Page 8

cmyb

A-8 Região

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 23 e 24 de fevereiro de 2013

Sem garantir presídio, Richa promete acabar com superlotação carcerária SOLUÇÃO Governador diz que situação prisional do Estado é uma vergonha e anunciou investimentos na Segurança Pública Maurício Reale

O governador Beto Richa (PSDB) afirmou, na tarde de ontem no hotel fazenda Carro de Boi, em Tomazina, que pretende acabar com o problema das superlotações carcerárias em todo o Estado, porém, não garantiu a construção de um Centro de Detenção e Ressocialização (CDR) - termo usado para presídios – no Norte Pioneiro. “Investiremos R$ 160 milhões na construção de 14 unidades prisionais em todo o Estado. O Norte Pioneiro pode não receber um CDR, mas o problema da superlotação será zerado”, garantiu. A declaração foi feita durante a cer imôni a de posse do prefeito de Tomazina, Guilherme Cury

Antônio de Picolli

Saliba Costa (PSD), como presidente da Associação dos Municípios do Norte Pioneiro (Amunorpi). Richa lamentou s situação da segurança pública no Estado. “O Paraná tem a pior situação prisional do Brasil e isso é uma vergonha, mas nós já começamos a mudar essa realidade”, afirmou.

Sou governador de todos os paranaenses, quando recebo a visita de um prefeito não me preocupo em saber de que partido ele é. Quero levar o progresso a todos os municípios do Estado”

“E xistem delegaci as que abr i g am d e z ve z e s m ai s presos que a capacidade adequada, por isso a fuga dos detentos tem se tornado frequente”, analisou. Ele declarou que já foram contratados cerca de três mil policiais e em breve haverá concurso para mais 5,4 mil policiais civis e militares.

Governador Beto Richa lamenta situação da Segurança e anuncia medidas

Além disso, também haverá investimentos para construções de novos módulos policiais e delegacias e o reforço de mais 1.220 viaturas novas. “Também já estamos investindo na qualidade dos profissionais, um delegado no Paraná ganha o dobro do salário de um delegado de São Paulo”, comparou. Prosperidade O governador Beto Richa também lembrou que, desde que assumiu o governo há pouco mais de dois anos,

investiu muito na geração de emprego e renda. “Desde 2011 já foram gerados 213 mil empregos com carteira assinada no Estado”, afirmou Richa. “É o melhor desempenho no sil do país a frente de Santa Catarina (146,2mil) e do Rio Grande do Sul (203,6mil)”. Ele também lembrou que o Paraná foi o quarto estado no país que mais contratou, f i c and o at r ás ap e nas d e São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.

Moradias Beto Richa destacou a parceria com o governo federal por meio do programa Minha Casa, Minha Vida, e t amb ém com prog ramas habit acionais do E st ado que contemplaram 110 mil famílias com a casa própria. “É muito gratificante entregar uma moradia a uma família carente que recebe as chaves em prantos. Para eles é a realização de um sonho que nós ajudamos a concretizar”, salientou.

Raízes O governador fez questão de lembrar suas raízes no Norte Pioneiro. “Meu avô nasceu em Ribeirão Claro e a família da minha esposa é de Tomazina, por isso, tenho um carinho especial pela região”, afirmou. “Sou governador de todos os paranaenses, quando recebo a visita de um prefeito não me preocupo em saber de que partido ele é. Quero levar o progresso a todos os municípios do Estado”, finalizou.

cyan magenta yellow black

TRIBUNA DO VALE - EDIÇÃO Nº 2335  

23 DE FEVEREIRO DE 2013

TRIBUNA DO VALE - EDIÇÃO Nº 2335  

23 DE FEVEREIRO DE 2013

Advertisement