabeth CarEORTXHRXRVEHQVGRĂ€OKRGH valho Nascimento. O julga- uma liminar para Raymi no projeto ĂŠ uma afronta aos Sânia em outubro do ano mento aconteceu na sessĂŁo começo de março. Para o de- funcionĂĄrios efetivos. “Isso passado, por indĂ­cios de des- de ontem (24) da 2ÂŞ Câmara sembargador, a denĂşncia do ĂŠ uma falta de respeito, uma vio de R$ 7 milhĂľes da pre- CĂ­vel e decisĂŁo estĂĄ publica- MinistĂŠrio PĂşblico contra o afronta aos servidores. O feitura do municĂ­pio. da no DiĂĄrio EletrĂ´nico da Ă€OKR GH 6kQLD WLQKD SURYDV menor salĂĄrio serĂĄ de R$ 3,5 consistentes. (V.A.) O relator do caso foi o de- Justiça desta sexta-feira. mil. Um tĂŠcnico recebe R$ 3 mil. Isso depois de 20, 30 anos de trabalhoâ€?, declara. O sindicalista defende a CAMPO GRANDE realização de concurso pĂşblico ao invĂŠs da criação de mais cargos comissionados. “Queremos um concurso pĂşblico para o Tribunal. SĂŁo 156 cargos e ninguĂŠm sabe como serĂŁo preenchidosâ€?, coO juiz Anderson San- assim, os servidores conti- sua decisĂŁo, Santos ainda menta ElpĂ­dio. Em busca de tos, da Comarca de Girau nuaram recebendo seus sa- ressaltou que os agentes pĂş- apoio, sindicato vai levar o blicos devem ser responsa- caso para a Ordem dos Addo Ponciano, determinou o lĂĄrios com desconto. Com base na denĂşncia, o bilizados pelos danos causa- vogados do Brasil (OAB) e o bloqueio de bens de Arnaldo Higino Lessa (PTB), prefeito juiz determinou o bloqueio dos Ă  administração pĂşblica. MinistĂŠrio PĂşblico. Outro problema apontaCALOTE de Campo Grande. O gestor de bens no valor total de R$ A dĂ­vida com Banco do do por ElpĂ­dio ĂŠ que o proĂŠ acusado de reter o repasse 228.399,74. “Os elementos de emprĂŠstimos consignados de prova juntados aos autos Brasil ĂŠ de pouco mais de jeto tem alto custo e jĂĄ foi de servidores municipais. atestam a existĂŞncia de for- R$ 220 mil. Ao ser acionada aprovado, mas atĂŠ agora nĂŁo +LJLQR Ă€UPRX FRQYrQLR tes indĂ­cios do cometimento judicialmente, a prefeitura hĂĄ indĂ­cios de implantação com o Banco do Brasil para de atos de improbidade ad- nĂŁo soube explicar o motivo do Plano de Cargos e CarUHDOL]DU HPSUpVWLPRV H Ă€- ministrativa pelo rĂŠu e de do dĂŠbito e alegou que houve reiras (PCC) dos servidores nanciamentos para os fun- prejuĂ­zo ao erĂĄrioâ€?, explicou “alguns contratempos na ad- efetivos. “O PCC estĂĄ desde PLQLVWUDomR Ă€QDQFHLUDÂľ GR 2010 para ser implantado, cionĂĄrios da prefeitura me- o magistrado. O bloqueio foi comunica- municĂ­pio. Por conta disso, sĂł vai gerar uma despesa diante desconto em folha. Acontece que, em 2009, os do aos cartĂłrios de imĂłveis a promotoria local impetrou de R$ 180 mil e nĂŁo foi feito repasses para a instituição e ao Detran para evitar a a ação civil por improbidade atĂŠ agora. Esse projeto vai custar quase um milhĂŁo por Ă€QDQFHLUDFHVVDUDP0HVPR transferĂŞncia dos bens. Em administrativa. (V.A.) mĂŞsâ€?, reclama.

TJ mantĂŠm bloqueio dos EHQVGHĂ€OKRGH6kQLD7HUH]D

Acusado de improbidade, prefeito tem bens bloqueados

TCE

SEMINĂ RIO

Os servidores do Tribunal de Contas do Estado recebem, hoje (25), o pagamento da correção salarial de 13,5%, referentes aos meses de fevereiro a maio deste ano. O pagamento foi autorizado ontem (24). pelo presidente da Corte, o conselheiro Luiz Euståquio Tolêdo. O valor Ê a reposição das perdas FDXVDGDVSHODLQÀDomRGRV últimos anos, como determina a Constituição Federal. A medida não satisfaz os servidores efetivos, que querem receber — merecido — aumento salarial.

Acontece neste sĂĄbado (26), o 6Âş Curso de Legislação, Contabilidade e Marketing Eleitoral do PRP. EstarĂŁo presentes o presidente do PRP Nacional, Ovasco Resende; o secretĂĄriogeral da Executiva Nacional, LelĂŠ Arantes; e o presidente do PRP Regional Alagoas, Marcelo Souto. Arantes espera a participação de todos os prĂŠ-candidatos locais. “O partido trabalha na formação polĂ­tica para apresentar candidatos bem preparadosâ€?, explica. As atividades começam Ă s 8h, no Hotel Enseada.

Servidores recebem reposição salarial

PRP realiza encontro regional neste sĂĄbado


TribunaIndependente

MACEIĂ“ - SEXTA-FEIRA, 25 DE MAIO DE 2012 POLĂ?TICA

5

Juiza decide futuro da Câmara de RL Defesa de prefeito Toninho Lins då entrada em habeas corpus no STJ e aguarda parecer para libertar gestor

Cotidiano LININHO NOVAIS - contato@lininho.com

Promoção?

Q

ue era um absurdo o preço do combustĂ­vel na regiĂŁo metropolitana de MaceiĂł disso ninguĂŠm tinha duvida, porĂŠm o que deve ter acontecido para que o preço principalmente da gasolina tenha caĂ­do tĂŁo rapidamente? Seria consciĂŞncia pesada depois de “arrancarâ€? o dinheiro do contribuinte? Na verdade, muitos se perguntam e as respostas nĂŁo aparecem, apenas as placas apresentam a variedade no preço baixo que chega atĂŠ o valor de R$ 2,43.

Boquinha Taxado de nepotista por empregar na sua administração pública municipal diversos parentes; como o secretårio de Finanças, Luciano, secretårio de Controle Interno, Marcela e o diretor do Hospital Regional, Valtinho; entre outros, o prefeito de Major Isidoro, �talo Amaral, alÊm de receber cerca de 14 mil como gestor do município, tambÊm fatura como mÊdico do Estado. Na terra do leite, o prefeito �talo sempre tem um tempinho para atender os pacientes no hospital, sobretudo em casos de cirurgia. Costuma revelar que faz isso por amor ao povo de sua terra.

É preciso Justiça É de fazer vergonha um programa desenvolvido pela Uncisal (Universidade Estadual de Ciências de Saúde de Alagoas) em parceria com o governo federal, que visa atender pacientes com problema de audição. É que o cidadão que depende desse tipo de serviço, na sua maior parte gente pobre que vem do interior, enfrenta uma maratona de viagens, para sucessivos dias de avaliação e exames tÊcnicos, naquele órgão. Só que quando paciente vem ter acesso ao aparelho, os exames praticamente jå estão defasados. Motivo: por problema burocråtico os aparelhos chegam a demorar cerca de um ano e três meses para serem adquiridos e repassados.

CADU EPIFĂ‚NIO EDITOR DE POLĂ?TICA

J

ĂĄ estĂĄ nas mĂŁos da juĂ­za Marcli GuimarĂŁes o mandado de segurança que requer a posse imediata dos suplentes de vereadores de Rio Largo. A magistrada pode dar seu parecer jĂĄ hoje e assim sendo, ela aceitando os argumentos dos parlamentares, o vereador Reinaldo Cavalcante - o Ăşnico em liberdade - ĂŠ obrigado a abrir uma sessĂŁo extraordinĂĄria e empossĂĄ-los. Ontem, dia de sessĂŁo em Rio Largo, a Câmara segue fechada. De acordo com o advogado Henrique Vasconcelos, que representa os oito suplentes, “o Poder Legislativo ĂŠ fundamental para a efetivação dos serviços pĂşblicos e acabar com essa inĂŠrcia de gestĂŁoâ€?. Segundo o advogado, “os

suplentes estĂŁo dispostos a fazer seu papel, e assim como a população, estĂŁo perplexos com a situação e com DIDOWDGHFRQĂ€DQoDTXHDSRpulação estĂĄ com os titulares das vagasâ€?. Membro do Movimento contra a Corrupção em Rio /DUJR $OH[ *RPHV FRQĂ€Umou que o caos administrativo segue em Rio Largo. Ele retrata uma situação, no mĂ­nimo, inusitada. “A cidade praticamente parou. O comĂŠrio, a prefeitura, a Câmara, estabelecimentos, tudo estĂĄ parado. AtĂŠ nas repartiçþes pĂşblicas, servidores temem serem levados pela PolĂ­cia. EstĂŁo paralizando tudo. AtĂŠ fornecedores em geral da cidade estĂŁo apreessivos diante dessa situação de incerteza, sem vereadores e sem prefeitoâ€?, narrou Alex. HABEAS CORPUS

Jå estå protocolado no Superior Tribunal de Justiça (STJ) o pedido de habeas corpus (HC de número 243194) proposto pela defesa do prefeito Toninho Lins - sem partido. O advogado de defesa do gestor, JosÊ Fragoso, deu entrada na tarde de ontem no pedido de soltura de Toninho, para que ele possa responder o processo em liberdade. O prefeito de Rio Largo estå preso na Academia da Polícia Militar, no bairro do Trapiche da Barra. Em regra, o pedido de habeas corpus dever tramitar no STJ aproximadamente entre três ou atÊ 15 dias, logicamente, varia segundo o número de processos que o relator do caso aprecie. Toninho Lins Ê apontado pelo processo judicial - que inclusive foi publicado ontem no Diårio Eletrônico da SANDRO LIMA

Alguns moradores do Loteamento Bosque das BromÊlias (Serraria) estão decepcionados com a Vigilância Sanitåria de Maceió. Foram oito denúnFLDVDRORQJRGRV~OWLPRVFLQFRPHVHVSDUDTXHRV¿VFDLVGRUHIHULGR órgão fossem no Loteamento coibir uma moradora, que teria deixado sua fossa estourada, comprometendo a saúde da vizinhança, sobretudo com casos de dengue. Cansados de esperar, os denunciantes resolveram resolver a questão na base do diålogo, e a moradora começou a solucionar o problema.

Estrelas Acontece hoje na casa de shows Vox Room, no bairro de JaraguĂĄ na capital alagoana a abertura dos festejos juninos quando estarĂŁo dividindo RPHVPRSDODFRDVEDQGDV*DURWD6DIDGD0DJQLÂżFRV.DULVPDH)RUUy Absoluto. A festa ĂŠ denominada de “Encontro de Estrelasâ€? e tem a assinatura do empresĂĄrio Raul Peixoto.

PerdĂŁo, Mister Fiel

Tudo junto O deputado Renan Filho (PMDB) apresentou um Projeto de Lei que LQFOXLQDVUHJUDVGDSXEOLFLGDGHR¿FLDODREULJDWRULHGDGHGHPHQFLRQDUD parceria com estados e municípios, quando houver. Dessa forma, atos, programas, obras, serviços e campanhas dos órgãos públicos realizados conjuntamente com estados e municípios serão divulgados tanto com as PDUFDVR¿FLDVGR*RYHUQR)HGHUDOTXDQWRFRPDTXHODVGRVHVWDGRVH municípios envolvidos.

Um desses 0DUFDGRSDUDHVVH¿QDOGHVHPDQDRDQ~QFLRR¿FLDOGRSUHIHLWR3DOPHU\ Neto – presidente da Associação dos Municipios Alagoanos – de quem serå o seu sucessor na cidade de Cajueiro. O nome do abençoado que HQIUHQWDUiDH[GHSXWDGD/XFLOD7ROHGR¿FDUiHQWUH0DUFRV&RQVWUXomR (atual vice-prefeito), ZÊ Carlos do PT ou Jorge Cavalcante (ex-secretårio de educação), a decisão serå após pesquisa de intenção de voto.

Divididos Dona de três cadeiras no parlamento pilarense a família Omena deverå marchar dividida nas eleiçþes de outubro, os que detêm o mandato eletivo – Luiz Carlos, Afrânio e Gilmar – subirão no palanque de Renatinho Resende (PSDB), jå a outra parte do clã seguirå com o peemedebista Carlos Alberto Canuto. O clima eleitoral jå toma conta das ruas na terra do bagre, e para quem conhece bem como funciona o sistema por lå sabe que saborear uma peixada de costas para a rua Ê tão perigoso quanto se engasgar com a espinha do peixe.

Profundo Muitos sentiram a força da desembargadora Elisabeth Carvalho quando GDDSUHVHQWDomRGRUHODWyULR¿QDOTXHJDUDQWLDTXHDYDJDGH&RQVHOKHLUR do Tribunal de Contas do Estado deverå ser ocupada pelo MinistÊrio Público de Contas. Houve tanta fundamentação no relatório que muitos – GHQWURGRSUySULR7-¿FDUDPLPSUHVVLRQDGRVFRPDSRVWXUDGDPDJLVtrada, pois quem conhece sabe que muitas de suas decisþes mesmo que embasadas não surtiam tanto efeito.

22 DE MAIO

Camelo propþe Dia da Gentileza A sessão ordinåria do dia de ontem, 24, da Câmara Municipal de Maceió, de fato não foi daquelas acaloradas como Ê de costume no parlamento. PorÊm, chamou a atenção o projeto proposto pelo vereador Silvio Camelo (PV), líder do prefeito Cícero Almeida (PP) na Casa. Entre debates a respeito da transferências dos pescadores do bairro de Jaraguå, dos cuidados extras com a chegada das chuvas na capital, Camelo propôs a criação do Dia da Gentileza, dia 22 de maio.

REPRESENTAĂ‡ĂƒO

Palmeira ĂŠ o novo presidente do PP/MaceiĂł

IncompetĂŞncia

A Cinemateca Elinaldo Barros (Unidade de Educação, Comunicação e Serviço Social do Cesmac – antigo ColĂŠgio Guido) exibirĂĄ hoje a noite o documentĂĄrio longa metragem “PerdĂŁo, Mister Fielâ€?, do cineasta e jornalista alagoano, Jorge Oliveira. A iniciativa ĂŠ do curso de Comunicação Social do Centro UniversitĂĄrio Cesmac. O inĂ­cio da sessĂŁo estĂĄ marcada para as 19h e ĂŠ aberto ao pĂşblico. A iniciativa conta, ainda, com a presença do diretor Jorge Oliveira.

Justiça - como peça chave de um esquema que desapropriou um terreno da Usina Utinga Leão, destinado a construção de um conjunto residencial para as famílias atingidas pela enchente que devastou a cidade em junho de 2010. Lins estå sendo acusado de apropriação de bens ou renda pública em proveito próprio ou alheio, alienação de bem público, falsidade ideológica, dispensa ilegal de licitação e formação de quadrilha. Ele se apresentou espontaneamente ao desembargador Otåvio Praxedes na terça-feira, dia 22, quando recebeu voz de prisão. Mesmo preso, Toninho Lins segue como prefeito da cidade e no comando, jå que Lei Orgânica municipal só prevê a assunção da vice-prefeita Fåtima Correa, após 15 dias do cargo vago.

Pelo menos parte dos cheques apreendidos pela Operação Espectro foram descontados em banco

HAROLDO LUCCA

Delegado acusado de trocar cheques de operação Ê solto NIGEL SANTANA REPÓRTER

O desembargador Orlando Cavalcanti Manso concedeu um habeas corpus após o pedido da defesa do delegado Haroldo Lucca. O então titular da Delegacia de Combate aos Crimes contra Ordem Tributåria e Administração Pública (Decotap) estava preso desde o início do mês de maio, suspeito de ter descontado os cheques apreendidos na Operação Espectro, no valor de R$ 960 mil. 4XHP FRQÀUPD D LQIRUmação Ê o advogado de Lucca, Fernando Maciel. Para ele, o delegado nunca se mostrou contrårio às investigaçþes, o que não representa perigo para a condução do caso. O habeas corpus foi im-

petrado hå uma semana, e a defesa estava apenas no aguardo da informação no Tribunal de Justiça de Alagoas. A pedido da diretora da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), Ana Luiza Nogueira, o delegado Haroldo Lucca tinha sido afastado do comando das investigaçþes da Operação Espectro, que desbaratou um esquema que fraudava licitaçþes na pasta da Defesa Social Estadual. A prisão, desta forma, foi decretada pela 17ª Vara Criminal da Capital. Haroldo Lucca foi indiciado por peculato e formação de quadrilha. De acordo com o delegado Mårio Jorge Marinho, que tambÊm participa da investigação, a prisão foi solicitada

porque o delegado ĂŠ o principal responsĂĄvel pelos lotes. “Sabemos que alguĂŠm tentou descontar R$ 120 mil, mas nĂŁo conseguiu porque alguns cheques foram sustados ou estavam sem fundoâ€?, conta. Seguem presos envolvidos tambĂŠm na suposta operação de troca dos cheques MĂĄrcio MagalhĂŁes Costa, CĂĄssio Felipe Moura de MagalhĂŁes, alĂŠm de Marcos Gomes Pontes de Miranda. De acordo com as imagens obtidas pela PolĂ­cia Civil, Marcos Gomes foi atĂŠ o apartamento do delegado, onde teria recebido os cheques apreendidos. No dia seguinte, Gomes e CĂĄssio Felipe vĂŁo a uma agĂŞncia bancĂĄria, e efetuam o depĂłsito dos cheques, na conta de MĂĄrcio de MagalhĂŁes,

O presidente estadual do PP, senador Benedito de /LUDYHUHDGRUHVHGHPDLVÀliados do partido se reúnem, nesta sexta-feira (25), para GHÀQLURQRYR'LUHWyULR0Xnicipal de Maceió e discutir as eleiçþes 2012. Com uma plataforma voltada para a boa gestão, promoção do desenvolvimento econômico, proteção da família e qualidade de vida dos cidadãos, o PP cresceu em números nos últimos pleitos: elegeu um número maior de prefeitos, vereadores e tambÊm conquistou um PDLRUQ~PHURGHÀOLDGRV Hoje Ê representado por seis vereadores na capital alagoana: Oscar de Melo, Chico Holanda, Carlos Ronalsa, Fåtima Santiago, Davi Davino e Marcelo Palmeira – este último deverå ser conduzido à presidência do partido em Maceió e comandar as composiçþes políticas na capital, com vistas às eleiçþes de outubro. TambÊm elegeu Benedito de Lira para o Senado, com a marca de 906 mil votos. AlÊm da expressiva representação, o compromisso do PP se traduz em cada obra, recurso ou projeto destinado à melhoria da qualidade de vida do cidadão. Em 2011, 13 municípios foram EHQHÀFLDGRV FRP REUDV GH pavimentação de rodovias, asfalto nas ruas, drenagem e aterro graças a recursos assegurados pelo partido. A inclusão de Maceió no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Mobilidade Urbana, que garante recursos para a expansão do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), foi assegurada pela atuação do senador Benedito de Lira como articulador ente o governo de Alagoas e o MinistÊrio das Cidades. Nas próximas eleiçþes, o partido tambÊm promete marcar presença, lançando um número maior de candidatos. PRÉ-CANDIDATURA O secretårio de Estado da Assistência Social, Marcelo Palmeira, Ê vereador eleito em 2008, porÊm licenciado da Casa de Mårio Guimarães. Em uma reunião informal, a bancada de vereadores pepista apontou Palmeira como nome de consenso dentro do partido para disputar a sucessão do prefeito Cícero Almeida, que GHYHRÀFLDOL]DUVXDVDtGDGR partido em dezembro deste ano.


6

OPINIAO

TribunaIndependente

MACEIĂ“ - SEXTA-FEIRA, 25 DE MAIO DE 2012

OpiniĂŁo

Desemprego reduzido

A

taxa de desemprego em abril deste DQRĂ€FRXHPHpDPHQRUSDUDR PrVGHVGHRLQtFLRGDVpULHKLVWyULFD em 2002. O resultado indica estabilidade HPUHODomRDPDUoRTXDQGRRSHUFHQWXDO IRL(PDEULOGHDWD[DGHGHVHPSUHJRDWLQJLX2VGDGRVLQWHJUDP D3HVTXLVD0HQVDOGH(PSUHJR 30( GLvulgados ontem pelo Instituto Brasileiro GH*HRJUDĂ€DH(VWDWtVWLFD ,%*(  $30(pUHDOL]DGDQDVUHJL}HVPHWURSROLWDQDVGH5HFLIH6DOYDGRU%HOR+RUL]RQWH5LRGH-DQHLUR6mR3DXORH3RUWR $OHJUH$SRSXODomRRFXSDGDVRPRX PLOK}HVSDUDRFRQMXQWRGDVVHLVUHJL}HV VHPYDULDomRVLJQLĂ€FDWLYDIUHQWHDPDUoR1DFRPSDUDomRFRPDEULOGHIRL YHULĂ€FDGRDXPHQWRGHRTXHUHSUHVHQWRXXPDFUpVFLPRGHPLOSHVVRDV QHVVHFRQWLQJHQWHHPXPDQR-iRFRQtingente de desempregados foi estimado HP  PLOKmR GH SHVVRDV HP DEULO VR-

PDQGRDVVHLVUHJL}HV 2Q~PHURGHWUDEDOKDGRUHVFRP&DUWHLUDGH7UDEDOKRDVVLQDGDQRVHWRUSULYDGR HPDEULOGHVWHDQRIRLGHPLOK}HVQR DJUHJDGRGDVUHJL}HVSHVTXLVDGDV2UHVXOWDGR UHSUHVHQWD XP FUHVFLPHQWR GH  QD FRPSDUDomR FRP DEULO GH  R TXH UHSUHVHQWRXXPDGLFLRQDOGHPLOSRVWRV GH WUDEDOKR FRP FDUWHLUD DVVLQDGD QR período de um ano.  2 UHQGLPHQWR PpGLR UHDO GRV WUDEDOKDGRUHVHPDEULOGH5SDUDR FRQMXQWR GDV VHLV UHJL}HV FDLX  HP UHODomRDPDUoRGH1DFRPSDUDomR FRPDEULOGRDQRSDVVDGRHVVDHVWLPDWLYD DXPHQWRX A construção civil tem sido a mola propulsora de todo o processo de ampliação de vagas e diminuição do desemprego no país. As últimas medidas do governo federal pode contribuir ainda mais para um deFUpVFLPRPDLRUQRVSUy[LPRVPHVHV

RICARDO KOTSCHO Jornalista

CPI da Delta ou CPI da Veja? A revista Veja e seus aliados QDRSRVLomRHQDLPSUHQVDDEULJDGRV QR ,QVWLWXWR 0LOOHQLXP R FOXEH GRV EDU}HV GD LPSUHQVD PRQWDGR SDUD GHIHQGHU VXD SUySULD ´OLEHUGDGH GH H[SUHVVmR¾ TXHUHPSRUTXHTXHUHPWUDQVIRUPDU D &3, GR &DFKRHLUD QD &3, GD 'HOWD D HPSUHLWHLUD TXH WHP como seu maior cliente as obras do PAC do governo federal. 'HRXWURODGRVHWRUHVGR37H GDLPSUHQVDTXHQmRID]HPSDUWHGRFOXEHTXHUHPID]HUGD&3, GR&DFKRHLUDD&3,GD9HMDSDUD LQYHVWLJDU DV UHODo}HV GD UHYLVWD com o contraventor goiano reveODGDVSHOD2SHUDomR0RQWH&DUOR da Polícia Federal. 3RUTXHHQWmRQmRLQYHVWLJDU DR PHVPR WHPSR WDQWR D 'HOWD GH )HUQDQGR &DYHQGLVK FRPR D 9HMDGH5REHUWR&LYLWD"$ÀQDODV empresas de ambos aparecem nas LQYHVWLJDo}HVVREUHRFDSRGRFULPHRUJDQL]DGRTXHIH]SDUFHULDV QDVPDLVYDULDGDViUHDVGDSROtFLDDRMXGLFLiULRGDVHPSUHLWHLUDV jLPSUHQVDVHPSUHFRPDDMXGD GRVHXEUDoRSROtWLFRRTXDVHH[VHQDGRU'HPyVWHQHV7RUUHV -i HVWi PDLV GR TXH SURYDGR TXH DVVLP FRPR RV QHJyFLRV GH &DFKRHLUDFRPD'HOWDQmRVHOLPLWDYDP DR FHQWURRHVWH R DOYR GD &3, DV UHODo}HV GD HTXLSH do contraventor com o diretor de 9HMD HP %UDVtOLD 3ROLFDUSR -~QLRULDPPXLWRDOpPGRTXHKDbitualmente ocorre entre fonte e UHSyUWHU +DYLD LQWHUHVVHV FRPXQV R ´HPSUHViULRGHMRJRV¾XVDYDDUHvista para plantar notícias contra

TXHPSXGHVVHSUHMXGLFDUVHXVQHJyFLRVHRUHSyUWHUVHDSURYHLWDYD do aparato de arapongas de CaFKRHLUDSDUDID]HUVXDVPDWpULDV ´LQYHVWLJDWLYDV¾ FRQWUD PHPEURV GRJRYHUQRSHWLVWDRHWHUQRDOYR de Civita. 'RV GRLV ODGRV ERPEHLURV HQtraram logo em ação para limitar DVLQYHVWLJDo}HVHEOLQGDUJRYHUQDGRUHV SROtWLFRV HP JHUDO HPSUHViULRV H MRUQDOLVWDV ´9RFr p QRVVRHQyVVRPRVWHXV¾³FRPR HVFUHYHX 9DFFDUH]D R &kQGLGR SDUDRJRYHUQDGRU6pUJLR&DEUDO DTXHOH GD WXUPD GR JXDUGDQDSR ³pDIUDVHTXHPHOKRUUHVXPHR momento político do País. Apenas um mês depois de insWDODGDD&3,GR&DFKRHLUDFRPHoRXDID]HUiJXDHRVGRLVSURWDJRQLVWDV GR LQtFLR GD KLVWyULD R ´'RXWRU¾ H R ´3URIHVVRU¾ FRUUHP RULVFRGHYLUDUÀJXUDQWHVGHXP HVSHWiFXOR PDPEHPEH TXH DPHaça terminar antes mesmo de começar. &RPRGLVVHRPDUTXHWHLUR-RmR 6DQWDQDHPHQFRQWURGHFRPXQLFDomRGR37VHPDQDSDVVDGDHP 3RUWR $OHJUH ´SROtWLFD p WHDWUR PDV QmR ÀFomR¾ +i FRQWURYpUVLDV1HPRPDLVDOXFLQDGRÀFFLRQLVWD p YHUGDGH VHULD FDSD] GH FULDUXPDKLVWyULDWmRPLUDERODQte com personagens tão inverossíPHLVFRPRHVWHVTXHGHVÀODPQD FKDPDGD &3, GR &DFKRHLUD GLULJLGRV SRU DGYRJDGRV GD PHOKRU TXDOLGDGHTXHVyWUDEDOKDPSDUD FOLHQWHV LQRFHQWHV FRPR Mi GLVVH um deles. 4XHGLIHUHQoDID]DHVWDDOWXUD GR FDPSHRQDWR VH &DUOLQKRV

&DFKRHLUD YDL RX QmR VDLU GD FDGHLD SDUD FRPSDUHFHU j &3, QD WDUGHGHVWDWHUoDIHLUDVHYDLRX não abrir a boca? Depois de todos os crimes denunciados com proYDV QR LQTXpULWR GD 3ROtFLD )HGHUDO WDQWR R ´3URIHVVRU¾ FRPR VHX DPLJR ´'RXWRU¾ TXH DLQGD passeia como um fantasma pelo &RQJUHVVR1DFLRQDOTXHUHPDSHQDVJDQKDUWHPSRDSURYHLWDQGRVHGDVEUHFKDVGR&yGLJR3HQDO das prerrogativas constitucionais e dos regimentos da Câmara e do 6HQDGR Para ir mais fundo e revelar como funcionam as engrenagens GRSRGHUQR%UDVLORVLQWHUHVVHV TXH OLJDP SHUVRQDJHQV GH GLIHrentes setores da sociedade com o FULPH RUJDQL]DGR H TXDO R SDSHO GH FDGD XP GHOHV QHVWD KLVWyULD D&3,WHULDTXHDFDEDUFRPWRGDV DVEOLQGDJHQVFRQYRFDUTXHPWLYHUTXHVHUFRQYRFDGRSDUDSUHVWDU GHSRLPHQWRV H HQFDPLQKDU VXDV FRQFOXV}HV SDUD DV GHYLGDV SURYLGrQFLDVGR3RGHU-XGLFLiULR Quem ainda acredita nisso? Talvez esta desesperança esteja na raiz de um clima de mal estar JHQHUDOL]DGR XP VHQWLPHQWR GLIXVRTXHVHHVSDOKDHPGLIHUHQWHV DPELHQWHVQRPRPHQWRHPTXHR 67) VH SUHSDUD SDUD FRORFDU HP julgamento o processo do mensaOmRDLQà DomRHRGyODUVREHPR 3,% FDL D &RPLVVmR GD 9HUGDGH Mi FRPHoD GLYLGLGD H IDODQGR GHPDLVRVPLOLWDUHVYROWDQGRDRQRWLFLiULRDFULVHVHPÀPGD*UpFLD TXHDPHDoDOHYDURPXQGRMXQWR ³ H DLQGD WHP HVWD GDQDGD GD JULSHTXHQmRYDLHPERUD

RUBENS MĂ RIO Professor do Cesmac

O massacre dos meninos

LUIS NASSIF Jornalista

Liberalismo de jabuticaba +iDQRVSRUVHXDOFDQFHRVLVtema Globo tornou-se a principal LQà XrQFLD QD RSLQLmR S~EOLFD LQFOXVLYH HP TXHVW}HV HFRQ{PLFDV 79*ORER*ORERQHZV&%1MRUQDO 2*ORERSRUWDO*FRQVWLWXHPVH QDPDLVIRUPLGiYHOFDL[DGHLUUDGLDomRGHRSLQL}HVQRSDtV 3RU LVVR PHVPR p XP ERP ODERUDWyULRSDUDVHDQDOLVDUFRPRVH IRUPDPFRQVHQVRVHVSHFLDOPHQWH em temas ligados ao mercado e à economia. (PJHUDORGLVFXUVRDVVHQWDVH HP ERUG}HV GH IiFLO DVVLPLODomR TXH SHOD UHSHWLomR YXOJDUL]DPVH SRGHQGR VHU UHSHWLGRV WDQWR por executivos com pouca formaomR HFRQ{PLFD DWp HP SDSRV GH ERWHFR 3DUDGR[DOPHQWH HVVD EDnalização de conceitos responde SHOD H[WUHPD VXSHUÀFLDOLGDGH GD DQiOLVH H DR PHVPR WHPSR SRU VXDHQRUPHHÀFiFLD $WpDJRVWRGRDQRSDVVDGRHVVH discurso mercadista era facilitado SHOR VRÀVPD GD SULRULGDGH ~QLFD 7RGDV DV DQiOLVHV WLQKDP FRPR PRWH D LQà DomR -XVWLÀFDYDVH TXDOTXHU QtYHO GH WD[D GH MXURV SRUTXH HUD DQWLLQà DomR &ULWLFDYDVH TXDOTXHU UHGXomR GD 6HOLF SRUPtQLPDTXHIRVVHSRUDFLUUDU DLQà DomR 1mRKDYLDDPHQRUQHFHVVLGDGH GHSHQVDU%DL[RXDWD[DLPHGLDtamente rebimbava o coro anti-in-

à DomR $XPHQWRX HP SHUFHQWXDLV tQÀPRVJDVWRVVRFLDLVDFRUGDYDR coro contra a gastança. 4XDQGRHPÀQVGHDJRVWRSDVVDGR R %DQFR &HQWUDO UHGX]LX D 6HOLF H D LQà DomR FRQWLQXRX FDLQGR R GLVFXUVR GHVPRURQRX 6HULD SUHFLVRUHID]HURGLVFXUVRUHFULDU ERUG}HV(DtRVLVWHPDGHXWLOW 3RUH[HPSORDERDDQiOLVHHFRQ{PLFD VDEH TXH QmR p SRVVtYHO GHVHQYROYLPHQWR VXVWHQWiYHO VHP dois eixos bem azeitados: consumo e investimento. 3ULPHLUR WUDWDVH GH PRQWDU RPHUFDGRRLQWHUQRDWUDYpVGD DPSOLDomRGDEDVHGHFRQVXPRHR H[WHUQR DWUDYpV GH LQVWUXPHQWRV de apoio à exportação. 'DGR R PHUFDGR JDUDQWLU R LQYHVWLPHQWR DWUDYpV GH IHUUDPHQWDVÀVFDLVÀQDQFHLUDVHFDPELDLV Cria-se o mercado interno. (VWLPXODVH R LQYHVWLPHQWR QD produção. Amplia-se a capacidaGH SURGXWLYD GR SDtV JHUDPVH HPSUHJRVPDLVTXDOLÀFDGRVHSRU FRQVHJXLQWH PDLV FRQVXPLGRUHV completando o ciclo virtuoso do crescimento. 6HP R LQYHVWLPHQWR HVVH FUHVFLPHQWR VHUi DSURSULDGR SHOR SURGXWRLPSRUWDGRDWpROLPLWHGR estrangulamento externo. Não se FRPSOHWDULDRFLFOR0DVQmRVHLQveste sem dispor de um mercado de consumo em expansão.

1R HQWDQWR DQRV GH GHIHVD GH juros altos criaram um pensamento anti-crescimento irracional – TXHpUHSHWLGRGHFDERDFDERSRU WRGR DSDUDWR PLGLiWLFR GDV 2UJDQL]Do}HV*ORER 2QWHP DV PHGLGDV GH UHGXomR GR FXVWR GR Ă€QDQFLDPHQWR IRUDP WD[DGDVGHWHPHUiULDVSRULQGX]LU o consumidor ao “endividamento LUUHVSRQViYHOÂľ 2UD R GLVFXUVR HFRQ{PLFR GDV 2UJDQL]Do}HV p IXQGDPHQWDOPHQte neoliberal. É princĂ­pio elementar do liberalismo o pleno direito de opção ao FRQVXPLGRU DR LQYHVWLGRU j HPSUHVD$R(VWDGRFRPSHWHDSHQDV FULDU FRQGLo}HV DGHTXDGDV VHP pretender tutelar os agentes ecoQ{PLFRV 0DV QRVVRV OLEHUDLV GH DUDTXH MXOJDP TXH HP TXDOTXHU FLUFXQVWkQFLD FRQVXPLGRUHV HPSUHVDV PHUFDGR SUHFLDP VHU WXtelados. 1D KRUD GH FULDU R ERUGmR HVTXHFHVHROLYUHDUEtWULRGRFRQVXPLGRU DV IHUUDPHQWDV GH DQiOLVH GHFUpGLWRGRVEDQFRVRPRQLWRUDmento da inadimplĂŞncia pelo BanFR&HQWUDORIDWRGRĂ€QDQFLDPHQWRGHDXWRPyYHOVHUJDUDQWLGRSHOR SUySULR YHtFXOR DVSHFWRV WpFQLFRV e conceituais. (P:DOO6WUHHW²RQGHHVVHSHVVRDO VH HVSHOKD  VHULD PRWLYR GH FKDFRWD

FILIADO AO

Jorgraf UM PRODUTO:

Rua da Praia, 134 - sala 303 - centro - Maceió Alagoas Endereço Comercial: Av. Menino Marcelo - 10.440 - Serraria Maceió - Alagoas - CEP: 57.083.410 CNPJ: 08.951.056/0001 - 33

Cooperativa dos Jornalistas H*UiÂżFRVGRHVWDGRGHDODJRDV

 e LPSUHVVLRQDQWH D TXDQWLGDde de jovens exterminados todos RV GLDV HP QRVVR (VWDGR 1RV ÀQDLV GH VHPDQD XPD PpGLD GH GH] MRYHQV D PDLRULD PHQRU GH LGDGHVmRWUXFLGDGRVQDVUHJL}HV da nossa periferia social. Todos os crimes têm características de H[HFXomR VXPiULD SDUHFHPQRV YHUGDGHLURV DFHUWRV GH FRQWDV H WRGDV DV YtWLPDV D SULQFLSLR WLQKDP DOJXP HQYROYLPHQWR FRP GURJDV 1HVVDV UHJL}HV RQGH R (VWDGR PtQLPR VH DOKHLD FRYDUGHPHQWH DSHQDV VH ID] QRWDU SHODV LQVLJQLÀFDQWHV EROVDV TXH disfarçam e mascaram a absoluta PLVpULDDOpPGHYLFLDURFLGDGmR gêneses da terrível violência. 1DYHUGDGHMiHVWiEDVWDQWH FODUDQHVVHQRYRPXQGRTXHFUHVFHSDUDOHORDRUHDODH[LVWrQFLDGH XPWULEXQDOGH´MXVWLoD¾LQIRUPDO EHPPDLViJLOHULJRURVRTXHRIRUPDO  SHUWHQFHQWH DR (VWDGR /i as sentenças são determinadas VHP TXH RV GHVYDOLGRV UpXV  WHQKDPTXDLVTXHUFKDQFHVGHGHIHVDDVSHQDVGHPRUWHVmRRV~QLcos veredictos pronunciados por HVWH IXQHVWR ´WULEXQDO¾  2  PDLV LPSUHVVLRQDQWH p TXH DV H[HFXo}HV VmR SHUSHWUDGDV D TXDOTXHU KRUD GR GLD RX GD QRLWH H DSHVDU GD RXVDGLD  GRV H[HFXWRUHV QLQJXpP GDV FRPXQLGDGHV RXVD WHVWHPXQKDURVEiUEDURVDVVDVVLQDWRV²TXHPIDODUWDPEpPpWUXFLGDGR LQDSHODYHOPHQWH e LP-

PRESIDENTE Antonio Pereira Filho DIRETOR ADMINISTRATIVO FINANCEIRO: JosĂŠ Paulo Gabriel dos Santos Editor geral: Ricardo Castro

SRUWDQWH HVFODUHFHUPRV TXH HVVH JHQRFtGLRGRVMRYHQVGHOLQTXHQWHV GD QRVVD SHULIHULD VRFLDO FRPHoD bem antes das sentenças de morte determinadas pelos marginais detentores da droga. 0XLWRDQWHVGRDFLRQDPHQWR GRVJDWLOKRVDVVDVVLQRVR(VWDGR SOHQRFRPDQHJDomRGRVGLUHLWRV elementares aos cidadãos mais SREUHVEDQDOPHQWHHVWDEHOHFLGRV QD&RQVWLWXLomR)HGHUDOMiWLQKD LQLFLDGRWRGRRSURFHVVRGHDQLTXLODomRVRFLDOQHVVHQRYRHHVWUDQKR PXQGR TXH FUHVFH DYDVVDODGRUDPHQWH QDV UHJL}HV PDLV SDXSHUL]DGDV GR SDtV (VVH JHQRFtGLR DQWHULRU GLIHUH GR DWXDO QD PHGLGDHPTXHpH[HFXWDGRGHIRUPD PDLVOHQWDHSHQRVDWRUQDQGRVH GHVVDPDQHLUDGHVSHUFHELGRSRLV ÀFDEDVWDQWHGLVIDUoDGR O trucidamento da educação S~EOLFD EiVLFD p XP FULPH WmR EUXWDO H FRYDUGH TXDQWR RV SRVWHULRUHV SUDWLFDGRV SHORV WUDÀcantes da periferia social. É bem YHUGDGH TXH D ´HVPROD¾ VRFLDO RIHUHFLGDSHORJRYHUQRpDWUHODGD j IUHTXrQFLD GRV ÀOKRV j HVFROD 0DVTXHHVFROD"6HUiTXHRV´GRDGRUHV¾ WHULDP D FRUDJHP GH FRORFDURVVHXVDPDGRVÀOKRVQHVWD escola? e FODUR H HYLGHQWH TXH QmR 1HVVHV UHFLQWRV TXH HOHV DLQGD RXVDP FKDPDU GH HVFROD DV SREUHV FULDQoDV TXH FRQVHJXHP VREUHYLYHU QHODV VDHP GDV PHV-

PDVSUHFRFHPHQWHVHPVDEHUDR PHQRVOHURXHVFUHYHU$SUHQGHP DSHQDV R VXÀFLHQWH SDUD VH FRQVHJXLUHP FKHJDU j LGDGH DGXOWD tirar um titulo de eleitor e continuar o inconveniente processo. e LQFULYHOPHQWH LQFRPSUHHQVtYHO FRPR DLQGD QmR FRQVHJXLPRV RX QmR TXHUHPRV FRQVHJXLU atrelar essa absurda violência HP IRUPD GH DVVDVVLQDWRV j RXtra relacionada à destruição da HVFROD S~EOLFD EiVLFD 0HVPR VH R (VWDGR FRQVHJXLVVH SUDWLFDU D UHSUHVVmR DGHTXDGDPHQWH HVVH QmRVHULDRFDPLQKRFRUUHWR$GHPDLVVySRGHPRVUHSULPLUVHQmR FRQVHJXLUPRV SUHYHQLU 1HQKXP país do mundo conseguiu o seu GHVHQYROYLPHQWRSOHQRVHPSULRrizar a sua educação. Todos esses WHUUtYHLV SUREOHPDV TXH QyV HQIUHQWDPRV j H[HPSOR GD FRUUXSomR VLVWrPLFD  VmR GHULYDGRV GD falta de educação do povo. 6H´GHVYLiVVHPRV¾RVELOK}HV de reais anuais do bolsa família SDUD LQYHVWLPHQWRV ÀVFDOL]DGRV SHOD VRFLHGDGH QD FRQVWUXomR GH HVFRODV YHUGDGHLUDV HP WHPSR LQWHJUDO LQFOXVLYH QR WXUQR QRWXUQRFRPDLQFOXVmRGRVSDLVHP FXUVRV SURÀVVLRQDOL]DQWHV FRP FHUWH]DGLPLQXLUtDPRVDPLVpULD e minimizaríamos a violência. Não temos outra saída: ou eduFDPRVDVQRVVDVFULDQoDVRXFRQtinuaremos à assistir o massacre dos nossos meninos.

Nosso noticiĂĄrio nacional ĂŠ fornecido pelas agĂŞncias: AgĂŞncia Folha e AGĂŞncia Nordeste PABX: 82.3311.1338 COMERCIAL: 82.3311.1330 - 3311. 1331 REDAĂ‡ĂƒO: 82.3311.1328 - 3311.1329 CENTRAL DE ASSINANTE: 82.3311.1308 - 3311.1309 comercial.tribunaindependente@gmail.com redação.tribunaindependente@gmail.com

ricardocastro@tribuna-al.com.br

DIRETORA COMERCIAL: Marilene Canuto

OS ARTIGOS ASSINADOS SĂƒO DE RESPONSABILIDADE DOS SEUS AUTORES. NĂƒO REPRESENTANDO, NECESSARIAMENTE, A OPĂ?NIĂƒO DESTE JORNAL.


TribunaIndependente

0$&(,Ă?6(;7$)(,5$'(0$,2'(

Brasil

BRASIL

7

PelĂŠ faz visita a Lula em SĂŁo Paulo e o presenteia com livro do Santos 2H[SUHVLGHQWH Luiz InĂĄcio Lula da SilvaUHFHEHXQDWDUGH GHVWDTXLQWDIHLUDDYLVLWDGHEdson Arantes do NascimentR o PelĂŠQDVHGHGR,QVWLWXWR/XODHP6mR3DXOR2HQFRQWUR DFRQWHFHXXPGLDGHSRLVGDFODVVLÂżFDomRGR&RULQWKLDQVWLPH GRTXDO/XODpWRUFHGRUQD&RSD/LEHUWDGRUHVGD$PpULFD3HOp SUHVHQWHRXRH[SUHVLGHQWHFRPXPOLYURVREUHRFHQWHQiULR GR6DQWRV)XWHERO&OXEH2WLPHGD9LODSRGHVHURSUy[LPR DGYHUViULRGR&RULQWKLDQVQDFRPSHWLomR

ComissĂŁo do Senado aprova uniĂŁo gay 3URMHWRGHÂżQHFRPRHQWLGDGHIDPLOLDUDXQLmRHVWiYHOHQWUHGXDVSHVVRDVFRQÂżJXUDGDQDFRQYLYrQFLDS~EOLFD

O

CĂłdigo Civil brasileiro poderĂĄ passar a reconhecer a legalidade da uniĂŁo estĂĄvel entre casais homossexuais. A ComissĂŁo de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) aprovou, nesta quinta-feira (24), projeto de lei (PLS 612/2011), da senadora Marta Suplicy (PT-SP), TXHGHĂ€QHFRPRHQWLGDGHIDmiliar “a uniĂŁo estĂĄvel entre GXDVSHVVRDVFRQĂ€JXUDGDQD convivĂŞncia pĂşblica, contĂ­nua e duradoura e estabelecida com o objetivo de constituição de famĂ­liaâ€?. A inovação legal estĂĄ no Ă€P GD H[LJrQFLD GH TXH D relação seja estabelecida entre homem e mulher, como estipula hoje o artigo 1.723 do CĂłdigo Civil. A senado-

ra Lídice da Mata (PSB-BA) apresentou parecer favoråvel à matÊria, que segue, agora, para votação em decisão terminativa na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ). Se aprovada nesta última comissão e não houver recurso para exame pelo Plenårio, a matÊria poderå seguir para anålise da Câmara dos Deputados. Segundo explicou Marta Suplicy, seu projeto apenas leva para o Código Civil decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o assunto. Julgamento dessa Corte proibiu qualquer interpretação do artigo 1.723 do Código Civil que impeça o reconhecimento da união contínua, pública e duradoura entre pessoas do mesmo

IVULGAĂ‡ĂƒO

sexo como entidade familiar. - Eu sinto que foi uma coisa histórica [a aprovação do PLS 612/2011 na CDH], porque o Congresso Nacional nunca aprovou nada para os homossexuais. O meu projeto [PL 1151/1995] que trata da parceria civil, muito aquÊm do que aprovamos hoje na CDH, estå na Câmara hå 16 anos e nunca foi votado. E o projeto que combate a homofobia [PLC 122/06] tambÊm estå hå muito tempo aqui no Senado – comentou Marta. Lídice da Mata tambÊm reconheceu a capacidade do 3/6GH´ÀQDOPHQWH retirar o Poder Legislativo da inÊrcia em que se encontra em matÊria de proteção jurídica aos casais formados por pessoas do mesmo sexo�. Projeto sobre união entre pessoas do mesmo sexo foi aprovado na CDH

CRIME ORGANIZADO

STF suspende ação da OAB contra lei que criou 17ª Vara O Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu ontem a anålise da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI 4414) proposta pelo Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) contra a Lei

6.806/2007, do Estado de Alagoas, que criou uma vara especializada em crime organizado. A lei criou a 17ª Vara Criminal da Capital, com competência exclusiva para processar e julgar delitos praticados por organizaçþes

criminosas dentro do territĂłrio alagoano. No julgamento, RV PLQLVWURV GHĂ€QLUDP DSHnas a aplicação de interpretação conforme a Constituição Federal ao artigo 1Âş da lei. Nesse ponto, retiraram o termo “crime organizadoâ€?

desse artigo. De acordo com o entendimento da maioria, a OHLHVWDGXDOGHĂ€QLXXPFRQceito de crime organizado, o que sĂł poderia ter sido feito por meio de uma lei federal. O relator do caso, ministro Luiz Fux, destacou, an-

tes de votar, que todo segmento jurídico em Alagoas defende que a eventual extinção da 17ª Vara Criminal favoreceria o crime organizado, uma vez que a atuação dessa vara coibiu os crimes de sequestro.

ADIB JATENE

Cardiologista tem infarto e Ê internado O mÊdico e ex-ministro da Saúde Adib Jatene foi internado no Hospital do Coração de São Paulo (HCor), após sofrer um infarto anteontem. De acordo com boletim mÊdico, Jatene sentiu dores no peito pela manhã e precisou passar por um cateterismo. O HCor, do qual Jatene Ê diretor-geral, informou que o cardiologista SDVVDEHPHGHYHÀFDUHPREservação na unidade coronåria do centro de saúde. Adib Jatene, 82 anos, nasceu em Xapuri, no Acre, e Ê considerado um dos cirurgiþes cardíacos mais importantes do País. Foi ministro da Saúde nos governos de Fernando Collor de Mello (PTB) e de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), e Ê conhecido por ser o idealizador da Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira (CPMF), o imposto da saúde. O tributo incidia sobre as movimentaçþes bancårias e sua arrecadação era destinada para a årea da saúde.


8

PUBLICIDADE

MACEIÓ - SEXTA-FEIRA, 25 DE MAIO DE 2012

TribunaIndependente


TribunaIndependente

MACEIÓ - SEXTA-FEIRA, 25 DE MAIO DE 2012

Cidades

CIDADES

9

Polícia prende três no Benedito Bentes logo após roubo de veículo em Guaxuma Uma ação conjunta do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e do 5º Batalhão da Polícia Militar resultou na prisão de três homens acusados de roubar um carro no bairro de Guaxuma ontem à tarde. Os suspeitos teriam roubado um Eco Sport, placa NLY-2725, de Gedian Rodrigues. Os policiais foram informados do roubo e após rondas localizaram o carro na Avenida Cachoeira do Meirim, no Benedito Bentes. Ronaldo Cavalcante Silva Filho, 21 anos, Felipe Patrick Lima, 20 anos, e José Elielson da Silva, 20 anos, foram presos com dois revólveres calibre 38. Eles foram conduzidos, junto com o material apreendido, para a Central de Polícia Civil.

Sequestro e morte de taxista ainda é mistério para polícia

MAIS.AL

Jovem Handerson Thiago, de 21 anos, foi obrigado a tirar toda a roupa antes de ser executado com quatro tiros ANDREZZA TAVARES BRENO AIRAN REPÓRTERES

A

morte de um jovem taxista sequestrado na madrugada de ontem ainda é um mistério para a Polícia Civil. Handerson Thiago Martins Souza, de 21 anos, foi sequestrado junto com a namorada em Rio Largo, na Grande Maceió, e assassinado num canavial no município de Pilar. Ele tinha apenas R$ 20 na carteira, mas a linha de latrocínio não é a única que deve ser seguida na investigação. A namorada do taxista, também sequestrada, presenciou tudo, mas teve a vida preservada. Na noite do crime, o taxista e a namorada esta-

vam na porta da casa dela, em Rio Largo, quando foram abordados por homens armados, que abandonaram um veículo roubado na capital alagoana e decidiram levar o carro que Handerson usava para trabalhar, um Golf branco, de placa NMI–4117/AL. Na ocasião, o casal foi forçado a entrar no táxi, sendo levados para um canavial, em Pilar. No canavial, os bandidos pediram dinheiro para o taxista, que respondeu ter apenas R$ 20, o preço da sua vida. De acordo com informações da polícia, segundo a namorada os meliantes teriam ficado irritados, pensando que o apurado do dia tinha sido melhor e o obrigaram a tirar toda a roupa e ficar

desnudo, além de ajoelhar-se fora do veículo. Aquela cena, deixou a namorada em estado de choque. A jovem universitária, de 23 anos, que não teve o nome revelado por ser testemunha-chave, assistiu a tudo. A namorada foi abandonada no meio do canavial e teve que caminhar até a rodovia BR-417 para pedir ajuda. A jovem ficou em estado de choque. Os bandidos executaram o taxista com quatro tiros, a maioria na cabeça. O delegado de Pilar, Josias de Lima, não deve ficar com o caso, mas ele recebeu os primeiros levantamentos e afirmou estranhar o fato de os bandidos terem preservado a vida da jovem, que testemunhou tudo.

Corpo do taxista sequestrado em Rio Largo foi encontrado em um canavial no município de Pilar

SEÇÃO ANTISSEQUESTRO

Deic ficará responsável por investigação O sequestro seguido de morte do taxista Handerson Thiago, 21 anos, será investigado pela Seção Antissequestro, da Divisão Especial de Investigações e Capturas (Deic), da Polícia Civil. A decisão foi tomada em conjunto pela diretora da Deic, a delegada Ana Luiza Nogueira, e o diretor geral da Polícia Civil, delegado José Edson Freitas, em reunião na manhã de ontem.

O titular da seção, delegado Francisco Amorim Terceiro, é quem deve comandar as investigações. A reportagem da Tribuna Independente tentou, por várias vezes, contato com o delegado responsável pelo inquérito, mas não obteve êxito. COMUNICAÇÃO O delegado de Pilar, Josias de Lima, contou saber através da imprensa que seria a Deic que investigaria o crime ocorrido na ma-

drugada de ontem. “Recebi os primeiros levantamentos da Central de Polícia, mas soube pela imprensa que a Deic é quem vai investigar o caso”, revela o delegado. Josias de Lima informou que ia entrar em contato com a Direção Geral da Polícia Civil para confirmar a informação, mas adiantou que uma das primeiras pessoas a serem ouvidas é a tetemunha-chave do crime, a namorada do taxista. (A.T./B.A.)


10

PUBLICIDADE

MACEIÓ - SEXTA-FEIRA, 25 DE MAIO DE 2012

TribunaIndependente


TribunaIndependente

AĂ?LTON VILLANOVA ailton.villanova@gmail.com

MACEIĂ“ - SEXTA-FEIRA, 25 DE MAIO DE 2012

CIDADES

11

Raphael Lima ĂŠ acusado de tentativa de estupro $GYRJDGRGRVXVSHLWRGHUDSWDUHPDWDUPHQLQDVHP&RUXULSHFRQÂżUPDGHQ~QFLD DANIEL MAIA REPĂ“RTER

R TambĂŠm, com uma cara dessas...!

D

outor Leobino HipocĂ´ndrio foi um mĂŠdico competente, que viveu no Farol. Falecido hĂĄ mais de 50 anos, tinha um consultĂłrio no centro da cidade, destinado Ă  chamada “Classe Aâ€? e atendia Ă  plebe no ambulatĂłrio da antiga “SaĂşde PĂşblicaâ€? – atualmente 1° Centro de SaĂşde da Capital – que ainda hoje funciona na Praça de Nossa Senhora das Graças, bairro da Levada. Dizem os do seu tempo, que doutor Leobino, independentemente de ser um craque na medicina preventiva, era chato pra caramba! Estava sempre de mau humor. Jamais alguĂŠm o viu esboçar o mais leve sorriso. Certo dia, encontrava-se o ilustre esculĂĄpio bem Ă  vontade no ambulatĂłrio da SaĂşde PĂşblica quando bateu lĂĄ o pedreiro conhecido como Tonho NenĂŠm, figura popularĂ­ssima e simpĂĄtica, cuja residĂŞncia ficava na Ponta Grossa. SĂł que sua cara nĂŁo ajudava em nada. Mas ele se achava bonito e irresistĂ­vel. - Doutor! – disse ele – Estou com um problema muito sĂŠrio, aqui no estĂ´mago! É um negĂłcio que sobe, depois desce, depois sobe de novo e depois desce... - Espere aĂ­! – disse o mĂŠdico. – Deite naquela mesa, que eu vou examinĂĄ-lo direitinho. O paciente obedeceu, o doutor procedeu conforme manda a medicina e, em seguida, rabiscou alguma coisa no receituĂĄrio, recomendando: - Tome esses comprimidos de 8 em 8 horas... - E o que ĂŠ que eu tenho, doutor? – perguntou, aflito, o paciente. - Besteira. É sĂł um “pumâ€? indeciso! - E que diabo ĂŠ isso de “pum indecisoâ€?, doutor? Nunca ouvi falar nessa doença! - E nĂŁo ĂŠ doença mesmo. O problema ĂŠ que, com essa cara de fiofĂł que vocĂŞ tem, o “pumâ€? fica na dĂşvida. NĂŁo sabe se sobe ou desce!

aphael Lima Oliveira, um dos suspeitos de ter participação no sumiço e morte de Eduarda Santos e Cínthia da Silva Santos, ambas de 15 anos, Ê acusado de ter tentado estuprar uma mulher em um motel, no dia 22 de novembro de 2011. A Tribuna Independente teve acesso aos depoimentos da vítima feitos no 89º Distrito Policial em Coruripe no dia 31 de janeiro de 2012. A identidade da mulher foi preservada. Na Êpoca, ela não quis realizar um Boletim de Ocorrência, temendo exposição pelo fato

de ser evangĂŠlica e casada. Mas agora, M.S., que tem 29 anos, se transforma em peça chave das investigaçþes. O prĂłprio advogado de Raphael, Leonardo de Moraes, confirma a acusação e diz que ela jĂĄ pode ter sido interrogada. “Ela nĂŁo quis depor. Ela sĂł falarĂĄ por conta de uma pressĂŁo da polĂ­ciaâ€?, prevĂŞ. Nas declaraçþes, que nĂŁo estĂŁo em segredo de Justiça, consta que M.S. trabalhava na praia do Gunga e, no dia do fato, se encontrava na rua para pegar um transporte para o trabalho. Como conhecia Raphael de vista, M.S. aceitou a carona dele, que seguia para MaceiĂł, para o Gunga. A mulher infor-

mou que, no percusso, Raphael conduziu o veículo em direção ao Vip Motel, onde tentou estuprå-la. O proprietårio do motel, Gerson James dos Santos, que depôs no dia 16 de janeiro, declarou que ouviu um grito de socorro num dos quartos do motel no momento em que iria verificar um defeito no interfone. Quando chegou ao quarto, Gerson diz ter se deparado com Raphael, com ânimo alterado, sem camisa e portando uma pistola de calibre 380 milímetros. Enquanto isso, M.S. estaria em estado de pavor. Na ocasião, Gerson disse ter lembrado que Ra-

REPRODUĂ‡ĂƒO / ARQUIVO PESSOAL

phael acusou a mulher de ter roubado a sua carteira e o celular, mas o proprietĂĄrio se deu conta de que os objetos pessoais estavam dentro do PĂĄlio do acusado. ApĂłs a situação ser contornada, Gerson teria pedido a Raphael que se retirasse do local e prestasse contas com a gerente. JĂĄ o advogado Leonardo de Moraes afirma que Gerson James e Raphael sĂŁo inimigos polĂ­ticos e que os depoimentos de um desafeto nĂŁo podem ter relevância nas investigaçþes. “O proprietĂĄrio do motel ĂŠ secretĂĄrio em Coruripe e Raphael fez crĂ­ticas Ă  sua administraçãoâ€?, assegurou o advogado. ADAILSON CALHEIROS

Enterro mensal Faz um tempĂŁo que o Arinaldo Tertuliano saiu do interior de Alagoas com DLGHLDÂż[DGHYHQFHUHP6mR3DXOR6HX VRQKRHUDVHUPHWDO~UJLFRFRPRRGRXWRU Lula. Conseguiu! Ainda hoje ĂŠ funcionĂĄrio de uma das maiores montadoras de veĂ­culos da AmĂŠrica Latina, situada em SĂŁo Bernardo do Campo. Certo dia, encontrava-se Arinaldo operando o seu torno mecânico quando avisaram que havia um telefonema pra ele, oriundo de MaceiĂł. Com o coração aos pinotes, correu para atender. Ao dizer o tradicional “alĂ´â€?, escutou o seu irmĂŁo Genebaldo sapecar: - Ari, o pai morreu! Muito abalado e impossibilitado de comparecer ao enterro do velho, o me-

WDO~UJLFRRULHQWRXRLUPmRTXHFXLGDVVH direitinho do funeral e depois lhe mandasse a conta. E assim foi feito. A primeira conta chegou às mãos do Arinaldo quinze dias depois do sepultamento do pai. Arinaldo mandou um cheque. Só que, a partir dali, nos meses seguintes ele não parou de receber um novo dÊbito com o mesmo valor. Aí, ele invocou-se e ligou pro irmão: - Ô GÊo, que funeråria de ladrão Ê essa que você arrumou, rapaz? Todos os meses ela manda a mesma conta! O que estå havendo? O irmão esclareceu: - Sabe o que Ê, Ari? É que quando a gente foi enterrar o pai, o pobrezinho não tinha terno. Aí, o jeito foi alugar um...!

Passageiro vivaldino se deu mal! O mecânico AglimÊrio Sena saiu de Campo Alegre (onde morava e trabalhava) com destino a São Miguel dos Campos, para receber o pagamento de um conserto que havia feito no carro de um certo Filermon, funcionårio da Usina CaetÊ. Pegou a grana com o cara e na viagem de volta subiu num ônibus que fazia a linha Arapiraca/via-Campo Alegre/São Miguel. Acontece que, por engano ou må-fÊ do cara do guichê, foram vendidas duas passagens para um mesmo assento, justo aquele que foi ocupado pelo AglimÊrio. Então, estava ele bem sentado, aguardando a saída do coletivo, quando um matutão cutucou no seu ombro: - Esse lugå Ê meu! Vô p’ras Arapiraca! AglimÊrio retrucou: - O senhor deve estar enganado! O lugar Ê meu! 1mRVLQK{ePHX�LHDTXLRQ~PEURGDSDVViJH 5HSDUHWDPEpPDPLQKDe¹UHEDWHXRPHFkQLFR (DJRUD&XPDpTXLIiLV"¹LQGDJRXRPDWXWmRFRoDQGRDFDEHoD Dando uma de vivo, o mecânico pegou a palavra de volta e sugeriu: - Vamos fazer o seguinte... quando o ônibus chegar em Campo Alegre, serå a sua vez de sentar, tå certo assim? O matuto acatou a ideia. Muito à vontade, AglimÊrio aproveitou para dar uma bela cochilhada e só acordou quando o coletivo parou em Campo Alegre. -iFKHJXrPR¹DYLVRXRPDWXWRGDQGRQRYRFXWXFmRQRPHFkQLFR $JOLPpULROHYDQWRXVHFHGHXRVHXOXJDUDRFDUDHTXDQGRVDtDGH¿QLQKRUHVROveu tirar uma chinfra: - Tchau, otårio! Era aqui mesmo que eu tinha que descer! Rå, rå, rå! AglimÊrio desceu mais råpido do que imaginara, devido à violentíssima porrada que tomou no pÊ do ouvido, porrada esta desferida pelo matutão. O mecânico passou voando pela janela e foi estatelar-se no meio do asfalto.

Ele não podia desistir! Fim da linha da Chã de Bebedouro. O ônibus estava parado no derradeiro ponto, quando, para alívio de mais de duzentos passageiros apertados e impacientes, ele partiu ladeira abaixo. Um sujeito começou a correr atrås desesperadamente. Um senhor que

HVWDYDQD~OWLPDMDQHODGRFROHWLYR gritou pro cara: - Esquece, rapaz! Você não vai conseguir alcançar este ônibus nunca! E o cara, ofegante: - Eu não posso desistir! Sou o motorista!

Raphael Lima e Darlan Silva terĂŁo pedidos de soltura analisados

Apenas 67,41% da população alvo da campanha se vacinaram

CORURIPE

ABAIXO DA META

Comissão investiga duplo homicídio de adolescentes Uma comissão de delegados foi criada para investigar o duplo homicídio das meninas Eduarda dos Santos e Cínthia da Silva Santos, ambas encontradas mortas no último såbado em uma mata da Usina Guaxuma, localizada no município de Coruripe. A informação foi passada ontem pela assessoria de comunicação da Polícia Civil. Os delegados que compþem a equipe são: JosÊ Carlos Sales, que jå atua no caso pela Delegacia Regional de Coruripe; Thomaz Acyoli Wanderley, do município de Feliz Deserto; e Rubem Natårio, da Delegacia Regional de Penedo. O último irå presidir o inquÊrito. A formação da comissão serå respaldada com a publi-

cação de uma portaria no DiĂĄrio Oficial do Estado, proveniente do delegado geral da PolĂ­cia Civil, JosĂŠ Edson de Freitas, na edição de hoje. DEFESAS O advogado Raimundo Palmeira, que defende Darlan Silva, acredita que o seu cliente ganharĂĄ liberdade ainda hoje, jĂĄ que o pedido de revogação da prisĂŁo temporĂĄria jĂĄ foi encaminhado ao juiz Alex SĂłstenes, da comarca de Coruripe. “O juiz sabe que a testemunha se contradisse e tambĂŠm conseguimos provar que o Darlan se encontrava em um mercadinho no dia do crimeâ€?, disse. O advogado de Raphael Lima, Leonardo de Moraes, realizou o mesmo procedimento e estĂĄ na expectativa da soltura do seu cliente.

MANHĂƒ CHUVOSA

Pra quando seria o suicĂ­dio?

Empresårio morre após colidir com caçamba

Brincadeira entre colegas quase resultou numa tragĂŠdia. IrresponsĂĄvel e gozador ao extremo, GenoĂ­ldo Fonseca achou de tirar uma onda SHVDGDFRPR0RDFLU)LUPLQRPRWRULVWDGDÂżUPDRQGHDPERVWUDEDOKDP$FRQWHFH que Firmino nĂŁo gostou da brincadeira e deu a maior engrossada. Graças ao chefe dos dois, EutĂ­quio Moreira, tudo terminou bem entre gargalhadas e com alguns goles de cerveja. Era um sĂĄbado como este, a turma da empresa Leal & Medeiros Ltda encontrava-se reunida num botequim prĂłximo, tomando umas e outras e jogando conversa fora quando o chegou o Firmino e falou, cheio de pose, sĂł pra se gabar: - Acabei de comprar uma “dozeâ€? zerada! É importada e tem capacidade para seis cartuchos! $t(XWtTXLR0RUHLUDTXHGHYLDWHUÂżFDGRFDODGRDFKRXGHLQWHUSHOiOR - Mas pra quĂŞ vocĂŞ quer uma espingarda 12, rapaz? VocĂŞ ĂŠ caçador? É policial, por acaso? - Claro que eu nĂŁo sou nada disso. Comprei a “mĂĄquinaâ€? sĂł pra matar corno! E o Fonseca, cuja lĂ­ngua ĂŠ mais venenosa do que lĂ­ngua de salamandra, entrou de sola, assim que o Firmino acabou de falar: - E vocĂŞ estĂĄ pretendendo se suicidar quando?

A manhã chuvosa de ontem registrada em boa parte de Alagoas pode ter sido o motivo do acidente que vitimou o empresårio Luiz Wilson Teixeira Lins, de 55 anos. Ele colidiu de frente com uma caçamba azul, de placa MVE-7206/AL, quando se dirigia para Viçosa. O fato ocorreu após a saída do Polo Cloroquímico na cidade de Pilar. No momento da colisão, chovia bastante, e seu veículo, um Sportage de cor vinho e placa MMK-1561/ $/¿FRXGHVWUXtGR/XL]:LOVRQIRLVRFRUULGRPDVPRUUHXDQWHVGH dar entrada no Hospital Geral do Estado (HGE).

Campanha de vacinação Ê prorrogada atÊ 1º de junho O MinistÊrio da Saúde prorrogou a 14ª Campanha de Vacinação contra Gripe em uma semana, atÊ o dia 1º de junho. A ampliação do prazo, que terminava hoje, possibilitarå que um número maior de pessoas se vacine e se proteja da doença. AtÊ ontem, 305.329 alagoanos tinham tomado a vacina, o que representa 67.41% do público-alvo, formado por pessoas com mais de 60 anos de idade, trabalhadores de saúde, crianças entre seis meses e menores de dois anos, gestantes e povos indígenas. A meta da campanha Ê imunizar 80% deste grupo, correspondente a 452.944 mil pessoas. De acordo com levantamento parcial das coberturas vacinais da Campanha de Vacinação contra Influenza em

Alagoas, 79 municĂ­pios estĂŁo com cobertura maior ou igual a 50% e menor que 80%; 22 municĂ­pios tĂŞm com cobertura igual ou maior que 80%; e um municĂ­pio estĂĄ com cobertura menor que 50%. CAMPANHA O ministro da SaĂşde, Alexandre Padilha, alertou ontem sobre a importância da vacina, que ĂŠ oferecida gratuitamente nos 34 mil postos de saĂşde de todo o paĂ­s. Padilha lembra que ela ĂŠ segura e protege contra os trĂŞs vĂ­rus que mais circulam no Brasil. “Prorrogamos o prazo para que todas as pessoas que nĂŁo tiveram tempo de ir aos postos de saĂşde possam se vacinar contra a gripe e estejam protegidas no inverno, perĂ­odo de maior circulação do vĂ­rusâ€?, declarou.

PALMEIRA

PM prende acusados de furto a residĂŞncias A PolĂ­cia Militar em Palmeira dos Ă?ndios prendeu, ontem de manhĂŁ, quatro homens acusadas de furtos a residĂŞncias na cidade. Os militares receberam XPDGHQ~QFLDGHIXUWRD uma residĂŞncia no bairro Vila Maria e chegando ao local conseguiram prender Luciano Barbosa, vulgo “Amaralâ€?; Carlos AntĂ´nio dos Santos, o “JacĂłâ€?; JosĂŠ da Silva Viana, o “JĂłâ€?; e outro elemento conhecido pela alcunha de “PĂŠ de Ferroâ€?. Com eles, DSROtFLDUHFXSHURXXPWHOHYLVRUXPOLTXLGLÂżFDGRUXPHVSUHPHGRU de frutas e um aparelho de DVD.


12

CIDADES

TribunaIndependente

MACEIĂ“ - SEXTA-FEIRA, 25 DE MAIO DE 2012

Um estranho no ninho

F

ilho do saudoso e carismåtico ex-prefeito de Girau do Ponciano, Enoque Barros, o atual prefeito David Barros, carrega em seu DNA a tradição de uma família que soube conquistar o respeito de todos, pelo caråter, simpatia e dedicação ao próximo. Foi justamente pela energia positiva e confiança que a família Barros irradiava na população girauense que ele se tornou o mais jovem prefeito da história de Alagoas.

FamĂ­lia dividida

Dois nomes

Por sua jovialidade, apesar do acompanhamento da família, David cometeu alguns deslizes, o que Ê natural, ao julgar pela complexidade de uma administração pública. Jå no seu segundo mandato e mesmo com a experiência de um tio-vice prefeito (Gilberto Barros), o ainda jovem David se embrenhou numa cartilha própria, que poderå trazer prejuízos inimaginåveis à família Barros, que parece estar, mais uma vez, dividida, na disputa pela sucessão municipal.

David Barros parece alheio aos riscos, ou não estå nem aí para o que pode acontecer. Vamos aos fatos: a família Barros, que fez história política em uma das cidades mais importantes do interior de Alagoas, tem dois candidatos para disputar o pleito deste ano, que na verdade são dois irmãos e tios de David. De um lado, o prÊ-candidato Gilberto Barros, considerado a bola da vez por ser vice-prefeito e, do outro, o empresårio Sebastião Barros (o Basto do Posto) que alÊm de ser um dos homens mais ricos do interior alagoano cuida, GHVGHFHGRGDV¿QDQoDVGRMRYHP gestor. Ao que parece, David estå entre o coração e a razão. Ou, pelo o que lhe Ê mais conveniente... Isso só tempo dirå.

Grande exemplo

0XOKHUpĂ DJUDGDFRP 5PLOHPFRFDtQD

Passageira de Ă´nibus interestadual escondeu a droga na bolsa e acabou presa ASSESSORIA PF

EDITORIA DE CIDADES

A

Polícia Rodoviåria Federal (PRF) e a Polícia Federal, em uma ação conjunta no município de São Sebastião, no Agreste de Alagoas, apreenderam 3,8 quilos de cocaína pura em um ônibus interestadual que trafegava na BR-101. A droga estava escondida na bolsa de uma mulher. A PRF informou que a cocaína apreendida estå avaliada em cerca de R$ 200 mil. O destino para onde iria o produto ainda deve ser apurado pelos agentes da Polícia Federal. O ônibus seguia de Rio Branco, no Acre, para Natal, no Rio Grande do Norte. A passageira foi levada para a superintendência da PF, no bairro do Jaraguå, em Maceió. Antes de os agentes da Polícia Rodoviåria Federal pararem o ônibus, houve uma abordagem a um veículo Kadet. Quando os policiais iniciaram o procedimento de revista foi encontrado um revólver calibre 38, um papelote de cocaína, provavelmente para consumo próprio e muniçþes. O motorista e o passageiro foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Civil de São Sebastião.

Quase quatro quilos de cocaĂ­na pura seguiam no Ă´nibus que saiu de Rio Branco com destino a Natal

MANDADO DE PRISĂƒO Em MaceiĂł, uma operação realizada por agentes da Seção de Capturas e CustĂłdias Especiais, da DivisĂŁo Especial de Investigação e Capturas (Deic), da PolĂ­cia Civil, resultou na prisĂŁo de um homem acusado de trĂĄfico de drogas e que estava foragido desde 2009. Roberto Bezerra da Silva, conhecido por “Betoâ€?, foi

localizado em sua residĂŞncia no bairro do Tabuleiro, depois de um trabalho de inteligĂŞncia realizado pelos policiais civis para cumprimento de mandado de prisĂŁo decretada pelo juiz ClĂĄudio JosĂŠ Gomes Lopes, da 15Âş Vara Criminal da Capital, de Entorpecentes. “Betoâ€? foi acusado de liderar o trĂĄfico na regiĂŁo do Conjunto Cleto Marques

Luz, no Tabuleiro. Em 2009, em um suposto laboratório de entorpecentes, ele foi flagrado de posse de maconha, crack, saquinhos para embrulhar droga, papel alumínio, alÊm de um revólver calibre 38, e muniçþes. Depois da prisão, ele foi ouvido pela delegada Ana Luíza Nogueira e, em seguida, levado para a Casa de Custódia da Capital.

Dividido, talvez meio perdido pela situação, o prefeito David Barros optou pelo sumiço. E, como nĂŁo poderia ser diferente, se distanciou dos eleitores, “esquecendoâ€? compromissos e atĂŠ amigos de primeira hora que estiveram sempre ao seu lado quando ainda era garoto. O detalhe ĂŠ que logo apĂłs o desaparecimento trĂĄgico do seu pai, ele recebeu as bĂŞnçãos e o carinho da famĂ­lia Barros. Foi, de fato, um grande exemplo.

Segundo tombo E, não tenha dúvida: a família Barros poderå, sim, levar um segundo tombo, mesmo com as bênçãos do deputado estadual Gilvan Barros, que sempre abraçou o povo pobre e humilde de Girau do Ponciano. Se isto voltar a acontecer, talvez o jovem prefeito crave o seu nome na história não pelos dois mandatos que exerceu, mas por ter dividido a própria família.

Oposição forte 1

Oposição forte 2

Em Lagoa da Canoa, terra do poliinstrumentista Hermeto Pascoal, a sucessão municipal ganha ritmo e jå tem nomes. O prefeito Jairzinho Lira, que apóoia a prÊ-candidatura do seu secretårio de Administração, à lvaro, não vai encontrar moleza. A oposição estå se articulando com nomes que merecem respeito.

Na verdade, sĂŁo duas chapas que estĂŁo sendo formadas pelos ex-prefeitos daquela cidade: MĂŠdico Lauro Fonseca, que terĂĄ como vice o exvereador Elialdo, e o tambĂŠm mĂŠdico JosĂŠ Alberto, que jĂĄ anunciou o nome do empresĂĄrio Gerson Soares, como seu prĂŠ-candidato a vice-prefeito. Pelo andar da carruagem, Lagoa da Canoa terĂĄ umas das disputas mais acirradas do interior alagoano. Pode apostar nisso.

São João 1 A Prefeitura Municipal estå disponibilizando o formulårio de inscriçþes para os interessados em participar da Comissão Julgadora do Concurso de Resgate às Tradiçþes Juninas, do Viva São João. Para participar da Comissão o FDQGLGDWRGHYHSUHHQFKHUD¿FKDH entregå-la na Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, situada na Casa da Cultura, na Praça Luiz Pereira, no Centro. As inscriçþes deverão acontecer atÊ o dia 30 de maio.

SĂŁo JoĂŁo 2

Alguns requisitos são necessårios, assim como a disponibilidade de tempo durante o período do concurso -que acontece de 7 a 30 de junho. Os interessados deverão ter conhecimentos sobre a cultura popular nordestina, folguedos populares, música, dança e atÊ gastronomia. No site tambÊm estão abertas as inscriçþes das Comunidades que irão concorrer ao Concurso.

Melhorias O EstĂĄdio Municipal Coaracy da Mata Fonseca estĂĄ recebendo melhorias para a partida deste sĂĄbado (26), entre ASA e GrĂŞmio Barueri, pelo complemento da segunda rodada do Campeonato Brasileiro da SĂŠrie B. A Prefeitura de Arapiraca, por meio da Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude, adquiriu novas catracas eletrĂ´nicas e concluiu o novo YHVWLiULRGR$6$TXHÂżFDQDSDUWHLQIHULRUGDDUTXLEDQFDGDVXSHULRU (lado direito das cabines de rĂĄdio).

... Os vestiårios contam com um amplo e moderno espaço. Foram construídos banheiros individuais, divisória em granito, piso de graniliti e cerâmica na parede. .. As 15 catracas eletrônicas servirão para controlar e facilitar o acesso dos torcedores às dependências do estådio. Os novos equipamentos começaram a ser instalados na tarde desta quarta-feira, com o apoio de tÊcnicos da empresa Ipasa, de Pernambuco. ... AlÊm disso, foram reformados os portþes de acesso ao estådio, bem como realizados os serviços de manutenção em 22 câmeras de videomonitoramento, instaladas em diferentes pontos das dependências do Coaracy da Mata Fonseca.

As mĂĄscaras estĂŁo caindo

Q

uem se beneficia com a transposição do Rio SĂŁo Francisco? O discurso governamental e de suas empreiteiras nunca convenceram ambientalistas e as vĂ­timas diretas dessa “obra faraĂ´nicaâ€?, que sempre questionaram os custos ambientais. Pois bem. Quem desconfiava dos interesses obscuros dos que apoiavam a transposição, agora chega mais perto da verdade, pois as mĂĄscaras começaram a cair. A grande notĂ­cia ĂŠ: os custos das obras quase dobraram, passando de R$ 4,8 bilhĂľes para R$ 8,2 bilhĂľes De acordo com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, que deu explicaçþes na terça-feira (22) na ComissĂŁo de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados sobre o aumento nos valores da obra, os aumento dos custos se deu, principalmente, devido a reajustes contratuais, compensaçþes ambientais e desapropriaçþes. Segundo o ministro, os reajustes contratuais significaram aumento de 30% entre 2007 e 2012, fruto dos indicadores previstos nos contratos. Os custos de compensaçþes ambientais, que tinham estimativa de R$ 400 milhĂľes no inĂ­cio da obra, passaram para cerca de R$ 1 bilhĂŁo, de acordo com Bezerra. E a previsĂŁo de gastos com desapropriaçþes, que era R$ 40 milhĂľes, vai chegar a R$ 100 milhĂľes.

à guas contaminadas 1 à guas contaminadas 2 A ågua potåvel fornecida em 16 capitais brasileiras, onde vivem aproximadamente 40 milhþes de pessoas, apresenta contaminação por substâncias ainda não legisladas (foto), mas que podem ser potencialmente nocivas à saúde humana. A constatação Ê de uma pesquisa desenvolvida pelo Instituto Nacional de Ciências e Tecnologias Analíticas Avançadas (INCTAA), que estå sediado no Instituto de Química (IQ) da Unicamp, em colaboração com outras instituiçþes. Maceió não foi pesquisada, mas isso não a exime dos riscos.

2VSHVTXLVDGRUHVLGHQWLÂżFDUDP por exemplo, a presença de cafeĂ­na em todas as 49 amostras coletadas no cavalete (cano de entrada) de residĂŞncias espalhadas pelas cinco regiĂľes do paĂ­s. “Esse dado ĂŠ relevante, pois a cafeĂ­na funciona como XPDHVSpFLHGHWUDoDGRUGDHÂżFLrQcia das estaçþes de tratamento de ĂĄgua. Ou seja, onde a cafeĂ­na estĂĄ presente, hĂĄ grande probabilidade da presença de outros contaminantesâ€?, explica o professor Wilson de Figueiredo Jardim, coordenador do estudo e do LaboratĂłrio de QuĂ­mica Ambiental (LQA) do IQ.

Ă guas contaminadas 3 AlĂŠm de cafeĂ­na, os cientistas tambĂŠm encontraram nas amostras analisadas concentraçþes variadas de atrazina (herbicida), fenolftaleĂ­na (laxante) e triclosan (substância presente em produtos de higiene pessoal). No caso da cafeĂ­na, as duas capitais que apresentaram maiores nĂ­veis de contaminação pela substância foram, respectivamente, Porto Alegre e SĂŁo Paulo. “A liderança de Porto Alegre nesse ranking foi uma surpresa. HĂĄ uma hipĂłtese para explicar a situação, mas ela evidentemente depende de FRQÂżUPDomR6HJXQGRHVVDFRQMHFWXUDDFRQWDPLQDomRHVWDULDRFRUUHQGR porque os gaĂşchos sĂŁo grandes consumidores de erva mate, que, por sua vez, tem grande concentração de cafeĂ­naâ€?, explica o docente da Unicamp.

Bravos guerreiros Hå mais de uma semana, ativistas do Greenpeace (foto) se revezam na corrente da âncora do navio Clipper Hope e impedem que ele se movimente para receber um carregamento de 31 mil toneladas de ferro gusa no Porto de Itaqui, em São Luis, no Maranhão. Essa denúncia expþe três crimes graves relacionados à produção de ferro

gusa no Brasil: trabalho escravo, desmatamento e invasĂŁo de terras indĂ­genas. O carvĂŁo vindo da AmazĂ´nia serve para alimentar as siderĂşrgicas que produzem ferro gusa. O Greenpeace exige que as autoridades tomem medidas imediatas para acabar com as ilegalidades da cadeia do ferro gusa e carvĂŁo.

Obra faraônica Inicialmente, com o lançamento do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), em 2007, estimava-se que seriam gastos R$ 4,8 bilhþes ao total, e a previsão era de que o Eixo Leste (220 Km) fosse concluído atÊ junho de 2010 e o Eixo Norte (402 Km), em dezembro de 2012. Ano passado, o custo da obra foi reestimado para 6,9 bilhþes e, atualmente, o valor passou para R$ 8,2 bilhþes, com a previsão de conclusão para dezembro de 2014 do Eixo Leste e para segundo semestre de 2015 do Eixo Norte, como D¿UPDRSUySULR%H]HUUD(VVHpR%UDVLO

Ecopersonagem Uma maneira bem interessante de chamar a atenção tambÊm das nossas crianças pela mobilização ambiental foi criada por Maurício de Sousa. Ele criou um quadrinho em que seu famoso personagem Chico Bento pede para a presidente Dilma Rousseff vetar o novo Código Florestal. A presidente tem atÊ hoje para decidir sobre os possíveis

Ecopersonagem

vetos ao projeto aprovado pela Câmara. Ele começa o quadrinho GL]HQGRÂłOLFHQoDGRQD'LUPD´ “A gente num intendi muito das coisa da lei mais intendi da nossa necessidadeâ€?, fala o personagem. “I nĂłis percisa das mata, dos rio, dos peixe... I tĂĄ todo mundo achando qui isso vai sĂŞ mexido pra pior.â€? O apelo foi postado pelo cartunista em VHXSHUÂżOQRPLFUREORJR7ZLWWHU

Uma maneira bem interessante de chamar a atenção tambĂŠm das nossas crianças pela mobilização ambiental foi criada por MaurĂ­cio de Sousa. Ele criou um quadrinho em que seu famoso personagem Chico Bento pede para a presidente Dilma Rousseff vetar o novo CĂłdigo Florestal. A presidente tem atĂŠ hoje para decidir sobre os possĂ­veis vetos ao projeto aprovado pela Câmara. Ele começa o quadrinho dizendo “licença, dona 'LUPD´Âł$JHQWHQXPLQWHQGLPXLWRGDVFRLVDGDOHLPDLVLQWHQGLGDQRVVD necessidadeâ€?, fala o personagem. “I nĂłis percisa das mata, dos rio, dos peixe... I tĂĄ todo mundo achando qui isso vai sĂŞ mexido pra pior.â€? O apelo IRLSRVWDGRSHORFDUWXQLVWDHPVHXSHUÂżOQRPLFUREORJR7ZLWWHU


TribunaIndependente

MACEIĂ“ - SEXTA-FEIRA, 25 DE MAIO DE 2012

Economia

ECONOMIA

13

Fecom propþe um novo conceito de geração de negócios em Alagoas

Encontro marcado para parcerias de sucesso. É o que propþe o Sistema FecomÊrcio/Sesc/Senac/IFEPD com a realização da Feira do ComÊrcio de Bens, Serviços e Turismo (Fecom) entre os dias 25 a 27 de maio, no Centro de Convençþes e Exposiçþes Ruth Cardoso, em Maceió. Empresårios do setor representados pela FecomÊrcio vão expor seus produtos, vendê-los e ter a oportunidade de ampliar os negócios a partir de contatos para atender a demanda das indústrias locais. A proposta Ê lançar um novo conceito de feira, ou seja, ir alÊm das negociaçþes durante o evento. Entre os objetivos da Fecom estå o de promover um ambiente diferenciado de negócios para as Micro e Empresas de Pequeno Porte (EPP’s).

Pajuçara Management traz modelo de EclÊa Hauber

Professora Ê da Fundação Dom Cabral, uma das melhores escolas de gestão ANA PAULA OMENA REPÓRTER

O

Pajuçara Management 2012 trouxe ontem a professora de HistĂłria EclĂŠa Hauber, da Fundação Dom Cabral, que estĂĄ entre as cinco melhores escolas de gestĂŁo do mundo. Ela ministrou a palestra ‘Sustentabilidade das Organizaçþes em um Mundo Global, Multipolar’. A estudiosa destacou que em meio Ă s mudanças do sĂŠculo XXI, as pessoas nĂŁo souberam aproveitar suas vantagens enfatizando apenas a independĂŞncia. Para a professora, ĂŠ possĂ­vel investir pesado, sobretudo, no desenvolvimento GH SURMHWRV PDV GLĂ€FLOPHQte serĂĄ feito sozinho. “NĂłs precisamos de compartilhamento, porque ninguĂŠm mais detĂŠm todas as tecnologias, todos os clientes e gestĂŁo numa cabeça Ăşnicaâ€?.

Acesse:

EXPECTATIVAS Para a gerente administrativa, LĂŠa Gabriela Lima da Silva, este ĂŠ o seu primeiro ano no evento, mas que nĂŁo pretende perdĂŞ-lo nos prĂłximos. “O evento estĂĄ atendendo as minhas expectativas. É muito interessante buscar conhecimento para poder estarmos sempre atualizados; recomendo para quem ainda nĂŁo veio aproveitar os dias que faltamâ€?, salientou. Noaldo Dantas, que ĂŠ dono de uma empresa de planejamento e consultoria, em MaceiĂł, conta que nunca perdeu um Pajuçara Management e revelou a importância do evento. “Considero o evento como um pit stop de informaçþes, onde sĂŁo discutidos conceitos gerais em uma oportunidade Ăşnica. Quem vem para este evento nĂŁo tem como serem pessoas sem sucesso. Pessoas de sucesso sĂŁo

tribunahoje.com

A informação que você não tinha no seu dia-a-dia

SANDRO LIMA

Diretor-executivo do Paujuçara Sistema de Comunicaçao, AndrÊ Vajas

casos de sucessosâ€?, reforça. De acordo com o diretor-executivo do Pajuçara Sistema de Comunicação (PSCOM), AndrĂŠ Vajas, o GHVDĂ€R GR HYHQWR p FRQWLnuĂĄ-lo mantendo no mesmo nĂ­vel de relevância e criatividade para a sociedade. “NĂłs, ao longo destes dez anos de Pajuçara Manage-

ment, tentamos reinventĂĄ-lo. Sabemos que ele jĂĄ se consagrou, mas nĂŁo queremos que se torne rotina ou mesmice. Este ano, estamos FRPRĂ€FLQDVGR6HEUDHVREUH JHVWmR GH FRQĂ LWRV H LQRYDção para mantĂŞ-lo forte e revigoradoâ€?, frisou. “Nosso GHVDĂ€R p PDQWrOR VHPSUH jovem e forteâ€?, falou.


14

ECONOMIA

TribunaIndependente

MACEIĂ“ - SEXTA-FEIRA, 25 DE MAIO DE 2012

etjornalista@gmail.com

SĂŁo JosĂŠ da Laje, menos o amarelo!

E

m SĂŁo JosĂŠ da Laje, o juiz JosĂŠ Alberto Ramos botou moral e obrigou o prefeito MĂĄrcio Lira, o Dudui (PP), a retirar dentro de 40 dias, toda a pintura amarela dos ĂłrgĂŁos pĂşblicos. O prefeito adotou esse mĂŠtodo, assim como muitos outros gestores tĂŞm feito pelo interior, como sĂ­mbolo de marketing de seus referidos partidos. O bom ĂŠ que se Dudui nĂŁo cumprir a ordem, serĂĄ multado no valor de R$ 1.500 ao dia. Que outros magistrados sigam o exemplo do doutor Alberto.

Jaramataia

Delmiro

A vereadora Mårcia Barbosa lidera no dia de hoje, a organização da Iª Feira da Agricultura Familiar que acontece das 8h às 22h, lå em Jaramataia. O evento promete movimentar a região não somente com os produtos do campo, mas com atividades culturais e shows com artistas da casa.

Ontem, durante sua Sessão semanal, a Câmara de Vereadores aprovou em segunda votação o projeto de Lei do Executivo que prevê crÊdito especial para a Guarda Municipal. O valor de R$ R$ 335.776 serå destinado à capacitação e aquisição de equipamentos para o órgão.

Amigo da Criança $ODJRDVGHYHJDQKDUHPEUHYHPDLVVHWHKRVSLWDLVFHUWLÂżFDGRVFRPR “Amigos da Criançaâ€?. O processo para que unidades hospitalares alagoanas recebam o selo – uma das açþes que vem ajudando a reduzir a PRUWDOLGDGHLQIDQWLOQR(VWDGRÂąGHXPDLVXPSDVVRRQWHPFRPDRÂżFLQD de sensibilização realizada pela Secretaria da SaĂşde (Sesau).

Tetra Pak: treinamento a cooperativas de reciclagem Empresa apresentou kit especial para aprimorar o gerenciamento do setor

A

Tetra Pak, empresa comprometida com o desenvolvimento socioambiental, lançou hoje a edição 2010/2011 de seu RelatĂłrio de Sustentabilidade. Em evento realizado no Centro de Triagem ButantĂŁ, em SĂŁo Paulo, a empresa aproveitou a presença de cooperados, indĂşstrias recicladoras, fornecedores, clientes e parceiros para lançar o “Cooperativa em Açãoâ€?, um kit de materiais para o auto-gerenciamento de cooperativas de reciclagem. Os mĂłdulos, desenvolvidos pela Tetra Pak em parceria com o Cempre – Compromisso Empresarial para a Reciclagem -, a Consultoria Integration e o Sescoop, serĂŁo distribuĂ­dos para cooperativas parceiras de todo o paĂ­s. AlĂŠm de auxiliar no gerenciamento das cooperativas, os materiais oferecem sugestĂľes de melhorias, de implantação

DIVULGAĂ‡ĂƒO

Programa “Cooperativa em Açãoâ€? foi lançado pela empresa ontem, no Centro de Triagem ButantĂŁ em SP

de novos processos e orientao}HVĂ€QDQFHLUDV Segundo Fernando Von Zuben, diretor de Meio Ambiente da Tetra Pak, mais GH  SURĂ€VVLRQDLV DWXDUmR em todo o paĂ­s ministrando o conteĂşdo do material di-

Amigo da Criança - Termo A atividade aconteceu no Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) e teve a participação de enfermeiros e diretores hospitalares de Penedo, Boca da Mata, Coruripe, Batalha, Piranhas, Maragogi, Teotonio Vilela, Mata Grande, Murici, Junqueiro e Santana do Ipanema. Os municípios assinaram um termo de compromisso para a elaboração de um projeto.

Roteiro

UniĂŁo dos Palmares

Durante a manhĂŁ de quarta-feira, um manifesto pĂşblico tomou conta das principais ruas da cidade, com uma caminhada pelo Dia Mundial de Combate a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. “A proposta foi de mobilizar os ĂłrgĂŁos competentes a orientar a comunidade a denunciar casos de violĂŞncia e inibir esse tipo de conduta na regiĂŁoâ€?, argumentou a secretĂĄria Clara JatobĂĄ.

Na quarta-feira em UniĂŁo, a Secretaria de Estado da Mulher, da Cidadania e dos Direitos Humanos realizou o “MutirĂŁo Maria da Penhaâ€?. O objetivo da ação – promovido em parceria com a prefeitura - foi informar a população sobre os direitos da mulher e sobre a importância da luta contra a violĂŞncia domĂŠstica e familiar. Houve distribuição de centenas de SDQĂ€HWRVLQIRUPDWLYRVSHORÂżP da violĂŞncia.

União - Reaberto Criado em 2007 na gestão do atual prefeito Areski Freitas – na Êpoca secretårio de Educação do município - o Espaço Cultural Acotirene (Esca) foi reinaugurado na quarta-feira, após uma ampla reforma no local e reestruturação da equipe de ação. O espaço foi criado para oferecer suporte e condiçþes de construção e formação na educação cultural regional, em horårios alternativos das aulas.

Região Norte Dando continuidade ao Programa de Desenvolvimento da Agricultura Periurbana no Litoral Norte de Alagoas, a Desenvolve – Agência de Fomento de Alagoas e o Instituto Brasileiro de Administração Municipal (Ibam) estão elaborando um termo de parceria que vai contemplar a união entre os empresårios e os produtores agrícolas da região. O programa visa fortalecer a produção e a comercialização de alimentos de maneira sustentåvel. No termo, serão colocadas todas as condiçþes de fornecimento e preço, de modo que os dois lados da negociação reduzam seus riscos e fortaleça suas relaçþes comerciais.

Igreja Nova

Rio Largo

Ontem, a equipe de enfermagem do municĂ­pio promoveu o II FĂłrum de Enfermagem, com o tema “SaĂşde e Segurança no Trabalhoâ€?. Para os organizadores, a Enfermagem ĂŠ uma arte, e para realizĂĄ-la como arte, requer uma devoção tĂŁo exclusiva preparo tĂŁo rigoroso, quanto a obra de qualquer pintor ou escultor; pois o que ĂŠ tratar da tela morta ou do frio mĂĄrmore comparado ao tratar do corpo vivo; pode-se ai dizer, a mais bela das artes

A pequena riolarguense Mirla Costa Barros Lobo Dantas de oito anos conquistou este mĂŞs o tĂ­tulo ‘Miss Mirim Alagoas 2012’. O concurso foi realizado no Teatro do ColĂŠgio Marista, em MaceiĂł. Na ocasiĂŁo tambĂŠm fora escolhidas e premiadas a ‘Miss Infantil Alagoas 2012’, ‘Miss Teen/Teenager Alagoas 2012’, ‘Gata Dourada 2012’ e o ‘Gato do Ano 2012’. Representando Rio Largo, Mirla Costa conquistou os jurados com a sua VLPSDWLDHGHVHQYROWXUDQDSDVVDUHODÂżcando em primeiro lugar em uma disputa concorrida. Apesar da pouca idade, Mirla jĂĄ acumula outros tĂ­tulos, a exemplo do ‘Rainha Mirim do Carnaval 2012’.

Boca da Mata O Programa de Artesanato Brasileiro (PAB) em Alagoas, coordenado pela Secretaria de Estado do Planejamento, articulou a participação de artesãos alagoanos, envolvendo apenas cinco grupos; entre eles o da Associação da Casa da Mãezinha da cidade de Boca da Mata, para UHSUHVHQWDUHPRQRVVRHVWDGRQR,,)yUXP0XQGLDOGH(GXFDomR3UR¿Vsional e Tecnológica, que acontece durante toda a semana que vem em Florianópolis/SC. Lå vão estar tambÊm artesãos de Maceió, Coruripe e Piranhas.

kalina

dĂĄtico. “Nosso objetivo ĂŠ dar um incentivo de negĂłcios aos cooperados para que eles se transformem, de fato, em unidades produtoras de maWpULDVSULPDVÂľ DĂ€UPD )HUnando De acordo com Paulo Ni-

gro, Presidente da Tetra Pak, o encontro reforça os valores da companhia relacionados às questþes sustentåveis Acesse o Relatório de Sustentabilidade na íntegra em: http://www.tetrapak.com. br/.


TribunaIndependente

MACEIĂ“ - SEXTA-FEIRA, 25 DE MAIO DE 2012

ESPORTES 15

Paulinho alimenta esperança corintiana 9RODQWHpRYLFHDUWLOKHLURGR7LPmRQDµHUD7LWH¶FRPJROV¿FDQGRDWUiVDSHQDVGRDWDFDQWH/LpGVRQ TERRA

Paulinho comemora gol da vitĂłria com torcedor no alambrado e Corinthians YLYHHVSHUDQoDGHVHUSHODSULPHLUDYH]FDPSHmRGD/LEHUWDGRUHV

C

lassificar Paulinho “apenasâ€? como um volante chega a ser uma ofensa. No elenco de operĂĄrios do Corinthians, o camisa 8 vai alĂŠm da raça para superar obstĂĄculos e transformar luta em glĂłria, como na dramĂĄtica vitĂłria sobre o Vasco, quarta-feira, no Pacaembu. O histĂłrico gol marcado e o abraço a um desconhecido torcedor no alambrado, colocando o TimĂŁo nas semifinais da Libertadores pela segunda vez na histĂłria, resumem com exatidĂŁo a importância dele para a equipe e a Fiel. Os nĂşmeros comprovam a eficiĂŞncia em saber jogar defensivamente e aparecer como surpresa na frente. Desde que o tĂŠcnico Tite voltou ao clube, em outubro de 2010, Paulinho perde apenas para Liedson, prin-

cipal referĂŞncia do ataque, em nĂşmero de gols marcados. SĂŁo 26 do Levezinho contra 17 daquele que, na teoria, ĂŠ um marcador. O aproveitamento ofensivo supera de longe jogadores que atuam mais prĂłximos do alvo inimigo e que possuem liberdade de criação. Abaixo estĂŁo os atacantes Willian (15 gols), Emerson (11) e Jorge Henrique (sete), alĂŠm dos armadores Danilo (11) e Alex (nove). AtĂŠ mesmo o zagueiro-artilheiro ChicĂŁo ficou para trĂĄs neste perĂ­odo (nove). – Vou repetir o que o Alessandro disse lĂĄ dentro, nos vestiĂĄrios: “Quero agradecer ao CĂĄssio e ao Paulinho, porque cairia o mundo sobre a minha cabeçaâ€?. Ralf e Paulinho fazem hoje a melhor dupla de vo-

lantes do futebol brasileiro – afirmou o tÊcnico Tite. Em momentos de dificuldades do treinador para encontrar a formação ideal do ataque, Paulinho passou a decidir na hora certa. Ele anotou gols nos últimos três confrontos em casa da Libertadores e se transformou no artilheiro da equipe na competição, com três, ao lado de Danilo e Jorge Henrique. Mais que isso, assumiu tambÊm o posto de goleador måximo do Timão na temporada, com seis. – Tento me superar na força e na vontade. No primeiro tempo, o Rômulo me marcou muito forte, mas, no segundo, consegui sair para o jogo sem que ele me acompanhasse – destacou o camisa 8. TERRA

38 ANOS

Goleiro Dida confirmado na Portuguesa A Portuguesa teve dificuldades para concluir a contratação de Dida, mas o auxĂ­lio de uma empresa interessada em lucrar com a imagem do goleiro fez a negociação ter um desfecho positivo. O clube anunciou a vinda do jogador de 38 anos. “Foi uma negociação complicada, chegamos a dar por encerrada, mas conseguimos uma empresa interessada nele, e fechamos uma parceria. Ele se apresenta nesta sexta-feiraâ€?, disse o gerente de futebol da Portuguesa,

Candinho, em entrevista. O dirigente da Portuguesa comemora a vinda do pentacampeĂŁo mundial e jĂĄ se prepara para crĂ­ticas por conta da idade do goleiro. “O importante para a Portuguesa ĂŠ que uma excelente contratação foi feita, mas o que vai se falar ĂŠ que o cara ĂŠ velho. NĂłs temos aĂ­ o RogĂŠrio Ceni (39 anos), o Fernando Prass (33 anos), e ninguĂŠm fala nada. JĂĄ estou preparadoâ€?, avisou Candinho. Goleiro campeĂŁo mundial pelo Corinthians, em 2000,

Dida passou dez anos (20002010) sob contrato com o Milan-ITA. No entanto, o jogador passou os dois últimos anos desempregado. Para seguir com bom condicionamento físico enquanto procurava um clube no Brasil para atuar, Dida atuou recentemente pelo Milan em uma torneio de futebol de areia realizado na represa de Guarapiranga, em São Paulo. Dida tambÊm tem brilhante passagem pela seleção brasileira. Vestindo a

‘Amarelinha’ desde 2005, ele conquistou a Copa do Mundo de 2002, Copa AmĂŠrica de 1999 e a Copa das Confederaçþes de 1997 e 2005. Foram 91 jogos oficiais em baixo das traves. Sem poder contar com Dida e o goleiro Weverton, o Ăşltimo que foi para o AtlĂŠtico-PR, GlĂŠdson deverĂĄ ser o titular da Portuguesa no prĂłximo final de semana, no EstĂĄdio do CanindĂŠ, pela segunda rodada do BrasileirĂŁo, diante do Vasco da Gama.

Dida passou RVGRLV~OWLPRVDQRVGHVHPSUHJDGR HDJRUDRJROHLURHVWiFRPDQRVGHLGDGH


16 ESPORTES

TribunaIndependente

0$&(,Ă?6(;7$)(,5$'(0$,2'(

Esportes

Fifa pretende fazer testes antidoping nos iUELWURVDSyVGHVLVWrQFLDVGHSUR¿VVLRQDLV $)LIDSUHWHQGHLPSOHPHQWDUWHVWHVDQWLGRSLQJSDUDRViUELWURVD¿UPRXRFKHIH PpGLFRGDHQWLGDGH-LUL'YRUDN6HJXQGRHOHRVMXt]HVDJRUDWrPTXHSDVVDUSRU UtJLGRVWHVWHVItVLFRVHpLPSRUWDQWHWHVWiORVFRQWUDRXVRGHHVWLPXODQWHVSDUD PHOKRUDGHSHUIRUPDQFH³1yVGHYHPRVFRQVLGHUDUTXHRViUELWURVID]HPSDUWH GRMRJR1mRWHPRVLQGtFLRVGHTXHLVVR RGRSLQJ HVWiDFRQWHFHQGRPDVWHPRV TXHGDUDWHQomRDHVWDTXHVWmR7HPRVQHJOLJHQFLDGRDVD~GHGRViUELWURV´UHV VDOWRX'YRUDNTXHHYLWRXID]HUSURJQyVWLFRVGHTXDQGRRVWHVWHVLUmRFRPHoDU ³1yVDLQGDHVWDPRVGLVFXWLQGRHLVVRpDOJRSDUDRIXWXUR´5HFHQWHPHQWHDOJXQV iUELWURVGHUHQRPHGHVLVWLUDPGDSUR¿VVmRSRUQmRFRQVHJXLUHPDWLQJLURVSD GU}HVItVLFRVH[LJLGRVSHOD)LIDeRFDVRGRJD~FKRLeonardo Gaciba

CRB embarca hoje para Belo Horizonte 'HOHJDomRID]XPWUDEDOKROHYHSHODPDQKmQD3DMXoDUDHVHJXHSDUDFDSLWDOPLQHLUDjVKRQGHHQFDUDR$PpULFD0*

T

udo pronto para a primeira viagem do CRB no Campeonato Brasileiro da SĂŠrie B. O time faz hoje pela manhĂŁ um treinamento leve na Pajuçara e deixa MaceiĂł rumo Ă  Belo Horizonte, Ă s 13h40. O Galo encara o AmĂŠrica-MG amanhĂŁ, Ă s 16h20, no EstĂĄdio IndependĂŞncia, pela segunda rodada da competição. Pelo que vem treinando desde o inĂ­cio da semana e repetindo isso no Ăşltimo trabalho ontem no EstĂĄdio Rei PelĂŠ, o tĂŠcnico Roberto Fonseca deve colocar o time titular com: Anderson; Filipe, RodrigĂŁo e Edney; Everton Luiz, Gercimar, Daniel, Geovani e Jadilson; Wanderley e Preto. O atacante Preto sentiu uma pancada durante os trabalhos da semana. Mas ele disse que nĂŁo ĂŠ nada grave e vai para o jogo. “Estou tranquilo e vamos com tudo buscar esses trĂŞs pontos diante do AmĂŠricaâ€?, disse o jogador, que ganhou a posição de Rodrigo Dantas. Fonseca falou sobre a semana de trabalhos e analisou que o time do CRB precisa ter muita pegada para superar o adversĂĄrio fora de casa. “Primeiro precisamos ter a posse de bola e procurar o momento certo de atacar. Eles estĂŁo motivados por ter feito uma estreia fora de casa e conquistado os trĂŞs pontos. Nesse inĂ­cio de competição vimos clubes

$'$,/621&$/+(,526

bem nivelados e com muita pegada. Vamos atuar com inteligĂŞncia para nĂŁo termos supresasâ€?, disse o treinador. REFORÇOS O CRB anunciou mais uma contratação. Desta vez foi na comissĂŁo tĂŠcnica. Em uma parceria com a empresa Fedato Esportes, o Galo contarĂĄ com o trabalho do fisiologista e preparador fĂ­sico FĂĄbio Guerreiro. O profissional deve chegar em MaceiĂł nesta sexta-feira. A Fedato Esportes ĂŠ uma empresa de Consultoria em CiĂŞncias do Esporte. Com uma equipe multidisciplinar, realiza um trabalho integrado envolvendo algumas disciplinas como: Preparação FĂ­sica, Fisiologia do ExercĂ­cio, Nutrição, entre outros. Uma das caracterĂ­sticas principais da Fedato ĂŠ a busca da junção entre o conceito cientĂ­fico e a aplicação prĂĄtica do trabalho. “Teremos um profissional de altĂ­ssimo gabarito em nossa comissĂŁo. O FĂĄbio chega para somar junto comigo e o ClĂĄudio (Creato, preparador fĂ­sico)â€?, disse o auxiliar tĂŠcnico Eduardo Souza. Outro reforço do Galo jĂĄ havia sido anunciado mas nĂŁo tinha chegado. O atacante Edson Reis, que estava no Botafogo-SP, foi apresentado ao grupo e jĂĄ espera estrear na prĂłxima rodada quando o CRB encara o GuaratinguetĂĄ em MaceiĂł.

Treinador do CRB5REHUWR)RQVHFDGLVVHRQWHPQR~OWLPRWUHLQRQR5HL3HOpTXHRWLPHSUHFLVDWHUPXLWDÂľSHJDGDÂśSDUDJDQKDUGR$PpULFD0*

SÉRIE D

CSA se revolta e nĂŁo sabe quando joga O time do CSA se reapresentou ontem apĂłs o amistoso contra o expressinho do Santa Cruz. O AzulĂŁo venceu por 3x0, mas o presidente Jorge VI se revoltou com a falta de carĂĄter dos dirigentes do tricolor.

“TĂ­nhamos um contrato de dois amistosos com os jogadores principais. Eles fizeram uma sacanagem e mandaram uma equipe alternativa. Vamos acionar nosso departamento jurĂ­dico pois temos um contrato e a multa ĂŠ de R$ 10

mil. O CSA não serå enganado�, disse o presidente. Por outro lado o time levou um banho d’ågua fria com a paralisação repentina do Campeonato Brasileiro das SÊrie C e D. O jogo de domingo no Trapichão contra o

Vitória da Conquista foi cancelado e a direção estå procurando alternativas para ajustar a agenda de trabalhos do Azulão. Outros amistosos não estão descartados, pois o time não pode parar o ritmo de treinamentos '$9,6$/6$

ESTRUTURA

ASA realiza melhorias em seu estĂĄdio para a SĂŠrie B DAVI SALSA 5(3Ă?57(5

O Estådio Municipal Coaracy da Mata Fonseca estå recebendo melhorias para as partidas do ASA no Campeonato Brasileiro da SÊrie B. A prefeitura, por meio da Secretaria de Esportes, Lazer e Juventude, iniciou, na tarde de quarta-feira, a troca das antigas catracas de acesso dos torcedores ao estådio. Os 15 novos equipamentos eletrônicos irão facilitar a passagem dos torcedores e facilitar o controle de público às dependências do espaço esportivo. A partir da noite deste såbado (26), no complemento da segunda rodada, na partida entre ASA e Grêmio

Barueri, tambÊm serão entregues os novos vestiårios, que foram reformados, ampliados e modernizados para acomodar as delegaçþes do ASA e dos clubes visitantes. O vestiårio estå localizado na parte inferior da arquibancada superior (lado direito das cabines de rådio). Os vestiårios contam com um amplo e moderno espaço. Foram construídos banheiros individuais, divisória em granito, piso de granilite e cerâmica na parede. Outra inovação refere-se à reforma dos portþes de acesso ao estådio, bem como realizados os serviços de manutenção em 22 câmeras de videomonitoramento, instaladas em diferentes pontos das dependências do Estådio.

MEIO AMBIENTE

Trabalhadores FRORFDPDVQRYDVFDWUDFDVQR(VWiGLR&RDUDF\GD0DWD)RQVHFDTXHWHUiDOpPGHVVDRXWUDVPHOKRULDVHPYiULRVVHWRUHV

OFICIALMENTE

IMA realiza passeio ciclĂ­stico na orla

Eduardo Canuto se despede hoje das lutas

³9DPRVWRGRVSHGDODU´(VVHp VORJDQGRSDVVHLRFLFOLVWLFRTXH DFRQWHFHQRSUy[LPRGLDGH MXQKR GRPLQJR 23DVVHLR&LFOLV WLFRGR,0$$/HPFRPHPRUDomR j6HPDQDGR0HLR$PELHQWHWHUi VRUWHLRGHGH]ELFLFOHWDVHGHRX WURVSUrPLRV$FRQFHQWUDomRDFRQ WHFHQDTXDGUDGHHVSRUWHDRODGR GD)HSHDOQR'LTXH(VWUDGDQR 9HUJHOjVK$FKHJDGDVHUiQR HVWDFLRQDPHQWRGR$ODJRLQKDV$ LQVFULomRVHUiXPTXLORGHDOLPHQWR QmRSHUHFtYHOQDV/RMDV6DPFLFOR 6OODORPH0DVWHU%LNH $Y-DWL~FD  QR+LSHU%RP3UHoRGD*UXWDHGD %XDUTXHGH0DFHGRHQWUHRXWUDV

$FRQWHFHKRMHR&ROLVHX([ WUHPH)LJKW,9jVKRUDV QR*LQiVLRGR6HVL$JUDQGH DWUDomRGRHYHQWRVHUiH[OXWD GRUGHNLFNER[LQJHFDPSHmR PXQGLDOEduardo CanutoTXH ID]VXDOXWDGHGHVSHGLGD³6HUi PLQKDGHVSHGLGDHDHVWUHLDGR PHXVREULQKR%UXQR&DQXWR DQRV´GLVVH(GXDUGRVH SUHSDURXSRUQRYHPHVHVSDUD HQFDUDUKRMHROXWDGRUEDLDQR (GXDUGR3LQKRGHDQRV&D QXWRHVWDYDFRPNJHEDL[RX SDUDNJ2XWUDOXWDLPSRUWDQWH GDQRLWHVHUiGRDODJRDQR7KLD JR-DPERQR00$

CURSO

Capacitação de årbitros do atletismo alagoano 7HUPLQDDPDQKmQRDXGLWyULRGR(V WiGLR5HL3HOpRFXUVRGHDUELWUDJHP EiVLFDHPDWOHWLVPRSURPRYLGRSHOD )HGHUDomR$ODJRDQDHD&RQIHGHUDomR %UDVLOHLUDGH$WOHWLVPR &%$W HPSDU FHULDFRPRJRYHUQRGH$ODJRDVSRU PHLRGD6HFUHWDULDGH(VWDGR$GMXQWD GR(VSRUWH2FXUVRpPLQLVWUDGRSHOR iUELWURLQWHUQDFLRQDOQtYHO,,GD&%$W João Vicente2REMHWLYRGDFDSDFLWD omRpDIRUPDomRGHQRYRVTXDGURVGH iUELWURVSDUDD)HGHUDomR$ODJRDQDGH $WOHWLVPR )$$W HGD&%$WYLVDQGRDV 2OLPStDGDVGH³DOpPGHVHUYLU WDPEpPSDUDUHFLFODJHPGRVTXHMi HVWmRQDDUELWUDJHP´UHVVDOWRX-RmR


TribunaIndependente

0$&(,Ă?6(;7$)(,5$'(0$,2'( DIVERSĂƒO&ARTE

Timberlake vai compor trilha sonora GHÂżOPHHVWUHODGRSRUVXDQRLYD

Novo disco de Pete Doherty terĂĄ letra de Amy Winehouse

O cantor Justin Timberlake vai voltar ao mundo da música, informa o ³+ROO\ZRRG5HSRUWHU´1mRVHUiQRHQWDQWRH[DWDPHQWHRUHWRUQRTXH VHXVImVHVSHUDPHOHHVFUHYHUiDWULOKDVRQRUDGR¿OPH³7KH'HYLODQG WKH'HHS%OXH6HD´HVWUHODGRSRUVXDQRLYD-HVVLFD%LHO7LPEHUODNH WDPEpPVHUiRVXSHUYLVRUPXVLFDOGR¿OPHHVFROKHQGRRVRXWURV artistas que participarão do projeto --que terå, ainda, Jeffrey Dean MorJDQH&KORH0RUHW]QRHOHQFR³7KH'HYLODQGWKH'HHS%OXH6HD´TXH FRPHoDUiDVHU¿OPDGRQHVWHDQRVHUiGLULJLGRSRU%LOO3XUSOH

Pete Doherty, ex-guitarrista do Libertines, revelou que estĂĄ usando uma letra escrita por Amy Winehouse, morta em 2011, em seu novo disco solo. Em entrevista exclusiva Ă  â&#x20AC;&#x153;NMEâ&#x20AC;?, o mĂşsico britânico, que era amigo prĂłximo da cantora, contou que a letra aparece na faixa â&#x20AC;&#x153;Bird Cageâ&#x20AC;?, um dueto com Suzi Martin. Segundo a publicação, uma versĂŁo acĂşstica da canção tambĂŠm aparece nos FUpGLWRVGHVHXSULPHLURÂżOPHFRPRDWRUÂł&RQIHVVLRQRID&KLOGRIWKH&HQWXU\´ da diretora francesa Sylvie Verheyde. O disco tem outras seis cançþes com WtWXORVGHÂżQLGRVÂł'RZQ)RU7KH2XWLQJ´Âł6LEHULDQ)XU´Âł1RWKLQJ&RPHV7R 1RWKLQJ´Âł6KLQH$/LJKW2Q<RXU0LVHU\´Âł%D%D%D´HÂł'XVW2Q7KH5RDG´

O

lançamento de â&#x20AC;&#x2DC;Plano de Fugaâ&#x20AC;&#x2122; diretamente em vĂ­deo nos Estados Unidos ĂŠ uma prova de que Mel Gibson atingiu, Ă&#x20AC;QDOPHQWHRIXQGRGRSRoR Diretor de mĂŁo cheia (mesmo quando exagera, como em A PaixĂŁo de Cristo) e astro absoluto nos anos 80 e 90, Gibson se posiciona hoje no mesmo nĂ­vel de Jean Claude Van Damme e Steven Seagal, sobrevivendo por conta de produçþes econĂ´micas e da gentileza de amigos como Jodie Foster, que o escalou, no ano passado, no simpĂĄtico, mas LQyFXRÂś8P1RYR'HVSHUWDU¡ Tudo por conta de constantes escândalos envolvendo declaraçþes anti-semitas, violĂŞncia contra mulheres e H[FHVVRGHiOFRRO8PDSHQD pois â&#x20AC;&#x2DC;Plano de Fugaâ&#x20AC;&#x2122;, mesmo com seu roteiro mirabolante e personagens bidimensionais, ĂŠ XPFRPSHWHQWHĂ&#x20AC;OPHGHDomR que mostra que, mesmo por trĂĄs de uma personalidade problemĂĄtica, ainda existe um ator carismĂĄtico e com total controle de seu espaço em FHQD Dirigido por Adrian Grunberg, diretor de segunda unidade de â&#x20AC;&#x2DC;Apocalyptoâ&#x20AC;&#x2122;, a partir de um roteiro de Gibson e do prĂłprio Grunberg, â&#x20AC;&#x2DC;Plano de Fugaâ&#x20AC;&#x2122; recicla a histĂłria do estranho sem nome trazendo o ator como um assaltante que, SDUDIXJLUGDSROtFLDDPHULcana, entrega-se Ă  Justiça mexicana e vai parar em uma prisĂŁo que mais parece uma cidade, na qual terĂĄ de lidar FRPRVFKHI}HVORFDLVHQTXDQWR tenta reaver os dois milhĂľes de dĂłlares que estavam em VHXSRGHUeIiFLOUHODFLRQDUR Gringo de â&#x20AC;&#x2DC;Plano de Fugaâ&#x20AC;&#x2122; com o Porter que Gibson encarnou HPÂś27URFR¡GH$VVLP FRPRQRĂ&#x20AC;OPHGH%ULDQ+HOJHland, aqui o ator encarna um tipo marginal e obcecado em alcançar seus objetivos, mesmo que para isso precise deixar uma trilha com diversos cadĂĄYHUHVSHORFDPLQKR 1mRpGLItFLOWRUFHUSRU Gringo - um sujeito esperto e descolado â&#x20AC;&#x201C; , visto que absolutamente todos Ă  sua volta (com exceção de um garoto e sua mĂŁe, tambĂŠm moradores da prisĂŁo) sĂŁo tipos desprezĂ­veis, sem a menor consideração por ninguĂŠm, capazes de garantir a sobrevivĂŞncia de uma crian-

NOVA ROTA 1RYRÂżOPHGH0HO*LEVRQpERPHPRVWUDTXHDWRUDSHVDU de ter perdido o trilho da carreira, ter se afogado em processos judiciais e colecionar problemas pessoais e por isso ser detestado pelo pĂşblico nos EUA, ainda pode contribuir com a sĂŠtima arte

1

ça apenas visando o uso de seu ItJDGRQXPDIXWXUDRSHUDomR Neste ponto, o diretor GrunEHUJUHIRUoDPDLVXPDYH]D visĂŁo preconceituosa de Gibson (nĂŁo por acaso, produtor execuWLYRGRĂ&#x20AC;OPH WUDQVIRUPDQGR os mexicanos em uma massa de pessoas sem ĂŠtica, sem hĂĄbitos de higiene e essencialPHQWHFRUUXSWDV Essa opção equivocada de *UXQEHUJID]FRPTXHERD parte de seu elenco termine DWXDQGRGHIRUPDFDULFDWDQmR possibilitando que o pĂşblico possa sequer ter raiva ou asco GHTXDOTXHUSHUVRQDJHP3DUD piorar, o casting sem imaginaomRID]FRPTXHSHODHQpVLPD vez, Peter Stormare surja como um gângster mal encarado em EXVFDGHYLQJDQoDH%RE*XQton apareça como um executivo DPELFLRVR6yIDOWRX:RRG\ +DUUHOVRQFRPRRDPLJRErEDGRFRQVHOKHLUR Mesmo com um roteiro recheado de reviravoltas supostamente bombĂĄsticas (que inclui ainda uma Ăłtima cena em que Gibson imita &OLQ(DVWZRRGFRQĂ&#x20AC;UPDQGRD KRPHQDJHP RĂ&#x20AC;OPHWHPVHXV mĂŠritos por conta da inspirada GLUHomRGHDUWHTXHWUDQVIRUma a prisĂŁo mexicana em um ambiente sujo e desorganizado, uma espĂŠcie de povoado em que homens, mulheres, bichos, velhos, crianças convivem em moradias decadentes, quase FRPRXPDIDYHODGHTXDOTXHU UHJLmRGHQRVVRSDtV $IRWRJUDĂ&#x20AC;DGH%HQRvW Debie, aliada Ă  montagem iJLOHHĂ&#x20AC;FD]GH6WHYHQ5Rsenbaun â&#x20AC;&#x201C; que inclui alguns Ă DKEDFNVEHPFRORFDGRVH uma interessante narração HPRII²WUDQVIRUPDÂś3ODQRGH Fugaâ&#x20AC;&#x2122; em uma quente e muito DEDIDGDDYHQWXUDFRPyWLPDV FHQDVGHFRQĂ LWRVHSHUVHJXLção, com Gibson, mesmo aos 56 anos, mostrando que ainda tem PXLWRI{OHJRSDUDHVWHJrQHUR GHFLQHPD Politicamente incorreto (com FULDQoDVIXPDQGRHFRQVXPLQdo drogas) excessivamente violento e com um humor negro beirando o mau gosto, â&#x20AC;&#x2DC;Plano de Fugaâ&#x20AC;&#x2122; com certeza merecia uma trajetĂłria melhor na indĂşstria FLQHPDWRJUiĂ&#x20AC;FD,QIHOL]PHQWH QmRKiPXLWRRTXHID]HUTXDQdo seu astro principal ĂŠ mais conhecido por sua estupidez IRUDGDVWHODVGRTXHSRUVHX WDOHQWRjIUHQWHGDVFkPHUDV


2

TribunaIndependente

DIVERSÃO&ARTE 0$&(,Ï6(;7$)(,5$'(0$,2'(

Amanhã 2JUXSRGHWHDWURGH$ODJRDV,Q¿QLWR(QTXDQWR7UXTXH±,(7HVWUHLDDPDQKmjVKRHVSHWiFXOR5RFNPH&RPDGLUHomRVHPSUH YLVFHUDOGH/DHO&RUUHLDRHVSHWiFXORWHPLQVSLUDomRQDIDPRVDSHoD+RMHe'LDGH5RFNHPRVWUDDVUHDo}HVHGHVFREHUWDVGHXPD IDPtOLDVHUWDQHMDGLDQWHGHPXGDQoDVGHFRPSRUWDPHQWRLQÀXHQFLDGDVSHORURFN¶Q¶UROOD&RFD&RODRMHDQVHDUHEHOGLDGDMXYHQWXGH TXHGHL[DULDPPDUFDVHVRQRULGDGHVTXHHFRDPDWpRVGLDVDWXDLV1mRIRUDPGLYXOJDGRVRVYDORUHVGRLQJUHVVRV

Teatro 2H[SHULHQWHSHVFDGRU-RVp+HUPtOLRp VXUSUHHQGLGRSHODDWUDomRSHORMRYHP-~OLR GHDQRV$W{QLWRHOHDFUHGLWDTXHpR GHP{QLRRUHVSRQViYHOSHODDWUDomRSURLELGD (VVDpDKLVWyULDGRHVSHWiFXOR³$0DU $EHUWR´TXHRJUXSR$WRUHVj'HULYD&ROHWLYR $UWtVWLFRGR5LR*UDQGHGR1RUWHDSUHVHQWD HP0DFHLySUy[LPRVViEDGRVHGRPLQJR¬V KQR7HDWUR-RIUH6RDUHVQR6HVF&HQWUR 2VLQJUHVVRVFXVWDP5H5$OpPGR HVSHWiFXORRJUXSRUHDOL]DUiJUDWXLWDPHQWH GHDPDQKmDGRPLQJR2¿FLQDH6HPLQiULR YROWDGRVSDUDFODVVHDUWtVWLFD0DLV,QIRU PDo}HV  H

Luar e Serena *UXSR7HDWUDO6LPVHQK{WHUiPDLVDSUHVHQ WDo}HVGRHVSHWiFXOR³/XDUH6HUHQD2 &DVDPHQWR´QR(VSDoR&XOWXUDO/LQGD0DV FDUHQKDVQHVWHGRPLQJRHPGXDVVHVV}HV jVKHjVK$PELHQWDGDQRDOWR 1RUGHVWHDSHoDpXPDFRPpGLDURPkQWLFD FKHLDGHHQFDQWRHIDQWDVLDXPHVSHWiFXOR GHDPRUHIRUWHVHPRo}HVYLYLGDSRU/XDU H6HUHQDGRLVMRYHQVTXHVHDSDL[RQDPj SULPHLUDYLVWDHWHQGHPDHQIUHQWDURHPEDFH GRGHVWHPLGRYLOmR27HPSHVWDGHTXH GHVHMDDWUDSDOKDURVRQKRGRWmRHVSHUDGR FDVDPHQWRGRFDVDO7HOHIRQH

Pinta e borda

2DWRUHKXPRULVWD(UL-RKQVRQYROWDDRVSDOFRVFRPRHVSHWiFXOR³(UL3LQWD-RKQVRQ%RUGD´(VFULWDSRU HOHDFRPpGLDWHPFRPRPDUFDUHJLVWUDGDDLQWHUDWLYLGDGHFRPRS~EOLFR2FRPEXVWtYHOGRDWRUSDUD ID]HUULUVmRVLWXDo}HVGRFRWLGLDQRHDQWLJRVSHUVRQDJHQV(P0DFHLyDVDSUHVHQWDo}HVDFRQWHFHUmR KRMHHDPDQKm K HGRPLQJR K QR7HDWUR'HRGRUR2VSUHoRVYDULDPGH5D50DLV LQIRUPDo}HVH

Sextas Populares Happy Hour no Sesc

2¿FLQDVWHDWUDLV

$DWUDomRGHKRMHQR SURMHWR6H[WDV3RSXODUHV UHDOL]DGRQRSiWLRH[WHUQR GR7HDWUR'HRGRURVHUi RP~VLFR-RmR$OEUHFKW DSDUWLUGDVKFRP HQWUDGDJUDWXLWD-RmR &DUORV7HL[HLUDGH&DU YDOKR$OEUHFKWLQVWUXPHQ WLVWDFDQWRUHFRPSRVLWRU QDWXUDOGH6mR3DXOR63 pUDGLFDGRHP0DFHLy$/ GHVGHFRPDODJRD QLGDGHDVVXPLGD(QWUDGD JUDWXLWD&RQWDWR   ZZZ WHDWURGHRGRURDOJRYEU

$&LD/WGDSURPRYHGXDVDWLYL GDGHVJUDWXLWDVHPMXQKRSDUD SURIHVVRUHVSHUIRUPHUVHLQFHQ WLYDGRUHVFXOWXUDLVFRPRSDUWHGR SURMHWR'RPtQLR3~EOLFRFRPR LQWXLWRGHWURFDULGHLDVVREUHFRUSR DUWHHHVSDoRVS~EOLFRV1RSHUtRGR GHDGHMXQKRGDVKjVKQR (VSDoR&XOWXUDOQD6LQLPEXVHUi UHDOL]DGDJUDWXLWDPHQWHDR¿FLQD ³,QWHUIHUrQFLDV8UEDQDVFRUSRDUWH HHVSDoRVS~EOLFRV´FRPRSHUIRUP HUPLQHLUR5LFDUGR$OYDUHQJD2V LQWHUHVVDGRVSRGHPHQWUDUHPFRQ WDWRSHORVQ~PHURV   RX  DVLQVFULo}HV HVWDUmRDEHUWDVDWpGHMXQKR

(PKRPHQDJHPDRVQRPHVFRQVD JUDGRVGDP~VLFDQDFLRQDOR+DSS\ +RXU*UDQGHV(QFRQWURVDFRQWHFH QD~OWLPDVH[WDIHLUDGHFDGDPrVH SDUDDHGLomRGHPDLRRHYHQWRDFRQ WHFHUiKRMH$QRLWHVHUiGHGLFDGD jHOHWUL]DQWHFDQWRUD(OED5DPDOKR $UHVSRQVDELOLGDGHGHUHSUHVHQWDU VHXVVXFHVVRV¿FDUiSRUFRQWDGD 2UTXHVWUD&RQH[mR/DWLQDHGDFDQ WRUD$QGUpD0RUDHV$VSULPHLUDV SHVVRDVTXHFRPSUDUHPRLQJUHVVR GR+DSS\+RXU*UDQGHV(QFRQWURV UHFHEHUmRXP&'H[FOXVLYRFRQWHQGR TXDWURP~VLFDVGDFDQWRUD$QGUpD 0RUDHV+RUiULRK,QJUHVVRV GH5D57HOHIRQH 

Branca de neve $SURGXWRUDFXOWXUDO6XH&KDPXVFDHVWi DQXQFLDQGRSDUDMXOKRDYLQGDGRPXVLFDO ³%UDQFDGH1HYHHRV6HWH$Q}HV´VRED GLUHomRGRLWDOREUDVLOHLUR%LOO\%RQGeXPD VXSHUSURGXomRFRPHIHLWRVGHDQLPDomRHP '$VGDWDVHKRUiULRVGDVDSUHVHQWDo}HV DLQGDQmRGLYXOJDGRV,QIRUPDo}HV   

7HPiWLFD(VStULWD 2DWRU5HQDWR3LHWUR ¿OPH³1RVVR/DU´  FKHJDD0DFHLyDPDQKmSDUDDSUHVHQWDU DSHoDGHWHPiWLFDHVStULWD³26HPHDGRU GH(VWUHODV´7H[WRGH&\UDQR5RVDOHP1R SDOFRGR7HDWUR*XVWDYR/HLWH -DUDJXi  jVK9HQGDVQRVHVWDQGHV9LYD$ODJRDV 0DFHLy6KRSSLQJ H)ROLD%UDVLO *%DUERVD 6WHOOD0DULV 0DLV,QIRUPDo}HV

0~VLFD$QWLJD 1DHVWUDGDFRPRHVSHWiFXOR³DQRVGH0~VLFD$QWLJD´RJUXSRSHUQDPEXFDQR$OOHJUHWWRVHDSUHVHQWDHP0DFHLyQRSUy[LPRGLDGHMXQKRjVK QRSURMHWR&RQFHUWRDRV'RPLQJR2JUXSRpHVSHFLDOL]DGRHPP~VLFDPHGLHYDOHUHQDVFHQWLVWDHVHDSUHVHQWDFRPURXSDVGHpSRFD1RGLDGHMXQKR jVKQR,+*$/ODGHLUDGR%ULWR&HQWUR$EHUWRDRS~EOLFR FALE CONOSCO$$JHQGDpXPVHUYLoRJUDWXLWRGHRULHQWDomRDROHLWRU2VLQWHUHVVDGRVHPGLYXOJDUHYHQWRVVKRZVHH[SRVLo}HVSRGHPHQYLDUPDWHULDODWUDYpVGRHQGHUHoRWLDJHQGD#KRWPDLOFRP

RESUMO DE NOVELAS GLOBO 18h AMOR ETERNO AMOR

0HOLVVDH/DXUDWURFDPRIHQVDV5HJLQDS}HD FXOSDHP9DOGLUHQHSRU0LFKHOHQmRSRGHUPDLV EULQFDUFRP&ODUD/DXUDUHYHODSDUD3ULVFLOD TXH'LPDVHUDRKRPHPTXHHVWDYDFRPHODQD IRWRTXHVDLXQDLQWHUQHW)HUQDQGRGHVFREUHD VHQKDGRFRPSXWDGRUGH%HDWUL]%HDWUL]DFHLWD VHFDVDUFRP*DEULHO)HUQDQGRVHHQIXUHFHDR RXYLU5RGULJRIDODUGH0LULDPHPVXDVHVVmR -XOLQKRDYLVDD/DtVTXHWUDEDOKDUiSDUD5LE DPDU)HUQDQGRSHGHSDUDUHDWDUFRP0LULDP

GLOBO 19h CHEIAS DE CHARME

'LQKDH+HUDOGRVDOYDP,QiFLR0DUoDOFRQ VHJXHXPSDQÀHWRFRPDIRWRGH5RViULR(ODQR H[SOLFDD5RViULR3HQKDH&LGDDVFRQGLo}HV GRDFRUGRTXHIH]FRP&KD\HQHHDIDPtOLD6DU PHQWR$V(PSUHJXHWHVVHVXUSUHHQGHPFRPR DVVpGLRGRVImV*HQWLOFRQYLGDDV(PSUHJXHWHV SDUDXPDHQWUHYLVWDQDUiGLR&RQUDGRH,VDGRUD GLVFXWHPSRUFDXVDGH&LGD%UXQHVVDFRQWD SDUD,YRQHTXHHVWiJUiYLGD$ULHODFRQ¿UPDVXD JUDYLGH]/\JLDSURFXUD3HQKD

GLOBO 21h AVENIDA BRASIL

&DUPLQKDPHQWHSDUD-RUJLQKRVREUH5LWD ÈJDWDÀDJUD1LQDFKRUDQGR7XImRVHVHQWHPDO DROHPEUDUGRDFLGHQWHFRP*HQpVLR%HYHUO\ SURFXUD$GDXWRH0XULF\ÀDJUDRVGRLVMXQWRV 9HU{QLFDID]H[LJrQFLDVSDUDWHU&DGLQKRGH YROWD0D[GHVWUDWD,YDQDH1LQDDFRQVROD 7XImRFRQWDSDUD-RUJLQKRTXHIRLRUHVSRQViYHO SHODPRUWHGH*HQpVLR0D[WHQWDVHGX]LU1LQD -RUJLQKRSHUJXQWDD/XFLQGDTXHPDEDQGRQRX 5LWDQROL[mR&DUPLQKDD¿UPDD0D[TXHVH YLQJDUiGH5LWD

RECORDE 21h MÁSCARAS

(OL]DGL]D2WiYLRTXHLUiVR]LQKDIDODUFRP%LJ %ORQG(OL]DD¿UPDTXH%LJ%ORQGDREULJDUiD VHFDVDUFRPHOH2WiYLRVXJHUHTXHHOHVIXMDP GRSDtV)OiYLDFRQWDSDUD9DOpULDTXH0DULQD DSDQKRXGH*DEULHOHTXHUPRUDUHPVXDFDVD (OL]DD¿UPDQmRFRQVHJXLUGHL[DU2WiYLRHGL] TXHRDPD(GXDUGR6RWHUR¿FDLQFRPRGDGR DRQRWDUDSUHVHQoDGH(OYLUDHPVXDSDOHVWUD (OYLUDVHGHVFXOSDSRUWHULQYDGLGRRDQLYHUViULR GRMXL]QRQDYLR(OL]DLPSORUDSDUDTXH%LJ %ORQGDGHL[HVHUOLYUH%LJ%ORQGD¿UPDQmRWHU FRQWUROHVREUHDVGHFLV}HVTXHYHPGR7H[DV


TribunaIndependente

0$&(,Ă?6(;7$)(,5$'(0$,2'( DIVERSĂ&#x192;O&ARTE

3

Lamentaçþes 0DLWr3URHQoD¿FRXFKDWHDGDFRPHVVHWURFDWURFDGHDWRUHVQD*ORERSDUDYLYHURSHUVRQDJHP2VPXQGR HP³*DEULHOD´DWpVHFKHJDUD(ULN0DUPR $VXDWRUFLGDHUDSHOR%UXQR*DJOLDVVRTXHWUDEDOKRXFRPHODHP³3DVVLRQH´0DVQmRIRLSRVVtYHO(VVD ³QRYHOD´GHQWURGDQRYHODGHL[RXUHVVHQWLPHQWRV

FLĂ VIO RICCOFRODERUDomR-RVp&DUDORV1HU\ZZZWZHWWHUFRPĂ&#x20AC;DYLRULFFR

*ORERH%DQGMiGHĂ&#x20AC;QHPRV VXEVWLWXWRVGH*DOYmRH/XFLDQR

',98/*$d­2*/2%2

7

udo indica que a Copa do Mundo, em 2014, deve ser a ~OWLPDGR*DOYmR%XHQRH/XFLDQRGR9DOOHGRLVGRV SULQFLSDLVQDUUDGRUHVGDQRVVD79WLWXODUHVGD*ORER H%DQGHLUDQWHVQRVWHPSRVDWXDLV2SUySULR*DOYmRVH antecipando, jĂĄ anunciou a sua decisĂŁo. Lamentavelmente, SRUTXHD5HGH79QmRSDUWLFLSDUiGDWUDQVPLVVmR6LOYLR Luiz nĂŁo terĂĄ a mesma oportunidade de se despedir num mundial. Seria merecido. Ă&#x2030; um dos melhores e tem toda uma histĂłria. Mas, dos que aĂ­ estĂŁo, quais sĂŁo aqueles que tĂŞm cacife para ocupar esses lugares com a mesma força? 1D*ORERSHODRUGHPQDWXUDOGDVFRLVDVSRUSUySULRV mĂŠritos e qualidades que hĂĄ alguns anos vem demonstrando, Cleber Machado (foto ao Lado), surge FRPRSULPHLURGDĂ&#x20AC;ODeQRPHGHSRQWDHPERUD Milton Leite e Luiz Roberto tambĂŠm apareçam com GHVWDTXH1D%DQGRPHVPRDFRQWHFHFRP7pR-RVp jĂĄ apontado internamente como substituto natural do Luciano, atĂŠ pela sua versatilidade em transmitir diversos esportes. Como se observa este ĂŠ um problema que nenhuma das duas emissoras deve enfrentar.

Ex-BBB e ex-panicat, com contrato correndo, Jaqueline Khury estĂĄ em novas funçþes na Rede TV!.JĂĄ de alguns dias ela foi transformada em repĂłrter especial do â&#x20AC;&#x153;Superpopâ&#x20AC;?, programa da Luciana Gimenez

',98/*$d­2

Chamada de embarque (VWiWXGRFHUWRQD*ORERSDUDTXHDYLDJHPGR HOHQFRGH³6DOYH-RUJH´VXEVWLWXWDGH³$YHQLGD´ j7XUTXLDSRVVDDFRQWHFHUQDVHJXQGDTXLQ]HQD GHMXQKR $WRUHVFRPR5RGULJR/RPEDUGLH7LDJR$EUDYDQHOHQWUHRXWURVVHUmRREULJDGRVDVHGHVSHGLURXVXVSHQGHUVHXVFRPSURPLVVRVWHDWUDLV $RUGHPGHHPEDUTXHDLQGDQmRIRL¿[DGD

Respeito -RYHQVDWRUHVHVFDODGRVSDUDFHQDVGHXPD SURFLVVmRGDQRYHOD³*DEULHOD´JUDYDGDVQD %DKLDUHYHUHQFLDUDP0DXUR0HQGRQoD-RVp :LONHUH$QW{QLR)DJXQGHVHQWUHRXWURVQRPHV FRQVDJUDGRVGRHOHQFR 2FRPHQWiULRpTXHTXDQGRHOHVSDVVDYDPR FKmR³WUHPLD´

TV TUDO

Especial

TĂĄ dentro

2*ORER1HZVQR³$UTXLYR1´GLDYDL DSUHVHQWDUXPSURJUDPDLQpGLWRVREUH3DXO0F&DUWQH\UHVJDWDQGRDOJXPDVGDVVXDVKLVWyULDV RVJUDQGHVVXFHVVRVHXPSRXFRGDVHQWUHYLVWDVFRQFHGLGDVDRORQJRGRVWHPSRV 1RDUDSDUWLUGDVGDQRLWH

(PPHLRjHQ[XUUDGDGHDQ~QFLRVGD QRYHOD³&DUURVVHO´R6%7SXEOLFRXHP VHXVLWHXPDSUpYLDFRPDVPHOKRUHVP~VLFDVEUDVLOHLUDVGHWRGRVRV WHPSRV³$LVHHXWHSHJR´GR0LFKHO 7HOyHVWiOiQRPHLR

(YHQWREHQHÂżFHQWH

Queimação

5REHUWR-XVWXV&OiXGLD/HLWWH$JQDOGR5D\RO /XL]D3RVVL+HEH&DPDUJR/pR0DLD3DXOR 5LFDUGRHDEDQGD5RXSD1RYDMiFRQÂżUPDUDP SUHVHQoDVQXPJUDQGHVKRZGLDQR7HDWUR *HRHP6mR3DXOR$UHQGDVHUiGHVWLQDGDD FRQVWUXomRGD&DVDGD0XOKHUXPFHQWURGH SUHYHQomRHFRPEDWHDRFkQFHUGHPDPDLGHDOL]DGRSRU9DOpULD%DUDFFDW $QD+LFNPDQQH7LFLDQH3LQKHLURVHUmRDVDSUHVHQWDGRUDVGRHYHQWR

6HJXQGRDPLJRVPDLVSUy[LPRV 5RGULJR)DURQmRGHYHULDDFHLWDUPDV GHMHLWRQHQKXPRSURJUDPDGLiULR QD5HFRUG(QWHQGHPTXHLVWRVHUi H[WUHPDPHQWHSUHMXGLFLDOSDUDDVXD FDUUHLUD2ÂłĂ&#x2039;GRORV´TXHHOHGHL[RXH RÂł0HOKRUGR%UDVLO´MiHVWDYDPGHERP WDPDQKR

Nas duas

PĂŠ atrĂĄs

6X]DQD3LUHV¿FRXGXUDQWHFHUWRSHUtRGRGLYLGLGDHQWUHGRLVWUDEDOKRV 1R5LR*UDQGHGR6XOHODFRPSOHWRX DVVXDVFHQDVFRPR$QD7HUUDQR ¿OPH³27HPSRHR9HQWR´$RPHVPR WHPSRFRQWLQXRXSDUWLFLSDQGRGDV UHXQL}HVGHWUDEDOKRFRP:DOWKHU 1HJUmRQDVXDSUy[LPDQRYHODGDV QD*ORER

2VFRQWUDWRVGHWRGRVRVLQWHJUDQWHVGD³(VFROLQKDGR*XJX´WHUPLQDPQRSUy[LPRGLD TXLQWDGDVHPDQDTXHYHP$LQIRUPDomRpTXH QLQJXpPUHQRYRXDWpDJRUD 3DUDDWHUoDIHLUDDQWHULRUHVWmRSUHYLVWDVDV JUDYDo}HVGHGRLVSURJUDPDVTXHSDUDDOJXQV DWpSRGHPVHUDV~OWLPDV

Bate-rebate ¡ O jornalista Laerte Vieira, ex-Rede TV!, esteve circulando pelos corredores da TV Gazeta - SP na Ăşltima semana. Ă&#x201A;0DVDGLUHomRGDHPLVVRUDQHJD TXDOTXHULQWHUHVVHQRUHWRUQRGR SURÂżVVLRQDO6HJXQGRVHLQIRUPD HOHIRLDSHQDVYLVLWDUDPLJRV

¡ Centenas de estudantes universitĂĄrios realizaram um ato de protesto em frente aos estĂşdios da Televisa nas cidades de San Ă ngel e Santa FĂŠ. Ă&#x201A;+iSRUSDUWHGHOHVXPDJUDQGH LQGLJQDomRFRPDFREHUWXUDMRUQDOtVWLFDGDVHOHLo}HVSUHVLGHQFLDLV

¡ Tiago Santiago tinha um compromisso com o SBT de sĂł tocar ou falar de seus prĂłximos trabalhos apĂłs a estreia de â&#x20AC;&#x153;Carrosselâ&#x20AC;?. Ă&#x201A;&XPSULXGLUHLWLQKRRDFRUGR(VWi TXLHWRDWpDJRUD ¡ Ana Paula PadrĂŁo, quando voltar das suas duas semanas de fĂŠrias,

vai continuar acompanhando o Ă´nibus olĂ­mpico da Record. Ă&#x201A;9LOPD6DQWRVFRRUGHQDGRUDGH PRGDHEHOH]DGD79*D]HWDHVWi QRV(VWDGRV8QLGRVSDUWLFLSDQGR GHXPFXUVRHVSHFtÂżFRSDUDWHFQRORJLD+'

&¡HVWĂ&#x20AC;QL 2QRYRMRUQDOGD%DQGHLUDQWHVFRPH[LELomRDRVViEDGRVQDIDL[DGDVKRUDVHDSUHVHQWDomRGR0iUFLR&DPSRVWHYHDVXDHVWUHLDWUDQVIHULGD 1mRVHUiPDLVDPDQKmFRPRLQLFLDOPHQWHVHDQXQFLRX$%DQGÂżFRXGHFRQÂżUPDUDQRYDGDWD (QWmRpLVVR0DVDPDQKmWHPPDLV7FKDX

PALAVRAS CRUZADAS DIRETAS

www.coquetel.com.br

Š Revistas COQUETEL 2012

IrmĂŁ (fam.) ExercĂ­cio indicado para quem sofre da coluna Cidade alemĂŁ Ă s margens do Elba

(?)-verde: atua nas Pintor, Estado de Forças escritor AÊcio Especiais (sigla) dos EUA ou cantor

Ex-beatle que tocou no Brasil em 2011 De pequeno tamanho (fem.)

â&#x20AC;&#x153;Quem ĂŠ vivo sempre (?)â&#x20AC;? (dito)

Financia o programa de TV ou rĂĄdio

Controla a aviação civil (sigla) Vegetal Sufixo de do sushi â&#x20AC;&#x153;filhotaâ&#x20AC;?

Festa da (?), atração do RS ColÊrico

Adeus, em espanhol Soltar gritos de dor Vereador

Proibido

Membro do Quarteto FantĂĄstico (HQ)

Ouro (sĂ­mbolo) MĂŁe do pai

U V A

Companhia (abrev.) Arco, em francĂŞs

Os que estĂŁo aqui (pron.)

GarcĂ­a (?), dramaturgo de â&#x20AC;&#x153;Yermaâ&#x20AC;? Presidente cubano desde 2006

Uso da minhoca na pesca com vara

Sabor de drope Raio (abrev.)

Curso de ĂĄgua A banda de Bellotto

Grosso e delgado (Anat.)

(?) veicular, combustĂ­vel natural

Arte, em latim Goleiro brasileiro do Liverpool (fut.) Tronco abatido Hora (sĂ­mbolo)

56

Solução H R I D R C O A G I I N A E S T O I C M A

C

M A M N G A A M P L A R T E I C T E Ă&#x192; S A R R S

I O S T A S V E D U I E L B O I N A

I C U S

A R G T A I S S T A A N U I N R C A I D A O N T H E

A D I O S A V O L O R C A

A RA

R A U L C A S T R O

BANCO

(?) Barbosa: a Ă guia de Haia

3/arc â&#x20AC;&#x201D; ars â&#x20AC;&#x201D; rio. 4/aiar â&#x20AC;&#x201D; mana. 5/adiĂłs. 10/marselhesa.

â&#x20AC;&#x153;A (?)â&#x20AC;?, o hino nacional francĂŞs

(?) Ketu, banda do Carnaval baiano

HORĂ&#x201C;SCOPO

Ă RIES  D Âą$XQLmR HQWUH/XDH3OXWmRLQGLFDXP momento no qual as surpresas SRGHPOKHGHL[DUSUHRFXSDGR6HX FRPSRUWDPHQWRVHUiIXQGDPHQWDO SDUDDPHQL]DUDVLWXDomRSRUWDQWR QmRVHGHL[HDEDWHUSRUSUHVV}HV H[WHUQDVHDMDGHPRGRREMHWLYR 6RFLDOPHQWHQmRFULHVLWXDo}HV GHWHQVmRHSURFXUHGXUDQWHHVWH SHUtRGRSUHIHUHQFLDOPHQWHRVUHODFLRQDPHQWRVTXHOKHLQVSLUHPWRWDO FRQÂżDQoD TOURO Âą D Âą6HMD PDLVFXLGDGRVRSDUDTXHQmRVXUMD TXDOTXHUGHVHQWHQGLPHQWRFRPVDL FDUDPHWDGH2VDVWURVSHGHPTXH YRFrQmRSHUPLWDTXHRVFRQĂ&#x20AC;LWRV VHQWLPHQWDLVSUHMXGLTXHPRFRQYtYLR FRPVHXDPRU3URÂżVVLRQDOPHQWH HYLWHDVSUHSRWrQFLDVGHVQHFHVViULDVYD]LDVGHOyJLFDHFRHUrQFLD GĂ&#x160;MEOS â&#x20AC;&#x201C; (21/5 a 21/6) â&#x20AC;&#x201C; MoPHQWRGHUHQRYDomRGRVVHXV VHQWLPHQWRVSRUVXDFDUDPHWDGH 5HYHMDWDPEpPRVSUREOHPDVTXH DWUDSDOKDPRUHODFLRQDPHQWRGH YRFr6XDPHOKRUDUPDpRGLiORJR DEHUWRHVLQFHURTXHSRGHWUD]HUGH YROWDREHPHVWDUQRFRWLGLDQR CĂ&#x201A;NCER Âą D Âą$TXDGUDWXUDHQWUH/XDH3OXWmRVXJHUH XPPRPHQWRGHJUDQGHVPXGDQoDVSDUWLFXODUHVLPSXOVLRQDGDV SULQFLSDOPHQWHSRUIUXVWUDo}HVHP VHXVUHODFLRQDPHQWRV*XDUGHVHXV VHQWLPHQWRVSDUDVLPHVPRHQmR MXOJXHSRUDQWHFLSDomR LEĂ&#x192;O â&#x20AC;&#x201C; D Âą(Q[HUJXH VXDVGLÂżFXOGDGHVSHVVRDLVFRPR RSRUWXQLGDGHVGHFUHVFHU2VSODQHWDVHPVHXVLJQROKHFRQIURQWDP FRPDQHFHVVLGDGHGHUHĂ&#x20AC;HWLUVREUH VXDUHODomR9DORUL]HPDLVVHXDPRU DSURYHLWDQGRWRGRVRVPRPHQWRV DGRLV VIRGEM â&#x20AC;&#x201C; (23/8 a 22/9) â&#x20AC;&#x201C; A tensĂŁo entre Lua e PlutĂŁo aponta um PRPHQWRGHPXLWDVLQWHUIHUrQFLDV HPVXDYLGD$RVHGHL[HOHYDUSHODV SUHVV}HVPHVPRTXHDVFUtWLFDV SDUWDPGHSHVVRDVGHVXDFRQÂżDQoDSRLVYRFrSRGHVHSHUGHUGH VHXVREMHWLYRVVHVHJXLULPSRVLo}HV 6RFLDOPHQWHGHYHUiSDXWDUVH SHODSUXGrQFLD(YLWHLJXDOPHQWH FKRTXHVTXHDOpPGHQmROKHWUD]HUHPEHQHItFLRVSRGHUmRFULDUDOJXPDVVLWXDo}HVGHOLFDGDV$SURYHLWH HVWHSHUtRGRSDUDVHDXWRDQDOLVDU

LIBRA â&#x20AC;&#x201C; D Âą9RFrQmR DFKDTXHMiHVWiQDKRUDGHOHYDU VHXUHODFLRQDPHQWRDRXWURSDWDPDU"$VVXPDXPFRPSURPLVVRGH GHGLFDomRHFXPSOLFLGDGHFRPVXD FDUDPHWDGH&ODUH]DHHÂżFLrQFLD VmRFDUDFWHUtVWLFDVHVVHQFLDLVSDUD OLGDUFRPVHXURPDQFH ESCORPIĂ&#x192;O â&#x20AC;&#x201C; (23/10 a 21/11) â&#x20AC;&#x201C; A TXDGUDWXUDHQWUH/XDH3OXWmRSHGH TXHYRFrVHMDFXLGDGRVRDRLQWHUDJLU FRPSHVVRDVFRQWURODGRUDVSDUD TXHFRQĂ&#x20AC;LWRVLGHROyJLFRVQmRGLPLQXDPVXDFRQÂżDQoDHPVLPHVPR RTXHSUHMXGLFDVXDDWXDomRHP JUXSRV)XMDGHFRPSHWLo}HV SAGITĂ RIO â&#x20AC;&#x201C; (22/11 a 21/12) â&#x20AC;&#x201C; A WHQGrQFLDpTXHYRFrVHDEDWDFRP DVIUXVWUDo}HVPDVLVVRSRGHVHU FRQWURODGR$WHQVmRHQWUH/XDH 3OXWmROKHDFRQVHOKDDQmRUHYHODU VXDVGHFHSo}HVSDUDTXHVHX H[FHVVRGHVLQFHULGDGHQmRVHMD SUHMXGLFLDO'rWHPSRDRWHPSR CAPRICĂ&#x201C;RNIO â&#x20AC;&#x201C; (22/12 a 19/1) â&#x20AC;&#x201C; 6XDVUHODo}HVSHVVRDVVHUmRPRWLYR GHGHVJDVWHKRMH$TXDGUDWXUDHQWUHOXDH3OXWmRSHGHTXHYRFrQmR VHGHL[HLQĂ&#x20AC;XHQFLDUSHORFRPSRUWDPHQWRFRQIXVRGRVRXWURV0RVWUH VHHTXLOLEUDGRHQmRHPEDUTXHHP GLVFXVV}HVLQ~WHLV AQUĂ RIO â&#x20AC;&#x201C; D Âą'LÂżFXOGDGHVGHFRQYLYrQFLDQRVHXDPELHQWHGHWUDEDOKRSRGHPSUHMXGLFDU VXDSURGXWLYLGDGH$TXDGUDWXUD HQWUH/XDH3OXWmROKHDFRQVHOKDD VHUPDLVFRUDMRVRDROLGDUFRPRV SUREOHPDVDFUHGLWDQGRPDLVHPVL PHVPR6HMDIRUWH1RDPRUDVXD YLGDDPRURVDSRGHUiVHULQĂ&#x20AC;XHQFLDGDSRURXWURVDVSHWRV$VVLPWHQWH VHUDWHQFLRVRFRPRVHXSDUHQmR FULHVLWXDo}HVGHWHQVmRTXHHVSHFLDOPHQWHQHVWHSHUtRGRSRGHUmRWHU FRQVHTXrQFLDVEHPGHVDJUDGiYHLV PEIXES â&#x20AC;&#x201C; (19/2 a 20/3) -Problemas QDVXDYLGDVRFLDOSRLVKiXPFOLPD GHFRPSHWLomRHFRQĂ&#x20AC;LWRGHLQWHUHVVHVTXHSUHMXGLFDDKDUPRQLD$ WHQVmR/XD3OXWmROKHDFRQVHOKDD QmRHPEDUFDUQHVVHVHQWLPHQWRGH GLVSXWD8VHVXDGLSORPDFLDSDUD DIDVWDUVHVHQHFHVViULR1RDPRU $GRWDUXPFRPSRUWDPHQWRVHQWLPHQWDOPDLVREMHWLYRDMXGDUiDOLGDU PHOKRUFRPVHXSDU$JLUGHPRGR PDLVHÂżFLHQWHFRPVXDUHODomRp XPDKDELOLGDGHTXHSRGHVHUGHVHQYROYLGDGHPRGRWUDQTXLOR

AO VIVO

CPM 22 prepara repertĂłrio para ĂĄlbum acĂşstico

A

banda CPM22 vai gravar um ålbum acústico, ao vivo, no segundo semestre e jå estå em fase de escolha do repertório. Com sete discos lançados em 17 anos de estrada, o grupo de Badauí pretende reunir sucessos da carreira, alÊm de cançþes inÊditas e participaçþes especiais. Dinho Ouro Preto, do Capital Inicial, Ê um dos artistas convidados para fazer parte do disco. Em entrevista, o vocalista Badauí disse que pretende convidar outros músicos para participar do projeto. O lançamento estå previsto para depois do Carnaval de 2013. Para anunciar a novidade, a banda realizou um pocket show para convidados na sede de uma produtora em São Paulo. Estavam na plateia integrantes do Jota Quest, Inocentes, Oitão e Hateen, entre outros.

INDENIZAĂ&#x2021;Ă&#x192;O $DWUL]Ă&#x20AC;JXUDQWH*DEULHOOD&HGLOORTXHĂ&#x20AC;FRX gravemente ferida durante DVĂ&#x20AC;OPDJHQVGH´7UDQVformers: O Lado Oculto da Luaâ&#x20AC;?, vai receber uma indenização de US$ 18,5 milhĂľes num acordo feito FRPRVSURGXWRUHVGRĂ&#x20AC;OPH As informaçþes sĂŁo do site 70=*DEULHOODDEULXXP processo contra os estĂşdios Paramount e DreamWorks depois de sofrer uma lesĂŁo na cabeça durante uma FHQDĂ&#x20AC;OPDGDHP,QGLDQD em setembro de 2010. Ela dirigia seu prĂłprio carro no fundo de uma sequĂŞncia de ação quando um cabo usado para rebocar outro veĂ­culo estourou, estilhaçando o YLGURGRFDUURGH*DEULHOOD e a ferindo na cabeça. $Ă&#x20AC;JXUDQWHIRLOHYDGD para um hospital prĂłximo e passou por uma cirurgia, mas o dano causado a seu cĂŠrebro pela lesĂŁo ĂŠ permanente.


4

DIVERSĂ&#x192;O&ARTE

TribunaIndependente

MACEIĂ&#x201C; - SEXTA-FEIRA, 25 DE MAIO DE 2012

O sorriso... ĂŠ o cartĂŁo de visita das pessoas saudĂĄveis. Distribua-o gentilmente. Fotos by Chico BrandĂŁo

Fotos by Chico BrandĂŁo

The Best Marroquim no Farol

Q

ue tal morar em um dos bairros mais tradicionais da capital alagoana, com uma vista pra lĂĄ de privilegiada. Essa ĂŠ a posposta do Salute, empreendimento da Marroquim Engenharia, com projeto arquitetĂ´nico assinado por Paulo GusmĂŁo e Jaime Passos. O empreendimento conta com apartamentos com quatro suĂ­tes, sendo um mĂĄster. Tudo com a marca da credibilidade e seriedade do amigo MĂĄrio Marroquim.

Parabenizamos o consagrado empresĂĄrio Jonas AraĂşjo pelo grande sucesso que o conhecido restaurante Four-Bistrot vem fazendo em nossa cidade

Walda Papine, uma mulher que encanta a todos nĂłs, volta a circular em nosso mundo social e empresarial

Pomada

D

ez em dez pessoas jå ouviram falar (e jå usaram) a pomada Bepantol. O mais legal Ê que, alÊm de prevenir contra assaduras, o produto Ê incrível para manter a beleza da pele, do cabelo, das unhas, dos låbios... Nos låbios, a dica Ê usar antes de dormir. Passar uma camada grossa Ê certeza de pele recuperada na manhã seguinte! Na pele, vale passar um pouco do Bepantol em åreas do FRUSRTXHFRVWXPDP¿FDUPDLVUHVVHFDGDVFRPRSpVHFRWRYHORV Para potencializar a ação do produto enrole essas regiþes com um ¿OPHSOiVWLFRHVyUHWLUHGHSRLVTXHDSRPDGDVHFDUEHP1RFDVR dos pÊs, faça a aplicação antes de dormir e coloque uma meia. Para o cabelo, compre na farmåcia a versão líquida. Para hidratar bem as cutículas passe a pomada nos dedos. Faça uma massagem råpida em cada um. O truque Ê ideal quando não då tempo de ir à manicure.

A

No Foco T

TelevisĂŁo

elevisĂŁo na sala ĂŠ Ăłtimo, mas pode ser complicado. Ao receber visitas, nĂŁo tem jeito, desligue o aparelho e deixe gravando o especial que vocĂŞ quer tanto ver. E se for o Ăşltimo capĂ­tulo da novela RXDÂżQDOGD&RSDGR0XQGR"$tD falta de cortesia ĂŠ do visitante, que chegou sem avisar. Mas sempre GiSDUDLQFOXtORQDSODWHLD$ÂżQDO nĂŁo dĂĄ para ir Ă  casa de ninguĂŠm quando esses eventos estĂŁo aconWHFHQGRDQmRVHUTXHYiHVSHFLÂżcamente para isso.

O

Terapias

portfĂłlio da linha Nativa SPA, GH2%RWLFiULRÂżFDPDLV completo. A marca lança Nativa SPA Terapias â&#x20AC;&#x201C; linha que traz produtos desenvolvidos com ingredientes especiais para oferecer tratamento intensivo e completo de beleza Ă s consumidoras. A Argiloterapia quanto a Frutoterapia sugerem um ritual de uso dos produtos em sequĂŞncia para potencializar os resultados. Os produtos chegam Ă s lojas O BoticĂĄrio a partir de 18 de junho. Em MaceiĂł, a loja ĂŠ comandada pelas FRPSHWHQWHV$QDH$QLQKD/RXUHLUR Mais um sucesso Ă  vista.

Eri Pinta e Johnson Borda

A

G A Produçþes traz a comÊdia Eri Pinta e Johnson Borda, com o ator Eri Johnson. O espetåculo serå apresentado nos dias 25, 26 e 27 no Teatro Deodoro. Eri Pinta e Johnson Borda Ê uma comÊdia divertidíssima, onde o ator mistura KLVWyULDVUHDLVFRP¿FWtFLDVGHXPD forma muito engraçada. Informaçþes: 3032-5210 ou 9601-2828.

J

Tetra Pak

å pensou em tomar vinho em caixinha? Pois a Bota Box lançou uma linha em embalagens Tetra Pak de 500 ml em papel cartão com suas variedades mais populares: Cabernet Sauvignon, Merlot, Pinot Grigio e Chardonnay. Cada uma ao preço de US$ 4,99. As embalagens estão fazendo o maior sucesso na Europa, Canadå e AmÊrica do Sul. Eles não quebram, e são pråticos e fåceis de carregar. Perfeitos para viagens de ski, mochilþes, camping e qualquer outro tipo de passeio ao ar livre. O que serå que pensam os apreciadores?

Apelo

Janderson Marinho, um dos mais requisitados contatos publicitĂĄrios da cidade, desenvolvendo um trabalho de destaque em nossa cidade

Encontro de Chefs

C

om uma agenda de eventos sempre recheada, o centro de compras e gastronomia Palato realiza no prĂłximo dia 31, a partir das 19h, o â&#x20AC;&#x2DC;Encontro de Chefsâ&#x20AC;&#x2122;, com os experts da cozinha Wanderson Medeiros, Jonatas Moreira, e os responViYHLVSHOR3DODWR&R]LQKD9HUD6DQWRVH/HRQDUGR$OPHLGD Os participantes do super encontro poderĂŁo aprender e degustar trĂŞs pratos preparados com cortes especiais de carne de cordeiro e suĂ­no, harmonizados com vinhos da importação do Palato. As inscriçþes podem ser feitas no Palato Casa da Ponta Verde e custam R$ 90,00, e para cliente VIP, R$ 69,00. Mais informaçþes: 2121-7575.

FOTOS ARQUIVO

E

empresária Mylene de Souza Barros criou um ambiente que é uma ode à beleza. A Apelo Centro de Estética, localizada no The 6TXDUH3DUN2I¿FHVDODRIHrece os mais variados tratamentos estéticos, que vão desde banho de lua, depilação, massagens, SPA do pé, rejuvenescimento facial, limpeza de pele, hidratação, entre tantos. Detalhe: tudo isso com atendimento agendado, ambiente climatizado, além de localização privilegiada, no bairro da Jatiúca. Mais informações pelo telefone 3313-2366/3313&RQ¿UDP

A

Yvetinha & Lourdinha

A

Programação

SURJUDPDomRGRÂżPGHVHPDQD promete ser agitadĂ­ssima e para todos os gostos. Na nova casa de shows da cidade, a Musique, o empresĂĄrio Matheus Vilela aposta no carisma do eterno galĂŁ FĂĄbio Junior. JĂĄ pelos lados do GinĂĄsio do Sesi, o clima ĂŠ de adrenalina e testosterona pura com o Coliseu Extreme Fight IV. Escolha e aproveite.

Perspectiva do Iloa Vida em FamĂ­lia, na Barra de SĂŁo Miguel, empreendimento top com assinatura da Vivendi, de Felipe Cavalcante Coronel AlbĂŠrico Oliveira, e Geneildes de Oliveira, XPFDVDOÂżQD estampa, sempre destacado nas reuniĂľes empresariais de nossa cidade

L

Poltronas com design by Fabricatto sucesso do 2º Festival de Design, no Maceió Shopping e nas lojas da queridíssima Isabel Possamai Mårcia Marques apresentando uma das opçþes de presente para o Dia dos Namorados de sua Imaginarium, o ålbum Nossas Histórias

ForrĂł Arezzo

las estĂŁo a todo vapor. Ana, $QLQKD/RXUHLURH0DPi2PHQD estĂŁo a mil com os preparativos para o ForrĂł Fashion Arezzo 2012, que acontece no dia 2 de junho, na Vox Room, em JaraguĂĄ. A festa, sucesso no SĂŁo JoĂŁo da cidade, contarĂĄ com shows de Dorgival Dantas, Canibal Galopante, alĂŠm de A Farra for all. Breve, daremos mais detalhes.

VDPLJDV/RXUGLQKDH<YHWLQKD comemorando o sucesso da coleção de inverno da Glam. Entre as grfes mais badaladas, as peças da coleção Couturie Inverno 2012, da Couturie by Diva, que aposta no glamour e na elegância casual do dia a dia. As amigas mais elegantes da seara não podem deixar de conferir. Um luxo!

As empresĂĄrias Ana e Aninha Loureiro, antecipando a nova linha Nativa Spa de argiloterapia, que chega Ă s lojas de O BoticĂĄrio em junho

L

J

Assine a Tribuna Independente e esta coluna

pelo telefone (82) 3311-1308

elenilsontopnews@gmail.com

L

M

Trilhas

aceió foi palco, de 3 a 18 de maio, do projeto da Rede de Ancoragem Trilhas Natura, uma iniciativa do MEC e do Instituto Natura, para capacitação de professores da rede pública da cidade. O evento tem como objetivo incentivar o uso dos materiais em sala de aula e apoiar a formação dos professores nas escolas públicas brasileiras. A expectativa da ação Ê formar cerca de 3 mil tÊcnicos em apenas um mês.

Acesse o portal Tribunahoje.com e leia na Ă­ntegra a coluna Top News no Blog Elenilson Gomes

Festival de Design

S

ucesso estrondoso a realização do 2º Festival de Design Fabricatto. A loja, comandada pela competente empresåria Isabel Possamai Dorigon, trouxe para mostra o conceito de móveis com design para dar um toque pessoal e especial ao seu projeto. As peças estão expostas no hall do Maceió Shopping, atÊ 4 de junho, e nas lojas da Fabricatto, na Gustavo Paiva e na Durval de Góes Monteiro. Ta esperando o que para conferir?

Four Bistrot

T

hiago Maia e Jonas AraĂşjo estĂŁo recebendo inĂşmeros elogios pelo cardĂĄpio do Four Bistrot, que estĂĄ sensacional. Uma dica perfeita para quem nĂŁo abre mĂŁo da â&#x20AC;&#x2DC;boa PHVDÂśQHVWHÂżPGHVHPDQD/RFDOLzado na Abdon Arroxelas, na Ponta Verde, se tornou o point dos antenados da cidade. Reserva 4141-1004. Vale apena conferir!

N

Alegria, alegria!

o prĂłximo dia 28 MaceiĂł estarĂĄ em festa. Tudo graças Ă  comemoração dos 50 anos da cake designer mais badalada da cidade, Rosa Maria Nunes. A festança serĂĄ em famĂ­lia e ao lado da primeira neta. Que as velinhas dos bolos criados pela expert em bolos artĂ­stiFRVVHUHĂ&#x20AC;LWDPHPERDVHQHUJLDVH felicidades para ela. ParabĂŠns!

Peixe urbano

E

como a Êpoca Ê de interatividade total, Pedro Kranz, Diretor de Mídias Sociais do Peixe Urbano, estarå em Maceió no dia 28 para dar uma palestra na Associação de Bares e Restaurantes de Maceió sobre o posicionamento de marcas nas mídias sociais. A palestra, que integra a programação da Semana do Conhecimento da Abrasel, acontece das 19h às 21h, no auditório do Hotel Ponte Verde.

Sextas Populares

A

prĂłxima atração do projeto Sextas Populares, realizado pela Diretoria de Teatros do Estado de Alagoas, no pĂĄtio externo do Teatro Deodoro, serĂĄ o mĂşsica JoĂŁo Albrecht, a partir das 17h30, com entrada gratuita. Instrumentista, cantor e compositor, o mĂşsico apresenta seu repertĂłrio â&#x20AC;&#x2DC;inspiradoâ&#x20AC;&#x2122; para o pĂşblico alagoano.


Edição número 1453 - 25 de maio de 2012