Page 13

TRIBUNAINDEPENDENTE

CidadesemFoco ROBERTO BAIA robertobaiabarros@hotmail.com

Na mira da Adeal

O

representando da Cooperativa dos Açougueiros de Alagoas (Coopaal), Marlos Santos, se reuniu, na manhã de ontem, terça-feira (14), com os responsáveis na região agreste da Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária de Alagoas (Adeal) para relatar os absurdos que ocorrem durante o abate de carne dentro da empresa Frigorífico FrigoVale. Marlos e os outros marchantes denunciaram que estão tendo grandes prejuízos devido a retirada ilegal de partes dos bois abatidos.

Sob investigação Durante a reunião, os representantes da Adeal afirmaram que irão investigar as denúncias apresentadas pelos marchantes, mas que realmente há uma parte do gado que é legalmente retirada, porém, segundo Marlos, a quantidade de carne retirada é totalmente desproporcional ao permitido por lei. “É permitido retirar a paleta do gado, que é a parte machucada ou a sangria do animal, utilizado para fazer hambúrgueres, mas a quantidade de carne retirada pela empresa é muito superior”, afirma Marlos.

Foi afastado O representante da Coopaal afirma também que a própria empresa FrigoVale já identificou que havia irregularidade durante o abate dos animais e por isso afastou o diretor operacional, responsável pela área de abate do frigorífico. Após as denúncias dos marchantes, os representantes da ADEAL afirmaram que, apesar do baixo número de fiscais, irá intensificar a fiscalização na região agreste e que punirá legalmente qualquer ato ilícito, seja ele na FrigoVale ou qualquer outro frigorífico que esteja desviando carnes.

Operação Nicotina Após requerimento do Grupo de Atuação Especial de Combate à Sonegação Fiscal e aos Crimes Contra a Ordem Tributária, Econômica e Conexos (Gaesf), do Ministério Público do Estado de Alagoas (MPE/AL), a 17ª Vara Criminal da Capital determinou, na última terça-feira (14), o bloqueio dos bens móveis e imóveis dos investigados na Operação Nicotina.

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 15 DE MARÇO DE 2017

Devolveu o dinheiro Como agendar Dentre os bens que o órgão do Poder Judiciário tornou indisponível, encontram-se veículos, casas, sítios e fazendas localizadas em Alagoas e outros estados da Federação. O total do bloqueio poderá chegar a valores superiores a R$ 5 milhões, ficando todos os bens à disposição da Justiça Estadual. Um dos investigados entregou espontaneamente ao Ministério Público Estadual a quantia de R$ 117,5 mil que, de imediato, foram depositadas em conta corrente judicial à disposição da 17ª Vara Criminal da Capital, responsável pelo combate ao crime organizado.

A operação Durante a Operação Nicotina, uma grande força tarefa foi às ruas para combater fraudes fiscais praticadas pela indústria do tabaco e que causaram um prejuízo milionário ao Tesouro Estadual. Ao todo, a operação Nicotina cumpriu dois mandados de prisão, cinco de condução coercitiva e nove de busca e apreensão nas cidades de Maceió e Arapiraca.

Casamento coletivo O Projeto Justiça Itinerante do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) realizou mais um casamento coletivo. No último sábado (11), no bairro da Jatiúca, 85 casais foram contemplados. A ação aconteceu na Escola Théo Brandão. A juíza do 11º Juizado Especial Cível e Criminal, Sandra Janine Cavalcante Wanderley, conduziu a cerimônia.

O evento foi promovido pelo Instituto de Formação Social Alagoas Viva, com o apoio da Igreja Batista do Avivamento em Jatiúca, que também ofereceram serviços de beleza para as mulheres como manicure e cabeleireiro, além de atendimentos na área de saúde. Qualquer comunidade pode solicitar e agendar casamentos coletivos por meio de associações, igrejas ou instituições públicas.

Murici O Governo de Alagoas e a Prefeitura de Murici firmaram parceria para construção de uma Casa de Sopa no município. O projeto foi tema de reunião entre o prefeito Olavo Neto, a secretária de Assistência Social de Murici, Soraya Aragão Calheiro, a secretária executiva da Seades, Morgana Tavares, e a superintendente de Assistência Social da secretaria de Estado, Elis Correia.

O projeto Na avaliação do prefeito Olavo Neto, o projeto deverá ser apresentado nos próximos dias para avaliação do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep). “A Casa da Sopa será um dos equipamentos mais importantes da cidade, e vai atender muitas das necessidades da população em situação de vulnerabilidade no município. Estamos muito entusiasmados e agradecemos a atenção do governador Renan Filho, do secretário da Assistência e Desenvolvimento Social, Fernando Pereira, e da secretária executiva Morgana Tavares”, disse o prefeito.

... Dando continuidade às comemorações que marcam os 200 anos de independência política do Estado de Alagoas sobre Pernambuco, os projetos de preservação da identidade e memória dos alagoanos dão um passo significativo no mês de março com a promoção da Semana Graciliano em homenagem ao escritor alagoano. ... Peças teatrais, exibição de filmes, e palestras vão contar com riqueza de detalhes a história do escritor que marcou a literatura brasileira com obras que retratam a vida do homem nordestino no sertão. De acordo com o secretário-chefe do Gabinete Civil e coordenador da Comissão Mista Especial do Bicentenário, Fábio Farias, a intenção do Governo do Estado é marcar a comemoração dos 200 anos de Alagoas com algo bem maior que apenas a lembrança do dia 16 de setembro, data da emancipação.

ECONOMIA 13

Procon autua supermercado por problemas ao consumidor Atacadão recebeu auto de constatação

N

o intuito de fiscalizar e ao mesmo tempo educar os fornecedores para que se tenham um bom relacionamento com os consumidores, o Procon Alagoas realizou, na última segunda-feira (13), uma vistoria educativa no supermercado Atacadão, localizado no bairro Tabuleiro do Martins. O órgão, que também está realizando uma megaoperação nas praias da capital, deu uma pausa na “Operação Verão” para dar continuidade da fiscalização educativa em supermercados. Os agentes de fiscalização encontraram infrações como a venda de produtos vencidos e/ou danificados, não disponibilização de banheiros para pessoas com deficiência e por um número insuficiente de leitores de códigos de barra. Para que se adequem, o supermercado recebeu também um auto de constatação, determinando prazo para ajustes, em relação à existência de cardápio em braille e mesa reservada para pessoas com deficiência na lanchonete, maior números de avisos da proibição de venda de bebida alcoólica a menores em área específica de venda de bebidas, colocação da lei do troco e o número 151 em posição visível. O Procon busca de forma conciliadora mostrar infrações e fazer algumas constatações para que os fornecedores percebam a importância de estarem

atualizados. A escola do Procon (EEDC) oferece palestras gratuitas, como também uma forma de contato direta com a Superintendência de Proteção e Defesa do Consumidor para que todos estejam cientes sobre seus direitos e deveres. As empresas que se interessarem nas palestras devem entrar em contato com o órgão através das redes sociais (Facebook, Instagram ou Twitter) ou por e-mail: ascomproconal@ gmail.com para o agendamento. ENERGIA ELÉTRICA A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) informou que o R$ 1,8 bilhão a mais pago pelos consumidores de energia no ano passado serão devolvidos diretamente nas contas de luz nos próximos meses. Segundo o diretor-geral da agência, Romeu Rufino, a diretoria vai decidir no dia 28 de março como será feita essa devolução. “Todos os consumidores deixarão de pagar esse valor a partir da decisão que tomaremos no dia 28. E o valor que se pagou nesse período, da data do aniversário [tarifário da distribuidora] de 2016 até o dia 28 de março, será prontamente devolvido. Não vai se esperar o período tarifário de 2017/2018 para devolver”, disse Rufino. A previsão é que o valor seja devolvido entre abril e maio, já com a correção pela Selic, a taxa básica de juros da economia.

Edição número 2857 - 15 de março de 2017  

tribunaindependenteediçãodigitaltribunahoje

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you