Page 1

TOME


Página 2

Teen

Edição 3.346

TRIBUNA DE ITUVERAVA

Ituverava, 17 de agosto de 2019

CNA

Desde 1960 presente no dia a dia das pessoas proporcionando facilidade e agilidade

Via Anhangueram km 410 Ituverava-SP Telefones: (16) 3830-8000 (16) 3830-8008


Página 3

Teen

Edição 3.346

TRIBUNA DE ITUVERAVA

Ituverava, 17 de agosto de 2019


Página 4

Teen

Edição 3.346

TRIBUNA DE ITUVERAVA

Ituverava, 17 de agosto de 2019

TECNOLOGIA

Estudantes brasileiros criam filtro utilizado por astronautas Quatro alunos do segundo ano do Ensino Médio do Instituto Federal de Santa Catarina – Campus Xanxerê construíram um experimento de filtro de água que foi enviado por um foguete da SpaceX até os astronautas da Estação Espacial Internacional (ISS). A invenção dos alunos Isabela Battistella, Ricardo Cenci (ambos de 18 anos), Renata Müller e Roberta Debortoli (ambos de 17) foi a vencedora da 2ª edição do projeto Garatéa-ISS. A iniciativa, desenvolvida pela Missão Garatéa com apoio do Instituto TIM, prepara alunos de escolas públicas e particulares brasileiras para o Student Spaceflight Experiments Program (SSEP), concurso internacional que seleciona criações de estudantes para voarem até a ISS.

Em entrevista à Revista Galileu, uma das principais publicações sobre ciência do Brasil, Debortoli conta que o experimento criado por seu grupo tem funcionamento baseado no filtro de barro brasileiro: ele também tem o carvão ativado como agente filtrante. Como no espaço a gravidade é bem mais baixa do que na Terra, foi necessário adaptar o mecanismo. “Nosso experimento utiliza a capilaridade, um fenômeno físico que substitui a gravidade no processo de filtração”, afirma a aluna. Ela explica que a capilaridade causa tensão superficial em tubos finos, ou seja, ela une as moléculas do líquido e faz com que os fluidos se desloquem ainda que estejam em baixa força gravitacional.

Experimento A aluna diz que o experimento não é um filtro finalizado, mas consiste em um tubo de silicone bem pequeno, de apenas 17 cm de comprimento. A intenção é testar se é possível filtrar no espaço uma solução de azul de metileno. Em vez de a solução ser filtrada de cima para baixo, como na Terra, isso ocorreria na ISS de baixo para cima. “O que os astronautas fazem lá na Estação Espacial Internacional é abrir um grampo e chacoalhar o experimento para garantir que a solução contate o carvão ativado e possa ser filtrada”, descreve Debortoli. O diretor da Missão Garatéa, Lucas Fonseca, conta que o “filtro” foi enviado junto com comida de astronauta e todos os suprimentos científicos necessários para a tripulação da ISS no dia 25 de julho. “O experimento já foi feito e estamos esperando o retorno. Ele fica funcionando por um mês e até o final do ano deve retornar à Terra”, conta o engenheiro espacial, que pretende expandir a Garatéa-ISS para escolas de outros países da América do Sul e Ásia a partir de 2020.

ALUNOS FAZEM TESTE NO PROTÓTIPO DO FILTRO (FOTO: DIVULGAÇÃO)

FILMES E SÉRIES

Conheça as oito próximas séries brasileiras da Netflix Onisciente Mais ficção científica para a Netflix nacional. Onisciente é um suspense futurista que acompanha a história de uma cidade onde todas as pessoas são monitoradas por uma supermáquina o tempo inteiro. Assim, a criminalidade é reduzida a zero, exceto por um único assassinato não relatado. O elenco conta com Carla Salle, Guilherme Prates e Jonathan Haagensen. Spectros A série de ficção científica se passa no bairro da Liberdade, em São Paulo, e companha um grupo de cinco adolescentes que caem acidentalmente em uma realidade sobrenatural conectada ao mesmo local da cidade em 1858. Ainda sem lançamento confirmado, Spectros deve chegar ao streaming em 2020, e terá Danilo Mesquita como protagonista. Boca a Boca Anunciada recentemente, a série de suspense mostra uma doença misteriosa que se espalha entre os jovens a partir do beijo. É uma proposta similar à de Corrente do Mal, e contará com direção de Juliana Rojas (As Boas Maneiras) e Esmir Filho (Tapa na Pantera). Ninguém Tá Olhando Após estrear como diretor nos bem-sucedidos Bingo: O Rei das Manhãs e Turma da Mônica: Laços, Daniel Rezende chega na Netflix com essa comédia promissora. Na onda de produções como Good Omens, Ninguém Tá Olhando acompanha um anjo da guarda que se cansa das regras e burocracia de seu trabalho. Irmandade Com direção de Pedro Morelli Gustavo Bonafé e Aly Muritiba, o drama criminal coloca uma advogada para enfrentar o próprio irmão, líder de uma facção criminosa poderosa. O elenco conta com Seu Jorge, Naruna Costa e Hermila Guedes. Futebol Elena Soares contará uma história dramática que tem como pano de fundo do esporte mais popular do país. O futebol acompanha a amizade entre dois jogadores de 15 anos que saem da pobreza para se juntar à divisão júnior de um grande time brasileiro. Reality Z Que tal colocar zumbis no audiovisual brasileiro, e com Big Brother ainda por cima? A série de Cláudio Torres (Magnífica 70) coloca os participantes de um reality show presos quando um apocalipse zumbi eclode na cidade. Baseado na série britânica Dead Set, a série terá 5 episódios, que chegam à Netflix em 2020. Sabrina Sato está no elenco.

Sintonia é a nova série nacional que chega ao catálogo de produções originais da Netflix. E não será a última, já que muitas outras estão agendadas para chegar. Com produção do músico e produtor Kondzilla, Sintonia acompanha um trio de jovens em suas jornadas de crescimento e explora temas como tráfico de drogas, religião, desigualdade social e música. Confira outras produções brasileiras que devem chegar ao serviço de streaming

INTELIGÊNCIA E RESULTADOS

Apoio Cultural

Cartório de Notas e Protesto de Ituverava Rua Cel. Dionísio Barbosa Sandoval, 614

Telefone: (16) 3729-2233 Atendimento das 8h30 às 18h

Com mais de 60 anos no mercado, oferecendo sempre soluções diferenciadas para a agricultura

Rua Álvaro Rodrigues, 56 Área Industrial - Guará/SP Telefone: (16) 3831-8500 www.busa.com.br


Página 5

Teen

Edição 3.346

TRIBUNA DE ITUVERAVA

EDUCAÇÃO

Startup oferece cursos gratuitos de preparação para o Enem

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) ocorre nos dias 3 e 10 de novembro de 2019, e devem participar da prova mais de 6 milhões de estudantes brasileiros. Para ajudá-los a se preparar, a startup curitibana Kultivi preparou cursos gratuitos sobre diferentes assuntos e disciplinas, que podem ser assistidos a qualquer horário. O conteúdo também inclui material de apoio e questões de fixação. Veja alguns: História O curso tem 60 aulas e cobre desde a história do Brasil Colônia até os 30 anos de Constituição, o Golpe de 1964 e a luta armada no Brasil. Tem também aulas sobre história contemporânea, nazismo, fascismo, revolução russa, Segunda Guerra Mundial e Guerra Fria. Mais aulas estão sendo acrescentadas e mais de dois mil alunos já baixaram o curso.

Geografia Com 54 aulas, todas já disponíveis, o curso aborda temas como migrações, demografia, cartografia, geologia, revolução industrial, fontes de energia, bacias hidrográficas, blocos econômicos, reformas agrária e urbana, regiões do Brasil e relevo. Português Regras de acentuação, colocação pronominal, ambiguidade e duplo sentido, uso da crase, modos verbais, pontuação e concordância verbal estão entre as 60 aulas do curso de língua portuguesa, que já está completo. Redação São 20 aulas que, além de noções básicas sobre coesão e desenvolvimento argumentativo, têm informações sobre temas de atualidade que estão em alta e podem cair na redação.

Entre eles, discurso de ódio nas redes sociais, mobilidade urbana, manifestações populares no Brasil e corrupção.

fatoração, equação polinomial, matrizes, determinantes, trigonometria, geometria, funções, probabilidade, entre outros.

Física Com 60 aulas, algumas das quais ainda estão sendo gravadas, o curso tem um conteúdo bastante completo, que inclui: leis de Newton e suas aplicações, leis de Kepler, energia, hidrostática, mecânica, ondulatória, óptica, eletrodinâmica e leis da termodinâmica. Quase cinco mil alunos já baixaram o curso, segundo a startup.

Biologia O curso com a maior quantidade de aulas está completo (são 120) e já tem mais de 5.500 alunos. Começa aos poucos, com introduções à biologia, ecologia e zoologia, e se aprofunda em todos os temas, inclusive genética e citologia.

Matemática Um dos cursos mais extensos da plataforma, com cem aulas (algumas ainda em gravação), inclui tópicos como porcentagem e juros, sequências e progressões, equações de primeiro e segundo grau, fatoração e produto notável, radiciação, racionalização, potenciação,

Química Um dos cursos com o maior número de alunos, mais de seis mil, tem 70 aulas e está completo. Trata de modelos atômicos, números quânticos, substâncias químicas, soluções e dispersões, reações químicas, eletroquímica, química orgânica, e tem muitos exercícios e questões voltados para o Enem.

Ituverava, 17 de agosto de 2019


Página 6

Teen

Edição 3.346

TRIBUNA DE ITUVERAVA

GAMES

Ituverava, 17 de agosto de 2019

Senado aprova tarifa zero para games produzidos no Brasil

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania do Senado (CCJ) aprovou, na última semana, a PEC 51/2017, que confere isenção de impostos a consoles e jogos para videogames produzidos no Brasil. A proposta busca incluir estes produtos no artigo 150 da Constituição Federal, que também aplica imunidade tributária a CDs e DVDs de origem nacional que contenham obras interpretadas por artistas brasileiros.

Para o senador Temário Mota, relator da proposta, a aprovação do texto trará mais movimentação ao mercado de jogos e mais arrecadação aos Estados. “Estamos seguros de que a imunidade [tributária], embora tenha impacto sobre a arrecadação específica dos impostos dispensados, vai promover, no contexto geral, um incremento de arrecadação de tal valor que o saldo será positivo para os entes federativos”, afirma.

Primeiro passo A medida é considerada um primeiro passo para aqueles que esperam novidades sobre a prometida redução nos impostos sobre os jogos, que conta com o apoio declarado do presidente Jair Bolsonaro. Ele já prometeu rever a aplicação do Imposto sobre Produto Industrializado (IPI) a jogos para consoles com o atual ministro da Economia, Paulo Guedes. Com a aprovação da CCJ, agora a PEC 51/2017 irá para votação em dois turnos pelo Plenário. Vale lembrar que a proposta surgiu, inicialmente, de uma sugestão popular feita pelo programa e-Cidadania, que pedia a redução dos impostos cobrados em games de 72% para 9%. Após uma ampla aprovação nas redes, o projeto foi recebido pelo senador Telmário Mota, que acabou transformando o texto em PEC.


Página 7

Teen

Edição 3.346

TRIBUNA DE ITUVERAVA

Ituverava, 17 de agosto de 2019

Especial

Pular café da manhã contribui com obesidade entre jovens

Em um trabalho publicado na Scientific Reports, pesquisadores da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP) e de seis países europeus investigaram comportamentos determinantes para o ganho de peso entre adolescentes. O estudo destaca que o hábito de muitos jovens de pular o café da manhã em suas casas antes de seguir para as escolas guarda relação direta com o aumento da circunferência abdominal e com o aumento no índice de massa corporal (IMC) nesse grupo etário. “O principal achado de nosso estudo indica que pular o desjejum está associado a marcadores de adiposidade [métodos que medem a quantidade de gordura corporal] em adolescentes, independentemente de onde vivem, do tempo de sono ou do sexo”, diz Elsie Costa de Oliveira Forkert, epidemiologista e pesquisadora do Grupo de Pesquisa YCare do Departamento de Medicina Preventiva da FMUSP. “Ao dispensar o café da manhã, milhões de crianças e adolescentes em todo o mundo podem substituir uma alimentação mais saudável dentro de casa pelo consumo, em cafeterias e lanchonetes escolares, de alimentos industrializados muitas vezes hipercalóricos e de baixo valor nutricional, como salgadinhos, doces

e refrigerantes, o que está diretamente ligado ao desenvolvimento da obesidade”, ressalta. Pós-doutorado de Forkert O artigo complementa o trabalho de pós-doutorado de Forkert, apoiado pela Fapesp, e contou com a colaboração de cientistas da Alemanha, Áustria, Bélgica, Espanha, Grécia e da Itália. Esse levantamento utilizou dados de dois grandes estudos, um europeu e outro brasileiro. O de lá é o Healthy Lifestyle in Europe by Nutrition in Adolescence Cross-Sectional Study (Helena-CSS), conduzido entre 2006 e 2007 e que acompanhou 3 528 adolescentes de 10 grandes cidades europeias. Todos foram estratificados por idade, sexo, região e status socioeconômico. Já a pesquisa brasileira, intitulada Saúde Cardiovascular do Adolescente Brasileiro (BRACAH Study), reuniu 991 adolescentes e foi conduzido em 2007 na cidade de Maringá (PR). Os jovens foram avaliados quanto a fatores de risco cardiovascular e comportamentos relacionados à saúde. O estudo BRACAH foi coordenado pelo professor Augusto Cesar Ferreira de Moraes, do Departamento de Epidemiologia da Faculdade de Saúde Pública da USP.

Questionário “Os comportamentos relacionados ao equilíbrio energético foram medidos por meio de questionário que avaliou, entre outros fatores, o nível de atividade física dos adolescentes, sendo que um mínimo de 60 minutos por dia era o considerado adequado”, explica Forkert. Para averiguar o comportamento sedentário, foi considerado o tempo diário

despendido na frente da televisão, do computador e do videogame. O sono dos adolescentes pesquisados também foi examinado. Já o questionário de Escolhas e Preferências Alimentares, que explora atitudes e preocupações quanto a estilo de vida e alimentação saudável entre os adolescentes foi usado para avaliar o consumo do café da manhã.

Análises A partir dessas informações, os cientistas analisaram se os jovens que dispensavam o desjejum apresentavam, em média, maior circunferência abdominal, peso etc. “Dos comportamentos relacionados ao equilíbrio energético, o que mais apresentou associação com os marcadores de obesidade foi o comportamento de pular o café da manhã”, garante Forkert. “Verificamos um aumento médio na circunferência abdominal de 2,61 centímetros nos meninos europeus e de 2,13 centímetros nos brasileiros, quando esses têm o hábito de pular o café da manhã”, revela Forkert. Mesmo dormindo oito horas por dia ou mais, eles tiveram uma elevação de 1,29 kg/m² a 1,69 kg/m² no índice de massa corporal. “O mesmo ocorreu entre meninas europeias. Diante do comportamento de pular o café da manhã, mesmo dormindo adequadamente, houve uma associação positiva com os marcadores de obesidade geral e abdominal”, conta Forkert. “Por exemplo, a circunferência abdominal aumentou em média 1,97 centímetro e a relação cintura-altura 0,02”, atesta Forkert.


Página 8

Conto

Teen

Edição 3.346

TRIBUNA DE ITUVERAVA

Falso reconforto

- Animado para começarmos a maratona dos filmes do Tarantino? Um por dia, na ordem de lançamento, como fazemos todos os anos? - Claro que estou! - E dessa vez vai ver Bastardos Inglórios comigo ou vai ser o único da lista que vou assistir sozinha como em todas as vezes anteriores? - Amor...desculpa, mas você sabe muito bem que não posso assistir esse filme. Não seria justo! - Com quem? - Comigo, eu acho. E com a memória da Júlia também... Você sabe, ela morreu em um acidente quando estava indo ao cinema para se encontrar comigo e assistirmos esse filme. Desde então, nunca tive coragem de assisti-lo. Eu te amo, você sabe, mas isso vai muito além dessa questão... - Eu não sei, Renato. Às vezes parece que você carrega um monte de fantasmas do seu antigo relacionamento. Eu imagino o quanto deve ter sido doloroso para você perder a Júlia desse jeito. Sei do quanto você ficou arrasado e do tempo que levou para conseguir seguir em frente. Mas, embora eu entenda tudo isso, me parece que você não consegue continuar completamente a sua vida... - Se você tivesse passado por algo parecido, me entenderia. Mas, de qualquer forma, que diferença isso faz? É só um filme! Vejo todos os outros com você. Mas esse não dá. - Esse é seu problema, sabia? - Qual? - “É só um filme”. Você sempre enxerga tudo de uma forma tão simplista, não é? Para você nunca há detalhes, conceitos subentendidos, sentimentos não expressados... Para você, as coisas são ou não são. Mas é tudo muito mais complexo que isso... - E talvez seja por isso que você faz essa maratona todo ano, não é? - Como assim? - Não são só filmes...Você faz isso para me provocar. Para me fazer lembrar da Júlia e, lá no fundo, tentar mais uma vez me convencer a ver Bastardos Inglórios. Porque, como você mesma disse, não se trata apenas de um filme. Se eu assistir esse filme, você sentiria que ganhou, não é verdade? Que amo você mais do que já amei a Júlia. - Claro que não! Isso significaria que você finalmente me incluiu em sua vida. Sem traumas, sem fantasmas, sem pesos...Não quero competir com a Júlia, mas queria saber como seria estar com você sem, ao menos uma vez por dia, ter que lidar com aquele seu olhar vago. - Esse olhar vago não é por conta da Jú-

lia... - Ah não? É por quê, então? - Acho que essa maratona anual de filmes do Tarantino define bem o que é esse meu olhar vago. - Não tenho a menor ideia do que você quer dizer com isso. - Por que você insiste com essa maratona? Vamos deixar de lado toda essa questão da Júlia, ok? Você se lembra da primeira vez que vimos esses filmes juntos? - Claro que sim! Estávamos saindo há alguns meses, você foi para a minha casa, propus de assistirmos Pulp Fiction, você aceitou. Após o filme, tomamos uma garrafa de vinho e você se abriu como nunca para mim. Me contou seus sonhos, seus medos, seus traumas...A partir daí, vimos um filme do Tarantino por dia – com exceção de Bastardos Inglórios – e sempre depois dos filmes tínhamos conversas profundas e sinceras. Naqueles dias conhecemos mais um sobre o outro do que os meses anteriores. Naqueles dias, nos apegamos e... - E então você ficou presa no passado, não é? O tempo foi passando, nossa relação foi amadurecendo, mas para você, nada nunca fui tão bom quanto aqueles dias. Estou errado? - Claro que está! Aqueles dias representam um marco para tudo que construímos. Mas não quer dizer que as coisas não foram tão boas depois disso... - Seja sincera, Júlia. Nós não somos mais quem éramos. Nossa relação esfriou. E você quer que as coisas sejam consertadas com filmes do Tarantino e um pouco de...

Raio X Nome: Lucas Pimenta Barbosa Apelido: Pimenta Data de Nascimento: 8 de novembro de 2000 Idade: 18 anos Série/Ano: 3º Ensino Médio Escola: Colégio Objetivo Nome dos pais: Adriana Silva Pimenta Barbosa e Giulliano Freitas Barbosa Signo: Escorpião Altura: 1,75 m Peso: 61kg Cor preferida: Vermelho Prato preferido: Comida japonesa Esporte preferido: Futebol Livro preferido: Minha vida antes do invento na hora (Lucas Lira) Filme preferido: Velozes e Furiosos (todos da franquia) Qualidade: Ambicioso e altruísta Defeito: Bagunceiro e desorganizado O que mais admira nas pessoas: Solidariedade e bom caráter O que mais detesta nas pessoas: Arrogância Assunto preferido em roda de amigos: Esportes, política, festas e faculdade Música: Praia do Rosa Oriente part. Cynthia Luz, Delacruz) Hobby: Ouvir música e jogar futebol Futura profissão: Médico Melhores amigos: Gabriel Prata e Hugo Inada Qual sua opinião sobre a política do país: A política no Brasil sempre

foi um grande problema, com a má administração e corrupção. Espero que mude com o passar dos anos pois agora, mesmo com o atual governo muito criticado, vejo vários pontos positivos. Mas é preciso mudar algumas coisas. Qual sua opinião sobre a economia do país: A economia no atual governo tem uma certa melhora, já que o país vinha de uma enorme crise do governo PT. Drogas: Sou a favor da legalização da maconha para fins medicinais e venda sob prescrição médica. Mas é importante o combate contra os outros tipos de drogas e orientar os jovens a não usar. Qual sua opinião sobre bullying: Bulling é deplorável e deve ser combatido com veemência. Qual sua opinião sobre a tecnologia nos dias de hoje? A tecnologia está cada vez mais facilitando a vida das pessoas, seja para bens medicinais, avanço e descobertas e melhora na qualidade de vida. Do que você realmente tem medo? Tenho medo de réptil e anfíbios O que mais importa na vida? Minha família e meu futuro profissional e pessoal. Você se preocupa com a sua aparência? Claro, quero sempre estar bem vestido e com boa aparência.

- Espera! Você me chamou de Júlia? - Claro que não, Brenda! Você precisa deixar de lado essa fixação e entender que as coisas mudaram entre nós. Talvez devêssemos tentar a terapia ou... - É, você tem razão...Talvez eu faça essa maratona todos os anos justamente para trazer de volta quem éramos na primeira vez que isso aconteceu. Alguém precisa tentar, não é? Estou cansada de te ver no sofá com esse olhar de quem está infeliz, mas não tem o menor interesse em fazer algo a respeito para mudar a situação... - Talvez porque eu saiba que não há o que ser feito... - Ou talvez porque você acredite que cada pessoa só tem uma chance verdadeira de ser feliz. A sua foi desperdiçada e agora, para “equilibrar” o universo, você quer que eu desperdice a minha. - Eu não acredito no que você está dizendo... - E eu não acredito que, por mais um ano, estou aqui apegada à ideia boba de consertar nossa relação com uma maratona de filmes. Acho que algumas coisas simplesmente não foram feitas para durar... - Esquece essa maratona. Não precisamos disso para ter um recomeço! - Há fantasmas demais nessa história. Você aguarda o retorno da Júlia e eu daquela sua versão sincera e profunda que nunca mais apareceu. Acho melhor pararmos de esperar. Ninguém reaparecerá. - Consertar as coisas não vai ser nada fácil... - Não faremos isso. Somos covardes de-

Ituverava, 17 de agosto de 2019

Bruno Inácio

Bruno da Silva Inácio cursa mestrado na Universidade Federal de Uberlândia, é especialista em Gestão Cultural, Literatura Contemporânea e em Cultura e Literatura. Ele Cursa pós-graduação em Filosofia e Direitos Humanos e em Política e Sociedade. É autor dos livros “Gula, Ira e Todo o Resto”, “Coincidências Arquitetadas” e “Devaneios e alucinações”, além de ter participado de diversas obras impressas e digitais. É colaborador dos sites Obvious e Superela e responsável pela página “O mundo na minha xícara de café”. mais para tentar... - E o que faremos então? - O mesmo de sempre: fingir que está tudo bem. - Tem razão... - Animado para começarmos a maratona dos filmes do Tarantino? Um por dia, na ordem de lançamento, como fazemos todos os anos? - Claro que estou!

Profile for tribunadeituverava

Teen Edição 3346  

Teen Edição 3346  

Advertisement