Issuu on Google+

TRIBUNAINDEPENDENTE

2 POLÍTICA MACEIÓ - QUARTA-FEIRA, 11 DE JANEIRO DE 2017

Política

Carimbão vai orientar a bancada do PHS para votar em Rodrigo Maia O deputado federal Givaldo Carimbão (PHS) disse à reportagem da Tribuna Independente que já está em contato direto com a bancada do partido na Câmara dos Deputados para solicitar apoio à candidatura de Rodrigo Maia (DEM-RJ) à presidência da Casa. Carimbão que já entregou a liderança do partido na Câmara, ressalta que Maia é a melhor opção atualmente, levando em consideração aos demais candidatos a exemplo de Rogério Rosso (PSD-SC) e Jovair Arantes (PTB).

Gecoc prende ex-prefeito de Santana

Ministério Público Estadual cumpriu determinação judicial e investiga desvio de recursos na gestão de Mário Silva

ESPLANADA LEANDRO MAZZINI - contato@colunaesplanada.com.br

Balão de ensaio que brota no Planalto

O

presidente Michel Temer aprendeu rápido. Quando quer sentir o humor dos aliados, a assessoria se encarrega de lançar uma ideia para ver o que acontece. Foi assim com o deputado Antonio Imbassahy (PSDB-BA) para a Secretaria de Governo (que provocou reações do centrão), para citar um exemplo. E agora, com o sugestivo nome de Ministério da Segurança. Temer viajou para Portugal com o palpite rolando nas redes sociais e na Imprensa. Virou fumaça. O senador Eduardo Braga (PMDB-AM), por exemplo, afirmou à Coluna que acha desnecessário criar um ministério para tratar do tema.

Foco é outro Eduardo Braga foi governador do Amazonas e conhece o problema carcerário do estado, onde 60 presos foram chacinados. Ele acha que é preciso uma política de curto, médio e longo prazo.

Planejamento Um plano com metas e recursos definidos e constantes. O relator do Orçamento de 2017 vai ao ponto: “Não podemos contingenciar recursos em áreas essenciais”.

Todo cuidado A equipe do Ministério da Justiça conta com reforço do Ministério da Defesa para checar os alertas sobre a atuação de facções em presídios.

EDITORIA DE POLÍTICA

C

omo prova do fortalecimento e intensificação das ações do Grupo Estadual de Combate às Organizações Criminosas (Gecoc), expressado pelo novo procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça, a primeira operação ocorreu ontem no município de Santana do Ipanema, Sertão alagoano. O principal alvo da ação foi o ex-prefeito Mário Silva, que deixou o cargo em 31 de dezembro de 2016 e nos primeiros dias do ano acabou sendo preso por determinação judicial. Segundo Ministério Público Estadual (MPE), a suposta fraude que culminou com desvio de recursos públicos era comandada pelo ex-gestor com a participação de outros servidores públicos e empresários. Eles teriam cometido crime de peculato durante a contratação de serviços de som e iluminação para festas promovidas pelo Poder Executivo entre os anos de

2014 e 2016. O MP Estadual informou que a operação é resultante do Procedimento Investigatório Criminal instaurado na semana passada. Por meio dele, o Gecoc solicitou à 17ª Vara Criminal da Capital as medidas cautelares necessárias à continuidade das investigações. Desta forma, foi expedido 16 mandados, sendo três deles de prisão, um de condução coercitiva, e outros 12 de busca e apreensão em residências e sede de empresas. Da administração pública foram alvos as Secretarias Municipais de Finanças, Administração e Obras, a Comissão Permanente de Licitação e o setor contábil. As supostas locações foram para festas como carnaval, emancipação política, São João, Festa da Juventude e Independência do Brasil. DENÚNCIA Para chegar a esta operação, um empresário procurou o Ministério Público Estadual após não receber

os valores acordados junto à antiga gestão municipal comandada por Mário Silva. Além do denunciante, outras duas empresas também são suspeitas de participar do esquema. Apesar de vencerem licitações, elas não estariam habilitadas para a devida prestação de serviços. E, independentemente do trabalho ser ou não realizado, o dinheiro era pago pela prefeitura. Além de José Mário, os mandados de prisão foram cumpridos contra Cláudio Domingo dos Santos, ex-servidor público e Fernando Pereira Guimarães, à época, secretário municipal de Obras. Já em desfavor do empresário foi cumprido o mandado de condução coercitiva. Todos eles são acusados dos crimes de peculato (Art. 317 do Código Penal - apropriar-se o funcionário público de dinheiro, valor ou qualquer outro bem móvel, público ou particular, de que tem a posse em razão do cargo, ou desviá-lo, em proveito pró-

prio ou alheio) e corrupção ativa e passiva. Ainda não se sabe o valor total desviado na fraude, uma vez que esse montante ainda está sendo apurado pelo Ministério Público. A operação de ontem foi a primeira medida do novo procurador-geral de Justiça, Alfredo Gaspar de Mendonça, que durante o seu discurso de posse, ocorrido na semana passada, garantiu que o Ministério Público Estadual daria continuidade ao combate à corrupção nos municípios alagoanos. “Essa será uma das nossas principais frentes de trabalho. Os atos de corrupção não ficarão impunes”, assegurou Alfredo Gaspar. A reportagem da Tribuna Independente tentou, durante a tarde de ontem, manter contato com a defesa do ex-prefeito Mário Silva, porém, não houve êxito. O espaço segue aberto para que os advogados se pronunciem acerca das denúncias que recaem sobre o ex-gestor.

Bajulação

ASSESSORIA/MPE

O deputado Rodrigo Maia (Dem-RJ) aproveitou as poucas horas no exercício da Presidência da República para fazer campanha pela reeleição à presidência da Câmara. Foi bajulado por aliados no beija-mão no Palácio do Planalto. Para animar a conversa, logo abriam a conversa com a frase “meu presidente . . . da República”. Entre as visitas, a do vice-presidente da Câmara, Waldir Maranhão (PP-MA).

Padre Antônio Vieira Deputado Jovair Arantes (PTB-GO) lançou candidatura à presidência da Câmara num momento em que a política é igual a nuvem. Tudo ou quase tudo pode mudar até o dia 2 de fevereiro.

Negociações A maioria das bancadas ainda não definiu apoio e composições. O PR tem 39 deputados, tende a apoiar Rodrigo Maia (Dem-RJ), mas quer a primeira vice-presidência ou a primeira secretaria da Câmara.

Debate A bancada de 48 deputados do PSB discutirá a posição acerca da Mesa Diretora, avisou o líder Tadeu Alencar (PE). A reunião será na segunda (16).

Caneta burocrática

Mário Silva foi abordado pelo Gecoc, tomou conhecimento do mandado de prisão e foi encaminhado a Maceió

Metade do dinheiro para combate ao tráfico de drogas foi usado em 2016. Sindicatos de policiais federais protestam, porque R$ 100 milhões foram contingenciados.

NOVO TITULAR

Belle vie Banhistas da Praia Brava, no Norte de Florianópolis, estão sentindo a falta de três empreiteiros enrolados na Lava Jato. As imensas coberturas de R$ 6 milhões estão fechadas por ordem judicial.

Tabaco proibido Ao meio dia da última segunda-feira, um caminhão com 300 caixas de cigarros contrabandeados foi apreendido pela Polícia Federal em Santa Helena, oeste do Paraná. Seria mais um flagrante, não fosse um crime que começa a preocupar o Brasil. O contrabando de cigarros tem sua origem no Paraguai, onde a regularização das companhias de tabaco não existe.

Cumplicidade O governo paraguaio se nega a declarar dados sobre a produção, importação e exportação de cigarros. A falta de regulação das companhias envolve o próprio presidente paraguaio Horário Cartes, proprietário da Tabesa, a maior fabricante de cigarros do país e da marca Eight, que detém 25% do Market share em São Paulo.

Templo do futebol A Federação de Futebol do RJ informa à Coluna que a preocupação com o presente e o futuro do Maracanã só aumenta. A FERJ quer intervenção “imediata” do governo.

Ponto Final Barra do Corda, interior do Maranhão, festeja o sucesso da índia Sahy, da tribo guajajaras. Ela é Domingas, personagem da minissérie Dois Irmãos. Com Equipe DF, SP e Nordeste www.colunaesplanada.com.br contato@colunaesplanada.com.br Twitter @leandromazzini

Transparência marca transição na Seades Harmonia e transparência foram predominantes durante o processo de transição entre o ex-gestor da Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades), Antônio Pinaud e o atual secretário da pasta Fernando Pereira, empossado na última segunda-feira (9) pelo governador Renan Filho (PMDB). A equipe de transição trabalha para evitar qualquer eventual prejuízo às ações da pasta, dando celeridade e dinamismo ao processo de adaptação das rotinas de trabalho e no andamento das demandas referentes à Seades. De acordo com o secretário Fernando Pereira, a disponibilidade dos servidores da pasta contribui para a agilidade na transição, com a troca de informações e conhecimento. “Estamos trabalhando em total clima de parceria. O apoio dos servidores e do ex-secretário Antônio Pinaud é muito importante para mantermos o ritmo para que as

ASSESSORIA

Antônio Pinaud explica o que foi desenvolvido pela Seades ao novo secretário Fernando Pereira

ações continuem chegando a quem mais precisa. Estamos juntos para ajudar o governador Renan Filho a levar a política pública de Desenvolvimento Social ao Estado como um todo”, disse Pereira, acrescentando que durante a sua gestão à frente da Seades, uma das metas

é diminuir a vulnerabilidade social em Alagoas. O ex-secretário Antônio Pinaud apresentou alguns dos gestores que deverão auxiliar no processo de transição e detalhou o funcionamento de programas, convênios e processos em andamento.

“Nosso papel é facilitar ao máximo a chegada desses novos gestores, para que não haja descontinuidade nas ações. Estamos muito à vontade, trabalhando para garantir que a Seades continue atingindo os objetivos traçados pelo governador Renan Filho”, afirmou Pinaud.


Edição número 2814 - 11 de janeiro de 2017