Page 1

12.000 EXEMPLARES – DISTRIBUIÇÃO GRATUITA ÓRGÃO MENSAL DE DIVULGAÇÃO ESPÍRITA – ARARAQUARA, BAURU E MATÃO/SP – AGOSTO DE 2014 – ANO 1 – Nº 11

SEXUALIDADE

páginas 6 e 7

http://cupomnow.files.wordpress.com/2012/06/shutterstock_5797837.jpg

Transtornos sexuais, homossexualidade, prostituição, aborto, desafios conjugais, obsessão, juventude, energia sexual. Uma obra notável de Divaldo aborda essas complexas questões.

Encontro Chico Xavier em Guaxupé Confira reportagem e fotos do evento realizado de 25 a 27 de julho na cidade mineira. Página 11

Eventos movimentam agosto e setembro Programação intensa em todo o território paulista terá eventos importantes. Veja nas páginas 2 e 3. SÓ FALTA VOCÊ! INSCREVA-SE PARA O ENCONTRO CAIRBAR SCHUTEL.

Acesse: www.institutocairbarschutel.org


PÁGINA 2

Agosto de 2014

Editorial

S

Esperamos você!

etembro aí está e com ele nosso esperado Encontro Anual Cairbar Schutel. Só falta você mesmo para somar-se às centenas de participantes inscritos, num evento que une conhecimento, amizade, fraternidade, estimulando a multiplicação de tarefeiros e o despertar das potencialidades em todos nós. Como também ocorre com o Encontro Chico Xavier, que ocorreu em Guaxupé-MG (veja reportagem na página 11). O jornal está repleto de notícias e informações expressivas, como a matéria de capa, que pedimos sua atenção. As matérias de Simonetti, Coelho e Lucy completam o conteúdo doutrinário, além da reportagem sobre os esforços para a nova sede do C.E. Universal, em Jaboticabal-SP, sob a presidência do especial amigo Fernando Arrobas. Reiteramos nosso pedido para que nos ajude na distribuição e patrocínio do jornal para que prossiga gratuito. E também para que divulguem o site, onde a edição está virtual: www. tribunadoespiritismo.org. r

Gênese da Alma Os animais sobrevivem à morte do corpo físico. Orson Peter Carrara

orsonpeter92@gmail.com

C

om que alegria a cultura mundial tem à disposição o belo livro Gênese de Alma, de Cairbar Schutel. Não é tão simplesmente uma obra para espíritas, mas imenso tesouro de conhecimentos para quem quer ir além, pesquisar mais, aprofundar conhecimentos. Com o subtítulo O Transformismo e a Evolução Anímica, a obra traz expressivo estudo – embasado no genuíno conhecimento espírita – mostrando que os animais sobrevivem à morte do corpo físico, conservando suas individualidades. Como indica a contracapa do livro: “o orgulho humano cavou um abismo intransponível entre o reino hominal e o reino animal. A falta de estudo, de observação, e a ignorância presunçosa permitiram o destaque do homem, classificando -o como ser à parte da Criação. A alma não poderia deixar de ter o seu começo, o seu nascimento no reino animal, nos seres da criação, onde passou por todas as transformações indispensáveis ao seu progresso. (...)”. Ler o livro é compreender a magna questão. Além do bem preparado estudo em si, a obra apresenta casos va-

riados relatando experiências de e com animais, citando gatos e cães, cavalos, corvos, leão, abelhas em cuidadosos e empolgantes relatos,

além de referências extraordinárias sobre memória e instinto, inteligência e poderoso estímulo no entendimento da Justiça Divina e da Lei do Progresso. Por outro lado, o livro contém um capítulo muito especial: Apelo

em favor dos animais, em texto emocionante usado pela Prof. Irvênia Prada, quando do encerramento de sua palestra no evento de comemoração do centenário de O Clarim (em 2005), emocionando a plateia com a sensibilidade de sua interpretação, que está disponível no Youtube, e do qual extraímos pequeno e expressivo trecho, muito significativo para a importância e seriedade da obra: “(...) Homens! Tratai bem os animais, limpai-os, curai-os, alimentai-os fartamente, dai-lhes descanso, folga no serviço, porque são eles que vos ajudam na vida, são eles que vos auxiliam na manutenção de vossas famílias, na criação de vossos filhos. (...) Lembrai-vos que os animais são seres vivos, que sentem, que se cansam, que têm força limitada, e finalmente, que pensam, e que, em limitada linguagem, acusam a sua impotência, a sua fadiga irreparável aos golpes do relho e das bastonadas com que os oprimis! (...)”. O texto é concluído em seguida com o primor do estilo literário do autor. Uma obra, pois, para estudar que, com ênfase, indicamos aos leitores do Tribuna. r

Emanuel Cristiano em Matão-SP Sábado, 16 de agosto, 20h Comunidade Espírita Cairbar Schutel – Av. Saldanha da Gama, 748 Domingo, 17 de agosto, 9h Centro Espírita Nosso Lar – Rua Leonilda Francisco Persiguelli, nº 392 no Azul Ville,


PÁGINA 3

Agosto de 2014

Agosto e setembro repletos na programação espírita Eventos movimentam diferentes regiões. Redação

redacao@institutocairbarschutel.org

Jaú-SP realiza o 6º. SEFRATE – Seminário Fraterno de Estudos Espíritas Dias 19 e 20 de setembro/14 (sexta e sábado), com o tema central A força irresistível do bem, o evento ocorre no Auditório do SINCOMERCIO – Rua Rolando D’amico, 381 – Vila Assis (referências: Escola NEI e AABB), com presenças de Milton Felipeli, Pedro Bonilha, Edson Sardano, dos corais O Consolador-Araraquara e Alegria, de São Manuel. Lançamento do livro Fidelidade Espírita, de Roosevelt Thiago. A promoção é da ADE Regional Jaú – Associação de Divulgadores do Espiritismo – www.adejau.com.br = Abertura na sexta 19, às 19h, e no sábado, às 14h.

Sinopse da obra: Este livro traz reflexões sobre alguns assuntos delicados, mas fun-

damentais para prática saudável da Doutrina Espírita e é indicada para ser estudada entre os Trabalhadores e Dirigentes Espíritas; outras informações podem ser obtidas em: www.fidelidadeespirita.com.br CONEAN – Confraternização Espírita da Alta Noroeste ocorre em Birigui-SP Dia 21 de setembro, domingo, das 8,45 às 15,30h na Casa do Caminho Ave Cristo, em Birigui -SP, (telefone 18 3634 2065 – rua Ave Cristo, 600), reunido as USEs Regional de Araçatuba e Intermunicipal de Birigui. Presença de Célia Rey de Carvalho, Saulo Cesar Ribeiro da Silva, Ditinha Calixto, Coral Harmonia e o cantor Rafael Zago. Dia 21 de setembro de 2014, domingo, em 150 cidades do Estado de São Paulo Em texto síntese o professor e palestrante Edmir Garcia, de Bebedouro, nos informa: A USE, União das Sociedades Espíritas do Estado de São Paulo, estará desenvolvendo no dia 21 de setembro de 2014 ações para comemorar os 150 anos da publicação do livro “O Evangelho Segundo o Espiritismo”. Neste sentido os órgãos Regionais da USE promoverão a realização simultânea de palestras em mais de 150 cidades do estado de São Paulo. Estas palestras deverão ocorrer em praça pública, clubes, centros de convenções, centros espíritas e

outros locais onde for conveniente. Foi sugerido aos organizadores dos eventos que a programação deve consistir de uma abertura artística, palestra alusiva aos 150 anos de “O Evangelho Segundo o Espiritismo” e encerramento com uma prece/vibração em favor da paz no mundo, pelo trabalho de unificação, pelos dirigentes e trabalhadores espíritas e também por suas famílias. Os eventos devem ser pautados pela simplicidade, procurando evocar os ensinamentos de Jesus, conforme nos orienta Kardec na introdução do livro ora homenageado: “Para os homens, em particular, O Evangelho Segundo o Espiritismo, constitui uma regra de proceder, que abrange todas as circunstâncias da vida privada e da vida pública, o princípio básico de todas as relações sociais que as fundam, na mais rigorosa justiça. É, finalmente e acima de tudo, o roteiro infalível para a felicidade vindoura, o levantamento de uma ponta do véu que nos oculta a vida futura.” Que Jesus, nosso Mestre e Guia da Humanidade, nos abençoe e nos fortaleça hoje e sempre. Edmir Garcia - edmirgarcia@ gmail.com Em agosto também ótimos eventos São Carlos recebe Alberto, Simão, Haroldo e Adeilson em jornada, conforme divulgamos na página 12 da edição de julho/14 Obreiros do Bem sedia os eventos de Jornada Espírita, exceto Feira do Livro. Veja programação elaborada:

- Haroldo Dutra (Belo Horizonte-MG) 15 de agosto, sexta-feira, 20h30 e 16 de agosto, sábado, 15h 16 de agosto, sábado, 10h, na Praça Central de Ibaté na V Feira do Livro Espírita - Simão Pedro (Patrocínio-MG) 16 de agosto, sábado, 20h30 e 17 de agosto, domingo, 9h30 - Alberto Almeida (Belém-PA) 29 de agosto, sexta-feira, 20h30 e 30 de agosto, sábado, 15h - Adeilson Salles (Guarujá-SP) 30 de agosto, sábado, 20h30 e 31 de agosto, domingo, 9h30 Obs: A Obreiros do Bem localiza-se à rua Vivaldo Lanzoni, 200, em São Carlos-SP. As vagas são limitadas e as inscrições gratuitas devem ser feitas pelo site http://www.obreirosdobem.com.br/ Haroldo Dutra em Campinas e Barretos; Alberto Almeida em Limeira Haroldo Dutra em Campinas no C.E. Allan Kardec – Av. Irmã Serafina, 674. Data: 17 de agosto, domingo, palestra às 10h no salão social e 5 de setembro, sexta-feira, 20h, em Barretos-SP, no Lar da Criança, à rua 34, nr. 1.332. Alberto Almeida em Limeira (Auditório do ISCA Faculdades - Instituto Superior de Ciências Aplicadas, à Rodovia Deputado Laércio Corte, 3000 - Chácara Boa Vista da Graminha). Data: 31 de agosto, domingo, das 08h30 às 12h30. Informações pelos fones (19) 34411314, 3441-1275, 3701-3084 ou 99627-8760, ou ainda pelo portal www.uselimeira.org.br e pelos e-mails ncguirau@terra.com.br e megguirau@terra.com.br. r


Agosto de 2014

Vida e Verdade Chico usava a avenida do contorno. Rogério Coelho

rcoelho47@yahoo.com.br

J

esus, que era o Emissário da Verdade, sabia dosá-la adequadamente, de forma que ela (a verdade) fosse vencendo suavemente as trevas, sem precipitação ou alarde, vitalizando e jamais destruindo... Daí o fato de ter-Se calado diante de Pilatos. O pobre rei não possuía estatura moral e descortino espiritual para compreender a verdade de que o Meigo Rabi era portador. Emmanuel ensina: “a verdade é como joia preciosa que no peito, nos cabelos e nas mãos, enfeita, mas, atirada ao rosto, fere...” À guisa de sermos fiéis e coerentes com a verdade, não temos, por outro lado, que transformá-la numa espada e sair cortando tudo e todos... Joanna de Ângelis ensina: “se instado a ensinar a verdade, não a utilizes como se fora estilete pontiagudo a esgaravatar as feridas dos infelizes. Em nome da verdade não apliques a palavra contundente sobre a fraqueza daqueles que caminham desequilibrados ao teu lado”. Avenida do Contorno Certa feita, dissertando sobre a verdade, Chico Xavier declarou: “a vida, até hoje na Terra, é

Pilatos retratado pelo pintor Giotto em 1305.

mais importante do que a verdade. (...) a verdade tem de ser dosada na farmácia do conhecimento, para que a vida possa crescer e dar os seus frutos de sublimação dentro dessa verdade, que é a verdade inalterada

para todos nós. (...) A verdade é um veneno, nem Jesus Cristo quis defini-la. Quando Pilatos perguntou a Ele o que era a verdade, Ele ficou em silêncio. Se formos falar a verdade na vida social, nós seremos conside-

PÁGINA 4 rados indesejáveis e loucos. Então, eu acompanho a “avenida do contorno”. Começam a falar coisas pesadas, e eu respondo assim: “bem, mas nós podemos estudar melhor a questão. Vamos analisar de outra forma. Perguntam-se qualquer coisa sobre as autoridades que estão governando o Brasil. Eu não vou encontrar meio de defendê-las, mas explico: eles estão fazendo o possível...” É possível que estejamos - ainda - na condição de Pilatos, buscando a verdade na horizontalidade terrestre quando devemos levantar os olhos para o Infinito e buscá-la ao longe... Para encontrá-la não são necessários títulos acadêmicos ou “QI” elevado!... Ela é encontrada antes com o coração do que com a mente. Ensina Emmanuel: “a Verdade tem as suas revelações pelos caminhos da fé... Nem tudo se mostra somente nas análises frias dos laboratórios e das suas retortas. As grandes realidades falam - primeiramente - ao coração. A maior verdade que Jesus revelou foi esta: “amai-vos uns aos outros”. Já a assimilamos devidamente? Vemos que, para lograrmos tal desiderato, muito mais necessitaremos do coração do que da mente. A verdade anda pelos trilhos da fé, que apontam os caminhos do porvir ditoso. Daí - inspirada e sabiamente - cantar em verso Ovídio Melo: A verdade refulge, clara e imensa Descortinando a luminosa estrada, Onde a vida ressurge renovada, Por sublime e celeste recompensa. r


PÁGINA 5

Agosto de 2014

Só falta você! Evento deve superar 500 inscritos. Redação

institutocairbarschutel@gmail.com

P

riorizando oficinas para transformar teoria em ação concreta, o EAC – Encontro Anual Cairbar Schutel está a todo vapor. Repensando formas de fazer para inovar e interagir, o evento chega à sua 4ª. edição e busca despertar potencialidades em sua realização anual especialmente por meio dessas experiências práticas que motivem e preparem o trabalhador espírita. Com o tema central Faça o bem sempre, em homenagem aos 150 anos de O Evangelho Segundo o Espiritismo e integrando programação comemorativa estadual, você é nosso convidado para conhecer o evento. Venha participar! Venha viver as alegrias desse encontro de amigos! É a oportunidade de refletir sobre a transformação da teoria em prática real. Faça inscrição da família toda, pois haverá atividades para todas as idades. Até 31 de agosto as inscrições estão em menor valor do que aquelas válidas a partir de 01 de setembro, mês do evento. Basta acessar o site www.institutocairbarschutel.org e acessar o quadro em vermelho constante da primeira página: Inscreva-se

para o EAC e aí é só postar as informações. É um encontro de almas, para aprendermos juntos e trocarmos experiências, por isso um formato diferente, que surpreende, interage, integra, inova. Esteja conosco e viva essa alegria! Com o tema central definido as oficinas e palestras abrem os espaços que desejamos. Esperamos você! r

Data: 20 e 21 de setembro de 2014 (sábado e domingo) Início às 14h de sábado e término às 12h30 de domingo

Inscrições, programa e informações: www.institutocairbarschutel.org


PÁGINA 6

Agosto de 2014

Sexo e consciência Obra reúne relatos de Divaldo. Extraído parcialmente da revista eletrônica “O Consolador” www.oconsolador.com

E

ntrevistamos Luiz Fernando Lopes, que é Professor universitário, farmacêutico e com mestrado em Psicologia pela USP. Natural de Recife-PE e residindo na capital paulista, publicou o excelente livro Sexo e Consciência, reunindo experiências narradas por Divaldo Franco em palestras e seminários sobre o tema sexo, que transcrevemos parcialmente. A entrevista completa pode ser encontrada na edição 370, de 06/07/14 da citada revista eletrônica. (...) 3 – E como foi feito o trabalho de pesquisa para reunir tanto material e durante quanto tempo? Há mais de vinte anos eu acompanho seminários, palestras e entrevistas concedidas por Divaldo. (...) Para esta obra de estreia utilizei quase dez anos de pesquisa e produção de texto, um cronograma de execução que sofreu algumas pequenas interrupções motivadas pelas naturais circunstâncias da vida, incluindo o tempo que dediquei ao mestrado na Universidade de São Paulo. A dilatação deste período também pode ser creditada às dificuldades para localizar e obter inúmeras gravações pelo Brasil a fora. (...)

4 – Quantas páginas possui o livro e qual a editora? O livro contém 581 páginas de texto, distribuídas em um formato de 23 X 16 cm e foi editado pela LEAL.

Luiz Fernando Lopes

5 – Você tem ideia de quantos casos ali estão reunidos? Entre pequenos diálogos e narrativas mais extensas, a obra reúne mais de sessenta casos extremamente elucidativos, alguns dos quais reproduzem informações muito ricas de Espíritos nobres, como Joanna de Ângelis e Bezerra de Menezes.

6 – Qual mais lhe chama a atenção? Por quê? É muito difícil escolher apenas uma narrativa entre tantos e tão belos casos, pois eles ilustram temas bastante diversificados. Mas, se for possível destacar, gostaria de mencionar a narrativa intitulada “A Psicoterapeuta e o Transtorno Sexual”, bem como a linda história “Eufrásia: o poder do amor”. Ambos os casos discutem com muita propriedade as pulsões originadas no desejo sexual, demonstrando que a vivência equilibrada da sexualidade, por meio das múltiplas expressões do amor, é única alternativa para uma vida plenamente feliz. (...) 8 – E por que a temática do sexo? A energia sexual é parte integrante da estrutura íntima do espírito. Como ela flui de forma incessante, não há como reter a sua manifestação. A História Universal está repleta de episódios sombrios que tiveram na sexualidade atormentada o seu mórbido ponto de apoio, razão pela qual André Luiz classifica o sexo como “a indisciplina congênita da Humanidade” (livro “No Mudo

Maior”, capítulo 11). Por isso é indispensável que aprendamos a extrair dessa energia singular o seu potencial de gerar serenidade e harmonia, alavancando o nosso processo de desenvolvimento integral. Sem este passo definitivo nenhum Espírito dará seguimento ao seu projeto evolutivo. 9 – Neste sentido, considerando a sexualidade como uma dimensão inevitável do ser, qual a contribuição específica do livro em exame? (...) o livro Sexo e Consciência tem o papel preponderante de oferecer um tratado sobre sexualidade à luz da visão transdisciplinar que a Doutrina Espírita propõe. 10 – Que caraterística fundamental pode ser identificada no texto, diferenciando-o de outras obras? Se analisarmos obras semelhantes, como o livro Vida e Sexo, constataremos que Emmanuel traz uma importante contribuição de natureza teórica. Por sua vez, André Luiz, no livro Sexo e Destino, narra o caso emblemático de uma família em processo de reajuste às Soberanas Leis, oferecendo-nos uma contribuição eminentemente prática. O livro Sexo e Consciência é composto por conteúdos teórico-práticos, uma opção muita oportuna pelo fato de unir duas estratégias educacionais complementares. (...) 12 – Como o médium e orador Divaldo Franco avaliou o trabalho?


PÁGINA 7

Agosto de 2014

Chamou-me a atenção a forma como Divaldo recebeu o livro. Em um e-mail que me enviou, e que guardei com muito carinho, ele me disse que o livro é um verdadeiro tesouro doutrinário. O autor também afirmou estar surpreso com a “costura” de tantas informações veiculadas

13 – Algo marcante que gostaria de destacar? Um fato curioso é que o livro possui a mesma estrutura geral das palestras do orador baiano e dos textos produzidos por Joanna de Ângelis. A obra começa com um assunto nitidamente científico (“Energia Sexual”) e se encerra

Divaldo Pereira Franco.

em situações tão distintas e distantes, nos sessenta e seis anos de atividades espíritas por ele desenvolvidas. Esses conteúdos, antes esparsos, formaram um texto harmônico e coeso, permitindo aos estudiosos terem acesso a muitos temas de importância capital na área da sexualidade humana, acompanhados de extensas referências bibliográficas para facilitar o trabalho de pesquisa dos leitores.

analisando em profundidade a figura de Jesus (“Jesus: modelo de sexualidade integral”). Nada mais pertinente, considerando que Mestre do Amor é o referencial inigualável, o alfa e o ômega das nossas possibilidades de investigação sobre a natureza humana e a evolução. Até hoje eu não sei se montei a estrutura do livro pensando no trabalho do médium e do seu guia espiritual ou se tudo fluiu com absoluta

Adquira pelo telefone 0800 707 1206 naturalidade, constituindo uma feliz coincidência. Vale ressaltar que a expressão coincidência, na gramática do destino, assume um sentido literal: co + incidência. Ou seja, são dois elementos

que incidem ao mesmo tempo e no mesmo lugar. Contudo, este fato certamente decorre de uma causalidade muito bem delineada, em perfeita conexão com os Soberanos Códigos da Vida... (...) r


Agosto de 2014

Dra. Gilda Sffeir Altaf Uma homenagem à participante das duas últimas edições do EAC, em Matão e Araraquara. Lucy Dias Ramos eledias@terra.com.br

S

urpreendidos com a desencarnação da estimada irmã Gilda Sffeir Altaf, em 27 de janeiro de 2014, buscamos nos recursos espíritas e na fé, a compreensão desse acontecimento que causou impacto e desolação a todos que conheceram a médica caridosa e humana, a espírita dedicada e gentil que estudava com afinco, sempre pronta a esclarecer, socorrer e aliviar as dores dos que solicitavam sua ajuda tanto na área médica, social e espírita. Natural de Juiz de Fora, onde nasceu em 6/3/46, foram seus pais Dr. Jamil Altaf e Lucy Sffeir Altaf. Criada em lar católico, desenvol-

veu desde cedo um alto nível de religiosidade e amor à causa cristã, o que muito contribuiu para, ao se tornar espírita, exercitar as qualidades morais que caracterizavam seu caráter digno e íntegro. Formou-se em Medicina no ano de 1969, na UFJF, fazendo residência médica no RJ e se especializando em Obstetrícia e Ginecologia. Iniciou suas atividades médicas, mas algum tempo depois fixou residência em Vitória-ES onde permaneceu 8 anos. Por motivo do falecimento de seu pai, retornou à Juiz de Fora, para cuidar de sua mãe durante 11 anos. Quando sua mãe desencar-

Lucy Dias Ramos, à esquerda, e Gilda Sffeir Altaf.

nou, tornou-se espírita. Participou de aulas, seminários e exposições doutrinárias que realizávamos juntas em centros espíritas de Juiz de Fora e de outras cidades. Semanalmente prestava assistência médica aos idosos da Fundação Espírita Dr. João de Freitas, de Juiz de Fora, desdobrando-se em cuidados e consultas, gerando imensa afeição e gratidão pelo seu trabalho. Conheci a Dra Gilda quando ela era criança e vim cursar Faculdade aqui em Juiz de Fora. Fomos vizinhas inclusive, mesmo depois que me casei. Aproximamo-nos mais num momento de dores acerbas, quando da

PÁGINA 8 desencarnação de meu companheiro e logo depois, a enfermidade de minha filha que veio a falecer, dois anos depois. Ela me acolheu com generosidade de irmã, ajudando-me a retomar minhas atividades com coragem, incentivando-me a participar mais intensamente do Movimento Espírita, a escrever e publicar vários livros que ela acompanhava capítulo a capítulo, revisando, orientando, dando sua valiosa opinião. Estimada por todos que a conheceram ou tiveram sob seus cuidados médicos, é reconhecida pelas qualidades morais e sua simplicidade, tratando a todos os amigos e clientes, com a mesma solicitude, independente da condição social, abrindo as portas de seu consultório médico, sem cogitar de valores pecuniários, tratando a todos com gentileza e atenção. Por tudo isso e por muito mais, minha alma se enternece ao recordar, essa querida amiga, por seus valores morais e seu destemor ao enfrentar as dificuldades que surgiam... Com tantos gestos de bondade e amor deixou marcas nos corações de muitos que tiveram a ventura de desfrutar de sua amizade e de sua assistência na área médica. Nesta homenagem simples e sincera sou grata a essa grande amiga, por tudo o que representou em minha vida; posso assim seguir sem receio no cumprimento do que me compete, ainda, realizar porque você deixou marcas em meu caminho, sinalizando a meta a alcançar... Hoje, recordando você, volto a encontrar a paz porque sei que mesmo não estando fisicamente ao meu lado, prossegue orando por mim, intercedendo por minha felicidade e harmonia íntima. Sei que a separação é provisória e rogo a Deus que todos nós que integramos a família espiritual, caminhemos juntos, exercitando o amor e a nobreza dos sentimentos que caracterizam os seguidores de Jesus, nosso Mestre, sempre! r


PÁGINA 9

Agosto de 2014

Mundo de regeneração Nada nos impede de cultivar desde já os valores do bem e da verdade. Richard Simonetti

richardsimonetti@uol.com.br

para que não nos sintamos desiludidos, encarar com racionalidade esse assunto. Se estou em São Paulo e inicio uma caminhada em direção a Salvador, desde o momento em que deixo os limites da maior cidade do Brasil estarei em transição, porém muito longe ainda da capital baiana. A viagem será longa. Igualmente longa será a transição para mundo de regeneração, algo em

– Não podemos esquecer que um milênio tem mil anos. Dava a entender que muita água rolará no rio do tempo até que se dê a desejada realização. E para entender por que estamos longe de uma civilização cristianizada, no caminho da regeneração, basta observar o panorama do mundo: corrupção, dissolução dos costumes, violência urbana, guerras e

torno de vários séculos ou mais, talvez. Lembro que na virada do milênio a euforia tomou conta do movimento espírita. Estaríamos na iminência da realização da civilização cristianizada do terceiro milênio, marcando um mundo em regeneração. Chico Xavier, indagado a respeito do assunto, respondeu com a sabedoria que o caracterizava:

guerrilhas, terrorismo militante, escalada dos vícios e das paixões, a miséria e o infortúnio em que vive considerável parcela da população, sob a regência do egoísmo. Panorama desolador. E quanto ao exercício do mal? Às vezes imagino que a população terrestre está empenhada num campeonato de maldades,

Foto: http://hypescience.com

E

m O Evangelho segundo o Espiritismo, capítulo III, Kardec fala dos vários mundos pelos quais o Espírito transita rumo à perfeição: Mundos primitivos, destinados às primeiras encarnações da alma humana. Mundos de expiação e provas, onde domina o mal. Mundos de regeneração, nos quais as almas que ainda têm o que expiar haurem novas forças, repousando das fadigas da luta. Mundos ditosos, onde o bem sobrepuja o mal. Mundos celestes ou divinos, habitações de Espíritos depurados, onde exclusivamente reina o bem. E acentua Kardec sobre o nosso planeta: A Terra pertence à categoria dos mundos de expiação e provas, razão por que aí vive o homem a braços com tantas misérias. Humilhante, não é mesmo, amigo leitor, estarmos a ocupar uma das posições mais modestas na sociedade dos mundos. Piores que o nosso, apenas os mundos primitivos. Considerando que esse estágio inferior é marcado por Espíritos ainda governados pelos instintos, só mesmo a Misericórdia Divina para nos situar em expiação e provas, já que considerável parcela da população ainda não aprendeu a exercitar a razão. Embora me pareça que estamos mais na transição da primeira para a segunda categoria, fala-se no meio espírita que já estamos a caminho do mundo de regeneração. Digamos que isso esteja acontecendo, mas talvez seja razoável, até

tantas são as atrocidades cometidas nos terrenos individual e coletivo. Confrontemos tudo isso com o que nos fala Santo Agostinho, um dos mentores da Codificação Espírita, em manifestação registrada no mesmo capítulo: Os mundos regeneradores servem de transição entre os mundos de expiação e os mundos felizes. A alma penitente encontra neles a calma e o repouso e acaba por depurar-se. Sem dúvida, em tais mundos o homem ainda se acha sujeito às leis que regem a matéria; a humanidade experimenta as vossas sensações e desejos, mas liberta das paixões desordenadas de que sois escravos, isenta do orgulho que impõe silêncio ao coração, da inveja que a tortura, do ódio que a sufoca. Em todas as f rontes vê-se escrita a palavra amor; perfeita equidade preside às relações sociais, todos reconhecem Deus e tentam caminhar para Ele, cumprindo-lhe as leis. Dá para perceber que estamos um bocadinho longe de concluir a caminhada para o mundo de regeneração. *** O mais importante a ser destacado: se sob o ponto de vista físico moramos num planeta de provas e expiações, destinado a desbastar nossas imperfeições mais grosseiras, nada impede que intimamente vivamos em mundo melhor. Jesus dizia que o Reino de Deus está dentro de nós. Não temos condições para ter o Céu na intimidade da consciência, estágio dos habitantes dos mundos ditosos e dos celestes, em face de nossas imperfeições, mas nada nos impede de estarmos em regeneração desde agora, com o cultivo dos valores do Bem e da Verdade. r


PÁGINA 10

Agosto de 2014

Centro Espírita busca recursos para nova sede Instituição fundada em 1943 é a segunda mais antiga da cidade. Redação

O

Centro Espírita Universal, de Jaboticabal-SP, atualmente presidido pelo conhecido palestrante Fernando Aurélio Arrobas Martins, está empenhado para a construção de sua nova sede. Com funcionamento em local ao lado de um córrego que normalmente transborda com chuvas mais intensas, que trazem sérios danos às salas existentes, a instituição conseguiu com a Administração pública anterior uma troca com um terreno de 1.000 metros quadrados onde se constrói a nova Sede. Parte das paredes estão erguidas e os esforços atuais estão para cobrir o salão principal para que ocorra a mudança ao novo local, mesmo sem o acabamento final, que poderá ser providenciado ao longo do tempo, mas, os custos são altos. Fernando é muito querido pela região toda pelo carinho com que apresenta suas palestras musicais, utilizando-se de teclado e sua linda voz, que se transformaram nos CDs Orando com Jesus, volumes I e II, cujas vendas estão totalmente direcionadas para as obras da nova sede. Em rápida entrevista para o TRIBUNA, Fernando respondeu: 1 – Como surgiu o CD? O CD surgiu devido às palestras que realizamos em nosso Estado para a divulgação de O Evangelho segundo o Espiritismo, uma vez que o fazemos de forma cantada. São dois Cds, que trazem músicas que pacificam a alma e divulgam a Doutrina Espírita. A Princípio estes Cds eram utilizados para angariar fundos para obras sociais, mas no momento, estamos revertendo

institutocairbarschutel@gmail.com

suas vendas para a construção da nossa nova Sede. 2 – Qual o orçamento da obra? O valor total da obra está orçado em R$ 300.000,00 com 1.000 metros quadrados, porém inicialmente estaremos construindo nosso salão principal onde serão realizadas as palestras, que ocupa metade deste

Capas dos CDs.

Fernando Arrobas.

terreno. Já investimos aproximadamente R$ 30.000 e a próxima etapa está orçada em aproximadamente R$ 40.000 que é a cobertura. Posteriormente estaremos cuidando das instalações elétricas e sanitárias para darmos início ao uso do local, ainda que de forma precária, mas certamente compatível com nossas necessidades.

3 – Como deve proceder quem quiser ajudar ou adquirir os CDs? Sabemos que enfrentamos dificuldades e gostaríamos de cobrir este salão até o final do ano. Foram produzidos 800 Cds (400 Vol I e 400 Vol II) que estão à venda pelo preço de R$ 15,00. Para adquirir estes Cds os interessados devem contatar - Fernando Aurélio Arrobas Martins - Presidente - Cel. 16 99709 2515 ou Rodrigo da Silva Gírio - Vice- Presidente - Cel 16 99224 0021 ou pelo e-mail rodrigogirio@gmail.com. Para possíveis doações a conta é no Bradesco, ag. 0394 – c/c 035.184-9. r


PÁGINA 11

Agosto de 2014

Sucesso pleno o evento de Guaxupé-MG Em sua sexta edição, o Encontro Chico Xavier é um encontro de amigos. Cássio Leonardo Carrara | Crédito das fotos: Carmine Tucci

cassiocarrara@gmail.com

N

o final de semana de 25 a e 27 de julho/14 realizou-se em Guaxupé-MG a sexta edição do Encontro Chico Xavier, sob a coordenação de Ismael Batista. O evento revestiu-se de pleno êxito, com dezenas de cidades, e participação acima de 600 pessoas. Com palestras de Ditinha Calixto, Manolo Quesada, Paulo Henrique Bueno, Orson Peter Carrara e Izaias Claro.

O evento iniciou-se na noite de sexta-feira e estendeu-se até o horário de almoço no domingo. Com presença musical de Sérgio e Marlene Santos, Margarete Aquila e sua filha, Célia e Raissa, Leleco e Zé Henrique Martiniano, o evento envolveu os participantes em vibrações de alta sensibilidade, ocasionando momentos de muita emoção,

além da natural confraternização e estudos. Caravanas de várias cidades estiveram presentes, inclusive ônibus fretados de Matão/Araraquara, que trouxe participantes também de Taquaritinga e Borborema, e de São Vicente-SP. Na noite de sábado, os participantes foram premiados com a brilhante apresentação da peça teatral GHANDI – o

divino servidor, com interpretação do ator João Signorelli. O conteúdo doutrinário de alta expressão e o clima de intensa confraternização, inclusive com livraria à disposição dos participantes, trouxe um evento de alto nível. Por outro lado, o acolhimento carinhoso dos mineiros de Guaxupé, na recepção muito saudável e as saborosas refeições fizeram do evento um momento ímpar vivido pelos inscritos na simpática cidade. Nossos cumprimentos aos organizadores! A data de 2015 já está definida: 24 a 26 de julho. Todas as fotos do evento estão disponíveis no site www.institutocairbarschutel.org r

Apresentação do Monólogo de Gandhi.

Ismael Batista concedendo entrevista.

Público compareceu em bom número e foi bastante interativo.

Izaias Claro, Manolo Quesada, Paulo Henrique Bueno e Orson Peter Carrara.


Agosto de 2014

REMETENTE: Instituto Cairbar Schutel Caixa postal 2013 15997-970 - Matão-SP

PÁGINA 12

Bauru-SP recebe José Carlos de Lucca Conhecido palestrante e escritor visita a cidade para dois eventos Associação Chico Xavier

contato@associacaochicoxavier.com.br

J

osé Carlos de Lucca é Juiz de Direito em São Paulo, capital, escritor e palestrante espírita, com 15 livros publicados, sendo o mais recente o livro Sempre Melhor. Muito conhecido pelos programas apresentados pela Rádio Boa Nova (AM 1.450), com transmissão ao VIVO na TV Mundo Maior, o escritor e carinhoso orador comparece a Bauru para jornada de dois compromissos que apresentamos aos leitores: Sábado, 20 de setembro de 2014, 19h – Palestra no Centro Espírita A Serviço do Mestre, localizado à Alameda Três Lagoas, 4-28, Vila Dutra Domingo, 21 de setembro de 2014, das 8 às 8,45h – Café da manhã com dirigentes de instituições espíritas, no Centro Espírita Amor e Caridade, à rua 7 de Setembro, 8-30, no centro; Domingo, 21 de setembro de 2014, às 9h – Atividade artística e

palestra em homenagem pelos 150 anos de O Evangelho Segundo o Espiritismo, seguida de autógrafos e diálogos fraternos, no mesmo local. Vale ressaltar que todos os direitos autorais de seus livros e CDs foram cedidos a instituições filantrópicas. De Lucca fundou também, com alguns amigos, o Grupo Espírita Esperança, na zona leste de São Paulo. Seu programa “Sem medo de ser feliz” vai ao ar às terças-feiras, às 10h pela Rádio Boa Nova, com transmissão ao vivo pela TV Mundo Maior e que pode ser visto pelo portal www. redemundomaior.com.br e o “Cura e Libertação” aos domingos às 13,30h pela Rádio Mundial (FM 95,7 / AM 660). Outras informações podem ser obtidas pelo site do escritor: www.jcdelucca.com. br. Os eventos são promovidos pela USE Bauru, com apoio do Centro Espírita Amor e Caridade. r

Fechamento autorizado. Pode ser aberto pela ECT

Tribuna do espiritismo agosto 2014  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you