Page 1

WineSpectator destaca vinhos aรงorianos WineSpectator highlights Azorean wines

Portugueses preferem alojamento local Portuguese prefer local accommodation


S UM ÁR I O/ S UMM ARY TRIÂNGULO MAGAZINE

6

Editorial

8

Turistas procuram trilhos pedestres Tourists look for hiking trails

10

WineSpectator destaca vinhos açorianos WineSpectator highlights Azorean wines

11

Projeto quer potenciar segmento de turismo de jardins nos Açores Project wants to enhance gardens tourism sector in the Azores

16 18 19 24

Artesanato dos Açores com mais 37 produtos certificados Azorean crafts with over 37 certified products

Município de Velas apoia turismo em espaço rural Velas municipality supports rural tourism Turismo proveniente dos EUA cresce no Triângulo US tourism grows in the Triangle Festa do Senhor Bom Jesus Milagroso, São Mateus-Pico Feast of Good Lord Jesus


27 28 29 31 36

Casa de Apoio à descida da Caldeira Support Center House to the Caldeira descent

Projeto “Ler no Atlântico” Read in the Atlantic

Alojamento Local com novas regras Local accommodation with new rules in the Azores

Portugueses preferem alojamento local Portuguese prefer local accommodation Museu da Horta promove roteiro cultural Horta Museum promotes cultural script

41 São Roque do Pico adere à AMPV São Roque municipality joins AMPV

38 10 Fest Açores 2016 - 10 dias, 10 chefs 10 Fest Azores 2016-10 days, 10 chefs

52

Cartão de Cidadão, Cláudia Cabrita Citizen Card

53 Madalena Recebeu Feira de Vinhos, Licores e Aguardentes Madalena received Wines, Liquors and Spirits Fair


EDITORIAL

Crescimento sustentado Sustained growth

A

Ficha Técnica

REVISTA MENSAL Triângulo Magazine DIRETOR Milton Dias PROPRIEDADE Mílton César Melo Dias REDACÃO E ADMINISTRAÇÃO Sítio da Barca 9950 - 303 Madalena Ilha do Pico | Açores CONTACTO magazinetriangulo@gmail.com IMPRESSÃO Nova Gráfica TIRAGEM 2 000 exemplares (Distribuição gratuita) Nº REGISTO ERC 126729 DEPÓSITO LEGAL Nº 401050/15

AGOSTO 2016

inda que não tenham sido publicados os números mais recentes em relação ao movimento turístico nos Açores e nas ilhas do Triângulo, em particular, é de prever que estejamos na presença de um dos melhores anos de sempre. A circulação de turistas nestas ilhas é notória, quer açorianos e portugueses quer estrangeiros e a comprová-lo estão as elevadas taxas de ocupação nos transportes aéreos e marítimos. A apetência por um turismo puro e de natureza começa a ganhar alicerces e configuram uma aposta ganha em diversos segmentos. O turismo local assume preponderância na preferência dos turistas e a procura por trilhos pedestres mostra que existe, aqui no meio do Atlântico, uma oferta diferenciada que cativa cada vez mais visitantes. Paralelamente, e como forma de dar resposta ao crescente fluxo turístico, aumenta o número de infraestruturas de apoio, sinal de que as entidades responsáveis pelo poder político, local e regional, não estão alheias a um novo impulso que é, cada vez mais, uma realidade. Atente-se, por exemplo, ao notório crescimento de turistas provenientes dos Estados Unidos da América e a sua crescente expressão nas ilhas do Triângulo. Será mais uma razão para que se reforce a aposta promocional da região no mercado norte-americano, algo que até agora, tem sido um pouco descurado. Os números, em toda a linha, falam por si e só provam que estamos no caminho certo, no caminho de um crescimento sustentado.

A

lthough have not been published the latest figures of the tourist movement in the Azores and the islands of the Triangle, in particular, it is likely that we are in the presence of one of the best years ever. The movement of tourists on these islands is notorious both Azorean and Portuguese or foreign and to prove it are the high occupancy rates in air and maritime transport. The desire for a pure tourism and nature begins to make foundation and configure a winning bet in several segments. The local tourist takes precedence in the preference of tourists and the demand for walking trails shows that there is here, in the middle of the Atlantic, a differentiated offering that captivates more and more visitors. In parallel, and in order to meet the increased tourist flow, increases the number of support infrastructure, a sign that the authorities responsible for political, local and regional power, are not alien to a new impetus that is increasingly a reality. Watch out if, for example, the notorious growth of tourists from the United States and its increasing expression in the Triangle Islands. It will be a reason for a strengthening of the promotional focus of the region in the North American market, something that until now has been a bit overlooked. The numbers across the board, speak for themselves, and only prove that we are on the right path, the path of sustained growth.


Turistas procuram trilhos pedestres Tourists look for hiking trails

C

erca de 60 a 70 por cento dos visitantes nos Açores procuram os trilhos pedestres existentes no arquipélago, de acordo com um estudo revelado pelo Governo Regional. Os Açores disponibilizam atualmente cerca de 80 trilhos homologados em todo o arquipélago, perfazendo um pouco mais de 800 quilómetros, do Corvo a Santa Maria. No Triângulo, a ilha do Pico dispõe de 14 trilhos, São Jorge oito e o Faial também oito, de acordo com a informação disponibilizada em h p://trilhos.visitazores.com. A rede de trilhos pedestres

dos Açores, um dos produtos com mais procura pelos visitantes que buscam turismo de natureza, foi recentemente reforçada com a abertura do trilho ‘Entre Montes’, inserido no Parque Natural do Faial. O novo trilho do Faial, ilha que passa a dispor de uma rede com mais de 100 quilómetros, desenrola-se ao longo de 3,3 quilómetros entre dois vulcões distintos, o Monte da Guia, de formação submarina, e o Monte Queimado, de formação terrestre, apresentando um baixo grau de dificuldade. Fotos: Direitos reservados

A

bout 60 to 70 percent of visitors in the Azores seek the existing hiking trails in the archipelago, according to a study revealed by the Regional Government. The Azores currently provide about 80 tracks approved throughout the islands, making a li le more than 800 kilometers from Corvo to Santa Maria. In the Triangle, the Pico features 14 tracks, São Jorge and Faial have eight, according to the information provided in http://trilhos.visitazores.com. The network of hiking trails

in the Azores, one of the products most in demand by visitors seeking nature tourism, has recently been enhanced with the opening of the rail ‘Entre Montes’, entered in the Faial Natural Park. The new rail in Faial, island that now has a network of over 100 kilometers, takes place over 3.3 kilometers between two distinct volcanoes, Monte da Guia, submarine formation, and Monte Queimado, of land formation, with a low degree of difficulty.


“Os trilhos serpenteiam todo o arquipélago, revelando mistérios guardados para os caminhantes. Há falésias de cortar a respiração, fajãs à beira-mar que aconchegam, quedas de água para refrescar a alma. Não é um sonho. São os trilhos dos Açores” “The trails meander throughout the islands, revealing mysteries stored for walkers.There are cliffs breathtaking, fajãs by seaside huddle, waterfalls to refresh the soul. It’s not a dream. It are the tracks of the Azores”


WineSpectator destaca vinhos açorianos

WineSpectator highlights Azorean wines

O

s vinhos dos Açores voltaram a ter destaque internacional, nas revistas da especialidade. O Fita Preta Terrantez do Pico, colheita 2011, de António Maçanita, foi eleito o segundo melhor branco de Portugal pela conceituada revista norte-americana WineSpectator. Para o enólogo António Maçanita, fundador da empresa Azores Wine Company, esta distinção é “um reflexo do potencial dos vinhos açorianos e uma grande responsabilidade

para um projeto que é ainda muito jovem”. A revista WineAdvocate também já tinha destacado o verdelho e o arinto da Azores Wine Company, produzidos no Pico. Agora a conservadora WineSpectator atribuiu uma boa classificação ao Terrantez do Pico, um dos primeiros vinhos de Maçanita nos Açores. A Azores Wine Company produz por ano 40 mil garrafas de vinho de várias castas e cerca de 70% tem como destino a exportação para 16 países.

T

he Azorean wines have returned to international prominence in the journals and specialty magazines. The Fita Preta Terrantez of Pico, 2011 harvest, Antonio Maçanita, was voted the second best white of Portugal by the prestigious US magazine WineSpectator. For the winemaker Antonio Maçanita, founder of the Azores Wine Company, this distinction is “a potential reflection of the Azorean wines and a great respon-

sibility for a project that is still very young”. The WineAdvocate magazine had also highlighted the Verdelho and Arinto of the Azores Wine Company, produced in Pico. Now the conservative WineSpectator gave a high rating to Terrantez , one of the first Maçanita wines in the Azores. The Azores Wine Company produces 40 thousand bo les of wine of several varieties per year and about 70% has the export destination for 16 countries.


Projeto quer potenciar segmento de turismo de jardins nos Açores Project wants to enhance gardens tourism sector in the Azores

U

m projeto de investigação vai levar à criação de uma aplicação móvel para visitas aos jardins dos Açores e de uma página na internet com o objetivo de potenciar o segmento de turismo de jardins no arquipélago. Pretende-se, desta forma, investir mais nos jardins, para que seja um património reconhecido e também possível de se transformar em pro-

duto turístico. A intenção passa por lançar as bases para potenciar o turismo de jardins num arquipélago com grande potencial neste nicho de mercado e que pode ser uma mais-valia para combater a sazonalidade. O projeto envolve o Observatório do Turismo dos Açores, em colaboração com a Universidade dos Açores.

research project will lead to the creation of a mobile application for visits to the gardens of the Azores and a website in order to enhance the gardens tourism sector in the archipelago. It is intended, therefore, to invest more in the gardens, to be recognized and can also turn into heritage tourism product. The intention is to create the foundations to enhance the gardens

tourism in the archipelago with great potential in this market niche and that can be an asset to combat seasonality. The project involves the Observatory of the Azores Tourism, in collaboration with the University of the Azores.

A

Foto: Direitos reservados


Artesanato dos Açores com mais 37 produtos certificados

Azorean crafts with over 37 certified products

O

Centro Regional de Apoio ao Artesanato certificou mais 37 produtos, provenientes de seis das nove ilhas do arquipélago, com a marca coletiva de origem “Artesanato dos Açores”. Das 37 candidaturas apresentadas, nas áreas do artesanato e alimentar, cinco foram da ilha do Pico, quatro do Faial e uma de São Jorge. A marca coletiva de origem Artesanato dos Açores foi criada em 1998 com o objetivo de defender os pro-

dutos artesanais, sobretudo quando a sua divulgação e comercialização extravasam o âmbito regional, impondo-se, assim, a certificação de origem e qualidade como forma de valorização cultural e distinção no mercado. Estão certificados até agora duas dúzias de produtos artesanais ao abrigo da marca Artesanato dos Açores e em processo de investigação para a certificação, estão o ‘scrimshaw’ e a massa sovada. Fotos: Direitos reservados

T

he Regional Centre for Handicrafts certified over 37 products from six of the nine islands of the archipelago, with the collective origin mark “Craft of the Azores.” Of the 37 applications submi ed in the areas of crafts and food, five were from the island of Pico, four from Faial and São Jorge. The collective mark of the Azores Craft origin was established in 1998 with the aim of defending the craft products, especially when

its disclosure and marketing go beyond the regional level, imposing thus the origin and quality certification as a form of cultural appreciation and distinction on the market. They are certified, so far, two dozen of handmade products under the Azores Craft brand and in research process for certification are the ‘scrimshaw’ and sweet bread.


Município de Velas apoia turismo em espaço rural Velas municipality supports rural tourism

O

Município de Velas está empenhado em apoiar o investimento privado no sector do turismo em espaço rural, numa altura em que este está em franco crescimento e sendo o mesmo determinante para a sustentabilidade do sector e da economia local em geral. Receber turistas nas Velas significa aumentar a população flutuante o que se torna, direta e indiretamente, num aumento de consumo de serviços e bens abrangendo os mais diversos sectores, tendo em conta que para além de usufruírem diretamente de todos os serviços ligados ao turismo, criando riqueza, gerando, postos de trabalho, também consomem os produtos locais.

Mais um contributo do Município foi a pavimentação de uma via pública municipal de acesso a um empreendimento turístico em espaço rural, na freguesia de Rosais, tendo sido tido em conta a sensibilidade de pavimentar o mesmo com betão pigmentado de vermelho mantendo o seu enquadramento paisagístico, não descaraterizando a zona. De salientar que o Município recentemente criou outros incentivos ao investimento, no sector do turismo em espaço rural, nomeadamente, na recuperação do património edificado, isentando estes de taxas municipais de construção e outros impostos. Fotos: Direitos reservados

T

he Velas Municipality is commi ed to supporting private investment in tourism sector in rural areas, at a time when it is growing fast and being the same key for the sustainability of the sector and the local economy in general. Receiving tourists in Velas means increasing the floating population which becomes directly and indirectly, in increased consumption of goods and services covering the most diverse sectors, given that in addition to directly take advantage of all tourism-related services, creating wealth, generating jobs, also consume local products. Another contribution of the

municipality was the paving of a municipal public access route to a tourist development in rural areas, in Rosais parish, having a ention to the sensitivity of paving it with pigmented concrete red maintaining its landscape, not ruining the zone. Note that the Municipality recently created other incentives for investment in the tourism sector in rural areas in particular the recovery of the architectural heritage, exempting these municipal taxes of construction and other taxes.


Turismo proveniente dos EUA cresce no Triângulo US tourism grows in the Triangle

A

operação charter entre os EUA e a ilha Terceira, iniciada em 2015, tem potenciado o turismo em todo o Grupo Central dos Açores. As dormidas de turistas provenientes dos EUA cresceram 175% em São Jorge, 73,1% no Pico e 112% no Faial, esperando-se que operação charter Boston/Terceira 2016-2017 venha dar continuidade

ao trabalho já realizado, permitindo a sua consolidação e maximizando o retorno do investimento efetuado. A operação terá um total de 39 rotações, potenciando quase 38 mil dormidas, que representam um incremento 17 800 dormidas em relação à operação do ano passado, ou seja, um crescimento de 89%. Fotos: Direitos reservados

T

he operation charter between the US and the island of Terceira, which began in 2015, has boosted tourism throughout the Central Group of the Azores. Overnight stays of tourists from the US grew 175% in São Jorge, 73.1% in Pico and 112% in Faial. It is now expected that the charter operation Boston/Terceira 2016-2017 will continue the work already done, allowing

its consolidation and maximizing the return on the investment made. The operation will have a total of 39 rotations, promoting almost 38,000 overnight stays, representing an increase 17,800 overnight stays in relation to the operation last year, ie an increase of 89%.


Exposição Yankee Baleeiros Yankee Whalers exhibition

O

Museu do Pico, numa parceria com o Observatório do Mar dos Açores, tem patente ao público a exposição Yankee Baleeiros! The Shared Legacies of Luso and Yankee Whalers. Produzida pelo New Bedford Whaling Museum, esta exposição itinerante celebra a fascinante história da diáspora açoriana, cabo-verdiana e brasileira para os EUA, desde a imigração do início do século XVIII até à mais recente

vaga de imigração do século XX. A exposição estará patente até dia 30 de outubro, na Galeria de Exposições Temporárias do Museu da Indústria Baleeira, em São Roque do Pico, e poderá ser visitada de 3ª feira a domingo das 10h00 às 17h30 (encerrado à 2ª feira). Esta iniciativa conta com o apoio da Secretaria Regional de Educação e Cultura/ Direção Regional da Cultura.

T

he Pico Museum, in partnership with the Observatory of the Azores Sea, opened to the public the exhibition Yankee Whalers! The Shared Legacies of Luso and Yankee Whalers. Produced by the New Bedford Whaling Museum, this traveling exhibition celebrates the fascinating history of the Azorean diaspora, Cape Verde and Brazil to the US, since the immigration of the early eighteenth century to the most recent of the twentieth

century immigration wave. The exhibition will be open until October 30, in the Temporary Exhibition Gallery of the Whaling Industry Museum in São Roque do Pico, and can be visited from Tuesday to Sunday from 10h00 to 17h30 (closed on Monday). This initiative has the support of the Regional Secretariat of Education and Culture / Regional Directorate of Culture.


Casa de Apoio à descida da Caldeira Support Center House to the Caldeira descent

N

a data em que se celebrou o Dia Internacional da Conservação da Natureza, teve lugar a abertura da Casa de Apoio à descida da Caldeira, na ilha do Faial, sendo mais um contributo às empresas que realizam atividades de natureza nesta área protegida. A Casa de Apoio conta com uma sala para a realização de briefings e apresenta diversos painéis informativos, além de dis-

O

ponibilizar sanitários. A Caldeira do Faial, localizada na parte central da ilha, tem uma área de cerca de 330 hectares, um diâmetro de cerca de dois quilómetros e uma profundidade média de 400 metros, encontrando-se coberta por vegetação de Laurissilva. Em 2016, as descidas à Caldeira duplicaram em relação a 2015.

n the date on which its celebrated the International Day for the Preservation of Nature, took place the opening of the Support Center House for lowering to Caldeira on the island of Faial, being a further contribution to companies that perform activities of nature in this protected area. The Support Center House has a room for holding briefings and has several infor-

27

mation panels, in addition to toilets. Caldeira of Faial, located in the central part of the island has an area of about 330 hectares, a diameter of about two kilometers and an average depth of 400 meters, lying covered by laurel forest vegetation. In 2016, the descents to Caldeira doubled compared to 2015.


Projeto “Ler no atlântico” Read in the Atlantic

C

om o intuito de fomentar hábitos de leitura e simultaneamente proporcionar viagens mais agradáveis, sobretudo nos itinerários de longo curso, a Atlânticoline pôs em prática o seu recente projeto intitulado “Ler no atlântico”. Este projeto pretende ser uma biblioteca de bordo autónoma e para tal foi criado um espaço próprio onde são disponibilizados gratuitamente diversos livros, aproximadamente 100 livros por navio, os quais podem ser levados pelos passageiros desde que em troca entreguem outro. A implementa-

ção deste projeto foi possível graças à contribuição de diversas entidades públicas, nomeadamente as autarquias, as bibliotecas e arquivos regionais e de diversos cidadãos que a título particular fizeram questão de se associar a esta causa. Nesta fase inicial do projeto os livros colocados à disposição dos passageiros são maioritariamente de autores portugueses, principalmente açorianos, com especial destaque para a literatura infantil e juvenil. Foto: Direitos reservados

I

n order to foster reading habits and simultaneously provide more pleasant travel, especially on long-haul routes, the Atlânticoline put into practice its recent project entitled “Reading in the Atlantic.” This project aims to be an independent board library and this has created a space where they are available for free several books, about 100 books per vessel, which can be carried by passengers that in turn must deliver another. The implementation

of this project was possible thanks to the contribution of various public authorities including libraries and regional archives and several citizens who privately made it to join this cause. In this initial phase of the project most books available to the passengers are mostly of Portuguese authors, especially Azoreans, with particular emphasis on children’s literature.


Alojamento Local com novas regras

Local accommodation with new rules in the Azores

J

á entrou em vigor o novo regime do Alojamento Local nos Açores que define as tipologias dos estabelecimentos, os requisitos mínimos de segurança, as capacidades máximas dos estabelecimentos e respetivas unidades de alojamento e as regras relativas ao registo, publicidade, identificação dos estabelecimentos e disponibilização de informação para fins estatísticos. A principal novidade deste novo regime reside na previsão de uma nova tipologia de estabelecimento de Alojamento Local, o ‘Hostel’, através da qual se pretende

responder às novas tendências da procura, principalmente dos públicos mais jovens. Esta nova tipologia de estabelecimento, tendo em vista preservar a qualidade da oferta, tem de obedecer a várias condições, nomeadamente ter de resultar do aproveitamento de construções existentes, situadas em centros urbanos, não poder ter mais de 30 camas e 10 quartos, nem mais de seis camas por dormitório, incluindo beliches e camas convertíveis.

Foto: Direitos reservados

I

t’s already se led the new regime of accommodation in the Azores that defines the types of establishments, the minimum safety requirements, the maximum capacity of the establishments and their respective housing units and the rules concerning the registration, advertising, identification of facilities and provision of information for statistical purposes. The main novelty of this new system lies in predicting a new Guest accommodation establishment type,

the ‘Hostel’, through which it intends to respond to new trends in demand, especially from younger audiences. This new type of establishment, in order to maintain the quality of supply, has to comply with several conditions, including having to result from the use of existing buildings, located in urban centers, it can not have more than 30 beds and 10 rooms or more six beds per room, including bunk beds and convertible beds.


Portugueses preferem alojamento local Portuguese prefer local accommodation

M

ais alojamento local, menos hotéis. Assim foi a escolha dos turistas portugueses no primeiro trimestre do ano, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística. O alojamento particular voltou a ganhar expressão, agregando 72,9% das dormidas (mais 7% face ao primeiro trimestre de 2015). Inversamente, os hotéis e similares registaram menos 3,2%, correspondendo

a 23,3% das dormidas realizadas nos primeiros três meses do ano. No total, no primeiro trimestre, os residentes em Portugal realizaram 3,7 milhões de deslocações turísticas, mais 0,8% que no período homólogo do ano passado, e mais 5,3% que no quarto trimestre de 2015. Apenas 16,6% das deslocações foram de longa duração, isto é de quatro ou mais noites.

Foto: Direitos reservados

M

ore local accommodation, less hotels. So was the choice of Portuguese tourists in the first quarter of the year, according to the National Statistics Institute. The private accommodation regained expression, adding 72.9% of overnight stays (over 7% over the first quarter of 2015). Conversely, hotels and similar registered less 3.2%, corresponding to 23.3% of overnight stays

made in the first three months of the year. In total, in the first quarter, residents in Portugal held 3.7 million tourism trips, up 0.8% than in the same period last year and 5.3% more than in the fourth quarter of 2015. Only 16.6 % of journeys were long-term, ie four or more nights.


Museu da Horta promove roteiro cultural “Da Matriz à Conceição” Horta Museum promotes cultural script “From Matriz to Conceição”

A

Direção Regional da Cultura, através do Museu da Horta, promove, em setembro, a realização do roteiro cultural “Da Matriz à Conceição”. A iniciativa visa aprofundar o conhecimento sobre a história da cidade da Horta e sensibilizar os participantes para a valorização do património. Este roteiro, que tem início no Museu da Horta, percorre a zona alta da freguesia da Matriz, Mirante, Ribeira e Calçada da Conceição, terminando no Largo do Bispo

D. Alexandre. Esta atividade realiza-se nos dias 3, 10 e 14 de setembro, com início pelas 10H00. As marcações podem ser efetuadas nas receções do Museu da Horta e Casa Manuel de Arriaga, através do endereço eletrónico museu. horta.info@azores.gov.pt ou do telefone 292 202 576. As inscrições são limitadas a 10 pessoas por passeio e as condições atmosféricas poderão condicionar a realização da atividade.

Foto: Direitos reservados

T

he Regional Directorate for Culture, through the Horta Museum, promotes, in September, the realization of cultural script “From Matriz to Conceição”. The initiative aims to increase knowledge about the history of the city of Horta and educate participants on the valuation of assets. This script, which starts at the Museum of Horta, runs the high area of the parish Matrix, Mirante, Ribeira and Calçada da Conceição, ending at Largo Bispo D.

Alexander. This activity takes place on days 3, 10 and 14 September, beginning at 10h00. Appointments can be made in the receptions of the Horta Museum and Casa Manuel de Arriaga, through museu. horta.info@azores.gov.pt email address or phone 292 202 576. Entries are limited to 10 people per tour and atmospheric conditions may constrain the realization of the activity.


10 Fest Açores 2016 - 10 dias, 10 chefs 10 Fest Azores 2016-10 days, 10 chefs

A

Escola de Formação Turística e Hoteleira organizou este ano a quinta edição do 10 Fest Açores – 10 dias, 10 chefs, que decorreu no Restaurante Anfiteatro, em São Miguel. Este festival pretendeu, uma vez mais destacar a gastronomia pela importância crescente no setor turístico dos Açores, valorizando os produtos e sabores da Região numa abordagem contemporânea. Provar os Açores em 10 jantares extraordinários, pela mão de profissionais de excelência, é uma experiên-

cia imperdível. Durante 10 dias, 10 chefs prepararam 10 jantares de degustação com seis pratos, que incluíram uma experiência vínica, com vinhos da ilha do Pico. O 10 Fest Açores – 10 dias, 10 chefs, é hoje seguramente um dos grandes acontecimentos no calendário anual de eventos nos Açores, realçando a importância que a Escola tem para o sector turístico da Região, pois desempenha um importante papel como parceiro de promoção da Região e líder da gastronomia dos Açores no século XXI. Fotos: Direitos reservados

T

he School of Tourism and Hotel Training organized this year’s the fifth edition of 10 Fest Azores - 10 days, 10 chefs, held at the Anphitheatre Restaurant in São Miguel. This festival aimed once again to highlight the food by the growing importance in the Azores tourism sector, highlighting the products and flavors of the region in a contemporary approach. Taste the Azores in 10 extraordinary dinners by the hand of excellence professionals, it is an unmissable experience. For 10 days, 10 chefs prepared 10 tasting dinner with six

courses, which included a wine experience, with wines from the island of Pico. The 10 Fest Azores - 10 days, 10 chefs, is now surely one of the great events in the annual calendar of events in the Azores, highlighting the importance that the school has for the tourism in the region sector as it plays an important role as a promotional partner of the Archipelago and the Azores gastronomy leader in the XXI century.


Áreas de reserva de pesca vão ser monitorizadas Fishing reserve areas will be monitored

F

oi recentemente assinado um protocolo para a monitorização científica das áreas de restrição à pesca em redor do Faial e do Pico, no seguimento da legislação que estabeleceu regras específicas para o exercício da pesca nas áreas marinhas destas ilhas, nomeadamente nas áreas do Monte da Guia, ilhéus da Madalena e Baixa da Barca. Através deste protocolo, assinado pelas direções regionais das Pescas e dos Assuntos do Mar, IMAR, Associação de Produtores de Espécies Demersais dos Açores e Associação de Armadores de Pesca Artesanal

da Ilha do Pico, serão disponibilizados anualmente relatórios sobre a evolução do estado dos recursos marinhos naquelas áreas, que serão partilhados com as associações de pescadores, que farão o acompanhamento de todo o processo. Segundo o governo regional, “se estas áreas foram bem geridas, todos têm a ganhar. Será importante para a pesca profissional, para a pesca lúdica, para a ciência e ainda para o turismo, em particular para os operadores marítimo turísticos”.

Foto: Direitos reservados

I

t was recently signed a protocol for the scientific monitoring of the fisheries restricted areas around the Faial and Pico, following the legislation that established specific rules for fishing in marine areas of the islands, particularly in the areas of Monte da Guia, islets of Madalena and Baixa da Barca. Through this protocol, signed by the regional directorates of Fisheries and Maritime Affairs, IMAR, Demersal Species Producers Association of the Azores and Shipowners Association of Artisanal Fisheries of the Pico Island, will be available

annually reports on the evolution of marine resources in those areas, which will be shared with fishermen’s associations, which shall monitor the entire process. According to the regional government, “if these areas were well managed, all stand to gain. It will be important for professional fishing, for recreational fishing, for science and also for tourism, particularly for the tourist maritime operators”.


São Roque do Pico adere à AMPV São Roque municipality joins AMPV

O

município de São Roque do Pico é o mais recente associado da Associação de Municípios Portugueses do Vinho (AMPV). São Roque do Pico assume-se como Capital do Turismo Rural, que convida a viver experiências únicas junto das suas gentes e da sua natureza singular, ficar alojado numa das suas casas típicas feitas com a pedra vulcânica que tão caracteriza a ilha do Pico, provar a sua gastronomia local e deliciar os seus vinhos que, devido à sua história, fazem parte do Património Mun-

dial da UNESCO desde 2004. Os terrenos de lava foram arduamente trabalhados e transformados em terras férteis, nas quais se passaram a cultivar produtivos vinhedos, onde se destaca a casta Verdelho. Fundada no ano de 2008, a AMPV tem como missão a afirmação da identidade histórico-cultural, patrimonial, económica e social dos municípios portugueses e dos territórios ligados à produção de vinhos de qualidade. Fotos: Direitos reservados

T

he municipality of São Roque - Pico is the latest member of the Association of Portuguese Municipalities Wine (AMPV). São Roque is assumed as Capital of Rural Tourism, that invites you to live a unique experience with its people and its unique nature, to stay in one of its typical houses made of volcanic stone that so characterizes the island of Pico, prove its local cuisine and enjoy their wines that, due to its history, are part of the UNESCO World Heritage since 2004.

Lava land were worked hard and turned into fertile land, on which it began to cultivate productive vineyards, which includes the Verdelho grape variety. Founded in 2008, the AMPV mission is the affirmation of the historical-cultural, patrimonial, economic and social identity of the Portuguese municipalities and territories linked to the production of quality wines.


Cartão de Cidadão/Citizen Card

. Como pensa que será a sua vida daqui a cinco anos?/How do you think your life will be in five years? Espero que continue bem, feliz e realizada pessoal e profissionalmente. Isto é o que todos desejamos, não é?! Com saúde, eu e os que me são próximos. Provavelmente ansiosa porque a minha filha deve estar quase a ingressar na escola. Com novos projetos, novos desafios. Afinal são estas coisas que nos fazem viver!/I hope it continues well, happy and fulfilled personally and professionally. This is what we all want, is not it ?! With health, I and those who are close to me. Probably anxious because my daughter must be about to enter school. With new projects, new challenges. After all these are things that make us live! . Se pudesse escolher outro lugar para viver, qual seria?/ If you could choose another place to live, what would it be? Escolhi viver no Pico. Por tudo e mais alguma coisa. Mas se algum dia tiver que ir, que seja para o Algarve, o meu Algarve/I choose to live in Pico. For all and something more. But if anytime I had to go, let it be to Algarve, my Algarve.

. Se pudesse criar uma amizade com uma personalidade famosa, quem escolheria?/If you could create a friendshipwith a famous personality, who would you choose? Sinceramente, nunca pensei nisso/Honestly, I had never thought about it. . Qual é o seu sonho de consumo?/What is your dream consumption? Não é necessariamente um consumo, mas um sonho sim. Poder viajar pelo Mundo/It is not necessarily consumption, but rather a dream. To travel the world.

. Qual é o seu hobbie?/What is your hobby? Neste momento, o tempo livre escasseia, mas o hobbie que gostava de ter era ler e caminhar à beira-mar, com um belo pôr-do-sol. Adoro!/At this time, free time is scarce, but the hobby that I liked to have was to able to read and walking by the sea, with a beautiful se ing of the sun. Love! . Qual é a viagem dos seus sonhos?/What is the trip of your dreams? Não tenho uma viagem de sonho. Gosto de viajar, simplesmente. Conhecer o mundo, as pessoas, as diferenças, as semelhanças, ... enriquecer-me com o que vejo./I don’t have a dream trip. I like to travel, simply… To know the world, people, the differences, the similarities, to enrich me with what I see.

O que o deixa nervoso?/What makes you nervous?Algumas coisas: incompetência, não conseguir fazer o que me proponho, não corresponder a expectativa que trago comigo. Depois de pensar sobre isto, acho que sou demasiado nervosa (risos). Preciso relaxar mais./Some things: incompetence, can not do what I propose myself, do not match the expectation that I bring with me. After thinking about it, I think I ‘m too nervous (laughs ). I need to relax more.

. Qual é a música que escuta e lhe faz lembrar uma época boa?/What is the music that makes you remind of a good time?Yann Tiersen, Mariza, The Gift. E tantas outras músicas. Depende do meu estado de espírito/ Yann Tiersen, Mariza, The Gift. And so many others. Depends on my mood. . Qual é a sua comida preferida?/What is your favorite food?Bacalhau. Cozinhado de qualquer forma/Codfish. Cooked anyway.

. Qual é o livro da sua vida?/Which is the book of your life?Tenho vários livros de que gosto. Mas os livros de Dan Brown transportam-me para dentro de cada história. /I have several books I like. But Dan Brown books carry me into each story. . Qual é o seu filme preferido?/What is your favorite movie? La vita é bella, de Roberto Benigni. É qualquer coisa de extraordinário. / La vita é bella, by Roberto Benigni. It’s amazing.

Cláudia Sofia Viegas Cabrita, 33 anos, natural de Silves, é presidente da Associação Comercial e Industrial do Pico

Cláudia Sofia Viegas Cabrita, 33, born in Silves,

president of the Commercial and Industrial Association of Pico Island

.Em que época do passado gostaria de ter vivido?/ If you could had lived in the past, in what would be the time? Posso dizer uma época em que não gostava de ter vivido. Épocas de repressão, de autoritarismo fácil, em que gentes, povos inteiros foram ostracizados, maltratados, mortos só por serem diferentes. Abomino!/I can say one time he did not like to have lived. Times of repression, easy authoritarianism, in which people were ostracized, abused, killed only because they are different . I abhor!

. Qual é a palavra que tem mais significado para si?/What is the word that has more meaning to you? Respeito. Por mim, pelo outro, pela vida./Respect. By me, by the other, by life. . O que é que não tem preço na sua vida?/What is priceless in your life?Poder estar com a minha filha, desligada do mundo. Olhá-la ao mesmo tempo que a sinto./Being able to be with my daughter, unplugged from thje world. Look at her at the same time that I feel her.

. Não consegue viver sem…?/ You cannot live without ...? ... me sentir livre/...Felling free.

. O que é imperdoável?/What is unforgivable?Traição ou mentira, como lhe queiram chamar. Não é justificável/Treason or lie, as you want to call. It is not justifiable.


Madalena Recebeu Feira deVinhos, Licores e Aguardentes

Madalena received Wines, Liquors and Spirits Fair

O

antigo Mercado de Peixe acolheu a Feira de Vinhos, Licores e Aguardentes, promovida pela Câmara Municipal da Madalena. Trazendo ao centro da Vila os mais deliciosos néctares produzidos em terras lávicas, o certame contou com uma vasta diversidade de produtos. Vinhos brancos, aguardente de amora e licor de maracujá foram alguns dos artigos expostos e vendidos na feira, que refletem a alma e a paixão do povo picoense, fazendo da Madalena, Capital dos Açores da Vinha e do Vi-

nho. O apoio aos produtores locais, através da valorização e promoção dos produtos locais e da identidade cultural, é uma das apostas da Câmara Municipal da Madalena, que tem vindo a envidar esforços em prol da dinamização da esfera social e cultural do concelho. Foto: Direitos reservados

T

he former Fish Market hosted the Wines, Liquors and Spirits Fair sponsored by the municipality of Madalena. Bringing to the center of the village the most delicious nectars produced in lava land, the event featured a wide variety of products. White wines, blackberry brandy and passion fruit liqueur were some of the items exhibited and sold at the fair, which reflect the soul and passion of people of Pico island, making Madalena, the Capital of the Azo-

res of Vine and Wine. To support local producers through the development and promotion of local products and cultural identity, is one of the bets of the Municipality of Madalena, which has been making efforts towards the promotion of social and cultural sphere of the county.


Tm agosto 2016  

TM Agosto 2016

Advertisement