Issuu on Google+

!

! " " #

$

#

!

"

!

!

"

% # %

" # $ *

"$ # )

"( ,# #

# (# # ##

!% + # " " & $ # "$ & $ % , #" ' & $ # - # ## # "$ " " $ $

Rio Verde entre 25 cidades que mais crescem

Hospitais terão de fazer “Teste da Linguinha”

'7#/5#.'/50 &+76-)#&0 1'-# & 3'7+45# 8#.' '. &':'.$30 #10/5# 04 .6/+%A1+04 &' .?&+0 1035' 26' 5+7'3#. 3+5.0 #%'-'3#&0 &' &'4'/70-7+.'/50 '. 3'-#>=0 #04 )3#/&'4 %'/5304 '/53' 04 #/04 &' '

301045# (0+ #1307#&# &' (03.# %0/%-64+7# 1'-# 0.+44=0 &' 0/45+56+>=0 ' 645+># ' +&#&#/+# &# <.#3# &04 '165#&04 30%'&+.'/50 #7#-+# '8+45@/%+# &' 130$-'.#4 26' 10&'. %0.130.'5'3 &'4'/70-7+.'/50 &04 $'$@4

" # "

!%

$ #+ '" " & %( " # $ %## " #$ " ' "

"

! !

# !

! % !

$

" ! "

$ + %

$ "

$ ,

"

(

#$"%*) " # %#$ * $ " "$%" % # & # " # % , % " # $ *) " # '


02/#- 2+$5/# &0 5&0'34' 5# @ #2&+. .;2+%# +0 !'2&' 0+83

+2'402 12'3+&'/4' '$#34+90 #2$03# &# +-6# +2'402 &.+/+342#4+60 534#60 #2$03# '2'/4' 0.'2%+#- ' &' 20,'403 /0'- ?/+02 &+402# )'2#- +/4'2+/# #$2+'-# 5+.#29'3 &+402 &' 24' 5#2'7 -'/%#2 ' 20,'40 28(+%0

+2%5-#:90 +0 !'2&' 1#2'%+&# &0 +0 0%' %2'?/# #%*0'+2# -4# #4#< +/'+203 0/4'6+&+5 5+2+/=10-+3 90 +.90 #/4# '-'/# &' 0+83 #2#/#+)5#2# #/40 /4>/+0 &# #22# ' -#/#-40 !'2&'

0.'2%+#/0'- ?/+02 '/0'-,5/+02 42+$5/#&035&0'34' %0. $2 534#60 "'$'2 )534#60 42+$5/#&035&0'34' %0. $2

!

!

O

!

"$

A reunião aconteceu na última semana, no Palácio do Planalto. Destaque para a solicitação de aumento no aporte de recursos destinados ao custeio, investimento e comercializando, alcançando R$ 180 bilhões para a próxima safra. O presidente da Faeg também cobrou a desburocratização do processo de contratação de crédito. “Precisamos de agilidade na liberação de recursos”, disse Schreiner.

Pronto para o desafio

E

m entrevista ao Tribuna do Sudoeste, o pré-candidato a deputado estadual, o vereador Iturival Nascimento Júnior (PTB) falou sobre a sua atuação política e o histórico familiar que o credenciar a tentar mais ocupar mais um cargo, desta vez, na Assembleia Legislativa. Ele é ex-secretário da pasta da Agricultura e, quando exonerado, a sua saída do secretariado foi motivo de muito boato e especulação. Seis meses se passaram e, de acordo com Iturival, ainda hoje ele não sabe afirmar com precisão os motivos que levaram à decisão de Juraci. Mas, agora, isso pouco importante. O vereador está otimista com a sua précandidatura e avalia que todos os interessados têm o direito de pleitear uma vaga na Casa. Confira logo mais a entrevista na íntegra. Outra matéria que você confere também nesta edição é sobre o Dia do Desafio. É o segundo ano que a cidade de Rio Verde vai participar da competição e buscar pontos para vencer sua adversária direta, a cidade cubana de Playa. A meta é promover a prática de atividades física, independentemente de qual seja a modalidade escolhida pela população. Os organizadores anunciam a programação inicial e acreditam que, neste ano, Rio Verde terá um número ainda mais significativo de participantes. É no dia 28 próximo. Ainda, a falta de creches em Rio Verde volta a ser assunto de pauta. A população continua a cobrança por vagas nas unidades, sendo que as já existentes não conseguem atender a atual demanda. De acordo com informações da própria Secretaria de Educação, mais de 280 crianças estão na lista de espera por uma vaga. Várias obras de construção estão paradas, em diferentes bairros da cidade. O Ministério Público precisou intervir e, por meio de pedido, determinou que o município forneça em um ano 750 vagas. Prefeitura alega problemas com a empresa vencedora da licitação. Ainda, Rio Verde está entre as 25 cidades brasileiras que tiveram um boom populacional entre os anos de 2003 e 2013. Economista comenta as potencialidades do município que fomentam o desenvolvimento da região. Boa leitura!

"

Em Rio Verde, ainda é grande o número de pré-candidatos a deputado estadual. Cada partido quer garantir o seu espaço na disputa e, nessa história, a cidade tem até o momento, no mínimo, sete pré-candidatos. É argumento batido, mas, com a quantidade de interessados em uma vaga na Assembleia, as chances de a cidade ter mais representantes na Casa de Leis diminui.

presidente da Faeg, José Mário Schreiner, juntamente com a senadora e presidente da Confederação Nacional da Agricultura e Pecuária (CNA), Kátia Abreu, apresentaram à presidente Dilma Rousseff a proposta para o Plano Safra 2014/2015.

A Prefeitura de Rio Verde, por meio da Secretaria de Assistência Social e Centro de Referência em Assistência Social (Cras Santa Cruz e Dom Miguel), informa que as inscrições para o curso de artesão de pintura em tecido estão abertas. As inscrições podem ser feitas na Secretaria e nas unidades do Cras, das 8h às 11h e das 13h às 17h. Mais informações pelo telefone (64) 3620-8800. As aulas se iniciam em 26 de maio.

! !

' A Câmara dos Deputados aprovou, por unanimidade, o substitutivo ao projeto de lei 7.495/2006, que estabelece o piso nacional aos agentes comunitários de Saúde e de combate a endemias. A partir de 2014, o salário mínimo a ser pago para a categoria será de R$ 1.014. A proposta ficou oito anos em tramitação. Ainda, pelo projeto, a partir de 2015 os salários terão correção anual.

% Em entrevista ao grande jornal Folha de São Paulo, o deputado federal Romário (PSB) deixou clara a sua insatisfação com o PT, não apenas no tempo de Dilma, como também de Lula. Ao falar sobre a realização da Copa no Brasil, Romário acredita que o País perdeu a oportunidade de criar uma nova imagem. “O planejamento foi mal feito e a organização ainda pior. Fora de campo o Brasil já perdeu”, considerou o político-jogador.

Não bastasse o projeto de criação do Dia da Música Sertaneja, o deputado estadual Karlos Cabral (PT) apareceu agora com o projeto para a Festa Estadual do Pequi. Ele argumenta que o alimento é um símbolo da cultura goiana. “As territorialidades do pequi se desdobram a partir do enraizamento cultural e da sua manifestação local como produto de uma cultura construída historicamente

e geograficamente no território", diz o parlamentar, ao justificar a proposta. Quanta complicação! É “prá caba com o pequi do Goiás”, deputado!

! Aos também eleitores, o momento é de analisar cada um dos pré-candidatos para tentar, no mínimo, evitar que o nosso voto seja desperdiçado. Enquanto Rio Verde precisa de boas leis que tragam melhorias para toda a população, alguns candidatos perdem a oportunidade a eles concedida, com propostas sem fundamento e que pouco acrescenta às comunidades.

$& No ano passado, o grupo JBS, da marca Friboi, fez doações de R$ 8 milhões ao PT. Foi a terceira maior doadora para o partido, perdendo apenas para a Camargo Corrêa (R$ 12,3 mi e pelo Grupo Solví (R$ 9,7 mi).

! Friboi tentou, retentou, tentou de novo e, aparentemente, conseguiu criar a discórdia no PMDB, que resultou na desistência de Iris Rezende, antes pré-candidato ao cargo de governador de Goiás. Agora, Friboi parte para uma tentativa – um tanto falsa e desnecessária – de se reaproximar de Iris. Circula na imprensa goiana que o empresário tem buscado reuniões com o ex-prefeito de Goiânia, que foge de todos os encontros. Friboi insiste na ideia de Iris entrar na chapa para brigar por uma vaga no Senado.

Disciplina x Espontaneidade: qual o melhor caminho? Nei Lacerda*

E

xiste uma relação entre essas duas características. Estou absolutamente convencido de que uma das chaves mais importantes para o sucesso nos negócios (e na vida) é, sem dúvida, a disciplina. Ou não... Estou também absolutamente convencido de que uma das chaves mais importantes para o sucesso nos negócios (e na vida) é, sem dúvida, a espontaneidade. Na verdade, estou absolutamente convencido de que uma das maiores fontes de estresse no mundo dos negócios (e na vida) é estar se sentindo culpado por não ser disciplinado ou espontâneo suficiente, dependendo de sua personalidade. Naturalmente espontâneo, criativo, desorganizado de forma individual, estou constantemente triste por mim mesmo, por não ser mais disciplinado em quase todos os aspectos da minha vida profissional. Isso inclui como posso gerir a minha agenda diária, responder a todos os e-mails e gerenciar meus empregados, por exemplo. Meu mantra poderia ser: "Acho que seria melhor se eu pudesse evitar distrações, aderir a uma agenda, resistir a objetos brilhantes". Isso geralmente aparece em casa também e inclui tudo, desde as finanças até as orações. Qualquer coisa pode ser motivo de distração e, em seguida, de indisciplina. Por outro lado, quando decido vencer um de meus entalhes

à disciplina, eu começo a perder a minha paixão pelo trabalho e me lembro que eu sou alimentado pela minha liberdade de ser espontâneo e criativo. Alguns líderes que eu conheço são o oposto. Eles trabalham com disciplina extraordinariamente. Eles, raramente - ou nunca - se esquecem de uma reunião e deixam uma importante mensagem no correio eletrônico por mais de oito horas sem uma resposta; ou explodem em uma reunião para atender uma chamada de um velho amigo, ação impossibilitada no momento. No entanto, percebo, com alívio, e devo admitir que essas pessoas muitas vezes se sentem culpadas quando veem os líderes bem sucedidos, que vivem pelos assentos de suas calças, e parecem ser mais ricos, menos previsíveis, e, aparentemente, mais excitante na vida de trabalho. Eles podem tentar uma semana de espontaneidade, jogando o cuidado para o vento. "Hoje eu vou ignorar o meu email, convocar uma reunião de brainstorming não planejada e, talvez, até mesmo levar o meu pessoal para o cinema”. Claro, isso só vai colocá-lo em um estado de estresse insuportável e, eventualmente, o levar de volta para o conforto de uma programação regular e vida de trabalho previsível. Assim como eu, eles são deixados para enfrentar a culpa recorrente sobre a sua incapacidade de ser mais espontâneo - ou, no meu caso, disciplinado - parar

de se sentir culpado, em seguida, alterar algumas peças. A questão é, mesmo ganhando bem, estamos condenados a passar o resto de nossas vidas lamentando a nossa falta de disciplina/espontaneidade e perguntando quão eficaz seria se eu pudesse optar por apenas uma das opções. Talvez não. O primeiro passo não é mudar a nossa forma de trabalhar, mas sim buscar erradicar grande parte da culpa e nos permitimos sentir o lado bom de cada uma das formas de trabalho. A verdade é que alguns líderes e gestores funcionam melhor quando eles se comportam de forma espontânea e com imprevisibilidade, respondendo às oportunidades que possam surgir, independentemente do horário. Outros prosperaram em um ambiente mais estruturado e disciplinado. A chave é perceber que os dois modelos dão certo e explicar isso para aqueles que você lidera. Em seguida, o fato está em aceitar a maior parte das consequências desagradáveis que surgem da decisão, sabendo que você não pode ter as duas coisas. O segundo passo, infelizmente, é mudar a forma como trabalhamos, só um pouco. O fato é que realmente deveríamos ser mais disciplinados. Por quê? Porque essa disciplina faria nossas atitudes mais presentes, espontâneas, criativas, de forma muito mais eficaz e agradável. Devemos entender que, em algumas partes do meu mundo, a

adição de disciplina não iria dificultar a minha capacidade de ser quem eu realmente sou. Por exemplo, eu certamente posso me dar ao luxo de aparecer na hora certa para reuniões de equipe e rever a minha agenda com mais regularidade, sem limitar de forma significativa a minha capacidade de ser criativo e espontâneo. Quanto aos meus amigos disciplinados, eles precisam abraçar a espontaneidade, permitir que suas reuniões sejam mais leves para desviar da agenda e esculpir pedaços maiores de tempo para debate e elaboração de estratégias não estruturadas. Ainda assim, não há nenhuma razão para abandonar sua diligência sobre comunicação ou atirar seus regimes diários para fora da janela. Assim que assumir essas poucas áreas, o segredo é deixar o resto ir. É claro que a nossa falta de disciplina ou espontaneidade pode nos deixar em más situações, às vezes. Por outro lado, temos vários momentos que podemos comemorar juntos de nossos líderes as conquistas que são resultado do que somos e realizamos, com disciplina ou espontaneidade. Talvez alguém poderia me ensinar como melhorar a minha disciplina e, em troca, talvez eu poder levar essa pessoa ao cinema. O segredo está na ponderação. Sem excessos, podemos achar o bom espaço entre disciplina e espontaneidade, sem que haja perdas na produtividade e no rendimento de qualquer que seja o segmento econômico. Um pouco de humor, criatividade e organização não fazem problema algum.


( #

!

)

P

ré-candidato a deputado estadual, o vereador Iturival Nascimento Júnior (PTB) lembra que deixou a Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento por questões que até hoje nem ele mesmo diz entender. Ele foi exonerado pelo prefeito Juraci Martins em novembro do ano passado e os boatos eram de que a simpatia de Iturival pelo PMDB teria sido a causa principal de seu afastamento do secretariado. O parlamentar avalia ser um processo natural a indicação do nome da filha de Elecir Casagrande como pré-candidata a uma vaga na Assembleia Legislativa e diz que, num processo democrático, todos têm esse direito. Mesmo que muitos pleiteiem uma vaga no parlamento, Nascimento entende que a tendência é diminuir o número de nomes na disputa até o início de junho. Confira a entrevista na íntegra: Como analisa o cenário para deputado estadual em Rio Verde nas eleições de 2014? Iturival Nascimento Júnior – O cenário para deputado estadual em Rio Verde não é diferente do cenário brasileiro quanto às eleições. No processo democrático é natural que apareçam pré-candidaturas, porque, em função do pluripartidarismo, cada legenda tem interesse em viabilizar seu fortalecimento. Assim, existe essa gama de interesses por essas précandidaturas para tentar o crescimento e formar uma conjuntura política que dê sustentação ao projeto de cada sigla e coligação. O momento é de discutir a viabilização e nós, que somos gestores e temos mandato, a meta é tentar fazer nosso trabalho enquanto mandatários para ter credibilidade de buscar respaldo nas pretensões futuras. Mas, com o tempo, a tendência é diminuir a quantidade de nomes que almejam vaga na Assembleia Legislativa. Concorda? É natural que Rio Verde apresente esse número de pré-candidatos a deputado estadual, pois cada partido ou cidadão se sente no direito de ter suas pretensões. Porém, à

medida em que se aproxima o dia 30 de junho será a época em que realmente há as convenções partidárias e quando começam a afunilar as coligações. Portanto, a tendência é diminuir o número de précandidaturas, até mesmo porque o cenário estadual também não está definido. Nós não temos definições nem em nível de estado. Como, então, se preocupar e ter definição hoje aqui no município das negociações envolvendo nomes para deputado estadual? É um processo que inicia e, naturalmente, as pedras vão encaixando. Contudo, o mais importante nessa história e que o político não seja pré-candidato dele mesmo e tenha humildade de entender isso. Acho que os possíveis candidatos devem compreender que, lá na frente, por meio de pesquisa ou aceitação da comunidade, eles têm que abrir espaço para aquele político que consiga maior densidade eleitoral. As pessoas jamais podem tentar impor uma candidatura em detrimento do interesse maior, que é a sociedade. Eu creio que o indivíduo participa de um processo político desde que tenha serviço prestado e condições de dar respaldo aos anseios do povo. Então, parto dessa premissa para dizer que, até que provem o contrário, todo cidadão tem o direito de pleitear disputa eleitoral caso mostre também o discernimento e a sensibilidade de poder entender o melhor momento, ou seja, o

momento dele saber se realmente está em condições de representar aquele papel que se propõe a disputar. Na pré-candidatura de deputado estadual, como vem trabalhando no atual momento? O compromisso do PTB, assim como de outros partidos, é lançar précandidato a deputado estadual que seja valorizado. Em todo o Sudoeste goiano onde o PTB tiver diretório será dada orientação para que o apoio seja ao pré-candidato de Rio Verde. No caso, temos o respaldo regional para buscar esse apoio de todos os diretórios de nossa região. Nós buscamos respaldo nas lideranças e fora de Rio Verde também. Enfim, procurando algum tipo de sustentação para mobilizar ajuda ainda em outras regiões. Rio Verde possui 120 mil eleitores e podemos fazer de três a quatro deputados estaduais com condição de trabalho. Então, temos que investir realmente no município que necessita ter o deputado estadual voltado aos interesses da sua comunidade. Nesse sentido, quero trabalhar e buscar a maior porcentagem de densidade eleitoral dentro da cidade. Logo, vou correr atrás aqui dentro e fora de Rio Verde, também no Sudoeste goiano. Para quem não conhece o seu trabalho, o que o sr. pode dizer das suas ações na atividade pública? Sou cidadão rioverdense e filho de família tradicionalmente política. Quem não me conhece, sabe da história do meu

pai, Iturival Nascimento, que atuou como deputado federal. E também conhece o ex-prefeito de Rio Verde, Iron Nascimento. Em meu histórico de vida pública, já trabalhei em secretarias municipais, incluindo as pastas de Ação Urbana, Administração, Ciência e Tecnologia e Agricultura. Além do mais, atuei no Tribunal de Contas por mais de 12 anos. Afinal, acho que tenho experiência de poder servir a comunidade. Sou funcionário público e hoje minha função é na Câmara

Municipal. Um mandato a serviço do povo de Rio Verde e espero poder honrar e estar prestando um serviço à altura do que a população precisa. Enfim, espero colocar meu nome à disposição da comunidade para que eu seja avaliado nesse momento político. Se eu tiver condições e densidade de pleitear pré-candidatura de deputado estadual, estou pronto para servir meu partido e a comunidade rio-verdense nesse embate que se avizinha em outubro.

No Sudoeste, orientação do PTB à disputa da Assembleia é que apoio seja dado ao précandidato de Rio Verde”

Acredito na gestão de Juraci e na sua lisura com a coisa pública” Como o sr. analisa o fato de políticos terem lançado o nome de Hayana Garcia (PTB), filha do vereador Elecir Casagrande (SDD), como pré-candidata a deputada estadual no pleito deste ano? É natural, pois Hayana é militante do partido. Nesse momento, ela se sente apta a disputar e coloca seu nome para esse fim. Ela tem esse direito, assim como os outros companheiros da sigla que se acharem em condições de postular vaga de candidato. Nosso partido é democrático e aberto. Entendo e respeito a posição dela. Inclusive, se lá na frente a Hayana tiver mais respaldo e apoio do que meu nome, abro mão da minha candidatura para apoiá-la. Mas espero ter o apoio dela, do vereador Elecir Casagrande e do deputado federal Sandro Mabel (PMDB), caso eu entre na disputa. Pelas informações, o nome de Hayana foi lançado pelo pai Casagrande e por Mabel, nenhum dos dois são filiados ao PTB. Então, com os apoios, é possível fortalecer a précandidatura da nossa legenda. Hoje, o sr. pode dizer que entende o motivo da sua saída do comando da Secretaria da Agricultura em novembro do ano passado? Atuei como secretário do prefeito Juraci Martins por quatro anos, além de ter auxiliado na administração do município e contribuído no processo de eleição e reeleição do chefe do Executivo. Quando candidatei a um cargo de vereador, consegui ser eleito na coligação do prefeito. Acredito na gestão de Juraci Martins e na sua boa vontade e lisura com a coisa pública. Deixei a Secretaria da Agricultura por questões que até hoje não entendo. Pode ser por algum outro tipo de ação política que não compreendo e espero não ter abalado o relacionamento com o prefeito. Na coerência da minha parte, se eu acreditei na administração e na eleição de Juraci Martins, fui, no mínimo, conivente com a situação. Então, tenho por princípio moral e de coerência acreditar e apostar. Independentemente de estar na situação ou oposição, quero o bem da comunidade rio-verdense. Acho que o problema de discutir posições políticopartidárias é na hora da eleição. Como gestor público é essencial tentar trazer o melhor à população do município e ter humildade de reconhecer as críticas da oposição. Precisamos, ainda, trazer soluções administrativas que venham de encontro com o que a sociedade espera dos seus gestores. É com esse papel que espero, enquanto vereador, representar os interesses da voz do povo pelo qual fui eleito e poder defender esses interesses com independência, acima de tudo.


! ! ! "

Gabriela Guimarães

N

o dia 5 de maio, a Secretaria da Fazenda (Sefaz) de Rio Verde convocou a imprensa para esclarecer quais foram as principais mudanças referentes ao Imposto Territorial e Predial Urbano (IPTU). O entendimento de muitos contribuintes é de que a alta do imposto em 2014 foi abusiva, mas o município justifica a necessidade de expandir o preço dos carnês, principalmente pelo fato de o valor estar defasado. Pesquisas foram feitas para se chegar ao atual aumento, conforme informou a Sefaz. Assim, o secretário da Fazenda, Evandro Abib, relatou como a prefeitura planejou e projetou o aumento do valor do IPTU. "Apresentamos um estudo bastante técnico", acrescenta. Questionado sobre o motivo da alta, o gestor da pasta ressalta que, primeiramente, havia grande defasagem entre o mercado imobiliário e o valor que estava sendo colocado como pauta, ou seja, o valor venal a ser

cobrado nos carnês. Conforme diz, desde 2007 todos os aumentos de IPTU em Rio Verde aconteceram devido à correção da inflação. "Então, houve decisão política do prefeito em ter um acréscimo maior do que essa inflação. Desse modo, aplicamos o aumento no valor", esclarece. No caso de bens imóveis, o preço venal é calculado com base no que a unidade imobiliária alcançaria na hora de comprar ou vender o bem. Além disso são avaliadas outras características do imóvel. Segundo Abib, o valor venal foi reajustado levando em conta a avaliação de três empresas imobiliárias de Rio Verde. Portanto, o secretário afirma que esse é o valor de mercado e é o que a prefeitura teria direito de tomar como base de cálculo do IPTU. Apesar da elevação, o secretário afirma que não chega a 10% daquilo que é praticado pelo mercado imobiliário. A última atualização feita nas cobranças do IPTU, em Rio Verde, aconteceu há sete anos e, desde então, a correção dos valores aconteceu de acordo com o Índice Nacional

%

$

"

de Preços ao Consumidor (INPC). Abib compreende que nenhum aumento, principalmente de imposto, é bemvindo aos brasileiros. "Mas é preciso haver a correção e, volto a dizer, que o valor ainda ficou muito aquém do que é a realidade de mercado no município", ressalta. Segundo o secretário, em Rio Verde existiam 11 zonas fiscais para o cálculo do IPTU, mas, agora, com o novo mapeamento, o número passou a ser de 25 zonas fiscais. "O valor a ser cobrado de todo e qualquer contribuinte ficou mais justo", considera. Abib explica que essas zonas fiscais foram reorganizadas e, dessa maneira, tornaram-

$)

se únicas na cobrança do imposto. Portanto, o reajuste depende agora da zona fiscal e do valor venal do imóvel.

Pagamento da 1ª parcela do IPTU foi prorrogado para 10 de junho Neste ano, o secretário adianta que a prefeitura prorrogou o pagamento da primeira parcela do IPTU pa-

!

!

ra o dia 10 de junho em função da demora na confecção dos carnês. "E para quem pagar à vista, haverá um desconto de 20% até essa data", diz Abib, lembrando que o município oferece oito parcelas, sendo que a primeira vence no dia 10 do mês seguinte e, a segunda, em 30 de junho. "E assim consecutivamente, até o final do ano". Conforme divulgação, o contribuinte pode dividir o valor total do IPTU em até oito vezes, desde que o preço mínimo de cada parcela não seja inferior a R$ 100. Questionado se haverá mais altas nos anos posteriores, o secretário responde que o custo do imposto a ser definido

"

em 2015 é algo para ser discutido a partir de outubro. No caso do imóvel em que o IPTU não alcançar o valor de R$ 100, sem haver o desconto, há então a isenção de taxa. Em Rio Verde, encaixamse nesse parâmetro 6.534 contribuintes e um montante de R$ 434.848,29, conforme divulgou o secretário. Depois da alteração de preços aplicados neste ano, a Secretaria da Fazenda espera elevar a arrecadação municipal para 43,33% a mais, se comparado ao ano passado. O projeto de atualização dos valores do IPTU recebeu aprovação em novembro de 2013, na Câmara Municipal.

Câmara aprova Teste da Linguinha Gabriela Guimarães

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou, de forma conclusiva, a proposta que obriga os hospitais e as maternidades a realizar o chamado “Teste da Linguinha”, que é uma avaliação do frênulo ou membrana da língua, em bebês recém-nascidos. O teste avalia a existência de problemas que podem levar ao desmame precoce, baixo ganho de peso e língua presa. !

Se aprovada no Senado, medida terá vigor no território nacional O deputado federal Heuler Cruvinel, representante do Sudoeste goiano, é relator do projeto de lei nº 4.832/2012, de autoria do deputado Onofre Santo Agostini. Como tramitava em regime conclusivo, agora o projeto será encaminhado para aprovação no Senado. A medida passaria a ser válida em território nacional, representando um grande avanço à saúde brasileira. O projeto de lei determina que o Sistema Único de Saúde (SUS), por meio dos seus órgãos federais, estaduais e municipais, institua programas para o registro, controle e acompanhamento dos pacientes que tenham realizado o procedimento.

!"

&

'

O exame deve ser feito por fonoaudiólogo ou outro profissional da saúde que esteja devidamente capacitado e credenciado para a realização do teste, que permite diagnosticar problemas relacionados à sucção, deglutição, mastigação e fala. “O procedimento é um grande avanço, já que é a partir do Teste da Linguinha que se torna real a possibilidade de detectar tais problemas”, opina o deputado federal Heuler Cruvinel. Com base no projeto, os profissionais da saúde devem fazer uma avaliação do frênulo da língua dos bebês, que é uma pequena prega de membrana mucosa, que conecta a língua ao assoalho da boca, podendo interferir na livre movimentação da língua. Se aprovado, fica obrigatória a realização do exame em hospitais e maternidades brasileiras, tanto públicas quanto privadas. “É um procedimento sem dor e que resolve o problema. Com certeza, trará um

#

!

grande benefício para as crianças”, afirma o deputado Onofre Santo Agostini. O projeto foi sugerido pe-

los membros da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, assim como pela Associação Brasileira de Motricidade

(

%

Orofacial e Conselho Federal de Fonoaudiologia. Ainda, o exame é pioneiro no mundo para detectar a língua presa,

*

sendo o teste baseado no protocolo criado pela fonoaudióloga Roberta Martinelli, da cidade de Brotas (SP).

" 0&07+;3+0

09#: %0. 4'&' /# 6# $'3#$# /B !+-# #3+# +0 !'3&' C 0+;4 %0/70%# ')+/#-&0 &0 #3.0 ?3+' # 3'503/#3 # 3#$#-*0 /0 13#:0 &' '5'/5# ' &6#4 *03#4 '45#/&0 46,'+50 # #$#/&0/0 &' '.13')0 4'6 /=0 %0.1#3'%+.'/50 06 (#-5# &' ,645+(+%#5+ 7# +.1-+%#3; '. 3'%+4=0 %0/53#56#- 103 $#/&0/0 &' .13')0 %0/(03.' 0 #35+)0 '53# &#4 %0/40-+&#>=0 &#4 '+4 &0 3#$#-*0

! #$ ! "


!

%

&

$#

"

$#

#$0"

!

%" $ " " # & " # !% $ " $%" & # " %# $& # " $ #% " % % ,+ !% ## $ & " ,+ $ # " % !% *# $ # ## # %( # # /## # ## %" $ %$ # " " !% "$ "+ # "0' " % &$ ' "/ " #$ % " " ( ,+ $& /# $& # % "

"

Gabriela Guimarães

P

elo segundo ano, Rio Verde vai participar do Dia do Desafio, que é considerado o maior evento esportivo do planeta. Ele acontece no dia 28 de maio em mais de 3 mil cidades, de 22 países. Em Goiás, somente cinco municípios vão participar da mobilização, sendo - além de Rio Verde - Jataí, Ipameri, Catalão e Goiânia. No ano passado, 48 milhões de pessoas participaram do projeto em todo o mundo. De acordo com a coordenadora do Serviço Social do Comércio (Sesc), Wanessa Benati, no ano passado os organizadores tiveram apenas dois meses para mobilizar os rio-verdenses e explicar como funcionaria. “Porém, neste ano, o pessoal já sabe como é o Dia do Desafio e tivemos mais tempo para organizar. Com isso, a expectativa de nós organizadores é mobilizar mais de 70 mil pessoas”, apresenta Wanessa. Na edição anterior, realizada em 2013, cerca de 46 rio-verden-

#

# % $ "$

$#

ses apoiaram a iniciativa e a cidade competiu com Embu das Artes, município da microrregião de Itapecerica da Serra (SP). A coordenadora explica que o grande objetivo da ação, que acontece em parceira com a Prefeitura de Rio Verde, é incentivar a prática de atividades físicas, seja ela qual for. Assim, os participantes po-

dem fazer alongamentos, dança, corrida e tantas outras formas de se exercitar. “O segredo está em desafiar a si mesmo e praticar qualquer atividade pelo prazo mínimo de 15 minutos”, comenta Wanessa. Neste ano, Rio Verde será desafiada pelo município cubano Playa, que em edições anteriores já disputou com as cidade de Itu e Araçatuba,

ambas do estado de São Paulo. “É uma competição saudável, que busca despertar o interessa pela prática de esportes e atividades físicas”, explica a coordenadora. De acordo com Wanessa, o evento está em sua 20ª edição no mundo e foi criado ainda nos anos 80, no Canadá. Para que as atividades sejam registradas, os participantes do Dia do Desafio precisam entrar em contato, no dia 28, com o Sesc ou Prefeitura de Rio Verde, por meio dos números: (64) 3622-5662 ou (64) 3620-2081. “Ao ligar, a pessoa precisa informar quantas pessoas participaram da atividade, se foi sozinha ou, por exemplo, com ou-

tros 50 funcionários de uma mesma empresa. E dizer também qual foi o exercício realizado. Cada pessoa que participar soma um ponto para a cidade de Rio Verde”, orienta Wanessa. Além dos exercícios individuais, a Prefeitura prepara uma programação que envolve profissionais de diversas áreas, visando promover a integração entre os participantes do Dia do Desafio. De acordo com as informações iniciais, haverá uma abertura oficial do evento, às 0h do dia 28 de maio, no Módulo Esportivo de Rio Verde. Em seguida, acontece o primeiro passeio ciclístico do Dia do Desafio. Outras atividades esporti-

' ". % &( #" ( " % $ # # $ ")" #$ & , # /" $ !% " " " # $ & # !%. # ## % # " " ( $ # # # 1$ !% "$ " .# $ % " # 1 " # $ $ "$ $ # & $ $ # " # $ " "$% ( ,+ $& $ " $& /# " ## # $ $ "

vas nas escolas estão também programadas. Já no Estádio Mozart Veloso do Carmo, a partir das 14 horas, estão previstas atividades abertas à população, como capoeira, dança e apresentação de grupos de percussão. No esporte, destaque para o voleibol, basquete e futebol.


#(

#(

)

A

falta de vagas nas creches de Rio Verde é uma realidade antiga e cobrança constante da população, principalmente daqueles que moram em bairros mais distantes e que não contam com nenhuma unidade por perto. Com o crescimento acelerado de Rio Verde, ficou ainda mais notável que o número de pessoas que precisam de atendimento na Saúde e Educação, por exemplo, é muito maior do que a estrutura disponibilizada pelo município, que tem sido incapaz de cumprir com a demanda. É considerável a quantidade de pais que precisam colocar as crianças de zero a 5 anos nas creches e, diante da problemática, a prefeitura garante que tem tentado agilizar a construção de mais unidades. A construção da creche no Bairro Gameleira, por exemplo, se encontra paralisada há um bom tempo e a impressão que fica é de que o local está abandonado. Até mesmo alguns moradores da região afirmam que o lugar já virou ponto de uso de drogas. Uma sentença da Justiça, do ano passado, determinou que a Prefeitura de Rio Verde abra 2 mil vagas em creches, no prazo máximo de um ano. No entanto, mesmo com a determinação judicial, as obras não foram retomadas em alguns bairros da cidade. Com as instalações paradas e nenhuma aparência de retomada nos trabalhos, os espaços começam, inclusive, a deteriorar. O que significa perda de tempo e de qualidade na estrutura, que antes mesmo de finalizada, fica comprometida pela não continuidade da construção. Além do atraso da obra no Bairro Gameleira, é possível perceber que também na unidade da Vila Mutirão, desativada para reforma, o ambiente se encontra parado, à mercê de marginais. O mesmo acontece com os trabalhos para construção de creches nos bairros El-

Vacinação contra gripe é prorrogada O Ministério da Saúde prorrogou a campanha de vacinação contra a gripe em todo o país, e em Goiás, o prazo vai até 23 de maio. Até na quinta, 8, mais de 21,3 milhões de brasileiros se vacinaram contra a doença, o que representa 53,6% da meta estabelecida, que é de atingir 80% do grupo prioritário para a imunização, de 49,6 milhões de pessoas. Os públicos-alvo da campanha são as crianças de 6 meses a menores de 5 anos, idosos com 60 anos ou mais, trabalhadores da saúde, povos indígenas, gestantes, mulheres com até 45 dias após o parto, presos e funcionários do sistema prisional. No ano passado, o público infantil incluído na campanha tinha idade de seis meses a 2 anos – houve ampliação, portanto. Segundo o ministério, pessoas com doenças crônicas e "condições clínicas especiais" também devem se vacinar. Os sintomas da gripe são febre, tosse ou dor na garganta, cabeça, dor muscular e nas articulações. Já o agravamento pode ser identificado por falta de ar, febre por mais de três dias, piora de sintomas gastrointestinais, dor muscular intensa e prostração.

"!

dorado, Jardim Helena e Dimpe, que não tiveram a continuidade devida. O prédio antigo da creche Lar Crianças para Jesus, localizado bem no Centro da cidade, foi demolido. A proposta era de implantação de uma unidade de porte bem maior, no mesmo espaço. Entretanto, quem passa pelo local apenas presencia um terreno com obras paralisadas, pois o levantamento de outra estrutura ainda não aconteceu. Em nota, a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Educação (SME) informou que, em agosto de 2013, acolhendo parcialmente um pedido feito pelo Ministério Público, o juiz Wagner Gomes determinou ao município que fornecesse, no prazo de um ano, 750 vagas de creche para crianças de até 5 anos de idade. Em resposta, a SME comunica que vem se empenhando para atender a de-

"

% # &

$ $

%

, !# # ! &( # $ # $%) # # # !# ( & & $ ' $ # $! # # , $ %$ $ $ $ ! "& $ % $ & .! ' # ## $! % * $ # ! #% & # ,+ !# ! $% $% ! $$ '$ ' # % # !# $% ,+ $ #' , !/ & ,+ % "& * -! % - % # & $ ' $ ! $ # # # $ %& ,+ !# )% & .! # ## & $+ $ # & % ,+ "& # & )# $% # % # # $ ! .% $ !/ $ & ! $ $$ # % $ ! # ,+ $! # $ # % ! $% %& ,+ # .!

manda, a fim de cumprir com a solicitação do MP. Por agora, a Secretaria adianta que o município possui 1.550 crianças na faixa etária de 0 a 3 anos dentro das creches. "Número este que será ampliado após a conclusão da reforma no CMEI Ana Pimenta, na Vila Mutirão, e o término das obras nos bair-

ros Gameleira, Eldorado e Dimpe", comunica a pasta, por meio de nota. Mas, no momento, a preocupação da população está em saber quando essas construções serão finalizadas. Durante o mês de janeiro, a Secretaria reforça que realizou o cadastramento de novos alunos com o objetivo de

fazer um levantamento sobre a real necessidade de vagas em creches, bem como ter uma noção mais precisa da demanda no município. Assim, a Secretaria informa que o cadastramento serve também para atender prioritariamente aqueles que mais precisam do serviço. Questionada sobre o motivo do atraso nas construções, a SME respondeu em nota que os problemas apareceram por causa do abandono das empreiteiras vencedoras das licitações. Sobre a obra no Gameleira, a pasta avisa que uma nova licitação ocorreu em 19 de fevereiro. Já quanto aos projetos de creche no Dimpe e Bairro Eldorado, a notícia é de que a licitação foi realizada no dia 22 de abril. Para completar, ao falar sobre a reforma da unidade Ana Pimenta, localizada na Vila Mutirão, a Secretaria relata que o processo licitatório aconteceu em 8 de março.

Por fim, a SME ainda responde que a licitação da nova creche do Jardim Helena está prevista para acontecer no dia 13 de maio. "Então, após essas etapas, a previsão para o início das obras é de, no mínimo, 90 dias. Isso por conta de todo o processo burocrático", informou por meio da assessoria. De acordo com a Secretaria Municipal de Educação, Rio Verde possui 281 crianças na lista de espera por vagas em creches, em diferentes bairros da cidade. Alguns rio-verdenses questionam os motivos de a Prefeitura alegar falta de recursos para a conclusão da obra, enquanto investe em questões menos prioritárias. Alegando ausência de verbas para conseguir as duas mil vagas, o prefeito de Rio Verde, Juraci Martins, conseguiu efeito suspensivo da sentença. O recurso aguarda julgamento no Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO).


Friboi corre atrás de Iris, mas... Empresário não consegue cativar líder peemedebista. Internamente, aliados de Júnior do Friboi admitem que grupo precisa de Iris Rezende para ter sucesso eleitoral

:-<1:),) ,) 8:G +)6 ,1,)<=:) )7 /7>-:67 ,7 ;<),7 ,7 -? /7>-:6),7: :1; $-@-6,- " 0B +-:+) ,,1); 87,- )<G <-: -;.:1),7 7; D6157; -6<:- 7; /:=87; 1:1;<) - .:1*71@1;<) O )871),7 :-; ,7 -58:-;B:17 M617: ,7 :1*71 " O 5); 6E7 :-;74>-= ) ,1;8=<) 16<-:6) (-6+-,7: ,7 +76.:76<7 8-47 5-67; 6) <-7:1) :1*71 -;<B ;7.:-6,7 6) 8:B<1+) ); ,1.1+=4 ,),-; ,- =61: <7,7; 7; 8-5-,-*1;<); -5 <7:67 ,- ;-= 675- =5-6<) -6<:- 7; ;-=; )41),7; 7 ;-6<15-6<7 ,- 9=8):) 7 ;=+-;;7 ,- :1*71 :1; 8:-+1;) -;<): 6) +0)8) +757 +)6,1,)<7 )7 %-6),7 ! 8:7 *4-5) G +76>-6+-: 7 4I,-: ,7 " ) -6+):): -;<) 51;;E7 %)*-6,7 ,-;;) ;=) 4151<) FE7 M617: ,7 :1*71 6E7 -;8-:7= 8):) <-6<): :-;74>-: ); :=;/); +75 :1; $-@-6,- '5 ,1) ,-871; ,) ,-+1;E7 ,- :1; ,- ;- :-<1:): ,) ,1;8=<) 8-4) +)*-F) ,- +0)8) 9=):<) 7 -58:-;B:17 <-6<7= +76<)<7 +75 7 8--5-,-*1;<) 8):) 5):+): =5) :-=61E7 +75 7 7*2-<1>7 ,- :-;74>-: 7 158);;E7 7*<->- ;=+-;;7

:1*71 <-6<7= >B:1); +76>-:;); +75 :1; 5); ;J +76;-/=1= ,1B47/7 6) 9=16<) ) ;-/=6,) )8J; 7 >-4J :17 ,- =+15): (-1/) O 67:) ,7 ,-8=<),7 .-,-:)4 %)6,:7 )*-4 " 9=- 57::-= -5 )+1,-6<- )=<757*14I;<1+7 6) ! 67 ,7516/7 O :1*71 <-6<7= =5 67>7 ,1B47/7 +75 :1; 7>)5-6<- 6E7 +76 ;-/=1= ;- ;-6<): +75 7 -? /7>-:6),7: ) ;J; ! -58:-;B :17 )16,) 5)6,7= ,71; 16<-:47 +=<7:-; 8):) )/-6,): =5) +76 >-:;) +75 :1; $-@-6,- 5); 7 -6+76<:7 6E7 .71 5):+),7 ) 5)60E ,) 9=16<) M617: ,7 :1*71 5=,7= ) -;<:) <G/1) &-4-.767= 8):) 7 -;+:1<J

JÚNIOR DO FRIBOI NA COLA DE IRIS REZENDE

9=-<-1:7 ,1;;- 9=- ;-:1) P5=1<7 ,1.I+14 ) -4-1FE7 ,- :1*71 ;-5 7 :1;Q - 9=- :1*71 <-:1) 9=- *=; +): 7 ;-= )8717 8):) )=5-6<): ); +0)6+-; ,- ;-: -4-1<7 ) 9=):<) :1*71 .71 ) :);I41) +76>-:;): +75 7 >1+8:-;1,-6<- ,) $-8M*41+) 1+0-4 &-5-: " +75 7 8:-;1,-6<- ,7 8):<1,7 7 ;-6),7: ()4,1: $ )=88 " $! ! -58:-;B:17 8-,1= 8):) 9=- 7; 4I,-:-; ,7 " 6)+176)4 7 )2=,);;-5 ) )=5-6<): 7 ,1B47/7 +75 :1; &-: 7 "& +757 )41),7 <)5*G5 8):-+- ;-: =5) *7) 78FE7 8):) :1*71 9=- <)5 *G5 ;741+1<7= 16<-:.-:H6+1) ,&-5-: -5 87;;I>-1; +76>-:;); +75 7; 4I,-:-; 8-<1;<);

:17 ,- :1; $-@-6,- - +75*167= =5) >1;1<) :-4D58)/7 "7=+7 ,-871; +0-/7= )7 47+)4 -5 +758)601) ,- ,71; );;-;;7:-; =58:15-6<7= <7,7; 7; 8:;-6<-; - .71 :-+-*1,7 87: :1; $-@-6,- %-6<7= ;- +75 =5 /:=87 ,- 41,-:)6F); )6<-; ,- ;:-<1:): ) =5) ;)4) - .1+): ) ;J; +75 7 -? /7>-:6),7: +76>-:;) ,=:7= +-:+) ,=5) 07:) 9=)6,7 :1*71 ;)1= 2=6<7 ,- :1; ;- ,-;8-,1= - .71 -5*7:) 7; *);<1,7:-; ) 16.7:5)FE7 G ,- 9=- 6E7 07=>8:7/:-;;7 :1*71 <-:1) ;- :-).1: 5),7 8:G +)6,1,)<7 )7 /7>-: 67 - :1; 4-5*:),7 9=- 6E7 <-5 6-60=5) 8:-<-6;E7 ,- ;- +)6 ,1,)<): C >)/) /71)6) ,7 %-6),7 E7 07=>- 6-60=5 <187 ,- )+7:,7 6-5 )7 5-67; 7 -;*7F7 ,- =5) +7)41@E7 "

R

+),) ,1) .1+) 5)1; 6I<1,7 ,- 9=- ) :-<1:),) ,- :1; ,7 8:7 +-;;7 ,7 57,7 9=- 7+7::-= .71 =5 /748- 8):) M617: ,7 :1*71 ! -58:-;B:17 9=- -;8-:)>) <-: 7 )8717 ,- :1; - ;-=; )41),7; -5 ;=) 87;<=4)FE7 8):) 7 /7>-:67 >1= 7 " .1+): ,1>1 ,1,7 - :1; +),) >-@ 5)1; ).);<) ,7 ,) +7::1,) -4-1<7:)4 ) ;-5)6) 8);;),) ) &:1*=6) 2B 0)>1) <:)@1,7 =5) 5)<G:1) :-4) <)6,7 ); ,1.1+=4,),-; ,7; 8:G +)6,1,)<7; ,- 787;1FE7 ! ,-;).17 ,- M617: G 7 ,- 2=;<) 5-6<- =61: 7 8):<1,7 - <:)@-: :1; 8):) ) ;=) +)58)60) ,1.1+=4,),- ,- +76>-6+-: :1; ) )<=): 67 +)587 .:1*71@1; <) <-5 +)=;),7 ,7: ,- +)*-F) ) M617: ,7 :1*71 7 9=):<-4 /-6-:)4 ,7 -58:-;B:17 2B G ,),) +757 158:-;+16,I>-4 ) 6-+-;;1,),- ,- <:)@-: :1; $-@-6,- +757 )41),7 8):) +)58)60) 5)1; )8-6); 7 )8717 ,- :1; ;-:B 87=+7 7; .:1 *71@1;<); >--5 072- 9=- ) +)6 ,1,)<=:) ,7 4I,-: 8--5-,-*1;<) )7 %-6),7 G 16,1;8-6;B>-4 ) .15 ,- <:)6;.-:1: 878=4):1,),- +760-+15-6<7 ) :1*71 ,-8-6,H6+1) ,- :1*71 ) :1; $-@-6,- 6E7 G 67>1,),8):) 7; )41),7; ,7 -58:-;B:17 7 16I+17 ,7 )67 9=)6,7 7 8=*41+1<B:17 =,) -6,76F) .71 )8:-;-6<),7 +757 +75)6 ,)6<- ,7 5):3-<16/ ,) 8:G +)5 8)60) ,- M617: 7 8:J8:17 5):

(4'( 26( 3,4 3(/6/&,06 ; 46$ 13? &$/','$563$ 3,%0, 5(/5$7$ 6.$ &0/7(34$ &0. 0 (8 *07(3/$'03 $ 26,/5$ &0/4(*6,6 $ $6',@/&,$ (4)03>0 '0 (.13(4:3,0 .0453$ $ ,.1035</&,$ '( 10'(3 &0/5$3 &0. 3,4 ( 6/,3 0 0/),3$

!(3>$

'( .$,0

3,%0, .$/'06 '0,4 ,/5(3-0&6503(4 $53:4 '( 3,4 (9(/'( 1$3$ 26( 6.$ $6',@/&,$ (/53( 04 '0,4 )044( .$3&$'$ 1(4$3 '0 (4)03>0 04 .(/4$*(,304 /=0 &0/4(*6,3$. '( ,.(',$50 6.$ '$5$ 1$3$ 26( 3,%0, ( 3,4 &0/7(34$44(.

6$35$

'( $%3,-

1B4 3,4 (9(/'( '(4,45,3 '( 46$ 13? &$/','$563$ $0 *07(3/0 '0 45$'0 /$ 5(3>$ C/,03 '0 3,%0, )0, $53:4 '0 -A'(3 1((.('(%,45$ 1$3$ &0/4(*6,3 $1$3$3 $4 $3(45$4 '$ ',4165$ ,/5(3/$ ( &04563$3 0 4(6 $10,0 =0 &0/4(*6,6 .$3&$3 $ &0/7(34$

6$35$

'( .$,0

C/,03 '0 3,%0, )0, $ 3$4A-,$ ( 4( 3(6/,6 &0. 0 7,&( 13(4,'(/5( '$ (1C%-,&$ ,&+(- !(.(3 ( &0. 0 13(4,'(/5( /$&,0/$- '0 #$-',3 $611 ".$ '$4 1$65$4 )0, $ 6/,=0 '0 (. 0,:4 !(.(3 5(3,$ &0/7(34$'0 &0. 3,4 /0 .(4.0 ',$ 103 5(-()0/(

(*6/'$

'( .$,0

C/,03 '0 3,%0, 130&6306 3,4 (9(/'( $1B4 0 7(-B3,0 '( 6&,.$3 #(,*$ /03$ '0 '(165$'0 $/'30 $%(- 26( )$-(&(6 /0 '0.,/*0 4 '0,4 (45,7(3$. 13(4(/5(4 .$4 3,%0, /=0 &0/4(*6,6 4(/5$3 $ 4B4 &0. 0 (8 *07(3/$'03

6,/5$

'( .$,0

(.13(4:3,0 &0/4(*6,6 .$3&$3 6.$ 3(6/,=0 &0. 3,4 (9(/'( /0 (4&3,5B3,0 '0 (8 *07(3/$'03 .%04 &0/7(34$3$. 103 &(3&$ '( 6.$ +03$ .$4 /=0 &+(*$3$. $ 6. $&03'0 3,%0, 3($),3.06 &$/','$563$ ( 3,4 3(-(.%306 26( /=0 5(. ,/5(3(44( 1(-0 (/$'0

4 &$.,/+04 '( 3,%0, ( /=0 &0/4(*6,3 0 $10,0 '( 3,4 (9(/'( 0 (.13(4:3,0 10'( 50&$3 $ &$.1$/+$ 409,/+0 0 &$40 0 '(165$'0 $/'30 $%(- 4(3,$ 0 /0.( )$703,50 1$3$ &0/&033(3 $0 (/$'0 C/,03 $,/'$ 5(3,$ $ 7$*$ '( 7,&( 1$3$ /(*0&,$3 4$A'$ 103?. /=0 $*3$'$ $-,$'04 '( 3,%0, 10,4 $ $/:-,4( ? 26( 4(. 3,4 0 (.13(4:3,0 5(3,$ .6,5$ ',),&6-'$'( '( 4( (-(*(3

0/26,45$3 3,4 ( 6/,3 0 +,1B5(4( ? &0/4,'(3$'$ $ ,'($- 1(-04 )3,%0,9,45$4 .$4 106&0 1307:7('(7,'0 $0 &-,.$ 26( 4( &3,06 '(/530 '0 1$35,'0 '(10,4 26( 04 '0,4 *36104 ,3,45$4 ( )3,%0,9,45$4 4( ',*-$',$3$. ,/5(3/$.(/5( 0 &$40 3,4 &0/&033(3,$ $0 (/$'0 ( $ 7,&( ),&$3,$ 1$3$ 06530 1$35,'0

(. 3,4 /=0 (45: '(4&$35$'$ $ '(4,45@/&,$ '( 3,%0, '0 130&(440 (-(,503$(45( &$40 +$7(3,$ '6$4 7(35(/5(4 3,%0, 10'(3,$ 3(&6$3 ( $&(,5$3 4(3 &$/','$50 $ 7,&( '( 3,4 (9(/'( 06 '(4,45,3 '( 7(9 ( /=0 1$35,&,1$3 '0 130&(440 =0 ? 6. '(4)(&+0 1307:7(- .$4 1044A7(- &$40 /=0 &0/4,*$ 0 $10,0 '( 3,4

;;) 8-:+-8FE7 =61,) +75 ) ;)I,) ,- :1; ,7 8:7+-;;7 8):-+- <-: +)=;),7 =5 158)+ <7 6) -;<:)<G/1) ,- :1*71 -;57 ;)*-6,7 9=- )16,) G =5 675- ,-;+760-+1,7 67 ;<),7 - 87: +76;-9=H6+1) <-6,7 ) 6-+-;;1,),- ,- >1)2): 8-47 16<-:17: 8):) ;- )8:-;-6 <): C; *);-; ,7 " - ;-/ 5-6<7; ,) ;7+1-,),- 7:/)61 @),) M617: 8):)41;7= ;=) )/-6,) ,- 8:G +)58)60) -;,- 7 ,1) ,- )*:14 :1*71 6E7 .)@ =5 ->-6<7 7= <-5 /:)6,-; +758:751;;7; ,- )/-6,) 67 16<-:17: ) ;-5)6) 8);;),) 7 -58:-;B :17 <->- ) :-=61E7 +75 4I,-:-; ,7 " -5 :);I41) - 8):<1 +187= ,- =5) :-=61E7 +75 >-:-),7:-; ,- &:16,),.71 ;J 6),) 5)1; "):) 817:): )16,) 5)1; ) ;=) )/-6,) M617: ,7 :1*71 ;- ;=*5-<-:B ) =5) +1:=:/1) ,- 0G:61) =5*141+)4 -;<) ;-5) 6) 8:7>)>-45-6<- 6) <-:F) - ,->-:B .1+): ,) ,1); ).);<),7 4-1) 5)1; 6) 8B/16) %-:B 5)1; =5 <-587 9=- 7 8:G +)6,1,)<7 8-:,-:B 8):) >1)2): )7 16<-:17: - .7:<1.1+): ;-= 675$-;<):B ) -4- =5 8-:I7,7 ,- ;7;;-/7 8):) :-576<): ) ;=) -;<:)<G/1) ) .15 ,- <:)@-: :1; $-@-6,- - ;=) <:=8- 8):) ;-= 4),7 "):) 1;;7 <-:B 9=)/1: +757 )16,) 6E7 +76;/=1= ,-;,- 9=- ;- .1417= )7 " O +75 ,18475)+1) )/:-/)6,7 )8717 %- 6E7 +76 ;-/=1: ;-:B +)6,1,)<7 ,- =5 -?G:+1<7 ,-;.)4+),7 +76<:) =5) ):<140):1) *-5 +)41*:),) ,7 /7>-:67 -;<),=)4 :1*71 ;)*- ,1;;7 )I ) ;=) )6/M;<1) 74)*7:7= %):) #=-1:7@

Lideranças ainda não unificaram discursos 8-;): ,- 8):<1,B:17; ).1: 5):-5 >--5-6<-5-6<- 9=- 7 +415) -6<:- 1:1;<); - .:1*71@1; <); -;<B <:)69=147 )4/=6; +)47; )16,) 8):-+-5 .-:1: 7; 8--5,-*1;<); ,1>1;E7 ,7; /:=87; )16,) G +4):) 67; ,1;+=:;7; ,;=); 41,-:)6F); ! ,-8=<),7 .-,-:)4 "-,:7 0)>-; =5 ,7; 4I,-:-; ,) )4) .:1*71@1;<) ,1@ 9=- ;- :1; )+-6): )8717 8M*41 +7 ) :1*71 7 8):<1,7 ;- =61:1) +75 5)1; <:)69=141,),- B 7 -? 8:-.-1<7 ,- )<)4E7 ,1* 41); )871),7: ,- :1; :-;;)4 <) 9=- 7 :-;876;B>-4 8-4) ) =61E7 <-5 9=- ;-: ,7 8:G +)6 ,1,)<7 )7 /7>-:67 67 +);7 7 -58:-;B:17 M617: ,7 :1*71 ?1;<- =5) <-6,H6+1) -6<:7; 8--5-,-*1;<); 8:16+18)45-6 <- -6<:- 7; )41),7; ,- M617: 9=;- :1; $-@-6,- .7: +)6,1,)<7 )7 %-6),7 ) =61,),- ,7 8):<1,7 -;<):1) /):)6<1,) "):) "-,:7 0)>-; 9=- .:1;) 7 -;.7:F7 .-1<7 87: :1*71 8):) )5-61@): ); ,1.-:-6F); ,-8-6,- ,7 :1; ) =61E7 .7:<- ,7 8):<1,7 "):) -4- ;- 7 -? 8:-.-1<7 ,71D61) 57;<:): ;-= )8717 )7 -58:-;B:17 8=*41+)5-6<- 7 +415) 9=- -;<B 5-407:)6,7 87,- .1+): )16,) 5-407: - <7,7;

87,-5 <:)*)40): 2=6<7; 6) +)5 8)60) ! ,-8=<),7 -;<),=)4 4I,-: ,7 " 6) ;;-5*4-1) -/1;4)<1>) :=67 "-1?7<7 <)5 *G5 )+:-,1<) 9=- :1; 87,- ;-: 7 .)<7: 9=- .)4<) 8):) ) ,-.161<1>) =61E7 ,7 " B ,1* 41); +747+) ) :-; 876;)*141,),- ,) =61,),- -5 +15) ,- :1*71 "):) -4- 7 -58:-;B:17 <-5 9=- +76<16=): 7 ,1B47/7 - 2=6<): <7,7; 7; 8):<1,B:17; %-/=6,7 7 -? 8:.-1<7 ,- )<)4E7 ) +)58)60) -4-1<7:)4 -;<B +),) >-@ 5)1; 8:J?15) - ) =61,),- ,->- ;-: =5) :-)41,),- ,- .)<7 - 6E7 .1+): )8-6); -5 ,1;+=:;7; 8-;): ,1;;7 ,1* :-1<-:) 9=- -?1;<- 5=1<) +76>-:;) ,-6 <:7 ,7 8):<1,7 8):) 9=- 7; D61 57; ;- )+)45-5 %-/=6,7 -4- G 6)<=:)4 9=- ); 8-;;7); <-60)5 8-6;)5-6<7; ,1.-:-6<-; 8:16+1 8)45-6<- ,-6<:7 ,- =5 8):<1,7 5); 9=- ); ,1.-:-6F); 6E7 ,->-5 )<:)8)40): 7 7*2-<1>7 5)17: 9=- G 4->): 7 " ,>74<) )7 5)17: +):/7 -?-+=<1>7 ,7 -;<),7 P 4/=6; )+0)>)5 9=- 7 :1; -:) 5-407: 7=<:7; 8:-.-:-5 7 :1*71 ) ,1>-:/H6+1) G 67:5)4Q .:1;7= ,1* &:)69=141,),- - ,1B47/7

;E7 ); 8)4)>:); ,- 7:,-5 8):) 7=<:7; 8):<1,B:17; %-/=6,7 7 ,-8=<),7 -;<),=)4 )61-4 (14-4) ); ):-;<); -;<E7 ;-6,7 87,),); )7; 87=+7; +75 5=1<) +76>-:;) - 8)+1H6+1) 8):) 9=- 7 7*2-<1>7 5)17: ;-2) )4+)6F),7 -5 7=<=*:7 '5) ,); 5)17:-; 8:-7+=8) FL-; ,7; 1:1;<); - <)5*G5 .:1 *71@1;<); -5 :-4)FE7 C :-6=6+1) ,) 8:G +)6,1,)<=:) G ) ,- =5) 87;;I>-4 )87;-6<),7:1) 874I<1+)

,- S:1; $-@-6,- )>1) 7 <-57: 9=- -4- 4):/);;- ) >1,) 8M*41+) 8):) +=1,): ,- ;-=; 6-/J+17; )/:78-+=B:17; "7: -69=)6<7 -;;); -;8-+=4)FL-; -;<E7 ,-;+): <),); 2B 9=- 7 -? /7>-:6),7: +76<16=) :-+-*-6,7 )41),7; -5 ;-= -;+:1<J:17 - 6E7 ,-576;<:7= ,-;16<-:-;;- )7 ,1B47/7 ;;) )*-:<=:) <:)@ )4/=5) -;8-:)6F) 8):) :1*71 -4- )16,) 87,- +76>-6+-: :1; ) ,1;8=<): ) >)/) /71)6) 67 %-6),7 7=

8-47 5-67; <-: 7 ;-= )8717 ,=:)6<- ) +)58)60) 8J; ) 16;1;<H6+1) ,7 -58:-;B:17 =5) 8:15-1:) +76>-:;) )+76<-+-= 6) M4<15) 9=16<) 5); ;-5 )+7: ,7 )8):-6<- 4-1) )+15) %-/=6,7 7 ,-8=<),7 .-,-:)4 .:1*71@1;<) "-,:7 0)>-; :1; >)1 ;- ,-+1,1: )8-6); -5 2=607 16,) ;-/=6,7 0)>-; +76<1 6=) 5=1<7 +-,7 8):) 9=- -4,-+1,) ;- 9=-: 7= 6E7 ,1;8=<): =5 +):/7 )7 %-6),7 P 4-

8-,1= 8):) 8-6;): ,=:)6<- -;;5H; ) ,-+1;E7 6E7 87,- ;-: .-1<) ,- =5) .7:5) :B81,) Q ,1* 41); 87: 7=<:7 4),7 )+:-,1<) 9=- ;-:B -?<:-5)5-6<,1.I+14 9=- :1; -6<:- 6) +0)8) 8):) ,1;8=<): 7 +):/7 ,- ;-6) ,7: 5); 9=- 616/=G5 87,,-;+):<): -;;) 87;;1*141,),P ) 874I<1+) <=,7 G 87;;I>-4Q .16)41@) 7 -? 8:-.-1<7 ,)<)4E7 %):) #=-1:7@ Continua na página 6


“Eu não acredito que exista adversário fraco” "$

Confiante em Marconi, Roberto Balestra diz que não há rusgas no PP e que trabalha pelo oitavo mandato na Câmara - -;;- .71 7 9=- 6J; 4->)57; 6) 67;;) +)58)60)

!

-?8-:1-6<- ,-8=<),7 .-,-:)4 $7*-:<7 )4-;<:) "" 9=- 0B )67; G =5 ,7; :-8:-;-6<)6<-; /71)67; 67 76/:-;;7 -,-:)4 6E7 +:H -5 .)+141,),- 8):) ) *);/7>-:61;<) 6); -4-1FL-; 2B 9=- -5 ;=) +76+-8FE7 6E7 -?1;<- ),>-:;B:17 .:)+7 5); ;15 P),>-:;B:17 8:-/=1F7;7Q P&7,7 +)6,1,)<7 9=<:)*)40) G .7:<-Q )>)41) :I<1+7 ,) /=4) ,7 /7>-:67 .-,-:)4 9=- <75) 8):) ;1 ) 5)17:1) ,) )::-+),)FE7 ,7 8)I; 7 ,-8=<),7 ,-.-6,- 9=- ,->-:1) 0)>-: =5) ,1>1;E7 5)17: ,7; :-+=:;7; 8):) 7; -;<),7; - 8):) 7; 5=61+I817; - )>1;) P ):+761 2B :-+=8-:7= ;=) 15)/-5 874I<1+) - -;<B 8:76<7 8):) ) -4-1FE7 ,-;<- )67Q )+:-,1<) 76.1:) ) -6<:->1;<) 9=- -4- +76+-,-= C &:1*=6) ,7 "4)6)4<7 6) <):,- ,;-/=6,) .-1:) 6) ;-,- ,7 27:6)4 &:1*=6) ,7 "4)6)4<7 O ! ;-607: 2B -;<B -5 ;-= ;G<157 5)6,)<7 - 1:B <-6<): 5)1; =5 ! 9=- <-5 ) )8:-;-6<): 8):) *=;+): 5)1; 9=)<:7 )67; 67 +76/:-;;7 $7*-:<7 )4-;<:) O = )+07 9=6) 87;1FE7 9=- 5- -6+76<:7 ,-871; ,- )67; +757 ,-8=<),7 7 9=<-607 9=- )8:-;-6<): G 2=;<)5-6<- ) -?8-:1H6+1) 9=- ),9=1:1 = ;7= 5-5*:7 ,) 751;;E7 ,/:1+=4<=:) 76,- 2B .=1 8:-;1,-6<- >1+- 8:-;1,-6<- - ;7= 5-5*:7 ,) 751;;E7 ,- &:)*)407 "):)4-47 ) -;;- <:)*)407 67 +76/:-;;7 +76<16=)57; <-6,7 ) 5-;5) :-;876;)*141,),- +75 7 ;<),7 +75 7; 5=61+I817; *=;+)6,7 +76;-/=1: 5)1; :-+=:;7; B ;E7 71<7 5)6,)<7; +76;-+=<1>7; - 1;;7 ,B ) -6<-6,-: 9=- ); 8-;;7); -;<E7 ;)<1;.-1<); +75 7 5-= <:)*)407 ! /7>-:67 .-,-:)4 5)6<G5 ) 5)17: 8):<- ,) )::-+),)FE7 8):) ;1 7 9=<7:6) 7 <:)*)407 ,7 ,-8=<),7 .-,-:)4 -?<:-5)5-6<- 1587:<)6<- 8):) ) +769=1;<) ,- :-+=:;7; 8):) 7; ;<),7; E7 ;-:1) 5)1; 16<-:-;;)6<<-: =5) ,1>1;E7 5)17: 8):) 7; 5=61+I817; - 8):) 7; ;<),7; ;;- G 7 <:)*)407 8):4)5-6<): 8:78:1)5-6<- ,1<7 5); -;<)57; <-6<)6,7 .)@-: =5) ,1>1;E7 ,7 *747 9=- G 7 9=- 7; 8:-.-1<7; /7>-:6),7:-; ,-;-2)5 ); -?1;<- ) :-;1;<H6+1) ,7 /7>-:67 2B 9=-69=)6<7 7; /7>-:6),7:-; - 8:-.-1<7; <1>-:-5 ,-8-6,-6<-; -4- +76<16=) <-6,7 7 +76<:74- - 7 +75)6,7 874I<1+7 ,) 5)17:1) 6,-8-6,-6<-5-6<- ,7 8-:+-6<=)4 9=- .1+) +75 7 /7>-:67 .-,-:)4 - ,7 9=- G ,1;<:1*=I,7 8):) -;<),7; 5=61+I817; <-57; =5 7:F)5-6<7 ,1;876I>-4 8):) 9=- <:)*)40-57; /7:) -;;- 67>7 8)+<7 .-,-:)<1>7 6E7 G <E7 ;1584-; =1<7; +)6,1,)<7; ) /7>-:6),7: .)4)5 ,-;;- 8)+<7 .-,-:)<1>7 &7,7; -;<E7 );;=516,7 +758:751;;7; +75 -4- "7,- ;-: 9=9=-5 >-60) ) );;=51: :-)45-6<.)F) )+76<-+-: 5); -69=)6<7 1;;7 6E7 )+76<-+- >7= <:)*)40)6,7 67; 5161;<G:17; - +76>-6+-6,7 7; 8:-.-1<7; 9=- 7; :-+=:;7; 6E7 ;E7 ;1584-;5-6<- ;741+1<),7; -4- <-5 9=;-: 8:-+-,1,7 87: =5 8:72-<7 - 9=8:-+1;) -;<): ,-6<:7 ,); 67:5); ,+),) 5161;<G:17

5 7 ;: +747+7= ;-= 6758):) ;-: +)6,1,)<7 )7 /7>-:67 "7:9=- 6=6+) 5)1; <->- ) >76<),- ,+76+7::-: ) =5 +):/7 5)27:1<B:17 ) >-:,),- -= 6E7 +7479=-1 5-= 675- 9=-;<E7 G 9=- 6J; <I60)57; 9=)<:7 8):<1,7; 9=- <:)*)40)>)5 8):) .7:5): ) *);- ,) 787;1FE7 7:)5 7; 5-;57; 9=)<:7 8):<1,7; 9=- )871):)5 176 4*-:6)@ -5 - 6J; 9=-:I)57; 5)6<-: )9=-4) =61E7 ,)9=-4-; 8):<1,7; 9=- -:)5 7 "% "& " - 7 " 9=- -:) 7 5-= 8):<1,7 C G87+) 5 )+-:<)57; 9=- +),) 8):<1,7 .):1) ) 16,1+)FE7 ,- =5 675- ,- 8:G +)6,1,)<7 )7 /7>-:67 - ) >1+- ! " -6<E7 .-@ =5) :-=61E7 8):)

8:G +76>-6FE7 - )+)*7= ;)16,7 C 16,1+)FE7 ,7 5-= 675- !; 7=<:7; 8):<1,7; <)5*G5 16,1+):)5 ;-=; 675-; ");;),); )4/=5); ;-5)6); 7; 675-; 16,1+),7; 8-47; 8):<1,7; )*:1:)5 5E7 ,- ;-:-5 8:G +)6,1,)<7; - )871):)5 7 5-= 6759=- .1+7= +757 +76;-6;7 "):)4-4)5-6<- ) 1;;7 -= -;<)>) -6.:-6<)6,7 8:7*4-5); +75 ) 5160) =;16) -5 60=5); ;;7 5- .-@ 8-:,-: ) ,1;87;1FE7 8):) +76<16=): 6) 4=<) ) 8-;9=1;) 9=- 6J; -6+75-6,)57; 57;<:)>) 9=,7; -4-1<7:-; 9=-:1)5 :1; $-@-6,8):) 7 /7>-:67 - 9=- -5 =5) ,); 8-:/=6<); ,-;;-; 9=- >7<):1)5 67 :1; 9=-:1)5 )4<-:6D6+1) ,87,-: -<-+<)57; 9=- )41 -;<)>) 67;;) 87;;1*141,),- ,- >1<J:1) +75 9=)49=-: 675- 9=- )8:-;-6<B;;-57; 1)6<- ,1;;7 5- ).);<-1 - ,1;;- 9=6E7 +76;-/=1 -5874/): 7 -4-1<7:),7 5); 9=- 6J; <I60)57; <7,) ) +0)6+,- /)60): 87: +76<) ,) >76<),- ,) 878=4)FE7 8):) )4<-:6): 7 87,-: ) 8-;9=1;) <)5*G5 ,1@1) 9=- 9=-5 ,->-:1) ;-: +)6,1,)<7 ,) 787;1FE7 8:-+1;):1) ;-: 27>-5 )=,)+17;7 )<:->1,7 75 1;;7 7 675- 9=-

#

%

;=:/1= .71 7 ,- ):+761 "-:1447 %J 0)>1) -4- 4- )+-1<7= ); :-=61L-; 87;<-:17:-; -;+740-57; +757 >1+/7>-:6),7: 7 675- ,- 4+1,-; $7,:1/=-; 757 .=6+1767= ) +)58)60) 757 7; 9=)<:7 8):<1,7; ,) 787;1FE7 <160)5 7 5)17: <-587 ,<-4->1;E7 6J; =;B>)57; =5 <-587 8):) .)@-: +:I<1+); )7 " - <:H; <-587; 8):) .)@-: 8:787;<); 75 1;;7 7 " 8);;)>) 9=);- <7,7 7 <-587 :-;876,-6,7 +:I<1+); - 6E7 57;<:)>) 8:787;<); .71 );;15 9=+769=1;<)57; 67;;) >1<J:1) ); -6.:-6<)57; 5=1<); ,1.1+=4,),-; 67 16I+17 ! ):+761 +:17= =5) 67>) .7:5) ,- +)58)60) 9=- -:) .)@-: ); +)::-)<); 4- ;=*1) 6) +)5176-<- ;)1) +=58:15-6<)6,7 ); 8-;;7); 5); 9=);- 616/=G5 7 +760-+1) %J ,-871; ,- 5=1<7 <-587 9=- 6J; +76;-/=157; +75-F): ) .)@-: 7; +75I+17; 87:9=- 6E7 <160) /-6<- 67 16I+17 6E7 <160) +757 .)@-: ); 7 57>15-6<7 8-:;1;<1= - +75-F7= ) +:-;+-: >1:)6,7 -?)<)5-6<- 7 9=- ) 8-;9=1;) ,1@1) 6E7 -:) 87;;I>-4 ) >1<J:1) ,7 :1; 87:9=- ;J ) .)5I41) ,-4- <160) 787:<=61,),- .7;;- +75 -4- +75 7 !<761-4 )+0),7 ;;) -:) ) :-;87;<) ,7 -4-1<7: 6) 8-;9=1;)

); >7+H; .)4)>)5 5=1<7 ,7; )67; ,- 87,-: ,7 " *);)41),) 0B )67; 67 87,-: 6E7 87,- -6.:-6<): ) 5-;5) ,1.1+=4,),= 6E7 +760-F7 ,-6<:7 ,7 /7>-:67 ,7 ):+761 ) .)51417+:)+1) +757 -:) +75 ) .)5I41) ,- :1; ! " ;-58:- .71 +0)8) 8=:) 6); +)58)60); -4- 6=6+) +741/7= +75 616/=G5 4-; 6=6+) )+-1<):)5 616/=G5 6) +0)8) :) .)5I41) 5-;57 -:) ;J )9=-4- /:=87 - 5)1; 616/=G5 /7:) 7 ):+761 2B .)@ 8):<- ,) ),5161;<:)FE7 0B )67; 5); <-5 =5) ,1.-:-6F) -67:5- +75 7 :1; 9=)6,7 -4- -;<->- 67 /7>-:67 -;;- 8-:I7,7 -5 9=- :1; /7>-:67= -4- .-@ -;<:),); - +);); 878=4):-; 67; .)57;7; 5=<1:L-; ,1.-:-6F) ,7 ):+761 G 9=- 67 8:15-1:7 5)6,)<7 -4- +=1,7= ,7 ;7+1)4 5=,7= ) +-;<) *B;1+) 8):) 7 +):<E7 ,) $-6,) 1,),E +:17= ) 74;) '61>-:;1<B:1) +:17= 7 -;<B/17 :-5=6-:),7 - ,-871; ) '61>-:;1,),;<),=)4 ,- 71B; 9=- 6E7 -;<B 5=1<7 *-5 072- 5); 9=- -?1;<- 7 ;-/=6,7 5)6,)<7 -4- +:17= 7=<:); )FL-; 6) B:-) ;7+1)4 - +76;741,7= ) ' 4- .7:<)4-+-= ) /-0)* +:1)6,7 7 0-9=- $-.7:5) - 7 0-9=- 76;<:=FE7 5 >-@ ,- .)@-: ) +);) ,- 84)+) ,)>) 7 +0-9=- - ) .)5I41) +76;<:=I) ) +);) 4G5 ,1;;7 67 ;-/=6,7 5)6,)<7 -4- <)5*G5 +:17= ) 4)>7=:) +75=61<B:1) -6<:7 ,) !( -4- +:17= ); .)57;); +:-+0-; 9=- 6E7 -?1;<1)5 67 ;<),7 )/7:) 67 <-:+-1:7 5)6,)<7 -4>-17 8):) ;-: 7 <7+),7: ,- 7*:); 9=:1; ;-58:- .71 4-5*:),7 %)1= ,=5) ;1<=)FE7 +:I<1+) ,-1?),) 87: 4+1,-; )+-:<7= ) :-+-1<) ,7 ;<),7 8)/7= 7; .=6+176B:17; -5 ,1) 167>7= 8)/)6,7 7 N ;)4B:17 67 5H; ,- )61>-:;B:17 ,7 .=6+176B:17 4- .-@ 9=)<:7 514 9=14K5-<:7; ,- -;<:),); 67>); - :-.7:5),); - <)5*G5 -;<B +76;<:=16,7 7 =/7 )2=,7= ) 8:-.-1<=:) ,- 71D61) ) :-;74>-: 8:7*4-5); 67 <:D6;1<7 +75 ) +76;<:=FE7 ,- >1),=<7; ) :-;74>-: 7 8:7*4-5) ,7 <:)6;87:<- +74-<1>7 - ) +758:): +)5160L-; ,- 41?7 8):) ) +1,),- %E7 87;1FL-; 6=6+) >157; 67 8);;),7 = +76>1>1 +75 :1; -6:19=- %)6<1447 - +75 )/=1<7 (14-4) 75 <7,7; -4-; 0)>1) 4151<)FL-; "7:G5 6E7 >-27 07:1@76<- 8):) 7 ):+761 "7,- ;-: 9=- 4->- =5 <:78-FE7 )5)60E 5); -= 7 >-27 )4G5 ,7 07:1@76<8741<1+)5-6<- ;<B 8:7>),7 6); ):<1+=4)FL-; 9=- -4- .)@ ! ;: )+0) 9=- -;;); 7*:); )9=1 -5 71D61) 87,-5 .)@-: ) ,1.-:-6F) 6) :-+=8-:)FE7 ,) 15)/-5 ,7 /7>-:6),7: 6) +)81<)4 8:16+18)45-6<= 6E7 <-607 ,M>1,); 15)/-5 ,-4- -;<B ;-6,7 :-+7587;<) 8:16+18)45-6<+75 ); 8-;;7); ,7 16<-:17: 9=>H5 )9=1 - <-;<-5=60)5 ); 5=,)6F); %- 8-/):57; ); 8-;9=1;); -4); 57;<:):E7 9=- 7; ;-:>1F7; 5)1; 5)4 )>)41),7; ;E7 7; ,-

#

! %

;-/=:)6F) 8M*41+) - ,- ;)M,- #=-5 67 :);14 <->- ) 1,-1) ,- =<141@): 7; :-;-:>1;<); 8):) ;-:-5 >74=6<B:17; 6) " - +75*)<-:-5 7; +:15-; "7: 9=- 616/=G5 6=6+) 8-6;7= 61;;7 ):+761 <->- -;;) 1,-1) 871; 8:-+1;)>) :-;74>-: 7 8:7*4-5) =:/-6<- 71 ) ;=) >B4>=4) ,- -;+)8;;) G ) ,1.-:-6F) ,-4- -5 :-4)FE7 )7; ,-5)1; '5) ,); +:I<1+); 5)1; +75=6; ,) 787;1FE7 G -5 :-4)FE7 )7; 07;81<)1; ! ,-8=<),7 )=:7 $=*-5 "& -;<->- )9=1 0B ,=); ;-5)6); +:1<1+7= 9=- 7; 07;81<)1; ,->-5 ;-: 16<-:17:1@),7; ); ):+761 >-5 .)@-6,7 07;81<)1; -5 ':=)F= - -5 )<)4E7 87: -?-5847 4- -;<B .)@-6,7 -5 ,1>-:;7; 47+)1; B 67 6<7:67 ,7 8):-+- 9=- -;<E7 ;-6,7 +76;<:=I,7; ,71; 7= <:H; "-:/=6<- ;- <-5 )4/=5 8:-.-1<7 ,7 16<-:17: 9=- 9=-: *)6+): ) ;)M,- E7 9=-: ":15-1:7 87:9=- 7 07;81<)4 ,7 16<-:17: 6E7 <-5 +76,1FE7 ,- :-+-*-: <7,7; 7; -9=18)5-6<7; ! 5B?157 9=- -4-; 87;;=-5 G =5 -4-<:7+):,17/:)5) ! :-;<7 -4-; 6E7 <H5 &=,7 G -5 71D61) B -5 60=5); 5160) +1,),- 67; <I60)57; 9=)<:7 07;81<)1; -+0):)5 <:H; &-5 =5 .=6+176)6,7 - <-5 7=<:7 ,) 8:-.-1<=:) ":) 76,- >E7 7; 8)+1-6<-; != >-5 8:) 71D61) 7= >E7 8):) -:J8741; ! 8:-.-1<7 6E7 +=1,) ! 8:J8:17 ;1;<-5) 16,=@ 7; 8:-.-1<7; ) =<141@): 7 :-+=:;7 ,-;;) .7:5) ! /7>-:6),7: 8);;7= 87: =5 ,-;/);<- 6-;;- <-:+-1:7 /7>-:67 8:16+18)45-6<- 67; 8:15-1:7; ,71; )67; ,- 5)6,)<7 ! ;: )+:-,1<) 9=-4- 2B +76;-/=1= :-+=8-:): ) ;=) 15)/-5 = )+07 9=- -4- 2B :-+=8-:7= -,157; 1;;7 67 ,1) ) ,1) ; >1;1<); 9=- 7 /7>-:6),7: .)@ 67 16<-:17: +758:7>)5 1;;7 4- -;<B +7584-<)6,7 ,=); >74<); 67; 5=61+I817; ,- 71B; 8):<1+18)6,7 ,)=,1H6+1); :-)41@)6,7 :-=61L-; +76>-:;)6,7 +75 8:-.-1<7; 1@-5 9=- 6) >1,) >7+H 6E7 87,- ;-: ;J <:)*)40),7: &-5 9=- ;-: <:)*)40),7: <-: ;7:<- 7 ):+761 <-5 ;7:<- - G <:)*)40),7: 76;-/=1= :-+=:;7; ,7 % )6+7 ,7 :);14 )1?) +76K51+) 8):) 71B; - ;7=*- <7+): 7*:); ! ;: )+7 58)607= 7 ;=:/ 15 -6<7 ,7 ):+ 761 +757 / 7>- :6 ),7 : "7: 9=6E7 -?1;<1= 7 ;= :/ 15 -6<7 ,- 7= <:7 4I,- : ,-6 <:7 , ) *);- ,-;,) 4 < ) ,- -; 8 ) F7 E7 07=>- .)4<) ,- -;8)F7 16/=G5 G 4I,-: 87: ,-+:-<7 7= 87:9=- 9=-: ;-: A 4I,-: 8-47 ;-= +7587:<)5-6<7 7 .16)4 >7+H )+)*) ;- <7:6)6,7 =5 4I,-: E7 +760-F7 616/=G5 67 :);14 +75 )67; ,- 1,),- 9=- <-60) ;1,7 ;-+:-<B:17 ,- /7>-:67 ,-8=<),7 -;<),=)4 ,-8=<),7 .-,-:)4 /7>-:6),7: ,=); >-@-; ;-6),7: 8:-;1,-6<- ,7 ;-6),7 .-,-:)4 /7>-:6),7: 67>)5-6<- 4- G ,1.-:-6<- ) 787;1FE7 <)5*G5 6E7 ;=:/1= 6-60=5 4I,-: ):+761 6E7 <-5 16.4=-6+1) 6-60=5) 6) 787;1FE7 "7:9=- <)5*G5 6E7 ;=:/1= =5 67>7 4I,-: 4B ) ; 0 7 = >- ) 4 < - : 6 D 6 + 1 ) 6 7 8 7 , - : - 6<:- )/=1<7 (14-4) - :1; $-@-6 ,8 7 : -? -5 8 4 7 ); 6E7 G 41,-:)6F) +757 ):+761 &-5 9=- ;-: )4/=G5 +75 1,-1); 5)1; )>)6F),); 9=- ); ,-4- = )+:-,1<7 9=- )16,) 6E7 ;=:/1= =5) 67>) 41,-:)6F) 8-47 .)<7 ,- )16,) 6E7 <-: )8):-+1,7 616/=G5 +75 1,-1); 5)1; )>)6F),); 9=- ) ,-4-


Aliados veem ‘novo’ Marconi para campanha Base governista aposta em renovação política e governador mais experimentado nas eleições deste ano %

$

+*<. 08?.;72<=* *98< =*;D 7* ;.78?*HG8 -* 26*0.6 *-6272<=;*=2 ?* . 985K=2,* -. *;,872 ".;2558 "% 7* ,*69*71* .5.2=8;*5 -.<=. *78 *-* -. S+><,* 98; 78?8 ,*7 -2-*=8T 6*< <26 27?.<=26.7=8 7* 26*0.6 -. >6 S78?8T 08?.; 7*-8; 6*2< Q.A9.;26.7=*-8 987-.;*-8 6*->;8 . *,26* -. =>-8 ;.?208;*-8R 9*;* 6*2< >6* -2<9>=* -* .5.2HG8 9;.8,>9*HG8 ,86 * *9;. <.7=*HG8 -8 ,*7-2-*=8 -* +*<. 08?.;72<=* <. 68<=;* 7.,.<<D ;2* 3D :>. *;,872 ".;2558 *8 <.; 8/2,2*52C*-8 -./272=2?*6.7=. ,868 8 786. -8< 9*;=2-8< -* +*<. *8 08?.;78 -. 82D< 5.2* 6*2< <8+;. 8 *<<>7=8 7* ,85>7* 271* 2;.=* 7* 9D02 =.;D -. <>9.;*; .A*=* 7* 6.7=. 8 :>. ,86+*=.> .6 :>*7-8 <. =8;78> 08?.; 7*-8; 9.5* 9;26.2;* ?.C *:>.5. *78 *;,872 ".;2558 ,87<.0>2> ?.7,.; ;2< $.C.7-. " -.7=;. 8>=;8< 68=2?8< .A*=*6.7=. 98; -.687<=;*; *8 .5.2=8; :>. 8 0;>98 985K=2,8 9..6.-.+2<=* .<=*?* 1D 6>2=8 =.698 78 98-.; P *78< P . :>. .5. ;.9;.<.7=*;2* 8 S78?8T *K 272,28> <. 8 9;83.=8 -8 Q&.698 8?8R 95*=*/8;6* 985K=2,* =>,*7* :>. <. 6*7

=I6 78 98-.; *=I 183. ><,*7-8 7G8 ,*2; 7* 9;L 9;2* *;6*-251* *78< -.982< * +*<. 08?.;72<=* =;* +*51* 7* ,87<=;>HG8 -* 78?* 26*0.6 -. *;,872 ".;2558 .<=. *78 ! -.<*/28 I -.687< =;*; :>. 8 *=>*5 08?.;7*-8; *27-* =.6 0D< . :>. <.> 9;83. =8 985K=2,8 7G8 <. .<08=8> "*;* 2<<8 *98<=* .6 >6* 26*0.6 -27F62,* -. <.> 08?.;78 :>. *9;.<.7=*;D >6* 78?* /*,.=* .6 8>=>+;8 !(

%. 8 08?.;7*-8; /2,8> ,871.,2-8 .6 <.>< 9;26.2;8< 6*7-*=8< ,868 :>.6 27?.<=2> 9.<*-*6.7=. 78 5*-8 <8,2*5 ,86 * ,;2*HG8 -* $.7-* 2-*-G -* 85<* '72?.;<2=D;2* 8< 1.:>.< 87<=;>HG8 . $./8;6* . * ,;2*HG8 -* '72?.;<2-*-. <=*->*5 -. 82D< 98; .A.6958 7.<=. *78 * 2-.2* I 68<=;*; 8 08?.;78 -*< 8+;*< . -8 -27*62<68

*;,872 :>.; .?2=*; * 6.<6* /;*:>.C* -. ;2< .6 *78< ,87<.,>=2?8< -. 98-.; 7:>*7=8 ?2*3* 9.58 27=.;28; 3>7=*6.7=. -. <.> ?2,. 08?.;7* -8; 8<I 52=87 "" *;,872 ,87=27>* ,>2-*7-8 . ?2<=8;2*7-8 8+;*< 78 27=.;28; . 7* ,*92=*5 ,86 8 /*68<8 9*,8=. -. 8+;*< :>. *5I6 -* 9*?26.7=*HG8 . ;.,>9.;*HG8 -. ;8-8?2*< 9.58 27=.;28; . ->952,*HG8 -*< !T< :>. ,1.0*6 E 82F72* 27,5>2 =*6+I6 * ,87<=;>HG8 -. 0;*7 -.< 8+;*< 7* *92=*5 . $.02G8

Estrutura da campanha já é discutida pela base G8 <. /*5* 6>2=8 <8+;. 8 *<<>7=8 6*< * +*<. 08?.;72<=* 3D ?.6 -2<,>=27-8 27=.;7*6.7=. *< .<=;*=I02*< . * .<=;>=>;* -* ,*69*71* :>. +><,*;D 5.?*; *;,872 ".;2558 *8 <.> :>*;=8 6*7-*=8 /;.7=. *8 08?.;78 -. 82D< 7*< .5.2HN.< -.<=. *78 !< 987=8< 9;27,29*2< <G8 9;83. =8 -. 08?.;78 . .<=;>=>;*HG8 -*< ,88;-.7*HN.< * .5.2HG8 -. *;,872 ".;2558 *=I 8>?2> *52*-8< 6*< -.,2-2> .5. 6.<68 :>*2< <.;2*6 8< ,88;-.7*-8;.< :>. ,>2-* ;2*6 -. <>* ,*69*71* 86 2<<8 7*< ,88;-.7*HN.< 6*2< 2698;=*7=.< /2,*;*6 786.< -. ,87/2*7H* -8 08?.;7*-8; ,868 *B6. $27,L7 7* 88;-.7*HG8 27*7,.2;* *;58< *;*71G8 7* 88;-.7*HG8 -. *;4.=270 7=M728 *5.2;8< 7* 88;-.7* HG8 "85K=2,* 2><.99. (.,,2 7* 88;-.7*HG8 -. "5*78 -. 8?.;78 %I;028 *;-8<8 7* 88;-.7*HG8 -8 7=.;28; . -. ?.7=8< . 8<I *;58< %2:>.2;* 7* 88;-.7*HG8 .;*5 .<=. *78 ,87/8;6. *9>;* -8 9.5* ;.98;=*0.6 -* &;2+>7* -8 "5*7*5=8 *50>6*< 6>-*7H*< -.?.;G8 <.; ;.*52C*-*< 868 2><.99. (.,,2 . 7=M728 *5.2;8< <.;G8 ,*7-2-*=8< * -.9>=*-8 /.-.;*5 1*?.;D ?*,F7 ,2* 7*< ,88;-.7*HN.< "85K=2,* . -. "5*78 -. 8?.;78 27-* 7G8 1D -./272HG8 <8+;. :>.6 8,>9*;D 8 9;26.2;8 ,*;08 6*< * 88;-.7*HG8 -. "5*78 -. 8?.;78 -.?.;D <.; 8,>9*-* 98; 08; 87=.7.0;8 .A 9;.<2 -.7=. -* 0.,86 :>. 3D ?.6 ;.*52C*7-8 =;*+*518 -. 9;I .<=> -8 -. 5.?*7=*6.7=8 -. -.6*7 -*< . 7.,.<<2-*-.< 78 27=.;28; -8 <=*-8 -*-8< :>. <.;G8 >=2 52C*-8< 78 95*78 -. 08?.;78 -8 9;I ,*7-2-*=8 =>,*78 D ,87<.7<8 .7=;. 8< 9..<.

-.+2<=*< :>. *B6. $27,L7 -.?. ;D 9.;6*7.,.; 78 ,86*7-8 -* 0.=89 3D :>. ?D;2*< 8+;*< .<=G8 <.7-8 .A.,>=*-*< 78 <=*-8 . 1D 8 ,869;862<<8 -. /27*52CD 5*< .<=. *78 "8; 2<<8 * 88;-.7*HG8 27*7,.2;* 8,>9* -* 98; .5. .6 <.;D 8,>9*-* 98; 8>=;8 786. =*6+I6 7G8 -./272-8 %I;028 *;-8<8 -.?.;D -.2A*; * <.,;.=*;2* -. ;=2,>5*HG8 "85K=2,* 9*;* ,88;-.7*; *< *HN.< 78 27=.;28; -8 <=*-8 . 1D * -2< 98<2HG8 -. 8<I *;58< %2:>.2;* .6 *3>-*; 6*2< >6* ?.C 98-.7 -8 <. 6*7=.; ,868 ,88;-.7*-8; 0.;*5 -* ,*69*71* $

&

D * 98<<2+252-*-. -. *;58< *;*71G8 =;*+*51*; 6*2< >6* ?.C 7* ,88;-.7*HG8 -. *;4.=270 -* ,*69*71* 6 18>?. 6>-*7H* 78 =86 -* ,*69*71* -8 9;26.2;8 9*;* 8 <.0>7-8 =>;78 * 8,* <2G8 8 6*;:>.=.2;8 ;.<987<D ?.5 9.58 9;80;*6* .5.2=8;*5 -. *;,872 ".;2558 -;2*78 .1;.< /82 <>+<=2=>K-8 .<=. *78 3D 1D * 27/8;6* HG8 :>. $>2 $8-;20>.< :>. =;* +*518> . =;*+*51*;D 7*< ,*69* 71*< -. I,28 .?.< E 9;.<2-J7 ,2* -* $.9O+52,* <.;D 8 ,87<. 51.2;8 -. 6*;4.=270 -* ,*69* 71* -. *;,872 ".;2558 $>2 I <L,28 -. "*>58 (*<,87,.58< :>. =*6+I6 I .A 6*;:>.=.2;8 -. I,28 .?.< D *27-* * 98<<2+252-*-. -. ,;2*HG8 -. ->*< 78?*< ,88;-.7* HN.< :>. <.;2*6 * 88;-.7*HG8 -. >51.;.< . -* >?.7=>-. 6+*< <G8 -./.7-2-*< 9.58 9;. <2-.7=. -8 "% .6 82D< "*>58 -. .<>< Q -./272HG8 /27*5 -*< ,88;-.7*HN.< -.?.;D <.; -2?>50*-* *9L< * ,87/2;6*HG8 -8 786. -. *;,872 ".;2558 " ,868 ,*7-2-*=8R ;.?.5*

.=;89852=*7* ,868 ;./8;6* -8 >=L-;868 /27*52C*HG8 -8 <=D-28 !5K692,8 ,87<=;>HG8 -8 >08 . -8 ;.-.: -. 9*;.,2-* 98; .A.6958 5I6 -2<<8 1D 8 27?.<=2 6.7=8 .6 <>* 78?* 26*0.6 ,868 985K=2,8 . 0.<=8; ,87/8; 6. *?*52* %I;028 *;-8<8 <.,;.=D;28 .<=*->*5 -. ;=2,>5*HG8 "85K=2,* . <.,;.=D ;28 0.;*5 -8 "% Q! 08?.; 7*-8; 183. .<=D 6*2< <D+28 . 6*2< .A9.;26.7=*-8 5. <*+. :>. <. :>2<.; +><,*; * ;..5.2 HG8 =.;D :>. =;*+*51*; ,86 */27,8 *27-* 7.<=* 0.<=G8 < 8+;*< .<=G8 8,8;;.7-8 98; =8-8< 8< ,*7=8< -8 <=*-8 . 2<<8 68<=;* :>. *;,872 *27-* 98-. <. ;.78?*; ,868 985K=2,8R -2<<. %I;028 *;-8<8 .6 *?2<8 -2;.=8 E 898<2HG8 -2C :>. * +*<. 08?.;72<=* 7G8 *,.2=*;D *0;.<<N.< 98; 9*;=. -8< *-?.; <D;28< Q G8 =.6.68< 8 .7/;.7=*6.7=8 G8 =.68< 6.-8 -. 7.71>6 *-?.;<D;28 . 7G8 *,.2=*;.68< -. /8;6* *50>6* *0;.<<N.< #>.6 +*=.; =*6+I6 2;D 5.?*; *< 7G8 2;. 68< +*2A*; 8 7K?.5R *?2<8>

!

$ %

!>=;8 987=8 :>. -.?.;D <.; =;*+*51*-8 I 8 -. -.687< =;*; *8 .5.2=8; :>. 8 08?.;78 =.;627* *< 8+;*< :>. 272,2* <.0>7-8 .A952,8> 8 9;.<2-.7=. -* 0.=89 *B6. $27,L7 .6 .7=;.?2<=* E $D-28 (271* *;,872 ".;2558 <.69;. /82 ,;2 =2,*-8 9.5* 898<2HG8 98; 27*> 0>;*; 8+;*< :>. 7G8 .<=*?*6 /27*52C*-*< ,868 /82 8 ,*<8 -8 .7=;8 >5=>;*5 !<,*; 2.6.B.; 8> 272,2*; 8+;*< <.6 ,87,5>K 5*< ,868 /82 8 ,*<8 -8 .7=;8 -. A,.5J7,2* -8

# !

# !

" #

!(

!$ "!$%

# ' !#

QUEM DEVE SER - OU NÃO SER - COORDENADOR NA CAMPANHA DE MARCONI:

+ ! 3! $( ""% !"( " & '"% ! ! %" # ! ) %- !' % & " " #% & !' '"# ! &' !"

%$( ' %" ) %- & % ( ! # !

"% "!' ! %" #" %- & % " ""% ! "% !" ") %!" % " $( " " ! " #"% (& ## ! 0/"

" 1 " )& ( " % ( & &#1 "!& %" % '! " ") %! "% ! &' !"

<98;=. <=D-28 !5K692,8 Q#>.;.68< =2;*; *:>.5* 26* 0.6 -. :>. 8+;*< ,86.H*6 . 7G8 =.;627*6 #>.;.68< *,* +*; ,86 2<<8 "8; 2<<8 7G8 .<=* 68< 27=.;;869.7-8 7.71>6* 8+;* &8-*< .<=G8 -.7=;8 -8 ,;8 780;*6* . .6 *50>6*< *=I *7=. ,29*68< 8 =;*+*518 8<<8 ,86 9;862<<8 I .7=;.0*; =8-*< *=I 8 -2* -.C.6+;8 -.<=. *78R /;2

"&1 % "& $( % && &' % . &#"& 0/" # % & ( ) ,& %" ""% ! "% % # ! % "! % " " ") %!"

1% " % "&" ) %* % & % ' % %' ( 0/" " 2' " ") %!" # % & % " ""% ! "% # ! !" !' % "% " &' "

& !"

& '" "& "& ""% ! "% & # ! % "! % " & %/" )( "& # " ") %! "% (! " #"&& ) !' #3& "

<8> 8 9;.<2-.7=. -* 0.=89 27-* <.0>7-8 *B6. $27 ,L7 7G8 1D * 9;.8,>9*HG8 -. .7=;.0*; *< 8+;*< *7=.< -8 9.;K8-8 .5.2=8;*5 *9.<*; -. .<9.;*;.6 * ;.9.;,><<G8 -*< 6.<6*< 7*< .5.2HN.< Q%. ,87 <.0>2;68< .7=;.0*; *7=.< -8 9.;K8-8 .5.2=8;*5 =>-8 +.6 6*< 7G8 1*?.;D 9;.<<G8 9*;* 2<<8R 8+<.;?8>

"*;* .5. * *?*52*HG8 -8 08?.;7*-8; 68<=;* 6.518;2* 98; ,87=* -* ,*9*,2-*-. -. 0.< =G8 Q%>* *?*52*HG8 ?.6 ,;.< ,.7-8 -.<-. 8 *78 9*<<*-8 . 2<<8 8,8;;. 9.5* 6.518;2* -* ,*9*,2-*-. 0.<=G8 -*< 8+;*< . -*< *HN.< ;.*52C*-*< <<8 <. =;*7</8;6* .6 *?*52*HG8 98<2=2 ?* . ;./5.=. .6 >6 9;8,.<<8 .5.2 =8;*5R 8927* $27,L7

“Insistir no ‘Tempo Novo’ será uma tática frágil para Marconi Perillo” ! ,87<>5=8; 985K=2,8 . 9;8/.<<8; -* "87=2/K,2* '72?.;<2-*-. *=L52,* -. 82D< "' ! *;,8< *;2718 *?*528> * 9.-2-8 -* &;2+>7* 987=8< /8;=.< . /;*,8< :>. 98-.;G8 *3>-*; 8> *=;*9*51*; *;,872 ".;2558 ,*<8 8 6.<68 <.3* ,*7-2-*=8 -* +*<. .5.2=8;*5 *8 08?.;78 -. 82D< "*;* .5. ".;2558 9;.,2<* <. ;.78?*; . <>9.;*; * ;.3.2HG8 .6 82F72* 87/2;*

*

# $

*;,872 ".;2558 7* $.02G8

# $

)

! #$! % ' ! $ # ! $$,' ! #

' % $ (! $.

< 8+;*< :>. ?J6 <.7-8 ;.*52C*-*< .6 =8-8 8 <=*-8 98-.;G8 *3>-D 58 7* +><,* 9.5* ;..5.2HG8 :>.<=G8 -*< 8+;*< I *508 :>. 98-.;D 7G8 -*; ,.;=8 <. 8 9;89L<2=8 /8; 8 -. <. >=252C*; .<<. *;=2/K,28 9*;* * ,87:>2<=* -. ?8=8< 3D :>. <. =8;78> *508 ,8;;2:>.2;8 78 /27*5 -. <.>< 6*7-*=8< * 27*>0>;*HG8 8> .7=;.0* -. 8+;*< ! .5.2=8; 3D 78=8> 8 =86 .5.2=8;.2;8 7.<<* 6.-2-* . 98-.;D 7G8 =;*7</8;6*; 2<<8 .6 ?8=8<

;.3.2HG8 -.

% "&

%#

&;2+>7* -8 "5*7*5=8 P *;,872 ".;2558 *27-* 98-.;D 27?.<=2; 78 9;83.=8 -8 &.698 8?8 *;,8< *;2718 P 7<2<=2; 6*2< >6* ?.C 78 68=. -8 &.698 8?8 <.;D >6* =D=2,* 6>2=8 /;D025 9*;* * ,*69*71* -8 08?.;7*-8; <<8 <.;D /*,256.7=. -.<,87<=;>K-8 9.5* 898<2HG8 .71>6* 78?2-*-. ->;* *78< 7G8 1*?.7-8 <><=.7=*+252-*-. 7.<<* 2-.2*

#>*5 <.;2* <>* ,1*7,. 7* +><,* 9.5* ;..5.2HG8 ! :>. 98-.;2* />7,287*; I +><,*; 3>7=8 *8 .5.2=8; >6* /8;6* -. .695*,*; >6* ;.78?*HG8 7* /8;6* -. <. /*C.; 985K=2,* .687<=;*; 78?8 ?208; . 78?* .7.;02* 6.<68 -.982< -. =8-*< *< -2/2,>5-*-.< .7/;.7=*-*< .6 ;.5*HG8 E !9.;*HG8 87=. *;58 <=. 98-.;D <.; >6 68=. .6 <>* ,*69*71*

#

08?.;7*-8; "8; 2<<8 1D >6 /8,8 ,5*;8 .6 =8;78 -*< 8+;*< -. 82F72* ,868 /8;6* -. <>9.;*HG8 -.<<* -2/2,>5-*-.

.=;89852=*7* <.0>7-8 *987=*6 9.<:>2<*< I 0;*7-. 5. ,87<.0>2;D <>9.;D 5* 7.<<*< .5.2HN.< ;.3.2HG8 I <.69;. ,86952,*-* . 6>2=8 -2/K,25 -. <.; <>9.;*-* 5. =.6 9;8+5.6*< -2;.=8< ,86 8 />7,287*52<68 9O+52,8 :>. /82 * ,5*<<. :>. 12<=8;2,*6.7=. <><=.7=8> <.> 08?.;78 . <>*< .5.2HN.< . :>. 183. .<=D ,87=;* 8

! 9*,8=. -. 8+;*< .6 82F72* 98-. <.; >6* /8;6* -. +><,*; ?8=8< 7* ,*92=*5 . ,87=;*+*5*7,.*; * 98<<K?.5 9.;-* -. ?8=8< .6 7D9852< ,86 * 9;I ,*7-2-*=>;* -. 7=M728 862-. *8 08?.;78 G8 *,;.-2=8 :>. .5. =;*+*51. 7*< 8+;*< .6 82F72* ,86 * 9.;<9.,=2?* -. ,869.7<*; * 98<<K?.5 9.;-* -. ?8=8< .6 7D9852< 9*;* 8 ,*7-2-*=8 9.=2<=* 7=M728 862-. *=I 98;:>. 8 7O6.;8 -. ?8=8< :>. .5. =.6 .6 7D9852< I 6>2=8 0;*7-. . -2/K,25 -. +><,*; .6 8>=;* 58,*52-*-. ;.28 :>. ,87=27>*;D +><,*7-8 ?8=8< 5D 3D :>. 6*7=I6 8+;*< 7* ,2-*-. . =;*+*51* 3>7=8 *8 9;./.2=8 8G8 86.< ,86 :>.6 ?.6 <. " .7,87=;*7-8 78< O5=268< -2*<


#

!

#

"

"

"

"

$! #

& % $

! 9;./.2=8 -. 9*;.,2-* -. 82F72* *0>2=8 (25.5* " . 8 08?.;7* -8; *;,872 ".;2558 =;8,*;*6 */*08< 6*2< >6* ?.C * *+.;=>;* -8 9;80;* 6* 8?.;78 >7=8 -. (8,J 7* 2-*-. (.;* ;>C 8 9;./.2=8 /*58> :>. /2,*;D .=.;7*6.7=. *0;*-.,2-8 9.5*< 8+;*< -8 08?.;78 .<=*->*5 78 6>72,K928

! %

*;,872 ;.<987-.> -2C.7-8 :>. *0>2=8 I >6 985K=2,8 6*2< ,8695.=8 -8 :>. .5. . 8 .A 08?.;7*-8; ;2< $.C.7-. .6+;8> :>. 8 9;./.2=8 3D 8,>98> =8-8< 8< ,*;08< .5.=2?8< 78 <=*-8 -2/.;.7=. -.5. :>. *27-* 7G8 /82 7.6 ?.;.*-8; 7.6 ?2,. 08?.;7*-8;

8 0;>98 2;2<=* * 27-./272HG8 /2,* 98; ,87=* -8 />=>;8 985K=2,8 -8 .A 08?.;7*-8; ! 0;>98 9;L ;2< 98;I6 <L ?*2 =86*; :>*5:>.; -.,2<G8 *9L< ;2< -.,2-2; 8 :>. /*;D 7* ,*69*71*

Definidos, Eliton e Vilmar farão evento em Rio Verde

!

%

8 :>*;=.5 0.7.;*5 2;2<=* *< -.,5*;* HN.< -. *0>2=8 9.0*;*6 6>2=8 6*5 D :>.6 -20* :>. *0>2=8 =.6 :>. <. -.,2-2; 5808 Q<. =;*+*51* 98; O728; -8 ;2+82 8> 98; *;,872 ".;2558R

$ ,

;.<,. 78< ,8;;.-8;.< -* 5.08 * 98<<2+2 52-*-. -. ;.7O7,2* -8 9;.<2-.7=. .5-.; (*527 "% *7=.< 6.<68 -*< .5.2HN.< .<=*->*2< !< ,86.7=D;28< <G8 -. :>. 98-. 1*?.; *7=. ,29*HG8 7* .<,851* -8 9;LA268 ,87<.51.2;8 -8 &;2+>7*5 -. 87=*< -8 <=*-8 & ?*0* 9*;* :>*5 (*527 I /*?8;2=8

$!&% !#+

% #

< .5.2HN.< 9*;* * 9;.<2-J7,2* -8 %27-2,*=8 -8< &;*+*51*-8;.< .6 ->,*HG8 -. 82D< %27=.08 <.;D >6* 9;I?2* 9*;* * -2<9>=* .5.2=8;*5 .7=;. ,*7-2-*=8< * -.9>=* -8 /.-.;*5 -8 "& *>;8 $>+.6 . &*B;87. 2 *;=278

?2,. 08?.;7*-8; 8<I 52=87 "" . 8 -.9>=*-8 /.-.;*5 (256*; $8,1* "% /*;G8 8 5*7H*6.7=8 -*< <>*< ,*7-2-*=>;*< 78 -2* -. 6*28 E ;..5.2HG8 . *8 %.7*-8 ;.<9.,=2?*6.7=. 7* ,1*9* -8 08?.;7*-8; *;,872 ".;2558 "% :>. =.7=*;D * ;..5.2HG8 ! .?.7=8 <.;D .6 $28 (.;-. =.;;* 7*=*5 -. 8<I 52=87 50>7< -2*< -.982< *6+8< -.?.6 /*C.; 8>=;8 .?.7=8 -. 6.78; 98;=. .6 2:>.5F7-2* ,2-*-. 87-. 7*<,.> (256*; $8,1* 9.<*; -* 9;.<<G8 -8 "& 98; .<9*H8 7* ,1*9* *< ,*7 -2-*=>;*< -. 52=87 . (256*; 3D .<=G8 -./272 -*< . -.?.6 <.; 1868580*-*< 7*< ,87?.7HN.< -. <.>< 9*;=2-8< ! 08?.;7*-8; 98; <>* ?.C <.;D 5*7H*-8 8/2,2*56.7=. ,868 ,*7-2-*=8 E ;..5.2HG8 78 O5=268 .7,87=;8 -* +*<. *52*-* :>. <.;D ;.*52C*-8 .6 82F72* ! .?.7=8 -.?.;D 8,8;;.; 78 -2* -. 3>718

$

! -.9>=*-8 *>;8 $>+.6 *982* 1*9* :>. =.6 2* -. 26* ,868 ,*7-2-*=* E 9;.<2-J7,2* . .-* .*5 7* ?2,. D &*B;87. -D <>98;=. 9*;* * 1*9* ,*92=*7.*-* 98; .5<87 (2.2;* -8< %*7=8<

+

$%#

! 08?.;7*-8; *;,872 ".;2558 -. 8518 7* ;..5.2HG8 ?2<2=* <.2< 6>72,K928< .6 =;J< -2*< ! =>,*78 .<=*;D .6 *=*5G8 9*;.,2-* -. 82F72* 86 .<>< -. 82D< (2,.7=27L9852< 8?2F72* . 58F7-2* .7=;. 8 <D+*-8 . * <.0>7-*

*

Q G8 <8> 9;I ,*7-2-*=8 9*;* 7.08,2*; 9*;* 5D 7* /;.7=. +*;0*71*; >6* ?*0* -. ?2,. 8> *8 %.7*-8R -2<<. 8 9;I ,*7-2-*=8 (*7-.;5*7 *;-8<8 9.58 *,.+884

$

"*;* :>. 2<<8 8,8;;* 9;26.2;8 I 7.,.<<D ;28 :>. 8 ,87<.51.2;8 K5=87 5?.< 9.H* *98 <.7=*-8;2* D =*6+I6 >6* =.7-J7,2* -. :>. 8 "*5D,28 -*< <6.;*5-*< 98<=.;0>. .<<* .<,851* *9.7*< 9*;* -.982< -*< .5.2HN.<

“Quem quiser votar no sr. aqui em Aparecida pode votar. Não haverá obstáculos” " #

% #$

>;*7=. * 98<<. -* .69;.<D;2* .58K<* .5.7* 78 ,86*7-8 -8 -2;.=L;28 6.=;89852 =*78 -8 " >51.; 7* :>*;=* 18>?. >6 ,5*68; 9*;* :>. 8 .A 08?.;7*-8; ;2< $.C.7-. ?85=*<<. *=;D< 7* ;.7O7,2* -. <>* 9;I ,*7-2-*=>;*

%#

;2< 7G8 /82 *8 .?.7=8 6*< 6*7-8> * <>* /251* 7* "*>5* $.C.7-. 9*;* ;.9;.<.7 =D 58 * 898;=>72-*-. >6 0;>98 9.-2> >6* ;.>72G8 ,86 8 .A 08?.;7*-8; :>. -.?.;D 8,8;;.; .<=* <.6*7*

-$%

269*,2J7,2* ,86 * <2=>*HG8 -. 27-./2 72HG8 -.7=;8 -8 " .<=D =86*7-8 ,87=* -. ?D;28< 9..6.-.+2<=*< 9;27,29*56.7=. *:>.5.< :>. ?G8 ,87,8;;.; * 6*7-*=8 -. -.9>=*-8 .<=*->*5 8> /.-.;*5

! "*;=2-8 -* 8+252C*HG8 *,287*5 " ;.*52C* 7* :>*;=* E< 1 7* *,>5-*-. "*-;G8 -* ?.72-* 71*70>.;* 8 <.> 7,87=;8 <=*->*5 ,86 * 9;.<.7H* -* 9;.<2 -.7=. 7*,287*5 -8 9*;=2-8 &.56* $2+.2;8 . *,8;-8 ,86 8 9;.<2-.7=. -8 9*;=2-8 .6 82D< ";8/.<<8; )*5=.; "*>58 8 8+3.=2?8 -8 .7,87=;8 I 8 -. ,87?8,*; *< +*<.< -* *0;. 62*HG8 9*;* *< .5.2HN.< -. <.,;.=*;2* 6>72,29*5 -. >5=>;* -* 9;./.2=> ;* -. 82F72* 5*7H8> 7* <.A=* 8 9;83.=8 %87< -. .;,*-8 :>. 5.?*;D *9;.<.7=*HN.< 6><2,*2< ?*;2*-*< 9*;* 8 .;,*-8 "89>5*; -* $>*

!

< *9;.<.7=*HN.< 8,8;;.;G8 -. <.0>7-* * -862708 -*< 1 E< 1 ! 9;26.2;8 <18@ 8,8;;.> 78 <D+*-8 ,86 * ,*7=8;* 5D>-2* (2.2;* < 27<,;2HN.< 9*;* 8< ,>;<8< . *< 8/2,27*< -* .-2HG8 -8 2,* ?G8 *=I * <.0>7-* !< 27=.;.<<*-8< -.?.6 <. 27<,;.?.; 78 <2=. -8 /.<=2?*5 @@@ /2,* *;= +; ! =5I=2,8 ;.,.+. 8 -. *=*5 7* :>*; =* E< 1 78 %.;;* 8>;*-* 9.5* <.0>7-* ;8-*-* -* <.0>7-* /*<. -* 89* -8 ;*<25 8 9;26.2;8 3808 8 =26. 082*72.7<. .69*=8> 98; *

% #

! .A 9;./.2=8 -. 82*7I<2* 25+.;=8 *?.< " ?85=8> *=;D< . -.,2-2> :>. <.;D ,*7-2-*=8 * >6* ?*0* 7* <<.6+5.2* .02<5*=2?* .6 8>=>+;8 2<9>=*;D ?8=8< 7* ,2-*-. ,86 8 -.9>=*-8 .<=*->*5 I528 -. %8><* :>. =.7=*;D * ;..5.2HG8

% $

86 * *HG8 25+.;=8 *,*+* ,86 *50>7< +>,12,18< -. +*<=2-8;.< :>. 27-2,*?*6 :>. 8 .A 9;./.2=8 .<=*;2* -.2A*7-8 * 985K=2,* . 98-. ;2* *=I 6.<68 9.-2; -.</252*HG8 -8 "

Continuação da página 5

Friboi tem pouco tempo para aglutinar apoios Sem unidade interna e com uma cirurgia na agenda, empresário se vê pressionado pelo tempo limitado # %

$ $

5I6 -8 -.<*/28 -. >72; 8 " .6 =8;78 -. <.> 786. ;2+82 =.6 :>. .7/;.7=*; 8>=;8 8+<=D,>58 *=I 8 6J< -. 3>718 *< *52*7H*< 9*;* * ,1*9* 9.<*; -. .<9. ;*; >6* 98<2HG8 -. ;2< <8+;. * ?*0* -8 %.7*-8 *50>7< 9.. 6.-.+2<=*< =.6.6 :>. 8 .69;.<D;28 7G8 ,87<20* *;=2 ,>5*; 78?*< *52*7H*< * =.698 8 27K,28 -* O5=26* <.6*7* 8 9;.<2-.7=. .<=*->*5 -8 9*;=2 -8 %*6>.5 .5,128; -.,5*;8> :>. * ;.<987<*+252-*-. -. 9;8 68?.; *52*7H*< ;.,*2 <8+;. 8 9;L9;28 ,*7-2-*=8 =;*C.7-8 * 8+;20*HG8 -*< *;=2,>5*HN.< 9*;* ;2+82 . <.> 0;>98 ! "& *27-* I 68=2?8 -. ,87?.;<*< 98; 9*;=. -8< /;2+82 C2<=*< 802=* <. >6* />=>;* *52*7H* 3D 78 9;26.2;8 =>;78

*9.<*; -8 ,*7-2-*=8 9.=2<=* 8 .A 9;./.2=8 -. 7D9852< 7=M728 862-. 7G8 -*; <27*2< -. ;.,>8 7* ,*69*71* . 6>2=8 6.78< :>. .<=*;2* -2<98<=8 * ,87?.;<*; ,86 ;2+82 ! =*6+I6 I ,802=*-8 9*;* 9*;=2 ,29*; -. >6* ,1*9* ,86 8< 9..6.-.+2<=*< 3D :>. 8 9*;=2-8 *27-* 7G8 <. 6*72</.<=8> <8+;. :>*5 <.;2* 8 <.> -.<=278 9*;* *< .5.2HN.< -. 9.<*; -. <.; ,87<=*7=. 6.7=. ,8+;*-8 9*;* /8;6*; >6 ,1*9* /8;=. . :>. =.71* ;.*2< ,87-2HN.< -. 0*71*; 8 95.2=8 *52*-8< -. O728; ;2+82 */2;6*6 :>. .5. 3D .<=D 687 =*7-8 *< ,8520*HN.< . .<=*?* /*C.7-8 2<<8 *7=.< 6.<68 -. ;2< <. *9;.<.7=*; ,868 9;I ,*7-2-*=8 ! 9;.<2-.7=. -8 "& . *52*-8 -8 .69;.<D;28 8 -.9>=*-8 .<=*->*5 ;*7,2<,8 .--* */2;68> :>. .5.< 7.08 ,2*6 ,86 <.2< 9*;=2-8< 9*;* /8;6*; * ,1*9* 27,5><2?. *50>7< -* +*<. *52*-* -. *;,872 ! -.9>=*-8 .<=*->*5 *72.5 (25.5* =*6+I6 <. 68< =;* *726*-8 9*;* *< 9;LA268< 9*<<8< -. ;2+82 %.0>7-8 .5. Q+8*< 78=K,2*< ?G8 ?2; .6 +;.?.R D ".-;8 1*?.< ,87 /2;68> :>. .A2<=.6 6>2=*< ,87?.;<*< ,86 8>=;8< 9*;=2

-8< 6*< :>. 98; .7:>*7=8 *< />=>;*< *52*7H*< 7G8 98-.6 <.; -2?>50*-*< &$ % !

'6* 89.;*HG8 6I-2,* 9*;* * ;.=2;*-* -. 1I;72* >6+252,*5 98-. ,><=*; >6 =.698 9;.,28<8 9*;* 8 9;I ,*7-2-*=8 O728; ;2+82 5. ?*2 =.; :>. 9*<<*; 9.58 9;8,. -26.7=8 *9L< >6* *?*52*HG8 ,87<=*=*; :>. 8 .69;.<D;28 7G8 -.?.;2* .<9.;*; 8 /26 -* ,*69*71* .5.2=8;*5 9*;* <.; 89.;*-8 ! ,*<8 I +*<=*7=. <2695.< . 8 =.698 -. ;.,>9. ;*HG8 02;* .6 =8;78 -. * -2*< 5. ?*2 9*<<*; 9.58 9;8 ,.-26.7=8 7* =.;H*

U5=26* *HG8 /8;=. -. ,*69*71* /82 -. *+;25 ;2+82 -.?. ?85=*; *9.7*< 78 /26 -8 6J< ! 9;8,.<<8 ,2;O;02,8 98-. *=;*<*; *27-* 6*2< * *0.7-* -8 9;I ,*7-2-*=8 9..6.-.+2< =* ! .69;.<D;28 :>. -.<-. 8 /27*5 -8 *78 9*<<*-8 9.;,8;;2* ?D;2*< ,2-*-.< -8 27=.;28; ,8<

=>;*7-8 *52*7H*< . =.7=*7-8 /8;=*5.,.; <.> 786. /;.7=. *8< .5.2=8;.< =.?. :>. 9*;*; <>* *0.7-* 9*;* ,87?.;<*< 27=.; 7*< *9L< 8 *7O7,28 -* 9;I ,*7-2-*=>;* -. ;2< .982< -* -.<2<=J7,2* -8 .A 08?.;7*-8; .5. 9*<<8> 6*2< ->*< <.6*7*< ,87?.;<*7-8 ,86 *52*-8< . =.7=*7-8 *6.72C*; 8 ,526* -. 0>.;;* /;2* :>. 1*?2* <. 27<=*> ;*-8 78 9*;=2-8 ! O5=268 .?.7=8 -. ,>718 .5.2=8;*5 :>. O728; ;2+82 9*; =2,298> /82 78 -2* -. *+;25 %G8 -82< 6.<.< 9*;*-8 9*;* *< 7.08,2*HN.< 27=.;7*< . 6>-*7H*< -. *0.7-* 86 8 =.698 -. ;.,>9.;*HG8 -* ,2;>;02* .5. 98-. 9*<<*; :>*<. =;J< 6.<.< <.6 ,>69;2; 8< .?.7=8< -. 9;I ,*7-2-*=8 7:>*7=8 2<<8 <.>< *-?.;<D ;28< 9.;,8;;.6 =8-8 8 .<=*-8 862-. . (*7-.;5*7 ;.*52C*6 .7,87=;8< 78 27=.;28; . 8 <.> 6*28; *-?.;<D;28 8 08?.;7* -8; *;,872 ".;2558 <.0>. 27*>0>;*7-8 8+;*< 9.58< 6>72,K928< -8 <=*-8 A2<=. 8 =.68; :>. * /*5=* -. 9;.<.7H* -. ;2+82 *=;*9* 51. <>* ,*7-2-*=>;* . :>. .5. *,*+. 7G8 6.518;*7-8 7*< 9.<:>2<*< -. 27=.7HN.< -. ?8=8 ! .69;.<D;28 <*+. -2<<8

!# * $ $ #)! $" ! %!

. 98; 2<<8 6.<68 =.7=8> *-2*; * -*=* -* 89.;*HG8 9*;* -.982< -*< .5.2HN.< $.<=* *

" #% !$

# ! ! &$ '

! $

.5. *9L< 8 ;.,.<<8 6I-2,8 *,.5.;*; 9*;* 98-.; ;.,>9.;*; 8 =.698 9.;-2-8


$

Gomide faz giro pelo Sudeste do Estado Em busca de maior conhecimento de seu nome, pré-candidato do PT leva sua caravana para a região de Catalão, onde visitou vários municípios %

( %#*

'!" !

“Não existem farpas entre minha pessoa e José Eliton” *29(51$'2 )$/28 3$5$ 9=5,26 9(D&8 /26 ,1&/86,9( 3$5$ $ "5,%81$ 48( *267$5,$ '( '$5 8 0 7(032 1$ 32/D7,&$ +2-( (/( (67= 6(1'2 &2 *,7$'2 &202 &$1',' $72 > 5((/(,A@2 0$,6 8 0$ 9(; < 325 )$/7$ '( 28752 6 &$1','$726 28 325 9217$'( '(/( 0(602 $5&21, B ,17(/,*(17( !( 7,9(66( 6$D'2 &202 35B &$1','$72 $17(6 '2 7(032 7$/9(; 1@2 7,9(66( 5($/,;$'2 7$17$6 2%5$6 &202 $*25$ *25$ (67= 352172 35$ 6(5 2 &$1','$72 32548( 72'26 1E6 '$ %$6( (67$026 48(5(1'2 48( (/( 6(-$ 2 &$1','$72 (/( 6(5= &$1','$72 32548( 7(0 &216&,C1&,$ '( 48( 6(5= &$3$; '( )$;(5 80$ 3523267$ ',)(5(17( (0 0$,6 48$752 $126 ( 1@2 32548( 1@2 7(0 28752 120( 1$ %$6( 202 )2, (66$ 75$16,A@2 (175( 2 65 ( 26B /,721 1$ 35(6,'C1&,$ '2 289( $/*80$6 )$53$6 @2 48( (:,67( B 48( (/( 72028 3266( ( (67= )$;(1'2 $ $'0,1,675$A@2 @2 (:,67(0 ( 1@2 (:,67,5$0 )$53$6 (175( 0,1+$ 3(662$ ( 26B /,721 48( (:,67( B 80 3$57,'2 &2(62 ( 81,'2 8(5(026 7(5 80$ &+$3$ 385$ 3$5$ '(387$'2 (67$'8$/ ( 48(5(026 &2/,*$5 3$5$ '(387$'2 )('(5$/ 3$57,'2 $32,$ $ 32678/$A@2 '( 26B /,721 3$5$ 9,&( *29(51$'25 '(&,6@2 B '2 *29(51$'25 0$6 2 3$57,'2 '= $ 326,A@2 '(/( *29(51$'25 7(0 $ 5(63216$%,/,'$'( 0$,25 /( B 2 /D'(5 '( 72'26 1E6 ( 3(/2 48( (17(1', (/( -= 7(0 $ &+$3$ 35217$ !(5,$ 2 26B /,721 &202 9,&( ( #,/0$5 2&+$ ! &202 6(1$'25 < $ &+$3$ 48( 2 *29(51$'25 48(5 " 48(5,$ 80$ 9$*$ &20 26B 20(6 /( 7(0 352%/(0$6 -85D',&26 $6 ,662 B 1$785$/ "2'2 3$57,'2 48(5 3/(,7($5 662 )$; 3$57( '2 352&(662 32/D7,&2 $6 2 *29(51$'25 -= '(8 $ 326,A@2 '(/( 0 5(/$A@2 $2 1$&,21$/ = 80$ (63(&8/$A@2 '( 48( 2 32'( 7(5 &$1','$72 > 35(6,'C1&,$ 8$/ $ 23,1,@2 '2 65 62%5( ,662 12662 &2/(*$ $,5 2/621$52 48( B /,*$'2 >6 )25A$6 $50$'$6 3/(,7(28 ,662 0$6 2 3$57,'2 7(0 80 &203520,662 0$,25 &20 $ 62&,('$'( E6 1@2 32'(026 7(5 80 &$1','$72 $3(1$6 35$ *29(51$5 3$5$ 2 ,2 '( $1(,52 "(0 48( 6(5 &$1','$72 '2 5$6,/ ,17(,52 325B0 (0 1(1+80$ 2875$ (/(,A@2 &2/,*28 $ 1D9(/ 1$&,21$/ :,67( 2 ,17(5(66( '$ ,/0$ &202 (:,67,8 1$ (/(,A@2 3$66$'$ ( &202 7$0%B0 (:,67,8 1$ (/(,A@2 '( 8/$ 0$6 (0 1(1+80$ '(/$6 126 ),;(026 &2/,*$A@2 (0 1D9(/ 1$&,21$/ 6 (67$'26 ),&$0 /,95(6 35$ &2/,*$5 &20 48(0 48,6(5 :,67( 7$0%B0 2 &$62 '$ 6(1$'25$ 1$ 0B/,$ 48( B $ &$1','$7$ 1$785$/ $ *29(51$'25$ '2 ,2 5$1'( '2 !8/ /D'(5 $%62/87$ 1$6 3(648,6$6 !85*,8 126 H/7,026 ',$6 2 ,17(5(66( '2 6(1$'25 B&,2 (9(6 ! '( 7C /$ &20 9,&( (0 68$ &+$3$ 1$ (/(,A@2 )('(5$/ 20 ,662 &5,$026 '2,6 ,03$66(6 32'(5D$026 3(5'(5 80$ 9,7E5,$ 35$7,&$0(17( $66(*85$'$

12 *29(512 '2 ,2 5$1'( '2 !8/ ( 7$0%B0 7,5$5D$026 2 3$57,'2 '$ %$6( '$ ,/0$ 8 6(-$ 1$'$ (67= '(),1,'2 %6(59$1'2 '( '(1752 '2 21*5(662 $6 ',),&8/'$'(6 (1)5(17$'$6 3(/$ 35(6,'(17( ,/0$ 2 65 $&5(',7$ 48( (/$ 5($/0(17( 6$,$ &202 &$1','$7$ 28 2 " 32'( $,1'$ 6$,5 &20 2 8/$ /+$ 1$ 32/D7,&$ 2 7(032 B 08,72 ,03257$17( !( (0 80 0,1872 32'( 6( 08'$5 72'$ 80$ &+$3$ 72'$ 80$ 5(/$A@2 48( (67$ 6(1'2 &216758D'$ '85$17( 80 $12 ,17(,52 ,0$*,1( 48( $,1'$ 7(026 ',$6 3(/$ )5(17( 17@2 (8 1@2 2862 ',;(5 48( ,662 32'( $&217(&(5 0$1+@ B 2875$ 6,78$A@2 35E35,2 (67= 48(5(1'2 ',6&87,5 $ $/,$1A$ &20 " 65 $&+$ 48( 2 75$72 '26 $/,$'26 &20 $ 35(6,'(17( ,/0$ 3,2528 (: 35(6,'(17( 8/$ 7(9( $ )(/,&,'$'( '( 7(5 26B H&,2 217(,52 48( +2-( (67= 12 "5,%81$/ '( 217$6 &202 6(8 ,17(5/2&8725 "5$7$ 6( '( 80 +20(0 (48,/,%5$'2 48( 628%( &21'8;,5 08,72 %(0 2 &21*5(662 ( 72'26 26 &21*5(66,67$6 7$172 6(1$'25(6 &202 '(387$'26 20 (/( 8/$ 181&$ 7(9( 80$ &5,6( 32/D7,&$ 68$ H1,&$ ',),&8/'$'( )2, $ 1@2 $3529$A@2 '$ 0$6 1@2 )2, 32548( 2 26B H&,2 1@2 $7828 0$6 6,0 32548( 1E6 '(387$'26 7D1+$026 &216&,C1&,$ '( 48( $48,/2 1@2 (5$ 1(&(66=5,2 ,/0$ 325 28752 /$'2 1@2 &216(*8,8 #(0 6( $55$67$1'2 ( 0(602 &2/2&$1'2 /2D6,2 (5&$'$17( &202 6(8 ,17(5/2&8725 &217,18$ (1)5(17$1'2 ',),&8/'$'(6 35$7,&$0(17( (6&2/+(8 6(8 &$1','$72 $2 *29(512 20 H1,25 5,%2, ),&28 3,25 28 0(/+25 3$5$ $ %$6( 8 1@2 $&5(',72 48( (:,67$ $'9(56=5,2 )5$&2 2'( (:,67,5 $'9(56=5,2 35(*8,A262 $6 72'2 $'9(56=5,2 48( 75$%$/+$ B )257( "(026 48( 5(63(,7$5 ( 6(5026 0$,6 75$%$/+$'25(6 '2 48( (/( $62 6( 02675( 35(*8,A262 B )5$&2 (0 1+80$6 202 2 6(1+25 $9$/,$ $ *(67@2 '2 35()(,72 ,2-, .('$ /+$ 35(),52 1@2 5(6321'(5 325 (/( 6(5 0(8 $'9(56=5,2 32/D7,&2 8 5(63(,72 (/( @2 )$A2 &5,7,&$ 7B 32548( 628 '(387$'2 )('(5$/ !( (8 )266( 9(5($'25 28 '(387$'2 (67$'8$/ (8 )$/$5,$ 0$6 (8 (6728 (0 2875$ (6)(5$ 8 $&+2 48( 48(0 32'( 5($/0(17( )$/$5 62%5( $ $'0,1,675$A@2 '(/( 6@2 $6 3(662$6 '( 1+80$6 !2%5(78'2 26 )81&,21=5,26 '$ =5($ '$ 6$H'( ('8&$A@2 ( $ 3238/$A@2 8 35(),52 0( 5(6(59$5 2 ',5(,72 '( 1@2 (0,7,5 23,1,@2

ROTA DE GOMIDE

&"

35B &$1','$72 $2 *29(512 '( 2,=6 3(/2 $57,'2 '26 "5 $ % $ / + $ ' 2 5 ( 6 " 17F1,2 20,'( 0$1 7B0 6(8 75$%$/+2 '( ',98/*$ A@2 '( 6(8 120( ( %86&$ '(6 /$1&+$5 1$6 3(648,6$6 (/(,72 5$,6 (: 35()(,72 '( 1=32/,6 7(9( $*(1'$ &+(,$ 3(/$ (*,@2 !8'(67( '2 67$'2 1$ H/7,0$ 6(0$1$ 21'( &21&('(8 (175(9,67$6 $ 0(,26 '( &2081,&$AG(6 /2&$,6 ( 9,6,728 3266D9(,6 $/,$'26 25 ,1,&,$7,9$ '2 ',5(7E5,2 5(*,21$/ '2 3$57,'2 )2, &5,$'$ $ I $5$9$1$ '2 "J 48( 7(0 &202 2%-(7,92 3(5&255(5 9=5,26 081,&D3,26 *2,$126 (0 328&26 ',$6 2 ),1$/ '$ H/7,0$ 6(0$ 1$ 2 35B &$1','$72 9,6,728 &20 2875$6 /,'(5$1A$6 5(*,2 1$,6 &,'$'(6 &202 $/0(/2 3$0(5D 80$5, 1+$1*8(5$ 29$ 8525$ $7$/@2 "5C6 $1&+26 ( $032 /(*5( ,17(1A@2 B /(9$5 $6 (',AG(6 '$ &$5$9$1$ 3$5$ &$'$ 5(*,@2 $17(6 '2 &20(A2 '(),1,7,92 '$ &$03$1+$ (/(,725$/ !(*81'2 2 '(387$'2 )('( 5$/ 8%(16 721, " 48( $&203$1+28 20,'( 1$ 0$,25,$ '$6 9,$*(16 $ 5(&(3 7,9,'$'( '$6 3(662$6 B %$67$1 7( 326,7,9$6 ( $6 5(81,G(6 9(0 6(1'2 (:75(0$0(17( 352'87, 9$6 I 48( $ *(17( 3(5&(%( B 48( 2 120( '2 12662 &$1', '$72 9$, $2 (1&21752 '$ 921 7$'( '$ 3238/$A@2 *(17( 9C 48( 2 3292 48(5 08'$1A$ 48(5 2 1292 17F1,2 20,'( B (66( 1292J '(&/$ 528 2 '(387$'2 $6 $17(6 '( &255(5 (175( $6 &,'$'(6 '2 68'(67( *2,$12 17F1,2 20,'( &8035,8 $*(1'$ (0 2,?1,$ ( (0 $5$*8= $ &$3,7$/ $ 5(81,@2

& )&' &" 0'! &! " $ 1 % ) " #

2

% (+ "+$# & ! # %(' . $ !% (! % " " (% #) (%#% # " % ' ,# () #% %-& " #& ) "/$# & !$# %

!

!

-8172 &20 $ 3238/$A@2 )2, )(,7$ 12 $5',0 7$,3H ( &21728 &20 $ 35(6(1A$ '2 '(387$'2 (67$ '8$/ ( 35(6,'(17( 0(75232/,7$ 12 '2 " 8,6 B6$5 8(12 $ 2&$6,@2 2 (: 35()(,72 '( 1=32/,6 ',66( 48( 7(0 $35( 6(17$1'2 68$6 ,'(,$6 ( )(; &5,7, &$6 $2 $78$/ *29(51$'25 ',;(1 '2 48( I72'26 26 *2,$126 1(&(66,7$0 '( 80 29(512 48( 9= $2 (1&21752 '$6 1(&(6 6,'$'(6 '$ 3238/$A@2J !(*81'2 '$'26 '$ $66(6 625,$ 3(7,67$ 20,'( -= 3(5 &255(8 0$,6 '( &,'$'(6 (0 0(126 '( 80 0C6 '(387$

0

'2 )('(5$/ 8%(16 721, )5,6$ 48( (/(6 (67@2 $3529(,7$1'2 $2 0=:,02 $ )$6( '( 35B &$0 3$1+$ ( 48( $ 0(/+25 0$1(, 5$ '( 6( 7251$ 80 120( )257( B &21+(&(5 ( 6(5 5(&21+(&,'2 3(/$ 3238/$A@2 /( (:3/,&$ 48( $/B0 '( 02675$5 $6 352 3267$6 2 35B &$1','$72 7$0 %B0 7(17$ 5(&(%(5 2 0=:,02 '( ,'(,$6 9,1'2 '26 &,'$'@26 3$5$ 48( 2 3/$12 '( *29(512 48( 6(5= $35(6(17$'2 '85$17( $ &$03$1+$ 7(1+$ 26 0$,25(6 $16(,26 *2,$126 17F1,2 20,'( '(0216 75$ (67$5 &21),$17( (0 68$ &$1 ','$785$ ( 1@2 )$/$ 62%5( 3266D 9(,6 $/,$1A$6 &20 2 3(6$5 '( H1,25 5,%2, 3(',5 $32,2 $2 9,&( 35(6,'(17( '$ (3H%/,&$ ,&+(/ "(0(5 3$5$ 80$ 1(*2&,$A@2 &20 2 3(7,67$ 2 3/$12 '(1752 '2 $57,'2 '26 "5$%$/+$'25(6 B 6(*8,5 &20 20,'( 35B &$1','$72 /( ,1&/86,9( 6( 5(81,8 &20 $ 35( 6,'(17( ,/0$ 2866()) 12 &20(A2 '2 0C6 '85$17( 2 1&21752 $&,21$/ '( "=7,&$ /(,725$/ '2 3$57,'2 ( 5($),5028 3$5$ $6 /,'(5$1A$6 3(7,7$6 48( 9$, ',6387$5 2 3/(,72 (0 2,=6

' %

) % & %

A inversão da imagem de Paulo Garcia '(6*$67( '$ $'0,1,675$ A@2 '2 35()(,72 '( 2,?1,$ $8/2 $5&,$ " 32'( 6(5 5(9(57,'2 3$5$ 326,7,92 $7B 2 ),0 '2 0$1'$72 3(563(&7, 9$ '( $66(6625(6 '2 35()(,72 (67= %$6($'$ (0 ,19(67,0(1 726 48( 3520(7(0 35292&$5 80 )257( ,03$&72 1$ 3(5&(3 A@2 '26 &,'$'@26 '$ &$3,7$/ $78$/ $'0,1,675$A@2 $3( 6$5 '$ &5,6( ,167$/$'$ 1$ 5(&(,7$ ( '(63(6$ 32'(5= ',6 321,%,/,;$5 $352:,0$'$0(1 7( %,/+@2 3$5$ ,19(67, 0(1726 (0 2%5$6 (0 2,?1,$ !(5= 68),&,(17( @2 += 'H9,'$ 48( $6 &5,6(6 5(&(17(6 '$ $'0,1,675$A@2 081,&,3$/ $ '$ &2/(7$ '2 /,:2 )2, $ 0$,6 (:3/D&,7$ 35292&$ 5$0 80 '852 *2/3( 1$ ,0$*(0

'( $8/2 $5&,$ (5527$6 &202 $ '$ $78$/,;$A@2 '$ 3/$1 7$ '( 9$/25(6 3$5$ 1$ ?0$5$ '( 2,?1,$ ,03$&7$ 5$0 2 &$,:$ '$ 35()(,785$ 7523(/$'$ (0 'D9,'$6 325 92/7$ '26 0,/+G(6 &20 )251(&('25(6 $ $'0,1,675$ A@2 '( $5&,$ (63(5$ )257$/(&(5 2 &$,:$ &20 2 5(),1$1&,$0(172 '( 'D9,'$6 $ 5(&(%(5 '( &2175, %8,17(6 ( 3$*$5 $6 &217$6 1',9,'$'$ 48$/ $ )217( 3$5$ $6 2%5$6 '$ 35()(,785$ '( 2,?1,$ ( 48( 32'(5,$0 ,19(57(5 $ ,0$*(0 '( $8/2 $5&,$ 35()(,72 &217$ &20 5(&85626 3$5$ &216758A@2 325 0(,2 '( ),1$1&,$0(1726 '2 *29(512 )('(5$/ ( 3(/$ 9(1'$ '( =5($6 3H%/,&$6 25 (:(03/2 $ &216 758A@2 '2 " 86 $3,'

"5$)),& 12 (,:2 1257( 68/ 0,/+G(6 -= )2, *$5$17,'2 $ 0(60$ )217( 6$,5@2 26 5(&85626 3$5$ (17526 81,&,3$,6 '( '8&$A@2 1)$17,/ 3$5$ +263,7$,6 ( 3$5$ $6)$/7$0(172 352-(72 $&$0%,5$ 1,&816 7$0%B0 7(0 ),1$1&,$0(172 8$/ $ *$5$17,$ '( 48( 26 ,19(67,0(1726 32'(5@2 $-8'$5 $ ,19(57(5 3$5$ 2 /$'2 326,7,92 $ ,0$*(0 '( $8/2 $5&,$ $17(6 '$6 (/(,AG(6 ( $-8'$5 6(86 $/,$'26 @2 += 1(1+8 0$ 6 ,19(67,0(1726 35(&,6$0 '( /21*2 35$;2 &5(1A$ '( $66(6625(6 '2 35()(,72 1$ ,19(56@2 '( 68$ ,0$*(0 35(&, 6$ '( 683257( 1$ (),&,C1&,$ ( 1$ &2175$7$A@2 ( (:(&8A@2 '$6 2%5$6 @2 B $/*2 6,03/(6 0$6 B 80 &$0,1+2


"

Gabriela Guimarães

L

evantamento divulgado pelo portal da revista Exame, em dezembro passado, apresenta um ranking das 25 cidades que tiveram um boom populacional em todo o País, entre os anos de 2003 e 2013. Ao longo destes 10 anos, o destaque ficou para os municípios de médio porte, que apresentaram um ritmo mais acelerado de crescimento do que as grandes metrópoles brasileiras. Rio Verde está na lista, ao passar de 124.753 habitantes em 2003 para 197.048 neste último ano, sendo um crescimento de 57%. Ainda, naquele ano, a cidade era a 189ª mais populosa do Brasil, passando em 2013 para a 146ª posição. Diante do cenário de crescimento apresentado pelo município, vale aqui destacar também a valorização dos imóveis em Rio Verde, selecionando os seis últimos anos, a se considerar de 2008 para cá. Assim, conforme um estudo feito pelo economista Mauricio Faganelo, os resultados apontam que hoje não existe na cidade lotes por menos de R$ 30 mil. “As principais áreas de valorização em Rio Verde se encontram atualmente nas zonas Oeste

e Noroeste da cidade”, pontua o economista. Para quem pensa em investir na cidade, as boas estatísticas apontam valorização dos imóveis superior aos preços praticados na capital. “Por aqui eles estão cerca de 30% mais caro do que em Goiânia, sendo um bom dado a ser avaliado pelos investidores”, acrescenta Faganelo. Outro dado que, segundo o economista, soma pontos para Rio Verde é o crescimento da população considerada como a decisora dos gastos. Assim, apreciando as participações porcentuais da faixa etária entre 30 e 60 anos, ela representava apenas 48,8% da população há 30 anos. Hoje, esse número é superior aos 67,9% dos rio-verdenses. De 1999 até o ano de 2010, a economia rio-verdense teve um crescimento de 14,6% anual e o Produto Interno Bruto (PIB) per capita triplicou. “Isso sem contar a liderança estadual no PIB do agronegócio goiano, que por mais de 10 anos consecutivos foi comandado por Rio Verde, que por diversas vezes apresentou liderança também no ranking nacional deste setor de tão relevante importância econômica”, opina Faganelo. O desenvolvimento industrial do município é outro agregador, destaca Faganelo.

Principalmente no segmento do agronegócio, os números da industrialização permitiram a vinda de importantes empresas para Rio Verde, a exemplo da BR Foods, antiga Perdigão. “Mais indústrias se instalaram na região, por enxergarem o potencial produtivo do Sudoeste goiano, que conta com profissionais e utiliza tecnologias de ponta, voltadas para as agroindústrias.” Questionado sobre os períodos de maré baixa para o agronegócio, o que traz impactos significativos para a economia da cidade, Faganelo acredita que o setor de serviços também tem bastante força, sustentando Rio Verde em momentos de dificuldades no agronegócio. “Foi o consumo interno que fez com que a queda da indústria e da agropecuária, a exemplo de 2010, não prejudicasse a economia rio-verdense no resultado agregado”, explica. Com base nisso, ele acredita que para os próximos anos a tendência é de uma evolução ainda mais forte neste setor. Os investimentos em infraestrutura na região - como o projeto de melhoria do Aeroporto General Leite de Castro, assim como a construção da Ferrovia Norte-Sul, a duplicação da BR-060, reforma da malha rodoviária estadual e outros - são impulsionados

"

pelos indicadores de crescimento de Rio Verde. “A balança comercial do município foi beneficiada pela alta das commodities agrícolas e seus subprodutos”, acrescenta. No ano de 2012, a exportação e o saldo da balança comercial mais que duplicaram. De acordo com dados apresentados pelo economista, das 10 maiores empresas do agronegócio brasileiro, nove possuem escritório ou representação comercial em Rio Verde.

! $#

#

!

Áreas de influência Segundo aponta o economista Mauricio Faganelo, os bons índices econômicos do município de Rio Verde sofrem influência também nos municípios compreendidos em um raio de até 150 quilômetros. Isso a se considerar a grande quantidade de pessoas que se deslocam diariamente à cidade em busca de tratamento na área da saúde; educação, já que pessoas

de Santa Helena, Quirinópolis e Montividiu, por exemplo, se deslocam todos os dias para Rio Verde. “Podemos considerar que vivemos na principal cidade do Sul e Sudoeste goiano, região que agrega mais de 600 mil pessoas. Só para se ter uma ideia, Rio Verde conta com um fluxo de aproximadamente 10 mil pessoas de outras cidades que utilizam nossos equipamentos urbanos”, afirma.


2014 05 11 sudoeste