Page 1

澳 門 論 壇 日 報

Jornal

www.jtm.com.mo ao serviço de macau desde 1982

Tribuna de Macau Director José rocha Dinis | Director Editorial executivo Sérgio Terra | Nº 3835 | terça-feira, 23 de Agosto de 2011

10 Patacas

PROGRAMAS DE JORNALISMO E HISTÓRIA DEVEM COMEÇAR NO PRÓXIMO ANO

Universidade de Coimbra apoia novos mestrados no IPM

Incentivos fiscais transformam Ilha da Montanha em “zona franca”

Pág 5

Pag. 2

Operadoras do Jogo registam fortes quebras na Bolsa

Revisão de diploma preocupa empresários da área comercial

Renovadas ameaças de greve no futebol italiano e espanhol

As acções de todas as operadoras do jogo em Macau voltaram ontem a sofrer quebras acentuadas na Bolsa de Valores de Hong Kong, devido a receios motivados por sinais de abrandamento do consumo na China Continental. Depois de terem recuado entre 5,3 e 11 por cento na sessão de sexta-feira, as acções das operadoras voltaram ontem a evoluir em “terreno negativo”, com as maiores descidas a atingirem a Galaxy (menos 8,32%), MGM China (8,09%) e Wynn Macau (7,40%). Já as acções da Sands China e SJM Holdings sofreram desvalorizações de 4,66 e 3,90 por cento, respectivamente. Na sexta-feira, uma analista do Deutsche Bank reviu em baixa as projecções para o crescimento anual das receitas brutas dos casinos, ao antecipar uma subida entre 10 a 20% contra os 45,2% registados até Julho.

A possibilidade de serem criadas novas regras para a classificação dos estabelecimentos comerciais, equiparando as licenças de restaurantes às de bares e estabelecimentos de diversão, está a gerar dúvidas. Num Fórum realizado pela Rede da Convergência da Sabedoria, foi considerado como contraditório o texto do projecto de revisão do diploma que regula os hotéis, restaurantes e bares. O presidente da Associação dos Proprietários e Profissionais dos Recintos de Diversões, Wu Kin Wai manifestou reservas sobre a conjugação com a lei anti-tabagismo. Esta determina, a partir de 2011, a proibição imediata do fumo em karaokes e restaurantes, enquanto que os bares, clubes e saunas terão três anos para adaptação. Para Wu Kin Wai, o texto em consulta levanta dúvidas sobre a estratégia a seguir pelos estabelecimentos comerciais.

A Associação Italiana de Jogadores de futebol (AIC) manteve ontem a ameaça de greve, que pode pôr em causa o arranque da Série A, no próximo fim-desemana. Em causa está a assinatura de um novo contrato colectivo de trabalho, depois do documento anterior ter caducado há um ano. Clubes e jogadores divergem quanto a uma cláusula que autoriza os clubes a colocar futebolistas sob contrato a treinar à parte, ou a transferi-los para outra equipa sem acordo do jogador. O impasse mantém-se desde o início de Agosto, a exemplo do que também acontece em Espanha, onde os futebolistas das ligas profissionais decidiram ontem estender a greve até à segunda jornada do campeonato. Os jogadores reclamam o pagamento imediato dos salários em atraso a cerca de 200 futebolistas e cujos valores atingem um total de 50 milhões de euros.


“A prioridade do próximo período será impulsionar os projectos de construção conjunta do Parque Industrial de Criatividade Cultural Guangzhou-Macau e do Porto de Cruzeiros de Nansha” - Chui Sai On

local

“As empresas de Macau poderão usufruir plenamente dos benefícios, dos incentivos e dos recursos humanos disponíveis, bem como gozarão de isenção fiscal e evitarão o excesso de acumulação de capitais” - Lau Si Io

ANUNCIADOS INCENTIVOS FISCAIS PARA INVESTIDORES

“Zona franca” na Ilha da Montanha O desenvolvimento dos projectos de construção conjunta do Parque Industrial de Criatividade Cultural Guangzhou-Macau e do Porto de Cruzeiros de Nansha são considerados prioritários pelo Governo da RAEM. Ontem foram apresentadas medidas para desenvolver a Ilha da Montanha, no âmbito do Acordo-Quadro de Cooperação Guangdong-Macau paulo barbosa

A

s empresas que invistam na Ilha da Montanha pagarão menos impostos do que noutras regiões chinesas, estando sujeitas a uma carga fiscal de 10% sobre os seus rendimentos. Trata-se de uma redução de 15 pontos percentuais em relação ao que vigora na China. Com o objectivo de incentivar o desenvolvimento da ilha vizinha, o pacote de benefícios fiscais implica que as transacções feitas entre empresas ali estabelecidas estejam isentas de taxação. Está também previsto um “subsídio suplementar” para os residentes de Macau e de Hong Kong que optem por trabalhar na ilha, tendo como referência a diferença entre o imposto de rendimento individual praticado no interior da China e o de Hong Kong e Macau. Segundo a vice-governadora da província de Guangdong, Zhao Yufang, que falava ontem numa sessão de esclarecimento sobre o AcordoQuadro de Cooperação GuangdongMacau, a Ilha da Montanha será uma “zona piloto na cooperação entre Guangdong e Macau”. Há sete sectores de actividade económica que poderão beneficiar dos incentivos fiscais. Outro ponto destacado na sessão prende-se com o princípio de gestão partilhada dos postos fronteiriços, que implica o desenvolvimento de mais infra-estruturas transfronteiriças, prevendo a abertura das fronteiras durante 24 horas. No âmbito deste acordo, os movimentos de pessoas, veículos e mercadorias entre Macau e

a Ilha da Montanha serão facilitados. As mercadorias que sejam produzidas ou que entrem na Ilha da Montanha estarão apenas sujeitas a uma comunicação para efeitos de registo e beneficiarão de isenção de imposto, ou de tratamento de garantia de imposto, para evitar a dupla tributação. Perante uma audiência que encheu o Centro de Convenções Torre de Macau, Chui Sai On afirmou que o Governo da RAEM está a “impulsionar activamente a concretização do Acordo-Quadro e a implementação das medidas inovadoras aplicadas à ilha de Hengqin [Ilha da Montanha]”. Esse impulso passa pelo “aperfeiçoamento da legislação, a criação de mecanismos e a aposta em recursos, para além de elaboração de políticas de apoio às Pequenas e Médias Empresas de Macau [o IPIM criou um grupo especial para apoiar as empresas que queiram investir na Ilha da Montanha], para que participem no desenvolvimento da ilha”, concretizou o Chefe do Executivo. O governante descreveu os passos que têm sido dados para construir coordenadamente o Parque Científico e Industrial de Medicina Chinesa. Assim, segundo disse, “depois da criação do Laboratório Nacional Principal de Estudo da Qualidade da Medicina Chinesa em Macau, o Governo da RAEM e a Organização Mundial de

Medidas “têm potencial muito grande” As medidas ontem especificadas “têm um potencial muito grande no que diz respeito ao incentivo da participação das empresas e pessoas de Macau no desenvolvimento da Ilha da Montanha”, considera José Sales Marques. Para este economista, que é presidente do Instituto de Estudos Europeus, as medidas em causa “são muito interessantes do ponto de vista fiscal, aduaneiro e da circulação de pessoas e bens”. Embora permaneçam por conhecer “alguns aspectos mais concretos”, Sales Marques concorda com o princípio geral do acordo de cooperação, que implica que “os regimes fiscal e de circulação sejam mais abertos do que aqueles que são aplicados nas zonas económicas especiais”. Uma opinião partilhada por Ho Iat Seng, deputado e presidente da Associação Industrial de Macau: “Esta política é muito boa para as empresas de Macau que queiram desenvolver actividade na Ilha da Montanha. (...) É muito importante que o Governo de Macau e as autoridades de Zhuhai se juntem para apoiar as empresas de Macau.” Este dirigente acredita que “muitas empresas” locais investirão na ilha adjacente à RAEM.

Saúde assinaram oficialmente o Acordo de Cooperação no Âmbito da Medicina Tradicional, que inclui a cooperação em várias áreas, nomeadamente a formação de quadros qualificados, os estudos clínicos da medicina tradicional, o registo dos medicamentos chineses e a gestão e controlo de qualidade da produção de medicamentos na área da medicina tradicional chinesa”. Para além do parque de medicina chinesa, Chui Sai On salientou que a criação da empresa “Macau Investimento e Desenvolvimento S.A.” permitirá o desenvolvimento de outros projectos no parque industrial de cooperação Guangdong-Macau. Para já, o Governo da RAEM dá prioridade “aos projectos de construção conjunta do Parque Industrial de Criatividade Cultural Guangzhou-Macau e do Porto de Cruzeiros de Nansha” [que não se localiza na Ilha da Montanha]. No seu discurso, o dirigente máximo da RAEM afirmou que o Acordo-Quadro de Cooperação e a estratégia delineada para o desenvolvimento da Ilha da Montanha “comprovam, mais uma vez, a eficaz vitalidade e criatividade do princípio ‘um País e dois sistemas’ e demonstram o impulso activo dado pelo Governo Central à cooperação Guangdong-Macau”.

Lau Si Io, outro dos palestrantes da sessão de esclarecimento, salientou que as partes signatárias do acordo-quadro “chegaram pragmática e eficazmente a um consenso”, perfilhando o princípio de “lançar experimentalmente projectos pioneiros, de modo a melhorar a articulação dos recursos das duas regiões”. O Secretário para os Transportes e Obras Públicas avançou com a previsão de que uma maior integração económica “pode elevar a competitividade da região em que Macau está integrado, criar novas oportunidades e promover o desenvolvimento sócio-económico sustentável” da região. Lau Si Io acrescentou que o Governo da RAEM vai “incentivar as empresas oriundas do interior da China a utilizarem Macau como uma plataforma regional de serviços económicos e comerciais, expandindo o mercado para a região da ASEAN, da UE e dos países lusófonos”. Com as políticas fiscais e a facilitação das deslocações, o Secretário acredita que, no futuro, “a ilha se transformará numa zona franca de natureza produtiva”, o que beneficiará os negócios. “As empresas de Macau poderão usufruir plenamente dos benefícios, dos incentivos e dos recursos humanos disponíveis, bem como gozarão de isenção fiscal e evitarão o excesso de acumulação de capitais. Assim, elas poderão baixar o custo de produção, aumentando a sua competitividade”, apontou Lau Si Io. Após as apresentações feitas pelos altos dirigentes da região e da província vizinha, os chefes dos serviços fiscais, municipais e alfandegários responderam a questões que membros da audiência formularam previamente por escrito. De acordo com os números então apresentados pelo presidente da cidade de Zhuhai, Zhong Shijian, a exportações daquela urbe para Macau totalizam 600 milhões de renminbis, fazendo com que a RAEM seja a sexta parceira comercial de Zhuhai. Valores que os promotores da chamada “Nova Área de Hengqin” pretendem ver incrementados.

“Cooperação sem precedentes” Huang Huahua, governador da província de Guangdong, considera que AcordoQuadro de Cooperação Guangdong-Macau, assinado a 6 de Março no Palácio do Povo de Pequim, marca “uma nova tendência em termos de cooperação” entre as duas regiões. Uma das suas principais consequências, segundo o governador, prende-se com os benefícios fiscais previstos para a entrada de mercadorias na Ilha da Montanha. Na opinião de Huang Huahua, estes e outros benefícios fiscais previstos traduzem “o forte apoio para o desenvolvimento dos parques industriais de cooperação entre Guangdong e Macau”. Também presente na sessão, a vice-governadora da província vizinha, Zhao Yufang, pensa que o momento é de “de cooperação sem precedentes”. A dirigente defende que o ponto mais importante para que esta cooperação seja bem sucedida passa por “assegurar os mecanismos de colaboração” para que os projectos sejam concretizados no tempo previsto. Os princípios fundamentais do Acordo-Quadro passam por “acelerar o processo de harmonização, formando um novo panorama de integração regional”, fazer da Ilha da Montanha uma nova plataforma de cooperação Guangdong-Macau” e estudar “novas formas para a diversificação adequada da economia de Macau”.

jornal tribuna de macau Propriedade: Tribuna de Macau, Empresa Jor­na­lística e Editorial, S.A.R.L. • Administração: José Rocha Dinis • Director: José Rocha Dinis Director Editorial Executivo: Sérgio Terra • Grande Repórter: Raquel Carvalho • Redacção: Fátima Almeida, Paulo Barbosa e Viviana Chan • Editor Multimédia: Pedro André Santos • Colaboradores: José Luís Sales Marques, Miguel Senna Fernandes, Rogério P. D. Luz (S. Paulo) e Rui Rey • Colunistas: Albano Martins, António Aresta, António Ribeiro Martins, Daniel Carlier, Henrique Manhão, João Guedes, Jorge Rangel, Jorge Silva, José Simões Morais, Luis Machado e Luíz de Oliveira Dias • Grafismo: Suzana Tôrres • Serviços Administrativos e Publicidade: Joana Chói (jtmpublicidade@yahoo.com e jtmagenda@yahoo.com) • Agências: Serviços Noticiosos da Lusa e Xinhua Impressão: Tipografia Welfare, Ltd • Administração, Direcção e Redacção: Calçada do Tronco Velho, Edifício Dr. Caetano Soares, Nos4, 4A, 4B - Macau • Caixa Postal (P.O. Box): 3003 • Telefone: (853) 28378057 • Fax: (853) 28337305 • Email: jtmagenda@yahoo.com (serviço geral) pág 02 terça-feira, 23 de Agosto de 2011 jornal tribuna de macau


publicidade

jornal tribuna de macau terรงa-feira, 23 de Agosto de 2011 pรกg 03


local

FURTO “TECNOLÓGICO” AO DOMICÍLIO. Um homem participou à polícia um furto enquanto estava a dormir. Segundo revelou, quando acordou notou que a sua carteira estava fora do sítio e a porta de casa entreaberta, tendo sido lesado num telemóvel e um Ipad.

ASSALTO SEM PREJUÍZOS. Uma mulher, na casa dos 20 anos, foi assaltada tendo o suspeito levado a sua mala. Porém, uma testemunha seguiu o indivíduo, que acabou por abandonar a mala num local próximo, contendo ainda todos os bens. O suspeito não foi ainda encontrado.

PJ ACREDITA QUE EXISTE OUTRO GRUPO A OPERAR EM HONG KONG

VOX POPuli

Desmantelada rede de falsificação A Polícia Judiciária (PJ) deteve dois homens suspeitos de estarem envolvidos numa rede de falsificação de cartões de crédito, acreditando que um deles possa mesmo ser o “cabecilha” de um grupo que terá vindo a operar em Macau nos últimos meses pedro andré santos

O

PRABHJIT SINGH

(Turista indiano, residente em Hong Kong)

“Gosto dos laços culturais e da história de Macau” - Estando de visita à RAEM, já tem uma opinião formada sobre a região? - É uma região muito bonita. É a primeira vez que venho aqui, sou da Índia mas vivo em Hong Kong há alguns meses. Cheguei ontem e já vou embora hoje. - Porque é que decidiu visitar Macau? - Vim porque a minha esposa gosta muito de Macau. Ela já cá tinha vindo, e agora foi a minha vez de visitar a cidade. - Até agora do que é gostou mais? - Gosto sobretudo dos laços culturais que podemos encontrar aqui, bem como da história que Macau tem. Acho que é a coisa mais bonita que podemos descobrir aqui.

primeiro caso remonta aos meses de Abril e Maio quando foram detidos dois suspeitos de estarem envolvidos numa rede de falsificação de cartões de crédito. Informações provenientes dessa investigação levaram à detenção de mais dois indivíduos, no domingo, quando tentavam entrar no território. A PJ acredita que um dos detidos é mesmo o “cabecilha” de toda a operação que terá envolvido pagamentos avultados de dinheiro em Macau nos últimos meses. Segundo revelou o inspector Choi Iat Peng, um dos suspeitos inicialmente detido há quatro meses tinha na sua posse quatro cartões de crédito, que no total registaram gastos no valor de 95 mil dólares de Hong Kong durante o mês de Abril. O outro suspeito tinha 20 cartões, correspondendo a gastos de 50 mil dólares só no mês de Maio. Os suspeitos acabaram por revelar informações importantes para a captura do alegado “cabecilha”, um homem de 37 anos, de apelido Wong e residente de Hong Kong. Wong foi detido quando tentava entrar no território juntamente com um outro suspeito, de 24 anos, tendo na sua posse seis cartões de crédito prontos a serem utilizados.

Segundo o JTM conseguiu apurar, a rede operava fazendo compras para determinadas pessoas, cobrando 10 por cento pelo valor transaccionado. A polícia suspeita que Wong supervisionava pessoalmente todas as operações efectuadas pelos restantes membros do grupo responsável pelas transacções. O caso já foi entregue ao Ministério Público. Para além deste caso, a PJ acredita que haverá uma outra rede semelhante a operar em Hong Kong.

Jovem de 18 anos suspeito de relações com menor Um jovem, de 18 anos de idade, foi detido pela Polícia Judiciária (PJ) por suspeita de ter praticado relações sexuais com uma menina de 12 anos. Segundo foi revelado pela PJ, a vítima e o suspeito conheceram-se numa festa e ficaram amigos, mantendo o contacto sobretudo através da internet onde falaram durante algumas vezes. Numa noite, no início do mês, a vítima, embriagada, terá ligado ao jovem, acabando por dormir na sua casa, onde terão tido relações sexuais. Depois dessa noite terão estado juntos mais algumas vezes, até que a menina, juntamente com a sua mãe, decidiram apresentar queixa na polícia contra o suspeito, residente de Macau que trabalha num casino.

- Foi a algum casino para jogar? - Sim. Ontem fui pela primeira vez a um casino e ganhei logo algum dinheiro. (risos)

INCIDENTE OCORREU NA RUA DA TRIBUNA E ACABOU NA ESQUADRA

- Como é que encara a presença da indústria do jogo na RAEM? - Acho que é algo positivo. Sobretudo é bom para a diversão, não para se tornar algo que se faça todos os dias. Acredito que se as pessoas jogarem todos os dias torna-se algo perigoso, porque nunca sabemos quando vamos ganhar ou perder. Para as visitas dos turistas, é algo muito bom, mas não para os habitantes daqui.

Quatro homens estiveram envolvidos numa troca de agressões físicas durante o fim-de-semana. A disputa por um táxi esteve na origem dos desacatos

- Em termos de turismo, acha que Macau tem boas infra-estruturas ou necessita de melhorar algo? - Acredito que não há nada que necessite muito de mudar. Por exemplo gostamos da sinalização das ruas... É diferente do que costumamos encontrar, porque normalmente todos os nomes estão apenas em inglês, enquanto aqui estão em português e cantonês. Dá um tom diferente às ruas. - Pretende visitar outros países ou territórios na Ásia? - Não. Sendo de Hong Kong, decidi para já visitar apenas Macau, pela proximidade. A.S.S.

pág 04 terça-feira, 23 de Agosto de 2011 jornal tribuna de macau

Disputa por táxi motivou pancadaria

A

s disputas por táxis são até bastante comuns, de tal forma que chegaram a obrigar à colocação de “agentes” no início e no fim das filas de espera como forma de prevenir “cortes”. No entanto, nem sempre é possível, e muitas pessoas acabam mesmo por ser vítimas daqueles que simplesmente não gostam de esperar e decidem “atacar” o primeiro táxi livre que encontram, independentemente de poderem estar a passar à frente de outros que aguardavam pela sua vez há bem mais tempo. Se muitos acabam por nada poder fazer contra atitudes contrárias às regras de civismo, outros não aceitam estes “cortes” assim com tão boa vontade. Foi o que se sucedeu no fim-desemana, na Rua da Tribuna, quando uma disputa por um táxi levou quatro residentes do território a trocarem agressões entre si. Segundo revelaram as autoridades policiais, dois indivíduos estariam à espera de um táxi quando ou-

tros dois tentaram entrar no mesmo veículo. Após discussão acabaram por se agredir mutuamente, tendo um deles tido ferimentos na cabeça devido às agressões. O taxista acabou por se fazer à estrada, mas uma patrulha presente no local acabou por detectar os desacatos, tendo “convidado” os quatro indivíduos a deslocarem-se à esquadra. FURTO RECORRENTE CORRE MAL. Roubou à primeira e safouse, mas à segunda já não correu tão bem, pelo menos para o suspeito. O caso foi denunciado ontem pela Polícia de Segurança Pública (PSP) que relatou um caso da detenção de dois suspeitos de furto numa loja de vestuário situado na Avenida Infante D.Henrique. O primeiro caso ocorreu na sexta-feira, com os dois suspeitos a levarem alegadamente 17 artigos da loja, avaliados no total em cerca de 3.500 patacas. No dia seguinte surgiram três suspeitos na mesma loja que exibiam um comportamento algo nervoso, tendo levantado a suspeita

dos funcionários que contactaram as autoridades. A funcionária não tinha participado às autoridades o primeiro caso, apesar de o ter feito aos seus superiores e alertado outras lojas. Desta vez a PSP foi chamada e deteve três suspeitos, dois deles teriam mesmo participado no furto no mesmo local ocorrido apenas um dia antes. O homem, proveniente de Hong Kong, e a mulher, de Cantão, terão confessado o delito às autoridades, afirmando que todo o material foi entregue a uma terceira pessoa que, no entanto, ainda não foi encontrada pela polícia. P.A.S.


EXIGIDA REVISÃO DAS LISTAS PARA HABITAÇÃO. A Associação Novo Macau exigiu o reinício do processo de registo dos candidatos a habitações públicas. Ng Kuok Cheong, deputado e membro da associação, considerou ainda que é irracional construir casas públicas antes da realização de um estudo sobre as necessidades dos residentes.

local

MATERIAIS ESCOLARES MAIS CAROS 10%. Os preços dos materiais escolares provenientes de Hong Kong vão subir até 10% em Macau no ano lectivo que está prestes a começar, adiantaram responsáveis de livrarias locais. Os aumentos também vão atingir os materiais oriundos da China Continental.

PROGRAMAS DE JORNALISMO E HISTÓRIA DEVEM COMEÇAR NO PRÓXIMO ANO

Coimbra apoia mestrados no IPM Jornalismo e História serão as áreas dos novos mestrados que o IPM vai receber para o próximo ano lectivo, numa cooperação com a Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, adiantou ao JTM Carlos André, director da instituição de ensino portuguesa

A

língua portuguesa já é um ponto de ligação entre as duas instituições de ensino, mas promete ficar muito mais fortalecida. Isto porque o Instituto Politécnico de Macau (IPM) vai abrir dois novos cursos de mestrado no próximo ano lectivo, nas áreas do Jornalismo e da História, numa iniciativa que resulta de uma parceria com a Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (FLUC). A novidade foi avançada ao JTM pelo próprio director da FLUC, Carlos André, à margem da sessão de apresentação do livro “Português Global I”. Segundo o professor Carlos André, existe um “intercâmbio com a Universidade de Coimbra e uma vontade para cooperar com Macau. Vamos colaborar muito com o IPM em áreas importantes como o Jornalismo e História. É muito provável que dentro de pouco tempo tenhamos aqui em Macau mestrados nessas áreas, com responsabilidade da FLUC”. O objectivo é trazer professores daquela faculdade portuguesa para dar aulas no Politécnico de Macau, onde os cursos deverão começar no próximo ano lectivo. “Estamos à espera da aprovação do IPM face aos mestrados, pois vai ser um projecto deles e que precisa de ser

Professor Carlos André promete “colaborar muito” com o IPM

aprovado pelas autoridades locais. Da nossa parte está tudo preparado. Penso que no início do próximo ano lectivo estaremos em condições de avançar”, salientou Carlos André. A aposta nesta cooperação na área dos mestrados revela o foco “no desenvolvimento estratégico” da Faculdade de Letras, segundo Carlos André. Até porque a RAEM é, para o director da FLUC, “o centro de uma plataforma”

que envolve vários países e territórios desta região da Ásia. “Da minha experiência, o facto de recebermos estudantes do Extremo Oriente, de países como a Tailândia ou as Filipinas, entre outros, mostra que não é apenas Macau e China que estão em causa. É toda uma zona geoestratégica do ponto de vista linguístico e onde a RAEM, por força da herança que tem, pode ter um papel muito activo e ser o centro de toda esta plataforma”,

afirmou. Na sequência deste projecto de cooperação surgiu ainda um convite da parte do IPM a Carlos André, no sentido deste vir a ser professor honorário da instituição de ensino da RAEM, algo que deverá ser formalizado nos próximos dias. “Tanto quanto sei vou tornar-me professor honorário do IPM na próxima semana. O Instituto apostou muito neste diálogo e nesta visão, e não será por acaso que me concedeu a honra deste convite”, realçou o mesmo responsável. De acordo com o director da FLUC, a proposta aconteceu depois da visita de um responsável do IPM a Coimbra. “Não vou ter funções nenhumas em específico. Trata-se de um cargo honorífico que corresponde ao cargo de Doutoramento Honoris Causa das Universidades”. Mesmo assim, este é um cargo que, segundo Carlos André, lhe dará uma maior “responsabilidade” nas relações entre a Faculdade de Letras de Coimbra e o IPM. “É uma coisa que muito me honra e que tem um grande peso na minha responsabilidade no que diz respeito ao diálogo com as instituições do ensino superior, tal como com o IPM”, sublinhou. A.S.S.

IPM TEM APOSTADO NA FORMAÇÃO, MAS NÃO CHEGA

Faltam professores de Português na RPC

São cada vez mais aqueles que querem aprender Português na China Continental, mas há falta de professores. Os sinais de alerta foram renovados por ocasião do lançamento do livro “Português Global I”, pensado para os alunos chineses que se iniciam na aprendizagem da língua de Camões

A

língua portuguesa é cada vez mais procurada na China, mas a verdade é que há poucos docentes para a ensinar. Apesar da RAEM desempenhar um papel nesta área, com programas no Instituto Politécnico (IPM), a oferta não chega para a procura. Na cerimónia de lançamento do livro “Português Global I”, foram várias as figuras desta área a lançarem o alerta. Ye Zhiliang, professor associado da Universidade de Estudos Estrangeiros de Pequim, sublinhou aos jornalistas que “o ensino do Português está a passar por uma expansão muito rápida, e de facto há uma procura muito grande. Mas também se verifica uma falta de professores bem qualificados, sendo que neste momento um dos trabalhos mais importantes é formar docentes”. Nesse sentido, Ye Zhiliang garantiu que Macau tem vindo a desempenhar um importante papel, mas são necessárias mais acções. “Está-se a trabalhar muito na formação de mais professores, de forma a ajudar o ensino do Português no interior da China, mas é algo que necessita de tempo”. Lei Heong Iok, presidente do IPM, garantiu que há uma “falta de professores formados em Macau para ajudar as instituições do Interior da China”, e que são alguns os docentes que chegam de Pequim ou Xangai para aprender o Português na RAEM. Essas acções de formação têm sido feitas “com o apoio da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL) e da União Europeia, mas o número ainda é insuficiente”. Lei Heong Iok garantiu que o Governo da RAEM “vai fazer mais investimentos em recursos nesse sentido”, e não colocou de lado a possibilidade de apoio do Centro de Formação do Fórum Macau. “A união faz a força. Já temos a FLUL, a Universidade de Coimbra e a Universidade de Línguas Estrangeiras de Pequim. Se juntarmos mais entidades poderemos fazer mais e melhor”, assegurou.

O Português é também cada vez mais procurado por chineses que se deslocam a Portugal. No caso da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Carlos André, director desta instituição, salientou ao JTM que esta procura é cada vez maior. “Posso dizer que para o próximo ano lectivo atingimos o número recorde de 90 alunos inscritos, o que nunca tinha acontecido. Aliás, nos últimos dez anos, em cada ano o maior número de alunos, de cursos de Português para estrangeiros, são chineses”. Já Maria José Grosso, directora do Centro de Avaliação da Língua Portuguesa da FLUL, afirmou ao JTM que a procura tem-se sentido sobretudo ao nível dos mestrados e doutoramentos. “Nos últimos tempos tem havido de facto um grande aumento de alunos chineses. Aumentou consideravelmente o número de pessoas que estão a fazer mestrado, e há uma senhora de Tianjin que está a fazer o doutoramento. Falamos sobretudo de novos públicos”, referiu a responsável. Esta questão foi levantada por ocasião da apresentação do livro “Português Global I”. Trata-se do primeiro manual de Português para o nível de iniciação, lançado no contexto das comemorações dos 50 anos do curso de Português na Universidade de Pequim. O projecto foi desenvolvido pelo IPM e teve o apoio de docentes da FLUL na criação dos conteúdos programáticos. Carla Oliveira e Luísa Coelho foram as autoras do manual, enquanto o linguista Malaca Casteleiro foi o coordenador académico. Em declarações aos jornalistas, Malaca Casteleiro revelou as novidades que este livro traz. “É inédita a adaptação que fizemos do Quadro Europeu Comum de Referência para as línguas. O livro contém ainda a tradução para Chinês de todas as indicações pedagógicas e do vocabulário. É uma adaptação às necessidades de aprendizagem”, referiu. “Português Global I” levou cerca de um ano a

produzir e custou cerca de meio milhão de patacas, segundo o presidente do IPM. Com uma tiragem inicial de três mil exemplares, que serão distribuídos na RAEM e na China Continental, este projecto promete ser o início de muitos outros livros, até na área multimédia. “Sentimos essa necessidade. Temos já elaborado um manual de pronúncia do Português que esperamos que venha a ser publicado em breve”, revelou Malaca Casteleiro. Além disso, o linguista acrescentou que já está a ser preparado outro livro, que “abrange o nível seguinte de aprendizagem”. Segundo Lei Heong Iok, este livro deverá lançado no próximo ano, sendo um objectivo “procurar mais financiamento”, algo que poderá ser feito através da Fundação Macau. A.S.S. jornal tribuna de macau terça-feira, 23 de Agosto de 2011 pág 05


publicidade

pรกg 06 terรงa-feira, 23 de Agosto de 2011 jornal tribuna de macau


SERVIÇOS DE SAÚDE VETAM “SLIM BABY”. Na sequência de um alerta de Hong Kong, os Serviços de Saúde de Macau apelaram ontem à população para não consumir o produto “2008 Slim Baby”, destinado ao emagrecimento, por conter substâncias medicamentosas ocidentais. Macau não autorizou a importação do produto.

local

DEPUTADO QUER “TRANSPARÊNCIA” NOS LEGUMES. Chan Meng Kam exigiu ao Governo que promova a “transparência” dos preços dos legumes em Macau. Em interpelação escrita, o deputado também apelou à revisão do sistema de circulação dos produtos alimentares na RAEM.

SUBIDA ANUAL DOS PREÇOS ATINGIU 5,96 por cento EM JULHO

Inflação volta a acelerar A tendência inflacionista em Macau intensificou-se em Julho, com o índice geral de preços no consumidor a crescer quase seis por cento face ao mesmo mês de 2010

O

índice geral de preços no consumidor (IPC) aumentou 5,96% em Julho em relação ao mesmo mês de 2010, o que representa uma aceleração face à subida de 5,65% apurada em Junho. Os dados de Julho foram influenciados principalmente pela ascensão de preços das refeições adquiridas fora de casa, da gasolina e do vestuário, revelou ontem a Direcção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC). Por outro lado, o IPC geral médio dos 12 meses terminados em Julho, em

Subida de preços na RAEHK atinge máximo desde 1995 Numa altura em que Macau luta contra a inflação, o impacto deste fenómeno económico é ainda mais evidente na vizinha Hong Kong. Segundo dados ontem divulgados pelo Governo da RAEHK, o índice de preços no consumidor aumentou 7,9% em Julho, comparativamente ao mesmo mês do ano anterior, o que representa a maior subida desde 1995. Porém, o Executivo de Donald Tsang ressalvou que a comparação com Julho de 2010 foi influenciada pela implementação de medidas de apoio à população, sobretudo no domínio do imobiliário. Excluindo o pacote de medidas, a taxa de crescimento anual do índice de preços atingiria os 5,8%, mais 0,3 pontos do que em Junho, salientou o Governo de Hong Kong.

relação ao ciclo anual imediatamente anterior, avançou 4,59% (acima dos 4,34 registados em Junho). Na análise aos dados de Julho, a DSEC destaca os acréscimos verificados nos índices de preços dos produtos e serviços diversos (9,77%), transportes (9,71%), produtos alimentares e bebidas não alcoólicas (8,33%) e do vestuário e calçado (7,35%), face ao mês homólogo do ano passado. Em contrapartida, o índice de preços da secção das comunicações desceu 8,35%, em termos anuais. De acordo com as estatísticas ofi-

Mais três suspeitos de tráfico de droga em prisão preventiva

COUTINHO VOLTA A DEFENDER APOSENTADOS

Corte de subsídio foi “draconiano” A cessação do subsídio de renda de casa para aposentados que vivem em casas sociais e Obra Social da PSP foi uma decisão extremamente severa, considera Pereira Coutinho, admitindo que poderá representar mesmo uma violação da Lei Básica

P

ereira Coutinho quer que o Executivo explique as “razões económicas, financeiras ou sociais” que o levaram a retirar, a partir do mês de Junho, o subsídio de renda de casa para aposentados, de famílias humildes, que vivem em casas sociais e da Obra Social da PSP, sendo que muitos deles recebiam esse apoio há mais de vinte anos. Para o deputado, o caso poderá representar mesmo uma violação do artigo 98º da Lei Básica, segundo o qual, à data do estabelecimento da RAEM, “os funcionários e agentes públicos que originalmente exerçam funções em Macau, incluindo os da polícia e os funcionários judiciais, podem manter os seus vínculos funcionais e continuar a trabalhar com vencimento, subsídios e benefícios não inferiores aos anteriores, contando-se, para efeitos de sua antiguidade, o serviço anteriormente prestado”. O mesmo artigo refere ainda que “aos funcionários e agentes públicos, que mantenham os seus vínculos funcionais e gozem, conforme a lei anteriormente vigente em Macau, do direito às pensões de aposentação e de sobrevivência e que se aposentem depois do estabelecimento da Região Administrativa Especial de Macau, ou aos seus familiares, a Região Administrativa Especial de Macau paga as devidas pensões de aposentação e de sobrevivência em condições não menos favoráveis do que as anteriores, independentemente da

ciais, o IPC-A subiu 5,72% e o IPC-B 6,11%, em relação ao mesmo período de 2010. O IPC-A reflecte a evolução de preços para 50% das famílias residentes, cuja despesa mensal está compreendida entre 6.000 e 18.999 patacas, enquanto que o IPC-B representa o mesmo indicador para 30% das famílias, com gastos que oscilam entre 19.000 e 34.999 patacas. No cômputo geral dos primeiros sete meses do corrente ano, o IPC geral médio aumentou 5,25% face ao período homólogo do ano transacto, enquanto que o IPC-A subiu 4,92% e o IPC-B cresceu 5,43%. Em Julho, o IPC geral também subiu 0,51% em termos mensais. Nesta base comparativa, destacou-se o índice de preços dos produtos alimentares e bebidas não alcoólicas, com um crescimento mensal de 1,01%, devido ao encarecimento dos produtos hortícolas, da carne fresca e do peixe fresco. Os preços das áreas da recreação e cultura e transportes também aumentaram 0,94% e 0,85%, respectivamente, facto que a DSEC justifica com o crescimento de preços das excursões turísticas ao exterior, bem como dos bilhetes de barco e avião. Já os preços do vestuário e calçado diminuíram 1,55%, em relação ao mês anterior. O IPC-A e o IPC-B de Julho aumentou 0,61 e 0,44%, respectivamente, em relação ao mês precedente.

Coutinho contesta cortes no subsídio de renda de casa

sua nacionalidade e do seu local de residência”. “Porque é que os prejudicados com esta decisão não foram previamente ouvidos antes de ter sido tomado esta decisão draconiana? O Governo avaliou previamente as consequências negativas à qualidade de vida dos prejudicados?”, questiona o deputado, em nova interpelação escrita sobre o assunto. Salientando que, na sua última deslocação à Assembleia Legislativa, no dia 10 deste mês, o Chefe do Executivo reafirmou o empenho do Governo na resolução dos problemas dos cidadãos, Coutinho contrapõe que a política de actualização do subsídio de 1.500 patacas para todos os trabalhadores do activo e aposentados e pensionistas veio “prejudicar centenas de trabalhadores da função pública, quer no activo quer os que se aposentaram há cerca de uma a duas dezenas de anos, devido ao facto de os mesmos habitarem em casas sociais ou casas arrendadas à Obra Social da PSP”. Segundo Coutinho, os “prejudicados” queixamse que “deram o melhor da sua juventude para o desenvolvimento económico e social de Macau e que no final das suas carreiras quando deveriam passar os seus anos de velhice sem quaisquer preocupações são obrigados a ‘apertar ainda mais os seus cintos’ numa cidade cuja qualidade de vida está cada vez mais inflacionada e a manutenção do mesmo nível de vida se torna cada vez mais difícil”.

Três dos seis suspeitos envolvidos em dois casos de tráfico de droga investigados pelo Ministério Público (MP) viram ser-lhes aplicada a medida de coacção de prisão preventiva, encontrando-se já no Estabelecimento Prisional de Macau a aguardar julgamento. De acordo com uma nota do MP, o primeiro caso abrange quatro suspeitos provenientes do Interior da China, dois do sexo masculino e dois do feminino, de apelidos Ng, Lei, Lam e Tong. Os quatro, que têm idades compreendidas entre os 24 e 48 anos, foram detidos pela polícia, na tarde de 10 de Agosto, num quarto do hotel por suspeita de consumo de droga. No local, os agentes policiais apreenderam utensílios de consumo de droga, bem como cocaína e metanfetamina com um peso ilíquido superior a 300 gramas. Já o segundo caso envolve dois residentes locais, de apelidos Chui (20 anos) e Lao (22 anos), que foram detidos na madrugada no dia 13 deste mês. Segundo o MP, os suspeitos seguiam num motociclo na Avenida das Portas do Cerco mas, quando depararam com uma operação “stop” da polícia, “aumentaram a velocidade e puseram-se em fuga”. Porém, pouco depois foram interceptados pela polícia, que acabou por apreender, no local da detenção e na residência de Lao, um total de 170 gramas de “ketamina”, 104 pílulas de “eramin 5”, uma balança electrónica e sacos plásticos para distribuição da droga, explica o comunicado do MP. Após a análise dos casos e das provas obtidas, o delegado do Procurador titular dos processos considerou haver “fortes indícios” dos crimes de tráfico de droga cometidos por Ng (primeiro caso) e por Chui e Lao (segundo caso) pelo que promoveu e viu ser aceite pelo juiz a aplicação aos três suspeitos da medida de prisão preventiva. Aos restantes três suspeitos foram aplicadas as medidas de coacção “necessárias por suspeita de consumo de droga e detenção ilegítima de utensílios”, acrescenta o MP, sem adiantar mais detalhes. Os casos foram devolvidos à polícia para mais investigação. jornal tribuna de macau terça-feira, 23 de Agosto de 2011 pág 07


ANDRÉ COUTO FOI 7º EM SUZUKA. André Couto classificou-se em sétimo lu corrida do campeonato de carros de turismo do Japão realizada doming circuito de Suzuka. O piloto de Macau que esta temporada volta a estar comandos de um Lexus S430 da Team Sard considerou que o facto do lugar ter sido alcançado numa prova marcada pelo mau tempo represe estímulo para a próxima corrida, agendada para 10 e 11 de Setembro,

ETAPA DECISIVA DO GP DE VOLEIBOL FEMININO ARRANCA JÁ AMANHÃ

Macau pronto par Macau prepara-se para receber, dez anos depois, a fase final do Grande Prémio Mundial de Voleibol Feminino, que este ano será disputada na Nave Desportiva dos Jogos da Ásia Oriental. Brasil, China, Estados Unidos, Itália, Japão, Rússia, Sérvia e Tailândia são os finalistas da competição pedro andré santos

O

Grande Prémio Mundial da Federação Internacional de Voleibol (FIVB) está de regresso ao território e conta com algumas novidades, sendo a principal a mudança de cenário, com o Fórum Macau a ser trocado por aquele que é o maior recinto desportivo do território, a Nave Desportiva dos Jogos da Ásia Oriental. Brasil, China, Estados Unidos,

Itália, Japão, Rússia, Sérvia e Tailândia são os finalistas que irão competir arduamente durante cinco dias para apurar qual será o sucessor dos Estados Unidos como vencedor de uma competição que se espera venha a ser um sucesso. “As expectativas são de ter bons jogos em Macau, com as melhores equipas que estão aqui na final. Vai ser um grande espectáculo. Eu acho que todas as equipas estão preparadas. Chegar até à final já não é fácil, portanto todos vão dar o seu máximo para chegar aos primeiros lugares”, afirmou ao JTM José Tavares. Na véspera do arranque da fase final o vice-presidente do Instituto de Desporto mostrou-se ainda muito satisfeito pela forma como a preparação tem vindo a decorrer, num claro sinal do sucesso que se adivinha para a etapa decisiva do Grande Prémio Mundial de Voleibol Feminino. “Os preparativos estão a decorrer da forma planeada e

calendário de jogos em macau

Já À venda na Livraria Portuguesa pág 08

data

hora

jogo

24/08

11:00 Jogo 1 : Japão - Estados Unidos 13:30 jogo 2 : Brasil - Itália 17:00 Jogo 3 : Tailândia - Rússia 19:30 Cerimónia de Abertura 20:00 Jogo 4 : China - Sérvia

25/08

11:00 Jogo 5 : Estados Unidos - Itália 13:30 Jogo 6 : Brasil - Japão 17:00 Jogo 7 : Rússia - Sérvia 19:30 Jogo 8 : China - Tailândia

26/08 (sexta-feira)

11:00 Jogo 9 : Itália - Japão 13:30 Jogo 10 : Brasil - Estados Unidos 17:00 Jogo 11 : Sérvia - Tailândia 19:30 Jogo 12 : China - Rússia

terça-feira, 23 de Agosto de 2


ugar na ngo no r aos o sétimo enta um em Fuji.

local

CRIADAS REGRAS PARA DOMÍNIOS DA INTERNET. A partir de hoje, o registo de nomes de domínio da internet na RAEM passa a estar enquadrado por regras específicas, depois de ontem ter sido publicado o respectivo regulamento no Boletim Oficial. Entre outros requisitos, os requerentes terão de ser pessoas colectivas registadas na RAEM ou profissionais liberais, e devem assegurar o funcionamento permanente do servidor principal que sustenta o respectivo nome de domínio, bem como indicar um administrador e um técnico responsáveis, respectivamente, pela gestão do nome de domínio e pela operação do servidor. O prazo do registo dos nomes de domínio é de um ano, renovável por igual período.

Equipa chinesa apresentou-se ontem ao público no Largo do Senado

ra “grande espectáculo” desportivo estruturada, sem quaisquer problemas. A própria federação ficou muito satisfeita com a visita que fez no Dome, e eu julgo que, em termos de instalações desportivas, as infra-estruturas são excelentes”, disse o mesmo respobsável. Nesta fase final as oito equipas irão ser divididas em duas “poules”. China, Rússia, Sérvia e Tailândia integram o grupo A, enquanto Brasil, Itália, Estados Unidos e Japão integram a “poule B”. As duas melhores equipas avançam para as meias finais, marcadas para sábado, e no domingo serão disputadas as finais da competição. Brasil e Rússia foram os primeiros a qualificar-se para esta fase e apresentam-se como os principais favoritos, embora os Estados Unidos e a China tenham também uma palavra a dizer. As norte-americanas, recorde-se, foram os vencedoras do ano passado. A jogar em casa, a equipa chinesa, que ontem se apresentou no Largo do Senado, poderá também ter hipóteses de vencer a competição, contando para isso com o apoio do público. “Julgo que jogando aqui em casa a China pode chegar mais longe, porque os espectadores vão puxar pela equipa o tempo todo, mas tudo vai depender do dia em que fizerem o seu jogo”, afirmou o vicepresidente do Instituto de Desporto. Será assim o regresso de uma fase final a Macau após um interregno de dez anos, mas há planos para que assim continue a curto prazo, “dependendo ainda da vontade da federação”, segundo revelou José Tavares. O Grande Prémio Mundial da Federação Internacional de Voleibol (FIVB) está de regresso ao território e conta com algumas novidades, sendo a principal a mudança de cenário, com o Fórum Macau a ser trocado por aquele que é o maior recinto desportivo do território, a Nave Desportiva dos Jogos da Ásia Oriental.

2011 jornal tribuna de macau

Selecção do Brasil foi a prim eira a chegar a Macau

Brasil, China, Estados Unidos, Itália, Japão, Rússia, Sérvia e Tailândia são os finalistas que irão competir arduamente durante cinco dias para apurar qual será o sucessor dos Estados Unidos como vencedor de uma competição que se espera venha a ser um sucesso. “As expectativas são de ter bons jogos em Macau, com as melhores equipas que estão aqui na final. Vai ser um grande espectáculo. Eu acho que todas as equipas estão preparadas. Chegar até à final já não é fácil, portanto todos vão dar o seu máximo para chegar aos primeiros lugares”, afirmou ao JTM José Tavares. Na véspera do arranque da fase final o vice-presidente do Instituto de Desporto mostrou-se ainda muito satisfeito pela forma como a preparação tem vindo a decorrer, num claro sinal

do sucesso que se adivinha para a etapa decisiva do Grande Prémio Mundial de Voleibol Feminino. “Os preparativos estão a decorrer da forma planeada e estruturada, sem quaisquer problemas. A própria federação ficou muito satisfeita com a visita que fez no Dome, e eu julgo que, em termos de instalações desportivas, as infra-estruturas são excelentes”, disse o mesmo respobsável. Nesta fase final as oito equipas irão ser divididas em duas “poules”. China, Rússia, Sérvia e Tailândia integram o grupo A, enquanto Brasil, Itália, Estados Unidos e Japão integram a “poule B”. As duas melhores equipas avançam para as meias finais, marcadas para sábado, e no domingo serão disputadas as finais da competição. Brasil e Rússia foram os primeiros a qualificar-se para esta fase e apresentam-se como os principais favoritos,

embora os Estados Unidos e a China tenham também uma palavra a dizer. As norte-americanas, recorde-se, foram os vencedoras do ano passado. A jogar em casa, a equipa chinesa, que ontem se apresentou no Largo do Senado, poderá também ter hipóteses de vencer a competição, contando para isso com o apoio do público. “Julgo que jogando aqui em casa a China pode chegar mais longe, porque os espectadores vão puxar pela equipa o tempo todo, mas tudo vai depender do dia em que fizerem o seu jogo”, afirmou o vice-presidente do Instituto de Desporto. Será assim o regresso de uma fase final a Macau após um interregno de dez anos, mas há planos para que assim continue a curto prazo, “dependendo ainda da vontade da federação”, segundo revelou José Tavares. pág 09


WENGER SUSPENSO COM DOIS JOGOS PELA UEFA. O treinador do Arsenal foi suspenso com dois jogos pela UEFA, depois de ter desrespeitado a sanção pendente da época passada e de ter comunicado com o banco durante o jogo da Liga dos Campeões de futebol frente à Udinese.

desporto

MARSELHA VOLTA A DESILUDIR. São já três os empates consecutivos conseguidos em igual números de jogos pelo Marselha na presente edição do campeonato de França. No domingo, a equipa de Didier Deschamps empatou, sem golos, com o Saint-Etiénne, em jogo da terceira jornada da prova.

LIGA DOS CAMPEÕES

Benfica a 90 minutos da prova dos milhões O Benfica corre amanhã para a sétima presença na “milionária” Liga dos Campeões de futebol, com a vantagem dos dois golos alcançados no empate na visita aos holandeses do Twente

C

om o “selo” português já assegurado pelo campeão FC Porto, vencedor da última edição da segunda prova europeia de clubes, o Benfica tenta a sétima entrada na prova, a uma época da possibilidade de três clubes lusos disputarem a mais endinheirada liga mundial (dois diretamente e o terceiro pelos “playoff”). Os “encarnados” poderiam entrar amanhã na Luz um pouco mais “folgados” se tivessem conseguido segurar a vantagem de 2-1 que chegaram a deter na Holanda até à entrada para os últimos 10 minutos, mas os dois golos marcados fora podem pesar nas decisões finais a favor das “águias”.

Polidesportivo Inter e Arsenal lutam por Kaká Sem um espaço primordial nas escolhas de José Mourinho, Kaká pode estar de saída do Real Madrid. De acordo com o jornal Marca, Inter de Milão e Arsenal são os emblemas mais interessados no internacional brasileiro. 30 milhões parece ser o preço exigido pelo emblema do Santiago Bernabéu.

Manchester City vence e sobe à liderança O Manchester City assumiu, a par do Wolverhampton, a liderança da Liga Inglesa de futebol, após vencer fora o Bolton, por 3-2, somando a segunda vitória em idêntico número de jogos. O City chegou a uma vantagem de 3-1 (golos de David Silva, Gareth Barry e Dzeko), mas o Bolton ainda assustou, quando reduziu para 3-2 por Davies, aos 83 minutos.

Shaparova vence torneio ao bater Jelena Jankovic A tenista russa Maria Sharapova ganhou o torneio de Cincinnati, prova de preparação do Open dos Estados Unidos, depois de eliminar a sérvia Jelena Jankovic. Shaparova, quarta no ranking mundial, conseguiu a vitória sobre a 13.ª classificada da tabela ao fim de uma partida disputada durante quase três horas, pelos parciais 4-6, 7-6 (3) e 6-3. Esta foi a sexta vez que as duas tenistas se defrontaram, com clara vantagem para Shaparova, que venceu a sérvia em cinco dos seis encontros.

Nolito marcou na primeira-mão na Holanda

Para o mesmo dia está reservado um dos maiores embates desta eliminatória decisiva, que voltará a cruzar os italianos da Udinese e os ingleses do Arsenal, que têm “apenas” o magro triunfo por 1-0 conquistado em Londres. Mais perto da fase de grupos estarão os franceses do Lyon, que jogam na Rússia depois de vencerem em casa o Rubin Kazan por 3-1. Mas as decisões do apuramento começam já hoje, com Dinamo de Zagreb, onde alinha o ex-sportinguista Tonel, e Bayern de Munique bem lançados para a competição “a sério”. Os jugoslavos viajam agora até à Suécia depois de terem goleado o Malmoe por expressivos 4-1, enquanto o Bayern de Munique vai à Suíça voltar a defrontar o FC Zurique com uma vantagem confortável de 2-0. JTM/Lusa

LIGA PORTUGUESA

Leão continua mansinho O Sporting empatou 0-0 com o Beira-Mar no Municipal de Aveiro e segue sem vencer no campeonato à segunda jornada, estando a quatro pontos do líder FC Porto

A

equipa de Domingos Paciência voltou a falhar no capítulo ofensivo, desperdiçando várias oportunidades claras de golo, frente a um Beira-Mar que se mostrou pouco perigoso e que não ameaçou a baliza de Rui Patrício. A partida entre aveirenses e “leões” começou com quinze minutos de atraso, devido à situação envolvendo o árbitro da partida, que acabou por ser Fernando Martins, de Aveiro, após a recusa do setubalense João Ferreira em dirigir o encontro. Num jogo pouco intenso, em que as equipas não deslumbraram no desempenho em campo, o Sporting foi quem mais criou perigo, sobretudo no segundo tempo, uma vez que a primeira parte foi muito escassa em remates. O técnico dos sportinguistas mexeu cedo na equipa, fazendo uma dupla substituição aos 36 minutos, ao trocar Matias Fernandes e Yannick Djaló por Hélder Postiga e Izmailov e viu-se obrigado a substituir Rodriguez, que saiu lesionado ao intervalo. Apenas no segundo tempo, a formação dos “leões” criou maiores apuros à defensiva aveirenses, com Hélder Postiga a desperdiçar os melhores lances do encontro. Aos 70 minutos, Capel cruza para o avançado “leonino”, que surge em boa posição na área mas consegue não acertar com a baliza “auri-negra”, ficando muito próximo de inaugurar as contas do encontro. Volvidos seis minutos, o Sporting volta a criar perigo

Fernando Martins tornou-se num dos protagonistas da jornada A indisponibilidade de João Ferreira - secundado por todos os árbitros de primeira e segunda categorias - para apitar o jogo entre o Beira-Mar e o Sporting abriu as portas do futebol profissional a Fernando Idalécio Ferreira Martins, juiz da Associação de Futebol de Aveiro, que se apresentou como uma solução, tornando-se num dos protagonistas da jornada. Árbitro de Aveiro, foi o juiz improvisado para dirigir o Beira Mar-Sporting, tendo sido, de resto, elogiado quer por aveirenses quer por leões. Na arbitragem há 19 anos, Fernando Idalécio Martins trabalha na indústria sanitária, é responsável pela secção de vidragem. Apita no distrital de Aveiro e foi o primeiro classificado da primeira categoria B daquela associação.

pág 10 terça-feira, 23 de Agosto de 2011 jornal tribuna de macau

numa jogada na área de Izmailov e Postiga, que não conseguem dar o melhor seguimento ao lance, com a bola a sobrar para Capel, que atira à figura do guardião Rui Rego. Num jogo envolto em polémica, devido à recusa do árbitro João Pereira em apitar o encontro, as equipas dividiram pontos, somando ambas o segundo empates em tantas partidas da prova. BRAGA JÁ MARCA. O Sporting de Braga estreou-se a marcar e a ganhar ao bater em casa o Marítimo, por 2-0, com golos de Elderson e Lima, na segunda jornada da Liga de futebol. Os minhotos vinham de dois empates a zero (Rio Ave, para o campeonato, e Young Boys, para a Liga Europa), e Leonardo Jardim pedira na véspera maior agressividade ofensiva para a equipa chegar aos golos, algo que finalmente foi conseguido. Destaque ainda para a vitória em casa da Académica, frente ao Rio Ave (1-0), com a “Briosa” a continuar em grande neste início de temporada somando duas vitórias em dois jogos. Também em casa a equipa do Paços de Ferreira venceu a União de Leiria, por 2-1.


VINAGRE CAUSA 11 MORTOS NA CHINA. Onze pessoas morreram e 120 foram hospitalizadas em Shangzu, região autónoma de Xinjiang, no oeste da China, por terem ingerido vinagre contaminado, proveniente de recipientes previamente usados para armazenar um anticongelante tóxico. O número de vítimas poderá aumentar, pois há alguns pacientes em estado crítico.

actual

BIDEN GARANTE QUE EUA NÃO VÃO ENTRAR EM INCUMPRIMENTO

O MUND NOS “MEDIA” Portugal

“Ninguém fez dinheiro a apostar contra a América” Os Estados Unidos nunca irão ficar numa situação de incumprimento, assegurou Joe Biden, procurando atenuar os receios dos investidores chineses relativamente à dívida externa do seu país

O

vice-presidente americano tentou tranquilizar Pequim, maior credor estrangeiro de Washington, ao declarar que os Estados Unidos “nunca entraram em incumprimento, nem nunca entrarão”. No final da sua visita à China, Joe Biden aproveitou também um discurso perante 250 alunos da Universidade de Sichuan, em Chengdu, para levantar a questão dos direitos humanos, mas o tema em destaque foi mesmo a economia. Tudo porque Biden quis deixar garantias aos dirigentes da China sobre as finanças americanas e a solidez dos títulos do Tesouro, nos quais Pequim investiu 1,17 mil milhões de dólares. “Os EUA detêm 87 por cento dos nossos activos financeiros e 69 por cento das obrigações do Tesouro. A China é dona de apenas um por cento dos activos financeiros e oito por cento das nossas obrigações do Tesou-

ro. Portanto, é do nosso interesse proteger não apenas os investidores chineses. Temos um interesse geral na protecção do investimento”, frisou o vice-presidente dos EUA, insistindo que Washington nunca enfrentará uma situação de “moratória”. Apesar das dificuldades actuais, “os Estados Unidos são ainda a melhor opção para investir”, defendeu Biden, três semanas depois de um acordo de última hora no Congresso ter evitado uma situação catastrófica no pagamento dos débitos norteamericanos. Recentemente, a China

chegou a expressar grande preocupação com o corte do “rating” da dívida soberana americana pela agência de notação “Standard and Poor’s” e a imprensa oficial chegou mesmo a exortar os norte-americanos a deixarem de gastar mais do que ganham. Biden apressou-se por isso a desvalorizar a descida no “rating” afirmando que “nunca ninguém fez dinheiro a apostar contra a América”. Durante a semana, os altos dirigentes chineses pareceram mais conciliadores nos encontros com Biden. “O senhor transmitiu uma mensagem muito clara à população

chinesa: os Estados Unidos cumprirão com a sua palavra e obrigações, em matéria de dívida”, disse o PrimeiroMinistro Wen Jiabao, ao receber Biden. “Isto preservará a segurança, a liquidez e o valor dos títulos do Tesouro”, acrescentou. Mas, Biden também abordou a questão dos direitos humanos no discurso para os estudantes. A China “deve valorizar os intercâmbios entre os cidadãos, os estudantes e o Governo”, disse, frisando ainda que “a liberdade liberta o pleno potencial de um povo”. Biden evocou o tema em Pequim com os dirigentes chineses durante a semana passada, segundo fontes americanas, que não quiseram, no entanto, precisar se foi citado algum caso em particular. Joe Biden, que visitou a China pela primeira vez na qualidade de vice-presidente, viajou ontem para a Mongólia, seguindo depois para o Japão. A sua visita à China também teve como objectivo permitir aos Estados Unidos iniciar uma relação de confiança com a liderança política chinesa, com destaque para o vice-presidente Xi Jinping, que deverá suceder ao Presidente Hu Jintao em 2013.

Portugal

Portugal

tailândia

MAIS POLÉMICA NO COMPLEXO DE KUMGANG

Pyongyang confisca bens de Seul A Coreia do Norte informou ontem que vai confiscar os bens sul-coreanos no complexo turístico conjunto de Kumgang e acusou o Governo de Seul de inacção, informou a agência Yonhap

O

despacho da Yonhap, que cita a agência estatal norte-coreana KCNA, indica que Pyongyang considera que “as autoridades sul-coreanas abandonaram completamente a protecção das propriedades e interesses” das suas empresas no complexo, considerado um símbolo da reconciliação das duas nações após a Guerra da Coreia. “Todos os activos de empresas sulcoreanas no Monte Kumgang não poderão ser recuperados a partir de 21 de Agosto”, refere a KCNA num comunicado, que acrescenta que os funcionários sul-coreanos do complexo têm 72 horas para partir. Os vários meses de negociações entre as empresas sul-coreanas presentes na zona turística do monte Kumgang, a norte da fronteira entre as duas Coreias, na

costa leste da península, e as autoridades norte-coreanas não produziram efeitos positivos. No final de Julho, a Coreia do Norte deu três semanas aos empresários sulcoreanos com interesses no complexo turístico para visitarem a zona e chegarem a um novo acordo para explorar a infraestrutura ou transferir a sua propriedade a outros, em regime de aluguer ou venda. Na sexta-feira, representantes da Hyundai Asan, a principal empresa com interesses em Kumgang, visitaram o complexo pela terceira vez, para desbloquear as negociações antes do fim do prazo. O valor das propriedades sul-coreanas no complexo instalado na fronteira dos dois países ronda os 284 milhões de dólares em hotéis, restaurantes, campos de golfe e outras instalações desde 1998, quando foi iniciado o projecto conjunto, a primeira tentativa de cooperação económica entre as duas Coreias. As visitas de turistas sul-coreanos ao complexo de Kumgang constituíam uma importante fonte de receita para a Coreia do Norte, mas a morte de uma turista da Coreia do Sul – abatida a tiro por um guar-

itália

EUA

Complexo de Kumgang volta a ser foco de atritos entre as Coreias

da norte-coreano – depois de ter entrado numa zona proibida por engano levou à suspensão das viagens organizadas. O Governo sul-coreano já declarou que a Coreia do Norte terá de responder pelos seus actos se embargar definitivamente os seus activos.

jornal tribuna de macau terça-feira, 23 de Agosto de 2011 pág 11


Dito

(...) “Pedir 200 ou 300 patacas a passageiros que têm pressa em apanhar o barco é o mesmo que chantagem. Pode mesmo dizer-se que é crime. Deve haver sanções mais severas para lidar com estas irregularidades” (...)

Leng Sai Hou, presidente da Associação Geral dos Proprietários de Táxis de Macau, ao “Ponto Final”

opinião

(...) “Nem tudo pode ser visto em termos de eficácia fiscal. Há também o sentido de justiça. Em tempos de pedir sacrifícios, não se vê razão para os mais ricos serem poupados” (...) - Leonídio Paulo Ferreira

Há 20 anos In “Jornal de Macau” e “Tribuna de Macau” 23/08/1991

MACAU VAI APOSTAR FORTE NA EUROPÁLIA-91 Macau vai estar presente na bienal de artes e cultura “Europália 91”, que se realiza em Bruxelas, com uma série de iniciativas, entre Setembro e Dezembro. Num primeiro tempo, que decorrerá já a partir de meados de Setembro, aquando da inauguração, com a presença dos reis da Bélgica, Mário Soares e do Governador de Macau, Rocha Vieira, Macau estará representado na exposição “A Apoteose do Barroco”. Segundo o porta-voz do Governador, Salavessa da Costa, a exposição central da bienal, no Palais de Beaux Arts, contará com mostras de arte sacra de Macau: um frontal do altar em preta da igreja de S. Domingos e dois andores em prata – N.S. dos Remédios e N.S. do Rosário. Nesta primeira acção o Instituto Cultural de Macau organizou uma exposição com pinturas da “China Trade”, gravuras de toda a região do sul da China, que terá ainda réplicas de mobiliário chinês da época, Dinastia Ming. Na segunda metade de Outubro terá lugar em Bruxelas uma acção virada essencialmente para a economia com a realização de um seminário sobre as potencialidades de Macau nesta região da Ásia, organizada pela federação do empresariado da Bélgica, que contará com a presença do secretário-adjunto para a economia e finanças, Vítor Pessoa. Finalmente em Dezembro terá lugar uma série de acções no âmbito cultural e turístico de que se saliente a exposição “Macau Ambiências” que pretende retratar as ambiências arquitectónicas de Macau no passado e presente e recriar, através de painéis, espaços típicos do Território como templos, farmácias chinesas, residências cristãs e outros aspectos da vida de Macau.

tribuna

Leonídio Paulo Ferreira

Na Europa há ricos a querer pagar a crise... são é poucos D

uvido que Warren Buffet alguma vez tenha ouvido falar da UDP e das suas palavras de ordem. Que se saiba, o milionário americano não andou por cá nesses anos 80 quando os muros gritavam “os ricos que paguem a crise”. Mas que a frase faz sentido ao terceiro homem mais rico do mundo, isso toda a gente já percebeu. Até os ricaços europeus. Há dias, Buffet desafiou o Presidente Obama a fazer os ricos pagar mais impostos. Antes já tinha tentado convencer Bush da justeza da ideia, apoiada pelo amigo Bill Gates. Mas se nos Estados Unidos há tradição de gente endinheirada a protestar com os políticos para que lhes cobrem mais, já do lado de cá do Atlântico isso é raro. Conhece-se o caso dos 51 milionários alemães que escreveram em 2009 à chanceler Merkel a propor um imposto extraordinário. Soube-se agora que também o francês Maurice Levy, presidente da Publicis e senhor de uma fortuna de 170 milhões de euros, é partidário da ideia. E em artigo no Le Monde apelou a que o sigam. Nem todos os bilionários americanos (e são mais de 400, segundo a Forbes) alinham com Buffet, dono de 50 mil milhões de dólares e visto como um mãos-largas, que ainda há cinco anos fez a maior doação da história ao entregar 30 mil milhões à Fundação Gates. Contra estão figuras como Steve Ballmer, sucessor de Gates na Microsoft, ou Steve Forbes, o homem que dá nome à revista que se entretém a contar os magnatas do planeta e que chegou este ano à conclusão de que nunca foram tantos (1210) nem tão ricos no total (4,5 biliões de dólares). Ao lado de Buffet está, porém, Mark Zuckerberg, pai do Facebook e aos 27 anos dono de 13,5 mil milhões.

Na Alemanha, o silêncio dos mais ricos dos ricos mantém-se sobre a proposta de há dois anos. Na lista original não estavam os donos das gigantes do automóvel. E se na França se destaca também Pierre Bergé, co-fundador da Yves Saint-Laurent, quanto aos megarricos, como Bernard Arnault, nada. O patrão da Louis Vuitton surge logo atrás de Buffet na lista da Forbes. Quem não quer pagar mais pode sempre argumentar. Contas feitas pelo Financial Times tentam provar o quixotesco da proposta de Buffet, o homem que se irrita por só pagar metade da taxa dos colarinhos brancos da sua firma de investimentos. Parece que mesmo que os 400 mais ricos da América passassem a descontar pelo escalão de 35% isso significaria só mais 12 mil milhões em impostos, migalha num país com um défice de biliões. E mesmo com uma taxa de 50%, à europeia, não se iria além dos 26 mil milhões extras. Mas nem tudo pode ser visto em termos de eficácia fiscal. Há também o sentido de justiça. Em tempos de pedir sacrifícios, não se vê razão para os mais ricos serem poupados. Há semanas, a Exame divulgou a lista dos milionários de Portugal, com as 25 maiores fortunas a crescerem 17,8%, um valor de 2630 milhões de euros. Se fosse aplicado um imposto de 3,5% à valorização desse património, significaria 92 milhões de euros extras nos cofres do Estado. Não chegava para evitar o imposto especial que será cobrado aos trabalhadores no Natal, e que se calcula em 800 milhões. Mas permitiria que se sentisse, como defende Buffet, que os ricos também pagam a crise... ou pelo menos dão uma ajudinha. JTM/DN

Comissão do Grande Prémio de Macau

ICQ dental team is a group of dental specialists with internationally recognized qualifications. We provide all range of dental services: − Oral examination and radiology investigation − Restorative and Cosmetic Dentistry − Children Dentistry − Orthodontic Treatment − Oral and Dental implant Surgery – Endodontic Treatment − Periodontal Treatment − Emergency Treatment We are committed to deliver high quality dental services with personalized care. We ensure the highest level of infection control.

Website:www.icqoral.com

Consultation by appointment: Mon to Sat: 10:30am - 7:30pm Sun: 10:30am - 2:00pm Tue and public holidays: closed

Tel: 28373266 Fax: 28356483 Email: appoint@icqoral.com Avenida da Praia Grande, Nº 665, Edifício Great Will, 2º Andar A

pág 12 terça-feira, 23 de Agosto de 2011 jornal tribuna de macau

Inscrições para as provas do 58º Grande Prémio de Macau Início das inscrições: 15 de Agosto de 2011 Fim das inscrições: 15 de Setembro de 2011 Em relação aos Regulamentos Desportivos das corridas, favor digirir-se à Página Electrónica do Grande Prémio de Macau: www.macau.grandprix.gov.mo Local das inscrições: Associação Geral de Automóvel de Macau - China Avenida da Amizade, nº 207 Edifício do Grande Prémio (r/c da Torre de Controle) Horáro de funcionamento: De Segunda-feira a Sexta-feira, das 09:30h às 13:00h, 14:30h às 18:30h. (excepto aos Sábados, Domingos e feriados Públicos) Para informações poderá ligar para o seguinte número de telefone: 28726578


(...) “Talvez indague de um emprego para Macau, onde a vida moderna não deve ostentar-se em muito excessivo luxo e gordura de banalidade, como acontece nesta Europa” (...) - Antero de Quental, citado por Maria Lourenço

opinião

Vemos, Ouvimos e Lemos

(…) “As atribulações de Passos Coelho ou Obama são tão excitantes quanto o casamento de príncipes ou as tropelias da estrela do momento. Aliás, sendo histórias baseadas em factos reais, ganham picante adicional de interesse. A razão da nossa procura de informação é lúdica” (…) - João César das Neves

Maria Lourenço*

Antero, um dos grandes esquecidos... N

a guerra das audiências televisivas e do “share” radiofónico balizado entre o futebol e a “playlist”, esquece-se que “há mais vida” para além desses interesses. Erguem-se e apeiam-se ídolos de pés de barro, arruma-se quem tem ou deixou obra feita, numa voragem de lesa-cultura que, acredito, não será imparável... Há poucas coisas que me surpreendam, no entanto, não consigo deixar de ficar escandalizada quando assisto àquelas entrevistas de rua, com perguntas, tipo: “sabe porque é que é feriado no 25 de Abril?”. As respostas e os risos descabidos provam sempre que a ignorância é atrevida e esgota o meu sentido de humor, ao ouvir de um jovem de vinte anos: “Gil Vicente, eu dei isso, acho que foi um tipo que andava pelo Bairro Alto” ! Outra das coisas supinamente irritantes é a ideia de que Macau só tem casinos, e os portugueses nada mais fazem que abanar a árvore das patacas... Graças à dinâmica, nomeadamente, do Centro de Informação e Turismo de Macau, em Lisboa, essas ideias feitas estão a diluir-se através de acções e eventos que surpreendem o público heterogéneo que acorre. Invariavelmente, há sempre quem, a partir daí, se mostre curioso e decidido a fazer férias em Macau.

No convívio que se segue, no meio da degustação de especialidades da cozinha macaense, alguém me referiu - imagine-se - o sonho de Antero de Quental ir viver para Macau ! Lamentou-se que fosse um dos grandes esquecidos da cultura portuguesa do séc. XIX, acabando por fazer-se uma imprevista tertúlia à volta do tema. Aos cinco anos, Antero era aluno precoce de António Feliciano de Castilho, aos vinte afrontava o reaccionarismo do mestre, numa carta aberta que desencadeou a mais famosa polémica literária de sempre, a “Questão Coimbrã”, que abalou a anquilosada cultura da época. Como poucos, teve em vida, justo reconhecimento como escritor, pensador e impulsionador de uma revolução intelectual, falhada, para arrancar Portugal do imobilismo vigente. Visionário, aventureiro, homem do mundo, rumou aos Estados Unidos, Canadá, Paris, sonhando com o Oriente. A sua eterna insatisfação levou-o a escrever: “Portugal ou se reformará política, intelectual e moralmente, ou deixará de existir. (...) não me entendo com os homens e com os montes. Para onde irei ? Ignoro. Talvez indague de um emprego para Macau, onde a vida moderna não deve ostentar-se em muito excessivo luxo e gordura de banalidade, como acontece nesta Europa (...) De plano em plano, e de desejo em desejo, vou descendo lentamente a es-

tribuna

piral dos desenganos”. Desceu até ao suicídio, aos 38 anos. Terá sido uma “morte anunciada”, previsível nalguns dos seus versos: “de tudo o pior mal é ter nascido”. Numa época em que a polémica era moda, o gesto tresloucado de Antero, foi atribuído à sua simpatia pelo Budismo que a Europa de então, pretendia descobrir. Terá defendido, em certa fase, a extinção do sofrimento pela anulação do corpo físico, o que levou certos meios menos informados a insurgir-se contra o que consideravam uma “religião niilista”. A polémica acabou por dar razão a Antero: “conhecer um universo

João César das Neves

O poder de Jon Stewart O

s nossos antepassados ensinavam que “não se brinca com coisas sérias”. Esta sentença, crescentemente criticada nas últimas gerações, tem violação evidente na extraordinária carreira de Jon Stewart. Aos 48 anos, ele é uma das personalidades mais poderosas da poderosa indústria mediática americana. Quatro vezes por semana (de segunda a quinta), às 11 da noite (hora oriental) e durante 22 minutos, o Daily Show with Jon Stewart da Comedy Central é desde 11 de Janeiro de 1999 um dos grandes êxitos televisivos. Visto em directo no cabo por quase 1,6 milhões de pessoas, depois retransmitido em vários canais (em Portugal, na SIC Notícias) e na Internet, já ganhou 14 Emmys, entre outros prémios. Quem é Jon Stewart? Não é um jornalista, porque o seu propósito declarado é fazer rir num programa de comédia sobre a actualidade do momento, genialmente concebido e executado. Mas ele também não é um comediante, tratando de assuntos sérios e candentes com opinião clara e contundente, marcando a visão de um número crescente de espectadores, sobretudo jovens. Só isso explica que entre os seus convidados tenham estado o Presidente americano Barack Obama (27/Out./2010), o vice-presidente Joe Biden (17/Nov./2009), o Presidente da Bolívia Evo Morales (25/Set./2007) e

enorme quantidade de ex-poderosos, como Jimmy Carter, Bill Clinton, Tony Blair, Gordon Brown, Pervez Musharraf e Vicente Fox, além de parlamentares, intelectuais, individualidades e todos os candidatos à presidência americana. Será que afinal se deve brincar com coisas sérias? Sem esquecer as sonoras gargalhadas e os momentos de séria reflexão que tem gerado em tanta gente, e sem tirar nada à sua qualidade intelectual e mediática, deve-se considerar o perigo da atitude. Quem influencia a realidade só para brincar e divertir-se acaba sendo perverso. É preciso eliminar um mal-entendido. Podem tratar-se coisas sérias fingindo brincar. Ao longo dos séculos, a sátira foi uma saudável influência na política, com Aristófanes, Diógenes, Horácio, Juvenal, Molière, Swift, Voltaire ou George Orwell; os bobos da corte eram decisivos na denúncia do mal através do riso. Mas não se pode confundir isto com o Daily Show, porque o propósito é precisamente o oposto. Os filósofos satíricos queriam fazer política através da comédia; Jon Stewart faz comédia com a política. Repetidamente, o autor tem referido que pretende apenas uma boa gargalhada e negado qualquer influência na opinião pública. Ele dirá aquilo que tiver mais graça, independentemente do resultado. Como por cá com os Homens da Luta ou

cultural radicalmente outro, acima de tudo, requer uma abertura à diferença, para não se cair na tendência ocidental de enxergar o Oriente a partir de ideias feitas.” Antero não se terá convertido ao Budismo, defendia-o, sim, como corrente filosófica, a par do Confucionismo. Aos seus olhos esclarecidos, Confúcio não fora, apenas, o fundador de uma religião, terá sido um modelo: um homem como ele que, desiludido com os seus pares e com a governação da sua terra “que perdera o curso do mandato celeste”, se exila para dedicar-se à divulgação das suas ideias. Define o Homem como um ser capaz de melhorar e aperfeiçoar-se indefinidamente, através da aprendizagem, não tanto como processo intelectual, mas como experiência de vida, numa imparável busca da harmonia primordial. Antero de Quental não quis comprar um boi e uma carroça como terá feito Confúcio para fugir do mundo com que discordava, mas chegou a renunciar ao seu destacado estatuto social, trabalhando como tipógrafo, o que diz bem da sua têmpera. O desejo de se radicar em Macau, a concretizar-se, por certo, teria mudado o curso da sua vida, como acontece com todos aqueles que por aqui passam... * Professora/jornalista. Ex-residente em Macau.

o Gato Fedorento, não existe propósito social por detrás. É mesmo só rir. O problema é relevante, porque na sociedade mediática a maior parte da informação que recebemos trata de assuntos que não nos afectam, directa ou indirectamente. Dizemos querer estar informados, não por necessidade mas por divertimento. As atribulações de Passos Coelho ou Obama são tão excitantes quanto o casamento de príncipes ou as tropelias da estrela do momento. Aliás, sendo histórias baseadas em factos reais, ganham picante adicional de interesse. A razão da nossa procura de informação é lúdica. Assistimos hoje a uma crescente interpenetração de ficção e realismo. Enquanto o cinema torna vívidos mundos fantásticos, do Harry Potter a Avatar, as notícias têm de ser mais apaixonantes que rigorosas. Isso, que é há muito visível nos tablóides, sente-se cada vez mais nos telejornais; mas também na divulgação pseudocientífica de canais como National Geographic e sobretudo nos reality shows, onde a própria ficção finge ser verdadeira. Jon Stewart não representa, assim, um exemplo insólito e aberrante. Ele constitui apenas um extremo no vasto espectro de alternativas mediáticas. Só que essas modalidades muitas vezes misturamse e o Daily Show passa por imprensa séria. O riso pode ter um enorme poder destrutivo, como sabe bem quem seja atingido pela galhofa. Uma piada mal dirigida estraga mais do que um murro. Por isso é tão perigoso brincar com coisas sérias. JTM/DN jornal tribuna de macau terça-feira, 23 de Agosto de 2011 pág 13


DEPARDIEU PEDIU DESCULPA POR URINAR EM AVIÃO. Gérard Depardieu pediu desculpas por ter urinado num avião da Air France. O actor de 62 anos urinou à frente de outros passageiros depois de lhe ter sido recusado o acesso à casa-de-banho quando o avião estava pronto a descolar.

lazer

BONO VOX HOSPITALIZADO COM DORES NO PEITO. O vocalista dos U2 passou algumas horas no Princess Grace Memorial Hospital, no Mónaco, com queixas de dores no peito. Bono permaneceu no Mónaco, onde foi visto no fim-de-semana com a mulher e amigos.

Danny DeVito recebe estrela no Passeio da Fama O actor Danny DeVito, que desempenhou o papel de “Mr. Penguin” em “Batman Returns”, entre outros, tem agora a sua estrela no Passeio da Fama, em Hollywood. Com a estrela do actor norte-americano de 66 anos, o Passeio da Fama passou a totalizar 2.445. “A questão é a seguinte: ou a levo para casa ou a deixo aqui”, parodiou DeVito, referindo-se à estrela. “Posso também instalar-me nesta loja histórica próxima e vir cá poli-la todos os dias’, acrescentou.

William e Kate já têm bonecos vestidos de noivos São réplicas perfeitas dos duques de Cambridge para que todas as meninas que sonham em ser princesas possam brincar. A mesma marca que já fizera uma boneca de Kate Middleton no dia em que foi anunciado o seu noivado com o príncipe William aposta agora nas réplicas fiéis ao dia do casamento real, realizado a 29 de Abril. Com a colaboração de designers e artistas de renome, a princesa Catherine (assim se chama a boneca, apesar de Kate Middleton não ter o título) começou a ser concebida ainda antes da boda real inglesa e tem vindo a ser aperfeiçoada desde então. E, apesar da promessa de Kate e William, em pleno altar, de que serão felizes para sempre, as miniaturas podem ser vendidas em separado.

Kate Moss irrita vizinhos com projecto na sua casa A modelo Kate Moss foi criticada pelos seus vizinhos no bairro de Highgate, no norte de Londres, que não viram com bons olhos o projecto de reforma da sua casa por considerarem que a obra teria impacto negativo no local. Segundo o jornal “The Daily Telegraph”, a modelo pediu à Câmara Municipal permissão para construir uma sauna e um ginásio na cave da casa, que data do século XVII.

Casamento milionário poderá ter sido gratuito Três vestidos, quase 500 convidados e muito luxo. Mas a estrela de “reality shows” Kim Kardashian e o basquetebolista dos New Jersey Jets Kris Humphries podem não ter pago nada pela cerimónia. Segundo o “Daily Mail”, os patrocinadores terão financiado todo o casamento. A despedida de solteira decorreu no hotel Palazzo, em LA, onde cada noite custa dois mil dólares. Cada vestido da noiva, estava avaliado em 20 mil. E as alianças em dois milhões. A cerimónia decorreu no sábado ao fim da tarde numa propriedade em Montecito, Califórnia, avaliada em 20 milhões de dólares. Antes do casamento, estimava-se que este estava orçado em cerca de 10 milhões de dólares.

Novo vídeo já online

pág 14 terça-feira, 23 de Agosto de 2011 jornal tribuna de macau


TDM Sports 02:45

Zurique vs Bayern Munique tdm 13:00 TDM News - Repetição 13:20 Jornal das 24h 14:30 RTPi DIRECTO 17:15 Beira Mar - Sporting (Rep.) 19:00 TDM Desporto (Repetição) 19:30 Ganância 20:25 Acontecimentos Históricos 20:30 Telejornal 21:00 Jornal da Tarde da RTPi 21:45 JK 22:58 Acontecimentos Históricos 23:00 TDM News 23:30 Estado de Graça 00:20 Portugueses pelo Mundo 01:10 Telejornal (Repetição) 01:40 RTPi DIRECTO

30 ESPN 15:30 Ironman St. George 16:30 Great Ireland Run 17:00 Duke vs China National Team 19:00 Baseball Tonight International 19:30 (LIVE) Sportscenter Asia 20:00 FINA Aquatics World 2011 20:30 Great Ireland Run 21:00 Mundialito De Clubes

- Santos vs Corinthians

22:00 Sportscenter Asia 22:30 FINA Aquatics World 2011 23:00 Grand American Series

31 Star Sports 13:30 14:00 15:00 16:00 17:00 19:00 21:00 21:30

Roteiro 23:00 Ladies Irish Open Supported by Failte Ireland

40 star movies 13:40 15:10 17:00 19:15 21:00 22:40 00:25

Open Season Bewitched A Knight’S Tale The Expendables The Men Who Stare At Goats The Code Charlie’S Angels

41 HBO 13:40 15:45 17:15 18:40 20:20 22:00 00:35

Syriana Austin Powers In Goldmember Airplane! Where The Wild Things Are Cats & Dogs Midnight In The Garden Of Good And Evil Kick-Ass

42 Cinemax 12:30 14:00 16:00 17:40 19:00 20:30 22:00 23:35

Frankenfish Gran Torino Land Raiders Frankenstein 1970 Paradox Return To Cabin By The Lake Sinbad Of The Seven Seas Innocent Blood

43 MGM

12:00 Engine Block 2011 13:45 Meydan FEI Nations Cup 15:15 British Touring Car 16:45 Championship 2011 17:45 International Motosport News 19:30 Guinness World Series of Pool 21:00 V8 Supercars - Races 22:45 HSBC Sevens World Series 00:15 (LIVE) Score Tonight

The Couch Trip The Tempest September Lights! Action! Music! The Favor Deadly Intent Bulletproof Critical Assembly A Star for Two

22:00 FINA Aquatics World 2011

50 Discovery

22:30 Golf Focus 2011

14:00 Toughest Military Jobs

15:00 16:00 17:00 18:00 18:30 19:00 20:00 21:00 22:00 23:00

Extreme Loggers Deadliest Catch Dirty Jobs Everything You Need To Know How Do They Do It Aircrash Confidential Prehistoric Disasters Sons Of Guns Kidnap & Rescue Moments Of Impact

51 NGC 13:00 17:00 18:00 19:00 20:00 21:00

Expedition Wild Planet Carnivore Dog Whisperer Built For Destruction Expedition Wild Monster Fish

54 History 13:00 14:00 16:00 17:00 18:00 19:00 20:00 21:00 22:00 23:00 00:00

Modern Marvels Houdini: Unlocking the Mystery Pawn Stars American Pickers Modern Marvels Monsterquest Modern Marvels Greatest Tank Battles Remote Control War The Manila Hostage Massacre Swamp People

55 Biography Channel 13:00 14:00 15:00 16:00 17:00 18:00 19:00 19:30 20:00 21:00 22:00 23:00

Relapse I Survived Airline USA Keith Urban Child of Our Time: 2004 Relapse Sell This House Rescue Mediums Celebrity Ghost Stories Alec Baldwin Heavy Relapse

Star Movies

Serviço de atendimento a clientes

21:00

28822866

The Men Who Stare At Goats

62 AXN

www.macaucabletv.com

cinema

Cineteatro Sala 1 the fortune buddies

14:00 Wipeout 14:55 Chuck

Um filme de: Chung Shu Kai - Falado em Cantonense Com: Eric Tsang, Cho-Iam Wong, Siu Cheung Yuen.

15:45 Csi: Ny 16:35 Hawaii Five-O 18:20 Csi: Crime Scene Investigation 19:15 The Voice, 20:10 Caught On Camera

14:15H 18:00H 19:45H 21:45H Cineteatro Sala 2 cars 2

Um filme de: John Lasseter - Falado em Cantonense

21:05 Hawaii Five-0 22:00 The Voice 22:55 Csi: Crime Scene Investigation 23:50 The Voice

14:15H 16:00H 18:00H 19:45H Cineteatro Sala 3 The smurfs Um filme de: Raja Gosnell. Com: Hank Azaria, Neil Patrick Harris.

14:15H 16:00H 19:45H 21:45H Torre de macau Captain America

63 Star World 13:35 Hell’s Kitchen 14:30 The Glee Project

Um filme de: Joe Johnston. Com: Chris Evans, Samuel L. Jackson.

15:25 Glee

14:30H 16:45h 19:15h 21:30H

16:20 Parenthood 17:15 Australia’s Next Top Model 18:10 How I Met Your Mother

Clube Militar de Macau

18:35 Masterchef Australia 20:00 Hell’s Kitchen 20:55 The Glee Project 21:50 Glee

Avenida da Praia Grande, 975, Macau Tel: 28714000

22:45 Masterchef Australia 00:05 Hell’s Kitchen

82 RTPi

Telefones Úteis

14:00 Telejornal Madeira

Número de Socorro Bombeiros PJ (Linha aberta) PJ (Piquete) PSP Serviços de Alfândega Centro Hospitalar Conde S. Januário Hospital Kiang Wu CCAC IACM DST Aeroporto Táxi (Amarelo) Táxi (Preto) Água - Avarias Telecomunicações - Avarias Electricidade - Avarias Directel Rádio Macau

14:36 Gostos E Sabores 15:03 Rumos 15:35 Bombordo Documentário

- João Sá Pinto

16:00 Bom Dia Portugal 17:01 Quem Quer Ser Milionário

- Alta Pressão

17:56 Resistirei 18:42 A Alma E A Gente 19:10 A Lista De Chorin 20:00 Jornal Da Tarde 21:16 O Preço Certo 22:05 Maternidade 22:51 Verão Total - Carrazeda Anciães 01:00 Portugal Em Directo

999 28 572 222 993 28 557 775 28 573 333 28 559 944 28 313 731 28 371 333 28 326 300 28 387 333 28 882 184 59 888 88 28 519 519 28 939 939 2990 992 1000 28 339 922 28 517 520 28 568 333

anima Sociedade Protectora dos Animais Sociedade de Macau Sociedade Protectora Protectora dos Animais Telefone: dos Animais de Macau de Macau 28715732 / 63018939 Telefone: fax: fax: 28715732 / 63018939 28703224

Novo Abrigo da Anima Altinho de Ká Hó- Coloane junto ao Reservatório * Sem adopções a Anima não pode socorrer outros animais * Nunca abandone o seu animal de estimação

Contacto da Anima: 63018939 (Bernardo) Ajude-nos a Ajudá-los jornal tribuna de macau terça-feira, 23 de Agosto de 2011 pág 15


jornal tribuna de macau www.jtm.com.mo Administração, Direcção e Redacção: Calçada do Tronco Velho, Edifício Dr. Caetano Soares, Nos4, 4A, 4B - Macau Caixa Postal (P.O. Box): 3003 Tel.: (853) 28378057 Fax: (853) 28337305 • Email: jtmagenda@yahoo.com e jtmpublicidade@yahoo.com

en passant Próximo Como tínhamos previsto, só mais de seis meses depois, o regime de Kadhafi começa a mostrar sinais de ruptura. Daqui para a frente, tudo acontecerá muito depressa, como sempre acontece. Kadhafi foi sempre um ser desprezível, tiranizando o seu povo e responsável por alguns dos grandes atentatos do século anterior, como no caso do atentado de Lockerbie, em que morreram centenas de inocentes. Tinha petróleo e fazia umas cenas gagas de dormir em tendas e guardas costas femininos que os dirigentes ocidentais de ambas as partes do Atlântico (e até o português Sócrates) pareciam adorar. Envelheceu, como todos, afinal, e deixaram-no cair. Mais, fizeram-no cair, com o aval da ONU e tudo. Ver sair o Kadhafi do poleiro em que possa determinar, de forma alienatória, a vida e morte dos seus concidadãos e alguns estrangeiros, é sempre uma boa notícia. Mas percebendo-se quem, realmente, foi o “motor” da sua queda, falta saber quais as razões que estão por detrás deste apoio, e quem será o próximo amigo que deixam cair... J.R.D.

última

tempo

fonte: serviços meteorológicos e geofísicos www.smg.gov.mo

hoje

amanhã 27 C 330C 0

27 C 330C 0

câmbios - indicativos Pataca Compra US Dólar 7.98 EURO 11.51 yuan (rpc) 1.218

fonte: bnu

Venda 8.08 11.65 1.268

REBELDES ANUNCIAM CONTROLO DE TRIPOLI MAS HÁ COMBATES EM BOLSAS DE RESISTÊNCIA Os rebeldes afirmam que já controlam 95 por cento de Tripoli, mas o paradeiro do líder líbio Muammar Kadhafi continua a ser desconhecido e os combates ainda são ouvidos na capital do país. Perante o fim iminente do regime de Kadhafi, várias vozes da comunidade internacional lançaram apelos para o líder líbio abandonar o poder e evitar o derramamento de mais sangue. Uma fonte da NATO afirmou também que a Aliança Atlântica irá manter a missão na Líbia, comprometendose que vai continuar com os voos de vigilância e de ataque até que as forças fiéis a Kadhafi se rendam ou regressem aos quartéis. Só no domingo, a NATO realizou 126 operações na Líbia. União Europeia, China e Rússia foram algumas das “vozes” internacionais que pediram ontem a saída de Kadhafi. O “fim do regime de Kadhafi” está próximo, afirmou o porta-voz da chefe da diplomacia europeia, Catherine Ashton, acrescentando que o líder líbio “deve sair imediatamente do poder e evitar que mais sangue seja derramado”. Também em comunicado, a diplomacia russa afirmou que perante “uma reviravolta dramática” no conflito está “iminente” a transferência do poder no território líbio para as forças rebeldes. Por seu lado, a China afirmou que respeita “a escolha do povo líbio”, esperando ainda que “a estabilidade regresse rapidamente” ao país. “A China está pronta para trabalhar com a comunidade internacional e assumir um papel positivo na futura reconstrução da Líbia”, acrescentou um comunicado do MNE chinês. Já em Londres, o Primeiro-Ministro britânico, David Cameron, defendeu que a comunidade internacional deve apoiar a reconstrução da Líbia, mas que o processo deve ser conduzido pelos próprios líbios. Entretanto, o Tribunal Penal Internacional (TPI) está a negociar com o governo de transição líbio a possível extradição de Saif el Islam, filho de Kadhafi e porta-voz do regime, com base num mandado de detenção internacional por alegados crimes contra a humanidade. “O TPI recebeu a informação de que Saif el Islam foi efectivamente detido e o tribunal está a negociar com o governo de transição líbio a sua transferência para o TPI, de acordo com a ordem de detenção emitida”, explicou a porta-voz do TPI, Fadi El Abdallah. Outros dois filhos de Kadhafi foram detidos, incluindo Mohammad, o mais velho, que foi aprisionado na sua casa em Tripoli quando dava uma entrevista ao canal de televisão al-Jazeera.

UM VERDADEIRO DEMOCRATA NA PRESIDÊNCIA DE CABO VERDE

ARTISTA SATISFEITO DEPOIS DE PASSAR TRÊS DIAS COM GALINHAS

Pela primeira vez em 20 anos de pluralismo político e em 36 anos de História, Cabo Verde terá um presidente de cor política diferente do da maioria Parlamentar e do Governo, um verdadeiro democrata, no pensamento e acção. O “responsável” é Jorge Carlos Fonseca que, à segunda tentativa (a primeira foi em 2001), conseguiu ser eleito Chefe de Estado num país que, em Fevereiro último, dera a terceira maioria absoluta consecutiva ao partido Africano da Independência de Cabo Verde (PAICV). Ex-docente na Universidade de Macau, Jorge Carlos Foinseca tem um percurso intocável do ponto de vista dos valores democráticos. Para Cabo Verde, esta vitória tem muitas leituras. Quebrou o ciclo do “um Presidente, uma maioria, um governo”, deixou marcas no PAICV e fez ressuscitar um partido que parecia moribundo e que tudo apostou, e ganhou, na segunda volta das presidenciais, o Movimento para a Democracia (MpD). Ainda não são claras as marcas que a vitória do advogado, jurisconsulto e constitucionalista cabo-verdiano, de 60 anos, vai deixar no partido governamental, pese embora o facto de o PAICV se ter fragmentado nesta eleição com a candidatura de Aristides Lima, da mesma esfera política dos “tambarinas”, que, apesar de ter ficado na terceira posição na primeira volta das presidenciais, obteve um capital de um quarto dos votos. Para já, esta vitória permite ao MpD ressurgir na arena política, depois de cinco derrotas eleitorais – três legislativas e duas presidenciais – e preparar o partido para o próximo embate – autárquicas, previstas para o primeiro trimestre de 2012, e, a longo prazo, para as legislativas de 2016, tal como afirmou já hoje o líder do partido, Carlos Veiga, que não deixou de lado a possibilidade de eleições antecipadas, se o PAICV não controlar a maioria que detém no parlamento. Fonseca já garantiu que irá cooperar “lealmente” com um Governo “legitimado pelas urnas” em Fevereiro, mas Carlos Veiga pôs o dedo na ferida, ao afirmar que a estabilidade não depende do chefe de Estado, mas do partido governamental, uma vez que, no Parlamento, as cisões podem levar à perda de maioria do PAICV.

Após dormir três dias com galinhas sob o efeito de químicos, o artista Nuno Oliveira acordou ontem descrevendo a experiência “Sonho que somos iguais” como “muito estimulante e positiva”. “Fiquei feliz com todo o processo, desde a construção da peça até à experiência com os animais, foi muito positivo”, conta Nuno Oliveira, segundos após terminar o seu ‘espectáculo’. Para o artista de 37 anos, esta foi uma “espécie de simbiose e contacto com os animais” que se revelou num “processo de aprendizagem”. “Às vezes são temas simples, como o de dormir com galinhas, mas que podem repercutir em certas ideias que fazem parte do quotidiano. E o nosso objectivo era pegar numa coisa que toda a gente percebe e criar este espaço de reflexão”, explicou. Esta acção, integrada no projecto “JANGADA”, que propunha, de forma subjectiva, a realidade portuguesa e a forma atribulada como se projecta no presente e no futuro.

CHINA DOA 16 MILHÕES de USD CONTrA A FOME A China tornou-se no maior doador do Programa Alimentar Mundial com uma contribuição de 16 milhões de dólares para a luta contra a fome na Somália, informou a agência Xinhua. A contribuição da China para o fundo do Programa Alimentar (PAM) junta-se aos mais de 20 milhões de dólares financiados pela comunidade internacional. A ajuda de Pequim visa cerca de 1,5 milhões de pessoas em situação de extrema necessidade na Somália. Dos cerca de oito milhões de habitantes da1 Somália, mais de 3,6 milhões correm risco de morrer de fome td12_JTM_banner4.pdf 6/15/11 3:11 PM e mais de metade das crianças estão mal-nutridas.

AMERICANAS EXIGEM DIREITO DE PODER FAZER TOPLESS O movimento “Go Top-Less” manifestou-se no domingo, em 13 cidades norte-americanas, para exigir o direito de fazer topless. Segundo o Globo.com, Raquel Vergara, portavoz do movimento “Go Top-Less” em Miami Beach, mostrou-se confiante em que o Governo americano aprove uma lei que permita às mulheres mostrar livremente os seus seios. Os homens que participaram na marcha de protesto usaram um sutiã em solidariedade com as mulheres, que, nos EUA não podem mostrar os seios em lugares públicos. Durante os protestos, as manifestantes surgiram com os seios tapados com enfeites para não infligir a lei. Raquel Vergara lembrou, a propósito, que “a legislação norte-americana permite exibir parcialmente os seios, mas proíbe mostrá-los”. Este movimento, em favor do topless, começou há três anos e “a reivindicação é feita a cada dia 26 de Agosto porque nesse mesmo dia, em 1920, foi ratificada a 19ª emenda da Constituição, que permitia o direito de voto às mulheres”, disse.

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

pág 16 terça-feira, 23 de Agosto de 2011 jornal tribuna de macau

fecho desta edição jtm - 23:45horas

JTM 23-08-2011  

Jornal Tribuna de Macau