Page 1

Edição nº 3.274 Diretor Responsável: Wilmar Souza e Silva

• (33) 3523-4651 / 98851-0806

Teófilo Otoni, quinta-feira, 17 de maio de 2.018

Projeto Mulher Livre de Violência promove Encontro com Mulheres do Cedro

Na terça-feira (15/05), aconteceu na Comunidade Barra do Cedro, zona rural de Teófilo Otoni, o encontro das “Mulheres do Cedro”. O evento faz parte da etapa de mobilização da 2ª fase do projeto Mulher Livre de Violência: “A realidade que a gente quer, não tem violência contra a mulher”, apoiado pela AFAS. Página 2

Governo anuncia nova data de pagamento da primeira parcela dos salários

Polícia Militar de Minas Gerais realiza operação “Tiradentes II”

A Polícia Militar realizou nos dias 11 e 12 de maio, em todo país, a operação denominada “Tiradentes II”. Uma estratégia do Conselho Nacional de Comandantes Gerais das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares do Brasil (CNCG). Página 6

Sebrae Minas promove curso de Líder Coach na cidade de Águas Formosas

O Sebrae Minas promove em Águas Formosas o curso Líder Coach, ação voltada para o desenvolvimento das lideranças, utilizando técnicas de coaching. Página 3

Realizado em Teófilo Otoni o 2º Encontro da Mulher Empreendedora Profissional da Contabilidade do Nordeste Mineiro

O Sindicato dos Contabilistas de Teófilo Otoni (SINDCONT) promoveu na noite de sexta-feira (11/05), no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas de Teófilo Otoni (CDL-TO), o 2º Encontro da Mulher Empreendedora Profissional da Contabilidade do Nordeste Mineiro. O encontro foi realizado por um grupo de mulheres do Conselho Regional de Contabilidade, de Teófilo Otoni. Às 18h, após o credenciamento, foi realizado o Spa da Mulher. Página 8

Estamos contratando PCD VENHA FAZER PARTE (Pessoas com deficiência) DA NOSSA EQUIPE! Deixe seu currículo em uma de nossas lojas ou pelo e-mail: assistenterh@farmaciaindiana.com.br


2

Cidade/Gerais

DIÁRIO TRIBUNA Quinta-feira, 17 de maio de 2018

Projeto Mulher Livre de Violência promove Encontro com Mulheres do Cedro

Estados e governo federal se unem em pacto contra a homofobia

Representantes dos governos vão assinar documento que tem como proposta promover e articular ações práticas que combatam a violência contra a comunidade LGBTI O Governo do Brasil, em parceria com as unidades da Federação, vai assinar um documento que materializa o compromisso da luta do Estado contra a homofobia e a violência sofrida pela comunidade LGBTI. Em 2017, o Disque 100, que recebe denúncias de violação dos direitos humanos, recebeu mais de 1,7 mil notificações de violações contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais. O Pacto Nacional de Enfrentamento à Violência LGBTfóbica será assinado na próxima quinta-feira (16). O documento tem como proposta promover e articular ações que combatam a violência, priorizando o respeito à dignidade e diversidade humana. Nele, unidades da Federação e governo federal assumem o compromisso de colaborar

com o enfrentamento. A elaboração do pacto teve contribuição das 27 unidades da Federação, por meio de uma consultoria especializada, via Nações Unidas, contratada para fazer visitas técnicas para reunir opiniões e informações. Durante esta semana até a próxima sexta-feira (18), o Ministério dos Direitos Humanos promove a Semana de Luta contra LGBTfobia, com atividades que marcam também o Dia Internacional de Combate à Homofobia, celebrado em 17 de maio. Durante

a semana, haverá uma série de debates sobre políticas públicas de enfrentamento. A abertura está marcada para esta terça-feira (15) quando serão relatadas as ações desenvolvidas. Para o ministro dos Direitos Humanos, Gustavo Rocha, a semana traz visibilidade à causa. “Precisamos avançar neste assunto. É muito bom que já exista espaço para a população LGBTI na política, mas esse é apenas mais um passo para que seus direitos sejam preservados”, destaca. (Fonte: Agência Brasil).

Prazo para inscrições no Enem termina na próxima sexta-feira (18/05)

Participantes que não receberam isenção na taxa devem realizar o pagamento até 23 de maio. Mais de 3,7 milhões de candidatos já se inscreveram para o exame

Na terça-feira (15/05), aconteceu na Comunidade Barra do Cedro, zona rural de Teófilo Otoni, o encontro das “Mulheres do Cedro”. O evento faz parte da etapa de mobilização da 2ª fase do projeto Mulher Livre de Violência: “A realidade que a gente quer, não tem violência contra a mulher”, apoiado pela Associação Feminina de Assistência social e Cultura – AFAS. A partir deste mês, a equipe do referido projeto inaugura a segunda fase de execução de atividades junto às mulheres urbanas e rurais do município de Teófilo Otoni e alguns municípios circunvizinhos. Isso foi possível devido aprovação da proposta de continuidade do projeto junto ao edital “Militar

que eu quero ser - 2018”, lançado pela AFAS, com sede na capital mineira. Sob novo escopo, as atividades contarão com a priorização de questões identificadas ao longo da 1ª fase das abordagens, além da difusão de informações diretamente relacionadas à violência doméstica contra mulheres, realizada por demanda espontânea das organizações e sociedade civil. Em especial, a atuação buscará favorecer o empoderamento feminino, o fortalecimento da autonomia econômica das mulheres e a mudança da realidade violenta. Na oportunidade, que teve como tema: Saberes das Mulheres e Artesanato, estiveram presentes mulheres de distintas faixas etárias que participa-

ram da roda de conversa, opinaram sobre suas expectativas quanto às atividades, propuseram oficinas, discutiram sobre os desafios da mulher rural e readequaram os horários de início, para que possam aproveitar mais. O próximo encontro está previsto para 19 de junho, no mesmo local. São parceiros do projeto a Associação Comunitária Barra do Cedro, a equipe da Patrulha de Prevenção à Violência Doméstica do 19º Batalhão de Polícia Militar (PPVD), o Grupo de Extensão e Pesquisa em Agricultura Familiar (GEPAF), da UFVJM e o Vivar Medical Center. O Encontro foi mediado por Juliana Lemes, Deliene Gutierrez e Kátia Maria. (Fonte: Projeto MLV).

As inscrições para o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) terminam na próxima sexta-feira (18). Segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), até a manhã desta segunda-feira (14), 3.797.851 já haviam se inscrito para as provas que estão marcadas para os dias 4 e 11 de novembro. Também nesta sexta-feira termina o prazo para alteração de dados cadastrais, solicitação de mudança no município de provas, de opção de língua estrangeira, atendimento especial e envio de laudo médico, declaração ou parecer. O que é obrigatório informar na inscrição? O participante deverá informar o número de seu Cadastro de Pessoa Física

(CPF) e do documento de identidade. Também é obrigatório informar um endereço de e–mail único, além de um número de celular válido. Quem está isento da taxa precisa se inscrever? - Ter a isenção da taxa de inscrição aprovada não significa que a inscrição foi feita automaticamente. A participação só é confirmada com a mensagem “Inscrição Concluída com Sucesso”, para quem tem direito à isenção. Para os candidatos pagantes, o final da

inscrição é acompanhado da frase “Inscrição aguardando o pagamento da GRU”. O pagamento da taxa deve ser feito até 23 de maio. Como poderei utilizar o meu resultado? - A utilização dos resultados individuais pode dar acesso a Financiamento Estudantil, ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), ao Programa Universidade para Todos (Prouni) e à formação em Instituições Portuguesas. (Fonte: Governo do Brasil, com informações do Inep).

Leia e assine DIÁRIO TRIBUNA Telefone: (33) 3523.4651/(33) 98851-0806


Gerais

DIÁRIO TRIBUNA Quinta-feira, 17 de maio de 2018

Sebrae Minas promove curso de Líder Coach na ciade de Águas Formosas

Voltada a empresários e gestores de micro e pequenas empresas, capacitação terá início no dia 21 de maio O Sebrae Minas promove em Águas Formosas o curso Líder Coach, ação voltada para o desenvolvimento das lideranças, utilizando técnicas de coaching, uma ferramenta de desenvolvimento pessoal e profissional. As inscrições podem ser feitas pelos telefones (33) 3621-1522 ou (33) 98827-5294. As atividades serão realizadas no salão de eventos do Hotel Havaí, das 8h30 às 18h. O primeiro workshop será nos dias 21 e 22 de maio e o segundo, nos dias 4 e 5 de junho. Além das 32 horas de atividades, cada participante terá direito a quatro sessões individuais de coach com duração de uma hora cada sessão. Serão abordados conceitos e tendências de liderança e ferramentas de coach. Também será realizada uma releitura do ambiente e da cultura organizacional, quando temas como valores e comunicação interpessoal serão confrontados com a busca dos resultados econômicos e financeiros de uma organização. Já o segundo workshop irá explorar as

relações de poder, mudança nas organizações, liderança ética, expectativas dos liderados e clima organizacional. O encontro encerra o programa com reflexões e debates sobre estratégias de liderança de alta performance, sob a perspectiva do Líder Coach. Após as atividades, os participantes poderão vivenciar sessões de coaching, tendo em vista dois objetivos complementares: o acompanhamento de um profissional no seu processo de capacitação e a vivência na prática. De acordo com a analista do Sebrae Renata Carvalho, o curso é de grande relevância para quem deseja ser um líder. “É um curso focado na liderança empresarial. Durante a ação, o participante aprende a desenvolver sua equipe, utilizando técnicas e ferramentas de liderança que promovem engaja-

mento coletivo na busca dos resultados”, enfatiza. Curso de Líder Coach em Águas Formosas - Local: Hotel Havaí - Rua Dr Sebastião Figueiredo, 580 - Data e horário: 8h30 às 18h - Inscrições: pelos telefones: (33) 3621-1522 ou (33) 98827-5294 - Investimento: R$ 700,00. 1º Workshop: 21 e 22 de maio - 8h30 às 18h (+ 01 sessão de coaching de 01 hora entre os dias 21 a 23 do mesmo mês). - 2º Workshop: 4 e 5 de junho- 08h30 às 18h (+ 01 sessão de coaching de 01 hora entre os dias 11 a 13 do mesmo mês). - Carga horária: 32 horas de curso e 04 horas de consultoria (sessões de coaching) por empresa. - Inclusos mais 02 sessões de coaching: 01 nos dias 19 e 21 de junho e outra dias 3 a 5 de julho. - Investimento: R$700,00 (3 vezes no boleto ou 8 vezes no cartão).

3

Governo anuncia nova data de pagamento da primeira parcela dos salários O Governo de Minas Gerais informa que a nova data de pagamento da primeira parcela dos salários do funcionalismo público do Executivo Estadual é 18/5 (sexta-feira). A alteração foi necessária tendo em vista a análise preliminar da lista de servidores com supostos acúmulos de função apontados pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-MG). As datas referentes às segunda e terceira parcelas permanecem as mesmas, assim como os critérios adotados: - 1ª parcela: 18/5 (sexta-feira); - 2ª parcela: 25/5 (sexta-feira); - 3ª parcela: 30/5 (quarta-feira). * servidores com salário até R$ 3 mil líquidos recebem integralmente na primeira parcela;

* servidores com salário até R$ 6 mil líquidos recebem uma parcela de R$ 3 mil e o restante na segunda parcela; * servidores com salário acima de R$ 6 mil líquidos recebem R$ 3 mil na primeira parcela, R$ 3 mil na segunda parcela e o

restante na terceira parcela. As forças da Segurança Pública (Polícia Militar, Polícia Civil, Bombeiros e Agentes Penitenciários) e servidores da Fhemig não tiveram a data da primeira parcela alterada, conforme anunciado anteriormente. (Governo de Minas Gerais).

Nota à imprensa É lastimável a incompetência do governo de Fernando Pimentel para gerir os recursos públicos e o completo descaso com seus servidores, que até agora, 15 de maio, não sabem quando receberão o salário referente à folha de abril último. Usar a lista do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais (TCE-MG), que aponta servidores com acúmulo de cargos públicos, como desculpa para atrasar ainda mais o pagamento é uma desfaçatez que penaliza todo o funcionalismo. Coube ao próprio governador Pimentel o papel deprimente de anunciar que o Estado rodaria uma nova folha para excluir os nomes que constavam na lista, isso sem sequer abrir processo administrativo. A desculpa é tão inconsistente que o governo foi desmentido pelo próprio TCE. O Tribunal deixou claro que a divulgação da lista não representa uma determinação para dispensa de servidor, mas sim para que a situação seja averiguada. E servidores do Executivo, que não quiseram se identificar à imprensa por medo de retaliação, revelaram que a maioria dos nomes não está irregular e se refere a profissionais que ocupam dois cargos de forma lícita, como é o caso dos servidores da educação e da saúde que podem ter até dois cargos, com compatibilidade de exercício, como previsto na Constituição Federal. Já a inclusão do secretário de Estado de Planejamento e Gestão, Helvécio Magalhães, na lista do TCE, o governo não explica. Como denunciado pelo bloco de oposição em 2015, por meio de uma representação junto ao Ministério Público de Minas Gerais, Helvécio acumula três cargos públicos, uma afronta à legislação vigente. Ele recebe pela Prefeitura de Belo Horizonte, 50% pela função de secretário de Estado e ainda mantém o salário de médico na Fundação Hospitalar do Estado de Minas Gerais (Fhemig), cargo que não exerce atualmente. Além do acúmulo ilegal, Helvécio engorda sua remuneração com três jetons pela participação em conselhos da Cemig, BDMG e Prodemge. Em janeiro último, sua remuneração bruta chegou a R$ 74.496, segundo dados do Portal da Transparência. Para os parlamentares de oposição, o governo deveria ter a dignidade de aplicar as medidas cabíveis a seu secretário, exigindo a devolução dos valores recebidos durante todos esses anos, colocar em dia o pagamento de seus servidores que não suportam mais o parcelamento e os constantes atrasos, e abrir processos administrativos para apurar e sanar situações irregulares que façam parte da lista do TCE. (Fonte: Bloco de oposição Verdade e Coerência).


4

DIÁRIO TRIBUNA Quinta-feira, 17 de maio de 2018

Mesa da Assembleia aprova rito de denúncia contra Pimentel

Tramitação de impeachment do governador será comunicada ao Plenário em Reunião Ordinária

A Mesa da Assembleia aprovou, nesta quarta-feira (16/5/18), o rito que será utilizado para análise da denúncia de crime de responsabilidade supostamente cometido pelo governador Fernando Pimentel. Caso seja acatada, a denúncia pode levar ao impeachment do governador. Houve duas alterações, por sugestão do 1º-secretário, deputado Uma das justificativas para o pedido de impeachment seria Rogério Correia (PT). o atraso nos repasses financeiros devidos aos Poderes Legislativo e Judiciário - Foto: Daniel Protzner O prazo para a Comisco dias úteis para indicação sa, até que duas questões são Especial emitir parecer de novos integrantes, caso de ordem pendentes sejam sobre a denúncia foi ama Comissão Especial seja respondidas. pliado de 5 para 10 reunirejeitada pelo Plenário. Todos os deputados ões de Plenário, incluindo A decisão da Mesa integrantes da Mesa para possibilidade de realizaserá comunicada ao Pleticiparam da reunião, ção de diligências e escuta nário na próxima Reunião que foi conduzida pelo de testemunhas. A outra Ordinária e a tramitação da presidente Adalclever mudança é a previsão de denúncia continua suspenLopes (PMDB). que os líderes tenham cin>>>>>>>>>>> Confira como ficou o rito <<<<<<<<<<<< Denúncia recebida em Plenário no Recebimento dia 26/4   Publicada no Diário do Publicação da denúncia Legislativo em 28/4 Acontecerá em reunião após Leitura da denúncia e decisão sobre questões de ordem fundamentação ainda pendentes Indicação dos membros pelos 5 dias úteis lideres Após indicação de seus integrantes Eleição da comissão especial por líderes de blocos e bancadas Após indicação de membros e Plenário/Presidência Designação da comissão eleição em Plenário Publicação 48 horas Reunião da comissão para eleição para presidente, vice e 48 horas relator Notificação do Governador 1 dia 10 reuniões de Plenário, contadas   Defesa do Governador a partir do recebimento da   notificação Oitiva do Autor e do   Sem prazo definido denunciado   10 reuniões de Plenário, após Comissão Especial manifestação do denunciado Apresentação e aprovação do ou após prazo do término da relatório defesa. A Comissão poderá ouvir testemunhas e proceder a diligências Leitura do parecer em reunião Sem prazo definido Tem início 48 horas após Discussão do parecer publicação no Diário do   Legislativo   Votação Sem prazo definido   Se admitida a denúncia:   Notificação do Governador Sem prazo definido   Ofício ao Tribunal de Justiça Sem prazo definido Plenário Definição da mesa sobre eleição dos representantes 5 dias para tribunal de julgamento O rito foi definido com base nos Regimentos Internos da ALMG e da  Câmara dos Deputados, na Lei Federal 1.079, de 1950, que tipifica os crimes de responsabilidade cometidos por agentes públicos, e em decisões

recentes do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o assunto. A denúncia de iniciativa popular contra o governador Fernando Pimentel foi apresentada pelo advogado Mariel Márley Marra. Segundo

ele, o crime de responsabilidade se configura em função do atraso nos repasses financeiros devidos aos Poderes Legislativo e Judiciário. Ele cita, ainda, a retenção de recursos estaduais devidos aos municípios.

Gerais Rede de Notícias do Sindijori – Minas Gerais Escolas de Muriaé aderem à paralisação Escolas públicas da rede estadual de educação amanheceram ontem de portas fechadas em Muriaé em atendimento à convocação do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE/MG) para a paralisação geral da educação da rede estadual, em posicionamento contra o parcelamento e agora também o adiamento do pagamento de salários dos servidores estaduais. A paralisação e a manifestação são respostas da categoria diante do injustificável atraso do pagamento anunciado pelo governador Fernando Pimentel de alterar a data do recebimento da primeira parcela do pagamento do salário, que estava prevista para o dia 16 de maio. (Gazeta de Muriaé) Indústria do aço prevê retomada - De acordo com o Instituto Aço Brasil, o consumo aparente de aço deve subir 6,9% em 2018. Depois de três anos de queda do consumo aparente no mercado de aço, que ultrapassa 30% nesse período, o ano passado já apresentou uma recuperação, mesmo tímida. A informação é do gerente de Economia do Instituto Aço Brasil, Marcelo Ávila, para quem o ritmo de recuperação nas vendas deve se manter ao longo desses anos, após um aumento do consumo aparente em 5,3%, atualmente. (Diário do Aço - Ipatinga) Salário de admissão não chega a 2 mínimos - Juiz de Fora apresentou uma pequena recuperação na geração de empregos no primeiro trimestre deste ano, quando foram criados 422 postos de trabalho, saldo entre as admissões e demissões feitas no período. No entanto, o salário médio pago aos trabalhadores

recém-contratados revela fragilidade no caminho para a retomada do crescimento da economia local. Em todos os setores econômicos, o valor não chega a dois salários mínimos. As informações foram obtidas pela Tribuna a partir do cruzamento de dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e das Informações para o Sistema Público de Emprego e Renda (Insper) divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE). (Tribuna de Minas - Juiz de Fora) Varginha terá mestrado em Contábeis - Profissionais das áreas ligadas aos negócios, que quiserem ampliar seus conhecimentos, poderão participar do curso de mestrado em Ciências Contábeis que o Ipecont vai oferecer em Varginha. O curso será presencial ministrado pela Fucape, Fundação Instituto Capixaba de Pesquisas em Contabilidade, Economia e Finanças, uma das poucas instituições de ensino superior do Brasil que possuem nota 5 na avaliação do MEC. O programa de mestrado em Ciências Contábeis foi reconhecido pela CAPES, - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior, entidade ligada ao MEC, único com nota máxima da área. (Gazeta de Varginha) Programa mostra talentos de SL - A pri-

meira etapa do programa "Pelos 7 Cantos, realizada no palco do Parque Náutico da Boa Vista no último sábado, 12, em Sete Lagoas, mostrou alguns dos atuais talentos do cenário artístico da cidade. O evento promovido pela Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Juventude, reuniu 15 concorrentes em apresentações de dança e canto aplaudidas pelo público presente. Ao final da etapa, cinco artistas se classificaram para a final, que será em novembro, mês de aniversário da cidade. (Sete Dias - Sete Lagoas) Prefeitura nega paralisação de obras - A Prefeitura de Divinópolis negou que as obras do Pró-Transporte irão paralisar. Em nota, o Poder Executivo informou que não havia nenhuma irregularidade e que o programa estava sendo executado normalmente na cidade, contradizendo o que o vereador Josafá Anderson (PPS) havia afirmado durante o seu discurso na reunião ordinária da última quinta-feira, 10. De acordo com o vereador, a empresa responsável pela execução do serviço estaria prestes a abandonar as obras por falta de repasses. Josafá afirmou ainda que a Caixa Econômica Federal não enviava os recursos do programa há quase um ano. (Portal Agora - Divinópolis)


Opinião/Gerais

DIÁRIO TRIBUNA Quinta-feira, 17 de maio de 2018

Nunca é tarde para a liberdade Dinis Pinheiro

Ex-presidente da Assembleia Legislativa de Minas Gerais

Conta-nos a história que foi pouco antes das 13horas do dia 13 de maio de 1888, que Dona Isabel, princesa regente, sancionou a Lei Imperial nº 3.353, que abolia a escravidão no Brasil. A Pátria do Cruzeiro ostentava enfim o título de último País das Américas a não mais usar a exploração do ser humano como força de trabalho compulsória. Noventa e nove anos depois da Inconfidência Mineira, e 67 após a Proclamação da Independência, nos tornarmos República, história sequencial que carregava consigo o prelúdio do que viria a se tornar o maior símbolo de Minas Gerais, a liberdade. Séculos se passaram, e a pujante vocação de Minas Gerais por emancipação permanece latente, sobretudo, hoje, sob a nuvem densa de uma grave crise. Um Estado convocado para ser grande, vem apequenando-se sob os desmandos de um governo limitado, que hiberna no fisiologismo partidário e pouco faz para cumprir o que prometeu em 2014. Parcelamento dos salários de servidores públicos, dívida de R$ 7 bilhões na saúde para os municípios, hospitais filantrópicos e Santas Casas, retenção de recursos do IPVA e do transporte escolar, são apenas reflexos de uma incapacidade descomunal de gerenciar com responsabilidade e competência o dinheiro suado do trabalhador mineiro. Tempos difíceis para trabalhadores, empresários e, claro, para os 1,2 milhão de desempregados em Minas Gerais, de acordo com o IBGE. A situação se agrava com o altíssimo nível de desconfiança da população brasileira nos políticos como representantes de seus interesses. Infelizmente, parte da classe política se divorciou da honra e da vergonha na cara e, com pesar, vemos crescer a fila de processados, investigados, presos. Uma crise de valores e de virtudes contaminou as engrenagens da gestão pública, o que catalisa a descrença e a antipatia da população ao ser abordada pelos mais bem intencionados agentes políticos.

5

Deputado federal, Nilson Leitão, quer ampliar pena para roubo e furto de armas Projeto também torna crimes hediondos o comércio ilegal e o tráfico internacional de armamento

É imprescindível, nesse cenário, restabelecer a confiança e a esperança das pessoas na boa política. Apresentar ao cidadão fatos e feitos verossímeis, bom currículo e ficha limpa (que se tornou virtude, apesar de ser prerrogativa). Apresentar projeto de futuro, mas amparado em um histórico digno. Teremos em alguns meses, mais uma vez, a oportunidade de conhecermos programas, promessas ou planos de fuga para remover Minas Gerais da incerteza e da desesperança. Vamos ser bombardeados por vídeos nas redes sociais, correntes de WhatsApp com toda sorte de boataria digital, e o pai de todas as campanhas, o marketing político, irá transmitir na sala de estar da maioria das famílias mineiras o plano perfeito para a Minas Gerais dos sonhos de todos. E é nesse contexto, preveem os analistas, que a tendência da polarização ideológica, empurrada pelo movimento robusto das grandes agremiações partidárias que comandam o País há décadas, se tornará, novamente, proposta indecente a incidir sobre o nosso poder de escolha nas urnas. Há muito defendo um Estado sem excelências, com mais igualdade e verdadeiramente republicano. Na escola do Parlamento de Minas Gerais, aprendi que representar o povo é vocalizar vozes diversas, é sentir as dores não apenas dos que me escolheram, mas buscar alívio para todos. Felizmente, esse saber não cabe em siglas partidárias, porque vai além de ideologias, é tingido de muitas cores e não está a serviço de ego algum. Ademais, a boa po-

lítica é sacerdotal. O bom político é comissionado ao serviço do bem comum e a vida pública é um pacto que se estabelece entre o agente público e a sociedade, onde não há espaço para vaidades, compadrio e privilégios anacrônicos. Feita a reflexão inevitável, a pouco tempo das convenções partidárias e das confirmações das candidaturas em julho próximo, tenho para mim que evocar o outro nome de Minas, como acertou Tancredo, a Liberdade, será o nosso maior desafio. É urgente revisitar nossa história, o labor incansável dos Inconfidentes, a sapiência das nossas revolucionárias tradições e não nos rendermos mais uma vez aos que se conclamam invencíveis. Não há mais espaço para a política do toma lá, dá cá. Não é possível mais tolerar os donos do poder a qualquer custo, enfeitiçados por vantagens pessoais e corriqueiramente atrás de um balcão de negócios. O Estado não pertence a um partido A ou a um partido B. Minas Gerais é do tamanho do alfabeto, porque abriga brasis. Não podemos nos furtar a certeza de que somos um povo que descende dos ideais mais nobres de emancipação e protagonismo nos rumos que o Brasil tomou nos últimos séculos. Nossa mineiridade contém o DNA do incansável desejo de lutar pelo que acreditamos e, ao mesmo tempo, o costume de ponderar sobre o que escolher e como escolher. Sábio, Guimarães Rosa deu-nos a senha, “Minas é montanha que se escala. [...] atrás de muralhas, caminhos retorcidos, ela começa, como um desafio de serenidade. Prossigamos.

O deputado federal, Nilson Leitão, protocolou projeto 10.228/2018 que aumenta a pena para roubo e furto de armas e também para crimes cometidos com armamento roubado, furtado ou com identificação adulterada. Além disso, torna crimes hediondos o comércio ilegal e o tráfico internacional de armas. De acordo com ele, é necessária uma ação enérgica por parte do Congresso para inibir crimes como o roubo de cargas, quase sempre praticado por grupos fortemente armados, e o surgimento de milícias, além de tornar mais rígida a legislação sobre roubo e furto de armas. “O crime organizado está cada dia mais aparelhado e se alimenta com o tráfico de armas pesadas. Por isso, além de ampliar o controle das fronteiras, é preciso endurecer a legislação contra o tráfico internacional e comércio ilegal desse tipo de armamento”, afirma Leitão. Ainda segundo o deputado, penas mais duras para o roubo e furto de armas também são uma forma de inibir outros tipos

Leia e assine

de crimes. “O criminoso rouba uma arma para cometer outros delitos, como homicídio, latrocínio. Assim, o roubo ou furto de armas não pode ter a mesma pena que o roubo ou furto de um pacote de arroz, como é hoje”, disse. Hoje, a pena para furto em geral é de 1 a 4 anos de prisão e para roubo, de 4 a 10 anos. O deputado propõe alterar o Código Penal para prever pena de 4 a 10 anos para furtos de armas de fogo e a ampliação da reclusão de um terço até a metade em caso de roubo de armamento. Outra alteração no Código Penal inclui entre as circunstâncias que agravam a pena o uso de arma de fogo furtada, roubada ou com identificação adulterada. O projeto inclui na Lei

de Crimes Hediondos o comércio ilegal e o tráfico internacional de armas de fogo e, para ampliar o controle sobre esse tipo de armamento, prevê a comunicação de apreensões dessas armas ao Comando do Exército para que seja instituído e mantido um cadastro Nacional de Armas de Fogo de Uso Restrito Furtadas ou Roubadas. O projeto aumenta de 3 a 6 anos para de 4 a 8 anos a pena de reclusão para o crime de posse ou porte ilegal de arma de uso proibido ou restrito. Já para os crimes de comércio ilegal e tráfico internacional que envolvam esse tipo de armamento, a pena será ampliada em dois terços. Atualmente, é aumentada em metade. (Fonte: Liderança do PSDB na Câmara).

DIÁRIO TRIBUNA

Telefone: (33) 3523.4651/(33) 98851-0806


6

Segurança Pública

DIÁRIO TRIBUNA Quinta-feira, 17 de maio de 2018

Após denúncias PM de Teófilo Otoni recupera duas motocicletas roubadas

A Polícia Militar recebeu denúncia, na quinta-feira (09/05), informando que um homem possuía duas motocicletas, produtos de roubo ocorrido em data anterior, numa residência próxima ao distrito de Brejão, município de Teófilo Otoni. Uma equipe policial foi à localidade indicada e localizou o suspeito que, ao perceber a presença da polícia, fugiu do local. Os militares encontraram no quintal da residência, uma motocicleta XRE 300, de cor vermelha, sem

placa, com o chassi e número do motor, raspados. O veículo foi removido a um pátio conveniado junto

ao Detran para adoção das providências legais cabíveis. (Informações/Foto: ACO 19º BPM/15ª RPM).

Polícia Militar apreende drogas em Catují

Durante patrulhamento realizado em Catuji, no domingo (13/05), os militares notaram uma movimentação estranha em uma das ruas da cidade. Ao perceberem a aproximação dos policiais, os indivíduos que estavam no local fugiram. Os policiais realizaram buscas na localidade e encontraram 17 pinos cheios de substância semelhante à cocaína, e 12 invólucros de plástico vazios. Os materiais foram apreendidos e encaminhados a autoridade policial competente. As buscas continuam, no intuito de localizar os indivíduos. (Fonte: ACO 19º BPM/15ª RPM).

A Polícia Militar realizou nos dias 11 e 12 de maio, em todo país, a operação denominada “Tiradentes II”. Uma estratégia do Conselho Nacional de Comandantes Gerais das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares do Brasil (CNCG), para promover a segurança da população e garantir a ordem pública no Brasil. Como forma de implementar as ações propostas pelo CNCG, a Polícia Militar de Minas Gerais empenhou, durante a operação, 10.236 militares, que atuaram em pontos estratégicos, nos diversos municípios mineiros. A 15ª Região de Polícia Militar teve a maior apreensão de armas de fogo, no estado, comparada com as outras regiões da PMMG. Durante a operação, 48 pessoas foram presas, 49 veículos e 23 armas de fogo foram apreendidos, nos Vales do Mucuri, Jequitinhonha e São Mateus. (Informações/ Fotos: ACO 15ª RPM).

Militares de Caraí recuperam duas motocicletas furtadas

Homem é preso após atirar várias vezes contra um cachorro

Durante patrulhamento na quinta-feira (10/05), pelas imediações do Córrego Consulta, zona rural de Novo Cruzeiro, a Polícia Militar foi acionada a comparecer numa residência localizada naquela região. Segundo informações,

Polícia Militar de Minas Gerais realiza operação “Tiradentes II”

um cidadão teria efetuado disparos de arma de fogo contra um cachorro, ferindo o animal em diversas partes do corpo. Os militares foram ao local e encontram o homem, que confirmou ter cometido os disparos, com uma espingarda de

sua propriedade, logo após o cachorro ter latido e mordido seus animais. Ele foi preso e encaminhado à polícia judiciária, junto com a arma apreendida, para as demais medidas a serem adotadas no caso. (Informações/Foto: ACO 19º BPM/15ª RPM).

Leia e assine DIÁRIO TRIBUNA Telefone: (33) 3523.4651/(33) 98851-0806

A Polícia Militar recebeu denúncias na quinta-feira (10/05), informando que alguns indivíduos estariam transitando pelas ruas da cidade de Caraí, com motocicletas de procedência criminosa. Militares foram ao local indicado pelo informante e encontraram os suspeitos utilizando os veículos, certificando se tratar de duas motocicletas Honda/Bros, uma de cor preta, outra vermelha. Em consulta ao sistema informatizado, os policiais constataram que os dois veículos haviam sido furtados, um em Belo Horizonte, e o outro em

Contagem, fatos ocorridos no ano de 2017. Os suspeitos foram presos e conduzidos à Polícia Civil. As motocicletas foram

removidas a um pátio conveniado, para adoção das providências cabíveis no caso. (Informações/Foto: ACO 19º BPM/15ª RPM).


Publicação Legal

DIÁRIO TRIBUNA Quinta-feira, 17 de maio de 2018

7

Publicação Legal PREFEITURA MUNICIPAL DE SÃO JOSÉ DO DIVINO – MG. AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL COM REGISTRO DE PREÇOS Nº: 10/2018. O Município São José do Divino/MG, através da CPL, comunica que abrirá Processo Licitatório Nº: 21/2018, Modalidade Pregão Presencial com Registro de Preços Nº: 10/2018, tipo menor preço por item, cujo objeto é o registro de preço para futura contratação de empresa prestadora de serviços de remendo, montagem e desmontagem de pneus dos veículos pertencentes ao Município de São José do Divino, com abertura para o dia 29/05/2018 às 09h20min. Os interessados poderão retirar o edital e obter informações na Prefeitura, à Praça Prefeito Jurandir José Duarte, nº 100 - centro – São José do Divino/MG, nos dias úteis no horário de 08h00 às 11h00 e de 13h00 às 16h00. Informações Tel/Fax: (33) 3582-1115, email.licitasjd@gmail.com. Vanda Maria Alves Dias - Presidente da CPL. SINDICATO DO COMÉRCIO DE TEÓFILO OTONI EDITAL DE CONVOCAÇÃO

ASSOCIAÇÃO DOS MUNICÍPIOS DA MICRORREGIÃO DO VALE DO MUCURI, AV. ALFREDO SÁ, 1769 TEÓFILO OTONI – MINAS GERAIS

EDITAL DE PROCLAMAS - SERVIÇO REGISTRAL ALMEIDA, RUA ENGENHEIRO CARVALHO BORGES, 396 - CENTRO, TEÓFILO OTONI (MG). TELEFONE (33) 3521-2414.

Valéria Ramos de Souza OAB/MG 149.354

Um jornal Diário a serviço do nordeste de Minas Fundado em 05 de agosto de 1969

Diretor Responsável: Wilmar Souza e Silva Redação e Composição: Rua Victor Renault, 737 Fundos • Bairro Laerte Laender 39.803-151 • Teófilo Otoni • MG (33) 3521-9277 / 3523-4651 / 98851-0806

Pelo presente Edital ficam convocados todos os representados quites e no gozo de seus direitos sindicais para a Assembléia Geral Ordinária a ser realizada no dia 22 de maio de 2018, ás 15:00h, em sua sede social à R. Epaminondas Otoni, 35 Sl 401 – Centro – Teófilo Otoni-MG, 39802-010, para tratar da seguinte Ordem-do-Dia: a) examinar, discutir e deliberar sobre o Relatório e Contas da Diretoria relativos ao exercício financeiro encerrado em 31 de dezembro de 2017. b) examinar, discutir e deliberar sobre o Relatório e Contas da Diretoria relativos ao exercício financeiro referente ao mandato 2014-2018. Caso não haja comparecimento legal, a referida Assembleia será instalada em segunda convocação às 16:00h, deste mesmo dia e no mesmo local com qualquer número de convocados presentes. Teófilo Otoni, 17 de maio de 2018. Iesser Anis Lauar - Presidente

Contábil: Vitaly Almeida & Contadores Associados Ltda paulo_contador@hotmail.com

Representante em Belo Horizonte: André Francisco Oliveira Silva (98851-0805)

Colaboradores: Alfredo Ferreira Filho; Dr. Hélio Pedro Soares; José de Paiva Neto; Luiz Alberto Bassoli; Dr. Jeferson Botelho Pereira; Paulo Sérgio Almeida Santos; Márcio Barbosa dos Reis.

Jurídico: Dr. Marcos Ganem Advogados Associados m.ganem@uol.com.br

Impressão: Gráfica Três Vales • Rua Marcelo Guedes, 154 Cidade Alta • Fone: (33) 3522-3070

010953 - ARLEM RIBEIRO BARROSO, solteiro, estoquista, natural de Teófilo Otoni-MG, residente na Rua João Leonardo Hollerbach, 365, Bairro Jardim Iracema, Teófilo Otoni-MG, filho (a) de SINVALDO RIBEIRO BARROSO e LEDY ORNELAS BARROSO; e FÁTIMA APARECIDA ALVES, solteira, vendedora, natural de Francisco Badaró-MG, residente na Rua João Leonardo Hollerbach, 365, Bairro Jardim Iracema, Teófilo Otoni-MG, filho (a) de LUIZ AFONSO ALVES TEIXEIRA e LUZIA ROSA ALVES; 010954 - WELINTON EGLESIAS DA SILVA, solteiro, açougueiro, natural de Teófilo Otoni-MG, residente na Rua Barbacena, 215, Bairro Belvedere, Teófilo Otoni-MG, filho (a) de MIGUEL ARCANJO DA SILVA e SORAIA SANTOS EGLESIAS; e ANA LUIZA BALEEIRO RODRIGUES, solteira, caixa, natural de Teófilo Otoni-MG, residente na Rua Olímpia Zimmer de Souza, 142, Bairro Funcionários, Teófilo Otoni-MG, filho (a) de ADEBALDO RODRIGUES e ANA CASSIA BALEEIRO RODRIGUES; Teófilo Otoni-MG, 16/05/2018 Maria Nildéia de Almeida Borges Oficiala de Registro Civil Proc. 010953 a 010954


8 Cidade Realizado em Teófilo Otoni o 2º Encontro da Mulher Empreendedora Profissional da Contabilidade do Nordeste Mineiro DIÁRIO TRIBUNA

Quinta-feira, 17 de maio de 2018

O Sindicato dos Contabilistas de Teófilo Otoni (SINDCONT) promoveu na noite de sexta-feira (11/05), no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas de Teófilo Otoni (CDL-TO), o 2º Encontro da Mulher Empreendedora Profissional da Contabilidade do Nordeste Mineiro. O encontro foi realizado por um grupo de mulheres do Conselho Regional de Contabilidade, de Teófilo Otoni. Às 18h, após o credenciamento, foi realizado o Spa da Mulher. A noite contou com duas palestras: a primeira, "Simples Nacional – Novas Disposições Aplicáveis", ministrada pela vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do Conselho Regional de Contabilidade de Minas Gerais, Jacquelline Aparecida Batista de Andrade. “Nós estamos muito felizes de estar aqui com a classe contábil de Teófilo Otoni, com as mulheres, falando sobre o Simples Nacional”. Ela

falou sobre as mudanças no Simples Nacional, que todos os contadores deverão estar atentos a elas. Ela destaca que percebeu uma mudança muito grande, uma valorização da mulher contadora, principalmente que a classe tem pela primeira vez na história do CRCMG, uma mulher presidente, e também, as mulheres já representam quase 50% do contingente de contadores mineiros. “Essa atuação da mulher é muito importante – contadora, mãe. Nesse domingo (13), nós comemoramos o Dia das Mães, e fica o nosso abraço a todas as mães contadoras de Minas Gerais”. Jacquelline frisa que o Conselho Diretor, nesta gestão, é uma inovação, em que 50% do Conselho é de mulheres. “Somos quatro mulheres trabalhando em prol do CRCMG, junto com quatro homens. Nós estamos bem divididos agora, eu diria assim”. A segunda palestra foi

Palestra ministrada pela presidente do CRCMG, Rosa Maria Abreu Barros

O encontro promovido pelo Sindcont foi realizado no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas de Teófilo Otoni

ministrada pela presidente do CRCMG, Rosa Maria Abreu Barros, que abordou o tema, “O Papel da Mulher no Mercado Contábil”. Rosa Maria destaca a importância que o CRCMG, que tem sua sede em Belo Horizonte, possa ser reconhecido no interior. O CRC tem os conselheiros que representam as cidades, e ela enfatiza que quer o profissional, mesmo os que estão na capital, participando dos eventos presenciais.

Que eles possam também ter esses eventos gravados, ou online como já foram feitos nesses seus 120 primeiros dias de gestão. Dentre às inúmeras ações do CRCMG, nesta gestão, eventos estão sendo gravados e disponibilizados no You Tube, com isso, segundo Rosa, a participação dos profissionais ou dos estudantes, não ficam condicionado a um espaço territorial. A noite foi marcada ainda por vários sorteios de

Vice-presidente de Desenvolvimento Profissional do CRCMG, Jacquelline Aparecida Batista de Andrade

brindes e um coquetel de confraternização. O presidente do SINDCONT, Paulo Sérgio Almeida Santos ressalta que conta com o CRCMG apoiando o profissional da contabilidade da região de Teófilo Otoni, pois a presidente e vice do CRCMG prestigiaram o 2º Encontro da Mulher Contabilista promovido pelo SINDCONT. “É de extrema relevância para o profissional e para o empresariado ouvir es-

sas maravilhosas pessoas que conseguimos trazer aqui com o maior interesse de passar pra nós informações pertinentes e atuais na área contábil”, disse Paulo Sérgio, acrescentando ainda, “e num momento muito maravilhoso, no encontro da mulher, onde a primeira mulher do CRC está aqui conosco, prestigiando a nossa classe. Isso mostra o prestígio que os profissionais estão tendo aqui na nossa região”.

Palestrantes Jacquelline Aparecida Batista de Andrade e Rosa Maria Abreu Barros com a equipe do Sindcont

Diario do mucuri 17 mai 2018 final  
Diario do mucuri 17 mai 2018 final  
Advertisement