Page 1

A n o I I I - E d i ç ã o N. 4 3 - Be l o Ho r i z o n te , 7 a 2 0 d e m a i o d e 2 0 11

Invasão na Av. José Cândido da Silveira: até quando?

Santos Filho

FALTAM AÇÕES MAIS ENÉRGICAS DA PBH, CÂMARA MUNICIPAL, MINISTÉRIO PÚBLICO, ASSEMBLEIA LEGISLATIVA, GOVERNO DO ESTADO

O

que você tomará conhecimento abaixo, não é novidade e tem sido mostrado e denunciado há mais de três anos pelo TCN. Ocorrem determinados fatos em nossa cidade que parecem até de propósito, ou

Favela na Av. José Cândido da Silveira permanece e cresce por falta de ações dos agentes públicos. Inoperância deixa crianças e famílias em risco

mesmo para demonstrar a ineficiência dos órgãos públicos. E o que é pior! Descaso com os seres humanos que habitam nossa cidade. Caso não ocorra a pronta intervenção do Poder Pú-

Gasmig tira Cidade Nova do gás natural A Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig) informa que a região da Cidade Nova não será mais contemplada com o fornecimento doméstico do gás natural canalizado, mesmo com sua rede subterrânea de distribuição totalmente concluída no bairro. A rede da Gasmig passa sob a Rua Dr. Júlio Otaviano Ferreira, Av. José Cândido da Silveira e outras vias da Cidade Nova. A pretensão inicial era atender um mínimo de 450 edifícios e outros 30 pontos comerciais. Esta proposta tinha data inicial para 2010 e recebeu do então presidente José Carlos Mattos a importância de ser um projeto que marcaria “a estreia da Companhia no segmento residencial. A utilização do gás natural nas residências é mais barata e ideal para o aquecimento de água e cocção de alimentos”. Detalhes na página 6

blico e da sociedade, são situações que acabarão inseridas na paisagem urbana, levando crianças e adultos a se acomodarem com uma vida miserável, na sujeira, expostos a todo risco e constrangimento possíveis.

Não é necessário ir longe para verificar esta situação. Basta passar pela Avenida José Cândido da Silveira, nas proximidades do Serpro, e constatar tamanho descaso para com as pessoas que ali estão acampa-

(?) Não Custa perguntar: Na edições anteriores perguntamos e sequer tivemos notícias a respeito de: • Polícia Militar e Acobanfs: onde estão, qual o estado atual e como são utilizados os equipamentos que foram adquiridos e disponibilizados em prol da segurança nos bairros Nova Floresta e Silveira, objeto de muita luta da própria Acobanfs? • Polícia Militar e PBH: Não seria interessante uma medida imediata ocupar o imóvel localizado debaixo da passarela para pedestres da Feira dos Produtores como apoio para a Polícia Militar? • PBH: Que dia a BHTrans vai querer saber de fato o que a comunidade da Cidade Nova tem a opinar no tocante às mudanças no trânsito local? O TCN continua aguardando notícias.

das, sem a menor condição, na espera de alguma atitude do Poder Público, seja ela qual for, última e única alternativa para lhes garantir sobrevivência digna e mais humana. Página 3

EDITORIAL A imprensa e o cidadão Página 2

Campanha de desarmamento Página 8

Dilma Tucanou? Página 9

Cicatrização de Feridas Página 11


TRIBUNA - BH

2

Opinião Belo Horizonte, 7 a 20 de maio de 2011 – Edição N. 43

A força da imprensa e o papel do cidadão

A

s últimas edições do jornal Tribuna da Cidade Nova trouxeram como focos temas importantes para a comunidade da região, como a invasão de imóvel abandonado na Avenida José Cândido da Silveira, que deixa crianças à mercê da sorte; a instalação definitiva do campus-BH da Uni-

A comunidade da região da Cidade Nova vem se manifestando através do jornal Tribuna, seja através de telefonemas, emails e comentários no portal do jornal (www.tribunabh.com. br). Confiram abaixo algumas manifestações recebidas por nossa redação. Fechamento Nordeste

da

UPA-

Com tanta precariedade na saúde é uma falta de respeito com a população, que tanto necessita de atendimento médico, Estamos precisando de mais postos. Maria José – postado no portal do TCN Mudança no trânsito I Leio sempre o Tribuna já vi representantes da mesma nas reuniões que acontecem na Igreja. Gosto muito e apóio varias de suas iniciativas. Acho que algumas mudanças devem acontecer no trânsito já que não estão dando certo. Mas com relação à Rua Luther King foi a mudança mais certa, pois não sei se vocês têm conhecimento, esta rua é passagem de uma grande rede de água fluvial. Segundo alguns moradores que estão aqui há 30 anos, há cerca de 20 anos esta rua sofreu um afundamento no qual um carro caiu em um imenso buraco e um prédio

versidade do Estado de Minas Gerais (UEMG); a expansão da reciclagem do lixo descartável na região; da troca dos sacos plásticos, do comércio em geral, por outros conhecidos como oxi-biodegradáveis e, mais recentemente as mudanças no trânsito nos bairros Cidade Nova e Sagrada Família, levadas a cabo pela Empresa de Transporte e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans) que desagradaram gregos e troianos. Os editores do TCN recebem inúmeras manifes-

ficou dependurado. Já houve inclusive a possibilidade dela ser fechada, nela não pode passar ônibus. Em minha opinião e de vários moradores que viveram o problema. Não apoiamos a reversão da alteração feita até por medida de segurança. Por favor, verifiquem estas informações, pois vocês são grande apoio da região. Grasi Castro Felipe – por email Mudança no trânsito II É um absurdo que o sentido único Bairro-Centro seja realizado por dentro de ruelas do Bairro Sagrada Família, sem a devida estrutura de asfalto e largura das ruas. Simplesmente colocaram desta forma e o cidadão é que se vire! Um Absurdo! Bruno Almeida – postado no portal do TCN Mudança no trânsito III Como pode a BHTrans mudar o sentido do trânsito para o centro da cidade, em uma única rua esburacada (Rua São Lázaro), totalmente sem estrutura, estragando muito nossos carros. Parece que os fiscais da BHTrans não andam de carro em Belo Horizonte e não sabem dos problemas que enfrentamos. Jorge Fernandes – postado no portal do TCN

tações de apoio à postura do jornal. Nos últimos dias foram mais de uma centena de mensagens e sugestões entre emails, telefonemas e comentários postados no portal do Tribuna da Cidade Nova. A participação dos cidadãos nos dá mais forças para continuar trilhando o caminho de uma linha editorial independente, responsável e apartidária.

O Tribuna completará no segundo semestre de 2011 quatro anos de plena atividade, com seus profissionais sempre atentos às demandas dos moradores e buscando respostas satisfatórias das autoridades públicas às pon-

Mudança no trânsito IV Moro em Belo Horizonte há 30 anos e nunca havia testemunhado tamanha incoerência. Acredito ser inédito o fato de a BHTrans ter conseguido desagradar tanta gente com estas mudanças. Não vou ficar estendendo sobra as mudanças, principalmente porque, como citei anteriormente, a reportagem foi excelente e explorou muito bem o assunto. Gostaria apenas de questionar parte da manifestação da BHTrans onde garantem que dentro do bairro Sagrada Família as mudanças surtiram efeitos. Discordo completamente com esta informação. O tráfego na Sagrada Família ficou completamente prejudicado e confuso. Até hoje, em conversas com moradores da região não encontrei sequer uma pessoa que tenha aprovado ou esteja satisfeito com as mudanças. É uma situação lamentável e ridícula. EDIÇÃO N. 43 Editores: Lucas Martins - Reg. Prof. MG 02485 JP Eugênio Oliveira - Reg. Prof. MG 03478 JP Reportagem: Júlio Emílio Tentaterra – Reg. Prof. MG 02.845 JP Fotografia: Santos Filho Colaboradores: Adriano Mendes Duarte, Fernando Lanza, Fernando Joly, Guilherme Avelar, Luciana Sampaio, Pe. João de Deus Dantas, Rodrigo Denúbila e Waldemar Pedro. Redação: Rua Dr. Júlio Otaviano Ferreira, 913 Cidade Nova - Belo Horizonte Minas Gerais - CEP: 31170-200

derações da comunidade.

Vivemos, hoje, tempos de plena comunicação. Depois do advento da Internet o mundo moderno observa fenômenos de comunicação social que conseguem vencer as mais fortes barreiras de censura sejam elas veladas ou diretas. Exemplos podem ser citados à exaustão. Fiquemos com o povo do Egito, que reunido através de ferramentas da Internet pôs abaixo um ditador há décadas no poder. Aqui, no Brasil, assistimos fenômenos de comunicação que mobilizam pessoas as mais díspares possíveis em movimentos diversos.

Sugiro ao Tribuna da Cidade Nova que continue a explorar este assunto sobre as mudanças ocorridas no tráfego da região. Com certeza, esta será uma ótima ferramenta de pressão para que a BHTrans entenda que é preciso rever pelo menos parte da enorme besteira que fizeram em nossa região. Claudio Gonçalves – por email Sacolas plásticas Venho através desse e-mail, dar os parabéns a equipe do Tribuna da Cidade Nova, pelas seguintes matérias: Dura Lex, sed Lex; sobre as sacolas plásticas e sobre o caos no trânsito da região. Essas reportagens são muito importantes, expressam a opinião da maioria da população. Minha indignação quanto as sacolas plásticas é total, porque sabemos que há interesses por trás dessa lei, que foi feita para beneficiar algumas pessoas Telefax: (31) 3484 0480 e (31) 9955 8447. Email Redação: tribunabh@gmail.com Site: www.tribunabh.com.br O jornal Tribuna da Cidade Nova é uma publicação da Logos Editora Ltda., registrado no Cartório Jero Oliva, arquivada naquela Serventia em 12/09/2007, no Registro nº 1.143, no Livro A. Logos Editora Ltda. Registrada na JUCEMG sob o nº 3120431497 CNPJ 25.712.977/0001-62. Insc. Estadual nº 62.881.449.00-81. Circulação: O jornal é distribuído de casa em casa, na

O mais recente é o que faz motoristas que resolveram boicotar postos de combustíveis ligados à Petrobras, até que os preços dos combustíveis sejam reduzidos para padrões razoáveis. O papel do cidadão é cobrar seus direitos e o papel da imprensa é dar voz aos cidadãos, pois a informação é um direito do cidadão. Baseados nesta premissa os editores do jornal Tribuna da Cidade Nova traçaram o bom caminho: exercer com ética seu papel social e oferecer aos cidadãos um jornalismo crítico, que contribua para o fortalecimento da democracia.

especificamente, que não é o consumidor, temos que pagar pelas sacolas ecológicas. E os sacos de lixo que temos que comprar por um preço absurdo, porque esses podem?! Em breve BH vai virar uma cidade lixão. Imagina nos bairros mais pobres então, onde a população não tem dinheiro direito sequer para comer direito, eles não terão recursos para as sacolas ecológicas e sacos de lixo. Muito bonita a lei, mas deveria ter uma melhor solução para nós consumidores. Essas sacolas que recebíamos nos supermercados e outros estabelecimentos já estavam embutidas no valor das compras, o certo então seria que os produtos ficassem um pouco mais barato. Parabéns mais uma vez, continuem em defesa das causas de nós, moradores! Vânia Coacci – moradora do bairro Cidade Nova há 28 anos, por email

Paróquia de Santa Luzia, na Feira dos Produtores da Cidade Nova, bancas de revistas, padarias, postos de combustíveis, lojas e empresas dos bairros Cidade Nova, Silveira, tNova Floresta, e partes da Renascença, Ipiranga, União e adjacên­cias. Periodicidade: 7 a 20 de maio de 2011 Impressão: Sempre Editora Esta edição foi editada seguindo a Nova Ortografia da Língua Portuguesa Os artigos assinados não espelham, necessariamente, a opinião do jornal, sendo de inteira responsabilidade de seus autores.


Cidade Nova Belo Horizonte, 7 a 20 de maio de 2011 – Edição N. 43

3

TRIBUNA - BH

Invasão na Av. José Cândido:

Desocupação pode levar um bom tempo Santos Filho

Regional Nordeste da PBH teve que ir parar nos tribunais.

Na edição do TCN de abril

de 2010, depois de muita luta, denúncias e pedido de providências por parte da comunidade e do nosso jornal, registramos que, graças à pronta intervenção, sensibilidade e competência da juíza da 34ª. Vara Cível, Mônica Libânio Rocha Freitas, seria dada uma solução para o caso, acabando com aquela situação de penúria e abandono. Inocentemente, pensamos que a situação vexatória daquelas famílias chegaria a um final feliz. Um assunto que acreditávamos ser da responsabilidade da Secretaria de Ação Social e da Administração

A sentença condenou os ocupantes do imóvel, a partir da premissa que “a área do imóvel ocupada clandestinamente não oferece condições de habitação e não se vê obra nova e benfeitoria a ser indenizada. Assim está caracterizada a posse clandestina, de má fé, decorrente das inva-

A remoção daquelas famílias e outros ocupantes seria compartilhada com a Regional Nordeste conforme resultado da reunião realizada dia 18 de março de 2010, entre o poder público e o representante do proprietário do imóvel da José Cândido da Silveira. O acordo final foi a Prefeitura de Belo Horizonte oferecer abrigo para a família e posterior colocação em aparta-

Faculdade Batista

Eleita entre as 5

melhores de BH.

*

A qualidade destaca a nossa marca. Cursos de Graduação

Administração Entre os 5 melhores cursos de BH (MEC) Ciências Contábeis O melhor também em custo/benefício. Direito Alunos do último semestre já aprovados no exame da OAB. Teologia Avaliação de destaque nos critérios do MEC. *

Graduação Tecnológica

Rede de Computadores Segurança Pública

Pós-Graduação

Inscrições Abertas Cursos nas áreas de Direito, Gestão e Teologia.

Também na ocasião ficou acertado que após remoção dos invasores, o proprietário deveria demolir a laje e todo o imóvel, fazer o cercamento dos lotes, fazer o passeio público e, ainda, cumprir as notificações (multas) anteriores feitas pela Prefeitura. A princípio a família e outros ocupantes aceitaram a remoção, de acordo com o assessor de Comunicação da Regional Nordeste, da época. Infelizmente, o que se vê é a mesma situação de um ano atrás, que poderá continuar por muito tempo, até que o Poder Público se manifeste. Segundo nova apuração, os ocupantes do imóvel também apelaram para a Justiça com pedido de indenização por benfeitorias feitas por eles no referido local.

melt

ontinua preocupante a situação das pessoas, principalmente crianças, que ocupam um imóvel na Av. José Cândido da Silveira, no bairro Cidade Nova. Apesar de vários esforços da comunidade, que até Audiência Pública conseguiu realizar na Câmara Municipal na tentativa de resolução decente para o problema, o impasse se arrasta há vários anos e pouca providência de fato foi tomada para dar um rumo feliz na vida das famílias que ali se encontram.

O ato prolatado pela Juíza estava transitado, não cabia mais recurso. “É sentença definitiva, informava o advogado Dácio Fernando Juliani, representante do proprietário. Ele acrescentou que “se não houver saída voluntária dos invasores, haveria uma certificação ao julgador do processo para desocupação coercitiva de acordo com a lei e o despacho da autoridade competente”.

mento popular, via secretaria Municipal de Habitação.

*Dados do ENADE relativos às instituições particulares de ensino superior de Belo Horizonte.

C

Crianças convivem com lixos, esgoto e animais em área invadida na Av. José Cândido da Silveira, área nobre da Cidade Nova

No dia 25 de março de 2010 vencia o prazo de 15 dias que a Juíza da 34ª Vara Civil, deu para que aqueles cidadãos desocupassem voluntariamente o imóvel da Av. José Cândido da Silveira. A sentença foi publicada no Diário Oficial de Minas Gerais, no dia 10 do mês de abril de 2010. A Juíza considerou procedente o pedido de reintegração de posse ao proprietário do imóvel.

sões dos lotes”.

31

3429.7351

www.faculdadebatista.com.br


TRIBUNA - BH

Educação

4

Belo Horizonte, 7 a 20 de maio de 2011 – Edição N. 43

SEU BAIRRO

UNIVERSO-BH realiza a VALE Tecnológica A PENA CONFERIR II Semana – SETEC 28 de Setembro a 23 de Outubro de 2009 - Edição N. 24

A SETEC é um evento anual promovido pelos cursos de Análise de Sistemas e Engenharia de Produção da UNIVERSO – CAMPUS BH, que em sua 2ª edição visa despertar o interesse dos visitantes no sentido de viabilizar o aparecimento de oportunidades de geração de novos negócios, empregos e estágios, permitindo aos alu-

nos vivenciarem também uma experiência Justa nomeaçãoreal de participação ativa, como ex-deA competente e dinâmica expositores. putada Maria Elvira foi nomeada

foto: helena leão

pelo presidente Lula para inteOrganizada por um congrar o Conselho de Desenvolvijunto de comissões criamento Econômico e Social das especialmente parada Repú(CDES) da Presidência esta atividade acadêmica, blica. O “Conselhão”, como é a chamado, SETEC éé patrocinada um órgão consultivo pela UNIVERSO – CAMque colabora com o chefe do PUS BH e por empresas Executivo Nacional em suas delocais. um evento deElvira. cisões.É Parabéns Maria grande atração para a reNoticia requentada gião, e principalmente, Está difícil de aguentar os discurum agente que promosos de autoridades municipais e obras da alça do trevo para Nova ve,deatravés da integração muitos colegas jornalistas em Lima, radares para o Anel Rodoempresa-universidade, a das torno do apadrinhamento viário, recuperação da BR 381. transformação e o atendimento das necessidades do mercado nos setores Campus BH da Universo em que a UNIVERSO – CAMPUS BH atua. O público externo deve fazer inscrição de cadastramento no endereço http://www.universobh24horas.com.br/inscricao/convite.php e trocar por crachá na entrada do campus.

LOCAL Auditório, salas de aula para palestras e Hall dos Blocos A e B para mostras de trabalho.

Cursos de Extensão para comunidade Uma oportunidade para aprender ou se aperfeiçoar Natação A UNIVERSO oferece aulas de natação para crianças e adultos nos meses de maio e junho Dias: segunda e quarta-feira Investimento: R$60 Ballet Uma oportunidade para aprender e vivenciar o ballet clássico nos meses de maio a junho. Dias: segunda e quarta-feira Investimento: R$55 Spinning A UNIVERSO oferece aulas de spinning para adolescentes e adultos a partir de 14 anos Dias: segunda, quarta e sexta-feira Investimento: R$40 Dança de salão Uma oportunidade para aprender a Dança de Salão nos meses de maio,

junho e julho. Dias: sábado Investimento: R$55 Basquete A UNIVERSO oferece aulas de basquete para crianças de 10 a 18 (ensino fundamental) nos meses de maio, junho e julho. Dias: quarta e sexta-feira Investimento: R$60 Atividade Física para pessoas com deficiência A UNIVERSO oferece aulas para pessoas com deficiência nos meses de maio a junho Dias: Segunda, quarta e sexta-feira Investimento: R$20 Endereço:

DIREÇÃO CHINA Rua Paru, 784, Nova Floresta.

Mais informações pelo telefone (31) 2138 9068.

Preço e Qualidade em Verduras e Legumes você encontra no China!

(31)

3482-1451 8789-0004

rida solenida sora Marlen saudou os sença da filh Maria Cecíli ceu a vida e brasileiro q anos de vida amor ao pró

FAZEMOS EMBALAGENS PARA FREEZERS

(31) 3484-6995

RUA CORONEL PEDRO PAULO PENIDO, 292

(Dentro do Sacolão Lisboa)

Arquivo TCN

Entre os dias 10 e 14 de maio acontece no Campus Belo Horizonte a “II SEMANATECNOLÓGICA”- SETEC. O evento é uma vitrine de projetos desenvolvidos pelos alunos sob a orientação dos professores da UNIVERSO-BH. Nos stands será possível conferir diferentes tecnologias, políticas e idéias, utilizadas para soluções de problemas inerentes à engenharia e o desenvolvimento da tecnologia.

O que se percebe é muita fumaça e pouco fogo. Enquanto assiste a tudo isso na miúda, não se viu uma manifestação efetiva dos caros Edis em torno da permissão para a Guarda Municipal multar, a exemplo do que ocorre com a BHTrans. Universo inaugura biblioteca A Universo-BH viveu um momento histórico – a inauguração da nova biblioteca do Campus-BH. O espaço recebeu o nome de “Ministro José Aparecido de Oliveira”. Durante a concor-

5

Dir Un Ric


TRIBUNA - BH

6

Região Nordeste Belo Horizonte, 7 a 20 de maio de 2011 – Edição N. 43

Gás na Cidade Nova só Deus sabe quando A

té hoje não se entende porque tamanha euforia e transtornos constatados na região da Cidade Nova em função da implantação da rede de gás natural em nossa região. Pelo que informou a Companhia de Gás de Minas Gerais (Gasmig), a região da Cidade Nova vai esperar por um bom tempo, apesar de a gerência de Comunicação Social da Gasmig não ter informado ao Tribuna da Cidade Nova qual o custo das obras de canalização do gás

na região e na cidade – também a Zona Sul da capital foi selecionada e preparada para receber os gás natural. Tudo leva a crer que o projeto inicial foi colocado para escanteio para atender o interior do Estado, como a cidade de Poços de Caldas. Conforme anunciado pelo governo do Estado, projeto da Gasmig irá atender o centro da cidade do Sul de Minas em investimentos da ordem de R$ 4,1 milhões, as obras deverão ser realizadas no período de seis meses.

Nada de novo – O gerente de projetos residenciais da Gasmig, Marcelo Santana, revelou que a empresa vai contemplar no mínimo 50 mil residências, até 2014, mas somente na Zona Sul de Belo Horizonte. O gerente informou que o projeto está concluído no condomínio Alphaville, em Nova Lima, e espera somente a construção de novas residências. O mesmo gerente informou que o primeiro bairro a ser atendido pelo projeto de gás natural residencial será

o Santo Agostinho, porque incrementa as “redes de distribuição em perímetro urbano, para oferecer o oportunidades de consumo residencial com o custo mais barato para o consumidor e a expansão de gás natural. A região da Cidade Nova não será contemplada com esta proposta, mesmo com sua rede subterrânea de distribuição de gás natural já totalmente concluída, que passa sob a Rua Dr. Júlio Otaviano Ferreira, Av. José

Cândido da Silveira e outras vias do bairro. A pretensão inicial era atender um mínimo de 450 edifícios e outros 30 pontos comerciais. Esta proposta era para 2010 e recebeu do então presidente José Carlos Mattos a importância de ser um projeto que “marca a estréia da Companhia no segmento residencial. A utilização do gás natural nas residências é mais barata e ideal para o aquecimento de água e cocção de alimentos. A novela continua – Há mais de um ano fizemos matéria e comentário a respeito do assunto. Como a cena não mudou em nada, repetiremos também, na íntegra, nossas considerações, esperando que algum deputado ou o Ministério Público se manifeste a respeito e cobre alguma providência da Gasmig.

CONSIDERAÇÕES DA REDAÇÃO

Chega a ser curiosa e muito simplista a explicação do representante da Gasmig numa questão tão séria que, certamente, envolveu milhares de reais. Parece até que a cidade de Poços de Caldas e sua importante rede hoteleira apareceu em nosso mapa há poucos meses, e que a Gasmig não tinha conhecimento de tal demanda energética, chegando ao ponto de realizar uma série de investimentos e obras aqui em nossa região e, somente agora, detectar que Poços de Caldas é prioridade. É de fato curioso, tanto que mereceria, no mínimo, especial atenção de nossos atentos e imparciais deputados.


TRIBUNA - BH

8

Geral Belo Horizonte, 7 a 20 de maio de 2011 – Edição N. 43

(Liberdade da ÁGUA)

FREEDOM WATER HERBERT ABREU - Engº Civil Sanitarista

Caixa d’água de algum edifício famoso espalhado pelo mundo afora e pronto para ser consumido de forma racionalizada e consciente, ou ser LIVRE para ser consumido o mais rápido possível e poder cumprir minha jornada no Ciclo Vital?

C

erta vez em estudos aprofundados sobre EDUCAÇÃO PARA O CONSUMO DE ÁGUA POTÁVEL, em um curso sobre GESTÃO EM SANEAMENTO, ao qual estava participando com profissionais internacionais, me perguntei: “Se fosse uma Molécula de Água como gostaria que me tratassem, PRESO a uma

Logicamente você poderia me ajudar a responder a esta questão, baseando-se na máxima que o Uso Racional, Consciente e de forma Sustentável, é o discurso do momento, porém se esquece que numa simples molécula de Água existe Vida e esta deve ser preservada sim, mas nunca impedida de cumprir seu papel triunfal no Ciclo da Vida.

Relembrando, as moléculas de água que formam as nuvens no céu, precipitam normalmente em forma de chuva, estas ao atingirem o solo se infiltram formando os Lençóis subterrâneos que afloram em surgências denominadas Nascentes ou Olhos D’água, que se reúnem a outras tantas formando os córregos, riachos e rios, e estes últimos vão desaguar nos mares e oceanos. Ao percorrer todo este caminho, algumas moléculas vão alimentando e servindo todos os seres vivos, animais e plantas. Completando o Ciclo da Água, estas moléculas expostas aos raios solares, ou através dos processos de transpiração, são evapora-

das, retornando à condição gasosa novamente.

Tudo isto seria perfeito se não contassem com as ações antrópicas, onde o homem em busca da sua ascensão tecnológica vive em constante conflito com a Mãe Natureza, intervindo nos processos como um todo como tornando o solo menos permeável, lançando insumos agrícolas nas lavouras e protegendo-as com agrotóxicos que contaminam os solos, além de despejarem os esgotos provenientes das sobras dos usos diversos da água diretamente nos cursos d’água sem tratamento, ou mesmo lançando poluição na atmosfera, contaminan-

do também as moléculas de água quando se precipitam. Para convivermos de forma harmônica, utilizando de todos os recursos da natureza, é preciso que tenhamos mais consciência e Sistemas de Tratamentos de Água, Esgotos e Ar, eficientes e eficazes. Portanto, não somos contra o Progresso da Humanidade, mas gostaríamos de registrar que ainda dá tempo de contribuirmos para a CONSERVAÇÃO do Planeta TERRA, PRESERVANDO seus recursos naturais de forma a promover uma Convivência Sustentável e Fraterna, garantindo a Liberdade da “ÁGUA DA GENTE”.

Nova campanha do desarmamento coloca em risco segurança do cidadão Reprodução

informações divulgadas pelo Ministério da Justiça, o cidadão poderá entregá-las. No entanto ele precisará da Guia de Trânsito emitida pela Polícia Federal, que segundo informações do órgão, o cidadão não precisará se identificar. “Isso é no mínimo estranho, pois como será emitida uma guia sem nenhum dado do cidadão?”, diz Barbosa. Por outro

N

a sexta-feira (06/5), foi lançada a nova campanha do desarmamento. O objetivo do governo federal é recolher o maior número de armas possíveis. No entanto, uma série de novidades previstas, como a destruição da arma já no ato da entrega e a ampliação dos postos de recolhimento como igrejas e ONGs colocam em risco a sociedade.

Bene Barbosa, presidente do Movimento Viva Brasil e consultor de segurança, aponta várias falhas do novo projeto. Na avaliação do especialista, estas entidades não são apropriadas para receber armas, pois além de não possuírem autorização para este fim, não possuem estrutura necessária. “Frequentemente a imprensa noticia a invasão de criminosos em depósitos judiciais e até mes-

mo em delegacias, imagine se armas estiverem depositadas em locais que não representam a mínima segurança? Além disso, elas seriam destruídas a marteladas. Agora, já pensou se no momento da destruição uma destas armas estiverem municiadas?”, comenta Barbosa. Outra questão que precisa ser abordada é a do anonimato. De acordo com as

lado, a não necessidade de identificação para o transporte destas, até um posto de entrega, facilitará o desvio. “O bandido antes de cometer um crime poderá emitir uma guia sem identificação. Caso ele seja preso, poderá alegar em sua defesa que esta se dirigindo a um posto de entrega. E ainda, emitir quantas guias achar necessário”, conclui.


Em Tempo Belo Horizonte, 7 a 20 de maio de 2011 – Edição N. 43

Saúde & Beleza Por Luciana Sampaio - Esteticista

Fique em forma, estabeleça metas

Ficar em forma é o desejo de dez entre dez mulheres em todo o mundo. Para atingir essa meta, é preciso começar a mudar seus hábitos alimentares desde já. Cuidar da aparência e saúde da pele é outro fator primordial, principalmente nesta época onde a incidência da radiação ultravioleta é muito alta, gerando um envelhecimento cutâneo.

leves ao dia. Reduza os excessos de sal, açúcar e bebidas alcoólicas. Seu corpo irá responder de forma inteligente à sua iniciativa. Se o seu caso for um sobrepeso excessivo, vale uma consulta ao endocrinologista o qual poderá prescrever algum medicamento e a orientação de um nutricionista.

No entanto, não deixe para a última hora, realce sua beleza, saúde e alto-estima. Aqui você encontra dicas para um incentivo a esta conquista.

Dentro do nosso organismo a água exerce a várias atividades importantes. Mas será que bebemos água o suficiente para abastecer o nosso corpo? Especialistas dizem que tomar 2,0L a 2,5L de água por dia é a garantia de que estamos ingerindo a quantidade ideal para repormos as perdas obtidas pelo suor e excrementos. A água quando dentro do organismo tem a função de regular a temperatura corpórea, através do suor, eliminar resíduos metabólicos, através da urina, fazer uma melhor distribuição e transporte de nutrientes pelo corpo.

1. Estabeleça metas realistas Cada um deve conhecer sua medida, entretanto, vale calcular um valor simbólico a qual podemos chegar. Nada de achar que irá perder 20 quilos em um mês. 2. Mexa-se Aproveite os dias quentes para pular mais cedo da cama, aproveitar a luminosidade do dia para caminhar. Outra opção é matricular-se na academia de musculação para além de promover queima calórica, manter-se forte. Com o passar dos anos, é natural perdemos massa muscular – principalmente as fibras de força e contração rápida. Isso reduz a capacidade de executar algumas tarefas. Podemos reverter essa situação com exercícios de fortalecimento, melhorando a autonomia do seu dia-a-dia. Vale qualquer coisa só não vale ficar parado. 3. Cuide da alimentação Não faça dieta radical só para entrar no biquíni, o importante é reeducar seus hábitos em relação à sua alimentação saudável e às atividades físicas que você estiver fazendo. Coma frutas, legumes e verduras, produtos lácteos desnatados e cereais integrais. Faça 3-4 refeições

4. Beba bastante água

5. Use filtro solar O foto envelhecimento é o resultado clínico dos danos acumulados pela ação da radiação ultravioleta na pele. As exposições por longos períodos a esses raios prejudiciais à saúde provocando danos ao DNA celular, como o câncer cutâneo. Entretanto, o uso de filtro solar é indispensável. Na prática, a proteção de um filtro solar depende de fatores como: Tipo de pele (cor) do usuário; A quantidade que é aplicada e a frequência de reaplicação; Atividades que o usuário faz (por exemplo, atividades na água levam a uma perda de filtro solar da pele); Quantidade de filtro solar que a pele absorve. No geral, Para escolher o FPS deve se relevar as seguintes condições: as pessoas têm que usar, no mínimo, FPS 15, inclusive para quem tem pele mais morena, defesa feita por unanimidade pelos dermatologistas, A regra

é: quanto mais clara for a pele, mais alto deve ser o FPS e lembrando de sempre reaplicá-lo a cada 2 horas em condições normais. 6. Faça sempre uma consulta a sua esteticista e/ou Dermatologista O rosto é considerado uma das maiores preocupações estéticas, não somente das mulheres, mas dos homens também. A aparência da pele desta parte do corpo sofre com a influência de diversos fatores como: variação hormonal, alimentação, stress, incidência solar, poluição, uso de maquiagens, entre outros. Conhecer o tipo de pele é muito importante para um tratamento adequado. Ficar “cutucando” cravos e espinhas e regiões com inflamações no rosto é regra proibida. A solução adequada é uma limpeza de pele com uma esteticista especializada. No caso de processos inflamatórios, a intervenção do médico é a melhor opção. 7. Faça drenagem linfática A técnica, feita com as mãos associado ao uso de aparelhos, estimula os vasos linfáticos a transportar um líquido transparente – a linfa – para os rins, eliminando toxinas retidas no corpo. Como resultado, temos a diminuição da retenção de líquidos (inchaço), fibro edema gelóide (celulite), cansaços em geral, desconforto musculares, TPM, insônia, desintoxica os tecidos e melhora a oxigenação, reduz edema em pós-operatórios, evita a formação de fibroses... “são tantos ganhos que não caberiam neste curto espaço.” “Volto a salientar, é de suma importância realizar a drenagem linfática com um profissional habilitado, que tenha um bom conhecimento da anatomia humana, funcionamento do sistema linfático e a técnica.”

9

TRIBUNA - BH

Dilma no PSDB? Por Guilherme Nunes Avelar - Advogado

Tem-se falado muito que as oposições estariam condenadas ao desaparecimento, em decorrência de um fatal movimento de atração de parcelas significativas de membros dos partidos que perderam as últimas eleições federais (PSDB, DEM e PPS). Que parte não desprezível dos políticos brasileiros sente uma atração ensandecida pelas hostes governistas é fato mais que sabido, e isso desde sempre! Daí ao exagero de sentenciar os derrotados à extinção (algo que o último presidente até que tentou, desesperada e acintosamente) chega às raias da tolice. Até pelo fato de que, nas últimas eleições, esses mesmos partidos somaram, em votos, aproximadamente 40%, elegendo governadores em importantes estados (como Minas, São Paulo e Paraná) e bancada congressual nada desprezível. O que esse aparentemente contraditório quadro revela é até simples, ainda que lastimável: o voto, entre nós, ainda se dá quase que só por força de gravidade pontual, em virtude de lideranças isoladas, sem nenhum apelo ideológico. Assim, quem elegeu fragorosamente a chapa oposicionista em Minas (Anastasia para governador e Aécio e Itamar para as únicas vagas em disputa no Senado), além de número bastante interessante de deputados, não foi o discurso de qualquer deles ou uma intenção alvissareira de equilibrar a balança do poder, mas pura e simplesmente o carisma bem construído desse grupo. Da mesma forma, Dilma não se elegeu por suas ideias ou propostas (até pelo fato de a campanha não as revelar), mas apenas pelo imensurável charme político de seu antecessor, mesmo que absolutamente despido de conteúdo ou sinceridade. Nesse cenário, o esvaziamento anunciado nos partidos de oposição se dá sob o mesmo fenômeno, ou seja, não por convicção de que seu lado de origem está equivocado, mas só pelas benesses mais convidativas do lado oposto (algo, aliás, em nada diferente do que ocorria quando o grupo hoje alijado do poder a este exercia com as mesmas práticas e desfaçatezes. Qual é, então, o real problema da oposição? A total falta de capacidade de elaborar um veio de ideias e propostas que, primeiro, cative a ela própria, afinando discursos e ações, e, segundo, ofereça à sociedade uma alternativa efetiva e confiável para exercer o governo. Enquanto isso não ocorrer, razão alguma haverá para o cidadão se interessar com os dramas dos caciques despejados, se a situação global do país e de cada um está razoavelmente equilibrada. Para piorar ainda mais a situação, a presidente Dilma tem adotado uma postura que muito se assemelha ao ideário defendido até há muito pouco tempo pelos partidos de oposição, como controle fiscal, atração da iniciativa privada às políticas públicas, política externa mais centrada nos valores democráticos, respeito à liberdade de imprensa, desaparelhamento da máquina estatal, dentre outros. Ainda não se sabe se isso é conversa para boi dormir ou se é reflexo de seu verdadeiro pensamento; no entanto, parece por demais que Dilma tucanou!!! E sendo assim, como combatê-la?


TRIBUNA - BH 10

Sociedade Belo Horizonte, 7 a 20 de maio de 2011 – Edição N. 43

Vale a pena conferir

Águas do Treme

Arquivo TCN

ACMinas

Roberto Fagundes promete dar continuidade às gestões da ACMinas

Ainda repercute a posse do empresário Roberto Luciano Fagundes na Associação Comercial de Minas, e de sua nova diretoria em concorrida solenidade no Palácio das Artes. Fagundes assumiu a Presidência da ACMinas no lugar do então presidente Charles Lotfi. Roberto Luciano Fagundes foi eleito presidente da ACMinas na Assembleia Geral Eleitoral da entidade, realizada em 26 de outubro do ano passado. O empresário concorreu em chapa única e a eleição de sua chapa se deu por aclamação para o biênio 2011/2012. “Buscamos compor uma diretoria diversificada no intuito de garantir a maior representatividade possível da classe empresarial. Nossa diretoria é composta por lideranças empresariais respeitadas, atuantes e com enorme potencial para defender os interesses da iniciativa privada e dar continuidade aos projetos da Casa”, disse o presidente eleito. A solenidade de posse marcou também o início das comemorações dos 110 anos de fundação da ACMinas. Para celebrar a data, a entidade fez a apresentação da sua nova logomarca que, segundo seus idealizadores, é uma revitalização da marca anterior, e também lançou o livro “O Brasil e a Nova Década – Equações para o Desenvolvimento Sustentável”.

Excelência Educacional

O Presidente da ACMinas, Roberto Fagundes, e o Diretor-Geral do Sistema Batista Mineiro de Educação, Professor Valseni Braga, que recebeu o prêmio Excelência Educacional

O Professor Valseni Braga, Diretor-Geral do Sistema Batista Mineiro de Educação, foi homenageado com o “Prêmio MG Cultura, na Categoria Excelência Educacional”, em solenidade promovida pelo Jornal MG Turismo, no Hotel Mercure. A homenagem reconhece o trabalho que vem sendo realizado em prol do desenvolvimento da Educação. Atualmente, o professor Valseni preside a ANEB- Associação Nacional das Escolas Batistas e integra o Conselho da ACMinas.

Águas do Treme lançou seu novo site. Os destaques ficam por conta do novo layout, novas fotos, inserções de vídeos, novas páginas com diversos serviços, onde os internautas podem escolher o que desejam conferir. Além disso, o sistema dinâmico do site chama a atenção, no qual traz uma interação maior com o cliente. Acesse e conheça o novo site: www.aguasdotreme.com.br

20ª Feijoada do Maranhão

A tradicional Feijoada do Maranhão, evento de sucesso no calendário belo-horizontino este ano conta com a parceria da Realize Eventos, de Belo Horizonte e estréia em São Luís do Maranhão, Estado onde nasceu o empresário e fotógrafo Valdez. Em Belo Horizonte, a feijoada está marcada para 27 de agosto, no Porcão. Na capital maranhense, a primeira edição do evento será realizada dia 24 de setembro e contará com o apoio de todas as entidades de Turismo e da Setur/MA – Secretaria de Turismo Municipal. Um pacote especial para convidados que inclui hospedagem e transporte aéreo para a Feijoada de São Luís estará à venda a partir do dia 10 de abril pela Master Turismo. Como nos outros anos, as duas edições de 2011 prometem muita alegria. Além da saborosa e farta feijoada, o evento conta, também, com sorteios de brindes e viagens.


Saúde Belo Horizonte, 7 a 20 de maio de 2011 – Edição N. 43

11 TRIBUNA - BH

Abordagem especializada no estes profissionais em um mesmo local, facilitando o diagnóstico correto da doença base da ferida.

Está em pleno funcionamento o Centro de Cicatrização de Feridas do Hospital Felício Rocho. É um ambulatório especializado que oferece serviços médicos a pacientes com feridas de difícil cicatrização, como os portadores de diabetes mellitus, de aterosclerose obliterante periférica, de insuficiência venosa

“As intervenções integradas evitam as complicações de lesões cutâneas e diminuem a necessidade de internações”, explica o Dr. Caetano Lopes. O Centro de Cicatrização de Feridas do HFR foi implantado em parceria com médicos da Bélgica, dentro do chamado Projeto IVA – International Vascular Academy. A cada dois meses, um médico do Departamento de Cirurgia Vascular do Hospital AZ Sint-Blasius, um dos centros mais avançados no tratamento de feridas do mundo, vem ao Hospital Felício Rocho ministrar aulas e repassar os conhecimentos técnicos de ponta já utilizados na Europa.

Arquivo TCN

Landon Wright

tratamento de feridas crônicas Dr. Caetano Lopes, cirurgião cardiovascular, coordenador do Centro de Cicatrização de Feridas do Hospital Felício Rocho, conta com equipe multidisciplinar para o tratamento de feridas de difícil cicatrização

Hospital Felício Rocho

crônica, de complicações de feridas cirúrgicas, de úlceras de pressão e de feridas provocadas por queimaduras advindas de tratamento de radioterapia, quimioterapia e traumas diversos. Segundo o angiologista Dr. Caetano Souza Lopes, coordenador do Centro, o objetivo é oferecer uma abordagem ambu-

latorial diferenciada a esse grupo de pacientes, proporcionando acesso rápido a uma equipe multidisciplinar compostas por especialistas em angiologia/ cirurgia vascular, cirurgia plástica, ortopedia, medicina interna, clínica de dor, enfermagem, fisioterapia e podologia. A vantagem é que o Felício Rocho reuniu

Serviço: Equipe Multidisciplinar que atua no Centro de Cicatrização de Feridas do HFR Dr. Caetano de Sousa Lopes - Cirurgia Vascular / Coordenador Dr. André Mourão - Cirurgia Vascular Dr. Daniel Mendes - Cirurgia Vascular Dr. Gustavo Kleinsorge - Cirurgia Vascular Dr. Leonardo Bez - Cirurgia Vascular Dr. Rodrigo Lopes - Cirurgia Vascular

Dr. Paulo Borém - Cirurgia Vascular Dr. Benjamin Macedo - Ortopedia Dr. Aloísio Ferreira da Silva - Cirurgia Plástica Dr. Eduardo Eustáquio Carvalho - Cirurgia Plástica Dr. Narlei Amarante - Cirurgia Plástica Enfermeira / Podólogo

O foco principal do Hospital é o paciente com diabetes mellitus, pois este ambulatório especializado visa humanizar o tratamento e prevenir, no caso dos diabéticos e fumantes, as amputações de membros. “Devido ao alto potencial de complicações das feridas desses pacientes, essas lesões podem evoluir para a gangrena e a perda do membro atingido, Esse tipo de paciente tem-se tornado um sério problema médico, social e econômico”, acrescenta o angiologista. Estatisticamente 10% da população são de portadores de diabetes, “sendo que grande parte apresentará neuropatia periférica e/ou obstrução das artérias, podendo evoluir para lesões graves dos membros inferiores se as feridas não forem adequadamente tratadas”, conclui o Dr. Caetano Souza Lopes. O Centro de Cicatrização de Feridas está instalado no andar térreo do Hospital, com entrada pelo estacionamento da Rua Timbiras 3.585 – Barro Preto.


Parabéns a você, mãe, que com muito amor e carinho faz nossos dias felizes. 8 de maio 2011 Dia das Mães

Feliz D das ia Mãe s

ED43-Tribuna-BH  

A notícia da região na sua casa

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you