Issuu on Google+

»

CLÁSSICO ABC X AMÉRICA VALE PELA RIVALIDADE E POR TABU • ESPORTES 4

Ano 63 • Número 080 • Quarta-feira, 26 de junho de 2013

FUNDADOR: ALUÍZIO ALVES - 1921 - 2006

ANDRÉ LUIZ MELLO/O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO

JUSTIÇA FEDERAL DETERMINA QUE MANIFESTAÇÃO FIQUE LONGE

O DONO DA CASA

A Justiça Federal proibiu que haja manifestações na área de segurança determinada pela Fifa, em torno do Estádio Mineirão. « ESPORTES 2 »

Jogando no Estádio Mineirão, o atacante Fred defenderá a Seleção Brasileira e contará com apoio da família, por ser natural de Minas Gerais, no duelo contra o Uruguai, a partir das 16h (Brasília) valendo vaga na semifinal da Copa das Confederações. « ESPORTES 1 E 2 »

Rádio Globo Natal 1245 - Boletim da Copa 1300 - Rádio Globo F.C. 1600 - Brasil x Uruguai 1800 - Balanço Final 16 horas - Copa das Confederações: Brasil x Uruguai; Globo, Bandeirantes e SporTV

faltam

351

DIAS PARA A COPA

« RECUO »

« PEC 37 »

Câmara mantém poder de investigação do MP « VOTAÇÃO » A Câmara Federal rejeitou o Projeto de Emenda Constitucional 37/2011, que restringia o poder de investigação do Ministério Público. Foram 430 votos contrários ao projeto, nove a favor e duas abstenções. A PEC 37 era um dos principais alvos da insatisfação popular durante os recentes protestos no Brasil. Às 23h de ontem, os deputados ainda discutiam o direcionamento dos royalties do petróleo para a Educação. « PÁGINA 5 » MAGNUS NASCIMENTO

Governo descarta Constituinte, mas reafirma proposta de plebiscito A presidenta Dilma Rousseff recuou, ontem, da proposta de fazer a convocação de uma Constituinte para a reforma política. A proposta foi alvo de críticas generalizadas entre políticos, lideranças de entidades civis e no meio Judiciário. O plebiscito será sobre pontos específicos do projeto de reforma.« PÁGINAS 3 E 4 »

« INFRAESTRUTURA » Queiroz Galvão desiste de obras para os acessos ao aeroporto Demétrio Torres disse que não houve acordo para o pagamento dos 10% a mais que a construtora pedia sobre o valor inicial (R$ 70 milhões). A EIT, segunda colocada na licitação, vai assumir a obra de acessos ao novo aeroporto. « PÁGINA 6 »

« DESEMBARGADOR » Lista tríplice será escolhida hoje pelo Pleno do TJRN

A guarda, a sem-teto e a reforma parada As secretarias municipais envolvidas com a recuperação do viaduto e canal do Baldo não se entendem sobre a remoção de sem-tetos que ocupam a área e impedem o início das obras. Ontem, com a presença da Guarda Municipal, apenas um casal permaneceu no local. O viaduto está interditado há nove meses, a ordem de serviço para a recuperação foi assinada no último dia 10, mas as obras não começaram. « NATAL 4 »

Quatro meses após a eleição que foi anulada pelo CNJ, o Pleno do TJRN se reúne para escolher – agora com voto aberto e justificado – os nomes que formarão a lista tríplice, de onde sairá o novo desembargador da Corte de Justiça potiguar. « NATAL 1 E 2 »

RODRIGO SENA

viver

geral

natal

natal

RN quer ampliar Pontos de Cultura

Confronto deixa 10 mortos no Rio de Janeiro

Sem a devida reforma, Ceduc volta a funcionar

DER faz ajustes na tarifas intermunicipais

Com 43 Pontos de Cultura em atividade, o RN recebe o Teia 2014, evento nacional que atrai 5 mil projetos da chamada economia criativa. « VIVER 1 »

Pelo menos dez pessoas morreram e cinco foram baleadas em confrontos entre policiais militares e traficantes de drogas no Complexo da Maré no RJ.« PÁGINA 8 »

O prédio do Ceduc Nazaré volta a funcionar hoje, acolhendo 12 jovens infratores. Reforma necessária não tem data para ser executada. « NATAL 3 »

O DER/RN fixou novos valores para as passagens intermunicipais. Houve redução e a maioria voltou ao valor de antes do aumento. « NATAL 4 »

40

TOTAL DE PÁGINAS DESTA EDIÇÃO: páginas

FALE CONOSCO: PABX: Redação:

Assinaturas: 4006-6100 Venda avulsa: 4006-6113 Comercial:

4006-6111 Classificados: 4006-6103 Circulação: 4006-6173 Reclamações:

4006-6161 4006-6103 4006-6111

SITE: www.tribunadonorte.com.br REDAÇÃO (pauta): pauta@tribunadonorte.com.br

NO FACEBOOK

facebook.com/tribunarn

NO TWITTER

@tribunadonorte

PREÇO DESTA EDIÇÃO:

R$ 1,50


2

Natal - Rio Grande do Norte Quarta-feira, 26 de junho de 2013

Jornal de WM WODEN MADRUGA [ woden@terra.com.br ]

A reforma errada Pelo que se ouve e se lê por estas ruas e esplanadas, a presidente Dilma Rousseff teria pisado na bola quando propôs, solenemente e sem emoção (a dicção cada vez mais burocrática), uma reforma política através de mudança na Constituição. A reação contrária não veio apenas das calçadas. Está expressa na opinião de lideranças politicais (inclusive da base de apoio do governo), de juristas, entre eles alguns constitucionalistas, magistrados e analistas políticos também. Há quase uma unanimidade. Pra começo de conversa, pego o que falou o ex-ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal, Carlos Velloso, que classificou a proposta da presidente da República (realizar um plebiscito que levaria a uma assembleia constituinte) como “uma forma de distrair o povo que está nas ruas”. Disse mais o ministro: - Não há necessidade de convocar uma assembleia constituinte. Não existe assembleia legislativa constituinte limitada a discutir uma ou outra questão. Para fazer a reforma, basta que a presidente Dilma apresente propostas de emenda e de leis ordinárias e complementares. - Dizer que o Congresso está discutindo (as propostas) e não decide é contradição. A competência para convocar plebiscito é do Congresso. Se ele é capaz de atender ao pedido da presidente para convocar plebiscito, também é capaz de votar as emendas ou leis ordinárias ou complementares necessárias à realização da reforma política. O ministro Carlos Veloso acrescentou ainda: “O povo quer que se coloque fim à gastança. Se a presidente da República quisesse realmente reduzir despesas, bastaria que propusesse a extinção de pelo menos metade dos ministérios”. O jornal O Estado de S. Paulo deu manchete: “Proposta de plebiscito é mal recebida no STF e no Congresso.” Diz mais: “Ministros do Supremo Tribunal Federal afirmam que a convocação de constituinte exclusiva seria um ‘golpe’ contra a Carta em vigor. A proposta foi recebida com perplexidade pelos oposicionistas.” A notícia também destaca: “Na base aliada líderes manifestaram apoio, mas reconheceram confu-

são na proposta”. O analista político Merval Pereira, que também é membro da Academia Brasileira de Letras, começa sua coluna de O Globo assim: “A presidente Dilma está tentando aproveitar-se de um momento delicado das relações partidárias com a opinião pública para passar por cima do Congresso, tão desprezado pelas vozes das ruas, e assumir uma proposta de Constituinte exclusiva para reforma política que não é nova e, sendo lançada pelo Executivo, cria um clima de suspeição.” Fernando Rodrigues, da Folha de S. Paulo, escreveu: - Para a reforma política, Dilma propõe um curioso “plebiscito popular” (possível confusão com “iniciativa popular”) e um “processo constituinte específico”. Há, aí, pelo menos, duas interpretações possíveis. Numa delas o Congresso teria poderes para alterar de forma facilitada certos itens da Carta. A outra possibilidade desse processo “específico” é que pessoas seriam eleitas com o fim “específico” de reescrever o sistema político – depois voltariam para a casa. - É ínfima a chance de o Congresso aprovar uma emenda constitucional concedendo a estranhos o poder de reescrever o sistema político. Os congressistas acham arriscado dar a alguém de fora do seu universo o direito de definir como serão as eleições futuras.

da desta terça. Concluiu-se que as providências adotadas por Dilma não devem estancar a crise. Josias nomina as presenças ilustres do partido no palácio de Temer: “Havia gente graúda no Jaburu. Por exemplo: Renan Calheiros e Henrique Alves, presidentes do Senado e da Câmara; José Sarney, ex-inquilino do Planalto; Eunício Oliveira e Eduardo Cunha, líderes do partido no Senado e na Câmara; Roseana Sarney, filha de raposa e governadora do Maranhão; Moreira Franco, ministro da Aviação Civil...”

Moda antiga Vou lendo o artigo de Dora Kramer, no Estadão: - A presidente Dilma Rousseff convocou uma grande reunião com governadores e prefeitos e propôs a discussão de “cinco pactos” que poderiam ser vistos como itens de uma boa carta de intenções, caso as soluções não estivessem nas mãos de um grupo que há dez anos ocupa o poder. - O que se viu foi a tentativa de tratar um problema novo à moda antiga, com a enferrujada ferramenta do gesto de impacto. - Quanto à reforma política, foi a presidente Dilma em pessoa quem avisou logo no início de seu mandato que deixaria de lado toda e qualquer reforma. Agora propõe um plebiscito que por ora tem jeito de factoide: assume o papel de protagonista do debate com vistas a deixar a questão de gestão governamental em segundo plano.

Um rio que passa Sugiro ao distinto público que não deixe de ler o artigo de Arnaldo Jabor, “Um rio que passou em nossa vida”, publicado no Estadão de ontem. É sobre o clamor das ruas ocupadas pela juventude brasileira, aqui e acolá numa esquina acolhedora, um setentão e tanto como este remador aposentado. Começa assim: - À primeira vista, essas manifestações pareciam uma provocação anárquica, sem rumo. Muitos acharam isso, inclusive eu. Nós temos democracia desde 1985; mas ‘democracia’ tem de ser aperfeiçoada, senão, decai. Entre nós tudo acabou em pizza, diante da paralisia dos três poderes. O Brasil precisa ser desabitado. De repente, reapareceu o povo. Parecia um mar.

No Mineirão Com ponto facultativo (é a nova faceta demagógica do governo) ou não, vamos torcer hoje à tarde pela seleção de Felipão. Precisamos nos vingar da Copa de 50. Hoje é dia de Hulk fazer o seu gol.

Empresa Jornalística Tribuna do Norte Av. Tavares de Lira, 101 - Ribeira - Natal/RN CEP: 59010-200 Fone: (PABX) 4006-6100 Fax: (0xx84) 4006-6124 Endereço eletrônico: www.tribunadonorte.com.br

Fechando as ruas para abrir caminhos TICIANO DUARTE jornalista

N

a última segunda-feira a presidente Dilma Roussef reunida com governadores e prefeitos das capitais, após ouvir algumas lideranças das manifestações populares que eclodiram recentemente em quase todas as capitais brasileiras, anunciou medidas urgentes em setores públicos carentes, como saúde, educação, transportes urbanos, outros serviços essenciais e como resposta à indignação coletiva aos políticos e partidos, propôs um plebiscito para referendar uma constituinte específica destinada a discutir e aprovar a reforma política. Os juristas e constitucionalistas divergem com relação à competência para tal objetivo. Somente o Congresso teria poderes para assim proceder, da iniciativa da medida que a presidente pretende oficializar, em meio à pressão popular e os pro-

Brum

testos que se repetem todos os dias, nas mais diversas regiões do país, contra o atual estado de coisas, uma indignação geral contra a corrupção, a impunidade e os gastos públicos de péssima qualidade. O impressionante neste país, é que todas as obras públicas, com raríssimas exceções são superfaturadas. E o exemplo mais recente e gritante é o da construção dos estádios modernos e suntuosos para a realização da Copa de 2014. Aliás, é uma cultura que vem de longo tempo, a do superfaturamento que beneficia empreiteiros associados a políticos e gestores públicos. Os protestos nas grandes cidades brasileiras, nestes últimos setes dias que passaram, foram os maiores de toda a nossa história, superando as concentrações das Diretas Já. Os cartazes e as palavras de ordem gritadas pelo povo mostraram que a insatisfação é muito mais profunda e generalizada, como inter-

pretou a revista “Veja”, na sua última edição, de uma profundidade do que qualquer um poderia prever, surpreendendo não só o governo, mas os partidos de esquerda que se consideravam os únicos capazes de levar grande número de manifestantes às ruas. Lideranças esquerdistas que se consideravam donos dessas manifestações populares, manipulando o povão, levando-o às ruas. Agora, a esquerda está sabendo que as ruas pertencem aos brasileiros que não se sentem representados por legendas partidárias e que obrigaram os militantes do PT, do PSOL e outras agremiações a baixar suas bandeiras, afastando-os da participação dos protestos. Pela televisão é possível distinguir as pessoas que se destacam nas movimentações, conduzindo cartazes, palavras de críticas ao sistema carcomido, à corrupção, à impunidade dominante. São jovens os que li-

Diretor Presidente: Henrique Eduardo Alves Superintendente: José Roberto Cavalcanti Diretor Adm. e Operações: Ricardo Luiz de V. Alves Diretor Financeiro: Agnelo Alves Filho Diretor de Redação: Carlos Peixoto cpeditor@tribunadonorte.com.br Gerente Comercial: Eliane Rocha Gerente de Marketing: Andréia Barandas Gerente de Circulação: Thales Vilar

deram as movimentações, a juventude corajosa e desassombrada, carregada de entusiasmo e de civismo, pedindo mudanças. Em 1945, quando a polícia na ditadura getuliana, assassinou, em Recife, em plena praça pública o líder estudantil, Demócrito de Souza Filho, outro estudante, o seridoense José Gonçalves de Medeiros, pronunciou um discurso histórico à beira do túmulo do pernambucano. Vale a pena recordar um dos seus trechos: “Acusaremos os verdugos da nossa geração e não aceitaremos os postulados mentirosos de suas falsas liberdades...E a força da mocidade ninguém vence! Podem chacinar, podem metralhar e encarcerar. Nenhum artifício humano, porém, afoga e domina a revolta de uma geração ofendida”. Grande José Gonçalves de Medeiros, saudades de sua presença inteligente, do seu destemor, de sua brasilidade.

Cartas

[ www.rabiscosdobrum.zip.net ]

Intermunicipais Que palhaçada é essa do DER? Parnamirimbaixouapenas10centavos nas linhas C e L. Seria melhor não falar nada para população não ficar mais revoltada ainda. alexandra_katarina@hotmail.com

Aeroporto

Semana Bartolomeu na UFRN

PMDB desconfiado Josias de Souza, em seu blogue do Uol-Folha, afirma que a “Cúpula do PMDB recebe mal a tática de Dilma”. É o título do seu comentário, que começa assim: - Na noite passada, enquanto Dilma Rousseff degustava no Alvorada a sensação do dever cumprido, respirava-se no palácio vizinho, o Jaburu, uma atmosfera de pessimismo. Terminado o encontro da presidente com governadores e prefeitos, Michel Temer reuniu em sua residência oficial a cúpula do PMDB. A conversa foi esticada até o início da madruga-

opinião

NELSON PATRIOTA jornalista

D

esde a última quarta-feira até meados desta semana, toda a obra literária de Bartolomeu Correia de Melo está em exibição na Cooperativa do Campus Universitário da UFRN, dentro das comemorações do segundo ano de falecimento desse escritor, evento que mereceu, por essa razão, a denominação de Semana Bartolomeu Correia de Melo. Para oficializar a celebração, a professora Verônica Melo, viúva do escritor, autografou o livro “Musa Cafuza”, recém-lançado pela Editora Bagaço, reunindo toda a poesia que Bartola foi produzindo a conta-gotas ao longo de mais de três décadas, em contraponto a sua prosa caudalosa e vibrante que lhe ocupou as horas de ócio de que dispôs numa existência devotada ao magistério na área da química. Falta agora, para fechar a Coleção Bartolomeu Correia de Melo, o livro “Rosa Verde Amarelou”, enfeixando toda a sua produção na área do conto, vale dizer, “Tempo de Estórias”, “Estórias Quase Cruas” e “Lugar de Estórias”, enriquecido ainda de parte de sua fortuna crítica. Em fase adiantada de realização, a obra deverá ser lançada ainda este ano, o que ensejará certamente nova comemoração entre seus muitos leitores daqui e de outras localidades. Um público pequeno mas representativo de instituições culturais como a Academia Norterio-grandense de Letras, a

Classificados Redação Fax Venda Avulsa Assinatura Natal Reclamações Natal ASSINATURA Mensal (à vista) Semestral (à vista) Anual (à vista)

4006-6161 4006-6113 4006-6124 4006-6100 4006-6111 4006-6111 R$ 43,00 R$ 258,00 R$ 516,00

UBE/RN e o Conselho Estadual de Cultura prestigiou a abertura da Semana Bartolomeu Correia de Melo na manhã da última quarta-feira, na Cooperativa do Campus da UFRN. Por essa razão, constituiu motivo de grande perplexidade por parte dos organizadores da Semana – leia-se a própria Cooperativa Universitária e UBE/RN –, a ausência de professores e alunos dos cursos de Letras, Jornalismo e áreas afins. Até porque foram distribuídos cerca de 600 convites impressos, e outros tantos eletrônicos para as instancias acadêmicas da UFRN. Não custa lembrar ainda que Bartola foi durante toda a sua vida útil professor do Departamento de Química da UFRN e, por alguns poucos anos, presidente da Cooperativa que agora o homenageava. Sabemos que a rotina de um professor universitário é sobrecarregada por diversas tarefas extraclasse, e encaixar nessa agenda uma tarefa suplementar não deve ser fácil. A total ausência de alunos e professores que têm na literatura uma de suas atividades-alvo é, no entanto, incompreensível. Sobretudo em se tratando de um evento cercado de um grande atrativo, isto é, o lançamento de um livro inédito de um escritor que vem despertando admiração e elogios entre leitores de todo o país. À academia não interessa o novo? Não o cremos, porque nunca cessa a descoberta de novos autores nas pesquisas acadêmicas. Seria então a cor local que passa ao largo da vida uni-

PREÇO DO EXEMPLAR Rio Grande do Norte 3ª a Sábado Domingo Outro Estado 3ª a Sábado Domingo

versitária? Talvez que seja esse o caso, e a razão deve ser que seus professores têm dificuldades em se atualizar com a matéria-prima de que tratam, embora o mesmo não aconteça quando se trata da adoção de novas teorias. O que nos faz lembrar um comentário do poeta pernambucano Marcus Accioly: “Os professores de Letras não gostam de literatura, gostam de teorias”. Ou talvez por que não tenham tempo para ler os autores que discutem, absortos que vivem em intrincadas teorias na busca de explicar a obra literária. Mas isso é só parte do problema. A outra é certa postura “high profile” assumida por alguns no que toca aos autores locais. Pensemos na longa demora que retardou o reconhecimento da importante obra de Luís da Câmara Cascudo, hoje, por louvável ironia, nome de um núcleo de estudos acadêmicos na UFRN. Enfim, a academia é lenta, como toda instituição complexa. Não achamos que esse seja um defeito insanável. O que sucedeu com Cascudo – sua canonização – poderá suceder a Bartolomeu Correia de Melo, não obstante as diferenças que separam esses dois autores: um ficcionista, o outro historiador. Mas para tanto é indispensável uma mudança de postura por parte daqueles que trabalham com as criações do espírito em âmbito universitário. Do contrário, ficarão sempre defasados quanto ao novo, o que é, convenhamos, extremamente antiacadêmico.

Com a desativação do AeroportoAugustoSevero,muitasdúvidas pairam sobre o futuro incerto das instalações ali existentes. Muitas ideias têm surgido, algumas boas, outras nem tanto, mas uma me chamou a atenção. Trata-se da adequaçãodasinstalaçõesdoaeroportoparaacriaçãodeumaEstação Ferro-rodoviária - intermodal, que seria um complexo de transportes terrestresdaRegiãoMetropolitana de Natal que atenderia a uma demanda reprimida de melhoramentodascondiçõesdetransporte coletivo com o incremento de trens eVLTs,inegavelmentenecessários aodesenvolvimentodascidadesdo entorno.Alémdomais,ocomplexo, diante da grandeza e da posição privilegiada, agregaria equipamentos públicos como centro de convenções, teatros, cinemas e um complexo empresarial. Vejo com muitootimismoestaalternativaque surge para Parnamirim, cidade de importância ímpar na história do RN, do Brasil e do mundo, que poderá alçar novos voos, mais intrépidos e audazes! carlosbezerra_pmrn@yahoo.com.br

Hospitais Seoatendimentobásicodesaúde funcionasse, tá bom das autoridades fazer uma cartilha para ensinar a doença a se manisfestar só quandotiver atendimentoouosatuais gestores pedirem para sair por incompetência. Já que não podem administrar com o dinheiro que têm,peçamparasairosecretáriode Saúde e a nossa governadora. laerte.slpa@yahoo.com.br

Hospitais 2 AchoquenocasodoGiseldaTrigueiro, mesmooatendimentosendodeproblemassimplesédeextrema necessidade, pois já vi pessoas com uma simples infecção intestinalchegarempertodamorteeosocorro veio do Giselda Trigueiro. Isso acontece também com gripes, resfriados, e etc. Tirar o pouco que o“povo”tem,écovardiacontraasociedade em geral. otonielfelipe@bol.com.br Cartas para esta coluna deverão ter no máximo 40 linhas para cada leitor e endereçadas para a seção Coluna do Leitor - Fone: 4006-6100 FAX: 4006-61224 - Redação/Tribuna do Norte. Email - tribuna@digizap.com.br

FILIADO AO

R$ 1,50 R$ 2,50

FILIADO AO INSTITUTO VERIFICADOR DE CIRCULAÇÃO

R$ 2,00 R$ 3,20

REPRESENTANTE NACIONAL – Pereira de Souza & Cia Ltda: Rio de Janeiro : (O21)2544-3070 – São Paulo: (011) 3259-6111

FILIADO À ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JORNAIS

REDE CABUGI DE COMUNICAÇÃO TRIBUNA DO NORTE 4006-6100 Rádio Globo/Cabugi (AM) Natal 4006-6180 104 (FM) Parnamirim 3272-3737 Rádio Difusora de Mossoró (AM) 3316-3181/2181/3317-6167 Rádio Cabugi do Seridó (AM) J. do Seridó 3472-2759 Rádio Baixa Verde (AM)J. Câmara 3262-2498 Pereira de Souza(SP) 11/3259-6111 Pereira de Souza(RJ) 21/2544-3070


política

3

Constituinte está descartada e plebiscito será sobre reforma

Notas & Comentários [ colunanotas@tribunadonorte.com.br ]

Pacto na agenda

« RESPOSTA ÀS RUAS » Consulta popular deve perguntar sobre aspectos

A governadora Rosalba Ciarlini (DEM) afirmou ontem que considera imprescindível a inclusão nos pactos apresentados pela presidenta Dilma Rousseff a revisão do pacto federativo. Para Rosalba, sem essa revisão do modelo atual do pacto federativo, Estados e municípios vão continuar com dificuldades para realizar investimentos e manter o custeio da máquina. “A divisão dos recursos federais, como é feita atualmente, é de uma desigualdade muito grande”, disse Rosalba. Ela disse que “com Estados e municípios recebendo cada vez menos, em contrapartida, as responsabilidades desses entes federativos só aumentam”. Rosalba também defende prioridade no custeio da saúde e “um pacto para a segurança pública, sem isso fica difícil responder à voz das ruas”.

Desconversa sobre candidatura O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Joaquim Barbosa, avaliou ser “excelente” para “a vida pessoal e para a história” a pesquisa Datafolha, realizada na semana passada, na qual ele aparece como o preferido de manifestantes para a sucessão presidencial. No entanto, advertiu: “Não tenho a menor vontade de me lançar can-

Natal • Rio Grande do Norte Quarta-feira, 26 de junho de 2013

didato a presidente.” Ele lembrou ainda que já tem quase 41 anos de vida pública. “Está chegando a hora. Chega”. Barbosa defendeu, ontem, “diminuir ou mitigar” o peso dos partidos na vida política do país. “Não se faz reforma política consistente sem alteração da Constituição”, afirmou Barbosa, que se disse favorável ao voto distrital.

Votação da concorrência Os líderes das bancadas dos partidos na Câmara Municipal farão uma reunião hoje para definir o cronograma de votação do projeto de lei que autoriza a Licitação dos Transportes Públicos. A reunião foi convocada pelo vereador Júlio Protásio (PSB), líder do prefeito, que pediu atenção dos vereadores à pauta antes do recesso legislativo. “Quero consultar todos os líderes, mas acredito que a Câmara não pode nem deve engavetar um projeto importantíssimo para a cidade. Não podemos entrar em recesso legislativo sem antes analisar essa lei”, disse. VALTER CAMPANATO

polêmicos e específicos das propostas para mudar a legislação eleitoral

V

inte e quatro horas após sugerir uma Assembleia Constituinte específica para votar a reforma política, em reunião com 27 governadores e 26 prefeitos, a presidente Dilma Rousseff foi obrigada a recuar. Sem apoio do vice Michel Temer e criticada até mesmo por integrantes de sua base aliada, Dilma decidiu enviar ao Congresso apenas uma mensagem propondo a convocação de um plebiscito, em 45 dias, com pontos específicos sobre como deve ser feita a reforma política, mas sem recorrer ao expediente da Constituinte. Entre os itens que devem ser submetidos ao crivo da consulta popular estão o financiamento público de campanha e o voto em lista. A decisão foi tomada após conversas com os presidentes do Supremo Tribunal Federal, do Senado e da Câmara dos Deputados. Dilma Rousseff vai se reunir nos próximos dias com líderes de partidos do governo e da oposição, do Senado e da Câmara, para discutir o processo que levará ao plebiscito e quais questões poderão fazer parte da consulta popular. Ainda nesta semana, o governo vai consultar a presidenta do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Cármen Lúcia, para confirmar o tempo necessário à preparação e realização do plebiscito.

Questionamentos Na consulta popular, os eleitores deverão responder a perguntas diretas sobre temas da reforma, como financiamento de campanha e representação política, informou o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves. “A população será consultada sobre aspectos polêmicos, pontuais e mais importantes para que se manifeste sobre eles”, disse

Passo a passo O plebiscito sobre reforma política O caminho para fazer uma consulta popular sobre as propostas para a reforma política O Congresso precisa aprovar a realização de um plebiscito para que os eleitores brasileiros respondam se são a favor ou contra pontos específicos da reforma política.

As dificuldades: Ministros do Supremo Tribunal Federal, juristas e parlamentares avaliaram que, em tese, seria inconstitucional fazer uma Constituinte para a reforma.

Uma possível saída Diante das reações, o Governo Federal recuou e fez a opção de articular com a Câmara dos Deputados e o Senado um plebiscito sobre pontos específicos da reforma política.

Henrique Eduardo, depois da reunião no Palácio do Planalto. Ficou acertado no encontro que apresidentairáencaminharaoCongresso as sugestões que considera maisrelevantesparaossistemaspolítico e eleitoral brasileiros. Após analisaraspropostaseadicionaroutras já em discussão na Câmara e no Senado, os congressistas deverão formular as perguntas que serão respondidas pelos eleitores. De acordo com a proposta, haverá uma campanha de esclarecimento feita pelo Tribunal Superior Eleitoral sobre as questões

Aprovada a realização do plebiscito, cabe ao Tribunal Superior Eleitoral organizar a votação, que precisa de um prazo. O custo para a realização da consulta popular pode variar. O último plebiscito, sobre a divisão do Pará, que envolveu apenas um Estado, custou R$ 19 milhões.

O TSE precisará regulamentar uma campanha sobre as questões que serão levadas aos eleitores.

Os pontos aprovados deverão ser votados novamente no Congresso, que deve confirmar as mudanças respaldadas no plebiscito.

em discussão. “Após a manifestações popular, nós traríamos o resultado para esta Casa e formularíamos o projeto de reforma política”, afirmou o presidente da Câmara, acrescentando que a regulamentação das decisões tomadas pela população poderia ser feita tanto na forma de leis quanto na forma de emendas constitucionais. Com isso, o plebiscito não será, como cogitado no dia anterior, no pronunciamento da presidenta Dilma Rousseff, sobre a convocação de uma Assembleia Cons-

EDU BARBOZA

tituinte exclusiva. A consulta ficará apenas sobre os pontos em discussão e caberia ao Congresso Nacional a votação definitiva. Mais cedo, o presidente da Câmara tinha explicado que não há viabilidade de uma Constituinte, uma vez que a Câmara rejeitaria esse iniciativa. Ainda sobre a reforma política, o deputado Henrique Alves lembrou que já desejava votar as propostas desde abril. “Agora temos que encarar esta questão. Virá uma proposta de iniciativa popular e outras entidades podem apresentar suas ideias. As propostas todas, sejam da presidente ou da sociedade civil, serão bem recebidas”, assinalou. Na reunião de líderes, ontem, na Câmara, o deputado Cândido Vaccareza (PTSP) também apresentou relatório de minirreforma eleitoral, que pode ser votado já no dia 9. A deputada Fátima Bezerra, do PT, ainda defendeu, ontem, a convocação de uma Constituinte. Ela opinou que “se depender do Congresso, não será dado um passo para a reforma política”. “Cabe a esta Casa acordar e fazer seu dever de casa, rejeitando a PEC 37 e aprovando os royalties para educação e o Plano Nacional de Educação”, disse Fátima Bezerra. Os parlamentares de oposição repudiaram a ideia da de uma Constituinte para tratar da reforma política. A proposta, segundo o presidente dos Democratas, senador José Agripino, “não passa de uma jogada de marketing que dará uma falsa sensação ao povo de que ele está participando de algo”. O deputado Felipe Maia (DEM) criticou o que apontou como despreparo no anúncio da presidenta. “Esta matéria é inconstitucional, conforme opinião majoritária dos ministros do STF”, comentou. JOÃO MARIA ALVES

Testemunho de Delfim O economista e ex-ministro da Fazenda Delfim Netto negou ontem ter conhecimento de qualquer esquema de financiamento dos órgãos da repressão por empresários, nos anos da Ditadura Militar. Em depoimento perante a Comissão da Verdade, o ex-ministro também disse que não sabia que dissidentes políticos eram submetidos a torturas em instituições policiais e militares. Delfim dirigiu o Ministério da Fazenda entre 1964 e 1967. Em dezembro de 1968 foi um dos signatários do Ato Institucional 5, que restringiu ainda mais as liberdades democráticas no país e causou o recrudescimento das perseguições políticas.

Dilma Rousseff recua na proposta de Constituinte exclusiva

Henrique Eduardo anuncia que consulta será sobre reforma JOÃO MARIA ALVES

JÚNIOR SANTOS

Autorização para concessão O projeto que vai regulamentar a organização dos Serviços Públicos de Transportes Coletivos de Passageiros em Natal, autoriza a Prefeitura fazer a concessão para a prestação desses serviços. “Precisamos agendar datas para realizar au-

diências públicas com trabalhadores, estudantes, empresários e Governo, para que todos possam dizer o que pensam sobre a licitação e, dessa maneira, a Câmara Municipal de Natal chegar a um senso comum”, afirmou o líder do prefeito.

Sugestão aos manifestantes O deputado estadual Tomba Farias (PSB) tomou a iniciativa de sugerir aos manifestantes mais um item nas reivindicações que eles apresentam nas ruas. Ele pediu que “os movimentos sociais reivindiquem ao Governo Federal o perdão das dívidas dos agricultores nordestinos”.

Paralisação O Sindicato dos Servidores Públicos da Administração Indireta do Rio Grande do Norte (Sinai-RN) fará uma “ato público” hoje, no Centro Administrativo. A intenção é pressionar a Secretaria de Agricultura para negociar reajuste para os servidores.

Precatórios adiados Em reunião com representantes dos Tribunais de Justiça e Regional do Trabalho, o secretário de Planejamento e das Finanças, Obery Rodrigues, afirmou que não há data para a transferência do dinheiro necessário ao

pagamento dos precatórios do Estado. Segundo Obery, o Estado passa por crises financeiras e será necessário avaliar a partir de qual momento será possível efetuar a transferência para a conta do Setor de Precatórios do TJRN.

Fátima Bezerra defende o pronunciamento da presidenta

Felipe Maia aponta o que considera despreparo do Governo

OAB-RN critica a proposta de “cinco pactos” O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil no Rio Grande do Norte (OAB/RN), Sérgio Freire, afirmouqueoscincopactospropostos pela presidenta Dilma Rousseff nãosugeremnenhumanovidade.E observou que os projetos assinalados pela petista já estão tramitando no Congresso Nacional e sendo cobradospelaOAB/RNhátempos. Ele assinalou também que o plebiscito sugerido pela presidenta não pode prosperar por essa é uma tarefa dos deputados federais e senadores. Além disso, frisou ele, o que falta para as melhorias e a efetivação das propostas é vontade política do pró-

prio executivo. “Ali não foi apresentado nada de novo, a não ser renovado o que já se tem no dia a dia. Nós temos projetos de reforma tributária, trabalhista, do código penal, do código de processo civil, do código de processo penal, o que falta é vontade do executivo federal no sentido de fazer valer esses projetos. Porque quando é do interesse do executivo, ele vai lá pra dentro acontece e há a votação”, criticou. O ex-presidente da OAB/RN, atualmente no Conselho Nacional de Justiça (CNJ), Paulo Eduardo Teixeira, destacou por

outro lado que não se pode responsabilizar apenas um Poder. Para ele, o executivo deve exercer o seu papel assim como o legislativo, para que se possa promover as ações necessárias. “Que realizem as reformas e façam com que o Brasil possa caminhar pra frente e não permanecer na inércia”. Segundo Paulo Eduardo, os representantes políticos da população devem estar atentos às reivindicações e à nova etapa que o país está vivendo. “É o momento onde as pessoas estão começando a ter o início de conscientização política, não no sen-

tido de política partidária, mas de conhecer e reivindicar os seus direitos. Isso é bastante positivo”, ressaltou. O conselheiro assinalou também que os governantes precisam “dar respostas que possam ser executadas e não promessas que não vão ser executadas”. “Se tiverem o objetivo apenas de calar o movimento por um momento, mas sem efetividade isso é muito perigoso. Então é importante que eles estejam atentos a essas proposições para termos a partir de agora um estado voltado para políticas públicas”, finalizou.


4

Natal - Rio Grande do Norte Quarta-feira, 26 de junho de 2013

Cláudio Humberto [ ch@claudiohumberto.com.br - www.claudiohumberto.com.br]

Joaquim pede 'candidatura avulsa' O presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, continua jurando que "jamais passou pela cabeça" disputar a Presidência da República, mas defende, na reforma politica, a "candidatura avulsa", sem necessidade de filiação ao que chama de "partidos de mentirinha". Com isso, garantiu espaço entre os pré-candidatos, até porque afaga-lhe o ego a inclusão do seu nome em pesquisas de intenção de voto.

Há insatisfação generalizada em relação aos serviços públicos" Deputado Henrique Alves (PMDB-RN), presidente da Câmara, sobre as manifestações

Candidatíssimo

Ele gosta do tema

Como qualquer politico esperto, o presidente do STF nega que é candidato, mas continua, meticulosamente, comportando-se como tal.

Joaquim chefia o Poder Judiciário, mas deu mais ideias para a reforma política do que qualquer político, do voto distrital a recall de eleitos.

O Estado sou eu

Coerência

Joaquim prega "democracia direta", diminuindo o "peso dos partidos", mas não fala em reduzir o poder imperial do presidente da República.

O vice Michel Temer não esquece o que escreveu: em 2007, ele era contra a "constituinte exclusiva" para reforma política. Continua contra.

Dilma se irrita com desafio Ao listar os projetos que pretende pôr em votação, após conversar com líderes de bancada e de oposição, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), exortou a presidenta Dilma a reduzir o número de

ministérios, transferindo os respectivos recursos para saúde, educação, transporte e segurança. Madame, que sintonizava a TV Senado, ficou possessa. Sobrou para os tímpanos de quem estava por perto.

Sem retorno

Até fim do ano

No Planalto, todos acham que Dilma se precipitou, propondo plebiscito e "constituinte exclusiva", mas ninguém acredita que ela recue.

Dilma planeja ligar as turbinas e aprovar a reforma política até o fim deste ano, e usála como bandeira na disputa pela reeleição em 2014.

política

Joaquim Barbosa defende mais participação popular « RESPOSTA ÀS RUAS » Presidente do Supremo Tribunal Federal destaca que “o povo cansou de conchavos” e defende proposta para a reforma

BETO BARATA/FOTOARENA/EC

B

rasília (AE) - Na primeira declaração desde o início das manifestações de rua, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, ecoou o discurso dos manifestantes por menos partidos políticos, disse que o povo cansou de conchavos e defendeu maior participação popular nas decisões do País. Depois de se reunir com a presidenta Dilma Rousseff, no Palácio do Planalto, Barbosa defendeu a possibilidade de pessoas que não sejam filiadas a partidos poderem se candidatar, mas disse ele que não pretende disputar as eleições, apesar de pesquisas entre manifestantes indicarem que seria o candidato preferencial à Presidência da República. Pesquisa Datafolha divulgada na semana passada mostrou que ele é o preferido de 30% dos entrevistados. “Me sinto extremamente lisonjeado (com o resultado da pesquisa), apesar de não ser político e não ter feito campanha política”, disse. “Eu sei que são manifestações espontâneas de poucas camadas da população. Naquele universo não estão representados todos os extratos da população”, comentou. “Não tenho a menor vontade de me lançar candidato a presidenta da República”, afirmou. “Eu tenho quase 41 anos de vida pública. Acho que está chegando a hora. Chega”, completou. Na reforma política que ele defende, o presidente do STF incluiu a realização de recall nas eleições, podendo o eleitor insatisfeito destituir o político que

Dilma Rousseff recebe o ministro Joaquim Barbosa e conversa sobre pontos da reforma

elegeu, e propôs o modelo de eleição distrital, com o país dividido em distritos e sendo os deputados eleitos em cada uma dessas áreas menores. De acordo com Barbosa, as duas propostas aproximariam eleitor e eleito.

Sugestões Barbosa defendeu ainda a extinção da figura do suplente de senador. “Falei com a presidente do meu entendimento sobre a questão dos suplentes de senador. É uma excrescência totalmente injustificada. Temos porcentual muito elevado de senadores que não foram eleitos”, avaliou. O ministro, que vota no Rio de Janeiro, afirmou que desco-

nhece o terceiro integrante da bancada do Estado no Senado. Eduardo Lopes (PRB-RJ) é primeiro suplente e assumiu o mandato com a indicação de Marcelo Crivella para o Ministério da Pesca no governo atual. Barbosa afirmou que há “um sentimento difuso na sociedade” em favor da diminuição do peso dos partidos políticos na vida brasileira. E enfatizou que o povo deve ser chamado a se manifestar sobre a reforma política. “Temos de ter consciência de que há necessidade no Brasil de incluir o povo nas discussões sobre reforma. O Brasil está cansado de conchavos de cúpula”, afirmou. “O que se quer hoje no Brasil é o povo participando das de-

cisões”, acrescentou. Assim como Dilma, Joaquim Barbosa indicou que somente com a pressão da sociedade há chances de aprovação de uma reforma política. “Não se discutem questões elevadas de Direito de forma dissociada da realidade. E qual a realidade que temos no Brasil? Temos representantes que até hoje não demonstraram qualquer interesse em fazer reforma nesse campo. É essa falta de interesse que em parte levou a essa crise”, disse. E para promover a reforma, ele defendeu que a Constituição seja alterada. “Disse para ela (Dilma Rousseff) que não se faz reforma política consistente no Brasil sem alteração na Constituição.

NELSON JÚNIOR

ELZA FIÚZA/ABR

Complexados Traficantes cariocas aderiram aos protestos. Por hora "pacíficos" nas UPPs, mas o Movimento Pó Livre desandou no Complexo do Alemão.

Projeto fast-food Durante reunião ontem com a OAB, o vice Michel Temer defendeu que o Congresso aprove o quanto antes o projeto de lei determinando as per-

guntas e a realização do plebiscito, como período do mandato, voto obrigatório, coincidência de eleições, financiamento de campanha..

Olho gordo

Contra maré

Percebendo que sonho presidencial de Aécio Neves (PSDB-MG) continua patinando, sem sair do lugar, o velho José Serra começa a botar as mangas de fora para retomar sua própria pré-candidatura.

Apesar do pedido de manifestantes, o líder do PT, José Guimarães (CE), foi contrário ontem, durante a reunião de líderes, à votação da PEC 37, que deixa claro que investigar é papel da polícia.

Telhado de vidro Com medo de novas manifestações hoje em Brasília, os bueiros no entorno do Congresso levaram solda para não virar arma de vândalos. No protesto anterior, pedaços de ferro foram atirados nos policiais.

Poeira baixar

Deixa conosco

Com manifestações acontecendo em série no país, a cúpula do PMDB adiou para a próxima terça-feira (2) a reunião da Executiva Nacional que tratará das eleições para 2014 e da liberação de emendas.

Relator do projeto de Reforma Política, Henrique Fontana (PT-RS) defende que o plebiscito seja feito apenas se o Congresso se negar novamente a votar proposta. Ele coleta assinaturas para pedir urgência.

Os direitos dos humanos Os deputados falastrões dos Direitos Humanos não deram um pio no escândalo do líder do "acampamento" que, ameaçado até de morte, saiu das imediações do prédio do governador Sérgio Cabral (PMDB).

Olho no posto Desgastado com a pressão pela "constituinte", o presidente do PT, Rui Falcão, se recolheu, mas tem nos calcanhares o deputado Paulo Teixeira (PT-SP), em campanha pelo imposto das grandes fortunas.

Pergunta na bilheteria Dilma vai ao Maracanã, domingo (30), se o Brasil for à final da Copa das Confederações?

O Brasil dormiu como se fosse Alemanha, Itália, Espanha, Portugal, em termos de estabilidade institucional, e amanheceu parecido com a Bolívia ou a Venezuela”

O Congresso atual pode estabelecer uma pauta. Pode-se aproveitar o feriado de 7 de setembro ou o 15 de novembro para a realização de consultas à população”

GILMAR MENDES

SÉRGIO CABRAL

ministro do Supremo Tribunal Federal

governador do Rio de Janeiro

Gilmar Mendes critica a proposta de Dilma Rousseff

Sérgio Cabral defende consulta aos eleitores

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes atacou a possibilidade de uma assembleia constituinte exclusiva, como sugeriu a presidenta Dilma Rousseff. “O prestígio que o Brasil tem hoje no exterior está também associado ao progresso institucional. Por isso que eu fiquei muito infeliz ontem. O Brasil dormiu como se fosse Alemanha, Itália, Espanha, Portugal em termos de estabilidade institucional e amanheceu parecido com a Bolívia ou a Venezuela”, criticou Mendes. Apesar de classificar a crise atual como grave, Barbosa disse que a democracia brasileira

O governador Sérgio Cabral (PMDB) defendeu ontem a realização de um plebiscito sobre reforma política em que a população decida sobre pontos específicos, em vez de uma consulta sobre a convocação de uma constituinte exclusiva, como sugeriu a presidenta Dilma Rousseff. “Não precisa de uma constituinte específica. O Congresso atual pode estabelecer uma pauta. Pode-se aproveitar o (feriado de) 7 de setembro ou o 15 de novembro para a realização de consultas específicas à população”, disse Cabral em entrevista ao Grupo Estado. O governador defendeu o voto facultativo e a possibili-

não corre riscos. “O Brasil tem democracia sólida. Pode passar por turbulência sem maiores abalos. Não acredito em nada que venha a colocar em risco a democracia”, concluiu. As manifestações de rua, admitiu o presidente do Supremo, podem pressionar o tribunal para acelerar o julgamento dos recursos de réus mensalão. “Se os movimentos persistirem, acredito que vão interferir no sentido de darmos resposta rápida”, afirmou. O julgamento desses recursos está previsto para agosto. Somente depois de julgados os recursos as penas impostas aos mensaleiros começam a ser cumpridas.

dade de candidaturas avulsas, de pessoas não filiadas a partidos políticos, dois pontos que, segundo Cabral, deveriam estar no plebiscito. “A mensagem das ruas pode ser traduzida na candidatura avulsa. É um tema da ordem do dia e não acredito que comprometa os partidos políticos. Alguém vai argumentar que aventureiros poderiam lançar candidaturas avulsas. Mas também há aventureiros nos partidos. Esse tema vale uma consulta pública, assim como o voto obrigatório. O voto facultativo melhoraria demais a política brasileira”, diz o governador do Rio de Janeiro.


Natal • Rio Grande do Norte Quarta-feira, 26 de junho de 2013

especial

5

Câmara decide rejeitar a PEC 37 « RESPOSTA ÀS RUAS » Proposta de Emenda à Constituição é derrubada pelos deputados federais durante

votação com galerias tomadas por promotores de Justiça. Foram 430 votos contra e nove favoráveis ED FERREIRA/ESTADÃO CONTEÚDO

B

RASÍLIA – Com as galerias tomadas de promotores e procuradores, a Câmara dos Deputados começou a dar vazão ontem à “agenda positiva” criada para responder as manifestações que tomaram o País nas últimas semanas. Uma das matérias em tramitação no Congresso mais atacadas pelos protestos, a Proposta de Emenda à Constituição que visava limitar o poder de investigação do Ministério Público, a PEC 37, foi amplamente rejeitada ontem pelo Plenário da Casa. A PEC contou com apenas 9 votos a favor e 430 contrários. O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), chegou a anunciar que a votação ocorreria no dia 3 de julho, mas a apreciação da matéria foi antecipada para atender o “clamor das ruas”. Com a pauta de votações do dia cheia de projetos, Henrique Alves adotou uma alternativa regimental para garantir que a PEC 37 fosse apreciada e derrubada. Ao final da sessão ordinária que debatia do projeto que destina os royalties do petróleo para a educação, Henrique Alves interrompeu a votação da matéria e convocou uma sessão extraordinária para discutir exclusivamente a PEC 37. Dessa maneira evitou-se o risco de que, caso a votação dos royalties avançasse madrugada adentro, a apreciação da PEC 37 fosse prejudicada por falta de quórum. Para tentar alcançar um texto de acordo no tema polêmico, foi constituído um grupo de trabalho coordenado pelo Ministério da Justiça e que contou com a participação de parlamentares, delegados e procuradores. Mas não houve consenso. Ao iniciar a sessão para debater a PEC, Alves disse que a Casa trabalhou por um acordo entre as duas corporações. “O povo brasileiro, que quer cada vez mais o combate à corrupção e à impunidade, gostaria de o MP e os delegados unidos”, declarou. “Tentamos de todas as maneiras e demos um prazo até ontem (anteontem) para que esse acordo fosse produzido e não tivesse nem vencedores nem vencidos”.

Proposta deixaria 12 mil apurações sem conclusão

Procuradores e promotores ocupam as galerias da Câmara dos Deputados, em Brasília, para defender a rejeição da PEC 37 ED FERREIRA/ESTADÃO CONTEÚDO

Henrique Eduardo Alves preside a sessão para votar a PEC

O povo brasileiro quer cada vez mais o combate à corrupção e à impunidade. É importante que o MP e os delegados fiquem unidos” HENRIQUE EDUARDO ALVES presidente da Câmara

Voz popular Parlamentares avaliavam que a pressão popular foi fundamental para derrubar a proposta. “Isso não aconteceria sem as ruas”, avaliou o deputado Walter Feldman (PSDB-SP), para quem, sem as manifestações nas ruas, ao menos 70% dos deputados apoiariam a aprovação da PEC. A mesma opinião veio do PSOL. A aprovação só foi possível por conta do acordo entre os partidos para votar, mais adiante, projetos que regulamentam os procedimentos de investigação do MP. Na sessão de ontem, cada deputado que advogou a queda da PEC foi ovacionado e fortemente aplaudido pelos promotores nas

Lamentavelmente a PEC foi rotulada de algo que nada tem com seu objetivo inicial” LOURIVAL MENDES deputado e autor da proposta

galerias. “(O presidente Henrique Eduardo Alves), escutando o que está dizendo as ruas, resolveu trazer a pauta à votação mesmo sabendo que o processo não vai se encerrar”, disse o líder do PMDB na Câmara, Eduardo Cunha (RJ). “(O presidente da Câmara) vai continuar a buscar o consenso para trazer uma proposta sem vencidos ou vencedores, em que ganhe a polícia e o Ministério Público. Precisamos regulamentar (a investigação criminal) e um projeto já foi apresentado para buscar o debate”, disse Cunha, aplaudido logo em seguida. O projeto citado é de autoria do líder do PSDB Carlos Sampaio (SP). “O objetivo é estabelecer um regramento nacional, uma unificação do procedimento de investigação para promotores e delegados. Não retira e nem restringe o poder de investigação do Ministério Público. Apenas estabelece regras”, defendeu. O tom de entusiasmo das galerias, no entanto, parou quando o autor da proposta, deputado Lourival Mendes (PT do B) subiu à tribuna para defender seu projeto. A ele, restaram vaias. “Não é a PEC da impunidade. Lamentavelmente a PEC foi rotulada de algo que nada tem a ver com o seu objetivo. Ela o estado jurídico do Brasil”.

ED FERREIRA/ESTADÃO CONTEÚDO

Manifestantes defenderam, nas ruas, a derrubada da proposta

Autor da proposta foi ao plenário lamentar “rótulo” O autor da PEC 37, deputado Lourival Mendes (PTdoBMA), foi o único a defender o texto no plenário. Ele afirmou que a proposta foi rotulada de forma “indevida” como sinônimo de “impunidade”. “Essa PEC tramitou com 207 assinaturas, foi aprovada na CCJ [Comissão de Constituição e Justiça], aprovada na comissão especial. Lamentavelmente, num acidente de percurso, a proposta ficou rotulada e alcançada por um movimento que nada tem a ver com sua propositura. Não é verdadeiro o rótulo de impunidade da PEC”, afirmou. Ao defender a rejeição da PEC 37, o líder do PMDB, Eduardo Cunha (RJ), afirmou que o partido quer dar uma reposta às manifestações. “Ninguém quer acabar com o poder de investigar. Todos nós queremos que todos investiguem. Queremos dar uma resposta à sociedade, uma resposta às ruas. Não queremos que nenhuma criminalidade fique sem investigação”, afirmou. A maioria dos partidos orientou as bancadas para rejeitar a Proposta de Emenda Constitu-

ì O QUE A Proposta de Emenda Constitucional 37 sugeria incluir um novo parágrafo ao Artigo 144 da Constituição Federal, que tornaria as investigações atribuição exclusiva das polícias federal e civis. Com isso, tiraria o poder de apuração do Ministério Público.

cional. “A bancada do Democratas vai votar em sua ampla maioria, senão na sua totalidade, para derrotar a PEC 37. Mas aos colegas que votarem favoravelmente a ela, o meu respeito, porque eu respeito qualquer parlamentar no momento da sua decisão e votação”, disse o líder do DEM, deputado Ronaldo Caiado (GO).

Entre 2009 e 2013, o Ministério Público Federal abriu em 319.292 investigações próprias. Desse total, 12.548 casos continuam inconclusos e seriam sepultados se a PEC 37 tivesse sido aprovada. Isso ocorreria porque a proposta de emenda à Constituição Federal previa que apenas as polícias federal e civil poderiam realizar investigações criminais. No ano de 2013, até 18 de junho, os procuradores da República abriram 29.273 investigações. Encontram-se em andamento 7.170. Ou seja, dos 12.548 procedimentos que permanecem abertos 5.378 vêm de anos anteriores. Os dados são oficiais. Foram levantados pela Procuradoria da República. Os números vieram à luz no mesmo dia em que, reunidos na Câmara, os líderes partidários decidiram votar a Proposta de Emenda Constitucional 37. A tendência era de rejeição, informou o presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), antes mesmo do inícios da sessão. Até duas semanas atrás, o quadro era diferente. Deve-se a reversão de expectativas à reação das manifestações nas ruas. Os manifestantes informaram que preferem mais investigação. A votação em plenário confirmou o prognóstico feito no início da tarde. A Proposta de Emenda tinha o objetivo de alterar a Constituição para incluir um parágrafo ao artigo 144 da Carta. A mudança impediria, com isso, investigações por parte do Ministério Público. A medida limitaria o trabalho de procuradores da República e promotores de Justiça. Entre as investigações que sairiam da alçada dos MPs estão as que se referem a desvio de verbas, crime organizado, abusos cometidos por agentes dos Estados e violações de direitos humanos. De acordo com o trecho que se pretendia incluir na Constitui, “a apuração das infrações penais de que tratam os parágrafos 1º e 4º deste artigo (144), incumbem privativamente às polícias federal e civis dos Estados e do Distrito Federal, respectivamente”. Em resumo, se a PEC 37 fosse aprovada, somente as polícias poderiam fazer investigação criminal. Como todas as propostas de emenda à Constituição, para entrar em vigor, a PEC 37 precisa ser aprovada em dois turnos, tanto na Câmara quanto no Senado. Mas, ontem, foi derrubada logo no primeiro turno da votação.

TRE rejeita processo contra João Maia « JUSTIÇA ELEITORAL » Com quatro votos favoráveis e um contrário, parecer do relator é aprovado e livra o deputado federal do PR de processo que investigava suposto caixa dois na campanha

O

Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte rejeitou a denúncia contra o deputado federal João Maia (PR). Em julgamento na tarde de ontem, por quatro votos favoráveis e um contrário, o parlamentar do PR foi inocentado da acusação de que teria praticado captação ilícita de recursos financeiros, o chamado “Cai-

xa 2”, na campanha eleitoral de 2012. Votaram favorável ao deputado os juízes Nilson Cavalcanti, que foi o relator, Verlano Medeiros, Carlo Virgílio e a desembargadora Zeneide Bezerra. O único voto contrário foi do presidente do TRE, desembargador João Batista Rebouças. O juiz Artur Cortez Bonifácio faltou a sessão e o juiz federal Manuel

Maia alegou suspeição e não participou do julgamento. Sobre o deputado federal João Maia recaia a denúncia de que ele teria praticado Caixa 2 nos gastos com veículos de campanha. O procurador regional eleitoral Paulo Sérgio Rocha sustentou em plenário a tese de que o parlamentar declarou na prestação de contas da campanha

que todo serviço de veículos foi prestado pela HA Locação. No entanto, o cumprimento de mandado de busca e apreensão, em outra ação judicial, encontrou no computador do assessor contábil de João Maia, Flávio Oliveira, conhecido como Flávio Pisca, uma detalhada planilha de locação de veículos. “Os veículos utilizados pela

campanha não foram apenas os que legalmente afirmados como locados a empresa HA Locação. Existiram outros, muitos outros”, disse o procurador regional eleitoral. Ele lembrou que um dos diálogos identificados, através de serviços de MSN, no computador do assessor contábil trazia uma com conversa entre Flávio Pisca e o

próprio deputado. “Não é interecepção telefônica, éumsistemacomoMSN,éaprópria pessoa digitando, não houve intervenção de terceiros”, disse o procurador.Maso advogado Abraão Lopes, destacou que o deputado negou qualquer existência de caixa 2 na prestação de contas do parlamentar e comprovou suas argumentações.


DÓLAR COMERCIAL

NA TN ONLINE

Elevar diárias na Copa é tiro no pé, diz Associação dos Hotéis. Veja a entrevista. blog.tribunadonorte.com.br/mercado/

6

EURO TURISMO

Compra: R$ 2,2090 Venda: R$ 2,2100

Compra: R$ 2,8430 Venda: R$ 3,0130

DÓLAR TURISMO

LIBRA ESTERLINA

Compra: R$ 2,1470 Venda: R$ 2,3230

Compra: R$ 3,4131 Venda: R$ 3,4145

TELEFONES ÚTEIS

SALÁRIO-MÍNIMO

Receita: 3220-2200 Procon Estadual: 3232-6869 Procon Municipal: 3232-9050 DRT RN: 3220-2000

TAXA SELIC

R$ 678,00 8%

economia

Editora: Renata Moura [ renatamoura@tribunadonorte.com.br ] Natal • Rio Grande do Norte • Quarta-feira, 26 • de junho de 2013

Negócios &Finanças LUIZ ANTÔNIO FELIPE [ laf@tribunadonorte.com.br ]

Discurso desafiador A presidenta Dilma Rousseff coloca para debate uma série de propostas para decisão imediata. Pelo menos, a reforma política pode demorar, enquanto as demais poderiam ser votadas ainda neste ano, entre as quais, os recursos para a educação, a entrada de médicos estrangeiros e a lei que transforma os crimes de corrupção em hediondos. A aprovação da PEC 37 já morreu. Os recursos para a mobilidade urbana já estão disponíveis precisando apenas de serem fiscalizados na sua aplicação e prazo de execução das obras. A proposta sobre reforma política apresentada pela presidenta provocou uma divisão de opiniões entre os partidos e até entre juristas. Nessa hora todos se transformam em especialistas, com explicações técnicas. De uma coisa todos são unânimes: está na hora de se fazer essa reforma. Então por que não deflagram esse processo? Vão esperar que o povo permaneça nas ruas exigindo mudanças até que o Pais se transforme em praça de guerra?

Construtora desiste de obra de acessos ao novo aeroporto « SÃO G. DO AMARANTE » A Queiroz Galvão queria o reajuste do valor

do contrato, mas teve o pedido negado. Nova empresa assumirá a obra ADRIANO ABREU

EIT terá menos de um ano para construção

Record A arrecadação de impostos soma R$ 87,8 bilhões e bate recorde para maio. No ano, o recolhimento de impostos e contribuições soma R$ 458,302 bilhões. A destinação dessa montanha de recursos é duvidosa. Uma parte para as despesas correntes que só aumentam. A outra para os investimentos que são ruins e cheios de desvios. A Receita mantém a previsão de aumento de 3,5% na arrecadação de impostos

Juros (I)

Juros (II)

As taxas de juros caem e a inadimplência fica estável para as empresas e famílias, garante o Banco Central. A taxa média de juros para as famílias caiu 0,3 ponto percentual para 24% ao ano, de abril para maio. Para as empresas, houve redução de 0,5 ponto percentual para 13,5% ao ano.

Nada menos do que sete em cada dez brasileiros não sabem quanto pagam pelas taxas do cartão de crédito. Um estudo do SPC Brasil mostra que o dinheiro de plástico já é utilizado por 77% da população. O governo ameaçou impor um limite e depois cruzou os braços diante dos abusos.

Refinaria A Petrobras está requerendo ao Idema a licença ambiental para aumentar a capacidade de produção da Refinaria Clara Camarão. O projeto prevê a ampliação do sistema de Querosene de Aviação e de tratamento de efluentes.

Problema nosso A governadora Rosalba Ciarlini deveria determina urgência também no retorno de servidores cedidos a outros órgãos e instituições, principalmente à Assembléia Legislativa, conhecida no meio jornalístico por “Assembléia de Deus”, uma espécie de céu de tanto abrigar pessoas que não querem trabalhar. Dizem ter até

servidor aposentado e ganhando o segundo salário sem dar expediente na AL. O retorno dos 420 servidores da Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (Fundac) e a reintegração ao órgão é apenas um exemplo do desrespeito ao dinheiro do contribuinte. Há carência de servidores em diversos órgãos da administração.

Missão Um empresário que participou da missão potiguar à Alemanha, na semana passada, disse que as manifestações no Brasil causaram frustração nas negociações com os alemães. O noticiário local não falava de outro assunto.

1

NA TN ONLINE

Levantamento revela que hotelaria de Natal é uma das mais baratas do Nordeste. blog.tribunadonorte.com.br/eturismo

O Banco do Nordeste vai abrir mais quatro agências no RN, ainda este ano. O presidente do BNB, Joel Larazin, participou de um amplo debate com os pecuaristas do RN e prometeu maior agilidade na liberação dos créditos e, ainda, analisar a proposta de linhas de financiamento específicas para repovoamento do rebanho e aquisição de ração. Ele disse que o BNB tinha um sistema de informática superado.

2

A cada 15,6 segundos um consumidor brasileiro é vítima da tentativa de fraude conhecida como roubo de identidade, em que dados pessoais são usados por criminosos para obter crédito com a intenção de não honrar os pagamentos. O Indicador Serasa Experian de Tentativas de Fraudes registrou, entre janeiro e maio deste ano, 837.641 tentativas de fraudes. No mesmo período no ano passado, houve 818.629 registros.

3

O custo da construção fica acima do teto da meta de inflação (6,5%) e acumula alta de 7,88% em 12 meses, revela a Fundação Getúlio Vargas. De maio para junho, o índice acelerou de 1,24% para 1,96%. O grupo mão de obra registrou alta de 3,24%, em junho, contra 1,88% em maio. Pelo terceiro mês consecutivo, o Índice de Confiança da Construção apresentou relativa melhora levando em consideração comparações interanuais trimestrais.

Bebida (I) Os brasileiros devem gastar R$ 6 bilhões com bebidas fermentadas, em 2013. A pesquisa do Ibope Inteligência diz que entre as classes, a “B” tem o maior potencial de consumo. Na comparação com o mesmo período do ano passado, o consumo desses produtos será 10% maior, prevê o indicador. O governo leva sua parte com 35% em impostos, na média.

Bebida (II) Entre as classes, a “B” o consumo é de R$ 2,61 bilhões, seguida da “C”, com R$ 2,42 bilhões, da “A”, com R$ 686 milhões, e da “DE”, com R$ 379 milhões. Por região, o Sudeste concentra a maior fatia do consumo de bebidas fermentadas no país - R$ 3,07 bilhões -, seguida pelas regiões Sul (19% ou R$ 1,15 bi) e Nordeste (16% ou R$ 975 milhões). Vacinação Termina no próximo domingo a vacinação contra a febre aftosa no Rio Grande do Norte e, em vários estados. Os criadores devem levar ao Idiarn ou ao escritório regional da Emater a nota fiscal da compra da vacina para receber o reconhecimento oficial.

O aeroporto de São Gonçalo está em construção e deve começar a operar em abril de 2014

ANDRIELLE MENDES Repórter

A

Queiroz Galvão, empresa que venceu a licitação em 2009 para construir os acessos do aeroporto de São Gonçalo do Amarante, desistiu de executar a obra. A decisão foi comunicada ontem pela direção da construtora durante reunião com o chefe da Casa Civil, Carlos Augusto Rosado, e o diretorpresidente do Departamento de Estradas de Rodagens (DER), vinculado ao governo do estado, Demétrio Torres. A construtora já havia comunicado que desistiria de construir os acessos, caso o governo do estado se negasse a realinhar os preços e atualizar a planilha de custos, aprovada em 2010, antes da instalação do canteiro de obras. O impasse foi exposto na última segunda-feira (24) pelo chefe da Casa Civil, Carlos Augusto Rosado, durante visita do ministro da Aviação Civil, Moreira Franco, ao aeroporto de São Gonçalo do Amarante. Segundo o governo, a obra, que está orçada em R$ 72,1 milhões, será executada pela segunda colocada na licitação: a EIT Engenharia. Segundo Dorian Carlos, diretor regional da empresa, a construtora foi consultada ainda ontem e aceitou executar o projeto. O governo do estado, no entanto, ainda não fixou uma data para assinar o contrato com a EIT, que terá que mobilizar trabalhadores e máquinas antes de iniciar a construção. “Quero rescindir o contrato com a Queiroz Galvão e contratar a EIT já nos próximos dias. Quero no comecinho de julho já ter máquinas trabalhando no local”, afirmou Demétrio Torres, que também é secretário extraordinário para Assuntos Relativos à Copa do Mundo 2014.

Custo Segundo Demétrio, caso o governo tivesse acatado a proposta da Queiroz Galvão de realinhar os preços, o custo da obra subi-

Acessos a São Gonçalo do Amarante Queiroz Galvão desiste da obra e EIT assume a construção Perfil da EIT Data de fundação: 1951 Números da obra

R$ 72,1 milhões Investimento Data de início: Ainda não definida Prazo previsto de conclusão: Abril de 2014 O que prevê o projeto: Ligação do aeroporto de São Gonçalo do Amarante com a BR304, BR-226 e BR-406.

Matriz: São Paulo Principais obras: Complexo Viário Belém (Pará); Aeroporto Internacional Pinto Martins (Ceará); Gasoduto trecho São Paulo-Porto Alegre, entre outras. Clientes: Departamento de Estradas e Rodagens de AL, BA, CE, ES, GO, MA, PB, PE, PI, RJ, RO, RN, SE, SP e TO; Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes; governos estaduais; Infraero, entre outros.

Fontes: Governo do estado/ site da EIT

Quero contratar a EIT nos próximos dias para a obra começar em julho” DEMÉTRIO TORRES Diretor do DER e secretário da Copa

ria até 10%, passando para R$ 79,41 milhões. “A empresa pediu esse acréscimo em virtude da redução do prazo para concluir a obra. De acordo com o contrato, a empresa teria dois anos para concluir os acessos, mas nós queremos que os acessos fiquem prontos até abril de 2014, quando o aeroporto de São Gonçalo do Amarante começa a operar. Eles disseram que sem o acréscimo teriam dificuldades para cumprir o cronograma e nós dissemos que também tínhamos nossas dificuldades. Eu não tenho de onde tirar esse dinheiro”, disse Demétrio. A Queiroz Galvão não terá de pagar multa pela rescisão do contrato, já que o governo “pe-

diu para a empresa executar o projeto em um prazo diferente do firmado no contrato”, esclareceu Demétrio. A diretora de Obras do DER, Francini Goldoni, acrescentou que o governo não pode realinhar preços e atualizar a planilha antes do início das obras, como exigiu a Queiroz Galvão. “A gente trabalha da seguinte forma: executa o serviço e paga o que está na planilha e o reajustamento. A Queiroz Galvão não queria dessa forma”, explicou. De acordo com Demétrio Torres, não há possibilidade da EIT solicitar a revisão dos valores antes de começar a construir os acessos, como a outra construtora fez. “A EIT não vai pedir isso. E mesmo que pedisse, eu procurava a terceira colocada na licitação”. Consultado pela equipe de reportagem, o diretor regional da EIT, Dorian Carlos, assegurou que essa questão não está em discussão na empresa. “Eu não sei que argumentos a Queiroz Galvão usou para desistir da obra. O que sei é não vamos pedir nada disso”, afirmou. A Queiroz Galvão informou, através de nota, que “não vai se pronunciar sobre essa questão”.

O diretor regional da EIT Engenharia, Dorian Carlos, se reunirá nos próximos dias com o diretor-presidente do DER para definir os próximos passos da construtora, que terá menos de um ano para concluir os acessos - a tempo do início da operação do aeroporto de São Gonçalo do Amarante, previsto para abril de 2014. De acordo com Dorian Carlos, depois de assinado o contrato, a empresa levará cerca de oito dias para mobilizar trabalhadores e máquinas e começar a instalar o canteiro de obras. Segundo ele, é possível iniciar a obra em julho e concluir dentro do prazo estabelecido pelo governo do estado. “No que depender da EIT, dá para iniciar em julho. É preciso apenas definir os detalhes com o DER, que vai dizer como quer que a gente faça”. O governo do estado ainda precisará comunicar a mudança de construtoras à Caixa Econômica Federal, fonte do financiamento da obra, e enviar a documentação da EIT para o banco. A mudança no contrato, firmado diretamente com o governo do estado, não implicará em atraso, segundo a superintendência da Caixa no RN. Em visita ao aeroporto de São Gonçalo do Amarante esta semana, o ministro da Aviação Civil, Moreira Franco, chegou a afirmar que a obra corria o risco de não ficar pronta a tempo do início da operação do novo aeroporto, caso não fosse iniciada em julho.

MEMÓRIA Reportagem publicada pela TRIBUNA DO NORTE em 28 de abril de 2013 mostrou que os projetos executivos dos acessos já aprovados pelo DER não contemplam a duplicação da RN160, única via direta de acesso ao São Gonçalo do Amarante - onde está sendo erguido o novo aeroporto do estado - a partir de Natal. Excluídos os trechos da BR406, BR-304 e BR-101 – cerca de 10 km das rodoviais estão incluídos nos projetos - as demais vias para chegar e sair do novo aeroporto serão pistas simples e, inicialmente, sem iluminação ao longo de quase 24 km. Segundo explicou o diretor-presidente do DER, Demétrio Torres, na época, “a burocracia interminável” emperrou os processos e adiou o início das intervenções. A entrevista foi concedida por Demétrio antes da construtora Queiroz Galvão comunicar ao governo do estado da possibilidade de desistir da obra.


Natal • Rio Grande do Norte Quarta-feira, 26 de junho de 2013

geral

7

Médicos ‘de fora’ chegam este ano « ESTRANGEIROS » Profissionais formados em outros países serão “convocados” pelo Governo Federal para

suprir a necessidade de áreas em que, segundo o Ministério da Saúde, há déficit. Medida é alvo de protestos ELZA FIÚZA

B

rasília (AE) - O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou ontem medidas para a formação de médicos e para a atração de profissionais - entre eles, estrangeiros - às regiões do interior do País. O anúncio foi feito um dia após a presidente Dilma Rousseff enfatizar um pacto pela saúde durante reunião emergencial com governadores e prefeitos das capitais. As ações são anunciadas após uma onda de protestos nas ruas do país por melhorias em áreas como transporte, educação e saúde. A decisão do governo de “importar” médicos vem causando polêmica no país. Entidades médicas brasileiras são contra. Alegam que não faltam médicos no Brasil, mas condições de trabalho. A presidente disse, no entanto, que o País não pode esperar para preencher as vagas nas áreas mais remotas. “Quando não houver a disponibilidade de médicos brasileiros, contrataremos profissionais estrangeiros para trabalhar com exclusividade no SUS”, explicou. Ontem, Padilha garantiu que os médicos chegarão ao País até o fim do ano. Segundo ele, a vinda desses profissionais será financiada pelo governo. Profissionais formados no Exterior interessados em trabalhar nos postos públicos de saúde de regiões carentes terão a passagem paga pelo Ministério da Saúde e, ao chegar, ficarão três semanas num processo de avaliação e treinamento. Caso o desempenho não corresponda às expectativas, eles não serão admitidos no programa, afirmou o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

ALBERTO LEANDRO

manda feita por prefeitos. Somente poderão participar do processo municípios integrantes do Programa de Requalificação de Unidades Básicas de Saúde (UBS).

Críticas

Esses médicos terão a passagem paga pelo Ministério da Saúde e passarão por avalição e treinamento”. ALEXANDRE PADILHA ministro da Saúde

O ministro afirmou que uma série de detalhes ainda precisam ser acertados. Oficialmente, não há data fixada para o lançamento do edital, número fechado de profissionais que serão contratados nem como será feito o reembolso da passagem, caso os profissionais não sejam admitidos no programa. Padilha afirmou que os profissionais vindos do exterior terão sua proficiência em português avaliada. Mas já avisou que a língua, por si só, não será uma barreira. “É só ver o exemplo dos Médicos sem Fronteiras”, disse. A expectativa é a de que sejam recrutados 10 mil profissionais. Um edital de alcance internacional será lançado, a partir da de-

Para driblar as críticas de entidades de classe, o edital dará prioridade para médicos brasileiros. “Não haverá nenhum tipo de disputa com profissionais vindos do exterior”, disse o ministro. Descontentes com a proposta, no entanto, entidades médicas se reúnem nesta quarta-feira em São Paulo para discutir uma paralisação de protesto. O recrutamento de médicos estrangeiros para trabalhar no Brasil vem sendo discutido pelo governo desde o ano passado, a pedido da presidente Dilma Rousseff. Com os protestos dos últimos dias, sua apresentação foi apressada. A justificativa é a de que faltam médicos no País e que o problema vai aumentar ainda mais, com a criação de pelo menos 35 mil postos de trabalho - fruto da abertura de postos de atendimento. O recrutamento de médicos seria uma alternativa a curto prazo para a falta de profissionais. Outras estratégias, como ampliação de cursos de Medicina e de residência, também foram apresentados. Os resultados, no entanto, são mais demorados. Padilha reiterou ainda que até 2015 serão criadas 35 mil vagas para médicos no Sistema Único de Saúde (SUS) e a abertura também de 12 mil vagas de residência médica até 2017, das quais 4 mil nos próximos dois anos.

Protestos terão segurança reforçada Brasília (ABr) - De acordo com a Polícia Militar (PM) do Distrito Federal, são esperadas 50 mil pessoas na manifestação prevista para ocorrer na Esplanada dos Ministérios na tarde desta quarta-feira (26). As vias de acesso aos ministérios e ao Congresso Nacional, as chamadas N1 e S1, bem como aquelas que levam aos anexos dos ministérios, as N2 e S2, serão interditadas ao meio-dia, a partir da Rodoviária do Plano Piloto. Veículos estarão autorizados apenas a sair da Esplanada. O trânsito será desviado para os eixos Sul e Norte. O crescente número de manifestações, bem como os acontecimentos da semana passada, que levaram a depredações na Esplanada dos Ministérios levou o governo do Distrito Federal a reforçar a segurança para outra grande mobilização, marcada para es-

ta quarta-feira (26). Serão destacados 4 mil policiais militares para a Esplanada. Dentro do efetivo, estão incluidos o Regimento de Cavalaria, a Tropa de Choque, o Batalhão de Cães e o Batalhão de Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas (Rotam). A polícia também decidiu, em reunião ontem, mudar a estratégia para coibir atos violentos e será mais rigorosa. “Os manifestantes pacíficos terão seu direito garantido e a Polícia Militar estará lá para dar proteção a eles. Mas aqueles que estiverem cometendo crime terão tratamento específico de criminoso. Serão detidos e conduzidos à delegacia da área”, explicou o tenentecoronel da Polícia Militar, Zilfrank Antero. Cerca de 400 policiais farão a revista nas mochilas dos mani-

festantes que saírem da rodoviária em direção à Esplanada. A segurança também está reforçada em Belo Horizonte (MG), onde a seleção brasileira joga hoje com o Uruguai por uma vaga na final da Copa das Confederações. O jogo terá início às 16h, no Mineirão. De acordo com informações publicadas na Folha de S. Paulo, milhares de pessoas deverão protestar hoje nas ruas da capital mineira pelo alto custo governamental da Copa do Mundo. No último sábado, mais de 60 mil pessoas protestaram antes do México vencer o Japão, por 2 a 1, no Mineirão.

+

NATAL 4 Manifestantes descartam realização de novo protesto em Natal nesta quarta-feira.

Pacote de medidas do Governo também inclui incentivo à formação de profissionais no Brasil

“Importação” de médicos gera reação A população reclamou dos serviços públicos de saúde no Brasil, o Governo Federal reagiu e agora as categorias médicas já se organizam para debater as mudanças que ocorrerão na saúde pública do Brasil, caso o pacote de medidas anunciados pela presidente Dilma Rousseff (PT) saia do papel. Uma das ações imediatas para melhorar o sistema público de saúde é a “importação” dos médicos estrangeiros que está sendo duramente criticada pelos médicos brasileiros. O descontentamento da classe médica é tão grande que hoje (26) os médicos se reunirão em

São Paulo para discutir como será a reação deles em relação a importação dos médicos. Ontem eles enviaram uma carta aberta a sociedade onde questionavam a qualidade do atendimento dos médicos “cujo conhecimentos e competências não foram devidamente comprovados”. Além das reclamações, os médicos já planejam uma paralisação no próximo dia 3 de julho em todo o Brasil para protestar contra a importação dos médicos. De Natal, os médicos representados pelo Conselho Regional de Medicina (Cremern), do Sindicato dos Médicos (Sinmed) e das associações partici-

parão da reunião nacional. Em todo o Brasil, os médicos defendem que o Governo Federal adote ações que melhorem a qualidade da assistência e destacam que a medicina no Brasil deve ser feita por médicos formados em outros países apenas após os diplomas serem revalidados. “Sem isso, entende-se que a saúde e a vida da população estarão em risco”. Na carta aberta os médicos ainda apontam que a decisão de importação dos médicos é “populista” e sugerem melhorias no Sistema Único de Saúde (SUS) para que os médicos optem pelo trabalho de carreira na rede pública.


8

Natal • Rio Grande do Norte Quarta-feira, 26 de junho de 2013

geral

Ao menos 10 morrem em confronto « RIO DE JANEIRO » Confronto entre policiais militares e traficantes no Complexo da Maré também deixou cinco pessoas baleadas. Caso é registrado faltando pouco mais de um mês para a área ser “pacificada” MARCO CAMPOS/AGÊNCIA O DIA/AE

R

io (AE) - Pelo menos dez pessoas morreram e cinco foram baleadas em confrontos entre policiais militares e traficantes de drogas no Complexo da Maré, na zona norte do Rio, entre o início da noite de segunda-feira, 24, e o fim da tarde de ontem. Entre os mortos, há um sargento do Batalhão de Operações Especiais (Bope), dois moradores e seis suspeitos de envolvimento com o tráfico. Foram detidos dez homens, entre eles um menor de 16 anos. O tiroteio começou por volta das 19 horas de segunda-feira, quando um grupo de criminosos iniciou um arrastão na pista sentido zona oeste da avenida Brasil, na altura da Nova Holanda. Antes, os criminosos teriam participado de uma manifestação que saiu da Praça das Nações, em Bonsucesso, e interditou uma faixa da Brasil. Após o início dos assaltos em série na via expressa, PMs do 22.º Batalhão (Maré) foram acionados e teve início um confronto com traficantes que estavam na Nova Holanda. Os policiais, então, pediram reforço do Bope. A favela permaneceu ocupada durante toda a madrugada e esta terça. Cerca de 400 PMs participaram da operação.

Policiais no Complexo da Maré, no Rio: Moradores e representantes de ONGs reclamaram de ofensiva violenta contra a população

Acusações Moradores e organizações não governamentais (ONGs) que atuam na favela acusam policiais militares (PMs) de ter invadido casas e executado algumas vítimas. A polícia nega. Formado por 15 favelas com 130 mil moradores, o Complexo da Maré, atualmente, é dominado por d-

uas facções de traficantes de drogas e uma milícia. A região deverá ser ocupada pelas forças de segurança em agosto, para futura instalação de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP). Diretora da ONG Redes da Maré, Eliana Souza e Silva disse que pelo menos três pessoas foram mortas a facadas pelos PMs

do Bope. Dois homens teriam sido assassinados por volta das 6 horas da segunda-feira, enquanto dormiam, na rua São Jorge. Moradores afirmaram que eles trabalhavam como pedreiros. A reportagem esteve no imóvel, que estava totalmente revirado e com marcas de sangue para todos os lados. Um terceiro ho-

mem teria sido morto pelos policiais num sobrado de dois andares na rua Carmelita Custódio. Às 13 horas desta segunda, o corpo permanecia no imóvel. Cerca de dez homens do Bope escoltavam o local e impediram que a imprensa fizesse imagens, alegando que aguardavam a chegada da perícia. “Recebemos denúncias de

que o Bope está invadindo a casa das pessoas, indiscriminadamente, e matando quem eles acham suspeitos a facadas. Estive em dois locais e constatei isso. Mesmo que eles tenham ligação com o crime, o dever da polícia é prender. Não matar”, afirmou Eliana. Porta-voz do Bope, o capitão Ivan Blaz negou as acusações. “Eu conheço a Eliana. Em outras operações do Bope em que ela fez outras acusações, nós mesmos disponibilizamos uma viatura para levá-la à Corregedoria. Para investigar essas denúncias, precisamos achar esses corpos esfaqueados. Até agora, todos os mortos tinham apenas marcas de tiros”, afirmou. Há duas semanas, a PM realizou uma reunião com representantes de todas as associações de moradores da Maré. O encontro foi realizado numa universidade particular, no centro da capital fluminense. Segundo a diretora da ONG, na ocasião, foi dito que o conjunto de favelas começará a ser ocupado em agosto, logo depois da Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que será realizada entre os dias 23 e 28. Atualmente, quase todo o efetivo das polícias está empregado na Copa das Confederações, na Jornada e também nas recentes manifestações em vários bairros da capital e cidades do Grande Rio.


NO FACEBOOK

Curta e comparilhe charge de Rodrigo Brum.

TEMPO HOJE

TÁBUA DE MARÉS

Máx.: 27ºC Mín.: 24ºC Nublado com possibilidade de chuva.

Preamar 6h36 -2.5 - 19h09-2.3 Baixa-mar 00h02-0.2 - 12h32-0.1

facebook.com/tribunarn

OBERY RODRIGUES (SEPLAN) EXPLICA DIFICULDADES PARA LIBERAR VERBA DOS PRECATÓRIOS. PÁGINA 7

NA TN ONLINE

Confira dicas da Coluna do Consumidor.

tribunadonorte.com.br

natal Editora: Margareth Grilo [margareth@tribunadonorte.com.br ]

Natal • Rio Grande do Norte • Quarta-feira • 26 de junho de 2013

TJRN vota lista tríplice hoje, quatro meses após anulação

RAFAEL BARBOSA

« QUINTO CONSTITUCIONAL » Para figurar na lista, o advogado deverá ter, no mínimo, oito votos. A votação começa às 8h em sessão pública

A

formação da lista tríplice, da qual sairá o próximo desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN) através do Quinto Constitucional, ocorrerá a partir das 8h desta quarta-feira, 26, durante Sessão do Pleno da Corte Estadual. Dos seis nomes que compõem a lista apresentada pela Ordem dos Advogados do Brasil seccional Rio Grande do Norte (OAB/RN), os treze desembargadores aptos a votar deverão escolher, através de voto aberto e fundamentado, três deles. Para isto, porém, cada um dos escolhidos deverá ter, no mínimo, oito votos, para que figurem na lista que será encaminhada à governadora Rosalba Ciarlini. Será ela quem irá nomear o futuro membro da Corte de Justiça potiguar. Os advogados Magna Letícia de Azevedo Lopes Câmara, Verlano de Queiroz Medeiros, Artêmio Jorge de Araújo Azevedo, Glauber Antônio Nunes Rêgo, Marisa Rodrigues de Almei-

da Diógenes e Priscila Coelho da Fonseca são os concorrentes à vaga. Entre eles, o sentimento é de calma e confiança. No dia 10 deste mês, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) notificou o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), através de acórdão assinado pelo conselheiro Jorge Hélio Chaves de Oliveira, com as definições que deverão ser adotada pela Corte para a formação da lista tríplice na votação de hoje. Desde meados de fevereiro, o Tribunal aguardava a publicação de um acórdão pelo CNJ para retomar o processo de escolha do próximo desembargador. Este, deverá ocupar a vacância aberta com a aposentadoria de Caio Alencar. O processo de escolha, cuja votação foi dia 15/02, foi suspenso pelo conselheiro do CNJ, Jefferson Kravchychyn, após denúncias de vícios na formação da lista apresentada à governadora Rosalba Ciarlini. De tal lista, o advogado Glauber Rêgo chegou a ser nomeado desembargador,

ì QUEM Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte

O QUE Votação para escolha da lista tríplice que será enviada à governadora Rosalba Ciarlini

mas não assumiu o cargo. Na peça publicada pelo CNJ e que norteará o processo que será posto em prática na manhã desta quarta-feira, consta a decisão que anula a votação ocorrida em fevereiro. O documento define, ainda, as regras para nova votação. O conselheiro Jorge Hélio julgou procedente o pedido para anular a eleição e determinou a formação de outra lista tripla. Agora, a escolha deverá serrealizadaem“sessãopública,por

meio de votação aberta, nominal, fundamentadae,sobretudo,emrespeito ao quórum qualificado conforme artigo 61 e seguintes do Regimento Interno do TJRN”. Para figurar na lista cada candidato deverá ter, no mínimo, oito votos. Em relação à votação fundamentada e aberta, o conselheiro Jorge Hélio decidiu que “o alegado “embaraço aos desembargadores, supostamente criado em virtude da necessidade de fundamentar tão importante decisão, perde sua relevância diante do embaraço criado ao titular do poder – o povo – ao não ter acesso aos fundamentos de decisões determinantes para a prestação dos serviços jurisdicionais”. Para Jorge Hélio, “sessão à portas fechadas para prática de atos administrativos não se compatibiliza com nosso ordenamento jurídico”, escreveu.

+

PAGINA 2 Conheça os seis nomes que disputam a vaga do Quinto

Em Pleno, cada desembargador deve fundamentar seu voto


2

Natal - Rio Grande do Norte Quarta-feira, 26 de junho de 2013

natal

Seis advogados disputam a vaga para desembargador « QUINTO CONSTITUCIONAL » Cada desembargador votará três vezes. Cada voto será aberto e fundamentado, conforme resolução do CNJ

D

urante a votação para a definição da lista tríplice de representantes da classe dos advogados para a vaga que compete ao Quinto Constitucional, cada um dos 13 desembargador votará, no mínimo, três vezes. Cada nome a fazer parte da lista terá de receber, pelo menos, oito votos. O secretário-geral do TJRN, Wlademir Capistrano, destaca que cada voto será nominal e fundamentado em sessão pública. E as votações ocorrerão do primeiro lugar na lista ao terceiro, uma de cada vez. O segundo lugar na lista só será votado após a definição do primeiro, e o terceiro depois da escolha do segundo. Não há tempo estabelecido para a leitura dos votos. Os desembargadores lerão cada voto, fundamentando porque escolheram determinado candidato. Em período anterior à votação, os componentes do Pleno receberam material da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional RN (OAB-RN) com informações sobre os candidatos quanto ao tempo de exercício na advocacia, que deve ser de no mínimo dez anos; atualização das certidões cíveis e criminais, entre outras, e documentos que comprovem a titulação de cada postulante a vaga. O quinto constitucional é estabelecido pela Constituição Federal, em seu artigo 94. Trata-se de um dispositivo que estabelece que 20%, o que corresponde a 1/5, dos membros de alguns tribunais de Justiça brasileiros sejam compostos por advogados. Entretanto, os candidatos precisam preencher determinados requisitos como: ter, no mínimo, dez anos de exercício profissional e reputação ilibada, além de notório saber jurídico.

Lista sêxtupla Confira perfis dos indicados pela OAB/RN: Magna Letícia de Azevedo Lopes Câmara Natural de São Rafael-RN, Magna tem 47 anos e é mãe de dois filhos. Para ela, ser escolhida a assumir o cargo de desembargador do Egrégio TJ/RN, além de conhecimento jurídico, requer maturidade, postura de equilíbrio, experiência do exercício do Direito e uma conduta profissional pautada na ética. Atua na advocacia há 26 anos.

Verlano de Queiroz Medeiros Com mais de 12 anos exercendo advocacia no Rio Grande do Norte, Verlano garante dar acessibilidade ao Tribunal de Justiça, assumindo a vaga do Quinto Constitucional. Atualmente, exerce o cargo de juiz do TRE/RN. Faz parte da OAB/RN desde 22 de fevereiro de 2000.

Artêmio Jorge de Araújo Azevedo Tem 51 anos e quase 20 anos atuante na advocacia. A sua intenção é de aproximar o Tribunal de Justiça à OAB-RN, garantindo uma melhor comunicação entre ambas as entidades. Para ele, executar um trabalho de desembargador exige com muito trabalho, honradez, honestidade, transparência, ética e responsabilidade.

Glauber Antônio Nunes Rêgo Natural de Pau dos Ferros, Glauber é advogado há 15 anos e se considera preparado para assumir a vaga de desembargador, para assegurar as prerrogativas previstas no Estatuto da advocacia, garantir acesso irrestrito aos advogados, dar celeridade à prestação jurisdicional, entre outros.

Marisa Rodrigues de Almeida Diógenes Estimulada por amigos advogados e parentes, Marisa promete lutar pela justiça e bem-estar social ao assumir a vaga do Quinto Constitucional. Um ponto distinto de promessa está na igualdade de tratamento entre os advogados, de tal modo que os iniciantes possam exercer com tranquilidade do exercício da advocacia.

Priscila Coelho da Fonseca Passados 26 anos na labuta advocatícia, a candidata pretende lutar contra aqueles que querem fazer prevalecer suas vontades aos desígnios da lei, respeitando as prerrogativas da classe, a fim de garantir a confiança e segurança nas decisões judiciais, inclusive por necessidade latente de servir à cidadania.

CNJ julga processo amanhã « DESEMBARGADORES » O mérito do processo que envolve Osvaldo Cruz e Rafael Godeiro está na pauta da sessão ordinária do Conselho ALDAIR DANTAS

O

mérito do processo de Apuração de Infração Disciplinar aberto pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) em desfavor dos desembargadores Osvaldo Soares Cruz e Rafael Godeiro Sobrinho, membros do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, deverá ser julgado na 172ª Sessão Ordinária do CNJ, marcada para esta quinta-feira, 27. O processo tramita desde 13 de abril de 2012, quando foi distribuído ao relator Jorge Hélio Chaves de Oliveira. O Conselho determinou que os desembargadores fossem investigados sob a suspeita de desvio de conduta e participação nos esquemas de corrupção do Setor de Precatórios da Justiça Estadual, conforme denunciados pela ex-chefe do Setor, Carla de Paiva Ubarana Araújo Leal, condenada à prisão e posteriormente solta pela Justiça Estadual. O processo é o de número 95,

numa listagem composta por 106 peças pendentes de julgamento. A decisão dos conselheiros quanto ao futuro dos desembargadores permanece uma incógnita, visto que, o processo corre em segredo de Justiça e qualquer decisão durante a Sessão do Pleno, deverá ser referendada pelo ministro Joaquim Barbosa, presidente do Conselho Nacional de Justiça. Sabe-se, porém, que em relação ao desembargador Osvaldo Cruz, os conselheiros poderão votar pela aposentadoria compulsória. Apesar do desembargador Rafael Godeiro ser citado no curso das decisões, ele foi aposentado em 2012 compulsoriamente. Mas as investigações contra ele ainda estão em curso. Em seu lugar, assumiu, por merecimento, o então juiz Ibanez Monteiro. Há quatorze meses afastado das funções judicantes junto ao TJRN, o desembargador Osval-

Osvaldo está afastado de suas funções no TJRN há 14 meses

do Soares da Cruz permanecerá mais tempo longe da Corte. Isto porque o ministro Dias Toffoli, relator do Mandado de Segurança impetrado pelo desembargador contra o CNJ, que abriu procedimento administrativo pa-

ra afastá-lo, além de investigar a conduta do desembargador durante e após sua presidência no Judiciário potiguar, denegou o pedido de liminar que tinha como objetivo anular a decisão do Conselho e reconduzi-lo ao trabalho.


Natal • Rio Grande do Norte Quarta-feira, 26 de junho de 2013

natal

3

Fundac reativa hoje Ceduc Nazaré « SISTEMA SOCIOEDUCATIVO » Com capacidade para abrigar 20 adolescentes em regime de semiliberdade,

a unidade vai receber os 12 adolescentes que já estavam no local antes da interdição no dia 22 de março FOTOS: JOÃO MARIA ALVES

VALDIR JULIÃO repórter

O

prédio ainda tem alguma precariedade, mas a Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (Fundac) vai reativar, nesta quarta-feira (26), o Centro de Educação (Ceduc) de Nazaré, na região Oeste de Natal. A reabertura se dará depois de feitos os reparos nos dormitórios incendiados durante uma rebelião ocorrida em 22 de março deste ano, que ocasionou a morte a facadas de um adolescente de 17 anos. Embora estivesse entrando de férias, o juiz da 1ª Vara da Infância e da Juventude da Comarca de Natal, José Dantas de Paiva, esteve na manhã desta terça-feira (25) na unidade, situada na rua Tiradentes, e confirmou que o Ceduc Nazaré, com capacidade para abrigar 20 adolescentes em regime de semiliberdade, vai receber os 12 adolescentes “que já estavam lá quando fechamos a unidade”. José Dantas de Paiva informou que o juiz Homero Lechner, o qual vem atuando como substituto na 1ª Vara da Infância e da Juventude, é quem deve acompanhar o retorno desses adolescentes. “Os adolescentes estão em casa com as famílias, que vão trazê-los de volta, para os que não voltarem espontaneamente, expediremos mandados de busca e apreensão aonde eles estiverem para trazê-los para o Ceduc”, explicou José Dantas. José Dantas destacou que o Ceduc Nazaré será reaberto – praticamente cem dias depois da rebelião e do seu fechamento – para atender a demanda parcialmente. “Ainda não será o que queremos, porque a unidade tem de ser ampliada e melhorado o atendimento, foi feito lá uma pintura para ser reaberta precariamente e atender uma demanda reprimida, por não ter para onde mandar os adolescentes”. José Dantas acrescentou que já existe uma promessa da Fundac de fazer uma reforma ampla e definitiva do prédio, onde originalmente funcionou uma creche municipal. Para receber o Ceduc o local foi adaptado e passou por uma recuperação em março de 2010, último ano do segundo governo Wilma de Faria. José Dantas lembrou que os recursos destinados à minirreforma saíram do bloqueio de R$ 11.800,37 mil da conta única do governo por determinação do juiz Homero Lechner em 17 de maio.

A reabertura acontecerá após alguns reparos internos na estrutura, mas a unidade, segundo o juiz José Dantas, precisa de ampliação

ì QUEM Ceduc Nazaré, localizado na zona Oeste de Natal

O QUE Após quase 100 dias de interdição, será reativado nesta quarta-feira pela Fundac/RN

O magistrado também determinou o bloqueio de R$ 405.202,80 para a aquisição de material de expediente e de equipamentos a serem usados nas atividades socioeducativas e profissionalizantes nas sete unidades da Fundac em Natal e no interior - duas em Mossoró e uma em Caicó. O presidente da Fundac, Getúlio Batista da Silva Neto, confirmou que o fechamento do Ceduc Nazaré em março deste ano foi fruto de um acordo feito com a Vara da Infância e da Juventude para a execução de pequenos reparos em dois alojamentos. “Fizemos mágica com os R$ 11 mil”, disse ele.

Ampliação da estrutura Getúlio Batista acrescentou que uma equipe técnica da Fundac já elaborou uma planilha de custos para a execução de uma

reforma maior, que contemplará a elevação e construção de muros de concreto, onde também será colocada serpentina (uma espécie de arame farpado) de portões de ferros com espessura maior, embora falte garantir os recursos financeiros e um cronograma para início das obras. A assistente social Ana Rosa Vidal Ferreira está há um mês e pouco no cargo e ratificou que, realmente, houve o conserto da área interna dos dormitórios, com pintura das paredes, recuperação das instalações elétricas e hidráulicas, além da sala de vistoria, onde estava faltando colocar uma porta, mas ficaram de fora da reforma o setor da administração e outros setores, como as salas de visita, recepção, e convivência dos adolescentes que estão cumprindo medidas privativas de liberdade. Ana Rosa Ferreira também informou que foi colocada uma grade de ferro na entrada da cozinha, onde não existia e, por isso, os adolescentes por ocasião da rebelião de 22 de março arrombaram a porta e levaram uma faca para churrasco, usada para matar o adolescente Leonardo Costa da Silva. Apesar do conserto realizado nos dois dormitórios, ainda se viu a falta de cerâmica em dois pontos próximos de duas camas de alvenaria (cada alojamento tem cinco camas), pequenas infiltrações d’água na laje, decorrentes das chuvas de junho. As partes externas das paredes não foram pintadas.

Cozinha: grade de ferro para evitar retirada de objetos cortantes

Falta liberação de R$ 755 mil, para reforma do Ciad O presidente da Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (Fundac-RN), Getúlio Batista da Silva Neto, confirmou que para o Centro de Atendimento ao Adolescente Infrator (Ciad) da Cidade da Esperança voltar a funcionar, vai precisar de uma recuperação de tetos e paredes das áreas de internação provisória, danificadas por ações dos próprios adolescentes. Com capacidade para receber 30 adolescentes que ficam aguardando provisoriamente – por no máximo 45 dias – sanções judiciais sobre medidas privativas de liberdade (internação ou semiliberdade) – o Ciad Natal ainda vai precisar de uma ampla reforma. “No prédio funcionava antigamente uma creche, mas a estrutura física não é adequada, como as paredes, que são de alvenaria”, disse ele. Getúlio Batista admitiu que existe uma orientação da 1ª Vara da Infância e da Juventude para se fazer a readequação do prédio, inclusive com a construção de paredes de concreto, mas faltam recursos financeiros para a Fundac tocar a obra, apesar de já existir uma previsão no orçamento próprio da instituição da ordem de R$ 755 mil para esse fim, cuja “liberação depende da área econômica de planejamento do governo, mas está tudo no papel”, afirmou Getúlio Batista. O presidente da Fundac ainda informou que, se não houver mais atrasos no repasse de recursos, deverá entregar em fins de setembro ou começo de outubro o Ceduc Pitimbu, em Parnamirim, que está sendo ampliado e vai reabrir 72 vagas para a internação de adolescentes infratores. O presidente da Fundac disse, ainda, que em setembro deverá ser realizada licitação pública para a construção de um Ceduc em Ceará Mirim com 70 vagas, “que servirá de modelo para o Brasil”, de acordo com as normas do Sinase – o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinae) – e está orçado em R$ 8,6 milhões, com as obras se iniciando em 2014 e terminando em dezembro do mesmo ano.

Raio-x do sistema socioeducativo Situação das unidades existentes no Rio Grande do Norte Ciad Natal

Ceduc Pitimbu

Ceduc Nazaré

Ceduc Mossoró

Ceduc Caicó

Permanece em obras, que se arrastam desde o final de 2009. Os operários retornaram ao trabalho no último dia 20, depois de 45 dias parados por falta de pagamento. Possui 70 vagas. Previsão de entrega: outubro.

Está interditado há quase três meses, desde o dia em que houve uma rebelião entre os socioeducandos, que provocou deteriorações no prédio. Possui 20 vagas. Previsão de reabertura: hoje.

Parcialmente interditado desde 2008, o prédio deveria comportar 48 internos, mas tem vagas atualmente para 30. Unidade lotada. Não há previsão de reforma.

Está sob intervenção judicial desde 2008. Segundo o juiz José Dantas, eram 28 vagas, mas hoje só pode haver 18 adolescentes no local. Unidade lotada. Não há previsão de reforma.

Formato do Ceduc não ajuda na ressocialização O cumprimento de medidas privativas de liberdade no Ceduc Nazaré, segundo sua diretora Ana Rosa Vidal Ferreira, leva em conta o disposto no Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase), instituído em janeiro de 2012. “A gente separa os adolescentes de acordo com a idade, compleição física e pelo tipo de ato infracional cometido”, explicou a diretora do Centro. No entanto, Ana Rosa Ferrei-

ra admite que, em casos de uma demanda além da capacidade de 20 adolescentes que devem cumprir medida de semiliberdade, o Ceduc não tem condições de atender o que manda o Sinase, e termina colocando num mesmo alojamento, um adolescente que cometeu um ato infracional de baixo potencial ofensivo, pela primeira vez, com um que é reincidente. A assistente social Ozinete Pessoa de Morais admite que

“existe uma preocupação”, ainda, com a possibilidade de receber adolescentes que por terem cometido ato infracional de maior gravidade – como estupro e homicídio – passem a conviver com os adolescentes que cometeram atos infracionais menos graves. O juiz da 1ª Vara da Infância e da Juventude da Comarca de Natal, José Dantas de Paiva, reconhece que “o formato do Ceduc Nazaré como está, não é o melhor para um programa socioeducativo”, porque a unidade também poderá receber aqueles adolescentes que cumprem medidas de internação e são beneficiados com a progres-

O prédio está parcialmente fechado para reformas, mas abriga, atualmente, seis adolescentes. A parte denominada “pronto atendimento” necessita de reparos que não foram iniciados. Previsão de reabertura: 30 dias.

são para a semiliberdade. “Sugerimos à Fundac que diante da necessidade, o sistema exige espaços diferentes, duas casas no formato como está, mas sendo uma unidade para a semiliberdade e outra para quem saiu da internação para o meio aberto”, disse José Dantas. Ana Rosa Ferreira disse que vem trabalhando comsua equipe um projeto socieducativo para os adolescentes que estão voltando ao Ceduc, que incluem palestras, apresentação de vídeos no Núcleo Cultural da Fundac (rua dos Potiguares, em Lagoa Nova), além do fechamento de parceria com o

Ciad Padre João Maria O Ciad foi construído para abrigar adolescentes do sexo feminino, mas foi improvisado para receber os garotos que estavam no Ciad Natal. O local já está lotado com 12 adolescentes.

Liberação [de recursos para Ciad] depende da área econômica do governo, mas está tudo no papel” GETÚLIO BATISTA Presidente da Fundac

Centro de Valorização da Vida (CVV) com o mesmo fim. Segundo ela, a realização de oficinas profissionalizantes também depende da reabertura do Centro de Treinamento Profissional (CTP) da Fundac, na Cidade da Esperança. Atividades lúdicas e esportivas também estão dentro do projeto pedagógico. O Ceduc Nazaré conta, além dos educadores, com uma assistente social, uma pedagoga, uma psicóloga, e apenas dois policiais militares, apesar de determinação judicial para que a Polícia Militar do RN disponibilize oito praças para a unidade.

O formato do Ceduc Nazaré como está, não é o melhor para um programa socioeducativo” JOSÉ DANTAS DE PAIVA Juiz da Vara da Infância


4

Natal - Rio Grande do Norte Quarta-feira, 26 de junho de 2012

natal

DER reduz tarifas na Grande Natal « TRANSPORTES » Demétrio Torres informou que a redução foi possível depois de análise minuciosa

das planilhas de custos das empresas. Em casos específicos, como o de Macaíba, houve redução do ISS EDU BARBOZA

MARÍLIA ROCHA E ROBERTO LUCENA repórteres

A

s manifestações encabeçadas pelos componentes da #RevoltaDoBusão conseguiram mais uma vitória com relação à redução da tarifa do transporte público de passageiros. Depois do prefeito Carlos Eduardo anunciar a redução do valor da passagem de R$ 2,30 para R$ 2,20, o Departamento de Estradas de Rodagem do Rio Grande do Norte (DER/RN) publicou uma Portaria fixando novos valores para as passagens nas linhas que fazem o itinerário entre os municípios que compõem a Região Metropolitana de Natal. Houve redução no valor de várias tarifas e a maioria voltou ao valor antes do aumento. O decreto que define os valores foi publicado na edição de ontem do Diário Oficial do Estado (DOE) e vale para as linhas de transporte coletivo intermunicipais que têm paradas também localizadas na cidade de Natal. No DOE de hoje, o DERRN republica a portaria com uma correção no valor da tarifa única do “Anel I”. Na publicação de ontem, o valor divulgado foi de R$ 2,30, porém, o valor correto é R$ 2,20. O diretor geral do DER-RN, Demétrio Torres, informou que a redução foi possível depois de análise minuciosa das planilhas de custos das empresas de transporte público e, em casos específicos, como em Macaíba, houve redução do Imposto Sobre Serviços (ISS). “O valor dessas passagens é cheio de detalhes. Não é apenas um único valor como ocorre em Natal. São várias variáveis que foram estudadas e chegamos à redução desses valores”, explicou. O presidente do Sindicato das Empresas de Transporte Intermunicipal de Passageiros do Rio Grande do Norte (SetransRN), Eudo Laranjeiras, informou que o órgão não foi comunicado sobre a redução da tari-

fa. “Só tive conhecimento dessa portaria quando acessei o site da Tribuna do Norte. Não estava sabendo de nada. Hoje [ontem] à tarde vou ao DER-RN para saber como foi isso”, colocou. Laranjeiras disse que a Portaria será cumprida pelas empresas, mas mostrou preocupação com relação à operacionalização do sistema. “A tarifa estava congelada há quase quatro anos. Nesse tempo, tudo subiu de preço. Tivemos aumento dos salários dos funcionários. Temos que ver o que será desonerado”, declarou. Havia ainda a expectativa de que o valor da tarifa para as demais linhas intermunicipais, que não integram o sistema semiurbano, seria reduzido, no entanto, no início da noite de ontem, Demétrio Torres descartou a possibilidade. “Não há como reduzir esses valores”, disse. As tarifas do transporte público de passageiros na Região Metropolitana de Natal sofreram reajuste no dia 1º de junho. Em média, o preço das passagens aumentou 8,21%, mas há casos onde o reajuste foi de 13,63%. O reajuste das tarifas intermunicipais foi ponto de controvérsia entre empresários e Governo, desde o dia 18 de maio, quando a tarifa de ônibus de Natal passou de R$ 2,20 para R$ 2,40. Nesse dia, as empresas que fazem o transporte de passageiros entre municípios da RMN reajustaram as tarifas para R$ 2,50, sem autorização do DER/RN. O órgão determinou a redução do valor.

Natal O prefeito Carlos Eduardo Alves informou ontem que aguarda um posicionamento do Governo Federal sobre a possibilidade de reduzir ainda mais o valor da passagem na cidade. Carlos Eduardo participou, na última segunda-feira, de um encontro com a presidenta Dilma Rousseff e governadores, em Brasília. “O Governo Federal estuda a possibilidade de desoneração do setor. Só assim poderemos pensar em outra redução”, comentou o prefeito.

Natal não terá protestos nesta quarta-feira

Manifestantes decidem não realizar ato nesta quarta, mas confirmam protesto para dia 1 de julho

Tarifas intermunicipais

SENTENÇA

Trechos considerados “urbanizados” Nova tabela de valores ITINERÁRIO/LINHAS

VALORES

Natal/Parnamirim, via Quarto Centenário (C, E, L, C1, C2, C3, C4) Natal/Parnamirim, via Parque Industrial (D) Natal/Genipabu

R$ 2,20

Natal/Parnamirim (A, J, F1, PN) Natal/Extremoz

R$ 2,90

Natal/Macaíba, via BR-101 Natal/Vila de Fátima Natal/Pirangi Natal/Parnamirim, via Alecrim e TRR (B)

R$ 3,10

Natal/Ceará-Mirim Natal/Pitangui Natal/Jacumã Natal/Traíras

R$ 3,95

Natal/Nísia Floresta Natal/Barreta Natal/Barra de Tabatinga (TRR) Natal/Coqueiros Natal/Monte Alegre Natal/Barra de Tabatinga

R$ 5,00

Natal/Alcaçuz, via TRN Natal/Alcaçuz, via Hortigranjeira e Colônia Natal/Alcaçuz, via TRR

R$ 3,30

Enquanto os manifestantes estudam a articulação de novos protestos em Natal, o Superior Tribunal de Justiça já definiu que a Justiça Federal do Rio Grande do Norte não poderá intervir em relação às interdições na BR-101, durante protestos na cidade. A decisão do STJ assinada pelo ministro Herman Bejamim no dia 20 de julho (dia da última manifestação em Natal), derruba a sentença do juiz federal Magnus Delgado que autorizava até o uso de força policial pela Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) para impedir a interdição da BR-101, que é uma rodovia federal. De acordo com a decisão do STJ “não cabe o uso da força para reprimir a circulação de cidadãos que buscam o legítimo exercício da cidadania, em prol de melhorias públicas”. No último ato, 15 mil pessoas foram as ruas protestar contra o aumento das passagens de ônibus e melhorias dos serviços públicos.

Os estudantes que saíram às ruas reivindicando por melhorias no transporte público fizeram uma reunião de avaliação ontem a noite no centro de convivência da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Na plenária ficou decidio que não terá protesto em Natal nesta quartafeira (26). Uma nova passeata está marcada para o próximo dia 1º de julho, data que coincide com a mobilização nacional. De acordo com Tiago Aguiar, da comissão de Comunicação do Movimento, a plenária de avaliação fez considerações sobre o movimento e os encaminhamentos para os próximos atos. “O grupo é plural, mas todos concordam que a discussão deve ter foco na tarifa e condições do transporte público”, argumenta. Tiago contou ainda que o debate sobre melhorias no transporte público “estadualizou” com manifestos em Mossoró, Assú e Caicó e o objetivo é tornar o manifesto um instrumento de participação popular. “Queremos criar um canal permanente de diálogo com a sociedade para depois cobrarmos do poder público”, conta. Na plenária, além da avaliação ficou aprovada que em futuros protestos os militantes não usarão bandeiras, nem irão permitir atos de vandalismos e que a mobilização continuará sendo feita pelas redes sociais. Muitos estudantes participaram da discussão e afirmaram que também querem participar. Incorporando o manifesto #RevoltadoBusão os estudantes de Parnamirim promovem uma passeata hoje, às 16 h na Praça da Paz de Deus, no centro da cidade pela unificação de todas as tarifas com o valor de Natal.

+

PAGINA 7 Protestos em outras cidades terão segurança reforçada

Semopi leva caso à assessoria jurídica « VIADUTO DO BALDO » Há dez dias, uma equipe da Semtas vem propondo alternativas aos cerca de vinte moradores de rua para desocupação da área. A maioria deles concorda, mas retorna no dia seguinte MAGNUS NASCIMENTO

VINÍCIUS MENNA repórter

A

s obras de reparo do Viaduto do Baldo são hoje motivo de uma novela que se arrasta há quase nove meses. Interditada no dia 4 de outubro de 2012, a via teve ordem de serviço assinada para a restauração no dia 10 deste mês, com R$ 1,79 milhão em recursos. Entretanto, os serviços ainda não foram iniciados porque moradores de rua permanecem no local. A Secretaria Municipal de Obras Públicas e Infraestrutura informou que consultará sua assessoria jurídica para solucionar o caso. Há cerca de dez dias, uma equipe da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas) vem propondo alternativas aos cerca de 20 moradores de rua para saída das imediações do Baldo. A maioria deles afirma à equipe da secretaria que concorda em sair, mas retorna no dia seguinte, como a TRIBUNA DO NORTE pode constatar, antes da chegada dos funcionários da Prefeitura para retomar as negociações. Próximo à Avenida do Con-

torno, às 9h de ontem, barracas ainda estavam montadas nos canteiros do viaduto. “Eles saíram quando conversamos com eles ontem (segunda-feira), mas parece que retornaram à noite e saíram hoje de manhã (terça-feira)”, explicou a educadora social da Semtas, Aparecida Imperiano. Os trabalhos da Semtas foram acompanhados de perto por funcionários das secretarias municipais de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) e da Guarda Municipal. Por volta das 9h30, a informação passada pela equipe que estava no local era de que a ação permaneceria em tratativas da Semtas e que funcionários da Semurb apenas acompanhariam o trabalho. Contudo, por volta das 9h40, os funcionários da Semurb se retiraram afirmando que seria enviada uma equipe específica para fazer a remoção dos moradores de rua, o que não aconteceu até as 12h. Além disso, um casal permanece na área e se recusa a aceitar as propostas da Semtas. A Guarda Municipal chegou a abordar os dois para averiguar se eles eram foragidos da Justiça, mas não houve confirmação nesse sentido. Inácio Alves da Silva, 37, e Fran-

Moradores de rua resistem em sair da área das imediações do Baldo e obras ficam emperradas

cicleide Pereira de Oliveira, 48, resistiram durante toda a manhã e declinaram inclusive à oferta de um apartamento com quatro meses de alugueis pagos pela Prefeitura em algum bairro próximo do Centro, ação chamada de “aluguel

social”. Eles só precisariam passar uma noite no albergue para que os documentos fossem preparados pela secretaria.

Recursos esgotados A educadora social Aparecida

Imperiano, que vem tentando convencer os moradores de rua a sair do local, disse que a Semtas esgotou todos os recursos que dispõe. Segundo a assistente social da Semtas, Santana Maria de Freitas, a secretaria não pretende retornar

ao local para um novo diálogo. O secretário municipal de Obras Públicas e Infraestrutura, Rogério Mariz, informou na última sexta-feira que o prazo para as negociações da Semtas com os moradores de rua era até ontem. “O prazo já era para ter encerrado, mas ninguém conseguiu retirar as famílias dali. A obra já está atrasada. Vamos conversar com a assessoria jurídica para ver como proceder”, explicou Mariz. O titular da Semopi acrescentou que a empresa responsável pela obra, a BMB Construções, foi orientada a se organizar para começar a obra, colocando o material para montar o canteiro de obras enquanto a questão dos moradores é resolvida em paralelo. De acordo com o secretário municipal de Meio Ambiente e Urbanismo, Marcelo Toscano, a Semurb aguarda comunicado da Semtas e da Semopi para montar um plano de ação. “Existe a possibilidade da Semurb usar seu poder de polícia, mas não é simplesmente retirar e jogar o povo do meio da rua. Precisamos de um relatório para saber quem aceitou as condições e quem ainda fica no local”, afirmou.


natal

Natal • Rio Grande do Norte Quarta-feira, 26 de junho de 2013

5


6

natal

Natal - Rio Grande do Norte Quarta-feira, 26 de junho de 2013

“@elianalima Concordo integralmente. Não é correto tantos dias sem trabalho em serviço público que não funciona bem”

« ELIANA LIMA »

Do juiz Henrique Baltazar, no Twitter, sobre a proposta do deputado Kelps Lima de decretar o fim do ponto facultativo nas repartições públicas

elianalima@tribunadonorte.com.br

ELIANA LIMA

ABELHINHAFLASH

Tempo de dúvidas

1 – ÁLBUM

O Rio Grande do Norte foi um dos pioneiros na realização de união homoafetiva. Também está entre os que registram as primeiras separações. Assim como ocorre em outros Estados, a Justiça ainda não sabe como proceder. Inclusive com o caso de pedido de pensão por parte de um dos companheiros.

Em Brasília, o juiz Jarbas Bezerra representou o TJRN na despedida do ministro Carlos Alberto Marques Soares, com a mulher Alda Soares, do Ministério Militar

Devolução

1

de Vereadores, 16h.

2

Quem por quem No Twitter, perguntei ontem aos deputados federais quem vota a favor ou contra a PEC 37. Até à noite, apenas Fátima Bezerra (PT) e Felipe Maia (DEM) responderam. Declaração de Felipe: “Por ouvir as vozes das ruas e concordar com a importância do Ministério Público, votarei contrário à PEC 37”.

2 – FESTA...

Já diz a velha máxima: toda ação tem uma reação. A do deputado Marco Feliciano (PSCSP), de propor a “cura gay”, recebeu de todos os lados. Das mais incisivas, uma partiu de um dos líderes do movimento gay: Toni Reis. Que pediu aposentadoria por invalidez.

ELIANA LIMA

Nos domínios de Maria e Francisco Nunes, o papopolítica entre Francisco José Oliveira, o deputado José Dias e Luiz Eduardo Carneiro

Declaração ELIANA LIMA

4

E no Twitter, o presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Alves, comentou: “As ruas estão fazendo sua parte, protestando. Vamos cumprir nosso dever, votando em sintonia com aquilo que a rua quer”.

Se joga!

E agora?

3 - ...DE...

Sobrou para o ministro Garibaldi Filho (Previdência). Que não sabe o que dizer sobre o assunto. Nem fala. Sai pela tangente.

Dos momentos mais descontraídos da noite: o bate-papo entre os espirituosos Teófilo Câmara e Marcos Santos

O Praia Devassa, na Via Costeira, será palco do ‘Natal com Reggae!’, dia 6, ao som da banda Natiruts, mais shows do Alphorria e Uskaravelho. Promoção da Jovem Pan, 98 FM e B! Shows. Os ingressos já estão à venda na Colcci do Midway.

4 - ...SÃO JOÃO

Luxo

Maria Nunes recebe o amigón Getúlio Soares

Durante os coquetéis de lançamento da revista e do site Bzzz em Natal (dia 4) e Mossoró (dia 7), a Saccaro, que vai inaugurar loja linda na capital dos magosexigentes, vai sortear brindes para os convidados.

Em tempo E Marco Feliciano, além de presidente da Comissão da qual querem extipar-lo, também é “escritor, cantor, apresentador do Programa Marco Feliciano, sábados às 16hs CNT”, segundo seu perfil no Twitter.

Perigo... Nunca antes história o Mossoró Cidade Junina ficou tão desprotegido. Das 200 vagas disponibilizadas para policiais militares, em Natal, trabalherem no evento, com o pagamento de Diárias Operacionais, na primeira semana pouco mais de cem apareceram para a viagem.

...Iminente O dinheiro prometido não saiu e, na segunda semana, o número caiu para cerca de 60 PMs. Nada de DOs na conta, reduziu na terceira para coisa de 40 homens. Acreditam que na última semana não passará de 30. Ou seja: efetivo mesmo, mesmo, apenas o de Mossoró.

Em tempo Os PMs do efetivo de Mos-

3 soró que trabalham na segurança do evento estão recebendo normalmente as DOs.

Recheio... No momento em que o vereador Sandro Pimentel (PSOL) sacava dinheiro no caixa eletrônico na Câmara Municipal, ontem, eis que chega Dickson Nasser Jr. (PSDB) e pergunta em tom de ironia: “Já caíram os R$ 17 mil, vereador?”. No que SP respondeu: “Só em 2015, Dickson Jr.”.

...De cifrões DNJ, rápido, lembrou: “Mas você anda dizendo na imprensa que é a partir de julho deste ano”.

Então Resta aguardar se Pimentel e os colegas socialistas que bradam contra o aumento vão abrir mão do salário que hoje tanto

criticam.

Nacional A produção da Rede Globo entrou em contato ontem com a UFRN, para falar com Vantiê Clínio Oliveira, doutorando em Ciências Sociais pela Instituição. Motivo: abordar conteúdo do seu livro ‘O movimento anarcopunk. A identidade e a autonomia nas produções e nas vivências de uma tribo urbana juvenil’. Tudo a ver com as manifestações pacíficas que sofrem interferências de vandalismo.

Páginas Livro fruto da dissertação de mestrado de Vantiê - 150 páginas -, que luta para vender. Trata das suas reflexões em torno da anarquia no campo da educação. Na apresentação, o professor Alípio de Sousa Filho diz que o “pedagogo libertário” “trata o as-

sunto indagando-se sobre a potência da educação anarquista na formação e transformação dos jovens que participam dos grupos anarco-punks”.

Faz... Do leitor e comentarista do blog Abelhinha que assina como ‘Poeta Cypriano Maribondo’: - “O erro de Dilma no pronunciamento é que juridicamente não existe possibilidade de se convocar uma constituinte específica”.

...Sentido Continua: - “Constituinte é para escrever uma NOVA CONSTITUIÇÃO. Acredito que ela quiz dizer: iria propor um plesbicito para decidir sobre proposta de emenda constitucional para reforma política e reforma da lei penal brasileira, que com este plesbicito seria decidida a

emenda constitucional atendendo a vontade popular. Jamais constituinte específica”.

Curioso Será que o Poeta Maribondo é jurista? A contar que seu comentário segue a linha de juristas como Dalmo Dallari e Celso Velloso (ministro aposentado do STF). Huuummm...

Brado retumbante A população do pequeno município-paraíso de Baía Formosa se mobiliza para ir às ruas no próximo dia 4 de julho. Cerca de 300 pessoas já confirmaram presença pelo Facebook. Nos gritos de ordem, cobrar a execução de diversas ações reivindicadas ao prefeito. E contra os gastos para a Copa do Mundo, a PEC 37 e o voto obrigatório. A concentração será em frente à Câmara

« COLMEIA » à Hoje tem coro de parabéns para

Valério Sá, Fábio Lopes, Gipse Montenegro. à O Baladar Bar & Petiscaria abre

hoje a partir das 14h, para o jogo do Brasil x Uruguai, que começa às 16h, com Valber Fernandes soltando o som sertanejo. à Até o dia 28, o Extra (Ponta

Negra e Maria Lacerda) recebe doações de peças novas ou usadas, em bom estado, para entregar ao Movimento Fé e Alegria, que atua junto às comunidades de Felipe Camarão e Boa Esperança; e ao Grupo de Apoio à Criança com Câncer (GACC).

Adolescentes já causaram 137 acidentes « SEM HABILITAÇÃO » Esse foi o número de colisões registradas pela CPRE, este ano. Todas protagonizadas por adolescentes. O órgão orienta familiares a coibirem a prática da direção por adolescentes sem CNH

O

Comando de Policiamento Rodoviário Estadual (CPRE) registrou 137 acidentes automotivos provocados por adolescentes sem carteira de habilitação de janeiro a junho deste ano, nos quais seis pessoas morreram. No ano passado, o total de acidentes desse tipo foi de 296. O coronel Sil-

va Júnior, subcomandante do CPRE, confirmou que a maioria das colisões envolvem motocicletas. O oficial atentou para a necessidade dos familiares desses adolescentes coibirem a prática da direção sem CNH. Na noite da segunda-feira passada, mais dois jovens entra-

ram para essas estatísticas. Os adolescentes de 12 e 16 anos morreram depois de uma colisão ocorrida na avenida Olavo Montenegro, em Parnamirim. Informações repassadas pela polícia dão conta de que Paulo Jean de Medeiros Júnior, 16, dirigia em alta velocidade o veículo Sandero de cor branca e pla-

cas NOA-9994, quando bateu contra um muro. Segundo o subtenente Ângelo Fabrício, do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE), o pai de Jean de Medeiros emprestou o automóvel para que ele fosse jogar futebol com o colega, João Vitor da Costa Souza, 12. Porém, durante o ve-

lório, familiares confirmaram que o adolescente pegou a chave do carro sem permissão. O acidente aconteceu quando eles voltavam para casa. Informações coletadas no local pela Polícia Militar confirmam que o Sandero estava em alta velocidade no momento da colisão. “O adolescente perdeu

o controle do carro e se chocou contra um muro”, detalhou o subtenente. Jean de Medeiros morreu na hora, antes mesmo de receber atendimento médico, e João Vitor da Costa ainda foi socorrido pelo Sistema de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos e também morreu.


Natal • Rio Grande do Norte Quarta-feira, 26 de junho de 2013

natal

7

Data de repasse continua indefinida « PRECATÓRIOS » Sem nenhuma definição quanto ao início dos repasses pelo Governo do Estado, nova audiência foi agendada para o dia 15 de julho, quando o Estado deverá apresentar proposta de pagamento RICARDO ARAÚJO repórter

O

Governo do Estado do Rio Grande do Norte não “sabe de onde irá tirar” os R$ 38 milhões que deve repassar à Divisão de Precatórios do Tribunal de Justiça até o final deste ano. A informação foi dada pelo procurador-geral do Estado, Miguel Josino Neto, na manhã desta terça-feira, 25, na sede da Corte potiguar. O procurador-geral participou de uma reunião convocada pelos juízes que integram o Comitê Gestor de Precatórios – Tatiana Socoloski, pelo Tribunal de Justiça; Marco Bruno Miranda Clementino, da Justiça Federal e Antônio Soares Carneiro, do Tribunal Regional do Trabalho – que tinha como objetivo discutir e “ajustar as condições de pagamento do valor orçado na proposta orçamentária de 2013”. Sem nenhuma definição quanto ao início dos repasses pelo Governo do Estado, uma nova audiência foi firmada para o dia 15 de julho, na qual o Estado deverá apresentar proposta de pagamento. Neste ínterim, de acordo com Miguel Josino Neto, técnicos da Secretaria Estadual de Planejamento e das Finanças (Seplan), ava-

ì QUEM Governo do Estado do Rio Grande do Norte

O QUE Deve repassar, até 31 de dezembro deste ano, o valor de R$ 38 milhões para pagamento dos precatórios

liarão as possibilidades de captação de recursos. “Constitucionalmente, nós temos até 31 de dezembro para repassar os recursos. Há um consenso no Governo do Estado de que não há ilegalidade. A situação é de dificuldade e não sabemos de onde iremos tirar o dinheiro. Hoje, não temos recursos nem para pagar os 40% do 13º salário dos servidores”, lamento Josino. Pela primeira vez em 2013, a audiência contou com a participação do secretário estadual de Planejamento e das Finanças, Obery Rodrigues. Ele, porém, reiterou as dificuldades do Exe-

cutivo Estadual em honrar o repasse em decorrência da redução do encaminhamento de recursos federais ao Estado potiguar. “O Estado não teve condições porque as condições financeiras de frustração de receita da ordem de R$ 176 milhões desprogramaram a execução financeira do Estado”, explicou o titular da Seplan. Obery Rodrigues caracterizou a reunião como produtiva, em decorrência da abertura de diálogo com os membros do Comitê Gestor de Precatórios. Segundo nota do TJRN, Obery Rodrigues teria afirmado que, até sexta-feira (28), o Governo do Estado define uma proposta para o repasse do valor destinado ao pagamento dos precatórios em 2013. Segundo o procurador-geral do Estado, a Seplan está empenhada em resolver o problema e iniciar os repasses. Em 2012, o Governo do Estado parcelou a dívida em sete vezes. Para este ano, nenhuma ação neste sentido foi negociada pelo Executivo Estadual. Miguel Josino descartou a suspensão nos pagamentos das dívidas judicializadas. “O RN não quer fazer o que outros Estados estão fazendo, que é suspender os pagamentos dos precatórios”, assegurou. EMANUEL AMARAL

Obery Rodrigues e Vera Guedes participaram de reunião do Comitê Gestor dos Precatórios do TJRN

Família acusa flanelinha pelo assassinato de menina de 13 anos « VIOLÊNCIA » Delegada Karen Cristina explica que a participação desse homem no crime não foi descartada, mas há outras linhas de investigação RAFAEL BARBOSA Repórter

A

família de Janiele Medeiros da Silva, de 13 anos de idade, sustenta que o responsável pela morte da garota é um homem que foi detido depois liberado pela polícia por falta de evidências que comprovassem a participação dele no crime. O motivo seria uma vingança contra a mãe dela. A vítima foi encontrada morta na manhã da segunda-feira (24), em meio a pedras próximo à Ponta do Morcego, entre as praias dos Artistas e de Areia Preta. Janiele Medeiros foi velada na manhã de ontem, na sala da pequena casa onde morava com a avó e uma amiga da família, na rua do Motor, praia do Meio. O imóvel tem dois cômodos e mal cabia as poucas pessoas que foram se despedir da garota. Indignados, os familiares e vizinhos lamentavam o ocorrido e clamavam por justiça. Maria Lúcia Xavier da Silva morava com Janiele e ajudou a criá-la. A dona de casa confirmou que a menina de 13 anos era usuária de crack. “Ela não estudava. Tentei matricular num colégio lá na zona Norte, mas só aceitaram que ela entrasse na turma da noite, por causa da idade. Aí não tinha co-

mo”, relatou. A mulher disse que Janiele cursou até o segundo ano do ensino fundamental. Maria Lúcia contou também que ela saiu de casa às 17h do domingo e não foi mais vista. “Ela saiu escondida da avó”, disse. Depois disso, os familiares começaram a procurar por Janiele, mas só tiveram notícia dela no dia seguinte, quando o corpo foi encontrado na praia. A flanelinha Juliana Medeiros da Silva é mãe da vítima. Ela, assim como os demais presentes no velório, corroboraram que o autor do assassinato é o suspeito detido no mesmo dia em que o cadáver foi encontrado, mas que foi liberado em seguida por falta de provas. O homicídio teria sido praticado, segundo os próprios parentes, para atingir a mãe. “Ele já me ameaçou outras vezes, mas eu sei me defender. Então ele procurou minha filha”, afirmou Juliana Medeiros, explicando que o entrevero com o suspeito, que também é pastorador de carros, se deu em virtude da disputa pelos pontos de estacionamento de veículos. A delegada Karen Cristina Lopes, titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (Deam), explicou que a linha de investigação que apura a participação desse homem no crime ainda não foi descartada, mas não

houve elementos suficientes que o incriminassem para que fosse pedida a sua prisão, temporária ou preventiva. “Há também outras linhas de investigação. Estamos trabalhando”, disse a delegada. O inquérito está sendo apurado em conjunto pela 4ª Delegacia de Polícia de Mãe Luiza, pela Deam e pela Delegacia Especializada de Homicídios (Dehom). Karen Cristina adiantou que o Instituto Técnico-Científico de Polícia (Itep) já enviou os laudos para os investigadores que confirmam o estupro da menina. Ela foi sepultada na tarde de ontem, no cemitério do Bom Pastor. Na tarde desta terça-feira (25), a casa do flanelinha apontado como suspeito de matar a adolescente foi alvejada e depredada. Segundo a polícia, não há informações sobre quem atirou contra o imóvel. O suspeito prestou depoimento na 4ª Delegacia de Polícia, em Mãe Luíza, na segunda-feira. Familiares dele e da vítima também foram ouvidos. De acordo com relatos de populares, Janiele Medeiros foi encontrada nua, com as mãos presas com uma bolsa e os pés amarrados com um sutiã. A menina estava amordaçada e com marca de ferimento na cabeça.

BATE-PAPO

Precatórios do Estado

Obery Rodrigues

Veja abaixo o detalhamento:

R$ 38 milhões Repasse programado na Lei Orçamentária Anual (LOA) para repasse em 2013 ao Setor de Precatórios do TJRN

R$ 0,00 Repasse efetuado até 25 de junho

Dificuldades elencadas pela Procuradoria Geral do Estado:

Secretário Estadual de Planejamento

Crise nas finanças estaduais;

“Estado não teve condições de repassar até agora”

Governo Federal, até maio deste ano, deixou de repassar R$ 190 milhões ao Governo do Estado; Crescimento mensal do valor da folha de pagamento; Demandas judiciais, principalmente na área da Saúde, que obrigam o Executivo Estadual a custear medicamentos e tratamentos onerosos aos cofres;

Houve um avanço, houve uma conversa em relação ao pagamento dos precatórios. Se discutiram vários aspectos relativos a esse pagamento e agendamos uma conversa definitiva para o dia 15 de julho.

Incremento mensal do ICMS não acompanha a demanda de gastos do Governo do Estado, principalmente, com folha de pagamento.

Definitiva em qual sentido? Definitiva no sentido de definir a questão do repasse.

Comitê aguarda cronograma no próximo dia 15 de julho Pela primeira vez em contato com o titular da Seplan, Obery Rodrigues, a juíza integrante do Comitê Gestor de Precatórios, Tatiana Socoloski, comentou que a audiência foi positiva e que o Comitê aguarda a apresentação de novas perspectivas pelo Governo do Estado. “Nós estamos saindo com a previsão de que, daqui para a frente, nós fechemos mais a possibilidade de conversa, de diálogo, para que não haja mais essa situação de esperar até julho para o início dos repasses”, disse a magistrada em nome do Comitê. O plano do Comitê Gestor de Precatórios é de que se faça uma “uma previsão de dívida global” das dívidas e, em cima disso, se projete os pagamentos futuros. E, tudo isto, conforme dito por Tatiana Socoloski, “para que, em janeiro, o Estado já possa começar a depositar, conforme acordos”. Questionada sobre o valor da dí-

O que ficou decidido na reunião?

vida global do Estado atualmente, a integrante do Comitê disse que só poderia detalhar o montante “depois do dia 3 de julho que é quando encerra o planejamento para o orçamento 2014”. Em nota encaminhada pela assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça à TRIBUNA DO NORTE em 17 de junho, o Setor de Precatórios da Corte potiguar indagou o não-repasse dos recursos pelo Governo do Estado. “Os R$ 38 milhões, relacionados aos precatórios, referem-se à decisões judiciais, e como tal devem vir junto com os duodécimos, que devem ser repassados mensalmente pelo Governo do Estado, de acordo com previsão Constitucional. O prazo final máximo encerra-se em 31 de dezembro. Mas como, operacionalmente, o TJ vai poder pagar os precatórios se receber os recursos somente no último dia do ano?”, questionou o Setor.

Por que não foi feito até agora? Por que que não foi feito o repasse até agora? Porque o Estado não teve condições de repassar até agora. Mesmo o valor tendo sido incluído na LOA/2013? Sim. Por quais razões o Estado não teve condições? Bom, o Estado não teve condições porque as condições financeiras de frustração de receita da ordem de R$ 176 milhões desprogramaram a execução financeira do Estado. Tecnicamente, o Estado pode repassar os recursos até 31 de dezembro. Mas, repassando até 31 de dezembro, como é que o Tribunal de Justiça irá pagar os precatórios? O senhor pergunta ao Tribunal de Justiça. Mas o trabalho não é integrado, vocês não são uma equipe? Nós estamos justamente fazendo o que aqui hoje? Conversando, buscando essa alternativa.


8

Natal - Rio Grande do Norte Quarta-feira, 26 de junho de 2013

natal


LITERATURA

Carlos de Souza destaca novos títulos lançados pela Unesp para baixar gratuitamente PÁGINA 4

DESTAQUE

HOJE NA TV

“Impressões do Brasil” apresenta entrevista com Affonso Romano de Sant’Anna. PÁGINA 2

Show potiguar “Clássicos do Baião” será exibido pela SescTV hoje, às 22h. PÁGINA 2

SARAMANDAIA É TRUNFO ENTRE AS MINISSÉRIES DIFERENCIADAS NO HORÁRIO DAS 23H. PÁGINA 3

BLOG AGITOS E BALADAS

Veja como será o I Baile do Sapuca, com o anfitrião Leandro Sapucahy.

tribunadonorte.com.br/agitosebaladas

viver Editora: Cinthia Lopes[cadernoviver@tribunadonorte.com.br]

Natal • Rio Grande do Norte • Quarta-feira • 26 de junho de 2013

Mais pontos para reforçar a

Teia cultural Com 43 Pontos de Cultura em atividade no Estado, o Rio Grande do Norte espera ampliar alcance do projeto com a realização, em Natal, do Teia 2014, grande evento nacional que atrai 5 mil projetos da chamada economia criativa no Brasil

YUNO SILVA repórter

U

ma revolução invisível aos holofotes ganha corpo desde 2008 com o surgimento dos Pontos de Cultura, iniciativa de conceito simples inserida no Programa Mais Cultura do MinC que financia por três anos ações culturais já em curso. Independente dos problemas com prestação de contas e atrasos no repasse de verbas, os Pontos deram fôlego novo e de maneira capilarizada conseguiu movimentar toda uma cadeia

produtiva que aos poucos alinhava o conceito de economia criativa. No Rio Grande do Norte são 43 Pontos em plena atividade espalhados em 25 municípios, cada qual a sua maneira, e todos os anos uma cidade é escolhida para receber um encontro nacional dos ‘ponteiros’, Teia, ponto alto do Programa. A quinta edição do evento, que

reunirá durante cinco dias cerca de 5 mil pessoas de todo o Brasil no primeiro semestre de 2014, será realizada em Natal. A confirmação foi anunciada nesta segunda-feira (24), após reunião entre Dácio Galvão, presidente da Fundação Capitania das Artes, e Pedro Vasconcellos, diretor de Cidadania e Diversidade Cultural da Secretaria de Cidadania e Diver-

sidade Cultural do Ministério da Cultura. Na ocasião, ficou acertado apoio da Prefeitura. “A Teia tem dois momentos”, informou o fotógrafo potiguar Teotônio Roque, do Ponto de Cultura Lumiar, “um político e outro de celebração. O primeiro momento abrange um fórum onde são discutidas diretrizes e apontamentos para formatação de po-

líticas públicas; já no segundo temos o congraçamento com shows e exposições”, adiantou Roque, que faz parte da coordenação nacional e é o representante dos Pontos de Cultura para a região Nordeste. Ele destaca que há pouco mais de um ano tramita projeto de lei no Congresso Nacional tornando o Programa Mais Cultura uma política de Estado.

“Contamos com uma mobilização nacional muito forte e nossa expectativa é que até dezembro essa lei esteja sancionada”. O formato dos Pontos de Cultura virou, inclusive, produto de exportação, e hoje vários países da América Latina criaram programas semelhantes como Colômbia, Peru, Bolívia, Argentina, Venezuela, Uruguai e Chile. Clênia Luna, responsável pelo convênio entre o MinC e a Fundação José Augusto dos Pontos de Cultura, acredita que a Teia deva acontecer no mês de abril do próximo ano. “Antes, porém, teremos a Teia estadual em setembro aqui em Natal”, adiantou. Clênia destacou que o Plano Estadual de Cultura prevê a ampliação da rede de Pontos para 100 cidades do RN, ou 150% a mais do que existe hoje. Ela lembrou que em 2012 os repasses foram normalizados e que a prestação de contas da segunda parcela inicia agora em julho. “Tem gente se habilitando para receber a última parcela”, garante.

PONTOS DA TEIA NATALENSE O Rio Grande do Norte possui 43 pontos de cultura, sendo 25 em Natal. As realidades são diferentes: enquanto alguns estão em estágio avançado, outros ainda não definiram o caminho

ALEX REGIS

ALDAIR DANTAS

RODRIGO SENA

“Cinema para todos”, Instituto Técnico de Estudos Cinematográficos – ITEC

“Tecido Cultural”, Cenarte-Centro de Estudo, Pesquisas e Ação Cultural

Ponto “Rebuliço” Grupo Facetas, Mutretas e Outras Histórias Oferece oficinas gratuitas de dança contemporânea, teatro e música; realiza mostras coletivas para apresentar o resultado das oficinas e sessões do cineclube Boi de Prata. Atuação no Conjunto Pirangi. “Na primeira fase adquirimos computadores, equipamentos de áudio e vídeo, e neste momento estamos promovendo as oficinas previstas na segunda etapa do projeto. Vejo a Teia como o maior evento do Brasil em termos de diversidade cultural. É um encontro também político, que em 2014 terá um configuração diferente, mais abrangente, ao incluir outros movimentos socioculturais ”, disse Rodrigo Bico, ator.

YUNO SILVA

O Espaço Gira Dança é o centro das atividades do grupo e do projeto Giratório, que atualmente realiza oficinas de dança

“Boi Vivo”, São Gonçalo do Amarante O Ponto “Boi Vivo” figura entre os que ainda não receberam a segunda parcela de R$ 60 mil por falta de documentação. A proposta é valorizar mestres e grupos populares, fortalecer suas atuações a partir de intercâmbio e incentivos. Atuação em São Gonçalo do Amarante com o Boi Calemba Pintadinho; em Parnamirim com o Boi Chuvisco Pintadinho; e em São José de Mipibu com o mestre rabequeiro Damião (gravação de um CD). “Tivemos um problema de ordem burocrática, mas as ações continuam em curso. Firmamos parceria com outro Ponto de Parnamirim, o ‘Ileaô’, e com a prefeitura de lá para retomarmos as atividades do Boi. Espero que até a Teia o RN possa se planejar para mostrar a diversidade cultural que há por aqui”, conta Lenilton Lima, fotógrafo.

“Fotografia e Identidade”, Galeria Zoon de Fotografia Realizou oficinas de fotografia em nove municípios, entre eles Macaíba, Natal, São José de Mipibu, Angicos e Mossoró. Os trabalhos viraram exposição e cartão postal. “Fomos selecionados entre os 100 Pontos da primeira remessa, vinculados exclusivamente ao MinC, e acompanhamos todo esse processo de construção do programa Cultura Viva. Já cumprimos todas ações enquanto Ponto de Cultura, e agora trabalhamos em outra proposta contemplada pelo Prêmio ASA (R$ 80 mil): a Galeria Zoon Móvel. Com essa verba compramos um contêiner e equipamentos para montar uma galeria fotográfica com previsão de lançamento para agosto. Buscamos parcerias para viabilizar a itinerância do projeto”, detalha Henrique José, fotógrafo

O objetivo do Ponto de Cultura “Tecido Cultural” é difuso: busca introduzir conceitos de direito e cidadania dentro de questões artísticas e culturais. A forma para promover esse intercâmbio não está consolidada e o projeto promove oficinas multimídia e publica informativos. “Percebemos que havia espaço para discutir direitos culturais enquanto cidadania, a partir de uma perspectiva mais ampla. Esses dois anos de atraso nos repasses deram uma esfriada nas atividades e considero este momento como de retomada. Os Pontos de Cultura são laboratórios”, disse Roberto Monte, coordenador.

ALEX RÉGIS

YUNO SILVA

O Ponto promove vivências cinematográficas com estudantes de cidades do interior do RN. São 15 dias de atividades como oficinas de roteiro, aulas sobre fotografia e operação de câmera que culminam com a produção de um curta. Na primeira fase o “Cinema para todos” passou por Assu, Lajes e São Gonçalo do Amarante, e para esta segunda etapa estão acertadas oficinas em Macaíba, Extremoz, Touros e um quarto município ainda não definido”. “Levamos cinema para lugares que dificilmente chegaríamos sem apoio, pois antes as aulas eram pagas pelos próprios alunos”, disse Carlos Tourinho, diretor de fotografia.

“Giratório”, Grupo Gira Dança O Gira Dança fracionou as ações em três módulos, e com isso não houve problemas de continuidade devido os atrasos de repasses das verbas. Na primeira fase o grupo desenvolveu trabalhos de dança com deficientes em instituições; no momento movimenta a sede na Ribeira com oficinas (pagas e gratuitas) de dança contemporânea e o próximo passo será circular com espetáculos por outras cidades do RN e em outros Pontos de Cultura. “Acredito que a vinda da Teia dará maior visibilidade nacional à produção artística aqui do RN. Vamos mostrar nossa cara para outros Pontos e buscar o fortalecimento da rede estadual – os Pontos precisam interagir mais”, disse Anderson Leão, diretor artístico.


2

viver

Natal • Rio Grande do Norte Quarta-feira, 26 de junho de 2013

« CANAL ZAP »

FLÁVIA CIRINO E-MAIL PARA ESTA COLUNA: CANALZAP@CARTAZNOTICIAS.COM.BR PEDRO PAULO FIGUEIREDO/CZN

Entre leis

Sem neurose

Desde 2004 sem fazer uma novela das nove – quando deu vida à Angélica em “Senhora do Destino’’ –, Carol Castro volta ao horário no meio da trama de ‘’Amor à Vida”. Na novela de Walcyr Carrasco, ela será a determinada advogada Sílvia, que irá defender Bruno, interpretado por Malvino Salvador, no processo pela guarda de Paulinha, vivida por Klara Castanho. “Estou feliz em voltar a fazer uma novela no horário nobre. Estava com saudade desse horário”, vibra. A atriz, que deve começar a gravar na próxima semana, ainda não sabe detalhes da trama de sua personagem, mas está empolgada com a oportunidade. “Estou muito curiosa para saber mais sobre ela. Pelo que pude perceber nas primeiras cenas, a Silvia aparece como uma grande aliada do Bruno”, adianta a atriz, que pretende se interar mais sobre o universo do Direito para se preparar. “Pretendo conversar com algumas advogadas e acompanhá-las no fórum”, completa. Em sua

Estar à frente da nova temporada de “Malhação” não assusta Ana Maria e Patrícia Moretzsohn. Considerada por muitos uma das novelas com menor importância da Globo, as autoras acreditam estar em um dos pontos mais estratégicos de audiência da emissora. “É onde começa a faixa de novelas da Globo. Por isso, você tem de sair bem. Porque carrega todo o horário e leva a grade”, defende Ana Maria.

No improviso

segunda novela com Walcyr – ela esteve em “Morde & Assopra” –, Carol foi atraída para o projeto por voltar a trabalhar com o diretor Wolf Maia e pelo caráter da personagem. ‘’É uma mulher de fibra, forte e muito decidida. É muito bom trabalhar com

alguém você já conhece o texto e sabe que gosta de você”, valoriza. Em paralelo à novela das nove, Carol se dedica aos ensaios da ‘’Dança dos Famosos’’, do “Domingão do Faustão”, e estuda uma proposta de teatro para o final do ano.

« NOVELAS »

l MINHA MÃE É UMA PEÇA (12 anos, nacional) Moviecom 1. Sessões 14h, 15h50, 17h45, 19h40 e 21h30 / Cinemark 5. Sessões 12h15, 14h20, 16h25, 18h25, 20h40 e 22h50 (sáb) / Cinemark 6. Sessões 13h05, 17h15, 19h20 e 21h20 Dona Hermínia (Paulo Gustavo), uma mulher de meia-idade, aposentada e sozinha, tem como preocupação maior procurar o que fazer. Para uma mãe dedicada, a preocupação com os filhos é sempre uma ocupação. Mas os filhos de Dona Hermínia cresceram e agora ela está entediada. Sem um trabalho ou um companheiro, a nada simpática Dona Hermínia passa seu tempo desabafando com a tia idosa, a vizinha fofoqueira e a amiga confidente. Direção: Andre Pellenz

FLOR DO CARIBE GLOBO, 18H Alberto e Dionísio negam que as joias sejam deles. Dionísio fica furioso com Alberto por ter perdido suas joias. Carol conta a Lino que Maria Adília morreu há três anos. Dionísio revela a Alberto que queimou as fotos que estavam no bunker.

CARROSSEL SBT, 20H30 Olívia questiona a história das chaves a Firmino. O porteiro explica, mas a diretora acha que ele traiu sua confiança. Em uma reunião, Olívia conversa com os pais dos alunos e revela o que os filhos fizeram. Helena se diz decepcionada com os meninos.

SANGUE BOM GLOBO, 19H Plínio e Malu se surpreendem com a revelação de Fabinho. Bárbara pede que Gilson a ajude a separar Bento de Amora. Bárbara, Bento e Amora se surpreendem quando Malu chega na festa com Fabinho.

DONA XEPA RECORD, 22H10 Geni, Graxinha e Gisele anunciam que Xepa é a nova presidente da associação, mas ela diz que não pode assumir o posto. Lis pressiona Júlio César, que admite ter um problema no coração. Meg faz as pazes com a mãe.

AMOR À VIDA GLOBO, 21H Jacques conta a César que Paloma poderia ter morrido por causa de Lutero. César decide afastar Lutero do cargo. Niko convida Amarilys para jantar com ele e Eron. Aline convence César a alugar o flat. Paloma recusa o beijo de Bruno.

SARAMANDAIA GLOBO, 23H Gibão tenta resistir a Marcina, e Zélia chega. Marcina sai da casa de Gibão e começa a sentir o corpo pegar fogo. Zico encerra o discurso de Aristóbulo. Risoleta aborda Aristóbulo na rua, mas ele se afasta. Zélia conversa com Lua.

Programa destaca Affonso Romano de Sant’Anna TV Brasil, 23h O Impressões do Brasil traça um panorama da obra do escritor mineiro Affonso Romano de Sant’Anna. Poeta, cronista, jornalista e professor, ele tem mais 40 livros publicados. Considerado um dos maiores pensadores contemporâneos, Affonso Romano vivenciou as principais mobilizações políticas e sociais do país nos últimos 50 anos. Nas décadas de 1950 e 1960, participou de movimentos de vanguarda poética. Como professor, lecionou em diversas universidades do Brasil e do exterior.

«HORÓSCOPO • BÁRBARA ABRAMO »

Você conta com um grande poder de convencimento hoje, e poderá aplicar isto em equipes e grupos que precisam de sonhos para caminhar além do comum. Um parceiro ou sócio o ajudará nisto, mas peça. No amor, responsabilidade é de lei. Mercúrio traz de volta um assunto esquecido.

Foi mal A matéria fora do tom de Dani Calabresa sobre a polêmica cura gay no “CQC’’. A humorista mostrou uma visão caricata dos homossexuais, que caiu na piada de mau gosto. ★★★

Hoje, em “José do Egito”, Apópi decide livrar Azenate de qualquer punição. ★★★

O SBT estreia, hoje, a segunda temporada de “Amigos da Onça”.

★ ★ ★ ★ ★ STAR TREK – ALÉM DA ESCURIDÃO (12 anos, dublado e legendado) Moviecom 3. Sessão (dub) 17h30 / Moviecom 6. Sessão (dub) (3D) 16h15 / Moviecom 6. Sessão (3D) (leg) 21h15 / Cinemark 2. Sessão (3D) (leg) 22h10 (exceto qua e qui) / Cinemark 7. Sessões (3D) (dub) 12h50, 18h e 23h20 (sáb) Quando a tripulação da Enterprise é chamada de volta para casa, eles descobrem que uma força de terror incontrolável, de dentro de sua própria organização, detonou a frota e tudo aquilo que ela representa, deixando nosso mundo em situação de crise. Tendo contas pessoais a ajustar, o Capitão Kirk lidera uma caçada humana em um mundo em zona de guerra para capturar um homem que é por si só uma arma de destruição em massa. Na medida em que nossos heróis são lançados em um jogo de xadrez épico de vida ou morte, o amor será contestado, amizades serão rompidas e sacrifícios terão que ser feitos pela única família que Kirk ainda possui: sua tripulação. Direção: J.J. Abrams ★ ★ ★ VELOZES E FURIOSOS 6 (14 anos, dublado e legendado) Moviecom 3. Sessões (dub) 14h50 e 20h15 / Cinemark 1. Sessão (leg) 23h40 (sáb) Desde que Dom (Vin Diesel) e Brian (Paul Walker) envolveram-se com um chefão do crime no Rio de

Janeiro vivem como fugitivos separados pelo mundo. Enquanto isso, o agente Hobbs (Dwayne Johnson) persegue uma organização de pilotos mercenários. Para prendê-los, Hobbs decide fazer um acordo com Dom (Vin Diesel) e sua equipe para que vença esse bando nas ruas de Londres e, em troca, eles poderão retornar ilesos para casa. Direção: Justin Lin ★ ★ ★ ★ UNIVERSIDADE MONSTROS (Livre, dublado) Moviecom 4. Sessões 13h15 (sáb e dom), 15h30, 17h45 e 20h / Moviecom 6. Sessões (3D) 14h e 19h / Cinemark 1. Sessões 11h10 (sáb e dom), 13h40, 16h10, 18h40 e 21h10 / Cinemark 2. Sessões (3D) 12h, 14h30, 17h10 e 19h40 Mike Wazowski e James P. Sullivan são uma dupla inseparável, mas nem sempre foi assim. Desde o momento em que esses dois monstros incompatíveis se conheceram, eles não se suportam. Universidade Monstros revela o segredo de como Mike e Sulley superaram suas diferenças e se tornaram melhores amigos. Direção: Dan Scanlon ★ ★ DEPOIS DA TERRA (12 anos, dublado e legendado) Moviecom 7. Sessões (leg) 14h50, 17h, 19h10 e 21h20 (exceto qui) / Cinemark 3. Sessões (dub) 11h (sáb e dom), 13h10, 15h30, 17h50, 20h10 e 23h (sáb) Um pouso forçado deixa o adolescente Kitai Raige (Jaden Smith) e seu lendário pai Cypher (Will Smith) encalhados na Terra, mil anos depois que eventos cataclísmicos forçaram a humanidade a fugir. Com Cypher gravemente ferido, Kitai deve embarcar em uma perigosa jornada para pedir ajuda, enfrentando terreno desconhecido, evoluídas espécies animais que agora dominam o planeta, e uma implacável criatura alienígena que escapou durante o acidente. Pai e filho devem aprender a trabalhar juntos e confiar um no outro se quiserem alguma chance de voltar para casa. Direção: M. Night Shyamalan l GUERRA MUNDIAL Z (14 anos, legendado) Moviecom 5. Sessão 21h20 (qui) / Cinemark 2. Sessão (3D) 22h10 (qua e qui) A história gira em torno do funcionário das Nações Unidas Gerry Lane (Brad Pitt), que atravessa o mundo

em uma corrida contra o tempo para deter uma pandemia que está derrotando exércitos e governos e ameaçando dizimar a própria humanidade. Direção: Marc Forster ★ ★ SE BEBER NÃO CASE! 3 (14 anos, dublado e legendado) Moviecom 7. Sessões (dub) 15h05, 17h15 e 19h25 / Moviecom 7. Sessão (leg) 21h30 / Cinemark 4. Sessões (leg) 11h30 (sáb e dom), 13h50, 16h, 18h20, 20h50 e 23h10 (sáb) Desta vez, não há casamento nem despedida de solteiro. Então, nada poderia dar errado, certo? Mas quando o Bando de Lobos cai na estrada, tudo pode acontecer. Direção: Todd Phillips ★ ★ ★ ELLES (16 anos, legendado) Cinemark 1. Sessão 21h10 (ter e qui) Anne (Juliette Binoche) é uma jornalista de uma revista feminina de grande sucesso, que precisa escrever um artigo sobre jovens estudantes universitárias que se prostituem para pagar os estudos. Durante sua pesquisa, conhece Alicja (Joanna Kulig) e Charlotte (Anaïs Demoustier), estudantes em Paris que lhe revelam seus segredos e aventuras e mexem com sua vida. Direção: Malgorzata Szumowska ★ ★ ★ ★ UM GOLPE PERFEITO (14 anos, legendado) Cinemark 6. Sessão 15h Curador contrata rainha de rodeios texana para dar golpe em colecionador com a venda de um falso Monet. Direção: Michael Hoffman ★ ★ ★ ODEIO O DIA DOS NAMORADOS (14 anos, nacional) Cinemark 7. Sessões 15h40 e 21h Débora (Heloísa Pérrisé), uma publicitária que privilegia a carreira em detrimento da vida afetiva, precisa aprovar uma importante campanha cujo cliente é o seu ex-namorado Heitor (Daniel Boaventura), que ela dispensou de forma humilhante. Com a ajuda do amigo Gilberto (Marcelo Saback), Débora repensa sua relação amorosa com o ex, enquanto passa por situações hilárias. Direção: Roberto Santucci

Atenção: Este caderno não se responsabiliza pela mudança de horário e de preços de ingressos para os cinemas. Ambos são fornecidos pelas assessorias das redes Cinemark e Moviecom. Antes de ir ao cinema, certifique-se dos horários através dos telefones: Tel.: 3236 3350 (Praia Shopping) ou 3620-3530 (Midway Mall).

« DESTAQUES DE HOJE »

FOTOS:DIVULGAÇÃO

Touro 21/04 a 20/05

Esta semana, “A Grande Família” recebe uma participação internacional. Lineu, interpretado por Marco Nanini, ganha uma inspiração única para seguir o sonho de rodar o mundo a bordo de seu navio. Depois de sofrer com a pressão familiar para continuar em terra firme, o fiscal passa a ter como conselheiro de aventuras nada menos que Amyr Klink. Após ver vídeos das aventuras do comandante de embarcação, as imaginações de Lineu trazem o desbravador recitando frases sobre a experiência de estar no mar e o encorajando a não perder as esperanças de realizar este desejo.

« CINEMA »

Gibão tenta resistir a Marcina quando Zélia chega

O triângulo perfeito entre Sol, Saturno e Netuno se traduz como inspiração e generosidade a mais, e com os pés bem plantados no chão. Sutil e poderoso, este aspecto favorece o entendimento da cena maior e estimula o perdão. Mercúrio pede silêncio para avaliar emoções.

Zezé Polessa começou as preparações para seu novo trabalho na próxima novela das

De fora da tevê

★ RUIM ★ ★ REGULAR ★ ★ ★ BOM ★ ★ ★ ★ ÓTIMO ★ ★ ★ ★ ★ EXCELENTE l ESTREIA

Lino soube por Carol que a mãe Adília morreu há mais de três anos

Áries 21/03 a 20/04

Primeiras impressões

Foi bem Para Fátima Bernardes, que completou um ano à frente de seu programa, o “Encontro com Fátima Bernardes”. Após um início difícil, a apresentadora conseguiu se livrar dos cacoetes do ‘’Jornal Nacional’’ e se mostra mais à vontade na produção.

RAPHAEL DIAS

JOÃO MIGUEL JUNIOR

Update recebe a atriz Alice Braga Glitz, 20h30 Alice Braga divide suas histórias e experiências em entrevista exclusiva a Sabrina Parlatore. Em clima descontraído, Alice fala de projetos em que está envolvida atualmente no cinema e na TV e a direção de um documentário sobre Neymar. Com atuações nos longas ‘Eu Sou a Lenda’, ‘Predadores’ e ‘Ensaio Sobre a Cegueira’, Alice comenta também sobre o universo das produções internacionais, o trabalho ao lado de grandes estrelas, e até suas participações nos famosos tapetes vermelhos.

‘’A Fazenda’’ investe nas provas ao vivo na primeira semana da competição. Hoje e sexta, o apresentador Britto Jr. comanda provas direto de Itu, interior de São Paulo, onde se encontra a sede do “reality show’’. Já na próxima sexta, o público ficará sabendo quem estará automaticamente na final do programa.

seis, “Joia Rara’’. Na trama de Thelma Guedes e Duca Rachid, ela viverá uma governanta apaixonada pelo personagem de José de Abreu. A atriz está tendo regras de como uma governanta deve se comportar na década de 1940. Inicialmente, o papel era destinado a Eliane Giardini, que está em “Amor à Vida”.

Gêmeos 21/05 a 20/06 Mercúrio, o das asinhas nos pés, estará em retrocesso (aparente) até 20/7, promovendo revisão no setor financeiro. A boa notícia é que você pode obter aquele pagamento devido há tempos e/ou recuperar algo valioso que julgava perdido. Fale menos, avalie mais.

Câncer 21/06 a 21/07 Alguém de Escorpião ajudará você a concretizar um sonho; inspiração e momentos de entendimento que não podem ser comunicados facilmente. Mercúrio retrograda em seu signo: refaça os passos tomados até 20/7 para corrigir e ajustar erros. Saúde delicada hoje.

Mostra Internacional apresenta “Os Educadores” TV Cultura, 22h45 Com direção de Hans Weingartner, filme conta a história de Jan e Peter, dois jovens que acreditam ter o poder de mudar o mundo. Se autodenominam “Os Educadores”, rebeldes contemporâneos que expressam sua indignação de forma pacífica: eles invadem mansões, trocam móveis e objetos de lugar e espalham mensagens de protesto. Jule é a namorada de Peter, que está passando por problemas financeiros e, por causa deles, está saindo de seu apartamento alugado.

MORAES NETO

Reestreia hoje A Casa das Sete Mulheres Canal Viva, 23h10 O canal exibe a partir de hoje a famosa minissérie “A Casa das Sete Mulheres”, dirigida por Jayme Monjardim e Marcos Schechtman e inspirada no livro homônimo de Leticia Wierzchowski. A minissérie conta a história das mulheres da família do gaúcho Bento Gonçalves (Werner Schünemann), líder da Revolução Farroupilha, que são obrigadas a se refugiar em uma fazenda para se manterem seguras durante o confronto com as tropas do Império.

‘Clássicos do Baião’ será exibido em rede nacional SescTv, 22h O espetáculo potiguar “Clássicos do Baião: Tributo a Gonzagão”, do qual participaram Orquestra da UFRN e seis artistas potiguares, será exibido hoje através do Parcerias Sinfônicas Sesc em homenagem a Luiz Gonzaga. O espetáculo passou por cinco cidades potiguares e São Paulo (SP). A visita à capital paulista foi gravada pela Sesc TV. O projeto foi realizado pelo Sistema Fecomércio por meio do Sesc. Participam a Orquestra da UFRN, Caio Padilha, Camila Masiso, Khrystal, Valéria Oliveira, Wigder Valle e o Zé Hilton.

Mercúrio retrograda em Câncer até 20/7: tempo de rever ideias. Lua minguante em Touro: 30/6

Leão 22/07 a 22/08 Aí do seu cantinho, onde você tem mais é que ficar bem resguardado mesmo, é que o panorama ficará claro. E é daí mesmo que você poderá contribuir com novas abordagens para questões íntimas, familiares. Por escutar a voz das ruas, também saberá o que vem vindo por aí.

Virgem 23/08 a 22/09 O cenário astral está lindo para você se engajar em grupos. Talvez agora, com Mercúrio retrógrado, ressurja do passado alguém que tocará seu coração e o levará de novo a reconsiderar certos sonhos e valores. Casamento e sociedades em geral terão um ótimo dia.

Libra 23/09 a 22/10 Na onda de estruturar suas finanças —uma ótima, aliás— o Sol em Câncer, na pessoa de uma figura de autoridade importante, traz chance de novo trabalho que deve incluir viagem ou ao menos muita arte. Proteção e sorte. Porém, reconsidere perspectivas de longo prazo.

Escorpião 23/10 21/11 Você pode usar sua experiência e sua antena poderosa será uma peça importante no equilíbrio entre sonho e realidade, fazendo diferença em empreitadas coletivas, trabalho de equipe, associações e agrupamentos de toda ordem. Apoio de Peixes e Câncer.

Sagitário 22/11 a 21/12 Mercúrio retrógrado a partir de hoje pede cuidado com os gastos e dívidas —eles serão objeto de uma futura perquirição por parte de sócios, parceiros e clientes. Nada de bagunça neste setor financeiro. Mercúrio atrapalhará o fluxo de comunicação com o ser amado, atenção nisso.

Capricórnio 22/12 a 20/01 Cenário astral complexo facilita as conexões com o mundo maior por meios das tendências e das ondas coletivas. Um amigo o ajuda nisto, o amor faz a sua parte também. Abra-se mais para as pessoas! Terá de dar prova de muita paciência com um sócio tímido ou indeciso até julho.

Aquário 21/01 a 19/02 Sol, Saturno e Netuno reforçam setor financeiro, talentos e capacidades inatas. Seja autoconfiante agora, estão chegando apoios! Saúde: Mercúrio retrógrado em Câncer até 20/7 traz provável retorno de tratamento anterior. Também indica subalterno voltando atrás em decisão.

Peixes 20/02 a 20/03 Com seus sonhos e visões bonitas da vida você irá inspirar algum amigo que está longe. Poderá também publicar algo com a ajuda de uma pessoa muito experiente na área. Receberá convites de fora. Conexão profunda com filhos e amores. Mercúrio traz encantos passados de volta.


Natal • Rio Grande do Norte Quarta-feira, 26 de junho de 2013

viver

3

MARCELO BENTO

Maquetes As Maquetes Juninas, projeto criado pela Secretaria Municipal de Educação para o Mossoró Cidade Junina, são um show à parte na Praça de Eventos, expostas para a visitação do público, que podem avaliar os trabalhos desenvolvidos pelos alunos da rede municipal de ensino e votar na sua preferida. A campeã será definida através do voto popular. São 16 maquetes participam do concurso, divididas em duas modalidades: 3° ao 5° ano e 6° ao 9° ano. Os trabalhos abordam a temática “Festas Juninas” e ficarão expostos até a próxima amanhã, 27.

Miss Mossoró Na Terra de Santa Luzia só se fala no concurso Miss Mossoró 2013. A primeira reunião aconteceu na noite de segundafeira, 24, na sede da Tráfego Models com a participação das candidatas e alguns familiares para esclarecer dúvidas e agendar os compromissos culturais e sociais que vão acontecer até o dia do evento, 06 de julho. É muita mulher bonita.

Participando O otorrinolaringologista dr. Pedro Cavalcanti participa do II Congresso Maranhense de Medicina, que também sedia o IV Congresso Norte e Nordeste de Infecção Hospitalar. De hoje até sábado, 29, no Maranhão abordando o tema “Rinite Alérgica: criança, adulto e idoso”.

georgeazevedo@tribunadonorte.com.br

A badalação foi grande na manhã do último sábado, 22, pelas ruas de Mossoró com a movimentação “CHEGAAA!” em busca pela PAZ, sob a batuta de Ricardo Lopes. O objetivo era entregar um documento sugerindo mudanças e exigindo ações imediatas do Governo do Estado do Rio Grande do Norte. Tudo na maior tranquilidade. Viva!

George Azevedo

Pela Paz

Baladjinha A balada no Pepper’s Hall já começa amanhã, 27, com a animação do Forró da Moda e Luan Carvalho. Já na sexta-feira, 28, acontece a festa “Pepper’s pra Namorar” com Forró do Movimento e Caddu Rodrigues. A ferveção para ambos os dias terá início a partir das 21h. Se joga!

Cláudia Pedrosa e a filha Tatiane foram para as ruas de Mossoró no dia do movimento “CHEGAAA!”, na luta pela Paz

{

Baile do Sapuca Numa parceria com a Bob Produções e Viva Promoções, a galera do Pepper’s Hall trazem para Natal a edição potiguar do Baile do Sapuca, que acontecerá no no Espaço Volks, dia 06 de julho. O evento contará com a animação de Leandro Sapucahy, anfitrião da festa, com a sua banda Sapucapeta, e ainda, Carrossel de Emoções, bloco de funk de sucesso do Rio de Janeiro, a dupla Tiago e Santafé e o DJ Léo Cury, de São Paulo. Simbora.

Hoje é dia de rock

Metamorfose ambulante

Nos festejos juninos também tem espaço para os rockeiros. Logo mais às 20h, um dos destaques da programação do Dosol Mossoró é o show da banda de Thrash Metal, Fueled By Fire, da Califórnia (EUA). A casa também recebe os grupos Warburst Command e Depois de Velho.

O Taverna Pub recebe a banda Metamorfose em show amanhã, 27, às 23h. O grupo potiguar apresenta um caldeirão de ritmos com a sua festa baile. O repertório traz sucessos do poprock, sertanejo, forró, samba e axé. Tudo isso com muito humor e irreverência que só eles têm.

« PROGRAME-SE » Autor analisa o riso na obra de Ariano Suassuna

autos &

motores

TODAS AS SEXTAS NA TRIBUNA DO NORTE

}

O escritor Paulo Caldas Neto lança nesta quinta-feira (27), na livraria Nobel (Salgado Filho, Tirol), o livro “Do Picadeiro ao Céu: o riso na obra de Ariano Suassuna”, ensaio que analisa a estética cômica da literatura do escritor paraibano. O livro sai pela editora Nave da Palavra, da UBE-RN. A sessão de autógrafos é às 18h.

Iully Bezerra é uma das candidatas ao título Miss Mossoró 2013, que acontecerá dia 06 de julho no Requinte Buffet. Linda

Tudo Verde A Mundo Verde, maior franquia do segmento de produtos naturais da América Latina, inaugurará sexta-feira, 26, uma loja no West Shopping Mossoró. A proposta da marca é o conceito de vida e alimentação saudável, aliando variedade, qualidade, inovação e conhecimento sobre a filosofia verde de viver. Na equipe de atendimento, haverá até uma nutricionista de plantão que orienta os clientes em suas compras. Show.

» RAIO X » eee A DJ Luciana Lins, que comanda um dos veículos do Pau de Arara Eletrônico, do Mossoró Cidade Junina tem agradado o público pela sua simpatia, e bom gosto no repertório das músicas juninas e em ritmo eletrônico, que animam o público durante o passeio pelo Corredor Cultural. Êita cidadezinha festeira!!! eee O Bazar Junino da Maison Tráfego é sucesso na Terra de Santa Luzia. Descontos de 60% em coleções Wagner Kallieno, Victor Dzenk, Artsy, Renata Campos e Estrela Viva. Aproveite!!! eee Irlanda Carlos já circula com o seu iPod Shuffle, que ganhou na promoção do Dia dos Namorados promovida pela dupla Giannini e Thábata. eee Hoje é dia de enviar os parabéns para Fatinha Moreira, Zulailde Gadelha, Viviane Negreiros, Francisco das Chagas Azevedo, Aurilene Rêis, Sabrina de Saboya, Thaís Ciarlini e Daniel Escóssia, pela passagem do aniversário.

A volta do realismo fantástico em Saramandaia « ESTREIA/NOVELA » Com produção impecável

e elenco de peso, remake da novela de Dias Gomes estreia com proposta de dramaturgia diferenciada RAPHAEL DIAS

VALÉRIO ANDRADE Crítico de televisão

J

á pelo capítulo de estreia ficou claro que Saramandaia será totalmente diferente das três novelas da Globo em cartaz. E, ao que parece, será mais um triunfo entre as minisséries produzidas pela emissora a partir de 2011, cujo clímax, do ponto de vista da criatividade artística, foi a mais recente: “ Gabriela”. Trata-se, como se sabe, do remake da novela de Dias Gomes exibida no período de maio a dezembro de 1976, que teve 160 capítulos e igual número de problemas com a censura. A nova versão terá 57 capítulos e nenhum problema, até porque, pelo menos oficialmente, a censura permanece censurada. O novo autor, Ricardo Linhares, cujo o talento floresceu à sombra de Gilberto Braga (último trabalho da dupla: “Insensato Coração”) não se limitou a copiar o texto original, pois, apesar de conservar a estrutura da história e as principais personagens, alterou totalmente o foco da denuncia. Enquanto a sátira política de Dias Gomes alfinetava (através de metáforas) a ditadura militar, a de Ricardo Linhares tem como alvo a “ditadura da intolerância”. Lamentavelmente, 80% dos capítulos da Saramandaia original foram destruídos num incêndio, e, na impossibilidade da comparação, o que restou dela

Vera Holtz incorpora Dona Redonda, vivida por Wilza Carla em 76

ficou guardado no computador da memória do telespectador e também poderá ser relembrado através do que foi escrito na época da exibição. Filiada ao chamado realismo fantástico, importado da literatura por Dias Gomes, a atual versão de Saramandaia foi beneficiada pelos efeitos especiais que a televisão foi buscar na usina cinematográfica americana. Para a recriação física de Dona Redonda (Vera Holtz), escolha tão acertada quanto à da intérprete anterior (Wilza Carla), a Globo chegou a contratar um técnico hollywoodiano. Mas, se o efeito especial tor-

na mais convincente a fantasia delirante do realismo fantástico, ainda mais importante são os artistas que estão corporificando os personagens que fogem à ficção tradicional. Pelo que se viu no capítulo de estreia, o novo elenco – ou a maioria dele – não decepcionará. E a produção é de categoria internacional. Resta lamentar que Saramandaia, assim como aconteceu com “Gabriela”, seja programada para o horário favorito dos vampiros da noite. Pena que somente o capitulo de estreia ( nesta segunda-feira ) tenha sido exibida logo depois de “Amor à Vida”.


4

viver

Natal • Rio Grande do Norte Quarta-feira, 26 de junho de 2013 JOTA OLIVEIRA

Abraços de cumprimentos para os aniversariantes Valério Gurgel Sá, Gerente de Relacionamento do BB- Ag. Estilo Campos Sales, João Miranda Neto, Larissa Oliveira, Ricardo Melo, Neurival Fagundes Abrantes, Fábio Lopes de Andrade e Gipse Montenegro.

Em Ação Ponto para a Prefeitura do Natal pela organização e atenção para com os que fazem o comércio informal de festejos juninos, no canteiro da Antonio Basílio, lateral do Hiper Bompreço em Lagoa Nova. No pedaço, barracas padronizadas, com banheiros químicos, coletores de lixo e extintores de incêndio. A ação foi recebida pelos vendedores com faixa de agradecimento no local. Em se falando de ações da Prefeitura, parabéns também pela geral que está dando nos canteiros do contorno do Campus Universitário, que estava um verdadeiro matagal. Também na Via Costeira, que é de responsabilidade do Estado e não recebia nenhuma limpeza. Hoteleiros, turistas e a cidade agradecem.

Juninos descontraídos Arraiá da Designer Brasil do coroné Clodualdo Bahia

O aniversariante Fábio Lopes divide felicidade com a musa Alessandra e filhos ARQUIVO PESSOAL

jotaoliveira@tribunadonorte.com.br

Parabéns!

Jota Oliveira

Em tempo de festa em BSB, Tereza Vale e a sobrinha Lúcia Maria de Oliveira

ARQUIVO PESSOAL

MULHERES NOS FDS

Procure conhecer-se, por si próprio. Não permita que outros façam seu caminho por você. É sua estrada, e somente sua. Outros podem andar ao seu lado, mas ninguém pode andar por você”

A advogada potiguar, Lucila Almeida, cria de Beta Almeida e Marino Eugênio, acabou de passar no doutorado no Instituto Universitário Europeu. Ela, que já mora a dois anos na Itália, ficará mais três anos por lá se especializando. Quando retornar a Natal, será uma sumidade em Direito Internacional.

Quem está entre nós é a mais querida médica e figura humana das melhores que este colunista já conheceu, Silvia Cury, que se divide entre Natal e São Paulo.

Comemoração

A proposta apresentada pela presidente Dilma Rousseff de convocar uma constituinte para reforma política virou assunto em toda a imprensa e motivo de questionamento entre os juristas, contrários e a favor das medidas apresentadas. - Aliás, as propostas são interessantes, resta saber quando serão colocadas em ação, pois este é o principal interesse do povo. Medidas como essas já foram tomadas anteriormente, mas ficaram no papel.

Completando 96 anos de atuação no Estado, os Escoteiros do Rio Grande do Norte terão intensa programação, durante todo o dia, em celebração a data. Mais no blog.

Belos

André Mauro em vivas para a musa Gipse Montenegro

Paradas (CÓDIGO DE ÉTICA DO ÍNDIO NORTE-AMERICANO)

Formação

Chegando

Dúvidas

ARQUIVO PESSOAL

Se Ligue!

O artista Thiago Corrêa acaba de lançar a música "Brasil em Cartaz", feita apenas com melhores frases dos cartazes que estão nas ruas! Confira o clipe completo na seção Sounds do nosso blog.

Protesto A classe médica organizou protesto para as 16h de hoje, contra a decisão do governo de importar médicos de Cuba e Portugal. O ato pede a valorização do profissional brasileiro. Apoiado!

Vê-los correr atrás da bola e fazer gol nem sempre faz a felicidade de toda a torcida. Há aquele público que faz a festa com a beleza dos jogadores. Fred, Julio César, Piqué e Buffon são desses. Confira os mais gatos na seção Take a Note!

O BB Estilo João Miranda Neto em idade nova hoje

Em nosso blog, na seção GFK: PIB do Brasil está “na lanterna” da América Latina.> Decadência de Eike Batista reflete destino do Brasil.> Marin se apropria de terreno público.> Mara Maravilha diz que homossexualidade é aberração.> Motorola e Google desenvolvem pílula para substituir senhas.> Protestos deixam vizinhos atentos à economia do Brasil.> Na seção Fashion: Alber Elbaz com croquis divertidos para óculos da Lanvin.>

Toque Livros & Cultura CARLOS DE SOUZA [ fcarlos@tribunadonorte.com.br ]

Livros digitais para baixar de graça FOTOS: DIVULGAÇÃO

A

Editora Unesp está lançando esta semana 11 novos livros digitais, de 25 que deve publicar até o fim do ano para download gratuito, dentro do Projeto Edição de Textos de Docentes e Pós-graduados da Unesp. Criado em 1993, o projeto já selecionou e editou mais de 300 obras de acadêmicos da universidade, das quais 58 em formato digital, incluindo os novos títulos. Até 2011 os livros eram publicados somente em versão impressa e comercializados em livrarias. Desde o ano passado começaram a ser oferecidos apenas como e.books para download gratuito e impressão sob demanda. Concebido para democratizar o conhecimento produzido na universidade e dar visibilidade aos trabalhos de seus acadêmicos nas três grandes áreas do conhecimento – Ciência Humanas, Biológicas e Exatas – o programa ganhou alcance expressivamente maior a partir da difusão digital. Com duas coleções digitais, a Editora Unesp já oferece 251 títulos para download gratuito, parte disponível também para impressão sob demanda.

Confira os novos títulos A constituição da subjetividade feminina em Alfonsina Storni - Uma voz gritante na América A figura do herói antigo nas crônicas medievais da Península Ibérica (séculos XIII e XIV) A formação continuada sob análise do professor escolar

Bárbara Vasconcelos de Carvalho e o ensino da literatura infantil no Brasil Da feminilidade oitocentista Erotismo e religiosidade: romances de Antônio da Fonseca Soares sobre mulheres Farmacovigilância da teoria à prática Geografia e movimentos sociais Hilda Hilst e o seu pendulear Jovens e música - Um guia bibliográfico O que os pares de Teletandem (não) negociam - Práticas para um novo contexto online, interativo para o ensino/aprendizagem de línguas estrangeiras no século XXI Para acessar digite:

http://www.editoraunesp.com.br/catalogo-ebooks.asp

Palavras que funcionam A opção por uma determinada palavra em um discurso pode significar sucesso ou fracasso. Em Palavras que Funcionam: Não é o que Você Diz, é o que as Pessoas Ouvem, de Frank Luntz, Editora Alta Books, 372, R$59,90 consultor de comunicação, arquiteto linguístico e guru da opinião pública, expõe técnicas para uma linguagem eficaz, oferecendo o caminho para achar expressões certas para construir frases persuasivas e conseguir o que se deseja. O mundo está em transforma-

ção contínua e veloz graças à revolução tecnológica. O ambiente de trabalho do futuro vem sendo moldado pela Web 2.0 – uma coletânea de tecnologias de mídias sociais revolucionárias – e pela Geração do Milênio - pessoas nascidas entre 1977 e 1997. O resultado da convergência dessas tendências emergentes são trabalhadores hiperconectados, que já estão levando os gestores corporativos a buscar novas maneiras de gerenciamento de talentos. Em O Ambiente de Trabalho de 2020: Como as Empresas Inovadoras Atraem, Desenvolvem e Mantêm os Funcionários do Futuro nos Dias de Hoje, Jeanne C. Meister e Karie Willyerd, Editora Alta Books,304 páginas, R$59,90

oferecem um plano de jogo prático que as empresas podem usar para atrair e manter os funcionários da Geração Milênio. Talentos que acabam por transformar as empresas em que trabalham, promovendo inovação crescente e conexão com os clientes. Baseado em pesquisas e em estudos de caso de empresas como Deloitte, Cisco, Bell Canada, JetBlue, Nokia e NASA, o livro - ganhador da medalha de bronze na categoria de Recursos Humanos do Axiom Business Book Awards 2011 - mostra como as tecnologias sociais, que são utilizadas em marketing fora da empresa para se conectar com clientes, podem ser adaptadas para uso dentro das corpo-

rações, visando a conexão com os funcionários. Com 20 previsões para o ambiente de trabalho de 2020 e um glossário para aqueles que nunca enviaram uma mensagem de texto pelo celular, postaram no Facebook ou no Twitter, a publicação é um guia que orienta empresas e seus gestores a criar o ambiente de trabalho para um futuro não muito distante. As corporações que querem obter sucesso devem estar preparadas para gerir necessidades, expectativas e atitudes de diferentes gerações que convivem em um mesmo ambiente de trabalho. Os empregadores precisam dominar as tecnologias sociais e oferecer experiências personalizadas, valorizadas pelos mais jovens. Ao tratar de práticas corporativas inovadoras, as autoras citam estratégias que se destacam no desenvolvimento e na retenção de talentos, dando entre os exemplos uma competição de orientação a novos funcionários no YouTube, o uso do Twitter para candidatos em busca de emprego e um videogame para novas contratações. Quem quiser se sobressair neste mercado de trabalho mais dinâmico e complexo, é bom se preparar. Meister e Willyerd revelam que serão exigidos um alto nível de especialização e atributos multidisciplinares dos profissionais. As empresas competirão entre si para conquistar os melhores talentos, cientes de que seu sucesso vai depender deles.


esportes Natal • Rio Grande do Norte • Quarta-feira • 26 de junho de 2013

o dono da casa ANDRÉ LUIZ MELLO/O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO

Mineiro, com passagens pelo América de Belo Horizonte e Cruzeiro, o atacante Fred contará com o apoio da família e espera fazer gols no duelo de hoje contra o Uruguai, no Mineirão

Seleção é a nova geração dos “caça-fantasmas”

34 anos tem o atacante Fórlan, um dos mais experientes do elenco uruguaio que enfrenta a Seleção Brasileira hoje no estádio Mineirão, em Belo Horizonte

21 anos tem o atacante da Seleção Brasileira, Neymar, considerado a grande esperanção do País para a conquista das Copas das Confederações e do Mundo em 2014

EM BAIXA Cavani O atacante uruguaio foi um dos artilheiros do Campeonato Italiano, mas ainda não marcou nesta Copa das Confederações

Fred perdeu a mãe aos sete anos e quer homenageá-la hoje

FICHA TÉCNICA BRASIL URUGUAI

Belo Horizonte (MG) - Gazeta Press - Chegar à final da Copa das Confederações que está sendo disputada em sua própria casa. Essa é a meta da Seleção Brasileira, que às 16h, enfrenta o Uruguai nas semifinais da competição no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG). O ganhador, que pode ser conhecido na prorrogação ou nos pênaltis, vai fazer a grande decisão de domingo contra o vitorioso do duelo entre Espanha e Itália, que jogam amanhã. O Brasil aparece como favorito, pois terminou a primeira fase com nove pontos e cem por cento de aproveitamento, na liderança do Grupo A. A Celeste fi-

cou em segundo lugar no Grupo B, atrás da Espanha, porém, é sempre um rival de respeito por conta da rivalidade e do estilo aguerrido dos vizinhos do sul. Além disso, o Uruguai é responsável pela maior derrota da história do time canarinho em casa, a perda da final da Copa do Mundo de 1950, no Maracanã, e se tornou um fantasma que precisa sempre ser exorcizado em território brasileiro. Porém, os jogadores minimizam isso. “Agora vivemos outra realidade, são outros jogadores e já faz muito tempo daquela decisão. Isso, porém, não significa que será um jogo tranquilo, muito pelo contrário. O Uruguai tem

Parreira Campeão com a Seleção Brasileira em 1994, o profissional agora é coordenador técnico e tem sido elogiado por atletas e por Felião

DIVULGAÇÃO

bém contou a participação especial de Carlos Alberto Parreira, coordenador da seleção brasileira, em sua evolução durante a disputa da Copa das Confederações. Aconselhado pelo experiente profissional, o atacante mudou sua postura dentro de campo e acabou com as críticas após uma boa atuação e os gols marcados diante da Itália. “Para mim, o Parreira foi fundamental. Na semana do jogo contra a Itália, ele conversou bastante comigo, me orientou e disse para eu não ficar muito preso lá na área, esperando a bola chegar. Disse para eu me movimentar”, revelou Fred, “Nos outros dois jogos (contra Japão e México), eu estava me preocupando muito em ficar fixo dentro da área, e essa movimentação contra a Itália foi fruto do que o Parreira falou para mim. O Parreira é um cara que acrescenta muito para gente.” Fred, entretanto, fez questão de ressaltar o papel do técnico Luiz Felipe Scolari para o seu sucesso nesta fase recente da seleção. Ao lado de Neymar, o atacante é o maior artilheiro do time desde que Felipão assumiu o cargo em novembro. “Devemos muito ao que o Felipão está implantando na seleção. O jeito que a equipe joga. Ele quer que muitos ataquem com a bola e que todos defendam quando estiverem sem ela”, explicou. “O meu foco é fazer o melhor jogo possível, procurar me movimentar muito, duelar muito dentro da área para me sobressair contra os uruguaios e poder fazer os gols”, afirmou Fred, para em seguida negar que esteja ansioso em excesso para o jogo no Mineirão. “Ansiedade? Não tenho nenhuma. Até quando não fiz gols nos dois primeiros jogos eu mantive a tranquilidade”, assegurou.

EM ALTA

é

B

elo Horizonte (AE) - Depois de desencantar na Copa das Confederações e marcar seus dois primeiros gols na vitória por 4 a 2 sobre a Itália, sábado passado, em Salvador, o atacante Fred espera manter o embalo contra o Uruguai, em Belo Horizonte. Mesmo porque, ele vai jogar em “casa” no Mineirão, um estádio que esse mineiro de Teófilo Otoni, com passagens por América-MG e Cruzeiro, conhece bem. Fred já jogou 47 vezes no Mineirão, onde acumulou um total de 41 gols. Foram dois pelo América-MG, 36 pelo Cruzeiro e três pelo Fluminense, o que resulta em uma ótima média de 0,87 gol por jogo no estádio. “Sem dúvida eu me sinto em casa aqui, sou mineiro, joguei no América e no Cruzeiro, cansei de jogar no Mineirão, e passei por grandes momentos jogando no estádio. Espero fazer mais gols, para o dia ser ainda mais especial com a camisa da seleção”, ressaltou o atacante. Ele lembrou, inclusive, que contará com apoio de familiares e amigos nesta quarta-feira no estádio. “Minha família toda vai estar lá, minha filha, meu pai, meu irmão, meus amigos próximos. A única pessoa que não poderá ver será a minha mãe, que vai ver ‘de camarote’. Ela era apaixonada por futebol. Acompanhava o meu pai e o meu irmão quando eles jogavam. Seria um orgulho ela ver o filho dela fazendo gols no Mineirão”, disse Fred, emocionado, ao lembrar de sua mãe, Giselda, que morreu quando ele tinha apenas sete anos. “Perdi minha mãe muito cedo, mas ela me passou muitas coisas boas. Era uma mulher muito simples, de muito caráter... E onde ela estiver hoje ela vai estar feliz.” Durante a entrevista coletiva na véspera do jogo, Fred tam-

é

ADRIANO ABREU

Editor: Itamar Ciríaco- itamar@tribunadonorte.com.br

Julio César, Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho, Oscar e Hulk; Neymar e Fred Técnico: Luiz Felipe Scolari

Muslera, Lugano, Godín e Cáceres; Maxi Pereira, Arévalo Ríos, González e Rodríguez; Diego Forlán, Luis Suárez e Cavani Técnico: Óscar Tabárez

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG) Horário: 16h Árbitro: Enrique Osses (Chile)

um grande time, existe muita rivalidade neste confronto e todos querem estar na grande decisão. Mas não existe nenhum fantas-

ma, apenas a vontade de ganhar”, disse o goleiro Julio César. O respeito ao Uruguai realmente é muito grande. O técnico Luiz Felipe Scolari entende que o rival de hoje pode ser o mais complicado que cruzou o caminho do Brasil na Copa das Confederações. “O Alexandre Gallo (olheiro de Felipão) disse que o Uruguai foi a seleção que mais agradou a ele nesta Copa das Confederações, por ser a mais completa. Isso já pode dar uma dimensão daquilo que vamos encontrar na partida de hoje. Vamos ter muitas dificuldades pela frente, mas estamos com o nosso sistema de jogo definido, vindo de bons resultados, jogando em nossa casa e contando com o apoio de nossa torcida. Portanto, temos condições de ganhar”, disse Felipão.

Felipão prevê um jogo quente contra uruguaios Belo Horizonte (AE) - O técnico Luiz Felipe Scolari avaliou que o jogo entre Brasil e Uruguai, ontem, no Mineirão, terá clima tenso e será bem disputado, com alto nível técnico, pois valerá uma vaga na decisão da Copa das Confederações, mas também por se tratar de um tradicional clássico sul-americano, com duas equipes recheadas de grandes jogadores. “Isso é uma tradição, é um clássico sul-americano bem disputado. Independentemente de qual competição for, tem sempre disputas mais fortes. Mas contra a Itália também foi forte e com o México também foi bem disputado. Os clássicos sulamericanos são dessa forma. Se for na Libertadores, nos jogos com os argentinos também é assim. Sabemos disso”, avaliou. Além disso, Felipão destacou a força do Uruguai, que manteve a base da seleção que foi semifinalista da Copa do Mundo de 2010, na África do Sul, e também conquistou o título da Copa América de 2011, na Argentina. Assim, o treinador brasileiro citou nominalmente destaques individuais dos uruguaios, como Cavani, Diego Forlán, Luis Suárez e Lugano. “Conheço o Tabárez (Oscar Tabárez, técnico do Uruguai) de muitos anos, sei como trabalha, a sua qualidade. Apresentou isso sempre nos seus trabalhos. Se analisarmos, veremos que o Cavani foi o máximo goleador da Itália. Forlán foi o melhor da Copa de 2010. Suárez foi o melhor da liga inglesa. Só aí já começa uma situação para ter cuidado”, disse Felipão. “O Lugano, pela sua liderança, todos os times brasileiros querem contratar. Todos juntos formam um time de muita qualidade.” Diante de um adversário forte e em um jogo decisivo que pode ser catimbado e nervoso, Felipão garantiu não temer a falta de experiência da renovada seleção brasileira. “São experientes, sim. Mesmo o Neymar, com 21 anos, quantas Libertadores já jogou? Tenho jogadores com muita vivência em campeonatos europeus”, lembrou o treinador. Em um jogo que promete ser equilibrado, Felipão voltou a pedir o apoio do torcedor que for ao Mineirão hoje Minas Gerais, digo independente da escalação, para que a torcida faça a diferença como as outras cidades fizeram. Ajude-nos. É um momento importante. Um passo importante contra o Uruguai”, afirmou.


Natal - Rio Grande do Norte Quarta-feira, 26 de junho de 2013

O

desembargador Carlos Olavo Pacheco Medeiros, da Justiça Federal de Minas Gerais, negou pedido feito pela Defensoria Pública da União que tinha como objetivo liberar a realização de manifestações populares nas imediações do Mineirão, incluindo o perímetro de segurança previsto na Lei Geral da Copa e no acordo firmado pelo Governo Federal e a FIFA. Ele negou também os pedidos para que as manifestações fossem liberadas dentro do Mineirão e para a proibição da participação de integrantes da Força Nacional no esquema de segurança da Copa das Confederações. A decisão do desembargador diz respeito a uma Ação Civil Pública impetrada pela Defensoria Pública da União no dia 21 de junho. A juíza Rosilene Maria Clemente de Souza Ferreira, da 12ª Vara Federal de Belo Horizonte, houve por bem ordenar a intimação da União Federal e do Estado de Minas Gerais para que se manifestassem sobre o pedido de liminar. “Inconformados, os Defensores Públicos da União, interpuseram recurso perante o Tribunal Regional Federal da 1ª Região, que por meio do desembargador federal, Dr. Carlos Olavo Pacheco de Medeiros, vice-presidente, rejeitou o recurso e não concedeu a liminar, considerando, que em Minas Gerais não existe violação do livre direito à manifestação, pois cabe às Forças Públicas garantirem a ordem, evitando-se os abusos”, afirma o Advogado Geral do Estado de Minas Gerais, Marco Antônio Romanelli. Em sua decisão, o desembargador Carlos Olavo Pacheco Medeiros afirma que “não há nos autos indicação objetiva de impedimento (em Minas) do direito constitucional dos cidadãos à livre manifestação pací-

esportes

longedos olhos A Defensoria Pública da União queria a liberação no perímetro de segurança do Mineirão, mas a Justiça Federal negou o pedido ANDRE LUIZ MELLO/O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO

é EM ALTA Arena Pantanal palco de quatro jogos da Copa de 2014, a Arena Pantanal, em Cuiabá, iniciou o processo de instalação de sua cobertura. DIVULGAÇÃO

2

Os funcionários do Estádio Mineirão aprontaram, ontem, os últimos detalhes para a partida de hoje entre a Seleção e o Uruguai

fica”, De acordo com o desembargador, “cabe ao Estado a manutenção da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, a ser garantida por suas forças de segurança, inclusive quando necessário mediante o uso das forças armadas, conforme previsto no programa de cooperação federativa denominado Força Nacional de Segurança Pública”. O desembargador federal

acrescenta que excessos eventualmente cometidos por integrantes das forças de segurança devem ser apurados e devidamente punidos nas esferas administrativas, civil e criminal. “Não é razoável impedir o exercício de poder de polícia por parte do poder público. Ao Estado cabe garantir a segurança dos cidadãos, tanto aqueles que desejam exercer seu direito constitucional à livre manifestação

quanto aos cidadãos que adquiriram os ingressos e pretendem comparecer aos jogos da Copa das Confederações em segurança”, explica o desembargador Carlos Olavo Pacheco Medeiros. Ao negar o pedido da Defensoria Pública da União, o desembargador federal menciona as manifestações têm “cunho pacífico” e que “(há) pessoas infiltradas nas aglomerações com intuito de promover depredações,

vandalismo e outros atos de violência, inclusive impedindo o acesso de torcedores aos estádio”. De acordo o desembargador, estes fatos “indicam a necessidade de uso da força policial” quando necessário. “(está) cabalmente demonstrada a necessidade de solicitação da presença da Força Nacional de Segurança Pública”, além de proibir manifestações nas arquibancadas.

15 é a quantidade de gols marcados pela seleção da Espanha, que fez a melhor campanha da Copa das Confederações.

ERNESTO CARRIÇO/O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO

A revolta dos “farristas” espanhóis Fortaleza (AE) - A seleção espanhola proporcionou mais um capítulo polêmico em sua passagem pelo Brasil. Depois de uma confusão no Recife, com o desaparecimento de mil euros e acusações de que alguns jogadores tiveram uma noitada com prostitutas, desta vez o escândalo ocorreu após a proibição de funcionários do Hotel Luzeiros, em Fortaleza, de que mulheres subissem aos apartamentos dos atletas. Irritados, os espanhóis teriam atirado objetos da sacada na rua, como sabonetes, garrafas de água e controles da televisão. Tudo começou por volta das 4 horas de segunda-feira, após a vitória sobre a Nigéria em jogo realizado no domingo em Fortaleza. Liberados, os jogadores

saíram durante a noite e alguns voltaram para o hotel em uma van cheia de mulheres. Como norma padrão de segurança, os funcionários do hotel não permitiram a entrada das mulheres. “Nós temos um princípio básico que é cuidar do nosso hóspede, pois eles estão na nossa casa, temos nossos regras, e o que posso dizer que nossas regras estão sendo respeitadas”, explicou um funcionário do estabelecimento, que pediu para não ser identificado, lembrando que é praxe do hotel não deixar que subam aos quartos pessoas que não estão devidamente registradas. Após as notícias sobre o episódio se espalharem, houve um pedido da direção do hotel para que os funcionários evitem falar sobre o assunto. As pessoas que pre-

senciaram o ocorrido não revelam quais jogadores estariam envolvidos, mas é certo que Casillas e Piqué não estavam no grupo, pois no momento estavam com as namoradas Sara Carbonero e Shakira, respectivamente. Existem imagens do circuito interno do hotel que mostram o que aconteceu. O zagueiro Sergio Ramos prefere não entrar no mérito das acusações, mas defende com veemência seus companheiros. “Não se pode julgar a reputação de um país como a Espanha. Nós sempre jogamos limpo, temos esposas, filhos, namoradas e uma trajetória honesta no futebol. Merecemos respeito”, disse o jogador, titular da seleção e do Real Madrid. Ele garantiu que, apesar de notícias sobre escândalos do time no Brasil, os jogadores estão conseguindo

manter a concentração para a partida de amanhã contra a Itália, que vale uma vaga na final da Copa das Confederações. “Não vamos nos desestabilizar por coisas que não

têm importância. Esperamos que a Fifa acredite na gente, pois não somos mentirosos. A Espanha tem uma geração de jogadores vencedores”, concluiu Sérgio Ramos.

« JÚLIO CÉSAR »

« ITÁLIA »

« OPINIÃO »

« SUSTO »

« ALERTA »

« OFENSIVO »

Goleiro brasileiro reclama da bola

Balotelli mostra insatisfação

Marchisio brinca com os espanhóis

Neymar prega uma peça em Felipão

Patrocinador se diz preocupado

Pradelli terá uma Itália no ataque

O goleiro Julio César havia avisado que evitaria fazer críticas à Cafusa, bola utilizada na Copa das Confederações. Afinal, o veterano tem adotado todos os cuidados possíveis para que o desfecho de sua nova passagem pela Seleçãonão seja o mesmo de 2010, quando falhou na derrota para a Holanda depois de reclamar bastante da polêmica Jabulani. Bastaram três jogos, no entanto, para Julio César não conseguir mais se controlar. “Falei que não comentaria, mas é nítido o que acontece quando os jogadores chutam de longe”.

Mario Balotelli era a grande esperança da Itália na Copa das Confederações. Em dois jogos, o atacante comprovou o faro de gol e balançou as redes de México e Japão. Contra o Brasil, entretanto, o camisa 9 viveu dia dramático. Além de ver sua equipe ser goleada por 4 a 2, a estrela sofreu lesão na perna esquerda e teve de ser cortado da delegação azurra. O atleta desembarcou no aeroporto de Malpensa, em Milão. Com o semblante fechado e sem dar qualquer declaração, o jogador passou rapidamente pelo saguão.

O meia italiano Claudio Marchisio apelou para o bom humor no dia de ontem ao comentar uma suposta confusão envolvendo os jogadores da Espanha, ocorrida na madrugada de segunda. De acordo com diversos veículos de comunicação, os atletas da Fúria levaram garotas para o hotel em que estão hospedados em Fortaleza. Elas, no entanto, acabaram barradas, dando início a um pequeno tumulto. “Torço para eles estarem cansados”, disse Marchisio.

O atacante Neymar preocupou o técnico Luiz Felipe Scolari por alguns segundos na tarde de ontem, véspera da partida contra o Uruguai, que vale uma vaga na final da Copa das Confederações. O astro do Barcelona ficou caído no gramado do Mineirão, reclamando de dores, depois de um choque com o volante Fernando no treinamento coletivo em campo reduzido. Foi apenas um susto. Assim como Fernando, Neymar recebeu atendimento médico e levantou-se rapidamente para cobrar a falta que sofreu.

A Adidas, patrocinadoras da Copa das Confederações, avalia que a primeira fase da competição foi positiva, mas espera que as manifestações que tomaram conta do Brasil, criticando, entre outras coisas, a utilização de dinheiro público nos estádios. “Esperamos que os governantes busquem uma solução rápida para os problemas mais urgentes e que programem as saídas para aquelas que necessitam de um tempo maior", avalia Fernando Basualdo, diretor geral da empresa no Brasil.

Cesare Prandelli conseguiu fazer a cabeça de seus jogadores para serem corajosos na semifinal contra a Espanha. Disse a eles que quem ataca o Brasil dentro de sua casa, como a Itália fez no segundo tempo da partida de sábado, pode atacar também a melhor seleção do mundo. "Contra Japão e Brasil nós facilitamos muito no 1º tempo, mas na segunda etapa em Salvador mostramos do que somos capazes. Sabemos que a Espanha é favorita, mas vamos tentar jogar de igual para igual", disse Marchisio.

é EM BAIXA

Jordi Alba e Sérgio Ramos tentaram explicar as “polêmicas”

DIVULGAÇÃO

Balotelli principal craque da seleção italiana foi cortado por contusão e reclamou da preparação da equipe para o torneio no Brasil.


Natal • Rio Grande do Norte Quarta-feira, 26 de junho de 2013

esportes

Apito Final EVERALDO LOPES [ elopes@tribunadonorte.com.br ]

Tabu como atração “Jogo amistoso não bate recorde de público”, é uma velha máxima do futebol, e tem seu fundo de verdade, até porque amistoso não faz medo a jogador pendurado com dois amarelos, podendo utilizar até jogador cumprindo punição. Por isso, a maior motivação do ABC x América desta noite no “Frasqueirão” é o tabu de oito partidas do time rubro sem perder do velho rival, o ABC acumulando seis derrotas e dois empates. O último resultado positivo dos rubros aconteceu dia 25 de março ainda sob a direção técnica de Givanildo Oliveira. Entre Givanildo e Waldemar Oliveira – o atual, teve a passagem relâmpago de Paulo Porto. Talvez pelo fato de ser amistoso, nem se cogitou arbitragem de fora, devendo estar a cargo de Flávio Roberto Salles, há um tempão sem apitar esse clássico.

As goleadas

Os públicos

Ninguém pense que os ataques das seleções do passado não sabiam marcar muitos gols. A história das Copas do Mundo aponta goleadas que hoje não se vê mais, a não ser esporadicamente. Pelo menos até hoje, pelo menos seis partidas tiveram gols às pencas. Vejam: em 1950 Uruguai 8x0 Bolívia, em 1954 Iugoslávia 9x0 Zaire, em 1982 Hungria 9 x 0 Coreia do Sul, em 1982 Hungria 10 x 01 em El Salvador, em 1938 Suécia 8 x 0 Cuba e em 2020 Alemanha 8x0 Arábia Saudita. A maior goleada do Brasil foi 7x1 sobre a Suécia, em 1950. Também em 50, Brasil 6x0 Espanha.

Antes que o Brasileirão retorne, vamos relembrando os maiores públicos em Copa do Mundo nas 18 já disputadas até 2010: em 6° lugar (1982) 1.856.277 pagantes na Espanha, 5º lugar 2.407.431 pagantes no México em 1986, 4º lugar na Itália 2.517.000 em em 1990, 3º lugar em no Coréia/Japão (primeira e única vez em dois países no mesmo ano) com 2.705.197 pagtes, em 1998 na França pagaram ingresso 2.785.101 pessoas e em 2ºº lugar em público pagante de 3.352.605, em 2006 na Alemanha e, campeoníssimos os Estados Unidos até hoje, com 3.587.538 pagantes.

Elas, na bandeira Um trio raro no histórico do futebol potiguar estará presente no ABC x América desta noite no “Frasqueirão” valendo a 2ª rodada da Copa EcoHause. No apito, Flávio Roberto Salles, como auxiliares a veterana Adeilma Luzia e Gilvânia Dantas. O jogo Alecrim x Náutico terá arbitragem de Tarcísio Flores.

Seleção “estrangeira”? Trinta anos atrás, era impossível isso acontecer, seja a Seleção Brasileira ter quase a sua totalidade de atletas jogando no exterior. Vejam: Júlio César (Ing), David Luiz (Ing), Dani (Esp), Thiago Silva (Fr), Marcelo (Esp), Paulinho e Luiz Gustavo (Alem), Oscar (Ing), Hernanes (Ita), Hulk (Rússia) e Neymar (Esp).

Baraúnas faz ameaça Tendo conquistado apenas um ponto nos dois primeiros jogos da Série “C” e não ter o apoio da prefeitura de Mossoró nem Governo do RN, a situação do Baraúnas não pára de piorar. O “Leão” recebeu a notícia que a CBF não irá mais repassar aos clubes as cotas dos diretos de transmissão. Por estar partici-

pando da Série C, o Baraúnas teria direito a R$ 500 mil pelos direitos de transmissão da tevê. Porém, a CBF resolveu cortar gastos e diminuiu esse valor para R$ 400 e posteriormente para zero, complicando a vida de muitos clubes que necessitam deste valor para não ficarem endividado.

Erro é da CBF

Erro é da CBF (2)

Foi o que disse o presidente do clube, Eudes Fernandes. Indignado, o cartola tricolor diz ter entrado em contato com a CBF e ouviu da entidade que o corte de gastos será usado para arcar com as viagens das delegações, o que está incluídooshotéis,vôos,alimentação, entre outras coisas. A decisão de não patrocinar os clubes é mais uma atitude estranha da CBF, que recebe das costas de televisão cerca de R$ 10 milhões, número que mencionou o dirigente.

“Se promoverem Copa das Confederações sem poder, os times brasileiros não devem pagar por isso. Tudo é custo. Já mandei e-mail para todos os presidentes dos clubes da Série “C”. Fortaleza e Treze já acenaram positivamente. Vamos à CBF. Eram R$ 500 mil, depois baixou pra R$400, assinamos o documento. Só que, agora, fica meio complicado ficar calado se eles disserem que não vão mais patrocinar”, disse o presidente.

Caicó elege Presidente Será esta noite, a partir das 19h o início da votação para a presidência do Caicó EC. Os candidatos são Revil Alves, tentando a releição, dr. Júlio Gregório e “Jair da verdura”. O local é o Centro Administrativo. Morte trágica O time sub 20 do Alecrim FC perdeu sua revelação como goleiro, com a morte de Paulo Jean, vítima de desastre automobilístico. Ele dirigia um Renault Sandero.

« CARTÃO AMARELO »

Al Hilal prepara proposta para tirar Thiago Neves do Flu « BRASILEIRO SÉRIE A » Emissários do clube árabe já conversam com representantes do atleta, que ressalta a preferência por cumprir o contrato até 2015

R

io de Janeiro (Gazeta Press) - Contratado no início do ano passado em uma negociação polêmica, o Fluminense tirou o meia Thiago Neves do Flamengo comprando seus direitos federativos junto ao Al Hilal, da Arábia Saudita. O jogador correspondeu em campo ajudando o time a conquistar os títulos do Campeonato Carioca e do Campeonato Brasileiro. Porém, em 2013 a situação mudou e o jogador está atuando muito abaixo da média, permanecendo muito tempo no departamento médico e não lembrando em nada o atleta que se tornou ídolo dos tricolores. Agora, pode se despedir nos próximos dias. Isso porque o clube carioca vai receber até o fim desta semana uma proposta oficial por parte do próprio Al Hilal, interessado em contar com o retorno do atleta. Thiago Neves não deseja voltar para a Arábia Saudita, pois sempre manifestou o desejo de cumprir seu contrato, que chega ao fim em dezembro de 2015. Mas o baixo rendimento em campo pode acabar agilizando a saída. O jogador segue em tratamento no departamento médico, mas irritou os torcedores ao ser visto no fim de semana em uma pelada na praia de Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Nas redes sociais os tricolores reclamaram bastante do jo-

WAGNER MEIER/AGIF/FOLHAPRESS

« BOTAFOGO » Diretoria faz nova contratação A diretoria do Botafogo acertou a contratação do zagueiro Dankler, de 21 anos, que estava no Vitória. Apesar de o acerto ter se tornado público agora, ele aconteceu em fevereiro, quando o jogador assinou um précontrato com o Glorioso. Ele só será apresentado após o dia 14 de julho, quando acaba seu vínculo com o clube baiano, por conta de situações judiciais. O defensor, que chega sem nenhum custo ao Botafogo, assinará um vínculo de três anos, que o vê com grande potencial. Dankler foi revelado nas categorias de base do Vitória.

« FÓRMULA 1 » Thiago Neves se recupera de lesão e não quer voltar para Arábia

gador ter participado da pelada. Porém, o jogador se manifestou por intermédio de seu Twitter oficial e avisou que apenas deu o pontapé inicial da pelada, de causa filantrópica e organizada pelo ex-volante Fabinho, que também jogou no Fluminense. No microblog Thiago Neves explicou a situação: “Boa tarde galera, desculpa ter ficado tanto tempo sem entrar e falar com vocês!! Não ligo para críticas, eu até gosto de ler algumas coisas porque isso me faz crescer ainda mais, só não gosto que fiquem inventando mentiras. Inventando coisas que não aconteceram, posso não estar na melhor forma como muitas de vocês querem, mas também não sou idiota de

jogar uma pelada!! Essa polêmica surge em meio ao interesse do Al Hilal, que já vem conversando com a empresa Fatto, que cuida da carreira do jogador. A proposta será feita até sexta-feira, com grandes chances de ser aceita pelo clube carioca. A possível saída de Thiago Neves, apesar de agradar parte dos tricolores, mas preocupa outros. Isso porque o clube vem sofrendo com a janela de transferências internacionais. Já deixaram o Fluminense o lateral direito Wallace, que se transferiu para o Chelsea, da Inglaterra, enquanto que o atacante Wellington Nem foi negociado com o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia.

Fla terá amistoso contra o São Paulo O Flamengo segue trabalhando na cidade de Pinheiral (RJ), aproveitando a paralisação do Campeonato Brasileiro, para a disputa da Copa das Confederações, para fazer o elenco assimilar bastante as determinações do técnico Mano Menezes. Apesar da série de treinos, o que costuma mesmo animar os atletas é uma partida e, justamente por isso, o plantel flamenguista ficou muito empolgado com a confirmação do amistoso contra o São Paulo. Os jogadores prometem o máximo de empenho para tirarem proveito do jogo, que será realizado neste sábado, às 19h, no Estádio Parque do Sabiá, em Uberlândia (MG). “Tenho certeza de que será um teste muito válido para o ti-

3

me do Flamengo, pois o São Paulo possui uma equipe de primeira linha, jogadores de muita qualidade técnica e que, com toda a certeza, vai exigir bastante do Flamengo. Como teste não poderia ser melhor e estamos encarando a partida com muita seriedade”, afirmou o zagueiro Wallace. O volante Elias pensa de maneira parecida. “Sempre que o Flamengo entra em campo tem o compromisso de fazer uma grande partida e conquistar a vitória. Não vai ser diferente contra o São Paulo, mesmo em se tratando de uma partida amistosa. Falo isso porque estamos há muito tempo sem disputarmos uma partida oficial e queremos pegar ritmo porque o Campeonato Brasileiro es-

tá chegando”, afirmou o jogador. O atacante Marcelo Moreno acredita que a partida diante do São Paulo pode dar uma noção de como o Flamengo pode se comportar no duelo do dia 6 de julho, contra o Coritiba, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. “Acredito que é sempre importante termos a possibilidade de enfrentarmos grandes adversários, mesmo em amistosos, pois isso faz com que o grupo fique motivado. Temos que aproveitar essa partida para analisarmos muito bem a situação do Flamengo, uma vez que na próxima semana, diante do Coritiba é para valer e não podemos perder pontos dentro de casa”, afirmou o boliviano.

McLaren terá atualizações nos carros Após sete provas, a McLaren ainda não conseguiu subir ao pódio na temporada 2013 da Fórmula 1 e tem o quinto lugar do inglês Jenson Button no GP da China como melhor resultado. Por isso, a equipe sabe que precisa reagir imediatamente no campeonato e apresentará atualizações neste fim de semana, quando vai disputar em casa o GP da Inglaterra, no circuito de Silverstone, como explicou Jonathan Neale, diretor técnico da McLaren. Neale, porém, foi cauteloso ao analisar as chances da McLaren no próximo GP da Inglaterra.

« ESCOLAR » Jovem do RN é campeão brasileiro O RN tem mais um campeão Brasileiro no Atletismo. A façanha agora coube ao estudante Geovani Alves, 16, medalha de ouro no Campeonato Brasileiro de Menores de Atletismo. A competição ocorreu no último final de semana, em Porto Alegre (RS), e reuniu os melhores atletas do país com menos de 18 anos. Geovani cursa a 2ª série do Ensino Médio na Escola Estadual João Tibúrcio, de Goianinha e vai ganhar o Bolsa Atleta.


4

esportes

Natal • Rio Grande do Norte Quarta-feira, 26 de junho de 2013

Clássico-rei vale pela rivalidade « TAÇA ECOHOUSE » Técnicos usam do mistério para definir seus times. No América, Roberto Fernandes deve utilizar a maioria dos seus titulares. Já no ABC, Waldemar Lemos poupa alguns atletas e mantém a base FOTOS: JÚNIOR SANTOS

A

segunda rodada da Taça Ecohouse vai ser marcada pelo clássico entre ABC e América, hoje, às 21h, no estádio Frasqueirão. Mesmo não sendo considerado um jogo oficial, os dois times estão encarando a partida como uma oportunidade de entrosar as equipes visando o retorno da série B do Brasileiro, para o alvirrubro e da Copa do Brasil, para o alvinegro. O técnico americano, Roberto Fernandes, deve utilizar o time titular, com exceção do lateral direito Norberto e do meio campo Cascata, ambos em tratamento no departamento médico do clube. “Aonde tem rivalidade, ninguém quer perder. Agora, não vai fugir da característica de que é um jogo de um torneio amistoso. Uma vitória, só vai contabilizar para a história do clássico, não soma pontos na série B”, adiantou Fernandes, para falar também sobre nunca ter perdido um jogo para o ABC. Foram oito partidas, com seis vitórias e dois empates. “Cada jogo é uma história nova e nada do que foi feito para trás entra em campo. É trabalhar com seriedade e encarar a partida com respeito ao adversário e com o torcedor”, disse. Em relação ao time titular, jogadores como Edson Rocha, Fabinho, Renatinho Potiguar, Márcio Passos, Júnior Negão e Vinícius Pacheco, que ficaram de fora da estreia da competi-

Só vitória interessa na preliminar

O goleiro Andrey vai enfrentar, pela primeira vez, seu ex-clube

FICHA TÉCNICA ABC AMÉRICA Rafael; Raulen, Leandro Cardoso, Lino e Guto; Edson, Mateus, Leandro Santos e Geovani; Felipe Alves e Rafael Santiago (Erick Flores). Técnico: Waldemar Lemos

Andrey; Chiquinho, Cléber, Edson Rocha e Renatinho Potiguar; Márcio Passos, Fabinho Daniel Amora e Vinícius Pacheco; Ebinho e Júnior Negão. Técnico: Roberto Fernandes.

Estádio: Frasqueirão, Natal/RN Horário: 21h Árbitro: Flávio Roberto Sales de Lima Assistentes: Aldeilma Luzia da Silva e Gilvânia Dantas da Silva

ção, na vitória diante do Náutico, foram convocados para o clássico e devem iniciar a parti-

da. “Vamos fazer algumas observações. A base do time vai estar em campo, mas, não vamos utilizar alguns jogadores, porque não posso priorizar a Taça, em detrimento da série B”, revelou Roberto Fernandes. A expectativa fica por conta da estreia do atacante Rodrigo Pimpão, que foi contratado recentemente e convocado para o clássico. No ABC, o técnico Waldemar Lemos parece ter gostado do desempenho do time na vitória diante do Alecrim. Os torcedores esperavam o time titular contra o América, mas, a base do primeiro deve ser mantida, com poucas alterações. Rafael deve entrar no gol, Lino na zaga e Guto na lateral esquerda. O restante da equipe deve ser, provavelmente a

O atacante Erick Flores, regularizado, pode ser titular no ABC

mesma. A indefinição fica por conta do ataque. Como Erick Flores foi regularizado e convocado para o clássico ele pode fazer sua estreia ao lado de Felipe Alves, um dos destaques do time no confronto diante do Alecrim. “Acredito que o grupo está aproveitando muito bem os treinamentos para que possamos aprimorar tudo o que temos para melhorar e tenho certeza que o trabalho tem sido bem feito. Temos que trabalhar, temos que evoluir, e dessa maneira vamos conseguir dar a volta por cima na série B do Brasileiro”, disse o zagueiro Lino, que volta a ser titular na partida de hoje. O clube segue na negociação para contratar o lateral esquerdo Wanderson, ex-América/RN, que está no América/MG.

Vamos fazer algumas observações. A base do time vai estar em campo, mas, não vamos utilizar alguns jogadores, porque não posso priorizar a Taça Ecohouse em detrimento da série B” ROBERTO FERNANDES Técnico do América

Alecrim e Náutico abrem a rodada do torneio Ecohouse, hoje, às 19 horas no estádio Frasqueirão. As duas equipes vêm de derrotas na estreia da competição, precisam vencer e depois ficar torcendo pelo por um empate no clássico entre ABC x América para continuar com boas chances de lutar pelo título, na rodada que será realizada no próximo sábado. O rendimento pouco satisfatório do verdão diante do ABC, na visão do treinador Wassil Mendes, foi resultado do longo tempo que a equipe passou sem jogar e o comandante alecrinense avisou que espera ver o elenco apresentando algum tipo de evolução diante dos pernambucanos. Pelo Náutico, o zagueiro João Filipe sentiu dores no joelho direito durante a derrota para o América e virou dúvida para o jogo de hoje. Entretanto, a situação clínica do defensor não é grave, e ele deve estar em campo com o elenco alvirrubro na volta ao Campeonato Brasileiro. “Foi uma lesão corriqueira, todo jogador está sujeito a esse tipo de lesão e trauma na perna. O (ligamento) colateral medial é o que preocupa mais, mas foi examinado”, afirmou o médico.


Tribuna do Norte - 26/06/2013