Issuu on Google+

Campinas dezembro 2013

Ano 12 N0 140

GPS equipa frota

Ônibus das quatro áreas devem começar a operar o sistema GPS a partir de janeiro de 2014

A

s empresas do transporte coletivo urbano de Campinas investem na instalação de GPS em sua frota para melhorar o serviço prestado aos passageiros. Desde novembro já foram instalados mais de

600 aparelhos na frota. Até o final do ano, os 1.030 ônibus que compõem a frota vão estar integrados ao sistema de monitoramento. Página 7

Cadastro Escolar antecipa mais de 10 mil inscrições Ao todo, 10.942 alunos aproveitaram para participar da antecipação do Cadastramento Escolar promovido pela Transurc de setembro a novembro. Quem não fez o cadastro para 2014 pode procurar o formulário a partir de 6 de janeiro no site www.transurc.com.br ou nos postos de venda da associação. Página 3

Nova linha 3.89 atende ao distrito de Sousas

Pense verde! Recicle a informação: passe este jornal para outro leitor. Recicle o papel: não jogue este impresso em vias públicas.

Pág. 5


Novo passo no transporte de Campinas sistema de transporte coletivo urbano de Campinas, pelo menos a parcela que é operada pelas concessionárias VB Transportes e Turismo, Itajaí Transportes Coletivos, Expresso Campibus, Coletivos Pádova e Onicamp Transporte Coletivo, está prestes a entrar em um novo patamar de planejamento. A partir de janeiro, os 1.030 ônibus das concessionárias terão GPS (Global Positioning System) embarcados. Os aparelhos eletrônicos, que têm como função básica prestar informações precisas sobre o posicionamento individual no globo terrestre e que são interligados a um sistema de satélites, permitirão às concessionárias e ao órgão gestor do sistema de transporte, a Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), terem um controle efetivo sobre a frota e, com isso, melhorar o planejamento da operação. Todos os ônibus terão as suas rotas controladas em tempo

O

real, assim como as condições do trânsito das vias em que estarão trafegando. Essas informações ficarão disponíveis em sistemas de controle nas garagens das empresas e também em uma Central de Monitoramento dentro da Emdec. Os equipamentos começaram a ser instalados no início do mês de novembro e, depois que estes estiverem instalados, serão montados os sistemas nas garagens e a central de controle. Com o monitoramento em pleno funcionamento, por exemplo, se algum ônibus sair do itinerário ou mesmo se não parar em um ponto, automaticamente as concessionárias e a Emdec ficarão sabendo. Com o recurso eletrônico, esses tipos de problemas deverão se reduzir ou até mesmo acabar e, com isso, quem ganha é o passageiro. O novo passo é importante para melhorar ainda mais a qualidade do transporte, mas ainda é necessária, para que o salto seja maior, a implantação de corredores e faixas exclusivas para que os veículos do transporte urbano possam desenvolver velocidades comerciais maiores. Apenas o GPS não resolverá todos os problemas, pois sabemos que os itinerários precisam ser pavimentados e os gargalos existentes no trânsito, resolvidos, para aumentar a fluidez. Hoje, os veículos do transporte coletivo perdem muito tempo em congestionamentos e isso acaba gerando uma série de problemas, entre os quais atrasos e aumento nos custos operacionais, além de um maior estresse para os motoristas e usuários do sistema.

Olha a subida! Há todo tipo de surpresa no trânsito. Encontramos até um trator na faixa preferencial de ônibus coletivo na subida da Avenida Dr. Moraes Salles.

Um oferecimento:

Conselho Editorial: Belarmino da Ascenção Marta Júnior, Joubert Beluomini, José Roberto Felício, Hélio Bortolotto Júnior, Armando Corrêa Damaceno, Ennio Viegas de Oliveira Paes Júnior, Allex Villaça, Sergio Finatti e Laércio Reis Coordenação e edição: Paulo Barddal e Natashy Duarte Textos: Natashy Duarte

Projeto gráfico: Ricardo Cruzeiro Fotos: Gustavo Magnusson Revisão: Marco Antonio Storani Editoração: Natashy Duarte Jornalista responsável: Paulo Barddal (MTb 20.856) Visite nosso site: www.transurc.com.br Telefone para contato: (19) 3731-2600

Redação: Rua 11 de Agosto, 757, Centro. CEP 13013-101, Campinas, SP Anúncios: JML/Imediata - (19) 3232-4900 T iragem: 35 mil exemplares Impressão: GrafCorp Publicação mensal para distribuição gratuita entre clientes e colaboradores da Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc).


Campinas, dezembro de 2013

3 BENEFÍCIO

Cadastramento do BU Escolar começa no dia 6 de janeiro

Cartaz informa o que é necessário para obter o benefício

Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc) iniciará o Cadastramento do Bilhete Único Escolar no dia 6 de janeiro de 2014. Para conseguir o benefício, os alunos interessados (e que não participaram da antecipação) deverão apresentar o Atestado de Matrícula para Aquisição do Passe Escolar, devidamente preenchido, em um dos postos de atendimento da Transurc. “O formulário para cadastramento para estudantes que ainda não possuem o Bilhete Único Escolar estará disponível, a partir da data, no site www.transurc.com.br, na sede da associação ou nos postos de venda dos terminais Central, Ouro Verde, Campo Grande e Barão Geraldo. O horário de atendimento, em todos os postos, é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h”, explica Paulo Barddal, diretor de Comunicação e Marketing da Transurc. A entrega do formulário preenchido deve ser feita em um dos postos de atendimento físicos mencionados acima. A partir da entrega do formulário por parte dos estudantes, a Transurc tem prazo legal de até 15 dias para verificar a documentação, emitir a Carteira de Frequência e o cartão Bilhete Único Escolar para os alunos que ainda não o possuem. Vale ressaltar que 10.942 cadastros já foram feitos

A

Estudantes aproveitaram para participar da antecipação do Cadastramento Escolar

durante o processo de antecipação. “A antecipação tem o objetivo de dar maior comodidade aos estudantes que já utilizam o benefício do Passe Escolar e diminuir as filas nos postos de atendimento no início do ano letivo”, completa Barddal.

Quem pode usar O Passe Escolar pode ser utilizado pelos estudantes que residam a mais de 1.000 metros do estabelecimento de ensino. O benefício é usufruído pelos alunos que cursam Ensino Fundamental, Médio, supletivos ou cursos profissionalizantes técnicos de nível médio. O processo de Cadastramento do Passe Escolar é amparado pelo Decreto nº 13.807, de 12 de dezembro de 2001, regulamentado pela Lei nº 9.788, de 2 de julho de 1998. O benefício do Passe Escolar concede um desconto de 60% em relação ao valor da tarifa vigente.


RTIG

Faixas exclusivas, experiências a serem multiplicadas Otávio Vieira da Cunha Filho

Qualidade no atendimento No dia 7 de novembro eu estava dentro do ônibus conduzido pelo motorista Edson e com a cobradora Regiane, da linha 2.00 – Jardim Novo Maracanã, e também estava uma passageira portadora de deficiência física. Na hora que ela foi desembarcar, foi tratada muito bem pela equipe, que chegou a pegá-la nos braços e a deixou no portão de sua casa. Todos os passageiros que estavam presentes se emocionaram com o gesto. Parabenizei o motorista Edson e a cobradora Regiane, mas foi muito pouco diante do que presenciei e tive de ligar na empresa para oficializar e parabenizar a diretoria da Itajaí Transportes Coletivos por ter funcionários qualificados e atenciosos com os demais. Dalva

FALE CONOSCO! Envie comentários, críticas e sugestões para o jornal O Coletivo: Rua 11 de Agosto, 757, Centro. CEP 13013-101. Ou envie e-mail para jornal@transurc.com.br.

êxito no uso de faixas exclusivas para circulação de ônibus nos dois maiores e mais congestionados centros urbanos do País tem feito com que esse tipo de solução seja discutido na imprensa, por especialistas e autoridades, e também pelo cidadão comum, interessado em ganhar tempo e se desgastar menos em seus deslocamentos diários. A expectativa é de que outras cidades se sintam estimuladas a implantar medidas semelhantes, obtendo bons resultados em termos de mobilidade urbana com investimentos relativamente pequenos. Também é bom lembrar que os administradores municipais que resolverem garantir a velocidade dos ônibus estarão resguardados pela Lei da Mobilidade Urbana (Lei nº 12.587/12), que tem como princípio “a equidade no uso do espaço público de circulação, vias e logradouros” e estabelece como diretriz claríssima a “prioridade dos modos de transporte não motorizados sobre os motorizados e dos serviços de transporte público coletivo sobre o transporte individual motorizado”. Desde 2011, o Rio de Janeiro vem demonstrando ser possível implantar um sistema de Bus Rapid Service (BRS), nome que pode ser traduzido por “serviço rápido por ônibus”. Trata-se essencialmente da destinação de duas faixas de rolamento exclusivamente para os ônibus, ao passo que o tráfego de automóveis e de outros veículos individuais é permitido nas outras faixas da via. Em linhas gerais, o sistema exige marcação do solo, monitoramento para dificultar a invasão da faixa de ônibus pelos carros, determinação da autoridade municipal, além, é claro, de um eficiente trabalho de comunicação com a comunidade, para que todos compreendam e possam seguir as novas regras. As faixas exclusivas cariocas começaram na Zona Sul e já alcançam bairros da Zona Norte, como Estácio, Tijuca, Maracanã e Méier. Por sua vez, a cidade de São Paulo começou em meados de 2013 o seu programa de faixas exclusi-

O

vas para os ônibus. Inicialmente, foram definidos 170 km de faixas, mas até o mês de novembro mais de 250 km já foram implantados. Segundo dados oficiais ainda preliminares, divulgados em setembro, a nova sistemática conseguiu reduzir em aproximadamente 46% o tempo de viagem em diferentes corredores. E conta com o apoio de 88% da população, de acordo com uma pesquisa realizada e divulgada também no mês de setembro pelo instituto de pesquisas Datafolha. Está provado que as faixas exclusivas conseguem mesmo tirar os ônibus dos congestionamentos, com redução do tempo de viagem e a diminuição dos custos operacionais do transporte público. A Associação Nacional das Empresas de Transportes Urbanos (NTU) preparou uma simulação, comparando o comportamento dos ônibus em um corredor compartilhado com automóveis, motos e outros veículos com a situação dos mesmos ônibus em uma faixa exclusiva. No meio do congestionamento, a velocidade comercial média dos ônibus ficou em torno de 17 km por hora, ao passo que na faixa exclusiva a velocidade foi 60% maior, alcançando 27,5 km por hora, possibilitando uma redução significativa nos custos da operação do transporte. Ao lado da diminuição da carga tributária, ganhos de eficiência com essa magnitude assumem grande importância neste momento em que se discutem alternativas para reduzir o valor da tarifa paga pelo usuário. Além disso, a redução do tempo de viagem amplia a qualidade do serviço e o melhor desempenho na pista proporciona menor consumo de combustível, contribuindo para reduzir os índices de poluição ambiental. Resumindo, as faixas exclusivas para ônibus têm várias vantagens e rigorosamente nenhuma contraindicação, constituindo experiências a serem multiplicadas. Otávio Vieira da Cunha Filho é bacharel em Administração e Ciências Contábeis, empresário de transporte urbano de passageiros em Marabá (PA) e membro do Conselho Diretor da ANTP.


Campinas, dezembro de 2013

5

3.89

Pádova oferece nova linha de ônibus para Sousas distrito de Sousas tem uma nova linha de ônibus: a 3.89 – Estação Sousas circula exclusivamente nos horários de pico dos dias úteis, desde 11 de novembro. A linha operada pela Coletivos Pádova amplia a oferta de transporte público nos bairros Imperial Parque e Jardim Conceição. Dois ônibus convencionais viajam entre as estações de transferência Sousas e Expedicionários. No sentido Sousas-Centro os pontos de parada na região central são na Rua Coronel Quirino (oposto ao Bosque), Av. Aquidabã (esquina com Rua Boaventura do Amaral e também no Largo do Pará) e Av. Prefeito José Nicolau Ludgero Maselli (próximo do Terminal Central). Os horários de partida são às 5h30, 6h05, 6h40, 7h15, 7h50, 8h25, 15h15, 15h50, 16h25, 17h00, 17h35 e 18h10. Já no sentido Centro-Sousas os pontos de parada na região central são na Estação Expedicionários, Av. Senador Saraiva (pista externa) e Av. Dr. Moraes Salles (pista

O

Mais uma opção para quem vai ou volta de Sousas

externa, próximo da Guarda Municipal, e também perto da Escola Francisco Glicério), com partidas às 6h10, 6h45, 7h20, 7h55, 8h30, 9h05, 15h55, 16h30,

17h05, 17h40, 18h15 e 18h50. O distrito de Sousas já é atendido pelas linhas 3.90 – Joaquim Egídio, 3.91 – Nova Sousas, 3.92 – San Conrado e 3.96 – Sousas.

Confira os itinerários

90% das empresas clientes da Transurc optaram por comprar Vale-Transporte pela internet durante o mês de outubro.

O itinerário resumido no sentido Sousas-Centro é: Ÿ Estação Sousas; Ÿ Imperial Parque e Jardim Conceição; Ÿ Rodovia Heitor Penteado; Ÿ Av. Dr. Moraes Salles; Ÿ Av. Aquidabã; Ÿ Estação Expedicionários. Já o itinerário resumido

no sentido CentroSousas é: Ÿ Estação Expedicionários; Ÿ Av. Dr. Campos Sales; Ÿ Av. Senador Saraiva (pista externa); Ÿ Av. Dr. Moraes Salles (pista externa); Ÿ Rodovia Heitor Penteado; Ÿ Estação Sousas.

Linha 3.89 - Estação Sousas passa pela Av. Dr. Moraes Salles para ir e voltar do distrito


BILHETE ÚNICO

14 mil segundas vias do cartão são reemitidas

A

campanha “Segunda via gratuita do Bilhete Único” terminou no final de novembro com 13.939 cartões reemitidos. A ação foi promovida pela Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc), organização mantida pela iniciativa privada e responsável pela venda de créditos, com o objetivo de tornar ainda mais acessível o cartão que permite utilizar até três ônibus durante duas horas com o pagamento de uma tarifa, que teve esse objetivo atingido. Realizada de outubro ao final de novembro, a campanha “Segunda via gratuita do Bilhete Único” teve como público-alvo as 18.149 pessoas que perderam o cartão Bilhete Único Comum e deixaram de aproveitar os benefícios que a integração permite. “Agora, os usuários poderão aproveitar o transporte com maior economia. Sabemos que iniciativas como essa contribuem para aumentar a segurança dentro dos coletivos porque, com menos dinheiro nos ônibus, estamos conseguin-

do reduzir a quantidade de assaltos”, argumenta Paulo Barddal, diretor de Comunicação e Marketing da Transurc. Nos dez primeiros meses do ano passado, foram registrados 351 roubos dentro dos ônibus. De janeiro a outubro deste ano, o número foi reduzido para 287 assaltos, ou seja, uma queda de 18%. “Antes da implantação do atual sistema de bilhetagem eletrônica, o número de roubos a ônibus chegou a 1.206 por ano (dados de 2003)”, diz Barddal. Hoje, a família de cartões Bilhete Único tem mais de 850 mil cadastrados, entre funcionários de empresas, estudantes, pessoas portadoras de necessidades especiais, idosos e usuários comuns. O cartão BU pode ser recarregado em um dos pontos de venda da Transurc localizados nos terminais de

Usuários do cartão Bilhete Único aproveitaram para tirar a segunda via de graça

ônibus Central, Mercado, Barão Geraldo, Ouro Verde, Campo Grande e no Poupatempo Centro, ou ainda em um dos 300 estabelecimentos que fazem parte da Rede de Representantes Credenciados. A localização dos estabelecimentos comerciais dessa rede pode ser obtida no site da Transurc (www.transurc.com.br) ou nos guias de bolso que são distribuídos nos pontos de venda da associação.

Campanha ‘Faça comigo seu Bilhete Único’ teve êxito A Campanha “Faça comigo seu Bilhete Único” fez a impressão de 5 mil novos cartões durante três meses. Dez agentes de cadastramento, vestindo um colete com o logotipo da Transurc, abordaram os passageiros nos pontos de ônibus

do Centro. Na hora, por meio de um smartphone, o agente verificou se o passageiro possuía algum tipo de cartão cadastrado em seu nome e, quando não o tinha, o cartão já era entregue.

Posteriormente, se o usuário quiser personalizar o cartão com o nome, poderá dirigir-se até a sede da Transurc. Os agentes de cadastramento do BU ficaram nesses pontos de ônibus de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h.


Campinas, dezembro de 2013

7 TECNOLOGIA

GPS é instalado na frota do transporte coletivo urbano s empresas do transporte coletivo urbano de Campinas investem na instalação de GPS em sua frota para melhorar o serviço prestado aos passageiros. Desde novembro já foram instalados mais de 600 aparelhos em cada veículo. Até o final do ano, os 1.030 ônibus que compõem a frota vão estar integrados ao sistema de monitoramento. Cada empresa também investe na criação de uma estação de monitoramento em sua sede. A Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec) também terá uma Central de Monitoramento para gerenciar os GPS dos coletivos. As informações registradas no aparelho (velocidade, horários, parada nos pontos) são repassadas em tempo real para a central, permitindo o monitoramento online dos coletivos em telas de computadores e também a aplicação de ajustes das linhas. Com isso, será possível identificar os pontos de gargalo, acidentes, roubos, locais onde existem problemas crônicos e grande demanda, além de trabalhar para evitar atrasos e otimizar o serviço nas diversas regiões de Campinas.

A

Frota da área 1, que circula pela região do Ouro Verde, está sendo equipada com o aparelho

Futuramente, devem ser instalados painéis eletrônicos nos pontos de ônibus para informar o horário em que os ônibus vão passar. A Emdec também planeja a criação de um aplicativo para smartphones e tablets, chamado Embarque Acessível, que se comunicará com os

GPS para informar o itinerário e os horários da linha de ônibus desejada, além de orientações sobre origem e destino das linhas, pontos e linhas de determinado destino, horário de chegada a determinado lugar e tempo de espera.

Farmais oferece recarga de BU

Drogaria fica próxima de diversos pontos de ônibus

A drogaria Farmais integra a Rede de Representantes Credenciados da Transurc desde setembro. Quem faz a recarga no estabelecimento sempre aproveita para comprar algum outro item, como bebidas e petiscos. Além de medicamentos e genéricos com 50% de desconto, a Farmais oferece perfumaria em geral, convênios com Vidalink, Epharma, Pharma Link e Orizon.

O diferencial da nova credenciada é que sempre tem um farmacêutico presente durante seu horário de funcionamento, das 7h às 22h, de segunda a sábado. A drogaria também faz entregas em domicílio pelo telefone (19) 2514-1494. Para quem precisa recarregar o cartão no bairro Guanabara, a Farmais fica na Avenida Barão de Itapura, 2.194.


Palavras Cruzadas Diretas Natal no Brasil Auto dos Quilombos Encenação dramática feita em diferentes datas religiosas, frequentemente no Natal, em estados do Nordeste. Com danças e cânticos, procura-se reconstituir os quilombos, núcleos povoados por escravos fugitivos no século 17. São representadas duas guerrilhas: uma de índios, outra de negros aquilombados. Os negros, vencidos, são levados em folia pelas ruas, onde são vendidos ou trocados por balas e doces. Chegança Encenação da luta entre cristãos e mouros que ocorria durante a Idade Média. Virou uma festa popular no Nordeste na época do Natal. Na Paraíba, a chegança recebeu o nome de "barca". Círio de Nazaré Procissão realizada no segundo domingo de outubro, em Belém do Pará, em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré. Dizem que, por volta de 1700, nos arredores da cidade de Belém, um lenhador encontrou uma imagem de 30 centímetros de Nossa Senhora de Nazaré. Ele decidiu levá-la para casa. Só que a estátua teria voltado ao local onde tinha sido encontrada. Os paraenses dão ao Círio de Nazaré uma importância equivalente à do Natal. Preparam ceia com pratos típicos (pato no tucupi, maniçoba, tacacá e açaí), trocam presentes, e os trabalhadores costumam ganhar uma gratificação. No dia 25 de dezembro, o Natal também é comemorado. As pessoas têm o costume de desejar "Feliz Círio!". Fandango Os fandangos são danças rurais regionais, divididas em dois grupos: as batidas, apresentadas só por homens sapateando forte; e as valsadas (ou bailadas), em que casais arrastam os pés no chão. São representados na época do Natal. No Sul e no Sudeste, recebe o nome de "marujada". Fonte: Guia dos Curiosos


Campinas, dezembro de 2013

9 FÉRIAS

Tenha uma viagem segura

N

o final do ano, muita gente se prepara para tirar alguns dias de descanso e passar o Natal, Ano-Novo e as férias escolares viajando com a família. Para quem vai usar o carro, antes de pegar a estrada também é importante verificar as condições mecânicas e a documentação dos veículos. Os cuidados são simples e podem evitar grandes transtornos. Comece com uma boa noite de sono: o motorista cansado tem reflexos mais lentos, que podem expô-lo a um risco maior de se acidentar. Em caso de viagens mais longas, pare a cada três horas para alongar braços e pernas. Se você prolonga a viagem, está sujeito a um efeito conhecido por “hipnose rodoviária”, quando o motorista está com os olhos abertos, mas sem a percepção da realidade a sua volta. Nunca beba antes de dirigir e respeite os limites de velocidade. Viagens no período noturno devem ser evitadas pois a visibilidade e a segurança são menores. Ande com a documentação do veículo e a sua Carteira Nacional de Habilitação (CNH) em dia. Afinal, se você for parado pela fiscalização, seu veículo pode ser apreendido. A documentação irregular resulta em infração gravíssima, com sete pontos na carteira e multa de R$ 191,54. Além disso, o veículo só será liberado após a regularização de todas as pendências da documentação e o pagamento de multas. Por último, nunca entregue o veículo a

Para ter férias tranquilas, tome vários cuidados com o seu veículo antes de partir para o destino

pessoa que não é habilitada, ou seja, para quem não tem a CNH. Entregar o veículo a pessoa não habilitada gera duas

infrações gravíssimas (cada uma com 7 pontos); e o valor da multa, de R$ 191,54, é multiplicado por três.

Cuide do seu veículo Para cuidar do veículo, verifique o nível e a qualidade do óleo, que deve ser trocado a cada cinco mil quilômetros. No entanto, se o óleo estiver muito escuro, a troca deve ser antecipada. O nível da água que vai para o sistema de arrefecimento do veículo também tem de ser observado: a água deve estar sempre limpa, para evitar que alguma válvula termine entupida.

Se os pneus estiverem com pouco ar, devem ser calibrados. Mas, se estiverem carecas, devem ser trocados por novos. Lembre-se de verificar todas as luzes do veículo, como faróis e setas, mesmo que você viaje apenas durante o dia. Itens de segurança e manutenção do veículo, como chave de roda, macaco e triângulo, precisam estar em ordem, assim como o limpador de para-brisa.

Atenção redobrada no período de chuvas Em caso de chuva, se enfrentar pista molhada, diminua a velocidade, acenda os faróis e aumente a distância do veículo que segue à

frente. Já para evitar a aquaplanagem, quando o veículo perde a aderência dos pneus com o solo, a dica é utilizar o freio motor, ou seja,

reduzir a velocidade usando o câmbio em vez do freio. Jamais pare no acostamento. Se a chuva estiver muito forte, procure

pelo estacionamento de um posto de gasolina, por exemplo. Fonte: Emdec.


EMPREGA CAMPINAS

Call Center e Atendimento são vagas com mais procura no site

V

agas para Call Center foram as mais acessadas nos últimos três meses no Portal Emprega Campinas. Em seguida na procura estão as vagas de auxiliar de produção e auxiliar administrativo. A pesquisa, feita entre agosto e outubro no site com os internautas que procuram uma nova ocupação, também apontou que 53% do público que acessa as ofertas de vaga é feminino, contra 47% do masculino. Universitários somam 45% dos candidatos e em seguida vem os com formação técnica/profissionalizante, que são 32%. Desses que procuram por novas vagas, 56% estão desempregados e 37% estão empregados e buscam nova oportunidade. A renda de quase 60% dos candidatos do site não atinge R$ 15 mil ao ano. O Emprega Campinas é visitado diariamente por 72% das pessoas que responderam à pesquisa e querem trocar de trabalho. Para o administrador do Emprega Campinas, Alex Victor de Lima, as vagas mais divulgadas são para Call Center em razão da alta rotatividade de funcionários e de um grande número de pessoas necessárias para as operações. Hoje o site

Nunca é alto o preço a pagar pelo privilégio de pertencer a si mesmo.

Friedrich Nietzsche (1844-1900), filósofo alemão

possui cerca de 10.200 profissionais de empresas e recursos humanos que divulgam suas ofertas de vagas nos mais diversos setores. Os candidatos que mais acessam o site são de Campinas (52%), Sumaré (7%) e São Paulo (6,7%). O tempo médio de visitação é de 10 minutos, com cerca de 13 ofertas verificadas. O que diferencia o Portal Emprega Campinas dos outros sites de emprego já existentes na região, explica Alex Victor de Lima, administrador e idealizador do portal, é a garantia para o candidato da procedência e veracidade da vaga oferecida. “As vagas vêm diretamente de

53% das vagas são procuradas por mulheres tanto para Call Center quanto para atendimento

empregadores/recursos humanos e agências de emprego e não são copiadas de outros sites, é gratuito tanto para o empregador quanto para o empregado, e há interação com redes sociais. Além de vagas de empregos, o portal ainda oferece informações sobre cursos em diversas áreas e uma área blog com artigos pertinentes a qualificação, carreira, direito trabalhista e tributário.”

Um raciocínio lógico leva você de A a B. A imaginação te leva a qualquer lugar que você quiser.

Albert Einstein (1879-1955), cientista alemão


Campinas, dezembro de 2013

11 COMÉRCIO

Com inadimplência, vendas de Natal devem cair na RMC

O

índice de inadimplência avaliado em número de carnês vencidos e não pagos é o maior registrado nos últimos cinco anos na Região Metropolitana de Campinas (RMC), segundo balanço da Associação Industrial e Comercial de Campinas (Acic). O economista da entidade, Laerte Martins, acredita que o endividamento deve frear o aumento nas vendas de fim de ano pela metade. O levantamento da Acic aponta que entre janeiro e outubro deste ano 394.315 carnês permaneceram com o pagamento atrasado, o que representa aumento de 12,29% em relação ao ano passado. Em 2012, foram registrados 351.157 prestações não pagas no mesmo período. Segundo estimativa da Acic, os carnês

atrasados deste ano na RMC representam cerca de R$ 295,7 milhões. Em Campinas, a inadimplência representa R$ 126,0 milhões com o registro de 167.978 carnês não pagos entre janeiro e outubro deste ano. Segundo Martins, entre os motivos para o aumento da inadimplência estão o aumento da oferta de crédito, a inflação e o crescimento no índice de desemprego. “O aumento da inadimplência deve conter o crescimento porcentual das vendas no último trimestre deste

Centro de Campinas está preparado para o final do ano

ano. 4,5% é a expectativa de que o comércio venda a mais neste ano, que é exatamente a metade do que vendeu ano passado”, afirmou.

Agroceres prefere fazer recarga pela internet

Empresa oferece VT há anos para seus funcionários

Antigamente a Agroceres Multimix preferia fazer a compra do ValeTransporte (VT) de seus funcionários diretamente na sede da Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc). Mas tudo mudou desde que a recarga pela internet foi descoberta. "O serviço é perfeito. Depois que informatizamos ficou muito bom e nunca tivemos problema para recarregar

os cartões dos funcionários", relata Denise Santos, coordenadora administrativa. A unidade fabril da Agroceres Multimix, em Campinas, produz suplemento vitamínico para ração. Vinte funcionários usam o VT todos os dias da semana. O grupo Agroceres possui mais quatro segmentos no agronegócio: proteção de cultivos, produção de sementes, de palmitos e genética de suínos.


Campinas, dezembro de 2013

12

Vencedora do mês

D

aniella Oliveira Azevedo, de 12 anos, foi a vencedora da edição especial do Programa Escolas nas Garagens realizada para os filhos dos colaboradores que atuam na garagem da região do Ouro Verde, da VB Transportes e Turismo. O passeio ocorreu em comemoração ao Dia das Crianças, em 22 de outubro. A estudante ganhou ingressos para passear de maria-fumaça com a família. O programa encerrou suas atividades neste ano na primeira semana de dezembro. Apenas em 2013, mais de 10 mil crianças matriculadas no 5° ano do Ensino

Fundamental das redes municipal e estadual participaram. A iniciativa da Transurc existe desde 2004 e já participaram mais de 95

Daniella fez bonito no concurso promovido entre os filhos dos colaboradores da VB Tranportes

mil crianças. No passeio os alunos recebem informações sobre cidadania e preservação

ambiental e vão até uma das garagens das concessionárias para conhecer a rotina do sistema.

Calendário usa Instagram como inspiração

Capa do calendário revela as imagens trabalhadas com diferentes filtros

A Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas (Transurc) ousou mais uma vez ao se inspirar no Instagram para a criação de seu Calendário 2014. Sinônimo de tecnologia de ponta e de excelência na prestação de serviços e em gestão de bilhetagem eletrônica, a associação quis que seu tradicional calendário fosse um “Instagram de mesa”, com imagens que refletissem a poesia do dia a dia em Campinas. O premiado fotógrafo Nelson Chinalia brinda a todos com fotos de cores fortes, ângulos inusitados e

composições inéditas, as quais revelam que a rotina pode ser inspiradora. Com tiragem de 10 mil exemplares, o calendário foi distribuído para clientes, parceiros, colaboradores e imprensa local. O aplicativo O Instagram é uma rede social gratuita para compartilhamento de fotos e vídeos em smartphones. Com o app, é possível aplicar filtros em suas imagens e filmagens e depois publicá-las em seu perfil, onde seus amigos podem visualizálas, curti-las e comentá-las.


O Coletivo edição 140