Page 3

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 11 DE JANEIRO DE 2017

POLÍTICA

3

Malta destaca combate à corrupção Desembargador tomou posse para presidir o TRE-AL nos próximos dois anos e elencou quais as suas prioridades EVELLYN PIMENTEL

CARLOS AMARAL REPÓRTER

O

José Carlos Malta Marques enumerou alguns desafios para a sua gestão à frente da Corte Eleitoral

desembargador José Carlos Malta Marques tomou posse ontem (10) como presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Alagoas para o próximo biênio (2017-2018). Como meta, o magistrado tem o julgamento dos recursos pendentes das eleições de 2016; a construção da nova sede da corte, na Avenida Josefa de Melo; e realizar campanhas de conscientização e mecanismos de combate ao crime eleitoral. Durante entrevista coletiva, realizada antes da solenidade de posse, Malta Marques será o responsável por organizar as eleições de 2018 em Alagoas. “Este ano será ‘suave’ porque não temos eleições, mas há as demandas das eleições do ano passado e – mesmo não sendo muitos

porque os que perderam as eleições aceitaram o resultado – precisam ser resolvidos. A última eleição foi fora dos padrões das anteriores, pois tivemos um trabalho preventivo, coordenado pelo desembargador Sebastião costa Filho, com forças policiais já antes do período eleitoral e isso rendeu frutos”, diz Malta Marques. O novo presidente do TRE de Alagoas também elogiou a proibição do financiamento empresarial de campanhas eleitorais, cuja primeira experiência se deu nas eleições de 2016. “Uma das melhores coisas já feitas. Isso nivelou o financiamento das campanhas, o que pôde ser verificado no resultado das disputas eleitorais, com votações muito apertadas”, comenta Malta Marques. Sobre a campanha de conscientização que preten-

de realizar em 2017 com vistas às eleições de 2018, o desembargador explicou o que pretender fazer. “Queremos realizar palestras com noções de ética e cidadania e as ações preventivas contra crimes eleitorais que culmine nas eleições do próximo ano”, diz Malta Marques que também adiantou tentar agendar um encontro com o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Gilmar Mendes, para tratar dos recursos para a construção da nova sede do TRE em Alagoas. “Estarei levando para ele [Gilmar Mendes] todas as informações que temos, inclusive os projetos, até a parte que está concluída, para mostrar nossas carências e a necessidade da construção do prédio para nossa nova sede”, diz Malta Marques.

SANDRO LIMA

ELEIÇÕES LIMPAS

Sebastião Costa Filho avalia sua gestão no TRE como positiva Malta Marques assumiu a presidência do TRE no lugar do desembargador Sebastião Costa Filho que, durante entrevista coletiva realizada ontem, avaliou sua gestão como positiva à frente da corte eleitoral. “Mostramos que é preciso fazer um tribunal maior e essa é a obrigação de qualquer gestor. Temos tudo pronto para a construção da nova sede do Tribunal, que será sustentável, desde seu sistema de água até a geração da energia elétrica”, diz Sebastião Costa Filho. Ele também informou que o valor de construção da nova sede do TRE, na Avenida Josefa de Melo, é de R$ 60 milhões e a área do ter-

reno a ser utilizada é de 780 metros quadrados. O magistrado também destacou o ambiente das últimas eleições que, em sua avaliação, foi “limpa”. “Cumprimos nossas obrigações em relação às eleições. O trabalho junto com as polícias e junto à sociedade foi bem feito. O Ministério Público, em conjunto com os magistrados, atuou muito bem. O pessoal do Ter, como não era de se esperar diferente, cumpriu com suas obrigações e o resultado foram as eleições tranquilas que tivemos em Alagoas”, afirma Costa Filho. ABSTENÇÃO O alto índice de abstenção nas eleições de 2016 em

Alagoas, para Malta Marques, não foi fora dos padrões das eleições de anos anteriores. “O programa que queremos implantar vai justamente nisso. Abstenção é descrença e decepção com a política e isso se dá por força da má escolha”. Na média, a abstenção de eleitores nas eleições municipais de 2016, em Alagoas, ficou em torno dos 14%. Nacionalmente, esse índice foi, segundo o TSE, de 19%. Sem levar em consideração os votos em branco e nulos. Em Maceió, 19,96% dos eleitores não compareceram às urnas para votar no 2º turno entre Rui Palmeira (PSDB) e Cícero Almeida (PMDB). (C.A.)

DICOM-TJ

Sebastião Costa Filho disse que seu mandato foi pautado na legalidade e o resultado foi eleições limpas

HISTÓRICO

Novo presidente chefiou os trabalhos no Tribunal de Justiça

Pleno do Tribunal de Justiça já foi presidido pelo novo mandatário do Tribunal Regional Eleitoral

O desembargador José Carlos Malta Marques ocupou no biênio anterior o cargo de vice-presidente – e corregedor – do TRE em Alagoas. Mas antes disso, o magistrado já havia sido presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL). Ele foi nomeado desembargador no ano de 2006, pelo então governador Luís Abílio, no dia 31 de julho. Ele fez parte da lista tríplice do Ministério Público Estadual (MPE). Malta Marques foi eleito presidente do TJ -AL em 2012. Malta Marques também já trabalhou como bancário,

advogado e escriturário na cidade de Santana do Ipanema, sua terra natal. Quando atuava no MPE, o novo presidente do TRE em Alagoas exerceu a função de procurador-geral de Justiça em 1992. Dez anos depois, ele ocupou a função de corregedor-geral do Ministério Público até o ano de 2006, quando foi nomeado desembargador. No início de sua carreira como promotor, Malta Marques atuou na comarca de Olho d’Água das Flores, em 1974. Em 1979, ele passou para a comarca de Traipu. Só em 1982, o novo presi-

ESPORTES

UVEAL

COLÔNIA

A novidade política no município de Atalaia está por conta do novo secretário de Esportes do município, o ex-jogador Aloisio Chulapa. Ele foi nomeado para o posto pelo prefeito Chico Vigário e já se reuniu ontem (10) com a secretária de Estado do Esporte, Cláudia Petuba. Aloisio é natural de Atalaia e ganhou fama e títulos pelos clubes brasileiros por onde passou. Atualmente, Chulapa se intitula o “Rei do Danone” por conviver durante os finais de semana com o copo de cerveja.

A eleição para presidência da União dos Vereadores de Alagoas (Uveal) caminha, sem surpresas, para uma candidatura de consenso e não uma disputa. Um dos cotados para ser o cabeça de chapa é o vereador por Murici, Anízio Amorim (PMDB). Quem pode se juntar a ele é o vereador Domício Júnior, de Jequiá da Praia, que já manifestou interesse em presidir a entidade. Uma comissão de vereadores vem se reunindo frequentemente poara tentar chegar a um denominador comum.

O prefeito de Colônia Leopoldina, Manuilson Andrade (PSDB), decretou situação de emergência na administração durante o período de 90 dias. A informação saiu na edição de ontem do Diário Oficial do Estado.Manuilson diz que os principais serviços afetados são saúde, educação, assistência social e infraestrutura. Por causa dos problemas, o gestor suspendeu todos os contratos vigentes celebrados até 31 de dezembro de 2016, bem como a suspensão das ordens de pagamentos.

Ex-jogador assume secretaria em Atalaia

Vereadores buscam candidatura única

Prefeito decreta situação de emergência

dente do TRE em Alagoas passou a atuar em Santana do Ipanema, na 1ª Promotoria de Justiça. TJD-AL José Carlos Malta Marques também atuou no Tribunal de Justiça Desportiva de Alagoas (TJDAL), sendo auditor efetivo e presidente da corte por dois períodos consecutivos. Todas as informações sobre o histórico do desembargador estão contidas no site do TJ-AL, mas não há a especificação do ano em que ele atuou junto ao Tribunal de Justiça Desportiva em Alagoas. (C.A.)

Edição número 2814 - 11 de janeiro de 2017  

tribunaindependenteediçãodigitaltribunahoje

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you