Page 5

TRIBUNAINDEPENDENTE

MACEIÓ - TERÇA-FEIRA, 10 DE JANEIRO DE 2017

POLÍTICA

5

Rogério Rosso confirma candidatura Anúncio foi feito em vídeo postado em sua rede social onde o parlamentar apresenta propostas aos deputados DIVULGAÇÃO

Rogério Rosso vem demonstrando interesse em presidir a Câmara dos Deputados desde a cassação de Eduardo Cunha, que comandou a Casa por quase dois anos

SÃO PAULO

Governo e prefeitura trabalham por integração O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e o prefeito da capital paulista João Doria, reuniram ontem, todo o secretariado de governo e administração municipal, para tratar da integração do trabalho das duas esferas. Durante o encontro, no Palácio do Governo, foram discutidas ações prioritárias

e parcerias entre estado e município. Entre os programas anunciados está a integração entre as redes de ensino estadual e municipal. Sem detalhar como será o programa, o governador Geraldo Alckmin disse que a integração das redes determinará um calendário único para o início e término das aulas, número de ciclos

iguais e mesmo material pedagógico. “Também vamos ceder espaços para a prefeitura com salas que o município pode usar”. O prefeito João Doria informou o que os secretários de Educação do estado e município terão reuniões a partir de amanhã para traçar as estratégias de integração da rede de ensino.

Doria não detalhou como será o processo e nem se haverá tempo hábil para definição de material didático até o início das aulas. “As aulas só recomeçam dia 6 e ainda temos tempo para definir isso. Eu prefiro que as respostas sejam dadas pelos secretários”. Na habitação, Alckmin disse que será feito um tra-

balho conjunto para regularização fundiária, começando por Heliópolis, com possibilidade de estender para outros bairros da cidade. Para o programa Casa Paulista e Casa da Família foram liberados R$ 37 milhões, possibilitando união com o programa federal Minha Casa Minha Vida, priorizando habitação. DIVULGAÇÃO

RIO DE JANEIRO

Ministro articula plano para recuperação fiscal Secretários do Ministério da Fazenda trabalham em conjunto com técnicos e secretários do governo do Estado do Rio de Janeiro nesta segunda e terça-feira em um plano de recuperação fiscal do Estado. O plano será finalizado ainda na terça-feira e enviado ao presidente da República, Michel Temer, para aprovação nesta quarta-feira. Em seguida, o plano segue para homologação no Supremo Tribunal Federal (STF). O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, esteve reunido ontem (9) com o governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão (PMDB), no gabinete ministerial da Fazenda na capital fluminense. Participaram do encontro o secretário-executivo da Fazenda, Eduardo Refinetti Guardia, a secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi, o procurador-geral da Fa-

zenda, Fabrício da Soller, o procurador-geral do Estado do Rio, Leonardo Espíndola, e o secretário estadual de Fazenda, Gustavo Barbosa. “Fizemos, portanto, já uma reunião entre o governador Pezão, alguns dos meus secretários da Fazenda, onde nós começamos a conversar sobre, em primeiro lugar, a definição de programa de trabalho, e, em segundo lugar, o início das discussões sobre o plano de recuperação fiscal para o Rio de Janeiro”, relatou Meirelles em coletiva, ao lado do governador do Rio. “O plano está sendo estudado e detalhado, vai ser finalizado até amanhã para ser apresentado e aprovado pelo Presidente da República até quarta-feira”, acrescentou. O ministro lembrou que o governo do Rio já apresentou à Assembleia Legislativa (Alerj) um plano de ajuste fiscal para o Estado.

Ministro Meirelles esteve reunido ontem com governador do Rio de Janeiro, Luiz Pezão

O

deputado federal Rogério Rosso (PSD-DF) lançou ontem (9) oficialmente sua candidatura à presidência da Câmara dos Deputados. O anúncio foi feito em um vídeo postado no Facebook. Segundo o deputado, a rede social foi a forma mais “democrática” de lançar sua campanha. Vestindo a camisa da Chapecoense, Rosso diz no vídeo que a Câmara tem sido muito “reativa” e que dos últimos mil projetos votados, apenas cerca de 3% foram propostos pela Casa. “Isso está errado. A Câmara tem sido reativa, e não propositiva, não protagonista. Tem reagido a demandas. A Câmara deve voltar a ter esse protagonismo, essa prioridade em temas nacionais.” Ao explicar o slogan de sua campanha, “Câmara forte, unida e respeitada”, Rosso disse que “quanto mais forte a Câmara, mais forte a democracia”. Segundo Rosso, as reformas tributária e trabalhista devem ser prioridades na agenda do próximo presidente da Câmara. “Não chamo de reforma trabalhista ou tributária, é uma reforma de custos do setor da produtividade brasileira, uma agenda prioritária”, disse. A extinção das sessões de votação que entram pela madrugada é outro projeto do deputado. Segundo Rosso, as discussões devem começar mais cedo e ter um limite de horário para terminar, às 21h. A votação para os 11 cargos que compõem a Mesa Diretora que comandará os trabalhos da Câmara dos Deputados entre 2017 e 2019 será no dia 2 de fevereiro. Serão eleitos o presidente, dois vice-presidentes, quatro secretários e quatro suplentes. Para ser eleito, o candidato precisa de maioria absoluta dos votos em primeira votação ou ser o mais votado no segundo turno. A votação é secreta e realizada em cabines eletrônicas. O deputado Rogério Rosso foi o primeiro a lançar candidatura oficialmente. O atual presidente, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o deputado Jovair Arantes (PTB-GO) também devem concorrer ao cargo. ARANTES Em vídeo enviado aos 512 colegas, o deputado Jovair Arantes (PTB-GO) anuncioi sua candidatura à presidência da Câmara e promete, se eleito, acabar com “as manobras que submetem a Casa do povo às conveniências de alguns”. Na mensagem, o parlamentar ressalta que o cargo não permite “casuísmos” e que os deputados “precisam ser respeitados como seguidores de regras e defensores da legalidade”. Mesmo sem citar nomes, a o recado de Jovair é uma crítica ao atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que concorre à reeleição.

Edição número 2813 - 10 de janeiro de 2017  

tribunaindependenteediçãodigitaltribunahoje

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you