Page 12

12

ECONOMIA

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - SEXTA-FEIRA, 17 DE MARÇO DE 2017

etjornalista@gmail.com

Delmiro Gouveia

A

boa notícia para os delmirenses é que neste sábado, a Prefeitura assinará a Ordem de Serviço para a construção do Memorial Delmiro Gouveia. A obra está orçada em pouco mais de 820 mil reais, cujo governo federal é quem dará a maior parte, já que o município fará a contra partida. A iniciativa faz parte da programação alusiva ao aniversário de um século da morte do grande empresário cearense Delmiro Gouveia, que se ancorou no Sertão alagoano, a fim de construir um império de riqueza para a economia local, sobretudo em se tratando de energia elétrica e fábrica de tecidos.

Arapiraca Nesse período de crise econômica, sobretudo com um elevando índice de desemprego em todo país, que já passa dos 12 milhões, a Prefeitura de Arapiraca abre sua portas, a fim de selecionar profissionais em caráter temporário e excepcional para lotação das instituições da Rede Municipal de Educação. Pena que é por um período de seis meses. O edital foi publicado na quarta-feira, no Diário Oficial da Associação dos Municípios Alagoanos (AMA) citando o preenchimento de mais de 600 vagas.

Arapiraca II As inscrições começaram na quarta e terminam nesta sexta-feira, através do Portal Oficial da Prefeitura. As vagas são destinadas para profissionais com Ensino Fundamental Incompleto, Médio Completo, Médio Normal (antigo Magistério), Superior Incompleto, e Superior Completo. Do total de vagas ofertadas no edital, 5% estão reservadas para pessoas portadoras de necessidades especiais.

Sertanejos Prefeitos de 20 municípios sertanejos estiveram esta semana em Brasília, a convite do ministro do Turismo, o alagoano Marx Beltrão. É que Beltrão que já está em plena campanha para o Senado Federal, viabilizou um encontro com o ministro do Desenvolvimento Social e Agrário, Osmar Terra, quando esse anunciou um repasse de pouco mais de C$ 14,7 milhões para a implantação de 5.936 cisternas. Os prefeitos fazem parte do Consórcio para o Desenvolvimento da Região de Ipanema, CONDRI.

Esperança O recurso em questão possibilitará que todas as famílias da zona rural dos municípios que integram o Consórcio, tenham acesso à agua para consumo humano. “O ministro Marx tem sido um importante parceiro nessa luta pela universalização do acesso à água e agora voltaremos para casa com esperança de em breve ver esse sonho realizado”, afirmou a presidente da CONDRI, Aparecida Ferreira, prefeita de Poço das Trincheiras.

Traipu Prefeito Eduardo Tavares (PSDB) participou mais uma vez do mutirão de distribuição de água e leite para famílias da zona rural do município. Houve distribuição de água potável e leite para os agricultores. O evento, desta vez, ocorreu no Povoado Lagoa Grande. Foram utilizados 13 caminhões-pipa.

Maragogi Nesse curto período de governo, já foi possível acompanhar uma ampla reforma no Posto de Saúde Eurico Wanderley, no centro da cidade. Para o prefeito Sérgio Lyra, a ação visa garantir um melhor atendimento à população e, sobretudo, oferecer melhores condições ambientais de trabalho para os profissionais que ali exercem suas atividades.

Descaso Tão logo o prefeito Sérgio Lira, que é médico, assumiu, ele e sua equipe, imediatamente, detectaram vários problemas físicos no prédio. Mofo, infiltrações, sanitários sem funcionar, além de ratos, baratas e escorpiões. Três dias depois de sua posse, perante uma chuva que durou poucos minutos – mas tempo suficiente para alagar o posto –, a Prefeitura interditou o local.

Estrela A Prefeitura cobrou do vice-presidente de Gestão Operacional da Casal, Francisco Beltrão, uma atenção especial a Estrela de Alagoas, sobretudo para aumentar a distribuição de água na zona rural. O prefeito Arlindo Garrote também questionou sobre a falta de abastecimento de água e a ampliação do fornecimento do produto no município. Garrote lamenta a crise hídrica vivenciada na região e espera que a barragem do Bálsamo seja a solução, conforme prometeu o governador Renan Filho, que visa ampliar os serviços.

Palmeira dos Índios Uma indicação do vereador Cristiano Ramos (PDT), apresentada na quarta-feira, durante Sessão na Câmara, trata sobre a criação de um restaurante popular para o município. De acordo com o autor da proposta, o intuito é ofertar refeições de qualidade e baixo custo à população.

Capela “Engraçado estava assistindo à sessão da Câmara municipal de Capela na quarta-feira, e fiquei abismado com tanta incoerência de certo vereador que na legislatura passada, era um dos maiores críticos e opositores dos erros da então gestão. Aí hoje, fala em agir com calma e sabedoria (duas palavras inteligentes), mas que nunca fizeram parte do vocabulário desse tal vereador. Sabe o que é isso: a Lei da Conveniência. Dois pesos e duas medidas, que foi tão criticado na legislatura passada. Muito interessante!” críticas do empresário Wellingthon Gouveia nas redes sociais.

Empresário continua sem confiança no mercado Índice de Confiança do Empresário do Comércio permanece inalterado

L

evantamento do Instituto Fecomércio de Estudos, Pesquisas Desenvolvimento do Estado de Alagoas (Instituto Fecomércio AL) para avaliar o Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) em fevereiro demonstra que as vendas relativas ao período Carnavalesco não foram suficientes para elevar as expectativas dos empresários da capital. Realizada em parceria com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a pesquisa aponta que apesar de o mês de fevereiro ter um movimento maior nas cadeias de consumo de bens e serviços ligados ao turismo e ao lazer por conta do carnaval e do aumento de 1,23% na intenção de consumo das famílias, as expectativas dos empresários em relação a janeiro manteve-se estável. Nesse contexto, o indicador de expectativas do mês em relação às condições atuais apontou uma ligeira melhora de 2,79%, mas as expectativas quanto aos meses seguintes, mesmo considerando a proximidade da Páscoa e do Dia das Mães, desacelerou 0,60%. O assessor econômico da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomércio AL), ressalta

que os persistentes índices elevados de desemprego no Brasil (12,6%) e no Estado (14,8%) somados à resistência dos consumidores em utilizar formas de crédito como cartão de crédito, boletos e empréstimos geram uma barreira para o crescimento das vendas do comércio, embora criem um ambiente mais salutar entre empresários e consumidores, já que a relação de compra e venda ocorre à vista, reduzindo riscos e permitindo a estabilização das receitas. “As incertezas quanto à renda futura fazem com que o consumidor seja cauteloso em suas aquisições, optando pelo pagamento à vista. Esse comportamento reduz o crescimento das vendas porque, normalmente, o volume gerando numa compra à vista é menor do que pelo uso de crédito, quando os consumidores tendem a comprar bens de maior valor. Além disso, geralmente as compras à vista são planejadas, enquanto as realizadas a prazo tendem a ser por impulso”, explica Rocha. Como a capacidade de compra à vista é menor, o economista acredita que o ticket médio (valor de compra de bens e serviços) em 2017 ficará abaixo do registrado no ano passado. Relatório completo em www.fecomercio-al.com.br/

DIVULGAÇÃO

Aumento no consumo não repercutiu na confiança do empresário

Edição número 2859 - 17 de março de 2017  

tribunaindependenteediçãodigitaltribunahoje

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you