Page 1

DIRETAS-JÁ: 30 ANOS DO MOVIMENTO QUE MUDOU O BRASIL - PÁGINAS 9 E 10

FUNDADOR: ALUÍZIO ALVES - 1921 - 2006

»

»

Ano 64• Número 027 • Sexta-feira, 25 de abril de 2014

EXEMPLAR DO ASSINANTE

DIVULGAÇÃO

« POLÍTICA » Assembleia recebe pedido de impeachment contra Rosalba

Simone canta sua geração

Bregas em forma Festa reúne veteranos da música romântica « FDS 1 »

Em show nesta sexta, no Teatro Riachuelo, Simone apresenta músicas de cantoras contemporâneas, como Fátima Guedes e Rita Lee

Integrantes do Movimento Articulado de Combate à Corrupção entregaram à Assembleia Legislativa pedido para abrir processo que pode afastar a governadora. Documento será lido em plenário após parecer da Procuradoria da Casa. « PÁGINA 3 »

A voz das Bandas Projeto vai investir R$ 7 milhões em filarmônicas

« FDS 8 »

« VIVER 1 »

Canal terá escoramento e PGM tenta liberar o Baldo

« ECONOMIA » FMI prevê crescimento menor do Brasil em 2014 « INTERDIÇÃO » A Prefeitura do Natal resolveu antecipar e começa hoje a instalação de vigas provisórias Relatório do FMI prevê que o Brasil vai continuar com a economia em marcha lenta e a inflação elevada em 2014, apesar da alta de juros promovida pelo BC. « ECONOMIA 1 »

para escoramento da laje do canal do Baldo. O objetivo é tentar reverter a decisão judicial que interditou o tráfego de veículos nas avenidas Rio Branco e Deodoro da Fonseca, desde a última quarta-feira. O serviço de escoramento deve durar cinco dias e é o início das obras de recuperação da estrutura do canal e do Viaduto do Baldo. A obra está orçada em R$ 2,2 milhões e deve durar seis meses. « NATAL 1 E 2 » ADRIANO ABREU

« PATROCÍNIO » ABC e América assinam hoje contrato com a Caixa Econômica ABC, América e Caixa Econômica Federal assinam hoje, na Arena das Dunas, contrato de patrocínio. Cada clube receberá R$ 2 milhões. « PÁGINA 14 »

« TURISMO » Representante da CNC analisa expectativa do pós-Copa Alexandre Sampaio afirma que diminuição de voos e atual legislação ambiental para obras na Via Costeira prejudicaram turismo de Natal. « PÁGINA 8 »

54

TOTAL DE PÁGINAS DESTA EDIÇÃO: páginas

FALE CONOSCO: PABX: Redação:

A rua Rafael Fernandes está sendo alargada para receber parte do fluxo desviado. Calçada foi quebrada impedindo a entrada e saída de veículos de residência

esportes

política

economia

natal

Alegria com vitórias e protestos com preços

PT admite CPI só para Petrobras

Brasil terá, em 2014, uma TV por habitante

Gerente dos Correios é morto e PM baleado

O América transformou a Arena das Dunas em sua casa. Invicto, o clube tem dado show. No entanto, a torcida reclama do preço dos ingressos. « PÁGINA 12 »

Governo Federal mudou de estratégia e decidiu não mais recorrer da decisão da ministra Rosa Weber, do STF. Só Presidente do Senado deve recorrer. « PÁGINA 5 »

Estudo da FGV mostra que país terá este ano um aparelho por habitante. Venda de celulares também dispara e já supera proporção americana. « ECONOMIA 1 »

Assalto a agência dos Correios no município de Patu terminou com o assassinato do gerente da unidade e um PM baleado. Bandidos fugiram da cidade. « NATAL 3 »

Assinaturas: 4006-6100 Venda avulsa: 4006-6113 Comercial:

4006-6111 Classificados: 4006-6103 Circulação: 4006-6173 Reclamações:

4006-6161 4006-6103 4006-6111

SITE: www.tribunadonorte.com.br REDAÇÃO (pauta): pauta@tribunadonorte.com.br

NO FACEBOOK

facebook.com/tribunarn

NO TWITTER

@tribunadonorte

PREÇO DESTA EDIÇÃO:

R$ 2,00


2

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

Jornal de WM WODEN MADRUGA [ woden@terra.com.br ]

O caos perfeito

P

erfeita a manchete da Tribuna do Norte na sua edição onlaine de ontem: “Interdição do viaduto do Baldo condena a população de Natal ao caos”. Na edição impressa, o fato é mostrado também com exatidão: “Interdição no Baldo condenado ao caos”. Este novo caos natalense é resultado de uma parceria do Ministério Público com o Judiciário e Prefeitura. Uma mesma cumplicidade. O caos no trânsito (quem inventou a expressão caótica de “mobilidade urbana”?) natalense está em toda a parte, há tempos. A do Baldo era uma crônica anunciada, desde o instante que o Ministério Público, baseado num estudo do CREA, pediu a interdição do viaduto (por cima e por baixo), que estaria carcomido, e representava uma ameaça à segurança de quem por ali passa (por cima e por baixo). A juíza, firmada nos argumentos da promotora, determinou a interdição. A Prefeitura, por sua vez, teria se esquecido dos prazos para recorrer. Já não há mais recursos em Natal. Há motéis. Há caos. Vi a foto de primeira página da TN mostrando a loucura do trânsito pela avenida Coronel Estevam, que desce do Alecrim, emendando com aCoronelJoséBernardoquevembater no Baldo raspando a Praça Almirante Tamandaré . É bom que se diga que a Coronel Estevam vem mais delongeainda.VemdaCidadedaEsperança, atravessando vários bairros, antigo Carrasco, Dix-sept Rosado, Quintas, Nazaré, Alecrim. E por onde a Coronel Estevam passa, pasam “milhões” de veículos de toda a natureza, o dia todo. Só nesse trechinho que a foto da TN mostra, pegando o oitão da Igreja de São Pedro e a Praça Pedro II (defronte ao Colégio das Neves), embocando na Cel. José Bernardo, até a esquina com a PraçaAlmiranteTamandaré,contei, numa fila, um atrás do outro, 28 ônibus, fora caminhões e outros veículos na fila do lado, fila dupla, ziguezagueada de motos e coisas que tais. Lá no alto de sua torre, o sofrimentodeSãoPedro.Aolado,nasombradeumflamboaiãdefloresvermelhas, a tristeza estampada no rosto cansado do Imperador. A foto tambémmeatiçouamemória.Consegui localizar a casa onde viveu Albimar Marinho (morreria atropelado ao tentar atravessar a avenida), a outra onde morou o Padre Penha e, mais embaixo, na quina com a Praça Tamandaré - que é tão inaccessível que a Marinha pediu para tirar de lá o busto do seu patrono -, o prédio onde foi o armazém (comércio de madeira)deLuizinhoG.M.Bezerra,que ainda mora ali por perto. Todo esse trânsito doido foi desviado por esta praça onde mora Luizinho, instalando-se o caos total que se estende poroutrosbairroscomooBarroVermelho, Tirol, Cidade Alta. Sou um dos torturados por este novo caos de Natal. Tenho evitado dirigir o meu carrinho por outras partes da cidade. Faz anos, por exemplo, que não atravesso a Roberto Freire, nunca mais vi o Morro do Careca. Pra ir à peixada da Comadre, na Ponta do Morcego, pego

uma carona no carrão de Ticiano Duarte, com direito a motorista particular. Me desloco quase sempre de taxi. Na Bella Napoli só vou quando Mariana e Alex me apanham. Mas, por dever de oficio ou vício, tenho que ir à Ribeira. É um chamego de 70 anos, menino ainda estudando no Colégio Pedro II, oitão do então Teatro Carlos Gomes. Agora sou levado pelo vício da Tribuna do Norte. Pois bem, da minha casa, no Barro Vermelho, até ao prédio da Tribuna, na Duque de Caxias esquina com Nísia Floresta, gasto num dia normal, seis, oito minutos, incluindo as paradas nos – permitame a má palavra – semáforos. A distância corresponde, mais ou menos, uma Reta Tabajara. A Reta verdadeira, que é de 6 quilômetros de extensão. Não a “reta” inventada pela mídia com o adjutório do DNIT e de alguns políticos. Essa “reta” que aparece nos jornais, a reta inventada (dizem que vai ser duplicada) teria mais de 20 quilômetros. Com um detalhe precioso, digno de um “realismo mágico”: é a única reta do mundo com curvas, mais de cinco! Bom,deixoaRetaTabajaraevolto à Ribeira. O percurso que faço do Barro Vermelho à sede da TN me custava todos os fins de tarde coisa de seis minutos dirigindo o meu sienaproletário.Poderiafazeropercurso a pé não fossem as tantas ladeiras esuassubidas.Poisbem,paraencerrar essa conversa que já vai alongada, quero dizer que no primeiro dia de instalado o caos no Baldo, quartafeira, gastei 32 minutos para chegar àRibeira.Cincovezesotempoquando a coisa fluía mais ou menos normal.SomentenaBeiraCanal(ruaErnani Silveira), no trecho entre a Régulo Tinôco e a Prudente de Morais, onde obrigaram um desvio, e que não dá 500 metros, demorei 20 minutos.Estrangulado,mesmo.Aspessoas que gostam de praticar o “futingue” no calçadão dali não chegam a gastar cinco. É Natal, a cidade do caos. O que nunca aconteceu em Macondo.

O livro de Lauro WM andou trocando as bolas (seria o caos do Baldo?) quando anotou que o livro de Lauro Bezerra, “Sic Transit...”, seria lançado ontem. Não foi. O lançamento será hoje, 25, dia consagrado a São Marcos, o santo escritor – o que escreveu a história de Jesus Cristo, ouvindo os depoimentos de Pedro. Lauro não chega a ser santo (foi seminarista), mas sabe contar histórias, debulhando suas memórias. Estão lá no seu livro. Lançamento marcado para começar às 18 horas, na Livraria Saraiva, do Miduei. Chuva A maior chuva registrada ontem foi em Angicos, no Sertão do Cabugi: 31 milímetros. Está no boletim da Emparn. No Seridó as chuvas foram em Florânia (Sítio Jucuri), 26, Santana do Matos, 25, Ipueira, 14, Acari, 6. No Oeste: Major Sales e Paraú, 20. Felipe Guerra, 11, Assu e José da Penha, 7,9. Finalmente, uma chuva no Agreste. Em Jaçanã região do Trairi, 13 milímetros. Jundiaí Nas comemorações dos 65 anos da fundação da Escola Agrícola de Jundiaí, a UFRN promove, entre os dias 28 e 30, a II Semana de Ciências Agrárias.

Cobrando dívida Na mesma área da atividade rural, acontece hoje, a partir das 9:30 horas, na Assembleia Legislativa, uma audiência pública sobre o tema “O endividamento rural no Nordeste: um desafio para a permanência e a sobrevivência do homem no campo”. O mote partiu do Movimento Grito da Seca, que é presidido por Joana D’Arc Pires Silva.

Sem saída Gastando uma hora e meia, espremido no trânsito entre Passagem de Areia e o Canto do Mangue, mestre Gaspar, lamentava ontem no Cova da Onça, olhando para o Cais da Tavares de Lira, que vive seus últimos suspiros: - Natal é uma cidade sem entrada e sem saída. Nem de carro, nem de trem e nem de bote. Avião, agora só em São Gonçalo.

Empresa Jornalística Tribuna do Norte Av. Tavares de Lira, 101 - Ribeira - Natal/RN CEP: 59010-200 Fone: (PABX) 4006-6100 Fax: (0xx84) 4006-6124 Endereço eletrônico: www.tribunadonorte.com.br

Diretor Presidente: Henrique Eduardo Alves Superintendente: José Roberto Cavalcanti Diretor Adm. e Operações: Ricardo Luiz de V. Alves Diretor Financeiro: Agnelo Alves Filho Diretor de Redação: Carlos Peixoto cpeditor@tribunadonorte.com.br Gerente Comercial: Eliane Rocha Gerente de Marketing: Ricélia Santiago Gerente de Circulação: Thales Vilar

opinião

Diário de viagens NEI LEANDRO DE CASTRO Escritor

S

ó comi veado uma vez na vida. Foi há uns vinte anos, numa cidadezinha francesa, Vauvenargues, na Provence. Pierre Bidon, dono do circo onde minha filha Juliana trabalhava, nos convidou para um almoço em sua casa. De entrada, foram servidas bandejas e bandejas de tira-gostos e, em seguida, um quarto de veado foi colocado na brasa. Uma verdadeira festa de Babete. Estou aguardando a confirmação de Woden Madruga para fazer com ele uma viagem a Lisboa. O bardo da São João até que se mostrou interessado em ir, mas eu avisei que não havia farofinha de ovos em Lisboa e ele desistiu. Vou me sentar com WM numa mesa de calçada da Pastelaria Suíça e ver o desfile de belas moçoilas estrangeiras pelo Rossio. Quero mostrar a ele a rua onde morei, em 1968/69, a Rua do Malpique, em Entrecampos. Foram dias sem mui-

Brum

to dinheiro, mas muita emoção, principalmente depois que conheci Esmeralda. Lisboa está em mim, adoro essa cidade cheia de charme e belas lembranças. Podemos dar uma esticada até Florença dos meus amores. Iremos correndo ver o afresco de Massacio, “Adão e Eva expulsos do paraíso”. Masaccio, que morreu com apenas 26 anos, é um dos maiores pintores italianos. Se tivesse vivido mais, seria um Michelângelo. O seu “Adão e Eva expulsos do paraíso” é de estarrecer, de tão belo. Fica na Igreja do Espírito Santo, do outro lado do Arno. Outro pintor que deve ser visto é Pontormo. Pouco conhecido no Brasil, ele é o autor de “Jesus descendo da cruz”. O olhar dos anjos, na hora da descida, é de emocionar. E Paris? Um dos bons programas de Paris é flanar por suas ruas e avenidas, passando por seus museus, parar num barzinho para tomar um vinho, voltar a caminhar.

O garçom me advertiu, dizendo que queijo e vinho só são servidos depois do almoço. Eu disse que queria antes do almoço, o enjoado deu as costas, se afastou e não serviu” Certa vez, parei à frente de um restaurante chamado Chez Loui, na Ladeira de Santa Geneviève. Um achado! Foi lá onde comi o melhor pato cozido no vinho tinto. O chato dos bares e restaurantes de Paris são os garçons. Metidos, querem ser os reis da cocada preta, vermelha, amarela. Certa vez, pedi queijo e vinho antes do almoço. O garçom me advertiu, di-

zendo que queijo e vinho só são servidos depois do almoço. Eu disse que queria antes do almoço, o enjoado deu as costas, se afastou e não serviu. Em Roma, uma grande pedida é o restaurante Da Mario, perto da Praça de Espanha. Do lado direito de quem sobe as escadas da praça está o quarto onde morou o poeta Shelley, que morreu aos 30 anos de idade. Quarto minúsculo, onde mal cabiam os seus livros. O chef Gerard Baptiste planeja uma viagem a Paris e me pede algumas dicas. Entre outras, indico o restaurante Canard d’Argent, por uma particularidade. No andar térreo do restaurante há uma sauna tailandesa. As meninas tailandesas tiram a roupa e dão massagens no seu corpo com o corpo nu delas. O chef vai adorar!

Pensamento da semana:

“Por exagerada modéstia, divido as pessoas em dois grupos: as que concordam comigo e as que estão erradas.” (Rodrigo Rodrigues Roque)

Cartas

[ www.rabiscosdobrum.zip.net ]

Viaduto (1) Os brasileiros e seu costume de deixar tudo pra última hora. Dizem que o governo é o reflexo do povo, então está aí o resultado... Nós brasileiros não gostamos de "prevenir para não remediar". O Baldo é um problema antigo, de outros carnavais, e agora com a "copa" Natal quer ficar um "brinco" aos 46 do segundo tempo, mas não vai conseguir, e a única coisa que está acontecendo é o povo sofrendo por todos os cantos da cidade com os transtornos de obras que começam e não terminam! Jéssica Macedo via facebook

Viaduto (2)

40 anos da Revolução dos Cravos LUIZ ANTONIO PORPINO Aluno de História UFRN

H

oje, neste 25 de abril, Portugal completa 40 anos da Revolução dos Cravos. Portugal registra, nesta data, o fim de um período que marcou o comportamento de todos os conterrâneos durante mais de 40 anos: a ditadura instaurada em 1933, por Antônio de Oliveira Salazar, conhecida como o “Estado Novo”. Considerado, ao lado da ditadura de Francisco Franco na Espanha, como um dos regimes de exceção mais longevos na Europa Ocidental, o governo de Salazar impôs a força, a repressão, o controle social e político a Portugal , mas também foi encontrando, aos poucos, reações que ao longo de quarenta anos minaram suas bases. Lutas nacionalistas em Angola, na Guiné e em Moçambique. No centro político da metrópole, em Lisboa, a oposição perseguida, presa e torturada, também nunca desistiu. Em 1949, 1953 e 1957, sem nenhum êxito, ocorreram tentativas de enfrentar o poderoso ditador Salazar. No final do ano de janeiro 1961, um aguerrido jovem militar, capitão Henrique Galvão resolveu, à frente de um grupo reduzido de colegas, empreender uma espetacular ação: sequestrar no Caribe, próximo da Ilha de Trinidad, o transatlântico português “Santa Maria”. O comandante Galvão levou o navio para o porto do Recife (Pernambuco) e o recém-empossado Classificados Redação Fax Venda Avulsa Assinatura Natal Reclamações Natal ASSINATURA Mensal (à vista) Trimestral Semestral (à vista) Anual (à vista)

4006-6161 4006-6113 4006-6124 4006-6100 4006-6111 4006-6111 R$ 56,00 R$ 168,00 R$ 336,00 R$672,00

A marca maior dessa revolução pacífica veio no momento em que as armas foram ornamentadas com os Cravos que se instalaram nos canos das armas dos militares que saíram às ruas" presidente Jânio Quadros decidiu oferecendo asilo político aos revoltosos. O “Santa Maria” aportou no cais em Recife e recebeu pelos brasileiros aplausos gerais e todos ficaram acolhidos no Clube Português de Recife, até que se processassem os tramites diplomático. Capitão Galvão, conseguiu com o sequestro, motivar a oposição portuguesa, que e essas alturas já imaginavam que a ditadura Salazar estava perto do fim. Treze anos depois da façanha do Capitão Henrique Galvão, em dia 25 de Abril, uma revolução sui generis eclodiu e trouxe a tranquilidade para as comunidades portuguesas. Opositores de todas as tendências, instalados em sua maioria, em Paris, arquitetaram a mais espetacular ação, que se esperava acontecer a quase meio século.

PREÇO DO EXEMPLAR Rio Grande do Norte 3ª a Sábado Domingo Outro Estado 3ª a Sábado Domingo

A revolta teve como senha uma música muito singela , “Grândola, Vila Morena”, da lavra de Zeca Afonso. Com a participação unânime dos civis, que apreensivos, tinham uma interrogação qual a reação dos quarteis e dos aquartelados, supostamente favoráveis à Ditadura Salazar. Era uma quinta feira, clima ameno, quando a “senha” foi ouvida por todo Portugal, consolidando-se assim um sonho de algumas décadas. O ditador Salazar já havia falecido, em 27 de julho de 1970, e a “Revolução dos Cravos”, na verdade, acabava com a possibilidade dos que pretendiam ser os sucessores do general Os exilados começaram a voltar e o General Spindola assumiu o poder, iniciando a abertura política, libertando milhares que estavam confinados e torturados nas masmorras salazaristas. Já na sexta-feira, dia 26, o comércio voltava a funcionar normalmente. Muitas marcas institucionais consolidaram o movimento revolucionário. Os lideres Mário Soares, ideólogo socialista, os eternos lutadores comunistas, comandados por Álvaro Cunhal, sentaram-se e os novos destinos dos portugueses eram definidos. A marca maior dessa revolução pacifica, denominadas de Revolução dos Cravos, veio ndo momento em que todas as armas, foram ornamentadas com os Cravos que se instalaram nos canos dos rifles, fuzis e metralhadoras dos militares que saíram às ruas. FILIADO AO

R$ 2,00 R$ 3,00

FILIADO AO INSTITUTO VERIFICADOR DE CIRCULAÇÃO

R$ 3,00 R$ 4,00

REPRESENTANTE NACIONAL – Pereira de Souza & Cia Ltda: Rio de Janeiro : (O21)2544-3070 – São Paulo: (011) 3259-6111

FILIADO À ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JORNAIS

O que me intriga nesta medida judicial de interdição do tráfego de veículos no Bando é que a doutora juíza entende que, caso o viaduto venha abaixo, vai atingir apenas os dois trechos (sentido AlecrimCidade Alta) interditados. Os outros dois (Cidade-Alecrim ficariam intactos? ). Não seria a hora de rever essa medida, que, na minha modesta opinião, não ajuda em nada e só atrapalha a vida da cidade. marismar.rodri@gmail.com

Viaduto (3) Você veja como são as coisas. O elefante branco do Baldo sempre foi definido com um viaduto que liga o nada a coisa nenhuma. Agora pelo menos ele tem uma serventia, atrapalhar o trânsito de Natal. O jeito é apelar para São Cristóvam, o padroeiro dos motoristas sofridos e maltratados. Valdir Freire - via email

Aeroporto O Rio Grande do Norte não necessitava de um novo aeroporto. Já existe um que, quem conhece de muito perto, sabe que nunca operou na sua capacidade máxima. Se o governo soubesse utilizar o dinheiro dos impostos do Estado, o que poderia fazer no máximo, seria ampliá-lo, torná-lo mais moderno, enfim...o Augusto Severo. Espaço tem pra deixá-lo do tamanho que desejasse. Mas, o governo não está nem aí para o dinheiro do povo. Luh Silva via facebook

REDE CABUGI DE COMUNICAÇÃO TRIBUNA DO NORTE 4006-6100 Rádio Globo/Cabugi (AM) Natal 4006-6180 104 (FM) Parnamirim 3272-3737 Rádio Difusora de Mossoró (AM) 3316-3181/2181/3317-6167 Rádio Cabugi do Seridó (AM) J. do Seridó 3472-2759 Rádio Baixa Verde (AM)J. Câmara 3262-2498 Pereira de Souza(SP) 11/3259-6111 Pereira de Souza(RJ) 21/2544-3070


Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

política

Notas & Comentários

Assembleia recebe novo pedido de impeachment

Transporte

« DENÚNCIA » Integrantes do Marcco entregam ao presidente do

[ colunanotas@tribunadonorte.com.br ]

Ao participar da sessão de ontem da Câmara Municipal, o procurador-geral do Município, Carlos Castim, anunciou que a unificação do processo de bilhetagem eletrônica, no sistema de transporte público de Natal, deverá ocorrer em três meses. A informação foi confirmada pela secretária de Mobilidade Urbana de Natal, Elequicina dos Santos. Eles atenderam a uma convocação da Câmara. Também participaram da audiência o presidente do Sintoparn, José Pedro dos Santos.

CPI da Petrobras Com o anúncio do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-RN), de que irá instalar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, o trâmite do processo na Casa tende a ser rápido. Apesar de haver um acordo antigo entre os partidos para que os líderes apresentem, em até 30 dias, os indicados para integrar a comissão, o nome dos 13 membros da CPI da Petrobras deve sair já nos próximos dias, informou a Agência Estado. O regi-

mento interno do Senado não é claro sobre o prazo de indicação dos nomes e instalação de uma CPI. Só há menção ao prazo para as comissões permanentes (dois dias úteis subsequentes). Desde 2005, quando uma determinação do ministro Celso de Mello sobre a instalação da CPI dos Bingos obrigou a Presidência do Senado a indicar os membros da comissão, usam-se os critérios estabelecidos pelo regimento da Câmara dos Deputados.

Impedimento A decisão do Tribunal Superior Eleitoral, ao rejeitar o pedido da prefeita afastada de Mossoró, Cláudia Regina para julgar o mandado de segurança, por intermédio do qual ela pedia autorização para fazer campanha na eleição suplementar, praticamente inviabiliza a participação dela no pleito. O processo agora retorna ao

Tribunal Regional Eleitoral, que só terá sessão na próxima quinta-feira. O problema é que a eleição em Mossoró está marcada para o domingo, 4 de maio. Portanto, mesmo se tiver uma decisão favorável no TRE, será nas vésperas da votação. Isso deixa Cláudia Regina em uma situação, no mínimo, desconfortável.

Inaugurações O ministro da Previdência, Garibaldi Filho, vai hoje a três municípios da Ceará: Milagres, Aurora e Caririaçu. Em cada uma dessas cidades, ele inaugura, com a participação dos senadores Eunício Oliveira e José Pimentel, agências da Previdência Social.

Vistoria A governadora Rosalba Ciarlini visitou ontem as obras

de implantação do sistema de esgotamento sanitário do bairro do Guarapes. Segundo informações divulgadas pelo Governo do Estado, as obras integram o Sanear RN, com previsão para ser concluído em 2015.

Discurso A presidenta Dilma Rousseff fez questão de lembrar em discurso na manhã de ontem, em Cuiabá, durante cerimônia de entrega de casas do Minha Casa Minha Vida, os principais programas do Governo Federal. Além de destacar as metas

do programa habitacional, Dilma citou a entrega de máquinas e equipamentos às prefeituras, o Pronatec, o Mais Médicos, os investimentos em mobilidade urbana em parceria com o governo estadual e as obras em saneamento.

Oposição O ex-governador de Pernambuco e pré-candidato à Presidência pelo PSB, Eduardo Campos, afirmou, em visita a Belém, que a presidenta Dilma Rousseff “chocou a todos no Brasil que apostaram nela nos primeiros momentos de seu governo” ao trazer “para muito próximo” dela “os mesmos que cercaram Fernando Henrique

Cardoso e Lula” e que inicialmente “parecia que ela ia afastar”. Era uma referência à reversão que Dilma foi obrigada a fazer, em 2012 e 2013, da chamada “faxina ética” levada a cabo no primeiro ano de seu mandato - a presidenta trouxe de volta ao governo setores de partidos que haviam sido defenestrados, como PDT, PR e PMDB.

Legislativa estadual documento para abrir processo contra a governadora MAGNUS NASCIMENTO

A

Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte recebeu um novo pedido de impeachment contra governadora Rosalba Ciarlini (DEM). Com as acusações de que a chefe do Executivo estadual não cumpre decisões judiciais e não atende as demandas básicas da população, os coordenadores do Movimento Articulado de Combate a Corrupção (Marcco) entraram ontem com um processo na Assembleia Legislativa pedindo a abertura do impeachment e o afastamento imediato da governadora Rosalba Ciarlini. O Movimento, integrado por representantes de 25 entidades, justifica a medida como “quadro de absoluto desgoverno na sua gestão e do não atendimento das necessidades da população”. Em nota, o Marcco disse que Rosalba Ciarlini dá demonstrações de pretender governar acima das leis. O documento entregue na Assembleia possui 152 páginas e aponta uma série de supostas ilegalidades que estariam sendo praticadas pela governadora Rosalba Ciarlini. “São condutas que ofendem cabalmente a moralidade administrativa, as leis orçamentárias e as decisões judiciais, revelando que o caos instalado em todas as áreas prioritárias do Estado decorrem da forma ímproba como a Senhora Governadora vem tratando o dinheiro público no exercício do seu mandato”, diz um dos trechos do documento. No material, o Movimento cita uma série de denúncias já feitas pelo Ministério Público Estadual contra governadora Rosalba Ciarlini, como é o caso do não repasse integral das parcelas do duodécimo para as instituições. Há também destaque para as condenações feitas pela Justiça Eleitoral contra chefe do Executivo, em denúncias sobre o suposto abuso de poder polí-

Representantes do Marcco apresentam pedido para abertura do processo de impeachment

tico e econômico no pleito municipal de Mossoró em 2012. Coordenador do Marcco, Carlos José Cavalcanti de Lima, destacou que o Movimento decidiu pedir o impeachment da governadora Rosalba Ciarlini baseado em uma série de documentos enviados pelo Ministério Público estadual e pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte. “Solicitamos uma série de documentos a essas duas instituições (TRE e MP). O Tribunal já havia determinado o afastamento da governadora”, disse o coordenador, lembrando que ano passado Rosalba foi condenada por duas vezes, pelo TRE, a se afastar do cargo, mas conseguiu se manter na gestão com uma decisão liminar do Tribuna Superior Eleitoral. Carlos José Cavalcanti também chamou atenção para o fato de que o Ministério Público Estadual já promoveu algumas ações de improbidade administrativa contra a governadora Rosalba Ciarlini. “O Marcco espe-

rou bastante antes de tomar essa decisão. Recebemos a documentação do TRE faz dois meses e só agora estamos fazendo o pedido, tivemos cautela para examinar os documentos porque essa é uma questão muito grave”, disse o coordenador. Ele analisou que a situação da gestão estadual, que não atende aos interesses da sociedade no segmento da segurança pública e educação são justificativas para o pedido de impeachment. “O Estado não está cumprindo nem o repasse de 25% do orçamento para educação”, comentou. Para Carlos José Cavalcanti grave também é o fato da governadora Rosalba Ciarlini não seguir as determinações judiciais. “A governadora desconhece, não responde, não atende. O Estado de direito parece que não existe no Rio Grande do Norte, há uma falta de cumprimento”, completou, chamando atenção ainda que Rosalba Ciarlini responde a várias ações de improbidade administrativa por não cumprir as decisões judiciais.

‘É preciso haver prova', diz advogado O advogado da governadora Rosalba Ciarlini, Tiago Cortez, afirmou que ainda não é possível se pronunciar detalhadamente sobre as alegações do Marcco no pedido de impeachment. Ele disse que não teve acesso ao pedido apresentado na Assembleia Legislativa. “Precisa haver uma prova do que se está alegando. O Marcco não é parte legítima para propor, mas, pelo que vi nas fotos, foram pes-

soas físicas que propuseram”, comentou o advogado Tiago Cortez. Ontem, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Ricardo Motta, ao receber o pedido do Marcco encaminhou para o parecer da Procuradoria da Casa. Logo após o parecer, o processo retorna para ser lido em plenário. A Assessoria de Imprensa da Assembleia disse

que não há previsão de quando o processo será lido, mas poderá ocorrer já na próxima semana. durante a entrega do pedido, o deputado estadual Fernando Mineiro (PT) sinalizou que sugerirá a Comissão de Constituição e Justiça para convocar os integrantes do Marcco a dar esclarecimentos quando o processo estiver na pauta da CCJ.

ALEGAÇÕES DO MARCCO >> Descumprimento das leis orçamentárias de 2011, 2012 e 2013; >> Uso indevido de bens e serviços públicos do Estado para influir na eleição de Mossoró/RN; >> Condenação promovida em primeiro e segundo graus pela Justiça Eleitoral; >> Abertura, sem autorização legal, de créditos suplementares que excedem o limite previsto na Lei Orçamentária Anual, relativamente à execução orçamentária 2012; >> Recusa em cumprir as decisões do Poder Judiciário; >> Manipulação de dados financeiros em ofensa ao princípio constitucional da independência dos Poderes e ausência de repasse integral dos duodécimos dos Poderes Legislativo e Judiciário, do MP e do TCE, relativamente a 2014; ALGUMAS ENTIDADES DO MARCCO: Associação de Magistrados do RN; Associação do Ministério Público do RN; Associação dos Defensores Públicos do RN; Associação dos Juízes Federais; Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho no RN; Controladoria Geral do Município de Natal; ControladoriaGeral da União no RN; Delegacia da Receita Federal do Brasil em Mossoró; Delegacia da Receita Federal do Brasil em Natal; Ministério Público do Estado do RN; Ministério Público do Trabalho/PRT 21ª Região; Ministério Público Federal /PRRN; Ministério Público Junto ao Tribunal de Contas do Estado do RN; Ordem dos Advogados do Brasil/Seccional RN; Procuradoria da Fazenda Nacional/RN; Procuradoria da União no RN; Procuradoria Federal no RN; Secretaria de Estado da Tributação do RN; Superintendência da Polícia Federal no RN; Superintendência da Polícia Rodoviária Federal no RN

Wilma de Faria divulga nota « INTERINIDADE » Vice-prefeita diz ter compromisso prévio, aponta ‘viés

Infância O andamento das ações de proteção à criança e ao adolescente durante a Copa do Mundo em Natal foi tema de uma reunião realizada na manhã de ontem na Câmara Municipal de Natal. Participaram da iniciativa, representantes da Secretaria Municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas) e dos Conselhos Tutelares de Natal, além de integrantes de en-

3

tidades empenhadas na promoção dos direitos da criança e do adolescente, líderes comunitários e sociedade civil. De acordo com a vereadora Júlia Arruda, presidente da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente na CMN, o encontro serve para fazer um balanço das ações dos 13 grupos que compõem o Comitê de Proteção Local.

Investigação Foi recebida pelo Pleno do Tribunal Regional Fede-

ral da 5ª Região (TRF5), por unanimidade, denúncia oferecida pelo Ministério Público Federal (MPF) contra o atual prefeito do município de Barcelona, Carlos Zamith de Souza. Ele é acusado, juntamente com seu irmão, Agaci de Souza Filho, ex-secretário de finanças, de supostas irregularidades na aplicação de verbas públicas federais destinadas à construção de escola e compra de material escolar. Os recursos, totalizados em mais de 50 mil reais, foram repassados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), em 1998.

eleitoreiro’ em mandado de segurança e afirma que não recebeu comunicado

N

o início da noite de ontem, a vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria, se posicionou por intermédio de uma nota de esclarecimento sobre a viagem do prefeito Carlos Eduardo ao exterior. Ela afirmou que a ausência do prefeito pelo período de 12 dias gerou controvérsias e até um mandado de segurança de “nítido viés eleitoreiro”, mas ainda não recebeu qualquer comunicado oficial oriundo da Prefeitura Municipal do Natal ou da Câmara sobre o citado afastamento. Wilma de Faria disse também que tinha compromissos agendados, antes de saber da viagem do prefeito, e que permanecerá

ausente até o dia 28. Segundo a vice-prefeita, isso “inviabiliza as práticas de quaisquer atos administrativos (dela) pertinentes ao cargo de Prefeito de Natal até a citada data”. Ontem, o vereador Júlio Protásio (PSB) também divulgou um posicionamento sobre o assunto. Ele sinalizou que poderá assumir interinamente a Prefeitura do Natal, durante a ausência do prefeito Carlos Eduardo, que cumpre agenda administrativa na Espanha. Terceiro na lista de possíveis sucessores, o vicepresidente da Câmara Municipal e líder da bancada do governo na Casa, Protásio protocolou ontem, junto a 5ª Vara da Fa-

zenda Pública, ofício se colocando a disposição para assumir a vaga em resposta à determinação, do juiz Luiz Alberto Dantas Filho. A decisão poderá ser julgada ainda nesta sexta-feira, dia 25. O magistrado notificou a viceprefeita Wilma de Faria (PSB), do presidente da Câmara, Albert Dickson (PROS), além de Protásio para se manifestar, no prazo de 24 horas sobre o pedido liminar impetrado pelos vereadores Maurício Gurgel (PHS) e Fernando Lucena (PT), para que fosse designado representante interino ao cargo. O parlamentar ponderou que pela legislação, a transmissão de

cargo é obrigatório quando o período de afastamento do chefe do executivo é superior a 15 dias e que a viagem de Carlos Eduardo à Espanha é de 12 dias. E na impossibilidade da vice-prefeita e do presidente da CMN assumirem, estaria “à disposição para assim fazer, declarandose apto pela alta médica que recebeu nesta quinta (24) de uma cirurgia para retirada da vesícula que se submeteu”. No documento, Protásio ainda argumenta que, com base na Lei Orgânica do Município, o próximo na ordem sucessória seria o primeiro secretário da CMN, vereador Dickson Nasser Jr. (PSDB), e não o impetrante Maurício.


4

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

Cláudio Humberto [ ch@claudiohumberto.com.br - www.claudiohumberto.com.br]

‘Caixa preta’

Só tem o domínio do fato quem tem conhecimento do fato” Ministra Carmen Lúcia (STF) ao votar pela absolvição do ex-presidente Fernando Collor

Caixa pretíssima A oposição acha que inúmeros negócios e contratos são tão lesivos à Petrobras quanto a compra superfaturada da refinaria de Pasadena. R$ 179 bi evaporaram Os desacertos e a manipulação de preços fizeram a Petrobras perder 50% do seu valor desde 2010, de R$ 380 bilhões para R$ 179 bilhões.

Nem pensar

Líder do governo

Padrinho do presidente da Transpetro, Sergio Machado, no cargo há 11 anos, Renan Calheiros é dos mais empenhados em inviabilizar a CPI.

Renan consultou o Planalto antes de divulgar que recorreria da decisão da ministra Rosa Weber (STF) sobre uma CPI exclusiva da Petrobras.

Vaga de vice da Câmara Apelidado de “garçom”, quando ministro de Relações Institucionais do governo Dilma, por só anotar os pedidos dos parlamentares, o deputado Luiz Sérgio (PT-RJ) perdeu força na disputa pela vice-

presidência da Câmara. Segundo dirigentes petistas, o presidente do partido, Rui Falcão, “não engoliu a petulância” do enrolado André Vargas (PTPR), que o desafia fazer de Luiz Sérgio o seu substituto.

Na corrida

Outros nomes

O deputado Paulo Teixeira (SP), que foi preterido para presidente do PT, corre por fora e tenta acordo para assumir a vice da Câmara.

Também são cotados à vaga a deputada Benedita da Silva (RJ) e o ex-presidente Marco Maia (RS), que sonha em voltar para Mesa Diretora.

Espelho meu A decisão de contratar escritório de advocacia

na Itália, para monitorar o caso Pizzolato, foi revelada nesta coluna em 27 de fevereiro.

A conta é sua rique Pizzolato, vai receber 25 mil euros (R$ 75 mil) na primeira fase e 75 mil euros (R$ 225 mil) na fase de apelação. Por enquanto.

Linha auxiliar Líder do PSDB, Antônio Imbassahy (BA) critica presidente do Senado, Renan Calheiros, por recorrer ao plená-

rio do STF contra CPI da Petrobras: “O PT faz do PMDB linha auxiliar para fazer o trabalho sujo”

Essa cara sou eu Grávida do 2º vice-presidente da Câmara, Fábio Faria (PSD), Patrícia Abravanel tirou onda no programa de TV

do pai, Silvio Santos, e se proclamou a terceira mulher do Brasil, atrás de Dilma e Marcela Temer.

Bateu, levou Surpreso com as críticas do ministro Moreira Franco (Aviação Civil) ao PMDB-RJ por apoiar o presidenciável Aécio

TSE nega julgamento de recurso para Cláudia Regina « ELEIÇÃO SUPLEMENTAR » Com a decisão, mandato de segurança volta

Contratos milionários de terceirização de mão de obra, que, segundo fontes do Ministério Público Federal, seriam controlados por pessoas e empresas ligadas ao ex-ministro José Dirceu, estão entre as razões da resistência do governo à instalação da CPI da Petrobras. A “caixa preta” esconderia também “esqueletos” como a compra de plataformas e contratos na Transpetro, rica subsidiária da maior estatal brasileira.

O escritório de advocacia Studio Gentiloni Silveri, de Roma, contratado pelo governo brasileiro para acompanhar a extradição do mensaleiro Hen-

política

Neves, Leonardo Picciani alfinetou no twitter: “Nem lembrava que ele era filiado ao partido ainda”.

Mais um O senador Aécio Neves (PSDB-MG) tem jantar mar-

cado nesta sexta (25) com o PSD-RJ, que deverá se juntar ao PMDB e declarar apoio a sua candidatura ao Planalto, contra a reeleição da presidenta Dilma.

Sumiram carteiros e etc Diante de denúncia de que os Cor-

reios acumulam correspondências simples para entregá-las em “pacote”, com até dois meses de atraso, procuramos explicações da estatal. Mas sua assessoria, que chega ao trabalho somente às 10h, antes das 17h já havia ido embora.

‘Demorô’ A polícia no Rio bate cabeça atrás dos ladrões de gi-

gantesca carga de figurinhas da Copa, diz o jornal Metro, de Londres. A empresa Panini não diz quanto foi roubado, mas garante atender a enorme demanda.

para o TRE, que deve discutir o processo na sessão da próxima semana DIVULGAÇÃO/TSE

A

prefeita afastada de Mossoró Cláudia Regina teve mais uma derrota na Justiça e permanece impedida de fazer campanha para as eleições suplementares do dia 4 de maio. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou ontem o julgamento do mandato de segurança, com pedido de liminar, impetrado pelos advogados de defesa, na tentativa de reverter decisão do Juiz da 33ª Zona Eleitoral, Herval Sampaio, que rejeitou o pedido de registro de candidatura e proibiu realização de campanha eleitoral para as eleições suplementares de Mossoró. A propaganda eleitoral no rádio e televisão começou q ser veiculada nesta quinta-feira, dia 24. A ministra Laurita Vaz, relatora do processo, declinou do julgamento, alegando que o TSE não poderia se posicionar por se tratar de mandado de segurança impetrado contra decisão monocrática proferida pelo presidente do TRE, desembargador Almícar Maia. E devolveu ao TRE a atribuição de sentenciar o mandado de segurança. Somente após a apreciação do pleno da Justiça Eleitoral potiguar,

Lauria Vaz não acatou o pedido dos advogados de Cláudia Regina

o TSE deverá apreciar. “Não compete ao Tribunal Superior Eleitoral decidir sobre suposta coação ilegal atribuída à Presidente do Tribunal Regional Eleitoral, no que se refere ao indeferimento de republicação de acórdão … A jurisprudência desta Corte é firme no sentido de que compete ao TRE o julgamento de mandado de segurança contra atos de

seus membros “, escreveu Laurita Vaz. A Corte do TRE deverá apreciar a ação cautelar apenas na sessão da próxima semana – dias antes do pleito. Na sessão de ontem, os desembargadores negaram embargos de declaração, instrumento impetrado pelos advogados ainda questionando julgamento ocorrido em fevereiro. Antes da decisão do TSE, o ad-

vogado Wellington de Carvalho Filho havia afirmado à TN que discorda do posicionamento da Justiça Potiguar, que tomou por base para o julgamento a campanha de de 2012 e buscaria meios para que a representante da coligação Força do Povo possa ter o direito, à exemplo da adversária Larissa Rosado (PSB) de fazer propaganda por conta e risco. “O posicionamento do TRE não permitiu sequer o direito de poder se defender”, disse. A assessoria jurídica da prefeita afastada, reuniu-se na noite de ontem para definir quais medidas serão adotadas a partir da negativa do TSE. Assessores próximos a Claudia Regina ainda descartam essa a substituição da candidata do DEM. Mesmo com o registro de candidatura indeferido, a candidata do PSB, deputada Larissa Rosada, mantém agenda a política. Bem como o prefeito em exercício, Francisco Silveira Júnior (PSD). A previsão que as ações impetradas no TRE pedindo a impugnação das candidaturas deles, também sejam julgadas pela Corte na próxima semana.

Dilma anuncia Pronatec 2 « SUCESSÃO » Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico

é uma das principais apostas da petista para a eleição de outubro

A

presidenta Dilma Rousseff prometeu ontem (24), em Cuiabá, criar o Pronatec 2 se for eleita para um segundo mandato. O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego é uma das principais apostas da petista para a eleição de outubro. Na visita à capital de Mato Grosso, Dilma destacou a realização de 6,8 milhões de matrículas no programa, disse que a

meta estipulada será cumprida e prometeu continuidade em um segundo mandato. “Nós temos certeza que antes do fim do ano a gente vai ter cumprido os 8 milhões (de matrículas no programa). E aí, o que nós vamos fazer? Criar o Pronatec 2”, afirmou a presidenta ao discursar na formatura de 1.200 alunos do programa que fornece bolsas para cursos profissionalizantes. “O Pronatec 2

vai ser cada vez melhor, porque nós aprendemos com o Pronatec 1 e vamos cada vez melhorando e fazendo mais cursos, melhores cursos.” A presidenta justificou o orçamento de R$ 14 bilhões do governo para o programa: “Por que nós colocamos R$ 14 bilhões do orçamento do governo federal (no Pronatec)? Porque esse dinheiro é um dinheiro que vem dos impostos que to-

do mundo paga, e é fundamental para o país que o dinheiro seja gasto naquilo que beneficia as pessoas deste país”. Dilma cumpriu agenda de candidata em Cuiabá (MT). Em busca de pautas positivas, ela evitou entrevistas e quaisquer menções a temas polêmicos, como a iminente instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a Petrobrás.


Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

política

5

PT admite CPI só para a Petrobras « INVESTIGAÇÃO » Governo Federal mudou de estratégia e decidiu não mais recorrer da decisão da ministra

Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, que acatou pedido da oposição por uma comissão exclusiva

O

governo mudou de estratégia e decidiu não mais recorrer da decisão da ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal, que acatou pedido da oposição por uma CPI exclusiva da Petrobras no Congresso. A decisão do Palácio do Planalto foi motivada por pesquisas qualitativas que já apontam desgaste na imagem da presidente Dilma Rousseff por causa de dúvidas em relação à Petrobras. O tema chegou a ser discutido por Dilma com coordenadores de sua campanha, na noite de terça-feira, no Alvorada. O governo quer acabar com a impressão, apontada em levantamentos, de que não quer investigar nada na Petrobrás porque tem algo a esconder. Nos bastidores, auxiliares de Dilma afirmam que nada é pior para um governante do que a sensação da população de que ele fecha os olhos para malfeitos. A decisão da ministra do Supremo pegou a presidente de surpresa na noite de anteontem (23). Coube ao ministro Mercadante dar-lhe a notícia. A ordem agora é blindar a investigação a qualquer custo - escalando cuidadosamente os integrantes da comissão.

Alterntiva

Convencidos de que conseguirão assinaturas suficientes para abrir uma CPI para o cartel de trens e do Metrô em São Paulo, e para irregularidades no Porto de Suape, em Pernambuco, os governistas já dizem que é preciso apurar as irregularidades cometidas com recursos federais. A ideia é desgastar as candidaturas do senador Aécio Neves (PSDB) e do ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), rivais de Dilma na disputa presidencial. “Vamos responder de maneira direta àqueles que querem usar a CPI para uma disputa eleitoral, por falta de propostas para o País”, afirmou o ministro das Relações Institucionais, Ricardo Berzoi-

Base aliada define estratégia para atuar na Comissão

Bancada de oposição define estratégia para atuação na Comissão Parlamentar de Inquérito que deverá ser instalada

ni. O líder da bancada do PT no Senado, Humberto Costa, chegou a dizer que iria recorrer da decisão, mas foi convencido a recuar. Ontem (24) de manhã, Berzoini e o ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, participaram de reunião no Planalto, com senadores do PMDB e do PT. Ali se definiu que somente o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) - aliado de Dilma - deveria recorrer da decisão tomada pela ministra Rosa Weber, do STF. A aposta é que os ânimos se acalmem durante a Copa do Mundo - e que, iniciada a propaganda eleitoral, ninguém vai querer saber de CPI. O ministro da SecretariaGeral da Presidência, Gilberto Carvalho, recorreu à ironia ao falar do assunto ontem. “Já tivemos muitas CPIs, ao contrário de outros governos que não tiveram nenhuma”, disse ele.

Oposição diz não temer apuração sobre cartel Diante da tática do governo de propor uma CPI para apurar o cartel de trens que atuou em São Paulo, a fim de retaliar o PSDB do senador Aécio Neves (MG), a oposição foi à tribuna criticar a estratégia e avalia os nomes para a comissão que vai investigar irregularidades na Petrobras. O líder do PSDB na Casa, Aloysio Nunes Ferreira (SP), foi à tribuna para reagir à criação de uma CPI do Metrô. “Eu queria dizer aqui, em alto e bom som: nós não nos intimidamos com isso. Promovam as investigações que quiserem”, discursou. “Aliás, por que não as promoveram antes? Será porque têm receio dos negócios que a Alstom fez no setor elétrico do governo fede-

ral? Têm receio de investigarmos os cartéis que ocorreram nos empreendimentos da CBTU?” O tucano ressaltou que a decisão da ministra do Supremo Tribunal Federal Rosa Weber de determinar a instalação da CPI exclusiva da Petrobras permite que a oposição fiscalize o governo. “Quem comprou esse peixe podre, Pasadena, não foi a oposição. Foi gente do atual governo. Foi a presidente da República, que não pode se eximir das suas responsabilidades, como, aliás, lembrou-lhe de forma contundente o ex-presidente (José Sergio) Gabrielli, da Petrobras”, afirmou Aloysio, referindo-se a entrevista publicada pelo jornal O Estado de S. Paulo. Pelo critério da proporcio-

Aloizio Mercandante, reação

nalidade, a oposição sabe que será minoria na CPI e, por isso, terá dificuldades em aprovar requerimentos. O bloco deve ter direito a 3 dos 13 titulares da comissão.

O ministro da Casa Civil, Aloizio Mercadante, se reuniu nesta quarta-feira com líderes da base aliada do Senado para traçar uma reação contra integrantes da oposição, vitoriosos com a decisão da ministra do Supremo Tribunal Federal Rosa Weber, que determinou a instalação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) restrita a fatos envolvendo a Petrobrás. O encontro realizado no gabinete de Mercadante também contou com a presença do ministro de Relações Institucionais, Ricardo Berzoini, e do líder do Congresso, senador José Pimentel (CE), do líder do governo no Senado, Eduardo Braga (PMDBAM), do líder do PMDB no Senado, Eunício Oliveira (CE) e do líder do PTB, Gim Argello (DF). Na reunião, segundo alguns dos presentes, o entendimento foi de que com a decisão de Rosa Weber o jeito agora é se preparar para a CPI e indicar integrantes do “primeiro escalão”, que não deverão disputar as próximas eleições de outubro, para comporem o colegiado. Também foi estudada no encontro uma reação contra integrantes da oposição, autores do pedido da CPI da Petrobras. A ideia é acelerar a coleta de assinaturas para a criação de uma CPI que investigará supostas irregularidades ocorridas no Metrô de São Paulo na gestão PSDB. Uma das alternativas colocada no encontro é a de adicionar assinaturas dos senadores da base ao requerimento do deputado Paulo Teixeira (PT-SP), que já iniciou a busca de apoio na Câmara para a criação comissão parlamentar de inquérito para investigar a gestão tucana a frente do Metrô de São Paulo. Dessa forma seria feita uma CPI mista.

« SUSPEITA »

Padilha indicou executivo para laboratório, diz PF Investigações apontam novos indícios que envolvem o ex-ministro da Saúde

A

Operação Lava Jato, da Polícia Federal, indica que o ex-ministro Alexandre Padilha (Saúde), pré-candidato ao governo de São Paulo pelo PT, teria recomendado o executivo Marcus Cezar Ferreira de Moura para a Indústria Farmacêutica Labogen, cujo verdadeiro controlador é o doleiro

Alberto Youssef - alvo maior da investigação sobre lavagem de dinheiro que pode ter alcançado R$ 10 bilhões. A PF interceptou troca de mensagem entre Youssef e o deputado André Vargas (PT-PR), em 28 de novembro de 2013, na qual os dois comentam sobre a indicação de Moura para a Labogen. Vargas passa para o doleiro o contato do executivo e diz que foi Padilha quem o indicou. A Labogen tentou obter contrato milionário no Ministério da Saúde, ainda durante a gestão de Alexandre Padilha.

Alexandre Padilha é citado nas mensagens interceptadas pela PF


6

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

geral ASSESSORIA

Empreendedor espanhol quer conhecer pontencialidade turística de Natal para investir na cidade

Grupo espanhol sinaliza que pode investir em Natal « INTERCÂMBIO » Puerto Calero, controlador de

quatro Marinas nas Ilhas Canárias, na Espanha, está com os olhos voltados para o litoral natalense

O

grupo Puerto Calero, controlador de quatro Marinas nas Ilhas Canárias, na Espanha, está com os olhos voltados para o litoral de Natal. O prefeito Carlos Eduardo, que cumpre agenda naquele país, convidou o presidente do grupo, Jose Calero Rodrigues, para conhecer a cidade e participar da licitação da futura Marina de Natal. Calero Rodrigues aceitou o convite e confirmou que virá em breve à capital potiguar. Carlos Eduardo foi recebido pelo empresário, junto com o secretário-adjunto de Turismo de Natal, Murilo Felinto, e com o diretor da Casa do Brasil na Espanha, Cássio Romano. O grupo Puerto Calero Marinas tem hoje quatro Marinas em funcionamento nas Ilhas Canárias e vai inaugurar a quinta em Arrecifes, capital de Lanzarote, no próximo mês maio. Durante a visita a uma dessas Marinas, o prefeito de Natal conheceu a estrutura composta de lojas de roupas, material náutico, bares, restaurantes e lojas de conveniência. Carlos Eduardo também teve acesso à área de atracação dos barcos. A Marina visitada pelo prefeito tem capacidade para receber 400 embarcações. A estrutura vista em Lanzarote é o modelo que o prefeito deseja ver implantada na Marina de Natal. Desde sua gestão anterior, ele trabalha no sentido de dotar a cidade de uma Marina, por estar convicto do potencial do equipamento para alavancar o Turismo e, por consequência, a economia da cidade. “Estudos indicam que o turista náutico costuma gastar U$ 600,00 dólares diariamente, movimentando toda a cadeia produtiva do Município. Natal tem potencial para atrair esses investimentos e a Prefeitura está agindo para conquistar a Marina para nossa capital”, afirma o prefeito. Em outra frente com o propósito de expandir o alcance turístico de Natal, Carlos Eduardo esteve com a diretora da agência Tui Espanha, Carmem Batista. O objetivo foi propor a implantação de um voo charter ligando as Ilhas Canárias a Natal. A ideia é oferecer através dessa linha aérea um pacote de sete dias na capital potiguar. A Tui é a maior operadora turística do mundo, sendo responsável por mais de 30% do fluxo de turistas para as Ilhas Canárias, que hoje recebem aproximadamente 12 milhões de turistas anualmente. Os visitantes das Canárias são procedentes principalmente de países da Europa, como Inglaterra, França, Alemanha, Rússia e países Nórdicos. O tempo médio de permanência deles é de 15 dias e, com o produto que está sendo proposto, haveria uma conjugação com Natal para que esses turistas passassem sete dias na Cidade do Sol. Carlos Eduardo saiu otimista do encontro com a diretora da agência. Ela mostrou interesse em ampliar para Natal sua oferta turística. A Tui possui dois escritórios no Brasil, um no Rio de Janeiro e outro em São Paulo. A proposta formulada por Carlos Eduardo será avaliada por um dos escritórios brasileiros, indicou Carmem Batista. O secretário-adjunto Murilo Felinto e o diretor Cássio Romano também acompanharam o prefeito na audiência com a representante da Tui.


Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

geral

7

STF rejeita denúncia contra Collor « PROCESSO » Supremo Tribunal Federal encerra o último capítulo do escândalo de corrupção que

culminou no impeachment em 1992. Ministros inocentaram o atual senador por falta de provas

O

ex-presidente da República Fernando Collor de Mello viu ontem ser encerrado no Supremo Tribunal Federal o último capítulo do escândalo de corrupção que culminou no seu impeachment, em 1992. De lá para cá, o hoje senador pelo PTB de Alagoas enfrentou 14 inquéritos, 8 petições criminais e 4 ações penais. Collor foi absolvido em todos os casos, incluído o processo decidido ontem pelo STF. Por falta de provas, Collor foi absolvido da acusação de envolvimento num esquema de desvio de verba pública por meio de contratos de publicidade. Conforme a denúncia, o dinheiro beneficiava empresários que, em troca, pagavam despesas pessoais do presidente, como a pensão alimentícia a um filho que Collor tivera fora do casamento. O dinheiro seria depositado na conta de sua secretária Ana Acioli e em contas pessoais. De acordo com as acusações, esses valores seriam repassados por Paulo César Farias, tesoureiro da campanha de Collor à Presidência, morto em 1996. Em troca, pessoas ligadas a PC Farias tinham liberdade de ação para buscar em órgãos públicos federais e na iniciativa privada contribuições também ilegais. O ex-presidente era acusado de falsidade ideológica, corrupção passiva e peculato por fatos ocorridos em 1991 e 1992. Em razão da demora na investigação e no julgamento do caso, estavam prescritos os crimes de falsidade ideológica (desde 2008) e corrupção passiva (desde 2012). Collor só poderia ser condenado por peculato (desvio de dinheiro por agente público), cuja pena vai de 2 a 12 anos.

« CÂMARA »

Unificação da bilhetagem será em três meses

A

unificação do processo de bilhetagem eletrônica deverá ocorrer em três meses. O novo prazo foi anunciado pelo procurador-geral do município, Carlos Castim, e a secretária de Mobilidade Urbana de Natal, Elequicina dos Santos, em sessão polêmica na Câmara Municipal do Natal, realizada na tarde de ontem. Atendendo a convocação da CMN, os representantes da Prefeitura, além do presidente do Sintoparn, José Pedro dos Santos, prestaram esclarecimentos sobre a não implantação da bilhetagem única para o transporte público de passageiros. O Seturn não compareceu ao Legislativo. A convocação é anterior a instauração da Cei da Bilhetagem. De acordo com Elequicina, este é o prazo para o Instituto para Desenvolvimento do Sistema de Transporte (Idestra), Oscip contratada pela Prefeitura, concluir o projeto da bilhetagem. “Esta é a prioridade zero da prefeitura e não está mais vinculada a licitação do transporte público e ao Plano de Mobilidade Urbana”, disse. Os técnicosdeverãoestaremNatal,apartir da segunda semana de maio. Sandro Pimentel (PSol), autor do primeiro requerimento que buscava a convocação do prefeito Carlos Eduardo, se disse insatisfeito com as informações prestadas. “Questões básicas como o porquê da não implantação, quem será responsabilizado e quando estará funcionando em definitivo não foram respondidas”, disse.

Apesar da prescrição, parte dos ministros insistiu no julgamento do mérito de todos os crimes, a começar pela relatora do processo, Cármen Lúcia. Em seu voto, a ministra afirmou não ter o Ministério Público produzido provas suficientes para comprovar o envolvimento de Collor nos crimes denunciados. E chegou a criticar o trabalho do MP neste caso. “Não é um primor de denúncia”, disse. Pelos crimes de falsidade ideológica e corrupção passiva, cinco ministros votaram pela absolvição por falta de provas - Cármen Lúcia, Dias Toffoli, Luiz Fux, Luís Roberto Barroso e Ricardo Lewandowski. Outros três ministros apenas declaravam a prescrição dos crimes, sem analisar as provas e argumentos da acusação e da defesa. Pelo crime de peculato, todos os ministros votaram pela absolvição. Demora A ação penal julgada ontem foi aberta em 2000, oito anos depois dos fatos suspeitos. Inicialmente, o processo tramitou na primeira instância. Com a eleição de Collor ao Senado, em 2006, o processo foi desmembrado. Os demais investigados continuaram a responder às denúncias na primeira instância. As acusações contra Collor foram remetidas ao STF em 2007. Inicialmente, o caso foi relatado pelo ministro Menezes Direito. Com sua morte, o caso foi redistribuído para Cármen Lúcia. De outubro de 2009 a novembro de 2013, o andamento do processo não indica nenhuma movimentação. Somente depois de quatro anos, a relatora liberou o processo para ser revisado pelo ministro Dias Toffoli.

MEMÓRIA

Fernando Collor de Melo atualmente exerce mandato de senador e evita contato com a mídia

Ex-presidente está mais contido Fernando Collor de Mello, o senador,éumpolíticodiferentedoFernando Collor presidente da República (1990-1992), o primeiro eleito no período pós-redemocratização. Ao contrário do presidente que confiscou a poupança dos brasileiros e governou o País por dois anos, seis meses e 17 dias até ser afastado num processo de impeachment, o Colloratualémaiscontidoqueodos anos 1990. No período que passou no governo, Collor entrou em tanque de guerra e deu uns tiros em alvos predefinidos, no centro de treinamento do Exército, em Formosa (GO), pilotou caças de guerra, pôs o uniforme militar e foi dormir na selva. Fazia do dia a dia da administração a sua própria aventura pessoal. Não ligou para a política e,

quando percebeu, o Congresso tinha lhe virado as costas. O Collor atual se rendeu à realidade política. Trocou o nanico PRTB, pelo qual se elegeu senador em 2006, pelo PTB, que lhe garantiria maior suporte. Aderiu ao governo de Lula, seu velho adversário, e ao de Dilma. Nessa adesão, fez o que a maioria de seus pares fazem: indicou afilhados para cargos políticos. Informações de dentro da BR Distribuidora dizem que Luís Alves de Lima Filho, diretor de Postos e Serviço, e Vilson Reichemback da Silva, diretor de Operações e Logística, lá chegaram em julho do ano passado por indicação de Collor. Sua página no portal do Senado afirma que, em Sessão da Câmara Municipal foi dedicada ao debate sobre a bilhetagem eletrônica no sistema de transportes urbanos de Natal

1992, Collor foi isolado pelos políticos, perdeu o apoio no Congresso e sofreu um processo de julgamento político. Ali aparecem também atos importantes, como o programa de liberalização econômica. O Collor presidente era midiático. Gostava de vestir camisetas com slogans e mensagens, costumava dar entrevistas. O atual é insondável, arredio e não fala com repórteres. No convívio com os colegas, às vezes causa temor. Em 2010, num bate-boca com o senador gaúcho Pedro Simon (PMDB), ele atacou: “Suas palavras em relação a mim e à minha relação política são palavras que não aceito, quero que o senhor as engula e as digira como julgar conveniente”.

Depois de duas décadas sem poder votar para presidente,o País viu Fernando Collor de Mello, o primeiro eleito após o fim da ditadura militar,cair antes do fim do mandato acusado de manter um esquema de corrupção que atuava dentro do Palácio do Planalto.Além dos lances políticos,a trama tinha ingredientes familiares,com o irmão do então presidente,Pedro, denunciando publicamente em maio de 1992 o ex-tesoureiro da campanha presidencial,Paulo César Farias. Com a altivez que lhe era característica,Collor desdenhou das denúncias e interpelou o irmão na Justiça.“A economia brasileira não está sujeita a acusações levianas”,disse. No entanto,além da falta de explicações convincentes para denúncias vindas de alguém tão próximo,novos fatos colocaram o presidente na berlinda.Enquanto o Congresso instaurava uma CPI para investigar as denúncias,o depoimento do motorista Eriberto França afirmando que PC Farias pagava as contas da Casa da Dinda, residência particular de Collor, elevou a temperatura da crise. Acuado com a proposta de impeachment que ganhava força no Congresso,o presidente resolveu apostar no apoio popular que acreditava ter.Pediu a quem o apoiasse que saísse às ruas vestido com as cores verde e amarelo da bandeira nacional.A estratégia deu errado e uma multidão se vestiu de preto para mostrar seu descontentamento com a situação, desencadeando o movimento dos caras-pintadas.


8

Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

geral »ENTREVISTA » ALEXANDRE SAMPAIO

PRESIDENTE DO CONSELHO DE TURISMO DA CONFEDERAÇÃO NACIONAL DO COMÉRCIO DE BENS, SERVIÇOS E TURISMO(CNC)

“Não deve existir pessimismo no turismo”

ARQUIVO TN

« MOTORES » Presidente ddo Conselho de Turismo da CNC

fala dos desafios e perspectivas do setor para o pós-copa. Ele faz palestra no seminário que ocorrerá segunda (28)

NADJARA MARTINS Repórter

A

sestimativasotimistasdoMinistério do Turismo para a CopadoMundo2014sãovistas com cautela pelas entidades nacionais do setor. Segundo os representantes da área, mais importante do que focar nos número estimadosdevisitação–deacordocom a Embratur, o Brasil receberá 600 mil turistas estrangeiros durante a Copa do Mundo – é pensar nos desafios das cidades-sede no pósmundial. Isso porque, para o presidentedoConselhodeTurismoda Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo(CNC), Alexandre Sampaio, o maior benefício que o Brasil terá com o evento é a melhoria da imagem no exterior – isso se tudo correr conforme o planejado. EstimativasdaEmbraturapontamqueNatal receberá entre 10% e 15% da demanda estimada nacional. Ou seja, nominimo60milestrangeirospassarão pela cidade em junho. Para Sampaio, uma série de reivindicações do setor devem ser atendidas paraqueo“legado”daCopasejaefetivado. Com relação à Natal, que vemdiminuindogradativamentea malha aérea e a ocupação dos hotéis, é preciso repensar a legislação – tanto tributária, com relação ao ICMSsobreoquerosenedeaviação –quantoambiental,comrelaçãoàs construçõesnaViaCosteira.Napróxima segunda-feira (28), Alexandre Sampaio apresenta a palestra “Os desafios do setor turístico nacional no pós Copa – Como transformar o evento em negócios futuros” durante o seminário Motores do Desenvolvimento, no Hotel Serhs, a partir das 8h. Em entrevistaàTRIBUNA,eleanalisaalguns pontosquepretendeabordar.Confira:

Quais as perspectivas e os pleitos do setor turístico em 2014?

Nósentregamosrecentemente umdocumentocomosnossospleitos deste ano para o Governo Federal. O de maior destaque diz respeito à cobrança do ICMS sobre o querosene de aviação, que hoje não

Não deve existir pessimismo no turismo. Nós também acreditamos que haverá um movimento dos estrangeiros no entrejogos. Acredito que o verdadeiro pulo do gato é saber sensibilizar o brasileiro para que ele não vá pontualmente em um jogo”

é única em todos os estados. Fizemosumpedidoparaquecadacompanhiaaéreaqueinvestirnoaumentodacapacidadedevooseconvenio com trades para divulgação, teria umareduçãodoICMSsobreocombustível de aviação. E, como Medida Provisória, não teria como ser concedido para apenas um estado. Comosefariaisso?Pormeiodesubsídio. A empresa que tivesse a iniciativadeapoioaoturismo,teriaum subsídionosassentosofertadosparaaqueledestino.Issoseriapagocomo uma complementação calculando-seovalordereduçãodoICMS como uma complementação no assento vendido na locação daquele assento.FoiumbomplanofeitopelaAbeareacreditoqueamaioriados governos vão embarcar nessa. Aqui no estado, o Governo fala em um impacto de R$ 2 milhões na arrecadação do ICMS caso a redução seja concedida. A proposta de vocês não reduz a autonomia dos estados de definir essa cobrança?

Não, pelo contrário. Todo processo que promove isenção do ICMS passa pelo Confaz, o que engessa muito. Quando você cria uma forma indireta – um subsídio pelo assento aéreo ofertado – que é validado como redução no ICMS, e daria-se um subsídio para a empresa aérea que trabalhasse, junto com o trade local, o destino, você ultrapassaadificuldadedoConfaz(aexigência, o hermetismo) e você cria uma medida criativa que é de resultado prático ou similar? Existem outros pleitos?

O RN ficou para trás em termos de organização e modernização do turismo. Não é que Natal tenha despencado no turismo, só diminuiu a ocupação”

Nafasedahotelaria,solicitamos que as empresas que trabalhassem a capacitação de seu quadro de funcionáriosrecebesseumaisençãofiscal; Também pleiteamos, nesse setor, uma lei que regula a depreciação acelerada de bens móveis para o setor hoteleiro. O terceiro seria o contratodecurtíssimaduração,que ainda está em discussão no Conselho de Relações de Trabalho do Ministério do Trabalho. Mas estamos céticos de que saia ainda este ano. Por que? Que tipo de projeto é esse e quais benefícios traria?

Os contratos de curtíssima duraçãoseriamumganhonapartetrabalhista durante a Coa do Mundo. Nós queríamos instituir uma medidaprovisóriaquefuncionassedurante o mundial. Seria uma grande oportunidade de contratar turismólogos – pessoal qualificado, com capacidade cultural e de idiomas. Esse pessoal, podendo ser contratado numa sistemática de tempo menor, em que ele também pudesse vincular seus estudos, você poderia fazer contratos por dias e horas... fazendo uma carga horária diminuta conciliando os horários do trabalhador com outros interesses. Entretanto, temos uma forte resistênciadossindicatos,queameaçam fazer greve. Mas o benefício do pós-Copa não seria a manutenção dos empregos? Dessa forma, não teríamos nenhum legado...

Eudiscordo.Naverdade,oproblemadossindicatoséqueelesacreditam que o profissional estudante, em uma realidade de primeiro mundo, possam tirar vagas de colaboradores padrão, que vem com oensinobásico.Euacreditoquenão: essepessoalseriacomplementarao quadro normal. Nenhum estudantevaifazerfaculdadeparadepoisarrumarcama.Eleatuariamaiscomo interlocutor,nasatividadesdecomplementaridade. Um estudo da Confederação Nacional do Comércio mostrou que serão gerados cerca de 48 mil empregos nas cidades-sede durante a Copa. Cerca de 30% desses empregos estão na área da alimentação. O que podemos esperar do setor? Ele está preparado para receber a demanda gerada com a Copa do Mundo?

O que poderia ter sido feito em

termos de capacitação já foi feito. O Pronatec, feito pelo sistema Senac, proporcionou muita profissionalização e multiplicou a capacidade do setor de capacitar seu funcionário dentro do ambiente de trabalho. Acho que esse programa vai ser o responsável por uma certa qualidade no atendimento. Não acho que vamos ter uma má Copa nesse sentido. O discurso é que o sistema S não se baste, que outras práticas de educação profissional seriam convergentes ao sistema. Mas temos que, no futuro, pensar novas ações, novos mecanismos de formação ou até mesmo mais recursos para o sistema S. O trade turístico do RN aponta uma certa “crise” do setor, causada pela diminuição da ocupação dos hotéis, perda de 2,8 mil voos em 2013 e devolução de cinco mil leitos reservados pela Fifa para a Copa do Mundo. Essa devolução de leitos previstos em contrato mexeram com as perspectivas do turismo para o mundial?

Essa devolução estava prevista em contrato. Nós sabíamos que, numdeterminadotime,dependendo do jogo associado ou da sistemáticaacordada,nósteríamosadevolução dos quartos. É claro que os hotéis não ficaram satisfeitos com a devolução dos quartos, mas foi umamedidaadministrável,permite a montagem de pacotes específicos e pontuais a preços mais acessíveis, permite um trabalho de divulgação junto a outros pólos emissores de turistas, que também vão receberjogos...Nuncadevemosencarar o sistema como uma crise em si. Por exemplo, é possível fazer pacotes de divulgação para que os turistas que vão visitar Recife ou Fortaleza também possam vir a Natal. Todo e qualquer “não” no setor de-

veserencaradocomoumaperspectiva de marketing, como uma possibilidadedenegócio.Nãodeveexistir pessimismo no turismo. Nós também acreditamos que haverá ummovimentodosestrangeirosno entrejogos. Acredito que o verdadeiro pulo do gato é saber sensibilizar o brasileiro para que ele não vá pontualmente em um jogo. A regional da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH/RN) reclama muito da falta de divulgação turística do destino RN. Entretanto, essa é a única causa para a crise do turismo potiguar? Ou o turista está cansando do modelo sol e mar?

O RN ficou para trás em termos de organização e modernização do turismo. Não é que Natal tenha despencado no turismo, ela só diminuiu a ocupação. Eu respeito e entendo as peculiaridades da rede hoteleira potiguar, mas nessa parte eu discordo. Claro que existe uma certa diminuição, em grande parte causada pela péssima grade aérea, com a perda de voos. Para voar para Natal, hoje, você voa de madrugada e isso é muito ruim para o turista. A alternativa que você tem é fazer voos charters, que são muito caros. Claro que existem outras explicações para a redução do turismo. Um ponto são os problemas da Via Costeira e as discussões com as entidades ambientais. Acredito que a legislação traz uma certa insegurança para os empreendedores. E, claro, a concorrência dos outros estados também passou a ser mais forte e competente. Recife e Maceió, que trabalham com um turismo parecido, têm muito a forte divulgação, o que trouxe essa concorrência para Natal. É uma conjuntura, mas nada que não possa ser revertido.


Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

geral

9

O movimento que mudou o Brasil « DIRETAS-JÁ » Há trinta anos, o regime militar decretava estado de emergência, pressionava deputados

e senadores e acionava a censura para evitar que a emenda Dante de Oliveira fosse aprovada no Congresso ALFREDO RIZZUTT/ESTADÃO CONTEÚDO/AE

S

e um adolescente de 16 anos que tirou o título eleitoral para votar este ano pudesse viajar através do tempo, até abril de 1984, iria estranhar o passado, mas daria de cara com muita coisa familiar também. Assim como agora, em abril de 1984, os agricultores estavam preocupados com a irregularidade do inverno, a Emparn já dava como certo que as chuvas não seriam suficientes para encher os açudes. Assim como agora, o governo do Estado estava preocupado com a movimentação de diversas categorias do funcionalismo, que reivindicavam melhorias salariais e ameaçam entrar em greve. Assim como agora, o Palácio do Planalto tentava abafar uma rebelião em sua base aliada no Congresso. A diferença é que, em vez da refinaria de Pasadena, o motivo da preocupação era a emenda do deputado federal Dante de Oliveira, do PMDB do Mato Grosso, que restabelecia as eleições diretas para presidente da República, depois de 20 anos de militares indicados pela cúpula das Forças Armadas. Naquele ano, a bancada do Rio Grande do Norte no Congresso era formada pelos deputados Antônio Florêncio, Jessé Freire Jr., João Faustino, Vingt Rosado e Wanderlei Mariz, eleitos pelo PDS; Henrique Alves, Agenor Maria e Antônio Câmara, pelo PMDB. No Senado, o radialista Carlos Alberto de Souza, que obte-

Manifestantes carregam faixa enquanto caminham para comício Pró-Diretas no Vale do Anhangabaú, em 16 de abril de 1984

Ì QUEM Diretas-já foi um movimento deflagrado pela oposição e que ganhou adeptos na própria bancada do PDS, para o restabelecimento das eleições presidenciais pelo voto direto e secreto

ve vitória consagradora nas urnas em 1982 pelo PDS, completava a bancada, que tinha Zezito Martins Filho, herdeiro da cadeira do falecido Jessé Pinto Freire, e Dinarte Mariz, o senador biônico do Rio Grande do Norte, que morreria alguns meses depois, em 9 de julho. O governo militar tentou de todas as maneiras evitar que a emenda fosse colocada em votação. Chegou a decretar emergência com base na Lei de Segurança Nacional proibindo a divul-

gação de qualquer ato público na véspera e a transmissão da sessão do dia 25 pelas emissoras de televisão e estações de rádio do Distrito Federal e de Goiás, mesmo as que estivessem fora do raio geográfico. Uma semana antes, o diretor geral do Departamento Nacional de Telecomunicações (Dentel), coronel Antônio Fernandes Neiva, convocou uma reunião com responsáveis pelas principais redes de televisão para discutir as medidas de censura aos

meios de comunicação. O objetivo era evitar que os parlamentares do PDS ficassem intimidados e acabassem aprovando a proposta da oposição. Para aprovar a emenda eram necessários, no mínimo, 320 votos. A Dante de Oliveira quase chegou lá. 298 deputados votaram a favor e 65 contra. Houve três abstenções e 113 ausências. Henrique, Agenor e Antônio Câmara votaram sim. Contrariando o PDS, João Faustino

também votou pela aprovação da emenda. Pressionado pelo partido, João chegou a ser convocado para um reunião com o presidente Figueiredo no Palácio do Planalto. De acordo com os relatos da época, ele alegou duas razões para votar pela aprovação da emenda Dante de Oliveira. 1) A participação e o engajamento dele nas reuniões do grupo parlamentar Pró-Diretas e o compromisso assumido com o movimento em praça pública no Rio Grande do Norte, e 2) a convicção de que era preciso dar sequência à abertura política. Os demais deputados governistas optaram por não ir a plenário, atendendo a uma posição do PDS. O placar da bancada potiguar marcou quatro votos a favor da emenda e quatro ausências. A emenda alternativa, elaborada pelo governo prevendo o restabelecimento das eleições presidenciais em 1988 não prosperou. Em 1985 o ex-governador de Minas Gerais, Tancredo Neves, venceu Paulo Maulf no colégio eleitoral. Para muitos, o 25 de abril coroou a luta que começou com os protestos de estudantes em 1968, se intensificou com a campanha pela anistia ampla, geral e irrestrita no final da década de 1970. O ciclo de autoritarismo, censura e caça às bruxas foi sepultado com o restabelecimento das eleições diretas para presidente da República, em 1989. PAGINA 10

Comício das Diretas levou 60 mil ao Alecrim


10

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

geral

Comício levou 60 mil à praça Gentil Ferreira « DIRETAS JÁ » Maior manifestação política do Rio Grande do Norte foi

realizada no Alecrim sem registros de brigas ou atos de vandalismo ARQUIVO

D

epois de quatro mandatos na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, o deputado Antônio Câmara ainda estava conhecendo os bastidores do Congresso Nacional quando o movimento pelas Diretas-Já foi lançado no Brasil. E a votação da emenda Dante de Oliveira foi o seu primeiro grande momento como parlamentar. Eleito pelo PMDB, Câmara não só apoiava como também participava das manifestações políticas pelo restabelecimento das eleições diretas para presidente da República e defendia a tese de abrir negociações com o PDS, após a aprovação da emenda, para uma reforma constitucional para enterrar de vez o entulho autoritário que permitia ao governo, por exemplo, acionar a censura para calar os meios de comunicação. “Já faz trinta anos? Nem estava me lembrando”, indagou ele, ao ser contactado pela TN. Câmara estava convicto de que a pressão popular levaria o Congresso a aprovar a emenda. “Como integrante do PMDB nós não sofremos pressão, mas a bancada do governo sim”, relembra ele, que foi eleito para um segundo mandato federal em 1986, de-

PLACAR DA VOTAÇÃO Bancada do RN Votaram Sim Agenor Maria Henrique Alves Antônio Câmara João Faustino Ausentes Antônio Florêncio Jessé Freire Filho Wanderley Mariz Vingt Rosado

(PMDB) (PMDB) (PMDB) (PDS)

(PDS) (PDS) (PDS) (PDS)

Tancredo e Ulysses, os maiores expoentes da campanha de 1984

pois passou pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE) e hoje, aposentado, acompanha o noticiário político “pelos jornais”. Ligado ao deputado Ulysses Guimarães, o “Senhor Diretas”, o deputado Henrique Eduardo Alves participou das articulações no Congresso e também da movimentação popular no Rio Grande do Norte. O comício realizado no dia 6 de abril, com a presença de lideranças nacionais como Ulysses e Tancredo, levou uma multidão à Praça Gentil Ferreira, no Alecrim. O público foi estimado pela polícia militar em

60 mil pessoas. “Foi o maior ato político da história do Rio Grande do Norte. Um movimento que fez o Brasil acordar’, relembra ele. Um detalhe: apesar de um esquema de segurança insuficiente para tamanha quantidade de pessoas nas ruas, não houve um só incidente antes, durante e depois do comício. O “Marinheiro” Agenor Maria, eleito para a Câmara depois de ter ocupado uma cadeira no Senado, foi o terceiro deputado norterio-grandense a votar pela aprovação da Dante de Oliveira. Além de João Faustino (leia

matéria na página 9), outro parlamentar do PDS apontado como voto certo na emenda das diretas era o deputado Vingt Rosado. Mas questões da política mossoroense o levaram a permanecer fiel ao presidente João Figueiredo. Filho do então senador Dinarte Mariz, o deputado Wanderley defendia a posição do pai. Era contra a emenda. Assim como ele, Antônio Florêncio e Jessé Filho acompanharam a posição do PDS, favorável à emenda Figueiredo, que previa eleição direta para 1988.

Recado do povo foi dado no Alecrim Com a manchete “Recado foi dado no Alecrim: Natal quer Diretas”, a Tribuna do Norte noticiou o comício realizado na Praça Gentil Ferreira, com a presença do presidente nacional do PMDB, Ulysses Guimarães; do governador de Minas Gerais, Tancredo Neves; dos senadores Marco Freire, Cid Sampaio e Robero Freire, de Pernambuco; do deputado Doutel de Andrade (PDT); lideranças locais - Aluízio Alves e Geraldo Melo - e de artistas como Chico Buarque, Marieta Severo e Fafá de Belém, a “musa das diretas”, que emocionou a multidão cantando Menestrel das Alagoas, em homenagem ao senador Teotônio Vilela, que morreu em novembro de 1983, vítima de câncer. “A mobilização começou desde a tarde com a passeata saída do Atheneu, formada por professores, estudantes e o povo em geral, portando faixas alusivas à campanha”, registrava a TN. E prosseguia: “O governador Tancredo Neves não admite sequer pensar na possibilidade da emenda Dante de Oliveira não ser aprovada. As eleições diretas para presidente, em sua opinião, não são apenas um anseio de todo o povo brasileiro, mas representa a plenitude da restauração democrática no País.” No comício, o ex-governador Aluízio Alves fez um balanço dos 20 anos de regime militar, lembrando que “a maior inflação do mundo e a incidência de fome que vem ceifando muitas vidas inocentes.” Quando o presidente do PMDB, deputado Ulysses Guimarães, desembarcou no aeroporto Augusto Severo para participar do comício das Diretas em Natal, a imprensa já levantava a possibilidade de o Palácio do Planalto decretar emergência, com base na Lei de Segurança Nacional, numa tentativa de brecar o movimento popular. “É um absurdo. Estão querendo adotar senhas para controlar até a entrada de pessoas no Congresso. Não vamos aceitar o esquema de senhas”, protestava Ulysses.


Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

geral

Governo usou censura para derrotar oposição « DIRETAS-JÁ » Com emissoras de rádio e televisão sob censura do

Dentel, Voz do Brasil foi a única a falar na votação da Dante de Oliveira ARQUIVO TN

A

nimados com a política de abertura democrática gradual dos militares, mas preocupados com os ecos do atentado do Riocentro na véspera do Dia do Trabalho de três anos atrás, os partidos de oposição temiam que as medidas de força adotadas pelo governo para evitar a aprovação da emenda pudessem descambar para um retrocesso político, alimentado pela ala radical das Forças Armadas e de setores do PDS, que batia na velha tecla de sempre: a ameaça comunista. Não sem motivo. Nos dias que antecederam a votação, o governo do presidente João Figueiredo havia decretado estado de emergência e colocado em prontidão os militares de Brasília comandados pelo temido general Nilton Cruz. Em outra frente, o Departamento Nacional de Telecomunicações (Dentel) convocava os diretores de emissoras de rádio e televisão para uma reunião em Brasília. Responsável pelo controle dos meios de comunicação, o Dentel exigiu que todo o noticiário sobre a votação da emenda passasse primeiro pelos censores. Das treze reportagens feitas pela Rede Globo, somente uma foi liberada para ser exibida no noticiário noturno da véspera da votação. Exatamente a que falava da reunião do presidente do órgão, Antônio Neiva, com os diretores das emissoras de rádio e televisão. Para pressionar ainda mais os presentes, Neiva revelou que toda a programação do carnaval daquele ano havia sido gra-

Movimento nasceu durante debate em Goiás Brasília (AE) - A primeira grande manifestação pública de apoio à emenda Dante de Oliveira ocorreu em um debate político sobre eleições diretas realizado no auditório da Universidade de Goiânia, para o qual afluíram muitas pessoas, inclusive líderes petistas e o deputado Ulysses Guimarães. A seguir, os partidos oposicionistas – PMDB, PT, PDT e PTB – começaram a buscar acordos com o governo para garantir a aprovação do voto direto para presidente nas próximas eleições. Com a maioria de representantes no Congresso formada pela base governista do Partido Democrata Social (PDS), conseguir a adesão à emenda era muito difícil. Nessa época, os governadores oposicionistas, aliados a outros setores da sociedade civil, começaram a articular manifestações pelas eleições diretas. No dia 5 de janeiro de 1984 o PT organizou um comício em Olinda, por meio do qual ergueu a bandeira das Diretas em Pernambuco. O movimento se espalhou por Curitiba, Porto Alegre, Camboriú e Salvador. Em todos os lugares dezenas de milhares de pessoas se reuniam e gritavam em coro o mesmo hino: “um, dois, três/ quatro, cinco, mil/ queremos eleger/ o presidente do Brasil!” No dia 25 de janeiro, cerca de 200 mil pessoas se reuniram na Praça da Sé, em São Paulo, para apoiar um comício organizado por líderes oposicionista em nome das Diretas. Lula, Ulysses Guimarães, Brizola e Franco Montoro compareceram. Em fevereiro, 10 mil pessoas compareceram às ruas de Macapá para manifestar seu apoio ao movimento. E não parou mais.

Com emenda rejeitada, oposição muda de estratégia e consagra Tancredo no Colégio Eleitoral

vada pela fiscalização do Dentel “e esta operação resultou em ações movidas contra diversas redes nacionais por terem transmitido cenas julgadas impróprias à moral e aos bons costumes.” O recado estava dado. O dia da votação foi tensa em todo o Brasil, com passeatas de estudantes e a polêmica de quem poderia entrar para assistir a votação nas galerias. Nenhuma emissora foi autorizada a transmitir a sessão daquele dia. A única transmissão permitida foram os poucos minutos da Voz do Brasil dedicados ao noticiário do Congresso Nacional.

A sessão foi uma das mais longas do Congresso. Começou por volta de 9 horas da manhã e entrou madrugada a dentro, terminando às 2h. Isso porque o primeiro secretário da Mesa, deputado Fernando Lyra (PMDB-PE), para não deixar nenhuma dúvida, fazia questão de citar o nome completo de cada deputado. Depois pedia para ele repetir o nome e dizer se votava sim ou não. “Favor confirme o seu voto, nobre deputado”. A emenda não conseguiu os votos necessários para ser aprovada (320) e foi arquivada. Começa assim uma nova frente de luta: derrotar o governo no co-

légio eleitoral. Com a divisão do governo – uma ala defendia a candidatura do ministro Mário Andreazza; outra a do governador paulista, Paulo Salim Maluf – foi fácil. No dia 15 de janeiro de 1985, o Brasil comemorou a escolha do candidato da oposição, Tancredo Neves, eleito presidente para um mandato de 6 anos com 480 votos (72,4%), contra 180 de Maluf (27,3%) e 26 abstenções. Tancredo morreu no dia 21 de abril daquele ano. O vice, José Sarney assumiu o mandato-tampão. Foi o fim colégio eleitoral, das eleições indiretas e do regime militar.

11


NO RÁDIO

NO FACEBOOK

11h - Globo Esportivo 17h - Globo Esportivo 21h - Panorama Esportivo

Confira as últimas novidades que envolvem ABC e América na sequência da Série B.

www.radioglobonatal.com.br

facebook.com/tribunarn

12

ABC E AMÉRICA ASSINAM HOJE CONTRATO COM A CAIXA ECONÔMICA • PÁGINA 16

HOJE NA TV

15h45 - Italiano: Roma x Milan; FOXSports 21h - Série B: Paraná x Joinville; SporTV

BLOG DO CIRÍACO

Veja a opinião dos jornalistas sobre ABC e América pela rodada da Série B. www.tribunadonorte.com.br/blogdociriaco

esportes

Editor: Itamar Ciríaco itamar@tribunadonorte.com.br• Natal • Rio Grande do Norte • Sexta-feira • 25 de abril de 2014

Dunas vermelhas

FOTOS: ADRIANO ABREU

« AMÉRICA » Com um ótimo aproveitamento na Arena,

alvirrubro está invicto na nova casa. Em compensação, torcedores cobram redução no preços dos ingressos

O

América passou as últimas três temporadas jogando longe de Natal, já que o antigo estádio Machadão estava em processo de demolição para a construção da nova Arena das Dunas. Nesse tempo, o clube quase que se “mudou” para a cidade de Goianinha e transformou o Nazarenão em sua nova casa. Mas, nada se compara em retornar a sua cidade e sua casa. Com a inauguração da Arena das Dunas, o América passou a ser um time imbatível quando é o mandante das partidas na atual temporada. Foram 13 jogos na nova para esportiva de Natal e um aproveitamento de quase 95%. Até o momento, são 13 jogos, com incríveis 12 vitórias e apenas um empate, envolvendo quatro competições: Copa do Nordeste, Estadual, Copa do Brasil e série B do Brasileiro. Em compensação, nas arquibancadas, o torcedor vem reclamando dos preços dos ingressos, que, segundo a torcida, está caro para os padrões de Natal. E essas críticas chegaram até as arquibancadas, com faixas estendidas na Arena das Dunas, na partida da última quartafeira, diante do Boavista, pela Copa do Brasil. O atual momento de invencibilidade dentro de casa, começou ainda com o antigo treinador, Leandro Sena, que acabou sendo demitido após ser derrotado por 4x0 para o Ceará, pela Copa do Nordeste. O presidente americano, Gustavo Carvalho, optou por trazer um técnico experiente, porém, desconhecido da grande parte dos torcedores americanos. Oliveira Canindé, que tinha sido campeão nordestino em 2013, no comando do Campinense/PB, chegou e mudou a forma do América jogar. E, ele próprio, construiu uma invencibilidade como comandante americano. Desde que assumiu o clube, no dia 13 de março, ele não sabe o que é perder, independente se for como mandante ou como visitante. São 12 jogos, sendo 11 vitórias e um empate. Nesse meio tempo, con-

Um grupo de torcedores americanos, levaram até a Arena das Dunas, uma faixa pedindo para a direção rubra que diminua o valor dos ingressos nos jogos da equipe

Ì QUEM Oliveira Canindé, técnico do América

O QUE Invicto desde que assumiu o comando do time, o treinador rubro mantém suas convicções e pensa alto para a temporada

quistou o título do segundo turno do Estadual, a vaga na próxima fase da Copa do Brasil, iniciou a série B com uma vitória e agora, trabalha para a final potiguar, contra o Globo, na pró-

xima quarta-feira. Nesse jogo, entra com a vantagem do empate, já que, na primeira partida, jogando no Barrettão, venceu por 2x1. Mas, antes disso, tem o Oeste, amanhã, pela segunda rodada da série B, no estádio dos Amaros, em Itápolis. Firme nas suas convicções, Oliveira Canindé não se mostra satisfeito com os resultados conquistados até o momento e cobra do seu elenco mais disposição dentro de campo, para que a boa fase perdure por mais tempo e que os jogadores estejam preparados para todas as competições que o time está envolvido. “Eu não olho para este tipo de situação (da invencibilidade). Olho para a frente e para o próximo adversário, não adianta ficar olhando para trás. É necessária administrar bem a si-

tuação e por isso eu quero todo o pessoal bem condicionado o mais rápido possível para as três competições. Quero que meu time seja aguerrido para ser cada vez mais forte”, afirmou Canindé. O volante Márcio Passos, um dos líderes do elenco americano e o jogador que está há mais tempo no clube, junto com Fabinho, elogia o atual momento do América, a invencibilidade, mas, mantém os pés no chão e pede seriedade em todos os jogos e contra todos os adversários. “Somos conscientes de que iremos perder em algum momento. Mas, está muito gostoso essa sequência de vitórias e espero que continue assim e nossos adversários nos respeitem cada vez mais. Vamos ter uma sequência de jogos complicados e temos que nos preparar bem para isso”,disse Passos.

sequer viajaram para São Paulo, visando a decisão do Estadual. Em seus lugares, entram Adriano Pardal e Dener, respectivamente. Em compensação, ele vai poder contar com os retornos do lateral esquerdo Wanderson e o meia Artur Maia, que não puderam participar da vitória sobre o Boavista, pela Copa do Brasil. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) alterou a data e horário da partida contra o Atlético/GO, pela quarta rodada da série B. Antes marcada para a sexta-feira, dia 8 de maio, às 19h30, na Arena das Dunas, a partida foi transferida para o sábado, dia 9 de maio, às 16h20, no mesmo local.

Desde que estreou na Arena, o América ainda não perdeu AMÉRICA NA ARENA DAS DUNAS

13 jogos 12 vitórias 1 empate América 2x0 Confiança América 0x0 Vitória América 2x0 Santa Cruz América 3x2 ABC América 4x0 CRB América 4x3 Corintians América 4x2 Baraúnas América 2x0 Ceará América 2x0 Globo América 2x1 Alecrim ABC 0x1 América América 3x1 Avaí América 2x0 Boavista OLIVEIRA CANINDÉ

América já está em São Paulo para enfrentar o Oeste Dando sequência na sua maratona de jogos, o América já está em Araraquara, em São Paulo, se preparando para a partida de amanhã, contra o Oeste/SP, em Itápolis. Para minimizar o impacto na viagem, a direção alvirrubra, junto com a comissão técnica, optou por permanecer em Araraquara até momentos antes da partida e indo para o estádio dos Amaros, onde vai ser realizado o jogo desse sábado, válido pela segunda rodada da série B do brasileiro. E o técnico americano tem problemas para escalar o time titular. O atacante Rodrigo Pimpão, com uma lombalgia e o volante Val, que vem em uma sequência forte de jogos, foram poupados pelo comandante rubro e

Invencibilidade

12 jogos 11 vitórias 1 empate América 4x2 Baraúnas América 2x0 Ceará América 2x0 Globo Santa Cruz 1x2 América América 2x1 Alecrim Boavista 1x2 América ABC 0x1 América Corintians 3x4 América Potiguar 1x1 América Globo 1x2 América América 3x1 Avaí América 2x0 Boavista AMÉRICA COMO MANDANTE Última derrota do América como mandante foi no dia 01 de outubro de 2013, quando perdeu para o Bragantino, por 2x0, no estádio Nazarenão, em Goianinha, pela série B do Brasileiro.

Oliveira Canindé vem se tornando um ídolo para os torcedores

Torcida pede redução no preço dos ingressos Se dentro de campo o América está conseguindo manter o alto nível, nas arquibancadas a situação é um pouco diferente. Os torcedores estão criticando a direção americana pelo preço cobrado nos ingressos dos jogos rubros na Arena das Dunas. De acordo com a torcida, o valor é considerado acima da média, o que vem refletindo no baixo público. Alguns, inferiores aos observados quando o time mandava seus jogos em Goianinha, no Nazarenão. Na partida da última quarta-feira, diante do Boavista/RJ, pela Copa do Brasil, considerada uma decisão, o público geral na arena foi de 3.951 espectadores, contabilizando os pagantes e não pagantes e os sócios torcedores. Para tentar sensibilizar os dirigentes, um grupo de torcedores levou uma faixa para as arquibancadas com os dizeres “Ingressos mais baratos já”. Por duas vezes, os torcedores estenderam a faixa e foram convidados, pela Polícia Militar, que fazia a segurança da partida, a retirar a faixa, alegando que aquilo poderia gerar desordem. Devido as reclamações dos torcedores, o presidente americano, Gustavo Carvalho, em conversas com os representantes da Arena das Dunas e a OAS, conseguiu a redução nos valores dos ingressos que serão cobrados para a decisão do estadual, quarta-feira, diante do Globo. Normalmente os bilhetes mais baratos, custam 40 reais, inteira, para o final, ficou decidido que os preços para o setor sul, vai ficar n valor de 30 reais, inteira e 15 reais, para quem paga a metade.


Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

esportes

Apito Final EVERALDO LOPES e_lopes@tribunadonorte.com.br

As temíveis previsões Os coleguinhas que mantém o portal Chance de Gol, tiram de letra algumas críticas por conta das previsões dos clubes nas séries “A”, “B” e “C”, levantadas porém muitas não consumadas. Por isso, já começam a prever equipes com chances e sem chances e, por isso, vaticínios considerados temerários. O portal segue em frente, num trabalho elogiável e nem sempre bem compreendido, conforme o “filósofo” Neném Prancha previu, muitos anos atrás. Cônscios de que fazem previsões com base em números, os coleguinhas do “CG” seguem em frente. Tanto é que, as primeiras previsões estão circulando pela net. Vejamos: com risco ou probabilidade de sucesso aparecem o Bragantino sem chance do título, apenas 0.2%, o acesso à “A” é de 4.5% e o risco de rebaixamento de 9.7%. O América/RN vem em seguida com 21.6% de probabilidade de acesso, ao mesmo tempo 2.0% de risco de rebaixamento.

Previsões (2)

Previsões (3)

O Paraná tem chance de acesso de 85.8% e risco quase nenhum de rebaixamento (0.%), o Ceará com risco baixíssimo de 0.04% e acesso de 71.4%, Náutico com risco de rebaixamento de 59.2% e acesso de 0.1%, ABC com risco de 16.8% e acesso à série “A” de apenas 2.6%, América Mineiro com chance de acesso à série “A” de 18.4% e risco de rebaixamento de 2.3%, o Atlético Goianiense tem chance de acesso de 9.4% e corre risco de queda para a “C” de 5.1%, o frágil time do Boa FC tem 41.3% de risco, com chance de ascensão quase zero, e o surpreendente (mas também oscilante ti me do Icasa/CE), com fraquíssima probabilidade de ascensão (04%), além de correr risco de queda de 40.6%. Embora ainda cedo, pois mal começou a série “B”, o cenário tem tudo pra igualar o do ano passado.

Time dos mais instáveis, a Ponte Preta é aquele que não sobe, mas também não corre risco de cair para a “C”. Eis os números: acesso à “A” quase zero, chance de ascensão de 11.6%, Sta. Cruz/PE 22.1% de acesso à “A” e risco de 1.8%, sem dúvida uma surpresa, o Vasco, como novo inquilino da “B” tem chance de 57.0% de retornar à “A”, risco zero de cair para a “C”, o Luverdense, como novo inquilino tem chance de 0.4% de acesso e risco de queda de 7.6%, com chance de retornar à “A” a Portuguesa tem 56.4%, Joinville 37% de acesso, com chances mínimas de ascensão à “A”. o Oeste, Sampaio Correa e Avaí. Esse o panorama do portal Chance de Gol, os clubes apenas na 2ª rodada. Vale guardar para ver os acertos e os equívocos.

Altíssima rotatividade Com a provável contratação do atacante ex-americano Xuxa, o ABC mantém a escrita de, de tempos em tempos fisgar jogador com passagem pelo time rubro. A diferença de Xuxa para outros, é que o jogador carrega um currículo dos mais volumosos. Se não, vejamos: Nacional/SP, Fla/SP, União Bar-

barense/SP, Marília/SP, Portuguesa de Desportos, Vila Nova/GO, Anápolis e Anapolina/GO,Sertãozinho/SP, Al Read/A. Saudita, Juventude/RS, Santo André/SP (duas vezes), Barueri/SP, São Caetano/SP, América/RN,Guaratinguetá/SP, Vitória/BA e Mirassol/SP.

Tetra no centenário Festa muita na nação alvinegra do Ceará, ao ganhar mais um tetracampeonato, sempre em cima do rival Fortaleza. O goleiro Fernando Henrique, hoje no América/RN, participou com o tricampeonato 2011, 2012 e 2013. O único tetra é o volante João Marcos. Os técni-

cos na campanha do tetra foram Paulo César Gusmão, Vagner Mancini, Leandro Campos e agora Sérgio Soares, fechando a comemoração. Prêmio melhor para o centenário o Ceará não podia ter, apesar da falta de um gol, pelo menos. Dois jogos, dois 0x0.

LEITOR DA COLUNA Esta coluna manda um alô todo especial ao casal Fábio Magno e Mariângela, pernambucanos que há quatro anos residem em Natal, já se habituaram com o povo natalense, e aguardam agora ver os jogos da Copa. TETRAS, RAREANDO A conquista do tetra pelo Ceará, quartafeira é uma raridade a cada ano mais difícil, diante do baixo nível técnico e visível falta de grandes jogadores. O Estadual/RN teve seu último tetracampeão em 1997, 1998, 1999 e 2000, conquistado pelo ABC. TETRAS (2) O último tetracampeonato estadual conquistado pelo América/RN aconteceu nos anos 1979, 80, 81 e 82. Os garotos nascidos no ano do último título, hoje provavelmente estão casados, acima de 30 anos, até já com filhos pequenos. A vida continua... Os tetracampeonatos é que vão ficando raros.

« CARTÃO AMARELO »

Felipão descarta surpresas na lista e antecipa nomes « COPA 2014 » Técnico adiantou, em São Paulo, que

o atacante Fred, o goleiro Júlio Cesar e os zagueiros David Luiz e Thiago Silva estarão no grupo do Mundial MARCELO D. SANTS/FRAME/ESTADÃO

S

ão Paulo (SP) - Gazeta Press - O técnico Luiz Felipe Scolari confirmou ontem que já tem a lista de 23 jogadores definidos na cabeça para a Copa do Mundo, mas revela que nem sequer seu auxiliar Murtosa sabe quais são todos. Mesmo assim, o treinador deixou escapar alguns nomes, principalmente dos escolhidos como líderes do grupo. “Eles já foram escolhidos. Um é o David Luiz, ou seja, já deve estar convocado então... Os outros são Thiago Silva, Júlio César, Fred e mais um que não me recordo. Esses quatro escolhidos são pessoas com quem eu tinha conversado um pouco mais forte nas viagens”, afirmou. A experiência de ter mais de um capitão foi adquirida por Felipão em 2002, depois que Emerson, que usaria a braçadeira, sofreu lesão. Na ocasião, Cafu passou a ter a responsabilidade da tarja, mas Roberto Carlos, Roque Júnior, Rivaldo e Ronaldo também eram considerados capitães. Além dos líderes, Felipão também revelou outros escolhidos. Em viagem pela Europa há poucas semanas, o treinador anunciou a alguns atletas que eles serão convocados para a Copa. Além de David Luiz, outros três brasileiros do Chelsea estão na lista: Ramires, William e Oscar. O ex-corintiano Paulinho,

Apesar de revelar nomes, Felipão disse que pode surpreender

do Tottenham, é mais um. “Conversei com cinco jogadores em Londres e falei que eles estarão em meu grupo”, comentou. Até por conta da quantidade de atletas no Chelsea, Felipão está em dúvida se deveria torcer para o clube inglês avançar na Liga dos Campeões, reduzindo o tempo de descanso que os jogadores teriam antes do Mundial. “Se fosse analisar para nós, seria bom que o Atlético passasse pelo Chelsea, porque teríamos os quatro mais descansados. Mas, na parte psicológica, os quatro seriam perdedores. Por isso, deixe que joguem e quem ganhar ganhou”, acrescentou. A convocação final da Seleção Brasileira será divulgada no dia 7 de maio. O treinador explicou que

só não pode revelar muita gente do grupo com antecedência porque ainda pode haver algum imprevisto. “Não tenho dúvida nenhuma, mas vou esperar os campeonatos que estão sendo disputados, porque de um dia para o outro pode ter problema. Ontem (quarta), por exemplo, o Henrique se acidentou de carro. Não sabemos o que vai acontecer. Já tenho minha ideia, mas nem Murtosa, Parreira ou o presidente sabem, porque não existe segredo em dois, nem para sua mulher tem que contar”, declarou. O treinador ainda fez questão de deixar claro que descarta surpresas. “Não vão ter grandes novidades, não se preocupem. Se fizerem a lista, vão acertar 22 e errar um”, completou.

Má fase de Neymar não preocupa O técnico Luiz Felipe Scolari demonstra confiança no rendimento da principal estrela da Seleção Brasileira: Neymar. Em evento ontem, o treinador afirmou que vê o atleta inserido na má fase do Barcelona, mas não entende que isso seja um problema para a Copa do Mundo. “Se vocês forem a Barcelona, verão que o dia a dia do Neymar é supertranquilo, está legal para caramba. O time dele é que não está bem, mas não é só com ele, pois tem também Piqué, Puyol... Ele faz parte de um grupo. Na Seleção, vai ser recebido e vai

render como sempre. Conversei com ele e com seu pai em Barcelona e posso falar que ele não me preocupa em nada”, afirmou. Felipão também aproveitou a palestra para defender o brasileiro das críticas que passou a receber na Espanha neste momento complicado do Barcelona, que foi eliminado na Liga dos Campeões e está na segunda posição do Espanhol, com quatro pontos a menos que o líder Atlético de Madri, seu algoz no torneio continental. “Eu o vejo de uma forma bem diferente do que alguns críticos espanhóis veem.

« COPA 2014 »

« COPA DO BRASIL »

FIFA anuncia local das 12 Fan Fests

Potiguar/M perde fora de casa: 2 a 0

A Fifa anunciou ontem os locais nas 12 cidades-sede da Copa do Mundo onde serão montadas a Fan Fest e confirmou que Recife também terá o evento festivo, que reúne torcedores para assistir aos jogos por telões, durante o período de disputa do torneio. Sem dar maiores detalhes, a Fifa apenas anunciou que a Fan Fest do Recife será realizada no Cais da Alfândega. Em fevereiro, porém, a prefeitura da cidade chegou a anunciar que não iria financiar o evento. A entidade, em resposta, ameaçou acionar judicialmente a gestão pública da capital de Pernambuco, mas agora o impasse parece ter sido resolvido. O anúncio dos locais que receberão a Fan Fest durante a Copa do Mundo foi realizado após o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, visitar a Praia de Iracema, em Fortaleza, área reservada pela capital do Ceará para as festividades.

A classificação do Potiguar para a terceira fase da Copa do Brasil ficou distante depois da derrota, por 2 a 0, diante do Santa Rita ontem, e terá que vencer por três gols de diferença. Nos 90 minutos, o alvirrubro mossoroense foi dominado pela equipe da casa, que teve um jogador pelo árbitro Johnny Herbert, aos 45 segundos de jogo. A proeza coube ao atacante Kiros. O time visitante não conseguia impor o ritmo de jogo e via o mandante assumir o controle da partida, mesmo com um jogador a menos. Os gols da partida foram marcados todos no segundo tempo. Logo aos cinco minutos, o zagueiro Paulo Paraíba cometeu pênalti. O atacante Reinaldo Alagoano cobrou e abriu o placar para os alagoanos. O segundo gol do Santa Rita ocorreu aos 19 minutos através de Marlon. (Edinaldo Moreno/De Fato)

Não tenho preocupação com Neymar, Paulinho, Fred... Eles vão jogando e nós vemos a reação. Na Seleção, as características do grupo são diferentes do clube em que ele joga. E o Neymar pode se integrar em qualquer grupo, não precisa de nada. É um menino fantástico, não tenho preocupação nenhuma com ele, é zero”, acrescentou. O ex-santista tem a chance de não voltar a atuar pelo Barcelona até ser integrado ao grupo da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo, pois sofreu uma lesão no pé esquerdo.

13

« COPA NE »

Mudança custaria mais R$ 2,2 milhões para torneio

O

diretor superintendente da Liga do Nordeste, Eduardo Rocha, resolveu quebrar o silêncio em torno das especulação dando conta das entradas dos clubes de Piauí e Maranhão na Copa do Nordeste de 2015. O dirigente afirmou que alteração no momento se encontra inviabilizada, pois numa conta bem rasteira, a inclusão de quatro novos representantes na competição geraria um gasto estimado em R$ 2,2 milhões para entidade regional, que banca todos os gastos com a Copa. Já o presidente da Federação Norte-riograndense de Futebol (FNF), José Vanildo, alerta para implicações legais que teriam de ser resolvidas antes de qualquer outro assunto. Além dos motivos econômicos citados Eduardo Rocha, José Vanildo disse que antes de qualquer discussão neste sentido, o primordial seria a realização de uma assembleia-geral extraordinária na Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para mudar a geografia do futebol nacional, onde Piauí e Maranhão estão incluídos na região Norte. “Não se pode tomar nenhuma medida antes de resolver essa questão da geografia do futebol na CBF. Ai também existe outras implicações legais, por exemplo, Fernando Sarney (do Maranhão) é o vice-presidente da região Norte na CBF, então ocorrendo essa alteração como ficaria essa situação? A região Nordeste ficaria com dois vices-presidentes na CBF? Seria realizada alguma adequação jurídica e administrativa? Com seria realizada essa engenharia?”, indaga José Vanildo. Já Eduardo Rocha salienta que, em que pese a vontade do novo presidente da CBF, Marco Polo del Nero, se mostrando sensível ao pleito de piauienses e maranhenses, nenhuma negociação poderá ser feita sem que sejam apontadas novas fontes de recursos que garantam a ampliação do número de participantes. “Eu estou preocupado com o equilíbrio financeiro da nossa competição. Quero salientar que não sou contra a entrada de ninguém, o pleito pode ser justo, porém, juridicamente o Maranhão, nem o Piauí podem reclamar de nada, uma vez que nunca fizeram parte da Liga do Nordeste. Eles foram atraídos pelo sucesso em todos os sentidos da Copa do Nordeste”, afirmou Rocha. Por sua vez, segundo José Vanildo, o presidente da Federação Maranhense disse ter como capacitar seus clubes.


14

Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

esportes

Clubes assinam contrato com a CEF « FUTEBOL POTIGUAR » América e ABC participam de evento na Arena das Dunas que marca a assinatura

do contrato com o banco federal. Os dois clubes natalenses receberão R$ 4 milhões do novo patrocinador JUNIOR SANTOS

A

BC e América vão realizar hoje a cerimônia de assinatura de contrato dos clubes potiguares com a Caixa Econômica Federal. O acordo que vinha sendo alinhavado desde a temporada passada, enfim foi confirmado esse ano e o clássico do próximo dia 3 de maio já será realizado com os dois clubes estampado no uniforme a marca do novo patrocinador. A cerimônia vai acontecer a partir das 9 horas, na Área Vip da Arena das Dunas e contará com as presenças dos dirigentes dos clubes, o presidente da Federação Norte-riograndense de Futebol (FNF), José Vanildo e do presidente Câmara dos Deputados, Henrique Alves. Representando a instituição financeira estarão superintendente regional da Caixa no Rio Grande do Norte, Roberto Sérgio Ribeiro Linhares, do superintendente nacional de Promoções e Eventos da Caixa, Gerson Bordignon, e da consultora regional de marketing da Caixa, Ana Cláudia Albuquerque. A confirmação do contrato foi publicado no Diário Oficial da União, do último dia 11 de abril. No evento de hoje serão apresentados todos os detalhes do patrocínio da Caixa com os dois clubes potiguares e que vai render a cada um deles a quantia de R$ 2 milhões, pagos de

ADRIANO ABREU

O presidente do América, Gustavo de Carvalho festejou contrato

O presidente do ABC, José Wilson agradeceu apoios recebidos

forma parcelada. O departamento de marketing de cada clube vai aproveitar para mostrar o novo uniforme e como a marca do banco ficará exposta a logomarca na camisas. Comemorando mais essa conquista do América fora de campo, o presidente Gustavo Carvalho fez questão de agradecer o apoio recebido de Henrique Alves. “Quero agradecer, em nome de toda família americana, o grande apoio recebido do deputado Henrique Eduardo para a efetivação do patrocínio com a Caixa”, ressaltou. O ABC também destacou o trabalho realizado pelo deputado e o classificou como funda-

terceira divisões. A decisão de alterar o foco foi embasada por uma pesquisa do Ibope que revelou que, mais do que o patrocínio a Corinthians e Flamengo, que contam com as maiores torcidas do país, os brasileiros consideraram positivo o apoio do banco estatal a clubes de médio porte. A Caixa Econômica Federalvai liberar em torno de 100 milhões de reais a clubes de futebol nesta temporada, valor que a coloca, de longe, como a maior patrocinadora dos times brasileiros. O valor é 25% maior do que o banco estatal pretende investir em esportes olímpicos e paralímpicos (80 milhões de reais) em 2014.

mental para o acordo. Além disso, o Alvinegro fez questão da presença de Henrique na cerimônia de assinatura

Estratégia

A diretoria da Caixa, que já fechou contrato com Flamengo e Corinthians, decidiu mudar o foco dos investimentos no futebol e abrir o leque dos seus patrocínios. Ao invés de expandir a marca entre os clubes da divisão de elite do futebol nacional, a instituição resolveu voltar seu olhar para as demais divisões do Brasileirão, com intuito de atingir todas as regiões do país, principalmente o Norte-Nordeste, com isso, abriu oportunidade aos representantes da segunda e da

Quero agradecer, em nome de toda família americana, o grande apoio recebido do deputado Henrique Eduardo” GUSTAVO CARVALHO Presidente do América

ABC perto de contratar Michel do Tupi/MG O ABC está próximo de anunciar a contratação de mais um reforço. Trata-se do meia Michel, que fez seu último jogo pelo Tupi-MG, contra o Fluminense pela Copa do Brasil. O atleta revelou estar com as negociações bem adiantadas com a diretoria do clube potiguar e ressaltou que deve chegar em Natal até domingo para assinar o contrato e ficar à disposição do técnico Zé Teodoro. Embora tenha iniciado conversa para renovação de contrato com a equipe de Juiz de fora, o atleta disse que não chegou a um acordo. “Eu conversei com a diretoria do Tupi, só que eu tenho uma situação que também é boa, um time de Série B. Tá quase tudo encaminhado , só preciso acertar alguns detalhes para estar podendo viajar. Creio que no decorrer da semana, mais tardar até domingo, já estou definindo a minha situação”, disse Michel ao LANCENET! Ontem a CBF comunicou uma alteração na data e horário da partida ABC x Sampaio Corrêa/MA, válida pela 5ª rodada . O jogo passou para sábado, dia 17, às 16h20, no Iberezão.


TELEFONES ÚTEIS

Receita: 3220-2200 Procon Estadual: 3232-6869 Procon Municipal: 3232-9050 DRT RN: 3220-2000

DÓLAR COMERCIAL

EURO TURISMO

DÓLAR TURISMO

LIBRA ESTERLINA

Compra: R$ 2,2150 Venda: R$ 2,2170 Compra: R$ 2,1670 Venda: R$ 2,3300

Compra: R$ 3,0170 Venda: R$ 3,2270

Compra: R$ 3,7211 Venda: R$ 3,7225

O PRESIDENTE DA CODERN, PEDRO TERCEIRO, FALA SOBRE PROJETO DE EXPANSÃO E DE “CABOTAGEM” NO PORTO DE NATAL. PÁGINA 6

NA TN ONLINE

Ministério do Meio Ambiente abre concurso com 23 vagas. blog.tribunadonorte.com.br/tnconcursos

economia

Editora: Renata Moura [ renatamoura@tribunadonorte.com.br ]

Natal • Rio Grande do Norte • Sexta-feira • 25 de abril de 2014

Economia crescerá abaixo da média « BRASIL » FMI estima crescimento de 1,8% para o Brasil este ano, uma das menores taxas de expansão

das Américas. Problemas de infraestrutura e inflação estão entre os redutores de competitividade do país

N

ova York e Rio (AE) - O Brasil deve continuar com a economia em marcha lenta e a inflação elevada em 2014, apesar da forte alta de juros promovida pelo Banco Central, destaca o Fundo Monetário Internacional (FMI) em um relatório divulgado ontem em Lima, no Peru, chamado “Perspectiva Econômica Regional para o Hemisfério Ocidental”. A previsão do FMI é de que o Brasil cresça 1,8% este ano, uma das menores taxas de expansão das Américas. Excluindo a Argentina e Venezuela, apenas países pequenos da região - Santa Lúcia, Jamaica, Granada, Antígua e Barbuda, Dominica, Barbados e El Salvador - devem ter expansão menor que a economia brasileira este ano, segundo o relatório do Fundo. No continente, os Estados Unidos devem ser um dos destaques e crescer 2,8% este ano. A Argentina deve se expandir 0,5% e a Venezuela encolher 0,5%, segundo as projeções do FMI, que não tiveram alterações em relação às divulgadas na reu-

DIVULGAÇÃO

nião de primavera do Fundo em Washington, no começo do mês. O Brasil deve se expandir menos que a média da América Latina, com crescimento previsto de 2,5% este ano. O destaque na região entre as grandes economias deve ser o México, com expansão estimada de 3%. Já o Panamá deve ficar com o maior crescimento do PIB, de 7,2%.

Em 2015, o Brasil vai crescer mais, porque temos visto queda da incerteza e isso tem efeito sobre investimento”

Gargalos

ALEJANDRO WERNER

O FMI atribui o fraco desempenho do Brasil a um conjunto de fatores. A fraca confiança dos empresários continua pesando negativamente no investimento privado, que vem mantendo desempenho pífio. O Fundo também cita os gargalos na infraestrutura, que desestimulam o investimento privado e contribuem para a perda de competitividade do País. No caso da inflação, o relatório destaca que ela deve permanecer no topo da meta do Banco Central, apesar do aperto monetário significativo desde abril do ano passado. Os economistas do Fundo citam alguns fatores

Diretor do FMI

para explicar a persistente alta de preços, que incluem os estrangulamentos na infraestrutura, inércia inflacionária e reflexos da desvalorização passada do real. A recomendação do Fundo para os países com inflação persistentemente alta é de que ambas as políticas, monetária e fiscal, sejam usadas para conter a pressão nos preços e reforçar a credibilidade da política econômica. Para 2015 a previsão é de que haja “certa recuperação” nas taxas de crescimento das econo-

Brasil terá uma TV por habitante e nº de celulares superior aos EUA « MERCADO » Estudo da FGV indica impulso da Copa ao mercado de TVs e que Brasil já supera os Estados Unidos em telefones por habitante

MAGNUS NASCIMENTO

S

ão Paulo (AE) - A Copa do Mundo representará o impulso que faltava para o mercado de televisão no Brasil atingir a média de um aparelho por habitante. Atualmente, 97% da população tem uma TV, média acima da mundial, de 72%, de acordo com dados da 25ª Pesquisa Anual Sobre o Uso de Tecnologia da Informação (TI), divulgada ontem pela Fundação Getulio Vargas (FGV). “O Brasil vai chegar a uma televisão por habitante neste ano. Estamos muito perto do ‘um pra um’ e vamos ter um impulso nas vendas neste ano por causa da Copa do Mundo”, afirmou o professor Fernando Meirelles, coordenador da pesquisa. O levantamento também mostrou que o Brasil superou os Estados Unidos no quesito de quantidade de telefones (fixos e celulares) por habitante. No Brasil, o índice é de 158% (mais de 3 a cada 2 habitantes), ante 156% nos Estados Unidos e 115% na média mundial. As promoções para ligações para celulares da mesma operadora, que se popularizaram nos últimos cinco anos, ajudaram o Brasil superar os EUA em quantidade de telefones (fixos e celulares) por habitante. Com chips de celular vendidos em bancas de revista a preços simbólicos, muita gente optou por ser cliente de mais de uma operadora. O consumidor se viu obrigado a evitar ligações para celulares de operadoras diferentes, diz Meirelles. Nos EUA, como as tarifas são mais baratas, isso não é necessário. Segundo Meirelles, há uma popularização dos aparelhos entre a população mais pobre que

O índice de brasileiros com TV em casa já está acima da média

ganhou poder de compra nos últimos anos, associada à preferência de boa parte dos consumidores em deter mais de um aparelho com planos de operadores diferentes para combinar tarifas mais baixas nas chamadas. “A política de não tarifação entre as mesmas operadoras provocou uma proliferação de celulares entre as camadas mais pobres”, explicou. Já nos Estados Unidos as tarifas são mais baixas, em média, diminuindo a necessidade de aquisição de diferentes chips

Computadores

No caso dos computadores (segmento que inclui desktops, notebooks e tablets) a perspec-

tiva é de um aparelho por habitante no Brasil em 2016. Atualmente, 67% da população brasileira detém um computador, porcentual abaixo da média mundial de 72%. Em 2014, as vendas devem crescer 10%, ante 19% em 2013. Segundo Meirelles, essa desaceleração é natural tendo em vista o grande número de vendas e de aparelhos que entraram em uso nos anos anteriores. “Crescimento de 10% é bastante grande considerando o número alto de 2013 e a situação macroeconômica nebulosa que temos pela frente”, disse. O destaque serão as vendas de tablets, crescendo em ritmo acima de notebooks e desktops.

mias, mas a perspectiva para o País e para a América Latina é de níveis de expansão menores do que em anos recentes. A afirmação foi feita pelo diretor do FMI para o Hemisfério Ocidental, Alejandro Werner, em entrevista coletiva para apresentar o estudo sobre a região. “Para 2015, o Brasil vai crescer um pouco mais, porque temos visto queda da incerteza (com relação à política econômica), e isso eventualmente vai ter efeito sobre o investimento. Também porque o programa de infraestrutura tem ganhado velocidade e deve ajudar o crescimento”, disse Werner. A América Latina tem crescido muito pouco, afirmou o diretor, basicamente por culpa de Brasil e México, as maiores economias da região e que vêm tendo desempenho fraco desde 2012. “O crescimento deste ano da América Latina deve ser o menor dos últimos 11 anos, excluindo 2009, que foi marcado pela crise financeira internacional”, disse. Em 2015, a região deve ter uma recuperação e avançar 3%.

Werner, do FMI: O cenário é ruim para o Brasil e a América Latina


2

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

economia


economia

Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

3


4

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

economia


Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

economia

Dia das Mães aquece contratações

5

« TRABALHO » Entidades estimam a geração de mais de 30 mil empregos temporários no Brasil para atender

a demanda do Dia das Mães. Para o Rio Grande do Norte são previstas 347 oportunidades no período

C

onsiderada pelo varejo a segunda melhor data para o comércio, o Dia das Mães deve gerar a abertura de 33 mil vagas temporárias no Brasil até maio, para suprir a demanda ocasionada pela data comemorativa. Para o Rio

« DOMÉSTICOS »

Número de diaristas cresce após PEC

S

ão Paulo (AE) - O número de diaristas cresceu em 2013, ano em que a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) das Domésticas foi aprovada no Congresso. Uma pesquisa elaborada pela Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados (Seade) de São Paulo aponta que 38,1% das mulheres trabalhadoras domésticas atuavam como diaristas. Em 2012, 35,1% estavam nessa condição. O levantamento também mostrou que diminuiu o número de mensalistas com carteira de trabalhado assinada de 2012 para 2013 (queda de 38,6% para 38,8%) e a fatia das trabalhadoras sem carteira assinada recuou no período (de 26,1% para 23,3%). “Não é possível dizer que a aprovação da emenda provocou o crescimento do número de diaristas. O movimento de crescimento dessa categoria não foi exclusividade do ano passado”, afirma Alexandre Loloian, economista do Seade e coordenador da pesquisa Nos últimos anos, vários fatores contribuíram para o aumento da contratação de diaristas. Primeiro, houve uma maior participação feminina no mercado de trabalho e consequentemente a necessidade de ter de contratar uma pessoa para ajudas nas tarefas domésticas. Segundo, a população brasileira está ficando mais velha, o que leva a uma demanda maior por trabalhadores domésticos.

Formalização

“Mas o que a pesquisa mostra é que a emenda - esperamos que a regulamentação na demore muito - vai legislar para um conjunto pequeno de trabalhadores”, afirma Loloian. Hoje, 51,2% dos trabalhadores não contribuem com a Previdência Social. Esse valor chega a 88,5% no caso dos trabalhadores sem carteira assinada e é de 80,1% no recorte feito apenas com as diaristas. Apesar do elevado e persistente número de trabalhadoras informais, o setor de serviços domésticos vive uma formalização se os dados forem analisados num recorte de tempo mais longo. Em 1994, o total de trabalhadoras mensalistas com carteira de trabalho assinada era de 25,4%, enquanto o total de profissionais mensalistas sem carteira assinada respondiam por 44,2% do total. A pesquisa mostrou que o rendimento das diaristas e dos domésticos com carteira assinada cresceu em 2013. Na comparação com 2012, as altas foram de 10,5% e 9,7%, respectivamente, elevando o valor pago por hora trabalhada para R$ 7,55 e R$ 6,15. No caso dos profissionais mensalistas sem carteira assinada, o salário/ hora cresceu 3,8%, para R$ 4,6. Com relação à carga horária de trabalho, houve redução na jornada semanal média para as mensalistas com carteira de trabalho assinada entre 2012 e 2013. As horas trabalhadas recuaram de 41 horas para 40 horas.

Grande do Norte são previstas 347 oportunidades de trabalho. O número representa 6,96% do total previsto para a região Nordeste e 0,55% do total do país. Nacionalmente, o número de vagas temporárias é 3% su-

perior ao mesmo período do ano passado, de acordo com a pesquisa encomendada pelo Sindicato das Empresas de Terceirização e de Trabalho Temporário no Estado de São Paulo (Sindeprestem) e pela Federação Nacional dos Sindicatos

de Empresas de Trabalho Temporário (Fenaserhtt) ao Instituto Ipema. Uma parte dos temporários contratados para a Páscoa tem chance de permanecer no emprego até o Dia das Mães. Segundo a pesquisa, 30 mil

trabalhadores serão selecionados para ter o contrato de trabalho estendido. Portanto, no total, considerando os trabalhadores remanescentes da Páscoa mais os temporários contratados exclusivamente para o Dia das Mães, serão 63

mil vagas preenchidas. As vagas temporárias estão concentradas em postos de atendimento, crediário, estoquista, vendedor, repositor, promotor de vendas, fiscal de loja e de caixa, telemarketing e embalador.


6

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

economia

Codern apresenta estudo para implantar cabotagem

Negócios &Finanças

LUIZ ANTÔNIO FELIPE [ laf@tribunadonorte.com.br]

Confiança sobe Apesar da queda de produção e do nível de emprego, a confiança da indústria nacional apresenta ligeiro crescimento em abril, aponta uma prévia da pesquisa da Fundação Getúlio Vargas. O Índice de Confiança da Indústria fechou este mês com elevação de 0,3%. Os economistas da FGV apuraram que o resultado de abril decorre da combinação da melhora das avaliações sobre o momento presente e da piora das expectativas em relação aos meses seguintes. A prévia da Sondagem da Indústria resulta de consultas a 808 empresas entre os dias 1º e 22 deste mês. A FGV divulga o resultado final da pesquisa na próxima quarta-feira.

CABOTAGEM A Codern vai apresentar hoje à tarde, na Federa-

ção das Indústrias do RN, um estudo sobre a viabilidade do transporte de mercadorias pelo modelo de cabotagem (navegação costeira), pelo Porto de Natal. Uma alternativa para baratear custos e reduzir os preços ao consumidor final.

Resultado (I) Banqueiro no Brasil não tem prejuízo nunca. Apesar do crescimento do PIB abaixo de 2%, o lucro do Bradesco cresceu 18% no primeiro trimestre de 2014, para R$ 3,44 bilhões, sobre igual período de 2013. Segundo ana-

listas, foi puxado pela melhora da inadimplência e por uma redução nas provisões para créditos duvidosos. O chamado “lucro ajustado”, que exclui itens extraordinários, também subiu 18% e alcançou R$ 3,47 bilhões.

Resultado (II) Na próxima terça-feira vem mais lucro de bancos. É a vez do Itaú Unibanco e Santander Brasil apresentarem seus números referentes ao primeiro trimestre de 2014. Na segunda-feira,

após o fechamento do mercado a Guararapes Confecções divulgará o seu balanço do primeiro trimestre, com os resultados de Riachuelo e Midway Financeira, também com lucro.

POUPANÇA Os saques maiores do que os depósitos na caderne-

ta de poupança indicam que o pequeno investidor está necessitando de dinheiro para para contas.

Estímulo na aviação Foi a decisão do Governo do Ceará - que reduziu de 30% para 12% a alíquota do ICMS incidente sobre o querosene de aviação – que fez a Gol Linhas Aéreas iniciar, a partir do dia 10 de maio, um voo direto de Fortaleza a Buenos Aires. Por outro lado, a aérea Azul planeja voos pa-

ra os Estados Unidos em 2015, com o seu plano de expansão que prevê a compra de 11 aeronaves de grande porte: 5 Airbus A350900 e 6 Airbus A330-200. Como o RN é um dos estados que ainda não tem voo direto para os EUA, a oportunidade é essa com o novo aeroporto.

RESULTADO A montadora General Motors teve resultados me-

lhores que o previsto no primeiro trimestre de 2014, apesar de uma despesa excepcional de US$ 1,3 bilhão de dólares pelo recall de veículos, que fez o seu lucro recuar nada menos do 85%, a US$ 125 milhões. O Conselho Regional de Contabilidade do RN marca a passagem do Dia do Profissional da Contabilidade com a palestra “eSocial”, hoje (25), em Natal e Mossoró, respectivamente no auditório do SESC da Cidade Alta e na Biblioteca Ney Pontes Duarte. Em Natal, a ação se desenvolverá pela manhã e em Mossoró no período da tarde. As inscrições são feitas no site www.crcrn.org.br.

1

2

Em março foram registradas 155.399 tentativas de fraude, como o roubo de identidade, em que dados pessoais são usados por criminosos para firmar negócios sob falsidade ideológica ou mesmo obter crédito com a intenção de não honrar os pagamentos, de acordo com o Indicador Serasa Experian de Tentativas de Fraudes – Consumidor. É uma tentativa de fraude a cada 17,2 segundos no país.

« PORTO DE NATAL » Estudo deve revelar demanda que há para possível

captação de navios que transportem produtos entre portos do Brasil

ALBERTO LEANDRO

VINÍCIUS MENNA Repórter

U

m estudo para auxiliar na implantação de uma linha de navegação de cabotagem – transporte de mercadorias entre portos do mesmo país – no Porto de Natal será apresentado às 14h de hoje na Casa da Indústria. Contratado pela Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern), Federação das Indústrias do RN (Fiern) e Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do RN (Fecomércio), o levantamento teve o objetivo de indentificar a demanda de mercadorias para implantar este tipo de transporte no estado. Segundo o presidente da Fiern, Amaro Sales, com base no estudo, é possível dizer que a linha de cabotagem pode ser implantada no início do segundo semestre. “A empresaqueelaborouoestudofoibastante otimista. Acredito que no início do segundo semestre essa linha de cabotagem já poderá estar implantada”, informa. O interesse de empresas do estado em implantar a cabotagem existe há anos, segundo o presidente da Codern, Pedro Terceiro de Melo, mas, segundo ele, “nunca houve um estudo para mostrar essa necessidade”. De acordo com Terceiro, com base no estudo, setores como Fruticultura, Construção Civil, Confecções, Confeitaria e Supermercados estão entre os que poderão se beneficiar da linha.

Custo

A ausência da ligação do Porto de Natal com outros do país é vista como um redutor de competitividade para as empresas do RN, visto que cidades como Recife, Fortaleza e Salvador dispõe de linhas como essa. “Os fretes terrestres são muito caros e hoje é preciso mandar mercadorias para Fortaleza e Recife por terra. A cabotagem vai beneficiar tanto o escoamento da produção do estado como

Cabotagem é a modalidade de transporte marítimo apenas entre portos de um mesmo país

para trazer produtos de fora”, diz Pedro Terceiro. “Vamos dar um poder de competitividade maior para as nossas indústrias e teremos a possibilidade de ter produtos mais baratos com isso. O consumidor também vai ganhar”, completa Terceiro. A cabotagem é bom negócio inclusive para a Codern, tendo em vista a possibilidade de atração de empresas de navegação para o porto. “Vamos procurar as empresas e dizer que temos conteiners para dentro do país. As empresas vão dizer se tem interesse ou não”, diz Terceiro. Realizado pela Agência Porto, de Santos (SP), o estudo também aborda os gargalos a serem superados para implantar a linha, questões que são pontuadas pelo presidente da Fiern. “Temos gargalos como um Maruim que tem 10 mil metros quadrados e que ainda deverá servir de retroárea, ou um berço 4 a ser construído, a própria questão do trânsito na Ribeira, mas são gargalos que podem ser resolvidos”, explica Amaro Sales.

Propostas para anteprojeto do porto serão abertas hoje A Companhia Docas do Rio Grande do Norte (Codern) abre nesta sexta-feira (25), a partir das 10h, as propostas da licitação para elaboração do anteprojeto de engenharia para ampliação do Porto de Natal. O projeto deverá apresentar um acréscimo de 220 metros de cais e retroárea, totalizando mais de 10 mil metros quadrados de ampliação. Também estão previstas as defensas dos pilares da Ponte Newton Navarro, que é um sistema de proteção contra colisões de embarcações. O presidente da Comissão Permanente de Licitação da Codern, Laélio Pereira de Araújo, destacou que esta licitação é referente apenas ao anteprojeto. “O edital da obra do berço 4 e das defensas em si está previsto para julho, após a entrega do anteprojeto”, ressalta. De acordo com o presiden-

te da Codern, Pedro Terceiro de Melo, a expansão é necessária para permitir que navios maiores possam atracar no Porto de Natal, além de viabilizar que um número maior de navios possa acessar o cais ao mesmo tempo. Questionado sobre o fato de que a ponte impede o acesso de navios mais altos ao porto, Pedro Terceiro ponderou que apenas nos casos de grandes navios de passageiros, com calado aéreo superior a 55 metros, haverá esse tipo impedimento. “Com a dragagem que foi feita, saímos de 8,5 metros para 12,5 metros de profundidade, permitindo a chegada de navios de carga maiores. Quando tivermos as defensas da ponte, que estão nessa licitação, será possível inclusive que esses navios possam chegar ao porto à noite”, explica.

3

O grupo baiano Odebrecht obtém receita bruta de R$ 96,9 bilhões, com o ciclo agressivo de expansão nos últimos anos. Tornou-se um gigante. O lucro líquido foi de R$ 490,7 milhões em 2013, revertendo um prejuízo de R$ 1,5 bilhão no ano anterior. O faturamento acima de 16% a coloca na disputa pelo posto de maior empresa privada não financeira do país, posição hoje ocupada pela Vale, com R$ 106,2 bilhões.

PERFUME A Natura registra crescimento de 15,2% na receita líquida consolidada de janeiro a março, atingindo R$ 1,55 bilhão (9,1% de alta no Brasil e 53% de aumento nas operações internacionais). Mas, o lucro líquido caiu 6% frente ao primeiro trimestre de 2013, para R$ 117,2 milhões. SERVIÇO Os consumidores de Natal já podem pedir comida sem efetuar ligações telefônicas. Maior plataforma de delivery on-line do Brasil, iFood, conta com cerca de 30 estabelecimentos cadastrados neste início de operação na cidade. A empresa espera registrar mil pedidos mensais até 31 de maio. Entre os estabelecimentos parceiros estão: Lig Lig, Famíglia Reis Mago, Cantina Mamma Pizzaria, Camarão Delivery e Pastel Paulista. TECNOLOGIA A franquia potiguar da TOTVS, empresa de de-

senvolvimento de softwares de gestão empresarial, promoveu o “Roadshow Fluig”, com uma palestra-almoço, em Natal. Thiago Urbano, da TOTVS São Paulo, apresentou a nova plataforma agnóstica de gestão de processos, documentos e identidades para 40 representantes de empresas do RN. O Fluig é uma interface de comunicação colaborativa que faz os negócios fluírem melhor, define Wladimir Freitas, da TOTVS no RN.

viver

De terça a sábado


TEMPO HOJE

NO FACEBOOK

Máx.: 31ºC Mín.: 24º C Sol com algumas nuvens. Não chove

Curta e compartilhe a charge de Brum.

facebook.com/tribunarn

TÁBUA DE MARÉS

Preamar 01h28 -2.1 - 13h49 -2.2 Baixa-mar 07h17 -0.4 -19h47 - 0.3

WALTER PEDRO [SEMOB] ADMITE O IMPROVISO NAS AÇÕES DE INTERDIÇÃO DA RIO BRANCO E DEODORO • PÁGINA 2

NA TN ONLINE

Curta e compartilhe notícias da TRIBUNA DO NORTE.

tribunadonorte.com.br

natal

Editora: Margareth Grilo [margareth@tribunadonorte.com.br ]

Natal • Rio Grande do Norte • Sexta-feira • 25 de abril de 2014

Prefeitura começa serviços no canal « VIADUTO DO BALDO » Primeira etapa de obras será o escoramento do canal sob o viaduto, que se inicia

hoje e deve ser concluída em cinco dias. Com isso, PGM pedirá liberação das avenidas Rio Branco e Deodoro ALEX RÉGIS

Semob conclui interdição das vias sob o viaduto

FERNANDO DOMINGO, IGOR JÁCOME E JÚLIO PINHEIRO repórteres e editor do TN Online

A

Prefeitura de Natal começa hoje (25) a instalação de vigas provisórias para escoramento da laje do canal do Baldo, na Cidade Alta, centro da capital potiguar. Com o início dessa etapa de obras, o município tentará reverter a decisão judicial que interditou o tráfego de veículos nas avenidas Rio Branco e Deodoro da Fonseca, desde a última quarta-feira (23), no trecho em que cruzam a estrutura. As informações são do secretário de Obras Públicas (Semopi), Tomaz Neto. No início do ano, a justiça atendeu ao pedido do Ministério Público pela interdição da vias, devido ao risco de desmoronamento do canal. A Prefeitura ainda ingressou com um recurso, mas foi negado no último dia 4 de abril. “Agora, com esse escoramento a gente vai atender ao laudo do engenheiro José Pereira da Silva, que diz que os carros podem passar lá caso haja essas vigas de sustentação”, declarou o secretário. Ele ainda afirmou que deve se reunir nesta sexta-feira com a Procuradoria Geral do Município para discutir a argumentação que será usada para solicitar a liberação do trecho. A instalação das vigas em uma extensão de 76,5 metros que cruzam as avenidas deve durar cinco dias. Segundo a assessoria da Prefeitura de Natal, a PGM deve pedir a liberação das vias, após esse período. Cada uma das estruturas metálicas (vigas) tem cerca de 2 metros de comprimento e será instalada a cada 2,5 metros. O trecho mais comprometido, segundo a Semopi, tem 18 metros e compreende a faixa de rolamento da avenida Deodoro da Fonseca. “A empresa havia afirmado ontem [terça-feira, 23] que começaria a obra em cinco dias, mas diante do caos gerado pela interdição, pedimos urgência e fomos atendidos. As obras já começam agora”, coloca Tomaz. Questionado porque a solução não fora tomada anteriormente, o secretário argumentou que “dependia do início da obra, o que só teria sido possível neste momento”. O novo projeto, que deverá ser executado ao custo de R$ 2, 220 milhões, foi apresentado à empresa vence-

Canal, que tem 18 metros de extensão, receberá vigas metálicas a cada 2,5 metros, para escoramento da laje que está comprometida

Ì SERVIÇOS - Instalação das estruturas provisórias de escoramento do canal, que depois serão substituídas por permanentes; - Limpeza da ferragem oxidada com jateamento hidráulico, jateamento de ar, pintura antioxidante e aplicação do concreto jateado; - Pintura em Jetgrau (massa corrida antioxidante) que protege a estrutura, oferecendo sobrevida maior e menos riscos de novas oxidações

dora da licitação no mesmo dia em que as avenidas foram fechadas. A proposta foi aceita pela empresa e uma adequação orçamentária está sendo preparada. Em relação ao valor inicial (R$ 1,79 milhões) houve acréscimo da ordem de 24%. “Houve diálogo entre a Semob e a Semopi. Sempre o secretário Walter Pedro [Secretaria de Mobilidade] nos ligava, pedia celeridade, mas não podíamos pular todo o processo de levantamento de pre-

EMANUEL AMARAL

Rua Mermoz:

Início da rua, logo após o desvio de acesso pela avenida Juvenal Lamartine. O ponto foi realocado da avenida Deodoro da Fonseca e serve para os itinerários que se deslocam no sentido zona Leste/Centro.

ços no mercado”, colocou. Desta forma, a secretaria considera o dia de hoje como o primeiro da execução das obras de restauração do viaduto e do canal do Baldo, com prazo de entrega de seis meses. “Primeiro será recuperado o canal e depois o viaduto. A restauração deverá ter uma vida útil de pelo menos 20 anos e queremos incluir na lei orçamentária municipal dinheiro para manutenção da estrutura a cada dois anos”, diz Tomaz Neto. Para ele, a manutenção contínua teria evitado todo o transtorno atual. No histórico dessa obra, o custo previsto em licitação de R$ 1, 79 milhões chegou a pular para R$ 3,4 milhões, no projeto executivo apresentado pela vencedora do certame no ano passado, com canteiros já instalados. Desde então, as obras permaneceram paradas. Devido à discrepância entre valores, o município contatou o engenheiro Hugo Mota, que é o projetista da obra, erguida há 30 anos, que fez um novo laudo. A partir do documento, foi calculado o novo custo de R$ 2,22 milhões, aceito pela empresa. “A principal mudança é que ele [Hugo Mota] não considerou necessário o reforço estrutural, o que reduziu o custo”, colocou o secretário.

Laudo sobre real situação do viaduto não chegou ao MPE O Ministério Público e o Poder Judiciário não tiveram informações concretas sobre a real situação da estrutura de concreto, a não ser pelo fato da própria Prefeitura, em justificativa técnica encaminhada à Procuradoria Geral de Justiça em janeiro de 2013, garantir que um laudo técnico encomendado pelo Executivo atestou que havia “risco de desmoronamento iminente”. A declaração da Prefeitura foi suficiente para a determinação de bloqueio do viaduto, em outubro de 2012. Em resposta a questionamentos do MPE sobre a proposta de recuperação do viaduto do Baldo, a Prefeitura do Natal informou que havia realizado um estudo prévio e que, após contratar os serviços do engenheiro José Pereira da Silva, foi expedido um laudo em que estavam confirmadas as condições de fragilidade das estruturas – tanto em concreto armado, quanto em concreto protendido. O posicionamento tinha o objetivo de justificar a necessidade de agilizar a aprovação dos gastos para recuperar a estrutura. Porém, sem as obras, o MPE requereu a interdição total do fluxo também

por baixo do viaduto. Ontem, a promotora de Justiça do Meio Ambiente, Rossana Sudário, admitiu que a ação que solicitou a interdição da via foi baseada na declaração do município. Sudário argumentou que não seria necessária uma análise sobre o conteúdo desse laudo por a própria Prefeitura confirmar o risco. “Não tivemos acesso ao laudo e não vamos solicitá-lo. A própria Prefeitura confirmou o risco”, explicou. Entendimento semelhante teve a juíza Francimar Dias Araújo da Silva, da 2ª Vara da Fazenda Pública de Natal. Na decisão que negou o pedido de embargo contra a interdição das vias, a magistrada argumentou que “é livre na apreciação e valoração das provas constantes dos autos para formar a sua convicção”. O secretário Thomaz Neto confirmou que o laudo prevê o risco de desmoronamento. No entanto, disse que a opinião do corpo técnico da Semopi não é a mesma. “Nós respeitamos o posicionamento do engenheiro, porém estamos fazendo visita diária ao local e não constatamos nenhum risco e por isso fomos contra a interdição das avenidas”, concluiu.

PARADAS EM FUNCIONAMENTO

Parada instalada no cruzamento da via com a rua da Misericórdia. O acesso acontece pelas ruas Mermoz e Padre Pinto. Há uma placa indicando o ponto de ônibus.

+

PAGINA 2

Semob admite improviso nas ações de interdição

EMANUEL AMARAL

EMANUEL AMARAL

Rua Rafael Fernandes

Nesta quinta-feira (24), a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) conclui as interdições de vias sob o viaduto do Baldo, na zona Leste da capital potiguar, e a reorganização do trânsito nas imediações. As mudanças foram iniciadas na quarta-feira (23), sem aviso prévio e surpreendo à população. Medidas improvisadas causaam transtornos à rotina dos que trafegam nas imediações e do baldo e prejudicaram o direito de ir e vir de alguns. Pelo menos quatro paradas de ônibus foram desativadas, três vias interditadas e uma rua, a Jean Mermoz, virou sentido único. A mobilização acontece há quase 48 horas, porém Semob e população ainda se entenderam. Na manhã de ontem (24), as paradas de ônibus foram reorganizadas, o trânsito foi redistribuído e o descontentamento foi grande. “Com certeza essa mudança toda não é boa para o comércio. Essa hora aqui [9h48] sempre tinha bom movimento. Os ônibus não vão mais passar. Não tenho como calcular ainda, pois começou hoje, mas o prejuízo vai ser grande. Como o pessoal vai chegar aqui? Fora a segurança, que no período da noite vai ficar bem pior”, lamentou Elizeuda Souza, 43 anos, responsável pelo Point Bar e Lavajato, localizado na rua Mermoz. Ontem, a Semob concluia a instalação do semáforo no cruzamento da Mermoz e Deodoro. Agentes da Semob permaneceram no local para orientar os que trafegavam no local. O semáforo existente na Deodoro da Fonseca, próximo a praça Almirante Marquês de Tamadaré, foi desativado e tranferido para o cruzamento com a Mermoz. O radar de trânsito que existia no local foi desligado. “O pardal é desativado automaticamente quando se desliga o semáforo. O controlador já foi conectado no outro sinal e ele está em pleno funcionamento. A mudança permanecerá até que se resolva toda esta situação”, explicou Carlos Eugênio, secretário da Semob.

Avenida Fonseca e Silva

O ponto de ônibus está em frente ao Cemitério do Alecrim. A parada já existe, mas está classificada como ‘intermunicipal’. A principio, tem sido a escola dos usuários de transporte público da região, nos itinerários sentido Centro/zona Leste.


2

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

natal Desinformação, congestionamento e transtornos

Ainda ontem, as mudanças transtornavam a rotina de motoristas e pedestres. Quem dirige no sentido Alecrim/Centro não possui muitas escolhas. A principal via de acesso é a rua Ernani da Silveira, estreita, se comparada a Deodoro da Fonseca, e com trânsito lento. Com a desativação das paradas de ônibus, o pedestre estava desorientado ADRIANO ABREU

ADRIANO ABREU

EMANUEL AMARAL

Engarrafamento na Ernani da Silveira

Imbróglio com morador da Rafael Fernandes

Mudanças na rua Mermoz

O tráfego de veículos na rua Ernani da Silveira segue como o mais problemático na região. Os motoristas descem a avenida Rio Branco e, com a interdição da avenida Deodoro da Fonseca, entram na Ernani da Silveira. Ônibus, carros, motos e alternativos disputam espaço em uma via estreita e de fluxo lento. A saída é no cruzamento com a avenida Juvenal Lamartine, também parcialmente interditada, que permite um veículo por vez.

Dono de residência teve calçada derrubada, sem aviso prévio para alargamento da via. “Eu perdi a garagem, não consigo tirar meu carro e tenho que guardar meu outro carro na rua. Não tinha necessidade de quebrar daquela forma, os ônibus continuam passando normalmente na rua. A solução que me deram foi que colocasse duas rampas de madeira e eu que ajeitasse a calçada. Estou recolhendo documentos e entrarei na justiça”, declarou. Walter Pedro se defendeu: “A calçada invadia uma via pública e nós tomamos as providências necessárias”.

O encontro da Jean Mermoz com a rua Padre Pinto foi alterado. Até o início das interdições, os motoristas tinham a opção de continuar na Mermoz ou virar à direita, na Rafael. A partir de ontem, a rua é mão única, sentido Deodoro/Padre Pinto. O problema da modificação é o choque de sentidos na rua Rafael Fernandes. Motoristas vão vir dos dois lados, o que pode ocasionar acidentes. Agentes da Semob devem permanecer no local, auxiliando os desavisados. Também foram instaladas placas de trânsito, indicando a mudança.

Semob admite improviso nas ações « INTERDIÇÃO DO BALDO » Secretário adjunto de Trânsito, Walter Pedro, admitiu que a operacionalização das

intervenções nas vias foi improvisada porque não havia um planejamento. Semob ainda alargava vias ontem

A

pesar de afirmar que havia um planejamento para a interdição das avenidas Rio Branco e Deodoro da Fonseca, o secretário adjunto de Trânsito da Secretaria de Mobilidade Urbana de Natal (Semob), Walter Pedro reconheceu que o município foi surpreendido pela ordem e a operação apresentou improviso. “A ordem de interdição foi inesperada. Nós tínhamos um planejamento de fechar uma avenida de cada vez, durante as obras, mas não todas de uma vez só”, disse à TRIBUNA DO NORTE. Questionado porque a secretaria não teria o plano para a interdição das vias, uma vez que a Justiça determinou o fechamen-

EMANUEL AMARAL

to delas ainda na metade de fevereiro, o adjunto respondeu que “a gente acreditava que os nossos argumentos [apresentados pela Prefeitura à Justiça] eram suficientes”. Com a chegada de notificação enviada pela Procuradoria Geral do Município à Semob, na quarta-feira (16) anterior à Semana Santa, a secretaria teve prazo de cinco dias para executar a ordem judicial. “Foi uma coincidência que caiu na Semana Santa. A quinta-feira foi ponto facultativo, a sexta foi feriado e a última segunda-feira também foi feriado. Assim, a secretaria só pôde fazer alguma coisa já na terça (22)”, declarou. “A parte da operacionalização foi improvi-

sada, porque a gente não tinha planejado ela”, acrescentou. Walter Pedro considerou o número de fiscais suficiente para o serviço que está sendo realizado. As empresas de transporte coletivo teriam participado de reunião na sede da secretaria, ainda na terça-feira (22) para conhecer as mudanças e oferecer sugestões para o tráfego de ônibus no trecho. Ainda de acordo com a Semob, a sinalização ainda não deverá ser toda instalada porque novas mudanças devem ocorrer. “Nossos técnicos ainda estão percorrendo as vias alternativas para encontrar formas de melhorar o fluxo”, colocou. “É uma operação difícil”, concluiu.

“Eu acho melhor subir até o Cemitério do Alecrim porque venho acompanhada, mas a situação tá horrível. Quando eu venho de manhã, desço na ‘parada da Cledipol’ [avenida Coronel Estevam] e sigo a pé até a escola. Se eu fosse esperar o ônibus fazer todo o contorno, chegaria atrasada sempre. Maria Eduarda 13 anos, estudante EMANUEL AMARAL

“Isso é um absurdo. Eu moro nesse condomínio (Torres de Tirol) e nos deixaram sem acesso. A avenida Juvenal Lamartine tá bloqueada e não posso fazer o retorno, pela Ernani da Silveira eu não entro e agora a Rêgulo Tinoco com esse acidente. Sem condições”. Leonardo Maciel farmacêutico, 28 anos


Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

natal « VIOLÊNCIA »

Gerente dos Correios em Patu morre após assalto FÁBIO VALE De Fato

A

onda de assaltos contra os Correios no Rio Grande do Norte teve um desfecho trágico na manhã de ontem (24), no município de Patu, na região Oeste potiguar. Uma troca de tiros entre bandidos e polícia após um assalto à agência, resultou na morte do gerente da unidade, Arnir Praxedes de Lima, 53, e também deixou um policial militar baleado. Segundo informações da PM de Patu, a ação criminosa aconteceu por volta das 8h desta quinta-feira, quando o funcionário dos Correios, Arnir Praxedes, foi abordado por pelo menos quatro homens armados, que estavam em um carro, no momento em que se dirigia à agência da qual era gerente. De acordo com a PM, o funcionário foi levado para o estabelecimento, que era o alvo dos assaltantes. Em meio à ação, foram surpreendidos por policiais militares que estavam nas imediações do local. Durante a troca de tiros, Arnir Praxedes e um soldado identificado como O. Filho foram baleados. Ainda conforme a PM, logo em seguida, os criminosos fugiram do local do crime. O veículo tipo Chevrolet Captiva de cor vermelha foi encontrado no sítio Saco, zona rural de Patu, com um pente de pistola 9 milímetros que teria sido utilizado no ataque à agência. Tanto o gerente quanto o PM foram socorridos para o hospital do município e depois transferidos para o Hospital Tarcísio Maia, em Mossoró. Arnir Praxedes não resistiu aos ferimentos e morreu. O soldado O. Filho recebeu atendimento médico e se recupera sem risco de morte. Até o fechamento desta edição (18h), equipes das Polícias Civil e Militar seguiam nas buscas aos criminosos, em estradas de barro e até em áreas de matagal da região de Patu e nos limites com o estado vizinho da Paraíba. A informação foi confirmada pela Assessoria de imprensa da Delegacia Geral de Polícia Civil do RN. A Degepol negou informação inicial, divulgada por alguns veículos, de que a polícia teria efetuado a prisão dos acusados.

Investimentos em segurança

A Assessoria de Comunicação dos Correios no Rio Grande do Norte se pronunciou acerca da morte do gerente da agência localizada em Patu. Através de nota, a ASCOM/RN externou pesar diante do ocorrido. “Os Correios solidarizam-se com os familiares e demais amigos de Arni Praxedes de Melo e estão prestando assistência psicológica e social à sua família. Se necessário, prestarão também assistência médica”, diz um dos trechos da nota. A empresa também chamou atenção para investimentos realizados na área de segurança da empresa para proporcionar maior segurança aos trabalhadores, aos clientes e à carga postal. Segundo a nota, a empresa dobrou em 2014 seus investimentos em segurança no Rio Grande do Norte em relação ao ano passado. Estão sendo investidos R$ 8 milhões na aquisição de portas detectoras de metal, na contratação de seguranças armados e na instalação de sistemas de circuitos fechados de televisão (CFTV) em unidades norte-rio-grandenses. Além disso, no final do ano passado, os Correios e a Polícia Federal firmaram um acordo de cooperação técnica de forma a aprimorar a troca de informações entre as instituições, prevenir ocorrências e agilizar a prisão de criminosos.

3

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Arnir Praxedes foi abordado por quatro homens armados, que estavam em um carro tipo Chevrolet Captiva, no momento em que se dirigia à agência da qual era gerente. Durante a troca de tiros, ele e um soldado da PM, identificado como O. Filho, foram baleados. Arnir não resistiu aos ferimentos. O soldado continua internado

LUTO A Prefeitura Municipal de Patu decretou três dias de luto oficial pelo assassinato do gerente dos Correios da cidade, Arni Praxedes de Melo. A medida foi anunciada pelo Executivo patuense logo após a confirmação da morte. Por meio de decreto, a prefeita Evilásia Gildênia, se referiu à Arni como “pessoa ilustre”, na qual “seu legado e seu exemplo de vida devem servir de estímulo para os patuenses”.


4

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

natal

Governo convoca 62 policiais civis « EFETIVO » Sesed informou que DOE publica hoje a convocação de 10 delegados, 14 escrivães e 38 agentes

de Polícia Civil em cargos efetivos. Os nomeados integram a lista de aprovados do concurso realizado em 2010

O

Governo do Estado publica hoje no Diário Oficial a convocação de 62 aprovados no último concurso realizado no ano de 2008 para os cargos de delegados, escrivães e agentes da Polícia Civil. A Secretaria Estadual da Se-

gurança Pública e da Defesa Social informou que passarão a integrar a Polícia Ciivl mais 10 delegados, 14 escrivães e 38 agentes em cargos efetivos. Na última quarta-feira (23), em sabatina na Assembleia Legislativa,

o titular da Sesed, general Eliéser Girão Monteiro Filho, confirmou a convocação dos novos policiais. Durante a sessão, o secretário adiantou que os policiais seriam convocados e comentou ainda sobre a decisão do Tribunal de Justiça do Rio Gran-

de do Norte, que obriga o Estado a convocar todos os aprovados no último concurso. Eliéser disse que não sabia se o Estado iria recorrer da decisão, mas deixou claro que se for consultado irá aconselhar ao Estado a não recorrer.

O déficit de policiais civis, entre outros fatores, motivou a última greve, suspensa em meio a uma decisão judicial. No dia 18 de abril o Sindicato dos Policiais Civis do RN entrou com recurso contra a decisão do desembargador Claudio

Santos pelo fim da greve da categoria. Até a terça-feira (22) o Sinpol ainda aguardava uma resposta do pleno do TJRN sobre recurso que pede posição sobre o direito de greve. Os policiais pretendem deflagrar uma nova paralisação.

« COPA 2014 »

UFRN inaugura complexo poliesportivo na terça-feira

A

Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) inaugura às 11h desta terça-feira, 29, o Parque Poliesportivo do Campus Central, o legado da instituição com a Copa do Mundo 2014. O evento, que terá a presença do ministro do Esporte, Aldo Rebelo, acontecerá no auditório do Departamento de Educação Física (DEF).O Parque Poliesportivo faz parte das metas propostas pela Universidade, quando a UFRN se candidatou para funcionar como campo oficial de treinamento do Campeonato Mundial de Futebol. Com investimento de R$ 10 milhões, provenientes do Ministério do Esporte e o restante investimento da própria UFRN, a obra é constituída por uma pista de atletismo de alto rendimento, um campo de futebol, e a renovação do sistema elétrico do parque. Além do legado material, a UFRN também será beneficiada de forma imaterial, pois a reestruturação do Parque envolverá alunos e professores em atividades de ensino, pesquisa e extensão. Uma delas será o Centro de Treinamento de Atletismo de Alto Rendimento, a ser implantado após o evento da Copa, comportando espaço para as disciplinas do curso de Educação Física e, ao mesmo tempo, funcionando como campo de estudo para pesquisa de estudantes da pósgraduação.

Condições da pista

A Pista de Atletismo, com 400 metros, foi construída com base nos padrões internacionais da modalidade. Possui oito raias sintéticas, sendo duas pistas para lançamentos de dardos, uma para salto com vara, duas pistas contíguas para salto à distância com duas caixas de salto, uma pista de aquecimento com quatro raias, duas caixas de salto, além de áreas para lançamento de pesos, de martelos e discos e salto em altura, fosso para corrida de obstáculos e um sistema independente de iluminação. Juntamente com as atividades acadêmicas, a pista será usada tanto para a iniciação esportiva em várias modalidades, como para treinar acadêmicos participantes dos jogos universitários.

Sistema elétrico

A reestruturação do sistema elétrico contemplou a construção de uma subestação nova, com capacidade para 500 kVA e iluminação especial que permite transmissões noturnas de alta qualidade. O campo de futebol também atende aos requisitos e normas internacionais das práticas futebolísticas (dimensões, elevações do campo, tipo do gramado, etc). Tratase de uma construção sustentável, com sistema de reaproveitamento da água, já que sua principal fonte serão as águas residuais oriundas da Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) do Campus Central.


Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

natal

5

Autor de disparo está fora do RN « MORTE DE ESTUDANTE » Vizinhos do garoto de 16 anos afirmaram que ele saiu da cidade com os pais, no dia

do incidente. Vice-diretor da escola, Tassio Paulo, disse que nenhum deles teve problemas de comportamento FOTOS: ADRIANO ABREU

PEDRO ANDRADE repórter

O

conformismo estava longe de chegar ao lugar onde parentes, amigos e vizinhos se despediam do adolescente de 16 anos que almejava ser marinheiro. O sonho foi interrompido no fim da tarde da quarta passada, após acidente envolvendo um amigo, identificado nesta matéria como “T” para preservar sua identidade, que manuseava uma arma de fogo dentro da Escola Estadual Professor Raimundo Soares, em Cidade da Esperança. Vítima e acusado eram amigos de infância, mas Erick Bruno Pontes não resistiu ao ferimento no peito, mesmo socorrido. O velório durou entre as 4h e as 16h de ontem no Centro Pastoral do mesmo bairro, reuniu direção da escola, familiares e colegas, vários em busca de um culpado e tantos indignados. O sepultamento ocorreu a tarde no cemitério do Bom Pastor. Prestes a completar 17 anos no próximo dia 15, Erick tinha um boletim exemplar, era quieto, e carinhoso, conforme relatos da família e amigos. Em um canto do velório, cerca de dez estudantes dividiam lágrimas, risos e lembravam os últimos momentos com o colega. “Estava eu, Erick, o menino que atirou e uma menina conversando besteira, como sempre ficava, e chegou o assunto da arma. Erick não acreditou que fosse de verdade e disse: ‘duvido que você coloque ela no meu peito’”, conta Alisson Rodrigo, colega de 17 anos que estava na roda de conversa. “Aí depois Erick disse ‘duvido que você tem coragem de apertar o gatilho’, e quando ele [o suspeito] acionou a arma, ela disparou sem querer”. A lembrança foi seguida de mais choro. A coordenadora Sandra Maciel conta que estava na direção quando uma aluna chegou, chocada, pedindo socorro e avisou que Erick havia sido baleado. Após alguns alunos exitarem, descobriu-se que o disparo teria sido efetuado por “T”. Ferido, ele foi socorrido por um professor à UPA de Cidade da Esperança e depois levado ao pronto-socorro Clóvis Sarinho, onde morreu momentos depois de dar entrada. Ao perceber o que tinha feito, o suspeito segurou o amigo, pediu desculpas diversas vezes, o deixou no chão e saiu correndo. Desde então é procurado pela Polícia Militar. Segundo vizinhos de “T”, ele foi visto encontrando a mãe em um mercado na região e teria dito: “mãe, fiz uma merda!”. Moradores do bairro contam que, depois disso, os dois chegaram correndo em casa e logo saíram em um carro, supostamente rumo à Paraíba. Mas o vice-diretor da escola, Tassio Paulo, conta que, quando a PM procurou a família do suspeito por telefone, uma tia disse que “se for sobre ‘T’, ele acabou de ir para Recife com a mãe”. Militares fizeram diversas buscas pelo adolescente suspeito, inclusive em campana em frente à casa dele, mas não foi encontrado, assim como seus pais. A vizinhança afirma que a maioria da família paterna é recifense. A PM também fez buscas nas casas de tios do acusado, mas nem o suspeito, nem os pais, foram encontrados. Erick foi criado por uma mãe adotiva, segundo a tia biológica Maria do Socorro Pontes. “Nilda, que é como uma irmã para a gente”. Ela conta que o pai já havia morrido e a mãe precisava trabalhar. Inicialmente a criança ia passar uns dias na casa da amiga da família, mas com as visitas cada vez mais frequentes, ele passou a morar definitivamente na Esperança. “Nos feriados ele ia ficar com a gente, sempre que tinha uma festa da família ele também ia. Nunca se afastou da gente”.

Corpo do estudante Erick Bruno Pontes foi sepultado ontem, no cemitério do Bom Pastor

Números Dados da SEEC sobre segurança nas escolas

640 escolas no Estado 188 têm vigilância eletrônica* 960 porteiros** 732 vigias 90 escolas têm segurança armada* *principalmente em Natal e Mossoró **Sendo 455 servidores do quadro da Seec e 505 terceirizados

Inconformados, amigos e vizinhos se despediram de Erick

DEA ainda não recebeu B.O. e não pode iniciar inquérito A Delegacia Especializada de Atendimento ao Adolescente (DEA) ficará responsável pelas investigações sobre a morte do adolescente de 16 anos Erick Bruno Pontes, mas até o início da noite de ontem, quando terminou o expediente, não havia recebido Boletim de Ocorrência, que segundo o diretor da Escola Estadual Raimundo Soares, foi registrado na Delegacia de Plantão da Zona Sul. O delegado adjunto Ridagno Pequeno afirma que pode abrir portaria para instaurar inquérito policial que investigará o caso, considerando apenas as informações veiculadas na mídia, mas que seria ideal aguardar as informações registradas no B.O.. O delegado acrescenta que, atualmente, a DEA ainda não está em diligências à procura dos suspeitos, justamente por não ter recebido qualquer informação. “Não recebemos o B.O. da plantão e nossos agentes estão ocupados em outros casos. Buscas só estão ocorrendo se for pela PM”, afirma. Pequeno disse também que todos os casos semelhantes, envolvendo uso de armas em escolas, registrados ano passado já foram encaminhados à Justiça. E, dos 140 procedimentos que deram entra-

da neste ano, 139 foram concluídos. “Até amanhã devo terminar esse último”. O quadro da delegacia conta com sete agentes trabalhando internamente na delegacia, cinco que vão às ruas para fazer intimações, entrega de documentos entre outrasatividades.Hátambémdoisdelegados (Ridagno Pequeno e a titular Adriana Shirley de Freitas) e duas escrivãs. “Apesar do andamentoconsideradorápido,serianecessário mais um delegado e um escrivão para a nossa demanda, que atende só a cidade de Natal”, avalia. O Itep, responsável pelo exame de necrópsia, preferiu não se pronunciar sobre o caso. O vice-diretor da escola Tassio Paulo disse que nem a vítima, nem o acusado tiveram problemas maiores na escola por comportamento. “Eles tiveram uma suspensão porque picharam a escola, junto com outros três alunos, mas foram chamados para uma conversa e eles mesmo fizeram a pintura para corrigir o que fizeram. Não consideramos nada grave”. Ele acrescenta que havia sido alertado por uma mãe que “T” teria algumas rixas. “Cuidado, tem pessoas que não gostam dele”, foi avisado.


6

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

natal

« ELIANA LIMA » elianalima@tribunadonorte.com.br

“Jaca pode ser fruta da salvação na crise climática. Pesquisadores apontam a jaca como um substituto para o trigo, milho e outros alimentos ameaçados pelo clima extremo” Informa matéria da Exame.com, no Twitter

BDM

ELPÍDIO JÚNIOR

Primeira...

1 - HOLOFOTES

NaediçãodefevereirodaRevista Bzzz, a coluna da Abelhinha informou que o Movimento Articulado de Combate à Corrupção (MARCCO) estava fundamentando um pedido de impeachment da governadora Rosalba. Anteontem, confirmou-se a informação, com o MARCCO anunciando o pedido, que foi entregue ontem aos deputados, na Assembleia Legislativa.

Na noite Make B. Barroco Tropical O Boticário em Natal, o top-maquiador Fernando Torquato faz selfie com os franqueados Adriana e Glauber Gentil

2 - PÓDIO

1

...Mão

Na edição do dia 13 de março desta TN, a coluna informou sobre uma reunião turbulenta, na manhã dodiaanterior,entreosintegrantes do MARCCO, sobre definições da ação em torno do impeachment de Rosalba. Bingo!

2

BDMCANINDÉ SOARES

EXTRA

3 - FLASHES

As bacanas Michelle Jerônimo e Simone Silva na noite O Boticário e Animale

Sussurros

4 - ÁLBUM

E ontem, corria baixinho nos corredores da AL que o impeachment mais uma vez não vai adiante. Só que desta vez o processo, ao contráriodoanterior,estáfortemente embasado.

3

Responsabilidade

O vereador Júlio Protásio encaminhou ontem ofício ao juiz AlbertoDantassecolocandoàdisposição para assumir o comando de Natal, caso a vice-prefeita Wilmade Faria oupresidentedaCMN,AlbertDickson, não assuma. Mas, atentou que de acordo com a Lei Orgânica, a transmissão acontece se o prefeito ficar ausente por 30 dias, e na Constituição reza 15 dias, enquanto Carlos Eduardo passará 12 dias ausente.

Hiato

JP informou que recebeu alta médica,ontem,deumacirurgiapara retirada da vesícula. E alfinetou Maurício Gurgel (PHS), autor do querimento à Justiça para a posse deumresponsável.Deixouaentender que era pretensão do requerente assumir o cargo, mas impossível porque o próximo na ordem sucessória é o Primeiro Secretário da CMN, no caso, Dickson Nasser Jr. (PSDB).

Fora de Natal

Bom, o certo é que Wilma está noRecife(PE)desdeaSemanaSanta. Em nota emitida ontem à noite, ela afirma que não recebeu “qualquer comunicado oficial” da prefeitura ou da CMN sobre a viagem

de Carlos Eduardo, o que soube pela imprensa, quando já tinha compromisso.EAlbertDicksonparticipa de um curso no Rio de Janeiro.

Europa

E domingo, o prefeito Carlos Eduardo faz a penosa atravessia do Atlântico de volta a Natal.

A propósito...Qual o voo trará

mais turistas europeus à capital dos magos-hospitaleiros: o saudoso Voo Colombo ou o atual Voo Canárias?

Internacional

Enquanto isso, uma equipe de tevê da China desembarcou em solo potiguar, e hoje chega de uma emissoraespanhola,paragravarcenáriosquetorcedoresvãoencontrar durante a Copa do Mundo. A chinessa é um reality show, que faz visita técnica para gravar com atletas chineses. A espanhola é de programa de turismo.

E mais

Correspondentes de agências denotíciasdosEstadosUnidos,China,França,ItáliaePortugal,quevie-

ram ao RN para a inauguração do PresPoint da UFRN, visitam o roteiro “Caminhos de Pium”, elaborado pelo Sebrae com o foco na Copa, que atende ao conceito de turismo de experiência.

Encantamentos

Em Pium, as equipes conhecerão o orquidário Gelza Matsunae, onde vão se deliciar com pratos da cozinha nipônica elaborados pelo casaldeimigrantesjaponesesKenjiMatsunaeeGelzaMatsunae,além de apreciar o orquidário que reúne mais de 200 espécies exóticas, e provar o chá e o licor de orquídeas, uma preciosidade do lugar.

Belezas

Também vão à Vila Feliz, com arquitetura(construçõesdosséculos XVII e XVIII) atrelada à natureza, e conhecer no Museu do Homem Missioneiro Potiguar belos exemplares da arte sacra.

Rústico luxo

Também conhecem o Resort LagoaAzul,doempresárioitaliano Silvio Ravignani, concebido no estilo rústico, tipo bangalô, com bas-

Amanhã é dia “D” da vacinação « VACINA CONTRA A GRIPE » Em Natal, expectativa é vacinar 191 mil pessoas entre grupos prioritários. Vacina está disponível nos postos de saúde

C

om o slogan “Vacinação Contra a Gripe Você não Pode Faltar”, a Secretaria Municipal de Saúde realiza neste sábado 26, o Dia “D” de mobilização da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe Influenza 2014 para grupos prioritários, nas unidades de saúde de Natal. A campanha que começou esta semana prossegue até o dia 9 de maio em todas as

Sorrisos da vereadora Júlia Arruda e o jornalista Paulo Araújo com as graças do jovem-escriba Carlos Filho, na Sessão Solene promovida pela vereadora em comemoração aos 10 anos da editora Jovens Escribas

unidades de saúde. A abertura do Dia “D” será às 8h, na Unidade Básica de Saúde (UBS) de Mirassol. Os grupos prioritários são formados por pessoas com 60 anos ou mais de idade; trabalhadores da área de saúde; crianças com faixa etária entre seis meses a menores de cinco anos de idade, (4 anos, 11 meses e 29 dias); gestantes e puérperas (até

45 dias após o parto); grupos portadores de doenças crônicas não transmissíveis (06 a 59 anos); população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional. Segundo o Ministério da Saúde, a meta é vacinar pelo menos 80% de cada um dos grupos prioritários. Em Natal, a expectativa da SMS é que 191mil pessoas sejam vacinadas.

4

Nas bênçãos aos 12 anos do Natal Hospital Center, padre Francisco Fernandes, que foi capelão do hospital, para a posteridade om o sócio e diretor médico do NHC, Henrique Fonseca, e o presidente do Grupo Delfin, Delfin Gonzalez

paraabsorverocustobancandoimpostos. tante conforto, gastronomia mediterrânea e sessões de massagem. Mais o Recanto dos Anjos, espaço capaz de levar bem-estar ao corpo e paz à mente, comando pelo massoterapeuta Marcos Cabral, com sessõesdecuraquântica,massagem ayurvédica, sauna orgânica e escalda pés.

Flashes

E dia 29, a reitora Ângela Paiva será a anfitriã da solenidade de lançamento do centro de apoio à imprensanaCopa,conhecidointernacionalmente como PressPoint UFRN, instituído em parceria com o Governo do Estado, Prefeitura de Natal, Fiern e Sebrae. Presenças confirmadasdagovernadoraRosalba e do prefeito Carlos Eduardo.

Ninho tucano

Quem regressou às Minas Gerais foi o advogado Saulo Carvalho. Ex-presidente da Potigás e ex-secretário de Planejamento de São Gonçalo, ele aceitou convite do go-

vernador Alberto Pinto Coelho para compor o alto escalão mineiro, como diretor-geral da Agência de Desenvolvimento Metropolitano.

Leque

Sauloficaráresponsávelpelaarticulação do desenvolvimento integrado e sustentável de 34 municípios, com população em torno de seis milhões de habitantes. Das atividades, interesses comuns, como mobilidadeurbana,usoeocupação do solo, gás canalizado, saneamento básico, proteção ambiental, etc e mais.

Sem imposto

O Sindipostos participará da campanha“DiasemImposto”,promovido em todo país e, no RN, organizado pela Câmara de Dirigentes Lojistas, no dia 24 de maio. A direção do Sindipostos conversa com os associados para identificar quais os empresários que poderão aderir à ação, já que nem todos os comerciantes têm lastro financeiro

Tio San

Com viagem marcada para os Estados Unidos, a arquiteta Danusa Alvarenga pegou dicas com LucianoAlmeidaparavisitaaoMoMA no roteiro pela Big Apple. Enquanto isso, Geová Rodrigues - potiguar radicado em NY - foi convidado por Racquel Davidovicz para criar mais uma linha para Uma. Dessa vez, elabora vestidos, camisas e sueters bordados. “Estou feliz,poiséumprojetoquemexecom minhaveiaartística”,dizopotiguar famoso.

« COLMEIA » à Hoje tem grito de felicidade para a jornalista Flávia Freire, Aline Maia, Josileide Silveira, o negón-bacanón Wellington Paim, Beto Madruga, Castelo Casado, Gentil Ferreira se Souza, Bruno Diniz, Iven Bezerra, Marcos Lopes, Carlos Augusto Lopes-Cangerê. à Até domingo, no Teatro de Cultura Popular (TCP), tem nova temporada de Borderline, espetáculo potiguar que coleciona sucessos.

Saneamento: Rosalba visita obras no Guarapes A Governadora Rosalba Ciarlini visitou na tarde desta quinta-feira (24) as obras de implantação do sistema de esgotamento sanitário do bairro do Guarapes, que faz parte do projeto Sanear RN, e beneficiará 43 mil pessoas, em parte do Guarapes e nos bairros do Bom Pastor, Felipe Camarão, Cidade Nova e Bairro Nordeste. A obra tem previsão de conclusão em outubro de 2015 e valor total de R$ 82,4 milhões. A visita de hoje ocorreu no Bom Pastor e Felipe Camarão, nas áreas de instalação de uma rede coletora de 150 mm e de um coletor tronco de 450 mm. Quando o sistema estiver concluído o esgoto será tratado na Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) do Guarapes, que segue a mesma tecnologia utilizada na ETE do Baldo, mas será de tratamento terciário.


Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

natal « PRÉDIO DO MPE »

Em defesa, Peres pede arquivamento de inquérito

E

m esclarecimento enviado ao promotor de Defesa do Patrimônio Público, responsável pela investigação que apura possíveis irregularidades na compra de um imóvel do Ministério Público Estadual em 2008, o promotor José Augusto Peres pediu arquivamento do inquérito. Peres era o procurador geral de Justiça em exercício quando o MP adquiriu o imóvel e foi notificado a prestar esclarecimentos sobre o fato, assim como o promotor Manoel Onofre Neto, que o sucedeu, e o atual procurador geral, Rinaldo Reis. Na resposta encaminhada no último dia 4 de abril ao promotor Emanuel Dhayan, que comanda o procedimento, Peres declarou que o prédio localizado na avenida Deodoro da Fonseca foi comprado para abrigar as Promotorias de Justiça e Investigação Criminal, que se encontravam em situação crítica. Ele voltou a afirmar que o imóvel apresentava toda a documentação legal e teve parecer técnico favorável, tendo sido apenas “necessidade de ser repassada a planta baixa do imóvel para que fosse elaborado layout e divisão de ambientes, bem assim serem sugeridas algumas adaptações”. Ele também destacou que o preço ofertado (R$ 850 mil) estava abaixo do valor de mercado, segundo levantamento do próprio MP junto a empresas imobiliárias, que apresentou média de R$ 929 mil e que o a vistoria não apontou qualquer sinal de depredação. Ainda de acordo com Peres, a opção pela dispensa de licitação estava resguardada pela Lei e cumpriu todas as normas e não seria necessária aprovação de outro órgão, visto que o Ministério Público é uma instituição constitucionalmente autônoma. O problema enfrentado pela então administração teria sido o indeferimento do Ritur (Relatório de Impacto no Tráfego Urbano) pela Secretaria de Mobilidade Urabana (Semob), porque o prédio não seguiria a proporção de uma vaga de veículo para cada 55 metros quadrados. O documento ainda foi negado várias vezes durante a gestão anterior. Nas suas respostas, José Augusto e Manoel Onofre argumentaram que a Semob exigia 24 vagas, enquanto proporcionalmente aos seus 723,53 metros quadrados, o prédio só precisasse de 13 delas. “Diante das circunstâncias do caso concreto e fundamentos jurídicos, não se podendo imputar qualquer infração aos deveres expresso na LCE 141/1996, ou qualquer outra norma, no desempenho das funções do notificado, quando de sua gestão perante a Procuradoria Geral de Justiça, no que tange à aquisição do imóvel noticiado, sendo imperioso pugnar pelo arquivamento do feito administrativo em comento”. Por sua vez, Onofre Neto historiou requerimentos de Ritur e procedimentos realizados durante sua gestão. Afirmou que uma reforma para adequações custaria R$ 550 mil, o que seria quase o valor da compra, e por isso foram estudadas novas destinações para o imóvel, como venda ou troca. Neste ínterim, foi aberta licitação para construção de sede para as promotorias. O relatório ainda destaca a invasão do prédio, que ocorreu no dia 12 de janeiro de 2011, bem como as medidas tomadas. Rinaldo Reis enviou, como resposta, históricos e documentos sobre a compra. Durante esta semana, a TN tentou entrevista com José Augusto Peres, após acesso ao inquérito, mas foi informada que ele estava em viagem. Segundo a assessoria de imprensa do MPE, o promotor Emanuel Dhayan, que permitiu vista não vai conceder entrevistas. A TN questionou o MP, por e-mail, sobre os próximos passos da investigação, mas não teve resposta até o fechamento desta edição.

7

Categoria negocia reajuste de 7,3% « DIA DO CONTABILISTA » Atualmente, o piso do contador é R$ 2.549,00 no RN. O valor está

na média do Nordeste, mas abaixo do que é praticado nas capitais da região sudeste

E

m meio às comemorações do dia da Contabilidade, o Sindicato dos Contabilistas do Rio Grande do Norte (Sindcon/RN), discute a implementação da “convenção coletiva de trabalho”, documento que assegura

direitos e melhorias para a categoria. As cláusulas da convenção tem até o dia 1º de junho, database, para entrar em vigor. As prerrogativas defendidas no documento para este ano englobam entre diversas reivindicaçõs,

um reajuste de inicialmente 7,33% no piso salarial, atualmente em R$ 2.549,00, explica o presidente da Sindcont/RN, José Vicente de Assis. Segundo ele, o piso no RN está na média para o Nordeste, mas abaixo do praticado nas capitais da

região sudeste. O contador é a quinta profissão que mais oferece oportunidades de trabalho no mercado mundial, segundo dados do Conselho Federal de Contabilidade. “No Brasil, a procurapelaprofissão,vemaumentan-

do ano após ano”, defende José de Assis. Segundo o MEC, o curso de Ciências Contábeis ficou em oitavo lugar no ranking das graduações mais escolhidas no ENEM 2013. O estudoaindamostraqueemapenas um ano a procura quase dobrou.


8

Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

natal FOTOS: JUNIOR SANTOS

e-turismo ANTONIO ROBERTO ROCHA

[antonioroberto@tribunadonorte.com.br ]

Natal terá estande na Aviestur Graças à rápida ação do empresariado e ao empenho do secretário de Turismo de Natal, Fernando Bezerril, os atrativos turísticos potiguares não deixarão de ser mostrados na Aviestur, feira promovida pela Associação das Agências de Viagens do Estado de São Paulo (Aviesp) nos próximos dias 16 e 17, em Holambra, próximo a Campinas (SP). Como o Estado do Rio Grande do Norte ainda tem dívidas com a Aviesp do estande de 2012, caberá à Secretaria de Turismo de Natal e aos empresários do setor os custos do estande de 24 metros quadrados, que ficarão na faixa de R$ 22 mil. Ou seja: o poder público pagará a metade e os hoteleiros e agentes de receptivo vão arcar com a outra parte. Com isso evita-se o vexame, como no ano passado, de o Rio Grande do Norte não ter estande no evento que reúne os principais vendedores do destino Natal, no caso os agentes de viagem do interior paulista. O Ocean Palace Beach Resort & Bungalows, em 2013, cedeu seu espaço para alguns empresários utilizarem, numa prova de solidariedade com os hoteleiros sem apoio institucional. O estande potiguar deste ano exibirá na testeira o nome de Natal, destino hexacampeão na preferência dos agentes de viagem paulistas, de acordo com pesquisa aplicada anualmente na própria Aviestur. Será que seremos heptacampeões? Vamos torcer, lutar, persistir e persuadir os eleitores. Faz parte do jogo.

Pesstrip - No primeiro final de semana de agosto Natal rece-

berá seis jornalistas do interior paulista, a convite da Secretaria de Turismo de Natal. Virão de seis polos emissores em potencial: São José dos Campos, Araçatuba, Presidente Prudente, Marília, São José do Rio Preto e Bauru.

A luta de Diassis Rosado Apesar de ser uma luta antiga da categoria, a aprovação da regulamentação da função do agente de viagens, obtida nesta semana, teve a participação decisiva de dois potiguares: a presidente da Abav-RN, Diassis Rosado, que levou a justificativa, em

mãos, ao presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves; e ao próprio deputado norte-riograndense, que priorizou a votação. Resta a sanção da presidente Dilma, que certamente não correrá o risco da impopularidade nesta altura do "campeonato".

Sem calçada não dá pé Com o "problema" (seria só este mesmo o termo?) das calçadas (na verdade, a falta delas) em Ponta Negra e nas praias dos Artistas e do Meio, Cotovelo está virando opção de lazer praiano de muitos natalenses e turistas. É próxima a Ponta Negra.

E limpa. Aparentemente segura. Mas quem quiser um banho ainda mais tranquilo e não se importar de trafegar mais uns 20 quilômetros, a dica é Camurupim, protegida por arrecifes e com uma lagoa (Arituba) nos fundos.

Feira em Recife Muitos hoteleiros e proprietários de restaurantes, bares, motéis e até de hospitais, de todo o Rio Grande do Norte, estarão presentes na Equipotel Nor-

deste, no Centro de Convenções de Olinda, de 6 a 8 de maio. É o maior evento do setor de equipamentos hoteleiros e similares na região.

Dia do Lazer? - O Primeiro de Maio não será nenhuma Semana Santa com aquela cara de férias, emendada com o feriado de Tiradentes, como no longo final de semana passado. Mas já há vários hotéis, sobretudo em Ponta Negra, totalmente lotados de quinta (1) a domingo (4). Natal vende fácil, né? Ócio - Aliás, na Copa do Mundo teremos "feriados" ainda mais

longos. De cara, os primeiros dias serão assim: quinta, 12 (jogo do Brasil), sexta, 13 (jogo da Copa em Natal), sábado (14), domingo (15), segunda, 16 (jogo da Copa em Natal) e terça, 17 (jogo do Brasil). Ou seja: seis dias improdutivos.

Inclusão social infanto-juvenil Até à Copa do Mundo, a Secretaria de Turismo de Natal promoverá mais duas edições do projeto Educar para o Turismo, que leva alunos da rede municipal (acima de 12 anos) para conhecerem os principais pontos turísticos-culturais de

Natal. O city-tour é feito em ônibus de turismo moderno, com direito a lanche de bordo e camiseta. O projeto foi criado e é desenvolvido pela Argus Eventos, que depois do passeio aplica cartilha de iniciação ao turismo nas salas de aula.

Prêmio - O Best Wester Premier Majestic, em Ponta Negra, fatura mais um prêmio, depois de virar referência no site Trip Advisor. Em convenção latino-americana Best Western, realizada em Lima, recentemente, o hotel de Abdon Gosson foi agraciado como o equipamento de "melhor atendimento" da rede. Copa do Mundo - O que mais lhe preocupa é a ausência de suporte no item saúde ou é a questão da (falta de) segurança? Como se vê, o item mobilidade é "fichinha" numa cidade com problemas tão graves

Manifestação em favor da manutenção do “circular do Campus” reuniu, na tarde de ontem, pelo menos 1.500 estudantes da UFRN

Prefeitura garante manter linhas do circular do Campus « TRANSPORTE » Reunião entre a Semob e UFRN garantiu a permanência de

todos os carros. Para ampliação do serviço será feito um estudo de demanda

A

comunidade universitária que usa o transporte circular para deslocamento dentro do campus, no Mirassol, chegou a um acordo com a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) quanto a manutenção do serviço. “Ficou acordado que será mantido todos os carros. A comissão da UFRN pediu o acréscimo de mais um veículo, mas condicionamos isso a um estudo de demanda que identifique a quantidade de estudantes, os horários e locais de maior fluxo”, disse a secretária Elequicina dos Santos, que recebeu, ontem de manhã, uma representação da Universidade e do Diretório Central dos Estudantes (DEC). Elequicina dos Santos afirmou que os ônibus circulares “estão dentro do sistema como um todo, tanto do que é pago pelo usuário com a tarifa, como no sistema gratuito. Não tem como Seturn alegar que não tem como bancar”. O secretário adjunto de Transporte da Semob, Clodoaldo Cabral, confirmou que o Seturn havia enviado um ofício sugerindo que o serviço de transporte circular passasse a ser uma atribuição dos alternativos, o que foi rejeitado pelo Sitoparn. Cabral declarou, ainda, que a UFRN e DCE acataram a sugestão de que fosse encaminhado pleito ao Departamento Estadual de Estradas e Rodagem (DER-RN), no sentido de que o oitavo ônibus circular solicitado pelos estudantes, pudesse ser disponibilizado pelas empresas de transporte intermunicipal, pois elas também contribuem com a demanda de estudantes oriundos, principalmente, de municípios que integram a Região Metropolitana de Natal (RMN), como Ceará-Mirim, Extremoz, Macaíba, Parnamirim e São Gonçalo do Amarante. Segundo Cabral, existe a necessidade da realização de um estudo conjunto entre o Departamento de Estatísticas da UFRN, DCE e a própria Semob, pois em virtude do sistema de transporte circular funciona com catraca livre “e por isso não tem como auferia a demanda de usuários”. Da reunião com a secretária Elequicina dos Santos participaram a pró-reitora de Assuntos Estudantis (PROAE), Janeusa Trindade; o superintendente de In-

Estudantes vão às ruas para manter linhas do circular

Ao final da manifestação, universitários fizeram um “roletaço”

Durante o protesto, vidraças de uma loja foram quebradas

fraestrutura (SIN) da UFRN, Gustavo Coelho; os coordenadores do DCE, Gabriel Medeiros de Miranda, Anaxágoras Lopes Vital, Daniella Araújo e Géssica Regis, além do responsável pela fiscalização de transportes da SEMOB, Rogério Leite. O superintendente de Infraestrutura da UFRN, Gustavo Coelho, esclareceu que o objetivo do encontro foi continuar a pauta de discussão sobre o transporte circular, levando em consideração que “a comunidade acadêmica cresce a cada semestre, o que demanda a melhoria do serviço”. Apró-reitoradeAssuntosEstudantis, Janeusa Trindade, reiterou a necessidade de ampliar a frota e lembrou que o prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, garantiu, na última reunião, que o circular não seria retirado. “Nosso público, que écompostoprincipalmenteporalunos, aumentou bastante e precisamos de mais um circular”, afirmou. Elequicina dos Santos aproveitou a oportunidade para esclarecer

uma informação veiculada nas redes sociais sobre o aumento da tarifa na linha de ônibus 63. “Uma equipe de fiscalização da SEMOB foi averiguar e registrou um ônibus com adesivo cobrando R$ 2,30 pela passagem, mas a empresa alegou que não estava cobrando essa quantia e que o adesivo relativo ao preço havia caído”. Para o coordenador do DCE, Gabriel de Miranda, os estudantes universitários se sentiram ameaçados com o anúncio de uma possível retirada ou cobrança do circular, por parte do Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros (SETURN). O estudante pediu também o retorno das linhas tradicionais que iam até o anel viário do Campus Universitário, enquanto Géssica Regis cobrou uma discussão sobre o funcionamento do circular aos sábados e de se fiscalizar a quantidade de ônibus circulando no período noturno. “No horário da noite, há uma queda no fluxo dos ônibus”.

O movimento dos estudantes universitários “Mais Circular, fora Seturn” em protesto contra uma eventual mudança no sistema de transporte circular no campus da UFRN, interrompeu o trânsito da avenida Salgado Filho/BR-101 por uma hora, na noite de ontem. A manifestação conseguiu a adesão de pelo menos 1.500 pessoas na rede social Facebook, da internet, mas só em torno de 500 estudantes chegou à concentração ao lado do Shopping Via Direta, ao lado do conjunto Mirassol, de onde sairam às 16:53 com destino à marginal da BR-101. De lá, os estudantes caminharam pela marginal e depois pela Salgado Filho até o Midway Mall, onde passaram dez minutos na esquina com a avenida Bernardo Vieira. Depois, os estudantes fizeram o “roletaço” de volta para a Zona Sul, que é quando os manifestam pegam o transporte coletiva e pulam a roleta ou entram pela porta traseira do ônibus sem pagar pela tarifa de transporte. O coordenador do Diretório Central do Estudantes (DCE), Gabriel Medeiros disse que a manifestação era uma advertência para o setor de transporte coletivo, embora pela manhã, ele já tivesse a garantia de que o sistema seria mantido: “A secretária Eliquicia dos Santos afirmou que no caso das empresas retirarem o circular, a Semob iria impor sanções contra essa medida”, afirmou. A movimentação dos estudantes foi acompanhada de perto por dez viaturas da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que orientam o trânsito. À altura do Midway três viaturas da PM faziam o policiamento preventivo contra o uso eventual de violência durante a manifestação, que foi pacífica durante todo o percurso até à avenida Bernardo Vieira com a Salgado Filho, onde houve a dispersão por volta das 8h15. Durante o protesto, houve apenas um incidente isolado. Um manifestante mascarado jogou pedras e quebrou duas vidraças da loja do supermercado Nordestão, na esquina da rua Antonio Basílio com a Salgado Filho.


TELEFONES ÚTEIS Detran STTU Reboque 24h

3234-1214 3232-9120 3201-2960

VENDAS

Corolla, o carro mais vendido no ano de 2013 no mundo PÁGINA 2

PÓS-VENDA

Volvo lança programa de eficiência das concessionárias no Brasil. PÁGINA 4

CONHEÇA AS RESTRIÇÕES QUE SÃO IMPOSTAS AOS MOTORISTAS • PÁGINA 6

PICK-UP

Mitsubishi L 200 Triton Especial chega à concessonária Top Car. PÁGINA 6

autos&motores

Editor: Fernando Siqueira [fernandosiqueirarn@gmail.com

Natal • Rio Grande do Norte • Sexta-feira • 25 de abril de 2014

Chegou a linha Grand Cherokee diesel « LINHA 2014 » Motor diesel turbo V6 de 3 litros, 241 cv e 56 kgfm, com autonomia superior a 1.400 km.

O novo câmbio automático de oito marchas e inédito recurso Eco Mode. Consumo médio 10% melhor

S

ão Paulo - O Jeep Grand Cherokee amplia a recém-lançada linha 2014 com a chegada da versão Diesel no mercado brasileiro. A nova configuração apresenta todas as renovações já disponíveis desde janeiro nos modelos equipados com o motor a gasolina Pentastar V6 3.6 - novo câmbio automático de oito marchas, redesenho dos conjuntos óticos dianteiro e traseiro e modernização do interior, com novos sistemas multimídia de entretenimento e informação (incluindo navegação GPS) e volante com mais funções, como as aletas que possibilitam trocas sequenciais de marchas. Vendido apenas na configuração Limited, a mais completa (no modelo a gasolina há ainda a opção Laredo), o Grand Cherokee Diesel tem sob o capô um potente e eficiente motor V6 turbo de 3 litros que, com a nova transmissão de oito marchas, ficou ainda mais econômico do que no ano passado, quando passou a ser oferecido no Brasil. Construído na Itália pela VM Motori, o motor do Jeep Grand Cherokee Diesel é dos mais atuais, tendo sido desenvolvido para o exigente mercado europeu, além de estar à disposição também na América do Norte desde o ano passado. O novo Jeep Grand Cherokee entrega uma combinação sem precedentes em sua categoria, com economia de combustível e enorme autonomia, mecânica moderna e eficiente, lendária capacidade off-road, acabamento refinado, comportamento dinâmico exemplar e muitos recursos de segurança e tecnologia. "Com o novo Grand Cherokee, nós partimos do mais elogiado SUV e o elevamos a um nível ainda mais alto", disse Mike Manley, presidente mundial da marca Jeep. "Os compradores vão perceber que o Grand Cherokee proporciona ainda mais prazer ao dirigir, em todos os tipos de estrada e nas trilhas mais exigentes." Para 2014, a nova transmissão de oito velocidades é a maior novidade, ajudando o motor 3.0 V6 a fazer o Grand Cherokee Diesel rodar mais de 1.400 km na estrada -- com o Pentastar a gasolina, são 1.135 km de autonomia. A tradicional aptidão fora de estrada da Jeep é garantida pela tração 4x4 full-time Quadra-Trac II® e pelo sistema de gerenciamento de tração Selec-Terrain™. A frente reformulada, com novos faróis de duplo xenônio, exibe estilo ainda mais elegante que antes e lanternas de LEDs, recurso também empregado na traseira, inteiramente redesenhada. O refinamento interno se mostra no revestimento de couro, no acabamento de madeira de poro aberto e nas novas combinações de cores. PÁGINA 5

Mais detalhes sobre o Grand Cherokee 2015


2

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

Especulando AURINO ARAÚJO

Estórias do fusca (254) Os “Trezentos de Esparta” foi o filme que contou a história dos valentes espartanos comandados pelo rei Leônidas, que enfrentaram até a morte e com enorme desigualdade numérica, o poderoso exército persa de Xerxes na histórica batalha de Termópilas, no ano 480 antes de Cristo.

A película lançou ao estrelato o ator escocês Gerard Butler, que personificou Leônidas, sendo que o papel de Xerxes foi desempenhado pelo brasileiro Rodrigo Santoro – uma espécie de “ponta” com algum destaque. Dois mil, quatrocentos e noventa e quatro anos depois e dez mil quilômetros distante da localidade grega onde se desenrolou o sangrento confronto, eis que aconteceu o evento “Os Trezentos de Interlagos”... Nada a ver com guerreiros armados com lanças, espadas, machadinhas, escudos, arcos e flechas. O acontecimento de 5 de janeiro de 2014 teve como protagonistas trezentos Fuscas percorrendo o principal circuito brasileiro de provas automobilísticas, palco do Grande Prêmio Brasil de Fórmula 1, que anualmente acontece neste “país tropical, abençoado por Deus e bonito por natureza”, como foi cantado por Jorge Ben Jor. Foi o Vigésimo Primeiro Encontro do Fusca Clube do Brasil. Fusquinhas de diversos anos – tanto originais como incrementados com vistosos acessórios – puseram-se a percorrer a famo-

sa pista, evidentemente em marchas muito inferiores às dos bólidos que disputam as diversas modalidades de corridas de velocidade, de Stock Car à F1. Conseguir permissão para que as relíquias dos colecionadores afiliados ao clube pudessem desfilar naquela privilegiada pista, não deve ter sido tarefa das mais fáceis, daí ser justo imaginar o tamanho do prestígio do clube paulistano de curtidores do Fusca. Certa vez, por ocasião do lançamento do Pointer – carro da VW que não “colou” – tive a chance de testar um deles naquele circuito e posso imaginar o deleite, o imenso prazer que desfrutaram os “pilotos” dos Fusquinhas... TREZENTOS FUSCAS NA PISTA, UM DELEITE INCOMPARÁVEL. Naquela manhã paulista Viu festa espetacular, Quem pôde testemunhar TREZENTOS FUSCAS NA PISTA, Foi carro a perder de vista, Um show bastante agradável, Um visual impagável, Para o espectador. E p´ro colecionador, UM DELEITE INCOMPARÁVEL.

autos & motores

Carlos Ghosn anuncia novos investimentos « CICLO » A Renault vai continuar confiando no mercado brasileiro,

por isso decidiu implementar expressivos investimentos em nosso País

C

arlos Ghosn, Chairman e Presidente Mundial do Grupo Renault, anunciou semana passada um novo ciclo de investimentos da Renault no Brasil no valor de R$ 500.000.000,00, para o período 2014-2019. Os recursos serão aplicados no desenvolvimento e produção de dois novos veículos no Complexo Ayrton Senna, em São José dos Pinhais. Na ocasião, Carlos Ghosn comunicou ao governo do Estado do Paraná, que os investimentos de R$1,5 bilhão anunciados para o ciclo 20102015 foram concluídos, ou seja, antecipados em quase dois anos. “Desde 2011 o Brasil é segundo maior mercado da marca depois da França e está entre as prioridades estratégicas de crescimento mundial do Grupo”, destacou Carlos Ghosn. A Renault do Brasil concluiu, com sucesso, o seu plano de investimentos anterior e dá sequência ao objetivo de ampliar a sua participação no mercado brasileiro. No acumulado de janeiro a março deste ano a Renault registrou 6,7% de participação de mercado, consolidando-se como a quinta marca

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Carlos Ghosn, CEO e Presidente Mundial do Grupo Renault

do mercado. A meta é alcançar 8% de participação até 2016. Graças ao plano de investimentos anterior, a Renault reforçou sua estratégia de crescimento no País, baseada em três pilares: aumento da capacidade produtiva (em 2013 sua capacidade instalada de produção saltou de 280.000 para 380.000 unidades por ano); renovação da gama de produtos (foram lançados dois modelos completamente novos

só em 2013 - o Master e o Logan); e ampliação da rede de concessionárias (nos últimos três anos foram inauguradas 100 novas concessionárias, totalizando 275 revendas).

Centro de Distribuição

A Renault também anunciou a implementação de um novo Centro Nacional de Distribuição de Peças no município de Quatro Barras, investimento que

também se insere no programa Paraná Competitivo. O novo Centro de Distribuição será instalado em um condomínio industrial e é uma peça importante na estratégia de crescimento da marca nos próximos anos. As novas instalações contarão com 66 mil metros quadrados de área construída e o início das operações está previsto para o segundo semestre de 2015. O novo armazém deve gerar cerca de 250 empregos e representa investimentos da Renault da ordem de R$ 240 milhões, compreendidas as operações dos próximos 10 anos. Na sua operação o novo centro deverá movimentar cerca de 200 carretas por mês. O novo “Centro”, além de atender toda a rede de concessionárias Renault espalhada pelo País (atualmente composta por 275 pontos de vendas). Deve continuar se expandindo e realizará também as exportações de peças e componentes para o México, Argentina, Chile, América Central, Colômbia, Venezuela, Uruguai, Paraguai, Peru, África do Sul e França. Ao todo, a Renault opera hoje com aproximadamente 20 mil itens estocados.

O mais vendido em 2013 « COROLLA » Toyota tem o maior número de modelos entre os 20 mais

vendidos entre todas as montadoras, segundo a consultoria Focus2Move

O

Corolla atingiu marca recorde de 1.182.250 unidades vendidas, tornando-se o veículo mais comercializado no mundo, em 2013, de acordo com a consultoria Focus2Move, que é especializada em pesquisas avançadas do mercado automotivo global. O ranking da consultoria Focus2Move ainda coloca mais quatro modelos da Toyota entre os 20 mais vendidos no mundo em 2013: o Camry (5º) com 791.815 unidades vendidas, a Hilux (12º) com 627.025 unidades comercializadas, o utilitário esportivo RAV4 (16º) com 535.360 unidades e o Prius (18º) com 534.564 unidades. Todos os modelos Toyota entre os 20 mais vendidos do mundo em 2013 estão à venda no mercado brasileiro. Com mais de 40 milhões de unidades comercializadas desde 1966, ano do lançamento de sua primeira geração, o Corolla se tornou o veículo mais vendido na história da indústria automobilística mundial. O Corolla chegou ao mercado brasileiro, em 1994, em sua sétima geração, e começou a ser

O automóvel sedã Corolla, modelo 2015, está fazendo o maior sucesso de vendas no Brasil

fabricado em 1998, na fábrica da Toyota em Indaiatuba (SP). Nos últimos 10 anos, o Corolla foi líder no segmento de sedãs médios em sete.

Novo Corolla 2015

Em março deste ano, a To-

yota lançou no Brasil o Novo Corolla 2015, que já estabeleceu um patamar superior no segmento de sedãs médios. O novo modelo reúne qualidade construtiva única, design elegante e moderno, powertrain de moderníssima geração, paco-

IMPORTADOS: Panamera ganha concurso A edição 2014 do prêmio Best Cars, promovido pela revista Carro, deu à Porsche mais uma vitória. O modelo Panamera foi eleito, através do voto direto dos leitores da revista, como melhor modelo da categoria Top. Foi a terceira vitória consecutiva do Panamera em sua categoria. Fabiano Cruz, Gerente de Vendas e Desenvolvimento de Negócio da Stuttgart Sportcar, importadora oficial da Porsche no Brasil, recebeu o troféu pela eleição do Panamera das mãos de Bird Clemente, um dos grandes pilotos brasileiros das décadas de 1960 e 1970. “A eleição do Panamera representa muito para nós, da Porsche, por ser um modelo que sintetiza a filosofia da marca em esportividade, conforto, desempenho e tecnologia”, afirmou Cruz durante a entrega do prêmio. “O Panamera foi um sucesso desde seu lançamento. E o público atesta que vai continuar sendo durante bastante tempo ainda.” Essa é a 19ª edição da eleição do Best Cars da revista Carro, editada pela Motorpress Brasil Editora. A revista é uma das mais conhecidas do ramo automotivo no Brasil,

te de equipamentos de conveniência exclusivo, amplo espaço interno e itens de segurança que excedem os parâmetros encontrados em veículos da mesma categoria. Tudo isto reforçado pelo alto padrão Toyota de Qualidade, Durabilidade e Confiabilidade.


autos & motores

Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

3


4

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

Circulando FERNANDO SIQUEIRA

VW apresenta novo Jetta A Volkswagen promove, no Salão Internacional de Nova York., que termina dia 27, a apresentação mundial da versão do Jetta para o mercado americano, completamente redesenhada e com a engenharia atualizada. O carro também foi modificado para o mercado europeu e deverá ser lançado na Alemanha este ano.

Os designers criaram um novo visual para a dianteira e para a traseira do Jetta (opcionalmente com novos faróis de xenônio e lanternas traseiras em LEDs). Os engenheiros desenvolveram um novo, esportivo e eficiente TDI Clean Diesel (150 cv/110 kW; 15,6 km/l [consumo combinado]). Especialistas reduziram o arrasto aerodinâmico em 10% e novos pneus melhoraram o índice de resistência à rolagem. A área eletrônica introduziu novos sistemas de assistência (Blind Spot Detection - detecção de ponto cego, Front Assist e Rear Traffic Alert - alerta de tráfego na retaguarda) e a equipe encarregada da carroceria atingiu índices de desempenho em colisões ainda melhores (cinco estrelas nos testes US-NCAP e expectativa de ótimos resultados no IIHS Small Overlap Test). Já os designers de interior deram ao novo modelo uma aparência ainda mais sofisticada e confortável (novos instrumentos, novo volante, materiais de estofamento e detalhes de decoração). Por tudo isso, este é o melhor Jetta de todos os tempos. O carro chegará às concessionárias americanas em setembro. Com relação ao trem de força, serão oferecidos três motores a gasolina (115 cv/85 kW, 170 cv/125 kW e um GLI com 211 cv/155 kW) e uma versão híbrida (170 cv/125 kW), juntamente com a nova geração do TDI Clean Diesel com designação interna EA288. Essas versões ficaram ainda mais eficientes graças ao aprimoramento da aerodinâmica e à redução da resistência à rolagem. A VW reestilizou a dianteira e a traseira do Jetta, melhorando seu desempenho aerodinâmico com redução de 10% no arrasto. A novidade pode ser identificada imediatamente pela nova dianteira, com a grade do radiador redesenhada atravessada por três barbatanas, faróis opcionais bixenônio com iluminação de curvas, indicadores direcionais e luzes de condução diurna de LEDs, além de um novo para-choques. Os faróis bixenônio têm um

AUTO-SHOPPING

design especialmente diferenciado. As luzes de condução diurna são formadas por 15 LEDs, dispostos numa faixa em forma de “L” ao lado e abaixo do módulo de xenônio. Elas criam uma assinatura luminosa inconfundível de dia ou à noite. Um elemento cromado entre as luzes de condução diurna de LEDs e o módulo de xenônio destaca ainda mais os faróis. A nova faixa visual formada pela grade do radiador e os faróis, assim como a entrada de ar aumentada, dão ao Jetta uma aparência ainda mais impressionante, larga e exclusiva. Os faróis de neblina reesculpidos, montados nas áreas externas do para-choques, reforçam essa impressão. O Jetta GLI e o Jetta Hybrid trazem elementos de design diferenciados. O GLI tem uma faixa vermelha nos faróis, exclusiva deste modelo. O Hybrid pode ser reconhecido pela grade do radiador parcialmente fechada. Assim como a dianteira, a parte de trás do carro também foi modificada pelos designers. Desse ângulo, a tampa do porta-malas, os logos e o parachoque identificam a nova geração do Jetta. Uma característica típica do DNA de design da Volkswagen é a orientação incondicional das linhas traseiras. A tampa do porta-malas tem uma borda aerodinâmica. Nas laterais, as linhas desse defletor integrado se estendem para os para-lamas traseiros e ao contorno bem definido da silhueta do carro, junto à chamada linha de caráter.

autos & motores

Volvo lança programa de eficiência das revendas « INÉDITO » Sistema “One Hour Stop” está reduzindo tempo de espera e aumentando a qualidade dos serviços de pós-venda

A

Volvo lança no Brasil um programa de eficiência das concessionárias para reduzir o tempo de atendimento e elevar a qualidade dos serviços, o “One Hour Stop”. Trata se de um sistema em que o consumidor pode fazer até 80% dos serviços disponíveis em apenas uma hora, com a possibilidade de acompanhar o reparo na oficina. Esse processo aumenta a eficiência dos concessionários e permite um melhor aproveitamento do box de serviço, pois utiliza dois técnicos altamente treinados e sincronizados nos métodos de reparo para trabalhar juntos em um carro. É um conceito semelhante a equipes de mecânicos de Fórmula UM. O sistema está operante em três Capitais brasileiras: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e está em fase de implementação nas cidades de Curitiba e Porto Alegre. Até 2017, todas as concessionárias no Brasil adotarão o sistema. Em todas as concessionárias o cliente fica acomodado em uma sala com ar-condicionado e internet sem fio, via Wi-Fi. Essa facilidade permite que o cliente não tenha que se deslocar duas vezes para o concessionário, reduzindo o tempo perdido em deslocamentos e no trânsito. Esse diferencial da Volvo Cars rendeu à marca a melhor nota, dentre todas as empresas avaliadas, na premiação “Empresas que Mais Respeitam o Consumidor 2013”, promovi-

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Volvo XC 60 T5, um crossover que agrega duas características raras no segmento: luxo e agressividade

da anualmente pela revista Consumidor Moderno, superando todos os concorrentes do segmento premium. O “One Hour Stop” atende a uma preferência dos clientes identificada pela Volvo em pesquisas realizadas na Europa e na Ásia. Os resultados mostraram que 90% dos clientes estão dispostos a esperar até uma hora e meia na concessionária pelo reparo para receber o carro no mesmo dia. “Vamos além do conceito de ‘box de serviço rápido’. Com a implementação do processo One Hour Stop, um mesmo box de serviço que atendia quatro car-

ros por dia passa a atender oito. Ou seja, a eficiência da oficina é dobrada. Podemos atender nossos clientes prontamente, aumentando a satisfação com os serviços executados”, explica Jorge Mussi, Diretor de Pós-Venda da Volvo. Com o “One Hour Stop”, em cada box de serviço da revenda a capacidade de atendimento pode ser dobrada e a eficiência dos técnicos aumenta em 20%. A implementação do sistema no concessionário leva cerca de um ano e cada unidade é certificada diretamente pela matriz com o selo do programa. “Estamos nos preparando

para colocar em prática esse sistema revolucionário de atendimento ao cliente”, declara João Paulo Melo, diretor da Neo Volvo, concessionária autorizada em Natal.

Volvo XC60 T5 Dynamic

A Neo Volvo Natal, empresa do Grupo Veneza, está disponibilizando para venda (pronta entrega) um lote do sensacional “XC60 T5 Dynamic”, um veículo acima dos padrões de luxo, segurança, conforto, desempenho e qualidade, nas cores preto, branco, marron metálico, prata e cinza. O preço é altamente competitivo.

Vem aí o Hyundai ix25 « FUTURO » Hyundai revela primeiras fotos do “ix25”, modelo que vai concorrer com alguns utilitários esportivos compactos em produção

E

ste é o novo Hyundai ix25, ou por enquanto, a versão conceitual dele. A marca coreana escolheu o Salão de Pequim para mostrar o protótipo do utilitário esportivo compacto que venderá em todo o mundo. Conforme foi divulgado pela imprensa automotiva, ele será a grande estrela da Hyundai no Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, em outubro. O design será um dos principais atrativos do “ix25”, com forte inspiração no irmão maior Santa Fé. Faróis, grade e lanternas são praticamente a versão reduzida do utilitário de luxo. Construído sobre a plataforma compacta da Hyundai-Kia, também utilizada pelo HB20 brasileiro, o “ix25” mede 4.270 mm de comprimento, 1.780 mm de largura, 1.630 mm de altura e possui entre-eixos de 2.590 mm. A meta é clara: concorrer em pé de igualdade com Ford EcoSport, Chevrolet Tracker e os novos Peugeot 2008, Jeep Renegade e Honda HR-V

O “ix25” deverá estrear no Brasil no próximo ano para aumentar ainda mais o sucesso da marca

(Vezel). Os brasileiros conhecerão de perto o novo Hyundai ix25 no Salão do Automóvel de São Paulo, que acontece em outubro. Segundo fontes ouvidas por este Caderno de Veículos, o mode-

lo será produzido na fábrica de Piracicaba (SP) a partir de 2015. O modelo deverá estrear com o mesmo motor 1.6 flex (128 cv) da linha HB20, mas também é cotado o uso do 2.0 flex (178 cv) do irmão maior “ix35”.

A Hyundai ganhou espaço no Brasil através do Grupo CAOA (Carlos Alberto de Oliveira Andrade), seu importador oficial, que acreditou na marca e nos seus produtos. Ganhou credibilidade e mercado.


Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

autos & motores

5

Novo Grand Cherokee Limited diesel « DESTAQUES » Design reformulado na dianteira e traseira, com iluminação de LEDs e rodas aro 20". Novo

volante com mais funções, quadro de instrumentos em TFT de 7", tela central multimídia de 8,4 polegadas FOTOS: DIVULGAÇÃO

E

m relação à segurança, a lista cresceu e passa de 50 itens, incluindo assistente de saída em subida, controle de estabilidade (ESC), auxílio de frenagem, controle de oscilação de reboque, Front Park Assist e Selec-Speed. A tecnologia a bordo também se apresenta no novo sistema multimídia Uconnect, com tela sensível ao toque de 8,4 polegadas e GPS integrado, além do quadro de instrumentos configurável, com display de LCD TFT de 7 polegadas e do sistema traseiro de entretenimento, com leitor de Blu-ray e duas telas de alta definição de 9 polegadas, atrás dos encostos de cabeça dianteiros. Fabricado em Detroit, nos EstadosUnidos,oJeepGrandCherokeeLimitedDiesel2014estádisponível nas 42 concessionárias do Chrysler Group do Brasil por R$ 239.900. Com o motor Pentastar a gasolina, os preços sugeridos são de R$ 185.900 (Laredo) e R$ 219.900 (Limited). O novo câmbio, com três marchas a mais do que antes, tornou o JeepGrandCherokeemaiseficienteemtermosdedesempenho,consumo e controle de emissões. Além da economia de gasolina, a nova e robusta transmissão proporciona aceleraçõeseretomadasmaisrápidas e trocas de marchas mais suaves, quase imperceptíveis, elevando a maciez do rodar a níveis de sedãsdeluxo.Asrespostasaosinputs do motorista e às condições de rodagem são sempre rápidas. As trocas de marchas podem ser feitas manualmente, por meio das aletas atrás do novo volante, proporcionando mais controle ao motorista. Isso ocorre não só em conduçãoesportivanoasfalto,mas também fora dele, graças com o controleSelec-Speed,quedetermina uma velocidade máxima para cada marcha durante o uso do recursoHillDescentControl(controle de descida de ladeira).

Moror 3.0 V6 Diesel Turbo

Com os principais componentesfeitosdealumínio,ausinadeforça desse lançamento da Jeep tem seis cilindros dispostos em duas bancadas em V a 60° e desenvolve a potência de 241 cv a 4.000 rpm e torquede56kgfmde1.800a2.800 rpm. O desempenho é excelente, comaceleraçãode0a100km/hem apenas 8,2 segundos e velocidade máxima de 202 km/h. E a economia de combustível, que já era um destaque, melhorou cerca de 10% na comparação com o modelo 2013, que contava com câmbio de cinco marchas. De acordoasmediçõeseuropeias,oconsumo médio passou de 12 km/l para 13,3 km/l. No ciclo rodoviário, o Jeep Grand Cherokee Diesel é capazdefazer15,4km/l,possibilitando uma autonomia máxima de 1.433 km com o tanque de 93,1 litros. A emissão de CO2 também baixou 10%, para 198 g/km. O V6 turbodiesel da VM Motori é equipado com sistema de injeção common-rail de última geração,quetrabalhacompressãode 1.800 bar, empregando a tecnologia Multijet II, desenvolvida e patenteada pela Fiat Powertrain. Pequena e com um intercooler ar-ar, a turbina VGT 2056, da Garrett, é degeometriavariável,gerandorespostas quase imediatas. Pesando 230kg,omotoréleveparasuaclasse e de dimensões compactas, medindo 695 mm de comprimento, 729 mm de largura e 697,5 mm de altura. O moderno e robusto conjunto mecânico do Grand Cherokee conta ainda com a tração nas quatro rodas Quadra-Trac II, permitindoconduziremqualquerterreno e rebocar uma carga de até 3.500 kg.

Pentastar 3.6 V6

Tricampeão seguido na lista dos 10 melhores motores organizada pela revista Ward's, dos EUA, o motor Pentastar 3.6 V6 estreou exatamente no modelo 2011

conjunto formado pelo porta-objetos e apoio de braço central dianteiro. Com isso, o Jeep Grand Cherokee é um dos raros veículos no mercadobrasileiroequipadoscom leitordeBlu-ray-nalinhaChrysler, apenas o monovolume Town & Country 2014 oferece esse item. O nível de informação do veículo ao motorista está mais completo do que nunca. O computadordebordo,chamadodeEVIC(sigla inglesa para centro eletrônico de informação do veículo), foi incorporado ao display personalizável de TFT de 7 polegadas. A tela permitemaisde100configurações, com mostradores claros e de fácil leitura. As opções são escolhidas por meio dos botões à esquerda no volante.

Refinamento on-road

A frente reformulada com novos faróis de duplo xenônio exibe estilo ainda mais elegante. O modelo ficou ainda mais bonito

PREÇOS SUGERIDOS VERSÕES Laredo: Limited Gas.: Limited Diesel:

A traseira foi totalmente redesenhada com destaque para as charmosas lanternas de LEDs

do Jeep Grand Cherokee, que marcou o lançamento da quarta geração do SUV. Feito de alumínio, com dois comandos de válvulas variáveis no cabeçote, o propulsor desenvolve 286 cv de potência e 35,4 mkgf de torque. Combinadoaonovocâmbiode oito marchas, o Grand Cherokee agora pode rebocar até 2.812 kg, 24% a mais do que anteriormente. Esse "casamento" permite consumo de 7 km/l de gasolina na cidade e 12 km/l em uso rodoviário. O consumo médio é de 9,6 km/l e a autonomia, de impressionantes 1.135 km. O desempenho é outro destaque,comaceleraçãode0a100 km/h em 8,3 segundos e velocidade máxima de 206 km/h.

Inédito Eco Mode

Outro fator que contribuiu para a redução no consumo do Grand Cherokee2014éorecursoEcoMode, que prioriza sempre a marcha maisaltapossível,parareduzirarotação do motor. O acelerador tambémtemsuacalibraçãoalterada,ficando menos esportivo, e até a rotação de marcha lenta é reduzida. O Eco Mode é ativado automaticamente ao ligar o veículo. Para desligar a função - de série em todas as versões - quando se precisa do máximodesempenho,háumbotãono centro do painel.

Sistemas 4x4

Comoantes,onovoGrandCherokee conta com a tração integral 4WDQuadra-TracIIeosistemade gerenciamentodetraçãoSelec-Terrain, que garantem a típica aptidão fora de estrada da Jeep. A caixa de transferência de duas velocidadesQuadra-TracIIsebaseianos dados de vários sensores para determinar falta de aderência de alguma roda o mais cedo possível, e corrige a situação. O sistema também detecta movimento rápido no acelerador numa arrancada e maximiza a tração antes do pneu patinar. Quando uma roda escorrega, até 100% do torque disponível pode ser transferido para o eixo com mais tração.

Selec-Terrain

OeficientesistemadegerenciamentodetraçãoSelec-Terrain,permite ao motorista escolher a configuração ideal para obter o melhor desempenho em um determinado tipodepiso.Orecursocoordenaeletronicamente várias partes do carro,comomotor,câmbioefreios,por meio de interações com acelerador eletrônico, mudanças de marcha,caixadetransferência,HillDescent Control e Selec-Speed. O Selec-Terrain foi melhorado para 2014 e oferece cinco possibilidades de uso. As opções Sand e Mud, que formavam antes um modo combinado, agora estão separadas. Sand (areia): o controle de tração opera com respostas mais sensíveis ao patinamento das rodas, ajustando a distribuição do torque, que deve ser a mais imediata possível. Mud (lama): para melhorar a performancenalama,ocontrolede tração atua com precisão para despejar o maior torque possível nesse terreno muito escorregadio Auto: o sistema se adapta automaticamente a qualquer condição no asfalto ou fora dele Snow (neve): a tração do veículoéadaptadaparaofereceromelhor rendimento em piso coberto por neve Rock (pedra): a caixa de transferência, os diferenciais e o acelerador são coordenados para ofereceromáximocontroleembaixavelocidade. Este modo só é ativado com a tração reduzida (4WD Low). O modo Sport, antes localizado no botão do Selec-Terrain, agora é acionado na alavanca do câmbio, e proporciona uma dirigibilidade mais divertida, fazendo a transmissão demorar mais para subir as marchas, entre outras características. Revisto,ocontroleSelec-Speed, com os controles de subida e descida (HDC) permite aos motoristas controlar a velocidade do Grand Cherokeeeminclinaçõesmuitofortes, por meio apenas das aletas do câmbio, atrás do volante - sem us-

ar os pedais de acelerador e freio.

Exterior

Quando a Jeep lançou a quarta geração do Grand Cherokee, na linha2011,omodeloimpressionou peloestilocoesoerefinado,masque continuavaexibindoarobustezque se espera de um Jeep. Para 2014, o Grand Cherokee mantém essa diretriz,mascomumnívelaindamais alto de opulência e força. As versões Laredo e Limited ganharam linhas mais elegantes e agora são facilmente distinguíveis. Em ambas, a tradicional grade de sete aletas, marca registrada da Jeep, está mais afilada, bem como os faróis de duplo xenônio e adaptativos (smart beam), com lanternas de LEDs. A fachada foi ligeiramente elevada, e os faróis de neblina acompanharam esse movimento, agora mais destacados. Juntas, essas alterações deram à dianteira do Grand Cherokee uma aparência mais encorpada, mantendo a mesma distância do parachoque ao solo. A parte traseira ostenta lanternas maiores, com iluminação por LEDs, além de um defletor maior e mais aerodinâmico e de uma nova tampa de porta-malas, que propicia melhor visibilidade. Disposto diretamente na lataria, o logotipo da Jeep se sobressai mais entre as lanternas. Os para-choques traseiros também exibem características próprias de cada versão, e a saída dupla de escape é um dos diferenciais na opção Limited, que ainda conta com rodas de 20 polegadas (antes eram de 18"). Contudo, as de aro 18 polegadas da versão Laredo exibe também desenho inédito.

Interior

A já premiada cabine do Jeep Grand Cherokee foi sensivelmente melhorada com o novo módulo central, que passou a contar com a tela sensível ao toque Uconnect de 8,4 polegadas. Os controles do rádio e ar-condicionado ficam abaixo do display e têm comandos facilmente identificáveis. Descendo

R$ 185.900,00 R$ 219.900,00 R$ 239.900,00

os olhos para o console central surgeanovaalavancadocâmbiodeoito marchas, revestida de couro. Outra mudança significativa é o novo volante de três raios, tambémforradodecouro.Nasduasversões há aletas para trocas sequenciais de marcha, que combinam perfeitamente com as linhas curvilíneas do também novo quadro de instrumentos configurável, de cristal líquido TFT e 7 polegadas. O acabamento com toques de madeira escura está presente tanto no Grand Cherokee Laredo como no Limited. Sempre de couro, o revestimentopodeserpretoouclaro, nas duas configurações. As maçanetas, saídas de ventilação e parte centraldopainelproporcionamum sutiltoquedouradoaovisualdealumínioescovado.NaversãoLimited também foram colocados alguns detalhes cromados, como os frisos no painel e no porta-malas.

Segurança

Entre os mais de 50 itens de segurança do Jeep Grand Cherokee está o controle Selec-Speed, para ajudaremsubidasedescidasíngremes. Outros recursos importantes são o controle eletrônico de estabilidade(ESC),queenglobasistemas paramelhoraraestabilidadedoveículo no asfalto ou na terra: redução de rolagem da carroceria (ERM), que aplica os freios em situaçõesextremas,assistentedepartida em subidas e controle de oscilação de reboque (TSC). Além disso, há apoios de cabeça dianteiros ativos, air bags dianteirosdemúltiplosestágios,airbags laterais nos bancos da frente, air bags tipo cortina para a área envidraçada da 1ª e 2ª fileiras e air bag para os joelhos do motorista, totalizando sete bolsas, com nove pontos de proteção.

Tecnologia avançada

O Jeep Grand Cherokee 2014 entrega uma série de tecnologias para segurança do motorista e diversão dos passageiros. A central multimídia Uconnect tem interface premiada pela facilidade de uso e oferece entradas auxiliar (3,5 mm), USB e de cartão SD, conexão Bluetooth, além de sistema de som Alpine®, com nove altofalantes, um subwoofer e recurso Matrixsurroundsound.Atelaprincipal no painel é de 8,4 polegadas e incluinavegaçãoGPSdaGarmin®, que poderá ser atualizado sem custo nas concessionárias. Nas versões Limited, os passageirosdobancotraseiropodemcurtir as duas telas de alta definição de 9 polegadas atrás dos encostos de cabeça. Elas reproduzem imagens do leitor de Blu-ray, embutido no

O Jeep Grand Cherokee é reconhecido pelo eficiente comportamento dinâmico e suavidade, explicados em boa parte pela suspensão independente nas quatro rodas - multilink na traseira. Molas e amortecedores foram ligeiramente endurecidos para melhorar ainda mais o controle de carroceria, característica que é complementada pelas boas respostas da direção, agora com assistência eletro-hidráulica, mais econômica, com ótimo diâmetro de giro de 11,3 metros. Os subchassis e as molas com pressãovariávelproporcionammelhordirigibilidadeeconfortonoasfalto e mais capacidade no fora de estrada. A rigidez estrutural é garantidapormais5.400soldas,apenas no monobloco. O desenho da suspensão traseira permite ainda que o estepe seja alojado dentro do veículo, e não na parte inferior.

Conforto acústico e espaço

A amplitude interna foi reforçada com 10 cm extras de espaço entre os bancos. O encosto traseiro, bipartido 60/40, pode ser reclinado em 12°. Até o acesso é facilitado, com portas traseiras que abrem 78°. O porta-malas inclui compartimentos para pequenos objetos sob o assoalho, ao redor do estepe, e uma lanterna de LED recarregável. A tampa traseira pode ser fechada automaticamente, por meiodeumbotão.Aoencontraralgum obstáculo, ela não apenas paraomovimento,comoseabrecompletamente. Além do espaço, os ocupantes são bem tratados pelo silêncio a bordo: o isolamento acústico foi aprimorado, com a aplicação de vidros laminados nas portas dianteiras (que também ampliam a segurança) e paredes isolantes duplas, como a que separa o motor da cabine.

Sobre a marca Jeep

A Jeep é a marca verdadeiramente global do Chrysler Group, representando cerca de 75% de todas as vendas do grupo fora da América do Norte. Baseada em uma herança lendáriademaisde70anos,aJeepproduz autênticos SUVs (Sport Utility Vehicle - Veículo Utilitário-Esportivo), que reúnem capacidade off-road, qualidade de fabricação e versatilidade líderes de seus segmentos, para pessoas que buscam jornadas extraordinárias. A marcaJeepéumconviteabertoparaviver a vida ao máximo, oferecendo umalinhacompletadeveículosque continuam a proporcionar a seus proprietários segurança para enfrentar qualquer viagem com plena confiança. Mundialmente, a linha de veículos Jeep pode ser encontrada em quase 150 países. OportifóliodaJeepconsistedo Cherokee,Compass,GrandCherokee, Patriot, Wrangler e Wrangler Unlimited. Com ele, as vendas globais da marca aumentaram mais de 100% desde 2009. No início de 2015, o Brasil terá o Jeep Renegade inaugurando a moderna fábrica de Goiana, em Pernambuco.


6

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

autos & motores

Conheça as restrições que são impostas ao motorista brasileiro

FOTOS: DIVULGAÇÃO

« LEGISLAÇÃO » O CNT brasileiro impõe ao motorista

habilitado exigências, além de algumas “restrições” que, não observadas, geram multa e pontos na CNH

É

muito comum, ao sair de sua residência para dirigir um automóvel, o motorista se preocupa tão somente em estar portando a CNH (Carteira Nacional de Habilitação. Isso porque, de acordo com o CTB (Código de Trânsito Brasileiro), Lei número 9503/97, Artigo 159, a CNH é documento de porte OBRIGATÓRIO durante a condução do veículo automotor.

E se esquecer a CNH em casa?

O esquecimento rende os seguintes transtornos aos esquecidos e desavisados: * infração de nível “leve” * 3 pontos na CNH * multa no valor de R$ 53,20 * o veículo fica retido até a

apresentação da “habilitação”. É preciso ter presente, que a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) não é a única coisa que o motorista deve se lembrar ao pegar a chave do seu CARRO. Algumas vezes, ele tem uma restrição que impacta de alguma forma na condução do veículo. Por exemplo, um motorista que necessita de lentes ou óculos para dirigir, só pode assumir o “volante” se estiver com um “deles”. A CNH (Carteira Nacional de Habilitação) tem um “campo” denominado OBSERVAÇÕES, que fica localizado abaixo da “validade” da CNH. Caso haja alguma restrição ao habilitado, esse “campo” é preenchido com um código que informa qual é a res-

Restrições Código na CNH Exigências aos motoristas

trição. Caso não cumpra com essa obrigação, o motorista não poderá conduzir o CARRO. O esquecimento da restrição gera

1) . infração gravíssima 2) . 7 pontos na CNH 3) . multa de R$ 191,54 4) . retenção do carro até que seja cumprida a observação que está na CNH ou que seja apresentado um motorista habilitado para retirá-lo. Abaixo, estão os códigos e significados que podem ser encontrados no “campo” de observações da CNH. Eles se encontram nos anexos XV da Resolução 425 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito).

A picape Mitsubishi Triton é um dos destaques do segmento no qual atua no Brasil

Mitsubishi L200 Triton Especial « VERSÃO » A Mitsubishi lançou “série especial” da L 200 Triton. Trata-se da Savana, em comemoração aos 20 anos do Rali Mitsubishi MotorSports

A

Mitsubishi L200 Triton Savana acaba de ganhar uma série especial. Com vendas limitadas a apenas 200 unidades, a edição comemora os 20 anos do rali Mitsubishi Motorsports, que acontece desde 1994 no País. A picape está em exposição no show room da Top Car, concessionária Mitsubishi em Natal. Seu preço é de aproximadamente R$ 118.990,00. Os interessados podem adquiri-la naquela empresa. Com alguns elementos estéticos exclusivos, a versão se diferencia do resto da gama pelas rodas de liga leve em grafite, ade-

sivos nas postas traseiras e no capô, emblema de 20 anos do rali cravado na traseira e na lateral. A cor da carroceria, bege Jizan, foi desenvolvida especialmente para o modelo. As unidades foram numeradas de 1 a 200, de acordo com a ordem de produção, e levam uma placa com a inscrição “Limited Edition”. Como não poderia deixar de ser, a picape é totalmente voltada para o uso off-road. O veículo é equipado com um snorkel. O aparelho faz com que a L200 seja capaz de atravessar trechos alagados com até 80 cm de profundidade. O sistema de tração

permite que o condutor escolha entre três modos diferentes: 4×2, com tração traseira, para uso na cidade e em estradas asfaltadas, 4×4, para trechos de baixa aderência, como terra e areia, e 4×4 com reduzida, para trechos mais severos. Apesar da robustez, a L200 aposta também em conforto e entretenimento, com uma central multimídia com tela sensível ao toque. Sob o capô, a picape traz um motor 3.2 16V capaz de entregar 180 cv de potência a 3.500 giros e torque máximo de 38 kgfm a 2 mil giros. O câmbio é manual de cinco marchas.

BMW X3 é exposto em S.Paulo « EXPOSIÇÃO » Em ação ambiciosa, a BMW expõe seu modelo

X3 xDrive20i no salão de embarque do Aeroporto de Congonhas (SP)

D

urante todo este mês, a sala de embarque do Aeroporto de Congonhas, em São Paulo contará com uma presença ilustre: o BMW X3 xDrive20i, um dos utilitários esportivos de luxo mais vendidos da marca alemã. No estande da BMW instalado no local, os fãs, clientes e interessados, poderão conhecer de perto o modelo e saber mais sobre os diferenciais de tecnologia e design do veículo, além de sua gama completa. “A BMW do Brasil vive um momento de aproximação com o brasileiro e tem investido cada vez mais em ações com esse objetivo. Essa exposição é uma excelente oportunidade para que as pessoas possam explorar as características desse modelo e para a BMW aumentar sua exposição perante possíveis clientes, demonstrando que a conquista de um BMW está mais próxima do que imaginam”, afirma Herlander Zola, diretor de marketing da BMW do Brasil.

Sobre o carro

O BMW X3 xDrive20i é um SAV (Sport Activity Vehicle) que

O BMW X3 xDrive20i é um dos utilitários esportivos mais luxuosos

surpreende e agrada o consumidor brasileiro por suas características marcantes de potência e design. Aliando robustez e elegância, o modelo é equipado com motor 2.0 L de 4 cilindros, gerando 184 cavalos de potência e 270 Nm de torque. Com tração integral, conta com transmissão automática de 8 marchas com steptronic. O veículo alcança aceleração de 0 a 100 km/h em 8,5 segundos e atinge a velocidade máxima de 210 km/h. Por ser um

BMW, o modelo tem grande preocupação com a segurança de seus passageiros e oferece controle automático de estabilidade e tração com ABS integrado, 6 airbags e pneus com tecnologia Run Flat, que permitem que o condutor possa andar com o pneu furado por até 80 km em uma velocidade de até 80 km/h sem que perca a estabilidade. O BMW X3 também está disponível nas motorizações BMW X3 xDrive28i (245cv) e BMW X3 xDrive35i (306 cv).


ARTIGO

Na coluna QQcoisa, Dácio Galvão esmiúça o poema japonês de Câmara Cascudo PÁGINA 3

TELEVISÃO

NOVIDADES NA TELINHA

Sabrina Sato estreia programa na Rede Record PÁGINA 2

Conexão Itália em O Caçador, hoje na Globo. E homenagem a Dorival Caymmi no Sarau da Globonews PÁGINA 2

LAURO BEZERRA LANÇA LIVRO DE MEMÓRIAS ‘SIC TRANSIT...’ HOJE NA SARAIVA • PÁGINA 4

BLOG AGITOS E BALADAS Confira vídeo com dicas de eventos e baladas

tribunadonorte.com.br/agitosebaladas

viver

Natal • Rio Grande do Norte • Sexta-feira • 25 de abril de 2014

Editora: Cinthia Lopes[cadernoviver@tribunadonorte.com.br]

YUNO SILVA Repórter

H

umberto Dantas deve ser, muito provavelmente, uma pessoa hiperativa. Principal articulador de um movimento que aglutina as 115 bandas filarmônicas em atividade no RN, o maestro é uma botija de informações pronta para ser aberta e compartilhada. Basta tocar no assunto “banda” para o homem de frente da famosa Filarmônica de Cruzeta, tida como referência nacional dentro desse universo, começar a contar sua batalha para manter acesa a chama de promover transformação social através da música. Nesse compasso, Bembem Dantas precisa ser (mesmo que não seja de fato) hiperativo para dar conta da responsabilidade que tomou para si há 26 anos quando assumiu a batuta do grupo. A dedicação e o entusiasmo do maestro potiguar começam a surtir efeitos em larga escala: Bembem está na expectativa quanto a regulamentação da lei que cria o Sistema de Bandas do RN (Seban); e não vê a hora do programa RN Sustentável (Governo do RN/Banco Mundial) abrir edital no valor de R$ 7 milhões para criação de 70 novas bandas no Estado – a meta é que todos os 167 municípios potiguares tenham uma banda nos próximos 5 anos. O desejo do maestro é as duas coisas (edital e lei) sejam anunciadas na primeira quinzena de maio. Consequentemente O trabalho de Bembem Consequentemente também extrapolou fronteiras, e no próximo dia 27 de abril ele segue para Belém (PA) onde participa como palestrante e regente convidado da mostra Música das Américas, atividade que integra a programação do 27º Festival Internacional de Música do Pará. Humberto irá falar sobre suas experiências em Cruzeta e o programa RN Sustentável. Aos 48 anos de idade, 43 deles ligados à música, Bembem Dantas é padrinho artístico de toda uma geração de músicos, gente que saiu da pequena Cruzeta, distante 220km de Natal, com seus 8 mil habitantes, para ganhar o mundo como professor e/ou músico profissional. “Temos que reconhecer que esta gestão do Governo Estadual deixará um legado extremamente importante para as bandas do RN”, diz o maestro, e militante confesso de ideais políticos de esquerda, ao referir-se sobre a criação do Seban-RN e os investimentos previstos no programa RN Sustentável. O programa, convênio do Governo do RN com o Banco Mundial, irá injetar R$ 540 milhões nos próximos 5 anos nas áreas de Saú-

Música social

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Principal articulador de um movimento que aglutina as 115 bandas filarmônicas em atividade no RN, Maestro Bembem Dantas festeja investimentos no valor de R$ 7 milhões através do RN Sustentável e Banco Mundial, e a regulamentação da lei que cria o Sistema de Bandas do RN

de, Educação, Agricultura, Pecuária, Segurança Pública, Gestão, Turismo e Cultura (leia-se bandas). Os R$ 7 milhões destinados à criação de 70 bandas representam apenas 1,3% do montante total dos recursos, pouco perto da demanda e da necessidade histórica cultural, mas farão toda a diferença para quem mora nos rincões do Estado e que muitas vezes não dispõe de oportunidades de trabalho e qualificação profissional.

Gestão autônoma

“Em uma cidade pequena do interior nordestino as bandas movimentam a economia, contribuem na educação, evitam o envolvimento das crianças com as drogas e oferece opções reais de renda”, diz com propriedade Humberto Dantas. O maestro informou que a proposta principal do RN Sustentável é criar bandas nas cidades onde ainda não existem, ao custo médio de R$ 100 mil por grupo. “Fizemos um levantamento para chegarmos a esse número (70 bandas), mas ao longo do processo surgiu demanda para mais cinco que ainda não sabemos como acomodar”. A outra proposta, de acordo com ele, é repor instrumentos de bandas que estão na ativa. “Mas para isso teríamos que dispor de mais recursos ou adequar o orçamento que temos”. O maestro lembra que há cidades, como Campo Grande, com mais de uma banda funcio-

nando, “em compensação temos cidades onde o trabalho é descontinuado pelas prefeituras por motivos políticos”, lamenta. Para evitar esse tipo de situação, todos os projetos serão desenvolvidos por organizações civis: “Queremos que os recursos sejam geridos de maneira autônoma por quem está diretamente envolvido”, afirma. As novas bandas receberão instrumentos personalizados, todos fabricados no Brasil pela (empresa) Weril. “Conseguimos um bom desconto na fábrica, cinco anos de garantia e 10 anos de reparabilidade (peças de reposição)”, comemora. Técnicos da fábrica virão ao RN ministrar curso de lutheria afim de garantir a manutenção dos instrumentos. A iniciativa ainda prevê capacitação técnica de maestros e músicos desde o primeiro contato com os instrumentos.

NÚMEROS

7 milhões de reais é o montante destinado pelo programa RN Sustentável para criação de bandas

5 anos é o prazo estimado para implantação total do programa

70 novas bandas serão criadas com financiamento do Banco Mundial; atualmente são 115 grupos em atividade no RN

100 mil reais é o custo médio de cada banda: sendo R$ 75 mil para aquisição de equipamentos e instrumentos e R$ 25 mil para capacitação técnica, manutenção e cachê do maestro

40 flautas doce e 28 instrumentos de sopro fazem parte do pacote básico das novas bandas

Experiência será mostrada no Festival de Belém Durante sua estadia no Festival Internacional de Música do Pará, Humberto Dantas participa de palestra sobre o programa RN Sustentável e sua experiência à frente da Banda de Cruzeta. Também irá reger a tradicional banda do município de Vigia (cidade onde, provavelmente, Tonheca Dantas atuou como regente da Banda de Música do Corpo de Bombeiros na primeira década do século 20). “Provavelmente, pois não há documentos que comprovem isso”, avisa Bembem, que irá acompanhar toda a programação do festival que segue até dia 4 de maio. O convite partiu de Marce-

lo Jardim, maestro do Rio de Janeiro. “É um amigo que gosta muito do nosso trabalho aqui no RN e que ficou admirado com os investimentos recém anunciados”. O potiguar lembra que em Belém será lançada a pedra fundamental para criação de um fórum nacional permanente para tratar de assuntos relacionados as bandas. “Será um momento para troca de experiências e quem sabe retomada da interação que Natal e Belém tinham na primeira metade do século 20”. Bembem leva conhecimento, repertório potiguar e discos de artistas do RN para o Pará.


2

Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

viver

« CANAL ZAP »

FLÁVIA CIRINO E-MAIL PARA ESTA COLUNA: CANALZAP@CARTAZNOTICIAS.COM.BR LUIZA DANTAS/CZN

De volta às origens

A teledramaturgia tinha sido umas das principais vertentes de trabalho de Veronica Debom na tevê. No entanto, o convite do diretor Maurício Farias para participar do humorístico “Tá no Ar: A TV na TV” foi a oportunidade certa para a atriz levar seu trabalho de improviso dos palcos para a televisão. Integrante do grupo “Comédia em Pé”, Veronica volta ao formato cômico de esquetes no programa escrito por Marcelo Adnet e Marcius Melhem. “Nunca me senti tão confortável em um estúdio. Todo mundo é muito legal de se trabalhar”, valoriza ela, que foi uma das últimas a entrar para a produção. “Cheguei atrasada, mas desde o primeiro dia já me sentia parte da equipe. Não demorei para pegar o ritmo”, completa. Com passagem pela Record – onde atuou em novelas como “Chamas da Vida” e “Rebelde” –, a atriz chegou a ser cotada para ‘’Vitória’’, próximo folhetim da emissora. ‘’Eu não

Em alta

O futebol internacional tem se tornando um grande “filão” para a Band. A transmissão da partida entre Real Madrid e Bayern de Munique na primeira semifinal da Liga dos Campeões da Europa, na última quarta, deixou a emissora na viceliderança isolada no horário, entre 15:45 h e 17:36 h. De acordo com o Ibope, o jogo marcou 6 pontos de audiência e ‘’share’’ de 15 % . A vitória do clube espanhol registrou ainda pico de 8 pontos.

Apagando incêndio

renovei meu contrato, que seria o que iria acontecer se eu fizesse a novela”, explica. Adaptada ao texto da dupla de roteiristas, Veronica prefere não fazer alterações no roteiro original, apesar da liberdade

concedida pela equipe. “O texto é muito bom. Às vezes, a gente troca um detalhe ou outro para ficar melhor no jogo de cena. Acho tudo tão bacana que o que eu mexo acaba caindo com a qualidade”, brinca, aos risos.

A Record decidiu agir com rapidez na substituição de Dado Dolabella em “Vitória”. Rodrigo Phavanello foi o escolhido para assumir o posto de protagonista e formar o triângulo amoroso com Thaís Melchior e Bruno Ferrari, que vivem Diana e Arthur.

Aos poucos

Após uma breve temporada na Record, Samara Felipo está de volta à Globo. A atriz fará uma participação no episódio desta

« NOVELAS »

Luíza dá um porta-retrato de presente para Helena, que fica radiante

Prefeito das Antas afirma a Giácomo que não libertará Serelepe do orfanato

Malhação Globo 17:30 Ronaldo pede que Ben reconsidere sua ida para os Estados Unidos, e Sofia comemora a decisão do namorado. Hernandez repreende as atitudes de Cícera. Flaviana questiona os sentimentos de Sofia, que admite amar Sidney.

Fernanda fica impressionada com Sérgio, o novo cliente do escritório. Heloísa decide contratar um helicóptero para invadir a Comunidade. Paulinha ouve Lili obrigar David a entregar a ela todas as pesquisas e arquivos sobre a máquina da felicidade e conta para Tereza. Messias alerta LC sobre a aproximação de um helicóptero.

Meu Pedacinho de Chão Globo 18:00 Rodapé coloca a carta de Zelão na mesa da professora Juliana. O prefeito das Antas afirma a Giácomo que não liberará Serelepe do orfanato. Juliana encontra a carta de Zelão e fica aflita para descobrir quem a escreveu. Juliana fala para Ferdinando que Gina gosta dele e o expulsa da escola.

Chiquititas SBT, 20:30 Na Amazônia, Junior conversa com o único sobrevivente do acidente de helicóptero do Miguel, o piloto. O homem que estava com Gabriela no carro entra correndo na fazenda e avisa José Ricardo que ela fugiu. Na mata, um casal encontra Gabriela desmaiada e tenta ajudá-la.

Além do Horizonte Globo 19:00 André avisa a todos sobre a perda do dossiê. Celina e o povo de Tapiré expulsam Edu e seus capangas da cidade. Lili consegue fazer com que Vitória desperte do efeito da máquina. Inês pede para casar com Jorge em Tapiré. Marlon questiona Celina sobre seus sentimentos por William.

Em Família Globo 21:00 Luiza dá um porta-retrato de presente para Helena, que fica radiante. Em Goiânia, Laerte e Verônica se animam com uma aparente melhora na saúde de Selma. Virgílio busca Ivan na escola. Matias incentiva Alice em sua busca pelo pai, mas pede que ela tome cuidado.

Conexão Itália em O Caçador Globo, 23h13 Uma boate de strip-tease em Copacabana marca o início das investigações do segundo caso de André (Cauã Reymond) como caçador de recompensas no episódio de ‘O Caçador’ . Desta vez, André e Lopes (Aílton Graça) irão em busca de um assassino que matou uma menina de quatorze anos. O plano do casal de italianos que os contrata é encontrar o criminoso e chamar a imprensa para botar a boca no trombone. Tudo que a dupla de investigadores precisa fazer é localizar o suposto culpado.

Áries 21/03 a 20/04 Um lindo triângulo celeste está formado hoje, ativando seu sentido espiritual ou filosófico. Ótimo para se conectar com as boas vibrações que correm por aí, capazes de criar um mundo mais justo e bonito. Soluções para pendências familiares, imóveis e patrimônios.

Som do Vinil conversa com Marisa Monte Canal Brasil, 21h30 Charles Gavin, ex-baterista do Titãs, revela os bastidores de álbuns que se tornaram clássicos da música popular brasileira. Este ano, a atração foi toda gravada em HD e ganhou produção da Samba Filmes, com direção de Gabriela Gastal, Darcy Burger e do próprio anfitrião. Neste episódio, o disco “Verde, Anil, Amarelo, Cor de Rosa e Carvão” é o terceiro álbum da carreira de Marisa Monte e está na lista dos 100 melhores discos de MPB, contendo faixas como “Dança da Solidão”.

Touro 21/04 a 20/05 Vênus e Saturno em ótimo ângulo denotam segurança ao tomar decisão financeira, amorosa e na vida prática. Todas as ações que visam a estabilidade a longo prazo estão hoje protegidas. Um passo importante na vida amorosa ou societária pode ser dado, finalmente.

Triângulo de astros em signos emotivos e sensíveis desperta seu senso artístico, generosidade e inspiração na carreira. Você acertará seguindo sua bússola interna. Notícias do chefe despertam sonhos. Evite confrontos com filhos e amigos. Noite ótima para dançar e ver amigos.

Câncer 21/06 a 21/07 Tudo bem para você no campo amoroso, social e financeiro. Há fertilidade e boas notícias! Filhos e criatividade em momento destacado, dando sentido e conteúdo a suas decisões. Marte e Urano ainda em guerra sinalizam instabilidades familiares e com o chefe.

Adriana Birolli alongou os cabelos para viver a personagem de Lilia Cabral, Maria Marta, na primeira fase de “Falso Brilhante”. Nesta sexta, a atriz embarca para a Suiça onde gravará suas primeiras sequências ao lado de Chay Suede, que interpretará o papel de Alexandre Nero, José Alfredo, mais jovem. “É uma honra ser a Lilia mais nova na tevê. Já fui filha, já fui nora e agora serei a própria”, brinca.

Sabrina Sato de casa nova: “Na emissora, eles me escutam e confiam nas minhas ideias” Agora, sou dona da minha vida, sabe? Isso é muito legal”, disse ao jornal O Estado de S.Paulo. Preparo Além do desafio de mostrar que é capaz de comandar uma atração sozinha, Sabrina ficará duas horas e meia no ar. Apesar de competir com o Jornal Nacional e a novela das 9, ela não teme a batalha no ibope. “Não tem a ver uma coisa com a outra. O meu é um programa de auditório, o único nesse horário.” A apresentadora havia sido recrutada pela Record para, a princípio, comandar a faixa dos domingos das 11 h às 15 h, hoje ocupada pelo Domingo Show, de Geraldo Luís. “Acho difícil começar em um dia competitivo como o domingo. Além de um público novo, precisaria ter conteúdo”, alega. No Programa da Sabrina, ela receberá cantores no palco e estará à frente do Meu Marido é o Cara, uma competição entre casais pelo prêmio de R$ 5 mil. No formato, criado pela Fremantle - mesma produtora do Ídolos, mulheres terão de testar as habilidades de seus maridos em diferentes provas. Como o espaço na sede da emissora, na Barra Funda, é pequeno, o quadro é gravado em um estúdio de 1 mil² em

« DESTAQUES DE HOJE »

Gêmeos 21/05 a 20/06

Foi mal

Vida passada

REPRODUÇÃO

Sem as curvas à mostra, como de costume, Sabrina Sato anunciou a estreia de seu novo programa, marcada para este sábado, 26, às 20h30, na Record, em um figurino comportado, como denuncia a foto que ilustra esta reportagem. A apresentadora, porém, conta que a ida para a emissora do bispo Edir Macedo não a deixou apreensiva com possíveis censuras e avisa que não vai haver interferência em seu jeito. Tampouco nas saias curtas. “A gente, que está no meio, sabe que não há interferência no lado artístico. Talvez o público pense assim. Eles deixam a gente livre. Se me procuraram, me conhecem. É o pacote todo. Sou brincalhona, mas sou família. Não sou porra-louca”, justifica ela, que levou para sua equipe o roteirista chamado Pastor, com quem trabalhou no Pânico, na RedeTV! e na Band. A paulista de 33 anos foi recebida pela alta cúpula do canal para debater as ideias do Programa da Sabrina. “É a primeira vez que me tratam como adulta. Eles escutam, querem saber o que você pensa, confiam no que quero e sinto”, descreve. Ela, entretanto, evita dizer que não tinha o mesmo tratamento no emprego anterior, em que criou desafetos ao assinar o contrato com a Record. “Eu era ouvida no Pânico, mas é diferente. A gente não tinha acesso à direção artística”, minimiza. Sabrina afirma não ter brigado com ninguém do humorístico da Band. “Ninguém cortou relações. Tenho carinho grande pela maioria. Eu não fiz nada de errado, estava na hora (de sair). Eu não podia ficar acomodada, tinha de buscar meu caminho, realizar meus sonhos. Eu sinto saudade dos amigos, do Emílio (Surita, líder do grupo). Depois tudo se resolve.” Para ela, estar à frente do próprio projeto tem relação direta com o dia a dia. “Trabalhar em grupo é bacana, mas eu me anulava Deixei de fazer coisas da minha vida pessoal por causa do Pânico. É bom ter um tempo para você. Hoje, posso casar, ter filhos.

REPRODUÇÃO

REPRODUÇÃO

«HORÓSCOPO • BÁRBARA ABRAMO »

Lidar com o público adolescente é uma tarefa conhecida para Arthur Aguiar. Após protagonizar a novela ‘’Rebelde”, da Record, o ator volta ao posto na próxima temporada de ‘’Malhação”, da Globo.

Para Elisa Volpatto, que interpreta a Carolina do seriado “Doce de Mãe”. A atriz novata não deixa nada a desejar para o elenco veterano, rendendo boas sequências. Alem disso, em período de extrema repetição de atores, é um alívio assistir a novos rostos na tevê.

A diminuição do espaço na trama dos personagens Vera e Ronaldo, interpretados por Isabela Garcia e Tuca Andrada em “Malhação”. A dupla, que mostrou bom entrosamento no início da temporada, merecia ser melhor aproveitada por Ana Maria e Patrícia Moretzsohn.

★★★ Nesta sexta, Daniel Bork ensina a fazer um gratinado de carne seca no “Dia Dia”, da Band. ★★★ Hoje, a Globo exibe o filme “A Família da Noiva”, na ‘’Sessão da Tarde”.

Após dez anos no ‘Pânico’, Sabrina Sato estreia programa solo na Record João Fernando

ESTEVAM AVELLAR

Treino pesado

Foi bem

« PROGRAME-SE» TV GLOBO

ALEX CARVALHO

sexta de “O Caçador’’. Na história, ela dará vida a Paulinha Tsunami, uma ‘’stripper’’ virtual que pode ter pistas que levem o protagonista André, papel de Cauã Reymond, às repostas que tanto procura para provar sua inocência.

Sexta dos homens na cozinha Fox life, 22h30 No episódio de Homens Gourmet “Delícia de Vizinha”, os chefs pintaram e bordaram na cozinha. E a vizinha misteriosa, sempre ela, pode provar as delícias que saíram dessas oito mãos. Neste episódio, finalmente o mistério será desvendado. E o telespectador também vai aprender quatro receitas: Carlos Bertolazzi prepara um ‘Arancini’, Dalton Rangel vem com um drinque gostoso, o ‘Pisco Sour’. Já o João Alcântara inova com ‘Cogumelos em Sanduba’. e o Guga Rocha arrebata o coração da vizinha com um ‘Frango Camisa 10’.

Paulínia, que reproduz o cenário de São Paulo. Na estreia, será exibida uma entrevista com o humorista Tom Cavalcante, gravada em Los Angeles. Entre os quadros externos, está o Sabrina Esteve Aqui, em que ela visita um estabelecimento de pequeno porte, como um salão de beleza ou açougue, e grava um comercial de 30 segundos para aumentar o movimento no local. Apesar da publicidade gratuita para anônimos, Sabrina fatura bastante com 20 marcas às quais empresta a cara para anúncios. Dessas, dez são de produtos licenciados, como bolsas, calçados e maquiagem. Mesmo tendo construído a carreira em emissoras menores, ultrapassou o status de protagonista de novela para a publicidade e pode receber um cachê de cerca de R$ 800 mil para atrelar seu rosto a um produto. “Tudo o que aconteceu foi espontâneo. A gente nunca programou nada, não fez planejamento. Não tenho um segredo para isso. Mas não tenho resposta, estou tentando enrolar você, não sei explicar. Eu faço (anúncios) o que eu acredito, de produtos que uso. No agenciamento, interfiro em tudo, sou palpiteira”, conta ela, que delega os negócios para os irmãos, Karin e Karina. Além de ser figura fácil nos intervalos, Sabrina Sato é vista com frequência em sites e revistas de celebridades. Ela é conhecida por não criar obstáculos ao falar sobre a vida íntima. “Tenho amigos cujos empresários e assessores de imprensa pedem para eles não fazerem tal coisa ou não atenderem tal pessoa. Se você ficar ouvindo todo mundo, esquece como você é. Ouvir a opinião dos outros é bacana, mas só você é quem sabe o que é bom para você. Minha irmã confia em mim, eu dou entrevista sozinha “ Nem o namoro com João Vicente de Castro, um dos integrantes do Porta dos Fundos, a apresentadora faz questão de esconder. “Um dia, eu estava deitada com ele e uma jornalista mandou uma mensagem, perguntando se a gente tinha terminado porque não via mais fotos nossas na internet. Aí, tirei uma foto dele, que estava na minha frente, e mandei”, revela.

cinthialopes@tribunadonorte.com.br REPRODUÇÃO

Maratona Amores Expressos Arte 1, 19h São 16 escritores brasileiros, vivendo em 16 cidades espalhadas pelo mundo, com a missão de escrever um romance. O documentário é sobre a experiência literária e de vida de cada um deles. Vale lembrar que posteriormente, cada uma dessas histórias foi transformada em livro, editado pela Cia das Letras. Hoje será exibido dois episódios em sequência. O primeiro é “Amores Expressos - Daniel Pellizzari em Dublin”, dirigido por Tadeu Jungle e Estela Renner. O segundo episódio é”Chico Mattoso em Havana”.

GLOBONEWS

‘Sarau’ homenageia Dorival Caymmi GloboNews, 23h30 Para comemorar a vida e a carreira do compositor, no ano em que se comemora seu centenário, Chico Pinheiro convida três artistas que tiveram uma ligação íntima como o velho baiano: o filho Danilo Caymmi, Milton Nascimento e Paulo Jobim. Na conversa emocionada e alegre, os três amigos lembram histórias inesquecíveis. O mineiro Milton conta que, ao chegar ao Rio de Janeiro, foi praticamente adotado pelos Caymmi. “Eu adorava aquela família, cheguei a ser babá dos netos do Dorival”, conta ele.

Vênus e Saturno consolidam decisões de contenção na economia. Leão 22/07 a 22/08 Marte, Urano e Plutão ainda em guerra no céu anunciam mais um dia de confronto entre rebeldes de cabeça quente, mimados equivocados, poderosos tacanhos e mesquinhos e o pessoal que se acha o máximo. Ótimo exercício para ficar de fora, observando e aprendendo...

Virgem 23/08 a 22/09 Estudos profundos e persistência na busca de conhecimento são os bônus astrais de hoje para você. Além de ótima visão de conjunto, há audiência para suas ideias e propostas. Negociações com sócios e clientes prosperam mais do que esperava. Amor em alta.

Libra 23/09 a 22/10 Tensão astral se mantém, permaneça controlando a impaciência. Se você for menos impulsivo, a chance de tomar decisão errada e comprar brigas feias diminui. Sua saúde talvez reflita a tensão pela qual passa; medite, relaxe, canalize nas artes e na música.

Escorpião 23/10 21/11 Um dos dias mais bacanas do mês para o amor, a relação com filhos, ótima criatividade e chance de vitórias em concursos e competições! É a soma da experiência com a sensibilidade, da cautela com a generosidade, da empatia com a responsabilidade.

Sagitário 22/11 a 21/12 Reuniões sociais animadas e produtivas, talvez você tenha uma missão importante em uma delas. Como divulgador de ideias justas! No âmbito familiar, conforto e proteção que chegam em boa hora. Respaldo emocional, presentes e boas novidades de trabalho.

Capricórnio 22/12 a 20/01 Tempo quente no âmbito astral, contradições que parecem insolúveis, tensão batendo no teto? Desista de controlar todas as variáveis, respire fundo e mergulhe fundo nas águas de Peixes, que fornecem inspiração e intuição a você hoje. Um papo legal lavará sua alma.

Aquário 21/01 a 19/02 Uma boa vibração para as finanças continua firme a seu favor e a favor também de seus talentos e projetos, mas é importante que você proponha hoje, para quem pode alavancar seus sonhos, planos possíveis. Boas descobertas, sínteses e soluções para problemas intrincados.

Peixes 20/02 a 20/03 Lua e Vênus em seu signo favorecem a sensibilidade e o encanto pessoal, e o acordo astral com Saturno traz decisões firmes, pautadas pelas necessidades emocionais mais profundas. No plano pessoal também é bom dia para revitalizar a aparência e a saúde.


Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

viver CEDIDA

DAVID TAVARES

3

ELIAS MEDEIROS

Brindando idade nova e 38 anos de jornalismo, o sempre querido Toinho Silveira celebra, hoje, com a festa “Buddha Bar Dubai” no Versailles Recepções/Cidade Jardim. O evento está marcado para ter início a partir das 22h. A ambientação será assinada por Clodualdo Bahia.

Dragão Fashion

Dançando A Prefeitura do Natal promove desde ontem, 24, a Semana Internacional da Dança. O encontro que segue até dia 30 de abril, tem vasta programação em diversos pontos da cidade elaborada pelos professores Dimas Carlos e Anselmo Pamplona, além de aulas, espetáculos e oficinas e o ineditismo de diversos países participantes, como Alemanha, Espanha, Bélgica, Costa Rica, Colômbia, Bolívia, México, França, entre outros. Informações no 84.8819-8284

Feira da Alimentação

georgeazevedo@tribunadonorte.com.br

Teve início anteontem, 23, em Fortaleza, no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, a edição 2014 do Dragão Fashion Brasil que celebra 15 anos de atividades. A programação do festival de moda que segue até o domingo, 27, traz desfiles, palestras, oficinas, workshops e talks shows abertos ao público. O tema deste ano é “A moda move o mundo”. O line-up dos 41 desfiles reúne grandes nomes e apostas. Vale!

O serviço de nutrição da Escola Lápis de Cor Bilíngue promove logo mais, na quadra da instituição, a XI edição da Feira da Alimentação. Por lá, serão expostos trabalhos dos alunos da educação infantil abordando a alimentação de forma interdisciplinar. Além da exposição o evento terá o espaço de Ipad, com jogos interativos sobre alimentos, o espaço de leitura e de jogos.

O Mister Brasil,Bruno Mooneyhan foi prestigiar o lançamento de Nathi Faria e Mariana Araújo na Rio Center

Priscilla Freire, Diego Negrellos, Simone Silva e Mari Avelino no Natal Shopping Fashion Days

Desembarcando

White Party

Uma das maiores redes de lojas de decoração e presentes do Brasil, a Imaginarium realiza hoje a sessão corta-fitas da sua primeira loja na terra de Santa Luzia. A novidade instalada no West Shopping Mossoró abre as portas trazendo promoções e lançamentos para agradar a todos, especialmente aqueles clientes que adoram presentes especiais. Tudo tem início a partir das 10h.

Os mossoroenses festeiros de plantão já estão com o seu look branco definido para curtir a White Party Edition Mossoró que tem início às 23h, no Tenda Music. A fervança está garantida com o Dj Juninho comandando os hits eletrônicos. A noite terá também a banda Forró dos 3 e o cantor paulista Thiago Farra. O passaporte antecipado está à venda no Restaurante Tenda.

A Miss Natal, Isabela Cecchi enchendo de beleza a passarela do Natal Shopping

Tatto Sob a batuta da Skin Art Gallery (SAG) e com a participação do tatuador David Pantera tem início hoje e segue até o domingo, 27, a 4ª Art Gallery Tatto, no Hotel VillaOeste. O evento se caracteriza como uma galeria de arte, loja e estúdio de tatuagem e piercing. Informações de como participar através do 84.8897-4993.

Empreendendo As irmãs Karen e Carol Praxedes anunciaram ontem, 24, uma “super” novidade. As duas estão assumindo o comando da loja Tia Carol localizada na av. Diocesana, Nova Betânia – em Mossoró, vizinho ao restaurante 5ª Avenida. No sábado, 27, as irmãs viajam para São Paulo, onde participaram das duas maiores feiras do setor infanto-juvenil, onde farão pedidos de novas marcas e novas coleções, além de participarem de cursos e palestras do setor. A reinauguração? Ao que tudo indica será no dia 5 de Maio. Vamos aguardar!

Teste seu português TEREZINHA BELOTE CHAMAN

“As difíceis batalhas estão reservadas somente àqueles que têm uma coragem exemplar”.

V

ocê é uma pessoa que fala demais? Sente-se inoportuna em algumas ocasiões? Se não, conhece alguém que tenha esse perfil? Quero desculpar-me antecipadamente, não tenho a intenção de chamar a atenção de quem quer que seja. Mas não posso deixar de plantar uma semente, passar uma ideia, enfim uma mensagem positiva. Boa leitura.

Carroça vazia Certa manhã, meu pai convidoume a dar um passeio no bosque e eu aceitei com prazer. Paramos numa clareira e depois de um pequeno silêncio, perguntou-me: - Além do cantar dos pássaros, você está ouvindo mais alguma coisa? Apurei os ouvidos alguns segundos e respondi: - Estou ouvindo um barulho de carroça. - Isso mesmo - disse meu pai - É uma carroça vazia... Então perguntei ao meu pai: - Como pode saber que a carroça está vazia, se ainda não a vimos? - Ora! - respondeu ele - É muito fácil saberquandoumacarroçaestávazia,por causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça, maior é o barulho que ela faz. Tornei-me adulto e, até hoje, quando vejo uma pessoa falando demais, inoportuna, interrompendo a conversa de todo mundo, tenho a impressão

ELIAS MEDEIROS

Festão!

George Azevedo

Toinho Silveira celebra idade nova com muita festa no Versailles

» RAIO X » eee MAo som de Salsalada e Balada Sertaneja com o Especial Reginaldo Rossi o Sélect Nouveau prepara para logo mais a festa “Noite da Tequila”. E olha só, a tequila é free para as 50 primeiras mulheres. O agito começa a partir das 23h. eeeUma boa pedida é a “prévia” de hoje no espaço Happy Hour do Tenda Restaurante com o grupo Samba Nobre, a partir das 21h. eeeElizabeth Freitas é atração do Planeta Água, hoje, às 20h no Hotel Thermas. eeeEm parceria com o Circuito Potiguar do Livro, o West Shopping Mossoró, realizará hoje um evento gratuito com o escritor Pedro Gabriel, autor do livro “Eu me chamo Antônio”. Será às 19h, na loja 01 entre a Renner e a Le Biscuit. eeeA banda Forró do Bom e o cantor Valber Fernandes sobem logo mais a partir das 21h, no palco do Pepper’s Hall e prometem não deixar ninguém parado. Se joga! eeeParabéns para o cantor Everton Linhares, tio Zairo Mariano de Azevedo, Zélito Júnior, Afrânio Oliveira, Grécia Regina Rebouças, Charles Segundo e Ana Patrícia Targino que estão aniversariando, hoje. eeeO estilista Júlio César Veríssimo aniversaria, hoje, e transfere as comemorações para amanhã, 26, com um jantar entre amigos.

QQCoisa

DÁCIO GALVÃO [ daciogalvao@globo.com ]

de ouvir a voz do meu pai dizendo: - Quanto mais vazia a carroça, mais barulho ela faz.

Teste o seu Português: 01 – Gosto de comer bem _______. Isso ajuda a nossa ________. a ( ) devagarinho – digestão; b ( ) devagarzinho – dijestão. Devagarinho – devagarzinho (as duas formas têm o mesmo valor = advérbio de modo = sem pressa). 02 – Aquele pobre ____________ vive de esmolas. Coitado! a ( ) disgrassado; b ( ) disgraçado; c ( ) desgraçado; d ( ) desgrassado. 03 – Sr. Manuel estava prestando um _____________ ao ________ aquela barra de gelo. a ( ) descervisso – dececar; b ( ) descerviço – descecar; c ( ) desservisso – discecar; d ( ) desserviço – dessecar. 04 – No campo, o jogador ficou _____________ com a beleza da jornalista. a ( ) extaziado; b ( ) extasiado; c ( ) estaziado; d ( ) estasiado. 05 –O “chef” costuma ____________ detalhes de suas receitas. a ( ) enfatizar; b ( ) enfatisar;

c ( ) infatizar; d ( ) infatisar. 06 – Aquele belo manequim passou ____________ um leve sorriso. a ( ) esbossando; b ( ) exboçamdo; c ( ) esbosando; d ( ) esboçando. 07 – Não costumo me __________ nas refeições. a ( ) exseder; b ( ) eceder; c ( ) exceder; d ( ) esseder; e ( ) esceder. 08 – ____________ Vinícius de Moraes: que me perdoem as feias, mas beleza é ___________. a ( ) Para-fraseando – exencial; b ( ) Para fraseando – exsencial; c ( ) Parafrazeando – esencial; d ( ) Parafraseando – essencial. 09 – Era tanta chuva, que virou uma ___________. a ( ) enchurrada; b ( ) enxurrada; c ( ) inchurrada; d ( ) inxurrada. 10 – Em qualquer receita que se faça, é ______________ colocar uma pitada de carinho. a ( ) imprescindível; b ( ) impressindível; c ( ) imprecindível; d ( ) impresindível.

Respostas do Teste o seu Português nº. 333 Resp 4.: b – No campo, o jogador ficou Resp 3.: d - Sr. Manuel estava prestando um desserviço ao dessecar aquela barra de gelo. Desserviço (= serviço desnecessário). Dessecar (= enxugar). Resp 2.: c - Aquele pobre desgraçado vive de esmolas. Coitado! Desgraçado (= infeliz, desprovido de sorte, desventurado). Resp 1.: a - Gosto de comer bem devagarinho. Isso ajuda a nossa digestão.

Resp 7.: c - Não costumo me exceder nas refeições. Exceder (= ultrapassar... os limites, ir além). Resp 6.: d - Aquele belo manequim passou esboçando um leve sorriso. Esboçar (= delinear). Resp 5.: a – O “chef” costuma enfatizar detalhes de suas receitas. Enfatizar (= realçar, destacar, salientar). extasiado com a beleza da jornalista. Extasiado (= encantando, assombrado, pasmado).

Resp 9.: b - Era tanta chuva, que virou uma enxurrada. Enxurrada (= grande quantidade). Resp 10.: a - Em qualquer receita que se faça, é imprescindível colocar uma pitada de carinho. Imprescindível (= necessário, indispensável). Resp 8.: d - Parafraseando Vinícius de Moraes: que me perdoem as feias, mas beleza é essencial. Parafrasear (= reproduzir um texto com outras palavras). Essencial (= fundamental, indispensável).

Professora de Língua Portuguesa,com especialização em Lingüística de Texto.Mestre em Comunicação pela Unesp de Bauru e doutoranda em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, jornalista e produtora do quadro "Teste o seu Português",Programa Mestre-Cuca - da CNT.Colunista semanal dos jornais Diário do Grande ABC (SP) e Jornal de Araraquara (SP).

Kakemono: uma poesia japonesa? Para ver-te, meu lírio já

Publicado no Jornal do Comércio de Recife em 13 de setembro de 1925 o poema Kakemono de Câmara Cascudo é singular pela excentricidade do tema. Fora dedicado ao editor do periódico o pernambucano Joaquim Inojosa. Ei-lo: Deixa meu fino lírio japonês / Que o vento ulule fora da vidraça. / Tens o corpo sonoro de uma taça / E o teu quimono / Que envolve tua sinta esguia e fina / Dá-te um ar de princesa de neblina / Num castelo de outono... / Bem vês / Que o vento ulula fora da vidraça / E a chuva passa / Para ver-te, meu lírio japonês... As palavras “kakemono”, “quimono”, “lírio japonês” fazem alusão direta à cultura nipônica que nos anos de 1920 tinha quase nenhuma reverberação na cultura brasileira e em especificidade na produção literária potiguar. Nos textos dos modernistas brasileiros em prosa ou em verso, mesmo considerando a expressão de formas de haicais tradicionais trazidos já desde o início do século XX pela presença de imigrantes japoneses no Brasil, demanda que indicasse ressonância direta ou de relativa influência. Em 1919, o ensaísta e crítico literário baiano Afrânio Peixoto (1875-1947) publicou o livro Trovas Populares Brasileiras, onde juntava produção de trovas em quadras à técnica lírica de tercetos em haicais. A poesia contida em Pau Brasil, o livro de Oswald de Andrade, de 1925, trazia a síntese da poética condensada de coloração coloquial remetendo ao “haikai japonês, na sua concisão lapidar”. Esse acento está contido no prefácio escrito por Paulo Prado (18691943) para aquele livro. Conjecturas à parte, é possível que a tendência orientalizante tenha

advindo da isolada decisão do autor de elaborar um poema com alteridade relativa aos parâmetros estéticos da modernidade sustentada no brasileirismo e no diálogo com as formas de vanguarda em voga na Europa. Neste caso, percebe-se uma mistura, no âmbito da moeda corrente do modernismo, da estrutura construtiva do verso livre com resquícios e lampejos da poética do parnaso que se apresenta no caminho construtor Câmara Cascudo. O parnasianismo havia se apropriado de temas orientais, no decassílabo e em verso alexandrino. É possível observar em “Kakemono” variações nos versos livres em dez, doze e onze sílabas. Nesse caso, Cascudo não sofreria uma influência direta de fórmulas de haicais japoneses tradicionais ou mesmo as que extrapolassem o rigor nipônico. É sabido que, até a primeira metade dos anos de 1920, Câmara Cascudo transitara em Recife, Salvador, Rio de Janeiro e São Paulo e nessas estadias mantinha contatos com escritores atuantes no movimento literário em curso, trocando idéias e informações de interesses intelectuais. Por força do fluxo migratório, São Paulo é dessas cidades a que podia oferecer mais fragmentos para a composição. A relação com o artefato poético japonês pode ser, portanto, remetida a outra ordem de interesse composicional. O título exótico, a exemplo dos poemas parnasianos “Vaso Grego” e “Vaso Chinês”, de Alberto de Oliveira, indicia a pintura, o desenho ou o ideograma de uma mulher sedutora de cintura afinada e de beleza oriental, comparada a uma planta esbelta, flor de aroma inconfundível e forma exótica que é “lírio japo-

nês”. A relação extrapola para outro campo de modelação sintetizada numa taça de material indefinido, tudo fazendo supor que a estrutura seja um suporte em suspensão, dependurado. Caquemono é uma “peça decorativa japonesa (pintura ou caligrafia ideogramática em seda ou papel) estreita e comprida, geralmente presa em rolo de madeira e suspensa verticalmente. De etimologia japonesa kakemono, “coisa suspensa”. Note-se que, na titulação, o poeta não abriu mão da grafia do étimo japonês. A motivação do poema cascudiano pode ter surgido, por outro lado, de uma aproximação com a forma poemática japonesa a partir do interesse de poetas da América Latina pelas formas de escritas orientais. Em artigo publicado em 1924, sobre o argentino Ricardo Gutierrez, Câmara Cascudo exalta o domínio do verso livre e indica, entre as influências do poeta, o “fabuloso japonês Hito Maro” (Kakinomoto no Hitomaro, autor de tanka – gênero poético clássico japonês, caracterizado por poemas curtos). É possível que tenha lido o poema “Kakemono” (1892), do cubano Julián del Casal (18631893), uma vez que, se era leitor de Rubén Darío(1867-1916), provavelmente leu “Para uma cubana” e “Para La misma”. Dois poemas que o poeta nicaraguense escreveu inspirado na fotografia da María Cay, que já inspirara antes o “Kakemono” de Julián Del Casal. Existem, inclusive, “curiosidades” em torno da gênese dos poemas referidos.Os poemas de Casal e Cascudo apresentam relações coincidentes além da titulação. O erotismo, o orientalismo, o quimono e a figura de mulher se apresentam também no canto sensual do simbolista da ilha.


4

viver

Natal • Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

BLOGJOTAOLIVEIRA

Parabéns! Abraços com vivas de parabéns para os aniversariantes: Beto Madruga, Wellington Paim Filho, Marcos Lopes, Iven Bezerra, jornalista Flávia Freire, Castelo Casado e Gentil Ferreira de Souza.

No batente Depois de andanças pelo Velho Mundo com pit stop no Salão Internacional do Móvel, em Milão, a família Artkasa Flávio/Sovania, filhos, genro e netos, está de volta às atividades. Também no roteiro do grupo, passeios por regiões da Itália e França, onde Sovânia abasteceu o seu blog viajandocomsovania.com.br de muitas dicas e novas.

No forno Ao que tudo indica o novo álbum de Madonna será lançado logo, logo. Durante o último final de semana, membros da equipe divulgaram nas redes sociais que já ouviram o novo CD da cantora. Leia no Sounds do blog.

Retratação Daniel Sturla, arcebispo de Montevidéu, se desculpou, em nome da Igreja Católica, com os LGBTs do Uruguai. O pedido foi feito pelos crimes homofóbicos realizados pela Igreja no passado.

jotaoliveira@tribunadonorte.com.br

Nos salões natalenses Luciano/Beta e Marino Eugênio Almeida

Jota Oliveira

BLOGJOTAOLIVEIRA

Em noite de chuva de arroz: Cleto Barreto/ Tania Salustino, Sérgio Freire/Jussara

BLOGJOTAOLIVEIRA

No Olimpo, a elegância de Mildred Dore, Silvana Gadelha e Tazia Varela BOBFLASH

Celebrando

Ação

És escravo? Então não podes ser amigo. És tirano? Então não podes ter amigos”

É hoje que o coleguinha Toinho Silveira reúne seletos convidados para brindar sua idade nova e 38 anos de colunismo. A festa, que tem produção assinada por Clodualdo Bahia e pede traje Passeio Completo, será inspirada no Budha Bar Dubai, tendo como cenário o Versailles Recepções, às 22h.

FRIEDRICH NIETZSCHE

Autógrafos

Parceria Intert TV e Sebrae, próxima segunda, das 19h às 21h, acontece o “O Gol é seu”. O evento, que será realizado no Teatro Riachuelo, contará com show de Isaque Galvão e mediação de Jussier Ramalho, jornaleiro que se tornou um dos palestrantes mais requisitados do Brasil, com participação também de outros cases de sucesso. A entrada é franca e os ingressos podem ser retirados na bilheteria do evento.

Em festa O Midway Mall completa nove anos no próximo domingo, dia 27. Para brindar a data, o shopping continua com sua promoção de aniversário, que vai sortear 03 carros importados 0 km entre os clientes. Detalhes no blog.

Do bem A Born Free, campanha criada em 2003 com a meta de acabar com a AIDS transmitida de mães para filhos até 31 de dezembro de 2015, ganha em 2014 o endosso de fashionistas de peso. Entenda no Fashion do nosso blog.

Logo mais às 18h, Lauro Bezerra pilota sessão autógrafos, com lançamento do seu livro “Sic Transit, Memórias...”. A Saraiva/Midway será palco da ocasião.

Vivas para o gente boa Castelo Casado em pose com a amada Adna Soares BLOGJOTAOLIVEIRA

Dança A Funcarte movimentando vários pontos da cidade com a semana Internacional da Dança. Até o dia 30, grupos da Alemanha, Espanha, Bélgica, França, entre outros, se apresentam na capital.

Bazar Desde ontem o GACC promove um Mega Bazar Solidário vendendo roupas com parte da renda revertida para a instituição. O evento acontecendo na sede de Petrópolis.

A descontração de José Neto e Renata Monteiro em noite festiva

Se ligue! No nosso blog, leia mais sobre: Série Will & Grace pode ter episódio especial em breve. > iPhone 6 de 5,5 polegadas pode sair só em 2015. > Natura decepciona nos resultados e lidera perdas na Bovespa. > Pelé e Cristiano Ronaldo rivalizam em comercial da Emirates. > Conheça o Kingdom Tower, o novo prédio mais alto do mundo. > Arcoíris: Jodie Foster se casa com atriz de The L World.

Memórias de uma vida dedicada ao saber « LANÇAMENTO » Com sessão de autógrafos

hoje na Saraiva, médico, professor e jornalista Lauro Bezerra apresenta “Sic Transit...Memórias”

O

médico, professor e jornalista Lauro Bezerra, do alto de seus 80 anos, tem muitas histórias para contar e faz questão de compartilha-las no livro “Sic Transit... Memórias”. Autor de outros títulos sobre assuntos diversos como medicina, nutrição e política, desta vez Lauro se volta para relembrar detalhes de sua própria história. “Sic Transit...” (R$ 30, 218 páginas), editado pela Caravela Selo Cultural, será lançado nesta sexta-feira, às 18h, na livraria Saraiva do Midway Mall. Com prefácio e apresentação assinadas, respectivamente, pelos amigos Manoel de Britto e Álvaro Barreto, a obra faz um passeio desde a primeira infância do autor nascido em Santa Cruz, atravessa os tempos do seminário e da faculdade cursada no Recife, fala do período quando exerceu um mandato como deputado Estadual no início dos anos 1990 até chegar aos dias atuais. Para ilustrar essa trajetória, Lauro, que conta histórias pessoais sem descartar a própria história de Santa Cruz, Natal, Recife e de todo o RN, ainda apresenta álbum de fotos nas páginas finais. Filho do meio do comerciante José Bianor Bezerra e dona Hermila, o autor sempre soube que jamais teria a mesma vocação empresarial do pai. Entre-

REPRODUÇÃO

Memorabilia do autor estão nas fotos e nas histórias das cidades onde viveu

tanto, herdou a vocação política inerente à família: sobrinho de Theodorico Bezerra (conhecido como ‘o último Coronel do Sertão’) e irmão dos políticos Aluísio (1926-1978) e Fernando Bezerra, chegou a ocupar uma cadeira na Assembleia Legislativa. A vida social e a história política do Rio Grande do Norte, nestes últimos 60 anos, estão presentes nas páginas escritas por Lauro. A veia de jornalista do autor é posta a prova logo no primeiro capítulo, onde transcre-

ve memórias do pai, João Bianor Bezerra, que ele encontrou guardadas em envelopes junto com documentos da família. Para deleite do leitor mais curioso, merece destaque a descrição de João Bianor sobre lembranças de quando a notícia da proclamação da República chegou à Santa Cruz: “Nos idos de 1889 a correspondência era recebida pelo Correio de 15 em 15 dias. Não havia entrega domiciliar. João da Silva, um homem bom, agropecuarista, foi buscar o jornal que recebia periodicamente. Volta para o mercado. Abre o jornal e, entusiasmado, sobe num tamborete e transmite a novidade, gritando: ‘Senhores, foi proclamada a República. Viva a República!’ O povo bate palmas”. Em seguida, inicia a ‘contação’ de sua própria história: foi aluno interno e seminarista do Colégio Marista; universitário na capital pernambucana; professor da UFRN; seu envolvimento com a política – trajetória que se confunde com a própria história do RN, sobretudo a partir dos anos 1940. Serviço Lançamento de livro “Sic Transit... Memórias” (R$ 30), de Lauro Bezerra. Hoje, às 18h, na livraria Saraiva do Midway Mall


+

Confira outras vibrações musicais: Alpha Blondy, Geraldo Azevedo, Simone e José Fernandez « PÁGINAS 8 A 10» ART/CAMILA CAHÚ

FIM DE SEMANA É UM SUPLEMENTO DA TRIBUNA DO NORTE. NÃO PODE SER VENDIDO SEPARADAMENTE.

Natal • Rio Grande do Norte • Sexta-feira • 25 de abril de 2014

O FINO DO BREGA

A praia da Costeira será cenário para festa que reúne os veteranos artistas da música popular romântica, José Orlando, Bartô Galeno, Carlos André e José Ribeiro. « PÁGINAS 6 E 7 »


2

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

Editora: Cinthia Lopes Repórter: Tádzio França. End: Av. Tavares de Lira, 101 - Ribeira. Fone: 4006-6113/6128/6117. E-mail: cadernoviver@tribunadonorte.com.br

MEU PROGRAMA LEGAL

Sons BRUNO ALEXANDRE RIBEIRO

de barzinho

ARQUIVO PESSOAL

Cantor

B

runo Alexandre curte botecos “roots”, pé no chão. Tem a ver com a música e a profissão boêmias que ele exerce na noite natalense, à frente das bandas Desventura, dedicada ao hits do Los Hermanos, e a Cafonaite, especialista em clássicos da música brega. A música não para por aí. Bruno também possui um show solo totalmente dedicado ao rei Roberto Carlos, e um projeto autoral intitulado “O Ultraleve”, que ele promete levantar vôo ainda esse ano com um EP com quatro faixas. Ele também é ex líder do já extinto Projeto Trinca. Quando não está na noite, o cantor tem seus vários lugares favoritos para petiscar, conversar, e também se inspirar para algumas canções. Veja: “Eu particularmente adoro um boteco. Mas boteco mesmo, boteco do bom, pé no chão, toque com areia, com sons populares, com gente falando alto. Sou alucinado por dois opostos. Adoro espetinhos (meus preferidos são os de língua, cupim e charque) e os melhores estão no Espetinho da Lena, em Pirangi, ou como costumo chamar Lena’s Pub. Adoro o sushi do Nemo e do Pinga Fogo, o caranguejo da Toca do Caranguejo, e a combina de cerveja e pastéis do Bar O Popular, mais conhecido como bar do Roberto Carlos. Outro lugar onde eu sou extremamente feliz é no meu jardim, com minhas velas, com meus poucos e bons amigos,

Eu particularmente adoro um boteco. Mas boteco mesmo, boteco do bom, pé no chão, toque com areia, com sons populares, com gente falando alto

ouvindo algum bom disco. Vou destacar alguns filmes que considero bons de ver num fim de semana preguiçoso. Tem o ‘Caché’, do Michael Haneke, que é sensacional e a Juliette Binoche mexe demais comigo nesse filme. Qualquer filme, qualquer mesmo, com Leonardo Di Caprio, acho que ele tem sangue nos olhos pra atuar, é bonito vêlo em cena. Sou alucinado e extremamente fã de Claudio Assis, ele faz minha alma chorar, então qualquer um dos três longas dele vale a pena ver. E claro, o clássico dos clássicos, ‘Laranja

Mecânica’. É perturbador. Literatura: vou indicar um livro que recebi de um grande amigo, que chamo carinhosamente de Kiko, ‘O encontro marcado’, de Fernando Sabino, que é um clássico da nossa literatura. Há também os não menos clássicos ‘On The Road’ e ‘Big Sur’, ambos de Jack Kerouac. O que sinto falta na capital potiguar são as possibilidades de divertimento e contato com expressões culturais. Faltam parques, faltam shows gratuitos, faltam oficinas de arte, faltam escolas de teatro, faltam exposições...”.

Este é um serviço gratuito, oferecido aos leitores da TRIBUNA DO NORTE com objetivo de orientá-los na hora de escolher sua opção de lazer, roteiro gastronômico ou programa cultural de fim de semana. As informações de serviço contidas no caderno foram fornecidas por donos de bares, produtores, donos de restaurantes e casas noturnas. É importante checar antecipadamente, pois não nos responsabilizamos pelas mudanças de horários e preços.


Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

3

GASTRONOMIA CEDIDA

Ceviche de Camarão

U

CEDIDA

CEDIDA

Salmão ao Molho de Laranja com Risoto Temperado

Praticidade gourmet

ma boa refeição saudável vai além de cálculos nutricionais, horários e receitas. Sabor também é fundamental. A Pronto Gourmet, aberta há três meses no Tirol, adicionou praticidade à fórmula. A empresa trabalha uma série vasta de alimentos congelados, já prontos, que podem ser saboreados em casa após o forno. De refeições completas a aperitivos, tudo é leve e saboroso. A proprietária Rafaela Queiroz Peixoto é nutricionista, já havia trabalhado com comida para hotéis, aviões, e elaboração de cardápios em domicílio. Percebeu que as pessoas queriam comer bem, mas nem sempre tinham tempo, paciência ou orientação. “Assim surgiu a ideia do Pronto Gourmet: comida saudável, com um toque refinado, e fácil de levar pra casa. Até por isso mesmo não quis abrir um restaurante”, explica. As embalagens são em papel cartão, prontas para o forno ou micro-ondas. Rafaela não quis trazer uma franquia de fora do Estado. “Preferi produzir tudo aqui mesmo, para trabalhar também a nossa cozinha, o que a gente gosta e está acostumado a comer”, diz. Ela fez cursos de personal diet e produção de

Risoto de Camarão com Aspargos

Comida elaborada,balanceada e pronta para o consumo é o que promete a Pronto Gourmet, criação da nutricionista Rafaela Queiroz Peixoto

MAGNUS NASCIMENTO

Rafaela Queiroz Peixoto leva sua experiência de grandes restaurantes para o ramo dos congelados

alimentos em São Paulo, e procurou equipamentos de ponta para congelamento. Pediu dicas, mas elaborou o cardápio sozinha. No menu há pratos à base de aves, carnes vermelhas, massas, regional, vegetariano e orgânico, sopas funcionais, sobremesa, aperitivos, e até uma linha detox. Variedade – com todas as calorias contadas na embalagem – é o forte do cardápio. Faz de car-

nes vermelhas terão isca de carne à moda indiana (gengibre e açafrão); carne assada com cebolas caramelizadas, cuscuz marroquino e legumes ao vapor; almôndegas recheadas com queijo minas ao molho sugo; fricassé de carne de sol com abobrinha; risoto de carne de sol com queijo coalho; feijoada light; pernil de cordeiro com arroz vermelho integral; paçoca integral, etc.

Aves: croquete de frango com massa de quinua; lasanha de frango com massa de grão de bico; filé de frango à parmegiana (sem glúten e lactose); risoto de frango ao curry; bobó de frango, e arrumadinho de frango com brócolis. Já a combinação de frutos do mar e massas abre o apetite de seguidores ou não de dietas. Tem filé de salmão ao molho de laranja; filé de peixe crocante com risoto de quinua; camarão com especiarias e tomate seco; camarão crocante com risoto de queijo brie e damascos; risoto de quinua com camarão e aspargos; vatapá de camarão e de peixe; moquecas de camarão ou peixe light; escondidinho de camarão e, recentemente, o bacalhau Santa Luiza. A linha vegetariana inclui estrogonofe de soja,

escondidinho (de queijo tofu), hambúrguer de quinua, feijoada e vatapá. Os aperitivos são novidades; há bolinhos de macaxeira com carne de sol, bacalhau, frango, e queijo tofu, além de kibes recheados de creme de cenoura. Massas: canelone integral vegano, risoto de quinua com aspargos, lasanha de frango parmegiana, canelone de creme de cenoura, etc. Entre as sobremesas, destaque para o brigadeiro de batata-doce e o brownie integral. Serviço: Pronto Gourmet. Av. Rodrigues Alves, 1276, Tirol. Aberto de segunda a sábados, das 9 às 20h. Delivery: 3346-5188.

Bacalhau à Santa Luzia

CEDIDA


4

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

EVENTOS DIVULGAÇÃO

SAGA

J

ogos eletrônicos, música, performance, palestras, concursos de fantasias, e danças conduzem a edição 2014 da Saga Entretenimento, sábado e domingo, no Centro de Convenções, Via Costeira. O Saga é um evento que tem a cultura pop nipônica como base, mas que atualmente demonstra uma proposta mais extensa, multicultural. Tudo em prol da diversão. O encontro reuniu mais de seis mil pessoas no ano passado. A programação acontece simultaneamente em palcos diferentes. A partir das 10h da manhã já tem movimento. No sábado, os destaques serão a sessão de fotos com Cauê Moura e Ricardo Cruz, que cantam temas de animes famosos como “Cavaleiros do Zodíaco”; o palco “League of Legends” com torneios de games; o palco “K-Pop” terá karaokê de pop japonês, e um palco de animes com workshop de canto com Luciano Sabino, às 16h. No domingo, o palco principal se movimenta com concurso de cosplay às 15h, e participações de Cauê Moura, Saigo Ni e Ricar-

‘Youtuber’ Cauê Moura apresenta seu “Desce a letra” no Saga

Cosplayers também participam de concursos e performances

A Saga da

do Cruz; no palco dos games, torneios com FIFA 2014, game quiz do Pokémon, Mario Kart Wii, e Super Street Fighter IV; na área de cosplay terá desfiles das 12 às 16h30; na área VIP, às 13h, terá encontro de Guilherme Damiani, Cauê Moura e Ricardo Cruz.

cultura pop

Serviço:

Evento voltado para cultura nipônica que reúne multidão no Centro de Convenções, amplia conceito e insere outras linguagens como cinema de animação e jogos eletrônicos, gamers e concursos de fantasias

Saga Entretenimento. Sábado e domingo, no Centro de Convenções, Via Costeira. Vendas no local ou na Ovni Game Shop (Midway Mall). Tel.: 3213-1863. DIVULGAÇÃO

« HUMOR »

Ô louco e a mais de mil E

ntre um “ô loco, meu!” e outro, o humorista Pedro Manso provou que seu repertório de personagens vai além daquele famoso apresentador dominical. No show “O maior imitador do Brasil”, sábado, às 21h, no Teatro Alberto Maranhão, ele abre mão da modéstia e promove um desfile de tipos variados do showbizz nacional, além de contar piadas e causos. Consta que Pedro Manso imita mais de 200 personagens. Talvez não dê tempo de mostrar todos no show deste sábado, mas

entre os mais populares estão Sílvio Santos, Galvão Bueno, Marcelo Rezende, Datena, Clodovil, Cid Moreira, Tiririca, Maguila, Ronaldo Fenômeno, Romário, Pelé, Zico e, claro, o apresentador Fausto Silva, que virou o seu “cartão de apresentação” desde que fez sua estreia na televisão. Atualmente ele é jurado do Programa do Ratinho e faz participações no humorístico A Praça é Nossa, no SBT. O passado radiofônico é algo que Pedro tem em comum com seu imitado Faustão. Ele tem um

longo histórico de locutor de rádio entre o Rio de Janeiro e Goiás. Foi num “Se vira nos 30”, em 2003, que o humorista se tornou um fenômeno. Em 2006 foi trabalhar na Record com Tom Cavalcante e Shaolin. Chegou a integrar a Escolinha do Gugu, e agora está no SBT. Serviço: O Maior Imitador do Mundo, com Pedro Manso (RJ). Sábado, às 21h, no TAM. Preços: R$60 (inteira) e R$30 (meia). Antecipadas na La Femme (Midway). Tel.: 3646-3292.

Famoso imitador do Faustão mostra sua versatilidade ao vivo


Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

5

FOTOS: FOCOINCENA

VIDA NOTURNA

Apertodança de você

Beatles e Patusco

A banda Mad Dogs canta Beatles em show nesta sexta no Buraco da Catita. Versões criativas para hits dos Fab Four. No sábado será a vez do Patusco, popular grupo percussivo do carnaval de Olinda (PE), que animará a casa com suas versões. Onde: Rua Câmara Cascudo, Ribeira.

Mostra internacional começa hoje com programação gratuita em palcos do TAM, Casa da Ribeira, Funcarte, FRN, além de praças e shoppings

U

m mês de muitos movimentos e sotaques diferentes em torno da dança. A 6ª edição do Encontro Internacional de Dança Contemporânea começa hoje (sexta) e seguirá até o dia 23 de maio, oferecendo uma série de apresentações, intervenções e oficinas. A programação se desenrolará entre variados espaços, desde o Teatro Alberto Maranhão e Casa da Ribeira, Funcarte, até a IFRN, praças e shoppings. Todos entram na dança. Serão 24 apresentações, trazendo grupos e artistas da Hungria, Espanha, México, Colômbia, Bélgica, Bolívia, México, Portugal, Argentina, França, Alemanha, Costa Rica, além de variados estados do Brasil. O evento começa nesta sexta com Mostra Potiguar e a peça “Sobre o que restou”, da Procurase Companhia, às 20h, na Casa da Ribeira. O espetáculo é sobre as várias maneiras de lidar com as fraquezas humanas cotidianas. Na EDTAM (rua Chile) terá oficina de dança de rua e intervenções, de 25 a 27/04. No sábado (27) terá a palestra “Olhar Fotográfico”, com Denis Rion, fotógrafo francês de dança, na Aliança Francesa. Na Casa da Ribeira a Mostra Potiguar segue com “Rio Cor de Rosa”, da Cia de Dança do TAM, às 20h. A peça é uma reflexão sobre o universo do sonho, seus

elementos simbólicos e misteriosos. Um exercício sobre como enfrentar a realidade. A direção é de Wanie Rose Medeiros. No domingo, a Praça Augusto Severo, na Ribeira, vira palco de batalha hip hop. A partir das 18h, grupos de dançarinos (os bboys) chegarão ao local para se desafiar com seus movimentos quebrados. Paulo Azevedo (RJ), da Cia Gente, aquecerá o encontro. Às 20h, na Casa da Ribeira, serão apresentados o prestigiado “Proibido Elefantes”, da cia Gira Dança, e também o convidado “Cicatriz”, da Cia Gente (RJ). Abril terminará com a seguinte programação: dia 28, com Oficina de Dança Contemporânea para Idosos no IFRN Central (Av. Salgado Filho); 29 com Mostra Internacional de Dança e o espetáculo “Highlight”, do grupo Eira (Portugal), na Casa da Ribeira; e dia 30 com “Sweetskin”, do Eira, na Casa da Ribeira. Serviço: 6º Encontro Internacional de Dança Contemporânea, de 25/04 a 23/05. Informações: <www.encontrodedanca.com>

Jazz embala o Jobim

Ì NA FUNCARTE Paralelamente, a Capitania das Artes apresenta atividades na Semana Internacional da Dança. A programação engloba desde aulas espetáculo até arte de rua e oficinas. A coordenação está a cargo dos professores Dimas Carlos e Anselmo Pamplona. Nesta sexta-feira, a programação tem início às 8h com Pilates da professora Jeane Sousa. Às 09h30, Grupo de Dança da 3ª Idade Ivone Alves – Profª Flavia Nunes. Em seguida, Grupo de Dança do Ventre da professora Ana Paula.

NOITE Às 16h, haverá uma apresentação no hall do Praia Shopping. À noite, o pátio da Funcarte será ocupado com mais dança. Se apresentam a partir das 19h o Ballet da Cidade do Natal, Cia de dança Edtam, Tuareg dança do ventre, Fax Crew dança urbana e grupo Molejo do corpo. As oficinas continuam no sábado pela manhã e tarde. No turno noturno, os grupos voltam ao palco da Funcarte . Se apresentam a Salão Obará, Cia Pés de Moleque, Lumturia Cia de Dannça, Parafolclórico da UFRN e Ballet da Cidade do Natal, encerrando às 20h.

Encerrando a temporada de abril, nesta sexta o Jobim recebe Sérgio Farias (violão), Airton Guimarães (baixo acústico) e a cantora Alzeny Nelo com clássicos do jazz, bossa, e canções francesas. No sábado terá Juliana Menezes interpretando sucessos da MPB, acompanhada por Carlinhos Moreno (violão). O som começa às 21h30. Onde: Rua Seridó,736, Petrópolis. Tel.: 3202-4200.

Sítio do Pica Pau no TAM O Teatro Alberto Maranhão recebe neste domingo, às 17h, o espetáculo “Sítio do Pica Pau Amarelo – O Musical”, em adaptação de Clenor Júnior. Todos os personagens clássicos estão na trama. Eles vivem bem no sítio até que a Cuca sequestra o Marquês de Rabicó e a confusão começa. Preços: R$40 (inteira) e R$20 (meia). Ingressos na Casa das Festas e Via Baby Teens. Tel.: 3206-2294.

Borderline no TCP

Segue até domingo a temporada de “Borderline”, às 20h, no Teatro de Cultura Popular. O ator José Neto Barbosa conduz o monólogo de um personagem que vive no limite entre a lucidez e a loucura, questionando padrões éticos e morais. O texto é de Júnior Dalberto. O acesso é gratuito.


6

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

FESTA FOTOS: DIVULGAÇÃO

TÁDZIO FRANÇA Repórter

P

ara uns, brega é palavra pejorativa, de mau gosto. Para outros, é sinônimo de romantismo, festa, amigos cantando junto, climão na pista, e diversão autêntica. Para quem está no segundo time, o show Brega Beach, sábado, a partir das 21h, no Praia Devassa, promete ser uma das festas mais animadas do ano. Quatro luminares da dita música brega passarão pelo mesmo palco: José Orlando, Bartô Galeno, Carlos André, e José Ribeiro. Um quarteto fantástico de veteranos que possui o sentimento original do brega – muito antes do termo existir.

Brega pra dançar

O maranhense José Orlando sempre foi o mais dançante dos bregas. Quando estourou no começo dos anos 80, sua música circulava entre lambadas e forrós. O rótulo “brega” veio depois. No começo ele se incomodava, mas agora, não mais. “Música pra mim não tem fronteiras. Eu não curtia um rótulo baseado em preconceito. Mas quando os jovens abraçaram esse tipo de música ela pas-

O Quarteto fantástico do brega

ta do meu carro” e estourou. O principal parceiro de composição de Bartô foi o potiguar Carlos André. Além de “Tocafita”, emplacou “Amor vagabundo”, “Cadeira vazia”, “Coração mentiroso”, “Chorei por amor”, “De que vale minha vida agora?”, “Longe de você”, “O grande amor da minha vida”, “Malena”, “Esta cidade é uma selva sem você”, entre outras. Em 2009, Bartô foi destaque na programação da Virada Cultural de São Paulo e lançou o disco “Paixão errante”.

José Orlando, Bartô Galeno, Carlos André e José Ribeiro, quatro luminares da chamada música brega romântica, dão o ar da graça em uma festança na Praia Devassa

Potiguar apaixonado

sou a ser aceita, pois essa galera não tem medo de ser rotulada. Os jovens assumiram o brega, e ele passou a ser chique”, analisa o veterano em entrevista ao FIM DE SEMANA. José Orlando mora atualmente em Fortaleza e não para de fazer shows, sempre à frente de sua banda, os Pistoleiros do Amor. Ele teve um padrinho de peso no começo de sua carreira: Alípio Martins. Com o debocha-

do músico paraense, fez vários de seus sucessos. Entre os que serão dançado no embalo de sábado estão “Surra de amor”, “Pode arrumar sua mala”, “Tá doendo”, “Tenho pena de você”, “Vem me namorar”, “Meu coração é brega”, “Lambarreggae” e, é claro, “Pistoleiro do amor”, seu maior hit. Há até continuação, “A volta do pistoleiro”. Bandas novas de forró, como Garota Safada, já gravaram suas músicas.

No toca-fita de Bartô

Bartô Galeno nasceu na Paraíba, mas começou sua carreira na música em Mossoró, soltando a voz na Rádio Rural, inspirado nos ídolos da Jovem Guarda. Foi até considerado “a voz mais bela do Rio Grande do Norte” em certa época. Mas foi quando se mudou para Recife nos anos 70, que a carreira de Bartô passou a acontecer. Em 1978 lançou o disco “No toca-fi-

Carlos André é o mais romântico dos bregas. Em 1959 já circulava na música, com o Trio Mossoró. Em 1974 lançou o primeiro disco solo, “O apaixonado”, que se transformou numa série de discos românticos com o mesmo nome. Se no começo Carlos era influenciado pelo forró e xote de Luiz Gonzaga, após “O apaixonado” sua música passou a ficar cada vez mais romântica e dramática. Emplacou canções como “Se meu amor não chegar”, “A telefonista”, “Adeus solidão”, “Agora vem você”, “Amor colorido”, “Amor, amor”, entre outras.

Correndo à margem das rádios e tvs, artistas mantêm carreira ativa e público renovado


Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

7

FESTA FOTOS: DIVULGAÇÃO

O cantor e compositor potiguar já teve mais de 100 músicas gravadas. Nos anos 80, produziu discos de ícones como Luiz Gonzaga, Marinês e Sua Gente, Trio Nordestino, Dominguinhos, e Noca do Acordeon. Em 1996 chegou a gravar músicas com Reginaldo Rossi, Alcymar Monteiro e Flávio José. Carlos André nunca deixou o forró.

Mineirinho romântico

O mineiro José Ribeiro queria ser um cantor de forró como Luiz Gonzaga, mas foi no bolerão romântico que ele se encontrou. Emplacou o primeiro sucesso em 1972, com “A beleza da rosa”, até hoje bem tocada no Nordeste. Depois vieram “Na porta da cozinha”, “Um amor vai, outro vem”, “Meu coração que não te esquece”, “A maior saudade

BATE-PAPO José Orlando cantor e compositor

Desde quando o brega ficou chique?

Correndo à margem das rádios e tvs, artistas mantêm carreira ativa e público renovado

Quando as pessoas assumiram o rótulo, que no começo era pejorativo e preconceituoso. Acredito que de uns cinco anos pra cá os jovens adotaram o brega e a coisa mudou. A rapaziada não tem medo de rótulo. Eles abrem o mala do carro e escutam nossas músicas nas alturas, curtem sem medo. Você já teve problema com rótulos?

Não tive, porque sempre soube que fazia música para o povão. Faço o que o povo gosta de ouvir. Música pra mim não tem fronteira, por isso deixei de me importar com rótulos. Meu som sempre foi dançante, e no começo chamavam de lambada e forró.

Apesar de a gente não tocar mais no rádio, não paramos de fazer shows” de música hoje em dia?

Como é o perfil de seu público hoje em dia?

Hoje canto em festas onde vai um público dos 18 aos 35 anos, em média. Adolescentes e jovens universitários adoram o brega. Claro, tem os veteranos também, mas a rapaziada é que domina. Eu tenho músicas gravadas por bandas novas de forró, como Calcinha Preta, Garota Safada e Aviões do Forró. Acredito que isso tenha me apresentado a uma garotada mais nova. Por que não se faz mais esse tipo

As coisas estão bem diferentes do meu tempo. As gravadoras perderam a força nas rádios, e quem manda hoje são os empresários, donos das bandas. As rádios só tocam e difundem o que eles querem. Mesmo assim, apesar de a gente não tocar mais no rádio, não paramos de fazer shows. Por que suas músicas fazem sucesso até hoje?

Por causa dos jovens. Eles estão ouvindo as músicas que os pais ouviam. É uma herança.

Ì SERVIÇO Brega Beach. Sábado, às 21h, no Praia Devassa, Via Costeira. Senhas antecipadas na Natal Carnes, av. Prudente de Morais. Informações pelo 3606-0404.

minha”, “O beijo”, “Vendese uma casa”, “Oração de amor”, “Por isso eu canto”, entre outras. Direto, simples e melodramático, José Ribeiro tem aquele jeito peculiar de cantar o amor. Muito abandono, bebidas, ciúme e fracasso nas letras. Na medida Bartô Galeno nasce u na Pa fez carreir do bom brega. a no Rio Gra raíba, mas nde do No rte


8

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

SHOWS

Palco Brasil recebe Geraldo Azevedo MARUCIA TODOROV

Apresentando-se em formato voz e violão, Geraldo pontua principais hits da carreira, entre eles Táxis Lunar e Dia Branco , e aproveita para tocar inéditas do álbum que está em fase de finalização

O

Geraldo Azevedo reúne canções próprias e de parcerias com outros compositores nordestinos

cantor e compositor pernambucano Geraldo Azevedo volta a tocar em Natal neste sábado, apresentando o show “Voz e violão”, às 21h, no Teatro Riachuelo. O espetáculo faz uma apanhado dos mais de 40 anos de carreira do músico, e integra a programação do projeto Palco Brasil. A abertura da noite ficará por conta da cantora local Nara Costa. Os muitos sucessos do cantor e compositor têm presença garantida no repertório da noite, como “Táxi lunar”, “Bicho de sete cabeças”, “Dia Branco”, “Chorando e cantando”, “Caravana”, “Dona da minha cabeça”, “Sabor colorido” e “Moça bonita”, entre outras. Além de, algumas canções inéditas, que serão inseridas em seu próximo trabalho previsto

para gravação este ano. O repertório rico e ao mesmo tempo popular de Geraldo Azevedo reflete as muitas parcerias que ele manteve com outros bambas nordestinos desde os anos 70. Suas composições trazem parcerias com Zé Ramalho, Alceu Valença, Renato Rocha, Fausto Nilo, Capinan, Vital Farias, entre outros. A música de Geraldo é uma fusão de ritmos nordestinos, canção popular (quase pop), e sonoridades negras do mundo. Sucessos de rádio não faltam. Serviço: Geraldo Azevedo Voz e Violão. Sábado, às 21h, no Teatro Riachuelo. Preços: R$120 (frisas/balcão) e R$140 (plateias/camarotes). Tel.: 4008-3700. LEO AVERSA

« TURNÊ »

Simone revisita sua geração

S

imone sendo Simone. Ou seja, a intérprete de sotaque e voz mais peculiares da MPB. É o tom do show que ela apresenta hoje (sexta) no Teatro Riachuelo, às 21h, “É melhor ser”, também o nome de seu novo trabalho. O repertório do disco é dedicado a canções de mulheres compositoras que foram importantes na carreira de Simone. A direção geral do show é da atriz Christiane Torloni. O repertório traz canções de Rita Lee, Joyce, Fátima Guedes, Marina Lima e Sueli Costa, entre ou-

tras. A música “Mulher o suficiente” (de Alzira Espíndola e Vera Lucia Motta), primeiro single do CD, é um dos destaques do show, que traz também a inédita “Haicai”, de Fátima Guedes, e duas parcerias de Simone: “Só se for”, com Zélia Duncan, e “A propósito”, com Fernanda Montenegro. O público conhecerá as versões personalíssimas de Simone para clássicos como “Charme do mundo” (Marina e Antônio Cícero), “Mutante” (Rita Lee e Roberto de Carvalho), “Acredi-

tar” (Ivone Lara e Délcio Carvalho) e “Descaminhos” (Joanna e Sarah Benchimol), entre outros. A banda da turnê é formada por Leandro Braga (piano), João Gaspar (guitarra, violão), Bruno Migliari (contrabaixo), Christiano Galvão (bateria) e André Siqueira (percussão). O show tem cenário de Hélio Eichbauer. Serviço: Simone em “É melhor ser”. Sexta, às 21h, no Teatro Riachuelo. Entrada: R$120 (inteira) e R$60 (meia).

Simone interpreta músicas de Joyce, Rita Lee, Marina e Fátima Guedes


Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

9

PALCOS DIVULGAÇÃO

O poder do reggae no som de

Alpha Blondy Veterana banda da Costa do Marfim é a estrela da festa “Natal Mystic Power”, no Vila Hall, com presença dos locais DuSouto e Rastafeeling

O

JÚNIOR BARRETO

reggae da Costa do Marfim volta a embalar a capital potiguar neste domingo, a partir das 17h, no Vila Hall. A festa “Natal Mystic Power” traz o veterano africano Alpha Blondy para comandar a matinê regueira, que ainda terá as bandas locais Rastafeeling e DuSouto. Na ocasião o Blondy lançará seu novo DVD. Diferentes gerações de fãs do reggae vão dançar. Alpha Blondy é o nome mais popular do reggae na África ociden-

tal. Já cantou na clássica banda The Wailers, mas está solo desde 1982. A música de Blondy é um reggae roots politizado, versando sobre as mazelas do povo africano e seus descendentes pelo mundo. Entre os hits estão “Jerusalem”, “Guerre civile”, “Apartheid is nazism”, “Multipartisme”, entre outros. Blondy canta principalmente em dioula, francês e inglês, e ocasionalmente em árabe ou hebraico. Inventou a palavra “democrature” (a qual se pode tra-

duzir como “democradura”, combinação de democracia e ditadura) para qualificar alguns governos Africanos. O cantor lançou em 2013 o álbum “Mystic power”. Blondy também é embaixador da ONU pela paz, e fundador da ONG Jah Glory Foundation. Serviço: Natal Mystic Power. Domingo, às 17h, no Villa Hall, Via Costeira. Preços: R$80 (pista inteira) e R$120 (VIP inteira).

Engajado, Blondy se mantém na estrada com o novo ‘Mystic Power’

Canções para um barítono Com experiência de musicais como Nella Fantania e Ópera Rock, cantor lírico José Fernandez apresenta show solo próximo domingo no Teatro Riachuelo

A

música erudita vai encontrar a popular mais uma vez na voz possante de José Fernandez no espetáculo musical “As canções de um barítono”, domingo, às 19h, no Teatro Riachuelo. O músico mostrará, em uma apresentação de dois atos, sua experiência de 20 anos nos palcos. O show é assinado pelos mesmos produtores de “Nella Fantasia” (grupo Delicatto) e “Ópera Rock” (Hilkélia). O barítono soltará a voz em dois atos: a abertura terá clima de viagem

no tempo, passeando por árias de óperas clássicas como “O Toreador” e “O Barbeiro de Sevilha”; já no segundo ato, Fernandes vai entoar o lirismo das canções que compõem a trilha sonora dos clássicos musicais no mundo, mostrando o lado mais pop e popular de seu repertório. A voz grave e aveludada de José Fernandes já havia mostrado seu potencial nas óperas “Bastien Unt Bastiene”, de Mozart, e “Dido And Aeneas”, de Purcell. Participou de eventos como o Festival Internacional

Eleazar de Carvalho (Fortaleza/CE) e o Festival Nacional de Música de Câmara de João Pessoa (PB), entre outros. Integrou como coralista/solista o Madrigal e o Canto Dell’Art, ambos da EMUFRN. Atualmente está no Coral Canto do Povo (RN) e Orquestra Sinfônica do RN. Serviço: As Canções de um Barítono. Domingo, às 19h, no Teatro Riachuelo. Preços: R$60 (balcão), R$80 (frisa/plateias), R$120 (camarotes).


10

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

CINEMA DIVULGAÇÃO

Amazan no Gilson Buffet O forrozeiro Amazan é a atração principal da festa “Encontro de Gerações”, sexta, às 21h, no Gilson Buffet, em Neópolis. A banda Forró Rodado e o cantor Silveirinha também tocarão. Mesas antecipadas a R$120 e individuais R$30. Vendas no local. Tel.: 3091-7552.

Flávio José no Jiqui

Flávio José, o “rei do xote”, embala o Jiqui Country Club neste sábado, às 21h. Além do forró paraibano de raiz, terá também Robson Farias, Cristiane Velassy & Trio Pé de Serra. Onde: prolongamento da Av. Ayrton Senna, s/n, Nova Parnamirim. Tel.: 8821-2282.

Barítono polonês Mariusz Kwiecien e a soprano Véronique Gens em “Don Giovanni”

Samba pede feijão no Iate

Don Giovanni na grande tela Temporada de exibição da Royal Opera House de Londres começa neste fim de semana, no Cinemark, com a famosa ópera-bufa Don Giovanni

O

bra-prima de Mozart, a ópera-bufa “Don Giovanni” será exibida em Natal de 26 a 29 de abril na sala 5 da rede Cinemark. O espetáculo, que faz parte da nova temporada da Royal Opera House de Londres, apresenta uma potente mistura entre desejo, morte e vingança. Encenada pela primeira vez em 1787 em Praga (República Tcheca), a obra de Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) é conhecida por oferecer inúmeras possibilidades cênicas e pela beleza de suas composições, que varia de árias apoteóticas e duetos dramáticos a melodias dançantes. A ópera tem 3h25 de duração e está previsto

um intervalo durante a exibição. A história acompanha Don Giovanni, artista que seduz mulheres com sua habilidade de criar as mais incríveis ilusões. As conquistas são uma tentativa em vão de escapar de sua própria mortalidade e têm um alto preço. O barítono polonês Mariusz Kwiecien faz o papel do sedutor Don Giovanni e o baixo-barítono italiano Alex Esposito interpreta o servo Leporello. As vozes femininas são de Véronique Gens (Donna Elvira), Malin Bryström (Donna Anna) e Elizabeth Watts (Zerlina). A direção é assinada pelo dinamarquês Kasper Holten. A ópera em dois atos, classi-

ficada como cômica, apresenta características de comédia, melodrama e até mesmo elementos sobrenaturais. A Royal Opera House de Londres apresenta mais de 400 espetáculos por ano, e atinge um público de mais de 650 mil pessoas. A partir de 2011 passa a transmitir os espetáculos em salas de cinema de todo o mundo, ampliando seu alcance para mais 7,5 milhões de pessoas. Serviço Sessões da ópera Don Giovanny em Natal, sala 5 do Cinemark: 11h (sábado e domingo), 15h (segunda) e 19h (terça-feira).

Ì PERSONAGENS Don Giovanni – nobre que seduz donzelas prometendo casamento e depois as abandona Leporello – servo de Don Giovanni Comendador – pai de Donna Anna, que acabou assassinado por Don Giovanni tentando defender a filha Donna Anna – filha do Comendador seduzida por Don Giovanni Don Ottavio – noivo de Donna Anna Donna Elvira – nobre seduzida e abandonada por Don Giovanni Zerlina – jovem, bela e inocente camponesa seduzida por Don Giovanni Masetto – noivo de Zerlina

O Iate Clube realiza neste sábado a 1ª edição do projeto “Samba Pede Feijão”, a partir das 14h. Som com a banda Samba Preto no Branco, com direito a feijoada carioca e caipirinha preparadas pelo chef Romildo. Festa só para associados e seus convidados. Preço: R$10.

Arrocha no Pepper's

O Pepper's Hall recebe sexta recebe a banda Forró do Bom, e Valber Fernandes, pioneiro do sertanejo no RN. Já no sábado, o arrocha e o sertanejo pop do paulistano Thiago Farra invadem o palco. A noite terá ainda Luan Carvalho e o DJ Daniel Jesus. Onde: Av. Eng Roberto Freire. Tel.: 3236-2886.

Brega no Favela

O Favela Pub recebe sexta, os sucessos bregas do Cinzeiro de Motel, e o “samba sanfonado” de Luizinho Nobre. No sábado a casa recebe o batuque das ladeiras de Olinda com a banda Patusco e sucessos de carnaval. Onde: Av. Rodrigues Alves, 825, Tirol.


Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

CINEMA

★ RUIM ★★ REGULAR ★★★ BOM ★★★★ ÓTIMO ★★★★★ EXCELENTE l ESTREIA

★★★ CAPITÃO AMÉRICA 2 – O SOLDADO INVERNAL (12 anos, dublado e legendado) Moviecom 1. Sessões (dub) 14h e 21h / Moviecom 5. Sessões (leg) 14h30, 17h15 e 20h / Moviecom 6. Sessões (3D) (dub) 16h e 18h45 / Moviecom 6. Sessão (3D) (leg) 21h30 / Cinemark 1. Sessão (leg) 22h20 / Cinemark 2. Sessões (3D) (dub) 12h (sáb e dom), 15h, 17h50, 20h50 e 23h40 (sáb) / Cinemark 4. Sessão (dub) 18h50 / Cinépolis 1 Natal Shop. Sessão (dub) (3D) 16h / Cinépolis 1 Natal Shop. Sessões (3D) (leg) 13h, 19h e 22h / Cinépolis 5 Natal Shop. Sessões (3D) (leg) 13h45 e 19h45 / Cinépolis 1 Norte Shop. Sessões (3D) (dub) 14h, 17h e 20h / Cinépolis 4 Norte Shop. Sessão (3D) (leg) 20h45 Após vencer a batalha ao lado d’Os Vingadores, Steve Rogers, o Capitão América, vive tranquilo tentando se

ajustar ao mundo moderno. Mas quando um colega da S.H.I.E.L.D. é atacado, ele se vê preso em uma rede de intrigas que coloca o mundo em risco. Unindo forças com a Viúva Negra, Capitão América luta para expor a conspiração. Quando a dimensão da trama maligna é revelada, os heróis pedem ajuda a um novo aliado, o Falcão. Contudo, eles logo se vêem enfrentando um inimigo inesperado — O Soldado Invernal. Direção: Anthony Russo e Joe Russo ★★★ HOJE EU QUERO VOLTAR SOZINHO (12 anos, nacional) Moviecom 1. Sessões 16h40 e 18h50 / Cinemark 1. Sessão 20h (seg e ter) / Cinemark 2. Sessão 10h (sáb) A vida de Leonardo, um adolescente cego, muda totalmente com a chegada de um

11

novo aluno na escola. Ao mesmo tempo em que precisa lidar com os ciúmes da amiga Giovanna, ele tenta entender os sentimentos despertados pelo recémchegado. Direção: Daniel Ribeiro ★★COPA DE ELITE (14 anos, nacional) Moviecom 2. Sessões 14h25 e 19h15 / Cinemark 4. Sessões 14h30 (exceto sáb, dom e seg), 16h40 (exceto seg), 21h40 e 23h50 (sáb) / Cinépolis 5 Norte Shop. Sessões 14h15 e 19h Prestes a sediar a Copa do Mundo, o Brasil vê nas telonas uma série de paródias dos filmes nacionais mais importantes dos últimos tempos. Direção: Vitor Brandt ★★DIVERGENTE (14 anos, dublado e legendado)

Moviecom 2. Sessões (dub) 16h30 e 21h20 / Cinemark 3. Sessões (leg) 12h50, 15h50, 19h e 21h50 / Cinépolis 6 Natal Shop. Sessões (leg) 15h15 e 21h15 / Cinépolis 6 Natal Shop. Sessão (dub) 18h15 / Cinépolis 3 Norte Shop. Sessões (dub) 14h30 e 17h30 / Cinépolis 3 Norte Shop. Sessão (leg) 20h30 Em um futuro distópico, uma jovem luta para se libertar de uma sociedade dividida em facções determinadas por características genéticas. Direção: Neil Burger ★★★ JÚLIO SUMIU (16 anos, nacional) Moviecom 3. Sessão 14h05 / Cinemark 5. Sessão 14h / Cinemark 7. Sessão 17h30 / Cinépolis 4 Natal Shop. Sessões 13h15, 15h45 e 18h15 / Cinépolis 5 Norte Shop. Sessões 16h45 e 21h30 Edna (Lilia Cabral) acorda no meio da noite e se desespera ao saber que seu caçula Júlio desapareceu sem deixar vestígios. Preocupada com a falta de ação da polícia, ela sobe o morro para conversar com o traficante que estaria mantendo seu filho refém. No meio de um tiroteio, Edna se vê obrigada a levar para casa sacolas cheias de drogas e acaba transformando o apartamento em uma “boca” para pagar o resgate. Em meio a muitas confusões e reviravoltas, uma dona de casa conservadora muda sua vida e seus princípios tentando salvar a família. Direção: Roberto Berliner l INATIVIDADE PARANORMAL 2 (14 anos, dublado e legendado) Moviecom 3. Sessões (dub) 16h15, 18h10, 20h05 e 22h / Cinemark 7. Sessões (dub) 11h30 (sáb e dom), 13h30 e 19h50 / Cinemark 7. Sessões (leg) 15h30 e 22h / Cinépolis 4. Natal Shop. Sessão (leg) 21h30 / Cinépolis 6 Norte Shop. Sessões (dub) 19h15 e 21h45 Sátira de filmes de terror, com paródias das produções que simulam gravações reais e amadoras contendo imagens de possessões e fenômenos sobrenaturais. Depois de perder sua namorada em um acidente de carro, Malcolm (Marlon Wayans) conhece e se apaixona por Megan, mãe solteira de dois filhos. Enquanto se muda para uma nova casa com a família, ele descobre que eventos paranormais bizarros cercam as crianças e a propriedade. Para complicar as coisas, sua ex-namorada está de volta do mundo dos mortos e se muda para uma casa do outro lado da rua. Direção: Michael Tiddes ★★★ NOÉ (14 anos, dublado e legendado) Moviecom 4. Sessões (dub) 15h, 17h50 e 20h40 / Cinemark 6. Sessões (3D) (leg) 13h40, 16h30, 19h40 e 22h30 / Cinépolis 2 Natal Shop. Sessões (3D) (leg) 13h30 e 21h45 / Cinépolis 5 Natal Shop. Sessões (3D) (leg) 16h45 e 22h40 / Cinépolis 2 Norte Shop. Sessões (3D) (dub) 15h, 18h e 21h Adaptação da história bíblica sobre a Arca de Noé. Em um mundo devastado pelos pecados humanos, Noé (Russell Crowe) recebe uma missão divina: construir uma arca para salvar homens e animais do dilúvio que se aproxima. Direção: Darren Aronofsky

★★★ RIO 2 (Livre, dublado) Moviecom 7. Sessões 14h30, 16h45, 19h e 21h15 / Cinemark 1. Sessões 13h, 15h20, 17h40 e 20h (exceto seg e ter) / Cinépolis 2 Natal Shop. Sessões (3D) 16h30 e 19h15 / Cinépolis 3 Natal Shop. Sessão 14h15 / Cinépolis 4 Norte Shop. Sessões (3D) 13h30, 16h e 18h25 / Cinépolis 6 Norte Shop. Sessão 13h45 Blu, Jade e seus três filhos estão vivendo a perfeita vida doméstica no Rio de Janeiro. Quando Jade decide que as crianças precisam aprender a viver como pássaros livres, ela leva toda a família em uma aventura pela Amazônia. Enquanto Blu tenta se adaptar com os novos vizinhos, ele se preocupa com a possibilidade de perder Jade e as crianças para o mundo selvagem. Direção: Carlos Saldanha lDON GIOVANNI – ROYAL OPERA (12 anos, legendado) Cinemark 4. Sessões 11h (sáb e dom), 15h (seg) e 19h (ter) Ópera em quatro atos que representa a romântica boemia parisiense foi criada por Giacomo Puccini em 1896, e cativa o público desde sua estreia. O espetáculo foi apresentado pela primeira vez em Londres em 1987 e, desde então, já foi exibida mais de 500 vezes pelo Royal Opera House. ★★★ SOS MULHERES AO MAR (12 anos, nacional) Cinemark 5. Sessões 11h50 (sáb e dom), 16h10, 18h20, 20h30 e 22h40 Adriana (Giovanna Antonelli) não está em um bom momento: ela não consegue uma editora para publicar seus livros e ganha a vida legendando filmes pornôs. Para piorar, seu marido pede o divórcio. Em meio à fossa da separação, ela descobre que o ex fará um cruzeiro ao lado da nova namorada. Incentivada pela irmã, decidem embarcar no mesmo cruzeiro no intuito de reconquistá-lo. A empregada, que tenta ajudar a patroa a todo custo, também embarca na aventura. Direção: Cris D’amato l O FILHO DE DEUS (10 anos, dublado e legendado) Cinépolis 3 Natal Shop. Sessão (leg) 17h / Cinépolis 6 Norte Shop. Sessão (dub) 16h15 A vida de Jesus Cristo, desde o seu nascimento, crucificação e ressurreição. Direção: Christopher Spencer lPROFISSÃO DE RISCO (14 anos, legendado) Cinépolis 3 Natal Shop. Sessões 20h e 22h30 Jack (John Cusack) é um cara valentão com má sorte crônica, mas com sentimentos humanos. Contratado por Dragna (Robert De Niro), um lendário chefão do crime, para realizar uma tarefa simples, mas incomum, ele precisa ganhar espaço entre uma série de outros personagens obscuros que também foram convocados pelo mafioso para uma reunião em um motel decrépito. Quando o assassino cruza o caminho de uma mulher misteriosa (Rebecca da Costa), eles unem forças para fugir e tentar sobreviver a uma noite de caos homicida. Direção: David Grovic


12

Natal - Rio Grande do Norte Sexta-feira, 25 de abril de 2014

MEDITANDO NA ADEGA

Gilvan Passos [gilvanpassosvinhos@gmail.com]

FOTOS: DIVULGAÇÃO

Ì Negócios do Vinho no Brasil

Chile no pódio N

enhum país do velho e do novo mundo do vinho vende tanto vinho para o Brasil quanto o Chile, segundo dados do Wines of Chile e ProChile. Em 2013 o líder de exportação para o Brasil fechou com 31,52% de participação em valor e 37,89% de participação em volume. O gosto do mercado consumidor brasileiro e a boa relação preço/prazer dos vinhos chilenos são alguns dos fatores que contribuem para essa expressiva participação. Afora isso, do Chile saem vinhos dos mais diversos perfis, devido a sua diversidade de terroirs, o que combina com a diversidade de gosto dos brasileiros, um país muito novo no convívio com a cul-

tura do vinho. Mas o Chile continua investindo para manter consolidada sua posição de líder da América do Sul em atendimento ao Brasil. É que Argentina, segundo país do ranking, é hoje um gigante desperto, ainda que tardiamente para a exportação, vindo logo em seguida, e sedento por fornecer cada vez mais vinho ao gigante da América do Sul. Pensando nisso, o Wines of Chile estará na edição 2014 do Expovinis com um stand de produtores (vinícolas) que ainda não exportam para o Brasil, em busca de importadores. Vinícolas como as: Alto Roble, Altos Vinos, Agroverdi, Balduzzi, Folatre, Invina, Lãs Ninas, Maquis, Ralco,

Nº 1 no ranking de importação no Brasil, o Chile fechou em 2013 com 31,52% de participação em valor e 37,89% de participação em volume

Tunquelen e Villaseñor são apenas algumas que ainda não exportam seus vinhos para o Brasil. Também no Wine Bar da Wines of Chile a presença do importante produtor Miguel Torres para que o público presente possa vivenciar uma experiência enológica com os vinhos do Chile nos três dias de evento. Outra iniciativa do Wines of Chile para o evento será a Degustação de Grandes Vinhos Premiados do Chile que será conduzida pelo expert Jorge Lucki no dia 22/04 (primeiro dia do evento) às 19h30m na sala Premium do Expovinis. Com estas ações o Wines of Chile visa dar um incremento ao fornecimento de vinhos

para o nosso país, ampliando e consolidando sua posição de líder de mercado. O Wines of chile é a entidade associativa responsável por divulgar os vinhos chilenos no mercado mundial, representada por 90 vinícolas, com sede em Santiago e escritórios em Londres e Nova York, e representantes no Brasil, Canadá, Irlanda e Dinamarca, além de trabalhar em parceria com o ProChile, que desenvolve programas promocionais e educacionais na Ásia, América Latina e Europa.

O fundo de investimento alemão ProjectA, cujo foco é apostar em investimento de crescimento rápido nas áreas de internet e móbile, investe R$ 1,6 milhão em loja on line de vinhos no Brasil. A empresa que nasceu em 2013 e se chamava “Epicerie”, conta com um projeto ambicioso para 2014. O nome agora será “Evino”, e além da renovação da marca, a idéia é democratizar o consumo de vinho no Brasil com o novo aporte de capital alemão, através da compra pela internet. Em 2013, a empresa que contou com um capital de R$ 3 milhões, e se chamava Epicerie (que significa empório ou mercearia em francês) contabilizou mais de 20 mil pedidos e vendeu mais de 100 mil garrafas. Para 2014, com o novo aporte de verba (R$ 1,6 milhão), a nova marca “EVINO” projeta fechar o ano com um faturamento de R$ 15 milhões. Com importação própria e uma equipe de sommeliers surge fortalecido mais um clube do vinho no Brasil “Lote Evino” onde os clientes associados escolhem o plano de assinatura que querem e recebem a cada mês no seu domicílio com toda rapidez, comodidade e frete free. Os preços dos lotes variam entre R$ 99,00 e R$ 279,00 por mês, de acordo com a quantidade de garrafas. Atualmente, o maior clube de vinho operando no Brasil é o Wine.com com associados em todas as regiões. O Lote Evino opera com um diferencial em relação aos outros clubes. Todo mês o associado vai receber um aroma típico do vinho para ampliar o repertório olfativo e o conhecimento do mundo vitivinícola. São 15 aromas e no primeiro mês de assinatura o cliente recebe uma caixa de madeira, o primeiro aroma e café para neutralizar odores. Informações quentes fornecidas pela CH2A Comunicação.


Tribuna do Norte - 25/04/2014  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you